Chuvas no Ceará devem ocorrer dentro da normalidade entre março e maio, segundo Funceme

O trimestre entre março e maio tem 40% de probabilidade de ter chuvas dentro da normalidade climatológica no Ceará, segundo dados divulgados pela Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) nesta quinta-feira (28). Há ainda 35% de possibilidade de chuvas abaixo da média e 25% acima dela. 

A tendência é que as variações das chuvas sejam maiores nas faixas litorâneas do estado, enquanto no Centro-Sul do Ceará, a probabilidade deve ser abaixo do normal.

A meteorologista da Funceme Meiry Sakamoto explica que "o atual padrão no oceano Atlântico indica condição favorável para o posicionamento da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT), principal sistema indutor de chuvas durante a quadra chuvosa, sobre o norte da região Nordeste. Além disto, ressalta-se tendência de redução das precipitações ao longo da estação chuvosa". 

O balanço parcial de fevereiro, primeiro mês da quadra chuvosa indicou chuvas acima da média para o Ceará como um todo. Até esta quinta-feira, o observado é de 180,8 milímetros, representando 52,4% acima da média histórica. 

Fonte: Diário do Nordeste

Curta nossa página no Facebook

Precipitações no Cariri ficaram abaixo do esperado entre as oito macrorregiões do Estado

Das oito macrorregiões do Ceará, o Cariri foi a única que registrou chuvas abaixo da média no mês de fevereiro. Para o período eram esperados 157,7 mm no Sul do Ceará, mas foram observados apenas 109,8 mm, ou seja, um déficit de 30,4%.

Já a média pluviométrica estadual observada foi de 180,8 mm, o que representa 52,4% acima do esperado que era de 118,6 mm. Os dados da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) ainda são parciais.

As chuvas seguem localizadas nos municípios cearenses, e a região Centro-Norte, com destaque para o litoral, foi a mais beneficiada com chuvas em fevereiro, que é o primeiro mês da quadra chuvosa (fevereiro a maio). O Maciço de Baturité e o Litoral de Fortaleza registraram, respectivamente, 116% e 105% acima da média para o período. A terceira macrorregião que observou boas precipitações foi o Litoral Norte com desvio positivo de 77,7%.

Os dados da Funceme mostram que até as regiões do Sertão Central e Inhamuns, que historicamente não são beneficiadas com muitas chuvas, registraram em fevereiro 46,9% acima do esperado. A média histórica para essas duas regiões é de 97,7mm e foram observados 143,4mm.

Nos últimos três anos, fevereiro vem registrando chuvas acima da média no Ceará. Em 2017, houve um desvio positivo de 34,8%; em 2018, 66,1% e neste ano, 52,4%. Já em 2016, as precipitações ficaram 55,2% abaixo do esperado para o período e, em 2015, o déficit pluviométrico foi de 18,9%.

As chuvas localizadas ainda não foram suficientes para a recarga dos médios e grandes reservatórios, que são estratégicos para o abastecimento de grandes áreas urbanas, como a Região Metropolitana de Fortaleza. E o que esperar para o próximo trimestre que se inicia hoje? Infelizmente, as previsões não são animadoras referentes a aumento significativo do volume dos açudes.

Os meteorologistas do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), do Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (Cptec/Inpe), do Ministério da Ciência e Tecnologia, e da Funceme divulgam hoje previsão para o trimestre (março, abril e maio) para o semiárido nordestino. O segundo prognóstico com base em modelos estatísticos para o período foi definido no fim da tarde de ontem (28).

Abaixo
O meteorologista Ednaldo Correia de Araújo, do 3º Distrito de Recife do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) adianta que as regiões Centro-Sul e Sul do Ceará devem continuar com chuvas abaixo da média.

"A situação está complicada porque não há previsão de intensas chuvas para as bacias dos principais reservatórios (Orós e Castanhão)", observa Araújo. "Vamos ter de acompanhar e esperar".

A bacia do Salgado fica no Cariri, e a do Alto Jaguaribe está localizada nos Inhamuns, mas é favorecida por chuvas no Sul do Ceará por meio do Rio Cariús. Ednaldo Araújo observa que, em fevereiro, em muitas localidades rurais não houve registro de chuvas acima da média. "Temos tido chuvas localizadas, irregulares na distribuição espacial, e a média estadual não reflete a realidade de muitas áreas".

O meteorologista do Inmet acrescenta que já eram esperadas para a região do Cariri cearense e Centro-Sul do Estado precipitações reduzidas na atual quadra chuvosa.

HONÓRIO BARBOSA
COLABORADOR

Fonte: Diário do Nordeste

Curta nossa página no Facebook

Adolescente estuprada por 10 anos denuncia seis tios no Crato; cinco foram presos

Uma adolescente de 17 anos denunciou seis irmãos do pai dela por estupros continuados durante 10 anos no Crato, na Região do Cariri. Na manhã desta sexta-feira (1º), a Polícia Civil cumpriu os mandados de prisão temporária e capturou cinco deles. Um está foragido. 

A violência contra a jovem começou após a morte do pai dela, quando ela tinha 7 anos de idade. A própria vítima fez a denúncia anonimamente no fim do ano passado. 

De acordo com a titular da Delegacia de Defesa da Mulher(DDM) do Crato, Kamila Brito, a mãe da adolescente informou que ficou sabendo do crime em 2016 e, por medo, não teve coragem de fazer a denúncia. A mãe e a adolescente moram próximo aos tios no mesmo sítio. Ainda segundo a delegada, a mãe deve ser investigada. 

Os tios foram levados à DDM para prestar depoimento e serão levados à Cadeia Pública do Crato, onde devem ficar presos temporariamente por 30 dias. O prazo, segundo a delegada, é suficiente para que se conclua o inquérito. Depois, eles ficarão à disposição da Justiça. A identidade deles foi preservada para preservar a vítima.

A adolescente já prestou depoimento na delegacia. Ela passará por um tratamento psicológico.

Os suspeitos vão responder por estupro coletivo de vulnerável. A Polícia Civil segue à procura do sexto suspeito foragido. 

Fonte: Diário do Nordeste

Curta nossa página no Facebook

Mulher é morta a tiros pelo ex-companheiro no Centro do Crato

Uma mulher foi morta a tiros enquanto voltava do trabalho no Crato, na região do Cariri cearense, na noite desta quinta-feira (28). O suspeito do feminicídio é o ex-companheiro da vítima, identificado como Paulo Roberto Carlos Ramalho. 

Geanne Tavares Souza tinha 28 anos e trabalhava como caixa em uma farmácia. Testemunhas afirmam que os dois se separaram há três meses e o acusado não aceitava o fim do relacionamento. Uma amiga da vítima relatou ainda que Geanne tinha uma medida protetiva contra Paulo Roberto.

O caso aconteceu no Centro da cidade, próximo ao prédio da Prefeitura, por volta das 18h. Segundo agentes que atenderam a ocorrência, o crime foi premeditado, já que o suspeito aguardou a vítima sair do trabalho em seu caminho habitual. 

Depois do assassinato, Paulo Roberto atirou contra si mesmo. Ele foi levado em estado grave ao hospital. A arma foi recolhida pela polícia. 

Fonte: Diário do Nordeste

Curta nossa página no Facebook

01 de março

1290 - A Universidade de Coimbra é criada por D. Dinis.
1565 - Estácio de Sá lança os fundamentos da cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro.
1896 - O físico francês Henri Becquerel descobre a radioatividade.

Nasceram neste dia…
1445 - Sandro Botticelli, pintor italiano (m. 1510).
1810 - Frédéric Chopin, compositor e pianista franco-polaco (m. 1849).
1969 - Javier Bardem, ator espanhol.

Morreram neste dia…
1923 - Rui Barbosa (foto), jurista, político, diplomata, escritor e filólogo brasileiro (n. 1849).
1938 - Gabriele d'Annunzio, poeta italiano (n. 1863).
1996 - Vergílio Ferreira, escritor português (n. 1916).

Fonte: Wikipédia

Germana Brito é a nova secretária de Educação do Crato

Foto: Reprodução/Facebook
O Prefeito do Crato, Zé Ailton Brasil, anunciou na tarde desta quinta-feira (28) os nomes das novas titulares da Secretaria de Educação. Trata-se das professoras Germana Brito e Tammy Ferreira de Lacerda, titular e adjunta, respectivamente. 

Na oportunidade, o Chefe do Executivo agradeceu o trabalho desenvolvido pelas professoras Tereza Mônica e Cirene Alencar no período que estiveram a frente da pasta.  

Zé Ailton afirma que sua expectativa em relação à indicação das novas gestoras é a continuidade das ações bem sucedidas, baseadas nos parâmetros de qualidade da educação e fazer da educação do Crato uma referência em todo o Estado do Ceará. 

Com informações da Assessoria de Comunicação/PMC

Curta nossa página no Facebook

Justiça arquiva processo contra Haddad por lavagem de dinheiro e corrupção

O Tribunal de Justiça de São Paulo arquivou, nesta quarta (27), a ação penal contra o ex-prefeito Fernando Haddad (PT) por lavagem de dinheiro, formação de quadrilha e corrupção passiva.

Em setembro do ano passado, o Ministério Público havia denunciado Haddad por suspeita de pedir R$ 2,6 milhões à construtora UTC Engenharia para pagamento de dívidas de campanha.

Segundo a denúncia, o pedido de recursos ao ex-presidente da UTC Ricardo Pessoa, entre abril e maio de 2013, foi feito por meio do então tesoureiro nacional do PT, João Vaccari Neto, que pretendia obter inicialmente R$ 3 milhões para o pagamento de trabalhos feitos à campanha por uma gráfica que pertencia ao ex-deputado estadual Francisco Carlos de Souza, conhecido como “Chicão”.

De acordo com o voto do relator, o desembargador Vico Mañas, é “descabido falar em ‘perspectiva’ de benefícios oriundos do executivo municipal, ausência de notícias de favorecimento à empreiteira no período.”

Os advogados Igor Tamasauskas, Pierpaolo Botini e Leandro Raca pediram o trancamento da ação alegando que o ex-prefeito “sofre constrangimento ilegal em razão do indevido recebimento de denúncia por suposta incidência do artigo 317 do Código Penal.”

O relator explica ainda que Haddad cancelou “contrato de construção de túnel estipulado com a UTC, em fevereiro de 2013.”

Defesas de Haddad e Vaccari contestam
Em nota, a assessoria de imprensa de Haddad disse que “surpreende que uma narrativa do empresário Ricardo Pessoa, da UTC, sem qualquer prova, fundamente três ações propostas pelo Ministério Público de São Paulo, contra o ex-prefeito e candidato a vice-presidente da República, Fernando Haddad”.

Segundo a defesa de Haddad, “é notório que o empresário já teve sua delação rejeitada em quase uma dezena de casos e que ele conta suas histórias de acordo com seus interesses. Também é de conhecimento público que, na condição de prefeito, Haddad contrariou, no segundo mês de seu mandato, o principal interesse da UTC de Ricardo Pessoa na cidade: a obra confessadamente superfaturada do túnel da avenida Roberto Marinho”.

A defesa de Vaccari informou o que o delator fala "não procede". "O Sr. Vaccari jamais fez essa solicitação. Isso é somente palavra de delator, sem qualquer comprovação, pois não retrata a verdade. Até porque o Sr. Vaccari nunca foi tesoureiro de campanha de quem quer que seja, ele foi tesoureiro do partido", declarou o advogado Luiz Flávio D'Urso.

Promotor vai recorrer
Em nota, o promotor de Justiça, Marcelo Batlouni Mendroni, autor da ação, diz que vai recorrer: "Discordo, lamento, mas respeito a decisão do Tribunal de Justiça de SP. Realizei um trabalho absolutamente técnico com base em conceitos internacionalmente utilizados nos países que conseguem combater de forma eficiente os casos que envolvem corrupção e lavagem de dinheiro. É assim que, um dia, gostaria de ver o Brasil. A Procuradoria Geral de Justiça de São Paulo vai recorrer da decisão".

Fonte: G1

Curta nossa página no Facebook

MPF pede investigação de Bolsonaro por suposta funcionária fantasma

O procurador da República do Distrito Federal Carlos Henrique Martins Lima solicitou à PGR (Procuradoria-Geral da República) que o presidente Jair Bolsonaro seja investigado por supostos crimes de suspeita de desvio de dinheiro público e de improbidade administrativa.

Caberá à procuradora-geral da República, Raquel Dodge, decidir se pede ou não abertura de inquérito para investigar Jair Bolsonaro.

As representações se baseiam na suspeita de que Bolsonaro “empregou” uma funcionária fantasma como assessora parlamentar entre 2007 e 2016, no período em que era deputado federal, em Brasília.

Nathália Queiroz tinha registro de frequência integral no gabinete da Câmara dos Deputados enquanto trabalhava em horário comercial como personal trainer no Rio de Janeiro.

Ela é filha de Fabrício Queiroz, ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), filho do presidente. Queiroz é alvo de investigações do MP do Rio por movimentação financeiras atípica apontadas pelo Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras) para contas de Flávio Bolsonaro.

Carlos Lima destaca que, mesmo um presidente não podendo responder por fatos anteriores ao mandato, cabe à Raquel Dodge analisar a questão sem que uma ação penal seja aberta enquanto Bolsonaro for presidente.

O procurador relembrou, na representação, que o crime de improbidade não está previsto na imunidade presidencial que consta na Constituição. O Supremo definiu, anteriormente, que a imunidade vale apenas para crimes comuns.

“Tem-se, portanto, que nada impede que o Presidente da República seja investigado e responsabilizado na esfera cível e, na esfera penal, veja a investigação por tais atos ter regular andamento, entendimento partilhado pela atual Procuradora-Geral da República. A imunidade restringe-se à ação penal e respectiva responsabilização por atos estranhos ao seu exercício, no curso do mandato”, afirmou Carlos Lima, segundo o G1.

O procurador da República disse ainda que, embora não haja foro para crimes de improbidade, é preciso aguardar uma posição sobre a suspeita na área criminal “para evitar que o desfecho de uma seara – ao menos ao cabo da investigação – possa estar em claro conflito com o encaminhamento a ser dado na esfera cível”.

Ele pediu ficar suspenso o prazo da prescrição para que a suspeita de improbidade seja analisada posteriormente à questão criminal.

A Secretaria de Comunicação da Presidência ainda não havia se manifestado sobre o pedido, segundo o G1.

Fonte: Yahoo! (Com informações do portal G1)

Curta nossa página no Facebook

Polícia Militar desencadeia Operação Carnaval 2019 na Região do Cariri

A Operação Carnaval 2019 será desencadeada pela Polícia Militar em todo o estado do Ceará no período de 1 a 6 de março. Dessa forma, as ações de policiamento ostensivo serão reforçadas para garantir a segurança pública e a tranquilidade da população durante o período momino.

Na Região do Cariri, por exemplo, a Polícia Militar contará com o efetivo local e o efetivo em caráter de reforço oriundo da capital do estado, contemplando assim os municípios que realizam carnaval de rua, dando maior ênfase a cidades como Crato e Barbalha cujas festividades carnavalescas possuem maior expressão.

De acordo com o comandante do 2º BPM, major Luciano Rodrigues de Oliveira, as estratégias de policiamento referentes à Operação Carnaval 2019 foram discutidas com os comandantes das cinco companhias que integram o 2º BPM durante reunião realizada nesta quarta-feira, 27. “O objetivo desse encontro foi alinhar as diretrizes emanadas do comando geral da corporação com os oficiais que trabalharão diretamente na Operação Carnaval 2019 na Região do Cariri”, destaca o oficial.

Curta nossa página no Facebook

Com Bolsonaro, desemprego sobe de 11,7% para 12% em janeiro e atinge 12,7 milhões de brasileiros

A taxa de desemprego no Brasil subiu para 12% no trimestre encerrado em janeiro, acima dos 11,7% registrados no período encerrado em outubro pela Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua), divulgada nesta quarta-feira, 27, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O aumento representou a entrada de 318 mil pessoas na população desocupada. Ao todo, 12,7 milhões de pessoas estavam desempregadas no período.  

Segundo o coordenador de Trabalho e Rendimento do IBGE, Cimar Azeredo, a queda na taxa de ocupação no mês de janeiro é normal, por causa do fim de contratos de trabalhadores temporários, por exemplo.  Porém, Cimar destaca que este trimestre fechado em janeiro foi menos favorável que os mesmos períodos de 2018 e 2017.

Já a categoria dos trabalhadores por conta própria cresceu 1,2% na comparação com o trimestre anterior (23,9 milhões de pessoas), o que significa um aumento de 291 mil pessoas neste contingente.

Por outro lado, caíram os empregados do setor privado sem carteira assinada (-321 mil pessoas, de um total de 11,3 milhões) e os trabalhadores do setor público caíram 1,8% (11,5 milhões). Enquanto isso, os empregados do setor privado com carteira assinada permaneceram estáveis (32,9 milhões), assim como os trabalhadores domésticos (6,2 milhões).

“Tivemos queda no contingente de empregados do setor privado e no setor público. No primeiro, isso atingiu, principalmente, os trabalhadores sem carteira assinada. Apesar disso, a informalidade aumenta ainda mais, com influência do crescimento dos trabalhadores por conta própria”, diz Cimar.

Enquanto isso, o grupo de pessoas subocupadas por insuficiência de horas trabalhadas (6,8 milhões) e na força de trabalho potencial (8 milhões), assim como as desalentadas (4,7 milhões), apresentaram estabilidade em relação ao trimestre anterior.  Já a população fora da força de trabalho aumentou em 403 mil pessoas, somando 65,5 milhões no trimestre fechado em janeiro.

Rendimentos sobem
Já o rendimento médio real habitualmente recebido em todos os trabalhos pelas pessoas ocupadas foi estimado em 2.270 reais, o que representou crescimento de 1,4% em relação ao trimestre anterior, quando esse valor era de 2.240 reais.

“Houve aumento significativo no rendimento, mas esse aumento não se traduz em aumento na massa de rendimento, de 205 bilhões de reais, que se manteve estável, porque também houve queda na população ocupada. Isso pode ter sido causado por uma queda na ocupação justamente entre os trabalhadores de remuneração mais baixa, o que justificaria isso”, conclui Cimar.

Fonte: Veja.com

Curta nossa página no Facebook

Médico suspeito de jogar pedra em bebê de 1 ano é preso em academia no Crato

O médico suspeito de ter atirado uma pedra num bebê de um ano foi preso, na manhã desta quinta-feira (28), enquanto praticava atividade física em uma academia na cidade do Crato, na Região do Cariri, onde também ocorreu a agressão. Ele foi detido em cumprimento a um mandado expedido pela justiça. O caso ocorreu no dia 19 de fevereiro, após uma briga entre o médico e o pai da criança.

O bebê foi internado em estado grave, com traumatismo craniano na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Maternidade São Vicente, em Barbalha. Ela passou por um novo procedimento cirúrgico na noite desta quarta-feira (27) e está em coma induzido.

De acordo com o delegado Diogo Galindo, da Delegacia Regional do Crato, o médico Alcides Muniz Gomes de Matos Filho não resistiu à prisão. Ele foi conduzido até o departamento de políca para, em seguida, passar por exames de corpo e delito e prestar depoimento.

“Não esboçou nenhuma reação. Era uma academia bem frequentada da nossa região. Havia muitos populares, de modo que não houve nenhum tipo de reação. Ele foi conduzido com tranquilidade”, disse o delegado. Ainda segundo Galindo, o médico deve responder por lesão corporal grave (contra a criança) e tentativa de homicídio (contra o pai).

O caso
O bebê foi atingido na cabeça por uma pedra durante uma discussão entre o médico e o pai, que é ex-funcionário do suspeito e cobrava uma dívida com o ex-patrão.

Em depoimento na Delegacia Regional do Crato, o pai disse que foi com a esposa e o filho a uma propriedade para fazer uma cobrança no valor aproximado de R$ 1 mil, referente a serviços prestados ao suspeito,que além de médico e empresário. Os dois acabaram discutindo por causa da dívida e entraram em luta corporal. 

Em depoimento, o pai da criança disse que o médico o espancou com um pedaço de madeira. Ele então reagiu, ferindo o suspeito com um canivete. A esposa da vítima, ao ver a discussão, aproximou-se dos dois com a criança nos braços.

Foi quando, ainda segundo o relato, o médico atirou uma pedra na mulher e o objeto acabou atingido a cabeça do bebê. Quando o pai da criança virou as costas para socorrer o filho, foi atingido nas costas por uma paulada e um choque de taser elétrico.

O pai da criança conseguiu correr para o veículo com a mulher e o filho. Eles foram ao hospital de Barbalha, onde o bebê deu entrada, desacordado. Após exames, o hospital confirmou que o bebê sofreu traumatismo.

Fonte: Diário do Nordeste

Curta nossa página no Facebook

Concurso público: Prefeitura abre 44 vagas com salários de até R$ 8,5 mil

A Prefeitura de Reriutaba divulgou um concurso público com 44 vagas para diversos cargos de níveis fundamental, médio e superior. O certame também prevê vagas no cadastro de reserva. 

Segundo o edital, os salários variam de R$ 998 a R$ 8,5 mil, a depender do cargo. A seleção será realizada pelo Instituto de Desenvolvimento Institucional Brasileiro (IDIB).

As inscrições podem ser realizadas até o dia 10 de março pelo site do Idib. A data e os locais de prova ainda não foram divulgados pela banca organizadora do concurso.   

Confira cargos ofertados:
  • Agente administrativo
  • Assistente social
  • Auxiliar de consultório dentário
  • Auxiliar de sala de aula
  • Auxiliar de serviços gerais
  • Digitador
  • Educador Físico
  • Eletricista
  • Enfermeiro
  • Engenheiro civil
  • Farmacêutico
  • Fiscal de obras
  • Fiscal de tributos
  • Fisioterapeuta
  • Fonoaudiólogo
  • Guarda civil municipal
  • Inspetor sanitário
  • Mecânico
  • Médico plantonista
  • Medico PSF
  • Médico ginecologista/obstetra
  • Médico psiquiatra
  • Motorista "B"
  • Motorista "D"
  • Nutricionista
  • Odontólogo
  • Operador de máquinas
  • Professor de educação básica (ensino fundamental anos iniciais)
  • Professor de educação básica I (educação infantil)
  • Professor de educação básica II (biologia, educação física, geografia, história, língua inglesa, língua portuguesa e matemática)
  • Psicólogo
  • Recepcionista
  • Técnico em enfermagem
  • Técnico em informática
  • Técnico em radiologia
  • Técnico em saúde bucal
  • Vigia

Fonte: Diário do Nordeste

Curta nossa página no Facebook

MPF pede na Justiça mudança no edital de concessão do aeroporto de Juazeiro do Norte

O Ministério Público Federal (MPF) ingressou com ação na Justiça Federal contra a União e a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) para retificação do edital de concessão do Aeroporto de Juazeiro do Norte, no Ceará. O equipamento vai ser leiloado em março, junto a outros 11 aeroportos do país.

O autor da ação é o procurador da República Rafael Rayol. A intenção é obter liminar determinando que seja publicada retificação do edital para que conste a exigência de investimento mínimo em infraestrutura para operações de aeronaves código 4C, em vez de aeronaves código 3C: uma classificação que abrange aviões de menor porte.

Segundo o MPF do Ceará, aeronaves da Categoria 4C, a exemplo do Airbus A319-100 e superiores, e Boeing 737-200 e superiores, já operam no aeroporto de Juazeiro do Norte há pelo menos uma década.

Em outubro de 2018, Rayol chegou a expedir recomendação à Secretaria Nacional de Aviação Civil do Ministério dos Transportes, Portos e Aviação para que o contrato fosse retificado, mas o item permaneceu no edital.

Para o procurador, não há razão, de ordem técnica ou jurídica, para não assegurar a obrigação da futura concessionária de manter infraestrutura mínima de pátio e pistas compatíveis com as aeronaves de maior porte já em operação no aeroporto.

O MPF afirmou que está acompanhando todas as etapas da concessão.

Fonte: G1 CE

Curta nossa página no Facebook

28 de fevereiro

1914 - Carlitos (em Portugal, Charlot), interpretado por Charlie Chaplin, aparece pela primeira vez no cinema, em Between Showers.
1986 - Olof Palme, primeiro-ministro sueco, é assassinado em Estocolmo.
1991 - Fim da Guerra do Golfo, com vitória das forças de coalizão.

Nasceram neste dia…
1533 - Michel de Montaigne, filósofo, escritor e ensaísta francês (m. 1592).
1901 - Linus Pauling, químico estadunidense (m. 1994).
1929 - Frank Gehry, arquiteto canadiano/canadense naturalizado estadunidense.

Morreram neste dia…
1935 - Chiquinha Gonzaga (foto), compositora e pianista brasileira (n. 1847).
1989 - Aurélio Buarque de Holanda Ferreira, lexicógrafo, filólogo e ensaísta brasileiro (n. 1910).
2006 - Owen Chamberlain, físico estadunidense (n. 1920).

Fonte: Wikipédia

Prefeito Zé Ailton Brasil tem um importante recado para os servidores públicos do Crato


Curta nossa página no Facebook

Prefeito Arnon Bezerra pede e Governo do Estado atende pleito para solucionar problema de drenagem em Juazeiro do Norte

O Prefeito de Juazeiro do Norte, Arnon Bezerra, esteve nesta terça-feira (27), participando de audiência com o Governador do Estado, Camilo Santana, juntamente com a Secretaria Executiva de Infraestrutura, Zoia Ayres de Moura, e os engenheiros Renato Lucio, Epitacio Pita, para tratar dos problemas causados em decorrência das últimas chuvas acontecidas no Município.

Na ocasião, foi feita uma apresentação do projeto de drenagem, com detalhamentos técnicos, e as soluções para os problemas.

Diante do pleito apresentado pelo Prefeito Arnon Bezerra, o Governador se mostrou sensibilizado, e por se tratar de um valor considerável, autorizou a inclusão do projeto no Cinturão do Anel Viário, beneficiando assim não só os moradores do bairro Lagoa Seca, como dos bairros Jardim Gonzaga, São José, e todos que fazem uso da CE – 293 (Av. Leão Sampaio).

Assessoria de Imprensa/PMJN

Curta nossa página no Facebook

Descubra como funciona o DPVAT e não caia em golpes!

Todos os proprietários de veículos automotores terrestres (de motocicleta a trator) devem pagar o Seguro DPVAT no início de cada ano e qualquer pessoa que for vítima de um acidente de trânsito, mesmo que não possua um carro ou não tenha causado o acidente, tem direito a receber a indenização. Continue lendo o artigo para saber como funciona o DPVAT e conhecer seus direitos.

Quem tem direito ao DPVAT
O pagamento da indenização não depende da verificação de culpa pelo acidente. Ou seja, mesmo o culpado tem direito a receber. Dessa forma, o DPVAT ( Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores) é um seguro que possui um caráter social. Além disso, a indenização do DPVAT será paga mesmo que a vítima possua outro seguro de vida ou de acidentes pessoais contratado com uma seguradora.

O seguro paga uma indenização para a vítima do acidente de trânsito, seja o motorista, passageiro, pedestre, ciclista, etc., em até 30 dias após a data da apresentação da documentação necessária, para cada uma das 3 hipóteses:
  • morte, no valor único de R$ 13.500,00 – paga aos herdeiros;
  • invalidez permanente, no valor único de até R$ 13.500,00 dependendo do grau da invalidez – pago à vítima; e
  • reembolso de despesas médicas e hospitalares de até R$ 2.700,00, mediante apresentação de recibos e comprovantes dos gastos – pago à vítima.
Como pedir a indenização do DPVAT
O prazo para solicitar a indenização é de 3 anos depois da data da morte; da data em que a vítima do acidente tiver ciência (receber o diagnóstico) da invalidez permanente e de sua extensão; ou da data do acidente, para recebimento do reembolso das despesas médicas e hospitalares.

A própria vítima ou beneficiário (em caso de morte) pode e deve dar entrada no pedido pessoalmente. Não é necessária a contratação de despachantes ou de terceiros, já que o procedimento é gratuito e muito simples, bastando enviar a documentação necessária através de um dos mais de 8 mil pontos de atendimento oferecidos em todo o país. Consulte os locais dos pontos de atendimentos no site da Seguradora Líder.

O procedimento é gratuito e pode ser acompanhado todos os dias através do telefone do SAC DPVAT – 0800 022 12 04 e no site da Seguradora Líder, que é a única seguradora responsável pela administração deste seguro.

A vítima ou beneficiário pode consultar a lista completa de documentos necessários para o pedido de indenização no link e esclarecer dúvidas pelo canal Fale Conosco do site da seguradora. Mas saiba que os documentos pessoais e o boletim ou registro de ocorrência na polícia são indispensáveis. Após a conclusão do processo, o valor é depositado em conta corrente ou poupança.

Fique atento a golpes
A própria Seguradora Líder, em seu site, faz o alerta sobre golpes aplicados por aproveitadores que se valem da fragilidade da vítima e seus familiares após o acidente para se apropriarem do valor da indenização. Eles prometem liberar o pagamento da indenização mais rapidamente e solicitam procuração em seu nome. A Seguradora orienta alertar familiares, amigos e vizinhos e denunciar casos suspeitos.

Restituição do DPVAT pago indevidamente
Por fim, agora que você conhece como funciona o DPVAT, sabia que também pode solicitar a restituição do valor pago pelo seguro. Isso é possível em caso de pagamento em duplicidade, acima do valor correto ou até por roubo do veículo. Veja como solicitar no artigo Saiba como ter restituição do IPVA.

Fonte: Seleções

Curta nossa página no Facebook

Após vexame do MEC, estudantes lançam campanha para enviar filmes de escolas degradadas para o ministério

Em reação à carta em que o ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodríguez, orienta os diretores de escolas a filmarem alunos perfilados cantando o Hino Nacional, a União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes) lançou uma campanha na internet para alunos e professores registrarem problemas nos colégios, como banheiros destruídos e salas sem ventilador. Além disso, os docentes também foram estimulados a fotografarem seus contracheques.

— Vamos mostrar os verdadeiros problemas na sala de aula, que é a goteira no teto da nossa sala, que é a sala de aula sem professor, porque não pagam salário, que é a quadra e a biblioteca fechadas porque não têm manutenção, que é o chão rachado da nossa escola, que é a nossa escola sem merenda — enumera Pedro Gorki, presidente da Ubes, na página da entidade no Facebook.

Imagens e vídeos ligados ao movimento estão sendo postados na internet com a hashtag #MinhaEscolaDeVerdade. A Ubes recomenda que as gravações sejam encaminhadas a um e-mail do Ministério da Educação.

Entre os primeiros vídeos enviados, está um que mostra o teto de uma quadra e carteiras quebradas da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Jacaraibe, no Espírito Santo. As imagens são acompanhadas pela execução do Hino Nacional.

Outro internauta filmou infiltrações inundando salas de aula e atingindo o quadro negro da Escola Estadual Maria Alves, na Zona Sul de São Paulo.

A campanha foi endossada pelo senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), em uma mensagem para professores postada no Twitter. “Aos colegas professores me permitam sugerir: filmem e fotografem as condições das escolas, a situação das salas de aula e não esqueçam de encaminhar também cópia dos contracheque de todos trabalhadores da educação. Enviem para o Min. Vélez em Brasília.”

Fonte: O Globo

Curta nossa página no Facebook

Prefeito Arnon Bezerra assina novo PCCR da Guarda Civil de Juazeiro do Norte

O Prefeito Arnon Bezerra assina, nesta quarta-feira (27), o Plano de Cargos e Carreiras da Guarda Civil Metropolitana de Juazeiro do Norte. A solenidade de assinatura será às 16h, no auditório da SESP.

Com vários artigos alterados, o novo PCCR  contempla a progressão de asserção funcional. Atualmente, são 277 guardas civis, em Juazeiro do Norte.

Para a Secretária de Segurança e Cidadania, Ivoneide Antunes, e para o comandante da corporação, José Cláudio Belino, o novo PCCR representa uma conquista expressiva da categoria.

Agora, segundo o recém-empossado secretário executivo da SESP, Afonso Siqueira, o desafio é o porte de armas para a GCM.

Assessoria de Imprensa/PMJN

Curta nossa página no Facebook

Carnaval 2019: confira o que abre e o que fecha durante os quatro dias de folia no Ceará

A folia dos dias de Carnaval impacta no funcionamento de vários serviços cotidianos. O feriado é na próxima terça-feira (5), mas muitos foliões começam a comemoração no sábado (2), ou mesmo na sexta-feira (1º). Por isto, é importante saber como fica o expediente de supermercados, bancos, shoppings e outros serviços para se prevenir e evitar transtornos durante o período de festas.

Supermercados
De acordo com informações da Associação Cearense de Supermercados, as lojas vão funcionar normalmente, sem nenhuma mudança nos horários.

Bancos
As agências bancárias estarão fechadas na segunda-feira (4) e terça-feira (5), segundo a Federação Brasileira de Bancos. Na quarta-feira de cinzas (6), os bancos irão funcionar normalmente a partir das 12h. Contudo, os consumidores poderão utilizar os caixas eletrônicos das unidades para realizar operações simples, como saques e transferências.

Shoppings
As lojas e quiosques de shopping estarão fechadas a partir do próximo domingo (3) até a terça-feira (5). Já na quarta-feira de cinzas, os lojistas irão trabalhar a partir das 12h. Os setores de alimentação, cinema e lazer funcionam normal durante os dias de folia.

Postos de combustíveis
Os postos irão funcionar normalmente durante o período de Carnaval, informa o Sindipostos. A ressalva fica por conta do horário de cada posto, que é facultativo, mas eles são obrigados a funcionar das 6h às 20h.

Energia
A Enel Distribuição Ceará, responsável pelo fornecimento de energia elétrica no estado, montou um esquema especial de funcionamento na área técnica e no atendimento ao cliente. As lojas de atendimento estarão fechadas, na segunda-feira (4) e terça-feira (5), mas abrirão a partir de 12h, na quarta de cinzas . Contudo, a distribuidora informa que as lojas que funcionam apenas no período da manhã abrirão somente na quinta-feira (7), após o Carnaval.

Fonte: G1 CE

Curta nossa página no Facebook

Aposentado que trabalha perderá direito a FGTS e multa de 40% se demitido, caso reforma da Previdência de Bolsonaro seja aprovada

A proposta de reforma da Previdência apresentada pelo governo muda regras sobre FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) para quem se aposentar e decidir continuar trabalhando.

Pelo texto, as empresas deixariam de recolher FGTS para essa categoria de empregado. O aposentado também deixaria de ter direito a receber multa de 40% do saldo do FGTS quando for demitido sem justa causa. 

Hoje, o funcionário da iniciativa privada que se aposenta e continua trabalhando recebe o recolhimento mensal do 8% do salário para o FGTS normalmente, assim como qualquer outro empregado. Se for demitido sem justa causa, a empresa precisa pagar a multa de 40%. 

O fim do recolhimento do FGTS valerá só para o aposentado que começar a trabalhar depois que a reforma entrar em vigor. Quem já estiver trabalhando antes da reforma não será afetado, segundo o secretário de Previdência, Leonardo Rolim, porque se trata de direito adquirido. 

Por outro lado, a extinção da multa de 40% valeria para todos assim que a reforma entrar em vigor. O governo argumenta que, nesse caso, o fato gerador é a demissão. Por isso, se a dispensa ocorrer após a reforma, não haverá mais pagamento da multa pelo empregador.

Alívio para empresas
A justificativa do governo para a mudança é que o FGTS seria um fundo de proteção social do trabalhador em caso de desemprego. Como o trabalhador, nesse caso, já recebe a aposentadoria, ele não precisaria dessa proteção. 

A medida é mais um aceno do ministro da Economia, Paulo Guedes, na direção da redução da carga sobre as empresas. A proposta de desobrigá-las a pagar a multa na demissão de aposentados havia sido incluída no relatório do deputado Arthur Oliveira Maia (DEM-RJ), relator da reforma da Previdência enviada pelo ex-presidente Michel Temer. O texto não chegou a ser votado no plenário da Câmara.

Fonte: UOL

Curta nossa página no Facebook

Prefeitura de Juazeiro do Norte reinaugura UBS no bairro Timbaúbas nesta quinta-feira (28)

A Prefeitura de Juazeiro do Norte, por meio da Secretaria da Saúde, irá reinaugurar, na próxima quinta-feira (28), às 17h, a Unidade Básica de Saúde Vereador Francisco Vasques Landim, no bairro Timbaúbas. Na ocasião também será feita a entrega oficial de duas ambulâncias.

Esta é a sétima UBS a ser reinaugurada em seis meses. O objetivo da gestão é reestruturar e reequipar todas as UBS do Município, a fim de proporcionar melhores condições de trabalho aos profissionais e de atendimento à população.

Nesta UBS foram trocadas 20 portas que estavam danificadas. Climatização dos consultórios e salas, acessibilidade, estacionamento, entre outras medidas de segurança foram realizadas, atendendo o que é preconizado pelo Ministério da Saúde.

Cerca de 2.500 pessoas que residem na área da equipe de Estratégia Saúde da Família 67 (ESF 67) serão beneficiadas com a reestruturação da UBS. Além disso, em média 6mil moradores do Minha Casa, Minha Vida – Conjuntos Tenente Coelho I, II, III e IV, do bairro Aeroporto, passarão a ser atendidos no local.

Até então, estes moradores eram atendidos em uma casa do Conjunto Tenente Coelho IV, sem a estrutura adequada. Na Unidade todos terão acesso à sala de imunização; sala de procedimentos; farmácia; assistência da equipe do NASF e atendimento odontológico.

Está em andamento a reestruturação da UBS 37, no bairro Santo Antonio. Também está sendo organizado um ponto de apoio à saúde na Comunidade Maria Célia Callou, na zona rural do Município.

Assessoria de Imprensa/PMJN

Curta nossa página no Facebook

Bolsonaro tem a pior aprovação em comparação aos governos de Lula e Dilma no início do 1º mandato

Jair Bolsonaro (PSL) fica em desvantagem e apresenta o pior índice de avaliação no começo de mandato em comparação com as primeiras pesquisas feitas pela CNT/MDA sobre o início dos governos dos ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva (2003) e Dilma Rousseff (2011), ambos do PT.

No primeiro mandato de Lula, o resultado da pesquisa foi divulgado em janeiro de 2003. Para 56,6 % dos entrevistados, o governo do petista, na época, era ótimo ou bom, seguido de 17% considerado regular e apenas 2% como ruim ou péssimo. No início do segundo governo, o índice foi de 49,5% sendo positiva.

Em relação ao primeiro mandato de Dilma Rousseff, os entrevistadores avaliaram em agosto os primeiros meses de 2011 do governo da sucessora de Lula com o índice positivo de 49,2% considerado ótimo ou bom. 37,1% avaliaram como regular e 9,3% sendo ruim ou péssimo.

No segundo mandato a avaliação da petista caiu: em março de 2015, somente 10,8% considerava o governo da petista como positiva e 64,8% sendo negativa. Em comparação com o primeiro mandato de Michel Temer (MDB) foi a pior avaliação. Somente 10,8% dos entrevistados avaliaram como positivo a forma de governar do emedebista.

A pesquisa CNT/MDA não realizou esse levantamento em relação ao ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB), pois a primeira pesquisa foi feita em 1998 e o tucano tomou posse em 1995, além de não englobar os oito anos do governo. FHC terminou seu mandato com 32% de aprovação.

Fonte: O Povo

Curta nossa página no Facebook

Programa Hora de Plantar beneficia 150 mil agricultores cearenses

Importante ação de fomento para o homem do campo, o Hora de Plantar utiliza sementes e mudas de elevado potencial genético promovendo aumento da produtividade e melhorando o nível de renda dos beneficiários. Em todo o Ceará, 153.428 agricultores receberam sementes do programa Hora de Plantar na edição 2018/2019. Nesta segunda-feira (25), a Secretaria do Desenvolvimento Agrário (SDA) concluiu a 32ª etapa das cessões com investimento total R$16.895.460,00 do Fundo de Combate à Pobreza (Fecop).

Lançado em novembro de 2018, com apoio técnico da Empresa de Assistência Técnica do Ceará (Ematerce), a Coordenadoria de Desenvolvimento da Agricultura Familiar (Codaf) ofertou 125.340 quilos feijão caupi, 2.200.000 de milho híbrido, 408.660 de milho variedade, 294.750 de sorgo forrageiro, 8.500.000 raquetes de palma forrageira, 385.600 mudas de caju anão precoce, 11.500 de acerola, 6.750 de goiaba, 5.870 de manga, 5.000 de umbú-cajá, 112.240 essências de Sabiá, e 23.000 de Aroeira, além de 5.000 m³ de maniva de mandioca.

Segundo balanço da Codaf, os armazéns da Ematerce espalhados em pontos estratégicos para a distribuição atenderam 11.717 agricultores a partir de Barbalha; 17.482 de Barreira; 25.425 de Crateús; 11.686 de Iguatu; 13.051 de Marco; 20.102 de Milagres; 16.007 de Morada Nova; 19.358 de Quixeramobim; e 18.600 na região de Tauá.

Para o responsável do programa, Carlos Alberto Neto, o balanço desta edição é considerado positivo, principalmente na superação das demandas de palma forrageira (5.195.458 raquetes) e sementes de sorgo forrageiro (291.220 quilos). “Agora inciamos um levantamento acerca de possíveis sobras para remanejar aos municípios com demanda extra”, explica o técnico.

Um dos primeiros agricultores em todo Estado a ser atendido pelo programa, Alonso Vicente Leandro, de Porteiras, apregoa fé e tino para “produzir na época certa”. “Essas sementes são de primeira qualidade. Ainda não recebi uma única semente que não foi boa. A gente tem que agora ter fé, pois é com ela que a gente se prepara”, garante o produtor de amendoim, gergelim, milho e feijão do Sítio Cancela, que aos 72 anos é o único de 12 irmãos a permanecer na atividade agrícola.

Para o secretário do Desenvolvimento Agrário do Ceará, De Assis Diniz, a entrega de sementes traz consigo avanços significativos para além do consumo humano. “Nossas sementes têm alto grau de germinação. O sucesso desta ação é evidenciado para o suporte forrageiro garantindo que não tenhamos perdas no rebanho, pelo contrário, conseguimos aumentar nosso rebanho; avançamos ainda mais e chegamos a ser, em 2018, o segundo maior produtor de leite do Nordeste”, comemora De Assis, ao lembrar que o Ceará é o único estado da federação com um programa de distribuição de sementes.

Assessoria de Comunicação/Governo do Estado do Ceará

Curta nossa página no Facebook

27 de fevereiro

1812 – Manuel Belgrano hasteia pela primeira vez a Bandeira da Argentina, na cidade de Rosário.
1933 – Incêndio no Palácio do Reichstag, a sede do parlamento alemão, é atribuído ao Partido Comunista, que é proscrito, possibilitando a conquista da maioria parlamentar pelos nazistas.
2010 – Sismo de 8,8 graus na escala Richter provoca a morte de 723 pessoas no Chile.

Nasceram neste dia…
  272 – Constantino, o Grande, imperador romano (m. 337).
1748 – Anders Sparrman, botânico sueco (m. 1820).
1943 – Carlos Alberto Parreira, técnico de futebol brasileiro.

Morreram neste dia…
  640 – Pepino de Landen, nobre franco e patriarca dos pipinidas (n. 580).
1941 – James Joyce, escritor irlandês (n. 1882).
2011 - Moacyr Scliar (foto), médico e escritor brasileiro, membro da Academia Brasileira de Letras (n. 1937)

Fonte: Wikipédia

Governo Bolsonaro é aprovado por apenas 38,9% dos brasileiros. Um dos piores índices da história

O governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL) é avaliado como ótimo ou bom por 38,9% da população, aponta pesquisa do instituto MDA encomendada pela CNT (Confederação Nacional do Transporte) divulgada hoje em Brasília. Este é o primeiro levantamento do tipo realizado pelas entidades na gestão de Bolsonaro, que tomou posse em 1º de janeiro deste ano.

Os que avaliaram o governo Bolsonaro como regular foram 29%, e os que o avaliaram como ruim ou péssimo foram 19%.

Do total, 13,1% não souberam opinar sobre o tema.

A pesquisa também mediu outros parâmetros nas entrevistas, como o desempenho individual do presidente Jair Bolsonaro, ministros, governadores e prefeitos, além de expectativas futuras.

De acordo com a pesquisa, 82,7% dos entrevistados afirmam ter votado para presidente nas eleições do ano passado. Destes, 70,4% estão satisfeitos com o voto, enquanto 15,9% estão muito satisfeitos. Outros 7,6% se declararam arrependidos.

Na avaliação de 55,4% dos entrevistados, o governo do presidente está sendo melhor do que o de Michel Temer (MDB). Para 24,3% está sendo igual, e para 8,7%, pior.

Em relação ao governo de Dilma Rousseff (PT), 55,9% acreditam que Bolsonaro está se saindo melhor. Por outro lado, 19,4% acham que está pior, e 14,5% acham que está igual.

Fonte: UOL

Curta nossa página no Facebook

Após dois anos de queda, casos de dengue crescem 149% no Brasil

Depois de mais de dois anos em queda, a dengue voltou a avançar no país. Dados de novo boletim epidemiológico do Ministério da Saúde apontam 54.777 casos prováveis da doença até o dia 2 de fevereiro, mais do que o dobro do mesmo período de 2018.

Naquela época, foram registrados 21.992 casos —o que indica um aumento de 149% nos registros neste ano.

O avanço ocorre em quase todas as regiões do país, com exceção apenas do Centro-Oeste. Com 32 mil casos, o Sudeste responde por 60% das notificações.

Ao todo, 15 estados tiveram crescimento nos casos de dengue em comparação ao ano passado. Lideram a lista de registros São Paulo, que já soma 17 mil casos, e Minas Gerais, com 12 mil.

Também já foram registradas cinco mortes pela doença. Destas, duas ocorreram em Goiás. As demais ocorreram em São Paulo, Tocantins e Distrito Federal. 

A situação tem levado autoridades de saúde a aumentarem o alerta sobre o combate de focos do mosquito transmissor, o Aedes aegypti. O verão é considerado o período mais favorável à reprodução do mosquito.

Entre as medidas recomendadas, estão manter tampados tonéis, caixas e barris de água, trocar água de vasos de plantas ao menos uma vez na semana, manter garrafas e latas de boca para baixo e manter pneus em locais cobertos.

Os primeiros sinais do avanço da dengue já haviam sido registrados no ano passado, quando levantamentos apontaram aumento na infestação de Aedes aegypti.

Com isso, o ano de 2018 também fechou com crescimento de 11% no total de casos da doença. O panorama interrompeu uma sequência de queda nos registros, a qual vinha sendo registrada desde 2016.

Para especialistas, o aumento está ligado ao ciclo epidemiológico da dengue e ao avanço do vírus da dengue tipo 2. Desde 2014, os sorotipos mais prevalentes eram o 1 e o 3, o que indica a possibilidade de que mais pessoas estejam suscetíveis ao tipo 2.

A evolução de uma nova infecção é mais grave em pessoas que já contraíram outros sorotipos da doença.

Zika e Chikungunya
Na contramão dos casos de dengue, os registros de outras duas doenças transmitidas pelo Aedes têm tido queda no país. 

Neste ano, os casos de zika somam 630, redução de 19% em relação ao mesmo período do ano passado. 

Já a chikungunya soma 4.149 registros, queda de 51%. Alguns estados, no entanto, apresentam cenário oposto, caso do Rio de Janeiro, com 2.198 casos até 2 de fevereiro deste ano, contra 1.182 no mesmo período do ano passado.

Fonte: Folha.com

Curta nossa página no Facebook

Onze pessoas são presas em ação contra o tráfico de drogas no Crato; veja os nomes

Delegacia Regional de Polícia de Civil do Crato
(Foto: Samuel Pinheiro/Blog Cariri)
Onze pessoas foram presas numa operação da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) contra o tráfico de drogas no município do Crato, na Região do Cariri. A ação, denominada "Marmorato", foi deflagrada durante a madrugada desta terça-feira (26). Os suspeitos também são investigados por associação para o tráfico.

Mais de 60 policiais civis do Crato e de municípios vizinhos participaram da operação. De acordo com o delegado Inácio Torres, que responde pela operação, o grupo estava sendo investigado há 8 meses.

Além dos 11 mandados de prisão preventiva, outros 14 de busca e apreensão foram cumpridos em imóveis dos bairros Vila Alta, Vila Lobo, Novo Lameiro, Pirajá, Alto Penha, Cacimbas, Seminário e Pinto Madeira.

Os detidos foram levados para o Insituto Médico Legal para realizar exames de corpo de delito e encaminhados para a Delegacia Regional do Crato, para serem ouvidos. Em seguida, os indiciados serão levados para a Cadeia de Juazeiro do Norte.

"Nessa fase não achamos droga, mas vamos analisar os documentos apreendidos e pode ser que outras pessoas sejam indiciadas", afirnou o delegado.

O nome da operação foi inspirado no principal alvo da operação, apelidade de "Bacu". O termo "Marmorato" seria o nome científico de um peixe.

Lista de presos

Foram presos na operação, segundo a Polícia Civil:
  • Ana Raissa Gomes Arruda (26) - com antecedentes criminais por ameaça, receptação e furto qualificado
  • Cícero Vanderson da Silva Oliveira (25) - com passagens por roubo
  • Dhiogo Maxwendell Bezerra de Sousa (21) - com antecedente criminal por tráfico de drogas
  • Diogo Paulino Lopes (26) - sem antecedentes criminais
  • Emmanuel Jardiel Santos de Menezes (35) - sem antecedentes criminais
  • José Uoston dos Santos (36) - sem antecedentes criminais
  • Maurício Benedito Silva de Sousa (35) - com passagem pela polícia por tráfico de drogas
  • Manoel Ferreira da Silva (37) - com antecedentes criminais por lesão corporal dolosa e violência doméstica
  • Marcelo de Souza Martins (33) - com antecedentes criminais por tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo, sequestro e cárcere privado, e crime de trânsito
  • Maria Marneide Neri Firmino (29) - sem passagens pela Polícia
  • Maria Imaculada da Conceição Brito Pereira (25) - sm antecedentes criminais
Atualizado às 13h22

Fonte: Diário do Nordeste

Curta nossa página no Facebook

Parceria entre IFCE e SAAEC inicia estudo para recuperação de área do Parque Estadual Sítio Fundão

A Sociedade Anônima de Água e Esgoto do Crato – SAAEC realizou no último sábado, 23, oficina para confecção de bombas de sementes no Sítio Fundão com o intuito de iniciar recuperação da área estimada em 10 hectares da Unidade de Conservação, devastada por incêndio ocorrido em novembro do ano passado. 

A oficina ministrada através do Núcleo de Educação Hidroambiental da empresa, contou com a participação do grupo de escoteiros mirins e obteve uma produção de 320 bombas de sementes, pequenas bolas feitas de barro e esterco contendo sementes nativas em seu interior, como Pau D’arco Amarelo, Visgueiro e Faveira.

O próximo passo do projeto será o lançamento das bombas em área demarcada para estudo a ser realizado pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará – IFCE, que irá comparar a regeneração natural, com mudas, e através das bombas de sementes.

Assessoria de Comunicação/SAAEC

Curta nossa página no Facebook

Reforma da Previdência de Bolsonaro levará jovem a aceitar menos direitos trabalhistas

A proposta de reforma da Previdência encaminhada pelo governo de Jair Bolsonaro, como esperado, mantém na ativa por mais tempo profissionais mais velhos. Mas a proposta também trouxe um elemento adicional. Incentiva a contratação de aposentados. 

Na avaliação de especialistas em mercado de trabalho, essa inesperada combinação vai incentivar os mais jovens —em especial os menos qualificados— a aceitar trabalho com menos direitos. 

A taxa de desemprego média fechou 2018 em 11,6%, mas entre os jovens de 18 a 24 anos ela passou de 25%. 

As novas regras para aposentadoria propõem idades mínimas de 65 anos para homens e 62 anos para mulheres e mais um período de contribuição mínima de 20 anos.

Além disso, o texto prevê medidas de desoneração para quem empregar trabalhador que já tenha se aposentado, como dispensa do recolhimento de FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) e do pagamento da multa de 40% em caso de demissão. 

Na ponta do lápis, sem o recolhimento de 8% do FGTS e o gasto com a multa, o trabalhador aposentado seria 11,2% mais barato para o empregador, diz o advogado Luiz Guilherme Migliora, sócio da área trabalhista do Veirano.

Na avaliação de Migliora, os mais jovens vão ser incentivados a aderir a outra proposta do atual governo, ainda em gestação, a chamada carteira verde e amarela, que terá regras trabalhistas mais flexíveis.

“O trabalhador aposentado vai virar um item de desejo no mercado de trabalho. Isso vai gerar uma pressão para os não aposentados e, entre os jovens, forçá-los a aceitar uma carteira verde e amarela, principalmente os menos qualificados.”

Segundo o governo, a implementação efetiva da nova carteira depende de aprovação de lei complementar no Congresso.

No ano passado, antes de assumir a Presidência, Bolsonaro já havia sinalizado a intenção de flexibilizar mais as leis trabalhistas e defendeu aproximá-las da informalidade.

Clemente Ganz Lúcio, diretor técnico do Dieese (Departamento Intersindical de Estudos Socioeconômicos), reforça que manter os mais velhos trabalhando também não será uma tarefa simples.

“O risco é que muitos cheguem aos 60 anos sem trabalho e não tenham uma proteção contra a pobreza”, diz. “Construir essa proteção é um desafio.”

O economista Cosmo Donato, da LCA Consultores, ressalta que a taxa de desemprego dos mais velhos é baixíssima —ao redor de 4% para quem tem mais de 60 anos— não porque estejam empregados, mas porque muitos idosos deixam de procurar emprego e, por isso, são excluídos das estatísticas de desemprego. 

Sendo assim, diz ele, aumentar a empregabilidade desse grupo, que certamente ficará mais competitivo, é algo positivo. 

Para Donato, a disputa com os mais novos, no entanto, deve se dar apenas em determinadas funções. 

“O jovem procura entrar no mercado de trabalho pensando em desenvolvimento profissional, enquanto o idoso, normalmente, pensa em alguma função fixa, sem pensar muito em carreira”, diz.

“Logo, a competição poderia se dar em cargos que exigem baixa escolaridade, os quais os jovens utilizam para juntar dinheiro para financiar os estudos, por exemplo”, acrescenta o economista.

Sérgio Firpo, professor de economia do Insper, afirma que o volume de pessoas na casa dos 60 anos que precisarão trabalhar mais pode ter impacto sobre os ingressantes, mas que é possível encontrar um equilíbrio.

“Existe certa substituição, mas é possível equacionar esses dois tipos de mão de obra dependendo das ocupações que serão estimuladas.”

A desoneração da folha de salários para quem é aposentado foi inserida na proposta previdenciária, mas é uma questão de mercado de trabalho, diz Fábio Klein, economista da Tendência Consultoria.

Segundo ele, o empregador vai escolher o que é mais vantajoso para ele —o que não significa obrigatoriamente contratar um aposentado ou uma pessoa mais velha no lugar de um jovem. 

“Não necessariamente a redução do encargo vai fazer com que um trabalhador mais idoso seja mais vantajoso em relação ao jovem porque o idoso tem mais experiência, o que se reflete num salário mais elevado. Além disso, um jovem pode aprender as funções custando menos e ficando mais tempo na empresa, inclusive com mais vitalidade e capacidade de aprender novas tecnologias”, diz Klein.

Joaquim Miguel Couto, professor da Universidade Estadual de Maringá, no Paraná, visualiza um componente adicional que precisa ser levado em consideração: a tendência de queda no valor dos salários. 

“Essa classe acima dos 50 anos, que está sem emprego e tem dificuldade de retornar para o trabalho formal, tende a aceitar salários menores para voltar a trabalhar”, diz.

Para Marcelo Gazzano, economista da consultoria AC Pastore, a reforma da Previdência mira equilíbrio fiscal e combate a privilégios. Possíveis efeitos secundários da proposta sobre o mercado de trabalho, diz ele, devem ser resolvidos com políticas públicas voltadas para o emprego. 

Fonte: Folha.com

Curta nossa página no Facebook

ShareThis