Eleições 2018: ONU defende que Lula seja candidato e pressiona Brasil

O Comitê de Direitos Humanos da ONU solicitou nesta sexta-feira (17) que o Brasil garanta direitos políticos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na prisão e não o impeça de concorrer na eleição de outubro até que sejam completados todos os recursos de sua condenação. A manifestação do Comitê aconteceu a partir de pedido da defesa de Lula, apresentado no fim de julho deste ano.

Lula, que está preso desde abril em Curitiba, é candidato do PT à Presidência da República. O registro de sua candidatura foi publicado nesta sexta-feira (17) e terá que passar pelo crivo do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Ao todo, até a noite desta quinta-feira (16), a candidatura de Lula foi alvo de sete questionamentos na Justiça.

O ex-presidente foi condenado pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) a 12 anos e 1 mês de prisão, por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, no caso do triplex em Guarujá (SP). A Lei da Ficha Limpa prevê que uma pessoa se torna inelegível após ser condenada por órgão colegiado da Justiça.

O comitê pediu ainda ao Brasil que tome "as medidas necessárias para permitir que Lula desfrute e exercite seus direitos políticos da prisão como candidato nas eleições presidenciais de 2018. Isso inclui ter acesso apropriado à imprensa e a membros de seu partido politico".

De acordo com nota divulgada pelo órgão, a recomendação para o Brasil é a de que "não o impeça de concorrer nas eleições presidenciais de 2018 até que seus recursos ante as cortes sejam completados em procedimentos justos".

O comitê ressalta que a decisão não significa que encontrou violação. "É uma medida urgente para preservar os direitos do Lula, aguardando a consideração do caso sobre o mérito, que acontecerá no ano que vem".

Posição do Ministério das Relações Exteriores
Em nota divulgada no início da tarde, o Ministério das Relações Exteriores disse que tomou conhecimento da deliberação do comitê "sem qualquer aviso ou pedido de informação prévios" (veja a íntegra da nota no final desta reportagem).

O ministério ressaltou que a manifestação do comitê tem caráter de recomendação e não produz efeito jurídico. Segundo o Itamaraty, a recomendação do comitê será levada ao poder Judiciário.

Decisão de maio
Desde o início das investigações, Lula tem reafirmado que é inocente e que o imóvel não é dele. A defesa do ex-presidente também argumenta desde o começo do processo que ele não cometeu crimes antes, durante ou depois do mandato.

Em maio deste ano, o mesmo Comitê de Direitos Humanos da ONU rejeitou a solicitação da defesa do ex-presidente para concessão de medida cautelar para evitar que ele ficasse preso até o término de todos os recursos jurídicos.

Poder de decisão
Na época em que a defesa entrou com o pedido, o ministro aposentado do Supremo Tribunal Federal (STF), Carlos Velloso, explicou à TV Globo que a iniciativa da defesa de Lula em Genebra não poderia ter consequências práticas porque o Judiciário brasileiro decide de forma soberana, sem intervenção internacional.

"O Judiciário brasileiro toma decisões em nome da soberania brasileira, que é isenta à intervenção de órgãos internacionais. Esse é uma forma de agitar a questão no campo internacional, mas sem nenhuma consequência prática", disse Velloso.

Veja a íntegra da nota do Ministério das Relações Exteriores:

A Delegação Permanente do Brasil em Genebra tomou conhecimento, sem qualquer aviso ou pedido de informação prévios, de deliberação do Comitê de Direitos Humanos relativa a candidatura nas próximas eleições.

O Comitê, órgão de supervisão do Pacto de Direitos Civis e Políticos, é integrado não por países, mas por peritos que exercem a função em sua capacidade pessoal.

As conclusões do Comitê têm caráter de recomendação e não possuem efeito juridicamente vinculante.

O teor da deliberação do Comitê será encaminhado ao Poder Judiciário.

O Brasil é fiel cumpridor do Pacto de Direitos Civis e Políticos. Os princípios nele inscritos de igualdade diante da lei, de respeito ao devido processo legal e de direito à ampla defesa e ao contraditório são também princípios constitucionais brasileiros, implementados com zelo e absoluta independência pelo Poder Judiciário.

Fonte: G1

Curta nossa página no Facebook

Cariri recebe 'Decon Viajante'; veja a programação

O projeto “Decon Viajante” segue na estrada! Entre os dias 20 e 24 de agosto, os consumidores dos municípios de Santana do Cariri, Nova Olinda, Barbalha, Jardim e Missão Velha receberão o atendimento especializado do Programa Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor (DECON), do Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), para registrar reclamações contra fornecedores de produtos e serviços e denunciar estabelecimentos que acreditem estar descumprindo a lei. Veja a programação:
  • 20/08 – Santana do Cariri
  • 21/08 – Nova Olinda
  • 22/08 – Barbalha
  • 23/08 – Jardim
  • 24/08 – Missão Velha
Os atendimentos são realizados sempre das 8h às 14h, nas respectivas Praças Centrais, em uma van do projeto. Para a realização dos atendimentos, o DECON conta com o apoio das Promotorias de Justiça das Comarcas destes Municípios. Essa descentralização contribui para aumentar a resolução de conflitos nas relações de consumo, principalmente, no interior do Estado. O “Decon Viajante” nasceu em 2016 e desde então já visitou 137 municípios.

O “DECON Viajante” é uma ação do projeto “Fortalecimento e Expansão dos Órgãos de Defesa do Consumidor” do DECON, firmado entre a Secretaria Nacional do Consumidor (SENACON) do Ministério da Justiça e a Procuradoria-Geral de Justiça do Estado do Ceará (PGJ). O objetivo é reestruturar os órgãos de defesa do consumidor, criar postos de atendimento móvel na capital e no interior do estado e implantar Procons em municípios cearenses integrados ao Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor (SINDEC). Todos os relatórios podem ser verificados no site do projeto.

Assessoria de Imprensa/MPCE

Curta nossa página no Facebook


Eleições 2018: Cid e Eunício lideram corrida para o Senado; veja os números

Em aliança informal para a disputa do Senado, o ex-governador Cid Gomes (PDT) e o presidente do Congresso Nacional, Eunício Oliveira (MDB), lideram com folga a eleição para as duas vagas no Ceará. Os números são da pesquisa Ibope divulgada nesta madrugada pelo Diário do Nordeste.

Confira os números:

Cid Gomes - 55%
Eunício - 37%
Eduardo Girão - 9%
Pastor Pedro Ribeiro - 7%
Dra. Mayra - 6%
Anna Karina - 4%
Pastor Jamieson Simões - 4%
João Saraiva - 4%
Alexandre Barroso - 3%
Dr. Márcio Pinheiro - 3%
Geraldo Magela - 3%
Robert Burns - 2%
Branco/nulo (vaga 1) - 15%
Branco/nulo (vaga 2) - 22%
Não sabe/não respondeu - 27%

Foram ouvidos 1.204 eleitores no Estado do Ceará, entre os dias 10 e 16 de agosto.

A margem de erro máxima é de três pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança estimado é de 95%.

O levantamento foi contratado pelo Sistema Verdes Mares e está registrado na Justiça Eleitoral com o número CE-04197/2018.

Fonte: O Povo

Curta nossa página no Facebook

Sine/IDT oferta vagas de emprego em Crato, Juazeiro e Barbalha

O Sistema Nacional de Emprego (Sine) do Instituto de Desenvolvimento do Trabalho (IDT) divulgou, nesta sexta-feira (17), uma lista com oportunidades de emprego em todo o Ceará. Vagas para vários cargos e existem ocupações para pessoas com deficiência.

Os interessados devem dirigir-se a uma Unidade do Sine/IDT localizada em sua cidade.

Confira a lista completa com todas as vagas:

Crato
Rua Monsenhor Esmeraldo, 686 – Centro - Fone : (88) 3102.1240
  • Atendente de lojas 02
  • Babá 01
  • Barbeiro 03
  • Representante comercial autônomo 02
  • Técnico eletrônico 01

Barbalha
Rua Carius, 12 – Centro - Fone : (88) 3102.1195
  • Técnico em saúde bucal 01
  • Vendedor pracista 01

Juazeiro do Norte
Rua Interventor Francisco Erivano Cruz,120 - Centro - Fone : (88) 3572.4744
  • Auxiliar de marceneiro 01
  • Coordenador pedagógico 01
  • Costureira em geral 01
  • Empregado doméstico nos serviços gerais 01
  • Instalador de alarmes residenciais 03
  • Oficial de manutenção predial 04
  • Professor assistente de regência de classe 01
  • Sushiman 01
  • Técnico de refrigeração (instalação) 03

Fonte: G1 CE

Curta nossa página no Facebook

Operação do Ministério Público não muda preços dos combustíveis no Crajubar

Há uma semana, a Polícia Civil e o Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) deflagravam a operação Conexus (ligação em latim), que investiga a prática de cartelização em 40 postos de combustíveis da região do Cariri. Na ação, foram cumpridos 80 mandados de busca e apreensão nos estabelecimentos e residências dos proprietários e 10 pessoas foram presas por porte ilegal de arma. Ao todo, foram recolhidos R$ 698.335 em espécie, 12 armas de fogo, 316 munições, 82 aparelhos celulares e vários documentos e computadores, que serão analisados pela perícia.

"Poucas vezes na região aconteceu uma operação desse porte, com essa quantidade de alvos", destacou o delegado da Polícia Civil de Juazeiro do Norte, Juliano Marcula. De lá pra cá, no entanto, pouca coisa mudou nos preços dos postos. Segundo o promotor de Justiça Nivaldo Martins, do Programa Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor (Decon) em Barbalha, antes da operação, o MPCE já havia percebido uma elevação ao dobro na margem de lucro bruta dos postos da região, destoando da média estadual e nacional.

Além disso, há indícios de que os donos combinam os preços para evitar a competição e adotavam práticas para esconder. Neste ano, a diferença máxima entre os postos não passava de três centavos. O valor médio do preço de gasolina, por exemplo, chegou perto de R$ 5, durante a greve dos caminhoneiros. Hoje, está em torno de R$ 4,50 a vista e R$ 4,69 a prazo pelo litro. Segundo o promotor de Justiça da Comarca de Crato, Thiago Marques, desde a operação não houve aumento, nem redução.

Mas uma recomendação expedida pelo MPCE, em 5 de junho, já tinha provocado queda no preço. "Tínhamos procedimentos cíveis tanto na comarca de Barbalha como na de Crato. A gente conseguiu, por meio, dessas recomendações, uma queda de preço", explica. Os procedimentos vinham investigando o preço abusivo de combustíveis na região e, deles, vieram a recomendação. Caso não fosse cumprida, os donos dos postos estariam sujeitos as multas.

As recomendações continuam vigentes, em relação ao preço abusivo e às propagandas enganosas. "Havia algumas placas com o nome promoção, mas o desconto não existia. Era o preço normal. A gente fez uma observação relativa a essas práticas", descreve Thiago. Os procedimentos cíveis, em Barbalha e em Crato, foram suspensos para acompanhar a evolução do procedimento criminal, instaurado durante a operação.

"Vamos pegar as informações preliminares dessa operação e acompanhar o preço. Se observarmos algum aumento não justificado ou, por meio de procedimento criminal, algum tipo de delito contra o consumidor, podemos autuar os postos", garante o promotor.

Enquanto isso, o consumidor continua sentido o impacto dos preços de combustíveis na região, como o empresário Wanddel Lira, que utiliza, principalmente, a moto para serviços de entrega de alimentos. "Os custos aumentam por ter valor de combustível fora do mercado. No fim das contas, é um absurdo para nós consumidores pode lidarmos com tamanha grosseria dos donos de postos de combustíveis, que se utilizam da nossa necessidade com valores desonestos", denuncia. Desde a operação, ele não percebeu mudança. "Pelo contrário, existem postos de combustíveis com um valor a vista e outro valor no cartão de crédito", acrescenta.

Mas essa prática de cobrar valores diferentes a vista e a prazo é legal, não só em postos de combustíveis, desde que foi aprovada a Medida Provisória Nº 764/2016, que depois foi convertida na Lei Nº13.455/2017, sancionada pelo presidente Michel Temer. "Até pouco tempo, a gente tinha um procedimento que pedia que não houvesse essa diferença de preço", conta Marques.

Por outro lado, no Cariri, em alguns estabelecimentos a diferença chega a ser de 30 a 40 centavos. "A diferença não pode ser abusiva. Eles podem colocar as taxas de administração do cartão. Se a diferença for muito gritante, a ponto de não poder ser justificada dentro dessas questões, (os postos) também podem ser penalizados, inclusive com multa", completa o promotor.

O Sindicato dos Revendedores de Combustíveis do Ceará (Sindipostos-CE), por meio de sua assessoria de comunicação, admitiu que a operação do MPCE e da Polícia Civil deixou os associados apreensivos, mas assegurou que não há nenhum envolvimento em cartel. "Cada posto faz seu preço. Apoiamos a classe em relação aos interesses dela, mas a formação de preço é totalmente da revenda. A lei concorrencial é quem normatiza isso. Nós acompanhamos o preço do mercado", disse em nota.

ANTONIO RODRIGUES
COLABORADOR

Fonte: Diário do Nordeste

Curta nossa página no Facebook

Eleições 2018: Apoiado por Lula, Haddad se aproxima de Bolsonaro, mostra pesquisa

Sem a presença do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), o deputado federal Jair Bolsonaro (PSL) mantém a liderança na pesquisa do Ipespe (Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas) contratada pela XP Investimentos. O presidenciável do PSL oscila entre 21% e 23% em dois cenários simulados pelo levantamento.

A diferença na abordagem está na forma de apresentação do ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, provável substituto de Lula nas eleições caso o líder petista seja impedido e concorrer. Quando o nome de Haddad é citado sozinho, ele saiu de 3% para 7% em relação ao levantamento anterior. Apesar do crescimento, ele segue atrás de Ciro Gomes (8%), Geraldo Alckmin (9%) e Marina Silva (11%).

Já quando Haddad é apresentado como “apoiado por Lula”, ele chega a 15% das intenções de voto e assume a vice-liderança. Neste cenário, Marina e Alckmin estão empatados com 9% e Ciro Gomes soma 7% da preferência do eleitor. Nos duas abordagens com o nome do ex-prefeito de São Paulo, “ninguém/branco/nulo” representam 24% das opiniões dos entrevistados.

No cenário que considera Lula como candidato do PT, o ex-presidente lidera com 31%. Bolsonaro vem em seguida com 20% e a quantidade de pessoas que responderam “ninguém/branco/nulo” cai para 13%. Na concorrência com o ex-presidente, Alckmin tem 9%, Marina 8% e Ciro Gomes, 7%

A pesquisa ouviu mil pessoas por telefone entre os dias 13 e 15 de agosto e tem margem de erro de 3,2 pontos percentuais, para mais ou para menos. A taxa de confiança é de 95,5%. O levantamento está registrado no Tribunal Superior Eleitoral com o número BR-02075/2018.

Cenário 1 – com Lula

Lula (PT) – 31%
Jair Bolsonaro (PSL) – 20%
Geraldo Alckmin  (PSDB) – 9%
Marina Silva (Rede) – 8%
Ciro Gomes (PDT) – 7%
Alvaro Dias (Podemos) – 5%
João Amoêdo (Novo) – 1%
Henrique Meirelles (MDB) – 1%
Cabo Daciolo (Patriota) – 1%
Vera Lúcia (PSTU) – 1%
João Goulart Filho (PPL) – 0%
José Maria Eymael (DC) – 0%
Guilherme Boulos (Psol) – 0%
Ninguém/brancos/nulos – 13%
Não sabe – 3%
Não respondeu – 0%

Cenário 2 – com Haddad

Jair Bolsonaro (PSL) – 23%
Marina Silva (Rede) – 11%
Geraldo Alckmin  (PSDB) – 9%
Ciro Gomes (PDT) – 8%
Fernando Haddad (PT) – 7%
Alvaro Dias (Podemos) – 5%
Henrique Meirelles (MDB) – 2%
João Amoêdo (Novo) – 1%
Cabo Daciolo (Patriota) – 1%
Guilherme Boulos (Psol) – 1%
Vera Lúcia (PSTU) – 1%
João Goulart Filho (PPL) – 0%
José Maria Eymael (DC) – 0%
Ninguém/brancos/nulos – 24%
Não sabe – 6%
Não respondeu – 1%

Cenário 3 – com Haddad apoiado por Lula

Jair Bolsonaro (PSL) – 21%
Fernando Haddad apoiado por Lula (PT) – 15%
Geraldo Alckmin  (PSDB) – 9%
Marina Silva (Rede) – 9%
Ciro Gomes (PDT) – 7%
Alvaro Dias (Podemos) – 6%
Henrique Meirelles (MDB) – 2%
João Amoêdo (Novo) – 1%
Vera Lúcia (PSTU) – 1%
Cabo Daciolo (Patriota) – 1%
Guilherme Boulos (Psol) – 1%
João Goulart Filho (PPL) – 0%
José Maria Eymael (DC) – 0%
Ninguém/brancos/nulos – 24%
Não sabe – 3%
Não respondeu – 1%

Fonte: Veja.com

Curta nossa página no Facebook

Falta trabalho para 27,6 milhões de brasileiros, aponta IBGE

No Brasil, falta trabalho atualmente para 27,6 milhões de brasileiros. É o que mostra a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD) trimestral divulgada nesta quinta-feira (16) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A taxa de subutilização da força de trabalho ficou em 24,6 % no 2º trimestre de 2018.

"O resultado ficou estatisticamente estável em relação ao primeiro trimestre de 2018 (24,7%) e subiu na comparação com o segundo trimestre de 2017 (23,8%)", destacou o IBGE.

O grupo de trabalhadores subutilizados reúne os desempregados, aqueles que estão subocupados (menos de 40 horas semanais trabalhadas), os desalentados (que desistiram de procurar emprego) e os que poderiam estar ocupados, mas não trabalham por motivos diversos.

Apesar da queda no número de desempregados no 2º trimestre, a pesquisa do IBGE mostra que aumentou o número dos que trabalham menos do que gostariam, que saíram da força de trabalho por algum motivo pessoal ou familiar, ou que simplesmente desistiram de procurar alguma ocupação.

O número de desalentados bateu novo recorde e atingiu 4,8 milhões no 2º trimestre, 203 mil pessoas a mais em relação ao 1º trimestre. Já o número de subocupados subiu para 6,5 milhões contra 6,2 milhões nos 3 primeiros meses do ano. No trimestre encerrado em junho, o número de desempregados somou 13 milhões, contra 13,7 milhões no 1º trimestre.

Fonte: G1

Curta nossa página no Facebook

Prefeito do interior do Ceará e três auxiliares são afastados

O atendimento na sede da Administração Municipal, onde funcionam diversos departamentos, ficou paralisado, durante o período matinal desta quinta-feira (16). O motivo foi a operação "Fiel da Balança", realizada pela Polícia Civil, em conjunto com a Procuradoria dos Crimes contra a Administração Pública (Procap), com auxílio do Núcleo de Investigação Criminal (Nuinc), Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) e Promotoria de Quixadá, responsável pelas denúncias de desvio de dinheiro público no serviço de coleta de lixo desta cidade localizada no Sertão Central do Estado do Ceará.

Apesar de os mandados de busca e de apreensão terem iniciado ao amanhecer do dia, na sede da Prefeitura, na Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente (Seduma), e na residência do prefeito Ilário Marques, os policiais e promotores de Justiça passaram o período da manhã recolhendo documentos. O material foi lacrado em malotes do Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE). Servidores e a vizinhança observavam e aguardavam à distância, a saída das equipes, que se retiraram dos locais sem prestar nenhuma informação.

Entretanto, enquanto a Operação se desenrolava o MPCE emitiu nota informando que o prefeito de Quixadá, Ilário Marques e três auxiliares direitos, o titular da Seduma, Kildary Lobo; a chefe de Gabinete Ana Patrícia Martins; e o controlador do Município, José Humberto Torres, estavam sendo afastados dos seus cargos, pelo período de 180 dias, a contar desta quinta-feira, 16 de agosto.

A determinação judicial partiu do desembargador Francisco Lincon Araújo e Silva, do Tribunal de Justiça do Estado do Ceará (TJCE). O processo corre em segredo de Justiça.

Surpreso
Sobre a determinação da Justiça, Ilário Marques disse estar surpreso, mas tranquilo por não ter cometido nenhuma irregularidade administrativa. Pretende ingressar em instância superior para reparar o erro jurídico. Justificou que a ação do MPCE se baseia apenas na narrativa maldosa e irresponsável do empresário Ernani Teles Castro Junior. Ele é proprietário da DFL Serviços de Limpeza Urbana Ambiental, localizada no distrito de Bomfim, na zona rural de Senador Pompeu, onde foi implantado um aterro sanitário.

No início de outubro do ano passado, a Prefeitura firmou contrato com a DFL para remoção dos resíduos sólidos do Município ao aterro sanitário, no modelo padrão exigido pelos órgãos ambientais. Na época, o lixão da cidade foi desativado e recolhido para o destino adequado. O custo era de R$ 1 por habitante.

O feito foi comemorado pelas duas partes. O Município ganhou com a redução dos impactos ambientais. A parceria com a empresa possibilitou até a recuperação da área degradada.

Todavia, o contrato foi cancelado. Segundo a Prefeitura, até o dia 12 de janeiro deste ano, a DFL realizou o serviço de coleta, mas se recusou a continuar o recolhimento alegando a necessidade de reajuste. A interrupção do serviço obrigou o Município a executar a atividade por conta própria.

No dia 15 de março deste ano, no entanto, as portas do aterro sanitário foram fechadas para os veículos da Prefeitura de Quixadá, causando prejuízos ao erário público. O caso foi parar na Justiça da Comarca de Quixadá e a DFL, obrigada a cumprir o restante do contrato, até setembro deste ano.

A reportagem do Diário do Nordeste manteve contato telefônico com o escritório da DFL. A secretária informou que o titular da empresa estava em viagem.

ALEX PIMENTEL
COLABORADOR

Fonte: Diário do Nordeste

Curta nossa página no Facebook

Aeroporto de Juazeiro do Norte bate recorde histórico em movimentação de passageiros

O aeroporto Orlando Bezerra de Menezes, em Juazeiro do Norte, na Região do Cariri do Ceará, registrou a maior movimentação de sua história para um mês de julho. Ao todo, 62.370 passageiros transitaram pelo terminal cearense em 2018 em julho de 2018, entre embarques e desembarques, contra 52.692 passageiros em igual período de 2017, o que representa 18,37% de crescimento e mais de 9,6 mil passageiros em um único mês, de acordo com a Infraero.

Um dos fatores que fomentou o alcance dessa marca histórica foi o acréscimo de um voo extra para o Aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP), durante quatro dias da semana no decorrer de todo o mês de julho, além dos acordos operacionais para a operação de aeronaves modelo Boeing 737-800 e Airbus A320 e mais duas frequências para Recife (PE).

Obras de infra-estrutura
Desde de março, o Aeroporto de Juazeiro do Norte passa por obras de reforço estrutural da capacidade de carga do pátio. Com investimentos na ordem de R$ 2,6 milhões, atualmente, os trabalhos estão no final da segunda e última etapa, com previsão de término no final de agosto para operação.

A obra tem importância para a continuidade do crescimento contínuo do aeroporto, que após a requalificação do pátio, poderá operar sem restrições e necessidade de validade de Acordo Operacional para as aeronaves A320 e B737-800.

Fonte: G1

Curta nossa página no Facebook


Eleições 2018: Camilo é líder absoluto e venceria a disputa para o governo do Estado no 1º turno com larga vantagem

O governador Camilo Santana (PT), se as eleições fossem hoje, seria reeleito no primeiro turno da disputa, cuja votação acontece no dia 7 de outubro próximo. A afirmação está nos números apresentados pelo Ibope, na primeira pesquisa sobre a sucessão estadual, a eleição de dois senadores pelo Ceará, assim como a manifestação dos eleitores cearenses sobre os candidatos à Presidência da República. A pesquisa foi contratada pela TV Verdes Mares, que, como o Diário do Nordeste, integra o Sistema Verdes Mares. Foram entrevistados 1.204 eleitores entre os dias 13 e 15 últimos.

Na disputa pela Presidência da República, o Ibope fez um cenário com Lula sendo o nome do PT e outro com Fernando Haddad. Os percentuais que surgem nos dois momentos são bem diferentes em relação a Ciro Gomes (PDT). Lula teria uma expressiva votação no Ceará, ficando Ciro em segundo lugar com uma grande diferença. Com Haddad, Ciro assume a liderança, ficando Jair Bolsonaro (PSL) na segunda posição. Quanto ao Senado, Cid Gomes (PDT) tem 55% das intenções e Eunício Oliveira (MDB), 37%. Os demais estão em posições bem inferiores (veja tabelas abaixo).

Na primeira pergunta feita sobre os candidatos a governador, os entrevistadores do Ibope não indicaram nomes e perguntaram em quem os eleitores votariam para governador, a chamada "espontânea". O nome do governador Camilo foi citado por 22% dos entrevistados. 1% dos eleitores apontaram o nome do General Theophilo (PSDB). Nenhum outro nome foi lembrado. Na segunda indagação, quando aos eleitores é apresentada a relação de candidatos "estimulada" e perguntado em quem eles votariam, a primeira tabela desta página registra Camilo Santana (PT) com 64% das intenções de voto, contra 4% do General Theophilo (PSDB), 2% para Ailton Lopes (PSOL), Dr. Hélio Góis (PSL) e Francisco Gonzaga (PSTU). Mikaelton Carantino (PCO) não teve pontuação.

Camilo Santana é o menos rejeitado de todos os candidatos ao Governo do Ceará. A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral e no Tribunal Superior Eleitoral. A margem de erro é de 3 pontos percentuais, para mais ou para menos, com o nível de confiança de 95%.

Fonte: Diário do Nordeste

Curta nossa página no Facebook

17 de agosto

1945 – É publicado o livro Animal Farm, de George Orwell.
1960 – O Gabão torna-se independente da França.
1962 – Ao tentar cruzar o Muro de Berlim, Peter Fechter, de 18 anos, é morto, tornando-se uma das primeiras vítimas dos guardas de fronteira da Alemanha Oriental.

Nasceram neste dia…
1601 – Pierre de Fermat, matemático francês (m. 1665).
1906 – Marcello Caetano, político português (m. 1980).
1943 – Robert De Niro, ator estadunidense.

Morreram neste dia…
1850 – José de San Martín, militar argentino (n. 1778).
1987 – Rudolf Hess, político alemão (n. 1894).
1987 – Carlos Drummond de Andrade (foto), poeta, contista e cronista brasileiro (n. 1902).

Fonte: Wikipédia

Addthis