Para ministro-chefe da CGU, publicação de salários não fere privacidade dos servidores públicos

A publicação de salários não fere a vida privada de servidores públicos, segundo avaliação feita pelo ministro-chefe da Controladoria-Geral da União, Jorge Hage. A divulgação dos salários está prevista na Lei de Acesso à Informação, que entrou em vigor na última quarta-feira (16).

“O governo não considera que isso seja matéria de privacidade. É dinheiro público. Quem paga o salário é o cidadão com os impostos”, disse Hage. O ministro acrescentou que servidores com outro entendimento podem questionar na Justiça a divulgação dos salários.

A expectativa do ministro é que, nas próximas semanas, o Ministério do Planejamento publique uma portaria com as regras para a divulgação dos salários de servidores públicos federais. As empresas púbicas que atuam no mercado em regime de concorrência seguirão normas estabelecidas pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Fonte: Agência Brasil

Comando Geral da PM indicia mais 60 policiais grevistas

O Comando Geral da Polícia Militar do Ceará indiciou mais 60 pessoas por “cometimento de crime militar”, durante a greve realizada por policiais e bombeiros do Estado, entre os últimos meses de dezembro e janeiro. Dentre os indiciados estão subtenentes, sargentos, cabos e soldados. A decisão foi publicada no Boletim do Comando Geral (BCG) da PM da última quinta-feira (17).

O inquérito será remetido à Promotoria de Justiça Militar estadual, dentro de 10 dias, aos cuidados do promotor Joathan de Castro, responsável pelo caso. Após uma avaliação, a Promotoria Militar pode oferecer denúncia contra os indiciados, arquivar o inquérito ou solicitar que ele retorne para novas diligências.

“Mas eu acho pouco provável que ele retorne para novas diligências. Até porque os fatos são públicos, amplamente divulgados pela imprensa. Tenho 15 pra devolver o processo. Mas acho que devolvo antes, já que os casos são parecidos”, disse Joathan de Castro.

80 denunciados
Conforme O POVO publicou no último dia 10, o promotor apresentou denúncia contra outros 53 policiais militares, acusados de liderar o movimento paredista.

Na ocasião, ele afirmou que os policiais teriam cometido, “pelo menos”, 10 crimes militares cada um. Entretanto, Joathan afirmou que não emitirá nenhuma opinião sobre os novos indiciados, por desconhecer o teor do documento.

“Quanto aos outros 53, eu posso dizer que todos foram lideranças do movimento e cometeram crime militar, tanto que os denunciei”, afirmou.

Joathan disse creditar que mais de 100 policiais já foram indiciados pelo Comando Geral da corporação, por cometimento de crime militar durante as paralisações. Isto porque, 140 nomes já foram citados. Entretanto, alguns se repetem em diferentes processos. Por sua vez, a Promotoria já apresentou denúncia à Justiça contra 80 dos indiciados.

Fonte: O Povo

Apesar do dinheiro da Universal, Record terá prejuízo de R$ 100 milhões

Edir Macedo, líder da Igreja Universal e principal acionista da TV Record foi informado de que sua emissora fechará o ano de 2012 com um prejuízo estimado em R$ 100 milhões. Trata-se de um prejuízo 66% maior que o do ano passado, quando a emissora fechou com R$ 60 milhões negativos, segundo informação da coluna Radar, de Lauro Jardim ("Veja").

Estima-se que, por ano, a Igreja Universal pague em torno de R$ 480 milhões para a Record, em troca das madrugadas da emissora.

O anúncio de mais um milionário prejuízo em 2012 deve esquentar novamente os ânimos das duas correntes em tensão dentro da Universal.

De um lado, há os bispos que acham que a emissora deve ser um veículo da Igreja, e não o contrário, e que exigem mais espaço para a pregação na grade de programação; do outro lado, a corrente encabeçada por Honorilton Gonçalves, vice-presidente artístico, que defende uma programação comercial laica, a manutenção da "guerra" contra a Globo e a permanência da programação da Igreja Universal nas madrugadas.

Boa parte dos gastos deste ano se devem à cobertura das Olimpíadas de Londres, às quais a Record já havia desembolsado US$ 60 milhões para ter exclusividade, e agora terá de enviar cerca de 300 profissionais para a cobertura.

Além dos gastos e do prejuízo iminente, a Record amarga uma das piores fases em termos de audiência em horário nobre. Atualmente em cartaz, novelas como "Rebelde" e "Máscaras" estão afundando a média de audiência. Em abril, na comparação com abril de 2011, a queda de ibope foi de 12%.

Fonte: F5

Projeto contra exploração sexual será implantado no Interior

O Programa de Ações Integradas e Referências de Enfrentamento à Violência Sexual Infantojuvenil (Pair), do Governo Federal, será executado em 20 municípios cearenses. O anúncio foi feito, ontem, durante solenidade na Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS) do Ceará, que contou com a participação de gestores públicos e de organizações não governamentais (ONGs).

Até então, no Ceará, a ação abrangia apenas Fortaleza. O Pair é uma metodologia de articulação e fortalecimento de redes de enfrentamento à violência sexual contra crianças e adolescentes. O programa é fruto de articulação desenvolvida entre a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH), o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Pobreza (MDS) e a Agência dos Estados Unidos para Desenvolvimento Internacional (Usaid).

No Ceará, o objetivo é fortalecer as redes de proteção com ênfase na prevenção para a Copa do Mundo de 2014, bem como para as Olimpíadas de 2016. "Escolhemos os municípios litorâneos e da região metropolitana, que receberão fortes impactos com os eventos esportivos", afirma o titular da Coordenadoria Especial de Políticas Públicas dos Direitos Humanos (COPDH) do Estado, Marcelo Ribeiro Uchoa.

Segundo ele, a expectativa é de que, gradativamente, o Estado consiga aprovação do Governo Federal para implantar o Pair nos 184 municípios cearenses. Marcelo Uchoa lembra que os crescimentos urbano e turístico contribuem para aumentar os casos de exploração e abuso sexual. Por outro lado, ressalta que a maioria dos casos está ligada a crimes cometidos pelos próprios moradores. "Mas, é claro que a vinda de turistas tem um grande reflexo", pontua.

Cooperação
De acordo com Luiz Clóvis Guido, diretor do Departamento de Cooperação Internacional da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, o Pair é executado em 609 cidades do Brasil, e a meta é expandir o programa, que também é executado na Argentina, Paraguai e Uruguai.

No Brasil, os dados da exploração não são unificados e, muitas vezes, estão aquém da realidade. Então, por conta disso, de acordo com Luiz Clóvis Guido, o Disque 100, que recebe denúncias de todo o País, e o Sistema de Informação para Infância e Adolescência (Sipia) pretendem trabalham em conjunto com os governos estaduais e municipais com o objetivo de consolidar os dados.

No Ceará, de janeiro a fevereiro deste ano, as denúncias por meio do Disque 100 aumentaram 68% em relação a igual período de 2011, passando de 920 para 1.546. Atualmente, o Estado é o sexto lugar em número de violações ligadas a abuso sexual (338 denúncias) e o oitavo em exploração sexual (96 denúncias). "Os dados aumentaram por conta da divulgação do Disque 100, porque os casos de abuso e exploração contabilizados já existiam", diz.

Câmara
Também em alusão ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, comemorado ontem, a Câmara Municipal, promoveu debate. Foram divulgados os dados revelados pela investigação Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes em Fortaleza.

Ganha destaque a incidência do problema na periferia, onde se centraliza a prática do público "interno", que mora em Fortaleza. A pesquisa leva em consideração números de estabelecimentos comerciais, entre bares, restaurantes, hotéis, motéis, pontos de taxi, postos de gasolina e outros locais.

Em relação ao consumo externo (turistas), a Praia de Iracema tem destaque, com 12 pontos. Já no consumo interno (moradores de Fortaleza), o bairro em evidência é a Barra do Ceará, com 22 polos de exploração sexual.

Fonte: Diário do Nordeste

Simon Webbe - No Worries


Por causa do "Violentissississima", Globo proíbe Patricia Poeta de assistir Chaves

A apresentadora do Jornal Nacional, Patrícia Poeta, está proibida de assistir o seriado Chaves, por determinação da TV Globo. Horas antes de entrar no ar, Patricia estava sintonizada no SBT, assistindo Chaves.

Mas, quando começou o jornal, durante uma reportagem, Patricia poetizou o "sissíssimo" de Chaves dizendo que a situação do tráfico no México está "violentissississima".

O México lembrou Chaves, que por sua vez lembrou o "sississimo".

Willian Bonner foi escalado para vigiar e impedir que Patricia Poeta volte a assistir o seriado Chaves antes de começar o Jornal Nacional.

A Globo admitiu que a proibição é um pouco injusta, mas, é o melhor a ser feito para evitar que Patrícia volte a falar algo sem querer, querendo.

Assista ao vídeo:


Ceará é o Estado com melhor desempenho em transplante de fígado

"O Ceará é o Estado que tem o melhor desempenho em transplante de fígado do Brasil, se considerarmos o número de procedimentos por milhão de habitantes. Também é o Estado de maior progresso nos últimos dez anos", destaca o presidente da Associação Brasileira de Transplante de Órgãos (ABTO), José Medina Pestana, durante cerimônia de comemoração dos dez anos de transplante de fígado no Ceará, realizada, ontem, no auditório da reitoria da Universidade Federal do Ceará (UFC).

Desde a primeira cirurgia feita no Hospital Universitário Walter Cantídio (HUWC), 679 transplantes foram realizados no Estado. E o número de procedimentos só evolui. Em 2010, o Ceará foi o segundo Estado do Brasil em números absolutos de transplantes de fígado, com 113 procedimentos, perdendo apenas para São Paulo. No ano passado, a quantidade de procedimentos subiu para 157, um crescimento de 38%.

Também em 2011, com 18, 6 transplantes por milhão de habitantes, foi o Estado do Brasil que mais realizou procedimentos. Diante de toda essa evolução, José Medina Pestana afirma que a ABTO tem o Ceará como modelo para estimular os outros Estados e corrigir a disparidade geográfica que ainda existe no Brasil em relação aos centros de transplantadores.

Para diminuir a negativa familiar, um dos principais empecilhos do aumento no número de doações de órgão, o presidente da ABTO pede que todos deixem claro aos membros da família que querem ser doadores de órgãos. Ele destaca que, dessa maneira, os familiares entendem como o último desejo da pessoa e irão procurar efetivar a doação.

Apesar de toda evolução, segundo Medina Pestana, ainda morrem cerca de 30 pessoas, por ano, à espera de um fígado no Estado. Conforme ele, o ideal para a ABTO é que, no máximo, 5% dos pacientes chegue a óbito antes de realizar o procedimento. Por outro lado, a sobrevida dos pacientes após um ano de transplante está equiparada à média nacional com 85% vivos.

Doe de Coração
Muito mais que um gesto de amor, a doação de órgãos é um gesto de solidariedade. E a conscientização da sociedade sobre a importância desta atitude tem sido um fator determinante para salvar vidas.

É com esse pensamento que a campanha Doe de Coração, levantada pela Fundação Edson Queiroz, vem, desde 2003, trabalhando para a redução da barreira do preconceito.

Neste ano, o movimento chega à nona edição, tendo sensibilizado milhares de pessoas e sendo reconhecido nacionalmente pela ABTO com o prêmio Amigo do Doador, concedido à Fundação Edson Queiroz em 2008.

O movimento consiste em uma campanha de conscientização realizada anualmente, por meio da veiculação de peças publicitárias nos principais meios de comunicação, como TV, jornal, rádio e internet, distribuição de camisas, cartilhas e material de apoio, além da realização de palestras com profissionais especializados.

Dificuldade
30 pessoas morrem, por ano, à espera do órgão no Estado, apesar de toda a evolução. Após a cirurgia, 85% dos pacientes permanecem vivos e saudáveis.

Fonte: Diário do Nordeste

Juazeiro do Norte (CE): Homens tentam escapar da fúria de assassinos e tombam mortos nos quintais de suas casas

Dois homicídios foram registrados por volta das 19 horas desta sexta-feira em bairros distintos de Juazeiro do Norte e num pequeno intervalo de tempo. Desta forma, o saldo foi de quatro homicídios, sendo três em Juazeiro e um em Barba lha somente no dia de ontem. Durante o dia, Cristiano de Almeida Braz, de 26 anos, foi executado pela manhã com um tiro na testa quando se encontrava em uma churrascaria no Mercado do Pirajá.

No período da tarde foi encontrado o corpo do deficiente mental Francisco Targino de Sá, de 47 anos em cima de um colchão no quintal de sua casa na Rua L 12 (Cirolândia) em Barbalha. Um sobrinho da vítima menor de idade estava limpando uma arma quando esta disparou atingindo a vítima na boca. No período da noite mais dois homicídios foram registrados, sendo o primeiro de Ednaldo Davi de Brito, de 26 anos, que tinha saído da cadeia pública nesta sexta-feira.

Ele cumpriu pena de três anos sob acusação do tráfico de drogas e estava em sua casa na Rua Marechal Dutra, 244 (Bairro Pio XII). Ali chegaram dois homens que invadiram o imóvel e Davi correu para um quarto no fundo da residência, mas seus algozes seguiram junto. Quando se depararam com o ex-detento efetuaram 15 tiros dos quais cinco atingiram o rapaz. Os acusados fugiram a pé.

Quase no mesmo instante, José Joaquim de Souza era assassinado igualmente dentro de sua residência na Rua Francisca Leila Boaventura, imediações da Singer (Triângulo) por três homens que chegaram em uma Hilux de cor escura. De acordo com testemunhas, o trio deixou um carro na esquina e foi na direção da casa de Joaquim que já tinha passagens pela polícia. Quando reconheceu os algozes, ele correu para o quintal e tentou pular o muro, mas não houve tempo suficiente.

A vítima foi alvejada com vários tiros de revólver em um provável acerto de contas e ainda foi levada com vida para o Hospital Regional do Cariri onde faleceu antes de dar entrada. Quando foi atingido com as balas tentando pular o muro, Joaquim caiu por sobre a lavanderia uma cena presenciada por uma criança de três anos. Segundo a polícia, ele já respondia por um homicídio e tráfico de drogas.

Demontier Tenório

Fonte: Miséria

Topiqueiros fazem protesto no Interior

Cerca de 230 manifestantes bloquearam a CE-060, nas proximidades do quilômetro 75, e a CE-356, no km 34, na manhã de ontem, segundo informações da Polícia Rodoviária Estadual (PRE). O protesto foi contra as ações do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), que interditou as passagens para as cidades de Aracoiaba, Baturité, Quixadá, Capistrano, Fortaleza e Itapiúna.

"Já queimaram madeira e pneus na pista. Além disso, colocaram os carros para bloqueio. Fizeram uma barricada mesmo", disse o subtenente Antônio Marcos, da PRE.

Desde as 8h da manhã, motoristas e passageiros fizeram a interdição das estradas, exigindo a presença da imprensa. "Aqui não passa nem o governador. Nós vamos bloquear tudo, até que a imprensa venha aqui. Eu faço uso dos serviços e vejo como os motoristas vêm sofrendo com as multas", disse o passageiro Josenias Evangelista de Abreu.

Eles reclamam das penalidades as quais os agentes do Detran têm submetido os topiqueiros e motoristas de D-20 que fazem transporte de pessoas na região. Os manifestantes acusaram o Departamento de perseguição e disseram que já estiveram na mira de armas de fogo para que parassem de rodar.

"Queremos saber como fazer para legalizar. O pessoal dos matos dependem desse transporte para conseguir trabalhar honestamente", explicou Josenias.

Em rodovias do Sertão Central, motoristas e passageiros do transporte alternativo também reclamam das blitze do Detran. Na Coluna Voz dos Municípios (ver ao lado), eles reclamam que o Departamento voltou a intensificar as multas na região.

Transporte clandestino
De acordo com o Departamento Estadual de Trânsito, os motoristas fazem transporte intermunicipal de pessoas clandestinamente. "Houve uma licitação, para empresas e cooperativas, que cedia a concessão para fazer linhas regulares de passageiros. Os clandestinos querem ter os mesmos direitos que a empresa e a cooperativa que ganharam o processo licitatório", explicou Auxiliadora Abraão, gerente de fiscalização de transporte do Detran.

Quanto ao uso de armas de fogo, o Detran se defendeu das acusações e informou que os agentes não têm e nunca tiveram porte legal de armas, logo não poderiam afrontar motoristas dessa maneira. Quando há necessidade de uma fiscalização reforçada, segundo Auxiliadora, o órgão recorre à PRE para auxílio no trabalho.

Situação dos veículos
A gerente afirmou que os veículos que fazem rotas clandestinas estão em mau estado e são, em geral, antigos, com 15 ou mais anos de uso. Por outro lado, as cooperativas legalizadas gastaram para renovar a frota e oferecer segurança e conforto para os passageiros - exigências que constavam na licitação.

Ela disse também que os membros das cooperativas que ganharam a concessão se sentem prejudicados pelos ilegais, motivo pelo qual o Detran tem sido cada vez mais atuante na região.

Foto meramente ilustrativa

Fonte: Diário do Nordeste

Crato (CE): Ronda cadastra flanelinhas

Devido ao grande número de reclamações dos condutores de veículos que transitam pelas ruas do Centro do Crato, o Departamento Municipal de Trânsito (Demutran), Ronda do Quarteirão e Conselho Tutelar estão cadastrando os flanelinhas que atuam no Município. Desde o último dia 17, mais de 20 flanelinhas já entraram para a relação. A ação tem o objetivo de melhorar a segurança aos motoristas, além de disciplinar a atividade. O cadastramento irá criar uma ficha contendo o nome, foto, endereço e local de trabalho das pessoas que atuam como flanelinhas. Com a ação, os condutores que se sentirem ameaçados ou coagidos por eles, poderão procurar as autoridades para realizar a abertura de um inquérito policial.

De acordo com o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), crianças menores de 18 anos não podem exercer atividades que os colocam em situação de risco. Por isso, o cadastramento dos flanelinhas visa também coibir esse tipo de prática. Até agora, dos 25 flanelinhas identificados, cinco eram menores de idade. Todos eles confessaram ter abandonado a escola e serem viciados em drogas. Diante da situação, as autoridades responsáveis pelo cadastramento dos flanelinhas vai encaminhar os menores para o Conselho Tutelar do Município, afim de que eles recebam assistência e possam ser acompanhados.

Crachá
Após o cadastramento, os flanelinhas irão receber um crachá de identificação. Na cidade ainda não existe uma lei que regulamente e discipline a atividade. Mas as autoridades de trânsito e policial irão fiscalizar a atuação dos flanelinhas nas ruas. O cadastramento vai permanecer até a próxima terça-feira. Os flanelinhas que desejarem realizar o cadastramento devem procurar a sede do Ronda do Quarteirão, de posse do documento e comprovante de endereço. Após o período, haverá fiscalização nas ruas para que os flanelinhas não cadastrados não possam cobrar pelos serviços.

De acordo com o supervisor do Ronda do Quarteirão, capitão Francisco Paulo Rabelo de Luna, o cadastramento vai representar um estudo que irá desvendar quem são os flanelinhas que atuam na cidade. Ele conta que uma parte dos jovens estava atuando na cidade é viciada em drogas. O dinheiro arrecadado nas ruas, por alguns deles, geralmente, é usado para comprar entorpecentes. Atualmente, alguns desses se aproveitam da falta de fiscalização para praticar arrombamentos a carros e estabelecimentos comerciais e furtos a transeuntes. "Iremos investigar a vida pregressa de cada um deles. Após esse levantamento, vamos saber se eles respondem a crimes ou tem algum mandato de prisão. Com isso, queremos proporcionar mais segurança para a população e aos comerciantes", afirma.

Segundo o capitão Rabelo, no Crato, existem muitas denúncias de condutores que tiveram seus carros arranhados, com pneus furados ou arrombados, o que configura crimes contra a pessoa ou ao patrimônio.

A relação com os dados de cada um deles será encaminhada ao Centro de Referência Especializado em Assistência Social (Creas) no Município.

Mais informações
Ronda do Quarteirão
Avenida Perimetral D. Francisco S/N
Bairro Pinto Madeira
Crato - Cariri
Telefone: (88) 3102.1284

YACANÃ NEPOMUCENA
REPÓRTER

Fonte: Diário do Nordeste

Mario Biondi - A Little Piece Of My Life


Febre Aftosa: Ceará impede trânsito de rebanho vindo do RN e PB

Está proibido no Ceará o trânsito de animais e seus derivados dos Estados vizinhos da Paraíba e Rio Grande do Norte. As barreiras já estão sendo montadas nas divisas cearenses, com a mobilização de fiscais da Agência de Defesa Agropecuária (Adagri), órgão da Secretaria de Desenvolvimento Agrário (SDA), com apoio da Polícia Militar e Polícia Rodoviária Federal (PRF).

A decisão foi tomada pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) que restringiu, a partir do dia 17 passado, o ingresso de animais vivos susceptíveis à febre aftosa, seus produtos e subprodutos nos seis Estados envolvidos no inquérito soroepidemiológico (Alagoas, Pernambuco, Ceará, Piauí, Maranhão e parte central do Pará). A norma vale para bovinos, caprinos, suínos, ovinos e bubalinos.

Os Estados do Rio Grande do Norte, Paraíba, Roraima, Amapá e Amazonas (exceto parte dos Municípios de Lábrea e de Canutama e as cidades de Boca do Acre e Guajará que já são classificados como livre de aftosa com vacinação) - considerados de alto e de médio risco - foram explicitamente citados como proibidos de transitar seus rebanhos e derivados, desde que fiquem submetidos à quarentena (com confinamento) ou que os produtos industrializados detenham o selo do Serviço de Inspeção Federal (SIF) para Estados livres ou de médio risco de circulação da febre aftosa.

O presidente da Adagri, Augusto Júnior, disse que a tendência para os próximos dias será a intensificação das barreiras com os Estados vizinhos que tiveram a proibição do trânsito. Para tanto, serão monitoradas todas as entradas e saídas do Estado de maior ao menor fluxo, inclusive estradas vicinais, a fim de se evitar eventuais rotas de fuga.

Dever de Casa
"O Ceará fez seu dever de casa e estamos numa luta incessante para obter o status de zona livre da febre aftosa e o selo internacional para o livre comércio, o que alavancará as exportações cearenses", disse o presidente da Adagri. Ele explicou que há um grande potencial para a elevação das exportações cearenses pelo Porto do Pecém, onde já se fazem de forma expressiva a movimentação de frutas e calçados. "Com a liberação da carne e dos derivados animais, a pauta deverá ter um elevado crescimento ", enfatizou o presidente.

Para Augusto Júnior, o Estado não pode ser responsabilizado se outras unidades da federação não tiveram o mesmo cuidado e o propósito, no cumprimento do calendário da cobertura de vacinas e no pleito para elevação do status. Já no próximo dia 18 e se estenderá até a terceira semana de julho.

Os resultados deste exame deverão ser divulgados até outubro e até dezembro deste ano sai o resultado esperado de "livre da aftosa". Já em maio de 2013, este resultado poderá ter reconhecimento internacional. "Estas decisões do Mapa são, dentre outros objetivos, que o Brasil não sofra vexames quando houver a inspeção internacional e assim obter o livre comércio para outros Países", afirmou Augusto Júnior.

Ontem, ele esteve em Brasília para discutir no Mapa estratégias para maior fiscalização nas barreiras. A Adagri deverá mobilizar cerca de 100 funcionários, entre médicos veterinários e agentes. Além disso, foram repassadas metodologias de monitoramento das 240 propriedades que poderão ser inspecionadas no próximo mês.

De acordo com o Mapa, o objetivo da determinação, publicada por meio da Instrução Normativa nº 11, no Diário Oficial da União (DOU), é reduzir possíveis riscos de introdução do vírus na área em estudo para que o Brasil possa ampliar a zona livre de aftosa com vacinação no final do ano.

Exclusão
Estão excluídos do inquérito soroepidemiológico, no Estado do Pará, os municípios de Afuá, Breves, Faro, Gurupá, Melgaço, Terra Santa; as partes do município de Chaves localizadas na região do Rio Croarí e ainda as ilhas deste município; a região localizada à margem esquerda do Paraná do Rio Juriti Velho e toda a região do Rio Mamurú, na divisa com o Amazonas.

Os ingressos nas áreas envolvidas no inquérito soroepidemioló-gico para avaliação de circulação do vírus da febre aftosa deverão cumprir uma série de requisitos (previstos na Instrução Normativa nº 44, de 2 de outubro de 2007). Para que animais e produtos derivados dos Estados restringidos possam circular em outras localidades, os bovídeos precisarão ser quarentenados e submetidos a exames sorológicos antes de ingressarem na região sob inquérito. A divisa dos Estados também receberá barreiras de fiscalização, com apoio de policiais militares dos batalhões das suas respectivas regiões, além dos efetivos da Polícia Rodoviária Estadual (PRE).

A inspeção tanto leverá em conta o documento da Guia de Transporte de Animais (GTA) e, no caso de produtos industrializados, a obrigatoriedade do selo credenciado do SIF.

"Essas medidas são positivas porque procuram beneficiar e garantir que o vírus da febre da aftosa não venha a ser uma ameaça para o nosso rebanho", disse Augusto Júnior.

Ele negou que os efeitos da seca, com a diminuição dos pastos e rebanhos, possam a incentivar ações ilícitas nos transportes dos animais.

Mais informações
Adagri
Bezerra de Menezes, 1820 - São Gerardo
Telefones: 3101.8056 e 3101.8160

MARCUS PEIXOTO
REPÓRTER

Fonte: Diário do Nordeste

Eunício Oliveira e Cid Gomes conversam sobre eleições no Ceará

O senador Eunício Oliveira e o governador Cid Gomes estarão reunidos, ainda nesta sexta-feira (18), para tratar das estratégias adotas pelo PSB e o PMDB visando as eleições no Ceará. O desejo de Cid e Eunício é manter democratas e socialistas reunidos na maior quantidade possível das 184 cidades do Ceará.

Há cerca de dois meses o portal de notícias Ceará Agora adiantou que o senador teria fechado um acordo eleitoral no Estado com o governador e que nas eleições de Fortaleza PMDB e PSB marchariam unidos.

O menu principal da reunião deve ser a eleição na capital cearense, tendo em vista o desdobrar das últimas conversas mantidas entre a cúpula do Palácio e o candidato de Luizianne Lins.

Fonte: Ceará Agora

Quixadá (CE): Carros-pipas abastecem 80 Municípios do Interior do CE

O abastecimento hídrico de emergência por carros-pipas está sendo feito em 80 Municípios do Interior. Quase 500 mil pessoas são atendidas no Estado. A frota de veículos soma 464 caminhões-pipas. Segundo coordenadores municipais da Defesa Civil, a operação emergencial, coordenada pelo Exército Brasileiro, estava paralisada havia praticamente um mês. Agora, além dos veículos cadastrados no programa, mais caminhões estão sendo cadastrados pela equipe da 10ª Região Militar. A expectativa da população rural é de ampliação da assistência. Segundo representantes de Conselhos Municipais, o Ministério da Integração liberou R$ 128 milhões. O valor equivale a 80% do montante necessário para reativação do programa.

De acordo com o Comando da 10ª Região Militar, subordinado ao Comando Militar do Nordeste, os recursos financeiros destinados à Operação Carro-Pipa no Ceará, recebidos a partir de 7 de maio passado, para 30 dias, correspondem a R$ 2,43 milhões. A Operação Carro Pipa é contínua e está sendo executada pelo Exército Brasileiro desde 1998. Eventualmente, o fornecimento da água é suspenso temporariamente por solicitação do próprio município, falta do laudo de potabilidade do manancial ou descontinuidade no fluxo de recursos do Governo Federal. As 10 cidades cearenses com o maior número de veículos em circulação são Quixadá, com 37 carros; Morada Nova, com 30 carros; Tauá, 23 carros; Mombaça, 22 carros; Boa Viagem, 18; Parambu com a mesma quantidade; Acopiara, Independência e Crateús, com 15 veículos; e Pedra Branca e Jardim, com 12 carros em cada uma delas. Em Icó, o abastecimento está suspenso, aguardando exame de potabilidade das fontes hídricas.

Apesar de contar com o maior número de carros- pipas, o fornecimento de água potável para consumo humano nas comunidades afetadas pela seca em Quixadá somente não entrou em colapso porque a Prefeitura garantiu o abastecimento com recursos próprios. O serviço custou R$ 82,5 mil aos cofres do Município. Agora, a preocupação é com a ampliação do atendimento.

Os dias vão passando e com eles o problema vai se agravando na zona rural. Atualmente mais de 20 mil habitantes rurais dependem dos carros-pipas. Em uma semana, pelo menos, outros mil necessitarão do socorro federal, segundo alerta o secretário de Agricultura Familiar e Desenvolvimento Rural de Quixadá, Nilson dos Santos. A água retirada para o abastecimento das comunidades de Quixadá vem de dois grandes reservatórios. Um deles está localizado no Assentamento Boa Vista, no distrito de São João dos Queiroz. O outro está situado na comunidade de Marias Pretas, no Distrito de Juá.

A situação só não é mais grave porque o Departamento de Administração de Bens e Serviços Públicos (Demasp) mantém abastecimento regular de água na sede dos distritos de Califórnia, Juá I e II, São Bernardo, São João dos Queiroz, Dom Mauricio e Custódio. Mais de cinco mil famílias moram nessas localidades.

A Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) se encarrega do abastecimento do maior Distrito de Juatama, onde residem mais de mil famílias.

Cisternas
Mas quem não pode contar com a água na torneira, depende da água das cisternas. Sem chuva, a salvação é o carro-pipa mesmo. José Lucena de Sousa, 63 anos, morador da comunidade de Boa Água, no distrito de Cipó dos Anjos, há mais de 40Km do Centro de Quixadá é um deles. Divide o sofrimento com outras 59 famílias do assentamento.

O carro começa a abastecer mas quando para é de repente. Pega todo mundo de surpresa. Nessas horas, um poço profundo era a salvação. Todavia, a bomba quebrou e a coisa piorou de vez. "Agora, esperamos não haver mais paralisação do abastecimento até o início das chuvas do próximo inverno, se tiver", lamenta ele, com pessimismo. Não bastassem essas dificuldades, alguns moradores, como o aposentado Paulo Fernandes, 72 anos, reclama da falta de fiscalização. Segundo ele, muitas pessoas estão usando a água distribuída para saciar a sede das pessoas na lavagem de pratos e de roupas. Embora as cisternas de placa tenham capacidade para 12 mil litros, a carga dos carros-pipas é de 7 mil. Só abastecem a cada 15 dias. Com o uso incorreto, a água acaba antes da chegada do próximo carro. Alguns dão até para os animais. "Mas se é de alguém morrer de sede, que morram os bichos", reclama.

A prática de mau uso da água das cisternas também é denunciada noutros Municípios do Interior. Em Quixeramobim também ainda existem casos, mas em relação ao ano passado reduziram muito, explicou o coordenador do Comdec local, Marcos Machado. Segundo ele, a solução foi realmente fiscalizar. Será intensificada este ano. Apesar do Município não se encontrar ainda em situação tão crítica, em breve o número de carros-pipas circulando pelas comunidades deverá dobrar. Atualmente são 10 caminhões, segundo ele.

Mais informações
Prefeitura Municipal de Quixadá
(88) 3412.3864

Coordenação da Operação Pipa no Ceará - 10ª Região Militar
(85) 3255.1673

ALEX PIMENTEL
COLABORADOR

Fonte: Diário do Nordeste

20 anos depois Collor continua forte com apoio de ex-algozes

Em um café da manhã realizado na última quinta-feira, em Maceió, o PTB do senador Fernando Collor confirmou o apoio à candidatura do ex-governador Ronaldo Lessa (PDT) à prefeitura da cidade. Se tudo correr conforme o esperado, Collor e Lessa dividirão o palanque com o PT, PC do B e PMDB na eleição de outubro.

Vinte anos atrás, quando a revista “Veja” estampou na capa o depoimento bomba de Pedro Collor, irmão do ex-presidente, essa imagem era inimaginável. O PDT, então liderado por Leonel Brizola, se manteve fiel a Fernando Collor até o momento em que a derrota era inevitável mas PT, PC do B e PMDB – aliados ao PSDB – foram os principais algozes de Collor no processo iniciado com as revelações de Pedro, no dia 27 de maio de 1992, e terminado com o impeachment do então presidente da República, em dezembro daquele ano.

Lessa, que hoje recebe apoio incondicional do senador, esteve na vanguarda da oposição a Collor em nível estadual. A virulência das agressões extrapolou a disputa política e chegou ao ponto de, por meio de prepostos, ambos se acusarem de envolvimento em crimes comuns.

“Eu e Lessa eleitos graças ao impeachment de Collor”, recordou a vereadora Heloisa Helena (PSOL), vice de Lessa na eleição municipal de 1996.

Em entrevista por telefone ao iG, o ex-governador comentou com naturalidade a aliança. “Convidei todos os partidos que estiveram comigo no segundo turno da campanha para governador (em 2010, quando ele e Collor foram candidatos na eleição vencida pelo tucano Teotônio Vilela Filho)”, disse Lessa.

No almoço de quinta-feira passada, o PTB foi representado pelo dirigente estadual Fernando James Collor, 32 anos, filho do senador. Segundo ele, as relações entre os dois ex-rivais vão de vento em popa. “Meu pai e Ronaldo não se conheciam de verdade. Isso só aconteceu no segundo turno da campanha de 2010 (quando Collor apoiou Lessa). Ele costuma dizer que o que meu pai fez por ele naquele segundo turno não fez nem por si próprio no primeiro”, disse James.

De acordo com o filho do senador, a aproximação de Collor com seus antigos algozes é fruto do amadurecimento político. “Somos seres humanos em evolução. Nossos problemas mudam. Tudo muda”, disse.

James, que tinha apenas 12 anos na época do impeachment, verbaliza uma interpretação que é compartilhada por muitos hoje em Alagoas. “Muitas pessoas falam que fizeram de uma gota d’água um tsunami”, afirmou. “Não devemos nem mais falar disso. Devemos olhar para o futuro”.

Para o governador de Alagoas, Teotônio Vilela Filho (PSDB), adversário de Collor nas eleições de 2010, o atual cenário político do Estado não chega a surpreender. “Não me surpreende nem pelo PT nem pelo Collor. A política é muito dinâmica e talvez o que o PT defendia e criticava antes seja o que hoje Collor defende e critica, ou vice-versa”, disse o governador. “É um sinal de que o impeachment e tudo o que cercou essa história ficou lá atrás”, completou.

De acordo com políticos e amigos que acompanharam o surgimento político de Collor, o ex-presidente sempre teve uma postura ambígua, pois embora tenha nascido na direita flertou permanentemente com a esquerda.

Collor foi nomeado prefeito de Maceió em 1979 pela extinta Arena e eleito deputado em 1982 pelo PDS. Em 1984 votou a favor das “Diretas Já” e, depois, apoiou Paulo Maluf (PDS) contra Tancredo Neves (PMDB) no Colégio Eleitoral.

Em 1986, quando se candidatou ao governo de Alagoas, trocou o PDS pelo PMDB e adotou um discurso radical de esquerda no qual afrontava a elite dos usineiros de açúcar e pregava a moralização do Estado. “Ele tinha um discurso mais à esquerda do que os partidos de esquerda. Falava claramente reforma agrária e até em confisco de terras dos usineiros”, lembrou o presidente do PSOL de Alagoas, Mario Agra, que estudou com Collor na faculdade e na época estava no PC do B. “Era um discurso tão empolgante que ele conseguiu rachar o PC do B alagoano, levando consigo um pedaço do partido”, completou.

Segundo pessoas que acompanharam de perto a gênese de Collor, a migração partidária e ideológica foi puro cálculo político. Em 1986, o campo da direita estava tomado pelo ex-governador Guilherme Palmeira e restava ao jovem deputado disputar o espaço no PMDB que à época abrigava correntes de extrema esquerda sobreviventes da luta contra a ditadura.

Com apoio dos grupos de mídia da família e aproveitando a onda positiva que deu ao PMDB a maioria dos governadores naquelas eleições, Collor foi eleito. De acordo com testemunhas daquele período, o projeto presidencial nasceu antes mesmo de ele tomar posse. Na semana seguinte à eleição, Collor fez um giro pelo Rio de Janeiro e São Paulo com o objetivo de tentar contatos com os principais líderes da esquerda nacional, entre eles Mário Covas (PSDB), Luiz Inácio Lula da Silva (PT), Roberto Freire (PPS, então PCB), Ulysses Guimarães (PMDB) e Leonel Brizola (PDT), que três anos depois seriam seus adversários na campanha presidencial. Nem todos o receberam. Ao tomar posse, ele chegou a oferecer as secretarias de Saúde e Meio Ambiente do Estado ao PC do B, que recusou.

Instalado no poder, Collor, com ajuda do então desconhecido Paulo César Farias, se reaproximou dos usineiros, a quem concedeu benefícios fiscais que deixaram sequelas por mais de uma década nas finanças alagoanas e promoveu uma série de demissões em cargos de confiança que lhe valeu o título de “caçador de marajás”, com o qual foi apresentado ao restante do País e que lhe serviu de passaporte para a candidatura à Presidência, em 1989. Segundo o atual governador, feitas as contas o saldo final foi negativo para Alagoas.

“A história que cercou o mandato de Collor na Presidência da República foi mais prejudicial ao Estado do que qualquer outra ação que ele, como presidente do País, tenha feito em favor de Alagoas”, disse Teotônio Viela Filho, para quem hoje Collor continua forte. “Collor é senador da base do governo federal, presidente de uma das comissões mais importantes do Congresso Nacional, e tem livre trânsito nos ministérios do PT e partidos aliados. Sim, é claro que ele está fortalecido”.

O senador Fernando Collor foi procurado diversas vezes pela reportagem do iG mas se recusou a dar entrevista.

Fonte: iG

Caro Emerald - A Night Like This


Fortaleza (CE): Epidemia de dengue é confirmada na Capital

Uma notícia que já era esperada. Fortaleza se encontra, agora, com um quadro declarado e oficial de epidemia de dengue. Os atuais 7.681 casos confirmados, ontem, pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS), revelam a gravidade do cenário. Para piorar mais a situação, a Capital é, hoje, segundo o balanço do Ministério da Saúde, a segunda cidade com maior índice de notificações do Brasil só nos primeiros quatro meses de 2012: são 10.156, ficando atrás apenas do Rio de Janeiro, que tem 64.675.

"Estamos em epidemia, sim, e iremos, já a partir da próxima segunda-feira, negociar com o Ministério da Saúde para recebermos mais aportes de recursos. A Prefeitura não vai, entretanto, fugir do problema", declara a prefeita Luizianne Lins, durante solenidade, ontem, de assinatura de decreto que regulamenta a vistoria epidemiológica dos mais de 39 mil imóveis desocupados sem acesso permitido.

O decreto permite que, via autorização após comunicação formal por edital, os agentes públicos, em companhia de guardas municipais, entrem nesses terrenos baldios e façam o devido trabalho de prevenção.

Epidemia
A situação epidêmica se dá, conforme regra do próprio Ministério da Saúde, quando a quantidade de pessoas infectadas ultrapassa os 300 casos por 100 mil habitantes. A cidade está, segundo o atual coordenador de epidemiologia da Prefeitura de Fortaleza, Antônio Lima, com infestação de 320 por cada 100 mil. Foram 1.340 casos confirmados entre o boletim da SMS do último dia 10 e o de ontem: cerca de 191 pacientes diagnosticados com a doença a cada dia.

A prefeita Luizianne pede, no entanto, que a população tenha calma, evite o pânico. Ela confirmou que a rede de saúde pública está sobrecarregada, deixando de conseguir atender toda a demanda. Hoje, 70% da população, segundo ela, depende do Sistema Único de Saúde (SUS).

"Mas já estamos intensificando a campanha de prevenção. Já temos, hoje, 17 postos funcionando com hidratação e vamos aumentar ainda mais. Temos 40 unidades funcionando no terceiro turno", declara Luizianne.

Gravidade
A prefeita se diz preocupada também com o aumento de casos graves que podem surgir, visto que o vírus que está predominando é novo, do tipo quatro. O balanço da dengue, feito pelo Ministério da Saúde, aponta que das 546 amostras de Fortaleza enviadas para o isolamento viral, 16 (2,9%) deram positivo, sendo 93,8% para o caso de Dengue Viral (DENV) tipo quatro e 6,3% para DENV1. Entre os casos mais graves, Fortaleza conta com 50 confirmados da doença, sendo 21 por FHD e 29 por complicação.

Uma boa notícia: o número de doentes graves de dengue no Ceará caiu 89% nos quatro primeiros meses de 2012, em comparação com o igual período do ano passado. O Estado registrou oito óbitos causados pela doença somente em 2012.

Sobre os óbitos, o mais recente boletim epidemiológico apresentado, ontem, pela SMS revela quatro óbitos, três por Febre Hemorrágica do Dengue (FHD) e 1 por complicação. No entanto, o Ministério da Saúde expõe um cenário bem diferente, de cinco mortes na Capital, o que coloca Fortaleza na segunda posição no ranking nacional com relação aos óbitos, perdendo para o Rio de Janeiro, com15.

O órgão federal divulgou também que, nos primeiros quatro meses de 2012, foram registrados 286.011 casos confirmados de dengue no País. Esse número representa uma queda total de 44% em relação a igual período do ano de 2011, quando foram registrados 507.798.

Saiba mais
Casos confirmados pela Secretaria Municipal de Saúde
7. 681 somente em 2012

Casos notificados pela SMS:
14.439 em Fortaleza

Óbitos revelados pela gestão:
4 confirmados e 17 em investigação

Casos graves em Fortaleza:
50 confirmados pela gestão

Ministério da saúde contabiliza outro cenário:
10.156 casos notificados na Capital, perdendo só para o Rio de Janeiro

Óbitos listados pelo Ministério:
Cinco confirmados em Fortaleza, só perdendo para o Rio de Janeiro

Doença ainda não está no seu pico alto, diz gestor
Apesar dos 7.681 casos confirmados da doença, em Fortaleza, só nesse ano de 2012, o coordenador de epidemiologia da Prefeitura de Fortaleza, Antônio Lima, afirma que a Capital ainda não vive o "clímax" do contágio.

"Ainda não estamos no pico mais alto de infestação, muitos casos ainda podem surgir nesses meses", declara Lima, levando em consideração que, em maio de 2011, os números da dengue já começavam a regredir.

O atual cenário vivido na Capital, de confirmações crescentes, é diferente de 2011 e se apresenta assim: 647 casos em janeiro, 1.025 em fevereiro, 2.833 em março e 2.916 em abril. "Esse número de mais de sete mil confirmações e de 14 mil notificações ainda não leva em conta, no entanto, esse aumento da doenças nas últimas semanas", detalha o atual coordenador.

Para o técnico do Ministério da Saúde, Rodrigo Said, apesar da situação de Fortaleza ser preocupante, o órgão está acompanhando o processo e disposto a ajudar. "É importante a ampliação das ações e engajamento da população e do poder público. Vamos passar toda a próxima semana aqui na Capital dando um suporte", finaliza Said.

IVNA GIRÃO
REPÓRTER

Fonte: Diário do Nordeste

Juazeiro do Norte (CE): Jovem é morto com um tiro na testa quando bebia ao lado de colegas

A sexta-feira amanheceu da mesma forma que a quinta-feira entardeceu: violenta. Num intervalo de apenas 14 horas dois homens foram assassinados em Juazeiro do Norte. Carlos Alberto Félix tombou morto com cinco tiros de revólver no bairro Frei Damião, enquanto Cristiano de Almeida Braz, de 26 anos, foi executado com um tiro na testa por volta das 7 horas desta sexta-feira.

O crime aconteceu no Ponto da Carne Assada, que funciona na parte externa do Mercado do Pirajá mais precisamente no cruzamento das ruas Vereador José Rodrigues e Fausto Guimarães. Ali quatro amigos estavam ingerindo bebidas alcoólicas e tinham acabado de chegar. De acordo com testemunhas, eles estiveram antes em um bar no interior do mercado quando discutiram entre si.

Uma pessoa identificada por Gilson que trabalha despencando boi no açougue do mercado, foi ao encontro do grupo e teria tentado acalmar os ânimos avisando que ali se tratava de um local de trabalho e não de brigas. Terminou atraindo a briga para si e foi empurrado por um deles. O quarteto decidiu sair para outro estabelecimento perto. De acordo com uma pessoa que presenciou o crime, no momento em que Gilson passava nas imediações teria havido provocação e ameaça por um deles.

Foi aí que o acusado sacou um revólver e começou a disparar. Cristiano morreu no local, enquanto Antonio Correia da Silva, o Cido, alvejado com dois tiros no pescoço está sendo submetido a uma cirurgia neste momento no Hospital Regional do Cariri. Também saiu baleado, Alexandro Alves da Silva, de 29 anos, cujo quadro clínico é estável no HRC e o outro foi para o Hospital Tasso Jereissati apenas para um atendimento ambulatorial.

Demontier Tenório

Fonte: Miséria

Plantão Infotech: Somente 16% das casas cearenses tem internet. Estado é o 4º pior do Brasil

Apenas 16,2% dos domicílios do Ceará possuem microcomputador com internet. O percentual é o quarto pior do País. Já levando em conta aparelhos que não possuem ligação com a rede mundial de computadores, são pouco mais de 21% no Estado. O Brasil ocupa a 63ª posição no ranking mundial de países com mais domicílios que têm acesso à internet. São cerca de 33% dos 6,192 milhões de unidades levantadas pelo Censo de 2010 do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

O País está na média mundial, mas poderia estar em posição melhor se não fosse a falta de conhecimento e de interesse da população, segundo o novo mapa da inclusão digital elaborado por FGV (Fundação Getulio Vargas) e Fundação Telefônica.

Excluídos
De acordo com o estudo, 64,6% das pessoas excluídas (6,6 milhões) não sabem ou não acham necessário conectar-se à rede mundial. Mesmo a inclusão de 40 milhões de pessoas na classe C não foi suficiente para ampliar o acesso à internet. Na comparação com outros países, o Brasil fica atrás do vizinho Uruguai (57ª) e do Chile (53ª) e à frente da Argentina (66ª), do México (89ª), da África do Sul (108ª) e da Índia (126ª). A China não foi incluída no mapa por falta de informações oficiais.

"O Brasil é o excelente retrato do mundo, mas ainda falta convencer e educar as pessoas para o acesso à internet. A falta de dinheiro não tem sido o principal problema", disse o responsável pelo mapa, o economista Marcelo Neri.

DF lidera
O Distrito Federal é a unidade da federação com mais domicílios que têm acesso à internet, seguido de São Paulo, Rio de Janeiro, Santa Catarina e Paraná. Os piores são Maranhão, Piauí, Pará, Ceará e Tocantins -todos nas regiões Norte e Nordeste. Entre os 20 municípios brasileiros com maior número de moradias conectadas, São Caetano do Sul (SP) lidera.

O ranking é dividido com Vitória (ES), Santos (SP), Florianópolis (SC) e Niterói (RJ), esta última superior à capital, Rio de Janeiro. Na outra ponta, 18 municípios nos Estados de Piauí, Maranhão, Pará e Amapá não têm acesso à internet.

Fonte: Diário do Nordeste

Morto acorda em funeral e faz festa

Funeral sempre é um evento triste, mas o garçom Hamdi Hafez al-Nubi, de 28 anos, provou que o contrário é possível também. O egípcio acordou minutos antes do seu enterro começar.

O caso não foi um milagre ou uma ressurreição, e sim um equívoco. Funcionários de um hospital local haviam declarado o falecimendo de Hamdi, depois que ele sofreu um ataque cardíaco enquanto trabalhava. Mas quando estava sendo preparado para o enterro, uma médica observou que o corpo estava com temperatura elevada e resolveu ver seus sinais vitais, descobrindo que o 'defunto' estava mais vivo do que nunca.

A médica reanimou Hamdi e, depois, sua mãe desmaiou com a ótima notícia. Depois da surpresa, a volta do indivíduo foi celebrada, transformando o velório em uma grande festa.

Fonte: Yahoo Notícias

Florinda Meza disse estar preocupada com a saúde de 'Chaves'

A saúde de Roberto Gomes Bolaños, 83, que criou e interpretou o personagem “Chaves”, tem sido motivo de preocupação de sua esposa, Florinda Meza, a atriz mexicana famosa no Brasil por interpretar a Dona Florinda.

Segundo ela declarou à imprensa mexicana, Chespirito melhorou muito desde que o casal se mudou para a cidade turística de Cancun, porém teme que sua saúde volte a se fragilizar com suas visitas constantes à Cidade do México.

"Ele está bem lá em Cancun, mas tenho medo das viagens à Cidade do México, a cidade está horrível, e temo que sua saúde piore se ele vir para cá", declarou ela.

Florinda contou também que o novo endereço do casal tem contribuído para o bem-estar do marido, já que vivem na altura do nível do mar e podem contar com o oxigênio limpo. Chespirito teria usado tambores de oxigênio para auxiliá-lo na respiração. "Ele não está exposto a contaminação e nem tem que estar com um tambor de oxigênio dia e noite", contou a atriz. As informações são do site “O Fuxico”.

Fonte: Yahoo Notícias

Hooverphonic - Anger Never Dies


Plantão Infotech: TIM vai lançar serviço de banda larga


A TIM está se preparando para entrar no mercado de banda larga residencial. O projeto chamado LIVE TIM deverá entrar em testes primeiro em São Paulo e no Rio de Janeiro. O site do produto traz um cadastro de espera para quem quiser ser um dos primeiros a testar a banda larga da TIM.

Segundo o site Guia do PC, a empresa deverá lançar o serviço no terceiro trimestre desse ano, contando com uma rede de cabos de fibra óptica de mais de 5 mil quilômetros de extensão. A intenção da empresa é angariar 1 milhão de clientes até 2016.  As velocidades oferecidas serão de até 100 Mbps e, o melhor de tudo, sem a necessidade de planos de fidelização.

Como principais vantagens do sistema, a TIM garante que todos os assinantes receberão gratuitamente um roteador Wi-Fi, além de que, segundo a empresa, a rede de fibra óptica é a mais avançada do Brasil, trazendo um sistema de redundância de 100%, garantindo a estabilidade da conexão. A empresa italiana também promete que não haverá traffic shaping (limitação de tráfego de dados) e nem limite máximo para downloads.

Fontes: Guia do PC e TIM

Crato (CE): Laudos diferentes em exames de sushi

O laudo pericial sobre causas da intoxicação alimentar pelo consumo de sushi, vendido no Mercadinho São Luiz, neste Município, no último dia 23 de abril, atestou a presença de bactéria Salmonella sp, encontrada na amostra de camarão, coliformes a 35ºC e microorganismos mesófilos aeróbios. O resultado do exame foi conferido pelo Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen). No entanto, exame do mesmo material feito no Nutec, por solicitação do São Luiz, não constatou a presença de nenhuma tipo de bactéria.

A grande quantidade de casos da Doença de Transmissão Alimentar (DTA) configurou um surto em pessoas que haviam consumido o alimento no supermercado. Oficialmente a Vigilância Endemiológica investigou e notificou ao Ministério da Saúde 45 casos da doença.

A fonte de contaminação foi considerada comum, detectada pela ingestão do mesmo alimento, o sushi. De acordo com a Secretaria de Saúde, o exame deveria apresentar a ausência de bactérias. Segundo a enfermeira epidemiologistas da Secretaria de Saúde do Crato, Lídia Maria Feitosa Guedes, a ingestão do sushi contaminado causou perigos a saúde dos clientes.

Alguns fatores como a busca por alimentação coletiva e consumo de alimentos em vias públicas podem contribuir para o aumento da incidência das Doenças de Transmissão Alimentar. A presença dos microorganismos no sushi indica uma possível falha no processo de manipulação dos alimentos.

Desde que os clientes que ingeriram o sushi apresentaram quadros de intoxicação alimentar, a Vigilância Sanitária do Município intensificou as inspeções ao estabelecimento para a adoção de medidas preventivas e de controle. O órgão faz exigências como a higiene das instalações e área de produção, condições de limpeza e desinfecção, de vestuários, asseio pessoal e do estado de saúde dos manipuladores, cuidados com fluxo de produção, controle do produto final e utilização de equipamentos de proteção individual pelos manipuladores. Agora, a Vigilância Sanitária está aplicando as normas de adequação, previstas pela legislação de boas práticas de alimentação e aguarda o ajustamento dos termos.

"Mesmo que os laudos não tivessem indicado nenhuma contaminação, a Vigilância Sanitária iria fiscalizar o estabelecimento. Esse laudo é só para confirmar qual foi o ponto de contaminação", disse o coordenador da Vigilância Sanitária, Assilon Lindoval Carneiro Freitas.

Segundo a assessoria de imprensa do Mercadinho São Luiz, a empresa não recebeu a mesma informação que a Vigilância Sanitária. De acordo com informações da assessora Camilla Andrade, a Salmonella encontrada no camarão que continha nos sushis não teve quantidade suficiente para causar mal a saúde dos consumidores. Ela informou que a Vigilância Sanitária enviou ao Mercadinho São Luiz um termo autorizando a venda do produto mediante as documentações de higienização, manuseio e refrigeração dos alimentos. Mas, por cautela, o São Luiz não está vendendo o sushi.

Ainda não há previsão para o retorno das vendas. A empresa está aguardando os procedimentos internos serem concluídos. O local onde os sushis eram vendidos ainda está sendo examinado. Para assegurar-se da ausência de bactérias no alimento, Mercadinho São Luiz solicitou uma análise dos sushis ao Laboratório Nutec.

No exame, segundo a assessoria de imprensa da empresa, não foi constatada a presença de nenhum tipo de bactéria no alimento avaliado.

YACANÃ NEPONUCENA
REPÓRTER

Fonte: Diário do Nordeste

Lula lança página no Facebook


O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva lançou nesta quinta (17) sua página oficial no Facebook. O perfil na rede social será administrado pelo Instituto Lula, organização não-governamental do ex-presidente.

De acordo com a assessoria de Lula, ele pretende utilizar a ferramenta para divulgar atividades do ex-presidente no Brasil e no exterior, em especial ações de cooperação com países da África e da América Latina.

A página de abertura mostra imagem da posse da presidente Dilma Rousseff, no momento em que ela recebia de Lula a faixa presidencial. Mais de 67 mil "curtiram" a página até o início da tarde desta quinta.

Fonte: G1

Penaforte (CE): PM apreende R$ 10,9 mil em cédulas falsas e `Casa da Moeda´ era em Serra Talhada


A Polícia descobriu na tarde desta quarta-feira um derramamento de cédulas falsas na região do Cariri oriundas de Serra Talhada (PE). Quatro pessoas foram presas sob a acusação de integrarem uma quadrilha interestadual apontada como responsável pela distribuição das cédulas falsas entre os estados do Ceará e Pernambuco. Ao todo, foram recolhidas 104 cédulas de R$ 100,00 totalizando R$ 10,4 mil além de outras de R$ 50,00 (07), de R$ 20,00 (07) e uma de R$ 10,00 atingindo um valor global em cédulas falsas de R$ 10,9 mil.

Tudo começou quando duas comerciantes de Penaforte, proprietárias das lojas Rosa Morena e Clécia Modas, desconfiaram da qualidade das cédulas e foram ao Destacamento Miltar fazer a denúncia apontando as características dos acusados. A polícia saiu em diligência sob o coordenação do Major Sobreira, Comandante da Companhia de Brejo Santo, até prender um casal suspeito com duas crianças. Com eles foram encontrados R$ 1,5 mil em cédulas falsas de R$ 100,00, sete de R$ 50,00, outras sete de R$ 20,00 e uma de R$ 10,00.

Além disso, cartões e um cheque de R$ 250,00 do Banco Itaú, três cartões da Caixa Econômica, um do Carrefour, um cartão Bilhete Único de São Paulo, um ticket restaurante, dois celulares, seis pares de sapatos, uma bolsa, um colar de bijuteria, um kit de shampoo e condicionador, uma caixa de chocolate, um conjunto de material escolar, um CD pirata e uma almofada. Foram presos o frentista Jorge Gomes de Lima, de 35 anos, residente na Rua Joaquim de Sousa Melo (Bairro São Cristóvão) em Serra Talhada (PE) e sua irmã Eliane Cristina Gomes de Lima, de 33 anos, que mora no povoado de Malhada da Areia no município de Verdejante (PE).


A dupla fazia pequenas compras no comércio de Penaforte apenas com o objetivo de trocar e sair “derramando” cédulas falsas. Os irmãos trafegavam em um veículo Golf de cor prata, ano 2008, e placas ASG-3277, inscrição de São Paulo, levando a sobrinha e uma filha, ambas de 12 anos, para não erguer suspeitas na hora dos golpes. Ao ser preso, Jorge Gomes confessou que tinha mais cédulas falsas em sua residência no município de Serra Talhada a apontou outro membro da quadrilha igualmente pernambucano.

Uma equipe da FTA (Força Tática de Apoio) e militares do Serviço Reservado se juntaram a policiais do Pernambuco e prenderam mais duas pessoas: Maria Graciete de Lima, de 39 anos, que é a companheira de Jorge, e Cícero Romão Ferreira de Sousa, de 32 anos, dono do Golf apreendido em Penaforte. Na casa de Graciete, a polícia encontrou R$ 9 mil em cédulas falas de R$ 100,00, três cartões da Caixa Econômica Federal, cinco do Bradesco, dois do Itaú, um do Banco Santander e mais dois celulares. O dono do carro, Romão Ferreira, foi preso em sua casa na Rua Joaquim Sousa Melo, 151 (Bairro São Cristóvão) em Serra Talhada. No imóvel, foram apreendidas mais quatro cédulas falsas de R$ 100,00 escondidas dentro de um frigobar.

Demontier Tenório

Fonte: Miséria

John Mayer - Heartbreak Warfare


Major Hermann é disputado em Campos Sales

O major da Polícia Militar (PM) Paulo Hermann Macedo, após bons serviços prestados a cidade de Campos Sales, ganhou notoriedade e hoje é um dos pré-candidatos mais disputados na cidade.

Na atual conjuntura, são três os partidos que disputam sua filiação que, por se tratar de um militar, pode ser feita até a data das convenções. PT, PSB e PTB, tomam a frente e buscam a filiação do major.

O prefeito de Juazeiro do Norte, Manoel Santana e o deputado federal José Guimarães, tentam articular a sua vinda para o PT. Já o contanto do PSB foi feito com o próprio Ciro Gomes, que fez pessoalmente o convite para integrar a sigla que hoje governa o Estado. O deputado Arnon Bezerra, já tem conversa marcada com Hermann e deve fazer o mesmo convite.

A disputa acontece porque Hermann já teria ao seu redor, como base de apoio, partidos como PMN, PTB, PCdoB e PHS. Além do provável apoio do casal de ex-prefeitos Lourenço e Ana Maria (PR); e Zé Iris (PRB).

Major Hermann é Comandante da 5ª Cia. do 2° BPM no Crato. Hoje se encontra licenciado das atividades, por motivo da pré-campanha.

Um bom articulador
Na verdade, major Hermann tem se destacado pelo grande poder de articulação e popularidade. Não é a toa que já conta com um bom número de apoiadores, além da possibilidade de muitos outros.

Agora em alguns casos ele deve enfrentar dificuldades. No PT, por exemplo, as questões internas devem atrapalhar os planos de Santana e Guimarães. Em Campos Sales o presidente Municipal, o Dorgival, é ligado ao deputado José Airton, e já se lançou pré-candidato. No PSB, quem tenciona uma candidatura própria é o vereador Janilton Costa, mesmo enfraquecido pela denuncia de pedofilia.

Mas, num quadro geral a pré-candidatura do major Hermann, está bem a frente das outras que, hoje, são as do deputado Moésio Loiola (PSD), Dorgival (PT) e a pouco provável do PSB.

Quanto a quem ficará com major Hermann, o mais provável é que ele vá para o PTB de Arnon Bezerra, que lhe entregaria a sigla sem problemas e nem desgastes internos. O que, não descarta a possibilidade de apoio de PT e PSB, pela pouca possibilidade de suas pré-candidaturas.

Madson Vagner

Fonte: Miséria

Barbalha (CE): Jacarandá é cortado para a bandeira de Santo Antônio

Foi dada a partida para os festejos alusivos a Santo Antônio, neste município, com o corte do pau da bandeira, uma árvore jacarandá de 23 metros com quase 3 toneladas. Ontem pela manhã, centenas de carregadores entraram mata adentro, no Sítio São Joaquim, a 6 quilômetros da cidade, para seguir um ritual de mais de oito décadas. 

Mesmo num dia da semana, para evitar degradação ambiental na Área de Proteção Ambiental (APA), da Chapada do Araripe, não é possível conter a forte tradição e evitar a grande participação popular no ritual do corte. O mastro da bandeira permanece na "cama do pau", local nas proximidades de onde foi retirado, para secar até a abertura da festa, dia 3 de junho.

Todo o trajeto foi acompanhado por analistas ambientais, representantes do Poder Judiciário e da própria administração, no intuito de fazer cumprir um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), além da comissão organizadora do cortejo.

Antes de chegar a árvore para o corte, cerca de 300 pessoas seguiram mais de um quilômetro no Sítio São Joaquim, para deixar uma imagem do santo casamenteiro depositado em um angico, árvore frondosa também na APA. No local, um Pai Nosso e o pedido de proteção ao padroeiro de Barbalha.

A aglomeração dos carregadores começa a partir das 6 horas, no mercado público da cidade. No local tomam o caldo, que irá fortalecer o grupo para as próximas horas. Em seguida, todos seguem para a Matriz de Santo Antônio onde acontece a bênção para então saírem em cortejo pelas ruas. Os fogos de artifício dão passagem e anunciam por toda da cidade o clima dos festejos. Jovens, mulheres, crianças, novatos e veteranos fazem questão de dar o tom das comemorações. O sagrado e o profano se misturam no ritual.

Segundo o capitão do pau da bandeira, Rildo Teles, que há 12 anos está à frente do evento, a escola da árvore obedece um critério ambiental e também relacionado à festa. "Tem que ser uma árvore pesada que simbolize o sacrifício dos participantes, que vem até o local com a fé no santo. É uma tradição, e a força para levar o tronco até o Centro da cidade, no dia da abertura dos festejos, vem da fé das pessoas", diz ele.

O capitão é o líder do grupo, escolhido pelos próprios participantes para serem comandados. De acordo com Rildo Teles, é uma função que envolve a responsabilidade de orientar o grupo quanto a melhor forma de se conduzir no trajeto, até o comportamento dos integrantes dentro da área do corte. Antes do jacarandá receber o primeiro golpe de machado, dado pelo capitão, há um momento de preparação do grupo, principalmente por a árvore ter uma história para o falecido dono do sítio, Joaquim Teles, que pedia que preservasse sempre a planta e só cortasse no momento em que estivesse frondosa. A árvore de três troncos teve um deles retirado para os festejos.

O trajeto dos carregadores teve o acompanhamento da analista ambiental do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMbio), Flávia Regina Domingos. Segundo ela, já houve todas as autorizações devidas e as árvores estão demarcadas. O trabalho está voltado mais para conciliar a conservação do meio ambiente com as manifestações culturais da região. Os técnicos fazem a avaliação de como é feito o corte e o tipo de degradação que ocorre na área, no intuito de embasar e dar orientações técnicas de como deve ser realizado o reflorestamento no local.

"Temos, junto com o Ministério Público Federal, a obrigação de apresentar orientações técnicas para recuperação da área, para não ser degradada na atividade", explica. Cerca de 120 árvores serão utilizadas no replantio do local e nas proximidades da área degradada.

Além de um novo jacarandá, árvores comuns à vegetação do Sítio São Joaquim serão cultivadas. Segundo a analista ambiental, será verificada uma data específica, em um momento propício para o replantio, de acordo com o que foi estabelecido pelo TAC. Ano passado, também foi replantada na área a mesma quantidade de mudas.

Casamenteiro
A área do corte foi georeferenciada e até o ano de 2014 e novas árvores foram demarcadas. Rildo Teles afirma que no próximo ano, novas árvores deverão ser demarcadas no Sítio Flores, outra área onde ocorre cortes de árvores para servir de mastro do pau da bandeira para os próximos festejos.

Até o dia da festa a árvore deverá ficar mais leve, depois de secar na cama do pau. Enquanto isso, os desejosos de casar aproveitam casquinhas do tronco para fazer o chá e pedir ao santo casamenteiro que o par chegue o maior rápido possível.

Mais informações
Secretaria de Cultura e Turismo de Barbalha,
Rua da Matriz 25, Centro
Região do Cariri
Telefone : (88) 3532.1708

ELIZÂNGELA SANTOS
REPÓRTER

Foto meramente ilustrativa

Fonte: Diário do Nordeste

ShareThis