Farias Brito (CE): Carga avaliada em R$ 250 mil é recuperada pela polícia

Uma carga roubada avaliada em R$ 250 mil foi apreendida pela Polícia Civil do Crato, durante o dia de ontem, estocada em um armazém na localidade de Montepio, zona rural de Farias Brito, na região Sul do Ceará. Os agentes receberam a denúncia da localização da mercadoria, por meio da seguradora da carreta Volvo, de cor branca, placa NZC – 713, de Jequié (BA), que transportava os produtos apreendidos.

O caminhão foi roubado em Penaforte, na noite do último domingo, por volta das 21h30, com cerca de 6 toneladas de material de higiene pessoal, incluindo desodorante, sabonete e xampu, quando o motorista, Vitor Valejo Rocha, de 38 anos, e o seu filho, de 17 anos, foram rendidos e levados como reféns. A carga vinha da Bahia em direção a Aquiraz-CE. Dois homens acusados de integrar uma quadrilha de interceptadores de carga estão presos na Delegacia Regional de Polícia do Crato, e estão sendo investigados.

Pelo menos 50% da carga roubada foi recuperada, depois dos policiais, por volta das 9 horas desta segunda-feira, terem conseguido chegar até o local onde havia a suspeita de que os produtos estavam. Segundo o delegado Giuliano Vieira Sena, todos os envolvidos, inclusive o motorista da carga, serão ouvidos.

Conforme o delegado, outros aspectos serão avaliados para se chegar aos envolvidos pelo crime de receptação. Em Farias Brito, ele disse que os policiais desconfiaram do local apontado pela seguradora como destino final do caminhão. Ao avaliarem a área, os policiais perceberam que havia um armazém no local, quando observaram por baixo da porta e viram diversas mercadorias em estoque.

Os acusados detidos em flagrante foram José Ferreira de Moura, de 35 anos, proprietário de um bar, de frente ao terreno onde foi identificado o armazém. Os policiais encontraram com o comerciante o extintor da carreta da carga roubada. Também foi preso o empresário Cícero Fábio da Silva Santos, conhecido por Fabinho, de 31 anos, proprietário da Sucalata, nos bairros Santa Teresa e no José Geraldo da Cruz, em Juazeiro do Norte, por ser o possível proprietário do terreno onde estava a mercadoria apreendida. Segundo a polícia, ele informou que o terreno onde o material foi encontrado estava em poder de outra pessoa.

O motorista afirma que há oito anos faz o percurso na área onde foi surpreendido pelos bandidos. Essa foi a primeira vez que chegou a ser roubado. Ele havia acabado de apresentar as notas da carga no posto fiscal de Penaforte e, no momento em que entrava no caminhão, foi surpreendido pelos assaltantes. Um deles tomou a direção do veículo e parou em mais dois postos fiscais para averiguação. Por volta das 12h30 chegou ao cativeiro, onde permaneceu até às 5h30, sob a mira de um revólver. Nesse intervalo, os assaltantes tranquilizaram o motorista ao dizer que queriam apenas a carga. Ele foi liberado com o filho à beira da BR 116, no Município de Barro. “A minha preocupação era com a vida do meu filho”, disse o motorista. Ele ainda acrescentou que um dos assaltantes chegou a relatar que vinha monitorando a carga desde a cidade de Feira de Santana, na Bahia.

ELIZÂNGELA SANTOS
REPÓRTER

Fonte: Diário do Nordeste

Curta nossa página no Facebook



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Addthis