38% das escolas do Ceará terão ensino em tempo integral a partir de 2020

O Governo do Estado do Ceará vai ofertar o Ensino Médio em tempo integral em mais 25 escolas em 2020. Elas começam a ofertar a jornada prolongada com a matrícula de 3.589 alunos no 1º ano do Ensino Médio. O lançamento das novas unidades foi anunciado pelo governador Camilo Santana na manhã desta quinta-feira (13), durante coletiva de imprensa, no Palácio da Abolição. Com as novas redes de ensino, 38% das unidades estaduais terão a jornada prolongada. Em Fortaleza, são 49 unidades com o modelo. 

"Uma forma de fazer que os alunos tenham mais oportunidades. A meta é a cada ano ampliar as escolas de tempo integral no Ceará. A escola precisa ser atrativa. É um modelo de sucesso, um grande caminho para fortalecer a educação no Ceará", declarou o governador.

Uma em cada três escolas é de tempo integral no Ceará. Das 728 unidades de ensino, 277 terão o modelo prolongado. Destas, 155 são Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral (EEMTIs) e 122 são Escolas Estaduais de Educação Profissional (EEEPs).

Com o investimento de R$ 1,5 milhão, as novas escolas devem receber equipamentos para apoiar as disciplinas eletivas. Serão dois notebooks, uma televisão de 50 polegadas, um kit de microfone sem fio, uma caixa de som ampliada e um baú com itens voltados à produção de esquetes das eletivas de teatro para cada nova unidade. 

As unidades estão localizadas nos municípios de Abaiara, Acaraú, Assaré, Cariús, Fortaleza, Ibaretama, Ipaporanga, Irauçuba, Jardim, Jati, Jucás, Massapê, Mauriti, Mombaça, Morrinhos, Parambu, Paracuru, Penaforte, Poranga, Quixadá, Sobral (2), Tianguá, Várzea Alegre e Varjota. Destas, 20 ofertarão o tempo integral pela primeira vez. 

Tempo Integral
Em 2020, serão 71 municípios com ensino médio em tempo integral, beneficiando mais de 41 mil alunos. As unidades de ensino com a jornada prolongada estão localizadas, principalmente, em municípios mais populoso. As escolas foram distribuídas em áreas consideradas vulneráveis. 

O projeto para a implantação do tempo integral teve início em 2016, por meio da Secretaria da Educação (Seduc), com 26 escolas estaduais. Em 2017, mais 45 unidades passaram a ofertar a jornada prolongada. Já em 2018, foram mais 40 escolas. No ano passado, 19 unidades passaram a ofertar o ensino médio em tempo integral.

"A nossa proposta é de expandir, a cada ano vem fazendo essa expansão. As escolas de tempo integral oportuniza, da mais equidade, mais condição do aluno aprender mais. A gente caminha para que se consolide a escola de tempo integral no Ceará", declarou a Eliana Estrela, titular da Seduc.

O ensino médio começa a partir do 1º ano do Ensino Médio e se expande gradualmente para as séries seguintes. Cada unidade oferta uma jornada de nove horas, com três refeições diárias. O currículo é composto por 30 horas semanais de disciplinas da base comum a todos, além de 15 horas na parte flexível, sendo que 10 são escolhidas pelos alunos. 

Melhores do Brasil
Conforme o estudo "Excelência com equidade no Ensino Médio", divulgado no ano passado, entre as 100 escolas com melhores resultados de aprendizagem e que atendem alunos com baixo nível socioeconômico, 55 são unidades de tempo integral do Ceará.

Fonte: Diário do Nordeste

Curta nossa página no Facebook

Enel foi multada em R$ 94 milhões nos últimos sete anos no Ceará

(Foto: Samuel Pinheiro/Blog Cariri)
A distribuição adequada de energia elétrica é um serviço básico prestado ao consumidor. Porém, nos últimos anos, o serviço vem sendo alvo de constantes reclamações. Fruto das denúncias, a Enel Distribuição do Ceará (Enel) foi multada em pouco mais de R$ 94 milhões nos últimos sete anos (2013 a 2019). A Agência Reguladora do Estado do Ceará (Arce) é a responsável pela regulação, controle e fiscalização do serviço no território cearense.

O órgão é conveniado à Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), autarquia federal vinculada ao Ministério de Minas e Energia, que julga e aplica as multas. No dia 15 de janeiro deste ano, o presidente do Conselho Diretor da Arce, Hélio Winston Leitão, se reuniu, em Brasília, com o diretor-presidente do órgão federal para cobrar uma "melhora rápida e efetiva no atendimento da concessionária (Enel) no Estado".

Os principais problemas encontrados se referem aos serviços de atendimento da Enel, porém, questões pontuais também são destacadas. "Nós observamos muitas denúncias de demora no atendimento nas lojas físicas, mas, em 2019 também tivemos a questão das contas duplicadas. Ou seja, são serviços básicos que precisam melhorar", ressalta o presidente do Conselho Diretor do órgão. "Já me reuni, também, com o presidente da Enel Ceará e coloquei de uma forma muito clara que a Arce não vai mais tolerar esse desrespeito à população".

Problema recorrente
Em 2019, a Enel foi a empresa acompanhada pela Arce com maior número de reclamações de usuários, segundo o último Relatório de Solicitações de Ouvidoria do órgão. Em maio do ano passado, a companhia foi submetida a avaliações de analistas da Agência Reguladora, que solicitaram a elaboração de um plano de ações a ser executado em 2020. O acompanhamento dos resultados para avaliar se as medidas que estão sendo cumpridas será realizado até setembro deste ano. "A Aneel está trabalhando com uma nova metodologia (regulação responsiva), onde a empresa apresenta ações efetivas de melhoria do serviço. Já estamos aplicando essa nova metodologia aqui no Estado", explica Winston Leitão. "Mesmo assim, eu fui até a Aneel e levei um relatório, mostramos que, nos últimos anos, está havendo uma piora dos dois principais indicadores da qualidade de energia no Estado". Os dois fatores levantados por ele são o DEC (Duração Equivalente de Interrupção por Unidade Consumidora) e FEC (Frequência Equivalente de Interrupção por Unidade Consumidora). O primeiro indica o número de horas, em média, que um consumidor fica sem energia elétrica durante determinado período (geralmente mensal). Já o segundo, corresponde à média de vezes em que houve interrupção na residência, comércio, indústria, etc. "São indicadores que precisam estar numa certa média. Aqui estão caindo", pontua Winston Leitão.

Prejuízos
A interrupção dos serviços de energia tem efeitos práticos na vida de Benito Soares, proprietário da Pousada do Luar, na comunidade de Lagoinha, em Paraipaba. "É um problema recorrente e quando chega o período de alta temporada, feriados, temos muitas quedas de energia devido ao aumento da demanda", lamenta. Segundo ele, é comum que aparelhos eletrodomésticos, como "televisores, liquidificadores, aparelhos de internet", por exemplo, sejam danificados por conta da interrupção no serviço.

"Há oito anos, tenho essa pousada e sempre acontece isso. Nós não temos uma semana com constância de energia", explica o empresário. No Réveillon deste ano, ele lembra que chegou a perder clientes pela falta do serviço. "Nós ficamos da noite do dia 30 até as 19 horas do dia 31 sem energia. Perdi R$ 1.200 só de um hóspede que foi embora, além do valor da irmã dele que ia se hospedar", reclama, ressaltando que o problema é recorrente. "Essa semana já teve uma nova interrupção". O problema vai além do prejuízo financeiro imediato. Para o proprietário, é "preciso avaliar o prejuízo moral". "Imagine se você vem, certo que vai passar o Réveillon aqui e quando chega não tem internet, não consegue dormir porque não tem ar-condicionado. As reclamações respingaram na praia de Lagoinha, na minha pousada, mesmo a culpa não sendo nossa".

A reportagem tentou contato com a Enel Distribuidora, que disse não ter recebido "informações necessárias para apurar a reclamação do cliente". A empresa esclarece, ainda, que "não tem registros de ocorrências na localidade".

Atendimento
Em 2019, mais de 10 mil usuários fizeram algum tipo de reclamação contra os serviços prestados pela Enel, segundo Relatório de Solicitações de Ouvidoria da Arce. As principais são com relação à variação de consumo; falta de energia; apresentação e entrega de fatura; cobrança indevida e erros de leitura. Em outubro, foi registrado o maior número de reclamações (1.481).

As medidas imediatas exigidas pela Arce são: aumento no quadro de atendentes dos postos; contratação de 25 estagiários em todo o Estado; aumento do horário de atendimento de 4h para 8h diárias (para algumas lojas); e abertura das lojas aos sábados, para atendimento exclusivo no segmento de recadastramento rural. Para este ano, estão previstas cinco fiscalizações, além do acompanhamento das ações em aberto. As datas serão definidas pela Agência Nacional de Energia Elétrica.

Autuações
Somente no ano passado, a Enel foi multada em R$ 6,4 milhões. O número é superior aos valores estipulados em 2018 (R$ 260 mil) e 2017 (R$ 5 milhões). Em relação ao valor aplicado em multas de 2013 a 2019, a Enel informou, em nota, que "cerca de 90% já foram encerradas e o restante está em andamento". Sobre o Plano de Resultados, exigido pela Arce, a companhia disse estar "trabalhando em ações para a melhoria dos processos e dos indicadores e será apresentado o relatório final após o fechamento do plano".

Fonte: Diário do Nordeste

Curta nossa página no Facebook

Estado do Ceará confirma cumprimento da lei do piso a agentes de saúde

O assessor especial das Relações Institucionais, Nelson Martins, recebeu, na tarde desta quarta-feira (12), os representantes da Confederação Nacional dos Agentes Comunitários de Saúde (Conacs), no Palácio da Abolição. “O governador Camilo Santana tem uma relação de permanente diálogo com os agentes de saúde. Foi o primeiro estado do Brasil que concedeu o piso nacional e, no primeiro governo, a insalubridade. Ele assumiu o compromisso de cumprir o que ficasse definido em lei federal, nos anos subsequentes”.

De acordo com Nelson, o Estado do Ceará mantém cerca de 8 mil agentes de saúde, que ficam disponibilizados para as gestões municipais. Ele explicou que a área técnica do Estado está fazendo a redação final da mensagem com o cumprimento da lei. “A orientação do governador é enviar para a Assembleia Legislativa o mais rápido possível”.

A presidente da Conacs no Ceará, Ilda Angélica Correia, destaca que o programa dos agentes comunitários de saúde foi iniciado no Ceará. “Uma conquista da categoria. Somos um estado diferenciado”. Ela explica que o pedido da categoria é em relação ao piso nacional, com a lei federal 13.708. “Ano passado, o governador cumpriu com o valor da lei. E este ano, estamos pleiteando o cumprimento da lei para 2020”, afirmou.

Participaram do encontro também o deputado Júlio César Filho, lider do Governo na Assembleia, e representantes da Federação Estadual das Associações dos Agentes Comunitários de Saúde e Endemias (Fedaacse).

Curta nossa página no Facebook

Guedes: 'Empregada doméstica indo pra Disneylândia. Peraí'

O ministro da Economia, Paulo Guedes, avaliou na noite desta quarta-feira, 12, que uma taxa de câmbio mais alta é “boa para todo mundo” e que o dólar mais barato estava prejudicando as exportações e permitindo que “todo mundo” pudesse ir para a Disneylândia.

“Não tem negócio de câmbio a R$ 1,80. Vou exportar menos, em função de importações, turismo, todo mundo indo pra Disneylândia. Empregada doméstica indo pra Disneylândia. Peraí”, comentou Guedes, durante fala em um evento.

O ministro incentivou os brasileiros a viajarem de férias para destinos dentro do País. “Vai para a Amazônia, para Foz do Iguaçu”, afirmou.

Depois dessas declarações, Paulo Guedes tentou minimizar a polêmica. “Vamos botar todo mundo para conhecer o Brasil. Eu, de vez em quando, quis dar o exemplo, mas falam: 'ministro diz que empregada doméstica estava indo para  Disneylândia.' Não. O ministro estava dizendo que o câmbio estava tão barato que todo mundo estava indo para a Disneylândia, até as classes sociais mais baixas. Todo mundo tem que ir para a Disneylândia conhecer Walt Disney, mas não ir três, quatro vezes ao ano, até porque, com dólar a R$ 1,8o, tinha gente indo três vezes ao ano.”

O ministro voltou a declarar que o turista brasileiro deve priorizar destinos nacionais. “Vai aqui pra Foz do Iguaçu, Chapada Diamantina, conhece um pouco do Brasil, conhece a selva amazônica e, da quarta vez, conhece a Disneylândia. Então é só isso que digo. Mudamos o mix”, comentou.

A lista de destinos turísticos sugeridos por Guedes não parou por aí. O ministro da Economia sugeriu que o povo brasileiro vá “passear alí no Nordeste, cheio de praia bonita”. “Vai pra Cachoeiro de Itapemirim (ES), vai conhecer onde o Roberto Carlos nasceu. Vai passear no Brasil, vai conhecer o Brasil, que tá cheio de coisa bonita pra ver.”

O ministro afirmou que o Brasil estava “em um processo de desindustrialização acelerada”. “Japão, China, todo mundo manipulando o câmbio por anos, décadas, tentando exportar mais, e o Brasil pendurado em um modelo rentista”, disse. “Bota o juro na lua, deixa o câmbio cair, atrapalha as exportações brasileiras, deixa todo mundo importar fácil, baratinho? Não, pera aí.”

Paulo Guedes disse que o governo não está fazendo nada demais, apenas “a política, direitinho”. “O juro é um pouco mais baixo, o que é bom para todo mundo. Vamos investir, consumir mais e, ao mesmo tempo, ter um câmbio um pouquinho mais alto, o que é bom para todo mundo. Mais exportação, mais substituições de importações. Inclusive, em setores muito intensivos em mão de obra, como turismo.”

De acordo com o IBGE, o País tem hoje 6,356 milhões de trabalhadores domésticos, conforme dados apurados até novembro do ano passado. O rendimento médio da categoria era de R$ 897 por mês, o que representa uma queda de 0,6% sobre a média salarial do ano anterior. A preços atuais, a média salarial equivale a US$ 206.

Ao defender o novo patamar do dólar, Guedes disse que “é melhor termos juros a 4% e câmbio a R$ 4,00, do que câmbio a R$ 1,80 e juros de 14%, nas alturas”. Numa tentativa de acalmar os ânimos, o ministro disse que “o câmbio não está nervoso, só mudou para R$ 4,00. “O modelo não é juro na lua e câmbio baixo, desindustrializando o Brasil”, acrescentou.

O dólar fechou nesta quarta-feira em nova máxima nominal, a R$ 4,3510. O real já é uma das divisas com pior desempenho no mercado internacional, atrás somente da lira turca, enquanto o Ibovespa tenta segurar os 117 mil pontos. 

Fonte: Estadão

Curta nossa página no Facebook

Justiça determina que estacionamento de shopping no Cariri apresente planilha de custos

(Foto: Samuel Pinheiro/Blog Cariri)
Sob pena de multa diária de dois mil reais, a 2ª Vara Cível da Comarca de Juazeiro do Norte determinou na última quarta-feira (05/02) que o Cariri Garden Estacionamentos e Eventos Ltda – pessoa jurídica responsável pelo estacionamento do Shopping Cariri Garden – apresente à Justiça a base de cálculo do valor cobrado pelo serviço, com os custos de manutenção, Imposto Sobre Serviço (ISS) e a margem de lucro.

A decisão vem após o ingresso de uma Ação Civil Pública pela 9ª Promotoria de Justiça de Juazeiro do Norte em junho de 2017 contra aumentos abusivos nos valores cobrado aos consumidores pelo serviço. Em setembro do mesmo ano, a Justiça já havia intimado a empresa a apresentar planilha de custos que justificassem o aumento.

À época, a tarifa de estacionamento custava seis reais por quatro horas e havia sido reajustada para sete reais, “sem qualquer melhoria no serviço prestado, nem prévia exposição de planilha de gastos ao consumidor, além de exceder ao quantum da inflação. As instalações do estacionamento em nada foram alteradas de modo a oferecer maior conforto e segurança aos consumidores”, consta na petição inicial do MPCE. Atualmente, o preço está em oito reais a hora, havendo gratuidade para os primeiros 20 minutos.

A promotora de Justiça Efigênia Coelho argumenta no pedido à Justiça que “o fato da demandada não ter concorrência no mercado, já que está vinculado ao único shopping center da Região do cariri, impõe ao seu bel prazer os preços cobrados pelo serviço de estacionamento, aumentando-os ao sabor dos ventos, como já o fez reiteradamente”. O prazo para entrega das informações e consequente multa pela não entrega dos dados à Justiça passa a contar a partir da intimação da empresa, havendo ainda a possibilidade de que ela seja acionada pelo crime de desobediência e por ato atentatório à dignidade da Justiça.

Curta nossa página no Facebook

13 de fevereiro

1633 - Galileu Galilei (foto), é detido pela Inquisição da Igreja Católica, devido aos seus estudos referentes ao heliocentrismo.
1945 - Dresden é bombardeada pela Força Aérea Real e pela Força Aérea dos Estados Unidos.
1967 - No Brasil, o cruzeiro é substituído pelo cruzeiro novo devido ao aumento da inflação.

Nasceram neste dia…
1440 - Hartmann Schedel, cartógrafo alemão (m. 1514).
1892 - Carlota Pereira de Queiroz, política brasileira (m. 1982).
1906 - Agostinho da Silva, filósofo português (m. 1994).

Morreram neste dia…
1787 - Ruđer Bošković, cientista e diplomata croata (n. 1711).
1883 - Richard Wagner, compositor alemão (n. 1813).
1965 - General Humberto Delgado, político e ativista português (n. 1906).

Fonte: Wikipédia

Técnicos e vereadores de oposição visitam locais onde serão instalados equipamentos de lazer em Barbalha

Na manhã desta terça-feira (11), técnicos do gabinete da primeira-dama do Estado e vereadores de oposição de Barbalha estiveram visitando diversos locais onde serão instaladas brinquedopraças e academias ao ar livre no município.

Acompanhados dos vereadores Dorivan Amaro, André Feitosa, Odair Matos, João Ilânio e Moacir Barros, além do coordenador de programas e projetos especiais Francisco Lira, os técnicos foram conferir in loco os logradouros públicos onde serão construídos essas áreas de lazer e diversão para a população. A Praça do Alto Alegria, conjunto residencial Minha Casa Minha Vida e Praça Paulo de Muluca foram os locais contemplados com os equipamentos.

O início das obras estão previstas para o mês de maio.

A brinquedopraça integra o pilar Tempo de Brincar do Programa Mais Infância Ceará, que assegura o direito das crianças ao desenvolvimento de suas capacidades físicas, cognitivas e psicológicas através do ato de brincar. Já as academias ao ar livre se destinam ao esporte e ao lazer de jovens, adultos, idosos e pessoas com deficiência. A contrapartida da prefeitura é garantir a praça em bom estado de conservação para o uso e manutenção dos equipamentos.

Equipamentos
Os espaços de lazer para as crianças são áreas cercadas de 240m², com piso anti-impacto e oito brinquedos infantis: duas casinhas duplas, sendo uma com ponte de playground e outra com ponte de eucalipto, dois escorregadores com balanço triplo, duas gangorras e dois brinquedos em mola. O Estado oferta os equipamentos e cabe às prefeituras municipais garantir a conservação da praça e a manutenção dos brinquedos. 

A academia ao ar livre, com área total de 100m², possui onze equipamentos para fortalecimento da musculatura, alongamentos e correção postural. Entre os equipamentos estão simuladores individuais de bicicleta, esqui, caminhada e de cavalgada, volante vertical duplo, alongador três alturas, twist lateral duplo, de rotação diagonal dupla e multiexercitador com seis funções, todos com placas de orientação para correta atividade. 

Por Samuel Pinheiro

Curta nossa página no Facebook

Estudante de escola estadual em Juazeiro é aprovado em Medicina

Ter a matéria de Biologia como favorita durante os anos de educação básica foi um dos principais fatores para que Elisberto Nogueira de Souza quisesse seguir a vida profissional em alguma atividade ligada à saúde. Aos 17 anos, o jovem deu o primeiro passo na busca do sonho e foi aprovado em Medicina na Universidade Federal do Cariri (UFCA), após ter realizado o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2019. Os anos finais do período escolar foram feitos na Escola Estadual de Educação Profissional (EEEP) Aderson Borges de Carvalho, em Juazeiro do Norte.

Naquela unidade de ensino, Elisberto concluiu o curso técnico em Logística “e teve a oportunidade de evoluir pessoalmente, assim como desenvolver a prática do estudo”, conforme ele mesmo salienta. As expectativas para os próximos seis anos de formação são as melhores possíveis e o estudante já tem ideia de qual área deseja seguir: radiologia.

A afinidade por este setor tem relação com outro campo que também é do interesse do jovem, a biomedicina. Tanto que seria esta sua segunda opção de curso. “Gosto de pensar que vou trabalhar fazendo exames de imagem, mexendo com máquinas”, idealiza.

Estímulo
Além do gosto por esta área de atuação, Elisberto conta que uma das principais motivações para buscar o aprendizado foi o desejo de proporcionar à família melhores condições de vida. “Essa foi a forma que encontrei de fazer isso”, considera. “Estou bem feliz. Me vejo realizado. É um sonho que se concretiza”, complementa.

O jovem é o segundo da família a ingressar no Ensino Superior. A primeira foi sua irmã, que atualmente cursa Pedagogia. “Com certeza ela foi um espelho pra mim”, avalia, lembrando que agora ele próprio servirá de inspiração a outras pessoas.

Superação
A dedicação aos estudos tendo em vista o Enem foi intensificada a partir da 2ª série e não parou até que as provas fossem realizadas. Mesmo diante de uma situação familiar delicada, que chegou ao ápice quando ele estava a poucas semanas do Exame, tendo que administrar também o aspecto emocional. Os pais de Elisberto estavam em processo de separação naquele período e criou-se um ambiente de tensão que envolveu a todos em casa. A relação do jovem com a mãe, com quem permaneceu morando, sofreu desgastes e os dois se distanciaram. A reconciliação e a melhora do clima vieram quando faltava menos de uma semana para o Enem.

“Ter acontecido isso no final do Ensino Médio me deixou perdido. Não sabia o que fazer. É algo que não esperamos, mas temos que nos virar. Contei com a ajuda dos amigos e segui tentando fazer a minha parte. A aprovação foi uma grande superação para mim”, revela. “Durante três dias revisei todos os assuntos estudados nessa jornada de um ano e seis meses que iriam cair no primeiro dia. Fiz a prova confiante, cheguei em casa e dormi. No dia seguinte, só tinha algo em mente: estudar o conteúdo do segundo dia. E foi isso que fiz”, aponta.

“Se você tem uma meta, não desista. Irão surgir várias dificuldades, obstáculos familiares, ansiedade, problemas financeiros. Ignore os problemas, busque as soluções e tente ao máximo ser gentil com as pessoas”, aconselha o jovem.

Curta nossa página no Facebook

Convocados pela Lista de Espera do SiSU na UFCA deverão fazer pré-cadastro on-line

Os estudantes convocados pela Universidade Federal do Cariri (UFCA) entre os inscritos na Lista de Espera do Sistema de Seleção Unificada (SiSU) para ingresso na instituição precisam fazer pré-cadastro em um sistema digital da Universidade, de 12 a 19 de fevereiro. O pré-cadastro, no entanto, não garante a vaga, uma vez que foram convocados mais candidatos do que o número de vagas disponíveis, a partir da lista divulgada pelo Ministério da Educação.

O pré-cadastro
O pré-cadastro é feito através de preenchimento de formulário on-line, que deverá ser acessado através de link enviado por e-mail ao candidato convocado. Desse modo, os candidatos não precisarão se dirigir à sede da Universidade para se inscreverem, com exceção dos candidatos a vagas para pessoas com deficiência e/ou autodeclaradas pretas ou pardas. Estes, além de fazerem o pré-cadastro on-line, deverão comparecer ao campus Juazeiro do Norte, em datas específicas, para, respectivamente, apresentarem documentação à perícia médica e participarem do procedimento de heteroidentificação.

Como fazer o pré-cadastro
Os candidatos receberão um e-mail da UFCA com um código de acesso, através do qual o candidato vai acessar o endereço eletrônico do Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas (Sigaa/UFCA) para realizar seu pré-cadastro on-line.

O preenchimento on-line será composto por seis passos: confirmação do curso escolhido (1), informação de dados pessoais (2), informação de dados de documentos pessoais (3), informação de contatos (4), anexação de documentos (5) e declaração de ciência das informações dadas (6). Os formulários serão personalizados de acordo com a modalidade de concorrência escolhida pelo candidato, para que sejam anexados os documentos correspondentes às exigências específicas da modalidade, digitalizados em formato PDF. Após o preenchimento integral e envio da documentação, o candidato receberá em seu e-mail uma confirmação de envio.

Os candidatos com deficiência e/ou autodeclarados pretos ou pardos, após a confirmação do pré-cadastro, devem comparecer ao campus Juazeiro do Norte da UFCA para apresentarem documentos originais e participarem do procedimento de heteroidentificação, respectivamente.

O Edital Processo Seletivo SiSU 2020.1 contém a lista de todos os documentos que precisam ser apresentados em cada uma das modalidades.

Resultado parcial
Com a publicação do resultado parcial da Lista de Espera, prevista para o próximo dia 2 de março, o candidato que tiver o seu pré-cadastro indeferido por algum motivo poderá recorrer, no prazo determinado, na convocação da Lista de Espera. Já os candidatos classificados deverão comparecer à UFCA, nos dias 11, 12 e 13 de março, para apresentarem documentos básicos originais e efetivarem sua matrícula.

Os convocados que ficarem como suplente deverão aguardar surgimentos de vagas até o dia 27 de março.

Curta nossa página no Facebook

Zé Adega tem pré-candidatura a prefeitura do Crato articulada em Brasília

Arthur prestigia posse do ministro Rogério Marinho (à esq.)
e marca presença na sessão da Câmara dos Deputados
(à esq.) (Foto: Acervo pessoal)
Arthur Gomes de Matos, filho do médico e ex-prefeito do Crato Zé Adega, esteve em Brasília nesta segunda e terça-feira, reunido com lideranças políticas afim de articular sua pré-candidatura ao Palácio Alexandre Arraes na eleição de outubro próximo.

Na capital federal, a convite dos deputados federais cearenses Roberto Pessoa (PSDB) e Heitor Freire (PSL), Arthur foi em busca de apoio para fortalecer a pré-candidatura do ex prefeito, que tem sido muito bem recebido nas comunidades que tem visitado. Zé Adega tem ouvido as queixas da população e apontado soluções.

Zé Adega foi prefeito do Crato entre 1989 e 1992 e tem
sido disputado por partidos de centro e de direita
(Foto: Reprodução/Facebook)
Com vasta experiência política, Zé Adega foi prefeito do Crato entre 1989 e 1992 e tem sido disputado por partidos de centro e de direita.

Ainda em Brasília, Arthur prestigiou a posse de Rogério Marinho como ministro do Desenvolvimento Regional. Marinho foi secretário de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, e substitui Gustavo Canuto, que assumiu a Dataprev.

Eleições
O pleito na terra de Bárbara de Alencar promete ser acirrado, já tendo vários nomes sido colocados à disposição para a escolha do eleitor. Até lá, é aguardar para ver o que pode acontecer.

Curta nossa página no Facebook

Simpósio discute avanços e desafios da Educação Superior no Ceará

O cenário e os desafios da Educação Superior no Ceará, seja na modalidade presencial ou a distância, serão alguns dos temas debatidos no Simpósio de Educação Superior do Ceará – Governo e Sociedade pelo Desenvolvimento do Estado”. O evento é aberto ao público e acontecerá nos dias 12 e 13 de março de 2020, no auditório da Universidade do Parlamento (Unipace), na Assembleia Legislativa do Ceará.

O Simpósio é uma promoção do Governo do Ceará, por meio da Secretaria da Ciência, Tecnologia e Educação Superior (Secitece), e deverá contar com a participação de importantes instituições, entre elas as seis universidades públicas e os 15 centros universitários que funcionam hoje no estado.

A programação contará com palestras e mesas redondas, com a presença de professores, estudantes, reitores, pró-reitores, diretores de centros, coordenadores de cursos, representantes do Conselho Estadual de Educação e gestores públicos estaduais, além da sociedade civil.

“Vamos abrir um espaço para o debate e a construção coletiva, ampliando a articulação com os diversos setores que permeiam a Educação Superior. Temas como gestão eficiente, avaliação do ensino, inovação e educação na era da transformação digital estarão contemplados na programação”, enfatiza o secretário da Secitece, Inácio Arruda.

As inscrições para o Simpósio de Educação Superior do Ceará já estão abertas e podem ser realizadas no link.

Curta nossa página no Facebook

Tamanho de área indígena é 'abusivo', diz Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta terça-feira (11) que o tamanho das terras indígenas demarcadas no país é "abusivo".

Bolsonaro deu a declaração em uma cerimônia no Palácio do Planalto, na qual assinou um decreto para transferir o Conselho Nacional da Amazônia Legal do Ministério do Meio Ambiente para a Vice-presidência da República. O presidente também excluiu os governadores do conselho.

"Deixo bem claro que ninguém é contra dar devida proteção e terra aos nosso irmãos índios, mas, da forma como foi feito, e hoje em dia reflete 14% do território nacional demarcado como terra indígena, é um tanto quanto abusivo", afirmou o presidente na cerimônia.

Bolsonaro costuma criticar o processo de demarcação de terras indígenas desde o período em que era candidato a presidente.

No início do governo, ele chegou a editar uma medida provisória (MP) transferindo a responsabilidade sobre a demarcação do Ministério da Justiça para o Ministério da Agricultura. O Congresso, contudo, alterou a MP e transferiu a função para a Fundação Nacional do Índio (Funai), vinculada à Justiça.

Bolsonaro, então, editou uma nova medida provisória, devolvendo a demarcação para a pasta da Agricultura. O Supremo Tribunal Federal (STF), porém, suspendeu o ato do presidente, deixando a demarcação com a Funai novamente.

'Massa de manobra'
Em agosto do ano passado, Bolsonaro chegou a dizer em um encontro com governadores da região amazônica que os índios são usados como "massa de manobra" no processo de demarcação.

"Com todo respeito aos que me antecederam, foi uma irresponsabilidade essa política adotada no passado no tocante a isso, usando o índio como massa de manobra", declarou o presidente na ocasião.

No mês passado, Bolsonaro também afirmou: "Cada vez mais, o índio é um ser humano igual a nós".

Fonte: G1

Curta nossa página no Facebook

12 de fevereiro

1818 - É proclamada a República do Chile.
1912 - Revolução Xinhai: a dinastia Qing é deposta e é estabelecida a República da China.
1986 - Os governos de França e Reino Unido assinam o Fixed Link Treaty para a construção do Eurotúnel.

Nasceram neste dia…
1809 - Charles Darwin (foto), biólogo britânico (m. 1882).
1809 - Abraham Lincoln, político e antigo presidente dos Estados Unidos (m. 1865).
1913 - Walter Smetak, compositor suíço (m. 1984).

Morreram neste dia…
1804 - Immanuel Kant, filósofo alemão (n. 1724).
1979 - Jean Renoir, cineasta francês (n. 1894).
1984 - Julio Cortázar, escritor argentino (n. 1914).

Fonte: Wikipédia

Produtores de banana de Missão Velha ganham apoio do Governo do Ceará

A região do Cariri passou a contar desde a última sexta-feira (7) com mais um investimento do Projeto São José III. Para fortalecer o ciclo produtivo da fruticultura o Governo do Ceará, através da Secretaria do Desenvolvimento Agrário (SDA), inaugurou a nova unidade de beneficiamento de banana de Missão Velha.

Equipada com uma câmara fria, um caminhão, 600 caixas para transporte e um kit de irrigação a packing house beneficiará cerca de 32 produtores da Comunidade de Sítio Barreiras, com investimento de R$ R$ 633.950,78. Estimada em 400 toneladas geradas por mês a produção deverá aumentar significativamente de acordo com o secretário Francisco De Assis Diniz.

“Este projeto está inserido no projeto da agroindústria desta região. Algo pensado não apenas para 32 famílias, mas para muitas outras que, a longo prazo, se juntarão aos que hoje estão encontrando neste meio a fonte de sua renda. A dimensão da produção não pode se voltar para si, mas visar sempre abastecer mercados, pôr dinheiro no bolso dos trabalhadores, renda e garantia de vida. A banana dispõe de um mercado líquido e certo”, destacou o gestor. De Assis lembra que o compromisso da SDA é fazer com que investimentos como este aumentem através do Projeto São José IV.

“No Cariri temos muitas outras culturas para acessar mercados. Não vamos vender apenas bana “in natura”, queremos agregar valor à Rota da Fruticultura. E para nossa sorte o governador Camilo Santana é alguém muito sensível à pauta da agricultura buscando sempre a melhor maneira de apoiar a atividade em nosso estado”, lembra Diniz.

A unidade do Sítio Barreiras nem foi inaugurada e já está cruzando as barreiras do estado para atender mercados vizinhos. De acordo com o presidente da associação dos moradores, Jonas dos Santos, os produtos da região já foram recentemente atender demandas de Maceió e Maranhão. “Agora nossa vida será outra. Nós sequer tínhamos estrutura para carregar nosso caminhão. Com esse packing house será tudo um sucesso”, comemora.

Curta nossa página no Facebook

12 motivos que explicam porque você não consegue emagrecer

Pular refeições não é nada produtivo. Essa prática, na verdade, só faz com que a fome se acumule, fazendo com que você possa se descontrolar e cometer excessos alimentares em algum período do dia. É necessário realizar pelo menos cinco refeições por dia para que a quantidade de nutrientes importantes para o corpo seja fornecida adequadamente.

Você vive de dieta, mas o ponteiro da balança nunca vai para o lado que você quer? Calma, você não está sozinha(o). Muitas pessoas reclamam que se matam a semana toda, cortando doces e comendo saladas, mas que ao subir na balança todo esse esforço não é levado em conta. Mas será que você está fazendo certo?

Antes de colocar na balança, vale a pena refletir sobre os métodos e escolhas que foram adotados durante a sua dieta. Às vezes uma atitude errada acaba prejudicando todo o seu programa de emagrecimento.

Para te ajudar, listamos 12 motivos que explicam porque você não consegue emagrecer.

NÃO FAZER LANCHE ENTRE AS REFEIÇÕES
O ideal é se alimentar de três em três horas, no máximo quatro. Deixar de fazer lanches entre as refeições principais só faz com que você fique com mais fome na próxima refeição. E é aí que os excessos podem acontecer.

EXTRAPOLAR NA QUANTIDADE
Não tem conversa: perder peso significa controlar a ingestão de alimentos. Não adianta nada optar por um menu saudável mas pecar na quantidade de alimentos consumidos. O excesso calórico, mesmo que “saudável”, resulta no ganho de peso. É preciso ter moderação na hora de se alimentar.

COMER RÁPIDO DEMAIS
Esse é um item muito importante, que tem a ver com as dicas já citadas. Se você pular alguma refeição ou deixar de fazer os lanches intermediários, na próxima refeição você vai estar com tanta fome que vai comer em 5 minutos. E isso é um péssimo hábito, que pode acabar com a sua dieta. Quando você faz uma refeição, o cérebro leva um tempo para entender que o estoque de alimentos está sendo reposto e que, portanto, você pode parar de comer. Por isso, fazer refeições rápidas demais pode fazer com que você coma demais, fazendo com aconteça os tão temidos “excessos calóricos”.

COMER SEMPRE A MESMA COISA
Não tem problema comer sempre as mesmas coisas, mas concorda que seguir uma alimentação monótona faz com que a gente desista mais fácil do projeto de emagrecimento? Tente variar os tipos de alimentos, texturas e sabores.

NÃO INGERIR LEGUMES E VERDURAS
Os vegetais são extremamente benéficos para a saúde. Além de serem ricos em fibras, que saciam a fome mais rapidamente, eles ainda são fontes de diversos nutrientes que melhoram a saúde do corpo e mente. Deixar de ingerir legumes e verduras leva a um maior consumo de alimentos e calorias, prejudicando assim o emagrecimento.

BELISCAR O TEMPO TODO
Beliscar é uma delícia mesmo, mas não é nada produtivo para quem quer perder alguns quilinhos extras. Essa prática faz com que você perca a noção da quantidade de alimentos ingeridos, cometendo assim alguns excessos alimentares. O ideal é estipular os horários dos lanches intermediários e controlar as escapadas.

CONSUMIR DOCES E FRITURAS COM FREQUÊNCIA
Para que quer perder peso é preciso controlar a ingestão de doces e frituras, não tem jeito. Na verdade, o ideal é que esses alimentos sejam evitados ao máximo, sendo trocados por quitutes mais saudáveis. Se a vontade do doce bater, uma boa dica é comer um damasco ou ameixa seca. Um pedacinho (pequeno mesmo) de chocolate amargo, 50% ou 70% cacau também está liberado para os momentos mais críticos. Já os alimentos fritos podem ser substituídos pelos grelhados, que são tão saborosos quanto.

EXTRAPOLAR NA ALIMENTAÇÃO NO FINAL DE SEMANA
O final de semana é sempre um problema. Lógico que você pode sair um pouco da dieta e saborear àquele almoço de domingo em família e tomar uma (uma mesmo) cervejinha. Porém, é preciso escolher apenas um dia e uma refeição que será mais pesada. Não adianta nada fazer tudo certinho de segunda a sexta e sábado e domingo comer como se não houvesse amanhã. Todo o esforço da semana será em vão. Então, tente evitar situações que incentivam o excesso.

BEBER POUCA ÁGUA
Além de trazer muitos benefícios para o corpo, a água é fundamental para quem quer perder peso, já que o seu consumo durante o dia retarda a sinalização de fome. O ideal é ingerir pelo menos 2 litros de água por dia.

NÃO PRATICAR EXERCÍCIOS FÍSICOS
As atividades físicas são grandes aliadas para quem quer perder peso. Além dos exercícios aumentarem o gasto calórico, eles ainda diminuem a porcentagem de gordura corporal e aumentam a massa magra. O ideal é praticar tanto as atividades aeróbicas quanto as anaeróbicas. Assim, é possível melhorar a resistência cardiorrespiratória, fortalecer a musculatura e prevenir a perda de massa muscular e óssea.

ESPERAR RESULTADOS RÁPIDOS
Não é do dia para a noite que o seu corpo vai mudar e que as gordurinhas vão desaparecer. É preciso ter muito esforço, foco e paciência, por perder peso saudavelmente é uma conquista a médio/longo prazo. Para você não desanimar tão fácil, evite se pesar em diversos momentos do dia. Mas se você é daquelas pessoas que gostam de acompanhar todas as mudanças do seu corpo, uma boa dica é se pesar a cada sete dias, com menos roupas possíveis, no mesmo horário e na mesma balança.

Fonte: Guia da Semana

Curta nossa página no Facebook

Blitz e roda de conversa marcam ação em defesa das mulheres no Cariri

Mulheres dos municípios de Juazeiro do Norte, Crato e Barbalha participaram na última semana, dos dias 5 a 7 de fevereiro, de rodas de conversas, atendimentos de saúde e beleza e encaminhamentos jurídicos e psicológicos para a rede socioassistencial para mulheres em situação de violência. “Mobilizamos toda a rede de atendimento, tanto estadual quanto municipal, para dizer às mulheres que elas têm onde buscar apoio. E também para dizer a todos que não vamos nos calar diante do machismo que nos mata e oprime todos os dias”, destaca a secretária-executiva de Políticas para as Mulheres da Secretaria da Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos (SPS), Denise Aguiar. As ações foram realizadas a partir de uma articulação da primeira-dama do Estado, Onélia Santana.

Além dos serviços de saúde e beleza, o público também foi contemplado com os serviços das duas Unidades Móveis de Enfrentamento à Violência Contra a Mulher da SPS, que juntas, atenderam 56 pessoas nas três cidades. “Uma das nossas ações durante estes três dias no Cariri foi a blitz educativa na Praça do Giradouro, em Juazeiro do Norte. Conversamos com caminhoneiros, motoqueiros, taxistas e todos que passavam pelo local. Precisamos conscientizar a sociedade de que este é um problema estrutural e que só vamos combatê-lo se estivermos juntos, trabalhando do mesmo lado” ressalta Denise.

Unidade Móvel
“Com as Unidades Móveis conseguimos levar atendimento às mulheres que estão nos distritos mais distantes do Cariri, e isso fez a diferença na vida de muita gente. Durante estes três dias de atividades contamos com o apoio e o suporte de toda rede de enfrentamento à violência contra as mulheres do Cariri”, explica a assistente social e técnica da Unidade Móvel, Eveline Rocha.

Para Gabriela Freitas, psicóloga da Unidade Móvel, a ação teve um alcance muito positivo. “A blitz educativa tem uma proposta de intervenção massiva e conseguimos alcançar nosso objetivo. Dialogamos com centenas de motoristas e divulgamos nosso material. Distribuímos adesivos e entregamos pelo menos dois mil panfletos que falam da necessidade de proteger a vida das mulheres. A blitz foi uma ação de afirmação desta pauta que é tão urgente e necessária”,conclui.

A equipe da SPS realizou encaminhamentos para a rede de enfrentamento à violência contra a mulher e contou com o apoio e a parceria do CREAS Regional, do Centro de Referência da Mulher, dos CRAS, e do Núcleo de Enfrentamento à Violência contra a Mulher/Defensoria Pública (Nudem). A ação contou com a parceira da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), através do Grupo de Apoio a Vítimas de Violência (GAVV), e com as prefeituras municipais de Juazeiro do Norte, Crato e Barbalha. Estiveram presentes também os agentes da Patrulha Maria da Penha.

Curta nossa página no Facebook

Feira do Livro e da Gravura acontecerá em Crato, nos dias 13 e 14

Foto meramente ilustrativa
A Pró-reitoria de Extensão – PROEX, da Universidade Regional do Cariri – URCA realizará nos dias 13 e 14 fevereiro, das 8h às 20h, no Pátio de Pedagogia, no campus Pimenta, a primeira edição do ano, da Feira do Livro e da Gravura. 

A Feira tem o objetivo de democratizar o acesso à leitura  e a imagem,  ser ponto de encontro de escritores e artistas  e criar possibilidades de movimentar o empreendedorismo criativo. A Feira acontece mensalmente na Universidade. 

Na Feira do Livro e da Gravura é possível encontrar livros novos e usados, cordéis, gravuras, desenhos, pinturas, arte digital, cadernos artesanais e bordados. 

Estudantes interessados em participar da Feira devem entrar em contato com a PROEX.

Curta nossa página no Facebook

TAC garante a construção de um Centro de Controle de Zoonoses em Mauriti

O Ministério Público do Ceará (MPCE), por meio da Promotoria de Justiça de Mauriti, firmou um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o Município em prol da implantação de um Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) na cidade. Com estrutura humana e material compatível com a população e o tamanho do município, a construção deve ser entregue até março de 2021.

O TAC levou em consideração um levantamento feito pela Secretaria Municipal da Saúde de Mauriti, a qual aponta que, nos últimos sete anos, foram registrados cerca de 52 casos de pessoas contaminadas por Calazar, com duas mortes confirmadas. Como zoonoses são doenças causadas por animais transmissíveis ao ser humano, o MPCE considera que um CCZ em Mauriti é necessário para prevenir novos casos relacionados ao Calazar e a demais zoonoses.

Vale ressaltar que o Governo Federal, por meio da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), estabeleceu diretrizes para a construção de um CCZ Tipo 4, ou seja, um centro que desenvolve atividades de controle de populações animais, entomologia e controle de vetores, sendo este equipamento para municípios de menor porte.

No TAC, é destacado que a Prefeitura já havia apresentado estimativa para a construção de um CCZ tipo 4 com 600 m2, na localidade do Sítio Pombos, no distrito Palestina, com orçamento estimado em R$ 720 mil.

Dessa forma, o MPCE acompanhará o cumprimento do Termo, que tem eficácia imediata. Além de entregar o CCZ no prazo estabelecido, o Município deve inserir na Lei Orçamentária Municipal de 2020 verba suficiente para o atendimento da política pública. O não cumprimento do TAC implicará multa diária no valor de R$ 1 mil sobre o prefeito de Mauriti, Josevan Leite de Oliveira.

O documento foi assinado na última sexta-feira (07/02) pelo promotor de Justiça Leonardo Marinho de Carvalho Chaves; pelo prefeito municipal; pelo assessor jurídico Daniel da Costa Beserra; e pela secretária de Saúde do Município, Francisca Elonya Moura Teixeira.

Curta nossa página no Facebook

Governo do Ceará apresenta resultados na saúde e planejamento para os próximos anos

Dar visibilidade às ações desenvolvidas pelo Governo do Ceará em 2019 na área da saúde e as estratégias e projetos para os próximos anos é uma forma da Secretaria da Saúde do Estado (Sesa) trazer para dentro da gestão os diversos atores sociais envolvidos no processo. Com essa finalidade, cerca de 700 pessoas participam, nesta segunda-feira (10), do Fórum Estratégico da Saúde, que ocorre no Centro de Evento do Ceará, em Fortaleza, durante todo o dia. O governador Camilo Santana e o titular da Sesa, Carlos Roberto Martins Rodrigues Sobrinho (Dr. Cabeto), fizeram a abertura do evento, que contou com a presença de representantes da Justiça, Ministério Público, parlamentares, gestores municipais e sociedade civil.

O evento está alinhado à Plataforma de Modernização da Saúde, iniciativa que está possibilitando mudanças importantes no setor, como por exemplo a readequação da estrutura organizacional da Sesa e a execução de um modelo de gestão pautado pela transparência. Camilo Santana reforça que o Ceará já fez o trabalho estrutural e que o momento é de se organizar para usufruir positivamente desse legado. “Se você for analisar o relatório do Banco Interamericano de Desenvolvimento, o Ceará hoje é um dos estados que têm a melhor rede estrutural de saúde pública da Federação. Se você imaginar que não tinha nenhuma UPA, policlínica, hospitais no interior, Samu praticamente universalizado, o Estado avançou muito na estruturação da sua rede e o passo que se dá agora é melhorar a conectividade dessa rede, a eficiência e gestão. Para isso, a gente precisa ter metas, informação e um conjunto de ações. Esse Fórum é um momento de diálogo, de apresentar os números, ouvir a sociedade, traçar metas, desafios e indicadores com um único objetivo, melhorar a saúde no Ceará”, destacou o governador.

O momento é de debater ações e políticas públicas para consolidar a área da saúde como uma fonte geradora de conhecimento. “A partir de agora, todo início de ano a Sesa vai disponibilizar os dados do que aconteceu no ano antecedente. Isso abre espaço para uma autocrítica, que é o ponto de partida para a gente melhorar. Quando a gente olha pro título ‘Você faz a diferença’ chama a atenção para o papel de cada ator social na melhora do sistema de saúde. Isso está claro de que a Sesa quer nova forma de fazer política de saúde, para que a gente consiga priorizar e definir menor risco nas decisões onde se deve colocar recursos. Ter esse momento com a sociedade é muito rico e inaugura uma forma diferente de estabelecer estratégia de saúde”, pontuou Dr. Cabeto.

Nilson Diniz, prefeito do Cedro e presidente da Associação dos Municípios do Ceará (Aprece), enalteceu a importância de todos atuarem juntos. “São várias ações que estão dentro das 14 regiões do Estado, que precisam ser trabalhadas em conjunto com o Estado para a gente ter mais eficiência na aplicação dos nossos recursos. A Aprece se solidariza com essa ação e estamos juntos para discutir. É um tema importante e a gente só vai fazer saúde se tivermos a participação de todos de maneira efetiva, trabalhada e pactuada, com uma ação voltada para melhorar em cada instância. Tenho certeza que esse fórum é uma maneira adequada para a gente possa dirimir nossas divergências, dúvidas e aquilo que a gente vai convergir, pois o grande sentido desse fórum é fazer com que a saúde possa melhorar no Ceará”, ponderou Diniz.

Avanços e novas medidas
O Ceará conseguiu reduzir em 2019 o tempo médio de internação e o número de macas e tempo de permanência nas emergências. Outro fator positivo foi a queda do número de mortes por Aids, tuberculose, AVC e infarto. Os números também registram menos internações por condições sensíveis à atenção primária. Para continuar evoluindo, o Estado planeja desburocratizar processos administrativos intersetoriais, aumentar investimentos na saúde, estabelecer política específica de atração de investimentos voltados para a economia da saúde e sustentabilidade da rede hospitalar, entre outras iniciativas. Para 2020, o planejamento prevê uma nova central de regulação, um novo modelo de governança regional, expansão dos serviços dos hospitais regionais, novo programa de acesso a medicamentos, o Centro de Inteligência da Saúde e a Central de Laudos.

Curta nossa página no Facebook

11 de fevereiro

1763 – É assinado o Tratado de Paris, entre o Reino Unido, França, Portugal e Espanha, que põe fim à Guerra dos Sete Anos.
1996 — Deep Blue, o supercomputador da IBM, derrota Garry Kasparov no xadrez pela primeira vez.
2009 – Iridium 33 e Kosmos-2251 são destruídos ao colidirem em órbita, no que foi primeira colisão acidental em hipervelocidade ocorrida entre dois satélites artificiais em órbita terrestre.

Nasceram neste dia…
1791 – Francesco Hayez, pintor italiano (m. 1882).
1952 – Lee Hsien Loong, primeiro-ministro de Singapura.
1962 – Cliff Burton, músico e compositor estadunidense (m. 1986).

Morreram neste dia…
1755 – Montesquieu, político, filósofo e escritor francês (n. 1689).
1939 – Papa Pio XI (foto) (n. 1857).
2005 – Arthur Miller, dramaturgo estadunidense (n. 1915).

Fonte: Wikipédia

Estudos avançam nas fontes do Cariri para garantir abastecimento

Conhecer e mensurar a disponibilidade e a qualidade das fontes na região do Cariri. Este é o objetivo do estudo em andamento capitaneado pela Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh). A iniciativa dialoga com a observação da população local, cujo olhar diário indica uma possível diminuição da vazão das fontes nos últimos anos. Os resultados consolidados serão divulgados em março deste ano, após dois anos de estudos em campo.

Os resultados da pesquisa contemplam o cadastramento de usuários e a medição da vazão média das fontes, além de análises sobre a qualidade da água. Resultados preliminares mapearam 496 usuários de 80 fontes outorgadas. “Baseado nestes resultados vamos ter conhecimento para gerenciar melhor as fontes da região”, comenta Davi Pereira, geógrafo da Companhia. De acordo com ele, a partir do cadastramento é possível avaliar a situação real do uso das fontes, garantindo uma retirada sustentável de água.

A pesquisa trará benefícios tanto para o poder público como para os usuários. A perspectiva é que o estudo apresente um levantamento de disponibilidade de água das 80 fontes pesquisadas, projetando políticas de gestão mais assertivas no uso dos recursos hídricos da região.

As fontes passaram por uma análise gradativa das vazões, divididas em 6 campanhas de medição feitas num período de 2 anos. “Por se tratar de formações importantes para o abastecimento da região, é de fundamental importância a execução desse estudo”, explica a gerente de Estudos e Projetos da Cogerh, Zulene Almada. A região do Cariri é essencialmente abastecida por água subterrânea, incluindo as fontes, cujas águas abastecem cerca de 600 mil habitantes da porção mais ao Sul do Ceará.

A área de estudo abrange vários territórios do Ceará. Os municípios contemplados na pesquisa são: Barbalha, Brejo Santo, Crato, Jardim, Missão Velha, Nova Olinda, Porteiras, e Santana do Cariri.

A qualidade da água das fontes também foi levada em consideração na pesquisa. Fatores como pH, temperatura e Sólidos Totais Dissolvidos (STD) foram medidos em campanhas de campo. Já as análises bacteriológicas (coliformes totais e Escherichia coli) foram realizadas em laboratório, assim como análises de níveis de nitrato, nitrito e amônia. “O fato de a água subterrânea, incluindo as fontes, ser uma das principais formas de abastecimento da região indica o quanto esses dados são importantes. Por isso a gente precisa dessas informações. Não apenas enquanto órgão gestor, mas também para a segurança hídrica da localidade”, explica Zulene.

Saiba mais
Existem ao todo 293 fontes no território cearense, na área de abrangência da Bacia do Araripe, região sul do Ceará. Os dados são do levantamento realizado pela Agência Nacional de Mineração (ANM), em 1996, à época conhecido como Departamento Nacional da Produção Mineral (DNPM).

Formação e uso das fontes
O surgimento das águas subterrâneas (fontes), em pontos de chapada, ocorre no contato da Formação geológica Exu com a Formação geológica Arajara. Este tipo de formação contempla as fontes com maiores vazões, como é o caso da fonte Batateira, que atualmente apresenta vazão de aproximadamente 300 m³/h e reforça o abastecimento da cidade do Crato. Já as fontes de menor vazão ocorrem em pontos de falhas/fraturas geológicas.

Algumas fontes são usadas para fins de lazer, como é o caso das fontes João Coelho e Bom Jesus, cujas águas abastecem o Balneário Caldas, além de algumas famílias da região. Já a fonte Gruta do Arajara, abastece outro ponto de entretenimento, o Arajara Park, em Barbalha.

Outras são para abastecimento humano. Além da Batateira, há também a fonte Boca do Mato, que abastece a sede de Jardim.

Comissões Gestoras: Mediação de conflitos
A busca por entendimento na gestão e uso da água das fontes é, em alguns casos, mediada por Comissões Gestoras. A entidade é vinculada aos Comitês de Bacias Hidrográficas e formada por usuários de água, representantes da sociedade civil organizada e representantes do poder público.

No contexto da Bacia do Salgado (sul do Estado), existem 5 comissões gestoras, orientadas e apoiadas pela Cogerh. Elas estão nas fontes Batateira, Riacho do Céu, Guaribas, Riacho do Meio e Engenho da Serra.

Curta nossa página no Facebook

"Temos que destruir o governo Bolsonaro", diz Freixo em festa do PT

"Temos que destruir o governo Bolsonaro", afirmou o deputado federal Marcelo Freixo (PSOL-RJ) neste sábado (8) no Rio de Janeiro, durante evento das comemorações de aniversário dos 40 anos do PT. "Resistir é ganhar tempo. Precisamos de algo mais que resistir", afirmou o pré-candidato à Prefeitura do Rio de Janeiro.

"Ele sempre foi o esgoto do sistema. Ele defendeu a legalização das milícias", disse o deputado sobre o presidente Jair Bolsonaro. "Ele sempre representou o pior da política", disse.

O deputado também atacou o ministro da Educação, Abraham Weintraub. "É perverso e estúpido", disse Freixo.

Freixo participou de um debate com representantes de partidos de esquerda e sua fala foi uma das mais aplaudidas pelos cerca de 2.000 militantes petistas que assistiam ao debate. Além de Freixo, participaram a presidente do PT, Gleisi Hoffmann, o presidente do PSB, Carlos Siqueira, a ex-deputada Manuela D'Ávila (PCdoB), e o presidente do PDT, Carlos Lupi.

A fala causou a reação do deputado federal Marco Feliciano (PSC-SP) que foi ao Twitter dizer que vai processar Freixo pelas falas.

Fonte: UOL

Curta nossa página no Facebook

Chocolate faz bem ao coração, mostra estudo

O chocolate já mostrou beneficiar a saúde de diversas formas. Agora, um estudo publicado terça-feira na revista científica Heart mostra que o consumo de quantidades moderadas do alimento pode ser bom para o coração ao reduzir o risco de fibrilação atrial, tipo comum de arritmia cardíaca. 

Estima-se que o problema afete cerca de 33 milhões de pessoas pelo mundo e está associado ao risco de derrames, insuficiência cardíaca e declínio cognitivo. Segundo os pesquisadores, esse efeito benéfico do chocolate está associado aos antioxidantes presentes no cacau e vale apenas para a versão amarga do alimento.

O estudo
Pesquisadores da Universidade Harvard, nos Estados Unidos, selecionaram 55.502 pessoas, com idade entre 50 e 64 anos, que fizeram parte da Danish Diet, Cancer and Health Study, pesquisa sobre dieta e estilo de vida na Dinamarca, entre dezembro de 1993 e maio de 1997, considerando massa corporal, pressão sanguínea e níveis de colesterol. Eles também levaram em conta condições de saúde, como pressão alta, diabetes e doenças cardiovasculares.

Foram identificados 3.346 casos de fibrilação arterial em um período de 13,5 anos de estudo, sendo as mulheres o menor grupo. A partir desses registros, os pesquisadores relacionaram o consumo de chocolate amargo com a incidência da condição.

Os resultados mostram que os participantes que comiam de uma a três porções de 30 gramas de chocolate por mês tiveram uma taxa 10% menor da arritmia do que aqueles que comiam apenas uma. Já aqueles que comeram uma porção por semana tiveram uma taxa 17% mais baixa, enquanto os que comiam de duas a seis tiveram 20% menos riscos. Uma ou mais porções diárias mostraram uma taxa de fibrilação arterial 16% menor.

Os resultados foram similares entre homens e mulheres. No entanto, as quantidades benéficas de chocolate variaram. Nas mulheres, uma porção semanal de chocolate bastava para reduzir o risco em 21%. Já nos homens, foram necessárias de duas a seis porções semanais para alcançar uma redução de 23% no risco.

Chocolate amargo
Como esse foi apenas um estudo observacional, as causas e efeitos não foram identificadas. No entanto,  estudos anteriores já sugeriram que tanto o cacau quanto os alimentos derivados, como o chocolate amargo, são benéficos à saúde do coração. Uma das possíveis razões para isso é o alto teor de antioxidantes flavanóis, que tem sido relacionado a melhora do funcionamento dos vasos sanguíneos. Por outro lado, pesquisadores afirmam que a presença de leite e gordura no chocolate pode diminuir os benefícios do alimento. 

Consumo moderado
Apesar dos benefícios, o consumo não deve ser exagerado. “Comer quantidades excessivas não é recomendado porque muitos produtos de chocolate são ricos em calorias proveniente do açúcar e da gordura, o que poderia levar ao ganho de peso e outros problemas metabólicos”, explicou Elizabeth Mostofsky, principal autora do estudo.

Fonte: Veja

Curta nossa página no Facebook

Ações antidesmonte nas administrações municipais são retomadas

O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) e o Tribunal de Contas do Estado do Ceará retomam, em 2020, ações conjuntas para prevenir e coibir práticas de desmontes nas administrações públicas municipais após as eleições. Na manhã desta quinta-feira (06/02), representantes dos dois órgãos de controle se reuniram para o iniciar o planejamento das ações com o objetivo de preservar o erário e garantir a continuidade da prestação do serviço público à sociedade. 

Um grupo de trabalho interinstitucional será montado para definição do escopo e do cronograma de atuação. Inicialmente, os trabalhos serão voltados à orientação dos gestores. A coordenadora da Procuradoria de Justiça dos Crimes contra a Administração Pública (Procap), Vanja Fontenele, ressaltou a importância do trabalho conjunto dos dois órgãos para a preservação do recurso público. “Essa primeira reunião do ano marca o início do planejamento das ações de combate ao desmonte e à prática do uso de decretos de emergência sem necessidade. Sabemos que podem acontecer situações desfavoráveis à população como, por exemplo, lixo nas ruas, falta de medicamentos ou de transporte escolar, atrasos em pagamentos e licitações inapropriadas. Não temos satisfação em promover responsabilizações penais. O mais importante é preservar o erário em benefício do cidadão”, pontuou. 

O próximo encontro entre as equipes do TCE Ceará e MPCE acontecerá ainda na primeira quinzena de março. “Vamos materializar essa operação utilizando uma Matriz de Risco voltada a administrações mais vulneráveis ao desmonte. Sairemos em campo já com os indícios levantados. Esse planejamento de ações a serem desenvolvidas durante o ano deve trazer um resultado bem satisfatório à sociedade cearense, disse Carlos Nascimento, secretário de Controle Externo do TCE. Também participaram desse primeiro encontro as promotoras de Justiça Deolinda Costa e Virgínia Navarro, a assessora da Presidência do TCE, Aline Mota, o diretor de Contas de Gestão Municipal IV, Clóvis Celes; e a coordenadora de Comunicação Social, Kelly de Castro. 

Curta nossa página no Facebook

Bolsonaro se queixa da imprensa e faz gesto de banana para jornalistas

O presidente Jair Bolsonaro voltou a criticar a imprensa, incluindo a Folha, neste sábado (8) e, na porta do Palácio da Alvorada, cruzou os braços com as mãos fechadas, dando uma banana para os jornalistas.

Bolsonaro deixou a residência oficial no fim da tarde com destino a um evento evangélico no estádio Mané Garrincha, área central de Brasília. Na saída de casa, parou para falar com apoiadores que enfrentaram a chuva para esperá-lo. Ao se aproximar dos jornalistas, afirmou que não responderia a perguntas e começou a criticar a imprensa.

O presidente reclamou das reportagens publicadas na quarta-feira (5), quando ele, ao defender o programa de prevenção à gravidez na adolescência da ministra Damares Alves (Mulher, Família e Direitos Humanos), afirmou que uma pessoa com HIV —vírus da Aids— representa "uma despesa para todos no Brasil".

Ele se referiu às pessoas com o vírus como aidéticas e disse ter pena delas. "Eu falei: o que que faltou? Faltou uma mãe, uma avó que pudesse dar orientação para não começar a fazer sexo tão cedo. Qualquer pessoa com HIV é uma pessoa que, além do problema de saúde gravíssimo, que temos pena, é custoso para todo mundo. Vocês focaram que o aidético é oneroso no Brasil. Estou levando porrada de tudo quanto é grupo de pessoas que têm este problema lamentavelmente", disse.

Segundo Bolsonaro, "este não é o papel da imprensa". "Vocês não podem continuar agindo assim, destruindo reputações. Vê se vai ter alguma retificação de vocês no jornal amanhã? Não vai deixar porque o editor não vai deixar ir para frente. Eu quero conversar, quero ser amigo de  vocês, mas não dá", protestou.

O presidente da República perguntou se a imprensa queria a volta "daqueles que nos governavam no passado que faziam aquela governabilidade que vocês sabem como, mergulhando o país em corrupção, em desesperança para o povo". 

Depois de desafiar governadores a reduzir o ICMS (imposto estadual) para baixar os valores dos combustíveis, Bolsonaro também reclamou desta cobertura, dizendo que não ouviu "uma matéria legal, decente".

"É só fofoca, é só intriga. Fica ruim conversar com vocês. Sei que muitos de vocês não têm culpa porque passa pela mão do editor, que está rindo", afirmou.

Na parte final de seu pronunciamento, direcionou suas reclamações à Folha. Ele criticou a publicação, no sábado (8), do artigo "Fábio Lula da Silva e o peso de um sobrenome", de Marco Aurélio de Carvalho, advogado que atua na defesa do filho do ex-presidente Lula.

"Para encerrar, Folha de S.Paulo de hoje. Inacreditável. Defendendo o filho do Lula. Está sendo perseguido porque é filho do Lula. Agora, esculhambaram com a avó da minha esposa, com a mãe da minha esposa, esculhambam meus filhos", afirmou.

Nos últimos dias, uma série de reportagens da Folha revelou detalhes do material apreendido pela Polícia Federal durante a fase Mapa da Mina da Lava Jato, deflagrada em dezembro e que apura se dinheiro repassado pela Oi a sócios do filho de Lula foi usado para a compra do sítio de Atibaia (SP).

Antes de entrar no carro, Bolsonaro fez o gesto de banana para os jornalistas. "Vou dar uma banana para vocês, tá ok?", disse Bolsonaro, seguindo para o estádio sob a escolta de batedores.

No evento evangélico no estádio Mané Garrincha, o presidente subiu ao palco sob o Hino Nacional cantado pelo público, que o aplaudiu. Aos fiéis, Bolsonaro disse estar entre amigos e que, sob seu governo, o Brasil havia mudado.

"Palavras antes proibidas começaram a se tornar comuns: Deus, família, pátria", afirmou, acrescentando à plateia que ela havia sido o "ponto de inflexão" nas eleições.

O presidente disse ainda que "o Estado pode ser laico, mas Jair Bolsonaro é cristão".

"Ninguém esperava uma pessoa da minha origem, da minha atividade política conseguir vencer o verdadeiro mecanismo, mais conhecido como establishment. Chegamos lá, mas não basta. Peço mais que sabedoria a Deus todos os dias. Peço coragem para bem decidir o futuro do nosso Brasil", afirmou no discurso.

Fonte: Folhapress

Curta nossa página no Facebook