Covid-19: 30% dos pacientes do Hospital Santo Antonio, em Barbalha, são da zona rural

Um levantamento do Hospital Santo Antônio (HSA), em Barbalha, que também é referência no tratamento da Covid-19 para 45 municípios da macrorregião de saúde do Cariri, aponta que a cada 10 pacientes internados com a doença, três são da zona rural. A própria terra dos Verdes Canaviais e a cidade vizinha de Juazeiro do Norte lideram a ocupação dos leitos. 

Entre moradores de distritos e comunidades rurais no interior do Estado, há pacientes de três regiões: Cariri, Centro-Sul e Sertão. A situação preocupa, pois, segundo a Secretaria da Saúde do Estado, todos os 10 leitos de unidade de terapia intensiva (UTI) do Hospital Santo Antônio estão ocupados, assim como as 13 vagas de enfermaria.  

Desses pacientes que chegam à 'Ala Covid' desta unidade de saúde, metade são de Barbalha, 15% de Juazeiro do Norte e o restante (35%) dos demais municípios de cobertura da macrorregião de saúde. Os 30% da zona rural estão inseridos dentro do total de pacientes tanto de Barbalha, como de outros municípios. 

Com a lotação, o gestor de Projetos do HSA, Egberto Santos, faz um apelo para a população permanecer em casa para conter o pico de transmissão.

“Caso não possa ficar em casa, ajude os profissionais de saúde tomando todas as medidas necessárias para o combate à covid-19”, tais como o uso de máscara, álcool em gel e mantendo distanciamento entre as demais pessoas”, destacou. 

A coordenadora da Atenção Primária de Barbalha, Quitéria Magalhães, destaca que há 26 equipes de saúde da família (ESF) trabalhando no enfrentamento à doença. Em abril, foi criado um projeto que distribuiu o Município em polos, dividindo em duas a três comunidades rurais.

“Colocamos médicos, cirurgião dentistas, agentes e outros profissionais da saúde para fazer uma mobilização em todos os municípios, de casa em casa, de bar em bar, em campos de futebol, conscientizando as pessoas sobre a doença, da importância do isolamento social, usar máscara. Fazendo educação de que eles sejam protagonistas do autocuidado”, reforça.  

Além disso, ela reforça que tem sito feito um monitoramento diário dos pacientes que chegam a Atenção Primária. Se for sintomático respiratório, entra no sistema de casos suspeitos ou confirmados e é acompanhado por 14 dias, seja por teleatendimento ou na busca ativa dos agentes. “

Por recomendação do Ministério da Saúde, a visita é peridomiciliar. Na zona rural isso está sendo possível”, acredita Quitéria.  A gestora avalia que o resultado está sendo positivo de um modo geral, pois, o monitoramento mostra que os casos na zona rural acontecem em localidades próximas às cidades em que há um grande número de infectados, como Juazeiro do Norte e Crato, que somam 9.075 e 3.037 casos confirmados, respectivamente. 

“A gente consegue ver uma diminuição na procura de sintomáticos nas nossas unidades, mas, ali (nos sítios limítrofes), a gente reconhece que precisa cuidar mais”, admite Quitétria.  

Por Antonio Rodrigues

Fonte: Diário do Nordeste

Curta nossa página no Facebook

Ceará terá novos hospitais de alta complexidade e concurso público, anuncia Camilo Santana

O governador Camilo Santana anunciou, na manhã desta sexta-feira (24), as primeiras ações da Fundação Regional de Saúde. Como atividades iniciais, a instituição planeja ampliar o atendimento hospitalar no Interior com a criação de hospitais de alta complexidade nas cinco macrorregiões do Ceará. Ainda em transmissão no Facebook, ele  também afirmou que em breve lançará um concurso público.  

"O Ceará foi divido em cinco macrorregiões de saúde. Cada macrorregião dessa, até o final do nosso governo, vai ter um hospital de alta complexidade, a universalização do Samu, a gente está chegando quase em 100%. Todos os municípios serão atendidos com o Samu 24h. Todas as ações tem esse objetivo que o cidadão não precise se deslocar 200km, 300km, 400km, para ser atendido com um procedimento de saúde. Isso que vai mudar a realidade da vida das pessoas", ressaltou Camilo Santana.

Assista:


Ainda em transmissão pelo Facebook, o governador Camilo Santana destacou que será anunciado um concurso público para entrada de profissionais de saúde na Fundação Regional de Saúde. "Em breve, vamos está anunciando concurso público para esa Fundação. Serão profissionais selecionados publicamente para cumprir sua missão nos hospitais, nas policlínicas. Enfim, em toda estrutura de saúde publica do Estado do Ceará. Estamos dando passos importantes. Essa pandemia mostrou muitas cicatrizes de desigualdade".

O concurso será para ocupar cargos na Capital e no Interior. A Secretaria de Saúde (Sesa) informou á reportagem que ainda está sendo preparado um cronograma de planejamento do certame.

Sob a coordenação geral da Sesa, autoridade regulatória da qualidade de Saúde do Estado, a Fundação Regional de Saúde também terá como função apoiar os municípios na execução dos seus serviços regionais de saúde e a Comissão Intergestores Regional em sua governança interfederativa regional, uma vez que as regiões de saúde não possuem personalidade jurídica. Para isso, contará com unidades descentralizadas – as agências regionais de saúde – nas regiões de saúde do estado, para apoiar as atividades técnico-administrativas necessárias a boa atuação da região para garantia de serviços à população, com o apoio da Sesa como autoridade regulatória.

A Fundação Regional de Saúde não será mantida pelo Estado, mas prestará serviço ao poder público mediante contrato, com autonomia para captar outras fontes de receitas.

Fonte: Diário do Nordeste

Curta nossa página no Facebook

Juazeiro do Norte supera os 9 mil infectados pela Covid-19; só outras duas cidades atingiram essa marca

Cinco dias após atingir a marca de 8 mil infectados pelo novo coronavírus, a cidade de Juazeiro do Norte superou, ontem (23), o índice de nove mil casos (9.075), conforme dados da Secretaria da Saúde do Município. Com isso, a terra do Cícero é a terceira cidade a superar essa marca, ficando atrás apenas de Fortaleza (40.671) e Sobral (9.965), segundo os dados da plataforma IntegraSUS, da Secretaria da Saúde do Estado. 

O número de casos confirmados saltou de 7.426, no último dia 16 de julho, para 9.0725, um acréscimo de 1.649, o que representa aumento de 22,2%. Isso dá, em média, 235,5 pessoas infectadas pelo novo coronavírus por dia. Neste mesmo período, Sobral, que é a segunda cidade com maior número de casos, teve um crescimento de 6%.

Estes números apontam que Juazeiro do Norte, se houver manutenção da curva, superará Sobral em números de casos já na próxima semana. Há um mês, o Município acumulava 1.892 casos. Isso mostra que, entre o intervalo de 23 de julho a 23 de junho, houve um acréscimo de 379%. A título de comparação, no mesmo período, Sobral teve um aumento de proporcional de 70%.

Enquanto a terra do Padre Cícero segue em isolamento social mais rígido, a partir de decreto do Governo do Estado, a maior cidade da região Norte avançou para a fase 1 do plano de retomada das atividades econômicas, tendo reaberto, com algumas restrições, todo seu comércio na última quarta-feira (22), incluindo atacadista e varejista, shoppings e exibição cinematográfica por meio de "drive in". 

Óbitos 
Nas últimas 24 horas, foram confirmadas mais quatro mortes em decorrência da doença em Juazeiro do Norte. Os óbitos ocorreram entre os dias 9 e 22 de julho. Trata-se de duas mulheres, de 75 e 102 anos, ambas com comorbidades; e dois homens, de 49 e 85 anos, dos quais um tinha comorbidade. Com isso, o Município chega a 197 vítimas do novo coronavírus. Há uma semana, este número era de 174. A média em uma semana é de 3,28 mortes por dia.

Porém, se levar em consideração o intervalo entre os dias 22 de junho e 22 de julho, o Município apresentou uma redução no número de óbitos, mesmo com o aumento de infectados. Os dados da Secretaria de Saúde do Município indicam uma queda de 3,36% para 2,19% em um mês. A taxa de incidência é de um contaminado para 30,2 mil habitantes.  

A secretária da Saúde de Juazeiro do Norte, Glauciane Torres, afirma que aumento nos casos da Covid-19 já era esperando, principalmente em função da ampliação da testagem, que vem acontecendo inclusive em áreas da zona rural.

“Queremos, com isso, ter um retrato fiel da realidade, mas o que nos importa sobretudo é que os números de óbitos estão em decréscimo e isso significa que as medidas estão sendo efetivas e nós estamos conseguindo salvar vidas”, avalia. 

Até agora, 24.643 pessoas já foram testadas na cidade, o que representa 8,98% de sua população, estimada em 274 mil habitantes. “É importante destacar que estão sendo testados os profissionais de saúde, por estarem na linha de frente de combate à pandemia, e alguns são assintomáticos. Todos têm o dever de continuarem testando por esta condição”, ressalta a secretária.  

Mesmo com o grande aumento de casos de Covid -19, Glauciane reforça que isso não significa que sejam pacientes graves por haver um número significativo de pessoas assintomáticas. Dos 9.075 infectados, apenas 79 estão hospitalizados, enquanto 4.018 permanecem em isolamento domiciliar. O restante já está recuperado.

“O que nos preocupa mais é a taxa de letalidade, que caiu para 2,17%. Ela nos guia na assertividade das nossas ações é a queda na taxa de letalidade, ou seja, são mais vidas que estão sendo salvas”, avalia Glauciane. 

Por Antonio Rodrigues

Fonte: Diário do Nordeste

Curta nossa página no Facebook

Municípios cearenses vão receber cerca de 2 milhões de EPIs para profissionais no combate à pandemia

O Governo do Ceará iniciou a distribuição de cerca de 2 milhões de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para profissionais atuando no combate à Covid-19 nos municípios do interior. O material chegou a Fortaleza na última sexta-feira (17). Segundo divulgou o governador Camilo Santana em live nesta quinta-feira (23), essa é a segunda remessa de EPIs destinada aos municípios.

Santana também anunciou medidas sanitárias no Aeroporto de Fortaleza, em parceria com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), com instalação de uma barreira sanitária para medição de temperatura nos passageiros que chegam à capital, e testagem de todos os profissionais do Aeroporto.

“Uma das mais importantes ações que precisamos fazer agora é monitoramento, rastreamento, acompanhamento, são protocolos pra que a gente possa manter o controle da pandemia aqui no estado do Ceará”, comentou o governador.

Ainda anunciando as medidas o estado diante da pandemia, Camilo Santana afirmou que no próximo mês de agosto deve lançar um pacote de investimentos para acelerar o crescimento da economia.

Fonte: G1 CE

Curta nossa página no Facebook

24 de julho

1883 - O município de Campos dos Goytacazes, no estado do Rio de Janeiro, torna-se a primeira cidade da América Latina a ter iluminação pública.
1969 - Projeto Apollo: a Apollo 11 regressa à Terra ao cair no Oceano Pacífico.
2005 - O ciclista norte-americano Lance Armstrong vence pela sétima vez consecutiva a Volta à França.

Nasceram neste dia…
1783 - Simón Bolívar, político venezuelano (m. 1830).
1802 - Alexandre Dumas, pai, escritor francês (m. 1870).
1976 - Tiago Vagaroso Monteiro, ex-piloto português de Fórmula 1.

Morreram neste dia…
1568 - Carlos de Espanha, Príncipe das Astúrias (n. 1545).
1974 - James Chadwick, físico britânico (n. 1891).
2003 - Rogério Cardoso (foto), ator e comediante brasileiro (n. 1937).

Fonte: Wikipédia

Pesquisa aponta que o ápice de novos casos de Covid-19 em Juazeiro do Norte pode ocorrer ainda nesta semana

Quatro meses após o primeiro registro de pacientes infectados pelo novo coronavírus no Estado, a doença se alastrou e já flutuou por todas as cidades cearenses. O emprego do verbo flutuar justifica-se diante da sua capacidade de traduzir o perfil nômade do vírus SARS-CoV-2. O primeiro epicentro da doença foi na Capital cearense. Em seguida, após a curva de contágio se estabilizar em Fortaleza, as atenções (e preocupações) se voltaram a Sobral. Agora, os cuidados recaem sobre a região Sul, sobretudo em Juazeiro do Norte, cidade na qual vive seu momento mais delicado.

Conforme uma pesquisa do Mesor (Modelagem Estatística, Simulação e Otimização de Risco) da Universidade Federal do Cariri, feita a pedido do Sistema Verdes Mares, o pico da doença em Juazeiro deve ser presenciado nesta semana. O estudo levou em consideração números consolidados entre o dia 23 de março - data do primeiro registro na cidade - a 19 de julho, período em que foi realizada a análise.

Os dados foram extraídos da Secretaria da Saúde do Município. O coordenador do Mesor, Paulo Renato Firmino, explica, porém, que este cenário pode sofrer mutação a partir da atualização de novos casos.

"É uma projeção feita a partir da análise matemática da curva de disseminação dos casos registrados. Utilizamos dois métodos, um tradicional, conhecido pela sigla SIR, e o que propomos, o NCB [non-central beta]. A variação diária de novos casos pode mudar, adiando ou até mesmo antecipando essa projeção de pico", detalha. Esse ápice poderia ocorrer, segundo o Mesor, a partir de hoje (22).

Preocupante
Em números absolutos, o cenário é crítico. Em 23 de abril, um mês após o primeiro caso confirmado, a cidade chegou a 11 infectados. Um crescimento tímido. Trinta dias após, este número saltou para 146. Mais um mês decorrido e o índice de infectados em Juazeiro do Norte já estava em 1.892. A partir de então a disseminação do vírus ocorreu de forma rápida, contínua e progressiva. O atual mês de julho tem sido o mais preocupante.

Foram 4.919 novos casos registrados em apenas 19 dias, o que converge para uma média diária de 258,8 infectados. Até ontem (21) já eram 8.374 pessoas infectadas pela Covid-19.

Em um intervalo de um mês (21 de julho a 21 de junho), o acréscimo foi de 407,5%. O número de óbitos também apresentou alta. Em 21 de julho, 59 vidas tinham sido silenciadas em decorrência da doença. Até ontem, eram 182, salto de 208%. O balanço foi feito pelo Núcleo de Dados do SVM.

Com a manutenção da curva, Juazeiro do Norte deve superar Sobral e alcançar, até a próxima semana, o indigesto posto de segunda cidade cearense com mais casos do novo coronavírus, hoje ocupado por Sobral, com 9.600 infectados. Há um mês, a cidade da região Norte tinha 5.421 casos. Neste intervalo, enquanto Juazeiro avançou quase 410%, Sobral apresentou alta de 77%. O índice revela uma tendência de queda da disseminação.

A projeção, inclusive, norteou a decisão do Governo do Estado em permitir que Sobral avançasse para a fase 1 do plano de retomada das atividades econômicas. A partir de hoje (22) comércios atacadista e varejista, shoppings e exibição cinematográfica por meio de "drive in" passam a poder funcionar em Sobral.

Diante deste cenário de alta, é natural que a taxa de ocupação dos leitos seja acompanhada com mais atenção. A capacidade de atendimento ofertada pelo município pode representar mais vidas salvas numa pandemia. Os números, entretanto, sugerem cuidado.

Ocupação
Dos 89 leitos de UTI do Hospital Regional do Cariri (HRC), 74 estão ocupados (83,15%). Já para os leitos de enfermaria, a taxa de ocupação é de 76%. Os dados são do IntegraSus, plataforma oficial da Secretaria da Saúde (Sesa) do Estado.

Questionada se o aumento nos casos em Juazeiro do Norte inspira preocupação e se a rede hospitalar está apta a atender a alta demanda, a secretária da Saúde, Glauciane Torres, não respondeu até o fechamento da matéria.

Cenário futuro 
A infectologista Mônica Saldanha avalia que há uma relação entre a quebra das medidas de isolamento e o elevado número de casos. Segundo explica, quanto maior o contato entre pessoas, maior a chance de transmissão da doença.

“Embora a Covid-19 possa ser transmitida por aerossol, a principal forma é através de gotícula e isso só é possível se as pessoas tiveram aglomeradas”.

Para reduzir essa curva de contágio, Saldanha considera apenas uma alternativa. “Respeitar o distanciamento e, quem precisar sair de casa, que faça o uso dos EPIs”. 

O professor Paulo Renato, autor do estudo do Mesor, concorda com a profissional da saúde e acrescenta que os números alarmantes da doença em Juazeiro estão intimamente ligados a postura da sociedade. “É um reflexo. A análise estatística é pautada no cotidiano. Sem a conscientização da sociedade os números não irão declinar e ainda teremos um prolongamento deste pico, o que representa mais dias sob altos números diários de contaminação”, explica.  

Em uma realidade oposta, onde as medidas de isolamento sejam respeitadas, a projeção do Mesor é de que a taxa de contágio siga até o fim de outubro. Ainda conforme a projeção da pesquisa, em 23 de outubro deste ano, Juazeiro do Norte terá atingido a marca de 19.463 infectados. A partir de então, entra num processo de decréscimo até chegar a disseminação zero. “A análise é feita baseada nos números atuais, então reafirmo que pode ocorrer mudanças”, acrescenta. 

A preocupação do analista em uma possível mudança no cenário futuro é alicerçada nas decisões governamentais adotadas no curso da pandemia. “Em alguns locais, o comércio foi aberto precocemente, o que ensejou em uma nova onda de contágio. Aqui no Cariri, em Barbalha, fala-se em realizar a festa do Pau da Bandeira justamente em outubro. É uma temeridade e pode acabar acarretando na prorrogação da pandemia”, avalia. Barbalha e Juazeiro do Norte estão atualmente em ‘lockdown’.  

Por André Costa

Fonte: Diário do Nordeste

Curta nossa página no Facebook

22 de julho

1942 - Holocausto: tem início a deportação sistemática dos judeus do Gueto de Varsóvia.
1944 - Ocorre a Conferência Internacional Monetária de Bretton Woods, que estabelece a criação do Fundo Monetário Internacional e do Banco Mundial.
2005 - O emigrante brasileiro Jean Charles de Menezes é morto pela polícia metropolitana londrina, dentro do metrô de Londres, depois de ser confundido com um homem-bomba.

Nasceram neste dia…
1478 - Filipe I de Castela (m. 1506).
1898 - Alexander Calder, artista plástico estadunidense (m. 1976).
1920 - Florestan Fernandes (foto), sociólogo brasileiro (m. 1995).

Morreram neste dia…
1461 - Carlos VII de França (n. 1403).
1990 - Manuel Puig, escritor argentino (n. 1932).
2006 - Gianfrancesco Guarnieri, ator, dramaturgo e poeta brasileiro (n. 1934).

Fonte: Wikipédia

Em oito anos, geração de lixo perigoso cresce 273,5 % no Ceará

O Ceará registrou aumento de 273,5% na produção de resíduo classificado como perigoso entre 2012 e 2019. No período de oito anos, as indústrias de extração mineral, química e de produtos alimentares foram as três que mais contribuíram com a geração de lixo tóxico. Em 2012 foram produzidas cerca de 10 mil toneladas. No ano passado, 37.351 mil toneladas. Os dados são do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), por meio do Painel da Geração de Resíduos no Brasil.

O técnico e consultor em gestão ambiental André Wirtzbiki alerta que o lixo perigoso traz "enormes impactos ao meio ambiente" e, por isso, precisa ter tratamento e destinação final corretos. "O resíduo da indústria química é considerado perigoso e de alto potencial degradador", frisou. Ele ressalta que é preciso trato na gestão deste lixo para dirimir os impactos. "As alternativas tecnológicas que as empresas devem adotar são fundamentais para reduzir esses danos, a partir de adoção de práticas sustentáveis".

O gargalo, no entanto, reside na fiscalização destas empresas que lidam com este tipo de resíduo. A Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace) explica que cabe aos municípios cobrar e acompanhar os Planos de Gerenciamento de Resíduos Sólidos (PGRS) das empresas. Esse documento, segundo explica Wirtzbiki, é obrigatório para obtenção de licença e alvará de funcionamento.

No Ceará, são 35 municípios que têm autoridade ambiental para emitir licenças, fiscalizar e aplicar sanções. "Autuação, aplicação de multa, cancelamento de alvarás, de licenças e responsabilidade civil e penas por prática de crime ambiental", detalha André.

A fiscalização da Semace é feita quando a empresa deixa de cumprir planos e apresentar documentos ou por denúncia da sociedade e do Ministério Público. A Superintendência Estadual do Meio Ambiente foi questionada quanto ao número de autuação realizadas entre 2012 e 2019, mas até o fechamento desta matéria a informação não foi enviada.

Dificuldade
O crescente volume na produção do lixo pode estar relacionado, segundo André Wirtzbiki, a uma limitação dos municípios em acompanharem o descarte correto do resíduo. "Infelizmente, a maioria não o faz (a fiscalização), não dispõe de estrutura e de pessoal qualificado", lamenta.

O coordenador de Desenvolvimento Sustentável da Secretaria de Meio Ambiente do Ceará (Sema), André Pereira, explica que a empresa produtora do lixo é responsável pela coleta adequada e destino final dos resíduos perigosos ou não e reforça que "cabe aos municípios fazer esse acompanhamento".

O mestre em desenvolvimento ambiental Paulo Ferreira Maciel defende mudanças no trato com as normativas que gerem a produção e descarte desse lixo perigoso. Dentre elas, Maciel cita a necessidade de maior transparência das informações sobre a produção e o controle quanto ao destino final dos resíduos sólidos e líquidos por parte das empresas geradoras.

Ele destaca ainda a importância da unificação de todos os bancos de dados no âmbito municipal, estadual e federal. "Sem essa reunião de dados não conheceremos a real dimensão do que é produzido e para onde e como é colocado no meio ambiente".

Volume
Na série pesquisada pelo Ibama, o ano de menor produção do lixo perigoso foi em 2013, com 8.597 toneladas. No somatório de oito anos, a indústria de extração mineral foi a que mais produziu lixo (1.301.769 toneladas).

Por Honório Barbosa

Fonte: Diário do Nordeste

Curta nossa página no Facebook

UFCA abre processo seletivo para profissionais especializados em Libras

A Universidade Federal do Cariri (UFCA) está com inscrições abertas para o Processo Seletivo Simplificado para contratação, por tempo determinado, de dois profissionais Técnico Especializado em Língua de Sinais – Libras, de nível superior, para atender as necessidades temporárias de excepcional interesse público na UFCA.

As inscrições devem ser feitas na Plataforma Forms de 20 a 29 de julho de 2020. O processo seletivo será realizado remotamente, por vídeo ou webconferência, e será composto de duas fases: prova de desempenho prático e prova de títulos.

A inscrição tem taxa no valor de R$ 115,00. O regime de trabalho é de 40 horas semanais.

Acompanhe o processo seletivo no Portal da UFCA.

Curta nossa página no Facebook

10 apps que podem drenar a bateria do celular sem que você saiba

Se a bateria do seu smartphone não dura até o fim do dia, pode ser que problema não seja o aparelho, mas sim os aplicativos que você instalou nele. Segundo um estudo global realizado pela empresa de antivírus Avast, apps como o Facebook ou o Instagram, podem drenar sua bateria silenciosamente, quando são executados em segundo plano em um dispositivo com sistema Android.

O relatório da Avast abrange também aplicativos que podem consumir muita bateria do seu smartphone durante o uso. Nesse caso, o campeão é o Snapchat, que usa câmera, conexão com a internet (Wi-Fi ou 4G) e geolocalização simultaneamente.

Veja quais são os aplicativos que podem consumir muita bateria no seu celular, seja durante o uso ou em segundo plano.



Fonte: Exame.com

Curta nossa página no Facebook

Governo do Ceará distribui kits de higiene para famílias do Cariri

Famílias beneficiadas pelo Programa Mais Infância Ceará de 20 municípios cearenses recebem, a partir desta segunda-feira (20), a doação de 12 mil kits de higiene para auxiliar no combate à Covid-19. Até o fim deste mês de julho, as cidades que tiveram avanço no número de casos da doença e estão ou estiveram em Isolamento Social Rígido serão contempladas com os produtos. A ação, articulada pelo Unicef, é uma parceria entre o Governo do Ceará, Instituto Unibanco e Instituto da Primeira Infância (Iprede).

"Seguimos focados em minimizar os danos do coronavírus às famílias em situação de vulnerabilidade social no Ceará. A oferta desses produtos é uma maneira de dar mais condição para que essas pessoas enfrentem a pandemia e, com isso, consigam se proteger. Estamos buscando sempre dar mais auxílio aos que mais necessitam", enfatiza a primeira-dama do Ceará, Onélia Santana.

O benefício vai atender as famílias do Cartão Mais Infância, do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Infantil (Padin) e do Primeira Infância no SUAS / Criança Feliz, de Barbalha, Bela Cruz, Brejo Santo, Canindé, Cascavel, Crateús, Crato, Eusébio, Horizonte, Iguatu, Maranguape, Morada Nova, Pacatuba, Quixadá, Quixeramobim, Redenção, Russas, São Gonçalo do Amarante, Tianguá e Viçosa do Ceará.

“A SPS tem contribuído com a distribuição dos kits, trabalhando na logística e fazendo todas as articulações possíveis para garantir que esse material chegue às famílias em vulnerabilidade social no menor tempo possível”, destaca a titular da Secretaria de Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos, Socorro França.

Os kits de higiene contém 18 itens para higiene pessoal e do domicílio, com álcool gel, sabonete, detergente, sabão em barra, sabão em pó, água sanitária, papel higiênico, máscaras reutilizáveis e creme dental. Junto aos kits serão entregues cartilhas com orientações para crianças e suas famílias quanto à prevenção ao coronavírus.

Solidariedade
Desde o início da pandemia, no mês de março, já foram distribuídos cerca de 30 mil kits de higiene, 1.090 cestas básicas e aproximadamente 57 toneladas de alimentos "in natura", por meio de parceria entre o Governo do Ceará, Instituto Unibanco, Fundação Maria Cecília Souto Vidigal (FMCSV) e Instituto da Primeira Infância (Iprede). As doações contemplaram milhares de famílias atendidas pelo Programa Mais Infância Ceará, vítimas de enchentes, entidades artesanais cearenses, artistas circenses da Grande Fortaleza e instituições que atendem pessoas em situação de rua, crianças com câncer e fissura lábio-palatal.

Reforço no Cariri
Na última semana, famílias da Região do Cariri em situação de vulnerabilidade dos povos e comunidades tradicionais (PCT’S) foram beneficiadas com a doação de 500 cestas de alimentos, por meio de ação do Estado, em parceria com o Instituto da Primeira Infância (Iprede) e Xand Avião. As famílias contempladas, com crianças na primeira infância, são de oito municípios da região: Araripe, Aurora, Barro, Crato, Juazeiro do Norte, Porteiras, Potengi e Salitre. As cestas foram doadas pelo Iprede e viabilizadas pelo cantor Xand Avião.

Curta nossa página no Facebook

Vacina de Oxford tem resultado positivo em primeiros testes com humanos

Desenvolvida pela Universidade de Oxford em parceria com a farmacêutica Astrazeneca, a vacina contra a Covid-19 teve resultados positivos em sua primeira fase de testes com humanos. Os resultados publicados na manhã desta segunda-feira, 20, na revista The Lancet uma das mais reputadas publicações científicas do mundo, indicam que o imunizante é capaz de induzir forte resposta imune em duas frentes do sistema imunológico: as células T e os anticorpos.

“O sistema imunológico tem duas maneiras de encontrar e atacar patógenos – respostas de anticorpos e células T. Esta vacina visa induzir ambos, para que possa atacar o vírus quando circula no corpo, bem como atacar células infectadas. Esperamos que isso signifique que o sistema imunológico se lembre do vírus, para que nossa vacina proteja as pessoas por um período prolongado. No entanto, precisamos de mais pesquisas antes de confirmarmos que a vacina protege efetivamente contra a infecção por SARS-CoV-2 e por quanto tempo dura a proteção. ”, disse o professor Andrew Pollard, da Universidade de Oxford, no Reino Unido, principal pesquisador do estudo.

Os resultados preliminares são fruto do estudo fase 1/2, que envolveu 1.077 adultos saudáveis, com idades entre 18 e 55 anos, no Reino Unido. Os participantes que receberam a vacina, chama de ChAdOx1 nCoV-19, desenvolveram células T dentro de 14 dias após a vacinação e uma resposta de anticorpos em 28 dias. Os pesquisadores sugerem que haverá uma resposta ainda mais efetiva com uma segunda dose do fármaco, de acordo com um sub-grupo de estudo com dez participantes.

A presença de célula T indica uma resposta imune celular, que tem a função de encontrar e atacar células infectadas pelo vírus. Já os anticorpos são uma resposta imune humoral, que encontram e ataca o vírus que está em circulação no sangue ou no sistema linfático. 

Os efeitos adversos apresentados foram brandos, em sua maior parte fadiga e dor de cabeça. A análise, no entanto, informa que os sintomas foram, em grande parte, controlados com o uso de paracetamol.

Os pesquisadores ressaltam que o estudo atual é preliminar demais para confirmar se a nova vacina é eficaz contra o coronavírus. Essa questão será respondida por ensaios de fase 2, realizados somente no Reino Unido, e de fase 3, em andamento no Reino Unido, Brasil e África do Sul.

Para ser considerada eficaz, uma vacina contra o SARS-CoV-2, nome oficial do novo coronavírus, deve ser capaz de oferecer proteção por um período mínimo de seis meses após a aplicação de uma ou duas doses. Além disso, é fundamental que ela seja capaz de reduzir a transmissão do vírus e funcione em populações-alvo, incluindo idosos e pessoas com outras condições de saúde.

Como foi conduzido o estudo
O estudo recém publicado foi realizado em cinco hospitais do Reino Unido entre 23 de abril e 21 de maio deste ano. Os dados incluídos no artigo cobriram os primeiros 56 dias após a aplicação da vacina, mas os participantes continuarão em acompanhamento.

Os participantes foram divididos aleatoriamente em dois grupos: 543 pessoas receberam a nova vacina e outras 543 receberam a vacina conjugada meningocócica, usada como controle neste estudo. Destes, 113 pessoas (56 do grupo da vacina e 57 no grupo controle) também foram orientados a tomar paracetamol antes e 24 horas após a vacinação para ajudar a reduzir possíveis reações.

Todos foram submetido a exames de sangue e avaliações clínicas para determinar se a vacina era segura e se provocou uma resposta imune. Os participantes também foram convidados a registrar quaisquer eventos adversos nesse período. Para fins de estudo, eles foram divididos em quatro subgrupos.

O grupo 1, composto por 88 pessoas, formou a fase 1 do estudo. Para isso, esses participantes tiveram monitoramento de segurança adicional e avaliação de respostas de anticorpos e células T. O grupo 2, com 412 pessoas, precisou realizar exames de sangue extra para avaliar as respostas de anticorpos e células T, e o grupo 4, com 567 pessoas, precisou fornecer plasma para os pesquisadores avaliarem apenas a resposta de anticorpos.

Já o grupo 3, composto por apenas 10 pessoas, não houve controle. Todos os participantes receberam a vacina contra Covid-19. A diferença é que em vez de apenas uma dose, eles receberam duas, que foi administrada 28 dias após a primeira vacina. O objetivo era determinar a segurança da aplicação de mais de uma dose e verificar se essa estratégia aumenta as respostas de anticorpos e células T.

Como relatado anteriormente, a vacina foi considerada segura. Os efeitos adversos incluíram fadiga, dor de cabeça, dor no local da injeção, dor muscular, mal-estar, calafrio, sensação de febre e febre de fato. No entanto, os participantes do grupo que foi orientado a tomar paracetamol durante a vacinação apresentaram menos dor, calafrios, sensação de febre, dor muscular, dor de cabeça e mal-estar nos dois dias após a vacinação. Além disso, nas 10 pessoas que receberam a dose extra da vacina contra Covid-19, os efeitos colaterais foram menos comuns após a segunda dose.

Fonte: Veja

Curta nossa página no Facebook

Camilo Santana sanciona a Lei que cria o Conselho de Governadores do Ceará

O Governador do Ceará, Camilo Santana, sancionou nesta segunda-feira (20) a Lei que cria o Conselho de Governadores do Ceará. O projeto já havia sido aprovado pela Assembleia Legislativa na última quinta-feira (16), em sessão remota realizada com a presença de 36 deputados estaduais.

Segundo o projeto, as reuniões deverão ocorrer duas vezes ao ano, sem recebimento de gratificação. “É uma instância democrática, de diálogo e aconselhamento, que muito terá a contribuir com nosso Estado. Agradeço a cada um dos ex-governadores, Cid Gomes, Lúcio Alcântara, Tasso Jereissati, Ciro Gomes, Francisco Aguiar, Gonzaga Mota e Adauto Bezerra por terem aceito nosso convite para contribuir, mais uma vez, para o engrandecimento da nossa terra”, afirmou Camilo.

O governador disse também que a ideia do Conselho já existia há algum tempo, mas acredita que este é o momento certo, quando o Brasil e o mundo passam por grandes transformações, sobretudo diante dessa pandemia. “São pessoas que também vivenciaram vários desafios, outras experiências, e que têm muito a colaborar com o nosso Estado. Os interesses do Ceará devem estar sempre acima de quaisquer questões partidárias ou ideológicas. O Conselho de Governadores será muito importante para o Ceará”, finalizou o governador.

Curta nossa página no Facebook

21 de julho

356 a.C. - Heróstrato destrói o templo de Ártemis, uma das sete maravilhas do Mundo Antigo.
1798 - Napoleão Bonaparte conquista o Egito ao derrotar as forças locais mamelucas na Batalha das Pirâmides.
1983 - Na Antártica, registra-se a mais baixa temperatura da História: - 89,2 graus Celsius.

Nasceram neste dia…
1816 - Paul Julius Reuter, empresário alemão (m. 1899).
1899 - Ernest Hemingway (foto), escritor estado-unidense (m. 1961).
1941 - Diogo Freitas do Amaral, político português.

Morreram neste dia…
1425 - Manuel II Paleólogo, imperador bizantino (n. 1350).
1998 - Alan Shepard, astronauta estadunidense (n. 1923).
2006 - Roberto Cardoso de Oliveira, antropólogo brasileiro (n. 1928).

Fonte: Wikipédia