Deputado Arnon Bezerra é recordista no gasto com aluguel de carros

Anualmente, deputados federais recebem um ‘cotão’ de R$ 400 mil para gastar com Exercício da Atividade Parlamentar (Ceap). O benefício é uma brecha para os parlamentares fazerem um verdadeiro destroço nos cofres públicos. A última veiculada pelo site Congresso em Foco foi a farra com aluguel de veículos.

O dinheiro que deveria, em tese, bancar despesas necessárias ao bom exercício do mandato é uma verba utilizada pelos políticos para sustentar uma vida de luxo. Somente no período de 2012 a 2013, a Câmara dos Deputados gastou mais de R$ 31 milhões em aluguéis de veículos e R$ 22,8 milhões com combustíveis e lubrificantes. Mas o valor pode ser ainda maior, pois os deputados têm até 90 dias para prestar contas.

O dinheiro tirado dos impostos de milhões de brasileiros que depende de um transporte de péssima qualidade para se locomoverem, sustenta, por exemplo, o deputado cearense Arnon Bezerra (PTB), que é recordista no gasto com aluguel de carros.

Desde 2012, ele gasta todo mês R$ 21,3 mil para locar cinco carros, sendo três de luxo. Segundo Arnon, o custo está dentro dos valores de mercado, mesmo tendo valor tão elevado. “Eu uso os carros e transporto também o pessoal que me acompanha sempre para o interior. Você não usa todo dia, mas eles têm que estar à disposição. Porque nem sempre quando precisa se tem os carros à disposição. E eu consegui preços mais acessíveis para, justamente, ter os carros à disposição”, disse ele ao Congresso em Foco.

O próprio deputado confirma que aluga uma Toyota Hilux, uma Mitsubishi Pajero, uma Triton e dois carros populares cujos modelos o deputado não informou. Em 2010, quando concorreu a uma vaga na Câmara, Arnon declarou à Justiça eleitoral possuir uma Toyota Hilux no valor de R$ 50 mil. Segundo o parlamentar, os carros são utilizados em Juazeiro do Norte e em outras cidades próximas, no interior do Ceará.

Desde o início do atual mandato até junho o deputado gastou nada menos que R$ 505,8 mil em aluguel de veículos, locados em duas empresas de Fortaleza – a Levita Locação de Veículos Ltda. e a Top Rent a Car Ltda. Ou seja: destinou, em dois anos e meio, mais de meio milhão a esse tipo de despesa. O deputado discorda que seja muito.

“Considero, sim, que esse gasto é necessário para garantir o transporte, para fazer um trabalho confortável. Se não, eu teria que fazer a opção de ir com um avião pequeno para determinados lugares do interior. E eu não posso diminuir o meu trabalho. Se a gente não volta para a base, a gente não volta para Brasília. Temos que estar na base permanentemente, fazendo trabalhos, fazendo palestras, discutindo e recebendo críticas também”, justificou.

A maioria dos parlamentares prefere alugar os automóveis porque a verba indenizatória não permite a compra de automóveis. Além disso, os contratos, em geral, preveem a substituição dos carros em caso de defeitos ou desgaste.

Com informações do site Congresso em Foco

Fonte: Ceará Agora



Vigaristas tentam passar blocos de gelo como se fossem iPads

Tentar dar uma de esperto com algum seguro é provavelmente um dos golpes mais tentados globo afora — e também um dos mais fadados ao fracasso, certamente. Mas às vezes essas tentativas se parecem com uma cena perdida de algum filme do Monty Python, como mostra a manobra tentada por Nathan Meunch, 29, e Nigel Bennet, 39. Ambos tentaram enviar um bloco de gelo pelos correios britânicos como se fossem iPads.

A ideia era simples: uma vez que a “preciosa” carga não chegasse ao seu destino, a dupla reivindicaria um seguro de US$ 4 mil. O problema foi que os iPads começaram a pingar antes mesmo de deixarem o local. De fato, a funcionária que atendeu Meunch no Wellington Post Office, Elaine Sloane, se lembra de ter estranhado as roupas molhadas do sujeito.

“Está chovendo lá fora?”
“Eu perguntei a ele se estava chovendo lá fora, e ele disse que sim. Mas eu estranhei porque, de onde eu estava, era possível ver claramente que não chovia”, contou Sloane ao site Mirror. “Eu perguntei a ele o que havia dentro, e ele disse ‘iPads’.”

A funcionária acabou aceitando o pacote... Unicamente para que os correios acabassem com um chão molhado e uma caixa de papelão quase desintegrada — ocasião em que um investigador foi chamado. “Cerca de uma hora depois, um colega percebeu uma poça-d’água debaixo da pilha de entregas especiais.”

“Ah, eu vim para cobrar os 4 mil dólares e tal...”
Conforme já era esperado, algum tempo depois um sujeito se apresentou aos correios para receber o seguro de US$ 4 mil, por conta da encomenda de iPads não recebida. Dessa forma, Meunch foi acusado de fraude, assim como o seu comparsa na tentativa frustrada, Bennett. Em defesa deste, o advogado Denis Desmond afirmou: “A razão para ter feito isso foi que ele está abrindo uma sala de música e não conseguiu levantar dinheiro para o aluguel”.

Ao final, ambos saíram do tribunal condenados a prestar 12 meses de serviços comunitários e 150 horas de serviços não pagos para a corte, mais uma multa de US$ 800.

Fonte: Tecmundo



Crato (CE): MP pede a condenação de engenheiros responsáveis por obra de estátua

O Ministério Público do Estado do Ceará, através do titular da 2ª Promotoria de Justiça do Crato, Lucas Felipe Azevedo de Brito, propôs no último dia 13, uma ação civil pública por improbidade administrativa pedindo a condenação dos engenheiros fiscais e do representante legal da empresa Projesul Construções Ltda. responsável pela obra do Monumento à Nossa Senhora de Fátima, naquela cidade. A Projesul executou apenas 46,99% da obra contratada e recebeu 94% do dinheiro decorrente do contrato assinado.

A ação requer o ressarcimento integral do Erário, acrescidos de juros, correção monetária e encargos legais, bem como a perda dos bens ou valores acrescidos ilicitamente ao patrimônio, perda da função pública, suspensão dos direitos políticos de cinco a oito anos, pagamento de multa civil de até duas vezes o valor do dano e proibição de contratar com o poder público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário, pelo prazo de cinco anos.

Segundo o representante do Ministério Público, o empresário representante legal da empresa Projesul, Francisco Soares Lima, teria incorrido em prática de ato ímprobo de lesão ao Erário, uma vez que adimpliu três notas de empenho sem aferir a efetiva prestação dos serviços de pavimentação correspondestes. “Trata-se da modalidade mais grave e ignóbil de improbidade administrativa, pois contempla o comportamento torpe do particular que mantém vínculo com a administração pública ou do agente público que desempenha funções públicas de sua atribuição de forma desonesta e imoral”, observa na ação.

Conforme Lucas Azevedo, a Projesul executou apenas 46,99% da obra contratada e recebeu 94% do dinheiro decorrente do contrato assinado, “o que caracteriza, sem sombra de dúvidas, o enriquecimento ilícito do denunciado. Em números, o empresário recebeu na época indevidamente a quantia nominal de R$ 404.099,72, os quais atualizados até 20 de março de 2012, totalizam R$ 416.744,78.

O promotor de Justiça informou que o empresário, ao determinar que as medições da obra fossem realizadas com informações falsas, as quais também foram vinculadas aos pareceres técnicos falsos dos engenheiros Lauro Wellington Nunes Ferreira e José Antônio Marinho P. Júnior, garantiu para si uma liberação mais rápida do valor contratado, sem contudo, realizar a contraprestação pelo valor percebido.

Desta forma, comprovou-se que o empresário enriqueceu ilicitamente, tendo em vista que com base nos falsos dados, a Secretaria das Cidades determinou o pagamento de faturas com preterição da ordem cronológica de sua exigibilidade, havendo, portanto, destinação irregular da verba pública.

Fonte: Ceará News 7



Volkswagen anuncia a produção da última série de Kombis no Brasil


Todo mundo já andou de Kombi – se ainda não, resolva isso o quanto antes. Não importa se a carona era para ir à escola ou para reunir a família inteira num passeio de final de semana, você já deve ter amado ser transportado por uma Kombi. E, se o fez quando criança, já deve ter ficado fascinado com o formato e o tamanho do volante, com o sacolejo típico amortecido por bancos extremamente confortáveis e espaçosos, com a incrível possibilidade de ficar quase em pé dentro dela. Afinal, era um carro? Uma van? Um ônibus de hobbits? Não, era uma Kombi.

Produto da alemã Volkswagen, o veículo é um dos maiores sucessos de todos os tempos, principalmente quando foi lançado, na década de 1950, sendo que anos depois fez a alegria de inúmeros grupos musicais que ainda não podiam ter seus próprios ônibus em tempos de Woodstock. No Brasil, a Kombi foi o primeiro veículo fabricado pela Volks, antes mesmo do Fusca – outra história de amor.

Fim da linha
Como acontece sempre com o que se gosta, Kombi é um jeito carinhoso de chamar um carro que, na verdade, tem um nome um pouquinho mais complicado: Kombinationsfahrzeug, que significa algo como “veículo combinado”. Para os íntimos, Kombi já está de bom tamanho.

Com o passar dos anos, ela foi ganhando melhorias no motor, mais portas e, consequentemente, mais janelas. Sem falar, é claro, em versões consideradas de luxo. O modelo produzido aqui foi exportado para mais de 100 países na década de 1970 e, só para que você tenha uma ideia, até julho deste ano – depois de 56 anos de fabricação continuada – a montadora brasileira em São Bernardo do Campo produziu 1.551.140 unidades.

Infelizmente, a Volks anunciou que a produção de Kombis chegou ao fim e que uma última edição será lançada para fechar a fabricação em grande estilo. A série será limitada, com apenas 600 unidades produzidas – foto da capa – e custará R$ 85 mil. Para celebrar a nostalgia do final da produção da Kombi, os carros terão um ar retrô, com cores novas, pneus com faixa branca, bancos de vinil e pintura interna diferenciada. É um bom jeito de dizer tchau, ainda que muitos de nós prefiramos simplesmente evitar a despedida.

Fonte: Mega Curioso



Professora "educada" (+18)

Nos embates entre manifestantes x Guarda Municipal no Parque do Cocó, eis que surge a professora Ilana. Doce e afável.


Qual a sua opinião? Deixe nos comentários.


Homem acorda sem o pênis e diz não se lembrar do que ocorreu na noite

Quem nunca passou por isso antes que atire a primeira pedra. Geraldo Ramos, um senhor dominicano de 64 anos de idade, contou à rede local de televisão que bebeu um pouco mais da conta e não tem lembranças do que aconteceu na noite.

Muitas pessoas passam por eventos semelhantes, ou pelo menos já escutaram histórias de gente que perde a consciência, que passa fiasco, esquece a carteira e os documentos ou é roubado quando está sem defesa pelo excesso de álcool.

O caso de Geraldo, no entanto, foi além. Ao acordar no dia seguinte à sua fatídica bebedeira, o senhor percebeu que – mero detalhe – estava sem o pênis. De acordo com testemunhas, ele foi atacado por um cachorro enquanto estava bêbado e foi levado para um hospital para tratar do ferimento.

No vídeo abaixo, você pode conferir o relato de Geraldo e a matéria realizada pela emissora de TV Noticias Sin.



Geraldo diz não ter nenhuma recordação do ataque do cão, mas vagas lembranças de ter sido levado para a emergência. O suposto cachorro que arrancou o membro do dominicano não foi mais encontrado.

Após o incidente, Geraldo disse que nunca mais vai colocar uma gota de álcool na boca. Um pouco tarde para tomar uma decisão dessas, não é mesmo? Agora que o estrago já está feito, quem sabe tomar uns tragos ajudaria a suportar a dor da perda.

Fonte: Mega Curioso



Plantão Infotech: Justiça proíbe prazo de validade para créditos de celulares pré-pagos

Uma decisão da 5ª Turma do TRF (Tribunal Regional Federal) da 1ª Região proibiu que as operadoras de telefonia móvel estabeleçam prazo de validade para créditos pré-pagos, em todo o território nacional. Ainda cabe recurso da decisão, que é válida a partir da notificação de todas as partes citadas no processo.

Segundo a resolução, que foi unânime entre os juízes, o estabelecimento de prazos de validade para os créditos pré-pagos é como um "confisco antecipado dos valores pagos pelo serviço público de telefonia, que é devido aos consumidores".

Foram declaradas nulas as cláusulas contratuais e as normas da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) que estipulem a perda dos créditos adquiridos após a expiração de determinado tempo ou que condicionem a continuidade do serviço à aquisição de novos créditos.

Anulação de sentença
A decisão foi tomada na apreciação de um pedido de recurso do Ministério Público Federal contra uma sentença dada na 5.ª Vara Federal do Pará, que havia considerado regular o estabelecimento de prazo de validade para os créditos pré-pagos das operadoras Vivo, Oi, Amazônia Celular e Tim.

Portanto, com a anulação da sentença da Justiça paraense, essas empresas "deverão reativar, no prazo de 30 dias, o serviço de todos os usuários que o tiveram interrompido, restituindo a eles a exata quantia em saldo existente à época da suspensão dos créditos". A decisão deve ser cumprida em todo o território nacional, sob pena de multa diária no valor de R$ 50 mil reais.

Cláusula abusiva
Segundo o desembargador federal Souza Prudente, relator do processo, a cláusula existente em contratos das operadoras de telefonia é abusiva "por não tratar com isonomia usuários de menor poder aquisitivo". Quando os consumidores não conseguem reinserir créditos durante o período estipulado pelas empresas, perdem créditos comprados anteriormente, mas "expirados".

O relator citou também uma decisão de maio de 2004 do desembargador federal Paulo Roberto de Oliveira Lima, do TRF da 5ª Região, que indica jurisprudência para casos similares, em que foi considerada abusiva a imposição de prazos para consumo dos créditos adquiridos pelos usuários.

Segundo Prudente, as cláusulas limitantes vão contra o que estabelece o Código de Defesa do Consumidor no artigo 39, que "veda ao fornecedor condicionar o fornecimento de produtos ou de serviços ao fornecimento de outro produto ou serviço, bem como, sem justa causa, a limites quantitativos".

O relator frisou ainda que se trata de um serviço público essencial, "concedido a essas concessionárias, para disponibilizá-lo a seus usuários, com eficiência, qualidade, sem qualquer discriminação, observando-se os princípios da razoabilidade, proporcionalidade e moralidade".

Fonte: UOL



Juazeiro do Norte (CE): Cidade discute legislação para polo gastronômico

Começa a ser desenvolvido, neste município, projeto piloto de implantação de um polo de gastronomia na região do Cariri. Com a ampliação do número de bares e restaurantes no bairro Lagoa Seca, nos últimos anos, a aposta é que haja incentivo para ampliação do setor em outras cidades e criação de outros polos gastronômicos. O incentivo tem sido realizado, no Cariri, por meio da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel).

A entidade mantem o único escritório do Interior do Nordeste, sediado em Juazeiro, o que demonstra a importância do setor atualmente para a economia da região. A estimativa, segundo a entidade, é que haja no Cariri, cerca de 800 estabelecimentos voltados para o segmento.

O presidente da Abrasel, no Cariri, José Bezerra Feitosa Júnior, afirma que está sendo desenvolvido projeto de lei que passará pela Câmara Municipal e envolve desde aspectos relacionados à sinalização dos locais, combate à poluição sonora nos espaços, coleta seletiva de lixo, papa óleo, dentre outras questões, no intuito de possibilitar melhor qualidade dos serviços.

O trabalho acontece com a parceria governamental, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo da cidade e do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). Segundo o presidente da Abrasel, com o projeto de lei, espera-se um reconhecimento maior desses espaços na região.

O Lagoa Seca, bairro que nos últimos 10 anos contou com a instalação de vários bares e restaurantes, está com cerca de 20 estabelecimentos do segmento. No local, conforme o presidente da Abrasel, poderá começar o projeto piloto. Toda a parte visual de sinalização da área está sendo desenvolvida, por meio de uma parceria com o Senac e o Sebrae, com o trabalhos de consultores, para realização da sinalização de rua e no interior dos estabelecimentos. Resta apenas concluir o projeto de lei para ser encaminhado, via executivo, para a câmara municipal.

Com a iniciativa do projeto, segundo o presidente da Abrasel, a pretensão é conseguir mais apoio para o setor. Para Feitosa Júnior, a meta é conseguir uma qualificação bem mais efetiva, para acompanhar a realidade da Região Metropolitana do Cariri (RMC). Ele ainda ressalta que há, com esse processo, uma responsabilidade maior do próprio empresário do setor. "Principalmente se enquadrar com o seu dever, com questões como a poluição sonora e a própria qualidade dos serviços", diz ele.

Orçamento
O secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Juazeiro, Roberto Celestino, disse que há possibilidade da inclusão de recursos para o projeto no orçamento do próximo ano e no Plano Plurianual. Também diz que poderão ser mantidos contatos com a Secretaria das Cidades, do Governo do Estado, que pode responder pela parte das intervenções urbanísticas necessárias, dentro da proposta apresentada. O secretário destacou a importância do segmento para o turismo e ressaltou que a cidade possui mais de uma dezena de restaurantes com cozinha em nível internacional.

Segundo afirma, cerca de 200 outros estabelecimentos podem participar da iniciativa. Feitosa Júnior acrescentou sobre a qualificação dos serviços, como um dos gargalos no sentido de melhorar o setor de alimentação fora do lar. A necessidade de recursos para o incremento dos primeiros passos do projeto ainda está dependendo de um posicionamento da Secretaria e da aprovação no Legislativo. Com isso, o presidente da Abrasel, no Cariri, acredita que o andamento do projeto piloto deve acontecer a partir de 2014.

Segundo Júnior, o formato que se pretende aplicar em Juazeiro já foi desenvolvido com sucesso em outras cidades, de maneira a acompanhar oe crescimento da região. Mesmo assim, ele pontua já ser grande a diferença, observando que não existe turismo sem gastronomia. "Hoje, o canal de entrada do turismo na região é através da gastronomia. O setor deu uma guinada nos últimos anos, com uma grande evolução e, quem não esteve nesse período, não reconhece", afirma.

Ele ainda diz que a qualificação dos serviços também tem melhorado, principalmente por conta da entrada de grandes redes na região, a exemplo dos fast foods internacionais, no Cariri Garden Shopping. Mas, o maior desafio, conforme aponta, é a qualificação da mão-de-obra. "O empresário precisa qualificar os seus funcionários. Mas, mesmo assim, tem mudado. É lógico que isso não acontece da noite para o dia, mas leva um tempo", avalia José Bezerra.

Mais informações
Abrasel - Cariri
Av. Governador Plácido Aderaldo Castelo, 220
Sala 10 - Lagoa Seca - Juazeiro do Norte 
Telefone (88) 3512.3403

ELIZÂNGELA SANTOS
REPÓRTER 

Fonte: Diário do Nordeste



Jornalista da Globo revela que está com câncer e agradece carinho

A jornalista Sandra Moreyra, da Globo, descobriu que está com um câncer no esôfago.

No dia 6 de agosto, ela usou sua conta no Facebook para desabafar: "Pensei umas cem vezes antes de escrever e me expor por aqui, mas tenho recebido muitas mensagens de tantos amigos que aí vai: comecei a quimio".

A experiente jornalista da Globo afirmou na rede social que as mensagens de afeto de seus seguidores têm ajudado a animar seus dias: "Vocês todos, tão amigos, me animam muito. E tenho o Rodrigo Figueiredo (marido), ao meu lado. O que é bom demais".

A escritora e colega de profissão de Sandra, Cora Ronai, enviou uma mensagem para a jornalista: "Na maior torcida por você! Que tudo corra bem, muito bem".

Ela ainda usou o desabafo para criticar a demora em marcar exames no Brasil: "Nove dias pra sair o resultado! É um drama marcar exames. O sistema esta fora do ar. Vai ter que ficar pra segunda. Tenho vontade de chutar o balde!".

Em entrevista ao site Purepeople, Sandra falou sobre sua vida profissional: "Neste momento parei para fazer os exames e me tratar, mas logo estou de volta e com tudo".

A jornalista realiza seu tratamento duas vezes por semana no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, que vai durar 4 meses.

Fonte: Na Telinha/UOL



Missão Velha (CE): Polícia leva cinco para a delegacia com cocaína, maconha e crack

A polícia de Missão Velha prendeu dois jovens e apreendeu três adolescentes, residentes naquele município, na tarde desta quinta-feira em um matagal perto de um riacho às margens da rodovia estadual que dá acesso ao Distrito de Jamacaru. O quinteto estava usando drogas e em poder destes, os PMs recolheram 11 papelotes de cocaína, nove papelotes de maconha e mais 16 pedras de crack, além de R$ 34,00 um cachimbo para o uso de crack e um isqueiro.

O mais velho do grupo foi identificado como Francisco Cleber Leite de Oliveira, de 32 anos, residente na rua Coronel José Dantas (Casas Populares). Já Abraão Delmondes da Silva, de 18 anos, que mora na Travessa Manoel Freitas (Centro), é o dono da moto Honda CG 125 Fan KS, ano 2011, de placa OCN-1866, inscrição de Missão Velha, ali encontrada. O jovem nem possui habilitação e nem estava com os documentos do veículo.

O adolescente J. A da S. O., de 16 anos, residente nas Casas Populares, disse à delegada plantonista na 20ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Juazeiro do Norte, que era dono de todo o material. Além dele, o Sargento Xavier, o Cabo Joelson e os Soldados Viana e Wagner trouxeram para a 20ª DRPC, outro menor de 16 anos e iniciais F. E. S. S., que mora no centro e o adolescente E. M. T. N, de 17 anos, residente nas Casas Populares.

Demontier Tenório

Foto: Michel Dantas/Ag. Miséria

Fonte: Miséria



Ceará recebe 117 profissionais pelo programa Mais Médicos

Na última terça-feira, 13, o prazo para a confirmação da participação no programa Mais Médicos se encerrou. Foram confirmados 117 médicos para o Ceará, nos quais serão distribuídos por 52 municípios cearenses. Deste número total de profissionais, 106 são brasileiros e 11 possuem registro profissional de fora do país. Dos 52 municípios, 38 são regiões de extrema pobreza. As vagas preenchidas equivalem a 14% da demanda dos municípios do Estado, que necessita 834 médicos para completar seus quadros na atenção básica do Sistema Único de Saúde (SUS).

No Ceará, a cidade de Fortaleza receberá o maior número de profissionais, com 26 médicos, todos brasileiros. Os outros municípios recebem uma quantidade inferior, sendo Cascavel, com 7 médicos, a segunda cidade que mais vai receber profissionais no Estado.


No Brasil, o primeiro mês de seleção para o programa Mais Médicos contou com a homologação de 1.618 profissionais, entre brasileiros e estrangeiros. Estes profissionais serão distribuídos em 579 municípios e 18 Distritos Sanitários Especiais Indígenas. Cerca de 67% dessas regiões estão em áreas de extrema pobreza e distritos de saúde indígenas, segundo o Ministério da Saúde.

O Nordeste será a região com a maior cobertura dos profissionais do Mais Médicos, com 261 cidades. Bahia é o estado que vai receber o maior número de profissionais com 144 confirmados. Em seguida, vêm os estados de São Paulo (134), Rio Grande do Sul (119) e o Ceará (117).

Nesta segunda-feira, 19, o Ministério Público abre as inscrições para a segunda seleção mensal para médicos brasileiros e estrangeiros.

Fonte: O Povo



Juazeiro do Norte (CE): Permissionários de Mercado fazem protesto

Permissionários do Mercado José Teófilo Machado, em Juazeiro do Norte, realizaram ontem, manifestação contra a atual gestão do mercado, que vem sendo realizada pela SR Empreendimentos. Os vendedores do Município têm o apoio da Câmara de Vereadores, que critica a administração de outros equipamentos da cidade pela empresa e a suposta falta de cumprimento de cláusulas do contrato com a Prefeitura de Juazeiro do Norte, a exemplo do repasse de 2% ao Município. Permissionários estão prestes a serem despejados e alegam estar pagando os boxes, mas por meio de conta judicial.

São cerca de 500 trabalhadores no local. Na manifestação, havia cerca de 100 pessoas, que chegaram a paralisar por alguns momentos o trânsito entre as ruas Leão XIII e São Pedro, no Centro da cidade, para realizarem adesivagens nos veículos, em que expõem a insatisfação com a administração pela SR Empreendimentos. A empresa pertence ao empresário Sílvio Rui, que administra outros mercados públicos da cidade, como o João Cabral, onde há comercialização de peixes, e também o Mercado do Pirajá, maior fornecedor de hortifrutigranjeiros da região do Cariri.

Durante a manifestação, foram expostas as insatisfações dos permissionários, e os vereadores disseram que vão dar total apoio à causa dos vendedores, que já marcaram uma nova reunião às 19h de terça-feira, na Câmara Municipal, para debater o problema.

Conforme o contrato com a empresa de Sílvio Rui, o mercado conhecido por Senhora Santana, deverá ser administrado por 15 anos pela empresa.

Perdas
Os comerciantes afirmam que estão tendo prejuízos no local em até 80% e alegam que as portas principais estão fechadas, prejudicando a entrada dos clientes. O motivo seria uma construção dos boxes numa praça externa, anexa ao prédio do mercado, que deveria ter sido concluída há dois anos.

A obra já vai em quatro anos e não há previsão de término. Segundo o presidente da Associação dos Permissionários, Edson Cordeiro, não houve melhorias durante os últimos anos, e a situação está bem pior. Ele disseque os clientes a cada dia se afastam mais do espaço público.

Segundo o vereador Gladson Bezerra, não houve as reformas dos mercados, previstas no contrato, além dos repasses da empresa à Prefeitura. Ele disse que os gestores da SR não dão satisfação à administração local e, para piorar a situação, estão entrando com ações de despejo dos permissionários, que ele considera a gota d´água da situação. "Um dos dirigentes da associação do mercado está prestes a perder o seu espaço no local".

Conta judicial
Essa situação é por conta dos pagamentos dos permissionários, por medida de segurança, de acordo com a Associação dos Permissionários dos Mercado José Teófilo Machado, estarem sendo feitos por meio de conta judicial, conforme o vereador. Mesmo procurada pela reportagem, com contato por meio da administradora da SR Empreendimentos, no Hotel Municipal de Juazeiro do Norte, não houve retorno.

ELIZÂNGELA SANTOS
REPÓRTER

Fonte: Diário do Nordeste



Vereadora é impedida de assumir cargo por ser 'bonita demais'

Uma jovem candidata a vereadora no interior do Irã foi impedida de assumir o cargo por ser "bonita demais", segundo a imprensa local.

Candidata em Qazvin (norte), Nina Siahkali Moradi, 27, obteve 10 mil votos na eleição ocorrida junto com o pleito presidencial, em junho.

O resultado a colocou na 14ª posição num ranking que qualificava os 13 primeiros entre 163 candidatos.

Com a desistência do primeiro colocado, Moradi entrou na lista dos vencedores. Mas conservadores barraram sua ida à prefeitura.

"Seus votos foram anulados por [causa de] suas credenciais", disse Reza Hossaini, do comitê local de monitoramento de eleições.

"Não queremos uma modelo desfilando na prefeitura", disse um clérigo local.

Seus adversários já a haviam acusado de manter comitê de campanha que atraía comportamentos incompatíveis com valores islâmicos.

Moradi conquistou apoio ao defender direitos da mulher e incentivos culturais.

O incidente contraria esforços do novo presidente iraniano, Hasan Rowhani, que acaba de nomear uma vice-presidente como parte da promessa de promover direitos da mulher.

Fonte: Folha.com



URCA lança edital do Processo de Seleção de Monitoria Voluntária para o Mapeamento de Práticas Socioculturais Sustentáveis do Crato

A Pró-Reitoria de Extensão da Universidade Regional do Cariri – URCA, em parceria com a Secretaria de Cultura do Município do Crato, lançou edital do Processo de Seleção para Monitoria Voluntária do Mapeamento de Práticas Socioculturais Sustentáveis do Crato.

O objetivo do edital é selecionar monitores/monitoras com o fim de identificar, registrar e inventariar práticas socioculturais sustentáveis relacionadas ao artesanato, agricultura, manifestações culturais, extrativismo florestal protagonizadas por indivíduos, grupos, comunidades, entidades e movimentos em diversas localidades do Município do Crato.

Serão ofertadas 20 vagas, para alunos regularmente matriculados na URCA, provenientes dos cursos de História, Geografia, Ciências Sociais, Biologia, Economia, Direito, Artes Visuais e Teatro. Das vagas ofertadas, 05 serão específicas para os graduandos do curso de Geografia e 15 vagas para os estudantes dos demais cursos mencionados. Poderão candidatar-se alunos que estejam cursando entre os 3º e 7º semestres da graduação. Deverão ser cumpridas carga horária de 12 horas semanais, durante 5 meses.

As inscrições poderão ser efetuadas no período de 14 a 19 de agosto de 2013, na Pró-Reitoria de Extensão da URCA – Campus Pimenta, no horário das 8 horas às 12 horas e das 14 horas às 18 horas. A seleção dos participantes acontece nos dias 20 e 21 de agosto.

Mais informações no site da URCA: www.urca.br

Fonte: Diário do Nordeste



Ministério Público do CE promoverá Fórum Social

A Coordenação do Planejamento Estratégico do Ministério Público do Estado do Ceará promoverá o Fórum Social do Ministério Público 2013. Os encontros serão realizados em quatro momentos e devem compreender todas as Unidades Regionais que compõem a Instituição. O primeiro ocorre no dia 23 de agosto, a partir das 8 horas, em Juazeiro do Norte, na Faculdade Leão Sampaio – unidade Lagoa Seca (avenida Maria Letícia Leite Pereira, s/n – Lagoa Seca). No mês de setembro, ocorre no dia 13 em Sobral; no dia 20, no município de Russas; e no dia 27, em Caucaia. Mais informações são encontradas no blog do Planejamento Estratégico do MPCE http://planejamento.mpce.mp.br/

O objetivo do Fórum é formalizar uma interlocução maior e mais próxima junto à população de todo o Estado do Ceará. “Vamos coletar novos dados para focar a atuação do Ministério Público em cada Unidade Regional nos anos de 2013 e 2014 e prestarmos contas à população do que fizemos nos últimos quatro anos”, disse a procuradora de Justiça, coordenadora do Planejamento Estratégico e coordenadora do Núcleo de Gerenciamento de Projetos, Sheila Cavalcante Pitombeira. A programação dos encontros regionais contará com mesas temáticas e reuniões de análise das necessidades e lacunas administrativas, institucionais.

O encontro em Juazeiro do Norte contemplará as 1ª e 2ª Unidades Regionais. As 7ª, 8ª e 9ª Unidades Regionais serão abrangidas pelo encontro em Sobral. O Fórum Social na cidade de Russas alcançará as 3ª e 4ª Unidades Regionais. Em Caucaia, o encontro envolverá as 5ª e 6ª Unidades Regionais.

Mais informações, ligue:
3452.3739 / 9982.5701

Assessoria de comunicação do MP-CE



Plantão Infotech: 5 explicações pra saída dos adolescentes do Facebook segundo uma garota de 13 anos

Uma adolescente nova iorquina de 13 anos de idade chamada Ruby Karp escreveu um texto explicando por que os adolescentes estão fugindo do Facebook, pra qual redes sociais estão indo e como eles escolhem os sites onde vão compartilhar suas atualizações diárias. O texto foi publicado no Mashable e, ainda que traga o ponto de vista de uma única pessoa, é tão útil quanto uma pesquisa sobre o assunto por conta das inúmeras observações que traz sobre os adolescentes e as redes sociais.

Ruby não diz que os adolescentes estão deixando o Facebook da boca para fora. Um estudo recente do Pew Research Center, organização americana que estuda comportamento e tendências, apontou que essa saída do Facebook realmente acontece. E por três razões básicas: o número crescente de adultos no local, compartilhamento de detalhes fúteis da vida dos amigos e muito “drama” na rede social. Ruby Karp descreveu no Mashable mais ou menos isto, e ainda adicionou outros pontos de vista:

1) Os pais no Facebook
“Todos os nossos pais e pais dos nossos amigos têm Facebooks. Não é só o fato deles ‘curtirem’ nossos posts, ou escreverem “olá, docinho de côco” na nossa timeline, mas meus amigos postam um monte de fotos que me complicam com meus pais.

Digamos que eu fui convidada para uma festa onde havia menores de idade bebendo. Eu não estou bebendo, mas alguém tira uma foto. Eu não estou nem segurando um copo, mas sou fotografada atrás de uma garota que está mandando ver nos shots de tequila. Durante a semana, alguém decide colocar fotos daquela festa ‘incrível’ no Facebook. Se a minha mãe vir que eu estava em uma festa com bebida, ainda que eu não estava participando, eu estaria morta. Não é culpa do Facebook, mas acontece lá”.

2) As outras redes sociais
“Parte das razões pelas quais o Facebook está perdendo a atenção da minha geração está no fato de que há novas redes sociais hoje em dia. Quando eu tinha 10 anos, eu não tinha idade suficiente pra ter Facebook.

Mas uma coisa mágica chamada Instagram chegou…e nossos pais não nos proibiram de usar. Rapidamente, todos os meus amigos foram pro Instagram…”

3) Os adolescentes gostam do que é tendência
Ruby conta que a maioria dos seus amigos não estão no Facebook. Simplesmente, porque acharam que a rede social seria “perda de tempo”. Esta não é uma realidade que se aplica totalmente ao cenário brasileiro, onde muita gente — adolescente ou não — ainda está descobrindo o Facebook. Porém, neste ponto ela diz algo relevante sobre a forma como os adolescentes escolhem as redes sociais:

“Adolescentes são seguidores. Isto é exatamente o que a gente é. Se todos os meus amigos estão baixando essa nova coisa cool chamada Snapchat, eu também quero! Nós queremos o que é tendência. Se o Facebook não está ‘trendando’, os adolescentes não se importam”.

4) O bullying no Facebook
“Facebook é ainda uma grande fonte de bullying para quem está na escola. As crianças podem comentar algo ofensivo em uma foto sua ou mandar mensagens ofensivas. Não é a culpa do Facebook, mas de novo, isso acontece ali. Se minha mãe soubesse que eu estaria sofrendo bullying no Facebook, ela me mandaria fechar na hora”.

5) O design do Facebook
Ruby reclama que, com o passar dos anos, o Facebook mudou muito e a chegada da “Linha do Tempo” não foi tão legal porque não deixa as coisas tão simples. “Olhe pro Twitter, onde há quatro botões – as pessoas gostam do design ‘simples’”, diz a garota. Ela ainda critica o sistema de anúncios:

“O Facebook capta seus interesses baseado no que você “curtiu” e coloca anúncios em seu feed. Sem ofensas, mas quando eu tô olhando meu Feed de Notícias eu não me importo nem um pouco com o novo produto da Pantene”.

Por fim, Ruby termina dizendo que espera que o Facebook consiga atrair os adolescentes novamente para a rede social. Afinal, eles se tornarão “gente grande” um dia e ela acha que o Facebook é uma “boa ideia”.

Fonte: Youpix/iG



Cid Gomes diz que Heitor Férrer é "um desonesto da política cearense"

O governador Cid Gomes (PSB) fez duras críticas ao deputado Heitor Férrer (PDT) na manhã desta quarta-feira, 14. O governador classificou Heitor como “um desonesto da política cearense” e disse que ele vai ser “eternamente um deputado” porque as pessoas sabem reconhecer “oportunismo” na política.

Cid disse ainda que os questionamentos de Heitor sobre os gastos do Governo do Estado com buffet e decoração são algo “típico de gente miúda, típico de gente que não tem política como oportunidade de servir às pessoas” mas sim como “vaidade pessoal”.

Ontem, Heitor apresentou requerimento na Assembleia pedindo explicações sobre o contrato no valor de R$ 3,4 milhões feitos com uma empresa para a execução de serviços de buffet e decoração, com direito a cardápio de comidas e bebidas sofisticadas, entre eles lagosta e caviar.

“Eu por exemplo, não como desse buffet. Isso é usado quando tem evento, solenidades, aqui em Fortaleza”, disse Cid. “Esse contrato existe desde o governo anterior, coincidentemente a mesma empresa, que pertence à sogra do Léo Alcântara, filho do ex-governador Lúcio Alcântara, governo que ele apoiava, o Heitor”, acrescentou.

“Heitor comeu desse buffet”
Cid citou alguns eventos nos quais, segundo ele, foi feito uso do buffet contratado, entre eles um ao qual o próprio Heitor Férrer teria comparecido. “O presidente da Assembleia (Zezinho Albuquerque – PSB) ficou no exercício do poder alguns dias, uma semana, e promoveu um almoço para os deputados estaduais, e o Heitor Férrer foi lá, no Palácio, e comeu desse buffet”, disse o governador.

Cid citou ainda outros eventos no qual o serviço de buffet foi utilizado, entre eles almoço no Centro de Eventos durante a visita da presidente Dilma Rousseff (PT), outro almoço com dirigentes da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec) e uma reunião de governadores que compõem o conselho da Sudene.

“Só quem se interessa por isso é o jornal O POVO”
A pergunta ao governador sobre os gastos com buffet foi feita pela repórter do O POVO, Jéssica Welma. Inicialmente, Cid respondeu que “só quem se interessa por isso é o jornal O POVO”. Só após a insistência da repórter, o governador falou sobre o assunto.

Fonte: O Povo



Como é feita a camisinha?

O grande segredo do processo de produção de preservativos é a vulcanização, ou seja, uma reação química que aumenta a resistência da borracha sem fazê-la perder a elasticidade. Aliás, se a vulcanização não existisse, com certeza não existiriam camisinhas ultra-elásticas como as que conhecemos, da mesma forma que não existiriam solas de sapato flexíveis, bolinhas de tênis e pneus.

Com a borracha vulcanizada, o processo é simples: basta colocá-la em um molde de vidro e fazê-la secar. "Os grandes segredos da produção de preservativos são a formulação do composto de látex (matéria-prima da borracha) e a distribuição homogênea nos moldes", diz o engenheiro químico Walter Spinardi Junior, da Johnson & Johnson, que produz uma das marcas de camisinha mais usadas no Brasil. Mas, como camisinha não é um acessório usado em qualquer parte do nosso corpo, o processo de fabricação conta com detalhes indispensáveis para manter a saúde do seu amigão e evitar surpresas indesejadas. Há vários testes de qualidade e um cuidado redobrado com o material usado, afinal uma pitadinha a mais de certos produtos químicos pode causar alergias no seu tão sensível bilau e colocá-lo no estaleiro por um bom tempo.

Dos pés à cabeça
Entre a floresta e a sua cama, a camisinha passa por um longo processo

1 - A matéria-prima da camisinha é o látex, extraído dos pés de seringueiras. Mas o látex usado para produzir camisinhas não chega à fábrica exatamente como saiu da floresta: para ganhar mais elasticidade, ele é filtrado até ficar com 60% de borracha, o dobro do original - o resto é basicamente água

2 - Apesar de chegar à fábrica com a elasticidade turbinada, o látex precisa ganhar mais resistência. É isso o que faz o processo de vulcanização. O processo consiste em adicionar enxofre e algumas outras substâncias químicas ao látex, e submeter a mistura a altas temperaturas - o calor acelera a reação

3 - No tanque de imersão, o preservativo ganha cara de preservativo mesmo. Para isso, são usados moldes de vidro que, depois de serem lavados e secos, são imersos em um tanque cheio de composto de látex (látex com resistência e elasticidade aumentadas). Dali ele passa por uma estufa, para secar, e passa por outra imersão e outra estufa, que reforçam a camada de látex

4 - Ainda no molde, a camisinha em estado bruto segue na linha de montagem. Primeiro passa por escovas rotativas - como aquelas de lava-rápido -, que formam a bainha na boca do preservativo, deixando-o pronto para a secagem final em uma grande estufa. Ali vai embora toda água presente na matéria-prima e a borracha, enfim, fica durinha

5 - Mais uma etapa de nome estranho: lixiviação. Uma máquina mergulha a camisinha (ainda no molde) dentro de um tanque cheio de produtos químicos para eliminar partículas ruins que podem eventualmente causar alergia ou desconforto aos usuários. Tanto substâncias originais do látex quanto produtos adicionados na vulcanização caem fora nesse processo

6 - Um jato de água apontado para a bainha tira o preservativo do molde, lançando-o direto em uma esteira. O molde volta ao seu ciclo, passando pela lavagem, e a camisinha passa por um banho de talco, sílica ou amido de milho, que acabam com sua consistência grudante. Depois disso, ela é secada novamente e está pronta para os testes de qualidade

7 - Os testes de qualidade são obrigatórios e detalhadamente regulados por normas da Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Absolutamente todos os preservativos passam pelo teste de furos: uma corrente elétrica é aplicada sobre a camisinha e se a energia não correr através da sua superfície é sinal de que não existem furos

8 - A máquina que faz o teste elétrico joga a camisinha na esteira, já enrolada e pronta para receber uma gotinha de lubrificante e ser embalada. Algumas amostras são encaminhadas a outros testes obrigatórios, como o de insuflação de ar (são analisados os limites de pressão e volume) e o teste líquido (um jato de água enche a camisinha até seu limite)

9 - O último teste quem faz é você. Lembre-se de que, apesar de todos os cuidados tomados durante a produção, se você não colocar a camisinha com cuidado, ela pode estourar e causar surpresas desagradáveis. O próximo passo você já sabe, né?!

Fonte: Mundo Estranho



Lançado edital de banda larga para prefeituras do CE

A Empresa de Tecnologia da Informação do Ceará (Etice), vinculada à Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag), lançou na tarde de ontem, no auditório da vice-governadoria, edital que irá fornecer internet banda larga para prefeituras do Interior do Estado através do Cinturão Digital. Inaugurado em novembro de 2011, o programa está presente em 53, dos 184 municípios cearenses, o que representa 29% de cobertura no Estado.

Apesar de todos os municípios poderem participar, o edital possui limite de capacidade. Estão sendo ofertados três gigabytes por segundo. O presidente da Etice, Fernando Carvalho, exemplifica que, no caso de cada município selecionado ganhar 50 megabytes por segundo, o edital contemplaria 60 cidades, o que não levaria internet banda larga para todo o Ceará.

O edital estabelece que, no caso de municípios com até 10 mil habitantes, a capacidade de transporte de dados a ser alocada será de 30 Mbps, de 10.001 até 50 mil habitantes, 50Mbps e acima de 50 mil habitantes, 100 Mbps. O pagamento pela capacidade de transporte será de R$ 20 por cada Mbps. O valor será descontado no repasse mensal do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). No caso de inadimplência por 90 dias, o serviço será suspenso.

Contrapartida
Se a prefeitura oferecer acesso à internet para usuário particular, o valor máximo cobrado não poderá ser superior a R$ 29, incluindo impostos. Os municípios contemplados terão, em contrapartida, que se responsabilizar em oferecer acesso à internet em todas as escolas públicas e unidades de saúde municipais.

Terão de disponibilizar ainda, de acordo com a demanda, internet nas delegacias policiais, escolas e outros órgãos estaduais, além de mais dois pontos de Wi-Fi em espaços públicos. Os interessados em participar do edital terão um mês para se inscrever.

Nilson Diniz prefeito de Cedro, município de 25 mil habitantes localizado a 400 Km da Capital destaca que o Cinturão Digital abre caminhos para o desenvolvimento do município. "É uma estrutura que virá para resolver vários problemas", ressalta. Mas, existe um custo, por isso terá de ser avaliado quanto o município poderá pagar.

"A prefeitura vai disponibilizar o que for possível, mas talvez essa seja a parte negativa, pois apesar de essas tecnologias já terem barateado bastante, pode ser um custo elevado para um município pobre", aponta. O prefeito pretende oferecer 100% de cobertura ao município, na sede e zona rural. "Quero deixar a professora que está no ponto mais distante conectada para ter comunicação com a secretaria, assim como o posto de saúde mais longínquo. Ter aceso à internet é uma ferramenta necessária para a gente viver", ressalta.

Adriana Pinheiro, presidente da Associação dos Municípios do Estado do Ceará (Aprece), afirma que é muito importante os municípios participarem do edital. "Eles têm que ver qual a necessidade de cada município, o que ele realmente quer com a internet, até quanto ela venha a abranger, em quais localidades", comenta. No primeiro edital, muitas cidades não levaram o programa adiante em decorrência da mudança de gestão. "Os que ainda não aderiram devem aderir, o edital só vem a ajudar os municípios", frisa.

LUANA LIMA
REPÓRTER

Fonte: Diário do Nordeste



Juazeiro do Norte (CE): Foto Sensor instalado na Av. Leão Sampaio agrada condutores e estudantes

Redutor de velocidade instalado e a esperança de uma nova realidade para condutores e transeuntes da Avenida Leão Sampaio, palco de graves e constantes acidentes automobilísticos. Há exatos 10 dias de sua instalação, o foto sensor já angaria simpatizantes e mostra uma nova realidade no trecho da rodovia CE 060, defronte a Faculdade Leão Sampaio (FALS).

O entregador João Goulart credita o lado financeiro como uma das razões da eficácia do instrumento. “Quando pesa no bolso, geralmente o condutor costuma respeitar”. Para ele, o foto sensor será um aliado na redução dos inúmeros acidentes. “Quando tinha só as tartarugas, muitas motos e veículos grandes não reduziam à velocidade, o desrespeito e perigo eram grandes, agora, parece que o quadro vai mudar”, finaliza.

Reduzida em quase 35%, a nova velocidade máxima que agora passa a ser 40 km/h, agrada, também, os universitários da FALS. “É um ganho a mais na nossa segurança. Somente a faixa de pedestre não estava sendo suficiente, mas, agora, os carros passam bastante lentos e facilita nossa travessia”, diz Naiane Bezerra. “Mas, o ideal é que exista, juntos aos sinais, um trabalho de educação e conscientização no trânsito”, acrescenta.

O vendedor de lanches e guloseimas, instalado na lateral da universidade há três anos, conta que essa era uma reivindicação antiga para aquela região: “Toda semana tinha um, dois até três acidentes nessa avenida. O pedido era que as autoridades tomassem alguma medida. Finalmente foi instalado esse sinal, mas pra isso, algumas pessoas tiveram que morrer”, relata lembrando-se do grave acidente que tirou a vida de dois jovens, no dia 04 de Junho deste ano. A alta velocidade desenvolvida por um dos carros pode ter sido uma das causas da colisão frontal.

André Costa

Foto: Chinês/Ag. Miséria

Fonte: Miséria



F-1: Raikkonen opta pela Ferrari e substitui Massa, diz jornal

De acordo com o jornal finlandês lta-Sanomat, Kimi Räikkönen já decidiu seu futuro  na temporada 2014 de F1. O piloto deixará a equipe Lotus, onde está desde o ano passado, e voltará para a Ferrari – equipe que lhe deu seu primeiro título mundial em 2007.

O contrato de Räikkönen com a Lotus termina no final desta temporada e os problemas orçamentários que o time vem enfrentando nesse ano se mostram decisivos para a não renovação do acordo. Kimi, atualmente, é o vice-líder do Mundial 2013 de pilotos.

O finlandês também é um dos favoritos à vaga aberta na Red Bull com a saída do australiano Mark Webber. Todavia, a publicação lta-Sanomat afirmou que a escuderia austríaca contratará o piloto Daniel Ricciardo [da Toro Rosso] como substituto.

O jornal também garantiu que a Ferrari tem todo o interesse em recontratar Kimi. O italiano demitiu o piloto em 2009 [ainda com contrato em vigor] para antecipar a chegada de Fernando Alonso – que então defendia as cores da Renault, hoje equipe Lotus.

Kimi Räikkönen será o substituto de Felipe Massa. O brasileiro tem acordo com a escuderia até o final de 2013. Mas, ao que parece, não existe interesse na renovação de seu contrato, mesmo com uma melhoria acentuada do desempenho de Felipe nas próximas provas.

Anúncio
A equipe Red Bull afirmou que decidirá sua nova dupla de pilotos para o ano que vem logo após o recesso de verão da F1 – que acaba no dia 25 de agosto. O anúncio oficial deverá acontecer no GP da Bélgica ou, então, no GP da Itália.

Evidentemente que a decisão da Red Bull terá uma influência significativa no mercado de pilotos. A partir da opção da escuderia, a situação de Felipe Massa ficará mais clara para próxima temporada – embora ainda não resolvida.

Fonte: UOL



Crato (CE): Polícia apreende pistola e munições em suposta “boca de fumo”

Em mais uma operação de combate ao tráfico de drogas no bairro Seminário em Crato, militares do Ronda do Quarteirão não encontraram substâncias entorpecentes, porém uma pistola 765 com 11 cartuchos intactos e um deflagrado. Foi por volta das 16h30min na Rua Coronel Luiz Teixeira, 2030 a partir de denúncias anônimas apontando para o funcionamento de uma “boca de fumo” no local.

Com a chegada dos Soldados R. Costa, Terceiro e Rafael duas pessoas conseguiram fugir e a polícia suspeita que levando drogas. No imóvel reside Cícero Jocean dos Santos Ribeiro, de 18 anos, que foi preso além do menor de iniciais W. V da S., de 16 anos apreendido no local podendo ser apenas usuário ou “avião” (responsável pela entrega de drogas). Ambos foram levados para a Delegacia de Crato.

De acordo com a polícia, o local seria a famosa “boca de fumo” denominada de “Toshiba” numa alusão ao apelido de um dos envolvidos com o tráfico. A prisão de Jocean e a apreensão do menor se deu após perseguição dos militares. Na casa ainda havia uma pequena quantidade de maconha e vários sacos plásticos para a embalagem da droga caracterizando o comércio.

Demontier Tenório

Foto: Chinês/Ag. Miséria

Fonte: Miséria



Plantão Infotech: Samsung é processada em R$ 250 milhões por más condições de trabalho

O Ministério Público do Trabalho iniciou uma ação de indenização contra a Samsung no valor de R$ 250 milhões. O processo por danos morais coletivos diz respeito à fábrica da companhia na Zona Franca de Manaus, onde foram identificadas más condições de trabalho, como jornadas exaustivas e horas-extras que ultrapassam o limite permitido.

Na ação, por exemplo, contam casos como o de um funcionário que trabalhou mais de 15 horas seguidas em um único dia ou outro que passou 27 dias sem uma única folga. Além disso, são relatados problemas relacionados a esforço repetitivo e o fato de muitos empregados passarem dez horas em pé, enquanto trabalham na linha de montagem de smartphones, televisores e aparelhos de ar-condicionado.

O Ministério Público aponta também que a planta da Samsung em Manaus apresenta um índice de adoecimento acima da média, com mais de dois mil pedidos de afastamento no ano passado devido a doenças relacionadas ao trabalho. E os dados são ainda mais agravantes, já que a análise da instalação prevê que pelo menos 20% dos funcionários da fábrica irão desenvolver problemas do tipo até 2018.

Produção em série
A ação foi baseada em duas fiscalizações realizadas pelo Ministério do Trabalho e Emprego entre 2011 e 2013. O relatório constatou que os funcionários da fábrica da Samsung realizam cerca de três vezes mais movimentos por minuto que o limite seguro, constatado por estudos ergonômicos.

Além disso, foram levantados dados de tempo sobre o funcionamento da linha de montagem, que mostra a exigência por tempo e velocidade imposta pela fabricante sul-coreana. Por exemplo:
  • Um funcionário tem seis segundos para colocar carregador, fones de ouvido e dois manuais de instrução em uma caixa. A tarefa é repetida 6800 vezes por dia, em média;
  • Uma televisão é embalada em caixa de papelão a cada 4,8 segundos;
  • A montagem de um smartphone é compartilhada por diversos empregados em uma linha de montagem e dura 85 segundos;
  • O mesmo processo, mas para um ar-condicionado, dura menos de dois segundos.
Indenização
O Ministério Público justifica a ação no valor de R$ 250 milhões afirmando que o total, por mais que pareça excessivo, é equivalente ao que a Samsung lucra ao redor do mundo. Além disso, o órgão aponta que se o montante fosse dividido em todos os funcionários que moveram ações individuais, cada um receberia R$ 44 mil, um valor próximo ao dos processos que estão sendo movidos na Justiça do Trabalho do Amazonas.

O procurador Illan Fonseca vai além e afirma que a Samsung onera o Estado duplamente. Primeiro ao receber isenções fiscais e abatimentos no Imposto de Renda como incentivo por estar instalada na Zona Franca de Manaus. E segundo por gerar um alto índice de afastamento, que precisa ser bancado pelo INSS.

A Samsung, até o momento, não respondeu à imprensa sobre a ação.

Fonte: Repórter Brasil



Lula nega candidatura e diz que Dilma será reeleita presidente

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta terça-feira (13) que acredita que a atual mandatária será reeleita nas eleições de outubro de 2014. Ele negou que possa ser candidato no ano que vem.

"Ela é uma presidenta extraordinária. Ela vai ser reeleita presidenta do Brasil", afirmou, em evento de lançamento da candidatura de Rui Falcão à presidência do PT.

Sobre as últimas pesquisas de opinião sobre o cenário das eleições ed 2014, Lula disse que não está preocupado. "Não estou preocupado com pesquisa porque falta muito [para as eleições]", declarou.

De acordo com o instituto Datafolha, Lula seria o único dos possíveis candidatos a vencer as eleições de 2014 ainda no primeiro turno. A presidente Dilma, apesar de ter recuperado alguns pontos na pesquisa, teria que disputar um segundo turno.

Dos sete cenários testados pelo Datafolha, o que é considerado hoje o mais provável inclui Dilma, a ex-senadora Marina Silva (Rede), o senador Aécio Neves (PSDB-MG) e o governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB). Nessa simulação, a petista tem 35% das intenções de voto, contra 30% no levantamento do final de junho.

"Eu não sou candidato. Eu já fiz o que eu tinha de fazer. Agora é hora da Dilma fazer", completou Lula.

Lula negou que avalie como "traição ao PT", uma possível candidatura do governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), que é aliado do governo Dilma.

"Eduardo Campos não me deve nenhum favor. Eu sou companheiro do Eduardo Campos e tenho certeza de que ele é meu companheiro. Ele tem maioridade, tem um partido político; portanto não se trata de alguém trair alguém, ou seja, se o Eduardo Campos quiser ser candidato, ele vai ter o meu respeito", afirmou Lula.

Questionado pelos jornalistas sobre a retomada do julgamento do mensalão no Supremo Tribunal Federal, o ex-presidente se absteve de comentar. "Não comentei a primeira e não vou comentar a segunda fase."

O principal concorrente de Falcão, o deputado federal Paulo Teixeira (PT-SP), compareceu ao evento e, afirmou que, independentemente de quem vencer a disputa interna, eles pretendem buscar a unidade do partido.

"O Rui foi ao meu lançamento e a minha presença aqui é para sinalizar que vamos fazer um debate de alto nível e construir a unidade do nosso partido", afirmou Teixeira.

Orgulho petista
Presidente de honra da legenda, Lula assumiu que sente "saudade" quando vê um microfone, mas "não precisa de cargo" para servir o partido – mais uma vez em referência aos pedidos dos petistas para que ele se candidate a presidente da República novamente.

Em seu discurso durante o evento, Lula voltou a instigar os filiados do PT a valorizar a história do partido no comando do governo federal nos últimos 10 anos e criticar a oposição e a imprensa.

"A imprensa passa 24 horas por dia esculhambando com o político e fico puto que os políticos não reagem. Fico puto porque ficam tão quietos. Eles ficam xingando a classe politica", declarou.

Na avaliação dele, as críticas ao partido são "o preço de ser o maior partido de esquerda da América Latina".

"Nós podemos não ter feito tudo. Mas fizemos mais que todos eles juntos, [isso] nós fizemos", afirmou. "Depois de massacrarem, tentarem destruir a gente (...), o partido que tem mais credibilidade na sociedade brasileira é o PT", completou.

"Ele cometem um erro infantil de quem não conhece o PT e o Brasil [se referindo aos críticos em geral da legenda]. Eles criticam o Lula pensando que vão destruir o PT. Eles criticam a Dilma pensando que vão destruir o PT (...) sem se dar conta que o PT é muito mais. O PT é um desejo da sociedade brasileira em mudar a história deste país".

Fonte: UOL



"Cine Holliúdy": filme cearense com legendas vira fenômeno de bilheteria

A comédia "Cine Holliúdy", do cearense Halder Gomes, tornou-se um fenômeno de bilheteria. E nem mesmo precisou estrear em São Paulo e Rio, os maiores circuitos de cinema do Brasil.

Segundo os números do Filme B, portal que analisa o mercado cinematográfico brasileiro, o filme atraiu cerca de 23 mil pessoas no fim de semana de estreia (em apenas dez salas do Ceará), alcançando a maior média de público do período no país: 2.293 espectadores por sala, contra 961 de "Os Smurfs 2", campeão de renda geral e segundo lugar na média.

Os números se revelam ainda mais fantásticos se comparados aos do campeão de bilheteria do ano, "Homem de Ferro 3", que teve uma média de público de 1.470 pessoas por sala em sua estreia, em abril. A média de "Cine Holliúdy" é similar à de "Tropa de Elite 2" e "Os Vingadores", dois megasucessos de bilheteria.

A comédia filmada por somente R$ 1 milhão foi lançada apenas no Ceará e em três dias foi responsável por 44% do público nos cinemas da capital do Estado, faturando R$ 268 mil.

A estratégia do lançamento foi proposta pela distribuidora Downtown ao diretor Halder Gomes. "O pessoal da Downtown viu o filme e gostou, mas propôs o desafio de testar primeiro no Ceará, porque é um produto novo, diferente", conta o cineasta.

Com legendas
Ainda é cedo para medir o tamanho do sucesso do longa, falado em "cearensês" e legendado em português para facilitar o entendimento do público, mas os especialistas afirmam estar diante de uma produção fora da curva.

"O filme é um fenômeno, nunca vi algo parecido. Mas a extensão do sucesso ninguém sabe dizer. Os exibidores acham que ele pode chegar aos 500 mil espectadores", afirma Paulo Sérgio Almeida, diretor do Filme B. "Ainda é preciso ver como ele será vendido no resto do país."

Gomes diz que a comédia será lançada em 50 salas em outras cidades do Nordeste, em 30 de agosto, apesar de ainda não ter ideia de quando entra em circuito no Sudeste.

"Nossa expectativa era de fechar a carreira do filme com 100 mil ingressos vendidos em todo o Brasil, mas agora tudo isso mudou. Faremos isso apenas no Ceará. Semana que vem, teremos mais três salas no Estado e devemos chegar aos 45 mil pagantes. Se o resto do Nordeste acompanhar o sucesso, chegaremos a São Paulo em meados de setembro", diz o diretor.

A estratégia de lançamento também teve uma ajudinha de um campeão de bilheteria. "A Downtown colou o trailer do nosso filme em 'Minha Mãe É uma Peça' e as pessoas riam de passar mal. Foi inteligente."

Fonte: Folha.com



Juazeiro do Norte (CE): Gestão do mercado público gera polêmica

Permissionários do Mercado José Teófilo Machado, o Senhora Santana, neste município, ameaçam paralisar atividades no local, por não aceitarem a atual administração da empresa SR Empreendimentos naquele espaço público, cedido para administração terceirizada por meio de contrato. Hoje, vendedores, muitos deles há mais de duas décadas instalados nas dependências do lugar, estarão participando de uma manifestação a partir do meio-dia de hoje, para protestar contra a forma como o espaço vem sendo gerido. Eles farão adesivagem nos veículos, levando à população o atual estado do espaço público.

São mais de 500 pequenos comerciantes que dizem estar no prejuízo desde que a administração do Mercado Senhora Santana passou a ser terceirizado. O local se encontra com a maioria dos portões de acesso fechada para a continuidade das reformas no local. Dizem que isto tem prejudicado os permissionários, já que os serviços não têm andamento. Muitos vendedores apontam prejuízos que chegam a até 80% de queda nas vendas.

Outro grande problema apontado por eles é que alguns permissionários estão com ordens de despejo. Segundo a Associação dos Permissionários do Mercado José Teófilo Machado, são cerca de 15 comerciantes nesta situação de ameaça. Os outros vendedores que ficam numa praça anexa ao mercado, espaço que acabou sendo uma área ampliada do local público, estão ocupando uma rua ao lado, a Senhora Santana. Eles reclamam da falta de clientela, pela dificuldade de acesso e o grande número de barraqueiros.

São cerca de 200 vendedores que tiveram que se retirar da área onde comercializavam os seus produtos, enquanto os novos boxes são construídos. Só que a construção já dura cerca de quatro anos, e ultrapassa o prazo que foi estipulado, de praticamente dois anos, prejudicando quem comercializada dentro e também fora do mercado.

Condições precárias
Os vendedores afirmam que nunca estiveram em piores condições. O mercado, a exemplo de outros na cidade, foi terceirizado com a promessa de melhorias, mas até o momento, segundo o presidente da Associação dos Permissionários, Edson Cordeiro, está cada vez pior, sem manutenção, energia precária, abastecimento, o piso nunca foi concluído e nem os boxes reformados. Segundo ele, o local se encontra em total abandono e a clientela tem se afastado há muito tempo. Ele é um dos permissionários que se encontra com ordem de despejo.

A clientela em potencial do espaço é de romeiros que vêm ao Juazeiro, principalmente no segundo semestre do ano, período das grandes romarias. Segundo a vendedora Maria da Paz Alves, hoje essas pessoa sequer estão frequentando o local.

"As pessoas não têm o interesse de entrar num local de portas fechadas e sem acesso, já que até os degraus foram destruídos, pela entrada da praça", diz ela.

A problemática foi denunciada recentemente na Câmara Municipal por um grupo de permissionários. Uma comissão de nove vereadores foi até o local para verificar as queixas dos feirantes. Este é só mais um capítulo da problemática que envolve a empresa que, há vários anos, administra mercados públicos em Juazeiro do Norte e é alvo de denúncias no Legislativo municipal.

Outro onde já foram realizadas manifestações, no Pirajá, os comerciantes reclamam de serviços não concluídos ou tão somente elaborados sem o devido acordo com os permissionários. No Pirajá, já foram registrados protestos e os vendedores chegaram a interditar a Avenida Ailton Gomes, a menos de dois anos, por conta das problemáticas de estrutura e administração no local e construções que incomodavam os vendedores. O próprio Ministério Público já verificou os problemas ´in loco´.

Prejuízos
Para Edson, o problema se torna mais grave no Senhora Santana, por haver prejuízos. "Desde que a empresa passou a administrar o mercado que temos prejuízos, por conta dessas construções que não terminam e da falta total de assistência", diz ele. O vereador, Cláudio Luz classifica a administração dos mercados de "fracasso". Ele esteve participando da visita ao local com os outros parlamentares.

Segundo Luz, a SR Empreedimentos não cumpre os contratos assinados com a Prefeitura e agora vem ajuizando ações de despejos de muitos permissionários. "Essas ações representam um absurdo, já que a SR descumpre os contratos e agora vem penalizar novamente os permissionários, que já sofrem com a péssima gestão dos mercados", afirma.

A Câmara Municipal recebeu os permissionários e apoiou por unanimidade a decisão de que a Prefeitura rescinda os contratos com a empresa. Na visita técnica no local, os parlamentares verificaram as péssimas condições do mercado e a estrutura da obra inacabada ao lado do mercado.

Uma das administradoras da empresa SR Empreendimentos, em Juazeiro do Norte, foi contatada, mas não deu retorno até o fechamento desta edição. Os próprios permissionários se ressentem de não ter a quem reclamar do que eles consideram descaso na cidade.

Mais informações
Associação dos Permissionários do Mercado José Teófilo Machado
Rua Senhora Santana - S/N
Centro - Juazeiro do Norte
Telefone: (88) 8839.1544

ELIZÂNGELA SANTOS
REPÓRTER

Fonte: Diário do Nordeste



ShareThis