Obama estaria cogitando visitar o ex-presidente Lula

O ex-presidente norte-americano Barack Obama estaria cogitando visitar o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso desde 7 de abril na Superintendência da Polícia Federal na capital paranaense. "Uma boa notícia, agora vamos torcer!", publico o vereador Eduardo Suplicy (PT-SP) em sua página no Facebook. De acordo com ele, a visita teria sido recomendada pelo linguista Noam Chomski.

"Ele é 'o cara', elogiou o ex-presidente americano em 2009, durante reunião do G20, ao comentar que era 'o politico mais popular da Terra'. Mais e mais cresce a repercussão internacional contra a prisão inconstitucional de Lula e o governo brasileiro se expõe a uma situação vexatória", escreveu Eduardo Suplicy.

"E sempre é bom lembrar: a história se repete. Como não recordar da campanha internacional que correu o mundo em defesa da liberdade do líder Nelson Mandela, preso por 27 anos na África do Sul e solto em 1990? #LulaLivre", completou o vereador.

Fonte: Jornal do Brasil

Curta nossa página no Facebook

Dormir tarde aumenta chance de morte prematura, aponta estudo

Pessoas que dormem tarde e têm dificuldades para acordar de manhã têm risco maior de morrer de forma prematura, segundo um estudo recente realizado por uma universidade em Chicago, nos Estados Unidos.

A pesquisa, divulgada na publicação científica "Chronobiology International", analisou dados de 433 mil pessoas de 38 a 73 anos e concluiu que aquelas que se definem como "noturnas" têm 10% mais chances de sofrerem uma morte prematura do que aquelas que se dizem "diurnas".

Além disso, quem acorda mais tarde tem uma tendência maior também de ter doenças físicas ou mentais, segundo o estudo.

Para conduzir o estudo, os pesquisadores perguntaram inicialmente aos voluntários se eles eram uma pessoa "definitivamente diurna", "parcialmente diurna", "parcialmente noturna" ou "definitivamente noturna".

Em seguida, observaram a quantidade de mortes entre os participantes em um período de seis anos e meio.

Depois de ajustarem detalhes sobre idade, gênero, raça, tabagismo, índice de massa corporal e classe econômica, os autores do estudo identificaram que a chance de uma morte prematura seria menor nas pessoas com hábitos "diurnos", com o risco aumentando entre cada tipo de relógio biológico.

Comparando as pessoas "definitivamente noturnas" com as "definitivamente diurnas", constatou-se que as primeiras também tinham uma chance 90% maior de ter problemas psicológicos e 30% maior de desenvolver diabetes.

Além disso, elas seriam mais propícias a terem doenças gastrointestinais e neurológicas.

Embora não tenham analisado as causas dos problemas de saúde, os autores do artigo disseram ser provável que pessoas com atrasos no relógio biológico seriam prejudicadas por terem de ajustar seus hábitos a um "mundo com hábitos diurnos".

Para a professora de neurologia da Escola de Medicina da Universidade Northwestern, nos Estados Unidos, isso "pode estar ligado ao estresse psicológico, comer na hora errada para o corpo, não se exercitar o bastante, não dormir o suficiente, permanecer acordado à noite ou usar álcool e drogas".

"Há uma imensa variedade de comportamentos poucos saudáveis associados ao hábito de permanecer acordado até altas horas da noite", diz.

Malcolm von Schantz, professor de cronobiologia da Universidade de Surrey, e também autor do estudo, afirma que os problemas que afetam pessoas noturnas são um "problema de saúde pública que não pode mais ser ignorado".

"Deveríamos todos discutir como fazer para permitir que essas pessoas com hábitos noturnos pudessem se adaptar a uma rotina começando o trabalho mais tarde e finalizando mais tarde, por exemplo", explica.

"E precisamos de mais pesquisas que explorem esse aspecto sobre como as pessoas noturnas podem lidar com esse esforço que precisam fazer para manter seus copos ativos em sincronia com o horário do sol".

Segundo os cientistas, cerca de 40% a 70% do ritmo circadiano de uma pessoa (ou relógio biológico) é herdado geneticamente - o resto é influenciado pelo ambiente onde a pessoa vive e pela idade.

"Parte de você não tem nenhum controle sobre isso, mas outra parte tem", afirma Knutson.

Entre as dicas que ela e outros especialistas em sono recomendam para "ajustar" o relógio biológico, estão:
  • Tente ficar exposto à luz logo cedo e evitá-la tarde da noite
  • Tente manter um horário fixo para ir dormir todo dia e não se permita atrasar muito nesse horário
  • Seja disciplinado sobre um estilo de vida saudável e reconheça a importância da hora de dormir
  • Faça as coisas mais cedo e tente evitar ser uma pessoa de hábitos noturnos o máximo que você puder
Fonte: BBC Brasil

Curta nossa página no Facebook

Divulgado edital de concurso da Funceme

O edital do concurso da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) foi divulgado no Diário Oficial do Estado (DOE) desta sexta-feira (20). Como já havia sido adiantado pelo governador Camilo Santana, serão 40 vagas ofertadas, sendo 35 para o cargo de Pesquisador e cinco para Analista de Suporte à Pesquisa. Todas as oportunidades exigem Ensino Superior.

As vagas para Pesquisador serão divididas em cinco especialidades: Recursos Ambientais, Recursos Hídricos, Meteorologia, Monitoramento e Informática. Conforme consta no edital, cada uma destas áreas terão ainda atuações específicas. Já para o cargo de Analista, as oportunidades são para Ciências Contábeis e Administração.

As inscrições serão realizadas exclusivamente pela internet, por meio do site da Comissão Executiva do Vestibular da Universidade Estadual do Ceará (CEV/UECE), e terão início no 1º dia útil após decorrido o prazo de 15 dias corridos, contados a partir do 1º dia útil da data de circulação do Diário Oficial desta sexta-feira. O cronograma com todos os detalhes também ficará disponível no site da CEV/UECE.

O valor da taxa de inscrição do concurso da Funceme será de R$ 130 para ambos os cargos.

O processo será composto de duas fases: a primeira será prova objetiva de múltipla escolha, de caráter eliminatório e classificatório para os dois cargos, e prova discursiva/dissertativa, também de caráter eliminatório e classificatório, para o cargo de Pesquisador. A segunda constará de avaliação de títulos, de caráter apenas classificatório para ambos os cargos. A aplicação das provas será em Fortaleza.

O prazo de validade do concurso será de dois anos contados da data de publicação da homologação do resultado final, podendo ser prorrogado uma única vez, por igual período. Todos os demais detalhes podem ser conferidos por meio do Diário Oficial do Estado.

Confira o edital

Assessoria de Imprensa/Governo do Estado

Curta nossa página no Facebook

Tradição das meizinheiras se mantém em comunidade do Crato

Pouco mais de 8 km da sede deste Município, na encosta da Chapada do Araripe, fica o Sítio Chico Gomes, nome que homenageia o primeiro prefeito da cidade. Por lá, correm cinco nascentes e três delas são habitat do Soldadinho-do-Araripe, ave ameaçada de extinção. A comunidade também se notabilizou por manter uma importante característica: o saber popular das meizinheiras. São três marias, cada uma com sua trajetória e maneira de fazer os remédios caseiros, mas que se uniram para preservar a fitoterapia aliada com a diversidade da flora local.

A medicina popular em Chico Gomes tem algo especial: os saberes das mães, avós e bisavós, que remontam ao conhecimento de grupos indígenas sobre o manejo e uso das plantas. Em 2012, cerca 20 mulheres foram reunidas na comunidade para compartilhar seus remédios caseiros e formar o grupo de meizinheiras Pé de Serra. No entanto, apenas três delas levaram para frente a tradição.

Valorização
De acordo com Manoel Leandro, professor, educador e artista popular, a ideia de reuni-las surgiu junto com o trabalho do Grupo Urucongo de Arte e Cultura, formado por jovens de Chico Gomes. "Fazíamos o trabalho de memória tentando revitalizar alguns saberes na comunidade, como danças e canções", explica. A partir daí, as mães destes garotos e garotas começaram a acompanhar as apresentações na cidade do grupo.

Com o entusiasmo das mães, os jovens resolveram organizar o primeiro encontro de saberes da medicina popular. "Pelo fato das mães nos acompanharem nas atividades, pensamos em algo que pudesse juntá-las. Algum elemento que possibilitasse a organização delas. Percebemos que o saber sobre ervas era algo comum", lembra Manoel.

"Pelo fato desse saber não estar sendo repassado para os mais jovens, pensamos que podíamos trabalhar vários objetivos importantes em um só trabalho. Nem imaginávamos que ia crescer tanto. O objetivo era revitalizar saberes importantes para a comunidade. Esse saber sobre ervas era fundamental que fosse repassado", completa Manoel.

Uma das responsáveis por dar continuidade ao trabalho com medicina popular foi a própria mãe de Manoel, a agricultura Maria Leandro, 71, conhecida como Rina. No seu terreiro aconteceu o primeiro encontro e, desde então, não parou mais. "Aprendi com minha vó. Fui criada sem mãe. Ela fazia chá de limão com alho para a gripe. Hoje, uso também a malva do reino, a hortelã. Para o lambedor junta o jatobá, imburana, espinho de cigana, cebola branca e alecrim", conta.

"Nascida e criada" em Chico Gomes, como ela mesma fala, Rina, cresceu plantando feijão, arroz, milho, fava e cana-de-açúcar. Da roça, veio o contato com as plantas, que depois levou para dentro de casa. Sua trajetória é parecida com a de Maria da Penha do Nascimento, conhecida Peinha, 65, sua vizinha, amiga e uma das meizinheiras. Seu contato com a medicina popular veio também por meio de sua vó. "Ela gostava muito de fazer remédio, mas eu não prestava muita atenção. Ela fazia chá, lambedor", lembra.

Um pouco mais abaixo da casa das duas, mora Maria Juraci dos Santos, 69, conhecida como dona Iraci. Natural de Barbalha, há 50 anos ela mora em Chico Gomes e teve que aprender os saberes da medicina popular para cuidar dos nove filhos. "Hoje cada um é dono de si", se orgulha a agricultora e meizinhera. Juntas, Iraci, Rina e Peinha mantém o grupo e foi desenvolvendo produtos a partir de oficinas e encontros, a partir de 2012.

Com o grupo formado, a Cáritas de Crato organizou oficinas para produção de sabonetes e pomadas a partir das plantas medicinais encontradas da Chapada do Araripe. Até hoje, as três mantém o trabalho e são estes os produtos mais vendidos por elas. "Não foi difícil aprender", conta Rina. "Aprendemos ligeiro demais", completa Iraci.

Para fazer o sabonete, elas tiram a casca da aroeira e cortam, deixando em uma garrafa de álcool por 15 dias. A glicerina é desmanchada em banho-maria e acrescentada com um pingo da essência que se formou a partir da planta. "É bom para a pele e ajuda na desinflamação", garante Iraci, ao apontar para uma ferida recém-curada em sua perna, lavada diariamente com o produto.

Apesar de ser o mais vendido, o sabonete não gera uma renda significativa para as três mulheres. "Eles ajudam a gente, mas não daria pra viver disso. É mais porque a gente gosta", conta Peinha. No entanto, elas admitem que, quando a comunidade recebe visitantes, o comércio destes produtos aumenta. Até mesmo turistas franceses levaram para casa seus sabonetes. "Hoje mesmo recebi uma encomenda de 50", anima-se Iraci.

Na mata e no quintal
As plantas são encontradas, em sua maioria, no meio do mato, como a imburana, o jatobá, o angico e o muçambê. Outras são plantadas nos terreiros de casa, como a malva do reino, o hortelã. Porém, alguns outros são comprados na sede de Crato. Eles são usados, principalmente, para fazer o "lambedor", remédio caseiro popular contra tosse e gripe. Cada uma tem seu toque, seu jeito de fazer. Iraci usa cascas, já Rina e Peinha usam mais folhas, acrescentando gengibre e romã.

Para fazer o lambedor, tira todas as folhas e/ou cascas, junta tudo na água e acrescenta o açúcar. Deixa ele no fogo, de preferência a lenha, para cozinhar. Ele tem que ficar "meio dia" no fogo ou cerca de 12h. "Aí vai apurando. Quando está tudo cozido, vai baixando o fogo para engrossar o mel. Se botar quatro litros de água dá um litro", explica Peinha. Depois disso, coa e pode servir. "Se tem aquela tosse agarrada, toma três vezes por dia. Ele cura, mas primeiramente é a fé em Deus", receita Iraci.

"Muita gente tem tomado o remédio e vindo aqui agradecer", conta Iraci. Ela já levou seus remédios caseiros para a feira no bairro Mirandão. "Vendi bastante", completa. Na semana seguinte, retornou para vender mais e recebeu outros pedidos. Segundo ela, esses saberes eram ocultos. Hoje, as três saem de Chico Gomes para ensinar e também aprender com os encontros que já participaram no Crato e em outros municípios, como Porteiras e Exu (PE).

Estes encontros tem consolidado ainda mais a amizade de Iraci, Peinha e Rina. "A gente se considera como irmãs. É sempre nós três", admite Peinha. Quando tem uma feira ou reunião, todas levantam cedo e se organizam para ir juntas. "Me sinto bem demais nesses cantos. Ser reconhecida, conhecer outras pessoas, outras experiências, aprender mais", completa a meizinheira.

Dificuldade
As tradições da fitoterapia, sobretudo na zona rural, são impulsionadas pela dificuldade de atendimento médico que as comunidades têm, principalmente, por causa do acesso das estradas. Em Chico Gomes, por exemplo viveram parteiras notáveis, no início do século XX, como dona Cândida e Vicença Mané. Hoje, por lá, não tem posto e um médico vai consultar as pessoas na capela a cada 15 dias. Na última semana, isso não aconteceu por causa dos buracos formados pelas últimas chuvas, que dificultam a passagem de veículos.

Em cada quintal, seja na zona rural ou urbana, a presença de plantas medicinais ainda é forte. Nas feiras, é comum encontrá-las. Por isso, Rina acredita que os filhos e netos vão manter a memória e repassar os saberes de lá. "Os meninos daqui se interessam. Acho que vai dar para manter", projeta. Já Peinha vê em suas filhas a continuação da medicina popular na comunidade. "É pra elas levarem para frente. Todas já sabem fazer seus chás. Uma já indica chá para mim", conta com orgulho.

Turismo comunitário
Além dos saberes das meizinheiras, a comunidade de Chico Gomes tem desenvolvido diversas atividades para atrair turistas. O grupo Urucongo realiza, em noites de lua cheia, a "Balada Coco", com música, dança e comidas típicas; e, nas manhãs, o café com poesia.

Mais de mil pessoas, até de outros países, já visitaram o Sítio. Lá também é desenvolvida a experiência agroecológica por meio de mandala e trilhas ecológicas guiadas pelos moradores.

ANTONIO RODRIGUES
COLABORADOR

Fonte: Diário do Nordeste

Curta nossa página no Facebook

Joesley Batista diz ter repassado R$ 110 mi a Aécio Neves em 2014

Na semana em que o senador Aécio Neves (PSDB-MG) se tornou réu no Supremo Tribunal Federal por corrupção passiva e obstrução da Justiça, novos depoimentos de delatores do Grupo J&F e da empreiteira Andrade Gutierrez ampliaram denúncias contra ele. Aécio, alvo de uma ação penal e oito inquéritos na Corte, foi também acusado de pressionar o ex-ministro da Justiça Osmar Serraglio a nomear um delegado da Polícia Federal de sua preferência. Os fatos aumentaram o desgaste do senador mineiro no PSDB e a pressão para que ele fique afastado do processo eleitoral deste ano.

O empresário Joesley Batista afirmou em depoimento à PF anteontem ter repassado R$ 110 milhões ao senador durante a campanha do tucano à Presidência da República em 2014 em troca de apoio nos negócios do Grupo J&F. A informação foi publicada pelo jornal "O Globo" e confirmada pelo jornal "O Estado de S. Paulo".

O empresário entregou à PF uma planilha em que listou doações, ao lado de notas fiscais e de recibos com informações para comprovar o repasse ao senador.

Segundo Joesley, o valor foi dividido entre o PSDB - que teria ficado com R$ 64 milhões -, o PTB - com R$ 20 milhões - e o Solidariedade - que teria levado R$ 15 milhões. Além disso, outros R$ 11 milhões foram repassados, segundo Joesley, para as campanhas de políticos que apoiaram o tucano na disputa pela Presidência em 2014.

A defesa de Aécio afirmou que Joesley mente para tentar manter, "de forma desesperada", seu acordo de colaboração premiada que aguarda há sete meses para ser discutido pelo Supremo Tribunal Federal.

Em outro depoimento, o dono da J&F disse que pagou uma espécie de "mesada" de R$ 50 mil por mês ao senador entre 2015 e 2017. No relato, revelado pelo jornal "Folha de S.Paulo", o empresário afirmou que a "mesada" foi solicitada pelo senador mineiro para custear suas despesas e que o pagamento era feito por meio da Rádio Arco Íris, da qual Aécio era sócio.

Os dois depoimentos de Joesley reafirmam as informações prestadas pelos executivos da J&F durante as negociações do acordo de colaboração com a Procuradoria-Geral da República em maio do ano passado.

Os executivos gravaram conversas com Aécio, o presidente Michel Temer e outros políticos. O acordo de delação da J&F foi rompido pela Justiça em setembro do ano passado após áudios que mostravam que Joesley e o executivo da J&F Ricardo Saud omitiram informações da Justiça virem à tona.

Andrade Gutierrez
Na terça-feira passada, o acionista da Andrade Gutierrez Sérgio Andrade afirmou que a empreiteira firmou um contrato R$ 35 milhões com uma empresa de Alexandre Accioly para repassar recursos a Aécio Accioly é amigo do senador mineiro.

Há cerca de seis meses, o delator Flávio Barra, ex-presidente da Andrade Gutierrez Energia, relatou que o repasse a Accioly era referente a uma sociedade que nunca existiu de fato.

Sérgio Andrade prestou depoimento em inquérito que apura o pagamento de propina ao tucano em troca de ajuda às empreiteiras que participaram da construção da usina de Santo Antônio, no Rio Madeira, em Rondônia. Ele também afirmou que um acerto foi feito entre a Andrade Gutierrez e a Odebrecht para o pagamento a Aécio.

Em delação premiada, Marcelo Odebrecht relatou a combinação de um pagamento de R$ 50 milhões a Aécio, sendo que R$ 30 milhões seriam repassados pela Odebrecht e R$ 20 milhões pela Andrade Gutierrez.

Na terça-feira passada, a Primeira Turma do Supremo acolheu denúncia da Procuradoria-Geral da República e tornou Aécio réu em ação penal. O tucano foi acusado de pedir ilicitamente R$ 2 milhões a Joesley e de atrapalhar as investigações em torno da Lava Jato.

 No mesmo dia, o deputado Osmar Serraglio (PP-PR), ex-ministro da Justiça de Temer, afirmou no plenário da Câmara que sofreu pressões de Aécio e do também senador Renan Calheiros (MDB-AL), quando era ministro, para interferir nas investigações.

Serraglio disse que trechos das gravações telefônicas entre Aécio e Joesley deixam claro que ele se recusou a ceder às pressões do senador mineiro, que queria emplacar um novo delegado da PF de sua preferência. No diálogo, o senador mineiro se refere a Serraglio com palavrões.

Desgaste
No PSDB, Aécio já é visto como carta fora do baralho eleitoral. Primeiro-vice-líder do PSDB na Câmara, Betinho Gomes (PE) disse que a situação é "muito delicada". Para ele, o senador precisa "refletir".

"Ele perde a condição de disputar um mandato majoritário em Minas Gerais, ele está muito fragilizado. Se insistir nesse movimento, tudo será usado contra ele na campanha eleitoral. Precisa considerar que o partido como um todo não pode ser sacrificado em função dessas acusações", disse o deputado.

A base mineira do Congresso também avalia que as condições se tornaram "insustentáveis". Para um deputado ouvido pelo jornal o "Estado de S. Paulo", os novos depoimentos enterram de vez a possibilidade de o mineiro concorrer a um cargo majoritário.

Aliado de Aécio, o deputado Domingos Sávio (PSDB-MG) disse que ele vai colocar a decisão na balança. "Ele pode entender que, não sendo candidato, pode contribuir com a eleição do (Antonio) Anastasia (pré-candidato tucano em Minas) e do Geraldo Alckmin", afirmou. 

Fonte: UOL (Com informações do jornal "O Estado de S. Paulo")

Curta nossa página no Facebook

Inaugurada em Crato a primeira Areninha do Interior

Foto: Samuel Pinheiro/Blog Cariri
A primeira das 49 Areninhas que serão implantadas em 44 municípios cearenses foi inaugurada nesta sexta-feira (20), no município do Crato. O início das atividades do equipamento esportivo foi marcado por partida comemorativa de futebol com a comunidade, na qual o governador Camilo Santana também participou. Entre um toque de bola e outro, a população e o chefe do Executivo estadual celebraram o espaço que visa à promoção do esporte e da cidadania. O prefeito do Crato, José Ailton Brasil, deputados, secretários estaduais e servidores estaduais e municipais também integraram o elenco da partida.

De acordo com o governador Camilo Santana, outra Areninha está prevista para o município do Cariri. “Esse equipamento é para o lazer dos esportistas, da juventude, e vai funcionar pela manhã, à tarde e à noite. E campo é todo no padrão da Federação Internacional de Futebol (Fifa)”, destacou. “Além disso, a prefeitura do Crato vai desapropriar o terreno que fica aqui vizinho para fazer uma quadra de vôlei”, antecipou.

O investimento da obra é da ordem de R$ 1,6 milhão, sendo 80% do montante oriundos do Tesouro Estadual. Os outros 20% são de contrapartida do Município.

Para todas as idades e práticas esportivas
O estudante Caio Borges, de 15 anos, mora bem perto de onde a Areninha está instalada, no bairro Seminário. Ele conta que o equipamento vai atrair a juventude da cidade, que até então não tinha um espaço urbanizado e iluminado para “bater uma bolinha”. “Ter um espaço como esse é muito bom para a população, porque as crianças e os jovens ficam brincando de bola no meio da rua”, alertou. E continuou: “e não é só para jogar futebol, pode ser qualquer prática esportiva. O espaço é grande, dá para aproveitar bem”.

E quem concorda com isso é José Carvalho Leite, de 60 anos. O aposentado caminha pelo bairro de segunda à sexta com a esposa Maria Nádia Rolim, de 56 anos. Ele destacou que as Areninhas são complementares às Escolas Estaduais de Tempo Integral para “tirar o jovem da ociosidade”. “Vai ter uma adesão muito grande, e não só pelos jovens”, afirmou. “E dá pra fazer (no espaço), ainda, festa junina, quadrilha, né?”, emendou.

Foto: Samuel Pinheiro/Blog Cariri
O projeto
Lançado em setembro último, o Projeto Areninha do Ceará pretende dar uma nova dinâmica social às cidades cearenses, possibilitando uma estrutura para prática esportiva e lazer da população. Cada Areninha terá gramado sintético, bancos de reserva, alambrados, rede de proteção, iluminação, vestiário, depósito para materiais rampa de acesso para cadeirantes, paisagismo e pavimentação no entorno. O investimento total do projeto é da ordem de R$ 100 milhões, financiados com recursos do Programa de Apoio às Reformas Sociais (Proares III) – mesmo programa que financia as Praças Mais Infância e outras estruturas do Estado.

As obras são realizadas pelo Governo do Ceará, por meio da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS) e do Departamento de Arquitetura e Engenharia do Estado do Ceará (DAE). Os terrenos são cedidos pelas prefeituras na zona urbana da cidade e têm, em média, área de 95 metros por 73 metros. Os campos apresentam dimensão de 85 m por 60 m.

Veja álbum de fotos na página no Blog Cariri no Facebook

Assessoria de Imprensa/Governo do Estado

Curta nossa página no Facebook

21 de abril

1792 - Tiradentes (foto) é executado e esquartejado. Seu nome consta no Livro de Aço do Panteão da Pátria e da Liberdade, sendo considerado Herói Nacional Brasileiro.
1960 - É oficialmente inaugurada a cidade de Brasília, substituindo Rio de Janeiro como a capital do Brasil.
1994 - Aleksander Wolszczan anuncia a descoberta dos primeiros exoplanetas.

Nasceram neste dia…
1851 - Sílvio Romero, literato brasileiro (m. 1914).
1864 - Max Weber, economista e sociólogo alemão (m. 1920).
1926 - Elizabeth II do Reino Unido.

Morreram neste dia…
1109 - Anselmo de Cantuária, filósofo italiano (n. 1033).
1946 - John Maynard Keynes, economista britânico (n. 1883).
2006 - Telê Santana, futebolista e treinador brasileiro (n. 1931).

Fonte: Wikipédia

Tudo o que você precisa saber sobre a reforma do Parque e a Expocrato 2018

A 67ª edição da Exposição Centro Nordestina de Animais e Produtos Derivados, a Expocrato, nem começou e já é um marco divisório na história do evento. Dois fatores determinam isso. O primeiro é, como se sabe, a reforma na infraestrutura do Parque de Eventos Pedro Felício Cavalcante, casa que abriga a Expocrato desde seu primórdio, realizada pelo Governo do Estado do Ceará, que promete tornar este equipamento no maior do tipo de todo o Nordeste.

Em poucas linhas, o segundo fator é a transformação da programação musical da Expocrato em um Festival. Grandes são as pretensões e maiores são os investimentos.

A publicidade e o alvoroço em torno do recém-nascido Festival Expocrato estava garantida desde o anúncio de que a produtora que levou Beyoncé ao Arena Castelão, em Fortaleza, o Grupo Arte Produções e Multi Entretenimento, seria a nova empresa à frente da parte musical do evento, que levanta grandes expectativas não apenas pelas atrações, mas pela organização e infraestrutura.

Essas são as informações que a reportagem apurou sobre a reforma do Parque Pedro Felício Cavalcante e o Festival Expocrato até agora:

Reforma do parque

Área total de intervenção: 303.605,40 m². Reforma de 4.434,30 m² de construções existentes.

Área de Construção de Novos Edifícios: acréscimo de 11.137,50m².

“A reforma dotará o espaço de Eventos, Feira, Parque e Shows de uma nova dignidade, com uma infraestrutura de apoio apropriada para que atividades de diversas naturezas possam acontecer”, conta o engenheiro Silvio Campos, superintendente do Departamento de Arquitetura e Engenharia (DAE), do Governo do Estado do Ceará.

As novas construções incluem: Administração do Parque, Dormitório para os Tratadores (144 camas), Instalações sanitárias, Nova Arquibancada, Edifício para Entidades, Centro de Manejo, Marquises Polivalentes, Restaurantes, Museu do Parque, Área para Artesanato, Engenho, Renovação dos Pavilhões existentes e toda a parte viária e de currais nova. 

Segundo conta o engenheiro responsável, o superintendente Campos, “toda a área do parque têm prioridade”. “A reforma e acréscimo do Parque abarca todas as atividades existentes no parque e aporta infraestrutura com flexibilidade para apoiar ainda mais atividades”. Explica, ainda, que a reforma da exposição e do espaço de eventos está sendo realizada ao mesmo tempo.

Também haverá a colocação de piso intertravado na área de shows com capacidade para mais de 30.000 pessoas.

Haverá uma pista de “kiss and go” de acesso ao Parque, onde motoristas poderão parar e realizar embarque e desembarque sem atrapalhar o trânsito.

A praça Coronel Filemon Teles, localizada em frente à entrada principal da Expocrato, está sendo reformada junto o Parque. A Av. Malides de Siqueira está interditada apenas temporariamente.

Festival Expocrato
O evento muda de proposta. Será um Festival de Música, o que caracteriza o evento com tom mais cultural e diversificado do que originalmente tinha e deve influenciar sua programação.

A edição acontecerá de 15 a 22 de julho, no Parque Felício Cavalcante, contabilizando 8 dias de evento.

Serão mais de 40 atrações com a promessa de uma grade musical com nomes de peso nacional.

Conta com a produção do Grupo Arte Produções, Multi Entretenimento, Social Music e Mega Som, que realizam os principais evento do Ceará e Nordeste, como o Villa Mix, Ceará Music e atrações internacionais como Scorpions, Jenifer Lopez e Demi Lovato

O Festival deve manter a programação temática por dia com “dia do forró das antigas”, “dia do rock”, “dia do reggae”, como acontecia.

Atrações como Jorge & Mateus, Luan Santana, Wesley Safadão e Xandy Avião devem figurar entre os nomes da programação, mas há especulações de que Simone & Simaria, Maiara & Maraisa, Alok e Anitta também estejam. Não há, porém, informações sobre quais atrações menos mainstream da cena cultural poderem vir.

Em breve, espera-se que até maio, as produtoras realizem uma coletiva de imprensa para lançar oficialmente o Festival.

Por: Alana Maria

Fonte: Cariri Revista

Curta nossa página no Facebook

Vencedora do BBB18, Gleici grita "Lula livre" ao vivo em alto e bom som para o mundo inteiro ouvir

Campeã do Big Brother Brasil 18 (BBB18), a acreana Gleici Damasceno soltou um grito de "Lula livre!", ao vivo quando descobriu que ele estava preso. Na euforia da saída, um dos familiares rapidamente deu a informação para a ex-sister, que ganhou R$ 1,5 milhão e um carro. Ela é militante do Partido dos Trabalhadores (PT) e fã do ex-presidente Lula.

Após a vitória, Gleici foi parabenizada no Instagram pela ex-presidenta Dilma Rousseff, que publicou foto das duas juntas antes do programa. "Parabéns a querida Gleici, jovem negra, periférica, militante do movimento negro, atuante nas lutas da juventude por um futuro melhor, feminista, filiada ao Partido dos Trabalhadores. Gleici, a menina acreana que é a cara de nosso povo e sempre esteve do lado certo da luta e da história, encantou e conquistou o Brasil!", diz o post.

A página oficial de Lula no Facebook também se manifestou: "Quando é no voto, a gente ganha sempre. Parabéns Gleici! #timelula"

Ao longo do reality, a acreana fez questão de deixar clara sua vida de militância. Do lado de fora, não demoraram a circular inúmeras fotos de Gleici ao lado de Lula. Sobre ter vencido o programa, a estudante de psicologia se mostrou surpresa. "Tô muito feliz, mas não estou sabendo lidar. Eu estou feliz como não estive na vida, mas parece que ainda estou na casa e estou sonhando,parece que não é real", disse.

Questionada em entrevista pós-vitória Gleici disse ainda não ter noção do que vai fazer com o prêmio mas contou que a prioridade é ajudar a família. "Quero deixá-los com conforto, eles moram em casinhas muito simples e eles já estão idosos. Depois quero viajar, quero levar elas pra viajar também. Acho que ninguém nem nunca viajou de avião", comentou.


Fonte: O Povo

Curta nossa página no Facebook

Depois de Lula, é hora de investigar, processar e prender Temer, Aécio e Alckmin, diz delegado da PF

Depois de Lula, agora é a vez de Michel Temer (MDB), Aécio Neves (PSDB-MG) e Geraldo Alckmin (PSDB-SP). O recado aos políticos do MDB e do PSDB foi dado pelo responsável pela Delegacia de Repressão a Corrupção e Crimes Financeiros em São Paulo (Delecor), da Polícia Federal, Milton Fornazari Junior, em uma rede social nesse fim de semana.

“Agora é hora de serem investigados, processados e presos os outros líderes de viés ideológico diverso que se beneficiaram dos mesmos esquemas ilícitos que sempre existiram no Brasil (Temer, Alckmin, Aécio etc)”. Do contrário, segundo o delegado, poderá prosperar a tese petista de que Lula é alvo de perseguição política.

A publicação, feita enquanto o ex-presidente era levado preso para Curitiba, foi retirada do ar pelo delegado depois de sua repercussão. “Para você que gosta de me monitorar aqui, não adianta se articular, vamos continuar prendendo os corruptos de todos os gêneros”, escreveu em seguida.

Temer, Aécio e Alckmin são alvos de inquéritos da Operação Lava Jato, a mesma que levou Lula à prisão.

De acordo com o jornal O Estado de S. Paulo, Fornazari tem em seu currículo a apuração sobre o cartel do Metrô de São Paulo, o inquérito que apura desvios de recursos nas obras do Rodoanel que levou à prisão de Paulo Vieira de Souza, ex-diretor do Dersa, apontado como operador do PSDB paulista. O delegado federal é especialista em cooperação internacional para identificação de lavagem de dinheiro e ocultação de valores.

Também na rede social, Fornazari comentou a situação de Lula. Segundo ele, a prisão do ex-presidente foi justa porque o petista “objetivamente recebeu bens, valores, favores e doações para seu partido indevidamente por empresas que se beneficiaram da corrupção em seu governo”. “Se não acontecer e só Lula ficar preso, infelizmente, tudo poderá entrar para a história como uma perseguição política.”

O procurador da República Carlos Fernando dos Santos Lima, da força-tarefa da Lava Jato em Curitiba, também fez uso das redes sociais nesse domingo para comentar reportagem do jornal O Globo e rechaçar a tese de que as investigações da operação são seletivas e poupam adversários do PT. “Ainda é preciso fazer mais por todo o Brasil. Lute pelo fim do foro privilegiado, de mudanças nas leis penais e no fortalecimento da democracia”, emendou.

Fonte: Congresso em Foco

Curta nossa página no Facebook

Secretaria de Educação do Ceará abre seleção para 2 mil bolsas; remuneração é de R$ 937

A Secretaria de Educação do Estado do Ceará (Seduc) lançou edital para concessão de duas mil bolsas do Programa Avance, destinadas a jovens egressos da rede estadual e que estão estudando em instituições de ensino superior da rede pública ou privada. As inscrições poderão ser feitas on-line desde o dia 19 de abril e vai até o dia 6 de maio.

O valor das bolsas é de R$ 937 que devem ser concedidas em um período de seis meses, podendo se estender por 12 meses com valor menor de R$ 468,50.

Do total de bolsas, 20% são reservadas a cotistas negros, índios, pessoas com deficiência e quilombolas. O percentual representa 400 bolsas, sendo 240 para negros, 80 bolsas para pessoas com deficiência, 40 bolsas para indígenas e 40 bolsas para quilombolas.

Para ter direito à bolsa, o estudante precisa estar matriculado, neste ano vigente de 2018, no primeiro ano de um curso de graduação em Instituição de Ensino Superior, devidamente autorizada pelo MEC, e ter cursado todo o Ensino Médio em escola pública do Ceará.

Também é necessário ser cadastrado no CadUnico – que é o Cadastro Único do Governo Federal para credenciamento a inscrever-se em programas sociais. Neste caso, pessoas oriundas de famílias que recebem Bolsa Família terão prioridade.

O edital pode ser acessado a partir da página 67 do Diário Oficial do Estado.

O resultado final da seleção será divulgado em 18 de maio. A relação final dos classificáveis ocorrerá em 25 de maio de 2018.

Fonte: G1 CE

Curta nossa página no Facebook

20 de abril

1233 - O Papa Gregório IX edita duas bulas que marcam o início da Inquisição papal.
1792 - A França declara guerra à Áustria, começando assim as Guerras revolucionárias francesas.
1972 - A Apollo 16 pousa na Lua.

Nasceram neste dia…
1845 - Barão do Rio Branco (foto), diplomata e historiador brasileiro (m. 1912).
1889 - Adolf Hitler führer alemão (m. 1945).
1893 - Joan Miró, pintor espanhol (m. 1983).

Morreram neste dia…
1912 - Bram Stoker, escritor irlandês (n. 1847).
1985 - Charles Francis Richter, sismólogo norte-americano (n. 1900).
1993 - Cantinflas, humorista e ator mexicano (n. 1911).

Fonte: Wikipédia

Primeira areninha do Interior será inaugurada nesta sexta-feira (20) em Crato

Foto: Samuel Pinheiro/Blog Cariri
O Governo do Ceará inaugura, nesta sexta-feira (20), a primeira areninha do interior do Estado. O bairro Seminário, no Crato, vai receber o equipamento esportivo, em solenidade a partir das 18 horas, com a presença do governador Camilo Santana.

O investimento na obra foi de, aproximadamente, R$ 1,6 milhão, sendo 80% custeados pelo Governo do Ceará, via Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS), e 20% pela Prefeitura do Crato.

Areninhas do Interior
Quarenta e nove localidades de todo o Estado ganharão as areninhas. Os equipamentos contam com gramado sintético, alambrados, vestiários, arquibancadas, iluminação e urbanismo, entre outras melhorias.

O Governo do Ceará finaliza a licitação para a construção de mais de 100 Campinhos, com estrutura menor do que as areninhas, similar aos campos society, para os municípios que não vão receber areninhas. Já a ação Juntos por Fortaleza, parceria do Governo do Ceará com a Prefeitura de Fortaleza, anunciou a construção de 16 novas areninhas na Capital.

Serviço:
Inauguração da Areninha do Crato
Data: 20/4/2018 (sexta-feira)
Hora: 18 horas
Endereço: Rua Mário Teixeira Mendes com Rua Manoel Almino de Lima, bairro Seminário

Assessoria de Imprensa/Governo do Estado

Curta nossa página no Facebook

Gilmar Mendes prorroga por 60 dias investigação sobre Aécio

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu prorrogar por 60 dias as investigações sobre o senador Aécio Neves (PSDB-MG) no âmbito de um inquérito que apura "maquiagem" de informações prestadas pelo Banco Rural à CPMI dos Correios. Gilmar também determinou que o inquérito contra o senador seja encaminhado à Polícia Federal para a realização de diligências.

"Tendo em vista que há diligências pendentes (...), defiro a prorrogação de prazo, nos termos requeridos. Ante o exposto, determino o prosseguimento das investigações, deferindo o prazo de sessenta dias para conclusão das investigações", determinou o ministro, em decisão assinada no dia 13 de abril.

O inquérito foi instaurado com base na delação premiada do ex-senador Delcídio Amaral (MS). O delegado de Polícia Federal Heliel Jefferson Martins havia pedido a prorrogação do prazo para a conclusão das investigações, já que aguarda o retorno de duas cartas precatórias (quando há pedido de informações envolvendo instâncias judiciais distintas) para apresentar o relatório final.

Procurada pela reportagem, a assessoria do senador informou que "prorrogações são medidas rotineiras em inquéritos" e que "quanto mais profunda e isenta for a investigação, mais clareza haverá de que o senador não tem qualquer relação com os fatos investigados".

Denúncia
Na última terça-feira (17), a Primeira Turma do STF aceitou a denúncia da Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o senador pelos crimes de corrupção passiva e obstrução da Justiça com base na delação premiada do Grupo J&F.;

Ex-presidente nacional do PSDB, Aécio se tornou réu pela primeira vez no Supremo por causa do episódio em que foi gravado pedindo R$ 2 milhões a Joesley Batista. O tucano também é acusado de tentar atrapalhar as investigações da Operação Lava Jato.

Além da ação penal que será aberta, Aécio é alvo de oito inquéritos que tramitam no Supremo - cinco com base na delação da Odebrecht, dois relacionados à delação de Delcídio e outro caso da delação da J&F.;

Fonte: Agência Estado

Curta nossa página no Facebook

Ceará Pacífico: Cariri ganha Território do Pacto, Uniseg e Videomonitoramento nesta sexta-feira (20)

O Pacto por um Ceará Pacífico chega ao Cariri. Juazeiro do Norte recebe, a partir desta sexta-feira (20), o pacote de investimentos em segurança e ações sociais que marca os territórios do Pacto, além do reforço de policiamento ostensivo e comunitário com a criação de uma Unidade Integrada de Segurança (Uniseg), em parceria do Governo do Ceará e Prefeitura de Juazeiro do Norte.

A solenidade de instalação ocorre às 9 horas, no Largo do Socorro, no Centro, com as presenças do governador Camilo Santana, da vice-governadora Izolda cela, e do prefeito Arnon Bezerra. Na ocasião, será ainda instalado na cidade o sistema de videomonitoramento integrado de segurança, com câmeras dispostas pelos principais pontos do município e ligadas à Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops).

Outros Territórios e Unisegs
Fortaleza possui dois Territórios do Pacto por um Ceará Pacífico – no Grande Vicente Pinzon e Grande Bom Jardim, lançado no último sábado (9) –; além de seis Unisegs, sediadas no Vicente Pinzon, Meireles, Conjunto Ceará, Bom Jardim, Antônio Bezerra e Messejana, abrangendo os respectivos bairros vizinhos. Sobral foi a primeira cidade do Interior a receber Território e Uniseg, em dezembr do ano passado.

Serviço:
Instalação do Território do Ceará Pacífico do Cariri
Data: 20/4/2018 (sexta-feira)
Hora: 9 horas
Local: Largo do Socorro, rua Santa Rosa, s/n, Centro de Juazeiro do Norte (em frente ao Memorial Padre Cícero)

Assessoria de Imprensa/Governo do Estado

Curta nossa página no Facebook

Jornal francês detona e traz perfil real de Bolsonaro: o “Trump tropical, homofóbico e machista”

O jornal francês Le Monde traz um perfil do pré-candidato à presidência do Brasil, Jair Bolsonaro. O vespertino explica que o deputado quer aproveitar a prisão de Lula para avançar na campanha eleitoral.

Em reportagem de meia página a correspondente do jornal no Brasil conta como Bolsonaro celebrou a detenção de Luiz Inácio Lula da Silva. “Não se trata de uma derrota de Lula, e sim de uma vitória da Justiça”, festejou o deputado, citado o vespertino.

O jornal, que fala de Bolsonaro como a “Marine Le Pen do Brasil”, em alusão à líder da extrema-direita francesa, diz que o militar já se vê como favorito na corrida presidencial. Afinal, explica Le Monde, “segundo uma pesquisa de intenção de voto divulgada após a condenação de Lula, Bolsonaro reunia 18% dos votos, atrás do petista. E na hipótese do ex-presidente ficar fora do páreo, ele passaria para o primeiro lugar”.

Segundo o jornal francês, Bolsonaro quer aproveitar da descrença atual da população na classe política. “Os escândalos de corrupção envolvendo o PT, o mensalão em 2005 e a operação Lava Jato em 2014, permitiram ao parlamentar atrair para si, progressivamente, os eleitores exasperados”, analisa o jornal. “Principalmente a burguesia e os jovens que defendem o ultraliberalismo econômico e o rigor moral”, continua.

O texto traça um perfil do deputado, apresentado como um “machista” e “homofóbico”, “favorável à pena de morte e ao porte de armas”. A reportagem explica como ele se tornou conhecido por suas declarações polêmicas e por sua estratégia oportunista. Le Monde relembra a homenagem que Bolsonaro fez ao torturador Carlos Alberto Brilhante Ustra, no dia do voto do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, conta que ele se tornou evangélico – e filmou o ritual de batismo –, em um momento em que essas igrejas estão em pleno crescimento, ou ainda como abandonou suas posições de tendência militar e nacionalista para adotar um tom bem mais liberal. “Trump tropical, ele se tornou aceitável para os meios financeiros”, analisa a reportagem.

Essa capacidade de atrair diferentes eleitores é ressaltada pelo texto. Ouvido pelo jornal francês, o cientista político Rudá Ricci resume: “Bolsonaro seduz os agricultores do Sul, os jovens de São Paulo, e os membros das gangues do Rio de Janeiro, com uma extrema-direita que não é estruturada, mas que tem chances reais de ser eleita”.

Fonte: RFI

Curta nossa página no Facebook

Ficar acordado até altas horas aumenta o risco de morte, alerta estudo

Todo mundo conhece alguém que é bem mais produtivo durante a noite do que ao longo do dia. Essas pessoas geralmente acordam tarde e sofrem para levantar cedo da cama. Apesar de parecer apenas um hábito comum para alguns, essa prática pode ser perigosa para a saúde e inclusive diminuir o seu tempo de vida.

O alerta vem de um novo estudo, publicado em março no periódico Chronobiology International, que analisou mais de 400 mil pessoas com idades entre 38 e 73 anos durante 6,5 anos. Os pesquisadores da Universidade Northwestern, nos Estados Unidos, notaram que 9% dos participantes eram notívagos e, após observá-los pelo período do estudo, descobriram que eles tiveram um risco de morte 10% maior do que os indivíduos que acordavam cedo. A taxa de morte foi ainda maior entre o grupo de pessoas notívagas que tinha entre 63 e 73 anos.

Quem gostava de ficar acordado até tarde da noite também teve maiores índices de doenças e distúrbios como diabetes, problemas psicológicos, neurológicos, respiratórios e gastrointestinais.

Causas são variáveis
Segundo os cientistas, uma combinação entre a genética e o meio ambiente pode desempenhar um papel na preferência da pessoa em dormir cedo ou tarde. "Pode ser que as pessoas que ficam acordadas até tarde tenham um relógio biológico interno que não corresponde ao seu ambiente externo", disse Kristen Knutson, co-autora do estudo, em um comunicado. "Pode ser estresse psicológico, comer na hora errada para o corpo, não se exercitar ou não dormir o suficiente ou até o uso de drogas ou álcool."

Felizmente, de acordo com a autora, há alguns truques para mudar o hábito noturno, incluindo se expor à luz no início da manhã e apagá-la à noite, manter uma hora de dormir regular, adotar um estilo de vida saudável e fazer as tarefas no início do dia.

Problema de saúde pública
Algumas pesquisas ainda sugerem que os notívagos são mais inteligentes, mais criativos e podem até ficar mentalmente alertas por mais horas depois de acordar. Independentemente disso, os pesquisadores da Northwestern dizem que este é um "problema de saúde pública que não pode mais ser ignorado", principalmente porque essas pessoas acabam dormindo pouco devido as atividades obrigatórias, que costumam ser diurnas.

"Se pudermos reconhecer que esses hábitos noturnos são, em parte, geneticamente determinados e não uma falha de caráter, os empregos e as horas de trabalho poderiam ter mais flexibilidade para essas pessoas", disse Knutson. De acordo com a pesquisadora, os notívagos não deveriam ser forçados a se levantar para um turno às 8 horas da manhã, até porque isso poderia diminuir seu tempo de vida.

Fonte: Viva Bem/UOL

Curta nossa página no Facebook

Vinagre de álcool, o único com 1002 utilidades

Vinagre com álcool é vida! Sabe aquela cola pegajosa do rótulo de embalagem que não desgruda? Ou o mofo, que mesmo após esfregar, não sai do rejunte? Ou até mesmo as manchas de queimado das panelas? Para tudo isso e muitas outras situações existe o vinagre de álcool.

Pode até parecer um comercial publicitário de uma marca do produto, mas não é.

Pelo contrário, as grandes produtoras do composto não exploram este potencial do líquido obtido a partir da fermentação do ácido existente em algumas bebidas ou frutas, como o vinho e a maçã. As utilidades do vinagre vão muito além dos seus tradicionais usos na culinária.

O segredo do vinagre é o seu alto índice de acidez, que corrói a sujeira e elimina germes e bactérias. Melhor ainda é o baixo preço e o fato de uma garrafa do produto (em média 750 ml) render bastante. Outro pró do vinagre é ajudar o meio ambiente substituindo produtos químicos por algo bem mais natural.

Como é corrosivo, o vinagre não deve ficar muito tempo em contato direto com os objetos de plástico, aço, louças, além pisos e rejuntes.

Vinagre branco para limpeza

Limpar a geladeira:
Uma das funções do vinagre é limpar restos de alimentos e resíduos dentro do refrigerador. Basta umedecer um pano com o produto e esfregar em suas prateleiras e paredes. A sua geladeira estará limpa de novo!

Limpar a máquina de lavar roupa e louça:
Outra utilidade do vinagre é retirar o acúmulo de sabão. A dica é colocar uma xícara de vinagre nas máquinas vazias, mensalmente, para limpar. Use no ciclo de limpeza completo, sem o sabão.

Vinagre branco para desinfetar

Desinfetar colchões molhados:
Quem tem filho pequeno ou pets em casa sabe que as vezes o colchão amanhece molhado de xixi e não é fácil limpar ou eliminar o forte cheiro. O vinagre branco também ajuda nestes casos. A dica é passar um pano bem molhado, numa solução com 75% de vinagre e o restante de água, na região suja. Depois, coloque uma camada fina de bicarbonato de sódio sobre o local e deixe agir por 24 horas. No dia seguinte retire a pasta que se formou com um pano úmido.

Eliminar os germes do banheiro:
O vinagre branco, devido ao seu alto índice de acidez, também mata germes e bactérias. Para desinfetar o banheiro basta borrifar abundantemente, nos locais desejados, uma solução com 75% de vinagre e 25% de água. Depois retire o líquido com um pano levemente umedecido.

Vinagre branco para remover manchas

Remover manchas de louças:
Sabe aquela mancha de café no fundo das xícaras e canecas? O vinagre de álcool também ajuda a tirá-las. Basta misturar a mesma proporção do líquido e de sal. Depois esfregue no local, delicadamente, com uma esponja pelo lado amarelo para não riscar.

Limpar o rejunte:
É um pouco trabalhoso, mas o resultado vale a pena. Misture duas xícaras de vinagre e duas colheres de sobremesa de bicarbonato de sódio. Borrife a solução no rejunte e deixe agir por 10 minutos. Importante não ultrapassar este tempo para não corroer o rejunte. Depois basta esfregar com uma vassoura a "trilha" do rejunte e retirar a sujeira com um pano de chão.

Remover manchas do tapete:
Misture duas colheres de sopa de vinagre branco com 1/4 de xícara de bicarbonato de sódio. Esta solução milagrosa irá se transformar numa pasta que deverá ser esfregada, com uma esponja, no local da mancha. A mistura é muito útil para resíduos de café, chocolate, refrigerante, ketchup e colas.

Remover manchas de sabão do box:
Basta encharcar uma esponja com vinagre branco e esfregar, de leve, no box e nas paredes do banheiro. A solução irá quebrar as partículas de sabão e deixar o vidro e os azulejos higienizados e limpos. Na sequência, enxague com água corrente.

Vinagre branco para eliminar odores

Eliminar cheiros do microondas:
O vinagre ajuda a acabar com aquele cheiro indesejável no utensílio doméstico. Basta colocar meia xícara de vinagre e o restante com água dentro de um vasilhame próprio para microondas e deixar ferver. Quando a solução vazar no prato de vidro desligue o aparelho e deixe fechado por cinco minutos. Depois, lave o prato. 

Acabar com odores de potes plásticos:
A melhor forma de eliminar aquele cheiro de comida dos recipientes plásticos é limpando o pote com uma esponja, pelo lado amarelo, e vinagre branco. Após terminar, lave o vasilhame com sabão e água e deixe secar com a tampa aberta.

Fonte: Guia do Litoral/UOL

Curta nossa página no Facebook

Brasileiros se dividem sobre prisão de Lula e desconfiam de seletividade na Lava Jato, revela pesquisa

A maioria da população brasileira (57%) considera que o ex-presidente Lula, preso e condenado na Operação Lava Jato, é culpado dos crimes atribuídos a ele. Mas o país se divide em relação à prisão do petista. De acordo com pesquisa Ipsos divulgada neste sábado pelo jornal O Estado de S. Paulo, 50% são favoráveis e 46% contrários à prisão do petista.

O levantamento revela que 95% dos entrevistados acham que as investigações da Lava Jato devem continuar após a prisão do ex-presidente. Mas há desconfiança grande sobre a imparcialidade da operação. Para 52% dos entrevistados, não é correto afirmar que “a Lava Jato está investigando todos os políticos”. Outros 41% estão de acordo com essa avaliação.

Segundo o Estadão, a percepção de que “a Lava Jato está investigando todos os partidos” atingiu o mínimo histórico da série de pesquisas Ipsos no fim de semana da prisão de Lula. Apenas 43% dos eleitores manifestaram concordância com a frase, e 47% disseram o contrário.

“É a primeira vez, em dois anos, que aparece como minoritária a parcela da população que compartilha da avaliação de que todos os partidos são investigados”, destaca a reportagem. Em abril de 2016, 66% da população via a Lava Jato como empenhada em investigar todas as legendas.

De acordo com a pesquisa, 73% acreditam que existe uma forte percepção de que “os poderosos querem tirar Lula da eleição”. Outros 23% discordam.

A maioria (55%) também concorda com a avaliação de que “a Lava Jato faz perseguição política contra Lula”. Outros 41% discordam. Os entrevistados também se dividem quando confrontados com a afirmação de que “a Lava Jato está mostrando que Lula é mais corrupto que os outros políticos”: 44% concordam e 51% discordam.

O Ipsos ouviu 1.200 pessoas entre os dias 7 e 9 de abril. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos.

Fonte: Congresso em Foco

Curta nossa página no Facebook

Governo anuncia novo salário mínimo para 2019

Pela primeira vez, o valor do salário mínimo ultrapassará R$ 1 mil. O governo propôs salário mínimo de R$ 1.002 para o próximo ano, o que representa alta de 5% em relação ao atual (R$ 954). O valor consta do projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2018, apresentado pelos ministros do Planejamento, Esteves Colnago, e da Fazenda, Eduardo Guardia.

Em 2019, a fórmula atual de reajuste será aplicada pela última vez. Pela regra, o mínimo deve ser corrigido pela inflação do ano anterior medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) mais a variação do Produto Interno Bruto (PIB, soma dos bens e dos serviços produzidos no país) de dois anos anteriores.

Em 2017, o PIB cresceu 1%. Para a estimativa de inflação, o governo considerou a previsão de 4% para o índice de inflação que consta do Boletim Focus, pesquisa com mais de 100 instituições financeiras divulgada toda semana pelo Banco Central.

A LDO define os parâmetros e as metas fiscais para a elaboração do Orçamento do ano seguinte. Pela legislação, o governo deve enviar o projeto até 15 de abril de cada ano. Caso o Congresso não consiga aprovar a LDO até o fim do semestre, o projeto passa a trancar a pauta.

Fonte: Exame.com

Curta nossa página no Facebook

Crato (CE): Vacinação contra Influenza começa nesta segunda-feira (23)

O Ministério da Saúde, por meio da Coordenação Geral do Programa Nacional de Imunizações (CGPNI), do Departamento de Vigilância das Doenças Transmissíveis, da Secretaria de Vigilância em Saúde, lançou agora em abril, a 20ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza.

No município do Crato, as imunizações contra a gripe acontecerão no período de 23 de abril a 1º.de Junho, sendo o dia D de vacinação, dia 12 de maio.

O grupo prioritário da campanha são pessoas a partir de 60 anos, crianças de seis meses aos menores de cinco anos, trabalhadores de saúde, professores das redes pública e privada, povos indígenas, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), pessoas privadas de liberdade – o que inclui adolescentes e jovens de 12 a 21 anos em medidas socioeducativas - e os funcionários do sistema prisional.

Os portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais também devem se vacinar. Este público deve apresentar prescrição médica no ato da vacinação. Pacientes cadastrados em programas de controle das doenças crônicas do Sistema Único de Saúde (SUS) deverão se dirigir aos postos em que estão registrados para receberem a vacina, sem a necessidade de prescrição médica.

A Secretaria de Saúde do Estado do Ceará divulgou, em nota técnica, que o Estado tem oito casos confirmados de influenza em 2018, até a semana epidemiológica 15, encerrada em 14 de abril. São sete casos confirmados de influenza A H1N1 e um de influenza B. Três casos evoluíram para óbito, todos de influenza A H1N1. É importante salientar que a vacina é o meio de prevenção mais eficaz contra o vírus.

Com informações da Assessoria de Comunicação/PMC e Ministério da Saúde

Curta nossa página no Facebook

Palavrões, ameaças e o conflito sentimental que levaram Eduardo Bolsonaro a ser denunciado

Xingamentos, ameaças, uma questão pessoal que ganhou a esfera pública. Esse é um resumo das mensagens atribuídas ao deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) que resultaram na denúncia criminal apresentada contra ele pela procuradora-geral da República, Raquel Dodge. Caberá agora aos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) decidirem se o deputado responderá como réu ao crime de ameaça, cuja pena vai de um a seis meses de detenção e pagamento de multa. O caso será relatado pelo ministro Luís Roberto Barroso, considerado hoje um dos mais rigorosos da corte.

Filho do pré-candidato à Presidência pelo PSL, Jair Bolsonaro, Eduardo é acusado de ter ameaçado, por meio de celular, a jornalista Patrícia de Oliveira Souza Lélis, sua ex-assessora, em julho de 2017. A peça enviada pela procuradora-geral ao Supremo reúne reprodução de conversas entre os dois no Telegram, aplicativo concorrente do Whatsapp que tem entre suas principais ferramentas uma que permite a destruição automática das mensagens conforme período pré-estabelecido.

Embora Eduardo tenha acionado o dispositivo para que o texto desaparecesse após cinco segundos, Patrícia conseguiu gravar o diálogo e entregar uma cópia à polícia. Além de prints (reprodução de imagem) das conversas , a vítima prestou depoimento. Raquel Dodge concluiu que a intenção de Eduardo Bolsonaro era, claramente, impedir a livre manifestação de Patrícia com ameaças.

A desavença pública entre os dois começou após Eduardo publicar em seu perfil no Facebook um desabafo a respeito de uma ex-namorada que, nas palavras dele, trocou roupas recatadas por danças sensuais, depois de ter rompido com ele para sair com um médico cubano. “Feminismo é uma doença”, escreveu o deputado.

Mesmo sem ser citada nominalmente, Patrícia respondeu nas redes sociais que viveu uma relação afetiva abusiva com o deputado por três anos. Segundo ela, foi depois disso que eles trocaram as seguintes mensagens que embasaram a denúncia criminal (veja a íntegra):

“(Eduardo) Sua otaria! Quem Vc pensa que é? Tá se achando demais

Se vc falar mais alguma coisa

Eu acabo com a sua vida

(Patrícia) Isso é uma ameaça?

(Eduardo) Entenda como quiser

Depois reclama

Que apanho (sic)

Vc merece mesmo

Abusada

Tinha que ter apanhado mais

Pra aprender a ficar calada

Mais uma palavra e eu acabo com vc

Acabo mais ainda com a sua vida

(Patrícia) Eu estou gravando

(Eduardo) Foda-se

Ngm vai acreditar em vc

Nunca acreditaram

Somos fortes

Me aguarde

Pois vou falar

Vai para o inferno

Puta

Vc vai se arrepender de ter nascido

O aviso está dado

Mais uma palavra

E eu vou pessoalmente atrás de vc

Num pode me envergonhar

(Patrícia) Tchau

Vagabunda

(Patrícia) Resolvemos na justiça

É a melhor forma

(Eduardo) Enfia a justiça no cú”

Montagem
O Congresso em Foco procurou a assessoria de Eduardo Bolsonaro para ouvi-lo sobre o assunto. Foi enviada uma nota em defesa do deputado Jair Bolsonaro, alvo de outra denúncia. “Mais um dia comum da grande mídia brasileira….. Por que será?”, escreveu o filho no Facebook ao reproduzir a foto do pai.

Em julho do ano passado, assim que o caso veio à tona, Eduardo disse ser vítima de uma montagem. “Nunca namorei, saí, beijei ou segurei na mão dessa pessoa. Por favor, alguém realmente acreditou nesse print montado?” “Essa menina devia ser interditada, já tem uma falsa acusação de estupro e agora é ela quem está sendo investigada”, disse em referência à acusação de estupro contra o também deputado Marco Feliciano (Podemos-SP) de autoria da jornalista (veja mais sobre o assunto no fim da reportagem).

No pedido para que a denúncia seja aceita, Raquel Dodge diz aos ministros que Eduardo Bolsonaro “era plenamente capaz à época dos fatos, tinha consciência da ilicitude e dele exigia-se conduta diversa”. “Relevante destacar que o denunciado teve a preocupação em não deixar rastro das ameaças dirigidas à vítima alterando a configuração padrão do aplicativo Telegram para que as mensagens fossem automaticamente destruídas após 5 (cinco) segundos depois de enviadas. Não fossem os prints extraídos pela vítima, não haveria rastros da materialidade do crime de ameaça por ele praticado”, observou.

Para a procuradora, Eduardo Bolsonaro tentou desmoralizar Patrícia com agressões verbais: “A conduta ainda é especialmente valorada em razão de o acusado atribuir ofensas pessoais à vítima no intuito de desmoralizá-la, desqualificá-la e intimida-la (‘otária’, ‘abusada’, ‘vai para o inferno’, ‘puta’ e ‘vagabunda’).”

“Feminismo é uma doença”
Patrícia Lélis registrou boletim de ocorrência contra o deputado por ameaça e injúria na Delegacia da Mulher de Brasília, em 17 de julho de 2017. Segundo a jornalista, Eduardo a atacou e a intimidou após ela publicar um texto sobre feminismo na internet. Em mensagem publicada no dia 11 de julho em seu perfil pessoal no Facebook, o deputado se referiu a uma “ex-namorada” sem revelar o nome.

“Eu começo a ‘entender’ a importância da figura masculina na vida de uma mulher quando minha ex-namorada que já se declara feminista é vista em uma balada LGBT acompanhada de um médico cubano, usando uma roupa vulgar e, como se não bastasse, rebolando até o chão. E ainda posta isso na internet, como se fosse uma atitude louvável. Lembrando que antes do feminismo ela andava com roupas discretas, não rebolava até o chão, e namorava comigo. ;) #FeminismoÉDoença.”

Patrícia, então, respondeu à postagem. “Foram 3 anos e 8 meses em um relacionamento abusivo. Eu estou percebendo que tudo na vida evolui, menos você”, escreveu a jornalista. Ela conclui o post pedindo a ele que pare de telefonar e dizer que está com saudades.

Irritado com a repercussão do episódio, Eduardo Bolsonaro gravou um vídeo para dizer que jamais teve qualquer relacionamento com a jovem.

Segundo ela, depois desse episódio, seguidores do deputado passaram a hostilizá-la nas redes sociais. Patrícia contou que só decidiu procurar a polícia após receber mensagens ameaçadoras do próprio deputado pelo celular.

“Procurei a polícia, mostrei as mensagens de ameaça que partiram do celular pessoal do Deputado Eduardo Bolsonaro, e registrei o boletim e ocorrência na Delegacia da Mulher. Como é de se esperar, logicamente o deputado vai negar, vai tentar me desmoralizar, pessoas vão vim aqui e vão tentar me ofender com palavras de baixo calão e afins, mas já deixo claro a essas pessoas que eu não vou me calar”, publicou Patrícia, na época, no Instagram.

Boletim de ocorrência
Na ocasião ela fez um relato detalhando a queixa que fez contra Bolsonaro junto com uma foto do boletim de ocorrência e a reprodução de trechos do diálogo:

“Olá pessoas.

Infelizmente ainda tenho que voltar aqui para tratar do assunto ‘Eduardo Bolsonaro’.

Pois é, como previsto , após a polêmica do dia 11/07/17, voltei a sofrer ataques machistas de haters, e de pessoas simpatizantes do então deputado, enfim, fascistas seguidores de Eduardo e sua turma, e como se não bastasse: Uma ameaça direta do próprio.

Ocorreram desde Injúrias pelas redes, ameaças e até perseguições pessoais em minha academia e local de estudo, que colocaram não só minha integridade física em risco ,mas que me levaram a sair de Brasília por uns dias.

Como é peculiar aos políticos moralistas, ele tentou negar e, sair por cima ,porém, se doeu tanto, que fez um vídeo resposta! Ocorre que, se nas postagens públicas o Deputado agiu como bom moço, desdenhando e negando tudo, como de costume eles nunca se responsabilizam por nada, e muito menos assumem a culpa de algo. Porém nas mensagens privadas o comportamento foi o de sempre: Tentar abafar o caso com grosserias machistas, injúrias diversas e várias ameaças com o intuito de tentar me intimidar ou calar minha voz.

Bem, eu já havia dito que sou forte, livre e que não tenho medo dele e de mais ninguém. E sim, eu vou falar ao mundo tudo que uma turma moralista é capaz de fazer as pessoas.

Quando a denuncia de um abuso envolvendo um então pastor e deputado do mesmo partido veio a publico, diversas pessoas me questionaram o motivo ao qual eu não denunciei logo. Quem fala isso, não tem a noção do quanto é difícil denunciar um agressor, ainda mais se esse agressor se encontrar “protegido” por pessoas que os defendem com unhas e dentes, acreditando que realmente são donos da boa moral.

Porém desta vez, resolvi agir de forma diferente, pois infelizmente já estou aprendendo como as coisas funcionam com esse tipo de pessoa. Procurei a polícia, mostrei as mensagens de ameaça que partiram do celular pessoal do Deputado Eduardo Bolsonaro, e registrei o boletim e ocorrência na Delegacia da Mulher.

Como é de se esperar, logicamente o Deputado vai negar, vai tentar me desmoralizar, pessoas vão vir aqui e vão tentar me ofender com palavras de baixo calão e afins, mas já deixo claro a essas pessoas que eu não vou me calar.

Como mulher eu afirmo que a sociedade machista tenta todos os dias desmoralizar o feminismo justamente por não querer que as mulheres escolham enfrentar seus agressores e se sintam ameaçadas. Há pouco mais de um ano eu negava o feminismo e me calei perante um abuso, pensava que não poderia denunciar um “homem com poder”. Hoje eu afirmo que tudo que o feminismo me trouxe foi: liberdade e principalmente CORAGEM.

Mulheres, não se deixem calar.

Agora, que a polícia investigue e que e a Justiça seja feita contra todos aqueles que ainda não entenderam que as mulheres estão cada vez mais livres e fortes na luta contra todo tipo de machismo.

Na luta contra todo tipo de machismo e opressão.”

Polêmica com Feliciano
Desde 2016 a jornalista trava uma disputa judicial com o também deputado Pastor Marcus Feliciano (Podemos-SP). Colega de partido de Eduardo Bolsonaro até o início de março, no PSC, o pastor foi acusado de tentativa de estupro por ela. No ano passado o ministro Edson Fachin, do Supremo, requisitou para si o processo da Justiça de São Paulo no qual a jornalista é acusada de mentir à Polícia Civil e de extorquir dinheiro de um assessor de Feliciano. Para Fachin, os dois processos são correlatos.

Em junho de 2016, Patrícia Lélis prestou queixa contra o deputado, acusando-o de tentar abusar dela e agredi-la no apartamento dele em Brasília. Dois meses depois, a jornalista procurou a polícia paulista para acusar um assessor de Feliciano de sequestrá-la e mantê-la em cárcere privado num hotel de São Paulo. Por conta dessa acusação, o assessor do deputado chegou a ser preso, mas depois foi solto. O delegado que cuidava desse caso na capital paulista concluiu que a jovem mentiu e resolveu indiciá-la por denunciação caluniosa e extorsão. Os casos seguem à espera de um desfecho no Supremo.

Fonte: Congresso em Foco

Curta nossa página no Facebook

Addthis