O roteiro da Folia se espalha pelos quatro cantos do Estado do Ceará

O Diário do Nordeste realizou um levantamento com os municípios que tradicionalmente promovem a animação no Interior do Estado. No contexto de três anos de seca, muitos deles desistiram, cortaram gastos ou buscaram a iniciativa privada para garantir a diversão e manter a renda da festa

1. São Gonçalo do Amarante: A festa em São Gonçalo está confirmada. Mas, neste ano, por causa da seca, a Prefeitura foca na sustentabilidade. Com o tema "Feche a torneira e caia na folia", serão realizados cortejos culturais, bandinhas de músicas e blocos em todos os distritos do município.

2. Guaramiranga: Os quatro dias de Carnaval na serra serão envolvidos pelo tom do Festival Jazz & Blues, que anualmente traz artistas de renome internacional do gênero para as terras cearenses. Entre as principais atrações estão Daniel Jobim (RJ) e Willie Walker Band (EUA).

3. Aracati: A folia começa com o Pré-Carnaval Maranathá, na quarta-feira (11), e só termina na quarta-feira de cinzas, com o Bloco dos Loucos, na Praça da Coluna. Para a animação em Majorlândia ou no Corredor da Folia (Rua Cel. Pompeu), serão nove bandas locais, dez estaduais e quatro de outros Estados.

4. Crato: No município de Crato, o período carnavalesco será movimentado por conhecidos grupos de cultura popular da região. Na comunidade do Carrapato, haverá o tradicional maracatu local. Outro ponto alto serão os desfiles das escolas de samba dos bairros.

5. Quixadá: A população deste município terá festa de sábado até a terça de Carnaval, com bandas locais fazendo apresentação na Praça José de Barros. Entre as atrações, estão as bandas Forró Bota pra Cima, Farra da Galera, Forró Cangaço, Rodolfo Gomes e Alucinasamba.

6. Beberibe: Neste município, que agrega duas das mais belas praias do Estado, Morro Branco e Praia das Fontes, a pedida deste Carnaval serão os paredões de som, que atraem uma multidão de foliões. Várias casas na região estão sendo disponibilizadas para locação durante o período.

7. Aquiraz: Neste município, as opções para quem quer curtir a folia são as praias de Iguape e Prainha, com apresentação de duas bandas por noite em cada uma. Há, ainda, os tradicionais blocos carnavalescos da Praia do Presídio, promovidos pela população local.

8. Quixeré: Neste município da região jaguaribana, a festa será garantida pelas bandas Abadala, Pegada Black, Forró do Balançado, Forró do Sheriff e Flash Dance. Esta última trará ao público músicas que foram sucesso em outras décadas.

9. Paracuru: Quem estiver na cidade poderá aproveitar a folia em dois locais: a Praça do Farol, a partir das 15h, e a Praça de Eventos, a partir das 20h. Diante da crise hídrica, o município não contratou bandas, mas a festa será garantida por meio de equipamentos de som. Haverá, ainda, tradicional desfile de blocos.

10. Cascavel: A pedida para quem for curtir o Carnaval em Cascavel é aproveitar as belezas naturais da cidade, com as praias da Caponga, Barra Nova e Águas Belas. À noite, há opção de bailes carnavalescos ao som de marchinhas, frevo e samba, na praça da Igreja Matriz.

11. Jaguaruana: A cidade promete realizar a maior folia da região jaguaribana, levando diversas atrações à Praça Adolfo Caminha da Rocha, de sexta até terça-feira. O "Carnaruana" terá diversas atrações, entre as quais: Sunsamba, Timbaleira, Samira, Xexéu (ex-Timbalada) e Axé Beat.

12. Camocim: O Carnaval em Camocim foi reduzido em 50%, gerando grande economia aos cofres públicos. Ainda assim, haverá diversas atrações na cidade: Selva Branca, Luís Marcelo e Gabriel, Ítalo e Renno, Cobra Criada, Ivo Brown, Oito7Nove4, Forró Meu Anjo, Frennesy, Forró Misturado, Karine Mitre, Banda Mistura, Forró Esquenta e Banda Fanfarra.

13. Várzea Alegre: A cidade será a única da região Centro-Sul a promover Carnaval. Neste ano, os festejos serão realizados pela iniciativa privada, sendo cobrada taxa de R$ 5 para acessar o espaço. Haverá shows com as bandas Prabalá, Forró 100%, Axé Meu Rei, Forró Real e Beto Barbosa, entre outras.

14. São Benedito: O município da Serra da Ibiapaba realizará festa a partir de sábado, no calçadão do Espaço do Povo. Estão confirmadas as atrações: Nana Chica, Karine Mitre, Pé de Ouro, Banana Boa (Bahia), Forró de Paredão, Afoxé, Marcelo Serra e Psiu.

15. Acaraú: Nesta cidade, a folia será na Praça do Centenário, a partir de sexta-feira (13). O evento será particular, com ingresso custando R$ 100 para os cinco dias. Entre as atrações, estão: Simone e Simaria, Matheus Fernandes, Real Elétrico, Prabalá e Oito7Nove4.

16. Mauriti: Quatro noites animarão o Carnaval no município de Mauriti, na região do Cariri. A festa, que será realizada de 14 a 17 de fevereiro, terá como quartel-general a Avenida Buriti Grande, no Centro da cidade, e será animada pelas bandas Requebrança, Forró Esticado, Forró do Movimento, Solteirões, Uz Garotos, Pegado, Flávio e Pisada Quente e o DJ Cid Mix. O Carnaval deste ano será totalmente custeado pela iniciativa privada, por meio de parceria com a Prefeitura.

17. Ipu: No município de Ipu, a festa está confirmada pela Prefeitura e tem como ponto de encontro a Praça da Estação. No local, haverá apresentação de bandas locais, regionais e da Bahia. Diferentemente de anos anteriores, o tradicional trio elétrico foi substituído pelo palco.

18. Fortim: No município do Litoral Leste, a Prefeitura garantiu a realização da festa, que ganhou o nome de "Carnaval do Novo Sol". A Secretaria de Turismo local trabalha para acertar os últimos detalhes da contratação das bandas que farão a folia da população.

19. Granja: Este município fechou a programação com Axé Beat, É o Cheffe e Swing do Paredão no sábado; Swing do Paredão, As coleguinhas e Karine Mitre, no Domingo; Forró da Diretoria, Forró Real e Forró Misturado, na segunda; e Swing do Paredão, Xé Pop e Frennesy, na terça.

Fonte: Diário do Nordeste



PT usa festa para acusar golpe "em curso" contra Dilma

Em vez da autocrítica sobre os desvios, o alto comando do PT decidiu transformar a festa dos 35 anos do partido, comemorado nesta sexta-feira (6) em Belo Horizonte, numa denúncia de conspiração sobre um suposto golpe que ganhou curso com a reeleição da presidente Dilma Rousseff. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva anteviu o ambiente que começa a ser construído, com uma frase emblemática: “Se ficarmos quietos, a sentença já está dada”, afirmou Lula no debate interno reservado, segundo relato a jornalistas por assessores que participaram da reunião.

A declaração do ex-presidente é uma alusão sutil que cabe a dois cenários: um eventual processo de impeachment contra Dilma via CPI da Petrobras cujo ambiente começa a ser estimulado no Congresso e, numa outra linha, ao julgamento que certamente ocorrerá no Supremo Tribunal Federal (STF) contra parlamentares e dirigentes do partido envolvidos com propina desviada da estatal. Para Lula, o julgamento que mandou para a cadeia a antiga cúpula do PT foi político e pode se repetir.

O ex-governador do Rio Grande do Sul, Tarso Genro, foi direto ao ponto e diagnosticou um golpe em construção para derrubar Dilma através de um movimento parecido com o que tirou do poder o ex-presidente do Paraguai, Fernando Lugo. “Molde Paraguai. Esse é o movimento em curso”, escreveu Tarso em sua conta no Twitter, de dentro da reunião, em Belo Horizonte, onde os petistas fizeram a avaliação do cenário. Na versão de Tarso, o risco de um golpe parlamentar teria o apoio de parceiros da base aliada:

“O governo tem de falar. E forte. Está em marcha golpismo político para bloquear a governabilidade da presidenta. Parte da base aliada compartilha”, escreveu Genro.

Frente 
Se o PT acusa o golpe, a oposição também perdeu os escrúpulos e já não faz mais segredo do movimento conspiratório - baseado nas denúncias de envolvimento do principal partido governista com os desvios na Petrobras - que já tem até um parecer, elaborado pelo jurista Ives Gandra Martins - a pedido de um advogado ligado ao ex-presidente Fenando Henrique Cardoso -, respaldando uma possível tentativa de impedimento da presidente da República. A alegação é de omissão e negligência do governo diante da sangria na estatal para financiar os partidos da base aliada do governo.

Ao exortar a militância do partido na reunião desta sexta-feira, Lula colocou apenas mais um ingrediente na resistência preventiva que colocou em curso há duas semanas, quando reuniu-se - depois de muitos anos - com os dirigentes nacionais do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST). O MST, como se sabe, é o mais barulhento movimento social e, entre eles, o que mais estrutura tem para defender nas ruas a manutenção do mandato de Dilma.

“A briga é política. O PT deve ter consciência. Tem de usar a tribuna, tem de responder, tem de votar, tem de gritar tanto quanto eles, tanto na Câmara quanto no Senado. (...) O PT vai ter que voltar pra luta”, afirmou Lula.

É um sintoma de que a estrela petista sabe até onde pode chegar a Operação Lava Jato e a CPI instalada na Câmara, para a qual contribuíram 52 deputados da base aliada, entre os quais o PDT compareceu com 15 parlamentares, PSD com 12, e o PMDB, 10 na cota de traições ao governo. Além do vice-presidente da República, PMDB, com as presidências da Câmara e Senado, tem o domínio da linha sucessória.

A possibilidade de ter o controle da CPI, evitando que a oposição consiga um elo com as investigações da Lava Jato, é uma incerteza com precedência na CPI que, em 1992, derrubou o ex-presidente Fernando Collor. Na época Collor conseguiu emplacar a presidência e a relatoria da CPI que investigou o empresário Paulo Cesar Farias, o PC, mas acabou perdendo o controle com a descoberta do forte esquema de corrupção.

Especialista no assunto, o PT quer influir na pauta pela pressão das ruas. Na festa desta sexta-feira, o presidente nacional do partido, Rui Falcão, dedicou um grande espaço do discurso para recolocar na agenda as mudanças, entre elas a reforma agrária, um atrativo cujo endereço é o apoio dos movimentos sociais que lutam por terra.

Depois, Falcão emendou com um apelo pela formação de uma frente que reúna os partidos de esquerda, sindicatos e movimentos sociais para defender o governo de conspiração que, segundoinsinua, envolve também os grandes veículos de comunicação.

“Urge conter a ofensiva dos conservadores e da direita”, disse Falcão, pregando a formação de uma “frente progressista” que tire o PT das cordas na onda de denúncias de corrupção. “Repito com mais ênfase: a constituição de uma frente de partidos e movimentos (...) para romper a defensiva política, alterar a correlação de forças e reassumir a iniciativa”, ressaltou o dirigente petista.

Alisando o pelo
Nem tudo foi festa no aniversário de 35 anos. O PT gaúcho, que teve sua fracassada campanha do ano passado fortemente afetada pelas denúncias de corrupção envolvendo a cúpula nacional, fez um contraponto interno. Enquanto Tarso Genro voltou a falar em refundação do partido - proposta que já havia feito na crise do mensalão -, o ex-governador Olívio Dutra defendeu, em entrevista ao jornal "Zero Hora", de Porto Alegre, o afastamento de Vaccari, afirmando que PT não aprendeu nada com as lições do mensalão e acabou caindo na “vala comum” de outros partidos que se renderam a corrupção como fonte de financiamento.

“O partido tem de demonstrar claramente isso e não ficar tergiversando, desconversando e às vezes até alisando os pelos de quem está - se não envolvido de imediato - com elementos seríssimos de que participou ou participa de esquemas que privatizam o Estado por dentro”, disse Olívio. “Caímos na vala comum por essas atitudes de figuras não só como essa como de outros. Então não é uma coisa isolada. Infelizmente, estamos imitando outros partidos. Tem de assumir que elas foram erradas, criminosas e o partido tem de retomar a sua conduta”, cutucou o ex-governador.

Dutra comparou a condescendência com os desvios a uma ferrugem “que vem contaminando as engrenagens do partido” e se alastrando pela falta de providências. O ex-governador disse que o PT deve reconhecer que figuras importantes do partido cometeram atos totalmente contrários aos princípios que nortearam, há 35 anos, a fundação do partido.

Ao discursar no encerramento da festa do PT, Dilma fez questão frisar que vai manter, sem transigir, o compromisso com a lisura e com o combate aos malfeitos, com liberdade e independência dos órgãos de investigação. Repetindo o bordão de Lula, afirmou que ao final de seu governo poderá dizer que “nunca antes na história desse país se combateu com tanta firmeza a corrupção e a impunidade”.

A presidente lembrou que legislação que facilita a punição de corruptos foi construída entre 2003 e 2015. “Não caiu do céu”, afirmou, garantindo que tudo será apurado “com rigor” e que serão criados mecanismos para evitar que a corrupção se repita na Petrobras. “Se houve erros, aqueles que erraram paguem por eles”, disse.

Lula, que antecedeu Dilma nos discursos, voltou a defender o tesoureiro do partido, se disse indignado com a condução coercitiva de Vaccari e afirmou que era mais simples a PF tê-lo convidado a depor do que o apanhado em casa. O ex-presidente acusou a imprensa de repetir, desde a chegada do PT ao poder, um ritual semanal de desconstrução e criminalização do partido. “Não é o critério da informação. É o critério da criminalização”, disse Lula, ao acusar as revistas e os jornais de construir uma narrativa em cima de versões.

O governador de Minas, Fernando Pimentel disse que o PT saberá, humildemente, corrigir seus erros, mas enfatizou que a onda de “caça às bruxas”, patrocinada pela oposição, mira o retrocesso e a volta da ditadura. “Não aceitaremos”, ressaltou ao discursar à noite no encerramento da festa petista.

Fonte: Último Segundo



Cearense pode ser o mais idoso do Brasil

O agricultor aposentado, Jose Rodrigues Avelino, mais conhecido por 'Zé Preto',que completou 110 anos de vida no último dia 5 de janeiro, morador desta cidade, na região dos Inhamuns, pode ser o homem mais velho do Brasil e um dos mais idosos do Mundo. Ele é candidato a ingressar no livro dos recordes, o 'Guinness World Records'. Uma organização internacional que faz consulta para o ranking de pessoas centenárias aguarda o envio de documentação para comprovar a idade de 'Zé Preto'.

O Diário do Nordeste publicou, no caderno Regional, no último dia 5 de janeiro, matéria com o título "Idoso de Tauá faz 110 anos". A reportagem despertou a atenção de um dos coordenadores do grupo de trabalho para o "Gerontology Research Group" que é o consultor principal para o Guinness World Records. É a mesma equipe que autenticou Maria Gomes Valentim como pessoa mais velha do Brasil e do mundo, em maio de 2011.

O grupo agora investiga a possibilidade de localizar pessoas com 110 anos ou mais no Brasil. "Jose Rodrigues Avelino, é um provável candidato a ser um 'supercentenário', de acordo com as nossas pesquisas iniciais", afirmou um dos coordenadores da equipe, Ricardo Pereira Lago. "Ele poderá ser a segunda pessoa mais velha viva no Brasil e o homem mais idoso". A equipe de pesquisa tem sede em Los Angeles, Califórnia, Estados Unidos.

Autenticados
Mediante a consulta internacional, amigos e parentes de Zé Preto, nesta cidade, preparam os documentos a serem autenticados e enviados para o grupo de pesquisa. "Temos certidão de casamento e carteira de Identidade", disse o secretário executivo do Pacto Ambiental dos Inhamuns, Jorge de Moura, que auxilia a família do centenário.

Enquanto a documentação é organizada e enviada, seu Zé Preto mantém sua rotina diária em Tauá. Anteontem, pela manhã, ele aproveitou a temperatura amena, o tempo nublado, e saiu para dar uma volta na pracinha no entorno da Igreja Matriz de Nossa Senhora do Rosário. Lúcido, brinca com os amigos, dá risadas e recorda que naquele lugar 'passou bons momento da vida' e volta a dar risadas.

Centenários no Brasil
De acordo com dados do censo demográfico de 2010, realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), no Brasil havia 24.233 pessoas com cem anos ou mais, naquela data. Eram 16.989 mulheres e 7.247 homens. A distribuição por domicílio indicava que do total, 19.766 moravam em áreas urbanas e 4.470 em áreas rurais. O Estado que apresentou o maior número de pessoas naquela faixa etária foi a Bahia com 3.578, seguido de São Paulo com 3.234; Minas Gerais com 2.643; depois aparece o Rio de Janeiro com 1.747; Pernambuco com 1.599 e o Ceará ocupando a sexta posição com 1.271.

No Ceará, de um total de 1.271 pessoas com cem anos ou mais registrado pelo IBGE, em 2010, a distribuição por sexo mostra que 842 são mulheres e 429 homens. A maioria mora nos centros urbanos, seguindo a tendência nacional. São 937 em áreas urbanas e 334 na zona rural. A maior parte residia em Fortaleza (311); seguido de Juazeiro do Norte (39); Caucaia (34); Crateús (24); Maracanaú (23) e Canindé (22).

Longevidade
O gerontólogo da Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia, Raimundo Neto de Carvalho, que desenvolve trabalho social no Sesc, em Iguatu, observou que a longevidade tem sido maior nas duas últimas décadas e essa é uma tendência a permanecer. Ela chama a atenção para a necessidade da sociedade e do Estado se preparar para essa nova realidade - acolher e oferecer serviços para os idosos.

Por que as pessoas vivem mais? A resposta, segundo Raimundo Neto decorre da melhoria da qualidade de vida, do acesso aos serviços de saúde (mesmo com precariedade), alimentação mais saudável e prática de atividades físicas. "Não há mais aquele trabalho pesado na roça, sob o sol escaldante. Mesmo em período de seca, ninguém passa ou morre de fome", observou. "Antes, as pessoas se debilitavam, ficavam doentes, envelheciam e morriam muito cedo".

A expectativa de vida vem aumentando no País e daqui a duas décadas mais pessoas centenárias vão alimentar as estatísticas do IBGE. "O idoso de hoje talvez não tenha tido os cuidados que a geração atual está tendo, mas, mesmo assim, recebeu atenção na velhice, que se prolonga", observou. "Prevenção, os medicamentos, exames e cirurgias contribuem para uma vida mais saudável e duradoura".

Mediante essa realidade, o gerontólogo vê a sociedade despreparada, os serviços públicos ainda inadequados para acolher os idosos. "Não há acessibilidade, a locomoção é inadequada e os jovens de hoje precisam se preparar para cuidar dos idosos de amanhã", frisou. "O Brasil não é mais o País de jovens da década de 1970. A pirâmide etária está invertida".

Na cidade de Tauá, 'Seu Zé Preto' relembra que nasceu na localidade de Jurema, município de Independência, 17 anos após a Abolição da Escravatura e, mesmo assim, viveu, durante a infância, a condição de trabalho escravo em área rural do Estado. O centenário é um homem humilde, trabalhador da roça que durante sua vida dedicou-se às atividades do campo, o serviço de preparo de terra, plantio e colheita de grãos e de algodão.

Até o início do ano passado, fazia caminhada para manter a boa saúde e, a cada fim de mês, ia receber o dinheiro da aposentadoria rural no banco, na companhia de um neto. Ao completar 110 anos permanece lúcido, conversa pouco e não reclama de nenhum problema de saúde.

HONÓRIO BARBOSA
COLABORADOR

Fonte: Diário do Nordeste



Crises derrubam popularidade de Dilma, Alckmin e Haddad

Apenas três meses e meio depois do segundo turno, o país assiste à mais rápida e profunda deterioração política desde o governo Collor.

Segundo pesquisa Datafolha, a queda abrupta de popularidade arrasta a presidente Dilma Rousseff (PT), o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), e o prefeito da capital, Fernando Haddad (PT), juntos, para a vala comum da rejeição. É como se o sentimento de junho de 2013 tivesse voltado, mas em surdina, sem protestos de rua.

A conjuntura sombria resulta da confluência do escândalo da Petrobras com a acentuada piora das expectativas sobre a economia.

O pessimismo dos entrevistados se agrava pelo contraste entre a realidade e a imagem rósea pintada nas campanhas eleitorais do ano passado e pela possibilidade cada vez mais concreta de faltar água e energia.

A presidente da República recebe o pior golpe, com uma inversão total nas opiniões sobre seu governo.

Em dezembro passado, Dilma tinha 42% de ótimo/bom e 24% de ruim/péssimo. Agora, marca respectivamente 23% e 44%.

São as piores marcas de seu governo e a mais baixa avaliação de um presidente da República desde Fernando Henrique Cardoso (PSDB) em dezembro de 1999 (46% de ruim/péssimo).

Alckmin também viu esvair-se sua popularidade, mas menos que Dilma. O tucano perdeu dez pontos de ótimo/bom desde outubro e caiu de 48% para 38%, nível que tinha em junho de 2013.

Haddad não se sai melhor. Empatou com Dilma em juízos negativos (44%) e também retornou ao patamar da crise do aumento das tarifas de ônibus em 2013.

Nota vermelha
Segundo o Datafolha, Dilma obteve a primeira nota vermelha (4,8) após quatro anos no governo e uma campanha vitoriosa pela reeleição. A perda de prestígio da presidente se verifica mesmo nas faixas de renda em que encontra mais eleitores.

Metade dos que ganham até dois salários mínimos consideravam seu governo ótimo ou bom em dezembro, e agora são 27% -23 pontos de queda em dois meses.

As más novas se acumulam em todas as frentes: escândalo na Petrobras, piora das perspectivas da economia, aumento do pessimismo na população, restrição de benefícios sociais e uma estiagem que ameaça apagar as luzes e secar as torneiras.

O tema da corrupção, impulsionado pelo combustível do Petrolão, rivaliza com a saúde pública como principal problema do país. Cravou 21% das preferências dos entrevistados pelo Datafolha, contra 26% da saúde.

O mensalão vicejou no governo Luiz Inácio Lula da Silva, mas em seus dois mandatos não mais que 9% dos brasileiros apontavam o desvio de dinheiro público como mal maior. Agora, a corrupção se avizinha do pódio.

A presidente não se livra de responsabilidade perante a população. Segundo o Datafolha, 77% dos entrevistados acreditam que ela tinha conhecimento da corrupção na Petrobras. Para 52% ela sabia dos desvios e deixou continuar; para outros 25%, sabia e nada pôde fazer.

Quase metade (47%) dos brasileiros a consideram desonesta, além de falsa (54%) e indecisa (50%). A imagem deteriorada alcança correligionários. Entre petistas, 15% falam em desonestidade e 19%, em falsidade.

Mentiras
Não há tanto o que estranhar, quando se tem em mente que seis de cada dez entrevistados consideram que Dilma mentiu na campanha eleitoral. Para 46%, falou mais mentiras que verdades (25% em meio a petistas). Para 14%, só mentiras.

Se na época do segundo turno só 6% achavam que a situação econômica do próprio entrevistado iria piorar, hoje são 26%. Como 38% acreditam que ficarão na mesma, conclui-se que o desalento contagia 2/3 da população.

E isso num momento em que o tarifaço, o aumento do desemprego e dos juros e a recessão nem se materializaram completamente.

Fonte: Folha.com



Barbalha (CE): Polícia cumpre mandado e prende dupla com um revólver e vários celulares

A polícia de Barbalha cumpriu Mandado de Busca e Apreensão expedido pela Comarca daquele município e prendeu dois jovens por volta das 6 horas deste sábado na Rua P15 no Bairro Malvinas. O mandado citava Edson Jackson dos Santos da Silva, de 28 anos, e como endereço o imóvel número 131 daquela artéria, onde policiais militares da Força Tática de Apoio – FTA Motos e POG (Policiamento Ostensivo Geral) encontraram um revólver calibre 38 com quatro cartuchos intactos.

Ele apontou como dono da arma o seu vizinho e os PMs prenderam Leandro da Silva Souza, de 22 anos, encontraram nos imóveis sacos plásticos usados para embalar drogas, 130 folhas de promissórias, cinco aparelhos celulares, um cordão e mais R$ 185,00 em moedas. Os rapazes são suspeitos de envolvimento com o tráfico de drogas e se empenhavam por comandar a venda de substâncias entorpecentes nas Malvinas.

Segundo o Capitão L. Rodrigues, Comandante da Companhia de Barbalha, a polícia investiga ainda a suposta participação destes em assaltos contra Topics e ônibus que fazem o transporte coletivo entre Juazeiro, Barbalha e Missão Velha. Edson e Leandro foram trazidos e apresentados a autoridade policial de plantão na 20ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Juazeiro do Norte.

Demontier Tenório

Fonte: Miséria



Xiaomi anuncia chegada oficial ao Brasil

Na noite desta sexta-feira (6), em uma página recém-criada no Facebook, a chinesa Xiaomi, ou Mi Brasil, anunciou sua chegada oficial ao País. Os rumores de que a empresa tinha planos de expansão e que eles incluíam o Brasil começaram a se intensificar no final do ano passado.

A postagem na rede social mostra apenas uma mão de pelúcia (seria Mi bunny, o coelho mascote da Xiaomi?), segurando um passaporte chinês e um cartão de embarque cujo destino é o Brasil. Outra imagem, que estampa a capa da página no Facebook diz: "Sempre acredite que algo algo maravilhoso está prestes a acontecer".

A Xiaomi estabeleceu escritório no Brasil há alguns meses, na região da Vila Olímpia, em São Paulo, mas a operação da empresa ainda está sendo estruturada. Em dezembro, a Anatel aprovou o primeiro aparelho da fabricante. O certificado de homologação se refere ao modelo 2014715, número usado para identificar o smartphone Note 4G. No certificado do Note 4G, a empresa é identificada como Xiaomi do Brasil Tecnologia Ltda.

Com apenas quatro anos de existência, a Xiaomi se tornou recentemente a terceira maior fabricante de smartphones do mundo, graças à seu excelente desempenho em seu país natal. Na China, a Xiaomi é conhecida por fabricar aparelhos com excelente configuração vendidos a preços baixos. A empresa tem ainda algumas estratégias similares às da Apple, como lojas com visual simples e lançamento de poucos produtos por ano.

À frente da estratégia de expansão da Xiaomi está o brasileiro Hugo Barra. Antes de ir para a Xiaomi, Barra foi executivo do Google durante cinco anos e, na época da contratação, chefiava a divisão de produtos Android da empresa.

Fonte: iG



Tribunal de Contas apura gastos do Ceará com projeto da refinaria

O Tribunal de Contas do Ceará (TCE-CE) apura os gastos do Governo do Estado com investimentos relacionados à construção da Refinaria Premium II, projeto abandonado pela Petrobras na semana passada. Segundo o TCE, já foram identificados investimentos com obras de infraestrutura na área do Complexo Industrial e Portuário do Pecém, implantação da Reserva Indígena Taba dos Anacés, Centro de Treinamento do Trabalhador, desvios na CE-085, doação de terreno, desapropriações, custos de viagens e custos de licenciamento.

O valor total gasto pelo Ceará deve ser divulgado após a conclusão da apuração, que deve ocorrer em 15 dias, segundo o Tribunal de Contas. Ainda segundo o TCE, a Secretaria da Infraestrutura concentra a maioria das obras, mas houve também o envolvimento da Secretaria do Turismo, Secretaria da Ciência e Tecnologia, Superintendência Estadual do Meio Ambiente e Secretaria do Desenvolvimento Agrário.

Segundo a Secretaria de Infraestrutura, todos os projetos desenvolvidos para receber a refinaria seguem em desenvolvimento. A Petrobras divulgou em 28 de janeiro que não daria prosseguimento ao projeto por falta de parceiros. A estatal já havia investido quase R$ 3 bilhões nas refinarias Premium I e II, no Ceará e no Maranhão.

O Governo do Estado do Ceará repudiou a decisão da Petrobras de desistir da refinaria Premium II, cuja instalação estava prevista para ocorrer no litoral do Ceará. Em nota, o Governo do Ceará classifica a viabilização do empreendimento como “um sonho do povo cearense e importante vetor de desenvolvimento local e regional”.

A estatal informou no balanço do terceiro trimestre, divulgado na madrugada desta quarta, que as duas refinarias Premium, no Ceará e Maranhão, não sairão do papel, geraram uma baixa contábil de R$ 2,707 bilhões: R$ 2,111 bilhões da Premium I e R$ 596 milhões, da Premium II.

“Essa atitude representa uma quebra unilateral do compromisso firmado com o estado e configura um desrespeito da empresa com o povo cearense”, diz o Governo do Estado. O governador do Ceará, Camilo Santana (PT), diz ter recebido a notícia com “surpresa e indignação” e solicitou uma audiência com Dilma Rousseff, “Uuma vez que o Ceará cumpriu todos requisitos para a implantação da refinaria”.

Fonte: G1 CE



Bloqueadores de publicidade: utilidade pública ou extorsão?

Pode-se argumentar que ela existe em excesso, mas aceitamos a publicidade na internet como fato da vida. Recebemos conteúdo e serviços de graça, então tudo bem a gente ver esse monte de banners, vídeos e etc nos endereços que acessamos, mesmo que não cliquemos quase nunca neles. É uma barganha que tem servido mais ou menos para todas as partes envolvidas.

O problema é que como a publicidade na internet não paga muito bem assim (e cada vez menos), alguns sites apelam pela nossa atenção. Colocam janelinhas em pop-up, vídeos que tocam automaticamente, ou escondem o botão de fechar o comercial. É difícil tolerar tudo isso, então muita gente – pelo menos 144 milhões de pessoas – usa extensões do navegador para bloquear publicidade. Quem tem esses programinhas instalados vê uma internet diferente, sem nada que interfira na atenção. Parece um lugar mais aprazível, mas há um problema: quando a publicidade não aparece, o site não recebe dinheiro, já que ele não tem uma “impressão”, que é a medida por qual a publicidade é remunerada. Se todo mundo bloqueasse a publicidade, seria grande a chance de sites como o Yahoo – ou o Youtube – deixarem de existir, ou serem pagos. Por isso tanta gente do meio tem medo desses bloqueadores de publicidade, e evitam até mesmo falar no problema. Mas na última semana, foi inevitável.

Tudo porque o AdBlock Plus (ABP), que já teve mais de 300 milhões de downloads, virou, ele próprio, notícia. O motivo: descobriu-se que a empresa alemã que desenvolve o ABP está deixando passar a publicidade de grandes anunciantes. Basta eles pagarem uma bolada, que aparecem na cara de gente que paga justamente para que eles não apareçam.

Segundo reportagem do Financial Times, empresas como Amazon, Microsoft, Google e Taboola pagaram para não serem “desaparecidas” pelo Adblock Plus. O valor não foi divulgado, mas ele chegaria a até 30% do faturamento que essas empresas ganhariam com a publicidade antes bloqueada. Depois de pagar, as anunciantes passariam a constar em uma “lista branca”, que normalmente só aceita publicidade não-intrusiva, que não incomoda muito. Esse é o modo padrão quando se instala o ABP – quem quiser pode desligar toda e qualquer publicidade depois, ou permitir em alguns sites específicos. Como o default raramente é alterado, isso virou uma grande questão.

A princípio, a iniciativa do ABP de criar uma frente pela publicidade “sustentável” (com anúncios menos irritantes) parece bacana. Se a “lista branca” fosse de alguma forma automática, ou escolhida pela equipe que faz o Adblock Plus para garantir uma internet menos poluída, o resultado seria uma rede mais legal de se navegar – ainda que o método seja meio forçado. Agora, quando ela decide cobrar de gente que quer aparecer (só anunciantes grandes, ao que parece), isso parece demais com extorsão. É criar um intermediário onde não existia, potencialmente irritando as duas pontas que ela “serve”. O Taboola, que paga para estar na lista branca, é terrível e incomoda bastante gente. Mas como ele paga, ele não é bloqueado. Não me parece um sistema justo. E algumas empresas jornalísticas alemãs já estão lutando contra esse modelo de negócios na corte.

Alguém tem que ceder nessa história toda. As pessoas que visitam as páginas que são bancadas por publicidade tem que entender que usando essas extensões elas estão na prática prejudicando os sites que gostam. Ao mesmo tempo, as empresas precisam entender que há um (complexo) equilíbrio entre atender o desejo do anunciante, trazer coisas relevantes para suas páginas e não afugentar os visitantes. Acho que elas estão progredindo – e as empresas de software (como o Google, que com o Chrome implementou o bloqueador de pop-up por padrão), estão ajudando a acelerar a adoção desses anúncios sustentáveis. Mas os AdBlocks da vida podem colocar todo esse avanço a perder.

Fonte: Blog do Pedro Burgos/Yahoo!

Juazeiro do Norte (CE): Jovem acusado de tráfico é preso com maconha, crack e cocaína

O jovem Willian Lopes de Lima, de 23 anos, foi preso sob a acusação do tráfico de drogas por uma patrulha da Companhia de Polícia Ambiental (CPA) com uma razoável quantidade de substâncias entorpecentes. No interior do veículo Fiat Uno Mille de cor cinza e placas LNJ-2979, inscrição do Ceará, que ele dirigia, os PMs encontraram 34 gramas de maconha, 43 gramas de crack e mais 24 de cocaína.

A interceptação do veículo se deu na Avenida Padre Cícero, imediações da Faculdade Leão Sampaio (Triângulo) em Juazeiro do Norte e o rapaz foi levado para a Delegacia Regional de Polícia Civil pelo Cabo Herman e os Soldados Nobre e Françoaldo. Ele mora na Rua Perpétua Carneiro da Cunha (João Cabral) e tinha ainda uma balança de precisão, sacos plásticos para embalagem de drogas e R$ 170,00 em dinheiro.

Demontier Tenório

Fonte: Miséria



Governo do Ceará divulga novos nomes da administração estadual

O Governo do Estado divulgou na tarde desta sexta-feira (6), os nomes dos secretários adjuntos das secretarias da Saúde  (Sesa) e Recursos Hídricos (SRH), bem como o titular da Superintendência do Meio Ambiente do Estado (Semace) e  os secretários executivos de 14 pastas.

Graduado em Física pela Universidade Estadual do Ceará (Uece), Henrique Javi – o novo secretário adjunto da Sesa - coordenou o Programa de Expansão e Fortalecimento da Atenção Especializada à Saúde do Governo do Estado do Ceará, foi Presidente no Instituto de Saúde e Gestão Hospitalar e consultor com ênfase às áreas de gerenciamento de processos, certificação e estatística em saúde.
Já o escolhido para ocupar o cargo de secretário adjunto da Secretaria de Recursos Hídricos, o engenheiro agrônomo Ramon Rodrigues já ocupou, por duas vezes, o cargo de secretário executivo da SRH. Foi também secretário nacional de Infraestrutura Hídrica do Ministério da Integração Nacional.

O novo superintendente da Semace, Ricardo Araújo, é engenheiro Florestal, possui mestrado em Ciências de Florestas Tropicais pelo Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa). Exerceu os cargos de superintendente do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama-AM) e gerente executivo do Ibama de Santarém (PA). Atualmente ocupava a chefia da Coordenadoria de Fiscalização da Semace.

Secretários Executivos:
Casa Civil: Francisco Cavalcante
Secretaria do Planejamento: Frederico Alencar
Secretaria de Educação: Dalila Saldanha
Secretaria de Ciência e Tecnologia: Gilvan Paiva
Secretaria de Cultura: Ana Maria Fontenele
Secretaria de Cultura: Luciana Lobo
Secretaria das Cidades: Ronaldo Borges
Secretaria de Recursos Hídricos: Raimundo Melo
Secretaria de Desenvolvimento Agrário:  Felipe Pinheiro
Secretaria do Meio Ambiente: Maria Dias
Secretaria do Esporte: Mailson da Cruz
Conselho Estadual de Educação: Ana Nogueira
Procuradoria Geral do Estado: Rommel Barroso
Casa Militar: Major PM Marcius Reges Pinheiro Rodrigues

Fonte: G1 CE



Preço médio da gasolina no país subiu 7,5% na semana, segundo agência

O preço médio da gasolina nos postos do país passou de R$ 3,03 na semana passada para R$ 3,26 na semana que começou em 1º de fevereiro, um aumento de 7,5%.

Segundo levantamento da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), o preço máximo ao consumidor passou de R$ 4,29 para R$ 4,51 em uma semana.

O maior preço médio para o litro da gasolina foi registrado no Acre: R$ 3,62. O menor, na Paraíba: R$ 3,08.

O levantamento foi feito em mais de 8.500 postos.

O preço médio do diesel aumentou de R$ 2,61 para R$ 2,74 da semana passada para cá, um aumento de 4,9%.

A mudança nos preços é consequência do aumento das alíquotas de PIS/Cofins sobre a gasolina e o óleo diesel, que começou a valer no último domingo (1º). A expectativa do governo era de que o aumento dos dois tributos correspondesse a R$ 0,22 por litro da gasolina e R$ 0,15 por litro do diesel.

Fonte: UOL



Crato (CE): Secretaria de Saúde presente nas ações de combate a dengue e a febre chikungunya

Apesar da queda de 59% nos casos de dengue e 40% nas mortes provocadas pela doença no Brasil em 2014 o Ministério da Saúde pede à população que reforce as medidas de prevenção.

A Secretaria de Saúde do Crato por meio da Coordenação de Endemias desenvolve um trabalho continuo e crescente em toda a cidade. Bairros e distritos vão sendo pontuados com visitas domiciliares, levantamento de índices e tratamento, além de um trabalho de conscientização e educação preventiva.

Segundo o secretário Municipal de Saúde Lucimilton Macêdo é de suma importância que a população esteja sempre atenta aos cuidados “Qualquer recipiente que acumule água parada pode ser um criadouro dos mosquitos transmissores. “Estar sempre alerta para eliminar possíveis focos dos mosquitos que transmitem a dengue e a febre chikungunya é importante para que os números de casos e mortes continuem caindo” explica Lucimilton.

O Coordenador do Setor de Endemias da Secretaria de Saúde do Crato, Antonio Esmeraldo ressalta que no Crato o índice de infestação do Aedes aegypti está controlado. “Atividades diárias e intensificadas para identificar e eliminar criadouros do mosquito são a base para um trabalho eficiente de prevenção e combate tanto na zona urbana quanto na zona rural” ressalta.

Esmeraldo lembra que além das ações de prevenção e combate a dengue o setor de Endemias do município do Crato também está realizando um bloqueio de calazar nos bairros Seminário e Muriti com trabalho investigativo de casos, sorologia em cães feita pelo centro de zoonoses e borrifação.

Informações importantes
Febre Chikungunya é uma doença parecida com a dengue, causada pelo vírus CHIKV, da família Togaviridae. Seu modo de transmissão é pela picada do mosquito Aedes aegypti. Seus sintomas são semelhantes aos da dengue: febre mal-estar, dores pelo corpo, dor de cabeça, apatia e cansaço.

Porém, a grande diferença da febre chikungunya está no seu acometimento das articulações: o vírus avança nas juntas dos pacientes e causa inflamações com fortes dores acompanhadas de inchaço, vermelhidão e calor local.

Para evitar a transmissão dos vírus da dengue e chikungunya é fundamental que a população participe verificando se a caixa d' água está bem fechada, não acumulando vasilhames ao ar livre, não deixando calhas entupidas e colocando areia nos pratos dos vasos de plantas, entre outras ações.

Assessoria de Imprensa/PMC



Aneel propõe alta média de 26,26% nas contas de luz no Ceará

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou nesta sexta-feira (6) a abertura de consulta pública para debater sua proposta de revisão da tarifa de energia da Coelce, distribuidora que atende aos consumidores no Ceará. Pela proposta, a alta média será de 26,26%.

Essa revisão tarifária acontece, em média, a cada 4 anos, e tem o objetivo de repassar aos consumidores ganhos de produtividade e eficiência obtidos pelas distribuidoras em anos anteriores. Normalmente, resulta em barateamento das tarifas, mas como os custos do setor elétrico estão em alta, isso não vai ocorrer dessa vez.

A agência propôs ainda que, para os clientes residências e comércio atendido pela Coelce, o aumento médio seja de 19,50%. Já para a indústria, a alta média proposta é de 44,12%.

O relator do processo, diretor da Aneel André Pepitone, disse que esse índice já incorpora o repasse aos clientes da Coelce dos custos com o fundo CDE, estimados em R$ 23,21 bilhões em 2015 e que serão totalmente pagos pelos consumidores do país.

Entretanto, o impacto desse custo é menor para os clientes do Nordeste e Norte que, pela regra do fundo, bancam 20% da conta. Os outros 80% são financiados pelos consumidores do Sul, Sudeste e Centro-Oeste.

Fonte: G1 CE



Vitória de Anderson Silva será anulada, diz comissão

A vitória de Anderson Silva sobre o norte-americano Nick Diaz, na madrugada do último domingo (1º), será alterada para "sem resultado", à luz do episódio de doping.

É o que revelou à Folha nesta quinta (5) Bob Bennett, diretor-executivo da Comissão Atlética do Estado de Nevada, nos EUA.

É essa comissão, órgão regulador do esporte vinculado ao governo (e não o UFC), que detém o poder de alterar os resultados das lutas, não apenas de MMA (artes marciais mistas), mas também de boxe no Estado.

A comissão também é responsável por pedir ao laboratório os testes antidoping realizados nos atletas que participam de competições no Estado e por encaminhar ao UFC os resultados desses exames. A comissão também define a punição.

"[Enfático] Sim, [o resultado da luta] será alterado [de uma 'vitória' para Anderson Silva] para 'sem resultado'", informou Bennett ao ser questionado sobre o status da luta que marcou a volta de Anderson, considerado o maior lutador de MMA da história ao octógono após hiato de mais de um ano.

Anderson terá que se apresentar à comissão atlética em uma audiência prevista para o próximo dia 17 para dar sua versão dos fatos sobre o resultado positivo apontado pelo teste antidoping fora de competição, realizado no último dia 9 de janeiro.

Dinheiro
O dirigente colocou em dúvida a manutenção dos prêmios em dinheiro prometidos a Anderson em caso de vitória. Ele receberia US$ 800 mil (R$ 2,2 milhões) para esta luta, que somam US$ 600 mil (valor fixo) mais US$ 200 mil (bônus pela vitória).

O lutador terá que esperar a realização da audiência para conhecer o valor final.

"Não sei se ele receberá o bônus após a alteração do resultado. Isso é com o UFC. Mas uma porcentagem da sua bolsa deve ser retida por conta desse episódio de doping."

O exame antidoping apontou o uso do esteroide anabolizante drostanolona e também de androsterona.

Essas substâncias não são fabricados especificamente para doping, mas para tratar doenças, de câncer a anorexia e asma.

Desencontro
Na quarta (dia 4) à noite, Ed Soares, um dos empresários de Anderson, divulgara depoimento que era, teoricamente, um comunicado oficial do lutador. "Eu não tomei nenhuma droga para melhorar a minha performance", dizia um dos trechos.

Nesta quinta (5), Anderson divulgou nota, por meio de sua assessoria, na qual nega ter se manifestado.

"Gostaria de esclarecer que ainda não dei nenhum tipo de entrevista, depoimento e nenhuma declaração sobre o caso em questão [de doping]", explicou a nota.

Fonte: Folha.com



Juazeiro do Norte (CE): Shopping recebe placa de “Entidade Colaboradora” da Urca/Geopark

Uma parceria em prol do desenvolvimento sustentável do Cariri, com diversas ações já realizadas, será consolidada com o recebimento de uma importante Placa de Entidade Colaboradora pelo Cariri Garden Shopping, por meio de um convênio a ser firmado entre a Universidade Regional do Cariri (URCA) e o empreendimento. A solenidade acontece no próximo dia 11, às 15 horas, no empreendimento, em Juazeiro do Norte. O shopping, com isso, passa a ser a Entidade Colaboradora do Geopark Araripe.

O projeto do Geopark vem sendo desenvolvido pela Universidade desde 2006, inserido na Rede Global de Geoparks, da Unesco. O Geopark Araripe foi o primeiro criado nas américas e este ano passará por nova avaliação para revalidação do selo internacional.

Durante a solenidade a ser realizada no shopping, haverá a afixação de uma placa no empreendimento, destacando a parceria, reconhecendo o shopping como Entidade Colaboradora juto às ações do Geopark, que possui nove geossítios em seis cidades da região do Cariri, incluindo Crato, Juazeiro do Norte, Barbalha, Missão Velha, Nova Olinda e Santana do Cariri.

A finalidade do convênio é a realização de atividades conjuntas para o desenvolvimento regional sustentável. Nesse aspecto, várias ações já foram realizadas em conjunto, a exemplo da Exposição Talhado, realizada em 2013, pelo Geopark Araripe, apresentando o projeto Jovens Paleontólogos, e ano passado, mais uma exposição sobre o Geopark Araripe, que trouxe mais uma vez o universo da riqueza geológica, paleontológica, da biodiversidade e cultura da região.

Assessoria de Imprensa/Cariri Garden Shopping



Hemoce alerta: Estoque de sangue é preocupante

A aproximadamente uma semana para o início do Carnaval, as seis unidades que integram a Hemorrede no Ceará estão mobilizadas para ampliar o estoque de bolsas de sangue. O clima é de expectativa e de preocupação para o período. O temor dos profissionais que atuam nas unidades é ocasionado por causa do aumento da demanda, devido aos excessos cometidos durante as comemorações. Nas unidades regionais campanhas de divulgação estão sendo realizadas como forma de atrair doadores e aumentar o estoque de bolsas de sangue neste período.

Em Crato, onde funciona o Hemocentro Regional do Cariri, responsável pelo atendimento a 28 municípios, 45 hospitais e cinco agências transfusionais, sendo duas instaladas em Barbalha, uma no Hospital Regional do Cariri (HRC) e outras duas nos municípios de Brejo Santo e Campos Sales, respectivamente, a campanha "Carnaval da Solidariedade é no Hemoce - Doe Sangue" foi iniciada no último dia 29 de janeiro.

A ação tem como finalidade atrair novos doadores e garantir a continuidade de auxílio das pessoas que, costumeiramente, participam de atividades deflagradas pelo equipamento.

Na unidade, o atual momento é de alerta. Embora o estoque de bolsas de sangue esteja estável, conforme afirmou a diretora regional do Hemocentro Cariri, Fabíola Alencar, é necessário que as doações aconteçam em maior volume, evitando-se, desta forma, a falta de abastecimento nos locais de atendimento. "Desde o mês de dezembro passado nós efetivamos um trabalho de prevenção já visando o período do feriado de Carnaval. A situação, embora não seja crítica, nos oferece um estado de alerta".

"A campanha lançada no fim do mês passado tem justamente a intenção de manter o estoque de bolsas estável e garantir o abastecimento aos hospitais, municípios e agências transfusionais que são atendidas pelo Hemocentro do Cariri", disse.

A unidade possui media mensal de coleta de cerca de 2 mil bolsas de sangue. Deste total, 800 bolsas são destinadas ao município de Barbalha, tido como centro de referência no setor da saúde em toda a região. Outras 700 bolsas de sangue são, mensalmente, enviadas ao Hospital Regional do Cariri e. As bolsas de sangue restantes, cerca de 500, são divididas entre outros 45 hospitais na região.

"É um trabalho que demanda muito a participação da sociedade. Infelizmente, em alguns períodos do ano, há defasagem em relação ao estoque de bolsas de sangue. A luta dos Hemocentros têm sido constante no sentido de atrais a participação da população. No Cariri, pelo menos, há um trabalho de fidelização muito intenso realizado pelo Hemocentro. Esse trabalho nos auxilia na manutenção do estoque em períodos mais difíceis",comentou Fabíola Alencar.

A diretora regional informou, ainda, que as maiores dificuldades são vivenciadas entre os meses de maio, junho e julho, por conta das festividades realizadas em municípios da região. "Nestes meses, o número de festas é muito grande. Com isso, há o aumento da ingestão da bebida alcoólica e, naturalmente, o afastamento dos nossos doadores", explicou.

Na região Centro Sul, a situação também é de preocupação. O Hemocentro de Iguatu, maior município da região, atende a 30 hospitais e a 25 municípios, além de dar suporte para todas as unidades da rede no Estado. "A nossa estratégia para este período foi a de intensificar as coletas externas que realizamos em outros municípios", frisou a coordenadora local, Luana Cavalcante. Ontem, técnicos do hemocentro de Iguatu realizaram coleta externa na cidade de Icó.

A média mensal de coleta de bolsas de sangue no Hemoce de Iguatu é de 400 e apenas 20% são oriundos de doadores voluntários. De acordo com a coordenadora de Captação de Doadores, Valeria Vasconcelos, os estoques do Hemoce Regional Norte, em Sobral, estão muito abaixo do esperado.

''Por ser volta das férias e muito em cima do Carnaval, as pessoas se afastaram muito da doação, causando uma baixa ainda maior dos estoques. Atualmente, precisamos de 1.500 bolsas de sangue coletadas por mês para suprir as demandas dos 58 municípios que compõe a Zona Norte do Estado, como também os hospitais da cidade de Sobral:Santa Casa, Hospital do Coração, Unimed, Unidade Mista, Hospital Regional".

Incentivo
Em Sobral, as estratégias para aumentar o número de doações vão desde a captação de doadores, a realização de coletas externas, que acontecem diariamente, na Cidade e nos municípios da regional, e o incentivo ao voluntariado (empresas, escolas, universidades, dentre outros), para a realização de caravanas da solidariedade. Além disso, o Hemocentro Regional de Sobral funciona de segunda à sexta-feira de 7h às 18h, e aos sábados de 8h às 12h.

Para doar sangue é preciso estar em boas condições de saúde, ter entre 16 e 69 anos, desde que a primeira doação tenha sido feita até 60 anos; pesar no mínimo 50kg; estar descansado, alimentado e apresentar documento original com foto emitido por órgão oficial.

Mais informações
Hemocentro Regional do Cariri
Rua Coronel Antônio Luís, 1.111
Bairro Pimenta - Crato
Fones: (88) 3102.1260/3102.1261

ROBERTO CRISPIM
COLABORADOR/SUCURSAIS

Fonte: Diário do Nordeste



Aldemir Bendine é o novo presidente da Petrobras

Aldemir Bendine, presidente do Banco do Brasil, assumirá o mais alto posto da Petrobras, em substituição à Maria das Graças Foster, que deixa o cargo nesta sexta-feira (6). Segundo comunicado oficial do Banco do Brasil, divulgado no começo desta tarde, Bendine e Ivan de Souza Monteiro (vice-presidente de gestão financeira e de relações com investidores) renunciaram aos cargos na instituição hoje.

Próximo à cúpula petista, Bendine era cotado em dezembro para assumir a direção do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). O executivo que começou a carreira no Banco do Brasil aos 15 anos como estagiário, chegou à presidência da instituição financeira, em abril de 2009, por indicação do ex-ministro da Fazenda Guido Mantega – sob a benção do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Na ocasião, o governo petista estaria insatisfeito com a lentidão na queda das taxas cobradas pelo banco e essa foi a missão dada ao novato: reduzir as taxas de juros cobradas pelo banco e, assim, elevar o nível do crédito emprestado e volume de recursos ao consumidor. Ele tinha de se firmar como o quarto presidente do BB durante o governo Lula. E conseguiu.

A destreza de Aldemir Bendine para dissipar nevoeiros foi exatamente um dos fatores que o levaram ao cargo. Nuvens carregadas pairavam sobre o banco quando Bendine assumiu a presidência. Seu antecessor, Antônio Francisco Lima Neto, havia sido esquartejado em praça pública pelo próprio presidente Lula, que, na ocasião, disparou pesadas críticas às taxas de juros praticadas pela instituição. Mais uma vez, o BB se via diante de seu grande dilema existencial: ser banco ou ser do Brasil? Harmonizar seus interesses comerciais com o figurino de agente econômico e indutor de políticas públicas sempre foi, é e será um dos maiores desafios do BB. Desafio este potencializado pelas circunstâncias daquele momento: de um lado, a opção do governo por um modelo econômico privilegiando o consumo: do outro, uma crise internacional que sugou a liquidez dos mercados.

Em sua gestão, a carteira de crédito do Banco do Brasil quase duplicou: saiu de R$ 300 bilhões em 2009 para R$ 520 bilhões ao fim de 2012. O salto reflete o crescimento da instituição em segmentos nevrálgicos, como o financiamento imobiliário, que nunca foi exatamente o forte da casa. No mesmo período, o total de ativos do BB subiu de R$ 700 bilhões para mais de R$ 1 trilhão. No ano passado, o banco registrou o maior lucro da sua história: R$ 12 bilhões.

Em 2010, Bendine protagonizou um briga pública pela indicação do nome do presidente da Previ (maior fundo de pensão da América Latina, do Banco do Brasil). Bendine brigava nos bastidores com Sérgio Rosa (então presidente da Previ). A peleja foi recheada de acusações de ambas partes, que vazavam sistematicamente para a imprensa, mas Bendine viu seu candidato favorito, o vice-presidente de Negócios de Varejo, Paulo Caffarelli, ser rejeitado por Lula, que indicou Ricardo Flores, executivo com longa carreira no banco. Flores era vice-presidente de Crédito do Banco do Brasil.

Nascido em 10 de dezembro de 1963, em  Paraguaçu Paulista (SP), Aldemir Bendine – ou “Dida” para os amigos de longa data. Em 1982 foi efetivado no BB como concursado. Cumpriu uma longa travessia dentro da instituição. Além da experiência no “chão de fábrica” da agência bancária, foi assessor na Superintendência de São Paulo, gerente-executivo da diretoria de Varejo e secretário-executivo do Conselho Diretor.

Em 2006 e 2009, cumpriu a última estação antes de desembarcar na presidência do banco, ao ocupar a vice-presidência de Varejo. Ao contrário de outros dirigentes de bancos públicos que fizeram carreira caminhando no limiar do sindicalismo, Bendine nunca se filiou a qualquer partido político, embora seu nome seja sempre associado ao Partido dos Trabalhadores.

Presidente do Banco do Brasil e membro do Conselho de Administração, Bendine é Bacharel em Administração de Empresas, cursou MBA em Finanças e em Formação Geral para Altos Executivos. Da vida pessoal, sabe-se que é fã de Queen e torcedor do Palmeiras.

Fonte: iG



Crato (CE): Secretaria de Serviços Públicos continua mutirões de limpeza nos bairros da cidade

A Secretaria de Serviços Públicos do Crato está realizando os serviços de limpeza, coleta de lixo e entulhos, poda de árvores (quando autorizada pela Secretaria de Meio Ambiente), nos bairros Vila Alta, Parque Grangeiro.

Os serviços foram iniciados na última segunda-feira, 02 de janeiro. Em seguida serão atendidos por serviços de limpeza os bairros Mirandão e Muriti.

Foto meramente ilustrativa

Assessoria de Imprensa/PMC



Ceará já tem 27 casos de sarampo confirmados em 2015, segundo Sesa

O Ceará já tem 27 casos de sarampo confirmados apenas em 2015, de acordo com boletim que será divulgado nesta sexta-feira (6) pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesa).  Os casos foram registrados em 12 municípios, incluindo Fortaleza. Outros 51 casos são investigados, segundo a Secretaria. Desde que o surto de sarampo começou, em dezembro de 2013, já foram registrado 718 casos da doença em todo o Estado.

Em janeiro, representantes da Organização Mundial de Saúde (OMS) e do Ministério da Saúde se reuniram em Fortaleza para discutir a quantidade de casos de sarampo no Ceará. Segundo o Ministério da Saúde, o estado pode tirar das Américas o status de área livre do vírus do sarampo caso a doença não seja contida. “É um momento de concentrarmos esforços. Crianças de 6 meses até 5 anos devem estar devidamente vacinadas”, afirmou a coordenadora nacional de imunização do Ministério da Saúde, Carla Domingues,

Prevenção
A principal forma de prevenção é a vacinação, por meio da tríplice viral disponível nos postos de saúde durante todo o ano. “Se a pessoa não sabe se tomou a vacina tríplice viral, se não sabe se teve sarampo na infância e não tem nenhum comprovante de vacina, deve procurar um posto de saúde para se vacinar”, alerta Renata Dias, assessora técnica de Imunização da Secretaria de Saúde do Município (SMS).

Vacina
A vacina é eficaz em cerca de 97% dos casos. Deve ser aplicada em duas doses a partir do nono mês de vida da criança. Exceção feita às mulheres grávidas e aos indivíduos imunodeprimidos, adultos que não foram vacinados e não tiveram a doença na infância também devem tomar a vacina.

Fonte: G1 CE



Aneel pode arrecadar até R$ 17 bilhões com novo valor das bandeiras tarifárias


Os novos valores das bandeiras tarifárias poderão representar aumento de quase R$ 6,5 bilhões na arrecadação prevista pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). De acordo com Tiago de Barros Correia, diretor da agência, a previsão era, no pior cenário, obter montante máximo de R$ 10,6 bilhões. Com o acréscimo, o montante pode atingir R$ 17 bilhões.

O diretor-geral da Aneel, Romeu Rufino, informou que a bandeira não representa necessariamente aumento de custo. Segundo ele, a bandeira apenas antecipa custos que teriam de ser repassados em outro momento, mas sem a incidência de juros.

“A bandeira aprimora a forma de repassar o custo já existente ao consumidor. Na prática, não é aumento, porque o custo seria repassado posteriormente, com acumulado do ano e remuneração pela Selic. Portanto [no formato antigo], o consumidor, além de pagar o custo com defasagem, pagava com remuneração. Com a bandeira, ele não paga o custo financeiro”, disse Rufino.

Tiago Correia lembrou que a bandeira tarifária é também um instrumento de comunicação das distribuidoras e da Aneel com o consumidor. “Se o consumidor aproveitar o sinal de preço para consumo mais consciente, ajudará a reduzir o preço da conta de luz. Estudos da Aneel mostram que 66% do consumo se concentram basicamente em ar-condicionado, chuveiro e geladeira.”

Ele acrescentou que são três itens aos quais o consumidor tem de ficar atento, porque uma redução no consumo permitirá que a bandeira vermelha não permaneça ao longo de todo o ano.

Sobre a possibilidade de o Ministério de Minas e Energia prorrogar por um mês o horário de verão, Rufino afirmou que a questão não passa pela Aneel. "A nós cabe apenas contribuir e subsidiar autoridades por meio de simulações. Estudos já estão sendo feitos, mas só a conclusão nos mostrará se vale a pena diminuir o prazo”, concluiu Rufino.

Fonte: Agência Brasil



Crato (CE); Comunidades de Barreiras e Urucum são beneficiadas com o abastecimento de água

Cerca de 85 famílias das comunidades de Barreiras e Urucum, no município do Crato realizaram o sonho, que alimentaram por mais de quarenta anos, de serem beneficiadas com abastecimento de água. A conquista veio através do programa do Governo Federal, Água para Todos, com a parceria do Governo Estadual e a Prefeitura do Crato.

Com a presença do Secretário de Desenvolvimento Agrário, Dedé Teixeira, do Prefeito Ronaldo Sampaio Gomes de Mattos, da Presidenta da SAAEC Janaina Fernandes, do diretor da SAAEC Nilvando do Vale, com Romão França, do Instituto Agropolos do Ceará, além de diversos líderes políticos e membros da comunidade, a obra foi entregue na tarde dessa quarta-feira, 4. O Prefeito Ronaldo lembrou da ótima parceria que teve com o ex-governador Cid Gomes, e ressaltou a confiança e compromisso do governador Camilo Santana com os cearenses, principalmente com a população Cratense.

O secretário Dedé Teixeira, falou da felicidade que estava sentindo, em poder participar de um evento, que assegurava a garantia da qualidade de vida das comunidades beneficiadas. Afirmou para o Prefeito Ronaldo, que as portas da Secretaria de Desenvolvimento Agrário, estarão sempre abertas para ajudar o Crato.

Assessoria de Imprensa/PMC



Entidades fazem coleta de assinaturas virtual para regulação da mídia

O Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação iniciou hoje uma coleta de assinaturas virtual em apoio ao Projeto de Lei de Iniciativa Popular da Mídia Democrática, que propõe uma nova regulação da mídia. Entre as entidades que compõem o Fórum, estão a CUT, a UNE, a Fenaj e o Intervozes.

O projeto regulamenta os artigos 5, 21, 220, 221, 222 e 223 da Constituição Federal, que tratam da comunicação. Entre outras coisas, as entidades defendem o fim dos oligopólios e monopólios de mídia, além de mais transparência nas concessões de canais de rádio e televisão, o fortalecimento da comunicação pública e comunitária e a diversidade de conteúdo nos meios de comunicação.

Por enquanto, para que um projeto de iniciativa popular comece a tramitar, é necessário o apoio de pelo menos 1% do eleitorado brasileiro, o equivalente a cerca de 1,5 milhões de pessoas, além de assinaturas presenciais. No entanto, uma Proposta de Emenda Constitucional já aprovada no Senado reduz este número de apoiadores pela metade e permite também a coleta online. O texto ainda aguarda votação na Câmara dos Deputados.

Fonte: Poder On Line/iG



Anderson Silva pede para contraprova em outro laboratório, mas comissão nega

A Comissao Atlética do Estado de Nevada negou nesta quinta-feira o pedido do lutador Anderson Silva de ter a contraprova do seu exame antidoping analisada em outro laboratório e não no Sports Medicine Research & Testin Laboratory (SMRTL), onde foi feito o teste que flagrou o brasileiro pelo uso dos anabolizantes drostanolona e androsterona. Segundo Bon Bennett, diretor executivo da entidade, a solicitação teve que ser negada porque ela não atende aos padrões determinados pela Agência Mundial Antidoping (Wada, na sigla em inglês).

- Eles queriam que a amostra B fosse analisada num segundo laboratório. Não podemos acomodar (seu pedido) porque isso não está de acordo com os padrões da Wada, mas nós os informamos que, se eles quiserem que a contraprova seja feita, eles estão convidados a viajar a Salt Lake City, observar a amostra B para garantir que ela não foi contaminada, e esperar até os resultados saírem - afirmou Bennett, em entrevista ao site americano "Espn.com".

Além da contraprova, Anderson Silva passou por outros dois exames antidoping, no dia 19 de janeiro, e após a luta, em 31 de janeiro. Nenhum destes dois resultados é conhecido ainda.

No dia 17, o Spider e o americano Nick Diaz, também flagrado no antidoping, mas pelo uso de maconha, participarão de uma audiência em Nevada, onde a luta aconteceu, para tentarem se explicar. A tendência é que o brasileiro seja suspenso preventivamente até março, quando haverá um julgamento.

Patrocinador dá apoio
Nesta quinta-feira, Anderson Silva recebeu o apoio de um dos seus patrocinadores. Em comunicado, o "Hotel Urbano" informou que "seguirá apoiando o atleta da melhor forma possível" e que confia na inocência do lutador.

"O Hotel Urbano confia na integridade e profissionalismo do seu patrocinado e acredita que este episódio será devidamente esclarecido o mais breve possível", diz um trecho da nota

Anderson já havia recebido o apoio de Dana White. Em nota, o presidente do UFC disse que o lutador tem uma "longa e única carreira nas artes marciais mistas" e, em nove anos no UFC "nunca testou positivo para uma substância proibida". Dana disse ainda que o UFC vai apoiá-lo em todo o processo legal.

Nesta quarta-feira, Anderson se manifestou. Também em nota, o lutador negou ter se dopado e disse que ia lutar para limpar o seu nome. O médico de Anderson, Márcio Tannure, disse que o atleta ficou "surpreso" com o resultado do exame antidoping. Já o ex-lutador Chael Sonnen, que já foi flagrado várias vezes com doping, defendeu que se Anderson for culpado deveria confessar como ele fez antes de se aposentar.

Fonte: O Globo



Top 10 cidades mais seguras do mundo

Saúde, infraestrutura, segurança, educação... Tudo isso é imprescindível para que um lugar possa ser considerado seguro. É lógico que uns se sobressaem, já que não há comparação entre municípios de primeiro mundo e cidades de países subdesenvolvidos. Infelizmente, nem todos têm um nível aceitável de segurança, como é direito de todo cidadão.

A Economist Intelligence Unit (EIU) divulgou uma classificação com 50 das maiores cidades do mundo, tendo 2014 como ano-base. Como é de se esperar, o Brasil não tem um bom lugar nesse ranking. Confira as 10 primeiras com a gente.

01 — Tóquio
Segundo a lista da EIU, Tóquio é a cidade mais segura do mundo, ficando em 1º lugar em todas as categorias.
Expectativa de vida: 82 anos.

02 — Cingapura
De acordo com o relatório, Cingapura é a melhor cidade para segurança pessoal.
Expectativa de vida: 82 anos.

03 — Osaka
Osaka foi considerada a 2ª melhor cidade para segurança pessoal e a 5ª em segurança digital.
Expectativa de vida: 83 anos.

04 — Estocolmo
A capital sueca superou o Índice de Democracia da EIU.
Expectativa de vida: 82 anos.

05 — Amsterdam
A 5º cidade mais segura do mundo ficou em 9º lugar entre as 50 melhores para segurança pessoal.
Expectativa de vida: 79 anos.

06 — Sydney
Sydney se destacou na segurança de infraestrutura, ficando em 3º lugar, e entrou para o ranking das 10 melhores cidades para segurança pessoal.
Expectativa de vida: 81 anos.

07 — Zurique
Apesar de ter ficado em 7º lugar no ranking total, na categoria segurança de infraestrutura e saúde Zurique chegou em 1º lugar.
Expectativa de vida: 84 anos.

08 — Toronto
Essa cidade ficou no alto escalão na pesquisa da EIU, terminando em 8º lugar nas cidades mais seguras do mundo.
Expectativa de vida: 81 anos.

09 — Melbourne
Melbourne ficou em 2º lugar nas cidades com melhor infraestrutura e em 8º com melhor segurança pessoal. Ela é considerada a cidade mais habitável do mundo, segundo a própria EIU.
Expectativa de vida: 86 anos.

10 — Nova York
E, em 10º lugar, encontramos a Big Apple, que é considerada a 3ª melhor cidade para a segurança e 2ª para a saúde. Em contrapartida, terminou em 28º para a segurança digital.
Expectativa de vida: 81 anos

A lista segue com Hong Kong, São Francisco, Taipei, Montreal, Barcelona, Chicago, Los Angeles, Londres, Washington e Frankfurt, respectivamente. Outras cidades bem conhecidas também apareceram no ranking geral: Paris em 23º, Roma em 27º, Beijing em 37º e Bangcoc em 39º lugar. Mas acho que está faltando a presença de um país, certo?

O Brasil não teve uma boa posição, ficando o Rio de Janeiro em 35º lugar, com expectativa de vida de 73 anos, e São Paulo em 40º lugar, com a mesma quantidade de anos. A última cidade a entrar para o ranking foi Jacarta.

Fonte: Mega Curioso (Via Telegraph)



Addthis