Ex-catador de latinhas receberá título de Cidadão Juazeirense

O professor Ciswal Santos, 31, autor de um projeto que fornece energia elétrica, água e internet, de maneira sustentável e por um baixo preço, para famílias carentes, receberá o título de Cidadão Juazeirense, no próximo dia 15 de outubro. A solenidade acontece no auditório do Memorial Padre Cícero, às 18h30. Nascido em Palmares (PE), sua história ficou conhecida após ter seu trabalho aprovado na Universidade de Harvard, nos Estados Unidos.

O reconhecimento da Câmara de Vereadores aconteceu no último dia 22 de novembro, quando o título de Cidadão Juazeirense foi aprovado por unanimidade. A autora do projeto foi a vereadora Jacqueline Gouveia (PRB). “Ficou lisonjeado com tal homenagem. Todos sabem do apreço que tenho por Juazeiro e, agora, tenho a oportunidade de me tornar filho dela”, comemorou Ciswal.

Trajetória
Ciswal se mudou para Juazeiro do Norte na adolescência quando seu pai, também professor, foi transferido para Serra Talhada (PE). Com família devota do Padre Cícero, optaram por ficar na terra do sacerdote. Com a separação dos pais, as dificuldades apareceram. Sua mãe ganhava R$ 15 por faxina. O valor era pouco para o jovem se manter na escola e sustentar a casa e, por isso, resolveu trabalhar em um mercantil entregando as feiras de bicicleta.

Quando entrou na faculdade, antes de completar os 16 anos, o professor teve que buscar no lixo a solução para seu sonho de continuar estudando. Foi aí que Ciswal resolveu catar latinhas de para reciclagem. O quilo do material custava R$ 2. Em uma semana, conseguia três quilos e meio. “Era com isso que pagava xerox, apostila, conseguia pegar um livro e imprimir”, lembrou em entrevista ao Diário do Nordeste, em outubro do ano passado.

A história se Ciswal ficou conhecida em todo o Brasil após ser aprovado, em setembro do ano passado, na Universidade de Harvard – uma das mais conceituadas no mundo. Seu projeto, que trará água, luz e internet, voltado para famílias do Semiárido nordestino, custa, aproximadamente, R$ 2 mil, mas a expectativa é diminuir para R$ 960.

Placas solares serão responsável pela energia elétrica e ajudará na captação de água através de um poço artesiano. Já a internet, seria disponibilizada por satélite.

Reconhecimento internacional
Segundo o professor, ele recebeu ligação do presidente de Angola, João Lourenço, que mostrou interesse em implantar o projeto em seu país. Outras duas nações africanas, Moçambique e Zimbábue, também podem ser contempladas através de um incentivo de uma empresa japonesa.

Em dezembro de 2018, Ciswal também foi convidado para ser embaixador de Direitos Humanos da Noble Order for Human Excellence (NOHE), organização presente em 17 países, ligada a Organização das Nações Unidas (ONU).

Fonte: Diário do Nordeste

Curta nossa página no Facebook

15 benefícios da castanha-do-Pará que você precisa conhecer

Conhecida como castanha-do-Pará ou castanha do Brasil, esta semente do grupo das nozes traz uma série de benefícios à saúde. Especialistas garantem que basta uma castanha por dia para usufruir das benesses do alimento, rico em substâncias antioxidantes, sobretudo selênio.

Por outro lado, exagerar na dose, isto é, de quatro a seis por dia, pode ser prejudicial para a saúde. Isto porque esta quantidade do alimento possui entre 200 e 300 mcg de selênio, um pouco abaixo recomendação diária máxima de selênio (400 mcg).

Para aproveitar melhor esta semente brasileira, separamos 15 benefícios da castanha-do-Pará que você precisa conhecer. Confira abaixo.

1. Tem efeito antienvelhecimento
As vitaminas A e E presentes na castanha fazem com que a produção de colágeno seja estimulada. Assim, confere firmeza e suavidade à pele.
    
2. Ajuda na prevenção do câncer
A castanha-do-Pará é capaz de neutralizar a presença dos radicais livres, que são produzidos pela respiração e contribuem para o envelhecimento das células e suas mutações, as quais originam os tumores.
    
3. Repara o tecido muscular
Para o crescimento dos músculos, é recomendo o consumo de alimentos ricos em proteínas. A castanha-do-Pará é fonte de proteínas. Além disso, as gorduras e o selênio presentes na castanha são importantes para criação de testosterona, que auxilia no aumento da massa muscular.
   
4. Auxilia na saúde do coração
Os nutrientes encontrados na castanha-do-Pará ajudam a controlar o colesterol ruim (LDL), reduzir o nível de triglicerídeos no sangue e abaixar a pressão arterial.
    
5. Previne infartos e AVC
Coma pelo menos uma castanha todos os dias. Isso ajudará a reduzir os riscos de infarto e AVC. Além disso, diminui os valores de colesterol e da pressão arterial.
   
6. Previne o diabetes
O consumo de alimentos ricos em magnésio diminui o risco de desenvolvimento de diabetes tipo 2. O magnésio atua no metabolismo da glicose, reduzindo os níveis de açúcar no sangue.
   
7. Auxilia no combate à acne
Graças às suas propriedades antibacterianas e anti-inflamatórias, a castanha-do-Pará é um aliado no combate à acne. Além disso, é rica em zinco, que ajuda na eliminação das toxinas do organismo e previne o aparecimento da acne.
    
8. Impede oxidação no cérebro
O selênio impede a oxidação das células, reduzindo a possibilidade de desenvolver doenças como Alzheimer.
    
9. Impulsiona o sistema imunológico
Graças ao zinco, a castanha atua como reforço para o sistema imunológico. O mineral ajuda no funcionamento dos glóbulos brancos, uma das células responsáveis pela defesa do organismo.
    
10. Mantém o bom funcionamento da tireoide
A combinação entre zinco e selênio assegura o bom funcionamento da tireoide, glândula responsável pela produção dos hormônios de nossos órgãos vitais.
    
11. Auxilia no combate à queda de cabelo
Os ácidos graxos ômega 3 e a vitamina E fortalecem o cabelo, evitando assim que ele fique quebradiço.
    
12. Contribui com a saúde dos ossos
O cálcio e o magnésio são aliados na manutenção dos ossos. A castanha-do-Pará é rica destas substâncias.

13. Ajuda contra a depressão
O aminoácido triptofano contém vitamina B6 e magnésio, que ajudam a produzir serotonina, hormônio responsável pela sensação de prazer e felicidade.
   
14. Ajuda na absorção de vitaminas pelo organismo
Os ácidos graxos presentes na castanha permitem que as vitaminas A, D e K sejam facilmente absorvidas pelo organismo.
    
15. Retarda o surgimento das rugas
Os efeitos antioxidantes do selênio e da vitamina E retardam o surgimento das indesejáveis rugas na pele.
    
Fonte: Seleções

Curta nossa página no Facebook

Educação Profissional favorece o ingresso de jovens caririenses no mercado de trabalho

Com o objetivo de ampliar as possibilidades de formação aos jovens estudantes da rede pública estadual, o Governo do Ceará segue investindo nas Escolas de Educação Profissional. A modalidade permite que os alunos aprendam as disciplinas da base comum curricular, ao tempo em que se preparam para exercer um ofício, durante o ensino médio, aumentando as chances de ingressar no mercado de trabalho logo após o término desta etapa.

A região do Cariri concentra 17 escolas com esta característica, distribuídas em 14 municípios, sob a abrangência das Coordenadorias Regionais de Desenvolvimento da Educação (Credes) 18, 19 e 20, que funcionam como extensões da Secretaria da Educação (Seduc) nesta área do interior do estado. Ao todo, cerca de 7.200 alunos são atendidos por estas unidades de ensino, que têm conseguido rendimentos acadêmicos considerados de excelência, segundo os principais indicadores educacionais, com índice médio de aprovação chegando a 98,55% no ano de 2018.

Jorddyan Weslley Cabral, de 17 anos, faz a 3ª série do curso técnico em Informática na Escola Estadual de Educação Profissional (EEEP) Aderson Borges de Carvalho, em Juazeiro do Norte. A afinidade com o ramo escolhido veio da experiência vivenciada em casa, junto ao pai e ao irmão mais velho, que são técnicos em Informática. “Por causa disso, já sabia de algumas coisas antes de entrar no curso, mas escolhi fazer essa formação para conseguir mais conhecimento. Essa experiência é um aditivo a mais ao nosso currículo”, considera.

Jorddyan lembra que além dos conteúdos práticos, também tem aprendido na escola algumas regras de conduta profissional que podem ser decisivas para a contratação por uma empresa. “Aqui se prega muito a questão da postura apropriada ao mercado de trabalho. Somos incentivados a perder a timidez e, constantemente, simulamos entrevistas de emprego com nossos coordenadores, como se estivéssemos em um setor de recursos humanos. Tudo isso auxilia bastante a preparar a gente”, conta.

Diferencial
Vitor Rafael Silva Carneiro, de 17 anos, que está na 3ª série do curso técnico em Manutenção Automotiva da EEEP Maria Violeta Arraes de Alencar Gervaiseau, no Crato, acredita que esta modalidade de ensino é inovadora e necessária. “Ter a oportunidade de uma profissionalização na adolescência é algo de grande valia, porque poderemos engrandecer o nosso currículo e, consequentemente, a nossa carteira de trabalho, futuramente. Desde cedo vamos aprendendo sobre a profissão e o mercado, o que nos dá uma boa experiência e melhores chances de conseguir bons empregos mais cedo”, avalia.

“Pretendo seguir na área. É um setor que tem disponibilidade de vagas e oferece boa renda. Sei que se me dedicar e seguir em frente, poderei crescer muito”, projeta o jovem.

Além de Informática e Manutenção Automotiva, as Escolas Profissionais da Região oferecem cursos como Administração, Enfermagem, Design de Interiores, Agropecuária, Segurança do Trabalho e Contabilidade, entre outros.

Sobre a Educação Profissional
A partir de 2008, foram implantadas as Escolas Estaduais de Educação Profissional (EEEP). Antes, não havia escolas com essa modalidade de ensino. O programa começou com 25 escolas. No ano seguinte, foram mais 26 unidades. Atualmente, são 122 EEEPs em todo o Estado, que reúnem 50 mil alunos matriculados em 52 cursos, em 98 municípios.

Nessas unidades, é ofertado o Ensino Médio integrado à Educação Profissional, com duração de três anos, com funcionamento diário em tempo integral, das 7h às 17h. Durante o terceiro ano, o Governo do Estado propicia o acesso ao estágio curricular obrigatório e remunerado a todos os alunos.

Além das disciplinas da base comum curricular e da formação profissional, os alunos destas escolas têm acesso a componentes curriculares como Empreendedorismo, Projeto de Vida, Formação para a Cidadania, Projetos Interdisciplinares e Língua Estrangeira Aplicada. A carga horária total trabalhada ao longo dos três anos do ensino médio integrado à educação profissional é de 5.400h.

Assessoria de Imprensa/Governo do Estado

Curta nossa página no Facebook

Bolsonaro diz "I love you" para Trump, que responde: "Bom te ver de novo"

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) disse "I love you" (eu te amo, em inglês) ao cumprimentar o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, nessa terça-feira, 24. Os dois se encontraram rapidamente antes do discurso que fizeram na Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), em Nova York. As informações são do jornalista Lauro Jardim.

Na ocasião, o americano não deu muita importância ao comentário e respondeu: “Nice to see you again” (“bom te ver de novo”, também em inglês). Em seguida, Trump se dirigiu à sala que estava reservada ao parlamentar.

De acordo com diplomatas que estavam presentes no momento do encontro, Bolsonaro ficou eufórico, enquanto Trump não teria demonstrado tanta emoção.

Fonte: O Povo

Curta nossa página no Facebook

IBGE: concurso tem vagas no CE com salário de R$ 3,1 mil

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) está com um edital aberto de processo seletivo para 2.658 vagas no País. Tendo o nível superior e médio como exigência, o concurso tem 1.343 vagas para condenador censitário subárea e 1.315 para agente censitário operacional. Do total, 127 vagas são locadas no Ceará.

Atualização: O IBGE divulgou hoje uma correção no edital do concurso. As vagas para Coordenador Censitário Subárea (CCS) exigem nível superior completo em qualquer área do conhecimento, e não apenas nível médio, como constava anteriormente.

Focado na realização do Censo Demográfico 2020, o certame terá contratações temporárias de no mínimo 30 dias, podendo ter o vínculo estendido por até mais 30 dias. Os salários serão de R$ 3.100,00 para coordenador censitário e R$ 1.700,00 para agente censitário operacional. 

No Estado, as vagas para agente, 85 no total, estão concentradas em Fortaleza. Do total, 17 vagas são destinadas a pessoas pretas ou pardas (PPP), enquanto que 5 delas serão preenchidas por pessoas com deficiência (PcD).

Já as 42 vagas restantes locadas no Ceará, de coordenador censitário subárea, estão espalhadas em 42 municípios diferentes. As informações completas estão detalhadas no edital do concurso.

Para mais Informações sobre o processo seletivo simplificado, os interessados podem entrar em contato com o IBGE pelo telefone 0800 2834628 e pelo e-mail concursoibgepss2019@fgv.br a partir desta quarta-feira (25). 

Inscrições
As inscrições começam no dia 25 de setembro e vão até 15 de outubro, pelo site da Fundação Getúlio Vargas. As taxas são de R$ 58 para coordenador e de R$ 43,50 para agente. 

As provas terão 60 questões objetivas, focadas em conhecimentos básicos e específicos. Os assuntos abordados serão de língua portuguesa, raciocínio lógico quantitativo e ética no serviço público, além de noções de administração e situações gerenciais para a função de coordenador. Aos agentes serão cobradas as disciplinas de noções de informática e noções de administração.

O resultado deverá sair no 10 de janeiro de 2020.

Fonte: Diário do Nordeste

Curta nossa página no Facebook

Ibope: 55% dos brasileiros não confiam em Bolsonaro

55% dos brasileiros não confiam no presidente Jair Bolsonaro, de acordo com pesquisa Ibope encomendada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) e divulgada nesta quarta-feira (25).

A taxa, que era de 45% em abril, foi para 51% em junho e agora atinge 55%. Já a porcentagem dos brasileiros que confiam no presidente foi de 51% para 46% entre abril e junho e agora está em 42%.

A margem de erro é de dois pontos percentuais, para cima ou para baixo. Foram ouvidas 2 mil pessoas em 126 municípios entre os dias 19 e 22 de setembro. O levantamento anterior foi feito entre 20 e 26 de junho.

A avaliação de que o governo é bom/ótimo era de 35% em abril, caiu para 32% em junho e agora está em 31%. Já a avaliação de ruim/péssimo foi de 27% em abril para 32% em junho e 34% atualmente.

Metade da população brasileira desaprova a forma de Bolsonaro governar, uma taxa que era de 40% em abril, foi para 48% em junho e agora atinge 50%.

Enquanto isso, a porcentagem dos que aprovam sua condução foi de 51% em abril para 46% em junho e agora está em 44%. A desaprovação já supera a aprovação, portanto, fora da margem de erro.

Região e educação
A popularidade varia de acordo com a região. 47% dos nordestinos avaliam o governo Bolsonaro como ruim ou péssimo e apenas 20% consideram ótimo ou bom.

Na comparação com junho, os residentes da região Sul apresentam a maior variação na avaliação: a taxa de ótimo/bom foi de 52% para 35% no período enquanto taxa de ruim/péssimo foi de 18% para 28%.

A popularidade do presidente também caiu no Sudeste, onde está atualmente em 32%, mas aumentou no Norte e Centro-Oeste, onde está em 39%.

Os jovens entre 16 e 24 anos são o grupo para o qual a aprovação do governo apresentou maior queda entre junho e setembro: o percentual de avaliação ótimo/bom foi de 32% para 24%.

Entre aqueles com idade entre 45 e 54 anos, a queda foi de 34% para 29% no período. Nas outras faixas, a variação ficou dentro da margem de erro.

37% daqueles com ensino superior consideram o governo bom/ótimo, taxa que cai para 30% entre aqueles com até a quarta série do ensino fundamental.

Expectativa e áreas
A pesquisa mostra que a expectativa da população para o futuro do governo Bolsonaro caiu, mas dentro da margem de erro.

37% esperam que o resto do mandato seja bom/ótimo enquanto 31% esperam que seja ruim/péssimo, com 27% esperando um resto de mandato regular.

A queda foi puxada pelas mulheres. Para elas, a perspectiva de o restante do governo ser ótimo ou bom caiu de 34% para 30% entre junho e setembro, enquanto entre os homens permaneceu em 44%.

As áreas mais bem avaliadas do governo são, na ordem, Segurança pública (51%), Educação (44%), Combate à inflação (42%) e Meio ambiente (40%).

As ações e políticas do atual governo com maiores taxas de reprovação são, na ordem, Impostos (62%), Taxa de juros (61%), Combate ao desemprego (59%) e Saúde (58%).

A desaprovação subiu em áreas como meio ambiente, de 45% para 55% entre junho e setembro, e combate à fome e à pobreza, que foi de 51% para 57% no período.

Fonte: Exame.com

Curta nossa página no Facebook

26 de setembro

1969 - A banda The Beatles lança o álbum Abbey Road.
1993 - Entra em órbita o PoSAT-1, o primeiro satélite português.
1994 - Tem início o julgamento do ator norte-americano O. J. Simpson.

Nasceram neste dia…
1888 - T. S. Eliot, poeta modernista, dramaturgo e crítico literário anglo-norte-americano (m. 1965).
1897 - Papa Paulo VI (m. 1978).
1945 - Gal Costa (foto), cantora brasileira.

Morreram neste dia…
1904 - Lafcádio Hearn, escritor japonês de origem grega (n. 1850).
1944 - Aimee Semple McPherson, evangelista estadunidense (n. 1890)
1976 - Lavoslav Ružička, químico suíço (n. 1887).

Fonte: Wikipédia

Addthis