Profissionais do CE recebem alerta sobre Ebola

Em face da epidemia de Ebola em países da África, a Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) informou que o Estado está cumprindo as normas técnicas orientadas pelo Ministério da Saúde. Conforme a Pasta, desde quarta-feira, todas as unidades de saúde do Ceará estão recebendo o informe técnico elaborado pelo Ministério para alertar os profissionais de saúde sobre a doença. A Sesa assevera que está vigilante à doença e, caso seja identificado algum caso suspeito, as ordens são para imediata notificação ao Ministério da Saúde.

Na manhã de ontem, o Ministério da Saúde explanou à imprensa as medidas adotadas pelo País, ante a preocupação mundial com a epidemia de Ebola. Conforme declarou o ministro da Saúde, Arthur Chioro, o governo brasileiro reforçou, desde ontem, os procedimentos em portos e aeroportos para identificar casos suspeitos. Um centro de operações de emergência foi mobilizado para monitorar as informações sobre a enfermidade no Brasil e no mundo.

Arthur Chioro afirmou, no entanto, que não existe nenhum caso suspeito de Ebola no País e considerou improvável a entrada de alguma pessoa infectada em território nacional.

O Brasil tem seguido as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS). Caso alguma pessoa chegue ao País com sintomas de Ebola, ela será isolada e levada a hospitais de referência.

Restrição
Segundo as informações colocadas pelo Ministério da Saúde, não existe nenhuma restrição de viagens aos países afetados. As únicas restrições são àqueles que desejam sair dos países do oeste da África, onde está localizado o surto.

A partir de hoje, de acordo com Arthur Chioro, o Ministério da Saúde fará um alerta nos aeroportos para os viajantes internacionais, como prevenção. Aqueles que possam estar com sintomas de febre, diarreia, tosse e hemorragia devem procurar as autoridades de saúde.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), responsável pela área de Portos, Aeroportos e Fronteiras, liberou comunicado ontem, após o pronunciamento do ministro da Saúde, afirmando que a Agência está adotando o protocolo internacional para detecção e isolamento de casos suspeitos, assim como já aconteceu com outras ameaças biológicas, como por exemplo a SARS, o Influenza A (H1N1) e Antrax.

Sintomas
Se uma pessoa, durante um voo comercial, ou outro meio de transporte, desenvolver sintomas típicos de infecção por Ebola e haja suspeita de exposição ao vírus, a tripulação aciona as autoridades sanitárias em solo, que avaliam o risco para definir a necessidade ou não de medidas de controle.

Segundo a Anvisa, a situação no Brasil é de monitoramento, e a possibilidade de haver casos importados é baixa, tendo em vista que a transmissão se dá pelo contato direto com fluidos ou secreções corporais de um infectado. Entre dezembro de 2013 até o último dia 4, foram 1.711 casos de Ebola no mundo, resultando em 932 mortes.

Mais informações
A nota técnica disponibilizada pelo Ministério da Saúde sobre o Ebola está disponível em saude.ce.gov.br/notas-tecnicas

RANNIERY MELO
REPÓRTER



Fonte: Diário do Nordeste



Michael Jackson, Justin Timberlake - Love Never Felt So Good




MPF recomenda anulação do resultado de concurso da Universidade Federal do Cariri

O Ministério Público Federal (MPF) em Juazeiro do Norte enviou recomendação para a Universidade Federal do Cariri (UFCA) sugerindo a anulação imediata do resultado final do concurso para professor assistente na área de Elementos de História e Gestão do Patrimônio Socioambiental. Tanto o edital do concurso, quanto o cronograma não permitiu aos candidatos o direito de interposição de recurso das provas escritas, de didáticas e de títulos.

Segundo o procurador da República Rafael Ribeiro Rayol, autor da recomendação, o edital do concurso não traz previsão de recurso das provas realizadas e o cronograma do concurso deixa clara a intenção da instituição de ensino em não aceitar recursos administrativos dos candidatos sobre as provas. As provas didáticas ocorreram no dia 5 de junho e os resultados foram divulgados ainda no mesmo dia. O mesmo ocorreu na fase de avaliação de títulos, 6 de junho, e na divulgação do resultado final no dia subsequente, inviabilizando aos candidatos o manejo de qualquer recurso.

Após receber denúncia, o MPF enviou recomendação para a reitoria da UFCA requisitando as providências necessárias no prazo de até 10 dias úteis, a partir de 5 de agosto. O procurador recomenda a anulação do resultado final e a abertura de prazo para interposição de recurso administrativo por parte dos candidatos, para todas as fases do concurso com acesso às provas realizadas e tempo razoável para tanto.

Fique por dentro - Recomendações são um dos tipos de instrumentos de atuação utilizados pelo Ministério Público. Elas são enviadas a órgãos públicos para que eles cumpram determinados dispositivos constitucionais ou legais. Os órgãos públicos não estão obrigados a atender as recomendações, mas ficam sujeitos a medidas judiciais em função dos atos indevidos e seus destinatários a possível responsabilização pessoal pela manutenção dos ilícitos.

Assessoria de Comunicação Social
Ministério Público Federal no Ceará



Faltam agências e médicos peritos do INSS no Interior

Agências com obras de construção paralisadas, tempo de espera de atendimento de perícia médica superior a 45 dias, unidades lotadas e servidores sem conseguir dar conta da demanda do trabalho diário. Essa é a realidade da Previdência Social em muitos municípios do Interior do Estado. Apesar do Plano de Expansão da Rede de Atendimento do Instituto Nacional de Serviço Social (INSS) ter melhorado o funcionamento em dezenas de cidades, problemas ainda são recorrentes.

Pelo menos quatro agências estão praticamente construídas, mas permanecem fechadas há mais de um ano, nas cidades de Icó, Barro Jardim e Jaguaruana. Resultado: o atendimento é feito em antigas unidades, imóveis alugados, sem condições adequadas de atendimento e de trabalho. Espaço superlotado e falta de conforto para os segurados e servidores. No Ceará, são 79 agências da Previdência Social.

Na cidade de Icó, na região Centro-Sul, um grupo de advogados decidiu encaminhar solicitação à Previdência Social para que a autarquia adote providências para a conclusão da obra da nova agência, que segue padrão moderno. "Há mais de um ano que o imóvel está praticamente concluído, mas permanece fechado, deteriorando-se", disse o advogado Fabrício Moreira. "Desse jeito, antes de inaugurar vai precisar ser restaurado".

Moreira disse que o atendimento na unidade atual que funciona em um imóvel alugado é precário. "Não há condições de atendimento, pequeno, superlotado", disse. "É horrível para os segurados e para os funcionários", completou.

O serviço de Perícia Médica foi ampliado, mas ainda apresenta problemas pontuais. Nas agências de Senador Pompeu, Mombaça e Acopiara o prazo de atendimento chega a 50 dias em média. Algumas unidades não têm médicos peritos e os segurados são encaminhados para os municípios próximos. É o caso de Cedro, Lavras da Mangabeira e Jaguaribe, além de nove cidades da região do Cariri. A maioria é agência nova, mas não dispõem de serviço de Perícia Médica.

Centro-Sul
Na cidade de Iguatu, há um ano, o tempo de espera para a Perícia Médica era de 45 dias, em média. Dos quatro médicos, dois estavam de licença para tratamento de saúde. Hoje a realidade mudou. "O atendimento caiu para 14 dias em média e agora há cinco peritos", explicou o gerente da agência, Franciônio Chaves. A unidade atende, em média, 250 pessoas, oriundas de seis municípios da região.

Na cidade de Juazeiro do Norte, a demora na realização de exames periciais tem gerado desconforto aos beneficiários do INSS que residem em municípios da região do Cariri. Embora existam agências do órgão em 22 municípios da região, nove cidades não possuem médicos peritos lotados nas unidades. Para atender à demanda dos 33 municípios que formam o Cariri, há, apenas, 26 médicos peritos contratados.

Há, também, municípios onde as obras de construção da agência do INSS foram iniciadas e as obras tiveram que ser interrompidas por conta de problemas envolvendo as empresas vencedoras do processo licitatório para construção dos equipamentos. É o caso dos municípios de Barro, Jardim e Icó.

Conforme a gerente regional do INSS no Cariri, Maria Lucrécia Callou, as obras nestes municípios, no entanto, deverão ser retomadas até o final deste ano. "Desde 2010, quando foi iniciado o Plano de Expansão das Agências do INSS, das quinze agências planejadas na região apenas três apresentaram problemas", disse.

Recentemente, nove municípios da região receberam novas unidades do INSS. As agências foram construídas em Caririaçu, Milagres, Aurora, Mauriti, Missão Velha, Lavras da Mangabeira, Araripe, Pedra Branca e Senador Pompeu. Em todas estas cidades não há médicos peritos.

Na acidade de Jaguaribe, onde a agência foi inaugurada em maio deste ano, as perícias médicas estão sendo marcadas para os municípios de Russas e Icó. Um caso diferente acontece na cidade de Jaguaruana, onde a agência foi construída, mas não chegou a ser entregue por problemas estruturais. A população que busca o serviço precisa se deslocar para as cidades de Russas ou Aracati.

Zona Norte
Nesta região, o maior problema continua sendo a falta de peritos para atender à demanda, mesmo com o crescente número de agências. A construção de novas unidades não veio acompanhada de contratação desses profissionais. A região foi beneficiada com 15 novas agências.

Na agência do INSS de Quixadá, também existe muita gente na fila, aguardando Perícia Médica. Hoje, a unidade conta com dois médicos, mas segundo a gerente da unidade, Hila Maria Barbosa, são necessários quatro médicos. Há carência também de efetivo administrativo.

A gerência não informou o número de pedidos para a Perícia agendados e nem o tempo de espera, mas confirmou que são muitos. A reportagem entrou em contato com a Assessoria de Comunicação da Gerência Executiva em Fortaleza, mas devido a ocupações do setor responsável, as informações somente poderiam ser repassadas na próxima segunda-feira.

Mais informações
Gerência Regional do INSS
Em Fortaleza - (85) 3255. 7466
Juazeiro do Norte - (88) 3572. 4300
Sobral - (88) 3661. 1770

HONÓRIO BARBOSA E SUCURSAIS
REPÓRTER E COLABORADORES

Fonte: Diário do Nordeste



Planalto vai proibir acesso à edição da Wikipédia a partir de sua rede

Uma das providências do Palácio do Planalto após a rede de acesso à internet do governo ter sido usada para alterar perfis na Wikipédia é impedir que esse tipo de acesso se faça a partir da Presidência da República.

Nos últimos dias, tornou-se público que computadores conectados à rede da Presidência da República acessaram a Wikipédia para alterar perfis. Reportagem da Folha de 28.jul.2014 mostrou que um acesso do Planalto pôs elogios a Alexandre Padilha em uma página da Wikipédia. Padilha é candidato do PT ao governo de São Paulo agora em 2014.

O jornal “O Globo” de hoje (8.ago.2014) revelou que foram alterados, por meio de um acesso do Palácio do Planalto, os perfis dos jornalistas Miriam Leitão e Carlos Alberto Sardenberg, com inclusão de observações críticas aos dois.

Por meio de nota oficial, o governo disse que não tem como saber quem exatamente fez as alterações, pois o histórico de navegação das máquinas da Presidência ficava arquivado (até julho de 2014) por apenas 6 meses. O vandalismo se deu no ano de 2013.

Na tentativa de evitar que esse tipo de ação se repita, uma das providências tomadas será bloquear o acesso da página de edição da Wikipédia a partir da rede de internet da Presidência da República.

Fonte: Blog do Fernando Rodrigues/UOL



Missão Velha (CE): Polêmica atrasa instalação de Distrito Industrial

Um litígio envolvendo a área onde a Prefeitura deste município pretende construir o Distrito Industrial voltou a ser alvo de discussões, durante audiência pública realizada na Câmara Municipal. O terreno fica localizado na região do Sítio Carnaúba, da 6 quilômetros da sede, às margens da CE-293, que liga o município a Juazeiro do Norte.

Na ocasião, além de representantes das partes interessadas no imóvel, um técnico da Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace) também compareceu à reunião para receber o Estudo de Impacto Ambiental elaborado pelo município.

O documento é um dos requisitos fundamentais para que o órgão ambiental autorize, através da expedição de um laudo conclusivo, a construção do Distrito Industrial na área de interesse da municipalidade. O laudo, porém, só deverá ser feito após a definição em torno da desapropriação da área questionada no âmbito do Judiciário.

A região do Cariri possui apenas um distrito industrial em atividade, localizado em Juazeiro do Norte, com quatro indústrias funcionando diariamente. Há, no entanto, perspectivas de que outros dois equipamentos sejam construídos até o final deste ano, um em Missão Velha e outro no município de Crato. Além disso, em Juazeiro do Norte, um segundo distrito industrial também está sendo fomentado em parceria com o governo do Estado.

Até o fim deste ano, cerca de 36 novas indústrias deverão iniciar construções no bairro Campo Alegre. A previsão é de que, no início do segundo semestre de 2015, já haja produção no novo equipamento. O novo distrito abrigará indústria dos setores de calçados, movelaria, confecções e outros. Conforme a Secretaria do Desenvolvimento Econômico de Juazeiro, até o fim do próximo ano, serão investidos cerca de R$ 150 milhões, com essas construções, e mais de 2 mil empregos serão gerados a partir da instalação das novas empresas.

No Crato, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico trabalha com a possibilidade de implantar 40 novas empresas no município, a partir da construção do Distrito Industrial, já em andamento em uma área de 125 hectares, no bairro Vila São Bento. Quando pronto, deverá abrigar indústrias de médio e grande porte. A construção do local é estratégica nos planos do governo cratense que também deseja a criação de novas oportunidades de emprego. As primeiras empresas serão prestadoras de serviços, a JSB Distribuidora, Comege Comercial de Medicamentos Gentil, Transportes Julião Pereira Mendes e Disbelta. Já em Missão Velha, a área que acabou gerando atraso nas obras por conta de uma pendência jurídica fica próxima à região onde está sendo construído o canal do Cinturão das Águas, obra do governo do Estado que receberá a transposição hídrica do Rio São Francisco. A Prefeitura defende a manutenção da obra do Distrito Industrial no local também por conta da garantia hídrica que as empresas passarão a ter.

O local possui cerca de 300 mil m², e deverá sediar 80 empresas que atuam nos setores da metalurgia, calçados e de alimentos. O representante jurídico da parte responsável pelo questionamento em torno do uso do terreno junto a Justiça, advogado Edson Santana, explicou que o interesse da parte pelo qual o litígio foi provocado é a de fazer com que haja participação do Ministério Público na análise da situação, necessitando, inclusive, a elaboração de um parecer pelo órgão ministerial, bem como um laudo técnico a ser produzido pelo Ibama. "O próprio Ibama já emitiu um laudo de vistoria apontando a existência de uma lagoa e de olhos de água na localidade. O que nós requeremos é que haja a presença do Ministério Público e do Ibama na discussão" disse.

Para construção do Distrito Industrial de Missão Velha é necessário investimento da ordem de R$ 1,2 milhão. Os recursos já estariam assegurados pelo governo federal, através de emendas da bancada cearense. Com a construção do equipamento, deverão ser criados cerca de 3 mil empregos diretos e outras 6 mil novas oportunidades de empregos indiretos no município.

O prefeito em exercício do município de Missão Velha, Rafael Moreira, avalia que o equipamento é fundamental para o desenvolvimento da cidade. "É uma grande oportunidade. Na área que está sendo pleiteada há uma melhor condição de escoamento da produção", diz ele.

Empresas são incentivadas à geração de renda
O Distrito Industrial (DI) é uma área pública destinada à instalação de empresas que recebem incentivos governamentais para geração de emprego e renda na região. No âmbito municipal, a Prefeitura define qual terreno sediará o polo, com aprovação da Câmara Municipal. O perfil do DI, sobre quantas indústrias e quais segmentos serão contemplados na área estabelecida, deve ser definida por meio de projeto específico. O DI é um meio de desenvolvimento local.

Mais informações
Prefeitura Municipal de Missão Velha
Avenida Santos Dumont, 64 - Centro
Telefone: (88) 3542.1691

ROBERTO CRISPIM
COLABORADOR

Fonte: Diário do Nordeste



Eleições 2014: Dilma tem 38%, Aécio, 23%, e Campos, 9% das intenções de voto, diz Ibope


Pesquisa Ibope divulgada na noite desta quinta-feira (7) mostra que a presidente e candidata à reeleição, Dilma Rousseff (PT), lidera a corrida presidencial com 38% das intenções de voto. Atrás dela aparece o senador Aécio Neves (PSDB), com 23%, seguido pelo ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos (PSB), com 9%. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

De acordo com o Ibope, Pastor Everaldo (PSC) tem 3% das intenções de voto. Eduardo Jorge (PV) e Luciana Genro (PSOL) possuem 1%, cada. Zé Maria (PSTU), Eymael (PSDC), Levy Fidelix (PRTB), Mauro Iasi (PCB) e Rui Pimenta (PCO) não pontuaram. Os votos brancos e nulos correspondem a 13% do total; 11% não souberam responder.

Ao todo, 2.506 pessoas foram entrevistadas pelo Ibope entre o último domingo (3) e esta quinta-feira (7). A pesquisa foi contratada pela Globo e registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sob o número BR-00308/2014.

O período de realização das entrevistas coincide com o início da cobertura das eleições pelos telejornais da Globo --entre eles o Jornal Nacional--, que são os noticiários com maior audiência na televisão. A emissora passou a acompanhar os candidatos na segunda-feira (4).

Na pesquisa Ibope anterior, divulgada em 22 de julho, Dilma tinha 38%, Aécio, 22%, e Campos, 8%. Pastor Everaldo aparecia com 3%. Eduardo Jorge, Luciana Genro e Zé Maria possuíam 1%. Eymael, Fidelix, Iasi e Pimenta não pontuaram. Votos brancos e nulos somavam 16%, e 9% não responderam.

Apesar de liderar a corrida presidencial, Dilma possui a maior rejeição entre os candidatos (36%). Ainda segundo o Ibope, 32% consideram governo Dilma "ótimo" ou "bom" e 31% consideram-no "ruim" ou "péssimo".

Segundo turno
O Ibope simulou um eventual segundo turno entre Dilma e Aécio e entre a petista e Campos. Contra Aécio, Dilma tem 42% das intenções de voto, e o tucano, 36%. Já diante de Campos, a presidente aparece com 44% contra 32% das intenções de voto para o candidato do PSB.

Na pesquisa anterior, o Dilma tinha 41% das intenções de voto no segundo turno com Aécio, contra 33% do tucano. Diante de Campos, tinha 41%, contra 29% do candidato do PSB.

Espontânea
Na pesquisa espontânea, em que não se mostra ao entrevistado a lista de candidatos, 25% declararam voto em Dilma, 11% em Aécio e 4% em Eduardo Campos. Em 22 de julho, Dilma tinha 26%, Aécio, 12%, e Campos, 4%.

Cobertura televisiva
Por conta da maior exposição em função da cobertura da Globo, as principais campanhas preencheram as agendas dos candidatos com eventos públicos direcionados à cobertura televisiva.

Na segunda, Dilma chegou a trocar a agenda oficial que teria no Palácio do Planalto, em Brasília, por uma visita a um posto de saúde em Guarulhos (Grande SP), onde trabalham profissionais estrangeiros contratados pelo Mais Médicos, carro-chefe da campanha petista.

Durante a visita ao posto, foram gravadas imagens para o horário eleitoral. Na terça-feira (5), a candidata à reeleição visitou pela primeira vez o canteiro de obras da usina hidrelétrica de Belo Monte. No evento, a campanha de Dilma também captou imagens para o programa eleitoral.

Ontem (6), Dilma, Aécio e Eduardo participaram do encontro dos presidenciáveis com a CNA (Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária). Nesta quinta, a presidente participou de um almoço com empreendedores em Brasília e, à noite, foi a um ato com sindicalistas de várias centrais sindicais em São Paulo, ao lado de Luiz Inácio Lula da Silva.

Hoje, Aécio também esteve com sindicalistas, entre ele Paulinho da Força, presidente do Solidariedade, em evento com metalúrgicos da fábrica Voith, na zona norte de São Paulo. Na segunda, o senador participou de um congresso de ruralistas na capital paulista. Na terça, o tucano esteve em um encontro com profissionais de saúde. Ontem, além do debate no CNA, inaugurou o comitê do candidato do PSDB ao Distrito Federal, Luiz Pitiman.

Já Campos usou a semana para participar de encontros com entidades de classe (terça e quinta), esteve com evangélicos em Brasília (quarta) e, na tarde de hoje, fez caminhada pelo Pelourinho, em Salvador, e participou de um encontro com jovens da capital baiana.

Fonte: UOL



Crato (CE): Secretário de desenvolvimento econômico integra Conselho Consultivo de Inovação Industrial do Cariri

Inauguração da Casa da Indústria do Cariri
O secretário de desenvolvimento econômico do Crato, Venâncio Saraiva, esteve presente na tarde de ontem, 6, na recém inaugurada Casa da Indústria do Cariri – da FIEC (Federação das Indústrias do Estado do Ceará) em Juazeiro do Norte para participar da primeira reunião do Conselho Consultivo de Inovação Industrial do Cariri.

A Casa da Indústria do Cariri, inaugurada na terça-feira, 5, é parte do projeto Polos Regionais de Inovação oriundos da UNIEMPRE (Universidade Empresa para a Inovação) e do Sistema FIEC e tem como intuito promover a inovação e o desenvolvimento industrial no Cariri.

O presidente da Federação das Indústrias do Estado do Ceará, Roberto Proença de Macêdo, elegeu líderes industriais da região do Cariri para compor o Conselho Consultivo a partir das áreas do setor provado, governamental, institucional e acadêmico.

Nessa primeira reunião, quando o Conselho foi implementado, uma agenda para os próximos três meses foi traçada.

Os membros do conselho estarão encarregados de avaliar os indicadores de desempenho, definir linhas de ações para os setores priorizados, apoiar os núcleos em suas atividades aprovar agenda anual do Polo Regional de Inovação do Cariri e participar de reuniões mensais.

Além de empresários nos setores metal-mecânico, construção civil, química, jóias, confecção, agro alimentar, couros e calçados, também integram o Conselho os secretários de desenvolvimento econômico das cidades de Juazeiro do Norte, Antônio Barbosa Mendonça, e Barbalha, Alysson Uchôa de Carvalho.

Este é o segundo pólo concluído entre os sete planejados para o interior do Ceará. O primeiro foi inaugurado em Limoeiro do Norte, na Região do Jaguaribe, em outubro de 2013.

Assessoria de Imprensa/PMC



Eleições 2014: TV DN realiza primeiro debate com candidatos ao Governo do Estado

Buscando apresentar propostas e ideias de gestão para o Governo do Estado para os próximos 4 anos, a TV DN, webtv do Diário do Nordeste, realiza, na próxima segunda-feira (11), das 9h às 11h, o primeiro debate eleitoral em 2014 com os postulantes ao cargo de governador. Todos os 4 candidatos foram convidados a participar do encontro.

O debate, mediado pelo jornalista Edison Silva, será dividido em 4 blocos, sendo realizado de forma ininterrupta, apenas com apresentação de abertura e encerramento de cada bloco. No primeiro, cada aspirante ao Governo terá 3 minutos para fazer apresentações pessoais e expor as propostas centrais. No bloco 2,  mediante sorteio, os candidatos vão dirigir perguntas a representantes das chapas concorrentes em um minuto, com direito a réplica, também de um minuto. O postulante questionado terá 3 minutos para formular a resposta.

O terceiro bloco contará com a participação dos internautas, que devem enviar suas perguntas aos perfis do Facebook e Twitter do Diário do Nordeste. A organização do debate selecionará até 50 dos questionamentos recebidos e os coloca em uma urna. Seguindo a ordem do bloco anterior, os candidatos terão 3 minutos para responder aos internautas. Cada um responde a duas perguntas.

Por fim, cada concorrente vai dirigir uma pergunta a uma das chapas adversárias, sendo formulada em até um minuto e respondida em até 3. A réplica é permitida em até um minuto. Ao fim dos questionamentos, cada candidato terá um minuto para fazer a despedida do debate.

Os candidatos Ailton Lopes (PSOL), Camilo Santana (PT), Eliane Novais (PSB) e Eunício Oliveira (PMDB) foram convidados formalmente ao debate, que, além de ser transmitido ao vivo na página oficial da TV DN, será disponibilizado na íntegra no mesmo endereço eletrônico.

Pioneirismo no Ceará
A TV DN é pioneira em debates online no Ceará. Em 2012, a webtv realizou encontros de postulantes de quatro prefeituras do Estado. Os candidatos de Fortaleza, Maracanaú, Caucaia e Sobral estiveram defendendo suas propostas no evento realizado pelo Diário do Nordeste. Durante o encontro dos postulantes municipais da Capital, o debate chegou a ficar entre os 4 assuntos do Brasil mais comentados no Twitter.

"Quando planejamos a TV DN dentro da Redação Web, já pensávamos lá na frente, porque a imagem hoje para a internet é fundamental. E isso tem pautado o trabalho através de coberturas, ao vivo, de acontecimentos na cidade. O debate político com os candidatos ao Governo vem, mais uma vez, somar com esse trabalho que a TV DN vem fazendo e que é um diferencial nesse segmento em forte crescimento", ressaltou o diretor editor do Diário do Nordeste, Ildefonso Rodrigues.

Para a coordenadora da TV DN, Fernanda Brasileiro, o webdebate dá um pontapé na campanha eleitoral cearense e começa a difundir as ideias dos candidatos. "Esse debate será mais um auxílio que o eleitor poderá contar na escolha do seu voto. Como ainda estamos no início da campanha eleitoral, é importante que o internauta acompanhe e comece a se familiarizar com as propostas e as ideias dos candidatos", salientou.

Fonte: Diário do Nordeste



Barbalha (CE): Polícia descobre e fecha suposta oficina que desmanchava motos roubadas e furtadas

Em dois imóveis da Rua Fidélis de Araújo no bairro Prourb de Barbalha, a polícia localizou uma suposta oficina de desmanche de veículos nesta quarta-feira. A descoberta começou a partir de um jovem que percebeu um acessório de sua moto, roubada domingo no Sítio Barro Vermelho, em outra que estava sendo vendida. Ele quis saber a procedência do acessório e o vendedor tentou desconversar, mas o rapaz foi adiante na busca de informações por suspeitar do desmanche do seu veículo.

O fato chegou, imediatamente, ao conhecimento da polícia que passou a diligenciar até chegar aos imóveis. Na casa, equipes da FTA e Ronda do Quarteirão e mais policiais civis encontraram duas motos e grande quantidade de peças e carcaças de outras. Ali estava Régia Dayse Ribeiro que é mãe do acusado a qual não soube informar o paradeiro do filho.

Ela disse que desconhecia serem motos furtadas ou roubadas já que, supostamente, o filho prestava serviços para terceiros. A moto roubada domingo é uma Strada CBX 200 de placa HVK-0476, inscrição do Ceará, e foi localizada na residência em processo de desmonte. Todo o material terminou recolhido pelos policiais e levado para averiguações na Delegacia de Barbalha.

Demontier Tenório

Foto: Cícero Valério/Ag. Miséria

Fonte: Miséria



23% da água se perdem entre captação e entrega nas casas, segundo Cagece

Apesar de o Ceará atravessar o terceiro ano consecutivo de seca e de toda a preocupação da sociedade e do poder público em relação ao comprometimento do abastecimento de água no Estado durante os próximos anos, 23% do volume de água tratado pela Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) se perde no caminho entre a captação nas estações de tratamento até chegar nos domicílios, o que representa um desperdício de 85 milhões de metros cúbicos (m³) só no ano passado.

Em 2013, foram consumidos 369,8 milhões de m³ de água em todo o Estado, enquanto na Capital o consumo foi de 234,5 milhões de m³. De janeiro a abril deste ano, o gasto no Ceará foi de 122,6 milhões de m³, o que representa aumento de 1,6% em relação a igual período do ano passado, quando foram consumidos 120,7 milhões de m³.

Josineto Araújo, diretor de Operações da Companhia explica que essa perda se dá em decorrência de vazamentos que aparecem ao longo da rede, ligações clandestinas, uso indevido pelos chamados "gatos" - que representam roubo da água e ocupações familiares que fazem ligações com a tubulação da Cagece. "Essa água não está sendo perdida, porque alguém está usando, mas o uso é indevido, uma vez que ela não é paga", enfatiza.

Como não pode estar dentro de cada domicílio, a Cagece não tem como mensurar quanto de água está sendo desperdiçado pela população. Mas, o diretor de Operações do órgão chama a atenção para o uso racional da água, evitando o desperdício.

"Não é deixar de usar, porque a água é um bem essencial, mas é preciso que as pessoas tenham consciência e só utilizem água para atividades que realmente são necessárias. A gente sempre pede à população que entenda que estamos passando por um período de estiagem e, por esse motivo, temos que preservar a água, fazer uso consciente, evitando o desperdício para que no futuro não falte para nós e nem para as gerações que virão", diz.

Armazenamento
O Ceará possui 29,8% de volume de água armazenado, o que equivale em volume a 53,6 bilhões de m³ de água. Essa é a média dos 149 reservatórios do Estado. Fortaleza e os municípios da Região Metropolitana são abastecidos pelo sistema Pacajus, Pacoti, Riachão e Gavião, que são interligados. Porém, em períodos críticos como o que o Estado atravessa, esse sistema não consegue, sozinho, dar garantia de abastecimento de água para essa região. Por isso, estão sendo utilizadas as reservas hídricas do Açude Castanhão.

Para agravar a situação, o Açude Castanhão acumula o menor volume de água dos últimos dez anos (36%) - equivalente a 2,4 bilhões de m³ de água, dos 6,7 bilhões de m³ que o reservatório pode armazenar. Ainda assim, a Cogerh garante que ele tem capacidade de abastecer a Capital, Região Metropolitana e o Complexo Portuário do Pecém em 2014 e todo o ano que vem.

Segurança
Berthyer Peixoto Lima, chefe de gabinete da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh) esclarece que a estimativa do órgão é de que toda a demanda, ou seja, o consumo de Fortaleza e Região Metropolitana, da Estação de Tratamento da Água (ETA), do Açude Gavião e do Complexo Portuário do Pecém, que atende através do Eixão das Águas, seja em torno de 800 milhões de m³. Portanto, se o Castanhão está com 2,4 bilhões de m³, ele entrará 2015 com 1,6 bilhão de m³. Dessa forma, mesmo sem quadra chuvosa, esse volume dará segurança hídrica para 2014 e todo o ano que vem.

Além do Castanhão, uma segunda reserva hídrica seria o Açude Orós, que acumula volume de 1 bilhão de m³ de água. No entanto, ele só seria acionado caso o Castanhão não possa mais dar esse aporte. O chefe de gabinete da Cogerh acrescenta que existe ainda um prognóstico de que o governo Federal entregue o projeto de transposição das águas da Bacia de São Francisco para o Ceará. Caso seja efetivado em 2015, o Estado terá água entrando no Açude Castanhão, o que segundo o gestor garantiria total segurança.

Mas, a preocupação maior é com algumas regiões do Interior, como a dos Inhamuns e do Sertão Central. A Bacia do Curu, por exemplo, está com apenas 4% de volume armazenado. Berthyer Lima informa que o Governo tem um plano de contingência formado pelo tripé com atendimento de carros pipa para pequenos distritos, outra com abertura de poços profundos e uma terceira chamada adutoras de montagem rápida, que objetiva levar água de uma região que tem disponibilidade hídrica para outra que esteja com escassez.

LUANA LIMA
REPÓRTER

Fonte: Diário do Nordeste



Oasis - Don't Look Back In Anger




Crato (CE): Projeto “Narrativas em Volta do Fogo” recebe a atriz Zizi Telécio em sua 3° edição no Cariri

O projeto “Narrativas em Volta do Fogo”, criado em Fortaleza pela ONG Mediação de Saberes (MESA), realizou no ultimo sábado, 2, sua terceira edição na RFFSA  em Crato com a atriz Zizi Telécio, 59.

Com apoio da Secretaria de Cultura do Crato e incentivo da Pró-Reitoria de Extensão e Cultura da Universidade Federal do Cariri (UFCA) e do Centro Cultural Banco do Nordeste  (CCBNB),  o projeto consiste em reunir diferentes personagens da cidade ao redor do fogo para propagação de conhecimento e compartilhamento de memórias.

O projeto, trazido para a região através do coordenador do curso de Comunicação Social - Jornalismo, Tiago Coutinho, é realizado no último sábado de cada mês, às 18h. As suas primeiras edições aconteceram, com o cantor e compositor, Abdoral Jamacaru, e com o dono do antigo e renomado Bar do Rosto, Wilson do Rosto.

Na última edição, realizada excepcionalmente no primeiro sábado do mês, os ouvintes em volta do fogo escutaram a atriz Zizi Telécio que durante mais de uma hora relatou sua história de vida.

Na ocasião, Zizi contou aos convidados sobre as dificuldades enfrentadas por deficientes físicos em se falando de acessibilidade e direitos iguais. “Barreiras têm de ser quebradas”, diz ela.

O próximo “Narrativas em volta do Fogo”, que falará sobre futebol, acontece no dia 30 de agosto, às 18h, com a madrinha do time do Ceará, Dona Lilô, 90.

Assessoria de Imprensa/PMC



Começa a valer multa para patrão que não assinar carteira de doméstica

A partir de hoje (7), a informalidade do trabalhador doméstico pode resultar em multa de até R$ 805,06 para o patrão. A previsão está na Lei 12.964/14. Segundo dados da Pesquisa Nacional de Amostra por Domicílio (Pnad) 2012, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), dos 6,35 milhões de domésticos no Brasil, 4,45 milhões (70% da categoria) são informais.

O Ministério do Trabalho fará a fiscalização por meio de denúncias. Para fazer uma denúncia, o trabalhador, um parente ou pessoa próxima deve procurar uma unidade regional do ministério - agência do trabalhador, delegacia do trabalho, Superintendência Regional do Trabalho - onde terá de preencher um formulário com os dados do empregador. O patrão será notificado a comparecer a uma Delegacia do Trabalho para prestar esclarecimentos. “Caso o empregador não compareça, a denúncia será encaminhada ao Ministério Público do Trabalho para que tome as providências cabíveis”, garantiu o coordenador-geral de recursos, da Secretaria de Inspeção do Trabalho, Roberto Leão.

Segundo ele, não haverá fiscalização nas residências. "Em momento nenhum a gente vai fiscalizar a casa das pessoas. De acordo com o Artigo 5 da Constituição Federal, o lar é inviolável. As pessoas não podem ingressar a não ser que tenham autorização judicial”, esclareceu à Agência Brasil.

Para Leão, a existência de multa tem grande caráter pedagógico. “A partir do momento em que existe uma penalidade que pode ser aplicada ao patrão, isso é um incentivo para que as pessoas regularizem a situação porque até agora isso não existia. Até agora, o único risco que existia ao empregador era o trabalhador ingressar em juízo. A gente entende que isso incentiva a formalização dos vínculos”, avalia.

De acordo com o presidente do Instituto Doméstica Legal, Mário Avelino, a expectativa é que o número de formalizações aumente de 10% a 15%, já que a informalidade “vai ficar mais cara”. Segundo ele, o  fato de a multa começar a vigorar já "quebra a espinha de uma cultura patriarcal".  “A lei trabalhista doméstica sempre foi [benéfica] para o patrão. A lei determina o direito, mas não [prevê casos em] que ela for descumprida, por isso a informalidade é tão alta”, lembra.

“O registro das informações na carteira é obrigatório, mesmo nos casos em que o profissional esteja em período de experiência”, explica o advogado trabalhista Cristiano Oliveira. Ainda segundo ele, se a pessoa trabalha pelo menos três dias por semana para uma família, precisa ser registrada dentro das normas. São considerados trabalhadores domésticos, cuidadores, auxiliares de limpeza, cozinheiras, jardineiros, motoristas e caseiros e babás, entre outros.

A lei que determina a punição por falta de registro não faz parte da chamada PEC das Domésticas, emenda constitucional que igualou os direitos dos empregados domésticos aos dos demais trabalhadores, promulgada em abril do ano passado. Entretanto, é considerada mais uma conquista dos trabalhadores já que pressiona os patrões a formalizar a situação dos domésticos. Vários dos direitos previstos na PEC das Domésticas ainda não foram regulamentados. Trabalhadores domésticos e defensores da categoria reclamam da demora para a consolidação de direitos considerados fundamentais como o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), salário-família e seguro-desemprego. Com o ano eleitoral, a expectativa é que a regulamentação, parada na Comissão Especial do Congresso Nacional que trata do assunto, só saia no ano que vem.

Fonte: Agência Brasil



Kylie Minogue - Can't Get You Out Of My Head




Crato (CE): Menor armado e sozinho rouba mais de 50 celulares da Loja Insinuante

Um adolescente de 17 anos invadiu no início da tarde desta quarta-feira a Loja Insinuante que funciona na Rua Dr. João Pessoa no centro de Crato para a prática de um assalto. Ele estava sozinho e armado com um revólver quando rendeu uma funcionária do estabelecimento obrigando a mesma a colocar aparelhos celulares dentro da mochila que levava consigo. Logo depois, fretou corrida com um mototaxista o qual partiu na direção de Juazeiro do Norte.

O piloto não sabia que se tratava de um menor infrator, enquanto a polícia era acionada e obteve as características do rapaz. Do lado de fora da loja populares informaram que um jovem com uma mochila tinha saído em um mototaxi. Militares de Crato e Juazeiro foram mobilizados e o veículo interceptado em frente a Araripe Motos na Avenida Padre Cícero. O menor de iniciais J. P. O da S, residente no bairro Franciscanos em Juazeiro estava com 53 celulares na mochila e um revólver calibre 32.

Demontier Tenório

Foto: Cícero Valério/Ag. Miséria

Fonte: Miséria



Produção de carros tem pior julho desde 2006 e recua 17,4% no ano

A produção de veículos no Brasil caiu 20,5% em julho, em relação ao mesmo período de 2013, e somou 252,6 mil automóveis, segundo a Anfavea (associação de montadoras).

Esse foi o pior resultado para o mês desde 2006, quando foram produzidos 202,9 mil automóveis.

A indústria se recuperou em relação ao mês de junho, produzindo 17% de veículos a mais do que em relação ao mês, mas não o suficiente para reverter o quadro do ano.

No acumulado de janeiro a julho, a produção soma 1,82 milhão de veículos, queda de 17,4% sobre um ano antes.

As exportações também caíram 36,7%, em relação a julho do ano passado. No acumulado entre janeiro e julho, a queda nas vendas para o exterior é de 35,4% em relação aos primeiros sete meses de 2013.

As vendas para fora foram agravadas pela piora do cenário econômico na Argentina, que importa grande parte dos veículos exportados pelo Brasil.

Aquecimento
O final da Copa é apontado como um dos motivos para o aquecimento do mercado no mês passado, na comparação com junho. Nos primeiros quinze dias do mês, foram vendidos em média 11.500 veículos por dia. Na segunda quinzena, foram vendidos em média 13.700 veículos diariamente no país.

As vendas também melhoraram no mês de julho. O setor vendeu 11,8% a mais do que em junho, totalizando 294.768 emplacamentos. Mas, em comparação a julho do ano passado, o número é 13,9% menor.

O estoque de veículos diminuiu em relação ao mês de junho, passando para 39 dias. No mês anterior, eram 45 dias. Mas o presidente da Anfavea, Luiz Moan, considera que o número ainda é "inadequado para o setor".

A previsão do setor para 2014 é que a produção caia 10% em relação a 2013. Para as exportações, a previsão é de queda de 29,1%.

"Em função do maior número de dias úteis nesse segundo semestre e por acharmos que o mercado ficará mais comprador, acreditamos que teremos crescimento em todas as linhas", afirma Moan.

"Houve um clima de pessimismo exagerado no país no primeiro semestre, o que quebrou a confiança do nosso consumidor, fazendo as vendas caírem bastante. Ainda prevemos queda para o ano, mas teremos um segundo semestre melhor do que o primeiro", diz o presidente da Anfavea.

O setor acredita que o pacote de estimulo ao crédito, anunciado pelo Banco Central em julho, também irá aquecer as vendas de veículos. "Apesar da medida não ser dirigida diretamente ao setor automotivo, acreditamos que seremos beneficiados pela melhora da economia como um todo", afirma Luiz Moan.

Lay-off
Com o resultado ainda ruim no ano, algumas das principais montadoras de automóveis do país preparam novas rodadas de afastamento de funcionários.

A Fiat vai conceder férias coletivas entre 11 e 20 de agosto, quando produzirá cerca de 10 mil veículos a menos. A Ford vai adotar a mesma medida, principalmente na fábrica de Taubaté, no interior paulista.

A General Motors já avisou aos sindicatos que haverá suspensão temporária de contrato de trabalho (lay-off) na unidade de São José dos Campos (SP).

Um dos principais sindicatos do setor, o Sindipeças, já distribui panfletos nas fábricas, para lembrar aos trabalhadores os direitos em casos de afastamento temporário.

De acordo com o presidente da Anfavea, não acontecerão outras medidas de ajustamento de produção além de férias coletivas ou suspensão temporária do contrato de trabalho dos empregados das fábricas. "A adoção do lay-off é uma expectativa do setor de que o mercado voltará à normalidade. Iremos tentar sempre preservar os empregos", diz Luiz Moan.

Mais setores
O resultado ruim do setor em 2014 tem contribuído para derrubar a produção industrial brasileira, que em junho encolheu pelo quarto mês seguido, segundo o IBGE.

Como a cadeia de veículos é grande, ela acaba afetando o resultado de outros setores, com grande impacto sobre a produção nacional.

Em junho, a produção industrial brasileira caiu 6,9% em comparação com junho do ano passado, no pior resultado desde setembro de 2009, quando fechou em -7,4%. Em relação a maio, o setor encolheu 1,4%, o pior resultado desde março.

Dos 2,6% de queda acumulada na indústria em 2014, 1,9 ponto percentual, ou quase 75% desse mau resultado, vem da produção de veículos, que sofre pesadamente o encolhimento do país vizinho.

A exportação de veículos brasileiros para a Argentina caiu 36% entre janeiro e julho, de acordo com o Ministério de Desenvolvimento, Indústria e Comércio.

Muito sensível aos juros e ao crédito, o setor de bens duráveis (que inclui automóveis e eletrodomésticos) recuou 24,5% em relação a maio e 34,3 % sobre junho de 2013. Com o impasse da dívida argentina, a tendência é que a indústria continue sofrendo.

Fonte: Folha.com



Crato (CE): Secretaria de Educação reforça dialogo com os professores e assina TAC junto ao MP e Sindicato dos Servidores

Carlos Queiroz, secretário de Educação do Crato
Os professores da rede municipal representados pelo SINDSMCRATO numa decisão conciliatória com a secretaria de educação do município decidiram na tarde da última segunda feira, 4, em audiência pública, na 4ª  Promotoria de Justiça do Crato, comandada pelo Promotor de Justiça, Dr. David Moraes da Costa, pela suspensão da greve deflagrada anteriormente pelo SINDSMCRATO.

Em seu pronunciamento, Secretário de Educação, Carlos Queiroz, relacionou as medidas adotadas pelo Governo Municipal que beneficiaram a categoria, mas ponderou sobre a impossibilidade técnica de atendimento das reivindicações que compõem a pauta de greve dos professores.

O Ministério Público sugeriu a possibilidade de celebração de um Termo de Ajuste de Conduta (TAC) objetivando fixar obrigações a serem assumidas pela Secretaria de Educação e pelo Sindicato. A proposta feita pelo Ministério Público foi aceita após consulta à Comissão de Negociação, que se comprometem de apresentar no dia 12 de agosto, ao Ministério Público, minuta de TAC para possível celebração, comprometendo-se ainda, o sindicato, em adiar a assembleia extraordinária, que aconteceria nessa quarta, dia 6, até que seja esgotado o prazo necessário para a celebração do TAC.

O prefeito Ronaldo Sampaio Gomes de Mattos, em seu programa de rádio, reforçou seu compromisso com a classe dos professores considerando necessário um acordo entre ambas as partes para que os alunos da rede de ensino não sejam prejudicados.

Disse ainda que a prefeitura está de portas abertas para um diálogo profícuo com os professores e a entidade representativa da categoria com o intuito de melhorar a qualidade de ensino e as condições de trabalho dos educadores.

A Prefeitura, via Secretaria de Educação, compreende como justas as reivindicações dos trabalhadores da educação, e por isso, vai analisar a proposta feita pela categoria de reajuste da regência de classe de 8% para 20%. Os impedimentos ficam por conta do período eleitoral  que impede qualquer cessão por parte do poder público de reajuste salarial.

A outra reivindicação, referente ao repasse da diferença salarial  do piso para todos os profissionais do magistério, no percentual de 14,8% a prefeitura não tem como fazer repasse já que um parecer do TCM  aponta que “não há que se falar em obrigatoriedade de rateio ou nova correção salarial dos professores frente à complementação da União, ainda que relativa ao ano de 2013”.

A prefeitura assinará o TAC juntamente com o sindicato,  e,  da parte da gestão, todas as reivindicações serão analisadas e até 12 de agosto será apresentados os motivos e contraproposta da administração municipal a todos os professores e profissionais da educação.

Assessoria de Imprensa/PMC



Dilma diz que não vê sentido alguém do Planalto fazer perguntas da CPI da Petrobras

A presidente Dilma Rousseff disse na manhã desta quarta-feira que não faz sentido que servidores de fora da Petrobras tenham elaborado ou auxiliado na elaboração de perguntas feitas aos dirigentes da empresa para serem utilizadas durante a CPI que apura a compra da refinaria de Pasadena, nos EUA. Em entrevista coletiva após sabatina na CNA, afirmou que os assuntos relacionados à estatal são complexos tecnicamente e que seria “estarrecedor” se fosse necessário que alguém de fora da empresa precisasse formular perguntas para a Petrobras.

De acordo com reportagem publicada nesta quarta-feira pelo jornal “Folha de S.Paulo”, a atuação da Petrobras e da liderança do PT no Senado durante a CPI que investiga a estatal foi coordenada por assessores do Palácio do Planalto. A tarefa teria ficado sob a responsabilidade do ministro-chefe da Secretaria de Relações Institucionais da Presidência, Ricardo Berzoini, que cuida da articulação política do governo com o Congresso, e cujo assessor teria ajudado a elaborar o plano de trabalho da comissão.

- No Planalto, não há expert em petróleo e gás. Expert nisso é a Petrobras. Não é o Palácio do Planalto nem nenhuma sede de nenhum partido. Quem sabe sobre pergunta de petróleo e gás é a Petrobras e todas as empresas de petróleo e gás. Há uma simetria de informações entre nós mortais e o setor de petróleo, que é altamente oligopolizado e extremamente complexo tecnicamente. Acho estarrecedor que seja necessário alguém de fora da empresa elaborar perguntas para a Petrobras - disse Dilma.

Questionada se o eventual bloqueio dos bens da presidente da Petrobras, Graça Foster, pelo TCU causa algum constrangimento, a presidente minimizou. Disse que o que ainda não foi julgado não gera constrangimento algum.

À tarde, o candidato a presidente pelo PSDB, senador Aécio Neves, disse que a estratégia do “não sei de nada” não cola mais e que a presidente é a responsável pelos atos de “aloprados” levados por ela para dentro do Palácio do Planalto.

Ao confirmar que não irá mais se licenciar, ele chegou a anunciar também que a oposição decidira rever a estratégia de não participar da CPI do Senado e que iria fiscalizar e acompanhar as investigações.

— Você dizer que não sabe quem está na varanda da sua casa já é difícil. Agora, dizer que não sabe de atos praticados por pessoas dentro da sua cozinha é impossível — criticou Aécio, citando que toda a suposta combinação para fraudar a investigação da CPI foi feita no gabinete ao lado da sala da presidente.

Mais tarde, entretanto, o tucano voltou atrás. Após uma reunião no Senado com os líderes Aloysio Nunes (PSDB), candidato a vice-presidente em sua chapa, e Agripino Maia (DEM-RN) , coordenador geral da campanha, Aécio Neves disse ter se equivocado quando disse que a oposição iria rever a decisão de não participar da CPI da Petrobras no Senado.

Aécio se corrigiu e disse que a ideia é reforçar a participação da oposição na CPI mista da Câmara e Senado, não da CPI que é alvo de denúncias de combinação de perguntas e respostas com os dirigentes da Petrobras.

— Desculpem, eu me enganei. Quando me perguntaram sobre CPI eu entendi que era a CPMI, pela qual sempre lutamos — corrigiu-se Aécio.

— Essa CPI do Senado, além de chapa branca, agora está podre, foi bichada pela interferência do Palácio do Planalto. Vamos atuar na CPMI , onde tem mais espaço para a oposição atuar — completou Aloysio Nunes.

Segundo a reportagem da “Folha de S. Paulo”, o secretário-executivo da Secretaria de Relações Institucionais, Luiz Azevedo, número 2 na hierarquia da pasta, teria ajudado a elaborar o plano de trabalho da CPI da Petrobras no Senado, com um roteiro para a investigação e sugestões de perguntas.

Azevedo teria ficado encarregado de blindar a presidente Dilma Rousseff, fazendo a interlocução do governo com a estatal, a fim de alinhar a atuação governista na CPI. O assessor especial da Secretaria de Relações Institucionais Paulo Argenta também teria sido escalado para a tarefa.

Como mostrou a revista “Veja” desta semana, dirigentes e ex-dirigentes da Petrobras receberam antecipadamente as perguntas que lhes seriam feitas por senadores durante depoimentos à CPI, em maio. As perguntas teriam vindo acompanhadas de respostas preparadas pela assessoria da estatal e chegado à presidente da Petrobras, Graça Foster, ao ex-presidente José Sérgio Gabrielli e ao ex-diretor da Área Internacional da empresa, Nestor Cerveró.

A estatal afirma que só tomou conhecimento das perguntas após a divulgação do plano de trabalho da CPI.

Ainda segundo a “Folha de S. Paulo”, o governo teria discutido com assessores do PT no Senado e o chefe do escritório da estatal em Brasília, José Eduardo Barrocas, a conveniência ou não da aprovação de requerimentos da CPI.

A CPI do Senado, assim como uma Comissão Parlamentar Mista de Inquérito no Congresso, investiga a compra, pela Petrobras, de uma refinaria em Pasadena, nos Estados Unidos. O Tribunal de Contas da União (TCU) estima que o negócio tenha causado prejuízo de US$ 792 milhões à estatal e Graça Foster poderá ter seus bens bloqueados pelo TCU a fim de ressarcir o prejuízo ao erário.

A Petrobras, contudo, deverá acionar um seguro para cobrir o valor a ser cobrado pelo TCU individualmente de 11 dirigentes e ex-dirigentes da estatal. É o que informa reportagem desta quarta-feira do jornal “O Estado de S. Paulo”. Segundo a reportagem, a empresa já teria avisado aos executivos que acionará um seguro para cobrir essas despesas, evitando que Gabrielli e Ceveró, entre outros, tenham que desembolsar recursos próprios. Segundo o jornal, a Petrobras justificou a medida como forma de "resguardar" os executivos.

Fonte: O Globo



Crato (CE): Urca abre inscrições para o I Seminário Multidisciplinar de Educação em Direitos Humanos

Os direitos humanos são direitos inerentes a todos os seres humanos, independentemente de raça, sexo, nacionalidade, etnia, idioma, religião ou qualquer outra condição. Os direitos humanos incluem o direito à vida e à liberdade, à liberdade de opinião e de expressão, o direito ao trabalho e à educação, entre e muitos outros.

O Direito Internacional dos Direitos Humanos estabelece as obrigações dos governos de agirem de determinadas maneiras ou de se absterem de certos atos, a fim de promover e proteger os direitos humanos e as liberdades de grupos ou indivíduos.

Neste contexto será realizado, nos dias 27 e 28 de agosto de 2014, no Salão de Atos da Universidade Regional do Cariri (URCA), o I Seminário Multidisciplinar de Educação em Direitos Humanos.

Para efetuar sua inscrição clique aqui

Assessoria de Imprensa/Urca



Conta de luz vai subir 2,6% em 2015

Os empréstimos coordenados pelo governo para socorrer as distribuidoras de energia devem ser sentidos na conta de luz do consumidor entre 2015 e 2017, confirmou o Ministério de Minas e Energia (MME), em nota divulgada nesta quarta-feira (6). O impacto deve ser de 2,6% em 2015, chegando a 5,6% em 2016 e 1,4% em 2017.

A divisão dessa conta ao longo de três anos já havia sido adiantada pelo secretário-executivo Márcio Zimmermann na semana passada.

A diluição do reajuste por um prazo maior reduz o impacto do aumento da tarifa de luz na inflação, num momento em que o IPCA se encontra sob pressão e perto do teto da meta do governo em 12 meses (que é de 4,5%, com tolerância 2 pontos percentuais para cima ou para baixo, ou seja, de 2,5% até 6,5%).

Falta de chuva e uso de térmicas
A falta de chuva e o baixo nível dos reservatórios das hidrelétricas neste ano obrigou as distribuidoras de energia a acionar usinas termelétricas, cuja energia é mais cara.

Elas já tinham feito um empréstimo de R$ 11,2 bilhões, mas agora o Ministério da Fazenda negocia um novo empréstimo, de R$ 6,5 bilhões, para amenizar o impacto da compra de energia mais cara.

Vencimento de concessões 
O ministério disse, ainda, que o vencimento de concessões de geração de energia no ano que vem vai amenizar significativamente o custo do empréstimo para as distribuidoras.

Segundo o ministério, as concessões que vencem em 2015 terão energia contratada sob o regime de cotas de garantia física e de potência, o que fará com que a energia fique mais barata.

Fonte: UOL (Com Agência Brasil e Reuters)



Senado aprova desconto para quem pagar à vista em vez de usar cartão

O Senado aprovou nesta quarta-feira (6) o projeto que permite ao comerciante cobrar preços diferentes para quem paga com dinheiro ou com cartão de crédito. O próximo passo é encaminhar o projeto para análise da Câmara dos Deputados.

O projeto, de 2013, passa por cima da Resolução 34/1989, do Conselho Nacional de Defesa do Consumidor, que proibia ao comerciante cobrar preços diferentes quando o pagamento fosse feito com cartão de crédito. Agora, com a medida aprovada, o comerciante poderá voltar a aplicar preços diferentes para o mesmo produto, dependendo de como o pagamento for realizado. O projeto é do senador Roberto Requião (PMDB-PR), tramitava em regime de urgência e já aprovado na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) em abril passado.

Durante os debates, o senador José Agripino (DEM-RN) alertou para um possível perigo com a aprovação da matéria: o estímulo ao consumidor para portar dinheiro em espécie, o que, em sua avaliação, poderá elevar a violência. Lídice da Mata rebateu essa possibilidade. "A questão da segurança pública ultrapassa ter dinheiro na mão ou não", disse.

Os senadores Romero Jucá (PMDB-RR) e Ana Amélia (PP-RS) pediram o adiamento da votação e que o projeto seja analisado também pelas comissões de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle (CMA) e de Assuntos Econômicos (CAE).

Segundo Ana Amélia, entidades como o Idec e a Proteste têm dúvidas se a mudança trará benefícios à população e não apoiaram a proposta. A tentativa de adiar a votação provocou a reação do autor, Roberto Requião, e da relatora, da proposição senadora Lídice da Mata (PSB-BA). "A proibição do desconto, incorporando o preço do cartão a todos os custos do País, foi feita de forma ilegal. Quem pode decidir uma questão dessa ordem é o Congresso Nacional", disse Requião, que acusou os parlamentares contrários à proposta "de servir ao deus Mamon", ou ao dinheiro, conforme a advertência de Cristo no Sermão do Monte.

Para os senadores Requião e Lídice, o Conselho Nacional de Defesa do Consumidor não tem competência para instituir normas que criem obrigações a particulares. Com a resolução, sublinharam os parlamentares, o órgão exerceu poder normativo inexistente, ao proibir a cobrança de preços diferentes por parte dos fornecedores na hipótese de pagamento por meio de cartão de crédito.

Fonte: iG (Com Agência Senado)



Sua saúde: Assistir TV ao final do dia pode aumentar nível de estresse

Depois de um longo dia de trabalho, sentar no sofá e assistir televisão parece ser uma boa ideia para reduzir o estresse. No entanto, um novo estudo descobriu que, em vez de ajudar a relaxar, o hábito pode piorar a situação. As informações são do Daily Mail.

A pesquisa, conduzida pela Johannes Gutenberg University Mainz, na Alemanha, descobriu que as pessoas que atingiram altos níveis de estresse no trabalho e assistiram televisão ou jogaram vídeogame se sentiram culpadas em vez de relaxadas ou recuperadas.

Para a pesquisa, os estudiosos entrevistaram 471 pessoas sobre como elas se sentiam depois do trabalho e o que faziam para relaxar no final do dia. Os pesquisadores notaram que aquelas que estavam particularmente cansadas após o expediente mostraram maior tendência a sentir que haviam "sucumbido" ao desejo de assistir televisão ou jogar vídeogame. Este grupo de pessoas também reportou que estes hábitos as impediram de cuidar de tarefas mais importantes.

A pesquisa também concluiu que as pessoas que se sentiam mais cansadas e, por isso, poderiam ser mais beneficiadas pelo relaxamento em frente à TV, na verdade, experimentavam ainda mais sentimento de culpa por considerar o hábito como um sinal de falha em relação ao auto-controle. "A culpa diminui os efeitos positivos da tentativa de relaxamento e reduz a recuperação e a vitalidade", explicou o estudo, publicado no Journal of Communication.

Estudos anteriores apontavam que assistir televisão ou jogar vídeogame ajudavam as pessoas a se desligar do trabalho e relaxar. Essas pesquisas também mostravam que ganhar um jogo ou assistir a um filme que provocasse reflexão oferecia às pessoas a sensação de controle durante o lazer, fazendo com que se sentissem mais energizadas.

"Isso demonstra que, na vida real, a relação entre o uso da TV ou do vídeogame e o bem-estar é complicado e que esses hábitos podem entrar em conflito com outros, menos prazerosos, mas mais importantes", disse Leonard Reinecke, um dos autores do novo estudo.

Fonte: Terra



87% dos turistas que vieram ao Ceará durante a Copa do Mundo pretendem voltar

Uma pesquisa divulgada pela Secretaria de Turismo do Ceará (Setur) mostra que 94% dos turistas brasileiros e 78% dos estrangeiros que vieram ao Ceará durante a Copa do Mundo pretendem voltar ao Estado no futuro. A média, que ficou em 87%, foi avaliada como bastante positiva pelo titular da Setur, Bismarck Maia.

Entre os entrevistados que vieram para o mundial de futebol, 90% afirmaram que recomendariam o destino a amigos e familiares. Durante os 32 dias do campeonato, R$ 1,68 bilhão foram injetados na economia, como adiantou o Diário do Nordeste em julho.

Os dados da pesquisa mostram que o número de turistas, no Ceará, chegou a 363 mil durante a Copa, 81% a mais que o verificado em junho de 2013. Embora a maior parte dos visitantes ter sido composta por turistas nacionais (194 mil), o número de estrangeiros (169 mil) supera em 646% o registrado em junho do ano anterior.

Cidades turísticas
Quase metade dos visitantes do Estado (49%) foram a outras localidades além de Fortaleza, que sediou o Mundial.

Sobre as avaliações de Fortaleza como destino dos turistas durante a Copa, 87% dos visitantes disseram que a Capital superou ou correspondeu às expectativas. Entre estrangeiros a taxa de "superou ou correspondeu às expectativas" somou 84%, enquanto entre turistas brasileiros o número foi melhor, com 90%.

Sob os olhares do mundo
Na manhã desta quarta-feira (6) o titular da Setur apontou a etapa do Ironman Brasil em Fortaleza, que deve acontecer no próximo dia 9 de novembro, como o próximo grande evento que o Ceará irá sediar. Atletas do mundo inteiro confirmaram presença na competição de triathlon, que tem 35 seletivas no mundo inteiro e acontece no Brasil somente em Fortaleza e Florianópolis. O mundial é realizado em Kona, no Havaí.

Fonte: Diário do Nordeste



Quais são as profissões que mais formam milionários no mundo?

Familiarizar-se com códigos de leis ou conquistar um título de bacharel em engenharia? Afinal, quais são as profissões que mais formam milionários no mundo? Em pesquisa realizada pela companhia de consultoria WealthInsight, as 10 carreiras mais rentáveis do mundo foram listadas. Em primeiro lugar está a profissão de Carlos Slim, o homem mais rico do mundo (dono de uma fortuna estimada em mais de US$ 70 bilhões): engenharia.

Confira o ranking (que considera tanto profissões que exigem formação superior quanto carreiras que dispensam a conquista de um diploma):
  1. Engenharia
  2. MBA
  3. Economia
  4. Direito
  5. Administração de empresas
  6. Comércio
  7. Contabilidade
  8. Ciências da computação
  9. Finanças
  10. Política
"Escola da vida" ou formação superior?
A pesquisa conduzida pela consultora constatou que 12,8% dos “milionários estudados” têm MBA. Dessa forma, uma conveniente reflexão vem à tona: mais vale mergulhar os olhos em livros e conquistar cada vez mais e mais títulos ou basta que aprendamos tudo com a escola da vida? Nomes de grandes mentes que deixaram o círculo acadêmico são constantemente citados (Bill Gates, Steve Jobs e Richard Branson são alguns dos exemplos).

Contudo, e ainda conforme sugere o estudo feito pela WealthInsight, a demanda por especialistas em administração de grandes negócios tem se mostrado notável mundo afora. Quando consideradas as profissões que exigem formação superior, os seguintes cargos são elencados:
  1. MBA
  2. Direito
  3. Engenharia
  4. Economia
  5. Finanças
  6. Administração de negócios
  7. Ciência da computação
  8. Medicina
  9. Contabilidade
  10. Matemática
  11. Outros campos de estudo
E como as demais áreas de conhecimento se saem no quesito rentabilidade? Se você cursa uma graduação relacionada a temas que não os mencionados acima, não se desespere. Artes, Letras/Inglês, Arqueologia e Arquitetura, por exemplo, aparecem logo abaixo das 10 profissões que mais formam milionários. O que você está estudando? Quais são os seus planos futuros?

Fonte: Mega Curioso (via Newstatesman e Wealthinsight)



Plantão Infotech: Aplicativo do Facebook vai perder recurso de bate-papo

A rede social Facebook vai remover nos próximos dias o recurso de bate-papo de seu aplicativo para smartphones com sistemas operacionais iOS (Apple) e Android (Google). A estratégia já começou a ser testada entre usuários que acessam o serviço na Europa e deve chegar aos mais de um bilhão de cadastrados nas próximas semanas: uma notificação já é exibida às pessoas que ainda não aderiram ao app de mensagens instantâneas — inclusive usuários brasileiros.

O aplicativo oficial da rede vai manter o ícone de mensagens, mas, ao clicar nele, o usuário será direcionado a outro app: o Facebook Messenger, recurso lançado pela companhia em 2011 especialmente para troca de mensagens instantâneas — por ora, a companhia americana exibe um comunicado a uma parcela de usuários notificando a mudança e recomenda o download do aplicativo, conforme mostra a imagem abaixo. Em contato com a reportagem de VEJA.com, o Facebook afirmou que o usuário terá sete dias para se adequar à exigência a partir da data de recebimento do aviso.

Segundo a empresa, a medida tem como objetivo deixar o aplicativo principal mais rápido e não se aplica a dispositivos móveis com sistema operacional Android de baixo custo e Windows Phone. Pessoas que acessam a rede social por meio de desktops não serão afetadas com a mudança.

Nos últimos meses, o Facebook tem criado uma série de estratégias agressivas para o universo móvel, para onde migram milhões e milhões de usuários. Na última quarta, a companhia informou que mais de 1 bilhão de pessoas se conectam ao serviço por meio de smartphones e tablets. Em fevereiro, a rede adquiriu o serviço de mensagens instantâneas WhatsApp por 19 bilhões de dólares.

Fonte: Veja



Addthis