Uma carta para Lula: meu querido, meu velho, meu amigo - Por: Jean Willys


Difícil iniciar esta carta lhe perguntando se você está bem ou desejando que essas palavras lhe encontrem bem. Difícil porque sei que, por mais forte e resistente que você seja às injustiças e às dores que lhe foram infligidas ao longo desses anos, nada pode estar bem ou bom na situação em que você se encontra. Sua altivez e dignidade quando em público não mudam o fato de que você é um senhor idoso, com mais de 70 anos, que não oferece qualquer risco à sociedade brasileira, logo, de que sua prisão contraria todos os princípios de justiça e empatia, mesmo que ela estivesse baseada em provas e num processo condizente com um estado democrático de direito, coisa que sabemos que não está.

Para qualquer pessoa de bom senso, no Brasil e no mundo (e eu tenho corrido o mundo, meu querido), não faz qualquer sentido você estar preso – sem provas e por sentenças escancaradamente fraudulentas, até mesmo mal escritas e com trechos copiados de outras, dadas por juízes e juízas que agem como políticos vingativos, desonestos intelectualmente e ressentidos – enquanto notórios corruptos do mundo empresarial, do mercado financeiro, dos meios de comunicação e de partidos como MDB, DEM, PP, PSL (ratos menores, mas não menos perigosos) e PSDB gozam de liberdade e dos frutos da pilhagem; e enquanto um sujeito burro, comprovadamente odioso em relação às minorias sexuais e étnicas e com ligações suspeitíssimas com organizações criminosas paramilitares que praticam execuções extrajudiciais em troca de dinheiro desgoverna o país, revelando ao mundo o que há de pior no caráter nacional.

Escrevo-lhe esta carta, meu velho, porque amanhã essa sua prisão injusta faz aniversário. Há um ano você é um preso político, retirado fisicamente da cena pública sob acusações vindas de uma operação da Justiça e Ministério Público federais de Curitiba que, hoje estamos sabendo, não tinha apenas o propósito de criminalizar o PT e as esquerdas em favor da extrema direita fundamentalista cristã e miliciana, mas sobretudo o de se apropriar privadamente de recursos públicos (bilhões de reais!), ou seja, o de assaltar os cofres públicos, mas com os requintes de uma organização mafiosa, tudo sob a narrativa mentirosa de "combate à corrupção" – devidamente sustentada e reproduzida por uma imprensa historicamente antipetista – que tanto agrada à parte da classe média estúpida e alienada, porém arrogante, amedrontada, ressentida e invejosa.

Escrevo-lhe esta carta do exílio que me impus para escapar da morte violenta que me rondava aí. Sabe, Lula – e seguramente você deve saber, porque tem amigos que foram exilados durante os anos terríveis da ditadura civil-militar no Brasil – o exílio não é nada fácil. É uma "longa insônia", como já disse o escritor francês Victor Hugo. Eu direi que é um "não-lugar", para citar outro francês, o filósofo Marc Augé. No exílio, estamos permanentemente a caminho, numa estrada sem retorno à vista e cujo fim não se pode vislumbrar. Trata-se de um salto interminável de um lado para outro a que não se chega, e com o abismo a nos espreitar baixo. O exílio é um além, meu amigo.

Contudo, o exílio é melhor que a prisão. Esse além ainda pode ser uma vida em liberdade espacial. O salto pode ser sentido e visto como um vôo. Pode-se aproveitar a paisagem do interminável caminho que ele é. E é esse o sentido que tenho dado ou tentado dar ao meu exílio, em nome dos que aí ficaram e estão ameaçados. Em cada espaço que se abre para mim na Europa, nos EUA, no Canadá e em países da América Latina, eu tenho apontado para a nuvem de gafanhotos que paira sobre – e já devora – a nossa democracia ainda em broto; tenho denunciado sua prisão arbitrária e gritado "Lula livre!", colando adesivos em postes, e tenho tornado presente a memória de nossa saudosa Marielle Franco, exigindo que se descubra quem mandou matá-la.

Muitos têm me acompanhado, Lula. Você não está só! E o propósito dessa carta é o de lhe dizer isso. Ainda que todos no Brasil e no mundo o esqueçam – algo impossível, porque você já é história e vive na dignidade de cada pobre, preto, preta, favelado, periférico, gay, lésbica, travesti, evangélico, católico, judeu, umbandista, indígena, camponês, operário e trabalhador informal conquistada durante e por causa de seus governos, mesmo que estes não tenham consciência e até lhe sejam ingratos, insultando-o nas redes sociais – ainda que isso aconteça, eu estarei com você, não importa o preço que eu tenha que pagar por isso. Não tenho medo da impopularidade. E a gratidão e a bondade são algumas das minhas virtudes, entre meus muitos defeitos.

Desde 1989, eu o vejo como o pai que meu pai poderia ter sido. Seguramente você teria, a princípio, algum problema com minha homossexualidade, com o pai meu teve, mas, certamente, superaria isso e me amaria como sempre e me protegeria dos horrores da homofobia. De alguma maneira, Lula, eu segui seus passos a partir de então. E desde que meu pai se foi deste mundo, em 2001, você é a referência paterna em minha vida.

Outro dia, andando sozinho pela madrugada fria da Berlim iluminada e quase vazia, com os fones de ouvido e o iMusic (Você sabe o que é isso? É uma espécie de caixa de músicas do celular) em modo aleatório, chegou-me uma canção de Roberto Carlos cujos versos me tocam profundamente. Porque me falam de meu pai e mais ainda de você, meu querido.

"Esses seus cabelos brancos bonitos; esse olhar cansado profundo, me dizendo coisas num grito; me ensinando tanto do mundo; e esses passos lentos de agora, caminhando sempre comigo, já correram tanto na vida, meu querido, meu velho, meu amigo… Sua vida cheia de histórias e essas rugas marcadas pelo tempo, lembranças de antigas vitórias ou lágrimas choradas ao vento; sua voz macia me acalma e me diz muito mais do que eu digo, me calando fundo na alma, meu querido, meu velho, meu amigo! Seu passado vive presente nas experiências contidas nesse coração consciente da beleza das coisas da vida. Seu sorriso franco me anima; seu conselho certo me ensina. Beijo suas mãos e lhe digo, meu querido, meu velho, meu amigo: tudo isso é pouco diante do que sinto".

Eu quero é te ver livre, guerreiro.

Te amo.

Jean Wyllys

Fonte: Universa/UOL

Curta nossa página no Facebook

06 de abril

1385 - João I de Portugal é aclamado rei nas Cortes de Coimbra, tornando-se no primeiro rei de Portugal da Dinastia de Avis.
1652 - O navegante neerlandês Jan van Riebeeck estabelece um posto de reabastecimento no Cabo da Boa Esperança.
1896 - Início dos primeiros Jogos Olímpicos da era moderna em Atenas.

Nasceram neste dia…
1483 - Rafael, pintor e arquiteto italiano (m. 1520).
1880 - Serafim Leite, jesuíta historiador português (m. 1969).
1890 - Anthony Fokker, engenheiro neerlandês (m. 1939).

Morreram neste dia…
1199 - Ricardo Coração de Leão, Rei de Inglaterra (n. 1157).
1528 - Albrecht Dürer, pintor alemão (n. 1471).
1838 - José Bonifácio de Andrada e Silva (foto), estadista brasileiro (n. 1763).

Fonte: Wikipédia

Foto de Lula registrada em Barbalha tem o maior lance em leilão

Organizado por um grupo de fotógrafos para vender fotografias de momentos da carreira política e da vida pessoal do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o Leilão Lula Livre, realizado na noite desta quarta-feira, 3, em São Paulo e em João Pessoa, arrecadou cerca de 625.000 reais. O dinheiro será destinado ao Instituto Lula, que passa por dificuldades financeiras desde que o petista entrou na mira da Operação Lava Jato. Condenado em segunda instância pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro, Lula completará no próximo domingo, 7, um ano detido na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba.

O leilão teve todos os 50 lotes arrematados, cada um deles com uma fotografia doada por 43 fotojornalistas a pedido do grupo Fotógrafos pela Democracia. Levadas ao pregão por ordem do ano de antiguidade, de 1978 a 2018, as imagens de 30 centímetros de altura por 45 centímetros de comprimento foram impressas em papel algodão e levavam autógrafos de Lula, que as assinou na carceragem da PF em Curitiba. O evento havia sido iniciado na internet em meados de março, com lances mínimos de 1.313 reais, e teve hoje ofertas presenciais, tomadas nas capitais paulista e paraibana.

Os valores dos arremates variaram entre 5.000 reais e 65.000 reais. Os maiores lances do Leilão Lula Livre saíram das mãos da empresária Rosane Gutjahr, de 61 anos. Ela gastou 227.800 reais em oito fotografias, que diz ter comprado em nome dela e de outras pessoas. O montante, correspondente a 36,4% do total das vendas, chega a 239.190 reais se contabilizados os 5% de comissão a que o leiloeiro tem direito.

Gaúcha radicada em Curitiba, dona de empresa em Manaus e assídua nos gritos diários de “bom dia”, “boa tarde” e “boa noite” a Lula do lado de fora da cadeia, Rosane não perdeu a viagem a São Paulo e venceu todas as disputas em que entrou no leilão. Todas as fotografias pelas quais deu lances, levou.

Se alguém a superava, Rosane imediatamente tratava de voltar à primeira posição, levantando sua plaquinha e sinalizando o valor ao leiloeiro. Se o “rival” oferecia 100 reais a mais que ela, a empresária do ramo de eletroeletrônicos tratava logo de subir o lance em milhares de reais. Quando a compra era concretizada, fazia o gesto de “L” com os dedos indicador e polegar da mão esquerda e comemorava entoando “Lula livre”. Ao menos três vezes foi honrosamente convidada pelo leiloeiro a bater o martelo com as próprias mãos, sinal de que seu lance havia quebrado o recorde da noite. “Você não sabe brincar?”, protestavam com bom humor outros presentes ao bar na Vila Madalena.

Ela arrematou por 40.000 reais uma foto da “sarrada no ar” de Lula ao lado de militantes da juventude do PT, clicada por Ricardo Stuckert em 2017; deu 50.000 reais por uma imagem que mostra o petista sendo abraçado por militantes em Barbalha (CE), também feita por Stuckert em 2017; e fechou o leilão com um lance vencedor de nada menos que 65.000 reais pelo último lote, uma fotografia de Paulo Pinto que mostra Lula sendo carregado por militantes no dia de sua prisão.

Admiradora do ex-presidente desde os tempos de sindicalismo no ABC paulista, Rosane Gutjahr alega, no entanto, que a única peça que sairá efetivamente de seu bolso e com ela ficará é a que mostra a assembleia de metalúrgicos no Estádio Vila Euclides, em São Bernardo do Campo (SP), em 1979, período em que Lula comandou greves na região. Clicada por Juca Martins, a imagem foi arrematada por 20.000 reais. Sobre as outras sete fotografias autografadas que tanto lutou para levar, Rosane afirma terem sido adquiridas em nome de terceiros, que ela não revela quem são. O pagamento do valor total, segundo a empresária, seria feito à vista no cartão de débito. Os compradores ainda tinham as opções de pagar à vista ou em três parcelas no cartão de crédito.

Sobre a situação jurídica de Lula, com quem esteve pessoalmente duas vezes, “uma no Planalto e uma na rua”, a empresária confia na absolvição dele no Superior Tribunal de Justiça (STJ) e critica o Supremo Tribunal Federal (STF), que deve reavaliar no próximo dia 10 a possibilidade de réus serem presos após condenação em segunda instância, caso do petista. “O Brasil não tem uma Suprema Corte. Se tivesse, ele não estaria nem preso. Lula foi condenado por atos de ofício indeterminados, o juiz não soube tipificar qual crime o ele cometeu. Por que o STF mantém o Lula preso?”, indaga Rosane, que nunca foi filiada ao PT.

Entre os lotes pelos quais a empresária não teve interesse e que puderam, assim, ser disputados e adquiridos por outros admiradores de Lula, foram arrematadas fotos do ex-presidente ao lado de líderes como Barack Obama (de Wilson Pedrosa, comprada por 9.000 reais), Fidel Castro (de Luiz Prado, comprada por 18.000 reais), Pepe Mujica (de Ricardo Stuckert, adquirida por 12.100 reais), Fernando Henrique Cardoso (de Helcio Toth, arrematada por 6.600 reais) e Leonel Brizola (de Cláudia Ferreira, comprada por 9.500 reais). Algumas vaias chegaram a ser direcionadas à fotografia em que FHC aparece, tirada durante um debate na campanha presidencial de 1994. Também foram vendidas fotografias do início da carreira do ex-presidente como sindicalista, da posse dele na presidência da República e do dia de sua prisão, entre outros momentos.

Estiveram no leilão na Zona Oeste de São Paulo o presidente do Instituto Lula, Paulo Okamoto, o ex-deputado federal e ex-presidente do PT José Genoíno, o deputado estadual Emídio de Souza (PT), o vereador Eduardo Suplicy (PT), o ex-secretário municipal de Cultura Nabil Bonduki e a ex-primeira-dama paulistana Ana Estela Haddad, mulher do ex-prefeito Fernando Haddad (PT). Mesmo estando em São Paulo, o escolhido para suceder Lula como candidato do PT na eleição presidencial de 2018 não foi ao Leilão Lula Livre porque, segundo Ana Estela, estava “resolvendo umas coisas fora”.

Após o fim do leilão, Suplicy assumiu o microfone e cantou os clássicos Pela Luz dos Olhos Teus, de Vinícius de Moraes, e Blowin’ In The Wind, de Bob Dylan, uma de suas canções preferidas.

Fonte: Veja.com

Curta nossa página no Facebook

Petrobras eleva gasolina na refinaria para maior valor em mais de 5 meses

A Petrobras anunciou que vai aumentar o preço médio da gasolina em suas refinarias em 5,6% a partir desta sexta-feira, 5, para 1,9354 real por litro. É o maior valor desde 30 de outubro do ano passado. A estatal manteve o preço do diesel, em 2,1432, segundo dados publicados no site da companhia.

Com o reajuste a ser aplicado nesta sexta-feira, a alta do preço do combustível nas refinarias da Petrobras é de 28,3% no acumulado deste ano, segundo dados da estatal.

O reajuste foi anunciado após a companhia ter mantido o valor estável da gasolina desde 19 de março, na maior série sem alteração de preço desde que a empresa anunciou em setembro do ano passado uma política de hedge, que permite manutenções de valores nas refinarias por um período de 15 dias sem que haja eventualmente perdas.

A política busca evitar perdas em um período em que os preços internacionais do petróleo passam por fortes oscilações, sem necessariamente repassá-las aos clientes. O barril do tipo Brent tem apresentado alta neste ano e atingiu, nesta quinta-feira, 70 dólares por barril, o maior valor desde novembro.

A estatal informa que sua política de preços busca a paridade de importação, tendo como referência indicadores internacionais como câmbio e petróleo, em busca de rentabilidade.

No caso do diesel, a empresa definiu na semana passada que o preço médio seria alterado em intervalos não inferiores a 15 dias. O anúncio foi feito após o preço do diesel nas refinarias ter tocado em meados de março o maior nível desde setembro de 2018. Atualmente, o diesel é vendido a um preço médio de 2,1432 reais por litro, o mesmo valor desde 22 de março.

Impacto para o consumidor
O repasse dos preços dos combustíveis da Petrobras para a bomba depende de diversos fatores, como margens da distribuição e revenda, impostos e misturas de biocombustíveis.

Nos primeiros três meses deste ano, o preço médio da gasolina nos postos subiu 0,4%, segundo dados publicados pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), enquanto nas refinarias foi registrado avanço de 21,5%. Já o diesel teve alta de 18,5%o nas refinarias, ante 3% nos postos.

Fonte: Veja.com

Curta nossa página no Facebook

Guedes, ministro de Bolsonaro, reconhece o legado de Lula: "Com pouco dinheiro melhorou a vida dos brasileiros"

O ministro da Economia, Paulo Guedes, usou parte do tempo durante sabatina na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, nessa quarta-feira (3), para elogiar o governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o programa Bolsa Família. O ex-presidente e o benefício são constantemente criticados pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL).

Na avaliação do ministro, Lula mereceu ganhar as duas eleições presidenciais (2002 e 2006), porque soube gastar pouco para alcançar um grande número de pessoas.

“Vários governos que passaram gastaram R$ 300 bilhões, R$ 400 bilhões por ano pagando juros da dívida sem tomar nenhuma medida para corrigir. E o Lula chegou e pegou R$ 10 bilhões só, e atingiu 40 milhões de família favoravelmente com o Bolsa Família. Isso é um impacto extraordinário. Mereceu ganhar uma eleição, duas eleições. Soube trabalhar. Com pouco dinheiro melhorou a vida de muitos brasileiros”, declarou Guedes.

Fonte: O Povo (Com informações do jornal O Globo)

Curta nossa página no Facebook

05 de abril

1722 - O explorador holandês Jakob Roggeveen descobre a ilha de Páscoa.
1968 - O Ministro da Justiça do Brasil proíbe o funcionamento da Frente Ampla, movimento pela democracia no Brasil.
1976 - O Incidente em Tian'anmen, um protesto contra a repressão do regime chinês próximo ao final da Revolução Cultural, acontece na Praça da Paz Celestial em Pequim.

Nasceram neste dia…
1588 - Thomas Hobbes, filósofo inglês (m. 1679).
1908 - Herbert von Karajan, maestro austríaco (m. 1989).
1964 - Rodrigo Santos, músico brasileiro.

Morreram neste dia…
1975 - Chiang Kai-shek, líder nacionalista chinês (n. 1887).
1992 - Antônio Marcos (foto), ator, compositor e cantor brasileiro (n. 1945).
2008 - Charlton Heston, ator norte-americano (n. 1923).

Fonte: Wikipédia

Com 140 e 130 milímetros respectivamente, Abaiara e Crato registram suas maiores chuvas de 2019

Os municípios de Abaiara e do Crato, ambos localizados na macrorregião do Cariri, registraram, no intervalo entre as 7h desta quarta (3) e as 7h desta quinta-feira (4), suas maiores chuvas do ano, conforme informações da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme).

Em Abaiara, o observado foi de 140 milímetros e registrado no posto pluviométrico da sede do município. Até então, o maior registro havia sido entre os dias 23 e 24 do mês de março. Já a maior precipitação de Crato havia acontecido no entre os dias 18 e 19 de março, com 120 mm, no posto Lameiro. Porém, entre ontem e hoje, foram observados 130 mm, também no mesmo posto pluviométrico.

Além de Crato, outros municípios da macrorregião localizada no extremo sul cearense também tiveram acumulados expressivos entre ontem e hoje. Em Brejo Santo, o observado foi de 124 mm e, em Farias Brito, 70 mm.

Até o início da manhã desta quinta-feira , a rede de observadores havia informado registros em, pelo menos, 116 municípios. Os dados são parciais e serão atualizados ao longo do dia. Para acompanhar, basta acessar o endereço www.funceme.br/calendário.

Assessoria de Comunicação/Governo do Estado do Ceará

Curta nossa página no Facebook

Prefeitura do Crato presta assistência às famílias atingidas pelas fortes chuvas desta quinta-feira (4)

Em decorrência das fortes chuvas na madrugada desta quinta-feira (4), a Prefeitura de Crato iniciou nas primeiras horas da manhã, o atendimento às famílias afetadas e também a limpeza e desobstrução das ruas atingidas. Segundo a Fundação Cearense de Meteorologia e Chuvas Artificiais (Funceme), o Crato recebeu um acumulado de chuvas de cerca de 130mm no intervalo de 12h.

Ao todo, dezesseis famílias tiveram suas casas interditadas pela Defesa Civil Municipal, no trecho do deslizamento de terra, que abrange a área afetada, na altura da Rua Sagrada Família, na escadaria que dá acesso ao bairro Seminário. O motivo é que ainda há possibilidade de movimento de terra devido às chuvas.

Segundo a Defesa Civil, a interdição foi necessária para preservar a integridade física das pessoas e só será revogada após a recuperação da área afetada. Além da equipe da Secretaria de Infraestrutura do município, engenheiros do Governo do Estado e também da Construtora Coral, responsável pela obra, estiveram avaliando o local.

O Governo Municipal, através de uma comissão intersetorial formada pelo Gabinete do Prefeito, Secretarias de Infraestrutura, Saúde, Trabalho e Desenvolvimento Social, Meio Ambiente e Desenvolvimento Territorial e da Segurança Pública, realizou o atendimento às famílias nas dependências da Escola Círculo Operário, com atendimento médico, enfermeiro e equipe da assistência social.

As famílias receberam todo o suporte para serem contempladas com o aluguel social e outros programas sociais do município. Elas serão acompanhadas pelo Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) Seminário.

Agentes de trânsito e da Guarda Municipal foram destacados para as principais vias a fim de melhorar o fluxo na cidade e a equipe da Limpeza Pública iniciou o serviço e a higienização das ruas ainda pela manhã, retirando toneladas de entulho e areia.

O Corpo de Bombeiros também se fez presente isolando, juntamente com a Defesa Civil, toda a área afetada pelo deslizamento.

A SAAEC também esteve ativa para recuperar o abastecimento de água nos bairros, devido o rompimento do sistema de água em algumas localidades. E a empresa Enel foi acionada para isolar o poste de alta tensão que ficou vulnerável na área de deslizamento.

O prefeito Zé Ailton Brasil acompanhou de perto todo o trabalho das equipes, conversou com as famílias garantindo que, em breve, tudo será restabelecido. “Me solidarizo com a comunidade cratense, sobretudo com os mais afetados e não estamos medindo esforços para que todos os danos sejam reparados. Após as chuvas, a área afetada será brevemente recuperada”, disse o gestor.

Assessoria de Comunicação/PMC

Curta nossa página no Facebook

30 casas são interditadas em Crato após deslizamento de encosta

A chuva de 130 milímetros registrada em Crato, na madrugada desta quinta-feira (4), fez a encosta do bairro Seminário desmoronar e destruir parte de uma casa. Uma mulher estava dentro de uma residência, mas não ficou ferida. Ainda nesta manhã, a Defesa Civil isolou 30 imóveis que correm risco de desabamento.

As famílias estão instaladas, parcialmente, no Círculo Operário enquanto aguardam seu destino. O mais provável é que todas elas sejam contempladas, por pelo menos seis meses, com aluguel social pago pelo Município.

“Eu só ouvi o estrondo”, narra a aposentada Raimunda Pereira. Ela tinha acabado de se mudar para um destes imóveis e tomou um susto quando começou o desmoronamento. “Ainda estava trazendo as coisas para cá. Mas eu vou voltar”, garantiu.

Segundo a dona de casa Leonilda Bezerra da Silva, os moradores já esperavam que isso fosse acontecer, porque a estrutura já estava apresentando rachaduras há alguns dias. “O pessoal de uma empresa estava aqui mexendo. Já sabiam”, acredita.

O secretário de Infraestrutura do Crato, José Muniz, afirmou que a Prefeitura havia realizado um diagnóstico de risco de desabamento do barranco na última semana e que já estava trabalhando para solucionar o problema. “Isso aqui me surpreendeu, porque, quando retornei, estava um cenário de desastre parecido com o de 2011”, disse.

Uma equipe do Corpo de Bombeiros foi acionada para realizar uma vistoria no local durante a manhã desta quinta. No local do deslizamento de terra, a fiação elétrica cedeu e um poste está prestes a cair. Uma lona foi colocada na área do desabamento. Além disso, técnicos da Enel Distribuição Ceará, estão desligando a energia de postes na Rua Bárbara de Alencar, uma das principais afetadas.

Obras
O desabamento ocorre em menos de quatro depois do governador Camilo Santana inaugurar a primeira etapa da obra de recuperação ambiental e urbanização do bairro Seminário. Com investimento de R$ 20 milhões, na época foram realizados serviços de contenção da encosta, de recomposição da vegetação e cerca de 16 km de drenagem e de esgotamento sanitário.

ANTONIO RODRIGUES
COLABORADOR

Fonte: Diário do Nordeste

Curta nossa página no Facebook

Vacinação contra gripe começa na quarta (10); 50 morreram em 2019

A campanha nacional de vacinação contra a gripe começa na próxima quarta-feira (10). O governo federal ainda não divulgou a quantidade de doses e as metas, e diz que esses dados serão apresentados no lançamento da iniciativa.

Segundo dados do Ministério da Saúde, até março deste ano já foram notificados 232 casos de influenza e a morte de 50 pessoas no país.

A circulação maior do vírus se encontra no Amazonas, onde foi preciso antecipar a vacinação para o dia 20 de março. Dados do ministério apontam que o estado registrou 113 casos de contaminados por influenza e 31 mortes no estado.

Quem pode vacinar no dia D
  • Gestantes e puérperas (mulher que deu à luz há bem pouco tempo);
  • crianças de um a menores de seis anos de idade (5 anos, 11 meses e 29 dias);
  • trabalhadores de saúde;
  • povos indígenas;
  • idosos;
  • professores de escolas públicas e privadas;
  • pessoas com morbidades e outras condições clínicas especiais;
  • adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas;
  • funcionários do sistema prisional e pessoas privadas de liberdade.
Em 2018, foram registrados 6.678 casos de influenza em todo o país, com 1.370 óbitos. Segundo o Ministério da Saúde, a taxa de mortalidade por influenza no Brasil está em 0,66 por 100 mil habitantes.

Fonte: G1

Curta nossa página no Facebook

Trio é preso e adolescente é apreendido após perseguição policial e tiroteio em Mauriti

Três homens foram presos e um adolescente foi apreendido na tarde desta quarta-feira (3), enquanto circulavam em um veículo roubado pela cidade de Mauriti.

Segundo o Major Lucivando Rodrigues, comandante da 3ª Companhia do 2º Batalhão de Polícia de Brejo Santo, quatro suspeitos trafegavam pelas ruas da cidade em um veículo HB 20 cor branca, que foi roubado em Petrolina, no interior de Pernambuco, mas estava com placa adulterada, com inscrição da cidade de Abaré, Bahia.

Ao notar um comportamento suspeito do grupo e ver que a placa do carro não coincidia com o modelo do veículo, policias que patrulhavam a região tentaram fazer uma abordagem, mas os suspeitos fugiram em direção ao centro do município.

Outra equipe policial foi acionada e conseguiu interceptar o veículo, mas eles conseguiram sair do veículo e fugir por um matagal. Mais à frente, o bando roubou um veículo Fiat, onde estava uma senhora e um cão da raça poodle, que acabou fugindo. Neste momento os policiais tentaram se aproximar mas foram recebidos a balas. Após o tiroteio, os suspeitos foram rendidos e detidos pelo agentes de segurança.

Foram presos Ivanilson da Silva Rodrigues Júnior, 23 anos, Dayvison de Oliveira Barbosa, 27 anos, ambos do estado da Bahia e Ramon Florentino Alves da Silva, 24 anos, de Barbalha, no Ceará, que já responde por homicídio, roubo, tráfico de drogas e porte e posse ilegal de arma de fogo. Um adolescente de 15 anos, natural de Juazeiro do Norte, foi apreendido.

Com o grupo foram apreendidos um revólver calibre 32, com várias munições. Os veículos roubados foram recuperados.

Os três adultos vão responder pelos crimes de roubo, formação de quadrilha e corrupção de menores. Foi registrado um ato infracional semelhante a roubo e a formação de quadrilha contra o adolescente.

Fonte: G1 CE

Curta nossa página no Facebook

Peixe e cágado ‘invadem’ casa após inundação do canal do Rio Granjeiro, em Crato

Duas semanas após a última cheia, o canal do Rio Granjeiro, em Crato, voltou a transbordar, na noite de ontem (3), graças à chuva de 130 milímetros registrada no posto pluviométrico do bairro Lameiro. Com ela, os moradores da Avenida José Alves de Figueiredo, no Centro da cidade, vizinhos da estrutura, foram surpreendidos pelo volume da água que trouxe animais, como peixes e cágados, para dentro de suas casas.

Segundo o motorista Nataniel Salvador, a chuva começou por volta das 22 horas e só parou no começo da manhã de hoje (04). “Aqui, quando começa a chover, o pessoal já não dorme”, garante. Rapidamente, ele e sua família colocaram móveis e eletrodomésticos nas partes mais altas do imóvel. “Em questão de 10 minutos, o canal encheu”, conta.

Apesar de ser uma das casas mais altas da Avenida, Nataniel convive com este problema desde que resolveu morar por lá, há 10 anos. “Quando chove no pé da serra, a gente já fica com medo. Já vi vizinho que perdeu tudo”, lembra.

Após a água baixar, sua calçada amanheceu cheia de cágados e peixes que foram trazidos com a força da correnteza. “Ali era um rio e um rio não tem culpa”, pondera. Seu filho, de apenas nove anos, já se assusta quando começa a chover. “Ele tava se tremendo e a pressão caiu. Já fica nervoso”, explica.

Na enchente do dia 18 de março, o motorista quase perde seu veículo arrastado pela força da água. Naquele dia, 120 milímetros foram suficientes para a água invadir casas, arrastar carros e deixar, pelo menos, três famílias desabrigadas.

ANTONIO RODRIGUES
COLABORADOR

Fonte: Diário do Nordeste

Curta nossa página no Facebook

Milhões de dados de usuários do Facebook são expostos na internet

Milhões de dados de usuários do Facebook foram encontrados expostos ao público na internet, sem qualquer tipo de proteção, revelaram especialistas da empresa de cibersegurança UpGuard nessa quarta-feira (3).

O grupo de pesquisadores descobriu dois conjuntos separados de dados, armazenados em servidores da Amazon. As informações podiam ser acessadas por qualquer pessoa, sem a necessidade de senha.

O maior bloco de dados estava vinculado à empresa mexicana Cultura Colectiva, que armazenou publicamente na nuvem mais de 540 milhões de dados de usuários coletados no Facebook, incluindo comentários, reações e nomes de perfis.

O segundo conjunto de dados, ligado ao extinto aplicativo do Facebook At the Pool, era significativamente menor, mas continha, entre outros dados, fotos e senhas de 22 mil usuários.

A UpGuard acredita que as senhas eram para acessar o aplicativo, e não a conta do usuário na rede social, mas a sua divulgação coloca em risco internautas que costumam usar as mesmas senhas em várias contas, alertou a empresa.

Segundo o Facebook, todas as informações expostas já estão seguras. "Uma vez alertados sobre o problema, trabalhamos com a Amazon para derrubar os bancos de dados. Temos o compromisso de trabalhar com os desenvolvedores em nossa plataforma para proteger os dados das pessoas", afirmou um porta-voz em comunicado.

A nota diz ainda que a empresa está investigando o incidente e busca descobrir por que esses dados foram armazenados em servidores públicos. "As políticas do Facebook proíbem o armazenamento de informações em bancos de dados públicos", disse.

Segundo a companhia, os usuários serão informados se forem encontradas evidências de que as informações expostas na internet foram mal utilizadas.

A exposição desses dados não é resultado de um ataque de hackers aos sistemas da rede social, mas é mais um exemplo de como o Facebook permite que terceiros coletem grandes quantidades de dados de usuários, sem controlar a maneira como essas informações são usadas ou protegidas.

"Os dados expostos não existiriam sem o Facebook, ainda assim esses dados não estão mais sob o controle da rede social", afirmam os pesquisadores. "Em cada um desses dois casos, a plataforma facilitou a coleta de dados sobre indivíduos e sua transferência para terceiros, que se tornaram responsáveis por sua segurança."

Nos últimos anos, o Facebook se viu envolvido em vários escândalos relacionados à gestão da privacidade dos dados dos usuários, que mancharam consideravelmente a imagem pública da empresa.

A maior polêmica que teve que enfrentar começou em março de 2018, quando foi revelado que a companhia de consultoria britânica Cambridge Analytica utilizou um aplicativo para compilar milhões de dados de usuários da plataforma sem o seu consentimento e com fins políticos.

A empresa se serviu de dados da rede social para elaborar perfis psicológicos de eleitores, que supostamente foram vendidos à campanha do presidente americano, Donald Trump, durante as eleições de 2016.

O Facebook é a rede social mais usada no mundo, com 2 bilhões de usuários mensais. Além disso, a empresa é dona do WhatsApp e do Instagram, também utilizados por bilhões de pessoas.

Fonte: Agência Brasil (Com informações da Deutsche Welle)

Curta nossa página no Facebook

Cariri vai ter Central de Acompanhamento do Tempo de Justiça

O Comitê de Governança do Programa Tempo de Justiça esteve reunido, nesta quarta-feira (3), na sede da Vice-Governadoria. O encontro foi conduzido pela vice-governadora Izolda Cela e contou com a presença de representantes do Ministério Público (MP-CE), Tribunal de Justiça (TJCE), Defensoria Pública Geral e da Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP).

Durante o encontro, foram definidos detalhes sobre a criação da Central de Acompanhamento de Processos para concentrar as informações das ações envolvendo o programa Tempo de Justiça. A iniciativa, que já foi implantada em Fortaleza e Sobral, chegará nas cidades de Juazeiro do Norte, Barbalha e Crato.

“É um programa que tem se mostrado importante, que tem dado resultados concretos. É uma resposta do Estado aos crimes de homicídio. Estamos trabalhando para aperfeiçoar essa política de sucesso”, disse Izolda Cela.

A desembargadora Adelineide Viana, representante do TJCE no Comitê, fez um balanço da reunião. “Foi um encontro muito positivo. Com a expansão do Tempo de Justiça para a região do Cariri, criou-se a necessidade de monitorar todas as fases dos processos em um só local. É uma medida que vai facilitar o controle das informações”, disse.

O líder de tecnologia da informação da Vicegov e coordenador do grupo técnico, Catulo Hansen, afirmou que a Central vai ficar localizada na própria sede da Vice-Governadoria. “Vamos concentrar aqui tanto os agentes de informação, quanto estatísticos. Nos próximos meses a central deverá ser implementada”.

Feminicídio
A vice-governadora Izolda Cela também destacou a questão do feminicídio. A nova central irá dar foco e estatísticas próprias aos homicídios contra mulheres. “O feminicídio vai ganhar um espaço mais importante no programa. Precisamos olhar com mais atenção para a natureza gravosa desse tipo de crime”.

O Programa
O Tempo de Justiça foi lançado em janeiro de 2017 e faz parte do pacote de ações do Pacto por um Ceará Pacífico. O programa monitora eletronicamente os casos de homicídio com autoria esclarecida, diagnosticando possíveis entraves em cada fase do processo (inquérito, denúncia, instrução e julgamento). Além da Vice-Governadoria, o trabalho envolve o Judiciário estadual, a Secretaria da Segurança Pública (Polícias Civil e Militar e Perícia Forense), o Ministério Público e a Defensoria para que os casos sejam concluídos (julgados) no prazo médio de um ano.

Assessoria de Comunicação/Governo do Estado do Ceará

Curta nossa página no Facebook

Com chuva de 130mm, encosta desaba no Crato e destrói parte de casa

Escadaria situada na encosta que desabou
também ficou parcialmente destruída,
deixando moradores sem acesso
Uma encosta desmoronou e destruiu parte de uma casa na madrugada desta quinta-feira (4), após fortes chuvas no município do Crato. Uma mulher estava dentro da residência no momento em que o barranco caiu, mas não ficou ferida. Com o desabamento, uma escadaria que liga os bairros Centro e Seminário também ficou parcialmente destruída, deixando moradores da área sem acesso. As precipitações registradas provocaram ainda inundações nas vias e em imóveis da cidade. 

"Derrubaram a parede, está toda derrubada. Está muito perigoso. Não posso mais voltar para casa", disse a aposentada Djacir Pires, moradora da residência atingida pela encosta.

Segundo a filha da aposentada, a técnica de enfermagem Francilene Pires, vizinhos ajudaram a resgatar a mãe de casa após o incidente. "Não dá pra voltar para casa, estava com meu pai no hospital internado e recebi a notícia. Meu pai vai receber alta amanhã e não vamos ter para onde ir", lamentou.

Uma equipe do Corpo de Bombeiros foi acionada para realizar uma vistoria na região durante a manhã desta quinta. No local do deslizamento de terra, também houve queda de fiação elétrica e um poste está prestes a cair. Conforme a Prefeitura, profissionais deverão visitar o trecho e determinar se será preciso fazer o desligamento da rede de energia. 

Risco já havia sido identificado 
O secretário de Infraestrutura do Crato, José Muniz, afirmou que a prefeitura havia realizado um diagnóstico de risco de desabamento do barranco na última semana e que a Prefeitura já estava trabalhando para solucionar o problema.

"Estava do mesmo jeito ontem à noite. Isso aqui me surpreendeu, porque, quando retornei, estava um cenário de desastre parecido com o de 2011. Na chuva anterior, não tinha muito risco, mas agora sim", disse Muniz. 

Árvore caída dentro do canal do Rio Granjeiro,
que corta o município (Foto: Isaac Macêdo)
Canal do Rio Granjeiro transborda e inunda casas
Segundo moradores, o canal do Rio Granjeiro, situado na cidade, transbordou e lojas de um centro comercial próximas ao local ficaram alagadas na madrugada. As chuvas também derrubaram uma árvore, que foi carregada para dentro do canal. O secretário de Infraestrutura do Crato, José Muniz, confirmou a informação e disse que será preciso retirar famílias do entorno. 

Parte do asfalto da Avenida José Alves de Figueiredo, às margens do canal, cedeu com a forte correnteza e precisou ser interditada por agentes municipais. 

Funceme
De acordo com dados parciais da Fundação Cearense de Meteorologia (Funceme), entre as 19h de quarta-feira (3) e 7h desta quinta (4), choveu cerca de 130 milímetros no Crato. Os números foram atualizados às 8h. 

Fonte: Diário do Nordeste

Curta nossa página no Facebook

Prefeito Zé Ailton entrega Praça do CEU, no Mirandão, nesta sexta-feira (5)

A Prefeitura do Crato entrega nesta sexta-feira (5) à população, o primeiro Centro de Artes e Esportes Unificados da cidade, mais conhecido como Praça do CEU. A solenidade tem inicio às 17h. Coordenado pelo Ministério da Cidadania e realizado em parceria com prefeituras municipais, os centros são construídos preferencialmente em comunidades de alta vulnerabilidade social.

O equipamento está localizado à Rua Teodorico Teles Neto, no bairro Mirandão, e contemplará a população local, o Conjunto Conviver e também os adjacentes, como Muriti, Santa Luzia, São Miguel e Vila Lobo. Durante o processo, surgiu uma nova comunidade, o Conjunto Monsenhor Montenegro, no Barro Branco, que também pode ser englobado pelo projeto. 

O CEU reúne em sua infraestrutura biblioteca, cineteatro, laboratório multimídia, salas de oficinas, espaços multiuso, Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), além de pista de skate, quadra coberta, playground e pista de caminhada. Um equipamento completo para promoção da cultura, esporte, social e lazer.

A gestão administrativa do equipamento será realizada pela Prefeitura Municipal e um Núcleo Gestor formado por representantes dos bairros contemplados, e a sociedade civil organizada será responsável pela articulação das ações do local.

A entrega deste equipamento representa uma grande vitória para todo o município. A obra da praça iniciou em 2013 e desde que assumiu a gestão, o prefeito Zé Ailton e o secretário Wilton Dedê se empenharam em finalizar a sua implantação e entregar à sociedade. “O projeto vem desde 2013, vem se arrastando e nessa gestão a gente deu prioridade, desembaraçamos alguns processos e, enfim, conseguimos. A nossa expectativa é que o equipamento se instale, e de forma muito positiva influencie na vida das comunidades envolvidas no projeto. Parte do equipamento já vem sendo utilizado pela população, atendendo a uma orientação do projeto, a de que nós devemos incentivar o uso para o empoderamento das comunidades em relação ao equipamento”, comentou o secretário.

Proposta da Praça 
A proposta das Praças do CEU é integrar, em um mesmo espaço, programas e ações culturais, práticas esportivas e de lazer, formação e qualificação para o mercado de trabalho, serviços sócio assistenciais, políticas de prevenção à violência e de inclusão digital, a fim de promover a cidadania em territórios de vulnerabilidade social nas cidades brasileiras.

O Ministério realiza o acompanhamento das obras e da implantação de um modelo de gestão participativa. A gestão da obra fica a cargo da prefeitura municipal. Depois de inaugurados, a gestão do local passa a ser de responsabilidade de um comitê composto por representantes do Poder Público municipal, da sociedade civil organizada e de moradores do local.

Com informações da Assessoria de Comunicação/PMC

Curta nossa página no Facebook

Paulo Guedes é massacrado em audiência na CCJ e chamado de "tchutchuca"

A animosidade entre o ministro da Economia, Paulo Guedes, e deputados da oposição levou ao encerramento, na noite desta quarta-feira (3), da audiência na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara destinada à apresentação para os parlamentares da reforma da Previdência.

A audiência foi encerrada após mais de seis horas de duração, depois de uma confusão que se formou quando o deputado Zeca Dirceu (PT-PR) afirmou que o ministro age como "tigrão" em relação a aposentados, idosos e pessoas com deficiência, mas como "tchutchuca" em relação à "turma mais privilegiada do nosso país".

Imediatamente, deputados começaram a cobrar decoro por parte de Zeca Dirceu. O presidente da CCJ, Felipe Francischini (PSL-PR), pediu aos parlamentares respeito com o ministro.

Fora do microfone, Paulo Guedes se dirigiu a Zeca Dirceu e respondeu: "Você não falte com o respeito comigo. Tchutchuca é a mãe, tchutchuca é a vó".

Antes de encerrar a sessão, Felipe Francischini pediu a Paulo Guedes e a Zeca Dirceu que retirassem as palavras.

Ainda fora do microfone, o ministro da Economia se dirigiu a Zeca Dirceu e afirmou, apontando o dedo indicador: "Eu respeito quem me respeita. Eu respeito quem me respeita, e você não me respeita. Se você não me respeita, você não merece respeito", afirmou.

"Infelizmente, tive de encerrar em função de alguns desencontros. No entanto, muitos oradores falaram, muitas perguntas foram feitas, o ministro respondeu a muitos questionamentos. Acredito que a reunião foi muito produtiva, mas infelizmente tive de encerrar um pouco mais cedo em virtude de algumas brigas internas ali", afirmou Francischini.

Assessora levada à delegacia
Em meio à confusão entre Guedes e Zeca Dirceu, a deputada Maria do Rosário (PT-RS) se desentendeu com Daniella Marques, assessora do Ministério da Economia.

A deputada gaúcha contou a jornalistas que tentou falar com o ministro para pedir a continuidade da audiência, mas que a assessora tentou impedir. “Não tenho como me lembrar agora se empurrou fisicamente ou não, mas meu papel de parlamentar ela impediu. Isso posso dizer com toda a certeza. Porque meu papel é falar com o chefe dela e não com ela”.

A servidora do Ministério da Economia, então, foi levada por policiais a uma sala da Polícia Legislativa da Câmara. "Ela [a servidora] assinou um termo de comparecimento aqui na delegacia e foi liberada. Se tiver uma acusação formal da deputada, aí a gente vai ouvir [a servidora] formalmente”, disse Flávio Queiroz, diretor-substituto da Coordenação de Polícia Judiciária da Polícia Legislativa. Maria do Rosário afirmou que não pretende prestar queixa.

Ainda fora do microfone, o ministro da Economia se dirigiu a Zeca Dirceu e afirmou, apontando o dedo indicador: "Eu respeito quem me respeita. Eu respeito quem me respeita, e você não me respeita. Se você não me respeita, você não merece respeito", afirmou.

"Infelizmente, tive de encerrar em função de alguns desencontros. No entanto, muitos oradores falaram, muitas perguntas foram feitas, o ministro respondeu a muitos questionamentos. Acredito que a reunião foi muito produtiva, mas infelizmente tive de encerrar um pouco mais cedo em virtude de algumas brigas internas ali", afirmou Francischini.

Outros conflitos
Antes, Guedes e oposicionistas já tinham protagonizado conflitos em outros momentos.

Em um desses momentos, houve reclamações e gritaria quando Guedes afirmou que era preciso "internar" quem não considera necessária a reforma da Previdência.

"Quem acha que não é necessária? É um problema sério. É caso de internamento. Tem que internar", disse.

Em outro momento de confusão, Guedes tinha sido questionado sobre os seguintes pontos: o impacto sobre as mulheres mais pobres das mudanças nas regras de aposentadoria; a tributação de lucros e dividendos que incide sobre a parcela mais rica da população; benefícios fiscais para empresas; e regras diferentes para militares.

Ao responder às perguntas dos parlamentares, ele se referiu a um exemplo dado por um deputado de uma empregada doméstica e afirmou que, pela regra atual, ela se aposentaria aos 61,7 anos e, pela proposta do governo, aos 62.

Quando ainda falava, o ministro foi interrompido pelo líder do PSOL, Ivan Valente (SP). O deputado perguntou desde quando uma empregada doméstica no Brasil consegue ter registro em carteira por tempo suficiente para conseguir 20 anos de contribuição.

Nesse instante, se iniciou um tumulto no plenário devido à reação de Paulo Guedes.

O ministro afirmou que os oposicionistas estiveram por quatro mandatos no poder e indagou por que eles não votaram a tributação sobre dividendos, e por que “deram dinheiro para empresários” e para a empresa JBS, empresa que esteve no centro de escândalos apontados pela Operação Lava Jato.

“Vocês estão há quatro mandatos no poder. Por que é que não botaram imposto sobre dividendo? Por que é que deram benefícios para bilionários? Por que é que deram dinheiro para a JBS? Por que é que deram dinheiro para o BNDES?”, questionou Guedes.

Em seguida a essa declaração, parlamentares governistas aplaudiram Guedes, mas ninguém foi ao microfone para defendê-lo. Enquanto isso, oposicionistas gritavam com o ministro.

Ao reagir, Guedes afirmou: “Vocês estiveram no governo. Vocês são governo. Nós estamos há três meses. Vocês tiveram 18 anos, 18 anos no poder e não tiveram coragem de mudar, não pagaram nada, não cortaram dividendos. O PSOL nasceu porque eles [PT] fecharam questão”.

Em seguida, instalou-se uma confusão na CCJ, com deputados de oposição gritando com o ministro, que, por sua vez, respondeu: “Eu ouvi, eu respeitei a Casa. A Casa não está me respeitando. A Casa não me dá o direito de falar”.

Depois de insistir com os deputados para permitir que Guedes falasse, que estava com a palavra, o presidente da comissão, deputado Felipe Francischini (PSL-PR), ameaçou encerrar a audiência.

"Deputados, eu vou encerrar a audiência pública se não houver respeito neste momento", disse Francischini.

Sobre militares, o ministro afirmou que, se há privilégios na proposta em relação aos trabalhadores do setor privado e dos civis, que sejam cortados pelo Congresso Nacional.

“Cortem vocês. Vocês são o Congresso Nacional. Têm medo de fazer isso? Eu vou dizer para vocês o que eu acho. Eu penso o seguinte: passou o tempo em que a Previdência poderia ter sido um mecanismo, uma fábrica de desigualdades”, declarou.

Logo no início da audiência pública, por volta das 15h, houve momentos tensos. O ministro disse que a Previdência é uma “fábrica de desigualdades” e citou os exemplos dos estados de Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, e Minas Gerais, que já enfrentam dificuldades para pagar salários de servidores e aposentados.

Nesse instante, ele foi aparteado por parlamentares de oposição – que citaram o sistema previdenciário chileno, cuja previdência social, com sistema de capitalização (similar ao proposto por Guedes), paga benefícios de baixo valor. Na proposta do ministro, porém, está assegurado ao menos um salário mínimo de benefício.

O ministro, então, respondeu aos deputados de oposição: “Chile, US$ 26 mil de renda per capita, quase o dobro do Brasil. Acho que a Venezuela está bem melhor”, disse, em tom irônico.

“Eu vou falar na hora em que você falar também. Fala mais alto do que eu. Fala alto. Eu não estou ouvindo. A palavra é dos senhores”, disse, enquanto parlamentares de oposição gritavam.

Em seguida, porém, o ministro afirmou ter cometido o erro de responder aos deputados.

“Eu cometi um erro sério quando respondi a uma indagação de Gleisi [Hoffman, deputada e presidente do PT], mas tentei ser atencioso e respondi. Sou muito respeitoso. Os senhores têm muita familiaridade com esse ambiente, eu não. Os senhores poderiam considerar que eu posso cometer erros. Eu cometi o erro de interagir, eu só deveria ter falado. Então, eu não vou interagir”, afirmou.

Fonte: G1

Curta nossa página no Facebook

Dentre as melhores do país, escolas do Ceará são premiadas na maior feira de ciências do Brasil

A Escola Estadual de Educação Profissional (EEEP) Júlio França e as Escolas de Ensino Médio Ronaldo Caminha e Joaquim de Figueiredo Correia, localizadas, respectivamente, em Bela Cruz, Cascavel e Iracema, conquistaram diversas premiações durante a 17ª edição da Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (Febrace), promovida pela Universidade de São Paulo (USP), no período de 19 a 21 de março passado. Os trabalhos foram desenvolvidos no ambiente escolar, sob a orientação dos professores das disciplinas envolvidas.

A EEEP Júlio França levou ao evento o projeto Endopiso, que transforma o endocarpo lenhoso do coco em um piso inovador, ecossutentável e de baixo custo. A experiência foi apresentada pelas alunas Cibelle Furtado e Nicolly Menezes, e orientada pelos professores Francigleison Pontes e Fernando Nunes. Além de garantir participação na Intel Isef, considerada a maior feira de ciências do mundo, em maio próximo, em Phoenix, nos Estados Unidos, a escola ganhou ainda dois prêmios: o primeiro lugar na área de Engenharia e o Prêmio Petrobras, que oferece a oportunidade de conhecer o Centro de Pesquisa e Desenvolvimento Leopoldo Américo Miguez de Mello (Cenpes), no Rio de Janeiro.

Para Girliane Teixeira, gestora da escola, essa grande conquista se justifica pela inserção da pesquisa como princípio pedagógico na proposta curricular e pelo trabalho feito a muitas mãos. “Os impactos dessa prática impulsionam o crescimento dos indicadores de aprendizagem e transformam a escola em referência no trabalho de iniciação científica. Essa será a terceira participação de nossa escola na maior feira de ciências do mundo”, destaca a diretora.

Pesquisa agrícola
A Escola Figueiredo Correia também estará na Intel Isef. A premiação veio por meio da experiência dos alunos José Guilherme Oliveira Matias e Yane Lara Gurgel Pinheiro, da 3ª série do Ensino Médio, que conquistaram o 1º lugar em Ciências Biológicas e a credencial para a feira internacional. Os estudantes apresentaram o Projeto Análise e Desenvolvimento de Interactomas sob Estímulo por Agronegócios: Estudo de Processos Biológicos e Geração de Doenças Neurológicas por Contaminantes Agrícolas.

A iniciativa contou com o apoio da professora orientadora Sebastiana Vicente Bezerra e do universitário Helyson Lucas Bezerra Braz, da Universidade Estadual do Ceará (Uece) – Campus de Limoeiro do Norte, co-orientador do Projeto, que envolvia as problemáticas das comunidades do entorno da Chapada do Apodi (Localizada entre os municípios de Limoeiro do Norte e Quixeré no Ceará). A Escola de Iracema conquistou também o 1° lugar em Bioquímica e Biologia Molecular pela Sociedade Brasileira de Bioquímica e Biologia Molecular (SBBq) e o prêmio de melhor trabalho do Ceará.

O projeto S.O.S Casa, da EEM Ronaldo Caminha Barbosa, foi premiado como Destaque em Tecnologia e Desenvolvimento Social. A professora Joseline Maria Sousa Nascimento e as alunas Cássia Xavier Batista e Maria Eduarda Oliveira Pessoa receberam certificados, livros sobre a Escola Politécnica e cartões de presentes para serem utilizados para aquisição de livros. O projeto cearense desenvolve tijolos ecológicos e placas de piso a partir de resíduos sólidos encontrados na comunidade, como borracha e vidro. A ideia é proporcionar melhoria na estrutura física das casas de taipa, assim como dar uma destinação correta aos resíduos.

A professora Josilene explica que além disso, a turma desenvolve ciclos educativos sobre profilaxia de doenças comuns neste tipo de habitação, como a Doença de Chagas. Essa ação está entre as vencedoras regionais da 9ª Edição da Olimpíada Brasileira de Saúde e Meio Ambiente, promovida pela Fundação Oswaldo Cruz, em 2018.

Inovações
Outras três escolas da rede estadual também participaram do evento. A EEM Julia Alenquer Fontenele, de Pindoretama, com os alunos João Vitor Rodrigues Sousa e Ednildo Ferreira dos Santos e o professor Igor Costa Cajaty mostraram o projeto BanCoP, na categoria Matemática. Os alunos Carlos Henrique Praxedes Monteiro e Isaque Lima Almeida e o professor Sandro Costa Mesquita representaram a EEEP Pedro de Queiroz Lima, de Beberibe, com o projeto Auxílio para Deficientes Visuais, na categoria Ciência da Computação.

Da EEEP Francisco das Chagas Vasconcelos, de Santana do Acaraú, a professora Vanessa Serafim e as alunas Iara Kelly da Penha e Mariana Canafístula da Penha apresentaram projeto orientado pelo professor Glauber Oliveira. Para as alunas, o momento foi de rica experiência e aprendizagem, uma oportunidade de incentivar a pesquisa para os demais colegas da escola. “Foi espetacular. Conhecemos um mundo novo e percebemos a importância do conhecimento e onde ele pode nos levar. Voltamos com novas ideologias e com as mentes voltadas para novos horizontes”, relata a aluna Mariana Canafístula.

A partir dos investimentos feitos pela atual gestão, as escolas passaram a contar, por exemplo, com mais laboratórios de Ciências (Física, Química e Biologia), espaço onde os alunos colocam em prática o que aprenderam na sala de aula.

Febrace
A Febrace é um movimento nacional de estímulo ao jovem cientista por meio de uma grande mostra de projetos. É promovida e organizada pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP).

Assessoria de Comunicação/Governo do Estado do Ceará

Curta nossa página no Facebook

04 de abril

1581 - Francis Drake completa uma circum-navegação da Terra e é sagrado cavaleiro por Elizabeth I.
1949 - Doze nações assinam o Tratado do Atlântico Norte, que dá origem à Organização do Tratado do Atlântico Norte.
1968 - Martin Luther King Jr. é assassinado por James Earl Ray em Memphis.

Nasceram neste dia…
1819 - Rainha D.ª Maria II de Portugal (m. 1853).
1914 - Marguerite Duras, escritora e diretora de cinema francesa (m. 1996).
1958 - Cazuza (foto), cantor e compositor brasileiro (m. 1990).

Morreram neste dia…
1929 - Karl Benz, engenheiro alemão (n. 1844).
1968 - Assis Chateaubriand, jornalista e empresário brasileiro (n. 1892).
1992 - Salgueiro Maia, militar e ativista português (n. 1944).

Fonte: Wikipédia

Costureira é morta pelo ex-companheiro na frente dos dois filhos e da mãe em Juazeiro do Norte

Um crime de feminicídio foi registrado, na noite desta terça-feira (2), em Juazeiro do Norte. A costureira Maria Rosemeire de Santana, de 38 anos, foi morta a tiros, dentro de sua casa, na frente de seus dois filhos e de sua mãe. O suspeito, que está foragido, é seu ex-companheiro, Severo Manoel Dias Neto, 39, pai das crianças. O casal havia se separado ano passado, mas ele não aceitou o término.

O caso aconteceu, por volta das 20 horas, no conjunto do programa ‘Minha Casa, Minha Vida’, no bairro Brejo Seco. De acordo com a irmã da vítima, Roselania Santana, a costureira estava sentada na calçada, conversando com os vizinhos, quando percebeu a chegada do ex-marido. Imediatamente, ela correu e se trancou dentro do imóvel.

No entanto, Severo arrombou a porta e entrou dentro da casa atirando na mulher.  As duas crianças, de 7 e 12 anos, ao ver o ataque do pai, se deitaram no chão com medo de também serem alvos. “Não tinha para onde correr para canto nenhum”, conta a irmã. Rosemeire foi socorrida e levada para o Hospital Regional do Cariri (HRC), mas morreu minutos depois que chegou na unidade.

“Depois, ele saiu na maior tranquilidade, com a arma na mão, com sangue frio”, afirma. Segundo os vizinhos, o suspeito fugiu de moto com ajuda de outro homem. A Polícia Militar iniciou as diligências, mas, até agora, não localizou Severo.

Roselania conta que seu ex-cunhado, que está desempregado, já havia ameaçado sua irmã diversas vezes. No dia 21 de junho de 2018, a vítima havia registrado o crime de ameaça. Através da Justiça, ela conseguiu uma medida protetiva, que foi descumprida, pelo menos duas vezes, no dia 21 de novembro do ano passado e no dia 15 de janeiro deste ano.

“Você vai me pagar!”, repetia Severo na porta da ex-mulher. “Ele cansou de ameaçar minha irmã, minha família. Queria saber se ela tinha alguém. Passava atirando para cima. Minha irmã deu parte e ele foi preso”, lembra. O suspeito ficou preso por 10 dias, mas voltou a frequentar a casa de Rosemeire. A costureira permitia as visitas, mesmo com medida protetiva, para que ele visse os filhos.

A Delegacia de Defesa da Mulher de Juazeiro do Norte instaurou um inquérito para investigar o caso. A Polícia Civil aguarda o suspeito para prestar depoimento nas próximas horas. Se isso não acontecer, será representado um pedido de prisão preventiva. “A gente não tem notícias do seu paradeiro. Infelizmente, durante a investigação do primeiro descumprimento da medida, ela veio a delegacia prestou depoimento falando sobre a situação”, lembra o escrivão Mario Gomes.

Histórico
Este é o primeiro caso de feminicídio em Juazeiro do Norte em 2019. Nos últimos quatro anos, cinco crimes desta natureza foram registrados na terra do Padre Cícero. Já no município vizinho de Crato, uma mulher foi morta a tiros, em pleno Centro da cidade, no último dia 28 de fevereiro. A vítima, Geanne Tavares Souza, de 28 anos, foi assassinada pelo seu ex-companheiro, que não aceitou o fim do relacionamento.

ANTONIO RODRIGUES
COLABORADOR

Fonte: Diário do Nordeste

Curta nossa página no Facebook

Entrar sem querer em grupos do WhatsApp nunca mais! Saiba o que muda

Cada vez mais, os usuários do WhatsApp utilizam os grupos para se conectarem com família, amigos, colegas de trabalho, de classe, etc. “Como as pessoas utilizam grupos para conversas importantes, os usuários nos pediram para que tivessem mais controle ao utilizar o app. Hoje, apresentamos um novo recurso de privacidade e sistema de convite para ajudar você a decidir quem pode adicionar você a um grupo”, diz nota da empresa.

Como fazer?
Para ativá-lo, vá para Configurações no seu aplicativo, e então toque em Conta > Privacidade > Grupos e selecione uma das três opções: “Ninguém”, “Meus contatos”, ou “todos”. “Ninguém” significa que você terá que aprovar a entrada em cada grupo para o qual você foi convidado, e “Meus contatos” significa que somente usuários da sua lista de contatos poderão adicionar você a um grupo.

Nesses casos, será solicitado que a pessoa que convidar você a um grupo envie um convite privado em uma conversa privada, dando a você a escolha de participar de um grupo. Você terá três dias para aceitar o convite antes que ele expire.

Com esses novos recursos, os usuários terão mais controle das mensagens em grupo que receberem. Essas novas configurações de privacidade começarão a entrar em vigor para os usuários a partir de hoje e estarão disponíveis para quem utilizar a última versão do WhatsApp.

Fonte: Diário do Nordeste

Curta nossa página no Facebook

Cariús ganha rodovia estadual e Areninha

Mais uma cidade cearense foi beneficiada com a entrega de um equipamento esportivo e novos quilômetros de estrada pavimentada e sinalizada. Dessa oportunidade foi a vez de Cariús, na região Centro-Sul, receber uma areninha e a nova Rodovia CE-284, trecho que liga a cidade à localidade de Umarizeira, na noite desta terça-feira (2). O governador Camilo Santana esteve presente na inauguração das duas obras, que custaram R$ 278.257,76 e R$ 21.211.135,58, respectivamente.

A nova CE-284, com 21,18 km, ganhou serviços de pavimentação, revestimento asfáltico, drenagem, obras d’arte correntes e especiais, sinalizações (horizontal e vertical) e proteção ambiental. O recurso para a obra foi oriundo do Governo do Ceará e do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), como parte do Ceará de Ponta a Ponta – Programa de Logística e Estradas do Estado. Camilo Santana fez questão de enfatizar a importância da via para a economia local. “Hoje, a gente está aqui entregando uma estrada de quase R$ 22 milhões, que tenho certeza que não beneficia apenas Cariús, mas toda a região. Estrada é desenvolvimento, segurança, oportunidades de negócios, escoamento da produção. Então, nós vamos continuar investindo muito em rodovias”, destacou o governador.

O novo trecho favorece a economia na indústria e no comércio, facilitando o escoamento agrícola e impulsionando a economia do Centro-Sul cearense. Além disso, vai dar mais segurança aos motoristas que utilizam a via corriqueiramente, como é o caso do aposentado José Juvenal, 71 anos. ” Vou sempre visitar meu filho em Umarizeira e gostei bastante de como ficou a estrada, toda sinalizada, bem feita. Antigamente, a gente não tinha muita visibilidade nas curvas, quando percebia já era perto do outro carro. Agora, de longe já avistamos. Ficou muito bom”, comentou o idoso.

Areninha
Como de praxe, Camilo Santana inaugurou o equipamento jogando uma partida de futebol e marcando gol. A nova areninha tem 1.200 m² e conta com alambrados, gramado sintético, iluminação, vestiários e urbanização do seu entorno. O governador aproveitou o momento para enaltecer o papel esportivo e social do espaço. “Uma areninha dessa tem vários objetivos, como descobrir talentos para o futebol, criar escolinha para criancas. É uma forma de despertar talentos e também de prevenção, tirando os jovens das ruas e os trazendo para cá”, disse Camilo, que comunicou que o equipamento vai contar com monitores e ganhar materiais esportivos.

A areninha ficará à disposição da sociedade dia e noite. Para organizar o uso, um comitê gestor foi criado e tem à frente o educador físico Martegiane Lima, 27 anos. O jovem conta como será a gestão compartilhada do equipamento. “A gente está com toda a sistemática montada, horários definidos. A comunidade está muito motivada em participar. Os horários estão organizados para os estudantes e participantes de projetos sociais, que são a nossa prioridade. Há também clubes amadores e demais organizações da sociedade civil que também estamos organizando para encaixar e assim toda a comunidade usufruir do projeto”, disse Martegiane. O gestor informou que já recebeu ofício de cinco escolas, oito times de futebol, um projeto desenvolvido pelo Centro de Referência e Assistência Social (Cras) e outro pelo Município.

Como política de estado determinada pelo governador Camilo Santana, todos os municípios cearenses terão pelo menos uma areninha. Serão 226 areninhas ao todo, com um investimento de R$ 112 milhões. Além dessas, dezenas de outras foram construídas em Fortaleza em parceria com a Prefeitura.

Assessoria de Comunicação/Governo do Estado do Ceará

Curta nossa página no Facebook

ShareThis