Eleições 2014: Camilo tem 46% enquanto Eunício tem 43% dos votos totais, diz Datafolha

A última rodada da pesquisa O POVO/Datafolha para o Governo do Estado do Ceará revela uma nova situação de empate técnico. Comparando com o último levantamento do Datafolha, realizado no dia 22 de outubro, Camilo caiu de 57% para 52% dos votos válidos. Já Eunício Oliveira (PMDB) cresceu de 43% para 48%.

Como a margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos, os dois estão em situação de empate técnico. O Datafolha ressalva, porém, que há uma possibilidade maior de Camilo estar a frente.

Votos válidos são a forma como a Justiça Eleitoral divulga o resultado oficial da eleição, desconsiderando votos brancos e nulos.

Levando em conta os votos totais, o que inclui brancos, nulos e indecisos, Camilo passou de 49% para 46% das intenções de voto. Já Eunício passou de 38% para 43%. Brancos e nulos alcançam 4%. Os eleitores indecisos somam 7%.

A pesquisa foi realizada nesta sexta-feira (24) e sábado (25). O Datafolha entrevistou 2.412 eleitores em 52 municípios em todo o Estado do Ceará.

Conhecimento do número
O Datafolha também revela que, com a aproximação da votação, caiu o percentual de desconhecimento do número do candidato. Do total de eleitores entrevistados, 91% sabiam corretamente o número de seu candidato. Do restante, 5% não souberam dizer o número, 3% disseram incorretamente o número e 1% não soube informar o número para anular o voto.

Entre os candidatos, a taxa de conhecimento é bem parecida. Entre os eleitores de Camilo 93% informaram corretamente o número do candidato e entre os de Eunício, 91%.

Metodologia
A pesquisa foi contratada pelo O POVO, em parceria com Folha de S.Paulo e está registrada no Tribunal Superior Eleitoral com o número CE 00036/2014 e BR – 01210/2014. O nível de confiança é de 95%.




Eleições 2014: Camilo Santana tem 49% das intenções de voto; Eunício Oliveira, 44%; diz Ibope

A menos de 24 horas para o segundo turno das eleições 2014, os candidatados Camilo Santana (PT) e Eunício Oliveira (PMDB) aparecem tecnicamente empatados na última pesquisa Ibope para governador do Estado.

De acordo com o levantamento divulgado neste sábado (25), o candidato petista aparece com 49% dos votos totais, e o candidato do PMDB, com 44%. Os brancos e nulos chegam a 5%, e os indecisos contabilizam 2%.

Votos válidos
No total de votos válidos, Camilo Santana aparece com 52%, e Eunício Oliveira, com 48%.

A margem de erro da pesquisa é de três pontos percentuais para mais ou para menos. Já o grau de confiança chega a 95%.

O levantamento foi encomendado pela TV Verdes Mares. O instituto ouviu 1.204 eleitores em 60 municípios cearenses, entre os dias 23 e 25 de outubro. A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral do Ceará sob o número 00035/2014.



Eleições 2014: Dilma amplia vantagem sobre Aécio para 7 pontos, segundo Vox Populi

A presidente e candidata à reeleição Dilma Rousseff (PT) continua à frente do senador Aécio Neves (PSDB) na disputa pela Presidência da República, segundo pesquisa Vox Populi divulgada neste sábado (25) por TV Record, Record News e Portal R7. A petista aparece com 48% dos votos totais, contra 41% do tucano.

A vantagem de Dilma sobre Aécio passou de três para sete pontos percentuais, já que no último levantamento, de 20 de outubro, a petista tinha 46% e o tucano, 43% dos votos totais. A pesquisa de hoje, portanto, é a primeira do instituto em que Dilma aparece na liderança fora da margem de erro.

Votos brancos e nulos somam 5%, enquanto outros 5% dos entrevistados não souberam ou não responderam.

Considerando apenas os votos válidos — que exclui brancos, nulos e eleitores indecisos —, Dilma passou de 52% para 54% na pesquisa atual, enquanto Aécio caiu de 48% para 46%.

A pesquisa foi realizada neste sábado com 2.000 eleitores de 147 municípios do país. O levantamento está registrado no TSE com o número BR-01185/2014.

Pesquisas Ibope e Datafolha
O Ibope também divulgou na tarde de hoje um levantamento para a disputa de segundo turno. Dilma continua na liderança isolada, fora da margem de erro, mas a vantagem caiu de oito para seis pontos percentuais.

A petista aparece com 49% dos votos totais, contra 43% de Aécio. Veja aqui todos os números da pesquisa.

Outra pesquisa Datafolha, divulgada neste sábado, indica empate técnico entre Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves (PSDB). A presidente soma 47% das intenções de voto, contra 43% do tucano. Em votos válidos, o placar está 52% a 48% em favor da candidata à reeleição.

Fonte: R7



TSE proíbe Veja de fazer propaganda de capa

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) concedeu liminar na noite desta sexta-feira (24) que proíbe a editora Abril, responsável por publicar a revista Veja, de fazer propaganda em qualquer meio de comunicação da reportagem de capa segundo a qual a presidente Dilma Rousseff e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva teriam conhecimento do esquema de corrupção da Petrobras. A reportagem diz se basear em depoimento prestado na última terça-feira (21) pelo doleiro Alberto Youssef no processo de delação premiada a que ele se submete para ter direito à redução de pena.

O pedido para impedir a publicidade da matéria foi apresentado pela campanha de Dilma na tarde desta sexta-feira. A defesa da petista requereu ao tribunal que a revista se abstivesse fazer propaganda de sua capa, que tem, na opinião dos advogados de Dilma, conteúdo ofensivo à candidata à reeleição. Para a campanha petista, uma eventual publicidade do caso tem por objetivo único beneficiar a candidatura do tucano Aécio Neves.

A ação da defesa de Dilma se ampara no artigo da Lei das Eleições que prevê que a propaganda eleitoral no rádio e na televisão restringe-se ao horário gratuito, sendo proibida a veiculação de propaganda paga. Essa mesma vedação, segundo campanha da petista, é estendida à divulgação de propaganda na internet e por meio de outdoors. Em caso de descumprimento da liminar, os advogados de Dilma cobram a aplicação de multa de R$ 1 milhão por veiculação proibida.

A campanha da presidente argumentou ainda que a revista Veja antecipou sua edição em dois dias com a "nítida intenção de tumultuar a lisura do pleito eleitoral do próximo domingo (26)". Citam ainda que a revista teria postado no Facebook dela, com 5,4 milhões de seguidores, notícia com o título "Tudo o que você queria saber sobre o escândalo da Petrobras: Dilma e Lula sabiam". Essa propaganda teria sido reproduzida na página oficial do PSDB, partido do adversário na disputa ao Palácio do Planalto, também na mesma rede social.

Em sua defesa, a Editora Abril sustentou que as liberdades de comunicação e de atividade econômica são direitos previstos na Constituição. Esses direitos, disse a editora, "não podem ser sufocados por medidas de cunho censor sob a alegação de imaginária propaganda eleitoral". Para Abril, o que se pretende é "impedir a imprensa de divulgar assunto que a sociedade tem o direito de tomar conhecimento". "Não houve ilícito algum na matéria publicada na edição e tampouco nas propagandas de divulgação da revista, de modo que a representada (Editora Abril) agiu no seu estrito direito constitucional", afirmou.

Em parecer, o procurador-geral Eleitoral, Rodrigo Janot, manifestou-se a favor da campanha da Dilma. Para Janot, diante da iminência da realização de uma propaganda eleitoral irregular, é necessário proibir a divulgação das publicidades sob pena de acarretar "prejuízo irreparável ao equilíbrio e (à) lisura do pleito".

Em sua decisão, o ministro Admar Gonzaga, relator do processo, afirmou que há elementos para acatar o pedido liminar, suspendendo, até o julgamento do mérito, qualquer publicidade da editora sobre o assunto. Segundo ele, cabe ao TSE "velar pela preservação da isonomia entre os candidatos que disputam o pleito". "Desse modo, ainda que a divulgação da revista Veja apresente nítidos propósitos comerciais, os contornos de propaganda eleitoral, a meu ver, atraem a incidência da legislação eleitoral, por consubstanciar interferência indevida e grave em detrimento de uma das candidaturas", afirmou o ministro.

Admar Gonzaga - um dos advogados da campanha de Dilma em 2010 - disse ainda que a antecipação em dois dias da divulgação da revista "poderá transformar a veiculação em verdadeiro panfletário de campanha, o que, a toda evidência, desborda do direito/dever de informação e da liberdade de expressão".

"No caso, muito embora o periódico possa cuidar - em suas páginas - desse tema sensível, confirmando sua linha editorial de maior simpatia a uma das candidaturas postas, entendo que a transmissão dessa publicidade por meio de rádio, ou seja, de um serviço que é objeto de concessão pelo Poder Público e de grande penetração, desborda do seu elevado mister de informar, com liberdade, para convolar-se em publicidade eleitoral em favor de uma candidatura em detrimento de outra", afirmou o ministro, em decisão divulgada às 23h36 desta sexta-feira (24).

Fonte: Estadão Conteúdo



Eleições 2014: Dilma tem 53%, e Aécio, 47% dos votos válidos, aponta Ibope


Pesquisa Ibope divulgada neste sábado (25) aponta os seguintes percentuais de votos válidos no segundo turno da corrida para a Presidência da República:

- Dilma Rousseff (PT): 53%
- Aécio Neves (PSDB): 47%

Para calcular esses votos, são excluídos da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição.

A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal "O Estado de S. Paulo".

No levantamento anterior do instituto, divulgado no dia 23, Dilma tinha 54% e Aécio, 46%.

Votos totais
Se forem incluídos os votos brancos e nulos e dos eleitores que se declaram indecisos, os votos totais da pesquisa estimulada são:

- Dilma Rousseff (PT): 49%
- Aécio Neves (PSDB): 43%
- Branco/nulo: 5%
- Não sabe/não respondeu: 3%

O Ibope ouviu 3.010 eleitores em 206 municípios nos dias 24 e 25 de outubro. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%, o que quer dizer que, se levarmos em conta a margem de erro de dois pontos, a probabilidade de o resultado retratar a realidade é de 95%. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-01195/2014.

1º turno
No primeiro turno, Dilma teve 41,59% dos votos válidos e Aécio, 33,55%.

Fonte: G1



Eleições 2014: Dilma tem 52%, e Aécio, 48% dos votos válidos, diz Datafolha

Pesquisa Datafolha divulgada neste sábado (25) aponta os seguintes percentuais de votos válidos no segundo turno da corrida para a Presidência da República:

- Dilma Rousseff (PT): 52%
- Aécio Neves (PSDB): 48%

Para calcular esses votos, são excluídos da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição.

A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal "Folha de S.Paulo".

De acordo com o Datafolha, a presidente Dilma Rousseff (PT) chega à véspera da votação empatada tecnicamente com seu adversário, Aécio Neves (PSDB). Mas, segundo o instituto, "é maior a probabilidade de Dilma estar à frente".

No levantamento anterior do instituto, divulgado no dia 23, Dilma tinha 53%, e Aécio, 47%.

Votos totais
Se forem incluídos os votos brancos e nulos e dos eleitores que se declaram indecisos, os votos totais da pesquisa estimulada são:

- Dilma Rousseff (PT): 47%
- Aécio Neves (PSDB): 43%
- Em branco/nulo/nenhum: 5%
- Não sabe: 5%

Os dois candidatos estão tecnicamente empatados dentro do limite da margem de erro.

O Datafolha ouviu 19.318 eleitores em 400 municípios nos dias 24 e 25 de outubro. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%. Isso significa que, se forem realizados 100 levantamentos, em 95 deles os resultados estariam dentro da margem de erro de dois pontos prevista. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-01210/2014.

Certeza do voto
O Datafolha também perguntou, entre os dois candidatos, em quem os eleitores votariam com certeza, em quem talvez votassem e em qual não votariam de jeito nenhum. Veja os números:

Dilma
46% - votariam com certeza
14% - talvez votassem
38% - não votariam de jeito nenhum
1% - não sabe

Aécio
41% - votariam com certeza
16% - talvez votassem
41% - não votariam de jeito nenhum
2% - não sabem

1º turno
No primeiro turno, Dilma teve 41,59% dos votos válidos e Aécio, 33,55%.

Fonte: G1



Nova Olinda (CE): Comerciante é morto a tiros ao volante de sua Hilux

O comerciante George Antonio Grangeiro Sampaio, de 46 anos, que era natural de Crato, mas residia em Exu (PE), foi morto a tiros por volta das 21h30min na CE-292 à altura do Sítio Pedra Branca a uma distância de6 Kmpara o centro de Nova Olinda. Ele dirigia sua Hilux de cor branca quatro portas e placas PGL-1309, inscrição do Pernambuco quando foi atocaiado por vários homens que viajavam em um carro e numa motocicleta os quais passaram a efetuar disparos na direção do mesmo.

Ele perdeu o controle da camionete, saiu da pista e adentrou o mato após destruir uma cerca de arame farpado. A polícia foi avisada e encontrou o comerciante ainda agonizando ao volante da Hilux quando tratou de socorrê-lo no seu próprio veículo, mas este já chegou sem vida ao hospital de Nova Olinda. Tanto o corpo da vítima quanto o carro apresentava várias perfurações à bala de diversos calibres.

A tese inicial da polícia é de um crime de pistolagem já que nada foi levado de George, pois, no carro, foram encontrados vários cheques e R$ 5.978,00 em dinheiro. O Subtenente Ariovaldo, os Cabos Landim e Ferreira e os Soldados Alexandre e Félix do Destacamento Militar de Nova Olinda diligenciaram com o apoio de PMs do Destacamento de Santana do Cariri sob o comando do Cabo Jairo, mas os acusados não foram localizados. A Hilux foi recolhida para a Unidade Policial de Nova Olinda, a fim de ser periciada.

Este foi o sexto homicídio do ano em Nova Olinda. O último tinha ocorrido no dia 13 de julho quando o andarilho Francisco Antonio de Brito, de 29 anos, o “Cão Miúdo”, foi morto a tiros. Ele estava sentado à calçada de uma casa na Rua Monsenhor Tavares, no centro, onde chegaram dois homens em uma moto Honda Bros atirando sem qualquer discussão. A vítima correu para o interior do imóvel, mas foi perseguida e assassinada no quintal. “Cão Miúdo” respondia por um homicídio e já tinha sido vítima de atentado à bala.

Demontier Tenório

Fonte: Miséria



Eleições 2014: Por que a surpresa com o falso escândalo da Veja?


Ora, ora: no fundo não há novidade na capa de Veja para este fim de semana eleitoral, acusando a presidenta Dilma Rousseff e o ex-presidente Lula de “já saberem de tudo”, com base em denúncias sem provas de um criminoso.

A gente já sabia que Veja iria tentar algo assim, com doleiro ou sem doleiro, com denúncia ou sem denúncia, algo baseado na presunção de que o inimigo é sempre culpado, com ou sem provas, com credibilidade das denúncias ou sem etc.

Travou-se intensa conspirata jornalística durante esta semana para tirar o PSDB do foco das denúncias do doleiro e concentrar todo o fogo sempre no PT e agora na presidenta Dilma e, inevitavelmente, em Lula.

Neste fim de semana, a direita brasileira e seus arautos estão dormindo com um pesadelo, que pode ser chamado de 12 + 12. São 12 anos em que seu apetite pelo Planalto ficou à míngua. Para o imaginário da direita, a possibilidade de uma vitória da presidenta Dilma Rousseff no domingo representa mais doze anos de seca, pois para ela (a direita) isto significaria a inevitável volta do “intragável” Lula em 2018 e sua reeleição em 2022.

É verdade que falta ainda combinar com Lula, que declarou que, se depender dele, não será candidato. Mas para este tipo de direita isto não conta. Ela não aceita ser contrariada, nem mesmo em suas fantasias negativas.

E Veja hoje, além de ser um poço de mau jornalismo, é a vanguarda do jornalismo marrom no Brasil. Uma curiosidade: a origem mais aceita para a expressão “imprensa marrom” no Brasil é de que se trata de uma adaptação da expressão yellow press, termo corrente para a imprensa sensacionalista e até chantagista nos Estados Unidos. “Amarela”, que seria a tradução literal de “yellow”, não pegou. Dizem alguns porque seria uma cor alegre, identificada com a bandeira nacional, com a cor da camiseta da seleção etc. Já marrom seria uma cor que lembra excremento. Há outras versões para a expressão, mas esta é a mais aceita. E Veja faz jus a ela.

A gente já sabia, portanto, que a revista semanal cometeria algo deste tipo. Não surpreende.

Veja também é conhecida por grandes “barrigas” – jargão para erros grosseiros de jornalismo. Como aquele de ter saído saudando a queda do presidente Hugo Chávez, da Venezuela, quando este já estava de volta ao Palácio Presidencial de Miraflores, reconduzido ao poder por um contragolpe fulminante e popular.

A capa de Veja, aliada aos dois pedidos de impeachment da presidenta Dilma Rousseff, protocolados pelo advogado Luís Carlos Crema ao findar esta semana, mostram o caminho que a direita pretende trilhar, caso a presidenta seja reeleita. Lembram a famosa frase de Carlos Lacerda sobre Vargas:

“O Sr. Getúlio Vargas, senador, não deve ser candidato à presidência. Candidato, não deve ser eleito. Eleito não deve tomar posse. Empossado, devemos recorrer à revolução para impedi-lo de governar.”

“Revolução”, no nosso vocabulário político então corrente, significava simplesmente “movimento armado”, no caso, um golpe militar. Hoje, como não há mais golpes militares no nosso horizonte, o que a direita pode almejar é um golpe a la Paraguai ou Honduras, uma destituição “legal” que impeça o seu pesadelo de se realizar.

Quer dizer: a capa de Veja tem dois alvos simultâneos: a eleição deste domingo e um golpe posterior, o impeachment já sinalizado pelos pedidos de Crema, caso o candidato da direita não consiga vencer.

Portanto, não há nada de novo sob o sol nem sob a chuva. Vindo da Veja, é o que a gente podia esperar.

Por: Flávio Aguiar

Fonte: Pragmatismo Político



Mostra UFCA agrega ciência, ensino, livros eletrônicos e manifestações culturais

A Universidade Federal do Cariri promove de 28 a 31 de outubro a Mostra UFCA, evento que apresenta à comunidade acadêmica e ao público externo os avanços que vem obtendo nas áreas da ciência, cultura e ensino. Com 96 atividades gratuitas, a Mostra acontecerá nos campi de Brejo Santo, Icó, Juazeiro do Norte e no Centro Cultural Banco do Nordeste Cariri.

A Mostra debaterá a criação de modelos de Educação à Distância no seminário “Dialogando sobre EAD nas Instituições de Ensino Superior”. Lançará livros impressos e e-books, contendo trabalhos acadêmicos produzidos por professores, alunos e técnico-administrativos.

As comunidades também são aguardadas, representadas pelos estudantes da rede básica de ensino. Por meio das visitas guiadas, eles terão o primeiro contato com os cursos e os espaços da universidade. Além de recepcionar os futuros universitários, os alunos da UFCA, acompanhados pelos professores, também oferecerão minicursos e oficinas ligados aos cursos de graduação e pós-graduação.

Refletindo o caldeirão cultural do Cariri, a Mostra será marcada pela pluralidade de manifestações artísticas. Haverá uma série de fóruns, encontros ligados às músicas, teatro, mostras de curtas-metragens e artesanato, apresentação do coral da UFCA, lançamento de livros, dentre outros eventos que debaterão sobre o universo cultural em pauta nas ações desenvolvidas na universidade.

ROBERTO CRISPIM
COLABORADOR

Fonte: Diário do Nordeste



Eleições 2014: Reforços para garantir a tranquilidade do pleito no Estado

Os municípios do Interior do Ceará se preparam para o segundo turno das Eleições após contratempos identificados no primeiro turno. Cartórios e autoridades eleitorais buscam diminuir a quantidade de filas, problemas em urnas e crimes, como a compra de votos e a quebra da Lei Seca.

Para esse reforço, cidades do Interior também irão receber tropas do Exército para apoio nessas Eleições. Além de Fortaleza, Caucaia, Maranguape, Pacatuba e Maracanaú, os 2.500 homens do Exército previstos para fazer a segurança no segundo turno também serão distribuídos para as zonas eleitorais de Juazeiro do Norte, Crato, Barbalha, Sobral, Crateús e Aracati.

Em Sobral, as tropas federais chegaram na tarde de ontem, segundo a Promotora Eleitoral Juliana Cronemberg, que cuida das 121ª e 24ª Zonas Eleitorais. Juliana explica que além desse reforço, a Polícia Militar também será reforçada e mais quatro promotores eleitorais estarão divididos entre sede e distritos do município. "Com isso, seremos seis promotores cuidando das Zonas Eleitorais abrangidas pelo Cartório Eleitoral de Sobral. No primeiro turno, nossas principais denúncias foram sobre compras de votos e boca de urna, havendo ainda, um bom número também sobre a quebra da Lei Seca", contou ela. Outro ponto levantado pela promotora foi a tensão entre os eleitores, que esteve bem presente no primeiro turno, e a expectativa de que nesse quesito, as eleições de domingo sejam mais calmas.

De acordo com o Chefe do Cartório, Manoel Gonzaga, 1.600 pessoas estarão trabalhando como mesários nesse Segundo Turno, e as turmas passaram por uma capacitação reforçada, a fim de que não houvesse demora nas filas. "Com poucas urnas trocadas, nosso maior desafio é vencer o tempo de espera do eleitor na fila. Para isso, fizemos mais treinamentos e capacitações entre este e o primeiro turno".

Questões pontuais
Em Limoeiro do Norte, durante o primeiro turno das eleições, foram identificados problemas pontuais de falta de mesários, o que acabou atrasando, em até uma hora, o início da votação em algumas seções eleitorais. A substituição foi feita por pessoas que estavam na própria fila de votação, aguardando o início do pleito. Para minimizar o problema neste segundo turno, o chefe do Cartório da 29ª Zona Eleitoral, Edgar Chaves Júnior, informou que os que substituíram os mesários que faltaram no primeiro turno deverão estar no segundo. "Também fizemos algumas substituições de outros mesários que apresentaram problemas de saúde, enfim, de modo a minimizar a falta e acabar atrasando a votação", disse.

Ainda de acordo com ele, os problemas verificados no dia 5 de outubro não causaram grandes prejuízos ao andamento das eleições e, neste domingo, devem ser bem menores. Limoeiro do Norte conta com 150 seções eleitorais e 600 mesários.

Sem incidentes
Na cidade de Iguatu, no Centro-Sul do Ceará, o promotor eleitoral, Fernando Miranda, informa não houve nenhum incidente na votação do primeiro turno. "Tudo transcorreu dentro da normalidade, sem incidentes importantes", frisou o representante do Ministério Público Eleitoral. Ainda de acordo com o promotor eleitoral, o clima é de tranquilidade até o momento. "A nossa expectativa é de que teremos as eleições mais calmas desde 1996", frisou. O município de Iguatu já registrou eleições tensas e os problemas mais graves geralmente ocorrem em pleitos municipais, como em 2008 que registrou a eleição mais violenta do Ceará, segundo avaliação na época da Polícia Federal.

Reforço na segurança
Os municípios da região do Cariri também já estão preparados para receber o eleitorado. No chamado Crajubar, área formada pelos municípios de Crato, Juazeiro do Norte e Barbalha, mais de 280 mil eleitores retornarão às urnas neste domingo (26). O clima é de tranquilidade e a segurança será redobrada por conta do envio de tropas federais em obediência à determinação do Tribunal Superior (TSE), por meio de decisão do ministro João Otávio Noronha. As tropas militares das Forças Armadas atuarão no município de Juazeiro do Norte. Nos demais municípios haverá reforço nos equipamentos de segurança pública com o aumento do contingente policial militar.

Em Crato, são 87.738 eleitores, que deverão votar em 101 locais, onde foram distribuídas 285 urnas eletrônicas. O município contará com 24 urnas de contingência, caso haja problema em algum dos equipamentos disponibilizados.

Já em Barbalha, conforme dados da Justiça Eleitoral, estão aptos a votar 41.741 eleitores. O candidato ao governo do Ceará, Camilo Santana (PT), também vota neste município.

Em Juazeiro do Norte, onde há votação biométrica, a expectativa é que a demora registrada no primeiro turno não se repita no próximo domingo. Em 5 de outubro, eleitores precisaram esperar até uma hora para conseguir acesso à urna de votação. O Cartório Eleitoral acredita que a demora na votação por conta da biometria não se repita, uma vez que o sistema já foi testado no turno anterior e neste segundo turno apenas dois cargos estão em disputa. Juazeiro é a única cidade do Cariri a usar o sistema de urnas biométricas.

Demora nas filas
A expectativa dos eleitores nas cidades do Centro do Estado é de menos demora nas filas na votação do segundo turno. A média de espera foi de 20 minutos no primeiro, mas em algumas seções, teve gente aguardando até uma hora para votar. Agora, como haverá escolha apenas para governador e presidente o tempo deverá ser reduzido pela metade, estimam os chefes dos cartórios eleitorais. O outro problema enfrentado na 6ª Zona Eleitoral, a maior da região, foi a pane em algumas urnas eletrônicas, mas foram substituídas com agilidade, causando poucos transtornos para os eleitores. Como ocorreu no primeiro turno, todas as 308 urnas distribuídas para Quixadá, Banabuiú, Choró e Ibaretama foram revisadas e serão distribuídas no início da manhã deste sábado, seguindo o planejamento adotado no início do mês.

Em Crateús, o primeiro turno foi calmo, havendo apenas pequenas divergências no sistema de biometria. Sobre isso, o juiz eleitoral Erci Alencar esclareceu: "Era a primeira vez que os mesários estavam trabalhando com esse processo. Desta vez não serão mais cinco votos. Pedimos aos eleitores para procurar diluir seus horários de votação. Para não causar tumulto. A biometria é um processo que veio para fortalecer a votação".

"Estão intensificado as forças de segurança pública. As forças federais estarão aqui para reforçar o trabalho. Crateús é uma cidade polo, 'capital' da região. Os agentes federais irão atuar em toda região contra a venda e compra de voto".

JÉSSYCA MARQUES
COLABORADORA E SUCURSAIS

Fonte: Diário do Nordeste



Após denúncias, sede de editora que publica a Veja é atacada por militantes em São Paulo

A sede da Editora Abril, responsável pela publicação da revista Veja, foi atacada na noite desta sexta-feira (24/10). Pichações foram feitas e pedaços da publicação, que traz matéria contra a presidente Dilma Rousseff e Lula, arremessados em frente ao edifício.

Fotos do ataque rapidamente circularam nas redes sociais. As denúncias da Veja afirmam que Dilma Rousseff e Lula sabiam do esquema de corrupção da Petrobras, comandado pelo doleiro Alberto Youseff.

Durante o último debate do segundo turno, promovido pela Rede Globo, os tucanos presentes reclamaram que militantes petistas estariam recolhendo exemplares da revista das bancas de São Paulo. Ao ser questionado sobre o fato, o prefeito da capital paulista, Fernando Haddad (PT), respondeu: "Você está brincando comigo? Me diga qual a banca que eu mando a guarda municipal. Tem B.O.?".

Fonte: Correio Braziliense



Santana do Cariri (CE): Milhares de fiéis fazem homenagem à mártir

Cerca de 10 mil fiéis participaram ontem, em Santana do Cariri, da 11ª Romaria em louvor à menina Benigna Cardoso da Silva, popularmente conhecida como a Mártir da Castidade, cujo processo de beatificação está sob análise de um Tribunal determinado pela Sagrada Congregação para a Causa dos Santos, em Roma.

O processo que poderá resultar na beatificação de Benigna foi encaminhado ao Vaticano pela Diocese de Crato, em março de 2013, tão logo houve a indicação do "Nihil Obstat", pela Santa Sé, aprovando o início dos estudos em torno da jovem, que foi assassinada aos 12 anos por defender sua castidade.

Ontem, 73 anos após a morte de Benigna, fiéis recordavam o sofrimento da menina enquanto realizavam o pagamento de promessas e faziam novos pedidos. No bairro de Inhumas, onde está o memorial em homenagem a ela, milhares de pessoas aguardavam o início da caminhada, num percurso de cerca de 7 Km, com encerramento na Matriz de Nossa Senhora Sant'Ana, onde houve celebração presidida pelo bispo diocesano de Crato, dom Fernando Panico, auxiliado por outros padres da Diocese daquele município.

Devoção
O clima entre os participantes era de fé, adoração e muita emoção. A dona de casa Ana Alencar Lima, do distrito de Mororó, em Nova Olinda, disse que todos os anos participa das festividades em prol da jovem Benigna, que para a maioria dos fiéis já é vista como santa do Cariri, a exemplo de Padre Cícero. "A maioria aqui já recebeu uma graça. Eu venho todos os anos agradecer pela bênção que ela me proporcionou", diz ela, garantindo que por muitos anos se sentiu incomodada por uma forte dor na perna esquerda e que, após rezar para a mártir, nunca mais voltou a sentir o incômodo.

A aposentada Zulene de Freitas, de Juazeiro do Norte, também afirma ter alcançado uma graça através do intermédio de Benigna. Segundo ela, a nora teria sido diagnosticada com problemas cardíacos ainda quando criança, tendo sido desenganada pelos médicos. "Eles diziam que ela não sobreviveria. Que iria morrer aos 11 anos", diz ela, comentando que a fé depositada na menina salvou a vida da nora. "Depois que a promessa foi feita nunca mais ela ficou doente".

Para dom Fernando Panico, a crescente manifestação de fé da população em torno da mártir poderá ser fator importante na análise do pedido de beatificação. "As possibilidades em torno da beatificação da Menina Benigna são, sim, muito verdadeiras", afirmou o bispo, sem saber, no entanto, informar um prazo para a decisão da Santa Sé.

ROBERTO CRISPIM
COLABORADOR

Fonte: Diário do Nordeste



Juazeiro do Norte (CE): Cariri Garden Shopping se une a campanha Outubro Rosa

Diversas atividades em prol da campanha Outubro Rosa serão realizadas no Cariri Garden Shopping a partir desta quinta-feira (23) até o domingo (26). A campanha terá diversos serviços a saúde e beleza feminina, levando informação, orientações de prevenção, além de palestras, oficinas, e uma mobilização social, que irá beneficiar o Instituto do Câncer de Barbalha, por meio da arrecadação de doações de roupas e alimentos.

Lojistas do shopping estarão engajados na campanha e algumas operações na área de perfumaria e cosméticos, no intuito de proporcionar mais beleza às mulheres. Serão oferecidos atendimentos gratuitos de limpeza de pele, hidratação e maquiagem.

Ainda no sábado, acontece a “Corrida Rosa”, com participação de cerca de 200 participantes inscritos. As inscrições podem ser feitas na Juartes, no Cariri Garden Shopping, com 1kg de alimento não perecível, que será doado para o Instituto do Câncer.

A “Corrida Rosa”, contará com um percurso de 5 Km. Será uma das grandes atrações do sábado, a partir das 18h, e conta com o apoio dos seguintes parceiros: Unimed Cariri, Juartes, Faculdade Leão Sampaio, Cariri Runners, Mercadinhos São Luiz, Prime Eventos e Farmácia Pague Menos.  Um palco será montado no estacionamento do Cariri Garden Shopping, para recepcionar todos os participantes, com a presença de um DJ para garantir a animação do público, e muita movimentação, como forma de engajamento de todos os envolvidos no ato.

Logo após, uma palestra de saúde com o especialista em Mastologia, abordará os cuidados necessários a respeito da prevenção do câncer de mama.

Serviço:
Campanha Outubro Rosa
Data : 23 a 26 de outubro
Local : Cariri Garden Shopping
Palestra: Prevenção do Câncer de Mama, às 16h
Corrida Rosa: 18h de sábado

Assessoria de Imprensa/Cariri Garden Shopping



Eleições 2014: Ataques, propostas e nervosismo pautam Dilma e Aécio no último debate

Dilma Rousseff, presidente e candidata à reeleição pelo PT, e Aécio Neves, presidenciável do PSDB, participaram na noite desta sexta-feira (24) do ultimo debate da campanha do segundo turno à Presidencial da República. Ambos os presidenciáveis estavam nervosos no confronto, que foi marcado por alternância de ataques e propostas dos dois lados.

Em segundo lugar nas pesquisas Ibope e Datafolha, o tucano assumiu uma postura mais agressiva logo início do confronto, citando matéria da revista Veja com denúncia de que Dilma e o ex-presidente Lula supostamente sabiam de casos de corrupção na Petrobras.

Dilma respondeu acusando a revista de golpismo ao propagar denúncias falsas. A petista disse ainda que vai processar a publicação. "A revista Veja não apresenta nenhuma prova do que faz. Ela tem o hábito de tentar dar um golpe eleitoral. Fez a mesma coisa em 2002, em 2006, em 2010 e agora faz em 2014. O povo não é bobo, candidato. E sabe que está sendo manipulado", criticou Dilma.

Em contra-ataque ao adversário, Dilma citou a crise de água em São Paulo, governado pelo tucano Geraldo Alckmin. "O fato é que a água é responsabilidade do Estado, nós somos parceiros e demos o dinheiro para projetos. Não planejar no Estado mais rico do País é uma vergonha", atacou a petista.

Nesta questão, Dilma foi irônica ao responder ao adversário, estratégia que usou em grande parte do debate. Ela citou até o colunista do José Simão, dizendo que com a falta de água em São Paulo vai ser necessário criar o programa Meu Banho Minha Vida.

O tucano responsabilizou o governo federal pela crise hídrica paulista, dizendo que Dilma não ajudou o Estado com investimentos. Aécio apontou o aparelhamento político das agencias fiscalizadoras e dos órgãos federais.

Considerações finais
Dilma fez as considerações finais, que encerraram o debate, num emocional. "O Brasil que nós estamos construindo é o Brasil do amor, da esperança e da união. O Brasil das oportunidades. O Brasil que valoriza o trabalho da energia empreendedora. O Brasil que quer crescer, melhorar, e faz isso com muita autoestima. É o Brasil da educação e da cultura. Da inovação e da ciência. Eu deixo aqui minha palavra. Nós que lutamos tanto para melhorar de vida, não vamos permitir que nada nem ninguém tire de você o que você conquistou. Não vamos permitir que isso volte atrás. Vamos garantir que haverá um futuro nosso, um futuro de esperança e de unidade", declarou a petista.

Aécio, por sua vez, mais uma vez se mostrou como o candidato da mudança. "Eu chego ao final dessa campanha de pé e honrado pelas manifestações de carinho. Não sou hoje o candidato de um partido, mas que representa a mudança que você e sua família quer ver no País. Estou extremamente honrado em andar pelo País e ver surgir uma confiança nova. Acompanhando meu avô Tancredo há 30 anos, tive essa oportunidade de andar pelo País. Se eu merecer o seu voto, eu subirei a rampa do Palácio do Planalto com a mesma força que meu avô nos conduziu à democracia", afirmou o tucano, encerrando o debate.

Fonte: Último Segundo



7 atitudes que podem fazer com que as pessoas se afastem de você

Você já se perguntou o que as pessoas pensam sobre você? Será que suas relações interpessoais estão boas? O About.com listou alguns fatores que podem explicar por que uma pessoa é deixada de lado, para de receber convites para sair com os amigos ou simplesmente é ignorada pelos colegas de trabalho. Será que isso não está acontecendo com você? Confira a seguir quais comportamentos devem ser evitados para quem quer ter amigos sempre por perto:

1 – Pare de falar mal de todo mundo
Sabe aquela pessoa que vive apontando os defeitos alheios? Pois é. A verdade é que ninguém gosta de ficar ao lado dela por muito tempo – até mesmo porque o ouvinte fica sempre com aquela dúvida: “Será que fulano fala mal de mim também?”. Não há como negar: as pessoas acabam se afastando desses fofoqueiros natos. Se você é assim, que tal maneirar nos comentários?

2 – Aprenda a se comportar melhor
Por mais questionáveis que sejam algumas normas de etiqueta, vale lembrar que ter bons modos não mata ninguém. Você pode ser uma pessoa mais livre quando estiver com os seus amigos, claro, mas quando estamos falando do convívio com colegas de trabalho, não custa nada, por exemplo, comer de boca fechada.

3 – Não seja o piadista inconveniente
Lógico que rir é ótimo, e todo mundo adora uma piada vez ou outra. A questão é que algumas pessoas parecem não ter noção do limite. Se você não sabe distinguir piadas boas de grosserias, apenas evite comentários que pareçam engraçados, mas que no fundo não passam de preconceitos, machismos, sexismos, racismos e afins. Na dúvida, pense se aquilo que você quer falar realmente é engraçado ou se é só mais um senso comum chato e tosco.

4 – Aprenda a trabalhar em equipe
Essa é bem lógica: você gostaria de estar perto de uma pessoa que valoriza as outras pessoas ou que se fecha em uma bolha? A verdade é que você precisa trabalhar bem em equipe, ser comunicativo, reconhecer o trabalho alheio, aprender a elogiar e a fazer críticas construtivas.

5 – Comece a dividir a conta
Não é porque seu amigo se ofereceu para pagar a conta uma vez que você nunca mais vai dividir as despesas. Pessoas “folgadas”, que dizem o famoso “paga para mim que depois eu devolvo o dinheiro”, deixam, obviamente, de ser convidadas para algumas ocasiões. Se a grana está curta, simplesmente não saia ou escolha uma opção mais barata.

6 – Pare de bater boca
Se por acaso você é uma dessas pessoas que adora uma boa briga só pelo prazer de mostrar que está certo e se quando você sabe que não está certo continua argumentando como se estivesse, só para não perder a discussão, a má notícia é: você está na categoria das pessoas mais chatas do mundo e é óbvio que seus amigos deixarão de fazer convites.

Se uma pessoa quer ouvir a outra falar sem parar por horas, ela vai a uma palestra. Mesa de bar não é o melhor lugar para discursar sobre suas convicções – até mesmo porque por mais genial que você se julgue, algumas pessoas simplesmente não dão a mínima para o que você pensa a respeito de determinados assuntos. Então, não insista em ser chato, pelo seu próprio bem.

7 – Comece a ouvir
Esse tópico tem muita relação com o anterior, pois quem fala pelos cotovelos não é um bom ouvinte – repare. O problema de pessoas que falam demais é que elas atravessam a fala do pobre coitado que resolve interromper o monólogo.

Ninguém gosta de ser cortado pela pessoa verborrágica e egocêntrica da mesa. Se você fala sem parar, já é chato; agora, se fala sem parar e não deixa mais ninguém falar, você é praticamente insuportável.

Se não há um psicólogo à sua frente, que está ali só para ouvir as suas falas mesmo, por favor, entenda que equilibrar diálogos é fundamental – e relativamente simples: conversas são feitas de falas e silêncios. Se nenhum dos dois está prevalecendo sobre o outro, está tudo bem.

Fonte: Mega Curioso (Via About.com/Debby Mayne)



Dilma: "Veja fracassará no intento criminoso, ela não ficará impune"

O perfil da presidente e candidata à reeleição Dilma Rousseff (PT) nas redes sociais postou diversas mensagens contra a reportagem publicada pela revista Veja. "Veja fracassará no intento criminoso, ela não ficará impune. A justiça livre desse país vai condená-la por esse crime", disse seu perfil no Twitter. "A Veja comete esta barbaridade contra mim e contra o presidente Lula sem apresentar a mínima prova. Isso é um absurdo, isso é um crime", diz outro tuíte. Algumas das mensagens reproduziram parte do horário eleitoral. Ao todo, no Twitter da candidata do PT, foram até o momento 16 mensagens sobre o tema, alguns com o hashtag #Desesperodaveja, em referência ao Tumblr (plataforma de blogs, com imagens e vídeos) de mesmo nome.

No Facebook, o perfil de Dilma destacou ação de internautas que fizeram memes e ridicularizaram capas da Veja. O post tem um link para uma página no site oficial na campanha, com uma matéria que fala sobre o "humor dos internautas" para lidar com a "mentira e truculência" da revista.

Aécio Neves (PSDB), por sua vez, postou a matéria da Veja em seu perfil no Facebook e disse que a edição que chegou hoje às bancas "traz importantes revelações sobre as investigações relacionadas aos casos de corrupção na Petrobras". É o único post do tucano sobre o tema. Na sequência ele também publicou um link para um editorial da revista IstoÉ, falando do "massacre de reputações promovido pelo PT".

Entre os temas mais comentados pelo Twitter no Brasil, os chamados "trending topics", figurava nesta tarde o hashtag #Desesperodaveja, bem como o #VotoAecioPeloBR45IL.

Reportagem de capa da Veja distribuída hoje relata que o doleiro Alberto Youssef afirmou, em depoimento à Polícia Federal, que a presidente Dilma e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva tinham conhecimento do esquema de cobrança de propina na Petrobras.

Fonte: Estadão Conteúdo



Juazeiro do Norte (CE): Aberta exposição sobre o Geopark Araripe

Uma incrível exposição que conta os detalhes dos geossítios do Geopark do Araripe teve início na última quarta-feira (22), no Cariri Garden Shopping, por meio de parceria. Os nove geossítios do Geopark Araripe, podem ser conhecidos pelos visitantes e curiosos por meio de maquetes e banners que contam a história da riqueza geológica, cultural, social e paleontológica da área que abrange a Chapada do Araripe. A entrada é gratuita.

Reconhecido pela Unesco com a chancela do Selo Verde, pela primeira vez o Geopark Araripe adentra o universo de um shopping, para contar especificamente a história de todos os seus geossítios, com características diversificadas, mas que incorporam grande riqueza da região. São seis municípios inseridos: Crato, Juazeiro do Norte, Barbalha, Missão Velha, Nova Olinda e Santana do Cariri, com os seus respectivos registros.

As réplicas de dinossauros, pterossauros e outros animais pré-históricos, que viveram na região há mais de 110 milhões de anos, podem ser vistos bem te perto pelos visitantes, no espaço ao lado das lojas Marisa no centro de compras.

Oficinas de réplicas e bonecos estarão abertas ao público, a partir das 14h. O material que é produzido tem um cunho educativo. O diretor do Geopark Araripe, Professor Idalécio Freitas, ressalta a parceria com o shopping, no intuito de difundir a riqueza histórica da região, incluindo um plano de trabalho parceiro, que vem sendo executado, e espaço permanente que será desenvolvido como forma de levar ao público o conhecimento do Geopark. Vale ressaltar que a parceria será formalizada em novembro durante o aniversário do empreendimento, com entrega de uma placa comemorativa do shopping, além de um projeto de sinalização.

Serviço:
Evento: Exposição Geopark Araripe
Local: Cariri Garden Shopping (Prox. à Loja Marisa)
Horário: das 10h às 22h
Entrada: Gratuita
Indicação: Livre

Assessoria de Imprensa/Cariri Garden Shopping


Eleições 2014: Temer diz que reportagem da Veja envolvendo Lula e Dilma foi “campanha”

O vice-presidente da República, Michel Temer (PMDB), vice na chapa de Dilma Rousseff (PT), candidata à reeleição para a Presidência da República, classificou como “campanha” a reportagem de capa da revista Veja com denúncias sobre o esquema de corrupção na Petrobras, investigado pela Polícia Federal (PF) na Operação Lava Jato. A matéria foi publicada nessa quinta-feira (23), na edição online da revista.

Segundo a reportagem, em depoimento à PF como parte do processo de delação premiada, o doleiro Alberto Youssef teria dito que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a presidenta Dilma Rousseff tinham conhecimento das irregularidades.

Temer falou à imprensa na chegada ao hotel onde está hospedada Dilma Rousseff, na Barra da Tijuca. De lá, os dois seguirão para o debate da Rede Globo, na noite de hoje (24).

"A observação que eu faço é que a matéria da Veja não foi uma simples informação. Foi uma campanha, né? E, portanto, eu acho que ela não mudará as coisas. E eu acho que se o candidato Aécio quiser levantar este tema, de uma forma agressiva, acho que ela deve repudiar", disse.

Temer ressaltou ainda que dificilmente um chefe do Executivo poderia saber de tudo o que ocorre nos escalões inferiores. "Às vezes, em um departamento muito inferior, você não consegue saber tudo o que acontece. Imagina no país. É dificílimo."

Fonte: Agência Brasil



Crato (CE): Município conta com uma nova Unidade de Conservação

A cultura da transformação de parte da propriedade rural em Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) ganha cada vez mais adeptos em diversas regiões do País. Neste município, proprietários rurais também estão aderindo a este tipo de mecanismo como forma de garantir uma maior condição de preservação da fauna e da flora existente na Chapada do Araripe. Atualmente, o Cariri conta com dois importantes espaços destinados às RPPN, um deles na região do Arajara Park, em Barbalha, e o outro, recém-criado, em Crato, mais precisamente no distrito de Campo Alegre.

A área de RPPN autorizada em Crato possui cerca de 11,73 hectares, localizados no Sítio Cabeça e Lopes, pertencente ao produtor rural José Renato Leite. O produtor é conhecido pelos membros do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) pelo trabalho que realiza no reflorestamento de espaços desmatados dentro de sua propriedade, além de outras ações que visam a preservação do meio ambiente.

Em todo o território nacional, existem apenas cerca de cem RPPNs. Juntas, elas totalizam cerca de 480 mil hectares. A finalidade da criação das áreas é a de sensibilizar a sociedade em relação à necessidade da proteção da biodiversidade existente também no interior das propriedades particulares. Conforme levantamento realizado por órgãos ambientais, o maior número de áreas de RPPN existentes atualmente encontra-se em Minas Gerais. Até 2012, cerca de 187 reservas tinham sido catalogadas naquele Estado.

No Ceará, conforme dados da Semace, existem 17 RPPNs, totalizando 10.931,22 ha de área particular protegida. As áreas estão localizadas nos municípios de Quixeramobim, Pacatuba, Tianguá, Itapipoca, Crateús, Guaiuba, Barbalha, Itapagé, Pacoti, Baturité, Quixadá, General Sampaio, Parambu, Amontada e Crato.

"A criação desta nova reserva pode ser um estímulo para que outros produtores também disponibilizem áreas de preservação ambiental dentro de suas propriedades. Como há existência de muitas fontes de água na Chapada do Araripe, o surgimento de novas RPPNs no Cariri pode resultar, inclusive, na preservação e na manutenção do Soldadinho do Araripe, cujo Plano de Ação Nacional já está efetivado", observou o chefe da APA da Chapada do Araripe, Paulo Maier.

Ele explicou que a gestão da área onde as RPPNs funcionam é de responsabilidade dos proprietários rurais onde as reservas foram criadas. "Antes que haja a criação de uma RPPN é feito um esforço de identificação das características da área justificando a criação da nova reserva que, diferentemente das outras unidades que são de responsabilidade de gestão dos governos Municipal, Estadual e Federal, são administradas pelos próprios proprietários das terras onde as reservas passaram a existir", disse.

O produtor rural que cria uma RPPN, além de contribuir para a proteção do meio ambiente, passa a contar com alguns benefícios, como isenção de Imposto Territorial Rural (ITR) referente à área reconhecida como RPPN; prioridade de análise dos projetos pelo Fundo Nacional de Meio Ambiente (FNMA); preferência na análise de pedidos de crédito agrícola junto a instituições de crédito.

Fonte: Diário do Noirdeste



Advogado de doleiro afirma: Veja mentiu sobre Dilma


O advogado Antonio Figueiredo Basto, que comanda a defesa do doleiro Alberto Youssef, afirma que desconhece o depoimento de seu cliente que ancora a capa de Veja, publicada ontem, em edição extra; “Eu nunca ouvi nada que confirmasse isso (que Lula e Dilma sabiam do esquema de corrupção na Petrobras). Não conheço esse depoimento, não conheço o teor dele. Estou surpreso”, afirmou; "Estamos perplexos e desconhecemos o que está acontecendo"; tentativa de golpe contra a democracia é manobra da revista conduzida pelo jornalista Eurípedes Alcântara e pelo executivo Fábio Barbosa, que comanda a Abril, no lugar dos Civita; jornalismo brasileiro atinge seu momento mais torpe

A tentativa de golpe da Editora Abril contra a democracia brasileira não durou um dia. Menos depois de 24 horas após circular com uma edição extra, acusando a presidente Dilma Rousseff e o ex-presidente Lula de "saberem de tudo" sobre o esquema denunciado na Petrobras, o "depoimento" do doleiro Alberto Youssef foi desmentido por ninguém menos que seu próprio advogado, o criminalista Antonio Figueiredo Basto.

“Eu nunca ouvi nada que confirmasse isso (que Lula e Dilma sabiam do esquema de corrupção na Petrobras). Não conheço esse depoimento, não conheço o teor dele. Estou surpreso”, afirmou Basto. “Conversei com todos da minha equipe e nenhum fala isso. Estamos perplexos e desconhecemos o que está acontecendo. É preciso ter cuidado porque está havendo muita especulação”, alertou o advogado.

A edição de Veja foi antecipada para esta quinta-feira para tentar interferir na sucessão presidencial, sobrepondo-se à soberania popular. Ontem, pesquisas Ibope e Datafolha confirmaram a liderança da presidente Dilma Roussef nas pesquisas eleitorais (leia aqui).

Os responsáveis diretos pelo atentado à democracia cometido pela Editora Abril são o diretor de Redação de Veja, Eurípedes Alcântara, o executivo Fábio Barbosa, que conduz a gestão da empresa, além dos acionistas da família Civita. Conduziram o jornalismo brasileiro a seu momento mais irresponsável, mais vil e mais torpe.

Fonte: Brasil 247



Barbalha (CE): Dois jovens de 17 e 18 anos foram mortos a tiros no Bairro Malvinas

Bruno morreu no local e Jadson veio a óbito no hospital
(Foto: Agência Miséria)
Um duplo homicídio foi registrado por volta das 22 horas desta quinta-feira na Rua P-17 (Bairro Malvinas) no município de Barbalha que nunca esteve tão violenta. Segundo testemunhas, os autores dos crimes estavam em um carro de cor preta e passaram efetuando vários disparos para fugirem em alta velocidade pela Avenida Luiz Gonzaga. Bruno Nascimento Santana tinha 18 anos e morreu no local, enquanto Jandson da Silva Santos, de 17 anos, faleceu antes de receber atendimento médico no Hospital São Vicente de Paulo.

Este residia no imóvel número 116 e Bruno na casa 125 da mesma rua em que foram baleados. A polícia foi avisada e o Sargento Lindomar com os Soldados Nonato, Soares e Manoel preservaram o local do crime, enquanto uma equipe da Força Tática de Apoio - FTA Motos, comandada pelo Cabo Ribeiro, diligenciou sem o êxito de localizar o carro ousado na fuga e os criminosos.

Os garotos não tinham passagens pela polícia e já são sete homicídios registrados este mês em Barbalha. O último aconteceu na tarde de segunda-feira (20) quando Gledson da Silva Santos, de 16 anos, tombou morto na mesma Rua P17 número 116 (Malvinas). Ele era irmão de Jandson que foi assassinado esta noite. Naquela tarde de segunda foi um carro igualmente de cor preta, mas identificado como um Fiat Siena que pode ter sido o mesmo de ontem.

Demontier Tenório

Fonte: Miséria



Crato (CE): Programa Mais Cultura leva artistas cratenses às Escolas

Música, tradição, africanidades e difusão cultural são questões que farão parte das atividades do Programa Mais Cultura na Escola Maria Yara de Brito Gonçalves – CAIC. Conforme o projeto encaminhado ao Ministério da Educação e da Cultura a ideia é fomentar e reconhecer o discurso das mestras da cultura popular através da música sobre a tradição oral, incluindo contação de histórias, através da fala cantada e ampliar e dar visibilidade as mestras   e as canções populares.

A educadora, artista e estudante do curso de Música da Universidade Federal do Cariri - UFCA, Maria de Fatima Gomes dos Santos – Fatinha Gomes é a parceira cultural da escola CAIC, o que possibilitou a seleção da escola pelo Programa.

O lançamento do Programa aconteceu no início deste mês e no próximo sábado (25), os alunos participarão de oficina sobre difusão cultural com a artista Fatinha Gomes. A ideia é que grupos da tradição popular, como é o caso das Mulheres do Coco da Batateira, da comunidade aonde é localizada a escola, possam ser inseridas no projeto.

O diretor do CAIC, Francisco de Assis Batista, destaca que o Programa Mais Cultura nas Escolas buscará resgatar a identidade cultural da localidade, demonstrando que não existem culturas superiores ou inferiores. “As diferenças entre as culturas devem ser respeitadas e enriquecer a diversidade de opções culturais que existem em cada localidade, região e nação”, afirma o diretor.

O Projeto será desenvolvido através de oficinas nos finais de semana e tem a intenção de beneficiar diretamente 60 alunos. O Mais Cultura nas Escolas contará ainda com a adesão de mais nove escolas da rede municipal do Crato que serão beneficiadas com o Programa do Governo Federal.

Assessoria de Imprensa/PMC



Eleições 2014: Crato, Juazeiro do Norte e Barbalha terão reforço de tropas federais no 2º turno

Em sessão extraordinária realizada na manhã desta quinta-feira, 23/10, a Corte do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará, presidida pela desembargadora Iracema do Vale, decidiu pela inclusão de mais seis municípios cearenses – Juazeiro do Norte, Crato, Barbalha, Sobral, Crateús e Aracati – no pedido de reforço das tropas federais para o 2º turno das eleições.

A desembargadora Iracema do Vale já enviou o Ofício nº 3979/2014 ao Tribunal Superior Eleitoral, formalizando o pedido, em resposta à Mensagem do ministro do TSE, João Otávio de Noronha, nos autos do Processo Administrativo nº 166727/2014, solicitando que o TRE se manifestasse com urgência sobre os documentos juntados no processo “sobre a necessidade de envio de forças federais para os municípios de Crato, Barbalha, Juazeiro do Norte, Sobral, Aracati, Crateús, Campos Sales, Itapipoca, Tianguá, Aracati e Mauriti”. Esta solicitação foi encaminhada ao TSE pela Procuradoria Geral Eleitoral, atendendo a um pedido da coligação ‘Ceará de Todos’.

Na sessão extraordinária, o procurador regional eleitoral, Rômulo Conrado, opinou pelo reforço de tropas federais apenas para Juazeiro do Norte e Sobral. Mas, após ponderação do desembargador Abelardo Benevides Moraes, os demais juízes da Corte do TRE também decidiram pela inclusão dos seis municípios, somando-se aos outros cinco, já autorizados anteriormente pelo TSE – Fortaleza, Caucaia, Maracanaú, Maranguape e Pacatuba.

A presidente do TRE-CE, desembargadora Iracema do Vale, já entrou em contato com o comandante da 10ª Região Militar, general Marco Antônio Freire Gomes, que assegurou não haver problemas para a distribuição dos 2.500 militares do Exército nos municípios solicitados. O TRE aguarda apenas a autorização do TSE para que o pedido seja formalizado. De acordo com a desembargadora Iracema do Vale, “a Justiça Eleitoral tem sido rápida nas tomadas de decisão para que tenhamos uma eleição transparente, segura, levando tranquilidade aos eleitores que votarão no próximo domingo”.

Fonte: TRE-CE



Análise: Presidente Dilma avança em todas as classes

Sob a percepção mais otimista dos eleitores acerca do futuro do cenário econômico, o apoio à reeleição de Dilma Rousseff se espraia por diferentes classes sociais. Com isso, a petista chega para o último debate antes do pleito com vantagem real sobre Aécio Neves.

Se no primeiro momento, o segmento intermediário da classe média foi o responsável por desequilibrar a disputa a favor da presidente, sua liderança atual reflete o crescimento das intenções de voto tanto nos estratos mais ricos quanto nos mais pobres.

O tucano continua liderando com folga nas classes mais altas de onde extrai a maior parte de seus votos válidos, mas sua participação nesses subconjuntos caiu significativamente.

Na primeira pesquisa realizada após o primeiro turno, Aécio alcançava 74% entre os integrantes da classe alta e 67% entre os da média alta. Hoje, essas taxas correspondem a 64% e 58%, respectivamente.

Pelo peso desses dois subconjuntos na composição do eleitorado –aproximadamente 30%– as quedas, mesmo que expressivas internamente nos estratos, explicam a perda de dois dos quatro pontos percentuais que o peessedebista regrediu no total.

O restante do prejuízo vem dos setores mais numerosos da população –intermediários e excluídos.

Se há duas semanas, o melhor desempenho do tucano entre os mais pobres do que o de Dilma entre os mais ricos lhe garantia vantagem numérica, já que ambos extraíam do segmento intermediário o mesmo número de pontos, a situação agora mudou.

A perda de Aécio na classe média, inclusive no setor mais rico do estrato, o coloca em desvantagem. De seus 47% de votos válidos, 19 pontos vêm dos segmentos mais altos (eram 21 na pesquisa anterior), 14 do intermediário e 14 dos mais baixos. A distribuição por classe dos 53% de Dilma corresponde a 12, 17 e 24, respectivamente.

A maioria da classe média alta reside em Estados do Sudeste, especialmente em São Paulo, a maior parte em grandes cidades, e o estrato é um dos grupos mais ativos economicamente. Estão incluídos no mercado de trabalho como assalariados registrados, autônomos regulares e funcionários públicos acima da média da população. Têm grande potencial de consumo, com quase a totalidade de seus integrantes na classe B.

Instigados pela campanha eleitoral à equação, uma parcela desse segmento, com escolaridade não tão elevada quanto a da classe alta, pode valorizar mais a segurança do emprego formal, o impacto da empregabilidade junto aos seus, do que eventualmente os 6,5% de inflação anual no orçamento familiar.

O Datafolha já havia identificado queda de Aécio Neves e crescimento de Dilma no Sudeste no início da semana, mas não conseguia precisar em qual dos Estados ela ocorria, já que nos estudos anteriores não havia base estatística segura para a análise.

Agora, percebe-se que em comparação com o levantamento de duas semanas atrás, o tucano perdeu oito pontos no Rio e seis em São Paulo. Minas, nesse período, apesar de oscilações, ficou estável, dividida entre os dois.

Mesmo com a variação negativa, é o Sudeste, especialmente o Estado de São Paulo, que sustenta o alto patamar de intenção de voto de Aécio Neves e que mantém chances para o tucano equilibrar novamente a disputa.

De seus votos válidos, metade vem da região, dentre eles aproximadamente 30% provenientes dos paulistas. Dos votos válidos de Dilma, apenas 16% vêm do Estado de São Paulo. O Nordeste que pesa 27% no eleitorado brasileiro contribui com 36% dos votos válidos da petista.

Mauro Paulino, Diretor Geral do Datafolha

Alessandro Janoni, Diretor de Pesquisas do Datafolha

Fonte: Folha.com



Crato (CE): Coordenação de Saúde Bucal realiza ações preventivas com o Projeto Sorriso em Ação

A Secretaria de Saúde do Crato, por meio da Coordenação de Saúde Bucal está desenvolvendo o Projeto Sorriso em Ação. A ação está sendo administrada pela da equipe de Saúde Bucal que é composta por dentistas e auxiliares em Saúde Bucal.

A atuação do “Sorriso em Ação” será principalmente nas escolas públicas do Município com a realização de atividades educativas voltadas a Higiene Bucal, escovação supervisionada e aplicação de flúor.

Segundo a Coordenadora de Saúde Bucal do Município do Crato, Sáskia Barreto esse projeto objetiva sobretudo a redução do índice de cárie e perda precoce de dentes da população cratense. “Estamos empenhados em realizar um trabalho de educação, conscientização e prevenção para que as crianças e adolescentes de nossa cidade possam sorrir cada vez mais, um belo sorriso é sinal de saúde!” ressalta.

O lançamento do Projeto será hoje pela manhã no auditório da Secretaria de Saúde com a presença da Secretaria de Saúde do Crato Aline Franca.

A Coordenação de Saúde Bucal da Secretaria de Saúde do Crato disponibiliza serviços assistências em unidades de saúde e no Centro de Especialidades Odontológicas do município, lembrando que durante todo o mês de outubro realiza atendimentos especiais para as mulheres.

Assessoria de Imprensa/PMC



A estrada construída por Aécio nos arredores da fazenda de Roberto Marinho em MG

Estrada que dá acesso a Fazenda Sertãozinho, de propriedade da família Marinho. A via foi asfaltada
durante o governo de Aécio Neves em Minas
Em 2001, quando era governador de Minas Gerais, Itamar Franco recebeu a sugestão de asfaltar uma antiga estrada no interior do estado, que liga os municípios de Botelhos, na região de Poços de Caldas, a Alfenas. A obra foi à licitação, mas, depois de concluído o processo, Itamar optou por não fazer a pavimentação, pois, segundo disse ao então prefeito de Poços de Caldas, entendia que não era prioridade para Minas.

Seu sucessor, Aécio Neves, retomou o processo e fez a obra. No percurso entre as duas cidades, existem muitas propriedades rurais, mas nenhuma dela é maior do que uma fazenda que produz café de qualidade e tem uma grande criação de porcos, de onde saem todas as semanas caminhões carregados de carne suína em direção ao frigorífico de Poços de Caldas.

A propriedade se chama Sertãozinho, mas seu proprietário não gosta de publicidade. Em 2012, a revista Globo Rural publicou o resultado do 13º Concurso de Qualidade Cafés do Brasil — “Cup of Excellence Early Havest” –, realizado em Jacarezinho, no Paraná. A notícia destaca os três primeiros colocados, mas dá o nome da fazenda e do proprietário só dos dois primeiros. O terceiro tem apenas o nome da fazenda.

A propriedade foi comprada por Roberto Marinho há cerca de 15 anos e hoje quem manda ali é seu filho mais velho, Roberto Irineu Marinho.

A estrada é antiga. “Eu tenho 56 anos e sempre usei essa estrada para ir a Divisa Nova [município entre Botelhos e Alfenas]”, diz José Carlos Rocha, corretor em Botelhos. Era de terra, mas bem conservada pelas prefeituras de Divisa Nova e Botelhos. Depois que recebeu o asfalto, os moradores notaram mudança no traçado.

A estrada segue como antigamente até a entrada da Fazenda Sertãozinho, onde ela faz um desvio à esquerda e vai num percurso sinuoso por três quilômetros até um campo de futebol, onde tem outra porteira e termina a propriedade da família Marinho.

“Todas as outras propriedades são cortadas pela estrada municipal, menos a Sertãozinho”, conta Paulo Thadeu, ex-prefeito de Poços de Caldas e médico veterinário que trabalhou na fazenda, quando era de Homero Souza e Silva, sócio de Walter Moreira Salles no antigo Unibanco.

Homero vendeu a propriedade depois que bateu o carro entre Poços de Caldas e Botelhos. Dirigia o próprio carro e estava na companhia da esposa, que morreu. Desgostoso, colocou a propriedade à venda, comprada por Roberto Marinho.

“O Roberto Marinho ia sempre à fazenda, gostava muito dali. Eu mesmo vi ele algumas vezes na festa de São Pedro”, diz uma mulher que trabalhou na propriedade e guarda o registro em carteira. A tradição se mantém. Todos os anos a Sertãozinho realiza a festa junina.

Funcionários contam que Roberto Marinho tinha especial predileção por um cinematográfico jequitibá rosa conservado no coração da lavoura. De longe é possível ver a árvore, no meio de um recorte do cafezal em formato de diamante.

Eu fui até a fazenda, e usei a antiga estrada, que tem, hoje, uma porteira, mas que permanece aberta (não poderia ser diferente, já que se trata de estrada pública).

Logo na entrada, uma placa de fundo verde, com o desenho estilizado do jequitibá rosa e a frase: “Fazenda Sertãozinho – Sejam bem-vindos”. Entrei e fui até a casa do administrador, uma construção com varanda e garagem onde estavam três veículos, um modelo compacto, uma moto e uma camionete, todas com adesivos “Aécio Presidente”. Quem me atendeu foi seu sogro, que estava na varanda. Pedi para falar com o administrador. Primeiro veio o filho pré-adolescente, depois um homem parrudo, de camisa azul e bermuda.

Quando disse que era jornalista e estava fazendo uma reportagem sobre o desvio da estrada, o administrador se enfureceu: “Foi o PT que mandou você aqui?” Expliquei que o desvio de uma estrada, em benefício de particulares, é assunto de interesse público.

“Faz isso não, faz isso não”, disse, andando de um lado para o outro da varanda, ele no alto, eu num ponto mais baixo, separados por alguns degraus. “Isso aqui é um projeto social”. Como assim, projeto social? É uma fundação? Uma ONG? “Não. É que, se a Sertãozinho fechar, muita gente vai ficar desempregada em Botelhos”. E quantos empregos a fazenda dá? “Duzentos e quarenta”.

José Renato não escondia o nervosismo. “Gozado que vocês do PT fazem esse tipo de entrevista só no domingo.” Eu não sou do PT, disse a ele e pedi para gravarmos. José Renato Gonçalves Dias, o administrador, não quis gravação. Mas tentou dar algumas explicações.

“Tinha duas estradas, mas decidiram asfaltar aquela outra. Acho que é porque aqui moram algumas famílias, e a estrada asfaltada é um risco de acidente”. Mas a estrada municipal não é esta daqui? “As duas são”.

Os moradores da região negam que existisse outra estrada além da que corta a Sertãozinho. “Não existia outra estrada coisa nenhuma, era cafezal, e a divisa da fazenda Sertãozinho”, diz o ex-prefeito de Poços de Caldas.

Como veterinário, Paulo Thadeu passava sempre por ali. Não atendia apenas a Sertãozinho, mas outras propriedades, e sua então namorada, hoje esposa, morava num bairro conhecido como São Gonçalo, alguns quilômetros adiante da fazenda da família Marinho. “A estrada corta todas as fazendas, onde também moram pessoas, e a colônia de moradores da Sertãozinho não fica perto da estrada”.

Deixei na mão do administrador uma folha de papel com meu nome, telefone e e-mail, e pedi para entrasse em contato, caso quisesse dar mais informações sobre o desvio da estrada.

Retomei o caminho de Alfenas, pela antiga estrada municipal, que corta a fazenda. Estava fotografando um bambuzal que cobre a estrada e lhe dá a bela forma de um túnel quando a camionete, em alta velocidade, parou atrás do meu carro e José Renato correu na minha direção: “Você não vai fotografar aqui!”, gritou. Mas a estrada é pública, estou no caminho de Alfenas.

Entrei no meu carro e segui pela estrada municipal até o lado de fora da porteira, que estava aberta, onde tem um campo de futebol e o asfalto retoma o antigo traçado, fora dos domínios da Sertãozinho.

O administrador continuou parado 200 metros distante, com a camionete na diagonal, e quando comecei a registrar com a câmera sua presença intimidadora, ele saiu, na direção da casa. Permaneci na estrada municipal, mas do lado de fora da porteira aberta, e alguns minutos depois chegou um carro com quatro homens. Todos pararam onde a camionete do administrador estava. Tinham o tipo físico de seguranças.

“A Globo desviou a estrada porque ela pode, uai”, diz, rindo, um homem sentado no banco da praça central de Botelhos. O homem, de boné e camisa aberta, trabalhou na Sertãozinho, no retiro de leite, quando a Sertãozinho produzia de 3 a 4 mil litros por dia. Hoje, além dos porcos e do café, tem gado de corte.

O ex-vereador Olair Donizete Figueiredo, do PDT, que foi presidente da Câmara Municipal, diz que gostou do asfalto, apesar do desvio que aumentou em 3 quilômetros a distância até o município de Divisa Nova, mas critica o governo de Aécio Neves pela ausência de outra obra na região e da falta de atenção com os professores.

“Ele fez o asfalto por causa da influência da Globo, porque ia beneficiar ele. E aqui foi só, não fez mais nada”, afirmou o ex-presidente da Câmara.

Depois de pavimentar a pista de um aeroporto na antiga fazenda do tio, que tinha a posse da chave, desviar a rede de alta tensão para construir um haras na própria fazenda, de onde retirou o tráfego com a abertura de outra estrada, descobre-se agora que o governo de Aécio não foi generoso apenas com a própria família. Botelhos é testemunha de um jeito particular de administrar.

Por: Joaquim de Carvalho. Jornalista, com passagem pela Veja, Jornal Nacional, entre outros

Fonte: Diário do Centro do Mundo



Addthis