Com biometria, TSE detecta 15,6 mil fraudes em títulos eleitorais

A Justiça Eleitoral identificou mais de 15,6 mil fraudes entre as eleições de 2014 e 2016, por meio do cruzamento de informações biométricas. São eleitores que foram a diferentes cartórios, se passaram por outras pessoas e conseguiram emitir mais de um título, o que é ilegal. Eles foram identificados por meio das digitais.

O estado com o maior número de fraudes identificadas por meio do registro biométrico foi Alagoas, onde 2.188 títulos de eleitor foram considerados irregulares, segundo o levantamento feito pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Em seguida vieram São Paulo (1.733) e Goiás (1.503).

Em Goiás, um único homem conseguiu emitir 51 títulos de eleitor, todos em diferentes cartórios. Ele só foi identificado porque em todos os cadastros constava a mesma impressão digital, que é única para cada indivíduo. Neste caso, o registro biométrico o impediu de votar repetidas vezes.

Além de resultar no cancelamento das inscrições irregulares, os dados foram enviados pelo presidente do TSE, ministro Gilmar Mendes, ao Ministério Público Federal, para que sejam apurados os “indícios de configuração de eventual ilícito eleitoral ou de outra natureza”, escreveu o magistrado. As investigações podem acarretar ações penais.

É possível, entretanto, que em várias partes do país as fraudes tenham passado despercebidas. Isso porque dos 144 milhões de eleitores brasileiros, somente 46,3 milhões tinham cadastro biométrico nas eleições de 2016. O registro biométrico começou a ser implantado no Brasil em 2008. A meta do TSE é que todo o eleitorado esteja cadastrado até 2022.

Fonte: Agência Brasil

Curta nossa página no Facebook



8 combinações de alimentos para emagrecer (e seis combinações que é melhor evitar)

Combinar alimentos não só deixa os mais pratos mais saborosos, mas também pode ajudar a perder peso de uma forma muito mais saudável. Vários estudos mostram que a combinação faz com que a capacidade de engordar seja reduzida.

Sugerimos que você experimente estas oito combinações para ajudá-lo a perder peso e apresenta as seis que é melhor evitar.

Lembre-se sempre: para garantir uma boa saúde e uma perda de peso eficiente, procure a ajuda de um profissional.

1. Legumes + ovo cozido
De acordo com um estudo, os ovos favorecem a absorção de carotenoides, pigmentos que dão cor aos vegetais e são um grande aliado nas dietas de perda de peso. Assim, a partir de agora, o ovo cozido pode ser um ingrediente a mais em todas as suas saladas.

2. Atum + gengibre
O gengibre aumenta o esvaziamento gástrico e bloqueia as enzimas que promovem a inflamação, enquanto o atum contém Ômega-3, que impede o armazenamento de gordura no abdômen. É uma combinação perfeita, se você quiser se livrar de quilos extras.

3. Espinafre + óleo de abacate
Estes dois super alimentos são seus novos aliados para apaziguar a fome: óleo de abacate, que também ajuda a melhorar os níveis de colesterol e contém vitaminas B e E, além de potássio e espinafre, que produz a sensação de saciedade e fornece muito poucas calorias.

4. Milho + legumes
De acordo com um estudo, uma dieta que inclui vegetais uma vez por semana é mais eficaz para a perda de peso do que uma com as mesmas calorias, mas sem eles. Segundo a mesma pesquisa, adicionar milho aumenta o efeito de emagrecimento — o grão contém um amido resistente, que faz com que o corpo não seja capaz de absorver o máximo de suas próprias calorias e glicose.

5. Melão + uvas vermelhas
O melão é um diurético natural, que ajuda a evitar a retenção de líquidos e as uvas contêm um antioxidante que ajuda a reduzir o acúmulo de gordura. Uma combinação ideal para acabar com o inchaço.

6. Frango + pimenta Caiena
O frango, sendo um alimento rico em proteínas, ajuda você a ficar saciado por mais tempo e faz você ingerir menos calorias nas refeições seguintes. A pimenta Caiena, por sua vez, acelera a queima de gordura e tira o apetite.

7. Batatas + pimenta  
De acordo com um estudo, as batatas dão mais sensação de saciedade do que os cereais integrais e ainda são ricas em potássio — embora tenham muito carboidrato de fácil digestão. Se você quer perder peso, deve comê-las com moderação, cozidas ou assadas e sem molhos ou manteiga. Em vez disso, tempere-as com pimenta, uma vez que esta tem a capacidade de interferir na formação de novas células de gordura.

8. Café + canela
A canela contém poderosos antioxidantes que reduzem a flacidez da barriga, enquanto o café diminui o apetite. Então, se você está tentando perder alguns quilos, nada melhor do que começar o dia com um magnífico café com canela.

Agora que você sabe qual combinação de alimentos vai ajudar você a perder peso, saiba quais combinações deve evitar:
  • As proteínas e os carboidratos, como os hambúrgueres
  • Dois tipos diferentes de proteínas, como bacon e ovos
  • Proteínas e carboidratos, como frango e massas
  • Carboidratos e açúcares, como batatas e ketchup
  • Açúcar e gordura, como sorvete ou produtos de padaria
  • Frutas com outros alimentos, como morangos com sorvete (que contém gordura e açúcar)

Fonte: Incrível

Curta nossa página no Facebook



Prefeito telefona para médico ausente em postinho e vídeo faz sucesso na internet

"Você poderia me dizer qual é o motivo da sua ausência aqui na UBS [Unidade Básica de Saúde]? É o seu dia de plantão. Tem 16 pacientes na sua agenda e o senhor não está aqui atendendo", questiona Daniel Guerra (PRB), novo prefeito de Caxias do Sul, cidade da serra gaúcha.

A ligação foi feita dentro de uma UBS, na última quinta-feira (2), para um médico, funcionário público, que não estava no trabalho. O momento foi filmado e publicado na página da prefeitura no Facebook. Em menos de 24 horas, o vídeo teve mais de 123 mil visualizações, 4.879 compartilhamentos e 1.100 comentários, a maioria de apoio ao prefeito.

"Seu salário está em dia. Então, que cumpra seu papel de servidor. Gostaria que o senhor ponderasse, em respeito à população", disse o prefeito ao médico, antes de desligar o telefone. "Fui respeitoso, mas muito firme", contou o prefeito à Folha.


O motivo da ausência do funcionário é uma paralisação de três dias convocada pelo Sindicato dos Médicos de Caxias do Sul. A nova gestão anunciou que os 342 médicos deveriam bater o ponto eletrônico a partir de 1º de março para comprovar o cumprimento da carga horária contratada. Os médicos discordam da medida e 85% deles aderiram à greve que se encerra nesta sexta-feira (3).

"Nós tínhamos um acordo desde 1998. O médico entra na unidade às 8h, atende 18 pacientes e depois se retira", disse Marlonei dos Santos, presidente do sindicato.

Cada consulta dura, em média, 15 minutos. Muitas consultas duram apenas cinco minutos, diz Santos, como nos casos de renovação de receita médica. Isso significa que um médico contratado para trabalhar 4 horas por dia (20h semanais) acaba trabalhando duas horas. O salário para 20 horas semanais é de R$ 5.696,29. Há contratos de 35 horas semanais e também de 12 horas semanais.

Como os médicos não querem bater ponto e não aceitam cumprir o horário, a prefeitura ofereceu uma diminuição na carga horária mediante redução do salário. Os médicos rejeitam a proposta e nenhum compareceu à reunião. O sindicato pede um aumento de R$ 2.000 para que os médicos batam o ponto.

"Não sou político, sou gestor. Como tal fui 'contratado' pela população. Cumprir carga horária e bater o seu ponto é algo normal para todos os trabalhadores", disse Guerra.

O prefeito fez uma seleção para escolher os funcionários em cargos de confiança (ou comissão), o chamados CCs com base no currículo profissional.

Guerra venceu a eleição de outubro de 2016 com 62,79% dos votos válidos, ante os 37,21% de Edson Néspolo (PDT), candidato apoiado pelo governador gaúcho, José Ivo Sartori (PMDB), e 21 partidos.

Tolerância zero
O Ministério Público já havia orientado a prefeitura, na gestão passada, sobre a necessidade do ponto eletrônico para os médicos, instalados há anos. Em 2011, os médicos fizeram uma greve de oito meses.

O prefeito se disse surpreso com a postura dos médicos porque nenhum deles é obrigado a trabalhar no setor público e atender pelo SUS.

"É uma opção. A pessoa se inscreve no concurso. Pressupõe-se que ela lê o edital e por isso sabe a carga horária e o valor da remuneração", afirmou o prefeito.

Além disso, a prefeitura considera a greve ilegal por dois motivos: não teria sido avisada com 72 horas de antecedência, como prevê a lei, e o sindicato que representa a categoria é o Sindiserv, dos servidores municipais.

O sindicato dos médicos alega que notificou a prefeitura sobre a greve e que a Justiça considerou, em decisão anterior, que o órgão é o representante legal da categoria.

Fonte: Folha.com

Curta nossa página no Facebook



Projeto reduz a pena por estupro de vulnerável

Primeiro vice-presidente da Câmara, o deputado Fábio Ramalho (PMDB-MG) propõe diminuir de 1/6 a 2/3 a pena para o crime de estupro de vulnerável quando o ato não envolver penetração ou sexo oral. A redução foi apresentada por ele em parecer a projeto do qual é relator na Comissão de Constituição e Justiça e tem o aval de ministros do Superior Tribunal de Justiça.

De autoria da senadora Vanessa Grazziotin (PC do B-AM), o projeto original foi aprovado pelo Senado em 2016, prevendo apenas dois pontos: a inclusão no Código Penal do crime de "divulgação de cena de estupro", com pena de 2 a 5 anos de prisão, e o aumento de 1/3 a 2/3 da pena em casos de estupro coletivo. No parecer sobre a matéria na CCJ da Câmara, Ramalho acatou o texto dos senadores, mas incluiu novas propostas.

Segundo o Código Penal, configura-se como crime de estupro de vulnerável qualquer ato libidinoso, com ou sem penetração, com menores de 14 anos ou com alguém que, por enfermidade ou deficiência mental, não tem o necessário discernimento para a prática do ato ou, por qualquer outra causa, não possa oferecer resistência. A pena prevista é de 8 a 15 anos de reclusão, que pode chegar a até 30 anos, quando a vítima morre em decorrência do estupro.

No parecer, Ramalho propôs redução da pena para o crime quando, cumulativamente, o acusado for réu primário e não tiver antecedentes por crimes da mesma natureza; "o ato libidinoso diverso da conjunção carnal não for praticado com violência física ou psicológica nem consistir na introdução de membro, órgão ou objeto nas cavidades vaginal, oral ou anal da vítima"; e "o ato não importar em grave invasão da intimidade da vítima ou em humilhação".

Para o deputado, a punição prevista hoje a estupro de vulnerável é "desproporcional, merecendo pronta correção legislativa". O deputado sustenta que, diante da "desproporcionalidade", muitos juízes e tribunais de segunda instância estão enquadrando acusados de estupro de vulnerável em crimes de pena menor ou até mesmo absolvendo-os, quando o ato não envolve penetração. No STJ, porém, muitas dessas decisões estão sendo revertidas para a pena prevista no Código Penal. Ministros da Corte dizem que estão agravando, por falta de previsão de pena alternativa na legislação penal.

"O projeto procura exatamente estabelecer alguns critérios objetivos para evitar que qualquer tipo de agressão sexual que não seja a usual, de penetração, possa ser colocada nessa figura menor. São critérios para, de alguma maneira, amarrar um pouco o juiz, para não dar uma flexibilidade muito ampla e o resultado acabar sendo o de diminuição de todos os casos de pena", afirmou o ministro do STJ Rogério Schietti, um dos que ajudaram Ramalho a elaborar o parecer.

Conforme Schietti, juízes e tribunais de segunda instância hoje estão resistindo a aplicar pena mínima de 8 anos em casos de estupro de vulnerável em que não há conjunção carnal. "Como por exemplo: um vizinho passa as mãos nos seios da menina. Essa pena é a mesma da que ele seria punido se realmente estivesse mantido relações sexuais com ela", disse o ministro.

Reação
Apesar de ter o apoio do STJ, o projeto não agradou a alguns parlamentares. "Não temos de reduzir pena de ninguém, nem mesmo quando não tem penetração. Já recebi nas unidades de saúde que trabalho várias vítimas de violência sexual e a penetração, em alguns casos, é apenas um detalhe do processo. As sequelas e o sofrimento durante todo o ato não dá para descrever", disse Carmen Zanoto (PPS-SC), que é enfermeira e coordenadora adjunta da bancada feminina.

Para Viviana Santiago, gerente técnica de Gênero da ONG Plan Internacional Brasil, que atua há 76 anos na defesa dos direitos da infância, o projeto é "um retrocesso" e parece ser uma "licença" a agressores para determinadas formas de violência. Na avaliação dela, o correto seria criar políticas voltadas para a reparação das vítimas. "Parece que estamos transferindo nosso olhar para o agressor."

Fonte: UOL (Com informações do jornal O Estado de S. Paulo)

Curta nossa página no Facebook



App permite falar e até tirar selfie com quem já morreu

Um aplicativo desenvolvido na Coreia do Sul quer ajudar você a falar e até tirar selfies com pessoas que já faleceram.

O app With Me, que ainda está em fase de desenvolvimento, escaneia em 3D e recria digitalmente as pessoas enquanto elas ainda estão vivas. Depois, o avatar fica disponível digitalmente, podendo responder a gestos, palavras e até posar para uma foto com o usuário.

A "mágica" é possível graças a um sistema de inteligência artificial que pensa e responde como uma pessoa. A voz, no entanto, não é recriada, o que significa que o usuário ainda terá a impressão de estar falando com uma versão robótica.

Apesar de parecer uma ideia estranha, para a criadora, o aplicativo é bastante útil. “Eu criei por experiência própria. Minha avó faleceu há alguns anos e me arrependi de não ter tirado fotos com ela, porque eu não tinha nenhuma lembrança", explica Eun Jin Lim.

Para quem acha esquisito se transformar em um avatar ainda em vida, ela dá a dica: "É como pensar na família, eu diria: 'Quero me lembrar de você para sempre'", aponta Lim.

A ideia da empresa, que se chama Elrois, é que cada smartphone tenha, no futuro, a tecnologia de escaneamento em 3D, permitindo realizar o processo sem dificuldades.

Fonte: Olhar Digital (Via BBC)

Curta nossa página no Facebook



Castanhão registra 5,19% de sua reserva total

As fortes chuvas caídas de janeiro até agora, especialmente no ingresso da estação chuvosa, representam um aumento de 20 centímetros na lâmina de água do Açude do Castanhão, principal reservatório que abastece Fortaleza e Região Metropolitana. O volume ainda é considerante incipiente para que a barragem dê uma margem de segurança hídrica no atendimento de suas demandas em, particularmente, retome a atividade da piscicultura.

Até a quinta-feira passada, foi registrado aporte de água em 66 açudes. Nestes açudes, neste período, houve um aumento de 5.775.401 m³ no volume armazenado. Considerando a estimativa do volume evaporado e o volume liberado neste período, houve um aporte de 6.124.707 m³. Atualmente, o Açude do Castanhão está com 5,19% da sua capacidade.

Para o piscicultor Erivando Feitosa o aporte é ainda insignificativo, embora em algumas áreas do Açude haja bastante água, como é a localizada na parte mais profunda e onde é possível a navegação de barcos pesqueiros a motor.

No entanto, segundo Erivando, mesmo com as boas precipitações ocorridas nos últimos dias, muitas áreas do Castanhão ainda são afetadas na captação de água, em vista do assoreamento. Ele informa que esse problema é resultado do acúmulo de anos seguidos de seca, que chegou em 2017, ao quinto ano. Com isso, não apenas houve áreas em que a caatinga tornou a dominar os espaços como boa parte da cidade de Jaguaribara, onde foi construído o reservatório, voltou a ter várias edificações emergindo.

Para o governo do Estado, a expectativa é que até o fim da quadra chuvosa, que inclui o período de fevereiro até maio, represente em recuperação de 45% da capacidade hídrica do Castanhão. A capacidade total de armazenamento  de 6.700.000.000 m³. ele tem 37% de toda a capacidade de armazenamento dos 8.000 reservatórios cearenses.

Camilo Santana faz alerta
Em sua fanpage no Facebook, o governador do Estado Camilo Santana fez uma postagem com o vídeo da chuva no Açude Castanhão, mas alertou para o consumo consciente, "(...) mesmo com as recentes chuvas em nosso estado, a recarga ainda é pequena diante das nossas necessidades. Importante evitarmos, sempre, o desperdício de água".

MARCUS PEIXOTO
REPÓRTER

Fonte: Diário do Nordeste

Curta nossa página no Facebook



WhatsApp vai trazer de volta antiga versão dos status

A mais recente versão do WhatsApp trouxe algumas mudanças que não agradaram a todos os usuários. A principal delas foi a transformação do recurso de status, que deixou de ser uma frase de efeito inserida junto à foto de perfil para se tornar um feed de fotos e vídeos inspirado no Snapchat.

A boa notícia para aqueles que não gostaram da mudança é que a antiga versão dos status vai voltar. A versão de testes do WhatsApp para iOS recebeu recentemente uma atualização que resgata as frases no perfil dos usuários, mas com um novo nome.

O recurso agora é chamado de "Tagline" e está visível na versão 2.17.8.14 do WhatsApp Beta para iOS. Já na versão de testes do app para Android, o recurso está sendo chamado de "About" (que significa "sobre"), após ter recebido o nome de "Info" anteriormente.

É importante destacar, porém, que a volta dos antigos status não vai eliminar a nova versão do recurso. Os novos status continuarão lá, disponíveis para quem quiser usar, junto aos antigos, que agora terão um novo nome. Não se sabe ainda quando a atualização chegará aos usuários da versão final do app.

Fonte: Olhar Digital

Curta nossa página no Facebook



58 prefeituras no Ceará gastam acima do limite com pessoal, diz TCM; veja lista

O Tribunal de Contas dos Municípios do Ceará (TCM) verificou que 58 prefeituras do Estado descumpriram o limite de despesas com pessoal nos três quadrimestres de 2016. De acordo com a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), esse gasto deve ser de até 54% da Receita Corrente Líquida (RCL) e, quando excedido, precisa ser restabelecido no prazo de dois quadrimestres seguintes ao que ocorreu o excesso.

As administrações irregulares ficam impedidas de receber transferências voluntárias da União e do Estado, obter garantia desses mesmos entes em operações de crédito ou mesmo contratar empréstimo (exceto aqueles destinados ao refinanciamento da dívida mobiliária e os que visem à redução das despesas com pessoal).

Os respectivos prefeitos estão sujeitos ao pagamento de multa após processo no TCM, no valor de 30% da remuneração anual.

Conheça os 58 municípios com gastos com pessoal acima do permitido:

    Alcântaras
    Amontada
    Aracoiaba
    Araripe
    Aratuba
    Barreira
    Barroquinha
    Baturité
    Bela Cruz
    Boa Viagem
    Canindé
    Capistrano
    Caririaçu
    Chaval
    Choró
    Croatá
    Ererê
    Guaiuba
    Guaramiranga
    Hidrolândia
    Ibaretama
    Ibicuitinga
    Icó
    Iguatu
    Independência
    Ipaumirim
    Itapipoca
    Itapiúna
    Jaguaribara
    Jardim
    Jijoca de Jericoacoara
    Lavras da Mangabeira
    Limoeiro do Norte
    Madalena
    Mauriti
    Miraíma
    Mulungu
    Nova Russas
    Pacajus
    Pacoti
    Palmácia
    Paracuru
    Paramoti
    Pedra Branca
    Penaforte
    Pereiro
    Potiretama
    Quixadá
    Quixelô
    Redenção
    Saboeiro
    Salitre
    Santa Quitéria
    São João do Jaguaribe
    São Luís do Curu
    Tarrafas 
    Tururu
    Uruburetama

Redução de 20%
Para voltar ao patamar permitido, abaixo de 54%, as prefeituras no Cearáacima do teto devem adotar procedimentos como redução, em pelo menos 20%, das despesas com cargos em comissão e funções de confiança e exoneração de servidores não estáveis.

A análise do TCM também aponta que 45 municípios finalizaram 2016 com percentuais abaixo do máximo, mas acima de 51,3%. Estas, assim como as que ficaram acima dos 54%, ficam vedadas, por exemplo, de conceder aumento de remuneração, contratar pessoal e horas extras, com algumas exceções previstas na Lei Fiscal.

Fonte: Diário do Nordeste

Curta nossa página no Facebook



Homicídios caem 44% na região do Cariri durante o Carnaval, segundo PM

A Operação Carnaval 2017 foi desencadeada no cariri cearense através de um conjunto de ações na área da segurança pública cujo objetivo foi garantir a paz e tranquilidade dos cidadãos durante os festejos mominos. Durante o período de 24 de fevereiro a 01 de março, a Polícia Militar buscou dinamizar as ações do policiamento ostensivo geral operacionalizando ações de segurança em cidades onde ocorreram festividades carnavalescas que reuniram grande número de pessoas.

Neste período, foram dez armas de fogo apreendidas, dez pessoas presas por tráfico de drogas, nove por roubo ou furto, quatro prisões por violência doméstica, três cumprimentos de mandando de prisão e seis veículos roubados foram recuperados. Em relação aos crimes contra a vida, a PM registrou uma redução significativa de 44% no número de homicídios na Área Integrada de Segurança 11 (AIS 11) durante o período carnavalesco, sendo registrados cinco crimes dessa natureza.

Em Juazeiro do Norte, a redução chegou a 66%, sendo registrado um homicídio. O autor deste delito foi preso e conduzido para a delegacia de polícia civil. O Tenente-Coronel Paulo Hermann Fernandes Macedo, responsável pela fiscalização da Operação Carnaval no Cariri, avalia positivamente os resultados obtidos nesse período e destaca que os trabalhos da Polícia Militar foram intensificados em todas as cidades, mas, especialmente, na cidade do Crato, Barbalha e Antonina do Norte onde ocorreram eventos com um quantitativo considerável de público.

Curta nossa página no Facebook



TJCE suspende lei que altera limites territoriais de Juazeiro do Norte

Por unanimidade, o Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) concedeu liminar suspendendo o efeito da Lei Estadual nº 16.198, que altera os limites territoriais do Município de Juazeiro do Norte. De acordo com o relator do caso, desembargador Haroldo Correia de Oliveira Máximo, a referida norma violaria as Constituições Estadual e Federal. A sessão, realizada nesta quinta-feira (02/03), foi conduzida pelo presidente da Corte, desembargador Gladyson Pontes.

A decisão atende pedido liminar formulado em ação cautelar interposta pelo prefeito de Juazeiro, José Arnon Cruz Bezerra de Menezes. Nela, o gestor alega que a norma, de 29 de dezembro de 2016, resultará em perda substancial de território para o Município de Barbalha. Segundo ele, a medida traria prejuízo ao erário do ente público e em danos às população. Além disso, argumenta não terem sido realizados estudos de impacto financeiro, econômico e de viabilidade para a mudança territorial.

Ao analisar o caso, o desembargador Haroldo Máximo entendeu que a alteração de território estaria em “descompasso” com a Constituição Estadual, que em seu artigo 50, inciso IV, exige a realização prévia de plebiscito para a redefinição de limites territoriais municipais, o que não teria ocorrido.

O magistrado destacou ainda haver a possibilidade de grave prejuízo aos cofres públicos de Juazeiro do Norte e aos seus contribuintes, “uma vez que já foram emitidos boletos de IPTU referentes ao exercício de 2017 para os moradores da área litigiosa, podendo os mesmos serem alvo de cobrança pelo município vizinho”.

Por último, o relator intimou o Estado do Ceará para apresentar informações. Em seguida, a Procuradoria-Geral do Estado deverá ser citada para se pronunciar sobre o caso.

A decisão suspende temporariamente a eficácia da lei até o julgamento definitivo de Ação Direta de Inconstitucionalidade, que pede a nulidade da norma.

Assessoria de Imprensa/TJCE

Curta nossa página no Facebook



Aécio pediu R$ 15 milhões, diz Odebrecht

Em seu depoimento de quatro horas ao Tribunal Superior Eleitoral, o delator e ex-presidente da Odebrecht Marcelo Odebrecht relatou que o presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves, teria lhe pedido R$ 15 milhões no final do primeiro turno da campanha eleitoral de 2014. O delator depôs na Ação de Investigação Judicial Eleitoral aberta a pedido do PSDB contra a chapa Dilma/Temer. Ele disse que, inicialmente, negou o pedido do tucano afirmando que o valor era muito alto, mas que o senador teria sugerido como ‘alternativa’ que os pagamentos fossem feitos aos seus aliados políticos.

Após ser preso na Lava Jato, contudo, Odebrecht disse ter sido informado que o aporte financeiro acabou não se concretizando. Ainda assim, segundo ele, teria ficado definido no encontro com Aécio que o repasse seria discutido entre Sérgio Neves, que era superintendente da empresa em Minas, e o empresário Oswaldo Borges da Costa, apontado como tesoureiro informal do tucano.

Em seu relato, Odebrecht disse que só se recorda de doações oficiais para o tucano.

O valor coincide com a planilha e a troca de mensagens de Odebrecht apreendidos pela Lava Jato e que mostram o repasse de R$ 15 milhões do departamento de propina da empreiteira ao apelido ‘mineirinho‘ que, segundo o delator Claudio Melo Filho, era uma referência a Aécio.

Odebrecht respondeu sobre o tucano quando questionado pela defesa da presidente cassada – de acordo com os advogados, questionar doações para o PSDB fazia parte da estratégia de Dilma. À Justiça Eleitoral, a campanha do senador mineiro registra doações que somam R$ 3,9 milhões da Construtora Odebrecht, R$ 3,9 milhões da Braskem, petroquímica do grupo empresarial e R$ 2,2 milhões da Odebrecht Óleo e Gás. Ao todo, o PSDB recebeu R$ 15 milhões da Odebrecht em doações eleitorais em 2014.

O delator, contudo, não aprofundou mais sobre o assunto, pois o juiz auxiliar que estava conduzindo a audiência pediu a Marcelo que se limitasse ao objeto da Ação Judicial Eleitoral – repasses para a chapa Dilma-Temer, que venceu as eleições de 2014.

Além destes R$ 15 milhões, o empreiteiro contou que se encontrou várias vezes com o tucano, e que Aécio sempre pediu dinheiro para campanhas. Em relação aos repasses para a campanha tucana em 2014, o delator disse que se lembrava mais especificamente de três ocasiões – uma doação para o PSDB na época da pré-campanha, uma de cerca de R$ 5 milhões durante a campanha, e o pedido no final do primeiro turno de R$ 15 milhões.

Na versão do empreiteiro, o contato da Odebrecht com Aécio para tratar da campanha era mais difuso do que com Dilma e feito com a base das empresas do grupo em Minas, Estado do senador.

‘Mineirinho’
No pedido de busca e apreensão da Polícia Federal na 26.ª fase da operação, a Xepa, “Mineirinho” é apontado como destinatário de R$ 15 milhões entre 7 de outubro e 23 de dezembro de 2014. As supostas entregas foram registradas nas planilhas da secretária Maria Lúcia Tavares, do Setor de Operações Estruturadas – conhecido como o “departamento de propina” da Odebrecht.

A quantia foi solicitada em 30 de setembro de 2014, na véspera do primeiro turno, por Sérgio Neves, a Maria Lúcia, que fez delação e admitiu operar a “contabilidade paralela” da empresa a mando de seus superiores. O pedido foi intermediado por Fernando Migliaccio, ex-executivo da empreiteira que fazia o contato com Maria Lúcia e que foi preso na Suíça.

COM A PALAVRA, A ASSESSORIA DO PSDB:

“A assessoria do PSDB informa que as doações feitas pela Odebrecht à campanha eleitoral encontram-se declaradas à Justiça Eleitoral. Sobre o conteúdo do depoimento do empresário Marcelo Odebrecht ontem ao TSE, assessoria esclarece que em nenhum momento Marcelo Odebrecht disse ter feito qualquer contribuição de caixa dois à campanha eleitoral do partido em 2014, o que ficará demonstrado após o fim do sigilo imposto às declarações.

Oswaldo Borges nunca foi tesoureiro informal de nenhuma campanha do PSDB, tendo atuado sempre de forma oficial.

R$ 15 milhões foi o valor doado oficialmente pelo grupo Odebrecht à campanha do PSDB de 2014.

O PSDB desconhece a planilha em questão, mas chama atenção para a última coluna da mesma onde fica demonstrado que, ao contrário do afirmado na matéria, quaisquer que fossem os pagamentos eventualmente ali planejados não foram realizados pois ficaram pendentes.”

Fonte: Estadão

Curta nossa página no Facebook



Inpe prevê fortes chuvas com possibilidade de vendaval e raios em mais de 120 cidades do CE nesta sexta-feira (3)

Previsão do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) aponta que esta sexta-feira, 3, deve ser de forte chuva, com incidência de vendavais e raios, em 125 municípios cearenses, incluindo Fortaleza. Por isso, a Defesa Civil emitiu alerta preventivo, com orientações em caso de deslizamentos e inundações. A intensidade e localização da chuva podem ser medidas com algumas horas de antecedência, com a utilização de radares meteorológicos, informa a Defesa Civil.

Segundo o Inpe, as regiões mais atingidas ficam no Litoral, na Grande Fortaleza, Região Norte e os sertões Central, dos Crateús e Inhamuns. Devem escapar da forte chuva municípios do extremo Litoral Leste, como Beberibe e Aracati; do Vale do Jaguaribe, a exemplo de Russas, Limoeiro do Norte, Jaguaribe e Pereiro; além de cidades como Iguatu, Juazeiro do Norte, Nova Olinda, Campo Sales  e Icó. Confira a íntegra dos municípios atingidos ao final da matéria.

A Defesa Civil orienta que em risco ou ocorrência de inundação, enxurrada ou alagamento a chave geral de energia e o registro de água sejam fechados. Além disso, que se evite atravessar as concentrações de água. "Caso precise passar com o veículo automotor por uma área alagada, mantenha distância do veículo à frente, avance em baixa velocidade, mantendo o motor sempre acelerado e acima do nível da água. Se o carro enguiçar, abandone o veículo", orienta a Defesa Civil.

Em caso de alagamentos em residências, a recomendação é para que a lama e o lixo acumulados sejam raspados e retirados e que o ambiente seja lavado e desinfetado —  pode-se usar 1 litro de água sanitária para cada 5 litros de água, diz a Defesa Civil. São medidas necessárias para evitar o risco de alastramento de doenças.

Já em caso de risco de deslizamentos, a construção de calhas e canaletas para escoamento da água é a medida mais adequada. A colocação de lonas plásticas nas barreiras para dificultar a infiltração da água no solo também é recomendável. Lista com as recomendações da Defesa Civil na íntegra pode ser lida aqui.

Segundo a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), o dia em Fortaleza deve ser de nebulosidade variável e chuvas, pela madrugada e início da manhã; e de céu parcialmente nublado no restante da sexta-feira.

Serviço
Em caso de emergência, contate o Corpo de Bombeiros através do telefone 193 ou 190. A Coordenadoria Estadual de Defesa Civil pode ser acionada nos números 199 e (85) 9.8899.1128.

Municípios atingidos:

CE - Acarape
CE - Acaraú
CE - Acopiara
CE - Aiuaba
CE - Alcântaras
CE - Amontada
CE - Antonina do Norte
CE - Apuiarés
CE - Aquiraz
CE - Aracoiaba
CE - Ararendá
CE - Aratuba
CE - Arneiroz
CE - Assaré
CE - Barreira
CE - Barroquinha
CE - Baturité
CE - Bela Cruz
CE - Boa Viagem
CE - Camocim
CE - Canindé
CE - Capistrano
CE - Caponga
CE - Caridade
CE - Cariré
CE - Carnaubal
CE - Cascavel
CE - Catarina
CE - Catunda
CE - Caucaia
CE - Chaval
CE - Choró
CE - Chorozinho
CE - Coreaú
CE - Crateús
CE - Croatá
CE - Cruz
CE - Eusébio
CE - Forquilha
CE - Fortaleza
CE - Frecheirinha
CE - General Sampaio
CE - Graça
CE - Granja
CE - Groaíras
CE - Guaiúba
CE - Guaraciaba do Norte
CE - Guaramiranga
CE - Hidrolândia
CE - Horizonte
CE - Ibaretama
CE - Ibiapina
CE - Icaraí
CE - Independência
CE - Ipaporanga
CE - Ipu
CE - Ipueiras
CE - Irauçuba
CE - Itaitinga
CE - Itapagé
CE - Itapipoca
CE - Itapiúna
CE - Itarema
CE - Itatira
CE - Jijoca de Jericoacoara
CE - Madalena
CE - Maracanaú
CE - Maranguape
CE - Marco
CE - Martinópole
CE - Massapê
CE - Meruoca
CE - Miraíma
CE - Mombaça
CE - Monsenhor Tabosa
CE - Moraújo
CE - Morrinhos
CE - Mucambo
CE - Mulungu
CE - Nova Russas
CE - Novo Oriente
CE - Ocara
CE - Pacajus
CE - Pacatuba
CE - Pacoti
CE - Pacujá
CE - Palmácia
CE - Paracuru
CE - Paraipaba
CE - Parambu
CE - Paramoti
CE - Pecém
CE - Pedra Branca
CE - Pentecoste
CE - Pindoretama
CE - Piquet Carneiro
CE - Pires Ferreira
CE - Poranga
CE - Quiterianópolis
CE - Quixadá
CE - Quixeramobim
CE - Redenção
CE - Reriutaba
CE - Saboeiro
CE - Santana do Acaraú
CE - Santa Quitéria
CE - São Benedito
CE - São Gonçalo do Amarante
CE - São Luís do Curu
CE - Senador Pompeu
CE - Senador Sá
CE - Sobral
CE - Tamboril
CE - Tarrafas
CE - Tauá
CE - Tejuçuoca
CE - Tianguá
CE - Trairi
CE - Tururu
CE - Ubajara
CE - Umirim
CE - Uruburetama
CE - Uruoca
CE - Varjota
CE - Viçosa do Ceará

Fonte: O Povo

Curta nossa página no Facebook



Golpe no WhatsApp clona celular da vítima com ajuda de funcionário da operadora

Apesar de toda a segurança garantida pelo WhatsApp para bloquear invasões, uma quadrilha brasileira conseguiu criar um golpe que consegue clonar contas com o objetivo de pedir dinheiro a amigos e familiares da pessoa clonada. O golpe foi apresentado em uma reportagem exibida pelo programa "Fantástico", da TV Globo.

Segundo a reportagem, funcionários de operadoras de telefonia participavam do esquema. Eles derrubavam o sinal de celular da vítima e colocavam o número dela em outro chip, que ficava em outro aparelho. Daí ligavam o sinal de novo, configuravam o WhatsApp nesse outro celular, baixavam o backup de mensagens antigas e se passavam pela pessoa para pedir dinheiro aos contatos via transferência bancária.

O golpe já aconteceu em São Paulo, Rio Grande do Sul, Paraíba, Maranhão e Distrito Federal. Um empresário de Porto Alegre teve prejuízo de R$ 100 mil quando foi clonado --o golpista pediu várias transferências e até pagamento de contas pessoais à sua secretária.

Em julho do ano passado, a Polícia Civil do Maranhão desarticulou uma quadrilha que praticava esse tipo de golpe. Entre os seis presos, estava um funcionário de uma loja da Vivo que tirava do ar os celulares das vítimas para habilitá-los nos chips dos golpistas.

A Delegacia de Crimes de Informática de Porto Alegre trabalha com a hipótese de que os fraudadores podem ser os mesmos suspeitos do golpe no Rio Grande do Sul, pois a maioria das transferências feitas no Estado foi para contas bancárias do Maranhão e os detidos na operação do ano passado estão atualmente à solta.

Por meio de nota, a operadora de telefonia celular Vivo disse ao "Fantástico" que "os casos mencionados se encontram em apuração interna e que trata com o rigor da lei quaisquer possíveis desvios, seja de seus colaboradores ou de terceiros. A Vivo mantém em sua página na Internet orientações para a prevenção de fraudes e orienta, como medida preventiva, que em situações suspeitas o cliente confirme a veracidade das informações com o solicitante utilizando outros meios de contato".

Fonte: UOL

Curta nossa página no Facebook



Mãe é presa após se fotografar fazendo sexo oral no filho de cinco anos

A jovem mãe de 19 anos Jazmine Nichole Pacyga foi presa recentemente acusada de pornografia infantil e abuso sexual após tirar fotografias fazendo sexo oral no filho de cinco anos.

De acordo com o site "Michigan Live", o caso aconteceu na pequena cidade americana de Muskegon Township no dia 5 de fevereiro e foi denunciado à polícia por um conhecido de Jazmine, que tomou conhecimento das imagens. A jovem assumiu o crime e confessou ter realizado as fotos após receber uma proposta de Nathan Eric Osborne, de 32 anos, que também foi preso e indiciado.

Assistante da promotoria do caso, Timothy Maat afirmou que Eric está respondendo por persuadir, seduzir e induzir uma pessoa a produzir material sexualmente abusivo. O homem foi acusado também de distribuição e posse de pornografia infantil.

Após a denúncia, Jazmine teve a guarda da criança suspensa. Se for considerada culpada das acusações, ela poderá ser condenada à prisão perpétua, enquanto Osborne poderá pegar até 20 anos de prisão, segundo leis do país.

Fonte: Rede TV!

Curta nossa página no Facebook



Bill Gates faz sério alerta à comunidade internacional

A comunidade internacional deve se dar conta de que tem que se preparar para uma pandemia, disse neste sábado Bill Gates, fundador da Microsoft, na Conferência de Segurança em Munique.

Tomando como exemplo a epidemia do ebola na África Ocidental em 2014 e 2015, a gripe espanhola em 1918 e mencionando a possível invenção de um vírus com fins "terroristas", Gates considerou "possível" uma catástrofe em nível mundial.

Segundo o empresário americano, as guerras e os movimentos de agitação caminham lado a lado com as doenças e são mais propensos a provocar uma pandemia.

"Que apareçam na natureza ou pelas mãos de um terrorista, os epidemiologistas dizem que uma doença transmitida pelo ar que se propagam rapidamente pode matar 30 milhões de pessoas em menos de um ano", explicou Gates durante esta reunião anual de responsáveis da diplomacia mundial.

"As zonas de guerra e outros cenários são os lugares mais difíceis para eliminar as epidemias", assegurou.

Gates disse que é "bastante provável" que o mundo viva uma epidemia assim nos "próximos 10 ou 15 anos". "Para lutar contra as pandemias globais, também se deve lutar contra a pobreza... É por isso que corremos o risco de ignorar a relação entre segurança de saúde e segurança internacional".

Bill Gates, que fez sua fortuna com a empresa de software Microsoft e agora destina milhões de dólares para a filantropia, pediu que os Estados invistam na pesquisa para desenvolver tecnologias capazes de criar vacinas em poucos meses.

E lembrou que a maioria das medidas de controle necessárias são as que os governos realizaram para fazer frente a um ataque biológico terrorista.

"O custo global na preparação diante de uma pandemia está estimado em 3,4 bilhões de dólares por ano. A perda anual que uma pandemia provocaria poderia alcançar os 570 bilhões", afirmou.

Fonte: UOL (Com AFP)

Curta nossa página no Facebook



Não gostei do WhatsApp Status, dá para voltar para a versão antiga do app?

A última atualização do WhatsApp, que trouxe o novo Status, não agradou muitos dos fãs do aplicativo. Muitos mesmo. Recebemos centenas de comentários de internautas reclamando da mudança e pedindo: "plmdds, devolvam o status antigos" e "como faz pra desatualizar?".

A resposta, infelizmente, é: oficialmente, o WhatsApp não possui uma ferramenta que faça o aplicativo voltar à versão mais antiga --nem no Android nem no iPhone (iOS).

É importante manter o aplicativo atualizado, porque a cada versão erros são corrigidos, mas se você realmente "não está sabendo lidar", pode tentar se aventurar.

No iPhone, por conta do sistema iOS, que não dá espaço para personalizações, os passos são complicadíssimos. Até existem alguns tutoriais na internet que mostram como fazer, mas eles requerem paciência e conhecimento técnico. Se você não manja do assunto, procure quem entenda.

No Android, é um pouco mais fácil instalar versões antigas de aplicativos, mas lembramos que não é recomendado o uso de APKs (espécie de arquivo 'zip' para Android) que não sejam oficiais. Você corre o risco de pegar algum vírus ou danificar seu smartphone.

Caso queira se arriscar, primeiro desinstale a versão do WhatsApp. Depois habilite a opção "Fontes desconhecidas" em Configurações/Ajustes > Segurança.

Então, baixe no seu celular uma versão anterior do WhatsApp no site APK Mirror e clique no arquivo baixado para começar a instalar, como se fosse um programa do Windows.

Fonte: UOL

Curta nossa página no Facebook



Carnaval de 2018 será de 9 a 14 de fevereiro; saiba como a data é definida

Para quem já está pensando na folia do ano que vem e pensa em se programar, a terça-feira de carnaval em 2018 vai cair em 13 de fevereiro. A festa começa na quinta ou sexta-feira anterior, 8 ou 9 de fevereiro (a depender do local), e acaba na quarta-feira de cinzas, 14. Em algumas cidades, a festa prossegue extraoficialmente até além desta data.

Para saber como é calculada a data do carnaval, basta lembrar que a festa de Momo está diretamente relacionada com os festejos católicos da Páscoa. A folia termina sempre 40 dias antes do domingo de Ramos, que é o domingo que antecede a Páscoa. Da Quarta-feira de Cinzas até o Domingo de Páscoa, são 46 dias, período em que muitos cristãos fazem a Quaresma – um momento espiritual e de reflexão em que também fazem algum tipo de jejum.

A Quarta-feira de Cinzas representa, portanto, o primeiro dia da Quaresma Como a data é flutuante, a ela pode cair entre 4 de fevereiro e 9 de março. Já o domingo em que se celebra a ressurreição de Jesus Cristo, ou Páscoa, sempre acontece entre 22 de março e 25 de abril.

Com base em relatos bíblicos e históricos, os católicos acreditam que a ressurreição de Cristo ocorreu em um dia de lua cheia, próximo ao equinócio da primavera no hemisfério Norte. Por essa razão, no ano 325, a Igreja Católica realizou o Concílio de Niceia e decidiu que a Páscoa seria celebrada sempre no domingo subsequente ao surgimento da primeira lua cheia após a chegada da primavera.

Assim, como o feriado da Páscoa é variável, a data do carnaval também segue essa mudança.

Quarta-feira de Cinzas não é feriado
Embora a maioria do serviços, comércio e estabelecimentos feche as portas entre sábado e parte da Quarta-feira de Cinzas, as datas não são feriados nacionais estabelecidos por lei federal.

Alguns municípios e estados possuem uma legislação própria para a questão. No Rio de Janeiro, a lei estadual 5243/2008 definiu a terça-feira de carnaval como feriado. Também existem capitais que transformaram a data em feriado municipal, como Belo Horizonte (MG) e Curitiba (PR).

Fonte: Agência Brasil

Curta nossa página no Facebook



Em fevereiro de 2017, choveu o triplo de 2016 no CE

O primeiro mês da quadra chuvosa de 2017 terminou com um excelente número: de acordo com a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), o volume acumulado durante os 28 dias de fevereiro foi de 157.5 milímetros, o que representa desvio positivo de 32.8% frente à média histórica para o mês, que é de 118.6 milímetros. O volume de chuva foi quase o triplo do que fora registrado em igual período do ano passado, quando 53,2 milímetros foram observados.

Nos últimos dez anos, este foi o terceiro maior volume, ficando atrás apenas de fevereiro de 2011, quando o órgão contabilizou chuvas de 169.6 mm, e de 2007, quando o monitoramento apontou desvio de 107.8% para o mês. Além disso, há quatro anos as chuvas não ultrapassavam a média histórica prevista para o mês. A última vez foi em 2012, quando o volume superou a média em 16.4%.

Em contrapartida, janeiro não apresentou bons índices. O volume acumulado de 68.4 milímetros ficou 30.8% abaixo da média histórica para o mês, que é de 98.7 mm. Se comparado com janeiro anterior, os números se tornam ainda piores. Em 2016, choveu 94.3% acima da média no primeiro mês do ano. Entretanto, apesar do baixo volume, o verificado em 2017 supera os anos de 2015, 2014, 2013 e 2012, um retrato que evidencia a escassez de chuva no Estado nos últimos anos.

A diferença de volume entre os dois primeiros meses do ano é normal, conforme explica o meteorologista Raul Fritz. Segundo suas informações, os dois primeiros meses do ano devem ser analisados de forma distinta pois "os fenômenos que incidem sobre janeiro são, geralmente, os Vórtice Ciclônicos e Cavados de Alta Pressão, diferente do mês de fevereiro em diante, quando passa a atuar Zona de Convergência Intertropical (ZCIT)", que é o principal sistema indutor de chuvas para o trimestre fevereiro, março e abril.

A mudança na atuação dos fenômenos de um mês para o outro também é a razão pela qual as chuvas tendem a serem mais intensas em fevereiro, quando começa o período chuvoso. "Em março e abril o ZCIT costuma ter ainda mais influência sobre o Estado e os volumes de chuvas se elevam, por isso a média histórica para estes dois meses é superior que as médias de janeiro e fevereiro", complementa Fritz.

Embora só tenha chovido em 81 municípios entre as 7h de terça-feira e as 7h de ontem, com apenas três cidades apresentando volumes superiores à 50 mm - Granja (91mm); Meruoca (59mm) e Viçosa do Ceará (52mm) - a previsão para a primeira quinzena de março é de chuva. "Existem alguns elementos meteorológicos positivos que estão atuando de forma positiva para condição da chuva", acrescenta Raul.

Essas precipitações, ainda de acordo com o especialista, são irregulares. "Pode chover forte em um dia e um pouco mais fraco em outro". Na semana passada, o órgão divulgou que a probabilidade de chuvas dentro da média histórica no Ceará é de 43% para os meses de março, abril e maio; 20% de chances das precipitações ficarem acima da média e 37% de probabilidade de volumes abaixo da média.

ANDRÉ COSTA
COLABORADOR

Fonte: Diário do Nordeste

Curta nossa página no Facebook



Marcelo Odebrecht confirma jantar com Temer e que discutiu contribuição para campanha

O empreiteiro Marcelo Odebrecht confirmou nesta quarta-feira (1º) ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) que jantou com o presidente Michel Temer no Palácio do Jaburu, em Brasília, durante a campanha presidencial e que discutiu com ele uma contribuição para a campanha eleitoral de 2014, que seria destinada ao seu grupo político no PMDB.

Temer era candidato a vice-presidente na chapa de Dilma Rousseff.

Odebrecht negou, no entanto, que tenha acertado com Temer um valor de contribuição.

Ele afirmou acreditar que os montantes a serem doados tenham sido acertados previamente entre Eliseu Padilha, homem de confiança de Temer e hoje ministro da Casa Civil, e Claudio Melo Filho, ex-diretor de Relações Institucionais da Odebrecht.

O empreiteiro disse que, antes do jantar com Temer, recebeu um pedido de contribuição direto de Paulo Skaf, presidente da Fiesp que era candidato ao governo de São Paulo. O empresário pediu R$ 6 milhões. Os dois são amigos pessoais e Odebrecht prometeu ajudá-lo.

Ainda em seu depoimento, o empresário disse que, no fim do jantar com Temer, teria dito a Padilha e a Claudio Mello que os dois reservassem uma parte do total destinado ao PMDB para Skaf. Depois, soube que Skaf recebeu menos que os R$ 6 milhões que havia pedido. Odebrecht ainda relatou que Duda Mendonça, publicitário que fez a campanha de Skaf, teria aparecido para tentar receber uma parte dos recursos.

Versão
Em sua delação premiada, Melo Filho afirma que o acerto foi feito diretamente por Marcelo Odebrecht no encontro que o então presidente da empreiteira teve com Temer. "No jantar, acredito que considerando a importância do PMDB e a condição de possuir o Vice-Presidente da República como Presidente do referido partido político [PMDB], Marcelo Odebrecht definiu que seria feito pagamento no valor de R$ 10.000.000,00."

Deste total, R$ 4 milhões, segundo Melo, teriam sido destinados ao PMDB via Eliseu Padilha. Uma parte do dinheiro teria sido entregue no escritório de José Yunes, um dos melhores amigos de Temer. Yunes diz que serviu apenas de "mula involuntária" de Padilha, atendendo a um pedido dele de receber um "pacote" em seu escritório.

Os outros R$ 6 milhões, segundo Melo, seriam destinados à campanha de Paulo Skaf ao governo de São Paulo.

Guido
Em seu depoimento, o empreiteiro falou também que se encontrou várias vezes com Dilma Rousseff, mas que contribuições para campanhas eleitorais dela eram acertadas com o ex-ministro da Fazenda Guido Mantega.

Ele contou, por exemplo, que Mantega, ainda no governo de Lula, ajudou a aprovar uma medida provisória que beneficiou o setor petroquímico e que significou um ganho de R$ 2 bilhões ao grupo Odebrecht.

Não houve pedido direto de propina em troca do auxílio.

Mas o empresário diz que se criou uma expectativa de que a empresa contribuiria para a campanha presidencial de Dilma em 2010.

Mantega teria dito que a expectativa era de que a contribuição chegasse a R$ 50 milhões. Parte do dinheiro, segundo Odebrecht, pode ter sobrado e sido destinada também à campanha de 2014. Outra parte do dinheiro seria para pagar os serviços do marqueteiro João Santana.

No depoimento, o empreiteiro disse que chegou a fazer pagamentos "por fora", via caixa dois, no exterior, a Santana.

A Odebrecht tinha uma conta-corrente que se destinava a atender pedidos do PT.

Marcelo Odebrecht disse ainda que na reta final da campanha foi procurado por Aécio Neves (PSDB-MG), candidato à Presidência pelo PSDB. Ele disse que acertou uma ajuda para candidatos apoiados pelo tucano. O interlocutor de Aécio teria sido Osvaldo Borges, que foi presidente da Codemig (Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais) durante o governo Aécio (2003-2010).

Fonte: Folha.com

Curta nossa página no Facebook



Resultado preliminar da 2ª etapa do concurso para a Polícia Militar é divulgado; veja aprovados

A Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) do Estado divulgou, nesta quarta-feira (1º), o resultado preliminar da segunda etapa do concurso público para ingresso no cargo de soldado da Polícia Militar (PM) do Ceará. Nesta fase, foi realizada a inspeção de saúde dos candidatos, que passaram por exames médicos, biométricos, odontológicos e toxicológicos.

A lista de nomes dos candidatos recomendados e não recomendados para o cargo foi publicada no Diário Oficial do Estado desta quinta-feira, que pode ser acessado neste link. O candidato que não for aprovado nesta fase poderá consultar individualmente o motivo de sua não recomendação, através do Boletim de Resultado da Inspeção de Saúde, disponível no site do Instituto AOCP, organizadora do certame

O candidato que desejar interpor recurso contra o resultado preliminar desta segunda fase poderá fazê-lo a partir das 0h desta quinta-feira (2), até às 23h59min da sexta-feira (03). O resultado definitivo, pós-recurso, será publicado no Diário Oficial do Estado do Ceará na data provável de 09 de março de 2017.

Fonte: Diário do Nordeste

Curta nossa página no Facebook



Marcelo Odebrecht diz que Eliseu Padilha tratou de repasse de R$ 10 mi em jantar no Jaburu

O executivo Marcelo Odebrecht, herdeiro e ex-presidente do grupo que leva seu sobrenome, confirmou ter se encontrado com o presidente Michel Temer durante tratativas para a campanha eleitoral de 2014, mas negou ter acertado com o peemedebista um valor para a doação. Ele informou que não houve um pedido direto pelo então vice-presidente da República para a doação de R$ 10 milhões ao PMDB. Segundo ele, tratativas para a doação foram feitas entre o ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, e o executivo Cláudio Melo - e admite que parte dos pagamentos pode ter sido feita via caixa 2.

O depoimento foi colhido dentro da ação que investiga a campanha que elegeu a chapa formada por Dilma Rousseff e Michel Temer em 2014. A suspeita é de que houve abuso de poder político e econômico na disputa presidencial. A ação, que corre no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), pode gerar a cassação do mandato de Temer e a inelegibilidade dele e de Dilma.

Em anexo de delação premiada que vazou em dezembro, Melo, que é ex-diretor de relações institucionais da Odebrecht, mencionou o jantar no Palácio do Jaburu no qual Temer teria pedido pessoalmente "auxílio financeiro" a Marcelo, que se comprometeu com R$ 10 milhões.

Ao depor nesta quarta-feira para a Justiça Eleitoral, Marcelo Odebrecht disse que Temer não mencionou a doação de R$ 10 milhões.

O herdeiro do grupo baiano confirma que o jantar foi realizado no momento em que o grupo de Temer negociava uma doação da Odebrecht para apoiar candidatos do partido. Antes de o encontro ser agendado, ele recebeu de Cláudio Melo a notícia de que Paulo Skaf pedira R$ 6 milhões em doação para a campanha ao governo de São Paulo. A solução seria usar para parte do dinheiro que seria destinado ao grupo político de Temer para o candidato paulista.

O encontro no Jaburu serviria para selar o acordo de que R$ 6 milhões dos R$ 10 milhões ao grupo do PMDB de Temer seriam encaminhados para a campanha de Skaf. De acordo com Marcelo, só após a saída do vice-presidente do local, ele conversou com Padilha e com Melo sobre o tema. Ainda de acordo com ele, parte dos R$ 6 milhões não chegou a ser paga.

Marcelo Odebrecht disse ainda à Justiça Eleitoral que a interlocução com o PMDB era dispersa. Os executivos da empresa tinham relação com os Estados, enquanto Melo atuava dentro do Senado em contato com o atual presidente do partido, Romero Jucá (RR). Na Câmara, o contato era com Padilha - mas também mencionou o nome do deputado cassado Eduardo Cunha, que mantinha relação com o empresariado.

Fonte: UOL (Com Estadão Conteúdo)

Curta nossa página no Facebook



Juazeiro do Norte (CE): Quarteto é preso com quase 100kg de drogas

Quatro pessoas foram presas na manhã desta quarta-feira (1) com quase 100 kg de drogas que estavam escondida numa chácara localizada no bairro Timbaúbas, neste município. O local, segundo militares da Polícia Ambiental, funcionava com um “laboratório de entorpecentes”.

Dentro do imóvel, os policiais encontraram 80 kg de maconha, 4 kg de pasta base de cocaína, 4 kg de crack e 2,5kg de cocaína prontos para comercialização. Além do entorpecente que seria distribuído na região do Cariri, os militares encontraram revólveres, colete à prova de bala,  carcaça de uma moto e um papagaio. Parte da droga estava enterrada.

Foram presos em flagrante os donos da chácara, José Ivan Gomes da Silva, de 28 anos, e sua companheira Cícera da Silva Figueiredo, de 33 anos, conhecida como “Cícera Fuzil”, seu irmão Alberto da Silva, 23, que chegou no local com uma barra de maconha no momento da abordagem e o jovem Caio Henrique de Sá Alexandre, 25. Ele seria o encarregado por levar a droga à cidades vizinhas.

Essa foi a maior apreensão de droga no ano na cidade de Juazeiro do Norte. Um negócio extremamente lucrativo para os bandidos. De acordo com agentes federais, o quilo da cocaína já refinada com a pasta-base custa em torno dos R$ 12.500. A droga pura, sai por R$ 20 mil. Já com a venda da maconha, o lucro ultrapassa 1.500% em algumas regiões do país.

ANDRÉ COSTA
COLABORADOR

Fonte: Diário do Nordeste

Curta nossa página no Facebook



02 de março

1498 – Vasco da Gama completa o contorno da costa africana e aporta em Moçambique.
1901 – O Congresso dos Estados Unidos da América aprova a emenda Platt, limitando a autonomia de Cuba como condição para a retirada das tropas americanas.
2004 – Invasão do Iraque: a Organização das Nações Unidas conclui que o Iraque não possui armas de destruição em massa, contrariando George W. Bush e Tony Blair, que assim haviam justificado a invasão daquele país.

Nasceram neste dia…
1889 – Cásper Líbero, jornalista brasileiro. (m. 1943)
1900 – Kurt Weill, compositor alemão (m. 1950).
1931 – Mikhail Gorbachev (foto), político russo.

Morreram neste dia…
1572 – Mem de Sá, governador-geral do Brasil (n. 1500).
1814 – António Pereira de Sousa Caldas, poeta e religioso brasileiro (n. 1762).
1855 – Czar Nicolau I da Rússia (n. 1796).

Fonte: Wikipédia



ShareThis