Entrevista com o prefeito eleito do Crato, Zé Ailton Brasil; assista



Entrevista exibida no CETV 1ª edição (TV Verdes Mares Cariri)


Crato (CE): Padre é preso por suspeita de crimes sexuais contra jovens

O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), por intermédio da Promotoria de Justiça da Comarca de Juazeiro do Norte, prendeu na manhã desta sexta (7) um padre acusado de crimes sexuais contra adolescentes. A denúncia contra o sacerdote foi feita diretamente ao MPCE pela mãe de uma das vítimas que estaria tendo envolvimento com o padre. De acordo com a titular da 6ª Promotoria de Justiça da Juazeiro do Norte, Juliana Mota, o Ministério Público investigou o caso por cerca de dois meses após receber a denúncia. Para preservar a integridade do acusado, o MPCE solicitou que a identidade e imagem do padre não sejam divulgadas.

Nesta sexta-feira, policiais civis das cidades de Crato e Juazeiro do Norte, acompanhados das promotoras Juliana Mota e Alessandra Magda Ribeiro, cumpriram mandados de busca e apreensão, expedidos pela 2ª Vara de Justiça Criminal de Juazeiro. Os mandados foram cumpridos em dois endereços, onde foram apreendidos celulares, computadores e HDs externos de propriedade do padre.

O sacerdote, que é natural de Várzea Alegre, está sendo acusado de exploração sexual de acordo com o artigo 218-B do Código Penal: “Submeter, induzir ou atrair à prostituição ou outra forma de exploração sexual alguém menor de 18 (dezoito) anos ou que, por enfermidade ou deficiência mental, não tem o necessário discernimento para a prática do ato, facilitá-la, impedir ou dificultar que a abandone”. O nome e a foto dele não foram divulgados a pedido do MPCE, pois o caso “corre em segredo de Justiça, para preservar as crianças vítimas”.

Ele foi ouvido pelos promotores na sede do MPCE em Juazeiro do Norte e, em seguida, levado para a Penitenciária Industrial Regional do Cariri (PIRC). O suspeito estava como vigário na Paróquia de Nossa Senhora de Fátima, em Crato, além de já ter sido pároco da Igreja de São Vicente de Paulo, em Barbalha, e da Paróquia do Menino Jesus de Praga, em Juazeiro do Norte.

Em nota, a diocese de Crato diz ter “sido pega de surpresa com o mandato de prisão do padre acusado de cometer crime de pedofilia. Diante disso a assessoria jurídica da diocese já foi acionada e está acompanhando o caso. Dentro do processo interno da Igreja, a diocese também está tomando as devidas providenciais”.

Ainda segundo a diocese, já foi baixado o Decreto de Suspensão a Divinis, que suspende imediatamente a ordem do padre, “o que significa dizer que ele não poderá mais exercer as funções sacerdotais, podendo vir a ser demitido do estado clerical, após a conclusão do processo”. A decisão foi tomada de acordo com o Código de Direito Canônico, que rege a doutrina católica. Por fim, a diocese de Crato reiterou que “presa pelo amor a Deus e ao próximo e não admite nenhum tipo de injustiça praticada contra aqueles a quem Deus nos confiou cuidar”.

ANDRÉ COSTA
COLABORADOR

Fonte: Diário do Nordeste

Curta nossa página no Facebook



Caiu no chão? Consumir o alimento 5 segundos depois não é seguro

Diz a sabedoria popular que qualquer alimento que caiu no chão e foi recolhido em até 5 segundos pode ser consumido. Há quem reduza esse tempo para apenas 3 segundos e outros que afirmam que, se for retirado em até 15 segundos, está tudo certo. Mas, afinal, é seguro comer um alimento depois que ele caiu no chão, mesmo que tenha fica lá apenas por alguns instantes? Um novo estudo afirma que não.

O estudo, realizado por pesquisadores da Universidade Rutgers , em Nova Jersey, nos Estados Unidos, publicado recentemente na revista científica Applied and Environmental Microbiology, bactérias podem se transferir para o alimento mesmo em uma fração de segundo. Claro que o tipo de superfície, de alimento e o tempo de contato farão diferença.

Para chegar a essa conclusão, os pesquisadores analisaram o contato de quatro tipos de alimento (pão branco, pão com manteiga, fatias de melancia e bala de goma) em quatro tipos de piso  (azulejo, madeira, carpete e aço inox) por um período que variou entre menos de um segundo até cinco minutos.

Antes de “derrubarem” os alimentos nas superfícies, elas foram contaminadas com a bactéria Enterobacter aerogenes, similar à salmonela. No total, foram testadas 128 combinações de superfície, alimento e tempo de permanência testadas vinte vezes cada uma, o que corresponde a 2 560 medidas a ser analisadas.

“Nossa principal conclusão é que a regra dos 5 segundos não é verdadeira. Bactérias podem se transferir para o alimento mesmo em uma fração de segundo. Mas o tempo de contato faz bastante diferença”, comenta o professor Donald Schaffner, um dos responsáveis pelo estudo.

Os resultados mostraram que a fatia de melancia teve a maior taxa de contaminação do experimento, com até 97% em cinco segundos sobre o piso cerâmico. Com menos de um segundo no aço inox, a contaminação já era de 91%. De acordo com os cientistas, isso ocorre por causa da composição da fruta, que tem muito líquido e é pegajosa. As balas de goma de ursinhos, por exemplo, são mais secas e obtiveram as menores taxas de contaminação, com 11% após cinco minutos sobre o azulejo.

O carpete foi a superfície menos contaminante. Os pesquisadores afirmam que isso não significa que seja o mais seguro ou limpo, apenas que a topografia do tecido impede que o alimento entre em contato com a sujeira.

Risco baixo
Segundo o autor, o risco de contrair alguma doença após ingerir um alimento que caiu no chão não depende só da presença ou não de bactérias, mas do tipo delas. A maioria é inofensiva para o organismo humano e não causará mal algum, mas algumas cepas como a E. coli ou salmonela podem causar graves infecções abdominais.

Apesar dos resultados, ao ser questionado se come do chão, Schaffner diz que sim. “Eu como quando é algo seco e cai no chão da minha casa, porque sei que foi limpo recentemente. Nunca como quando é um alimento úmido e jamais comeria do chão dos outros”, disse ao jornal Folha de S. Paulo.

Fonte: Veja.com

Curta nossa página no Facebook



Se você só pensa em sexo, aumente seu repertório com essas 9 curiosidades

Vamos ver se você é mesmo um sabichão e entende tudo quando o assunto é sexo – falar aquilo que todo mundo sabe é fácil. O tópico parece ser simples e, em alguns casos, até meio previsível, mas sempre tem uma coisinha ou outra que você pode descobrir a respeito do assunto mais popular do mundo. As informações a seguir só vão aumentar seu conhecimento a respeito de sexo e, convenhamos, isso sempre é uma coisa boa:

1 – Benefícios do sexo oral
Você está cansado de saber que mulheres grávidas passam por um período bastante delicado no início da gestação, época em que costumam ter muitos enjoos, principalmente pela manhã. De acordo com o psicólogo Gordon Gallup, da Universidade do Estado de Nova York, em Albany, mulheres que ingerem o esperma de seus companheiros tendem a ter menos enjoo.

Gallup é especializado em competição reprodutiva e comportamento e acredita que as náuseas sentidas pela mãe podem significar que o corpo dela está tratando o material genético masculino como algo invasor. Segundo ele, ingerir o mesmo esperma que o corpo está negando seria uma forma de acabar com a rejeição. A prática do sexo oral pela manhã seria uma boa ideia às futuras mamães. Logicamente, a teoria de Gallup ainda não foi comprovada e novos testes precisam ser realizados. A escolha é de cada casal.

2 – Qual é a média?
Uma pesquisa realizada pela marca de preservativos Durex revelou que as pessoas fazem sexo em média 103 vezes por ano, o que equivale a 1,98 vezes por semana. A prática sexual tem muitos benefícios, incluindo aumento de energia e alívio no stress. O importante é usar métodos contraceptivos e preservativos caso você não esteja a fim de ter um filho ou, pior, contrair alguma doença sexualmente transmissível. Resolvendo essa questão e com camisinha em mãos, divirta-se!

3 – Adeus, desculpa da dor de cabeça
A dorzinha de cabeça sempre foi usada como desculpa por muitas pessoas por aí e, mesmo quando a dor era real, havia o medo de ela atrapalhar a relação. O fato é que o que ocorre é justamente o contrário: fazer sexo pode curar dores de cabeça, de acordo com o especialista Dr. Vincent Martin. Ele defende a ideia de que o aumento da serotonina, algo que ocorre durante a relação sexual, ajuda a diminuir as dores de cabeça.

Antes de sair por aí comemorando o fim das desculpas, é preciso que você saiba que essa não é uma regra. Nem todas as dores de cabeça são curadas com o aumento de serotonina – menos ainda se forem enxaquecas, que são as dores com mais intensidade. De qualquer forma, talvez você se divirta mais e gaste menos com a aspirina.

4 – Coceirinha tão boa quanto o sexo
Você sabia que tem gente por aí dizendo que a sensação de tornozelos massageados é tão boa quanto a de fazer sexo? Bizarro, né? Mas tenha calma e, antes de começar a se coçar, continue a ler o texto, pois tem bastante coisa vindo por aí.

Pesquisadores da Carolina do Norte, nos EUA, usaram voluntários saudáveis que deveriam, primeiramente, coçar algumas partes do corpo: antebraço, tornozelo e costas. Para fazer isso, contudo, eles deveriam contar com uma planta alergênica conhecida como feijão-da-flórida. A intenção era justamente deixar a pele irritada.

As conclusões foram as de que o tornozelo foi a região com mais coceira e com maior prazer vindo por meio dessa coceira, mais ainda do que as costas, região mais bem conhecida por proporcionar prazer por pequenos arranhões.

5 – O comprimento do dedo
Você já reparou como as pessoas são engraçadas ou estranhas com relação às medidas e características de seus órgãos sexuais? No caso dos homens, então, é ainda pior: o tamanho do pé e a distância entre a ponta do dedo indicador e o polegar são frequentemente usados como referência nessa corrida maluca para ver quem tem o maior... Você sabe.

Se para você tamanho ainda é documento e réguas não existem, vamos a mais uma maneira de saber qual é o tamanho do pênis de um homem: a mão deve ficar esticada e, se os dedos anular e indicador forem incompatíveis, o pênis deve ser mais longo do que o de homens com os dedos mais posicionados no mesmo nível. E aí, meninos, vocês já conferiram seus dedos hoje?

6 – A cabeça masculina
Você já deve ter ouvido que homens pensam em sexo a cada sete segundos, não é mesmo? Alguns estudos recentes apontam, contudo, que homens jovens têm pensamentos sobre sexo 18 vezes durante o dia – as mulheres pensam 10 vezes. Mas mais ainda do que sexo, a mente masculina pensa muito em comer e dormir.

7 – A cura
Essa é bem interessante: você sabia que os vibradores, brinquedinhos sexuais bastante populares atualmente, foram inventados para fins medicinais no século 19? Os médicos induziam orgasmos em suas pacientes para que elas tivessem seus sintomas de histeria diminuídos e, consequentemente, ficassem mais relaxadas e felizes. Há até um filme que fala sobre o assunto — você pode assistir ao trailer aqui.

8 – Falando em orgasmo...
Desmond Morris é autor de um livro polêmico no qual defende a teoria de que o orgasmo feminino faz parte da seleção natural, sugerindo que a função do prazer não é apenas provocar interesse sexual, mas também deixar a mulher exausta a ponto de permanecer deitada para melhor receber o esperma de seu parceiro. Será mesmo?

9 – Comprimidinho azul
Parece que não há mais como negar: o Viagra está cada vez mais comum entre os homens já não tão jovens assim. Depois dos 40, 5% afirmam precisar de um empurrãozinho na hora H. Após os 65 anos, o percentual aumenta para 15 e pode chegar a 25.

Outro fato a respeito do sexo entre os mais maduros que você: 46% dos cinquentões afirmam fazer sexo uma vez por semana e – meninos, prestem atenção – 86% dos homens com mais de 50 afirmam que o sexo já não é tão cheio de pressão. Aparentemente, como muita coisa na vida, o sexo fica melhor com a idade.

Fonte: Mega Curioso

Curta nossa página no Facebook



Quais são as melhores frutas e verduras para o rejuvenescimento?

Verdes renovam a pele
A alface romana, com folhas mais duras, compridas e escuras, guarda a maior concentração de vitamina A. Seis folhas por dia suprem as necessidades desse nutriente responsável por ajudar na renovação da pele. A mesma porção também tem 45% das necessidades diárias de vitamina K, que vai deixar seu cabelo, dentes e unhas mais fortes. Já os vegetais verde-escuros, como o espinafre, a couve e o brócolis, são um festival de nutrientes e devem estar no prato diariamente.

Suco verde

Ingredientes:
- 200 ml de água
- 1 folha de couve
- 1 maçã pequena
- Suco de 1 limão

Modo de preparo:
Bata todos ingredientes no liquidificador. Passe na peneira e sirva gelado.
       
Azeite de oliva contra obesidade
Um dos seus componentes, o hidroxitirosol, é um antiobesidade porque aumenta a saciedade e previne as beliscadas - o excesso de peso é uma sobrecarga para as células e acelera seu envelhecimento. Na pele, seus componentes reforçam a proteção natural da pele contra os danos do sol.

Tomate: protetor solar
Um estudo da Universidade de Manchester, no Reino Unido, ofereceu a voluntários 55 g (ou 5 colheres de sopa) de molho de tomate por dia durante 12 semanas. A turma de mulheres que comeu o pomodoro ficou 33% mais protegida contra o sol na pele. O responsável é o licopeno, antioxidante presente nos tomates bem escarlates - quanto mais, melhor. A porção diária do molho aumentou os níveis de pró-colágeno, o precursor dessa substância que dá elasticidade e firmeza à pele. Pesquisadores da Universidade de New Castle, no Reino Unido, também descobriram que o licopeno é capaz de reduzir o dano solar no DNA mitocondrial.

Molho de tomate

Ingredientes:

- 4 tomates sem casca picados
- 1 lata de tomate pelado
- Meia cebola picada
- 3 colheres de azeite de oliva
- 1 colher de chá de sal
- 1 colher de chá de açúcar
- Folhas de manjerição a gosto

Modo de preparo:
Pique os tomates in natura e coloque-os no liquidificador com a lata de tomate pelado. Reserve. Numa panela, frite com o azeite de oliva metade da cebola picada e as folhas de manjericão limpas e secas. Coloque os tomates e deixe fritar por 10 minutos - o licopeno é liberado no cozimento e na presença de uma gordura. Junte o sal, o açúcar e deixe cozinhar por mais 10 minutos. Desligue e acrescente o restante do manjericão.

O brilho do abacate
Ele é fonte de ômega 3, que auxilia o sistema circulatório e tem ação protetora das células. Do lado de fora do corpo, você enxerga seus benefícios na aparência da pele (mais macia) e dos cabelos (mais brilhosos).

Mousse de abacate com cacau

Ingredientes:

- 5 colheres de sopa de abacate
- 1 colher de sopa de cacau em pó sem açúcar
- 5 gotinhas de adoçante stevia ou açúcar de coco
- 40 ml de leite de coco

Modo de preparo:
Misture os ingredientes no liquidificador e sirva bem gelado.

Óleo de coco detox
Ele desacelera a produção de radicais livres pela ação direta da vitamina E. Além disso, tem efeito cicatrizante e antibactericida.

Vermelhas antirrugas
Um copo de morango, laranja, kiwis, framboesa, jaboticaba e uva tem altas doses de vitamina C, potente antioxidante que turbina a produção das fibras de colágeno. Mulheres com baixa ingestão de vitamina C costumam ter mais vincos e a pele seca. A uva, especialmente, também traz o resveratrol. Um estudo publicado na revista Science em 2013 mostrou que a substância age sobre uma proteína específica, a sirtuína 1, que por sua vez protege contra doenças ligadas ao envelhecimento, como o Alzheimer, o diabetes tipo 2 e o câncer. Como? Essa proteína melhora o desempenho das mitocôndrias.

Vitamina de frutas vermelhas

Ingredientes:

- 200 ml de água ou leite de coco
- 3 colheres de sopa de frutas vermelhas
- Gelo

Modo de preparo:
Bata tudo no liquidificador e sirva.

Previnem manchas
A luteína e a zeaxantina, dois antioxidantes encontrados em ovos, quadruplicam a proteção natural da pele contra a radiação UV e as sardas do sol. Eles não são produzidos pelo corpo e, por isso, precisam ser absorvidos pela dieta. Estudos estimam que 10 miligramas por dia seriam suficientes, o equivalente a meia xícara de couve crua ou uma de nabo cozido. O ovo tem quantidades menores das duas substâncias, mas uma pesquisa do Journal of Nutrition indica uma unidade por dia.

Integrais contra os pneus
Ingerir cereais, grãos, pães e massas em versões integrais dobra a chance de perder peso, especialmente as gordurinhas da barriga. Mas você precisa fechar a boca para as opções refinadas. Uma porção de pão equivale a uma fatia e meia, em média; e de grãos, a meia xícara cozida.

Soja dermatológica
Vinte e seis mulheres beirando os 40 anos foram recrutadas por uma equipe de cientistas japoneses. Treze delas receberam, sem saber, 40 mg de soja. No final de 12 semanas, a turma teve uma redução significativa das rugas na região dos olhos. O segredo da soja está num dos seus componentes: a isoflavona aglicona, já usada contra as ondas de calor da menopausa.

Fonte: Superinteressante

Curta nossa página no Facebook



Top 10 razões para trabalhar com o que você ama

Embora não seja fácil encontrar um trabalho que possamos “amar” e que, além disso, nos ajude a pagar as contas no fim do mês, especialistas garantem que a busca vale a pena.

Veja a seguir dez razões para trabalhar com aquilo que você ama (ou, pelo menos, para tentar “amar” seu trabalho atual):

• Sua autoestima aumenta
Para a coach Sherry Mirshahi-Totten, ao trabalhar com o que ama, “sua autoestima irá aumentar porque você se sentirá energizado pelo que faz, e seu empregador estará mais propenso a recompensá-lo pelo trabalho”.
Se gostar do que faz, é quase certo que o fará com mais capricho e, no final, ficará orgulhoso com o resultado.

• Você se torna um funcionário mais valorizado
Somando motivação e produtividade, você terá mais chances de ser reconhecido, tanto por seus chefes quanto por seus colegas, destaca Mary Hladio, fundadora e presidente do Ember Carriers Leadership Group.

•  Você será melhor remunerado
“Odiar seu trabalho gera ansiedade e, muitas vezes, afasta promoções, vendas, aumentos etc”, alerta a escritora e coach Karen Garvey. Gostar do trabalho, por sua vez, pode trazer “reconhecimento financeiro”.

• Você será mais respeitado
Com energia extra, quem faz o que gosta acaba “indo acima e além do esperado, ganhando respeito daqueles com quem trabalha”, diz a coach Kathi Elster. Superar expectativas, nesse caso, é menos penoso, quase natural.

• Você estará motivado
Não importa a área em que você trabalhe: sempre haverá momentos em que a situação vai “apertar”. Contudo, quando você ama seu trabalho, estará mais motivado para lidar com esses problemas, diz a coach Ellen Ercolini. “Ao invés de se sobrecarregar com estresse por causa de um trabalho do qual você nem gosta, o que afeta outras áreas de sua vida, você terá conexão e inspiração para fazer as coisas funcionarem”.

• Você será mais saudável
O escritor Walter Meyer acredita que os benefícios de se trabalhar com aquilo que ama não se restringem à vida profissional: eles se estendem à saúde também.
Por outro lado, “a tensão e a dor de fazer todos os dias um trabalho que você detesta cobram seu preço: maior pressão sanguínea, dores de cabeça e tudo o mais”, avisa Meyer.

• Sua vida doméstica melhora
“Ao invés de chegarmos em casa com estresse e dores de cabeça, chegamos à noite com mais energia para nós mesmos e para nossas famílias”, garante a coach Melissa Heisler.

• Você será mais produtivo
A elevação da produtividade não é segredo, mas nem por isso deixa de ser importante: “Especialmente quando empregados estão exigindo mais de seus funcionários, amar o que você faz ajuda a estar à altura dos desafios do trabalho”, diz a coach Cheryl Palmer.

• Sua saúde mental melhora
O professor Angelo Kinicki, da W. P. Carey School of Business (EUA), garante que os trabalhadores que fazem o que amam costumam ter melhor saúde mental. “É importante trabalhar com o que amamos porque isso nos dará mais significado e propósito, que estão associados à saúde e ao bem-estar psicológico”.

• Você poderá ajudar mais os outros
Além de fazer um trabalho melhor, a pessoa que gosta do que faz tem mais chances de atrair mais clientes, aponta o consultor financeiro Derek Olsen. Ou por acaso você prefere entrar em uma loja e ser atendido por funcionário que não queria estar ali?

Fonte: Mundo DSE

Curta nossa página no Facebook

Encontrar amigos pessoalmente reduz risco de depressão, diz estudo

Pessoas que encontram amigos e familiares pessoalmente pelo menos três vezes por semana correm um risco menor de desenvolver depressão, em comparação com aqueles que mantêm apenas contato virtual. É o que diz um estudo publicado recentemente no periódico científico American Geriatrics Society.

Os pesquisadores, da Universidade do Michigan, nos Estados Unidos, acompanharam 11.000 adultos, com mais de 50 anos, ao longo de dois anos. Os resultados mostraram que indivíduos que encontravam amigos e parentes apenas uma vez por semana tinham 11,5% de chance de ter sintomas de depressão após dois anos. Em compensação, aqueles que encontravam os entes queridos pelo menos três vezes por semana corriam um risco de 6,5%.

De acordo com os autores, a regularidade e frequência do contato virtual, por telefone, e-mail ou redes sociais não afetaram o risco descoberto. "Nós descobrimos que as formas de socialização não são iguais. Ligações ou comunicação digital com amigos e familiares não têm o mesmo poder das interações pessoais para ajudar a afastar o risco de depressão", afirmou Alan Teo, principal autor do estudo.

Apesar do contato pessoal reduzir o risco de depressão independente da idade do participante, os pesquisadores descobriram que pessoas entre 50 e 69 anos se beneficiam mais do contato com amigos, enquanto para aquelas com mais de 70 anos, o contato com crianças e familiares terá maior impacto.

"Outras pesquisas já haviam mostrado que fortes laços sociais fortalecem a saúde mental. Mas esse é o primeiro trabalho que analisa o papel de tipos específicos de comunicação como protetores da depressão", disse Teo.

Embora o estudo tenha sido realizado com pessoas com mais de 50 anos, os autores acreditam que os resultados beneficiam a população em geral. "O contato pessoal pode ser considerado medicina preventiva, assim como tomar vitaminas regularmente", ressaltou o autor, à revista americana Time.

Fonte: Veja

Curta nossa página no Facebook



Juazeiro do Norte (CE): Cagece oferece 30 vagas de curso profissionalizante para o mês de novembro

Os interessados em capacitação profissional já podem realizar as inscrições para o curso gratuito de bombeiro hidráulico ofertado pela Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece), para o mês de novembro, em Juazeiro do Norte. Serão ofertadas 30 vagas.

As inscrições serão realizadas na unidade da companhia neste município. Para se matricular, o candidato precisa ter no mínimo 16 anos e é necessário apresentar as seguintes documentações: comprovação de conclusão do ensino fundamental, identidade, CPF e comprovante de residência, originais e xerox. As inscrições vão até o dia 24, mas as vagas são limitadas e se encerrarão assim que forem preenchidas.

Os cursos integram as ações de responsabilidade social da companhia. As aulas acontecerão no período de 9 a 12 de novembro, na unidade da Cagece em Juazeiro, localizada na Rua José Andrade de Lavor, 2615 – Santa Teresa. Quaisquer dúvidas, entrar em contato pelo número (88) 3102.1173.

Serviço:
Curso: Bombeiro hidráulico (30 vagas)
Período: 09 a 12 de novembro
Horário: Quarta a sexta-feira das 15h às 20h40min, sábado 8h às 13h



Câmara aprova PEC que cria teto para gastos públicos

A comissão especial da Câmara dos Deputados aprovou nesta quinta-feira a PEC que freia o crescimento dos gastos públicos, estabelecendo um limite por 20 anos para o avanço das despesas primárias, com possibilidade de alteração no índice de correção a partir do 10º ano.

Considerada crucial pelo governo para reequilibrar os gastos públicos, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) segue para o plenário da Câmara, onde precisa passar por dois turnos de votação - a primeira rodada está prevista para segunda-feira, podendo se estender ao longo da semana, enquanto a segunda etapa de deliberação está prevista para o dia 24 deste mês.

Após passar pela Câmara, a PEC ainda precisa enfrentar rito semelhante no Senado. Para garantir a aprovação da matéria, o relator da proposta, deputado Darcísio Perondi (PMDB-RS), retirou de seu parecer nesta quinta-feira um dispositivo que atrelava a validade da Desvinculação de Receitas da União (DRU) à vigência do novo regime fiscal.

Em uma sessão tensa e marcada por embates acalorados entre deputados e representantes de servidores públicos que assistiam à votação, o texto-base da PEC obteve 23 votos a favor e 7 contra no colegiado, em uma vitória para o governo de Michel Temer.

A maioria do governo também se fez presente na votação -- e rejeição -- de oito emendas que haviam sido destacadas para votação separada que poderiam mudar a ideia da proposta. Integrantes da oposição referiram-se à matéria como a "PEC do golpe", enquanto manifestantes, muitos do lado de fora do plenário onde ocorria a votação, gritavam "não à PEC da morte".

"Esta PEC é a PEC da desigualdade. É um crime contra o povo brasileiro", disse o deputado Henrique Fontana (PT-RS). "Se essa lei estivesse em vigor (antes) não haveria o programa Mais Médicos", afirmou o petista.

A possibilidade de limitação de gastos para a saúde e a educação foi o principal alvo de críticas da oposição, mas também trouxe desconforto a integrantes da base do governo. Tanto é que, desde a semana passada, o Executivo intensificou sua articulação e mobilizou esforços para explicar a PEC e fornecer argumentos em sua defesa.

Também teve de ceder e permitir que o relatório de Perondi fizesse uma concessão, tentando elevar os pisos de recursos para saúde e educação em 2017. O relator alterou a proposta original do governo e estabeleceu o ano de 2017 como base para o cálculo do piso para as duas áreas, e não mais 2016, como anteriormente previsto. Dessa forma, elevou o ponto de partida para investimentos nos dois setores.

No caso da saúde, o parecer propõe a incidência do percentual de 15 por cento da receita corrente líquida do ano de 2017 para a área, conforme dita a Constituição. A partir de então, a correção será pelo IPCA.

O texto de Perondi prevê ainda que recursos de complementação do Fundeb, do salário educação e despesas com Fies não se incluam nem na base nem nos limites do novo regime, assim como os royalties destinados ao setor ficam de fora do cálculo do piso.

Ao classificar o governo anterior de "irresponsável" durante a defesa de seu relatório, pouco antes da votação, Perondi argumentou que o país passa por uma situação grave e que a medida é necessária para reequilibrar as contas. "Não tem outra saída, ou o governo vai gastar menos do que arrecada... ou nós vamos quebrar", afirmou.

Fonte: Exame.com (Com Reuters)

Curta nossa página no Facebook



Bancários encerram greve e bancos voltam a funcionar nesta quinta-feira (7)

Os bancários do Ceará, de bancos públicos e privados, decretaram o fim da greve em assembleia realizada no Sindicato dos Bancários do Ceará (Seeb-CE), na noite desta quinta-feira (6). Os trabalhadores acataram propostas oferecidas pela Federação Nacional dos Bancos (Fenaban), que incluem reajuste salarial de 8%, abono de R$ 3,5 mil, e outros detalhes específicos para o Banco do Nordeste (BNB), Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal.

Nesta quinta-feira, os bancários completaram 31 dias de paralisação no Estado, com mais de 76% das agências fechadas no Ceará. Iniciada oficialmente no último dia 6 de setembro, a greve tinha, a princípio, a expectativa de fechar 100% das agências no Estado ao longo dos dias de paralisação, algo que não chegou a acontecer.

Negociação complicada
Desde que teve início, a paralisação nacional registrou, quase diariamente, diversas tratativas entre bancários e bancos. Os trabalhadores pediam reajuste salarial de 14,78%, dos quais 5% são de aumento real. A pauta incluia ainda participação nos lucros e resultados de três salários mais R$ 8.297,61; piso salarial de R$ 3.940,24; vales alimentação e refeição, e auxílio-creche/babá no valor do salário mínimo nacional (R$ 880).

As demandas sempre foram consideradas elevadas por parte dos bancos, que não cediam muito durante às negociações. O impasse foi arrastando a greve, que na última quarta-feira (5) completou um mês. Na ocasião, ainda não havia nenhuma previsão para o término da paralisação e os bancários do Ceará chegaram a distribuir bananas em frente à Caixa Econômica Federal da Praça do Ferreira, em protesto contra os bancos.

Nesta quinta-feira, entretanto, a proposta de reajuste nominal de 8% e abono de R$ 3,5 mil, por parte da Fenaban, trouxe um reviravolta nas negociações, já que o Comando Nacional dos Bancários passou a indicar a aprovação da proposta e o fim da greve.

Clientes com dificuldades
Durante seus 31 dias, a paralisação causou transtornos para quem desejava realizar determinados tipos de operação. Apesar de as instituições bancárias oferecerem atendimento eletrônico para grande parte delas, havia quem enfrentasse problemas para realizar, por exemplo, o saque de benefícios como o seguro desemprego.

Diante de dificuldades enfrentadas por clientes, o Departamento Municipal de Proteção e Defesa dos Direitos do Consumidor (Procon Fortaleza) encaminhou, inclusive, em 15 de setembro, oito recomendações à Associação de Bancos do Ceará (Abance) e à Federação Brasileira dos Bancos (Febraban). Na época, o diretor jurídico da Abance, Lúcio Paiva, disse que elas estavam sendo cumpridas.

De acordo com o site Reclame Aqui, os cinco maiores bancos do País foram responsáveis por 10 mil queixas em setembro, no maior patamar do ano, representando um aumento de 21% em relação às reclamações feitas em agosto. Segundo o site, as queixas sobre FGTS estavam entre as principais. Já na comparação com o mesmo mês do ano anterior, a alta foi de 17%, considerando as cinco maiores instituições financeiras do País.

Fonte: Diário do Nordeste

Curta nossa página no Facebook



STF decide por proibição das vaquejadas no Ceará

O Supremo Tribunal Federal (STF) julgou inconstitucional a Lei Estadual cearense nº 15.299/13, referente à regulamentação das vaquejadas como práticas esportivas. Na tarde desta quinta-feira, 6, a Corte determinou procedente — por seis votos a cinco — a Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 4983, pedida por Rodrigo Janot, procurador-geral da República.

A decisão do STF é referente apenas à regulamentação da vaquejada no Ceará e o resultado será válido para eventos realizados no Estado. No entanto, ela pode abrir caminhos para permissões ou proibições de eventos em outros estados do Nordeste.

Votaram pela inconstitucionalidade da lei Estadual os ministros: Marco Aurélio Mello (relator do processo), Luís Roberto Barroso, Rosa Weber, Celso de Mello, Ricardo Lewandowski e Cármen Lúcia. Já os ministros Luiz Fachin, Teori Zavascki, Gilmar Mendes, Luiz Fux e Dias Toffoli votaram a favor da constitucionalidade da lei.

O intuito da ADI 4983 erra derrubar a regulamentação das vaquejadas como práticas esportivas no Ceará. Seguna PGR, a vaquejada, inicialmente associada à produção agrícola, passou a ser explorada como esporte e vendida como espetáculo, movimentando cerca de R$ 14 milhões por ano, e que laudos técnicos comprovariam danos aos animais.

Em discussão estava se a Lei Estadual nº 15.299/13 violava o artigo 225, parágrafo 1º, inciso VII da Constituição Federal. Segundo o texto constitucional, incumbe ao poder público "proteger a fauna e a flora, vedadas, na forma da lei, as práticas que coloquem em risco sua função ecológica, provoquem a extinção de espécies ou submetam os animais a crueldade".

O julgamento havia sido interrompido em junho deste ano, quando o ministro Dias Toffoli havia pedido vistas do processo (mais tempo para análise). Na ocasião, o placar da votação estava empatado com quatro votos para cada lado. Ontem, Tofolli votou a favor da continuidade da vaquejada como prática esportiva. Na sequência, se pronunciaram os ministros Ricardo Lewandowski e Cármen Lúcia, presidente do STF. Ambos manifestaram votos contrários à regulamentação da lei, fechando o placar em seis votos a cinco.

Fonte: O Povo

Curta nossa página no Facebook



Barbalha (CE): Mais uma carreta tomba sobre a ponte do rio Salamanca

Mais uma carreta da empresa Indaiá Águas Minerais, que funciona na Avenida Leão Sampaio no bairro Bulandeira em Barbalha, tombou na ponte sobre o Rio Salamanca na saída daquela cidade em direção a Juazeiro do Norte.

Trata-se da CE-060 e a curva é bastante acentuada, onde já ocorreram vários acidentes. O motorista Francisco José Pereira Rodrigues, de 38 anos, residente no bairro Siqueira em Fortaleza, dirigia a carreta Mercedes Benz LS 1634 de placas HYE6532 e seguia na direção do galpão da empresa.

Ele conduzia uma carga de refrigerantes e água mineral e disse que tentou desviar um veículo que faz o transporte alternativo de passageiros quando perdeu o controle de direção tombando na rodovia estadual. O mesmo sofreu apenas escoriações leves pelo corpo e uma patrulha da Força Tática de Apoio (FTA) da companhia de Barbalha com o Sargento Roberto e os Soldados Filipe e Nascimento esteve no local quando os PMs impediram que a carga fosse saqueada por populares.

Demontier Tenório

Fonte: Miséria

Curta nossa página no Facebook



Pílula do câncer é considerada droga segura após testes

A fosfoetanolamina sintética, mais conhecida como pílula do câncer, foi considerada uma droga segura na primeira etapa de testes realizados com humanos pelo Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (Icesp). O levantamento sobre a avaliação de segurança foi apresentado nesta quarta-feira, 5, quando foi anunciado que a próxima fase de testes, que vai avaliar eficácia, terá início na próxima semana.

Segundo Paulo Hoff, diretor-geral do Icesp, na dose administrada de três cápsulas por dia, os dez pacientes não apresentaram efeitos colaterais graves, o que permite a continuidade do estudo com mais 20 pessoas em dez grupos de tumores estabelecidos para a pesquisa, entre eles de pulmão, mama, fígado e próstata.

No entanto, seis pacientes não vão continuar entre os participantes por terem apresentado evolução da doença - durante o estudo, os pacientes não estão recebendo outro tipo de tratamento.

"Seis pacientes foram retirados do estudo, porque não estavam sendo beneficiados pelo produto. Tiveram progressão da doença. Isso mostra a complexidade do câncer. Mas o fato de esses pacientes não terem se beneficiado não quer dizer que não há efeitos. Não era objetivo dessa fase testar eficácia, mas mostrar que o produto não é tão milagroso como se imaginava", diz Hoff.

Essa primeira etapa durou dois meses. A estimativa é de que os resultados da segunda sejam apresentados em quatro a seis meses. Para passar para a terceira etapa, cada grupo deve ter ao menos três resultados positivos em relação à eficácia entre os 21 pacientes que serão estudados. A última fase pode ter até 1 mil pacientes.

Polêmica
A fosfoetanolamina começou a ser distribuída para pacientes com câncer antes de passar por testes em humanos e sem a liberação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Ela foi desenvolvida pelo professor aposentado do Instituto de Química da Universidade de São Paulo (USP) Gilberto Chierice.

Testes in vitro e com cobaias começaram a ser feitos pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), mas a eficácia da substância ainda não foi comprovada.

Fonte: Estadão

Curta nossa página no Facebook



Ciclovia que brilha no escuro é inaugurada

Cada vez mais, a bicicleta tem despontado como uma alternativa de transporte benéfica tanto para o meio ambiente como para a saúde de quem a utiliza em seus deslocamentos diários. Ao mesmo tempo em que cresce o número de adeptos da magrela, também aumentam os investimentos em novas tecnologias que buscam facilitar a vida dos ciclistas.

Prova disso é esta ciclovia luminosa inaugurada recentemente em Lidzbark Warminski, no norte da Polônia. Abastecida com energia solar e construída com material sintético, ela pode ficar iluminada durante dez horas seguidas.

Esta brilhante ideia não é bem uma novidade: na Holanda, por exemplo, já existem desde 2014 ciclovias que brilham no escuro; mas, diferente da proposta polonesa, que utiliza energia solar, elas só ficam acesas graças à eletricidade.

Embora ainda esteja em fase de testes, projetos como este nos fazem ter uma ideia sobre como será o futuro da bicicleta no espaço urbano. Aguardamos, ansiosos, que eles sejam implementados também por aqui.

Assista o vídeo (em inglês):



Fonte: Mega Curioso

Curta nossa página no Facebook


Como gastar menos tempo fazendo exercícios e ainda assim obter resultados

Por muito tempo acreditou-se que apenas exercícios físicos realizados por períodos longos, de no mínimo uma hora, eram eficientes para cuidar da saúde e, de quebra, eliminar gordura corporal. Com esse pensamento na cabeça, muita gente acabou desistindo dos treinos por não conseguir encaixá-los na rotina.

Mas de lá para cá as pesquisas sobre a prática de exercícios físicos evoluíram muito e - além de demonstrarem que qualquer quantidade de atividade física já faz bem para o organismo - estão propondo estratégias para conseguir bons resultados em períodos mais curtos de treino. Assim, o que antes só era possível em uma ou duas horas de malhação, agora pode ser conquistado em 30, 40 e até 20 minutos. A seguir nós listamos algumas das estratégias para otimizar o tempo do treino sem abrir mão dos resultados. Confira:

Menos tempo, mais intensidade
Uma boa opção para gastar menos tempo com a malhação é fazer exercícios intensos. Mas primeiro é preciso entender as diferenças entre treinos leves e fortes: não é apenas uma questão de relação de quantidade de carga e tempo de atividade, mas também de como a caloria é gasta e a gordura é queimada.

O fisiologista do exercício Raul Santo, da Unifesp, explica que o exercício leve a moderado promove a queima de gordura e o gasto calórico durante o esforço. O exercício intenso, por sua vez, trará o mesmo efeito, mas ele acontecerá principalmente após a atividade. "Para que o organismo se recupere do grande esforço de uma atividade intensa, o consumo de oxigênio pelos órgãos e tecidos após o exercício é aumentado", explica o especialista. "Mas para que o oxigênio chegue para todo o organismo, o corpo precisará usar muita energia, ou seja, gastar calorias que serão em grande parte provenientes da gordura acumulada".

Um estudo realizado na Universidade McMaster, no Canadá, e publicado no periódico The Journal of Physiology, estudou os efeitos do treinamento curto e de alta intensidade em bicicleta ergométrica e constatou que exercícios intensos feitos em um tempo menor para indivíduos jovens e saudáveis são tão eficientes quanto o treinamento de resistência de longa duração. Na ocasião, foram comparados exercícios com 10 séries, cada uma com um minuto de duração seguido por um minuto de descanso, de pedaladas em alta velocidade em bicicleta ergométrica, realizadas três vezes por semana, com exercícios mais leves e de maior duração. Outra pesquisa, realizada por cientistas da Universidade da Virginia, nos Estados Unidos, e publicado pela Revista do Colégio Americano de Medicina do Esporte, mostrou que exercícios mais intensos e com menor duração - realizados por 30 minutos três vezes por semana - podem ser ainda mais eficientes que exercícios leves e longos - realizados por 60 minutos cinco vezes por semana - na redução da gordura corporal em mulheres obesas e portadoras de síndrome metabólica.

Alguns exercícios intensos que surtem esse efeito são: corrida, lutas como o Muay Thai e o boxe, o treino com kettlebell e as pedaladas do spinning.

Treine sem pausas
Existem algumas alternativas de atividade física que são feitas de maneira contínua, sem pausas. Uma delas é o treino em circuito, em que são utilizados diversos acessórios para se exercitar. "Step, esteira, cama elástica, halteres, corda, saco de boxe, caneleira, colchonete, bastão, elástico e bola estão entre as opções possíveis em um circuito", explica a professora Regina Bento Oliveira, da academia Contours, em São Paulo. Em algumas academias são até usados aparelhos de musculação hidráulicos, com carga que automaticamente se ajusta ao praticante. A escolha depende de quais são seus objetivos. Sejam eles emagrecimento, ganho de massa muscular ou de condicionamento cardiorrespiratório, o método do treinamento em circuito pode ajudar a conquistá-lo. É fundamental a conversa com o educador físico que vai indicar os melhores acessórios e intensidade para o seu treino. O praticante fica em média um minuto em cada estação (como é chamado cada tipo de exercício realizado), ao todo são cerca de 30 minutos se exercitando. Vale lembrar que o treino é intenso.

Associe exercícios aeróbicos e de fortalecimento
Existem exercícios que trazem duas funções em apenas uma atividade. É o caso do treinamento funcional, por exemplo. "Além de ser um ótimo exercício para fortalecer os músculos, ele também promove o gasto calórico e trabalha o sistema cardiorrespiratório uma vez que exige velocidade de execução das tarefas e alto tempo de permanência em cada posição, aumentando a frequência cardíaca de acordo com a intensidade das tarefas", explica Marco Rodrigo Vieira, da academia Cia. Athletica.

Outra opção de treino completo é o CrossFit. Essa atividade de alta intensidade combina exercícios de atletismo, ginástica olímpica e levantamento de peso para queimar calorias e fortalecer os músculos. Para se ter ideia do esforço desse treino basta saber que a atividade é usada até nas academias do exército! "Não é comum a prática do CrossFit com o uso de monitores, mas existem estimativas de que o gasto é de 800 a 1500 calorias durante um treino, dependendo da proposta do dia", conta Fábio Barros, coordenador da CrossFit Campinas (SP). "Além disso, o treinamento funcional do CrossFit trabalha vários grupos musculares em cada exercício".

Os exercícios realizados com kettlebell, bola de ferro segurada por uma alça, também é uma ótima atividade para quem está sem tempo. "O trabalho pode gerar um bom ganho de condicionamento físico até mesmo se for feito por somente 20 minutos em três dias diferentes da semana", explica Steve Cotter, fundador da International Kettlebell & Fitness Federation (IKKF). Isso se deve principalmente ao seu dinamismo: os movimentos são rápidos e contínuos e à sua intensidade, que é bastante forte tanto do ponto de vista aeróbico, quanto do fortalecimento muscular.

Fracione o treino
As pesquisas científicas têm demonstrado que fracionar o exercício em três sessões de 20 minutos ou duas de 30 vale a pena. "O gasto calórico é ligeiramente maior no treino intervalado, mas esse valor não é significativo para indicar a troca de um método pelo outro para quem quer emagrecer", explica o fisiologista do exercício Raul Santo. ?O mais importante é seguir as recomendações da Organização Mundial de saúde e realizar pelo menos 150 minutos de atividades físicas por semana?.

Além do maior gasto calórico, o treino fracionado pode também ser mais eficiente para ajudar a controlar doenças. A mais recente pesquisa sobre este assunto, realizada pelo Centro de Pesquisas de Estilo de Vida Saudável da Universidade do Estado do Arizona (EUA), mostrou que o treino dividido em três sessões curtas por dia é significativamente mais eficiente que uma sessão única de meia hora para controlar a pressão arterial. Se, por um lado, o estudo ainda não é o suficiente para provar que os treinos divididos são realmente mais eficazes em todas as situações, por outro ele indica que é possível ajustar a rotina para praticar exercícios e, ainda assim, experimentar benefícios. Mas tome cuidado para não fracionar demais o exercício e, com isso, diminuir demais o ritmo das atividades, até cessar.

Quantidade de exercício X Frequência do exercício
Um novo estudo, realizado por pesquisadores da Queen's University, no Canadá, e publicado no periódico Applied Physiology, Nutrition and Metabolism, mostra que praticar os 150 minutos semanais - recomendados pela Organização Mundial de Saúde - fragmentados durante a semana ou de uma vez só têm o mesmo impacto para a saúde.

Os pesquisadores notaram que adultos que se exercitavam por 150 minutos por semana, mas com menor frequência, não estavam menos ou mais saudáveis (foram avaliados os riscos para diabetes, doença cardíaca e AVC) e em forma que pessoas que se exercitavam com maior frequência, mas com um total também de 150 minutos. Por exemplo: pessoas que faziam todo o exercício no sábado e domingo - com 75 minutos diários - estavam tão saudáveis quanto aqueles que espalhavam o exercício pela semana toda, com 20 ou 25 minutos diários.

Ainda não há um consenso científico quanto à frequência da atividade física, no entanto, sabe-se que praticar exercício um ou dois dias na semana já é melhor que não se exercitar. O educador físico Nikolas Chavez, de Belo Horizonte, explica que, em termos de manutenção da saúde, há benefícios em fazer exercícios mesmo que poucas vezes por semana. No entanto, se o objetivo é ganhar condicionamento físico, o treino deve seguir alguns princípios. Um deles refere-se à necessidade de um tempo de recuperação após o exercício. "O organismo precisa de tempo para se recuperar do exercício até ser submetido a um novo esforço". Para atividades leves, como uma caminhada, por exemplo, é preciso esperar ao menos 24 horas para que o corpo se recupere, já atividades pesadas - como a musculação ou a corrida - devem manter uma pausa de cerca de 48 horas entre as sessões. "Para frequências de treinos menores, a carga deve ser maior do que para treinamento com alta frequência, pois nesse caso o período de recuperação é maior", explica. Esse ciclo é o que irá melhorar o condicionamento físico. O especialista reforça que cada pessoa responde de uma forma ao exercício, por isso, as características do exercício devem ser determinadas individualmente.

Diminua o tempo sem dor na consciência
Segundo as diretrizes da Organização Mundial da Saúde, é importante que você se exercite 150 minutos por semana. Caso, eventualmente, você não tiver esse tempo disponível, movimente-se no intervalo de tempo que puder. O período curto pode não ser suficiente para fazer diferença nas suas curvas, mas ajuda no bem-estar e na qualidade de vida. Raul Santo explica que o exercício físico ajuda a equilibrar a secreção de uma série de hormônios no organismo, inclusive os relacionados ao estresse. "Esta tensão libera substâncias, como a adrenalina e o cortisol, que desequilibram o organismo e podem até afetar até o ritmo cardíaco", explica. "A atividade física leve à moderada ajuda a equilibrar esta secreção hormonal e de quebra libera neurotransmissores que causam a sensação de bem-estar, como a serotonina".

Pense no acesso à atividade
Para que a fuga do sedentarismo dê certo é indicado que você tenha acesso fácil ao exercício. Uma academia perto de casa ou do trabalho pode ser uma opção mais prática que correr no parque que fica longe do seu espaço normal de deslocamento, por exemplo. Assim fica mais difícil dar o cano na atividade física. Givanildo Matias lembra ainda que hoje existem personal trainers que podem ir até você, acabando com o problema definitivamente.

Fonte: Minha Vida

Curta nossa página no Facebook



Temer quer reduzir salários iniciais do funcionalismo público

Sob pressão para reduzir os gastos com a folha de pessoal, o governo federal estuda rever o salário inicial das principais categorias de servidores. A ideia é reduzir valores dos salários de ingresso no serviço público, considerados altos, e ampliar a distância em relação à remuneração recebida pelo funcionário no fim da carreira.

Hoje, os servidores recém-aprovados em concursos públicos recebem salários muito elevados - bem acima dos registrados na iniciativa privada - e, em alguns casos, bastante próximos daqueles que estão no topo da tabela do plano de carreira.

No funcionalismo público federal, há salários iniciais que chegam perto de R$ 30 mil. É o caso do consultor legislativo do Senado, que ganha no início de carreira R$ 29,1 mil e, no final, R$ 30,54 mil.

Benefícios extras
Já um advogado da União começa ganhando R$ 18,28 mil e chega a um salário de R$ 23,76 mil ao final da carreira, de acordo com levantamento feito pelo Broadcast, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado, com dados do Ministério do Planejamento. A pequena diferença salarial entre início e fim de carreira acaba sendo um incentivo para o aumento da pressão pelos "penduricalhos", benefícios extras que se somam ao salários. É o que acontece agora com várias categorias que pleiteiam bônus de produtividade, como na Receita Federal.

Os integrantes da Advocacia-Geral da União (AGU), da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN) e das procuradorias dos ministérios e do Banco Central já estão recebendo desde agosto honorários pelas causas ganhas pela União. Também serão autorizados a exercer advocacia privada, desde que não sejam causas contra o governo.

Na Receita, que tradicionalmente consegue se organizar com maior força para conseguir acordos mais vantajosos, o salário inicial é de R$ 15,74 mil. Um delegado da Polícia Federal recebe salário inicial de R$ 16,83 mil, enquanto um de fim de carreira ganha R$ 22,81 mil.

"O nível salarial de entrada é muito elevado. Muito maior do que na iniciativa privada", disse uma fonte da área econômica envolvida nas discussões. Uma mudança nessa estrutura é complexa, polêmica e exigirá o envio de projetos de lei alterando as diversas carreiras. Mas, para a área econômica, esse debate ganha força nesse momento.

O economista Pedro Bastos, professor da Unicamp, acredita que os elevados gastos com pessoal são "desperdício de munição", principalmente em meio à recessão. Integrante da corrente de economistas favoráveis à expansão do gasto público para atenuar a queda da atividade econômica, o professor avalia que o governo teve a chance de conter esse processo para tentar preservar investimentos, mas definiu prioridades de forma equivocada.

Fonte: Estadão Conteúdo (Com informações do jornal O Estado de S. Paulo)

Curta nossa página no Facebook



Para Lula, vazamento de indiciamento mostra que processos "não são sérios"

Em mensagem divulgada na tarde desta quarta-feira (5) nos canais oficiais de Luiz Inácio Lula da Silva na internet, a defesa do ex-presidente criticou a divulgação para a imprensa do seu indiciamento no caso de contratos da Odebrecht em Angola. Para a defesa, o fato mostra que falta seriedade às investigações da Polícia Federal. A defesa do ex-presidente disse que ainda não tinha conhecimento do conteúdo do processo.

"A defesa do ex-presidente irá analisar o documento da Polícia Federal, vazado para a imprensa e divulgado com sensacionalismo antes do acesso da defesa, porque essa prática deixa claro que não são processos sérios de investigação, e sim uma campanha de massacre midiático para produzir manchetes na imprensa e tentar destruir a imagem do ex-presidente mais popular da história do país", diz a nota.

O indiciamento por suspeita de crime de corrupção em contratos da construtora Odebrecht em Angola firmados com a empresa Exergia, de Santos (SP), vazou nesta quarta-feira. O indiciamento de Lula, por corrupção passiva, ocorre no âmbito da Operação Janus, que investiga contratos da Exergia, de propriedade do empresário Taiguara Rodrigues dos Santos.

Taiguara seria uma espécie de sobrinho adotivo de Lula. Ele é filho de Jacinto Ribeiro dos Santos, o Lambari, amigo de Lula e irmão da primeira mulher do ex-presidente. A Polícia Federal entendeu que os contratos de Taiguara com a Odebrecht só aconteceram em razão da proximidade dele com Lula e da intervenção direta do ex-presidente.

Leia a íntegra da nota da defesa de Lula:

"O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva tem sua vida investigada há 40 anos, teve todas as suas contas e de seus familiares devassadas, seu sigilo bancário, fiscal e telefônico quebrado e não foi encontrada nenhuma irregularidade. Lula não ocupa mais nenhum cargo público desde 1º de janeiro de 2011, e sempre agiu dentro da lei antes, durante e depois de ocupar dois mandatos eleitos como presidente da República. A defesa do ex-presidente irá analisar o documento da Polícia Federal, vazado para a imprensa e divulgado com sensacionalismo antes do acesso da defesa, porque essa prática deixa claro que não são processos sérios de investigação, e sim uma campanha de massacre midiático para produzir manchetes na imprensa e tentar destruir a imagem do ex-presidente mais popular da história do país".

Fonte: UOL

Curta nossa página no Facebook



Zé Ailton Brasil agradece a confiança dos eleitores do Crato; ouça

O deputado Zé Ailton Brasil agradeceu, durante o primeiro expediente da sessão plenária desta quinta-feira (06/10), a confiança depositada pela população do município do Crato, que o elegeu prefeito no pleito do último domingo (02/10).

O parlamentar cumprimentou os pré-candidatos da base do Governo do Estado, que desistiram da disputa para apoiar seu nome, além do governador Camilo Santana, o ex-governador Ciro Gomes e o ex-presidente da República Lula, que tiveram participação determinante em sua eleição.

“Acima de tudo, agradeço os mais de 37 mil votos que recebi, o que aumenta ainda mais a minha responsabilidade para, diante dos desafios que se apresentam, atender as necessidades e expectativas da população cratense”, destacou Zé Ailton.

O parlamentar também agradeceu o apoio de deputados da Assembleia que colaboraram com sua campanha, fortalecendo e articulando alianças, e o carinho recebido de sua família. “Só peço a Deus muita sabedoria para não decepcionar o povo, e que eu possa fazer uma cidade diferente e melhor. Por isso, também peço aos meus adversários que esqueçam o pleito do dia 2 de outubro e se abram ao diálogo, para fazermos juntos um Crato melhor”, assinalou o deputado.

Em aparte, os deputados Ely Aguiar (PSDC), Gony Arruda (PSD), Evandro Leitão (PDT), Walter Cavalcante (PP), José Sarto (PDT), Renato Roseno (Psol), Sérgio Aguiar (PDT) e Carlomano Marques (PMDB) parabenizaram Zé Ailton Brasil pela vitória. Eles elogiaram a conduta pública  do deputado e desejaram sucesso ao município do Crato, com sua futura administração.

Ouça o áudio:


Com informações da ALCE

Curta nossa página no Facebook



11 mentiras nas quais acreditamos a vida toda por causa de filmes e séries

Filmes nos ensinam sempre muitas coisas – eu, por exemplo, me lembro até hoje do choque que foi descobrir, ainda criança, que era possível morrer em decorrência de inúmeras picadas de abelha graças ao clássico da Sessão da Tarde, “Meu Primeiro Amor”.

Ainda assim, algumas coisas que vemos em filmes e séries não são muito fiéis à realidade, e o Bored Panda reuniu alguns mitos cinematográficos que, sim, acabam com a nossa infância, de certa forma, mas também nos ensinam algumas coisinhas legais. Confira:

1 – O pino de uma granada pode ser removido pelos dentes de uma pessoa extremamente forte, incrível, maravilhosa e ninja?
Não. A pessoa possivelmente arrancaria os próprios dentes fazendo isso e a granada continuaria com o pino.

2 – É mesmo necessário esperar 24 horas para avisar a polícia sobre o sumiço de uma pessoa?
Na verdade, você pode pedir ajuda sempre que tiver motivos pertinentes para isso, independente do tempo de desaparecimento.

3 – O clorofórmio realmente faz com que uma pessoa desmaie em questão de segundos e fique desacordada por horas?
Então... Não. Em primeiro lugar, é preciso que a pessoa inale a substância por cerca de 5 minutos até apagar totalmente; em segundo, ela não fica desmaiada por muito tempo.

4 – Vítimas de afogamento se debatem e gritam pedindo ajuda?
Infelizmente, é possível que uma pessoa se afogue e morra sem dar sinais disso. Ela geralmente não se debate nem chama a atenção quando está se afogando.

5 – É possível atirar com uma arma em cada mão ao mesmo tempo?
Isso é realmente coisa de filme, e mirar dois pontos diferentes ao mesmo tempo é praticamente impossível.

6 – Processos forenses respondem a todas as dúvidas de um crime?
Não. Eles servem apenas para ajudar a coletar as evidências de um crime.

7 – Silenciadores impedem que as armas façam barulho?
Na verdade, silenciadores amortecem o barulho, mas os disparos continuam sendo audíveis.

8 – Cadeados podem ser abertos com um tiro?
Na verdade, cadeados são feitos de material duro e maciço, e um projétil pequeno não conseguiria estourar um cadeado.

9 – A polícia rastreia ligações telefônicas em questão de 1 minutinho?
Rastrear ligações é um trabalho bem mais complicado do que parece na ficção, e a verdade é que se leva em média 1 hora para conseguir grampear um número telefônico.

10 – É possível conversar com a pessoa que salta de paraquedas com você?
Não, não é. Em queda livre, é bem difícil ouvir qualquer coisa.

11 – Desfibriladores fazem um coração parado voltar a bater?
Não. Uma vez que um coração pare de funcionar, um desfibrilador não pode fazer com que ele bata novamente.

Fonte: Mega Curioso

Curta nossa página no Facebook



Congresso não vota PL do Fies e instituições e estudantes são prejudicados

O Congresso Nacional voltou a adiar a análise do Projeto de Lei (PL) de crédito suplementar que dá recursos extras de R$ 702 milhões ao programa de financiamento estudantil, o Fies. Com isso, as companhias de ensino correm o risco de acumular ao menos quatro meses de atrasos no recebimento dos recursos do programa que, se não forem liberados na semana que vem, podem ser recebidos só em dezembro.

O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) depende da aprovação do projeto para assinar os contratos com os bancos que operam o Fies, a Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil e abrir os aditamentos do segundo semestre de 2016. Como esse processo demora em torno de 20 dias e os pagamentos normalmente só são feitos no início de cada mês, as empresas temem que perdure a escassez de caixa.

Aditamentos são uma espécie de renovação semestral dos contratos os quais estavam travados neste segundo semestre porque o governo não tinha orçamento para o pagamento da taxa de administração da Caixa e do BB.

Segundo o ministro da Educação, Mendonça Filho, o orçamento que havia disponível na pasta para esta operação só foi suficiente para cobrir as despesas apenas até abril. O Ministério culpa a gestão da ex-presidente Dilma Rousseff pelos atrasos.

Essa foi a quarta vez que o projeto entrou na pauta do Congresso depois de a votação ter sido adiada em duas ocasiões por falta de quórum e ter migrado da terça-feira para quarta-feira. Na madrugada desta quinta-feira (6), após mais de cinco horas de sessão, novamente não havia quórum para a votação. O temor de novos adiamentos preocupa as empresas, já que o feriado de 12 de outubro e a realização do segundo turno das eleições municipais podem afetar o calendário do Congresso.

Em paralelo ao andamento desse projeto de lei, o setor negociou com o Ministério da Educação pedido para que a liberação de recursos fosse feita via Medida Provisória. Um processo de consulta chegou a ser aberto no Tribunal de Contas da União (TCU) sobre essa possibilidade.

Fonte: Estadão Conteúdo

Curta nossa página no Facebook



Quixeramobim (CE): População protesta contra aumento de salário dos vereadores em mais de 30%

Cerca de 400 moradores de Quixeramobim compareceram, nesta quarta-feira (5), no Plenário da Câmara Municipal, para protestar contra o aumento de 33,4% no salário dos vereadores, aprovado em votação pelos próprios parlamentares durante sessão no último dia 28, como informou na reportagem da Rede Jangadeiro FM.

O encontro no auditório da Câmara Municipal de Quixeramobim aconteceu após os vereadores votarem no projeto que aumenta o salário da categoria, onde cada parlamentar, que ganha R$ 6 mil por mês, passaria a receber R$ 8 mil. Já para o presidente da Câmara, Everardo André de Sousa Júnior (PSD), o salário passaria de R$ 8 mil para R$ 10 mil.

Quixeramobim possui 15 vereadores, mas no dia da votação, Clébio Pavone (SD), que foi eleito prefeito no último domingo (2) com mais de 24 mil votos, e Rômulo Filho (SPB), que concorreu à eleição como vice pela chapa de Thomaz Holanda (PMDB), não estiveram presentes, por conta da campanha eleitoral.

11 votos foram a favor do aumento do salário e apenas dois contra. Com o resultado, caso fosse aprovado, a Câmara Municipal passaria a gastar, a partir do dia 1º de janeiro de 2017, R$ 120 mil por com os 15 vereadores.

Com essa possibilidade de aumento, os eleitores foram as ruas protestar. Wildon Silva, um dos organizadores do movimento, afirma que o protesto aconteceu durante a realização da 1ª Sessão Ordinária, onde seria decidido o resultado da votação do projeto. Com cartazes com frases de ordem, a população cobrou a revogação do aumento do salário dos parlamentares.

“Convidamos a população de Quixeramobim a vir se manifestar contra isso. Um absurdo. E já garantiram que vão voltar atrás e baixar”, afirmou. O vereador e prefeito eleito de Quixeramobim, Clebio Pavone, apoiou a decisão.

Por telefone, a assessoria jurídica da Câmara Municipal de Quixeramobim afirmou que atualmente os vereadores ganham R$ 6 mil por mês, e o órgão oferece ainda dois assessores para cada parlamentar.

Cada funcionário recebe o valor de R$ 880, o que equivale a um salário mínimo, além dos benefícios trabalhistas, como férias, 13ª salário, e FGTS. Como os custos mensais estão altos para a Câmara, segundo a Assessoria, a alternativa foi aumentar o salário dos vereadores e extinguir 28 cargos de assessores.

Mas por conta das manifestações e repercussão na cidade, o presidente da Câmara, Everardo Júnior, decidiu revogar a decisão, mesmo o ato não sendo considerado ilegal, de acordo com a assessoria.

Fonte: Tribuna do Ceará

Curta nossa página no Facebook



ShareThis