Bebês cearenses terão emissão do CPF junto com certidão de nascimento em 2016

A partir do dia 2 de janeiro de 2016, os cartórios do Ceará e algumas maternidades vão acrescentar o CPF na Certidão de Nascimento dos bebês. De acordo com a Associação Cearense dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen-Ce), a iniciativa já é adotada em cidades como São Paulo e Rio de Janeiro.

Para o presidente do órgão, Jaime Araripe, a novidade vai reduzir as burocracias e facilitar outros procedimentos. Em Fortaleza, 10 maternidades irão disponibilizar o serviço. A expectativa é expandir também para as unidades do interior do estado.

Todos os cartórios de registro civil que se habilitarem estarão prestando esse serviço. E em todas as maternidades onde existem postos de registro de nascimento também estarão prestando esse serviço.

Fonte: Tribuna do Ceará

Curta nossa página no Facebook



Juazeiro do Norte (CE): Universitária morre ao colidir moto contra cerca de arame

A universitária Fernanda Patrícia Gonçalves do Nascimento, de 24 anos, morreu na noite deste sábado (05) vítima de acidente de trânsito ao bater a motocicleta em que trafegava em uma cerca de arame farpado. Segundo testemunhas, a jovem teria perdido o controle da moto ao tentar fazer uma conversão.

Patrícia sofreu ferimentos no pescoço ao cair do veículo e teve morte imediata. O acidente aconteceu na Avenida Ailton Gomes, nas proximidades da Faculdade onde a vítima estudava, no bairro Planalto.

ANDRÉ COSTA
COLABORADOR

Fonte: Diário do Nordeste

Curta nossa página no Facebook



Tem medo de avião? Saiba o que os pilotos nunca vão contar para você

Medo ou receio de voar de avião é muito comum, até em quem não se assume de fato um medroso. Afinal, é inegável que as instabilidades provocadas pelos gigantescos pássaros de ferro nos dão calafrios; a sensação de impotência em um eventual acidente é latente também. E, mesmo com todo esse tabu, algumas coisas os pilotos e comissários não contam para você – justamente para que não te dê mais medo ainda.

Usuários da rede social "Quora", site usado para perguntas e respostas específicas dentro de uma comunidade, sabatinaram o americano Paul Cox, piloto e controlador de tráfego aéreo na Federação de Aviação dos Estados Unidos, e perguntaram quais os principais fatos omitidos por quem vive o dia-a-dia nos ares. Confira:

Às vezes, os aviões têm falhas e ninguém fica sabendo 
Apesar do fato de nós tentarmos pensar que as aeronaves são meios de transporte muito seguros – e que, consequentemente, falham muito pouco – os aviões apresentam uma série de falhas relativamente comuns, como queda de energia do cockpit, problemas na bateria e até mesmo situações nas quais a rota é finalizada com apenas metade dos motores funcionando.

Na maioria dos casos, no entanto, essas falhas são consertadas antes da decolagem, ou a tempo de aterrissar. Ufa!

O pouso pode ser irregular ou brusco de propósito 
Praticamente todos os pilotos já passaram por uma aterrisagem irregular em algum momento da vida, mas isso não é sempre culpa de erros de cálculo, não. Há momentos em que um pouso brusco é necessário: quando, por exemplo, está chovendo. Nessas situações, a aeronave precisa aterrissar forte o suficiente para quebrar a resistência da lâmina d'água na pista.

Entretanto, uma estatística dá aval para que tenhamos receio no momento do pouso: quase 50% dos acidentes e fatalidades registrados em aviões acontecem nessa hora. Todo cuidado é pouco.

Alguns pilotos dormem durante o voo
É preocupante pensar que o piloto de um avião está sonolento, ou até dormindo, mas é algo relativamente comum. Em 2012, uma pesquisa divulgada na imprensa inglesa afirmou que quase metade dos pilotos admitiu ter caído no sono no cockpit em algum momento da carreira.

Apesar de não ser uma informação tão animadora, existem situações nas quais eles de fato podem dormir e tirar pausas para descanso. É para isso que o copiloto está lá.

"Geralmente, voos com menos de 10h30 necessitam somente de dois pilotos. Para viagens mais longas, pilotos extras realizam um turno para que cada um tenha a oportunidade de dormir e descansar", explica o capitão Piers Applegarth, da Associação de Pilotos Britânicos (BALPA), em entrevista ao Daily Mail.

Voos são mais tranquilos pela manhã 
Se você tem medo de turbulência, os voos matinais são sem dúvida a melhor escolha. A maioria das tempestades são registradas no período da tarde. O início da noite também é mais calmo, geralmente.

Um clima mais fresco ajuda a estabilidade da aeronave, uma vez que o movimento do ar quente proveniente do solo faz o voo e o pouso serem mais estáveis.

Por segurança, os pilotos têm refeições diferentes 
Caso alguma coisa esteja errada com a comida do avião, o risco dos DOIS pilotos passarem mal é uma hipótese que ninguém quer considerar, não é mesmo? Justamente por isso é bastante comum que eles não façam a mesma refeição. Muitas vezes, há um cardápio especializado para todos os integrantes da tripulação, ou os próprios profissionais trazem os seus respectivos alimentos. Aposto que você nunca pensou nisso.

É inevitável: todo avião, um dia, será atingido por um raio 
Está cada vez mais comum ver por aí alguns vídeos de raios atingindo aviões durante voos, aterrissagens ou até quando o veículo está parado, no aeroporto. Estatisticamente, cada aeronave é atingida por um raio uma vez por ano. Felizmente, na maioria das situações a descarga pouco danifica a estrutura.

As máscaras de emergência têm somente 15 minutos de oxigênio 
Em uma situação crítica, as máscaras de oxigênio cairão sobre os assentos – e você sabe muito bem como colocá-las e que deverá ajudar quem mais precisa; como gestantes, idosos, crianças ou quem estiver com dificuldades, certo? Isso os comissários deixam bastante claro antes de cada decolagem, mas ninguém te conta o fato de que as máscaras possuem só 15 minutos de oxigênio disponível.

No entanto, pode ficar tranquilo quanto a isso: esse é o tempo suficiente para os pilotos diminuírem a altitude do avião até um ponto em que você não precise mais de ajuda para respirar.

Fonte: Yahoo!

Curta nossa página no Facebook



Morre aos 72 anos a atriz Marília Pêra


A atriz Marília Pêra morreu às 6h deste sábado (5), em sua casa no Rio de Janeiro, aos 72 anos. A atriz se tratou recentemente de um desgaste ósseo na região lombar, que a fez se afastar da TV e dos palcos por um ano. Segundo informações divulgadas pela GloboNews, Marília lutava contra o câncer, que atingia ossos e pulmão. O velório começa às 13h no Teatro Leblon, na Sala Marília Pêra.

Ex-cunhado de Marília Pêra, o produtor e compositor Guto Graça Mello – irmão de Paulo Graça Mello, primeiro marido da atriz – recebeu a notícia da morte da atriz às 7h deste sábado pelo filho dela, Ricardo Graça Mello. "Ele mal conseguia falar, só disse: 'Tio, minha mãe morreu, eu não estou aguentando", contou Guto.

Ele lembrou que Marília já estava muito doente havia bastante tempo, e ele e a mulher, Sylvia Massari, acompanhavam a evolução do quadro de saúde dela. "Tentamos fazer alguma coisa, mas ela não estava querendo ver ninguém", afirmou.

Além de atuar, Marília era cantora, bailarina, diretora, produtora e coreógrafa. Ao longo de sua carreira, fez mais de 50 peças de teatro, 30 filmes e 40 novelas, programas de TV e minisséries, a última delas "Pé na Cova", de Miguel Falabella, na Rede Globo.

Recentemente, a jornalista Hildegard Angel noticiou em seu blog que Marília estava com câncer. De acordo com ela, a saúde da atriz inspirava "cuidados extremos" e estava respirando com ajuda de um balão de oxigênio. A informação foi negada por familiares, que admitiram apenas que Marília estaria se recuperando em casa de um desgaste no fêmur, doença que a afastou do seriado "Pé na Cova", em 2014.

Marília retornou ao seriado "Pé na Cova" este ano e atualmente dirigia um espetáculo teatral sobre a atriz americana Marilyn Monroe, interpretada por Danielle Winits.

Dama do teatro brasileiro
Filha dos atores Manuel Pêra e Dinorah Marzullo, Marília Pêra pisou no palco de um teatro pela primeira vez aos quatro anos de idade, ao lado dos pais. Dos 14 aos 21 anos atuou como bailarina e participou de musicais e revistas, entre eles, uma versão de "My Fair Lady" protagonizado por Bibi Ferreira em 1962. Fez 28 filmes, entre novelas e minissérie foram 38, mas foi no teatro sua maior produção na carreira: aproximadamente 56 espetáculos, entre dramas, comédias e musicais.
Famosa por suas interpretações de personalidades como a soprano Maria Callas, a cantora Dalva de Oliveira e a estilista Coco Chanel no teatro, Marília se especializou no papel de Carmem Miranda, a quem interpretou cinco vezes.

A primeira foi em "O Teu Cabelo Não Nega" (1963), uma biografia de Lamartine Babo. Depois no espetáculo "A Pequena Notável" (1966); "A Tribute to Carmen Miranda", no Lincoln Center, em Nova York (1975), dirigido por Nelson Motta (que também foi seu marido); "A Pêra da Carmem", em 1986 e em 1995; e o musical "Marília Pêra canta Carmen Miranda" (2005), dirigido por Maurício Sherman.

Sua interpretação de "Mademoiselle Chanel" também foi muito elogiada pela crítica, inclusive a francesa. A atriz se apresentou em Paris de 24 de junho a 2 de julho de 2005 e, segundo reportagem do jornal "O Estado de S.Paulo", foi aplaudida de pé pelos parisienses em todas suas apresentações, em português com legenda em francês.

Seus dotes de cantora também eram notáveis fora do teatro musical. Em 1964, Marília derrotou ninguém menos que Elis Regina em um teste para o musical "Como Vencer na Vida sem Fazer Força". "Minha voz não era melhor do que a da Elis, mas eu tinha experiência. No mundo, nunca vi ninguém cantando como ela."

TV e cinema
Marília Pêra estreou na TV em 1965, na novela "A Moreninha". No entanto, seu primeiro grande sucesso na teledramaturgia foi "Beto Rockefeller" (1968), em que contracenou com o ator Luís Gustavo. Seus papeis de maior destaque depois disso foram nas comédias do horário das 19h.

O primeiro deles foi Rafaela Alvaray, em "Brega & Chique", trama de Cassiano Gabus Mendes que foi ao ar em 1987. No folhetim, Marília interpretava uma perua que, após a morte do marido, tem de abdicar do luxo e viver em um subúrbio vendendo marmitas.

Três anos depois, de volta ao horário das 19h como protagonista de "Lua Cheia de Amor", no papel de Genu, uma feirante que batalha para dar aos filhos todas as oportunidades que não teve, mas que sofre com o desprezo deles, já que também é bastante simplória. Em 2006, volta em "Cobras & Lagartos", de João Emanoel Carneiro, no papel de Milu, uma trambiqueira.

O mais recente trabalho de Marília na TV foi como a perua Darlene, a ex-mulher de Ruço (Miguel Falabella) no seriado "Pé Na Cova". A parceria com o ator e diretor começou em 2010, com a série "A Vida Alheia", em que Marília interpretava Catarina Faissol, a implacável dona de uma revista de celebridades homônima. Um ano depois, ela interpretou a vilã Maruschka, na novela "Aquele Beijo", também escrita por Falabella. Em 2013, os dois contracenaram no musical "Alô, Dolly", que foi um grande sucesso de público.

Embora tenha tido uma carreira bastante prolífica no cinema nacional (fez cerca de 30 filmes), seus trabalhos mais marcantes foram "Tieta do Agreste", em que interpretava a amargurada Perpétua; "Central do Brasil", que foi indicado ao Oscar de melhor filme estrangeiro em 1998; e o aclamado "Pixote: a Lei do Mais Fraco", do diretor Hector Babenco, indicado ao Globo de Ouro de 1968.

Fora do palco Marília Pêra se casou pela primeira vez aos 17 anos, com o primeiro homem a beijá-la, o músico Paulo da Graça Mello, morto num acidente de carro em 1969. Da união, nasceu o também ator Ricardo Graça Mello, com quem Marília contracenou em "Pé na Cova". Mais tarde, foi casada com o ator Paulo Villaça, parceiro em "Fala Baixo Senão Eu Grito", e com Nelson Motta, com quem teve as filhas Esperança e Nina.

Nos anos 1960, chegou a ser presa durante a apresentação da peça "Roda Viva" (1968), de Chico Buarque, e obrigada a correr nua por um corredor polonês. Considerada comunista, foi presa uma segunda vez quando policias invadiram sua residência, assustando a todos, inclusive o filho de sete anos, que dormia. Em 1989, no entanto, declarou na TV seu apoio ao então candidato Fernando Collor de Melo.

Sobre a morte, em entrevista ao jornal "O Globo", em dezembro de 2012, falou sobre como a perda de seus amigos a deixava impressionada. "A morte... Uma coisa tem me abalado muitíssimo no último mês. (...) Essa coisa louca que foi morrer Marcos Paulo e Alcione Araújo. Vou para o cemitério, vejo meus amigos naqueles caixões, depois vou para "Pé na Cova", em que eu e Miguel somos donos de uma funerária. Havia cenas com caixões, os figurantes deitados, e a gente ali, com aquele texto iconoclasta falando dos mortos. É uma consciência da presença da morte, muita tristeza por causa dos amigos, mas com muito bom humor por causa do Miguel. Uma loucura. Mas é interessante."

Fonte: UOL

Curta nossa página no Facebook




Índice de homicídios cai 32% durante o mês de novembro no Cariri

A Área Integrada de Segurança 11 (AIS 11), que compreende os municípios da Região do Cariri, registrou uma redução de 32% no índice de homicídios durante o mês de novembro. Em 2015 foram registrados 21 crimes contra a vida, sendo que no ano passado foram contabilizados 31 crimes dessa natureza.

Seguindo as Diretrizes Operacionais do comandante do 2º BPM, Major Paulo Hermann Fernandes Macedo, o efetivo policial militar que atua na AIS 11 tem realizado diferentes ações de segurança para combater a criminalidade na Região do Cariri.

De acordo com o oficial, a realização de abordagens, blitz, barreiras e saturações é uma dinâmica de atuação que tem contribuído para a redução dos homicídios, uma vez que os esforços para salvar vidas tem sido uma das prioridades do comando.

ELIZÂNGELA SANTOS
REPÓRTER

Fonte: Diário do Nordeste 

Curta nossa página no Facebook



Crise econômica faz cachês de cantores despencarem


A crise econômica que atinge o país também chegou aos cachês de cantores mais requisitados da música brasileira. O colunista Leo Dias, do Jornal O Dia, entrevistou alguns empresários e, segundo eles, a queda dos valores cobrados ficou em torno de 30%, em relação ao ano passado.

O impacto também está relacionado com o gênero musical. As estrelas nacionais da axé music foram as mais afetadas. Nem Ivete Sangalo, que tem uma das imagens mais requisitadas do mercado, escapou. A contratação de seu show caiu 25%, de R$ 400 mil (2014) para R$ 300 mil (2015).

Para Claudia Leitte foi ainda pior. O show da loira saiu de R$ 280 mil (2014) para R$ 150 mil (2015). Uma queda de 46% do valor.

Os artistas do mundo sertanejo foram os que menos sofreram o impacto da crise. Luan Santana segue cobrando o mesmo valor: R$ 300 mil. Já a dupla Jorge & Mateus resolveram reduzir o valor em 20%, porém o cachê ainda continua entre os mais altos. Eles reduziram de 500 mil (2014) para 400 mil (2015).

O forrozeiro Wesley Safadão, por sua vez, chegou a aumentar o valor do cachê. Em 2014, ele cobrava R$ 350 mil. Este ano, quem quiser contratar o cantor terá que desembolsar R$ 500 mil.

Confira a lista dos cachês de alguns cantores:
  • Ivete Sangalo: 400 mil (2014) - 300 mil (2015)
  • Claudia Leitte: 280 mil (2014) - 150 mil (2015)
  • Thiaguinho: 150 mil (2014) - 80 mil (2015)
  • Anitta: 100 mil (2014) - 70 mil (2015)
  • Ludmilla: 80 mil (2014) - 50 mil (2015)
  • Jorge & Mateus: 500 mil (2014) - 400 mil (2015)
  • Wesley Safadão: 350 mil (2014) - 500 mil (2015)
  • Luan Santana: 300 mil (2014) - 300 mil (2015)
Fonte: A Tarde

Curta nossa página no Facebook



Servidor estadual ficará sem reajuste em janeiro

Os servidores ativos, inativos e pensionistas do Estado do Ceará, do Legislativo, do Executivo e do Judiciário, não terão, em janeiro, como nos últimos anos, qualquer alteração em seus contracheques. Isto é, não haverá correção, e muito menos majoração salarial, embora a inflação beire a casa dos 10%. Os militares são exceção por conta das promoções que acontecerão nos próximos dias.

Hoje, o erário estadual só suporta o pagamento da folha de dezembro com a segunda parcela do décimo terceiro salário. O secretário da Fazenda, Mauro Filho, porém, tranquiliza quanto ao cumprimento do calendário de desembolso do pessoal, no início do ano, obedecendo os mesmos valores de dezembro.

Embora uma decisão do governador Camilo Santana, do início deste ano, tenha motivado uma redução de certa forma expressiva no número de trabalhadores com cargos comissionados, o custo da folha, em 2015, cresceu 10%, podendo ultrapassar o total de R$ 9 bilhões, ameaçando o limite prudencial definido pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), um limitador rígido de gastos com pessoal em todos os setores da administração pública.

Em razão da inflação de 2014, o Estado majorou em 6,45% a remuneração de todos os seus trabalhadores. No ano anterior o percentual acrescido no contracheque dos servidores foi de 5,7%. Hoje o salário mínimo pago pela administração estadual é de R$ 813,51 e terá que ser revisto para, pelo menos ficar igual ao definido na área da administração federal.

Lei específica
Os desembolsos com a classe trabalhadora pública passam a ter um controle mais efetivo do Executivo, a partir da emenda constitucional aprovada na última semana, impedindo, na sua abrangência, qualquer gasto extra, pelos entes integrantes dos Poderes, com gratificações ou benefícios outros, sem a existência de uma lei específica.

Além de conter o próprio Executivo, a norma atinge além do Legislativo e do Judiciário, o Ministério Público e a Defensoria Pública. Outro campo atacado com as medidas legislativas é o da Previdência onde o Governo, neste ano, já registra um rombo superior a R$ 1 bilhão.

Os depósitos judiciais de que o Governo Camilo pretende fazer uso, vencida a questão judicial na órbita do Supremo Tribunal Federal, apontado como uma saída para reduzir o prejuízo do Sistema Previdenciário, poderão ser de fato úteis, ao Estado, na solução de problemas legais reclamados pela Lei de Responsabilidade Fiscal. Eles servirão para aumentar o volume da Receita Corrente Líquida cambaleada pelo fato do crescimento das despesas com pessoal, já mencionada, e a queda da arrecadação.

O Orçamento deste ano prevê uma arrecadação de R$ 23,5 bilhões. Não chegará lá. Possivelmente amargará um déficit de 10%, tendo em vista ter amealhado, oficialmente, até o último dia de outubro, apenas R$ 16,6 bilhões, correspondendo a 70% do estimado. Ressalte-se, porém, não ter sido por sua culpa o registro do tal déficit.

Em termos absolutos até que foram cumpridas as metas da arrecadação própria do tesouro, a partir do ICMS, nocauteada pelo elevado índice da inflação. Se aquele subiu pouco mais de 6%, esta se aproxima dos 10%, mais que anulando o esforço empreendido.

Valores
A União não cumpriu com nenhum dos seus compromissos com o Ceará, em termos de liberação total dose recursos voluntários. O FPE ficou aquém do previsto. E as transferências voluntárias, incluindo aquelas fruto dos convênios anteriormente assinados deixaram muito mais ainda a desejar. Para o setor de saúde, a expectativa era a de o Governo Federal liberar, em 2015, R$ 707 milhões. Até agora só chegou ao Ceará R$ 387 milhões.

Sequer, a União avalizou os pedidos de empréstimos que Camilo pretendia firmar com organismos internacionais para investimentos da infraestrutura do Estado. O governador, hoje, só pode destacar a posição do Ceará entre o 3º e o 4º do País com maior investimento por estar aplicando recursos negociados ainda pelo seu antecessor.

São vários os setores da administração estadual que chegam ao fim do ano sem cumprirem suas metas, exatamente pela falta de recursos. Praticamente só Educação, Saúde e Segurança estão gastando os valores previstos no Orçamento geral.

A Ciência e Tecnologia, a Gestão Ambiental, a Agricultura e a própria Cultura, um dos destaques da campanha eleitoral, estão longe de aplicarem as dotações orçamentárias previstas para este ano. E, por certo, não deva ser por incompetência dos seus gestores.

Expectativa
O Orçamento para 2016 será aprovado, nos próximos dias, como o Governo propôs à Assembleia. As tentativas de integrantes do Ministério Público e da Defensoria Pública para garantirem mais recursos, não surtiram efeito. Os interlocutores do Governo admitem a possibilidade de conversarem, sobre suplementação, a partir de março, caso melhore a arrecadação. Mauro Filho, o cuidador do dinheiro do Estado, não demonstra otimismo quanto a melhorias, pelo menos nos três primeiros meses do ano, e está disposto a segurar mais ainda todos os gastos não indispensáveis.

O tesouro estadual, no primeiro semestre de 2015 conseguiu guardar algumas reservas. O secretário ressalta a importância das medidas adotadas pelo governador Camilo Santana, no início da gestão. Essa economia, enfatiza o titular da Fazenda, permitiu dar essa tranquilidade, principalmente para os servidores, o que não tem ocorrido em algumas outras unidades da Federação, incluindo estados até então considerados ricos. Mas essa economia está acabando.

EDISON SILVA
EDITOR DE POLÍTICA

Fonte: Diário do Nordeste

Curta nossa página no Facebook



Professor da UFC elabora questão de exercício fazendo referência a Wesley Safadão


A página do Facebook Citações Célebres da UFC, divulgou na tarde desta sexta-feira, 4, a imagem de uma questão de exercício elaborada por um professor da Universidade Federal do Ceará (UFC), em que faz referência ao cantor Wesley Safadão.  

Jefferson de Carvalho Silva confirmou ao O POVO Online a autoria da questão e contou os motivos que o levaram a adotar o forrozeiro como fonte de inspiração. "Os nossos cursos são todos na área de tecnologia e umas das disciplinas consideradas mais difíceis pelos alunos é a que estou ministrando neste semestre: Fundamentos de Programação. Geralmente as questões tem cunho matemático-lógico (números primos, fatorial, matrizes, etc.). Essa natureza das questões muitas vezes desmotiva o aluno que as encare como um exercício "chato", não enxergando a longo prazo sua grande importância".

O professor explica ainda que as brincadeiras na internet com realização de "memes" usando como referência o cantor, em especial a que diz que ele abrirá o show do Iron Maiden em Fortaleza, inspiraram o docente a usar uma canção da banda de heavy metal, adaptando o trecho "99% anjo e 1% vagabundo" para a questão.    

Jefferson é professor da disciplina de Fundamentos de Programação, do Curso de Design Digital, do Campus Quixadá da UFC. Na imagem, é possível visualizar a foto do cantor e a mensagem que diz: "7 - Implemente a função wesley-safadao que recebe uma data de nascimento (dia, mês e ano) e calcule a porcentagem de anjo e porcentagem de safado de uma pessoa que nasceu na data de entrada, Os cálculos obedecem a seguinte fórmula: safadeza = somatorio (mes)+(ano/100)*(50-dia) anjo = 100 - safadeza".

Ele garante que "a escolha de uma questão cômica serve como um alívio e um momento de descontração em sala de aula, onde todos riem e por sua vez dão mais atenção ao exercício".

A questão soa criativa mas, ao mesmo tempo, incompreensiva para quem não estuda Design Digital. A postagem já conta com mais de 1.500 curtidas e mais de 470 compartilhamentos.

Fonte: O Povo

Curta nossa página no Facebook



Crato (CE): Motorista perde o controle e veículo capota


Um acidente de trânsito assustou moradores do Bairro Seminário, em Crato, na manhã desta sexta-feira (4).

Segundo informações de populares, o motorista de um veículo modelo VW Fox, de cor branca, perdeu o controle e capotou no cruzamento das ruas Coronel Luiz Teixeira com Lavras da Mangabeira.

Imagens enviadas a redação mostram o carro totalmente virado. Segundo moradores, o motorista, que não foi identificado e teve apenas escoriações leves.

Rogério Brito

Fonte: Miséria

Curta nossa página no Facebook



Tamanho do pênis atrai mulheres tanto quanto altura e corpo, diz estudo

A atratividade de um homem depende do trio altura, forma do corpo e tamanho do pênis, segundo pesquisa publicada  na versão online da revista PNAS, nesta segunda-feira (8).

Na pesquisa, o tamanho do pênis teve um efeito mais forte na atratividade em homens mais altos do que nos mais baixos. Houve ainda um aumento semelhante no efeito positivo tanto para o tamanho do pênis quanto para a forma corporal mais masculina (com ombros mais largos que os quadris). Um pênis maior teve praticamente o mesmo efeito positivo na atração feminina do que um homem mais alto.

Brian Mautz, da Universidade Nacional da Austrália, perguntou-se como o tamanho do pênis interage com traços do corpo que geralmente são considerados atraentes e resolveu fazer a pesquisa.

Usando dados de um grande estudo com homens italianos, os pesquisadores criaram 343 figuras masculinas geradas por computador que variavam de tamanho do pênis, bem como de altura e relação entre ombro e quadril --traços que outras pesquisas já haviam ligado à atratividade e sucesso reprodutivo.

Mautz e sua equipe transformaram as figuras em vídeos curtos e os projetaram, em tamanho real, em uma parede para visualização por 105 mulheres. Cada mulher assistiu a um conjunto aleatório de 53 vídeos e avaliaram a atratividade como potenciais parceiros sexuais em uma escala de 1 a 7.

"A primeira coisa que descobrimos foi que o tamanho do pênis influencia atratividade masculina", diz Mautz. "Há algumas ressalvas a isso, e a primeira é que a relação não é uma linha reta." Ao contrário do que se podia imaginar, que a atratividade aumentaria sempre de acordo com o tamanho do pênis, a equipe descobriu que a atração aumenta rapidamente até o comprimento do pênis flácido de 7,6 centímetros e, então, começa a desacelerar.

O motivo, Mautz diz, é que o tamanho do pênis não é a única característica que conta. Se um dos homens era alto e com um corpo masculino, com o torso em forma de V, com ombros largos e quadris mais estreitos, por exemplo, ele era considerado mais atrativo do que outros mais baixos e atarracados, independentemente do tamanho do pênis.

Um aumento no tamanho do pênis é mais benéfico para os mais altos do que para os mais baixos e com corpo em formato de batata. Por exemplo, um modelo de 1,85 m de altura com pênis de 7 cm de comprimento teve uma pontuação média para atratividade. Para obter essa mesma pontuação, um modelo de 1,7 m precisava de um pênis de cerca de 11 cm de comprimento. Aumente o pênis do mais alto em apenas alguns centímetros que o mais baixo precisa dobrar o tamanho do pênis para manter o mesmo resultado. Em um ponto, os mais baixos não podem mais competir.

Uma das hipóteses para a preferência feminina pelo tamanho maior do órgão sexual masculino pode ser porque eles estão ligados a taxas mais altas de orgasmo feminino e satisfação sexual, o que também explicaria por que o pênis humano é proporcionalmente maior do que os dos nossos primos evolutivos.

Mesmo assim, o estudo conclui que para realmente colher os benefícios de um pênis grande, o homem precisa ser atraente em primeiro lugar. "Se ele não é, nem mesmo o maior pênis do mundo vai lhe fazer muito bem", diz o pesquisador.

Fonte: UOL

Curta nossa página no Facebook



Barbalha (CE): Homem morre após acidente entre motos


Um acidente envolvendo dois motociclistas culminou com a morte de Jocivan dos Santos Silva, 31 anos. A colisão aconteceu na manhã desta sexta-feira (4) na Zona Rural de Barbalha.

Jocivan fazia o trajeto entre os sítios Estrela e Lagoa. No momento em que fazia o retorno foi colhido por Miguel Saraiva Maciel que estava no mesmo sentido quando aconteceu a colisão. Segundo testemunhas, Miguel empreendia alta velocidade em sua moto quando acertou em cheio Jocivan que faleceu no local do acidente.

Miguel Saraiva Maciel foi encaminhado para o Hospital Regional do Cariri com várias escoriações pelo corpo e passa bem.

João Boaventura Neto

Fonte: Miséria

Curta nossa página no Facebook



A agricultura pode ser “responsável” por diversas doenças modernas

Um dos momentos que definiu a humanidade ao longo da história foi o desenvolvimento da agricultura em detrimento do estilo de vida nômade dos caçadores que vieram antes. Muitos estudiosos acreditam que essa mudança é uma das grandes responsáveis por toda a evolução do homem desde então.

No entanto, alguns pesquisadores acreditam que isso pode ter tido também um aspecto bastante negativo na forma como os nossos corpos se adaptaram a esse novo estilo ao longo do tempo. De acordo com cientistas da Autoridade em Antiguidades de Israel, da Universidade de Dublin e da Universidade Estadual de Nova York em Buffalo, nossos dentes e mandíbulas foram os primeiros a sofrerem com essa mudança.

Comparando cerca de 300 ossadas que remontam de um período entre 6 e 28 mil anos atrás, eles perceberam que a dentição dos membros de tibos nômades da época anterior a 12 mil anos atrás tinha uma excelente oclusão (o encaixe dos dentes superiores e inferiores). A partir do momento em que a agricultura começou a se tornar o modo de vida mais comum, a mandíbula humana alterou sua forma e tamanho, o que hoje se reflete no nascimento de dentes tortos, má oclusão e outros problemas semelhantes.

Uma dieta à base de carne e vegetais crus necessitava de uma mordida mais poderosa, mas a partir do momento em que passamos comer alimentos cozidos, isso não foi mais necessário. Nosso corpo começou a diminuir nossa mandíbula para compensar esse efeito, mas o tamanho dos dentes não acompanhou essa redução de forma proporcional.

Ossos do ofício
Mais ou menos na mesma época nossos ossos começaram a mudar também, se adaptando a um estilo de vida mais estacionário. Eles anteriormente eram bastante compactos, para resistir aos hábitos de caçada intensos, mas passaram a ser mais leves e compridos conforme a agricultura florescia, e por consequência se tornaram mais frágeis e quebradiços também, o que explica diversas doenças ósseas como artrite, artrose, osteoporose, etc.

As estruturas que formam as juntas entre os ossos também foram analisadas e os pesquisadores concluíram que, em comparação com nossos ancestrais caçadores, esses pontos também são muito mais fracos hoje do que naquela época. Basicamente, a partir do momento em que a agricultura se tornou a escolha da maior parte da população, os resultados biológicos internos e externos foram devastadores.

Assim que grandes grupos começaram a se estabelecer em uma mesma área, doenças se proliferaram de forma muito mais rápida, principalmente pelo fato de não haver saneamento básico e nem a noção de higiene pessoal que temos hoje. Hoje, no entanto, a parcela da população mundial que se dedica à agricultura é muito menor, mas o sedentarismo se tornou ainda mais acentuado.

Muitos de nós passam o dia inteiro sentados em escritórios, fazendo refeições com pouco ou nenhum valor nutricional, praticando atividades físicas esporadicamente e tendo ciclos de sono irregulares. Se a história se repetir, o organismo dos seres humanos daqui a mais alguns milhares de anos pode ser muito inferior ao que já foi um dia, quando vagávamos pela Terra em uma luta diária para conseguir alimento.

Fonte: Mega Curioso (Via Knowledge Nuts/Debra Kelly)

Curta nossa página no Facebook



Juazeiro do Norte (CE): Mudanças no trânsito em principal rua do comércio melhora tráfego

A eliminação no estacionamento de veículos em dois quarteirões centrais da Rua São Pedro em Juazeiro do Norte ainda repercute de forma positiva, principalmente no momento em que se verifica uma movimentação maior de pedestres nas compras para as festividades de Natal e fim de ano. Para o presidente do Sindilojas (Sindicato dos Lojistas), Francisco Alberto Bezerra, o Chico Alberto.

Ele aproveitou para dirigir apelos em torno de novos estudos pelo Departamento de Engenharia de Trânsito do Demutran que possam resultar noutras melhorias em nome do fluxo melhor de veículos e pessoas. O dirigente classista cita outros trechos estreitos na área central como na Rua São Paulo, por exemplo, que carecem de medidas mais enérgicas no sentido de um melhor ordenamento.

Na opinião de Chico Alberto, sem carros e motos estacionados na Rua São Pedro entre as ruas São Francisco e Santa Luzia, o movimento ficou mais tranqüilo e seguro beneficiando, principalmente os pedestres. Para ele, estão surgindo muitos estacionamentos privativos e isso vai ajudar. Citou o futuro Anel Viário que está com obras em andamento e vai desafogar mais o fluxo de veículos no centro de Juazeiro. O mesmo elogiou ainda os esforços de Raimundão quanto a melhoria da malha viária do município.

Assessoria de Imprensa/PMJN

Curta nossa página no Facebook



Barbalha (CE): 3ª Vara fará audiências concentradas no próximo dia 11

O juiz Renato Esmeraldo Paes, titular da 3ª Vara da Comarca de Barbalha, designou para a sexta-feira (11/12), às 10h, a realização de audiências concentradas na Casa de Acolhimento Noales Filgueiras Duarte. O objetivo é reavaliar a situação de crianças e adolescentes inseridos em programa de acolhimento no referido município.

De acordo com o magistrado, será verificada a possibilidade de reintegração familiar ou acolhimento de menores em família substituta. Para isso, a referida entidade enviará à Vara a relação dos acolhidos com relatório circunstanciado da situação de cada um.

Também será providenciada a intimação prévia dos pais ou parentes do acolhido, que com eles mantenham vínculos de afinidade e afetividade, para participar das reuniões. Além disso, o Ministério Público do Ceará e a Defensoria Pública serão intimados para comparecer às sessões, assim como representantes do Conselho Tutelar, Secretaria de Saúde, Assistência Social, Educação e outros profissionais que atuam na área.

A iniciativa considera o Provimento nº 32/2013 da Corregedoria Nacional de Justiça, que dispõe sobre a realização semestral de audiências concentradas. No caso de Barbalha, as sessões serão referentes ao segundo semestre de 2015. A medida consta na Portaria nº 12/2014, publicada no Diário da Justiça do último dia 27.

Fonte: TJ-CE

Curta nossa página no Facebook

Crato (CE): Cidade será beneficiada pelo projeto “Fortalecendo minha comunidade”

O Crato foi um dos 18 municípios cearenses contemplados com o projeto do Governo do Estado “Fortalecendo minha comunidade”, que consiste em ações de apoio às iniciativas de organizações não governamentais – ONG´s, associações e entidades que desenvolvam trabalhos comunitários ou apresentem potenciais nessa perspectiva da promoção de cidadania e prevenção ao uso de drogas. O projeto é executado pela Secretaria Especial de Políticas sobre Drogas (SPD), em parceria com a ONG Luzia Lopes Gadelha e os municípios.

Na manhã da última quinta-feira, 3, a representante da SPD, Alessandra Pimentel de Souza, esteve reunida com técnicas da Secretaria Municipal do Trabalho e Desenvolvimento Social (SMTDS), Geiza Feijó e Cleide Barbosa, onde foram avaliadas as qualificações/habitacionais técnicas para seleção das propostas. Allekson Ramon Cavalcanti, representante da ONG Luzia Lopes Gadelha, participou da reunião.

A representante do Governo Estado disse que o objetivo é levar às cidades do Ceará, projetos que possam estar fortalecendo principalmente a juventude, nos aspectos de proteção contra o uso abusivo de drogas, lícitas e ilícitas. Sobre a parceria com o Crato, Alessandra informou estar avaliando os projetos que se candidataram. “Duas iniciativas foram contempladas, uma delas está relacionada ao esporte, através da Associação de Agricultura Familiar e Empreendedorismo, e a outra é voltada para a cultura pela Associação Comunitária do Sítio Belo Horizonte”, explicou.

ELIZÂNGELA SANTOS
REPÓRTER

Fonte: Diário do Nordeste

Curta nossa página no Facebook



Cerveja deixa homens mais inteligentes, diz pesquisa

Já dizia o cantor pernambucano Chico Science. “Uma cerveja antes do almoço é muito bom para ficar pensando melhor”. Uma pesquisa feita pela Universidade de Illinois, em Chicago, parece comprovar uma parte do verso da música citada acima. Independente da hora do dia, homens que bebem cerveja ficam mais inteligentes.

Os pesquisadores descobriram que, após ingerir algumas cervejas, os homens conseguiram resolver mais jogos de quebra-cabeças, e mais rápido, do que seus oponentes sóbrios, segundo o NY Daily News.  

Os pesquisadores selecionaram um grupo de 40 homens, aos quais foram dadas três palavras. A eles foi delegada a missão de encontrar uma quarta, que fizesse correspondência com as outras três. Por exemplo, a palavra “Queijo” poderia combinar com “Cottage”, “Roquefort” ou “Suíço”.

Eles foram separados em dois grupos iguais. Uma metade bebeu duas tulipas de cerveja (quantidade considerada moderada) e a outra ficou sem nada. O grupo que ingeriu cerveja resolveu 40% mais jogos. Eles também levaram 12 segundos para resolver cada problema, enquanto o grupo que não bebeu gastou 2,5 segundos a mais.

A pesquisa lança uma luz para tentar explicar por que escritores com problema de alcoolismo, como Ernest Hemingway e Charles Bukowski, produziram obras artísticas de grande valor criativo.

Fonte: Exame.com

Curta nossa página no Facebook



“Cunha vai durar menos tempo que o pedido de impeachment de Dilma”

O cientista político Thiago de Aragão, da Arko Advice, dizia, semanas atrás, que o Brasil havia chegado a um ponto onde a certeza do disparate supera a expectativa da normalidade. Nesta quarta, o pedido de impeachment da presidenta Dilma Rousseff, deflagrado pelo presidente Eduardo Cunha no mesmo dia em que o Conselho de Ética mostrava rechaço a sua permanência no cargo pelas denúncias de corrupção, parece ser mais um disparate da política brasileira.

Pergunta. Qual a chance do impeachment prosperar e a Dilma cair?
Resposta. A chance ainda está em aberto. Obviamente, a chance de ocorrer se aproxima, pois o primeiro passo foi dado. O que definirá não é possíveis acordos e lealdades dentro da Câmara, mas a pressão das ruas e da imprensa que levará os deputados a tomarem suas decisões. Essas decisões virão das pressões populares e não das alianças frágeis que foram mal formuladas por esse Governo.

P. Ela tem margem de manobra?
R. A margem de manobra do Governo sempre é oferecer uma maior participação de alguns grupos na máquina estatal. O problema é quando existe 100% de recursos para 300% de demandas. Um presidente com credibilidade compensa a falta de recursos com carisma, com política. A Dilma não, isso gera um rastro de insatisfação que diminui a margem de manobra dela.

P. O que acontece com a política brasileira agora?
R. A política brasileira se volta para um grande tópico em um momento em que temos vários grandes assuntos para resolver. Muita agenda para poucos líderes. A política fica enclausurada na agenda da crise, sem conseguir avançar o básico e o necessário. O impeachment de Dilma não deve ser celebrado nem pela oposição. Se chegamos nesse ponto, significa uma fase difícil para todos.

P. Em quanto tempo se define o impeachment?
R. O impeachment levará meses. Provavelmente seis, sete meses. Existem procedimentos, como a comissão especial e a possibilidade de defesa da presidente, mas existirão debates políticos intensos que consumirão a agenda. Não é um caminho simples. Ninguém ganhará e, se já perdemos um ano afogados na ineficiência e em múltiplas crises, perderemos mais outro.

P. O que acontece com projetos essenciais para a economia no Congresso?
R. Os projetos essenciais na área da economia andarão. Afetados pelo clima de impeachment mandarão. Outros, importantes mas sem grande repercussão, serão penalizados e esquecidos temporariamente. Vejo temas de economia no primeiro nível. Há um consenso de sua importância. O resto, infelizmente virará resto.

P. E Cunha? O que acontece com ele?
R. Cunha durará menos tempo que o processo de impeachment. São coisas separadas. Ele pode ter agido por vingança? Pode. Ele pode ter agido com base na tecnicalidade? Pode também. Não importa. Cunha seguirá um caminho paralelo onde as chances de sobreviver se reduzem. Ele não tem mais margem para negociar com o Governo e já fez o que a oposição queria.

P. Na linha sucessória, caso Dilma saia, é o vice-presidente, Michel Temer, quem deve assumir. A Lava Jato pode embaralhar esse processo de sucessão?
R. Sim, é Temer. Não vejo a Lava Jato embaralhando. O caminho do TSE é um caminho longo, cinza e improvável. Caso Dilma realmente se vá, Temer terminará o Governo.

Fonte: El País

Curta nossa página no Facebook



Crato e Juazeiro do Norte receberão, no próximo sábado (5), o “Arte na Praça”

Crato e Juazeiro do Norte receberão, no próximo sábado (5), o “Arte na Praça”. A ação, promovida pelo Governo do Estado em parceria com o Serviço Social do Comércio Ceará (Sesc-CE) e o apoio das prefeituras, faz parte do Programa para o Desenvolvimento Infantil - Mais Infância Ceará, idealizado pela primeira-dama do Estado, Onélia Maria Leite de Santana.

Segundo a primeira-dama, o Arte na Praça é uma oportunidade de oferecer lazer e cultura para as crianças cearenses, além de estimular o vínculo familiar. “O principal objetivo das ações do Programa Mais Infância, entre elas o Arte na Praça, é promover o desenvolvimento infantil. Brincando e se divertindo as crianças estão se desenvolvendo. Convidamos as famílias cearenses para levarem as crianças para brincar na praça e aproveitar a programação infantil gratuita”, convidou Onélia.

Para a diretora regional do Sesc-CE, Regina Leitão, é muito importante a parceria com o Governo do Estado, através da primeira-dama. "O Sesc trabalha o social e compreende a praça como local de convivência, onde acontecem o lazer, a brincadeira e a confraternização de pais e crianças, das famílias. E está na missão do Sesc trabalhar os locais públicos, principalmente as praças", citou Regina.

A ação está inserida em um dos pilares do Programa Mais Infância, o “Tempo de Brincar”, que foca nos benefícios do jogo infantil para o desenvolvimento físico, cognitivo, emocional das crianças, além do convívio familiar, da socialização e de sua integração à cultura da comunidade. A intenção é construir e revitalizar espaços lúdicos que garantam o direito da criança ao brinquedo e à brincadeira.

A iniciativa vem sendo realizada desde agosto deste ano, no primeiro sábado de cada mês, na Praça Luíza Távora, em Fortaleza. Na capital cearense, além do Governo do Estado e do Sesc, o evento também conta com o apoio da C. Rolim Engenharia. Em outubro, em comemoração ao mês da criança, foram promovidas edições especiais: uma no bairro Seminário, no Crato, no dia 10, e a outra na Praça Luíza Távora, de 9 a 12.

Serviço:
Arte na Praça
Data: 5 de dezembro
Horário: a partir das 17h

Crato
Local: Encosta do Seminário, bairro Seminário
Atrações: brinquedos, brincadeiras, pintura em tela, contação de histórias e jogos de recreação

Juazeiro do Norte
Local: Praça dos Romeiros da Matriz - avenida Padre Cícero, 147, Centro
Atrações: brinquedos, brincadeiras, pinturas em tela e no rosto, contação de histórias, apresentações de perna de pau, teatro e musical

Assessoria de Imprensa do Gabinete da Primeira-Dama do Estado

Curta nossa página no Facebook



Cariri: Cinco novos casos de Aids a cada semana

O Ceará está em terceiro lugar, entre os Estados do Nordeste, com maior notificação em casos de AIDS, de acordo com o Ministério da Saúde. No Cariri, a situação é preocupante, segundo o coordenador do Centro de Infectologia desta cidade, Ronildo Alves, a cada semana são registrados cinco novos casos da doença na região. Jovens com idades entre 15 e 24 anos são as principais vítimas. O motivo desse aumento é, principalmente porque "o uso do preservativo foi relegado ao segundo plano entre os jovens", segundo o coordenador.

No Ceará, foram notificados 14.732 casos da doença, no período de 1983 a 2014, segundo o Boletim Epidemiológico publicado pelo Ministério da Saúde, prova de que a epidemia da Aids continua apresentando tendência de crescimento, apesar dos avanços na política de enfrentamento na última década no País.

Apesar de o número ser menor que em Juazeiro do Norte, no Crato, a epidemia ainda é considerada crescente "de dois a três novos casos são registrados semanalmente, um número menor porque o programa no Município é novo e tem uma população inferior à de Juazeiro do Norte", afirma Arlene Bezerra, que é coordenadora do Centro de Infectologia do Município.

Vários fatores contribuem para o aumento das taxas de mortalidade, sendo um dos principais o diagnóstico e o tratamento tardios. Recomenda-se que o acesso ao teste para HIV seja facilitado nas Unidades de Atenção Primária de Saúde, para que possa ser garantido o tratamento no tempo indicado, o que pode impactar na redução da mortalidade, e também na transmissão do HIV na população.

Perspectivas
Se no início da década de 80 a doença era letal, com a falta de conhecimento e a escassez de medicamentos, hoje, com a introdução da terapia retroviral (Tarv) constatou-se um aumento considerável na qualidade de vida dos pacientes.

Durante os cinco anos de vivência com a Aids, Silene Santos, radialista e ativista no movimento HIV positivo, tem lutado para desnaturalizar questões sociais e culturais construídas historicamente. "Estamos numa nova era da epidemia de HIV/Aids. É hora de mudar esta velha história que é contada por aí, de medo, culpa e sofrimento. A Aids, nos dias de hoje, não é mais a dos efeitos colaterais, mas a da melhoria no tratamento com um apenas um único comprimido por dia, da supressão do vírus no organismo para níveis indetectáveis", afirma.

Falar sobre a doença, segundo ela, serve para desmistificar e quebrar preconceitos "Acho que falta falar e explicar que a vida de quem tem HIV não é muito diferente de quem não tem. Isso é muito importante, pois pode fazer diminuir bastante o preconceito e discriminação. Como consequência, fazer o teste de HIV deixa de ser um tabu que cria tanto medo na cabeça das pessoas. Hoje, aprendi que o diagnóstico positivo é difícil, sim, mas não é uma tragédia sem fim. É possível dar a voltar por cima e entender que a história que nos é contada repetidas vezes, a 'oficial', não é a única e está longe de ser a melhor".

Campanha
Dezembro tornou-se o mês vermelho para lembrar a responsabilidade de todos na luta contra o aumento do HIV no Brasil. Em Juazeiro, durante todo o mês, estão previstas ações alusivas ao Dia Mundial da Luta contra a Aids (a data oficial é dia 1º). No decorrer da campanha "Fique Sabendo Faça o Teste de HIV", serão ofertados, em todas as 67 Unidades do Programas Saúde da Família (PSF) de Juazeiro e também no Centro de Infectologia, testes rápidos de HIV. No Crato, essas ações foram realizadas ontem, na Praça Siqueira Campos, e continuam na unidade do Serviço Social do Comércio (Sesc) do Município.

Mais informações
Centro de Infectologia de Juazeiro do Norte 
Rua Dom Pedro II, 1769
Bairro: Franciscanos
Telefone: (88) 3572-8382

Centro de Infectologia do Crato
Rua José Carvalho, 370, Centro

CLARA KARIMAI
COLABORADORA

Fonte: Diário do Nordeste

Curta nossa página no Facebook



Cidadãos comuns poderão processar Eduardo Cunha, diz ministro da Justiça

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, é o principal articulador da estratégia jurídica de defesa da presidente Dilma Rousseff. Na manhã desta 5ª feira (3.dez.2015), detalhou um pouco como será a “judicialização” do caso.

Em entrevista ao Blog e ao UOL (leia na íntegra), Cardozo afirma que haverá “3 vertentes” na defesa a ser feita: 1) a tese do “desvio de poder” por parte de Eduardo Cunha; 2) o questionamento do rito processual adotado dentro da Câmara, inclusive no que diz respeito ao direito de defesa e 3) o mérito da ação de impeachment em si (a tese das pedaladas fiscais em 2015).

No caso do “desvio de poder” trata-se de um conceito jurídico segundo o qual um governante não pode agir de maneira a desviar suas ações para finalidades que não estão estipuladas em lei.

Ao ter reagido ao rompimento anunciado por deputados do PT, o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, teria acolhido o pedido de impeachment apenas por “vingança”, diz Cardozo. O ministro da Justiça, professor de direito, faz até uma comparação curiosa: “A conduta de Eduardo Cunha me lembra muito a de Jânio Quadros”.

Ele se refere ao ex-prefeito de São Paulo Jânio Quadros (1917-1992), que comandou a cidade na década de 1980 e promoveu um aumento do IPTU local em cerca de 2.000%. O então presidente da Associação Comercial, Abram Szajman, liderou um protesto. “Jânio então decidiu desapropriar a casa de Abram Szajman para fazer uma creche ou orfanato –não me lembro exatamente o quê. A Justiça derrubou a medida, pois era um óbvio desvio de poder”, relata Cardozo.

O governo também ficou feliz com a frase proferida ontem pelo advogado Miguel Reale Jr., um dos autores do processo de impeachment acolhido por Eduardo Cunha. “Foi uma chantagem explícita”, disse Reale.

Segundo o ministro da Justiça, ainda não está claro quantas ações serão apresentadas ao Supremo Tribunal federal nem quem exatamente serão os autores. O mais provável é que a maioria seja de iniciativa de políticos e de partidos governistas.

Nos últimos meses, Cardozo recebeu uma série de pareceres de advogados renomados –entre outros, Celso Antônio Bandeira de Mello, Dalmo Dallari, Cláudio Lembo, Fábio Konder Comparato e Gilberto Bercovici. Flávio Caetano, advogado pessoal de Dilma Rousseff, tem acompanhado tudo.

A “judicialização” do impeachment, segundo Cardozo, oferece também a possibilidade de cidadãos comuns questionarem o assunto.

“O crime de desvio de poder está na lei que permite ação popular. [lei 4717, Qualquer cidadão pode processar o presidente da Câmara na primeira instância, pois nesse caso não há a prerrogativa de foro. Creio que isso também possa acontecer”.

[a lei 4717 diz que “o desvio de finalidade se verifica quando o agente pratica o ato visando a fim diverso daquele previsto, explícita ou implicitamente, na regra de competência”].

Essa estratégia pode resultar em uma inundação de processos contra Eduardo Cunha no país inteiro.

Fonte: Blog do Fernando Rodrigues/UOL

Curta nossa página no Facebook



Crato (CE): Sindicato Rural quer o pagamento do Garantia Safra

Os agricultores do município de Crato estão cobrando o pagamento do ‘Garantia Safra’ do Governo Federal. O programa deveria pagar R$850,00 (oitocentos e cinquenta reais) em cinco parcelas para mais de 1600 famílias cratenses cadastradas no programa e que foram afetadas com a perda da lavoura.

De acordo com o secretário do Sindicato dos Trabalhadores Rurais do Crato, Zilcelio Alves, a indefinição quanto ao pagamento do seguro está gerando uma tensão entre os agricultores que estão sem perspectiva de colheita de legumes das lavouras. “Daqui até o governo Federal estão brincado com a situação do trabalhador e trabalhadora da agricultura do Crato.", afirma Zilcelio.

O representante do sindicato diz ainda que já foi percebido que o município está em estado de emergência  e mesmo os laudo que a Ematerce coloca, apresenta números de perdas acima de 60% e mesmo assim o governo não libera o seguro.

"O período para efetuar o pagamento das parcelas do seguro safra por parte dos agricultores está se aproximando. Como é que vamos ter condições de cobrar dos agricultores se quando eles precisão o seguro não é pago?", indagou o secretário Zilcelio.

Ele destaca que recentemente agricultores de todo o estado do Ceará invadiram a sede do governo em Fortaleza. Na ocasião o governo dialogou e prometeu a implementação de políticas de convivência com a seca, mas ele lembra que essas ações são a médio prazo e a situação é emergencial. "Não queremos voltar ao tempo em que os produtores invadiam  os prédio públicos, mas se for preciso, nos faremos.", conclui dizendo que o sindicato não vai ficar de braços cruzados.

Adriano Duarte 

Fonte: Miséria

Curta nossa página no Facebook



Governadores do Nordeste declaram apoio a Dilma e rechaçam impeachment

Um dia após o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), acolher o pedido de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff (PT), os nove governadores do Nordeste, região que mais apoiou o PT nas últimas eleições presidenciais, repudiaram nesta quinta-feira, 3, a decisão do peemedebista. Em nota, eles classificaram a abertura do processo como "absurda tentativa de jogar a nação em tumultos derivados de um indesejado retrocesso institucional".

A nota diz que o processo de afastamento, "por sua excepcionalidade, depende da caracterização de crime de responsabilidade tipificado na Constituição, praticado dolosamente pelo Presidente da República". "Isso inexiste no atual momento brasileiro. Na verdade, a decisão de abrir o tal processo de impeachment decorreu de propósitos puramente pessoais, em claro e evidente desvio de finalidade", afirmam o potiguar Robinson Farias (PSD), o maranhense Flavio Dino (PC do B), o paraibano Ricardo Coutinho (PSB), o cearense Camilo Santana (PT), o baiano Rui Costa (PT), o pernambucano Paulo Câmara (PSB), o piauiense Wellington Dias (PT), o sergipano Jackson Barreto (PMDB) e o alagoano Renan Filho (PMDB).

Os chefes de Executivos estaduais do Nordeste provocaram Cunha e afirmaram que, em vez de "golpismo", "o Brasil precisa de união, diálogo e de decisões capazes de retomar o crescimento econômico com distribuição de renda".

Confira a nota:

"Diante da decisão do Presidente da Câmara dos Deputados de abrir processo de impeachment contra a Exma Presidenta da República, Dilma Rousseff, os Governadores do Nordeste manifestam seu repúdio a essa absurda tentativa de jogar a Nação em tumultos derivados de um indesejado retrocesso institucional. Gerações lutaram para que tivéssemos plena democracia política, com eleições livres e periódicas, que devem ser respeitadas. O processo de impeachment, por sua excepcionalidade, depende da caracterização de crime de responsabilidade tipificado na Constituição, praticado dolosamente pelo Presidente da República. Isso inexiste no atual momento brasileiro. Na verdade, a decisão de abrir o tal processo de impeachment decorreu de propósitos puramente pessoais, em claro e evidente desvio de finalidade. Diante desse panorama, os Governadores do Nordeste anunciam sua posição contrária ao impeachment nos termos apresentados, e estarão mobilizados para que a serenidade e o bom senso prevaleçam. Em vez de golpismos, o Brasil precisa de união, diálogo e de decisões capazes de retomar o crescimento econômico, com distribuição de renda."

Fonte: Estadão Conteúdo

Curta nossa página no Facebook



Barbalha (CE): Prefeitura abre inscrições para concurso público

Estão abertas as inscrições para o concurso público da Prefeitura de Barbalha. Serão oferecidas mais de 140 vagas para os níveis fundamental e superior, distribuídas entre os cargos de gari (120 vagas), professor com licenciatura em Pedagogia (15 vagas) e procurador (8 vagas).

Os interessados devem acessar o site da empresa organizadora, de 28 de novembro ao dia 11 de dezembro, para efetuar a inscrição. As taxas cobradas pela participação custam R$ 60 e R$ 160. As remunerações variam de acordo com a função e a carga horária desempenhada, e vão de R$ 788 a R$ 2.000.

Outras informações, acesse o edital.

Fonte: O Povo

Curta nossa página no Facebook



Lula: 'Me sinto indignado com o que estão fazendo com o país'

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) disse nesta quinta-feira (3) que o pedido de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff é "um gesto de insanidade" e que o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), "tomou a decisão de não se preocupar com o país" ao dar início ao processo que pode culminar no afastamento da presidente.

Lula deu as declarações nesta tarde no Rio de Janeiro, após se reunir a portas fechadas com o governador Luiz Fernando Pezão (PMDB) no Palácio Guanabara, em Larajeiras, na Zona Sul.

"Eu me sinto indignado com o que estão fazendo com o país. A presidenta fazendo um esforço incomensurável para que a gente aprove os ajustes que têm que ser aprovados nesse país, para ver se a gente consegue recuperar a economia e fazer a economia crescer, e tem muitos deputados querendo contribuir, mas o presidente da Câmara me parece que tomou a decisão de não se preocupar com o Brasil", disse Lula.

Prioridade de Cunha
De acordo com o ex-presidente, Cunha está pensando apenas nele: "Me parece que a prioridade dele é se preocupar com ele, quando esse país de 210 milhões de habitantes é mais importante do que qualquer um de nós individualmente".

"Parecia que o país estava andando pra normalidade. No dia que a presidenta consegue aprovar, novas bases para o orçamento de 2015, o que a gente percebe é que ela recebe como prêmio, um gesto de insanidade com o pedido do impeachment dela", acrescentou.

Lula criticou a decisão de Cunha e o motivo que o levou a abertura do processo, classificando gesto de "atitude pequena".

Lula afirmou que Cunha está "subordinando" o país a uma visão "corporativa e pessoal" e "de vigança".

"Subordinar um país inteiro, subordinar os interesses de mulheres, homens, brancos, negros, crianças nesse país a uma visão corporativa, pessoal, de vingança. Eu quero crer que não seja verdade, quero crer que não seja verdade. Porque, se isso for verdade, é muita leviandade", disse o ex-presidente.

Movimento de governadores
Lula disse ainda que espera que Pezão ajude a evitar o impeachment, liderando uma aliança com governadores, sem afirmar se haverá ou não novas reuniões com chefes do Executivo de outros estados. "Vamos ver", limitou-se a dizer.

Segundo Lula, no entanto, já existe um gesto dos governadores do Nordeste de apoio à presidente. "Se a gente não fizer um pacto para fazer o país crescer, tudo vai piorar", ressaltou.

Na coletiva de imprensa, Lula também rebateu a declaração de Cunha de que Dilma "mentiu à nação quando disse que não faria barganha" no processo contra o presidente da Câmara no Conselho de Ética.

Segundo Cunha, Dilma chamou o deputado André Moura (PSC-SE), um dos aliados do presidente da Câmara, para propor que, em troca da aprovação da CPMF, o PT votasse a favor de Cunha no Conselho de Ética: "Eu conheço a Dilma e acho muito difícil que ela faça barganha", afirmou Lula.

'Terceiro turno'
Para Lula, aqueles que se opõem à Dilma querem um terceiro turno das eleições. "Me parece que aqueles que quiseram fazer um terceiro turno da eleição, cassando a presidenta Dilma na Justiça Eleitoral, agora acharam a possibilidade do terceiro turno com a tese do impeachment. Não tem nenhuma sustentação legal, a não ser uma demonstração de raiva, de ódio, alguma coisa que é inexplicável".

Fonte: G1

Curta nossa página no Facebook



Conheça a síndrome que faz as pessoas acreditarem que estão mortas

O mexicano Jesús Ramírez ainda estudava medicina quando um paciente chamou sua atenção: o homem garantia estar morto.

Naquele momento, em 1995, o diagnóstico era de esquizofrenia. Mais tarde, durante sua especialização, o hoje psiquiatra Ramírez concluiu que o paciente tinha na verdade, a síndrome de Cotard.

Também conhecido como delírio de negação ou niilista (relativo a niilismo, ponto de vista que considera não haver sentido na existência), esse transtorno mental faz que seus portadores questionem a própria existência.

Desde então Ramírez investigou a fundo essa síndrome, que não é reconhecida pela OMS (Organização Mundial de Saúde) nem pelo manual de diagnóstico da Associação Psiquiátrica dos Estados Unidos.

"São pacientes com um nível muito alto de sofrimento", diz Ramírez, especialista do Instituto Nacional de Neurologia e Neurocirurgia do México. "Isso ocorre porque eles perdem o aparato racional e lógico que todos temos."

As pessoas com Cotard têm uma negatividade extrema, que as leva a negar as coisas mais óbvias. Um dos casos tratados por Ramírez foi o de um homem de 78 anos que se recusava a ser internado porque "já estava morto".

"Estou acabado, não faz sentido que me tratem", dizia o homem. "Sinto-me como um robô, como se o mundo não existisse, estou completamente acabado."

Morto, imortal ou os dois
Embora a característica mais conhecida dessa síndrome seja a crença em estar morto, quem padece do transtorno possui outros tipos de negação delirante.

Em outro caso investigado pelo psiquiatra mexicano, uma jovem de 18 anos se queixava constantemente de ter perdido suas mãos, e pensava ter sido enfeitiçada.

"Meu coração deixou de funcionar, sinto que meu fígado e estômago estão ficando doentes, deixaram de funcionar. Não sinto meu corpo por dentro. Não tenho coração", afirmava ela.

Esses pacientes sofrem um tipo de "despersonalização", aponta Ramírez. "Podem ter alucinações e estados de depressão muito graves." Segundo ele, a sensação de estar morto "pode ou não estar presente". E algumas pessoas podem até acreditar que sejam imortais —"ou coexistir com os dois delírios", completa.

 Essa coexistência entre duas crenças tão contraditórias leva alguns pacientes ao suicídio. "A pessoa, com essa negação da própria vida ou dos órgãos corporais, pode chegar a cometer atos muito mais dramáticos", afirma. "Já vimos, por exemplo, pacientes que se mutilaram."

A síndrome de Cotard se apresenta em condições psiquiátricas ou neurológicas distintas. Pacientes com esquizofrenia podem manifestar o transtorno, também associado a estados de depressão psicótica, ao mal de Parkinson, a doenças neurovasculares e infecções cerebrais.

"Contudo, a maioria dos pacientes esquizofrênicos, com Parkinson, doença neurovascular ou depressão não irá apresentar a síndrome", diz o especialista. Em sua carreira, Ramírez identificou 14 casos de pessoas com esse transtorno, entre milhares de pacientes que atendeu.

Uma hipótese, dois fatores
Não se sabe ao certo, contudo, o que causa a síndrome de Cotard. Uma das hipóteses mais aceitas é a de Max Coltheart, especialista australiano em ciência cognitiva.

"Ele aponta dois fatores associados a esse tipo de delírio", explica Ramírez. "O primeiro é uma anomalia neurobiológica que produz mecanismos neuropsicológicos alterados e motiva uma experiência subjetiva altamente anormal."

Um exemplo dessa situação seria a perda de memória emocional, levando o paciente a experimentar uma falta extrema de familiaridade com alguma situação de sua vida, seu corpo ou identidade.

"Também é preciso uma falha dos mecanismos lógicos conhecidos como sistema de avaliação de crenças. Porque uma pessoa pode ter problemas de despersonalização, mas não chega à conclusão de que está morta", diz o psiquiatra.

Embora não haja um tratamento específico para a síndrome de Cotard, existem terapias universais que podem ser aplicadas com sucesso. "Primeiro é preciso tratar a doença de base", diz Ramírez.

Ou seja, se o paciente possui uma doença neurovascular, Parkinson ou alguma infecção, essa é a primeira coisa a ser atacada. Depois, muitos são submetidos a terapias interpessoais e terapia cognitiva comportamental.

"Um dos problemas mais graves nesse transtorno é o estado de isolamento grave, que leva a pessoa a ficar totalmente afastada do fenômeno vital da relação humana", aponta o psiquiatra.

Fonte: BBC Brasil

Curta nossa página no Facebook



Addthis