ISSEC: Servidores reclamam de falta de atendimento de saúde no Interior

Os atendimentos de urgência e emergência oferecidos por convênios do Instituto de Saúde dos Servidores do Estado do Ceará (Issec) estão suspensos nos hospitais São Raimundo e Leiria de Andrade, em Fortaleza. O Hospital Cura D’ars não teve o convênio renovado. De acordo com a presidente da Associação dos Servidores da Secretaria de Educação do Ceará (Asseec), Rita de Cássia Gomes, os problemas de atendimento médico, que vem se agravando na Capital, são ainda mais antigos no Interior, pois os muitos pacientes precisam vir a Fortaleza para realizar os procedimentos.

Segundo Rita, quem busca um exame precisa vir a Fortaleza, gastando com passagens e hospedagem. “O Interior é o mais carente porque faltam convênios. E não é de agora”, cita Rita. De acordo com ela, os problemas no atendimento do Interior começaram ainda na primeira gestão do governador Cid Gomes.

Em Juazeiro do Norte, a auxiliar de serviços gerais Helena Gomes, 54, diz que há mais de quinze dias procura marcar consulta para cardiologista, mas não encontra médicos credenciados. Segundo ela, a única especialidade que continua atendendo é a odontologia. “A condição financeira da gente não permite. Não posso pagar pelas consultas e ainda tem os empréstimos (consignados) para pagar”, descreve.

Na avaliação de Rita, o descredenciamento de hospitais e médicos é a estratégia usada pelo Governo para pressionar os servidores a aceitar a mudança da assistência para o sistema de coparticipação. Segundo ela, os salários dos servidores são insuficientes para cobrir esse tipo de gasto.

Rita diz que há casos, principalmente de servidoras, que tem o problema de saúde agravado, como câncer de mama, porque tem a marcação dos exames adiadas.

O presidente do Sindicato-Apeoc, Anízio Melo, cobra mais recursos para urgência, emergência e cirurgias. Sobre a proposta do Governo de mudar o sistema de assistência para coparticipação, Melo diz que é preciso, primeiro, pensar alternativas para a crise. “É preciso saber se há má administração. A coparticipação só cabe ser discutida após o Estado apresentar diagnóstico dessa situação”, aponta Anízio.

O Issec informou, por meio de nota, que alguns propensos credenciados não apresentaram a documentação necessária à habilitação, que é renovada a cada cinco anos, por meio de edital. Outros credenciados, segundo o Instituto, não manifestaram interesse em um novo contrato, caso da cooperativa de anestesiologistas. Ainda de acordo com o Issec, os hospitais São Raimundo e Leiria de Andrade manifestaram interesse em se credenciar, estando, portanto, empenhados em resolver as pendências o mais rápido possível.

Questionado pelo O POVO, o Issec não respondeu sobre os problemas de atendimento no Interior. Segundo Anízio, na segunda ou na terça-feira da próxima semana, será marcada reunião para debater o assunto.

ENTENDA A NOTÍCIA
Issec atribui problema na Capital a problemas na renovação dos contratos. O assunto será discutido em reunião entre servidores e Governo. No Interior, problema no atendimento é ainda mais antigo que na Capital.

Serviço
Instituto de Saúde dos Servidores do Ceará
Endereço, Fone e Site: R. Senador Pompeu, 685 - Centro (85) 3101 4803

Fonte: O Povo

Rafael Cortez: “Em breve os todos rostos do CQC serão outros”

Ele não se importa com o título de “o mais culto dos integrantes do CQC”. Gosta e até se divrte com a reação das pessoas quando ficam sabendo desse seu outro lado, menos engraçado e que passa longe do repórter inoportuno do programa da Band. Rafael Cortez está lançando na Flip o áudio-book “Meu pé de laranja lima”, clássico de José Mauro de Vasconcelos.

“Esta é minha faceta quase marginal, uma segunda identidade. Muita gente se espanta quando reconhece minha voz nos livros, acho engraçado. Elas vêm falar comigo que não sabiam e nem esperavam que eu estivesse envolvido com literatura. Amo ler, são todos estes livros que marcaram minha vida”, conta Cortez com exclusividade ao iG.

Este é seu quinto trabalho como “dublador” de romances. Os anteriores foram “O Alienista”, “Memórias Póstumas de Brás Cubas”, “Dom Casmurro” e “Quincas Borba”, todos de Machado de Assis. “Eu ainda fazia teatro infantil, em 2006, quando fui convidado para o primeiro trabalho. Daí quando entrei no CQC resolvi retomar, utilizando a popularidade do programa para algo mais erudito, mais nobre”, continua ele, que pretende, para o próximo desafio, transformar em áudio-book “O Tempo e o vento”, de Érico Veríssimo.

Junto a sua produtora artística, Cortez acaba de conseguir o direito de captação de verba no valor de R$ 1,6 milhão, com a lei Rouanet, para um show comemorativo dos 70 anos de Nara Leão. “Não tinha idéia de como é burocrático captar dinheiro no Brasil parra a cultura. A idéia é fazer o show no dia 30 de outubro, em São Paulo, e gravar um DVD”. Entre os vinte nomes já confirmados, Ivete Sangalo, Sandy, Thais Gulin, Mariana Aydar e Fernanda Takay.

Com tantos projetos, Cortez jura que não consegue acumular dinheiro. “Nada dá grana, continuo pobre, mas sempre engajado”, brinca.

CQC na berlinda
Já sobre a sua permanência no programa da Band, ele não dá como certa. “Tenho projeto de um programa solo para o ano que vem. Não sei em que emissora. Quem sabe”, despista. Desde que o programa estreou, há cinco anos, o elenco inicial começou a flertar com a vontade de seguir carreira independente. Marco Luque teve um programa por alguns meses, Felipe Andreolli estréia em breve um sobre esportes, Marcelo Tas fará entrevistas com crianças... E teve ainda o Rafinha Bastos, agora na RedeTV, afastado no CQC por problemas com piadas.

“Essas saídas são um perigo, claro que falamos sobre isso constantemente. Todas as saídas são doídas na pele. Hoje é um outro programa que está no ar, diferente daquele de cinco anos antes. Muda tudo a cada saída. A abordagem, a motivação... Acho que caminhamos para uma renovação dessa primeira geração que veio com o CQC. Em breve os todos rostos do programa serão outros”, conta ele.

Fonte: iG

Plantão Infotech: O Dia do Juízo Final na Internet

Milhares de usuários de computadores ao redor do mundo, infectados com um vírus desde o ano passado, podem perder sua conexão com a Internet na segunda-feira, dia 9, com a expiração de uma rede de segurança elaborada pelas autoridades americanas, segundo especialistas.

O problema é produzido pelo vírus conhecido como DNS Changer, criado por hackers para redirecionar o tráfego da Internet ao obter IPs pelo sistema de nomes de domínio de navegadores da web (DNS).

Como o vírus controla as redes, autoridades conseguiram uma ordem judicial para que o FBI pudesse operar substituindo os servidores, de modo que normalizasse o tráfego, mesmo nos computadores infectados.

No entanto, essa ordem expira na segunda-feira, quando especialistas afirmam que os computadores infectados devem enfrentar um “Dia do Juízo final da Internet”.

Os sites do FBI, Facebook, Google, provedores da Internet e empresas de segurança estão alertando seus usuários sobre o problema, além de orientarem sobre formas de corrigir a falha.

Usuários podem verificar se seus computadores estão corrompidos através de um teste na página ww.dcwg.org, do grupo que investiga o vírus, ou de diversos outros operados por firmas de segurança.

A McAfee, que também desenvolveu uma ferramenta no site www.mcafee.com/dnscheck, recomenda que os usuários limpem seus sistemas antes da segunda-feira.

“Se os usuários de computadores tiverem configurações alteradas no DNS de seus servidores, não poderão acessar sites, enviar emails ou usar serviços online”, informou a McAfee em comunicado.

A empresa de segurança Internet Identity reportou na semana passada que pelo menos 58 das 500 maiores companhias americanas e duas grandes instituições governamentais tinham máquinas corrompidas pelo DNS Changer.

Um número pouco expressivo quando comparado ao do mês de janeiro, quando metade dessas empresas e agências estava infectada.

Segundo a IID, o vírus também pode comprometer atualizações do software dos antivírus.

“Ele permite que os criminosos possam acessar qualquer informação, mensagem trocada, entre outros dados do computador da vítima”, acrescentou.

Seis estonianos e um russo foram acusados em novembro de 2011 por transmitir o vírus para várias redes, incluindo da NASA, como parte de um golpe de publicidade online que reuniu pelo menos 14 milhões dólares.

ENTENDA A NOTÍCIA
O maior número de computadores afetados está nos Estados Unidos (69 mil), mas, pelo menos 4 milhões de máquinas em mais de 100 países também, podem ter sido infectadas por este vírus.

Fonte: O Povo

Crato (CE): Dupla rouba malote com R$ 100 mil da empresa de Alumínio Roque

Um assalto por volta das 16 horas desta sexta-feira rendeu cerca de R$ 100 mil a dois homens armados que trafegavam em uma motocicleta Honda Twister de cor vermelha. O dinheiro estava em poder do supervisor de vendas da empresa Roque, José Robério de Carvalho Braga e Pablo Roque de Araújo. Ambos se encontravam no interior de um veículo Corolla de placas NUP-4270, inscrição do Ceará.

Segundo disseram à polícia, a dupla se aproximou do carro quando quebrou o vidro da porta anunciando o assalto com arma em punho. Após tomarem o dinheiro ainda efetuaram um disparo contra o Corolla antes de fugirem na moto em alta velocidade. O malote seria levado para o pagamento dos funcionários da empresa de Alumínio Roque que funciona na Avenida Padre Cicero, 3550 (Bairro Muriti) em Crato e pertence ao deputado estadual Sineval Roque.

A polícia foi imediatamente acionada e os primeiros a chegarem no local foram os Soldados André, Gildásio e Fabrício do Ronda do Quarteirão que acionaram reforços a partir da FTA e diligências foram feitas no sentido de encontrar os acusados sem êxito. Coincidência ou não o assalto aconteceu no dia em que completou exatamente um ano do roubo do malote da Farmácia Gentil, no centro de Crato, com R$ 228 mil.

Demontier Tenório

Fonte: Miséria

Esporte: Com chuva, atraso e ola nos boxes, Alonso crava a pole em Silverstone


Nos alto-falantes da RBR, o pop de Rihanna animava os mecânicos. Funcionários de outras equipes promoviam olas inusitadas nos boxes e faziam a alegria da torcida que lotava as arquibancadas. Pilotos acenavam para os fãs, e até o sisudo Ross Brawn, chefão da Mercedes, entrou na onda do bom humor. Com uma interrupção de uma hora e meia por causa do mau tempo, foi esse o clima no treino classificatório para o GP da Inglaterra. A chuva forte que castigou Silverstone neste sábado suspendeu as atividades no meio do Q2 e deixou todos em compasso de espera. Na volta, o tempo abriu para Fernando Alonso. Líder do campeonato, o espanhol da Ferrari cravou 1m51s746 e quebrou um jejum de 31 provas sem pole position para a Ferrari.

Ao lado do bicampeão mundial na primeira fila deste domingo estará Mark Webber, da RBR, e logo atrás virão a Mercedes de Michael Schumacher, em terceiro, e a RBR de Sebastian Vettel, em quarto. Companheiro de Alonso, o brasileiro Felipe Massa chegou a disputar a pole no início do Q3, mas acabou ficando com o quinto lugar no grid - ainda assim, sua melhor posição nesta temporada. Bruno Senna, eliminado no Q2, vai largar com sua Williams em 14º.

Foi a 21ª pole position da carreira de Alonso e a primeira da Ferrari desde o GP de Cingapura na temporada 2010. O espanhol lidera o campeonato com 111 pontos e até agora é o único piloto que conseguiu vencer duas vezes no ano. No domingo, ele tentará a terceira vitória para ampliar a vantagem. A transmissão do GP da Inglaterra começa às 8h40m, ao vivo na TV Globo. O GLOBOESPORTE.COM acompanha tudo em Tempo Real.

Button dá azar e fica fora
Vettel passeou na primeira parte do treino e avançou com o melhor tempo (1m46s279), seguido por Nico Hulkenberg (1m46s334) e Pastor Maldonado (1m46s449). Os brasileiros passaram sem sustos. Bruno cravou 1m47s105, nona melhor marca, e Massa foi o 13º com 1m47s401. Quem se deu mal foi Jenson Button, que tentava fazer sua volta rápida no último minuto do Q1 e levou uma rasteira do azar. A Marussia de Timo Glock rodou e ficou atravessada na reta. Com a bandeira amarela, Button foi obrigado a tirar o pé do acelerador e, prejudicado, ficou fora do Q2, com o tempo de 1m48s044. Dentro de casa, o inglês vai largar na 18ª colocação, seguido por Vitaly Petrov, Heikki Kovalainen, Timo Glock, Pedro De la Rosa, Narain Karthikeyan e Charles Pic.

Chuva aperta e interrompe o treino
No início do Q2, a chuva passou a castigar o circuito de Silverstone. Todo mundo foi para a pista com pneus extremos, menos a Ferrari, que errou o cálculo e foi obrigada a fazer a troca em seguida. Os tempos pularam para a casa de dois minutos, e os carros tinham dificuldade para evitar os escorregões – Michael Schumacher rodou duas vezes, Alonso e Massa também escaparam.

A 6m19s do fim do Q2, a bandeira vermelha interrompeu o treino por falta de condições na pista encharcada. Naquele momento, Perez tinha o melhor tempo com 1m59s092, e estavam fora da superpole nomes como Alonso, Maldonado, Schumi, Massa e Bruno.

O tempo foi abrindo timidamente e, na falta do que fazer, os funcionários das equipes apelaram para o bom humor. Chegaram a fazer ola nos boxes, às gargalhadas, e o gesto foi respondido pela torcida na arquibancada. Após uma hora de paralisação, a chuva voltou a apertar. E a torcida passou a gritar os nomes de pilotos e diretores de equipe, que entravam na brincadeira e acenavam dos boxes.

Às 11h07m (de Brasília), após uma hora e meia de paralisação, a pista foi liberada para o reinício do Q2. Àquela altura, um mormaço já substituía a chuva, mas o desafio dos pilotos era melhorar os tempos na pista ainda molhada.

Com os 17 carros em ação e as condições bem melhores do que na hora da interrupção, os tempos caíram em mais de um segundo, e a disputa por vaga no Q3 ficou imprevisível. O melhor tempo foi passando de mão em mão: Grosjean, Schumacher, Webber e finalmente Hamilton, que estava fora da zona de classificação, mas cravou sua volta rápida e pulou para o topo já com o cronômetro zerado.

O azar de Button no Q1 quase se repetiu com Alonso. Precisando de uma volta rápida para avançar à superpole, o espanhol teve de tirar o pé por causa de uma bandeira amarela após rodada de Grosjean. Mas conseguiu acelerar o suficiente para fazer 1m56s921 e passar em nono. Vettel veio logo atrás, raspando em décimo. A dupla foi ao Q3 na companhia de Hamilton, Hulkenberg, Schumi, Webber, Grosjean, Massa, Raikkonen e Maldonado. Bruno Senna, também prejudicado pela bandeira amarela, não conseguiu avançar e ficou com o 15º tempo, mas vai largar em 14º por causa de uma punição dada a Kamui Kobayashi, que perde cinco posições por causa de um acidente no GP da Europa.

A decepção ficou por conta de Nico Rosberg, que viu a vaga escapar, e Sergio Perez, que era o líder antes da paralisação e caiu para a última posição do Q2, em 17º.

Espanhol brilha e crava a pole
Massa logo cravou o melhor tempo no início do Q3, com 1m55s617, mas a alegria durou pouco. A pista foi melhorando, e o brasileiro foi superado por Schumacher e Alonso ainda no início do Q3. Na segunda volta, Felipe ainda retornou ao topo, com 1m53s549, mas em seguida Alonso colocou mais de um segundo de vantagem para assumir a ponta do treino. Ainda perdeu a posição para Webber, mas recuperou com o cronômetro zerado: 1m51s746, tempo que quebra o jejum de 31 provas sem pole para a Ferrari.

A chuva voltou a cair forte ao fim do treino, e Webber garantiu a segunda posição na largada. Schumacher será o terceiro do grid, ao lado de Vettel. Massa ficou com a quinta posição na largada, seguido por Raikkonen, Maldonado, Hamilton, Hulkenberg e Grosjean. Uma troca ilegal no câmbio, no entanto, fez Hulkenberg perder cinco posições, caindo de nono para 14º.

Confira o grid de largada do GP da Inglaterra:
1 - Fernando Alonso (ESP/Ferrari) – 1m51s746
2 - Mark Webber (AUS/Red Bull-Renault) – 1m51s793 + 0s047
3 - Michael Schumacher (ALE/Mercedes) – 1m52s020 + 0s274
4 - Sebastian Vettel (ALE/Red Bull-Renault) – 1m52s199 + 0s453
5 - Felipe Massa (BRA/Ferrari) – 1m53s065 + 1s319
6 - Kimi Raikkonen (FIN/Lotus-Renault) – 1m53s290 + 1s544
7 - Pastor Maldonado (VEN/Williams-Renault) – 1m53s539 + 1s793
8 - Lewis Hamilton (ING/McLaren-Mercedes) – 1m53s543 + 1s797
9 - Romain Grosjean (FRA/Lotus-Renault) – sem tempo

Eliminados no Q2
10 - Paul di Resta (ESC/Force India-Mercedes) – 1m57s009 + 2s112
11 - Nico Rosberg (ALE/Mercedes) – 1m57s108 + 2s211
12 - Daniel Ricciardo (AUS/STR-Ferrari) – 1m57s132 + 2s235
13 - Nico Hulkenberg (ALE/Force India-Mercedes) – 1m54s382 + 2s636 *
14 - Bruno Senna (BRA/Williams-Renault) – 1m57s426 + 2s529
15 - Kamui Kobayashi (JAP/Sauber-Ferrari) – 1m57s071 + 2s174 *
16 - Sergio Perez (MEX/Sauber-Ferrari) – 1m57s895 + 2s998

Eliminados no Q1
17 - Jenson Button (ING/McLaren-Mercedes) – 1m48s044 + 1s765
18 - Vitaly Petrov (RUS/Caterham-Renault) – 1m49s027 + 2s748
19 - Heikki Kovalainen (FIN/Caterham-Renault) – 1m49s477 + 3s198
20 - Timo Glock (ALE/Marussia-Cosworth) – 1m51s618 + 5s339
21 - Pedro de la Rosa (ESP/HRT-Cosworth) – 1m52s742 + 6s463
22 - Narain Karthikeyan (IND/HRT-Cosworth) – 1m53s040 + 6s761
23 - Charles Pic (FRA/Marussia-Cosworth) – 1m54s143 + 7s864
24 - Jean-Eric Vergne (FRA/STR-Ferrari) – 1m57s719 + 2s822 *

* Hulkenberg avançou ao Q3 e fez o nono melhor tempo, mas foi punido com a perda de cinco posições devido a uma mudança ilegal no câmbio.
* Kobayashi foi o 12º, mas recebeu punição de perda de cinco posições por causa de um acidente no GP da Europa.
* Vergne foi o 16º, mas recebeu punição de perda de dez posições por causa de um acidente no GP da Europa.

Fonte: Globoesporte.com

Eleições 2012: Candidatos estão proibidos de participar de inauguração de obras a partir deste sábado (7)

Com o início da campanha eleitoral, fica proibido aos candidatos a prefeito, vice-prefeito e vereador participarem de inauguração de obras públicas ou fazer pronunciamentos em rádio e TV fora do horário eleitoral, a não ser em casos de emergência a critério da Justiça Eleitoral. A regra também vale para postulantes à reeleição.

Além disso, quem for prefeito, vice-prefeito ou vereador não poderá autorizar propaganda de produtos e serviços de seu governo, salvo para o que tenha concorrência no mercado.

Nomeação e exoneração
Também fica proibido nomear, contratar ou de qualquer forma admitir e demitir, sem justa causa, servidores públicos até a posse dos eleitos no pleito.

A exceção fica para cargos em comissão e designação ou dispensa de funções de confiança; nomeação de cargos do Poder Judiciário, do Ministério Público, dos tribunais ou conselhos de contas e dos órgãos da Presidência da República; aprovados em concursos públicos homologados até 7 de julho deste ano; nomeação ou contratação necessária à instalação ou ao funcionamento inadiável de serviços públicos essenciais; transferência ou remoção de militares, de policiais civis e de agentes penitenciários.

Recursos
A partir desta data, a União não pode repassar recursos financeiros aos Estados e municípios, e nem os Estados aos municípios. Apenas são permitidas verbas destinadas a cumprir obrigação formal preexistente para execução de obra ou de serviço em andamento, e os destinados a atender situações de emergência e de calamidade pública.

Fonte: UOL

Governo costura plano para baixar conta de luz

O governo federal deve enviar ao Congresso duas novas medidas para reduzir o custo da energia elétrica no país.

Uma delas terá efeito no curto prazo: retirar encargos da tarifa. A outra, de médio prazo, visa exigir preço mais baixo na renovação das concessões das distribuidoras, transmissoras e geradoras, que vencem até 2015.

A avaliação do governo é que o custo da energia é um dos principais entraves à competitividade da indústria e desestimula investimentos. Setores que usam muita energia, como o de alumínio, têm cogitado transferir a produção para o Paraguai, o que o governo quer evitar.

Em reunião recente com empresários, Dilma disse, diante de ministros da área econômica, que tinha pressa e orientou sua equipe a formatar uma proposta o mais rápido possível. A parte técnica está praticamente fechada e deve ser submetida à presidente na próxima semana.

A indústria esperava que as mudanças chegassem ao Congresso antes do dia 17, início do recesso, mas o prazo pode ser estendido.

Cortando encargos
Um problema é que o governo não tem poder sobre o tributo que mais onera a conta de luz, o ICMS, de competência estadual e responsável por cerca de 20% do custo. A arma que resta no momento à presidente é alterar os encargos, uma de suas promessas de campanha.

Hoje, os 11 encargos representam mais de 8% dos R$ 100 bilhões arrecadados anualmente pelo setor elétrico.

O governo quer mexer em pelo menos dois: a Conta de Consumo de Combustível, que subsidia a geração de energia em regiões isoladas do país, e a Conta de Desenvolvimento Energético, usada para bancar projetos estratégicos e de eletrificação rural. Juntos, os dois representam 5% da tarifa.

Concessões
Nas últimas semanas, o governo tem trabalhado no modelo de renovação das concessões. Pela lei em vigor, ao fim do contrato, as atuais concessionárias têm de vencer um novo leilão ou devolver os ativos à União.

O argumento do governo para propor a mudança e permitir a renovação, sob a condição de redução na tarifa, é que os investimentos já foram pagos, e a nova tarifa não precisa mais embutir a amortização desses custos.

Até 2015, 9 transmissoras, 47 distribuidoras e 67 geradoras terão os contratos expirados. A expectativa dos grandes consumidores industriais é que os projetos reduzam o preço da energia em até 12%.

Fonte: Folha.com

Juazeiro do Norte (CE): Defensoria avalia suspeita de fraude em vestibular

A Defensoria Estadual propôs a realização de novas provas na Faculdade Medicina Estácio de Juazeiro do Norte (FMJ). Uma reunião foi realizada com a Assessoria Jurídica da instituição e os representantes da Defensoria, no intuito de possibilitar que o novo processo de seleção seja realizado. A proposta está sendo examinada pela Faculdade.

A Defensoria considera que o concurso está comprometido em virtude das várias denúncias realizadas por alunos e professores. A suspeita é que tenha havido fraude durante o certame.

Os depoimentos relatam questões relacionadas à lisura do processo, que vão desde provas vazadas antes da realização do processo ao uso de celulares, fiscalização ineficiente e ausência de lacres no pacote de provas entregues nas salas, durante a aplicação dos testes. A direção da Faculdade rebate todas as denúncias e diz que não há a menor possibilidade desse tipo de situação ter ocorrido.

Suspensão
As provas foram aplicadas no último dia 17, em que participaram dos testes cerca de 1.600 alunos, que estavam concorrendo a 50 vagas. Muitos desse alunos, apesar de ser um curso considerado razoavelmente caro, por ser faculdade particular, iriam estudar por meio do Programa de Financiamento Estudantil (Fies), do Ministério da Educação. O juiz da primeira vara cível de Juazeiro, José Acelino Jácome Carvalho, determinou a suspensão da divulgação do resultado do processo, por meio de uma ação cautelar, a pedido da Defensoria Estadual, que acatou as denúncias dois dias antes da divulgação do resultados das provas discursivas. O resultado das provas deveria ter sido divulgado na última segunda-feira. Também foi instaurado um inquérito criminal, na Delegacia Regional de Polícia Civil de Juazeiro do Norte (20ª DRPC).

A investigação pretende identificar os responsáveis pelos repasses irregulares das provas para os candidatos beneficiados, conforme a Defensoria. Até o momento, a Defensoria trabalha em cima de depoimentos dados por alunos e professores de cursinhos, que afirmam terem sido procurados por inscritos para resolver a prova de Biologia, com as mesmas questões que foram aplicadas no dia seguinte, e também o tema da redação, o mesmo repassado para os alunos.

De acordo com a diretora da instituição, Ângela Gimbo, não há a menor possibilidade desse tipo de vazamento. O concurso passa por três etapas.

A solicitação do juiz impediu a divulgação da segunda. Ela afirma que todos os prazos são dados, inclusive para a revisão das provas pelos concorrentes. Os alunos recebem apenas um pequeno papel azul com o calendário e um pequeno espaço para copiarem o gabarito. "O aluno não tem como entrar com as questões e nem tão pouco sair", assegura Ângela.

A defensora pública, Ranylle Holanda, afirma que os professores ouvidos confirmaram que no dia anterior da prova foram procurados por alunos com as questões da prova, e temas da redação. "Dois deles disseram que no dia anterior, os alunos chegaram com o tema para elaborar uma redação, na qual foi recusada", diz. Caso as denúncias sejam comprovadas, poderá ser pedida a anulação do concurso.

Segundo a defensora, com o que já se colheu, até para a credibilidade do vestibular depois de todas as denúncias, o objetivo da reunião é entrar em acordo com a Estácio de Sá, instituição de ensino superior do Rio de Janeiro, para a realização de um novo concurso vestibular.

Eles já mantiveram contados com os advogados da instituição. "Não seria o certame todo, mas apenas a fase de aplicação das provas", diz ela. Isso, e provavelmente, conforme Ranylle, tomando cautelas que, possivelmente, não foram tomadas antes, com mais fiscais, recolhimento de aparelhos eletrônicos e provas lacradas, para com isso, gerar um resultado imparcial.

Segundo o defensor público, Rafael Vilar, caso se confirme a fraude, os suspeitos podem responder por crime civil e criminal por fraude de concursos públicos, cuja pena é de um a quatro anos de prisão.

A Defensoria Estadual se baseou no depoimento de 25 pessoas. Até o momento, segundo o órgão, não se tem conhecimento de recursos por parte da FMJ, mas a faculdade contestou a ação e vai apresentar a defesa para revogar ou não a decisão judicial. De acordo com o defensor, a ação cautelar foi uma forma de evitar que seja divulgado o nome das pessoas e eventualmente haja anulação do resultado do concurso. Com isso, ocasionar um certo tumulto, com até 40 ou 50 pessoas peticionando num processo.

Mais informações
Faculdade de Medicina Estácio de Juazeiro (FMJ)
Telefone: (88) 3572.7800

Fórum Desembargador Juvêncio Santana
Telefone: (88) 3102.3950

ELIZÂNGELA SANTOS
REPÓRTER

Fonte: Diário do Nordeste

Anderson tem chance de apagar mancha na carreira em luta histórica contra Sonnen no UFC 148


Na noite deste sábado, o brasileiro que é considerado o maior lutador de MMA de todos os tempos terá a sua reputação à prova. Em sua décima defesa de cinturão, Anderson Silva enfrenta a pressão de não apenas vencer o desafeto Chael Sonnen, mas convencer. Apenas uma vitória indiscutível apagará a mancha que o norte-americano causou em sua carreira no dia 7 de agosto de 2010. O desafiante ao título dos médios do UFC 148 foi o único lutador que conseguiu bater no campeão por 23 minutos, antes de ser surpreendido com um triângulo no quinto round.

Desde então, são quase dois anos de provocações cada vez mais incisivas por parte de Sonnen, que, de tanto falar, conseguiu o que queria: uma revanche histórica no combate mais esperado de todos os tempos no UFC. O norte-americano terá a chance de provar que merecia a vitória e que a costela quebrada de Anderson não passava de uma desculpa. Já o brasileiro não quer perder a oportunidade de mostrar que aquela luta foi mesmo atípica, além de calar o maior rival que já teve e confirmar sua tese de que o norte-americano é o "pior" desafiante que já enfrentou desde quando obteve o cinturão em 2006.

Foi o que Anderson alegou na coletiva de imprensa oficial do evento, na última terça-feira. "Ele ficou em uma posição em que, se eu tivesse ficado um segundo, acabava a luta", alegou o Spider, que tentou desqualificar o rival: "A gente não pode esquecer que ele caiu no doping, desrespeitou uma nação, é um cara indisciplinado, e o que ele falou sobre a minha esposa é crime aqui, então ele é um criminoso, ele caiu no fisco, e não deveria estar aqui".

Com esta declaração, Anderson resumiu tudo o que ouviu desde aquela tão contestada vitória no UFC 117. Enquanto o brasileiro revelou ter lutado com uma costela quebrada, o norte-americano foi pego no doping por uso de esteróides. Sonnen passou a provocar o Brasil e os lutadores brasileiros, dizendo, entre outras coisas, que não sabia da existência de computadores no país. No auge das provocações, sobrou até para a mulher de Spider: "Vou bater na sua porta dos fundos, dar um tapinha na bunda dela e pedir um bife, ao ponto, como eu gosto".

Na luta de sábado, como Anderson bem frisou, "a brincadeira vai acabar". O brasileiro mudou sua postura diante das provocações do rival e, depois de chamar Sonnen de "marginal" na teleconferência, mostrou agressividade desde a coletiva de imprensa, com um empurrão na encarada. Após a pesagem, o brasileiro chegou a agredir o norte-americano com uma ombrada.

A pressão é grande, afinal, um dos lutadores irá se consagrar, e o outro sofrerá a sua derrota mais marcante. No treino aberto de quinta, com menos holofotes, Sonnen deixou parte do personagem de lado e concordou com o fim da brincadeira: "No sábado, será o fim de tudo isso. Na coletiva, ele tentou me desqualificar de todo jeito, para não ter que lutar comigo.  Ele é uma fraude e tem o cinturão que eu quero. Mas não desejo a ele uma vida ruim. Só quero fazê-lo sentir dor. Isso não tem nada a ver com respeito, tem a ver com vitória. Depois, vamos apertar as mãos de qualquer forma", afirmou Sonnen.

Se o norte-americano encarna o personagem para vender suas lutas, o brasileiro levou tudo isso a sério e explodiu na teleconferência da semana passada. "Ele vai apanhar como nunca apanhou. Tudo o que ele não apanhou da mamãe e do papai, ele vai apanhar de mim para aprender a respeitar o país dos outros”, disparou Anderson, causando surpresa até no presidente Dana White: "Nunca vi ele falando desse jeito".

Na hora, Sonnen ficou quieto. Já em Las Vegas, o norte-americano chegou a defender o desabafo de Anderson: "Tudo o que ele disse foi apropriado. Ele falou em bater em crianças. Não acho que ele tenha falado sério. Acho que ele deve ser um bom pai na vida real. Não o conheço, mas em sua defesa, não acho que ele tenha falado sério".

Anderson também se explicou depois de ter ameaçado quebrar todos os dentes da boca de Sonnen: "Desde que cheguei aqui, houve muita polêmica quanto ao que eu estava proposto a fazer dentro do UFC. Acho que o povo americano viu um Anderson que há muito tempo não via, e isso que vim fazer aqui é o meu trabalho", justificou.

Agora, resta saber quem tem mais a perder dentro do octógono no sábado, depois de todas as polêmicas que antecederam a luta. Sonnen chegou a prometer aposentadoria em caso de derrota para Anderson, mas retirou a proposta ao afirmar que tem a missão de "livrar o mundo de alguns lixos". Aos 37 anos, o brasileiro é um veterano e corre o risco de perder o status de melhor do mundo a essa altura.

Quem ganha com tudo isso é Dana White, que não esconde a alegria às vésperas do tão antecipado combate e espera bater o recorde de 1,6 milhão de pacotes de pay-per-view do UFC 100. O presidente da organização precisou de muita conversa para convencer o brasileiro a concordar com a mudança do local da revanche, que inicialmente seria realizada no Brasil. Sem poder fazer o maior evento da história no Engenhão lotado por causa da Rio+20, Las Vegas surgiu como a opção mais conveniente.

Última luta de Tito Ortiz
No evento que antecede a luta principal, o maior campeão dos meio-médios do UFC vai se despedir do esporte. Tito Ortiz fará a última luta de sua carreira contra Forrest Griffin, no terceiro duelo dos dois, que marcará o tira-teima no retrospecto entre os dois ex-campeões. 

"Tudo o que está na minha mente é a vitória, essa era a luta que eu queria. Fiz tudo o que tinha que fazer, agora estou empolgado e focado. Quero lutar com caras assim, não quero fugir dos melhores. No sábado à noite, vamos provar quem de nós é o melhor", declarou Tito.

A noite terá ainda outros quatro brasileiros em ação. O peso leve Rafaello "Trator" Oliveira enfrentará o cubano Yoislandy Izquierdo na luta de abertura do evento. Também no card preliminar, Fabrício "Morango" Camões encara Melvin Guillard, e Gleison Tibau tenta tirar a invencibilidade do russo Khabib Nurmagomedov. No card principal, o paulista Demian Maia faz sua estreia na categoria meio-médio contra o coreano Dong Hyun Kim.

Fonte: UOL

Juazeiro do Norte (CE): Cidade sedia Congresso de Medicina

O Cariri irá sediar em setembro o I Congresso Norte-Nordeste de Medicina na Interface com a Saúde Pública. O evento, que acontecerá de 28 a 30 de setembro, foi anunciado durante o lançamento dos cursos de Mestrado e Doutorado em Ciências da Saúde, neste Município, na última quarta-feira. A implantação dos cursos, que serão iniciados em agosto deste ano, aconteceu no Verdes Vales Hotel. A ação é uma parceria do Centro de Educação Lindaura Pinheiro (Celp) e a Faculdade de Medicina do ABC, em São Paulo.

Participaram do lançamento profissionais de saúde do Cariri e cidades da Paraíba, como Campina Grande e Cajazeiras, áreas mais próximas da região do Cariri onde estão implantados cursos na área da saúde, como Faculdades de Medicina. No Cariri, estão implantados dois cursos de Medicina, um particular e outro privado.

De acordo com a coordenadora do Celp, Lindaura Pinheiro, a proposta de implantação dos cursos vem possibilitar que profissionais da saúde possam ter acesso ao mestrado e doutorado na própria região, sem ter que deslocar para centros maiores. Além disso, colocar em prática a afetividade no campo educacional, com mais humanização no desempenho profissional, a exemplo da área médica.

Essas ofertas, de acordo com a coordenadora, foram avaliadas pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), com conceito 4 e, segundo a Faculdade de Medicina do ABC, passarão por nova avaliação para obtenção da nota cinco. As inscrições dos candidatos começam em 15 dias. O processo de avaliação, a depender do número de inscritos, será curricular, mas os coordenadores garantem rigor no processo de escolha dos alunos.

Serão destinadas 25 vagas para o mestrado e mais cinco para o doutorado. Os alunos poderão participar das aulas presenciais em Juazeiro do Norte. Segundo Lindaura Pinheiro, a exigência dos coordenadores, em São Paulo, é de que as aulas sejam ministradas em um hospital. A possibilidade inicial era de que fossem no Hospital Regional do Cariri (HRC), mas ainda está sendo negociada a proposta.

Segundo o professor da Faculdade de Medicina do ABC, Luiz Carlos de Abreu, da coordenação da Pós-Graduação da Faculdade, em São Paulo, a proposta é fazer no Cariri um campus avançado da instituição. Ele enfatiza o rigor das avaliações e diz que os alunos do centro, atualmente, têm acesso a 13 hospitais, para desenvolver os seus trabalhos.

A coordenadora do mestrado, a geneticista Denise Maria Christofolini, destacou o histórico das novas ofertas desde a sua criação, dentro da necessidade de implantação para os alunos da própria faculdade, que concluíam a graduação na área da saúde. O Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde, da Faculdade de Medicina do ABC, começou em 1999, iniciando com o mestrado, com conceito três pela Capes. Segundo ela, o conceito quatro veio logo depois, com nova avaliação.

A médica destaca que as avaliações para o ingresso dos novos alunos da região, serão feitas de acordo com o número de inscritos. Se for o caso, será realizada um teste de proficiência em língua inglesa, pela Cultura Inglesa, para avaliação dos alunos.

Mais informações
Centro Empresarial Lagoa Seca
Av. Ailton Gomes, 4.131
Lagoa Seca, sala 1/2
Juazeiro do Norte- Cariri
Telefone: (88) 3085.3250 

Fonte: Diário do Nordeste

Plantão Infotech: Microsoft vai lançar 9 atualizações de segurança na próxima semana

O dia 10 de julho deste ano deve marcar o lançamento de nove atualizações de segurança para os produtos da Microsoft. Segundo a empresa, o pacote distribuído através do Windows Update vai corrigir erros presentes em softwares como o Windows, Office, Internet Explorer e o Microsoft XML.

Três das atualizações foram marcadas como críticas, incluindo uma que elimina uma falha grave presente no navegador da empresa. Já as demais foram classificadas somente como importantes, o que não diminui a necessidade de instalá-las assim que elas estiverem disponíveis.

A Microsoft também vai lançar uma nova versão de sua ferramenta de remoção de malwares, além de ampliar os filtros disponíveis no Windows Mail e nas versões 2003, 2007 e 2010 do Outlook. Caso você não tenha o sistema de atualizações automático ativado, também poderá fazer o download das mudanças através do Microsoft Download Center.

Fonte: Tecmundo

Cearense é o primeiro surdo do país a ter mestrado em administração

Um cearense é o primeiro surdo a concluir um curso de mestrado em administração no Brasil, segundo a Federação Nacional de Educação e Integração de Surdos. Fábio Benício teve nota máxima no exame de mestrado da Universidade de Fortaleza (Unifor) e agora vai tentar o doutorado. "O doutorado é o que busco, porque a gente precisa diminuir o preconceito", afirma Fábio.

No estudo, Fábio abordou sugestões a escolas de ensino superior para incluir pessoas com deficiências auditivas, visuais e físicas. Ele lembra que poucas pessoas com deficiência têm oportunidade de cursar escolas de nível superior.

Segundo o último do IBGE, em todo o Brasil 1.895 surdos cursam uma faculdade, e apenas 55 no Ceará. Ainda de acordo com o IBGE, no Ceará há cerca de 520 mil pessoas portadoras de deficiência auditiva. "É possível adaptar e incluir essas pessoas no sistema de educação, basta haver adaptação", diz o aluno.

Fábio Benício estuda em uma escola de nível superior com ajuda de intérpretes em língua brasileira dos sinais (líbras). Uma lei federal exige que todas as faculdades disponham do intérprete, mas nem todas as escolas cumprem a lei, segundo o Ministério da Educação .

"Com pequenas mudanças você pratica inclusão social. Você pode abrir uma faculdade para essa comunidade que às vezes nem tem um lugar e desiste antes de tentar" , diz Mônica Tassigny, diretora do curso de administração da Universidade de Fortaleza (Unifor), onde Fábio Benício estuda.

A pedagoga e intérprete de líbras Natália Almeida, que acompanhou o estudo de Fábio no mestrado, diz que teve muita dificuldade, mas que apoio os estudos do aluno. "É uma alegria bem especial essa questão dele ter sido aprovado. No início do trabalho com o Fábio, eu coloquei para ele: 'confie, apesar de todas as dificuldades, vou dar o melhor, você também. Você é competente e vai conseguir'", diz a pedagoga.

Fonte: Jus Brasil

Barbalha (CE): Sítio Santana tem obras do PSF e calçamento iniciadas

As obras da Unidade Básica de Saúde do Sítio Santana já foram iniciadas. Com essa obra, mais uma comunidade da zona rural a exemplo dos sítios Macaúba e Barro Vermelho será contemplada com uma Unidade Básica de Saúde.

Os recursos investidos na obra são na ordem de R$ 190 mil reais oriundos do tesouro municipal e, está sendo executada pela Construlima Construtora Ltda. Com prazo de execução de 180 dias.

Quando a unidade estiver pronta, à comunidade do sítio Santana passará a contar com uma nova unida moderna, com novas instalações, sala de vacinas, consultório médico e odontológico, sala de nebulização, farmácia e refeitório.

Ainda estão sendo realizadas no sítio Santana, obras de calçamento em pedra tosca com aproximadamente 5.889 m², já que era uma reinvidicação antiga daquela comunidade e, agora, através da Prefeitura Municipal, estão sendo realizadas.

Para a secretária de Saúde Jaqueline Sampaio, o município de Barbalha tem sido referência no que diz respeito à Saúde pública, já que muitos investimentos estão sendo feitos principalmente na atenção básica, e que em breve, será entregue a comunidade o PSF do sítio Barro Vermelho, ampliando a rede de Saúde do município disse a secretária.

Fonte: Assessoria de Imprensa / PMB

Programas para Fátima Bernardes

Quem já viu sabe, e quem não viu também sabe. O novo programa da Fátima Bernardes é incolor, insípido e inodoro. Um verdadeiro tiro n'água.

Aqui apresentamos 10 sugestões onde a Sra. Willian Bonner faria sucesso.

Confira:

Crato (CE): Cidade realiza 9ª Parada da Diversidade Sexual

A 9ª Parada da Diversidade Sexual do Crato reuniu cerca de cinco mil pessoas. O evento, que aconteceu na noite de ontem, teve como tema central a "Homofobia - uma luta à favor da PLC 122", projeto de lei que trata do preconceito contra homossexuais.

De acordo com dados da Associação de Defesa, Apoio e Cidadania dos Homossexuais do Crato (Adacho), nos últimos 12 anos, 15 homossexuais foram mortos. Apesar de ainda existir preconceito, a região do Cariri tem avançado no que diz respeito ao combate à violência contra os gays, lésbicas, travestis e transexuais.

Orgulho
Neste ano, a parada Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Transgêneros (LGBT) simbolizou um ato de comemoração do reconhecimento da união homoafetiva pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Entretanto, a luta foi por direitos de igualdade, espaço no mercado de trabalho e pela criação de mais politicas públicas especificas para os homossexuais. Durante o evento, foram debatidos temas relacionados ao universo gay. Na ocasião, entidades do movimento LGBT orientaram sobre doenças sexualmente transmissíveis (DST´s), além da prevenção e promoção à saúde.

A marcha da diversidade sexual, que partiu do Centro Cultural do Araripe (RFFSA), percorreu algumas ruas da cidade até chegar à Associação Atlética Banco do Brasil (AABB). Todo o trajeto foi animado por um trio elétrico e acompanhado pela Polícia Militar e pelo Corpo de Bombeiros. O evento contou, ainda, com a participação de artistas como o ex-BBB e drag queen Dicésar, do ator e Dj Pitt Garcia e da apresentadora da TV Diário, Regininha Duarte.

Contra o avanço da violência homofóbica, quatro instituições promovem ações educativas no Crato e em Juazeiro do Norte. Para o diretor da Adacho, André Lacerda, a Parada da Diversidade precisa ser vista como uma ato político. "A gente não quer que a Parada seja entendida como uma micareta. É preciso que as pessoas tenham consciência de que estamos procurando os nossos direitos de igualdade".

YAÇANÃ NEPONUCENA
REPÓRTER

Fonte: Diário do Nordeste

Quase um ano depois, exibição de "Serbian Film" é liberada no Brasil

Em agosto de 2011, a exibição de "A Serbian Film - Terror Sem Limites" foi proibida em todo o território nacional por uma liminar da Justiça Federal de Minas Gerais. Nesta quinta-feira (05), exatamente 11 meses depois, a Petrini Filmes, responsável pela distribuição do longa-metragem sérvio no país, foi comunicada de que o filme pode, enfim, chegar aos cinemas.

A decisão foi proferida pelo juiz Ricardo Machado Rabelo, o mesmo que havia determinado a suspensão da estreia. Na época, o magistrado atendeu a um pedido do Ministério Público Federal, que afirmava que o filme continha trechos simulando a participação de um recém-nascido e menores de idade em "cenas de sexo explícito e pornografia" e outros com "barbárie, selvageria e crueldade".

Em sua sentença, Rabelo afirma que a Polícia Federal não detectou nenhuma infração do filme em relação ao Estatuto da Criança e do Adolescente e que, portanto, não haveria mais "razões de natureza jurídica" para impedir sua exibição. Além disso, o juiz conta que finalmente assistiu ao filme.

"Se é arte eu não sei", escreve o magistrado. "Pode ser para alguns, para outros não. O que sei, contudo, é que se estivesse no cinema teria me levantado e ido embora. No entanto, como juiz, não posso ser o seu censor no território nacional, como me diz a Constituição Federal. Aliás, o que me garante a Carta Constitucional – não apenas a mim, mas a todo brasileiro – é o direito de me indignar, de recusar a vê-lo ou até mesmo o direito de me levantar e deixar a sala."

Diretor de "Serbian Film" afirma ao iG: "Se quer entretenimento, não veja"

"Serbian Film" segue um ex-ator pornô que interrompe a aposentadoria para fazer um filme pornográfico com intenções artísticas. O responsável pela produção, no entanto, é um maníaco que promove um show de horrores: tortura, sexo e violência dão o tom, envolvendo, inclusive, necrofilia, pedofilia e o estupro de um recém-nascido – o conteúdo, porém, não é explícito.

Ao iG, Raffaele Petrini comentou que "Serbian Film" só foi exibido em festivais de cinema fantástico em Porto Alegre, São Luís e estreou comercialmente numa única sala em Campinas. Conforme o distribuidor, a ideia agora é projetar o filme novamente em festivais, para na sequência "estudar o modo de lançar nos cinemas e depois em DVD e Blu-ray".

"Me surpreendi com a decisão, mas sabia que o filme não era ilegal e confiava na justiça brasileira", disse Petrini.

Veja o trailer (contém cenas fortes):


Fonte: iG

Expocrato abre temporada de férias no Interior do CE

Começa no domingo a 16ª edição da Exposição Centro-Nordestina de Animais e Produtos Derivados (Expocrato). O evento, que acontece anualmente, abre a temporada de férias no Interior, especialmente no Cariri. Movimenta todos os setores da economia local. Desde a rede hoteleira, que já está com capacidade esgotada, o comércio e até clínicas de estéticas, que são bastante frequentadas nesse período. Com um investimento de R$ 800 mil, a Expocrato já se configura como um dos maiores eventos culturais do Ceará.

A expectativa é de que, diariamente, cerca de 50 mil pessoas visitem a feira. Como atrativos para o público serão oferecidos cerca de 32 shows noturnos, que trazem apresentações de artistas renomados nacionalmente. Os ritmos são variados e vão desde o tradicional forró pé de serra, ao brega, rock, pagode e axé. Entre os artistas mais esperados estão a cantora baiana Ivete Sangalo, Tiaguinho, Toca do Vale, Bruno e Marrone e as bandas Aviões do Forró, Garota Safada e CPM 22. Apenas na grade de shows a RBA, empresa que organiza o evento, investiu um valor superior a R$ 1,5 milhão.

Este ano, o tema central da festa será o centenário de nascimento de Luiz Gonzaga. Todo o parque receberá caracterização com temas que remetem à obra e influência do artista na cultura nordestina. Os pavilhões de bovinos terão imagens fotográficas do cantor. Cada local receberá o título de uma música do Rei do Baião. Como forma de relembrar as composições do Gonzagão, será realizada uma ampla programação de shows de artistas regionais em homenagem ao músico pernambucano. Já no primeiro dia, uma orquestra sanfônica composta por 100 sanfoneiros fará a abertura do evento. No ocasião, eles irão tocar as músicas "Asa Branca" e "Eu vou pro Crato".

Durante o período, no museu da Expocrato, haverá uma exposição de peças pessoais e fotografias do sanfoneiro. Na área agropecuária, a expectativa de negócios supera os R$ 40 milhões. Ao todo, serão dez exposições nacionais de ovinos e caprinos, seis ranqueados de bovinos, uma exposição agronordestina de pôneis e seis pan-americanas de cães. Além de aquecer a economia local em cerca de 40%, a Expocrato gera emprego e renda para a população. De acordo com o presidente do grupo gestor da Expocrato, Francisco Leitão Moura, dentro do parque trabalham cerca de 500 pessoas. Ele avalia que a exposição é um agente que fortalece o desenvolvimento regional. "Aquecendo a economia dos Municípios, a gente consegue produzir renda que dá como resultado o uso do dinheiro por mais de seis meses. Com certeza, a Expocrato tem um impacto social muito grande", afirma.

Para o evento, a cidade recebe aproximadamente 400 mil pessoas. Além da frota atual, que é de cerca de 30 mil veículos, a quantidade de fluxo nas ruas deve aumentar em 100%, segundo avaliam os órgãos reguladores do trânsito. Para controlar a movimentação, foram realizados estudos sobre as carências e as demandas geradas pelo evento. Segundo o diretor do Departamento Municipal de Trânsito (Demutran), Francisco dos Santos Praxedes, até o ano passado, a realização da Expocrato ocasionou problemas como engarrafamentos e insegurança para os pedestres, que dividiram os mesmos espaços com veículos, além de notificações de diversos descumprimentos às normas impostas pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB), que geraram multas aos condutores.

Entre as principais intervenções no trânsito estão as proibições dos estacionamentos de veículos de ambos os lados das Ruas Coronel Antônio Luiz, Carolino Sucupira e Rui Barbosa.

Este ano, como medida preventiva, serão disponibilizados cerca de três mil vagas de estacionamentos. Todas dentro do Parque de Exposições Pedro Felício Cavalcanti. Para os que ocuparem o espaço serão cobradas taxas de uso.

Nas ruas, o Demutran irá combater a privatização dos espaços públicos pelos flanelinhas que utilizam cordas ou qualquer outro tipo de material de isolamento, já que, de acordo com o CTB, nestes locais, não é permitida a cobrança de valores pelo uso da área pública. Próximo ao Parque de Exposições existem apenas cerca de 300 vagas, em vias públicas, onde os motoristas podem estacionar.

Mais informações
Expocrato
Praça Filemon Teles S/N
Pimenta
Crato
Telefone: (88) 3523.2120

Demutran
Av. Perimetral Dom Francisco, 220
(88) 3523.5232

YAÇANÃ NEPONUCENA
REPÓRTER 

Fonte: Diário do Nordeste

CPMI do Cachoeira aprova convocação de Cavendish, Pagot e Raul Filho

A Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) do Cachoeira aprovou em bloco, por unanimidade (28 votos), diversos requerimentos de convocação de testemunhas, entre elas o ex-presidente da empreiteira Delta Fernando Cavendish, o ex-diretor do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) Luiz Antônio Pagot e o prefeito de Palmas, Raul Filho (PT).

Também foi aprovada a convocação do engenheiro Paulo Vieira de Souza, conhecido como Paulo “Preto”, acusado por Pagot de tentar fazer caixa dois para o PSDB paulista com recursos do Dnit; do empresário paulista Adir Assad, que atua nos segmentos de construção civil e eventos, dono de empresas pelas quais teriam transitado recursos da Delta; e a ex-mulher do contraventor Carlinhos Cachoeira, Andréa Aprigio.

Foi aprovado ainda convite ao juiz federal Paulo Moreira Lima, que deixou o processo contra Cachoeira depois de ter sofrido ameaças.

A única convocação polêmica foi a de Paulo “Preto”. O PSDB disse que só concordaria se fosse convocado também o deputado federal José de Filippi Junior (PT-SP), que teria procurado Pagot para que ele ajudasse na arrecadação de recursos junto a empreiteiras para financiar a campanha presidencial da então candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff.

Novamente, o PSDB acusou o relator da comissão, deputado Odair Cunha (PT-MG), de partidarizar as investigações e de desmoralizar a comissão. Cunha se defendeu, afirmando que a convocação de Filippi seria votada em seguida à votação do bloco de requerimentos.

Cunha defendeu a convocação de Paulo Vieira de Souza, apontado como arrecadador de campanhas do PSDB, com base em entrevista de Pagot à revista IstoÉ, em abril. “O Pagot imputa ao Paulo 'Preto' a prática de um crime. No caso do deputado José de Filippi não há imputação de prática de crimes”, afirmou.

Fonte: JB

Ficha Limpa: Liminares estão sendo contestadas

O Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) já recebeu 32 liminares determinando a retirada de processos e nomes de gestores incluídos na relação entregue à Justiça Eleitoral de quem teve contas desaprovadas nos últimos oito anos. Ontem, a assessoria do Ministério Público estadual anunciou que o procurador geral de Justiça, Ricardo Machado, promoveu cinco ações junto ao Tribunal de Justiça do Ceará, pedindo ao desembargador José Arísio Lopes da Costa que revogue as liminares atacadas.

O presidente do TCM, Manoel Veras, acredita que a partir de agora vai diminuir a quantidade de liminares para a exclusão de nomes porque o prazo para a impugnação de pedidos de registro de candidaturas terminará nos próximos dias. De conformidade com o calendário eleitoral as impugnações devem ser apresentadas até o próximo dia 13.

O TCM divulgou e encaminhou à Justiça Eleitoral, no dia 25 de junho, uma relação com os nomes de 3.654 gestores públicos municipais do Ceará com suas contas irregulares, incluindo 144 prefeitos com as contas de governo desaprovadas pelas câmaras municipais.

Ajuizaram
Essa relação serve de base para os representantes do Ministério Público Eleitoral, partidos políticos e candidatos impugnarem as candidaturas daqueles que tiveram contas desaprovadas, com o trânsito em julgado, nos últimos oito anos. Por isso alguns gestores ajuizaram ações com pedido de liminar para excluir o nome da relação e garantir o direito de disputar.

As liminares foram concedidas em 32 processos, ou seja, uma para cada processo. Elas foram concedidas por alguns juízes de comarcas do interior, juízes das varas da fazenda pública de Fortaleza e juízes do Supremo Tribunal Federal. Desde que divulgou a relação de gestores que estão com as contas desaprovadas, diariamente o TCM atualiza a relação inicial.

Ao todo já foram promovidas 84 alterações, sendo 32 delas referentes a exclusão em função de liminares, duas exclusões procedentes de julgamentos favoráveis ao gestor após a divulgação, 20 informações a respeito da apresentação de recurso de revisão e a inclusão de 30 processos que transitaram em julgado após o dia 25. Na relação de alterações, explica o TCM que as atualizações serão realizadas até o dia cinco de julho, data em que se encerraria o prazo para a apresentação da relação oficial à Justiça Eleitoral. Ontem o presidente do TCM admitiu mudanças após esse prazo para dar cumprimento a decisões judiciais.

Sessão
O procurador-geral de Justiça, Ricardo Machado, já promoveu, cinco ações junto ao Tribunal de Justiça do Estado, pedindo a suspensão de liminares que garantem o direito de gestores municipais com contas desaprovadas pelo Tribunal de Contas dos Municípios, evitarem as impugnações dos pedidos de registro de candidaturas.

Nas ações, o procurador-geral de Justiça solicitou urgência na apreciação dos casos por parte do presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Ceará, desembargador José Arísio Lopes da Costa.

A partir de hoje, o Centro de Apoio Operacional Eleitoral disponibilizará uma Central de Análise de Registros de Candidaturas com a finalidade de auxiliar os promotores eleitorais da Capital e do Interior no exame de casos de inelegibilidade, coletando informações dos bancos de dados dos Tribunais de Contas da União, do Estado e dos Municípios sobre a situação de todos os possíveis candidatos.

Fonte: Diário do Nordeste

CCJ quer cassação de Demóstenes

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado decidiu ontem dar aval para que o processo de cassação do senador Demóstenes Torres (ex-DEM, sem partido-GO) seja apreciado em votação secreta no plenário na próxima quarta-feira, 11. Por 22 votos favoráveis e nenhum contrário, os integrantes da CCJ concluíram que o processo contra Demóstenes não teve qualquer ilegalidade durante a sua tramitação.

No fim de março, o senador goiano foi acusado de quebra de decoro parlamentar em representação movida pelo PSOL por usar seu mandato na defesa dos interesses do contraventor Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira. Na semana passada, o Conselho de Ética aprovou por unanimidade o pedido para cassá-lo. Em parecer de 28 páginas, o senador Pedro Taques (PDT-MT) entendeu que Demóstenes teve assegurado amplo direito de defesa e ao contraditório durante a tramitação do processo.

"Em todos os momentos, o Conselho de Ética e Decoro Parlamentar se preocupou em interpretar as normas da forma mais favorável ao representado, nunca negando a palavra a ele ou ao seu procurador, mesmo quando os dispositivos regimentais não previam essa possibilidade de forma expressa", ressaltou.

Representando Demóstenes, ausente à reunião, o advogado Antonio Carlos de Almeida Castro insistiu na tese de que os senadores iriam cassar um colega com base em prova ilegal. Kakay, como é conhecido, disse que o senador foi investigado por três anos pela Justiça de primeira instância. Por ter foro privilegiado, segundo o advogado, Demóstenes deveria ter uma apuração conduzida pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

"Imagine Vossas Excelências um juízo positivo de cassação e, um mês depois, o Supremo Tribunal Federal liquida este inquérito?", questionou o defensor, ressaltando que seu cliente está sendo vítima de um vazamento "criminoso" e "diário" para criar um clima de condenação antecipada. Coube ao relator do processo no Conselho de Ética, Humberto Costa (PT-PE), rebater o advogado de Demóstenes.

Costa disse que jamais usou no seu voto, favorável à cassação, "qualquer informação que não tivesse sido admitida pelo senador". O relator do conselho afirmou que os fatos contra o senador goiano são "absolutamente claros, consistentes e também indefensáveis".

Onze senadores discursaram contra Demóstenes. O senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP) disse que o Senado não é uma "confraria de amigos, uma associação de classe". "Não cabe a nós conceder o perdão a quem quer que seja", afirmou.

Duas personalidades
A senadora Marta Suplicy (PT-SP) chegou a comentar que a atitude de Demóstenes foi "patológica". "Foi uma surpresa gigantesca. Uma pessoa com duas personalidades, com capacidade de mentir e manipular que raramente se vê em pessoas corretas, pessoas normais".

Humberto disse que pensou várias vezes para apresentar o voto pela cassação. Ele recordou que tempos atrás foi vítima de acusações, tendo sido absolvido pela Justiça. Costa referia-se à investigação da Operação Sanguessuga, da Polícia Federal. Ex-ministro da Saúde, ele foi envolvido por suspeita no esquema de desvio de recursos para a área.

Fonte: Diário do Nordeste

Senado aprova fim do voto secreto para cassação de mandato

O Plenário do Senado aprovou na noite desta quarta-feira projeto que determina o voto aberto para cassação de mandatos de senador e deputado federal. Conhecida como a 'PEC do voto aberto', a Proposta de Emenda à Constituição ganhou força com a proximidade do julgamento do senador Demóstenes Torres (sem partido-GO).

Aproveitando a opinião pública sensibilizada pelo processo contra Torres, acusado de ter colaborado com os negócios ilegais do bicheiro Carlinhos Cachoeira, um grupo de senadores começou a pressionar o presidente da Casa, José Sarney (PMDB-AP), para que a PEC fosse colocada em votação urgentemente. Os senadores Pedro Taques (PDT-MT), Álvaro Dias (PSDB-PR) e Randolfe Rodrigues (PSOL-AP) encabeçaram o grupo. O tema estava em discussão no Congresso há 11 anos.

No entanto, para estar valendo no julgamento de Demóstenes, agendado para a próxima semana, a alteração na lei precisaria ser apreciada, ainda, pela Câmara dos Deputados. "Não dá mais tempo. Com o julgamento de Demóstenes já na próxima semana, não tem mais jeito, nem mesmo com vontade política dos deputados", disse Álvaro Dias.

Hoje, as sessões para julgar perda de mandato são abertas, mas com voto secreto. Sendo proibida também a revelação do voto, a lei favorece o corporativismo e já foi decisiva para salvar os mandatos, por exemplo, do senador Renan Calheiros (PMDB-AL) e da deputada Jaqueline Roriz (PMN-DF).

Fonte: Terra

Cid empossa Camilo, Nelson e Pinheiro

O governador do Estado, Cid Gomes (PSB), empossou na manhã de ontem, os três secretários petistas que há um mês foram exonerados de seus cargos, devido a indefinições na manutenção da aliança PT e PSB. Com o retorno do trio a suas funções no Poder Executivo, muda-se também os quadros de parlamentares na Assembleia Legislativa. Já a Executiva Estadual do Partido dos Trabalhadores se reúne hoje para discutir o relacionamento com antigos aliados e avaliar como se comportará diante do retorno dos gestores às suas pastas.

Os suplentes Inês Arruda (PMDB), Antônio Carlos (PT) e Mailson Cruz (PRB) devem ser beneficiados com a saída dos três deputados estaduais petistas, e, possivelmente, assumirão, ainda hoje, as vagas deixadas por Camilo Santana, Nelson Martins e Francisco Pinheiro. O ex-líder do Governo na Assembleia, Antônio Carlos, já informou que pretende voltar para ao Legislativo, e que sua função como coordenador geral da campanha petista em Fortaleza não irá trabalhar a sua produção legislativa nessa interinidade.

"Eu sou deputado e pretendo ir, sim. A vaga foi conquistada pelo partido. O Parlamento é um espaço político em que as campanhas serão contadas lá, mas não vai prejudicar em nada. Eu era líder do Governo, mas agora não. Volto com mais flexibilidade para expor minhas ideias", disse Antônio Carlos durante entrevista na reunião do conselho político que trabalha na campanha do PT.

Balanço
Já no início da solenidade, em seu pronunciamento, o governador avisou que não iria tratar de assuntos políticos nem eleitorais e saiu sem conversar com os jornalistas presentes. Além dos três secretários que reassumiram as pastas da Cultura, do Desenvolvimento Agrário e de Cidades, a maior parte do secretariado do Governo esteve presente para saudar a posse dos colegas. Cid disse ainda que no próximo dia 27 de julho, todos os gestores de seu Governo irão se reunir para fazer um balanço dos primeiro semestre de 2012.

"Estamos efetivando o retorno de três quadros afastados por desincompatibilização. Não vou tratar de questões políticas, pois estou aqui como representante do Governo", disse Cid Gomes que teceu elogios aos secretários por suas gestões, principalmente em relação ao combate à seca no Interior, pela Secretaria de Desenvolvimento Agrário, e em relação aos programas de reurbanização do Maranguapinho e Cocó, realizados pela Secretaria de Cidades.

Na Cultura, no entanto, o governador lembrou ser necessário "ter humildade" para analisar os erros e até omissões da pasta. Segundo Cid, a proposta do Governo é preparar um "grande plano de virada cultural" para o Estado, onde ele próprio, irá querer fazer parte.

Continuidade
O deputado Nelson Martins, agora de volta à Secretaria do Desenvolvimento Agrário (SDA) foi o porta-voz dos petistas que reassumiram as pastas no Governo do Estado e informou que a meta dos três é dar continuidade ao trabalho feito até o início do mês passado, quando foram exonerados pelo governador Cid Gomes, pois ainda havia a possibilidade de um desses ser um possível candidato que matéria a aliança PT e PSB.

"São muitos desafios. Temos seca muito grave ocorrendo no Estado, na Cidades e na Cultura também existem muitos desafios. Nossa disposição é de agradecimento ao governador pela confiança e apresentar um trabalho com maior eficiência", ressaltou o gestor.

O parlamentar voltou a defender a aliança partidária das duas legendas a nível estadual e nacional e lamentou que em Fortaleza, a união entre estas duas agremiações não tenha obtido o resultado esperado por ele e por seus colegas. "Vou voltar a esclarecer. A aliança que nós temos, para que eu, o Camilo e o Pinheiro sejamos secretário, é uma aliança vitoriosa, em nível nacional e estadual. Infelizmente não deu para ter isso em Fortaleza. É natural que cada partido queira lançar seu candidato no primeiro turno. Temos que saber fazer essa diferenciação", disse.

Municipal
Ele lembrou que PT e PSB têm mantido aliança em municípios do Interior, como Sobral, Quixadá, Barbalha e Juazeiro do Norte. A aliança estadual é uma coisa e a municipal é outra. Quem sabe no segundo turno o candidato do PT precisará do apoio do candidato do PSB ou vice-versa. Não dá pra confundir a estadual com a aliança em Fortaleza. Alem do mais, temos uma aliança nacional que tem trazido muitos frutos. Não há incompatibilidade nenhuma".

O secretário do Desenvolvimento Agrário, Nelson Martins, disse ainda que todos os gestores do Governo Cid Gomes têm a liberdade para fazer campanha como achar melhor e que, em momento algum, foi cobrado a eles fazer ou não campanha de um ou de outro candidato. "Nós somos filiados ao PT e vamos fazer a campanha do PT. Vocês (imprensa) estão querendo criar uma tempestade em copo d´água", criticou o petista quando questionado se os três iriam se engajar na campanha de Elmano de Freitas, mesmo o PSB do governador tendo Roberto Cláudio como candidato.

Fonte: Diário do Nordeste

ShareThis