Vanessa da Mara cai no palco em Jericoacoara

Manifestação por obras no rio Grangeiro

Cerca de 100 pessoas compareceram à manifestação em prol de medidas urgentes de reconstrução do cenário de desastre no canal do Rio Grangeiro, que desde janeiro de 2011 está destruído devido à ocorrência de fortes chuvas. O movimento "Canal do Medo - 1 ano", organizado pelos moradores da área do entorno, percorreu as margens do canal e ruas da cidade do Crato. Além do moradores da área ao entorno do canal, mototaxistas e comerciantes aderiram à manifestação. Além do prefeito Samuel Araripe, que abraçou a causa e de dois vereadores, nenhuma autoridade compareceu ao movimento.

Atualmente, o medo predomina entre os moradores do local, que é sinônimo de insegurança. Os moradores acreditam que as águas podem ocasionar um novo desastre e temem que vidas humanas sejam ceifadas. Eles clamam por providencias urgentes. Como medida paliativa, os manifestantes pediram que os órgãos públicos competentes realizem uma limpeza para a retirada do lixo doméstico e entulhos de dentro do canal.

A ambientalista Tereza Pinheiro fez um alerta ao moradores da área quanto à questão da educação ambiental. Pediu que cada um tivesse consciência para não jogar lixo e entulhos nas margens do canal. "É importante que os moradores cobrem das autoridades competentes, mas, também que eles próprios se reeduquem e passem a não mais jogar lixo e entulhos dentro do canal. Quero deixar claro que essa mobilização não é política partidária e nem um desejo de que outra tragédia aconteça. O que a gente quer é prevenir que a população cratense corra risco", afirma ela.

Os manifestantes levaram às ruas faixas e cartazes como indagações do tipo: "Se der outras chuvas, como ficarão os moradores do Centro?", além de maquetes de bolos para demonstrar que o descaso completa um ano hoje. O movimento teve destaque nas redes sociais, imprensa e entre as autoridades políticas da região.

Como especialista em áreas de risco, Tereza Pinheiro avalia que se não existir uma revitalização das margens dos rios Grangeiro, batizado pelos moradores como "Canal do Medo" e Batateiras, haverão outras catástrofes cada vez mais fortes, que podem colocar a vida dos moradores da área do canal em risco de vida.

De acordo com o pedreiro Oildo de Brito, que reside próximo ao canal, as novas chuvas irão levar as paredes e pontes que ainda não caíram.

Armadilha
"Essa situação é uma armadilha para nós moradores e para o comércio. Estamos com muito medo que o canal seja destruído novamente. Se isso acontecer, poderá ser ainda pior do que foi no ano passado. Temos que cobrar alguma providencia", disse.

A tragédia provocada pela inundação no canal do Rio Granjeiro aconteceu no dia 28 de janeiro do ano passado, quando, após fortes chuvas, os moradores do entorno acordaram surpreendidos com grande volume de água que alagou casas, arrastou postes e carros, deixando prejuízos incalculáveis.

Mais informações

Departamento Estadual de Rodovias (DER)
Telefone: (85) 3101.5780

Prefeitura do Crato
Telefone: (88) 3521.9600

Fonte: Diário do Nordeste

Bulldog Que Esqueceu de Entrar no Elevador

Parece cena de desenho, mas aconteceu. O dono entrou no elevador segurando a coleira e o Bulldog pensando na vida ficou lá tranquilão do lado de fora. Adivinhem o que aconteceu?



Calma, vai dar tudo certo… mas o dono, com certeza, quase se cagou de desespero.

Juazeiro do Norte (CE): Dupla é presa por tráfico de drogas

Uma dupla foi presa em flagrante portando seis quilos de cocaína e dois quilos de maconha na Rodoviária de Juazeiro do Norte (CE). A prisão foi realizada na madrugada deste sábado (28), por volta das 4h30min, por Policias Federais .

Um dos presos trazia a droga de São Paulo (SP) com destino a Juazeiro do Norte e estava sendo recepcionado por outro preso. Ambos foram abordados quando na Rodoviária e confessaram a posse da droga, que estava em caixas de papelão com pó de café para disfarçar cheiro da droga.

A dupla foi encaminhada à Cadeia Pública de Juazeiro do Norte onde ficará a disposição da Justiça local.

Fonte: Diário do Nordeste

Como estão os ex-BBBs hoje em dia?

Fama não é um negócio fácil de se alcançar. Mas, o mais difícil que conqustá-la é mantê-la.

Um bom exemplo disso são os ex-bigbrothers:

Pouquíssimos deles conseguiram os tão sonhados e dourados desejos de fama e sucesso.

A grande maioria voltou para a insignificância de suas vidinhas mequetrefes.

Alguns, até pioraram: Morreram ou foram parar na cadeia.

Confira:

BBB1 - Kléber Bambam
Trabalhou Fez pontas toscas na TV na Turma do Didi e na Zorra Total. Foi preso 2 vezes: uma por brigar dentro de um banheiro e outra por desacato. Agora mora em Los Angeles, diz-se tentando carreira internacional. Foi visto trabalhando como pedreiro em uma obra.

BBB2 - Rodrigo Lionel
Cria bois para engorda, apresenta shows e o programa Comando Sertanejo em Ribeirão Preto; Chegou a ser preso por agressão e acusado de tentativa de homicídio.

BBB3 - Dhomini
Gastou todo o dinheiro que ganhou no BBB tentando carreira política. Levou ferro nas urnas. Também chegou a ser preso por agressão. Atualmente é cantor de uma capenga dupla sertaneja universitária com o amigo Dhoni, em Goiânia.

BBB4 - Gecilda dos Santos (Cida)
Brigou judicialmente com o marido que lhe tomou metade de seu dinheiro, comprou uma casa, abriu um pequeno armarinho e parou de trabalhar de babá;

BBB5 - Jean Willys – Tentou carreira artística, mas não deu certo. Atualmente é deputado federal pelo Rio de Janeiro, eleito com as sobras de votos do PSOL

BBB6 – Mara Nilza – Transformou sua casa em uma escola particular e comprou uma pousada em Porto Seguro;

BBB7 – Diego Alemão – Continua inutilmente tentando sua carreira artística e investiu numa empresa de eventos. Tem contrato com a Globo até o fim desse ano.

BBB8 - Rafinha – Comprou um apartamento para a mãe. O restante do dinheiro ele mantêm no banco.

BBB8 - Max – Separou-se de Francine e hoje namora Kah Pinheiro (quem?). Continua amigo de Flávio (também do BBB9). Não há informações sobre como Max aplicou seu dinheiro.

Outros:

BBB1

Xaiane – voltou a ser dançarina em bares

BBB2

Manoela – hoje é professora de Cabala

Moisés – voltou para Porto de Galinhas e abriu um restaurante

Cida – Voltou a profissão de aeromoça, porém sem sucesso. Atualmente trabalha em uma companhia de teatro.

Thaís – trabalha como personal trainer.

Fernando – iniciou carreira como modelo tendo um relativo sucesso. Foi preso duas vezes: uma em 2005, por injúria e crime de racismo, e outra em 2008, acusado de espancar um travesti. Em 2009, sofreu um acidente automobilístico, ficando paraplégico. Está em reabilitação.

BBB3

Sabrina – faz carreira no programa “Pânico na TV”

Juliana – é atriz da Globo

Dilsinho MadMax – montou uma dupla sertaneja: Victor & Dilsinho (sic). Ano passado fez uma turnê pela Europa.

BBB4

Rogério – voltou a sua antiga profissão: zelador de cemitério

Antonella – voltou a seu país, a Argentina.

Thiago – é sócio de um restaurante em Niterói (RJ).

Rogério – Trabalha como médico na Santa Casa de Ribeirão Preto

Buba – provavelmente o destino mais triste: foi preso, em 2005, acusado de tráfico de drogas. Admitiu ser viciado em drogas e estar financeiramente mal. Morreu em 2006, aos 34 anos, vítima de um câncer no abdômen.

BBB5

Juliana – Também segue a carreira de atriz, na Globo.

Grazi – talvez a mais bem-sucedida ex-bbb, é, atualmente, uma das atrizes “queridinhas” da Rede Globo.

Tati Pink – Retomou sua profissão de cabeleireira, porém abriu seu próprio salão de beleza.

BBB6

Agostinho – trabalha atualmente como vendedor das Casas Bahia, no Rio de Janeiro.

Léa – chegou a fazer um filme pornô, porém se arrependeu da empreitada entrando na justiça para proibir a comercialização do filme. Hoje é massagista.

Inês – é vendedora.

Juliana – é modelo.

Carlão – teve uma irmã assassinada em 2009

BBB7

Íris – foi contratada pela Rede TV! e hoje é uma das apresentadoras do TV Fama.

Pablo – voltou à Argentina, não antes de ter sido preso por depredação de patrimônio no aeroporto internacional de Guarulhos.

BBB8

Marcos – é chefe de cozinha em um restaurante na cidade de Vitória (ES).

Marcelo – Abriu um consultório de psiquiatria no Rio de Janeiro.

BBB9

Priscila – anda fazendo dinheiro ao posar para revistas masculinas e aparecendo em eventos.

Emanuel – é chamado para eventos e desfiles.

Ana Carolina – seu pai foi preso acusado de pertencer a uma quadrilha de exploração de jogos ilegais.

Flávio – mudou-se para Porto Alegre e apresenta um programa de TV local.

Não sei, mas parece que há uma co-relação entre ser ex-bbb e ser criminoso. A quantidade de participantes do reality que foram “pra trás das grades” é incrível.

Crato projeta Academias Populares

Em convênio com o Ministério da Saúde, a Secretaria de Saúde deste Município irá instalar nos próximos três meses, um projeto que visa implantar três polos para gerar nove Academias Populares, onde os moradores poderão praticar exercícios sem custo algum. Os equipamentos serão instalados em nove bairros do Município e um na zona rural. Cada academia será composta por seis ou oito aparelhos em que cada usuário poderá utilizá-los nos horários da manhã, tarde e noite.

A portaria já foi aprovada pelo Ministério da Saúde. A Secretaria está aguardando apenas a liberação dos recursos para a aquisição dos equipamentos. Logo que o valor do convênio estiver na conta da Prefeitura, a Secretaria dará inicio à instalação dos equipamentos. As máquinas são específicas para alongamentos, movimentos de pés e braços, aeróbica e fortalecimento da musculatura que permite a realização de atividades físicas adequadamente com segurança. As academias não dispõem de alteres, por isso os usuários vão utilizar apenas o peso dos seus próprios corpos durante a prática dos variados exercícios.

A Prefeitura irá contratar professores de educação física, que permanecerão nos locais diariamente para prestar orientação técnicas profissional a cada usuários. A medida contemplará um importante trabalho preventivo dentro do processo da saúde pública municipal. Além de estimular a criação de espaços adequados para a prática de atividades físicas e lazer que possam diminuir o sedentarismo, a Secretaria de Saúde pretende reduzir os índices de doenças crônicas, como o diabetes e a hipertensão, principalmente na população idosa. Mas, ao contrário do que acontece em Fortaleza, onde as academias já estão funcionando, não haverá prioridade para públicos específicos. "Iremos instalar essas academias o mais rápido possível. Queremos promover ações que gerem estímulos para que a população cratense tenha mais saúde e qualidade de vida" afirma o secretário de Saúde do Crato, Cícero França.

Em Juazeiro do Norte as Academias Populares foram implantadas de forma pioneira na região do Cariri. Ao todo, são seis polos nos bairros do Novo Juazeiro, Franciscanos, Lagoa Seca, Socorro, Romeirão, Horto e Triângulo, na Praça do Giradouro.

Todos os equipamentos foram custeados com recursos da própria municipalidade através do Programa Movimenta Juazeiro, que é executado pela Secretaria de Esportes e Juventude. Na cidade ainda serão implantadas através do Programa Academia da Saúde, realizado pelo Ministério da Saúde, outras duas unidades, no Bairro Leandro Bezerra e no Horto. O investimento será de R$ 220 mil. Os recursos são do Ministério da Saúde com contrapartida da Prefeitura.

Mais informações
Secretaria Municipal de Saúde do Crato, Rua 7 de Setembro, S/N
Telefone: (88) 3586.8000

Prefeitura de Juazeiro do Norte, Telefone: (88) 3566.1002

Fonte: Diário do Nordeste

Lionel Richie - Hello

Dois homicídios à faca em Juazeiro e outro a tiros em Missão Velha

O corpo de um homem permanece sem identificação no IML de Juazeiro do Norte para onde foi levado após ter sido lesionado com uma facada no peito esquerdo por volta das 22h30min desta quinta-feira. Ele foi encontrado caído ao solo no cruzamento da Rua Pinto Madeira com a Avenida Aílton Gomes (Bairro Pirajá). Os Soldados Valter, Ribeiro e C. Silva isolaram a área e não conseguiram êxito na busca de informações. Ninguém o conhecia e nem soube dar detalhes do crime.

Outro corpo que chegou ao IML foi de Cristiano dos Santos, de 41 anos, que residia na Rua Francisco Neudo Cruz (Vila Nova) em Juazeiro. Ele morreu perto de meia noite desta quinta-feira no Hospital Regional do Cariri, onde estava internado desde o dia 15 de janeiro. Por volta das 19 horas daquele domingo, ele foi socorrido para o HRC após ter sido abordado por um indivíduo não identificado que deu uma facada no seu tórax e fugiu. O crime aconteceu na rua em que ele morava.

No caso de Juazeiro já são 12 homicídios este ano e o mês de janeiro bate um recorde se tornando o mais violento dos últimos anos. Outro homicídio foi registrado na noite desta quinta-feira em Missão Velha. Perto das 20 horas, o jovem Fábio Cícero Lucena de Sena, de 22 anos, que residia no Sítio Baixa da Quaresma na zona rural daquele município foi morto com dois tiros nas costas transfixando o tórax. O crime aconteceu naquela localidade.

Segundo a polícia, o principal acusado foi identificado apenas pelo nome de Francineudo que ali também reside e está foragido. A vítima ainda chegou a ser socorrida para o Hospital de Missão Velha em uma viatura da polícia, mas morreu momentos após dar entrada. Os militares souberam que, há alguns dias, Fábio Cícero havia furtado um aparelho Toca CDs de Francineudo.

Normando Sóracles

Fonte: Miséria

Hoje tem espetáculo!


Esporte: Fortaleza pode receber UFC

Não é somente com o futebol internacional que a Capital cearense está ´bem na fita´. Depois de ter recebido rasgados elogios do secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, e do conselheiro administrativo do Comitê Organizador Local da Copa 2014, Ronaldo ´Fenômeno´, o governo estadual está colocando novamente à prova nosso potencial para recebermos grandes eventos esportivos. Desde novembro, a pedido do governador Cid Gomes, o secretário de Esporte do Estado, Gony Arruda, se articula para trazer para o novo Centro de Eventos uma edição do Ultimate Fight Championship (UFC). A intenção inicial é de que o evento aconteça ainda em 2012.

"Os primeiros contatos já aconteceram. A ideia partiu do governador e, logo depois, o Eike Batista comprou os direitos do UFC no Brasil. Isso facilitou porque conheço o Eike. Fiz contato e ele me convidou para o último UFC Rio. Daí, ele me apresentou ao Alan Adler, que comanda a IMX, empresa do Eike que comprou os direitos do evento. Agora, o Alan está nos Estados Unidos, mas quando retornar, em fevereiro, virá à Fortaleza para visitar o Centro de Eventos", informou o secretário.

Gony disse que vai pressionar a organização do evento para que o UFC no Ceará aconteça ainda neste ano. "Não é fácil, pois é um evento muito bem organizado e somente está confirmado o UFC no Pacaembu, no dia 16 de junho. Se não conseguirmos, vamos trazer o espetáculo em 2013", explica.

Visibilidade
A ideia do governo é interessante sob diversos aspectos: a visibilidade que a Capital cearense teria com um evento desta magnitude, que é uma grande vitrine para a sede - vale lembrar que as audiências do UFC crescem a cada edição. Também teríamos uma significativa movimentação econômica em muitos setores durante a semana do espetáculo comandado por Dana White - em especial o turismo e a gastronomia. Até as academias de artes marciais poderiam se beneficiar com a realização do maior evento de MMA do mundo em Fortaleza.

Para o secretário do Esporte, só há vantagens na realização de um evento como estes. "Recebemos a chancela do Valcke e do Ronaldo. Imagina como seria receber o UFC, que hoje é a coqueluche do esporte mundial. Além disso, seria um presente para os cearenses, que têm muito interesse na modalidade. É impressionante a quantidade de pessoas que assistem às lutas de sábado nos bares e restaurantes da Cidade. Está todo mundo ligado nisso", complementa.

Desafio
Não é fácil receber uma edição do UFC. Os contratos para a realização do evento só são assinados após haver garantias do retorno financeiro. Os ingressos são caros, os patrocinadores precisam investir pesado e muita coisa dependerá dos lutadores que seriam escolhidos. Além disso, os horários precisam ser adequados às grades de programação das TVs norte-americanas.

"Acredito que vale a pena o nosso esforço. Temos um grande trunfo que é o Centro de Eventos, com capacidade se ter uma grande arena montada, além de poder receber os eventos secundários como as pesagens oficiais e as coletivas de imprensa", argumenta Gony Arruda.

Outra opção que certamente movimentaria a cidade durante a semana do UFC, seria os midiáticos treinos das estrelas do card principal na paria. As areias do aterro da Praia de Iracema, guardadas as proporções, seriam um bom cenário, assim como foi em Copacabana.

Fonte: Diário do Nordeste

População do Crato comemora aniversário de 1 ano de tragédia do Canal do Rio Grangeiro

Ontem (26), a população cratense comemorou com bolo e faixas de protesto um ano da tragédia que assolou nossa cidade.

De lá para cá, pouco (ou quase nada) foi feito. Só nos resta rezar!













Fotos: Thallys Moreira

Um ano após tragédia, Grangeiro aguarda obras

Após um ano da tragédia ocasionada pela enchente que inundou e abalou este Município, em 28 de janeiro de 2011, pouco foi feito para reconstruir a principal área afetada, o Canal do Rio Grangeiro. Hoje, alguns ambientalistas e moradores das margens do canal estão realizando um ato cívico para cobrar medidas das autoridades quanto à solução definitiva para o problema. A concentração inicia às 8h,em frente à Igreja de Nossa Senhora de Fátima.

O ato foi denominado de "Canal do medo - 1 ano, ele faz aniversário e quem come o bolo de lama somos nós". A expectativa é de que cerca de 300 pessoas, entre elas autoridades e políticos, participem da manifestação, que deverá resultar em um abaixo assinado.

O documento será entregue ao Ministério Público, a gestores municipais, estaduais e ao Ministério da Integração Nacional. O ato também tem como objetivo alertar sobre a conscientização e reeducação da população com relação a questões ambientais. O medo dos moradores da área do canal é de que novas chuvas causem a repetição da tragédia que deixou 50 famílias desalojadas.

Medidas emergenciais
O caos instalado na cidade fez com que o Governo Federal liberasse, ainda no ano passado, R$ 4 milhões para a realização das obras emergenciais. Em abril de 2011,o governador Cid Gomes anunciou a abertura de um leilão para definir a empresa que iria executar a primeira etapa da obra. A ganhadora foi a Construtora Coral Rodovalho. Do valor do repasse federal, apenas R$ 2,5 milhões foram alocados na primeira etapa da obra.

Nos trabalhos iniciais, a construtora fez a demolição das partes mais atingidas do canal e da alvenaria de pedras, além da retirada de entulhos. Todo o concreto danificado foi substituído por gabiões - tipo de estrutura de armação de arame revertida em PVC. Entretanto, a segurança da obra está sendo questionada. Autoridades municipais dizem que há riscos devido à existência de algumas inadequações. Em alguns locais, as paredes do canal já apresentam rachaduras.

A segunda etapa da obra será o complemento da recuperação e reconstrução do espaço onde houve o desastre. Nesta fase, estão previstos os serviços de restaurações das erosões, pavimentação de segmentos de ruas laterais, reabertura de vias interditadas e recuperação de uma ponte e reconstrução de outra.

No último dia 20 de dezembro, a Defesa Civil do Estado, através da Comissão Central de Licitação, realizou a primeira licitação para a escolha da empresa que iria executar as obras da segunda etapa. Porém, não houve participantes, Logo após, no último dia 19, foi estabelecida uma nova data para o certame, mas, novamente, nenhuma empresa se interessou em participar.

Agora, o Departamento Estadual de Rodovias (DER), que é o órgão que faz o acompanhamento técnico e fiscalização das obras aguarda novas determinações do Governo do Estado. Segundo o DER, os questionamentos da população sobre a segurança das obras já executadas são incoerentes, já que os serviços foram feitos conforme o que estava estabelecido no projeto.

"É importante que a população entenda que as obras são apenas de reconstrução do cenário de desastre. Não temos como defender esses questionamentos porque tudo estava previsto no projeto emergencial", afirmou o engenheiro e gerente do órgão em Crato, Luiz Salviano de Matos. Para ele, há uma necessidade urgente de que as obras sejam concluídas. "Se a obra ficar inacabada, não irá atender as necessidades da população".

Uma solução definitiva para o problema pode ser apontada através de um projeto mais abrangente, realizado a partir de um estudo feito por especialistas das áreas de hidrologia e construção civil. Alguns especialistas apontam como saída a interligação dos Rios Granjeiro e Batateiras, a construção de novos canais ou mesmo o desvio do Rio Grangeiro para a Bacia do Rio Batateiras através de túneis.

Desabrigados
50 famílias ficaram desabrigadas durante a enxurrada que aconteceu, há um ano, no Canal do Rio Granjeiro, deixando a população em alerta.

Mais informações
Departamento Estadual de Rodovias (DER)
Av. Godofredo Maciel,3000
Maraponga, Fortaleza
Telefone: (85) 3101.5704

YAÇANÃ NEPONUCENA
REPÓRTER

Fonte: Diário do Nordeste

Mauriti (CE): Obra da Transposição do São Francisco pára demitindo 700 funcionários por causa da Copa de 2014

O canteiro das obras de transposição do Rio São Francisco no município de Mauriti, na região do Cariri, está sendo desativado. Cerca de 700 funcionários vão ficar fora do mercado de trabalho e já estão fazendo seus exames demissionários. O comunicado para estes soou como uma “bomba” e a decisão vai gerar sérios prejuízos para a economia do município. Além disso, mais atraso no cronograma das obras que já se encontrava bastante fora do prazo.

No canteiro das obras ninguém consegue uma informação concreta sobre a paralisação das obras, cuja decisão vai levar junto a Ferrovia Transnordestina com vários lotes entre Missão Velha e Brejo Santo. Elas também vão parar muito provavelmente por falta de recursos. O comentário extra-oficial é que a FIFA (Federação Internacional de Futebol Association) estaria pressionando o governo federal quanto as obras de construção dos estádios para a Copa do Mundo de 2014.

Como não seria possível a destinação de recursos para tantas obras ao mesmo tempo, a presidente Dilma Rousseff teria apontado na direção do Nordeste. No caso de Mauriti, muitos operários passaram por treinamento e capacitação para trabalharem com máquinas pesadas e, agora, estão desempregados. Recentemente, chegou à redação do Site Miséria uma mensagem dando conta da conclusão do Lote 6 das obras de transposição com uma extensão de 40 quilômetros.

O comunicado enviado por um funcionário das empresas EIT e Delta. Essa etapa chegou a contar com 1,5 mil operários e a etapa seguinte deveria estar concluída até o final deste ano. No último dia 11 de agosto o Ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, visitou o canteiro de obras no Lote 6 em cuja oportunidade foi agraciado com o título de cidadão honorário de Mauriti. Na época, ele anunciou o desejo de ver as águas chegando ao município de Jati até o final de 2014.

O ministro disse ainda de sua pretensão em trazer a presidente Dilma Rousseff em setembro ao Cariri o que não aconteceu. Em discurso na Câmara Municipal o prefeito de Mauriti, Isaac Júnior, disse que as obras da transposição estavam paradas quando Fernando assumiu o Ministério da Integração. Já Fernando Coelho, na época, lembrou que são 750 km de canais e que a transposição e a ferrovia “são compromissos prioritários da presidente pelo que representarão em desenvolvimento e segurança hídrica”.

Fonte: Miséria

O cachorro mais inteligente (e fofo) do mundo!

São 4 minutos olhando que nem um bobo este cachorro (jesse) muito simpático e roliço. Os donos, com tempo de sobra, ensinaram truques úteis!

E sim, este cachorro é provavelmente mais esperto que seu irmão pequeno.

Pro Teste - Filmadora  Gratis

Americano recebe correspondência 36 anos depois do envio

Um americano de Miami, na Flórida, recebeu nesta semana uma correspondência que deixou seu destino há 36 anos, informou nesta quarta-feira (18) o canal de televisão "Local 10".

Marc Smit relatou a essa emissora que na terça-feira recebeu em sua caixa de correio um exemplar de 1976 da revista "Ms.". Na capa da publicação está uma imagem da atriz Glenda Jackson retratada pela fotógrafa Annie Leibovitz.

"A foto da capa é de Leibovitz e há uma parte na qual se fala de Andy Warhol. É bastante interessante", comentou Smit.

O destinatário do envio era o inquilino que morava ali antes que Smit se mudasse com sua esposa há 25 anos e que deveria ser assinante da revista, que na época era um ícone do jornalismo feminista nos Estados Unidos e que assegura desconhecer as razões pelas quais o exemplar chegou 36 anos depois.

O Departamento dos Correios, por sua parte, não se pronunciou sobre o caso.

Ladrão rouba casa em PE mas esquece mochila com documentos na fuga

No final da tarde de quarta-feira (25), uma casa na cidade de Paulista, Região Metropolitana do Recife, foi invadida por um assaltante. Entre os objetos levados, apenas um notebook e um roteador para internet.

Seria mais um caso comum de assalto a domicílio, não fosse por um detalhe. Na fuga, o bandido esqueceu a mochila. Dentro dela havia a certidão de nascimento do suspeito, algumas roupas, uma Bíblia e dois alvarás de soltura deferidos no estado da Bahia. A polícia ainda procura o ladrão.

A moradora da residência invadida, Maria Cristina de Oliveira, chegava em casa com as duas filhas, de nove e 14 anos, e uma vizinha. Ao se deparar com a porta de casa aberta, ela desconfiou que seu marido havia chegado do trabalho antes do horário habitual.

Segundo o delegado Joaquim Braga Neto, da Delegacia de Maria Farinha, a dona de casa chegou gritando pelo marido que, coincidentemente, tem o mesmo nome do assaltante. Ao entrar em casa, ela chamou “Ricardo!”, e do lado de dentro da residência,uma voz diferente da de seu marido indagou: “O que é?”.

Ao estranhar a voz, a dona de casa foi ver quem estava lá e, quando viu que era um ladrão desarmado, partiu para cima dele. O suspeito pegou uma faca e a ameaçou, fugindo em seguida. Só que o bandido esqueceu a mochila com seus documentos.

A polícia não divulgou o nome do suspeito, dizendo apenas que ele é pernambucano e tem 30 anos. Caso seja preso e julgado, ele pode ser condenado pelo crime de furto, e pegar de um a quatro anos de prisão.

Fonte: Jornal do Comércio

Reação em cadeia: detento é preso por se recusar a deixar prisão

Rapaz, a bruxa está à solta no mundo do crime! Já um detento de Arizona (EUA), não. Ele foi preso por se recusar a deixar sua cela.

Aconteceu assim: Martin Batieni Kombate, 44, foi detido semana passada por invasão domiciliar. Como ele admitiu o crime, pegou pena leve; seria solto na última segunda-feira (23).

Na hora de deixar sua cela, porém, o preso disse que não ia sair. Alegou que ia ficar porque não conseguia achar sua carteira. Parênteses: O ladrão terá cem anos de perdão pela peripécia, como no ditado? Fecha parênteses.

A discussão entre os agentes penitenciários e o quase-solto Kombate continuou, Kombate ficou agressivo e desordeiro, a polícia foi chamada e o homem terminou onde começou esta história: preso.

Deve ser a primeira vez que se ouve falar de ex-solto em vez de ex-preso...

Mulher acha bilhete de US$ 1 milhão no lixo, e aí começa o jogo sujo

Um bilhete de loteria premiado é o objeto de desejo de três mulheres à beira de um ataque de nervos.

Em julho de 2011, Sharon Jones pegou alguns volantes do lixo de uma loteria em Bebee, no Arkansas (EUA). Lá, a prática é comum; apostadores registram bilhetes jogados, mesmo os não-premiados, em uma espécie de programa de milhagens da comissão de loterias americana.

Acontece que um dos bilhetes o sistema não conseguia registrar. Foi aí que o casal descobriu o "problema": o volante não era contabilizado porque tinha o prêmio de US$ 1 milhão (R$ 1,7 milhão). Bingo!

Naturalmente, algumas pessoas têm problemas com gente que acha a sorte no lixo. Lisa Petriches, dona da lotérica, procurou a comissão de loterias e a Justiça para reclamar os bilhetes como sua propriedade. Mais: afirmou ainda que uma placa no estabelecimento explicitamente proibia os apostadores de revirarem o lixo. Os advogados de Sharon afirmam que a tal placa não existia antes do rolo todo.

Não bastasse isso, para tornar a coisa ainda mais enguiçada, surgiu nesta semana a suposta compradora do bilhete, Sharon Duncan. Também ela procurou a Justiça e a comissão para tentar comprovar a "paternidade" do volante e seu direito à grana.

Até que se decida quem tem razão, o prêmio está congelado.

Empresas são referência na região do Cariri

Devido à entrega de 15 Veículos Leves sobre Trilhos (VLT) para companhias de transportes do Nordeste, em 2011, a Bom Sinal Indústria e Comércio, instalada em Barbalha, foi uma das empresas que obtiveram destaque por alavancar o recolhimento do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) no Ceará. Entre janeiro e novembro de 2011, o montante foi de mais de R$ 2 milhões.

Além de contribuir com a geração de emprego e renda para a região do Cariri, a empresa, que se instalou inicialmente com o objetivo de produzir placas de sinalização de trânsito e móveis escolares, tem o desafio de criar e aprimorar os sistemas de transportes de passageiros sobre trilhos que permitam o reaproveitamentos dos espaços urbanos e malhas ferroviárias brasileiras abandonadas e ociosas.

Apesar de ter 11 anos de atuação, a Bom Sinal só iniciou a fabricação de VLTs a partir de uma solicitação do Governo do Estado do Ceará, para que fossem reformados alguns vagões dos trens de Fortaleza. Com isso, a fábrica foi adquirindo conhecimento e, em 2010, iniciou a produção de VLT, mais conhecido como metrô de superfície. Ainda em 2008, quando o primeiro VLT estava em fase de testes, a Bom Sinal fez o modelo de Transporte Rápido Auto Motriz (TRAM), que atualmente faz o transporte de passageiros entre Crato e Juazeiro do Norte, através do Metrô do Cariri.

Pioneirismo
A Bom Sinal tornou-se referência em fabricação de VLT, sendo a pioneira no Brasil. A empresa fornece unidades para os Estados do Ceará, Pernambuco, Alagoas e Rio de Janeiro. A expectativa é de que, neste ano, a fábrica supere a entrega de VLTs de 2011. Com a aproximação da Copa do Mundo de Futebol de 2014, a empresa espera adquirir novos clientes, já que o transporte de qualidade é uma das condições de infraestrutura impostas pela organização do evento às cidades que sediarão os jogos.

A indústria emprega atualmente 340 colaboradores, entre montadores, mecânicos, eletricistas e soldadores, além de engenheiros. No início da fabricação de VLTs, a empresa tinha apenas 80 funcionários. Com o incentivo fiscal do governo, aumentou o número de postos de trabalhos em 325%. O crescimento proporcionou que a fabricante investisse também na construção de um novo galpão, com área de 3.600 metros quadrados, ampliando a produção.

Devido à dificuldade em encontrar mão de obra qualificada, a Bom Sinal, em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), elaborou um curso de técnicas de montagem para VLT, do qual 35 alunos da rede pública de ensino da região participaram e foram contratados pela empresa.

Já no ramo de transporte de cargas, o crescimento de investimentos dos Governos Federal e Estadual como as obras da Transnordestina e a transposição do Rio São Francisco impulsionaram a economia regional e, com isso, a venda de caminhões.

Ampliação
Devido aos incentivos de financiamentos através do Banco Nacional de Desenvolvimento Social (BNDES), a Jodiesel Caminhões ampliou as vendas de caminhões em 30%, com relação às vendas do ano de 2010. Desde 2000, a Jodiesel Caminhões contribui para o transporte rodoviário de cargas na região do Cariri.

Mensalmente, a empresa comercializa cerca de 30 veículos. Nos últimos anos, boa parte dos caminhões adquiridos na Jodiesel é para a realização de trabalhos em obras relacionadas ao desenvolvimento da infraestrutura da região. A marca Volkswagen, que está presente no mercado regional desde a implantação da Jodiesel, lidera nacionalmente a venda de caminhões pelo nono ano consecutivo.

Segundo o diretor comercial da Jodiesel Caminhões, Jonson Mota Luciano, a contribuição em arrecadação de impostos alavancou a implementação de obras estruturantes para a região, como o Centro de Convenções do Cariri, Hospital Regional e Ceasa Cariri. Com um faturamento anual de R$ 48 milhões, a Jodiesel contribuiu repassando ao Estado, através do ICMS, um total de R$ 3,3 milhões.

Mais informações

Bom Sinal - Barbalha
Telefone: (88) 3532.7900

Jodiesel Caminhões
Juazeiro do Norte

Telefone: (88) 3102.3331

Fonte: Diário do Nordeste

Empresas do Cariri recebem ´Prêmio Contribuintes´

Para homenagear as empresas que mais contribuíram com a arrecadação de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), O Sistema Verdes Mares e a Secretaria da Fazenda do Estado do Ceará (Sefaz-CE) realizaram, na noite de ontem, o Prêmio Contribuintes 2011, no Bulervard Buffests e Recepções, neste Município.

O Prêmio conta com o patrocínio do Banco do Nordeste, Bradesco, OI, M.Dias Branco e Helga Cosméticos e teve como slogan: "Quando cada um faz sua parte, todos ganham". Conforme dados da Secretaria da Fazenda do Estado, a Região Sul / Cariri respondeu por 2,75% da arrecadação de ICMS em todo o Ceará.

Entre novembro de 2010 e outubro de 2011, o acumulado total da arrecadação dos contribuintes da região somou R$ 184,2 milhões. Anualmente, em média, o Ceará arrecada cerca de R$ 6,69 bilhões de ICMS.

Neste ano, a entrega da honraria, que já está em sua 5ª edição, já foi realizada nas regiões Central/Quixadá, Norte/Sobral, Centro Sul/Iguatu e Metropolitana/Fortaleza. A última solenidade de entrega do Prêmio Contribuintes 2011, ontem, foi na Sul/ Cariri, reunindo autoridades políticas, lideranças classistas e empresários locais. Na oportunidade, os participantes da solenidade puderam conferir uma palestra do ex-ministro Ciro Gomes.

Na festa de homenagem aos premiados estavam empresários dos segmentos do comércio, indústria, atacadista e transporte, além de representantes das três entidades filantrópicas também instaladas na região do Cariri que colaboraram com o programa "Sua Nota Vale Dinheiro", enviando cupons fiscais.

Os agraciados obtiveram destaque pelas suas práticas de trabalho e recolhimento correto de impostos. Além das entidades, ao todo foram dez empresas que mais arrecadaram impostos, cinco empresas do Regime Simples Nacional e um contabilista. Os valores arrecadados serão investidos em obras e serviços estabelecidos conforme metas traçadas pelo Plano Plurianual de Participação Regionalizado (PPA), que são essenciais para impulsionar o crescimento do Estado.

Crescimento
A Região Metropolitana do Cariri, que compreende as cidades de Crato (RMC), Juazeiro do Norte e Barbalha e Municípios limítrofes, tem uma população de 537.860 habitantes, segundo dados do Censo IBGE 2010. O Produto Interno Bruto da RMC chega a R$ 3,3 milhões. Nos últimos anos, a região tem apresentado um crescimento econômico significativo, gerando também um aumento populacional na última década. O Cariri é a segunda região do Estado que mais aumentou o número de habitantes, ficando atrás apenas de Região Metropolitana de Fortaleza. De 2000 a 2010, a elevação do número de empregos formais foi de 9,07%, conforme dados sobre emprego formais no Ceará que compõem o trabalho "Análise da Evolução dos Indicadores Socioeconômicos das Macrorregiões de Planejamento do Estado do Ceará: 2000 -2010", lançado pelo Instituto de Pesquisas e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece).

Conhecendo os colaboradores que dilatam os investimentos da economia do Ceará, a população ficará a espera de novos investimentos. O perfil produtivo da região, que tem como maior centro urbano a cidade de Juazeiro do Norte, tem forte potencial em vários outros segmentos, como a indústria de calçados e de confecções, turismo e educação. Ao todo, são sete instituições de ensino superior instaladas nas três principais cidades.

A maior arrecadação possibilita o aporte de investimento do Estado em ações estruturantes e projetos que geram emprego e renda. Apenas em 2011, a arrecadação de ICMS foi 12,2% maior que a de 2010, chegando a somar aproximadamente R$ 6,8 bilhões. O Prêmio Contribuintes é uma forma de enaltecer as boas práticas e aumentar a receita estadual. Além de despertar nos contribuintes a importância socioeconômica do pagamento dos impostos e funcionamento do sistema fiscal, possibilitando que o Poder Executivo cumpra seu papel na determinação de políticas públicas necessárias ao desenvolvimento estadual.

O encerramento da solenidade de entrega da premiação contou com a participação da dupla de sanfoneiros Ítalo e Reno, que garantiu a animação na festa.

Reconhecimento

"O Prêmio reconhece as empresas e assegura a capacidade de investimentos do Estado".

Mauro Filho
Secretário da Fazenda do Estado

"A premiação é o reconhecimento de que responsabilidade social é importante na economia".

Manoel Santana
Prefeito de Juazeiro do Norte

"A região do Cariri tem experimentado um crescimento expressivo, com apoio do Estado".

José Leite Cruz
Prefeito de Barbalha

Mareni tem central de distribuição em Juazeiro
Após perceber o potencial de mercado da região do Cariri, a fábrica de sorvetes Mareni instalou uma central de distribuição no Ceará, mais especificamente em Juazeiro do Norte. Atualmente, a empresa atua em todo o Estado, onde emprega 12 pessoas, nas suas seis rotas de distribuição, atendendo à demanda por sorvetes e picolés no território cearense. Ao todo, são mais de 800 pontos de revenda espalhados por lojas de conveniência, clínicas médicas, hospitais, faculdades, lanchonetes, redes de supermercados e lan houses, somente no triângulo Crajubar, que compreende as cidades de Crato, Juazeiro e Barbalha.

Mensalmente, o centro de distribuição da Mareni de Juazeiro libera oito caminhões carregados de sorvetes para serem comercializados. Hoje, a marca é referência em qualidade e tecnologia. Mas nem sempre foi assim. A produção teve início na cidade de Sousa, no Estado da Paraíba, no ano de 1991, quando a produção, armazenamento e distribuição ainda eram muito limitados. O idealizador Valdir Cavalcante Dantas resolveu investir na fabricação de sorvetes em larga escala, expandiu-se para o Ceará ainda em 2002. Agora, o diretor da marca pretende instalar mais filiais em outras regiões do Estado.

A expectativa de crescimento é tamanha que, para os próximos anos, ele planeja atender também a cidades do Estado de Pernambuco. De acordo com Valdir Cavalcante, o potencial turístico e econômico da região são os principais atrativos para a instalação de empresas. "Eu acredito que o desenvolvimento chegou ao Cariri, graças ao empreendedorismo dos empresários locais. Na minha opinião, o que mais colabora com essa constante instalação de novas empresas aqui são o alto poder aquisitivo das pessoas e, principalmente, o potencial turístico e econômico", revela. Segundo ele, as romarias que acontecem em Juazeiro do Norte são fundamentais para o aumento das vendas dos produtos, correspondendo a 30% a mais.

Com o aumento do volume de vendas, a empresa permanece em constante inovação, investindo no controle de qualidade dos produtos feitos com matéria-prima selecionada. Para o ano de 2012, a Sorveteria Mareni pretende investir em projetos de desenvolvimento sustentável, como a implementação da educação e treinamento pessoal para a coleta seletiva de lixo.

Mais informações

Sorvetes Mareni 
(88) 3522.1535
contato@sorvetesmareni.com

Yaçanã Neponucena
Repórter

Fonte: Diário do Nordeste

O "coice" que Luciano Huck levou

O apresentador e metido a engraçadinho Luciano Huck, tentou sacanear a mulata, professora de português e musa Dragões da Real, Elaine Cristina. Mas no final, quem levou para casa o diploma de otário e carteirinha de zé mané, foi ele.

Confira o vídeo:


Buraco no centro do oceano atlântico está engolindo toda a água do mar

Um buraco de 300 km de abertura, no centro do Oceano Atlântico, está engolindo toda a água do mar. Os cientistas não conseguiram descobrir, ainda, como o buraco surgiu. Pelos cálculos dos pesquisadores, se o buraco continuar a sugar a água marinha em 21 de dezembro de 2012 não restará mais um pingo de água no mar.

Ainda de acordo com informações dos cientistas, que foram avaliar o prejuízo, o mar já diminuiu em cerca de cinco cm, por enquanto imperceptível ao olho humano, mas logo as pessoas vão perceber que a água está desaparecendo.

O cientista americano Albert alerta que é preciso, urgentemente, desenvolver uma tecnologia para fechar o buraco. "Não só a água do mar está sendo engolida, mas os peixes também, pois o buraco é muito grande e engole até baleia", disse.

Pro Teste - Filmadora  Gratis

Comércio dita moda e estilos no Cariri

Responsável por 1.168 postos de trabalho no período de janeiro a novembro de 2011, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), o setor de comércio na região do Cariri está em constante crescimento. Um dos estabelecimentos que contribuem para a elevação do número de empregos é o Mart Center, que há 23 anos atua no comércio varejista de calçados, artigos de viagens e materiais esportivos. A marca tem hoje 12 lojas distribuídas entre os Municípios de Crato, Barbalha, Juazeiro do Norte, Brejo Santo, e outras duas cidades da região Centro Sul do Estado, Icó e Iguatu.

A empresa emprega 260 colaboradores diretos. Mensalmente, o grupo comercializa uma média de 25 mil pares de calçados e outros itens. Apesar da grande concorrência do mercado consumidor no ramo de calçados, a Mart Center se destaca pela consolidação da marca e por oferecer condições de pagamento favoráveis ao cliente, que pode dividir os débitos em até quatro vezes sem entrada, uma vez que o público consumidor é mais expressivo nas classes B,C, D e E.

Já a Azteca Calçados aposta em atendimento diferenciado. A marca investe constantemente na troca de coleções para atrair o cliente. A comodidade das dez lojas instaladas em Crato, Juazeiro do Norte, Barbalha, Brejo Santo e Iguatu, que empregam 300 funcionários, e a qualidade no atendimento são seus maiores atrativos, além dos preços acessíveis e promoções. Há 13 anos, a loja dita as tendências da moda para os pés na região do Cariri.

Além de oferecer grande contribuição ao Estado, com o recolhimento de impostos e empregabilidade, a Azteca Calçados pretende tornar-se referência regional como melhor empresa fornecedora de mão de obra em atendimento ao cliente.

Também com investimentos em atendimento, a Toasa Modas, em Crato, busca a fidelização do cliente que gosta de vestimenta masculina e feminina de qualidade. Pelo segundo ano consecutivo, a loja arrecadou uma quantia relevante em Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) e por isso está recebendo o Prêmio Contribuintes.

Como diferencial, os clientes da Toasa contam com serviços de conserto e ajustes gratuitos. A loja também faz homenagens em datas comemorativas, como aniversários, dia das mães, dia dos namorados, Natal, entre outras, quando oferece até 40% de desconto nas compras.

Perfumaria
No segmento de perfumaria, O Boticário, em suas 15 lojas instaladas na região do Cariri, emprega 178 funcionários diretos. Ao todo, as lojas têm mais de 20 mil clientes cadastrados em 27 Municípios da região. As franquias atuam em um universo de cerca de 950 mil habitantes, que podem ser clientes potenciais.

Para os próximos três anos, a gerencia do grupo J. Gondim, que mantém a franquia do O Boticário na região do Cariri, planeja inaugurar mais sete lojas. Com a inauguração das novas unidades, serão gerados mais 50 empregos diretos, entre cargos administrativos e operacionais. A marca tem como uma das características, a inovação dos produtos e embalagens.

Segundo o diretor comercial do Grupo J. Gondim, Israel Gondim, os valores que as lojas arrecadam em ICMS são de fundamental importância para o desenvolvimento cearense.

"Estamos dando uma contribuição significativa para o desenvolvimento do Estado e consequentemente da nossa região. A cada ano, a gente aumenta um pouco mais a arrecadação. Com isso, elevamos a participação do Cariri no percentual de ICMS arrecadado no Estado", ressalta. Para Israel Gondim, os investimentos do Governo do Estado no Cariri tornaram a região mais atrativa para investimentos de ordem pública e privada.

Mais informações

Mart Center: (88) 3566.2100

Grupo J. Gondim: (88) 3512.4430

Toasa Moda: (88) 3523.5883

Azteca Calçados: (88)3211.7711

Juazeiro do Norte - Cariri

Fonte: Diário do Nordeste

Justiça suspende acesso a provas do Enem em todo o país

NE - E a novela continua...

Foi suspensa nesta terça-feira (24) a liminar que liberava o acesso de estudantes às provas e aos espelhos de correção das redações do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2011. A decisão é do presidente do Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF5), Paulo Roberto de Oliveira, que considerou a disputa judicial “a mais aparente politização das questões relativas ao Enem”.

Para o presidente, a decisão da Justiça Federal no Ceará desrespeitou acordo firmado pelo Instituto Nacional de Pesquisas Nacionais (Inep), pela União e pelo Ministério Público Federal, para liberar o acesso às provas corrigidas a partir de 2012. O termo de ajustamento de conduta, mediado pela Subprocuradoria-Geral da República, foi assinado em agosto de 2011.

Oliveira também critica a conduta do MPF no caso, lembrando que o pedido inicial à Justiça sofreu duas alterações ao longo do tempo. Ele sugere que o órgão não sabia o que queria, mas apenas perseguia um resultado. “Se, de um lado, o exame ainda não ostenta – é fato a se lamentar – a qualidade operacional desejada, de outro não pode ser ignorado o descuido – inexiste palavra mais amena para dizê-lo – com que vem sendo judicialmente combatido”.

O desembargador argumenta ainda sobre a dificuldade operacional para que os mais de 3,8 milhões de estudantes que fizeram o Enem tenham acesso às provas, preferindo o conceito de eficiência ao do direito de informação. “A disponibilização das provas e dos espelhos (…) contribuiria mais para tumultuar o certame, já tão devedor de credibilidade à sociedade, que propriamente para eficacizá-lo”.

O MPF havia pedido à Justiça Federal no Ceará que o direito de acesso à redação do Enem e de pedir revisão da nota, já garantido a 12 alunos, fosse estendido a candidatos de todo o Brasil.

Fonte: Agência Brasil

ShareThis