26 de julho

1139 - Afonso, então conde portucalense, é aclamado rei de Portugal e proclama a independência em relação a Leão.
1469 – Guerra das Rosas: Warwick derrota o exército de Eduardo IV de Inglaterra.
1936 - O Eixo decide intervir na Guerra Civil Espanhola, apoiando os partidários de Franco.

Nasceram neste dia…
1856 - George Bernard Shaw, escritor, jornalista e dramaturgo irlandês (m. 1950).
1875 - Carl Gustav Jung, psicólogo suíço (m. 1961).
1894 - Aldous Huxley, escritor britânico (m. 1963).

Morreram neste dia…
1930 - João Pessoa, político brasileiro (n. 1878).
1952 - Eva Perón, política argentina (n. 1919).
2009 - Sérgio Viotti (foto), ator brasileiro (n. 1927).

Fonte: Wikipédia

Defensoria Pública realiza quase 200 ações em Juazeiro do Norte

Com tenda montada, cadeiras na sombra e um grande caminhão montado. Dentro do veículo, um pequeno escritório, cinco ilhas de atendimento e elevador para cadeirantes. Esta é a estrutura do projeto Defensoria em Movimento, que estacionou, pela primeira vez, no Cariri cearense, para prestar atendimento jurídico gratuito à população. Nas últimas segunda e terça-feira, os defensores atenderam no bairro Frei Damião – terceiro mais popular do Município. Na sexta-feira (27), é a vez do Crato ser contemplado, a partir das 8h, na Praça da Sé.

O programa foi criado ano passado, pela Defensoria Pública Geral do Ceará, que além dos serviços jurídicos, realiza rodas de conversas com a comunidade e educação em direitos. Segundo Amélia Rocha, assessora de Relacionamento Institucional e coordenadora do projeto, a “Defensoria Itinerante” nasceu de um anseio popular, através do orçamento participativo realizado em 2016 e 2017. Nele, a população foi ouvida e sugeriu algum mecanismo que aproximasse o órgão do povo e, ao mesmo tempo, fosse um espaço de formação do defensor.

“Com base nessa proposta de 2016, conseguimos para o orçamento de 2017 alugar o caminhão e toda estrutura. Isso é importante para que nós, defensores, não esqueçamos a quem servimos e nos acostumemos ao ar condicionado dos fóruns. Estar mais próximo da população”, ressalta. Além de várias comunidades carentes de Fortaleza, o caminhão já passou por Sobral, Canindé, Limoeiro do Norte e Ubajara.

Amélia destaca a parceria com a Ouvidoria Geral Externa, que mapeia os lugares mais vulneráveis que são escolhidos para receber a Defensoria itinerante. “Nós fomos em lugares com guerras de facções, tidos como perigosos. Enquanto o Estado faz movimento de saída de territórios por medo, a Defensoria está chegando. Nós acreditamos que a segurança pública não é só questão de punitivismo”, pondera.

Na segunda-feira, foram atendidas 78 pessoas em Juazeiro do Norte, enquanto terça, mais de 100 também receberam os serviços. Além disso, quinta-feira (26), o município vizinho de Barbalha recebe a equipe para a realização do orçamento participativo para 2019. Segundo Amélia, na Terra do Padre, as principais demandas foram de negócios não cumpridos, principalmente, compra e venda de automóveis. Também houveram solicitações de segunda via de registro de nascimento, retificação de nome, regularização fundiária, ações de alimentos, investigação de paternidade e divórcio. 

A dona de casa Edivânia Franco, moradora do bairro, aproveitou a visita da Defensoria Pública para mudar o sobrenome da sua filha, que foi registrado incorretamente. "Deu certo. Foi bom. É difícil ter oportunidade, vir pro bairro da gente. Ficou mais fácil pra tirar o documento”, destacou. Já Adriano dos Santos, desempregado, utilizou o serviço para tirar a segunda via do casamento civil. “O atendimento foi muito bom. É sempre bom ter essas oportunidade. A gente tem que aproveitar, porque o documento é uma coisa importante. Foi rapidinho", disse.

Audiência Pública
Além dos serviços, a Defensoria Pública realizou uma audiência pública, na tarde desta terça-feira, com lideranças de vários terreiros do Cariri para discutir os casos de intolerância religiosa registrados.

O objetivo foi ouvir as demandas para entender as situações de violação do direito à liberdade religiosa no maior município do interior cearense. A partir das informações levantadas no local, a Defensoria traçará as medidas judiciais, bem como ações de educação em direitos para solução de conflitos. “A melhor forma de combater é com esclarecimentos, um espaço onde pode ouvir e documentar e a partir daí tomar providências para que o direito da sua liberdade religiosa seja preservado. Ninguém pode impor religião a outro e não pode admitir dentro do Estado Democrático de Direito atos de intolerância religiosa”, ressaltou Amélia.

Mais informações:
Defensoria em Movimento no Crato
27 de julho (sexta-feira)
Horário: 8 às 13h
Local: Praça da Sé, Rua Dr. João Pessoa, Centro

ANTONIO RODRIGUES
COLABORADOR

Fonte: Diário do Nordeste

Curta nossa página no Facebook

Vítima escapa de golpe pelo WhatsApp e bandido questiona: 'onde eu errei?'


A ousadia dos bandidos surpreendeu uma vítima de Teresina, que preferiu não se identificar, mas contou ao G1 detalhes de uma tentativa de golpe que ocorreu na terça-feira (24). Os homens, não identificados, tentaram se passar por um primo da vítima, pediram uma transferência de R$ 2,2 mil e, ao perceberem que a tentativa não deu certo, questionaram “onde eu errei?”. A vítima decidiu não registrar boletim de ocorrência, por não ter tempo no momento.

A ação começou com uma ligação de um número de Goiás, com DDD 62. “Um homem ligou dizendo que era um primo meu de Brasília, perguntando se eu estava reconhecendo a voz. Eu falei que tinha alguns primos, ele pediu para eu dizer o nome e eu falei de um deles. A partir de então, a pessoa me disse que tinha quebrado o carro na estrada, no Piauí, e pediu para eu fazer uma ligação”, contou a vítima.

Inicialmente, a história pareceu convincente porque o “primo” não pediu dinheiro. O pedido era apenas para que a vítima ligasse para um outro número, do Piauí, que seria de uma oficina mecânica. A intenção seria apenas garantir que mecânicos fossem até o local.

“Ele não pediu nada, só que eu fizesse essa ligação, me deu a placa do carro, detalhes de onde estava, disse que era a 20 km de Amarante. A atuação deles é muito boa. Quando liguei pro outro número, a pessoa já atendeu falando o nome de uma oficina, confirmou a placa do carro”, relatou.

O tempo todo, segundo a vítima, o "primo" pedia desculpas por estar incomodando. Cada ligação durou cerca de 5 minutos. Dez minutos após a segunda conversa, o golpista com número de Goiás ligou novamente, dessa vez dizendo que precisava do dinheiro.

“Ele contou que os mecânicos não tinham cartão e que não havia onde sacar dinheiro. Eu já tinha desconfiado de algumas coisas, mas nesse momento eu tive certeza que era um golpe”, disse.

A primeira desconfiança aconteceu porque o primo da vítima não morava mais em Brasília e, lá o DDD é 61, e não 62, como o do número que entrou em contato. Depois uma informação sobre o seguro do veículo pareceu desencontrada e, por fim, o alto valor confirmou a suspeita.

“Nesse momento eu já estava com o Facebook do meu primo aberto, tinha ligado para minha mãe e pesquisei no Google a foto usada pelo suposto mecânico no WhatsApp, que não era do local informado”, relatou.

Depois disso, a vítima recebeu uma última mensagem dos bandidos e contou que havia percebido que era um golpe. Além de ser questionado sobre como tinha percebido, os bandidos disseram ainda que essa era “uma forma de trabalho”.

Polícia
A vítima informou que preferiu não registrar boletim de ocorrência, porque disse que não tinha tempo no momento para ir à delegacia. Ao G1, o delegado titular da Delegacia de Repressão a Crimes de Alta Tecnologia (Dercat), Daniel Pires, disse que o caso não pode ser investigado porque o crime - caracterizado como estelionato - não foi consumado.

Ele explicou ainda que casos de estelionato comum, mesmo que realizados por meio de ligação ou aplicativos de mensagens, podem ser registrados em qualquer delegacia.

"Nós investigamos casos em que a transferência do dinheiro aconteceu pela internet. Casos desse tipo, recebemos cerca de dois por mês na delegacia, mas o número de crimes de estelionato em si é muito maior, sem dúvida", explicou.

Fonte: G1 PI

Curta nossa página no Facebook

Facebook derruba rede de fake news ligada ao MBL

O Facebook retirou do ar uma série de páginas e usuários que eram utilizados pelo movimento Movimento Brasil Livre (MBL) para disseminar notícias falsas, como os perfis Jornalivre, Brasil 200 e O Diário Nacional. De acordo com a empresa, 196 páginas e 87 contas foram removidas por que "escondiam das pessoas a natureza e origem de seu conteúdo" e tinham o propósito de gerar "divisão e espalhar desinformação". Essa não é a primeira ação da rede contra o MBL. Como revelado no início do ano pelo Globo, o Facebook já havia derrubado um aplicativo utilizado pelo movimento para disparar conteúdo automaticamente em centenas de páginas.

De com acordo com o Faceook a ação é parte de uma série de esforços da empresa para reprimir perfis enganosos antes das eleições de outubro. De acordo com a Reuters, a rede de páginas era administrada por membros importantes do MBL, que ganhou destaque por liderar protestos em 2016 a favor do impeachment da então presidente Dilma Rousseff com um estilo agressivo de política online que ajudou a polarizar o debate no Brasil.

As páginas desativadas, que juntas tinham mais de meio milhão de seguidores, variavam de notícias sensacionalistas a temas políticos, com uma abordagem claramente conservadora, com nomes como Jornalivre e O Diário Nacional, de acordo com as fontes.

Ao deturpar o controle compartilhado das páginas, os membros do MBL eram capazes de divulgar suas mensagens coordenadas como se as notícias viessem de diferentes veículos de comunicação independentes, de acordo com as fontes.

Como revelado em uma série de reportagens do Globo no mês de março, o MBL já se utilizava de práticas similares para propagar conteúdo nas redes sociais. Mais especificamente, de um aplicativo chamado "Voxer", que permitia o compartilhamento automático de mensagens e postagens em contas de outros usuários. Na época, a apuração apontou 368 perfis que foram usados pelo MBL, que reproduziram 16 mensagens iguais em um período de duas semanas.

O Facebook desativou o “Voxer”, após ter sido procurado pelo Globo durante a apuração de uma reportagem sobre a estratégia digital do MBL.

Procurado, o MBL não respondeu ao Globo. Em suas redes sociais, porém, o movimento disse em nota que irá "utilizar todos os recursos midiáticos, legais e políticos que a democracia nos oferece para recuperar as páginas derrubadas e reverter a perseguição sofrida, com consequências exemplares para a empresa".

Fonte: O Globo

Curta nossa página no Facebook

Brócolis, couve-flor e couve podem ter propriedade anticancerígena

Couve-flor, brócolis e couve-manteiga são vegetais que fazem parte do grupo das crucíferas. Eles apresentam muitos benefícios para a saúde e são considerados alimentos funcionais. Esses vegetais são ricos em fibras, minerais (cálcio, magnésio, fósforo, selênio) e vitaminas (E, K e C), além de apresentarem baixo teor calórico e serem fontes de luteína, betacaroteno, quercetina e antioxidantes.

Outro importante benefício dessa família é uma substância chamada sulforafane, um fitonutriente com capacidade de estimular o gene com função anticancerígena. Estudos apontam que o ácido indol-3-carbinol encontrado nesses vegetais tem a capacidade de neutralizar as células tumorais sensíveis ao hormônio estrógeno, como os do ovário, mama e próstata.

Recentemente, um estudo da Universidade Chungbuck, na Coréia do Sul, publicado pelo periódico científico Obesity, mostrou que esses vegetais também atuam contra o ganho de peso e ajudam no combate à obesidade. Os pesquisadores observaram que as substâncias dos vegetais interferem no desenvolvimento dos adipócitos, que controlam o aumento das células de gordura, sendo capaz de parar o processo que faz com que esse grupo celular cresça e se multiplique.

Além de todos esses benefícios, cada um dos vegetais que fazem parte das crucíferas possuem benefícios particulares e devem ser consumidos em uma dieta balanceada.

Brócolis
É um dos vegetais mais nutritivos. O mais indicado é comê-lo cru em saladas ou preparados no vapor. Possui glucorafanina, que ajuda nas propriedades antioxidantes dos tecidos do corpo, além das propriedades anti-inflamatórias. É também excelente fonte de magnésio e cálcio, que ajudam na regulação da pressão arterial.

Couve
Ingrediente importante nos diversos pratos dos brasileiros, ela também ajuda a fixar o cálcio nos ossos e possui ação anti-inflamatória e cicatrizante. Possui uma variedade grande de vitaminas e minerais que, combinados aos fotoquímicos presentes na folha, ajudam na absorção dos nutrientes dos outros alimentos da refeição.

Couve-flor
Excelente fonte de vitaminas, como as vitaminas B1, B2, B3 e B6, e vitaminas C, K e E. Além disso, ela fornece os minerais essenciais como magnésio, cálcio, fósforo, potássio e manganês.

Couve de Bruxelas
Rica em fitonutrientes, que ajudam o sistema imunológico, e alto teor de fibras, que reduz o colesterol. Estudos recentes também apontam que alguns compostos desse vegetal bloqueiam a atividade de enzimas sulphotransferase, que podem ser prejudiciais para saúde e a estabilidade do DNA.

Repolho
Rico em fibras, o vegetal é ótimo para digestão e possui nutrientes que ajudam na saúde do revestimento intestinal e do estômago. O repolho ainda auxilia os níveis de bactérias no intestino, reduzindo as ruins e aumentando as boas.

Dr. Durval Ribas Nutrólogo - CRM 40093/SP

Fonte: Minha Vida

Curta nossa página no Facebook

Crato (CE): Polícia investiga se corpo encontrado em floresta é da jovem Rayane

A Polícia Civil investiga se um corpo encontrado na Floresta Nacional do Araripe, na Região do Cariri, é o de uma jovem desaparecida há dois anos da cidade do Crato, interior do Ceará. A polícia suspeita que Rayane Alves Machado tenha sido morta pelo ex-companheiro, que está preso.

Segundo o delegado Luiz Eduardo Costa, um exame de DNA será realizado para identificar se os a ossada encontrada é da cearense. O corpo e alguns objetos foram localizados por moradores em um trecho da floresta na cidade de Nova Olinda. Os restos mortais foram levados para exame na Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce).

"Tomamos as medidas de coleta do material genético para que seja realizada a comparação e o exame de DNA. Isso irá confirmar se são ou não os restos mortais da Rayane", comentou o delegado. O prazo para conclusão da perícia é de 30 dias.

Falta de notícias
Enquanto o resultado não é divulgado, a mãe da cearense, Antonina Alves, diz que continua com o sofrimento por não saber notícias sobre o paradeiro da filha.

"A gente não chega a acreditar, mas vamos ficar sabendo daqui a 30 dias. É só sofrimento e muita tristeza no coração. É uma revolta porque a gente não sabe onde ela tá ou o que fizeram", disse.

Conforme a polícia, a jovem desapareceu no dia 19 de março de 2016. Testemunhas relataram que ela foi levado pelo ex-namorado para a cidade de Belém do São Francisco, no estado do Pernambuco. No local, ela teria sido morta à facadas e o corpo jogado em um rio, segundo a polícia.

Três meses depois, o homem foi preso suspeito do crime. Ele, porém, negou que tivesse matado Rayane.

Fonte: G1 CE

Curta nossa página no Facebook

Empresa suíça admite interesse no Aeroporto de Juazeiro

A operadora suíça Zurich Airport Latin America continua mapeando novas oportunidades de ampliar seus negócios e uma delas é a quarta rodada de concessões aeroportuárias que o governo federal pretende realizar no fim deste ano, que tem o Aeroporto de Juazeiro entre os terminais. "Em uma mensagem geral, estamos olhando sim para a próxima rodada", disse Stefan Conrad, CEO do grupo para a América Latina, em coletiva de imprensa.

O executivo não detalhou a avaliação do grupo sobre as condições que estão sendo propostas, lembrando que é um processo competitivo, mas disse que as regras das concessões têm melhorado continuamente.

Conrad lembrou ainda que o principal ativo do grupo - o aeroporto de Zurich, um dos mais prestigiados na Europa - já atingiu sua capacidade operacional limite, fazendo que o grupo precise olhar para outros projetos ao redor do mundo.

A Zurich Airport Latin America participou de todos os certames aeroportuários do governo federal até hoje. Na segunda rodada, a suíça entrou como sócia da BH Airport (do grupo CCR) no Aeroporto de Confins (MG) e venceu a disputa. No ano passado, o grupo arrematou sozinho o controle do Aeroporto Internacional de Florianópolis (SC).

Durante a coletiva, os executivos da operadora suíça reforçaram a visão de longo prazo para seus negócios no Brasil, brincando que têm "casamentos" com Florianópolis e Confins dos quais não podem se divorciar no curto prazo. Além dos leilões, o grupo negocia em parceria com a gestora IG4 Capital a compra da fatia privada, detida por Triunfo Participações e Investimentos (TPI) e UTC, no terminal de Viracopos (SP). Fora da Europa e do Brasil, a Zurich Airport tem operações atualmente no Chile (três aeroportos), na Colômbia (Bogotá) e Curaçao.

Blocos
Ao todo, serão leiloados 13 aeroportos em 3 blocos regionais definidos conforme a localização geográfica. Além do bloco Nordeste, o do Centro-Oeste é formado por 5 aeroportos do Mato Grosso (Cuiabá, Sinop, Barra do Garças, Rondonópolis e Alta Floresta), e o bloco Sudeste, pelos aeroportos de Vitória (ES) e Macaé (RJ). As novas concessões à iniciativa privada terão prazo de duração de 30 anos.

A quarta rodada promete ser uma das mais disputadas e o bloco Nordeste, composto por seis aeroportos (dos quais quatro decapitais), o principal alvo. Além de Juazeiro do Norte, integram o bloco os terminais do Recife (PE), Maceió (AL), Aracaju (SE), João Pessoa (PB) e Campina Grande (PB).

Viracopos
A Zurich está comprometida em fazer parte da solução para a concessão do Aeroporto de Viracopos (SP), afirmou Conrad. "Mas, se não houver sinal claro de que seremos parte da solução até fim do ano, teremos que repensar nosso compromisso", ponderou o executivo. A suíça fechou, em abril, uma parceria com a gestora de private equity IG4 Capital para apresentar proposta pelo controle de Viracopos, detido principalmente por duas empresas envolvidas na Operação Lava Jato: a Triunfo Participações e Investimentos (TPI) - em recuperação extrajudicial - e a UTC - em recuperação judicial. Desde então, o grupo interessado no ativo tem se reunido com governo, bancos e acionistas para formalizar as condições do negócio.

Fonte: Diário do Nordeste

Curta nossa página no Facebook

Adoçantes: o que você precisa saber antes de consumir

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), a ingestão de açúcar deve representar de 5% a 10% das calorias diárias, o que corresponde a cerca de 100 a 200 calorias (em uma dieta de 2.000 calorias). No entanto, segundo especialistas, o consumo diário do brasileiro chega a atingir 16% a 18%, número muito acima do recomendado, o que pode trazer muitos malefícios à saúde, como ganho de peso, aumento do risco de diabetes e das reservas de gordura no fígado, por exemplo.

Para evitar o consumo exagerado, algumas pessoas reduzem a quantidade de açúcar das refeições, preferindo optar pelos adoçantes, que costumam ser utilizados principalmente por quem deseja controlar o peso ou monitorar o diabetes. Apesar disso, muitos consumidores desconhecem as variedades disponíveis no mercado, quais são as diferenças entre elas e se existe algum risco em utilizar o produto.

Devo optar pelo adoçante?
O corpo utiliza o açúcar como fonte de energia, que se não for gasta, acaba acumulando no organismo e virando gordura. Em momentos em que essa energia não é necessária — como após uma refeição ou antes de dormir —, o açúcar pode ser excluído, o que ajuda a evitar o ganho de peso. No entanto, quando o corpo demanda um aumento energético, como antes de uma atividade física, o uso do açúcar é muito bem-vindo já que a energia será gasta.

De acordo com a nutricionista Elaine Moreira, qualquer pessoa que queira se adequar às recomendações da OMS ou evitar os riscos do consumo demasiado de açúcar pode utilizar o adoçante. Ela ainda conta que os edulcorantes (aditivos utilizados na fabricação do adoçante) não aumentam a glicemia, entregam pouca ou nenhuma caloria, e não causam cáries.

No entanto, existe muita preocupação quando o assunto é adoçante na alimentação infantil. Para a nutricionista, o produto deve ser utilizado apenas em caso de necessidade (obesidade e diabetes, por exemplo) para evitar o baixo peso, que pode atrapalhar no crescimento e desenvolvimento da criança.

Adoçantes: naturais e artificiais
A principal diferença entre os adoçantes naturais e artificiais está nos ingredientes utilizados na sua produção e no sabor. Os primeiros são produzidos com edulcorantes vindos da natureza, como é o caso da stevia, que é extraída de uma planta chamada de Stevia Rebaudiana, cujas folhas possuem substâncias doces, conhecidas como glicosídeos. Os adoçantes a base de xilitol, extraído do milho, também são de origem natural. 

Já os adoçantes artificiais são feitos com substâncias químicas sintéticas que estimulam os receptores de sabor doce na língua. Os mais conhecidos são o aspartame, sacarina, sucralose e acessulfame de potássio.

Apesar das muitas polêmicas envolvendo os adoçantes, a nutricionista afirma que ser natural ou artificial não torna o produto melhor. “Antes de chegarem ao mercado os adoçantes são testados, se eles passam é porque são seguros. A diferença está no gosto, alguns deixam sabor residual na boca, como é o caso da sacarina. Outros como a sucralose e o xilitol têm um sabor mais parecido com o do açúcar”, explica.

Outras opções
Além da distinção entre natural ou artificial, outras dúvidas podem surgir a respeito dos adoçantes, como a diferença entre a versão líquida e a de sachê ou entre a opção Blend ou 100%.

Líquido e sachê
Elaine afirma que os edulcorantes têm alto poder de dulçor — alguns chegam a ser 300 vezes maior que o do açúcar —, por isso é necessário diluí-lo em outras substâncias, como água ou lactose. Quando a diluição acontece em água, obtém-se o adoçante líquido. Quando é em lactose, o edulcorante vem em sachê.

100% e Blend
A especialista ainda esclarece que a denominação 100% natural ou Blend indica se houve — ou não — mistura de substâncias na produção do adoçante. No caso dos 100%, apenas um edulcorante (de origem natural) é utilizado na composição. Nas versões Blend misturam-se vários (naturais e artificiais) com o objetivo de melhorar o dulçor e reduzir custos, pois alguns edulcorantes são muito caros.

Quanto posso consumir?
A quantidade diária de adoçante a ser consumida varia de acordo com o peso do indivíduo e o edulcorante usado na fabricação. Alguns produtos oferecem na embalagem informações de consumo e quantas miligramas têm em cada gota. Caso não tenha, a recomendação é entrar em contato com o Sistema de Atendimento ao Consumidor (SAC) do fabricante e tirar as dúvidas. Entretanto, antes de começar a utilizar o produto, é importante consultar um especialista para orientar a dieta.

Adoçante traz riscos?
Segundo um estudo brasileiro publicado recentemente na revista Reproductive BioMedicine Online, o adoçante pode reduzir em até 30% as chances de gravidez pela técnica de reprodução assistida, como inseminação artificial e fertilização in vitro. A pesquisa revelou que o consumo frequente de adoçantes prejudica a qualidade dos óvulos e reduz a taxa de sucesso de fixação do embrião no útero.

De acordo com os pesquisadores, a ingestão diária de mais de uma lata de refrigerante (light ou zero) ou 240 mililitros de café adoçado artificialmente ao longo de seis meses pode acarretar nesses resultados. No entanto, o estudo não revelou se a redução ou abstenção de adoçantes pode reverter os prejuízos causado ao óvulos.

Problemas de saúde
No ano passado, o periódico científico Canadian Medical Association Journal publicou um relatório apontando que os adoçantes artificiais compostos por sucralose, aspartame e glicosídeo de esteviol (stevia) não ajudam na perda de peso e ainda podem aumentar a probabilidade de desenvolver diabetes, pressão alta, doenças cardíacas e obesidade.

Alguns dos estudos analisados, apesar de observacionais, mostraram que os participantes que consumiam adoçantes regularmente — consumindo por dia uma ou mais bebidas adoçadas artificialmente — apresentavam maiores riscos de ter problemas de saúde relacionados ao ganho de peso, doenças cardíacas e outras enfermidades.

Apesar das descobertas, os pesquisadores não sabem dizer como e porquê os adoçantes artificiais poderia causar esses efeitos negativos e ressaltam que outros fatores, como o consumo de alimentos processados, que geralmente utilizam adoçantes artificiais na composição, podem ser responsáveis pelos resultados. Por isso, eles recomendam a diminuição do consumo até que os efeitos dos edulcorantes artificiais sejam completamente compreendidos. 

No sistema digestivo
Outro estudo de 2016, publicado no periódico científico Applied Physiology, Nutrition, and Metabolism sugere que o aspartame, adoçante artificial utilizado nas bebidas diet, pode engordar e causar doenças crônicas.

Segundo o site especializado New Scientist, o estudo sugeriu que a quebra do aspartame no intestino interfere com ação da fosfatase alcalina intestinal (IAP, na sigla em inglês), enzima crucial para a neutralização de toxinas nocivas produzidas pelas bactérias que vivem no sistema digestivo. Essa interação leva ao acúmulo de toxinas, que podem irritar o revestimento intestinal causando pequenas inflamações capazes de, em alguns casos, causar doenças crônicas.

A equipe também encontrou evidências de que, quando consumido em combinação com uma dieta gordurosa, o aspartame pode levar a um aumento de peso. O estudo, feito em camundongos, apontou que os animais alimentados com aspartame também apresentaram maiores níveis de açúcar no sangue entre as refeições.

Os pesquisadores alertaram que os resultados se aplicam somente ao aspartame e não a outros adoçantes artificiais, já que o produto de sua quebra é diferente. Eles ainda ressaltaram que são necessários estudo em humanos para que essas descobertas possam se confirmar.

Fonte: Veja.com

Curta nossa página no Facebook

Aurora (CE): Vereador suspeito de estuprar criança é preso

O médico e vereador do Município de Aurora, Valmir Costa Gonçalves, de 46 anos, foi preso, na manhã de ontem, sob a suspeita de abusar sexualmente de uma menina de 11 anos. Segundo a Polícia Civil, o crime teria acontecido, no último dia 11 de julho, durante um dos plantões do médico, dentro do Hospital de Pequeno Porte de Umari Ecilda Barbosa Ribeiro, localizada no Centro-Sul do Ceará.

Inspetores da Delegacia Municipal de Ipaumirim, coordenados pelo delegado Felipe Lira, foram responsáveis por cumprir o mandado de prisão temporária contra o vereador de Aurora. O homem, conhecido como Doutor Valmir, não tinha antecedentes criminais. Ele foi localizado em sua residência. A decisão pela detenção do médico foi expedida pelo juiz de Umari.

O delegado que participou da captura afirmou que a prisão tem o prazo de 30 dias, podendo ser prorrogada por igual período. Encaminhado para a Delegacia Municipal do Município do Cedro, o suspeito foi ouvido e permanecia encarcerado à disposição da Justiça, até o fechamento desta edição.

Felipe Lira ressaltou que o vereador de Aurora foi acompanhado por quatro advogados, durante todo o procedimento. O delegado e a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) ressaltaram que não poderiam informar mais detalhes a respeito do caso, para não atrapalhar o andamento do inquérito policial e para preservar a imagem da vítima.

Além de trabalhar como médico no Hospital de Pequeno Porte de Umari Ecilda Barbosa Ribeiro, Valmir Gonçalves também é diretor clínico do Hospital Regional de Icó Prefeito Walfrido Monteiro Sobrinho. Antes disso, foi médico da estratégia de saúde da família, no Centro de Saúde de Baixio, e atendeu, até 2017, na Unidade de Saúde da Família do Município de Triunfo, no Estado de Pernambuco.

O suspeito é natural de Porto Velho, no Estado de Rondônia, e foi eleito no último pleito, de 2016, sendo o terceiro vereador mais votado em Aurora, com 1.280 votos. O mandado de Gonçalves é válido até 2020.

Atualmente, na Câmara de Aurora, o suspeito é relator da Comissão de Orçamento e Finanças e membro da Comissão de Justiça e Redação. A reportagem tentou entrar em contato com a Câmara, com objetivo de saber se as funções do vereador seriam suspensas após a prisão, porém, nenhuma ligação foi atendida, nem houve retorno por e-mail.

Repercussão
Em Aurora, a prisão do vereador gerou repercussão entre os moradores, já que o suspeito era muito conhecido. Algumas pessoas ouvidas pela reportagem classificaram Valmir Gonçalves como "bom médico"; porém, outra moradora disse que já existia "boatos sobre isso há cerca de seis anos". "Várias pessoas sabiam e não fizeram nada, e ainda o elegeram como vereador", reclamou. Ele atendia em Aurora, em sua própria casa, onde funcionava um consultório particular.

Fonte: Diário do Nordeste

Curta nossa página no Facebook

25 de julho

  306 - Constantino I é proclamado Imperador romano pelas suas tropas.
1139 - O rei D. Afonso Henriques vence os mouros na batalha de Ourique, durante a reconquista cristã de Portugal.
1978 - Nasce Louise Brown, o primeiro ser humano a nascer a partir de uma fertilização in vitro.

Nasceram neste dia…
1109 - Rei D. Afonso Henriques de Portugal (m. 1185).
1905 - Elias Canetti, escritor turco-britânico (m. 1994).
1924 - Nelson Sargento (foto), compositor e ator brasileiro.

Morreram neste dia…
  306 - Constâncio Cloro, imperador romano do Ocidente (n. 250).
1564 - Fernando I de Habsburgo (n. 1503).
1934 - Engelbert Dollfuss, político austríaco (n. 1892).

Fonte: Wikipédia

ShareThis