Chove acima de 100 mm em 6 municípios; água invadiu casas e rompeu barragens

Em Crateús, barragem do açude sangrou desde o início
da manhã desta quinta-feira (15)
Seguindo a tendência dos últimos dias, o Ceará voltou a registrar, entre esta quarta (14) e quinta-feira (15), fortes chuvas em todas as suas regiões, informou a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme). Para se ter uma ideia da intensidade das precipitações, seis municípios do Estado já apresentaram volumes acima de 100 mm nas últimas 24 horas, superando tranquilamente o valor máximo do último levantamento, que não passou de 96.6 mm.

Pelo menos 136 municípios já apresentaram chuvas até às 9h40 desta quinta-feira, sendo o principal destaque o município de São Luís Do Curu, no Litoral do Pecém, com um volume de 131 mm. A região, inclusive, foi a que registrou a maior intensidade de precipitações, tendo em vista que também contou com o segundo maior volume para o período, em Irauçuba (124 mm), onde foram registrados diversos alagamentos, inclusive dentro de residências da cidade.

Como tem ocorrido neste mês, o Litoral Norte do Estado também concentrou um grande volume de chuvas. Entre esta quarta e quinta-feira, por exemplo, três municípios da região registraram volumes acima de 90 mm. Foram eles:
  • Amontada (119.0 mm) 
  • Miraíma (100.3 mm) 
  • Santana Do Acaraú (97.0 mm)
Fortaleza
Na Capital cearense, a Funceme registrou precipitações de apenas 36 mm nas últimas 24 horas. Na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), porém, choveu consideravelmente em Aquiraz e Itaitinga, onde volumes de 110 mm e 105 mm, respectiamente, foram computados no período analisado.

Para esta sexta-feira (16), a expectativa é de céu nublado com eventos de chuva em todo o Ceará. No sábado (17), a Funceme também projeta nebulosidade variável chuva em todas as regiões cearenses ao longo do dia.

As maiores chuvas registradas nesta quinta-feira (15):



Fonte: Diário do Nordeste

Curta nossa página no Facebook

Cariri tem redução de homicídios durante Carnaval

Iniciada na última sexta-feira (9), a Operação Carnaval 2018 registrou uma redução significativa no índice de homicídios durante o período carnavalesco na Área Integrada de Segurança (AIS 19), que integra 25 cidades do Cariri. Até o início da quarta-feira de cinzas (14), um crime desta natureza foi contabilizado, enquanto no ano passado, seis homicídios ocorreram no feriado prolongado.

A Polícia Militar avalia positivamente as ações de segurança desencadeadas no período. Dados levantados pelo 2º BPM apontam que além da redução dos crimes contra a vida, a Polícia Militar retirou de circulação 20 armas de fogo nesse período, realizou sete prisões por tráfico de drogas e apreendeu mais de 2,256kg de entorpecentes, entre maconha, crack e cocaína em toda a Região do Cariri.

Para o Comandante do 2º BPM, Major Luciano Rodrigues, os resultados obtidos decorrem do compromisso da Polícia Militar com a segurança da população. “A Operação Carnaval de 2018 foi uma das mais exitosas dos últimos anos, não só porque vidas foram salvas, mas, sobretudo, porque o combate à criminalidade continuou sendo uma estratégia para a promoção da paz social”, afirmou o Oficial.

As cidades caririenses, que nessa época do ano realizam festejos carnavalescos, como Barbalha, Crato e Juazeiro do Norte, tiveram seu efetivo policial militar reforçado e distribuído em locais e horários que concentram grande fluxo de pessoas. A pé e motorizados, várias viaturas e motocicletas atuaram ostensivamente de forma preventiva.

Fonte: Diário do Nordeste

Curta nossa página no Facebook

Proposta de reforma da Previdência será engavetada; Maia já prepara discurso

Descrente de que o governo reúna os 308 votos necessários para aprovar a reforma da Previdência, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), já prepara o discurso para anunciar, no final de fevereiro, o engavetamento da matéria, conforme apurou o Estadão/Broadcast.

Para evitar que o ônus do anúncio recaia sobre o Congresso Nacional e, muito menos, sobre ele, Maia deve responsabilizar o Palácio do Planalto por não ter obtido apoio suficiente à proposta. Deve dizer, ainda, que não vale a pena colocar a matéria em votação para ser derrotada.

Nos bastidores, outras lideranças partidárias também dão como certo que a proposta será engavetada. A maioria suspendeu as articulações em torno da reforma da Previdência durante o período carnavalesco. Só devem retomar as conversas a partir deste domingo. Sem o placar mínimo de votos para aprovação, a expectativa é de que o início da discussão em plenário, antes previsto para esta segunda, dia 19, seja mais uma vez adiado.

O próprio relator da reforma, deputado Arthur Oliveira Maia (PPS-BA), viajou ao exterior com a família na semana passada e só retorna domingo, segundo sua assessoria. Os principais líderes também só devem chegar a Brasília no domingo ou na segunda, entre eles, Aguinaldo Ribeiro (PP-PB) e André Moura (PSC-SE), líderes do governo na Câmara e no Congresso, respectivamente, e Baleia Rossi (SP), líder do MDB, partido do presidente Michel Temer.

Segundo interlocutores, Rodrigo Maia decidiu que cumprirá seu "papel institucional" de presidente da Câmara ao anunciar que não pautará a votação da reforma antes das eleições. Esse anúncio deve ser feito antes mesmo do dia 28, data limite prevista para a votação. Até então, o parlamentar fluminense resistia em fazer esse anúncio e se mostrava muito incomodado com o discurso do governo de transferir para os deputados a culpa pela frustração com a reforma.

Avaliação do grupo de Maia é de que o anúncio pode favorecer a candidatura dele à Presidência da República, pois o descolaria de uma pauta impopular. O parlamentar fluminense, contudo, pretende manter o discurso de que a reforma é "necessária" e investir na tese de que as eleições presidenciais de outubro é que resolverão o futuro da proposta. 

Fonte: A Tarde (Com informações do jornal O Estado de S. Paulo)

Curta nossa página no Facebook

Urca tem seleção com 104 vagas e salário que pode chegar a R$ 11,7 mil

A Universidade Regional do Cariri (Urca) tem seleção pública com 104 vagas para professores substitutos e temporários. O vencimento base dos selecionados é R$ 5.265,33, e a remuneração total pode chegar a R$ 11.700,52 com bônus e benefícios.

A jornada de trabalho é de 40 horas semanais, e as vagas são para professores das seguintes áreas: ciências econômicas, química, matemática, ciências sociais, ciências biológicas, educação física, línguas, literatura, geociência, teatro, artes visuais, direito, enfermagem e biologia.

Os interessados devem fazer a inscrição on-line, no site da Urca, e pagar a taxa de inscrição no valor de R$ 120. O comprovante de pagamento deve ser encaminhado à Pró-reitoria da universidade, na Rua Coronel Antônio Luís, 1161, no Bairro Pimenta, no Crato, interior do Ceará.

Os candidatos serão selecionados por meio de uma prova escrita e outra didática. A data das provas será definida após o período de inscrição e informada no cartão do candidato.

A seleção pública tem prazo de validade de 12 meses e pode ser prorrogada por mais 12 meses, a critério da Urca.


Fonte: G1 CE

Curta nossa página no Facebook

Carnaval 2018: Levando crítica social a avenida, Beija-Flor é campeã no Rio; Tuiuti é vice

A Beija-Flor conquistou nesta quarta-feira (14) seu 14º título no Grupo Especial do Carnaval do Rio de Janeiro. Apesar de um desfile que pecou na parte técnica, como ponderou o crítico do UOL Anderson Baltar, a escola de Nilópolis conquistou público e jurados pela emoção com o enredo "Monstro é aquele que não sabe amar. Os filhos abandonados da pátria que os pariu."

“Quem ganhou esse Carnaval, foi a minha comunidade, a nossa bravura. Ninguém sabe o que rolou durante o ano inteiro”, declarou Laila bastante emocionado com o resultado. "Meu povo sofreu muito esse ano no barracão com determinadas coisas. E eu fui homem para segurar a onda e não ter deixado entrar em crise."

O desabafo do diretor de Carnaval da Beija-Flor que veio logo ao final da apuração pode ser um adeus, já que a reportagem do UOL apurou que ele deve deixar a escola de Nilópolis após desentendimentos com o atual presidente Gabriel David, filho do presidente de honra Anízio Abrahão.

"Gabriel é meu amigo, mas precisa ser conduzido para o caminho correto. Ele precisa entender que administrar finanças é uma coisa, e administrar Carnaval é outra", pontuou o diretor sobre o atual gestor da Beija-Flor, que tem pouco mais de 20 anos.

Já Gabriel David ressaltou a necessidade de renovação na escola. "Alguém falou que a Beija-Flor tinha uma cara. E a cara da Beija-Flor é inovação. Se alguém duvidou da nova cara da Beija-Flor, não duvidem. O Carnaval tem que mudar. O Carnaval pede criatividade, essas mudanças", disse após o anúncio da vitória.

O atual presidente, no entanto, diz que seu desejo é que o diretor de Carnaval permaneça na Beija-Flor para 2019. "Laila tem espaço [na escola]. A Beija-Flor sempre vai ser a casa dele independente de qualquer coisa. Espero muito que ele fique."

Desfile histórico
A azul e branco ganhou o Carnaval de 2018 ao levar para a Sapucaí uma pesada crítica social com o enredo “Monstro é aquele que não sabe amar. Os filhos abandonados da pátria que os pariu” misturando a história da obra "Frankenstein", de Mary Shelley, com a realidade do nosso país.

Edson Celulari veio no carro abre-alas representando Dr. Victor Frankenstein, criador do monstro da ficção. Ratos apareceram já no segundo carro, ao lado de uma favela, precedido por alas com os animais e com barris de petróleo também representando corrupção.

A atriz Cláudia Raia desfilou no chão e lamentou a situação do Brasil após o desfile. "A gente quis cantar outro hino, mas só conseguimos cantar o hino do lamento, do socorro. Pelo amor de Deus, alguém tire o Brasil dessa lama, desse buraco".

Componentes também vieram encenando uma cena protagonizada pelo ex-governador do Rio Sérgio Cabral em um jantar luxuoso em Paris. Sua mulher, Adriana Ancelmo, também foi representada por uma integrante usando uma tornozeleira eletrônica.

O abandono da população, vítima de balas perdidas, da violência e relegados a buscar alimentos no lixo, foi o tema do terceiro carro, com cenas bastante dramáticas.

Com a cantora drag queen Pabllo Vittar como destaque do penúltimo carro, uma representação do Maracanã com uma escultura de Frankenstein, a escola também abordou a intolerância e o preconceito contra as pessoas LGBT.

O preconceito com os nordestinos e as brigas de torcida também foram lembradas. A funkeira Jojo Todynho veio na parte de trás, em uma alegoria contra o racismo e a xenofobia.

Antes do início da apuração, Neguinho da Beija-Flor comparou o desfile deste ano ao que a escola fez em 1989, considerado um dos melhores desfiles de todos os tempos, mas que não conquistou o título.

"Me lembra muito o desfile 'Ratos e Urubus' Mesmo que a Beija-Flor não saia com o primeiro lugar hoje, esse desfile já marcou a história", ponderou o intérprete. A escola campeã terminou a apuração gabaritando no quesito samba-enredo, comandado por Neguinho. Evolução e harmonia também levaram notas 10 de todo o júri.

No ano passado, em um Carnaval marcado por tragédias e problemas, o título ficou dividido entre a Portela e Mocidade Independente de Padre Miguel.

Já neste ano, os desfiles ficaram marcados pelo forte apelo político. Além da Beija-Flor, coroada com sua pesada crítica social, a vice-campeã Paraíso do Tuiuti e a quinta colocada Mangueira fizeram desfiles bastante críticos aos governos federal, estadual e municipal.

No sábado (17), as seis primeiras colocadas voltam para a Sapucaí para o desfile das campeãs. Desfilam Mocidade, Mangueira, Portela, Salgueiro, Paraíso do Tuiuti e Beija-Flor, nesta ordem.

Tuiuiti renasce, Grande Rio cai
Após ter sua história marcada por uma tragédia no ano passado, a Paraíso do Tuiuti acertou em seu enredo e conquistou o vice-campeonato do Carnaval do Rio de Janeiro em 2018. A superação é coroada com o primeiro título da agremiação no Grupo Especial.

No ano passado, o último carro alegórico do Paraíso do Tuiuti entrou na área de armação da Marquês de Sapucaí completamente desgovernado, chocou-se contra as grades e atropelou 20 pessoas, matando a radialista Liza Carioca.

Já em 2018, com o enredo "Meu Deus, meu Deus, está extinta a escravidão?", sobre os 130 anos da Lei Áurea, a Tuiuti mostrou com muita ironia que a escravidão permanece até hoje, mas de forma diferente.

A escola ousou ao representar o presidente Michel Temer como um "Vampiro Neo Liberalista". No desfile, no domingo (11), e na apuração, nesta quarta-feira (14), a torcida apoiou a escola com gritos de "Fora, Temer".

Já a Império Serrano e a Grande Rio foram rebaixadas e desfilam no Grupo de Acesso em 2019. A Império Serrano ficou em último lugar, com 265,6 pontos. Em penúltimo, ficou a Grande Rio com 266,8 pontos. 

A Grande Rio homenageou Chacrinha com o enredo "Vai para o trono ou não vai?", mas o desfile azedou com um carro quebrado que fez a escola estourar o tempo.

Já a Império Serrano levou para a Sapucaí o enredo "O Império do Samba na rota da China". A escola também homenageou Arlindo Cruz com uma ala completa que levava familiares e amigos do sambista, internado há um ano.

Fonte: UOL

Curta nossa página no Facebook

Expocrato 2018: Empresa que possivelmente comandará shows é investigada pela Receita e Polícia Federal

Foto: Samuel Pinheiro/Blog Cariri
Depois de 11 anos, uma das maiores festas do Nordeste, a Expocrato, está prestes substituir as empresas RBA Produções e Luan Promoções na realização dos shows. A nova licitação não foi anunciada, mas a informação é que a empresa Art Produções, do empresário João Carlos Diógenes, deve ser a vencedora do certame.

A articulação junto ao Governo do Estado, estaria sendo feita pelo deputado estadual Osmar Baquit. A Art Produções está entre as 26 empresas investigadas pela operação “For All”, da Receita Federal e Polícia Federal. A nova parceria é apadrinhada pelo deputado estadual Osmar Baquit, articulador da mudança junto ao Governo do Estado.

A reação da classe artista promete ser imediata ao resultado da licitação, que acontece em abril deste ano. A assinatura do contrato entre a Art Produções e o Grupo Gestor, responsável pela gestão da Expocrato, deve afastar artistas de renome nacional. Eles temem um possível envolvimento em uma investigação federal.

Sobre a troca, o promotor aposentado Francisco Leitão Moura, gestor da Expocrato, disse que não existe contrato com as empresas RBA e Luan para 2018, já que, o contrato é anual e o Governo não se manifestou sobre a renovação.

Fonte: Jornal do Cariri

Curta nossa página no Facebook

Após desfile brilhante na Sapucaí, Paraíso do Tuiuti vira assunto mais comentado do Twitter

Quarta escola a desfilar na Sapucaí, no Rio de Janeiro, na madrugada de domingo (11) para segunda-feira (12), a Paraíso do Tuiuti ocupava, horas depois de sua apresentação, o topo dos assuntos mais comentados no Twitter em todo o Brasil.

No canal do YouTube Brasil, desfile da escola de samba era o vídeo mais assistido desta segunda-feira (12).

Nas redes sociais, diversas pessoas afirmaram que a escola deve aparecer entre as mais bem colocadas na apuração das notas do Grupo Especial, na Quarta-feira de Cinzas. O historiador e especialista em Carnaval Luiz Antonio Simas comentou, no Twitter: "Plasticamente, Tuiuti faz o melhor desfile da noite".

Com a pergunta "Meu Deus, meu Deus, está extinta a escravidão?", do carnavalesco Jack Vasconcelos, a escola mostrou a história da escravidão no Brasil e no mundo, e ainda fez críticas à recente reforma trabalhista aprovada pelo Congresso e às relações de trabalho no país. O samba levantou o público nas arquibancadas, que aplaudiu com entusiasmo a escola.

A comissão de frente emocionou, com encenação de escravos sendo açoitados por um capataz, e depois sendo benzidos por pretos velhos. 

Outros destaque foram carros alegóricos mostrando carteiras de trabalho gigantes, e um vampiro com a faixa presidencial - o "presidente vampiro" do neoliberalismo.

Mãos manipulando "marionetes" vestindo verde e amarelo também marcaram presença. A ala com fantasias de 'manifestantes fantoches' ironizava manifestantes que pediram impeachment.

Leia a letra do samba da Paraíso do Tuiuti:

"Irmão de olho claro ou da Guiné

Qual será o valor? Pobre artigo de mercado

Senhor eu não tenho a sua fé, e nem tenho a sua cor

Tenho sangue avermelhado

O mesmo que escorre da ferida

Mostra que a vida se lamenta por nós dois

Mas falta em seu peito um coração

Ao me dar escravidão e um prato de feijão com arroz

Eu fui mandinga, cambinda, haussá

Fui um rei egbá preso na corrente

Sofri nos braços de um capataz

Morri nos canaviais onde se planta gente

Ê calunga! Ê ê calunga!

Preto Velho me contou, Preto Velho me contou

Onde mora a senhora liberdade

Não tem ferro, nem feitor

Amparo do rosário ao negro Benedito

Um grito feito pele de tambor

Deu no noticiário, com lágrimas escrito

Um rito, uma luta, um homem de cor

E assim, quando a lei foi assinada

Uma lua atordoada assistiu fogos no céu

Áurea feito o ouro da bandeira

Fui rezar na cachoeira contra bondade cruel

Meu Deus! Meu Deus!

Se eu chorar não leve a mal

Pela luz do candeeiro

Liberte o cativeiro social

Não sou escravo de nenhum senhor

Meu Paraíso é meu bastião

Meu Tuiuti o quilombo da favela

É sentinela da libertação"

Fonte: Jornal do Brasil

Curta nossa página no Facebook

Falta de escovação dos dentes pode prejudicar o seu coração, sabia?

Pense bem antes de ir dormir sem escovar os dentes. A má higiene bucal pode trazer danos que vão muito além das cáries e gengivites e, por incrível que pareça, pode acarretar em problemas graves até para o coração. Primeiro, é preciso entender que a cavidade bucal é um dos locais mais infectados por bactérias do corpo humano. Habitam a nossa boca milhares delas, de cerca de 700 tipos diferentes, e isso é normal.

Para que não causem danos, basta controlá-las com creme e fio dental, escovação e visitas regulares ao dentista. A falta de cuidados adequados, no entanto, abre duas “portas” para esses microorganismos: as cáries e as gengivites (inflamação na gengiva). A primeira, se não tratada, pode evoluir e levar à infecção da polpa (ou nervo) do dente. E, por meio da polpa, as bactérias são capazes de chegar até a corrente sanguínea e se espalhar pelo corpo todo.

Já a gengivite, que tem como caraterística o sangramento da gengiva, também facilita a entrada de bactérias na corrente. Uma vez dentro do organismo, essas bactérias são carregadas pelo sangue para diversas partes do corpo, num processo chamado de bacteremia. Elas podem, então, se alojar em diferentes órgãos --inclusive, o coração, causando uma inflamação no músculo chamada de endocardite.

Essa doença tem várias consequências: broncopneumonia, insuficiência cardíaca e até, em casos graves, uma sepsis, infecção generalizada com índice de mortalidade de 100%. O risco é maior para quem já tem alguma condição cardíaca, como portadores de próteses valvulares, shunts e cardiopatias congênitas cianóticas complexas, por exemplo. Isso porque a tendência é que as bactérias alojem-se e causem danos em órgãos e outras partes do corpo que já apresentam algum tipo de enfraquecimento por outras causas. Segundo o Incor (Instituto do Coração), a taxa de mortalidade de quem tem endocardite é de 25% --ou seja, 1 a cada 4 pessoas acaba morrendo.

Tem prevenção
Os sintomas mais comuns de endocardite bacteriana são febre baixa, fadiga, perda de peso, suor excessivo e dores nas articulações. O tratamento, em geral, é feito por um cirurgião-dentista e um cardiologista. A boa notícia é que é possível prevenir a doença, mesmo em quem tem predisposição, de maneira simples: cuidando bem da saúde bucal, ou seja, escovando os dentes depois de cada refeição, usando fio dental e visitando o dentista a cada seis meses.

Os dentistas também alertam para a importância de tratamento urgente para infecções bucais. Há quem passe anos negligenciando sangramentos na gengiva, abcessos (acúmulo de pus), feridas recorrentes na boca, entre outros pequenos quadros que, se não tratados, podem evoluir para estados mais graves. Portanto, acredite: a saúde começa, sim, pela boca. Trate bem da sua.

Fontes consultadas: Helenice Biancalana, cirurgiã-dentista e diretora do Departamento de Prevenção da APCD - Associação Paulista de Cirurgiões-Dentistas (SP), Osmir Batista de Oliveira Júnior, professor da Faculdade de Odontologia na Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp), em Araraquara (SP), e João Vicente da Silveira, cardiologista do Hospital Sírio-Libanês (SP).

Fonte: UOL

Curta nossa página no Facebook

Missão Velha (CE): Adolescente morre afogado em cachoeira

Um adolescente de 15 anos morreu afogado na tarde de domingo (11), em uma cachoeira na cidade de Missão Velha, localizada na Região do Cariri, interior do Ceará. O jovem estava com um grupo de amigos no local, no momento em que mergulhou e desapareceu.

De acordo com o Corpo de Bombeiros de Juazeiro do Norte, que atendeu a ocorrência, o adolescente teria pulado ou escorregado de uma pedra próximo à queda d'água. Após se afogar, a correnteza levou o corpo do adolescente.

Um dos amigos tentou até socorrer a vítima, mas não conseguiu localizar o jovem.

Segundo os bombeiros, o afogamento ocorreu por volta das 16h. Um equipe foi deslocada ao local para tentar realizar o salvamento, mas já localizou o adolescente morto.

Fonte: G1 CE

Curta nossa página no Facebook

Águas de coco de caixinha não são "100% naturais" como afirmam uns rótulos

O coco e seus derivados voltaram com tudo para a rotina alimentar do brasileiro. Mas é sempre bom se atentar para os riscos dos produtos industrializados. Apesar de se tratar de um líquido com baixo teor de açúcar --a água de coco de caixinha geralmente é uma opção mais saudável do que outras bebidas adoçadas, como refrigerantes e sucos--, em uma análise recente, a Associação Brasileira de Defesa do Consumidor (Proteste) afirmou ter encontrado irregularidades nos rótulos de algumas marcas de água de coco comercializada em caixinha.

As marcas analisadas foram: Do Bem, Kero Coco, Obrigado, Coco do Vale, Sococo e Ducoco. Todas atenderam aos padrões de higiene e pH previstos em lei e apresentaram baixos teores de açúcar. Porém, a rotulagem de algumas marcas apresentou problemas. Alguns produtos não são 100% naturais como dizem e trazem mais sódio em sua composição do que anunciam em seus rótulos.

A marca Coco do Vale, por exemplo, apresentou 60% a mais de sódio e 31% de potássio na amostra do que o informado no rótulo; a Ducoco continha um teor de potássio 37% maior que o descrito em sua embalagem; e a Sococo, traz a maior variação de sódio entre todas as analisadas: 64% acima do valor indicado na caixinha. 

Além disso, algumas informações presentes nos rótulos são proibidas por lei. Alegações como "100% coco praiano", "Sem conservadores" e "Sem adição de açúcar" podem confundir o consumidor, uma vez que substâncias como sacarose e potássio estão presentes na lista de ingredientes. O modo de conservação, previsto em lei, também foi omitido. 

Procuradas pelo o UOL, as marcas disseram:

Ducoco
Ao declarar que a água de coco é um produto 0% gordura e colesterol temos a intenção de informar ao consumidor os benefícios desta bebida. Como manda a legislação, inclusive com o tamanho de fonte recomendado, afirmamos na embalagem que esta é uma característica inerente ao produto.

A água de coco Ducoco é um produto natural, não existe manipulação, ou seja: não adicionamos e nem retiramos sódio ou potássio. Apesar das variações do fruto, trabalhamos sempre de acordo com a legislação.

Acrescentamos ainda que a Ducoco preza pela alta qualidade, os produtos da empresa são aprovados pelo FDA (Food and Drugs Administration), possuem as certificações ISO 14001, ISO 9001, ISO 22.000, FSSC 22.000 e selo Kosher, além da certificação Rainforest Alliance, que visa através da promoção e incentivo do manejo florestal e agrícola, ambientalmente corretos e economicamente viáveis, contribuir para a preservação da biodiversidade e justiça social para que pessoas e meio ambiente prosperem juntos

Kero Coco
A PepsiCo segue todas as diretrizes e regulamentações exigidas pelos órgãos de fiscalização no Brasil, bem como assegura a qualidade dos processos adotados na produção de KERO COCO. KERO COCO é pioneira no envase de água de coco no Brasil e há mais de 20 anos utiliza 100% de coco verde brasileiro como principal insumo do produto.

Obrigado
A água de coco Obrigado informa que segue a legislação e todas as regras de segurança na fabricação de seus produtos. Quanto aos dados apontados pela Proteste, a marca afirma que a informação sobre a data de fabricação, apesar de não ser legalmente necessária, já está em análise para que seja implementada em seus produtos. Sobre as instruções do modo de conservação, a marca deixa claro no rótulo que após aberto, o produto deve ser consumido em até três dias, e deve ser conservado na temperatura de 1°C a 8°C, observando o prazo de validade impresso na embalagem. A informação será complementada com os possíveis riscos à saúde nos próximos lotes da água de coco.

Com apenas dois anos no mercado brasileiro, a Obrigado já é reconhecida pela proposta única de seus produtos. Uma água de coco extraída sem exposição à luz e ao oxigênio, sem adição de açúcares, conservantes e com o menor teor de sódio do mercado.

Do Bem
As caixinhas da água de coco da Do Bem™ já trazem informações sobre como armazenar o produto para aproveitá-lo com todo o seu sabor: basta proteger a bebida do sol e do calor, em local seco e arejado, além de consumir a água em até três dias após sua abertura. A do bem esclarece que o único quesito apontado pela Proteste – sobre a informação no rótulo sobre possíveis riscos do armazenamento inadequado – já está em processo de ajuste. A mensagem será complementada nos próximos lotes da água de coco.

Sococo
Quanto ao comentário “vendida como um produto natural”, a rigor não procede, a expressão impressa no rótulo da água de coco SOCOCO é “NATURALMENTE REFRESCANTE”, transmitindo a ideia de frescor da bebida. A água de coco SOCOCO é produzida exclusivamente a partir de água de coco “in natura”, sem qualquer uso de concentrado e sem adição de água potável, não fazendo, portanto, nenhum tipo de reconstituição. Assim sendo, apenas na lista de ingredientes, consta a procedência da matéria prima utilizada (água de coco natural).

A sacarose utilizada é exclusivamente para padronização do brix do produto e em quantidade inferior a 1%, conforme estabelecido na legislação vigente (IN nº 27/09- Art 4º, item I) e se encontra devidamente declarada na lista de ingredientes.

A variação no teor de sódio na água de coco é uma característica natural inerente ao fruto, reconhecida pelo próprio PIQ – Padrão de Identidade e Qualidade da água de coco, que admite uma variação de 2 a 30mg/100ml (IN nº 27, de 22 de julho de 2009). O valor de sódio encontrado pela PROTESTE foi de 5,3mg/100ml, muito abaixo do valor máximo legalmente estabelecido. Evidencia-se ainda que, tanto o valor de sódio apontado pela PROTESTE quanto o constante na tabela nutricional do rótulo da água de coco SOCOCO, encontram-se abaixo de 2% do Valor Diário de Referência que é de 2400 mg (RDC 360/03 do MS). Quanto à diferença apontada entre os valores referidos pela PROTESTE e os valores indicados na embalagem da água de coco SOCOCO, justifica-se pela grande variação apresentada nos teores de sódio do próprio fruto, tendo a SOCOCO, por segurança, optado por informar o valor mais alto detectado em suas análises.

A conservação da água de coco SOCOCO é assegurada por tratamento térmico em Sistema UHT (Ultra High Temperature). A quantidade de metabissulfito de sódio 50 ppm (partes por milhão) utilizada é mínima, servindo apenas como antioxidante, conforme estabelecido pela própria legislação de aditivos alimentares na categoria de água de coco (RDC nº 8, de 06/03/2013) e não como conservador. O antioxidante utilizado está devidamente declarado na lista de ingredientes.

No tocante aos demais tópicos elencados (falta de data de fabricação e falta de dados sobre conservação), a matéria veiculada pela PROTESTE não aponta qualquer não conformidade para o produto água de coco SOCOCO.

Por oportuno, a SOCOCO informa que está avaliando a necessidade de alterar os dizeres de rótulo dos próximos lotes de água de coco SOCOCO.

Agradecemos a oportunidade oferecida para prestar os devidos esclarecimentos, ao tempo em que parabenizamos as iniciativas em prol da melhoria continua da qualidade.

Coco do Vale
A marca ainda não se posicionou até o fechamento da reportagem.

Fonte: UOL

Curta nossa página no Facebook

Huck usou empréstimo de R$ 17,7 mi do BNDES para comprar jatinho

Luciano Huck durante palestra em São Paulo
(Foto: Eduardo Anizelli/Folhapress)
O apresentador Luciano Huck usou, em 2013, um empréstimo de R$ 17,7 milhões do BNDES para comprar um jatinho particular da Embraer.

O financiamento, do programa BNDES Finame (Financiamento de Máquinas e Equipamentos), teve como beneficiária a Brisair Serviços Técnicos e Aeronáuticos Ltda., da qual Luciano e Angelica Huck são sócios, e o Itaú como instituição financeira intermediária.

Huck tem conversado com partidos e políticos sobre uma possível candidatura à Presidência. Oficialmente, ele nega que disputará a eleição.

Os juros do empréstimo, datado de 29 de maio de 2013, foram de 3% ao ano, com 114 meses de amortização para o pagamento.

A compra foi feita por meio do PSI (Programa de Sustentação do Investimento), que destinava-se a financiar investimentos de empresas, compra de bens de capital (máquinas e equipamentos), ações de pesquisa e desenvolvimento e exportações.

O programa oferecia juros subsidiados —ou seja, parte do empréstimo era coberta pelo Tesouro, já que a correção era inferior aos 6,75% da Taxa de Juros de Longo Prazo (TJLP), usada até o ano passado nos empréstimos do BNDES.

O Tesouro também bancava a diferença entre a Selic e a TJLP nos empréstimos via PSI. Desde o início do empréstimo para a compra do avião, a Selic foi de 10,8% ao ano em média. 

Jato Embraer Phenom, semelhante ao utilizado
por Luciano Huck (Foto: Reuters)
A informação da compra da aeronave foi antecipada pelo blog "Tijolaço". Procurada, a assessoria de Luciano Huck diz que "o Finame é um programa do BNDES de incentivo à indústria nacional, por isso financia os aviões da Embraer".

Afirma, também, que Huck usa o avião duas vezes por semana para gravar seu programa para a TV Globo. A matrícula do avião é PP-HUC. Segundo o registro na Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), a aeronave comporta oito passageiros e pertence atualmente ao Itaú, sendo a Brisair sua operadora.

BNDES
Em nota, o BNDES afirma que as condições seguiram as "definidas pelo Programa de Sustentação do Investimento (PSI), vigente à época, com taxas de juros fixas entre 3% a.a. e 3,5% a.a.". Segundo o banco, as taxas eram oferecidas a qualquer empresa que obtivesse financiamento para aquisição de máquinas e equipamentos.

"Até dezembro de 2017, havia 1.036.572 operações registradas no BNDES com as condições do PSI, o que demonstra a pulverização do programa entre milhares de empresas de todo o Brasil", diz o banco.

Ainda de acordo com a nota, o processo de concessão de financiamento do BNDES Finame é realizado por meio de agentes financeiros credenciados, que podem ser bancos, cooperativas e agências de fomento, por exemplo. "O BNDES repassa os recursos para os agentes, que analisam o risco de crédito e decidem pela concessão do financiamento."

Fonte: Folha.com

Curta nossa página no Facebook

Bolsonaro sugere metralhar a Rocinha para resolver guerra na comunidade

O pré-candidato a Presidência da República Jair Bolsonaro sugeriu “metralhar” a Rocinha, para resolver o conflito entre traficantes de facções rivais na favela que brigam pelo controle do tráfico de drogas . Segundo a coluna de Lauro Jardim, no jornal O Globo, Bolsonaro foi questionado sobre o assunto em um evento promovido na semana passada pelo BTG Pactual.

De acordo com o colunista, a estratégia de Bolsonaro seria mandar um helicóptero espalhar milhares de folhetos sobre a favela, avisando que daria um prazo de seis horas para os bandidos se entregarem. Caso os bandidos e traficantes continuassem escondidos, metralharia a Rocinha.

Guerra entre facções
A guerra que tomou a favela da Rocinha, na zona sul do Rio, e ganhou o noticiário nacional em setembro decorreu do rompimento da aliança entre Rogério Avelino da Silva, o Rogério 157, e o traficante Antônio Francisco Bonfim Lopes, o Nem da Rocinha, ex-número-um do tráfico na comunidade que está preso em uma penitenciária federal em Rondônia.

Desde então, a comunidade sofre com a tensão da guerra entre as facções e as constantes operações policiais contra o tráfico de droga. No entanto, o clima de insegurança não se concentra em apenas uma favela, diversas comunidades tem sido afetadas pela disputa entre facções por pontos de venda de drogas no Rio de Janeiro .

Crianças vítimas dos conflitos
Só nesta semana, cinco crianças e adolescentes foram baleadas no Rio, vítimas de confrontos armados entre polícia, integrantes de facções e milicianos.

Neste domingo (11), morreu no Hospital Miguel Couto, na Gávea, a adolescente Evelyn da Silva Coelho, de 15 anos baleada na cabeça, na última sexta-feira (9) na Praça Seca, em Jacarepaguá, durante troca de tiros entre criminosos.

A jovem foi vítima de conflito entre traficantes de drogas e milicianos, que disputam desde o final do ano passado o controle dos pontos de venda de drogas da comunidade Bateau Mouche. A comunidade da Covanca fica ao lado da comuniade Bateau-Mouche, onde os tiroteios entre dois grupos rivais ocorrem diariamente.

Fonte: iG (Com informações da Agência Brasil)

Curta nossa página no Facebook

Dietas podem fazer você comer mais até quando já está satisfeito

Quando a fome bate, geralmente a interpretamos como um sinal para ir atrás de comida. No entanto, quando estamos satisfeitos, encaramos isso como um alerta de que devemos parar de comer. Pelo menos era assim que a ciência explicava nossos hábitos alimentares --até agora.

Um estudo recente, publicado no periódico “Psychological Science”, mostra que essas associações podem ser aprendidas ao contrário, de modo que a saciedade se torna uma sugestão para comer mais e não menos.

"Nós já sabemos que as dietas extremas são suscetíveis a falhas. Uma das razões pode ser que a inibição de comer, aprendida enquanto a pessoa está com fome, não se transfere bem para um estado sem fome", diz o cientista psicológico Mark E. Bouton, da Universidade de Vermont (EUA), um dos autores do estudo. "Se assim for, o indivíduo pode ter ‘recaídas’ ou talvez comer demais quando se sentir satisfeito novamente."

Experimentos com ratos mostraram como funciona o aprendizado alimentar
Para testar essa hipótese, Bouton e o coautor Scott T. Schepers realizaram um estudo com 32 ratos. Durante 12 dias, os animais --que já estavam saciados-- participaram de uma sessão diária de condicionamento de 30 minutos. Eles foram colocados em uma caixa que continha uma alavanca e aprenderam que receberiam deleites saborosos se a pressionassem. Nos próximos quatro dias, os ratos foram colocados na mesma caixa enquanto estavam com fome e descobriram que a alavanca, quando pressionada, não liberava guloseimas.

Após essas duas fases, os animais foram condicionados a associar a saciedade com o recebimento de comida saborosa e a fome a não receber comida. Depois, eles foram colocados novamente na caixa e pressionaram a alavanca com mais frequência quando estavam satisfeitos do que com fome. Em outras palavras, tiveram recaídas para buscar guloseimas.

"Ratos que aprenderam a responder por alimentos saborosos enquanto estavam cheios e depois inibiram seu comportamento com fome tendiam à recaída quando estavam cheios novamente", explica Bouton.

Podemos aprender quando devemos ir atrás de comida
Os achados de três estudos diferentes apoiaram a hipótese dos pesquisadores de que a fome e a saciedade poderiam ser aprendidas. Juntos, esses resultados mostraram que buscar ou não alimentos são comportamentos específicos do contexto em que são aprendidos.

Embora nosso corpo possa conduzir o comportamento de busca de alimentos de acordo com as necessidades fisiológicas, essa pesquisa sugere que as ações relacionadas a alimentos também podem se associar à fome ou saciedade.

"Uma grande variedade de estímulos pode orientar e promover comportamentos específicos através da aprendizagem. Por exemplo, ver, ouvir e sentir o cheiro do seu restaurante favorito pode sinalizar a disponibilidade de sua comida favorita, fazendo com que sua boca aqueça e, finalmente, guie-o para comer ", diz Schepers e Bouton.

"Assim como a visão, os sons e cheiros, as sensações internas também podem orientar o comportamento, geralmente de formas adaptativas e úteis: aprendemos a comer quando sentimos fome e aprendemos a beber quando sentimos sede. No entanto, estímulos internos como fome ou saciedade também podem promover o comportamento de maneiras que não são tão adaptativas."

Fonte: UOL

Curta nossa página no Facebook

Assaré (CE): Homem põe fogo na própria casa; família fica ferida

Uma tragédia familiar assustou moradores deste município, no Cariri cearense, há 480 km da capital, Fortaleza, nesta sexta-feira (9). Por volta das 18h30, um homem, identificado como o agricultor João Batista de Oliveira, de 49 anos, teria ateado fogo na sua casa, atingindo sua esposa, de 50 anos, e seus dois filhos, uma jovem de 18 anos e um garoto de 11 anos.

Os quatro sofreram queimaduras e foram atendidos, de imediato, no hospital de Assaré. No entanto, com ferimentos mais graves, a filha e o suspeito, vieram a ser transferidos para o Hospital Regional do Cariri, em Juazeiro do Norte. Juliana Alves de Oliveira sofreu queimaduras de 1º e 2º graus em 88% do corpo e está em estado grave. Enquanto seu pai, está em estado gravíssimo e teve 90% do seu corpo queimado.

Por volta das 12h30, de hoje (10), Juliana foi transferida de helicóptero, pela Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer), para o Centro de Tratamento de Queimados, no hospital Instituto Doutor José Frota, em Fortaleza. A jovem já está na capital. Já João Batista, permanece em Juazeiro do Norte, já que seu estado clínico é instável e, por isso, não é recomendado a remoção do paciente neste momento.

O caso
Segundo testemunhas, o homem chegou bêbado, em casa, no momento do crime. Ele não teria aceitado o pedido de separação da mulher. O agricultor teria jogado gasolina nos filhos e, depois, no próprio corpo. Ao ver a fumaça, os vizinhos arrombaram a porta e conseguiram retirar a família da casa em meio às chamas.

ANTONIO RODRIGUES
COLABORADOR

Fonte: Diário do Nordeste

Curta nossa página no Facebook

Seu creme dental funciona? Estudo encontra problemas em nove pastas

Se há 20 anos os cremes dentais voltados para erosão dental e hipersensibilidade dentinária--quando a raiz do dente fica exposta, resultando em dor--nem existiam, o aumento da prevalência de problemas do tipo foi a deixa para a indústria criar uma grande variedade de marcas, com diferentes atributos.

Mas parece que esses itens não são tão úteis assim. Um estudo feito na Universidade de Berna, na Suíça – do qual participou uma bolsista da FAPESP –, descobriu que nenhuma das nove pastas analisadas se mostrou capaz de diminuir um problema elementar à erosão e à hipersensibilidade dentinária: a perda de estrutura do esmalte.

De acordo com artigo publicado na Scientific Reports, todas as pastas testadas causaram, inclusive, diferentes graus de perda de superfície do dente. E nenhuma delas teve a capacidade de proteger o esmalte da erosão e da abrasão dental.

Foram testadas uma pasta de dentes fluoretada regular (Colgate Caries Protection), além de oito outras pastas dentífricas, onde a reivindicação principal era ser desensibilizante (4 pastas dentífricas) ou anti-erosiva (4 pastas dentífricas), como Sensodyne Repair and Protect, Colgate Caries Protection, Sensodyne Pronamel, Elmex Erosion Protection, Sensodyne Rapid Relief, Blend-a-Med Pro Expert e Blend-a-Med Pro Expert and Regenerate.

Funcionam como complemento
Os autores do estudo ressaltam que esses tipos de pasta têm a sua função. No entanto, devem ser utilizadas como um complemento e não como o tratamento em si. Este deve ser orientado por um cirurgião-dentista, que pode diagnosticar e analisar a melhor estratégia ideal para cada paciente.

"Não é a pasta de dente que vai conseguir resolver o problema totalmente. A erosão dental é multifatorial, tem relação com a escovação e, principalmente, com a alimentação, que está se tornando cada vez mais ácida em virtude, por exemplo, dos alimentos industrializados", explicou Samira Helena João-Souza, doutoranda na Faculdade de Odontologia da Universidade de São Paulo e primeira autora do artigo para a Agência Fapesp.

Mudança do estilo de vida
Segundo a especialista, é necessário haver a associação de, pelo menos, três fatores: o tratamento acompanhado por um dentista, o uso de pastas indicadas e a mudança no estilo de vida do paciente, principalmente nos hábitos alimentares. A erosão dental é a perda de tecidos duros dentários causados por ácidos não bacterianos. Quando associada a ações mecânicas, como a da escovação, resulta no desgaste erosivo.

Nessas situações, é comum o paciente sentir incômodo ao beber ou comer algo gelado, quente ou doce. "E chegar ao consultório achando que é cárie, mas se tratar de uma exposição da dentina causada por escovação errada, com uma pasta de dente muito abrasiva, por exemplo, combinada a um alto e frequente consumo de bebida e alimentos ácidos", disse a professora Ana Cecília Corrêa Aranha, orientadora de João-Souza e também autora do artigo.

Como foi?
No total, foram testadas oito pastas dessensibilizantes e/ou antierosivas e uma pasta controle, todas encontradas em farmácias do Brasil ou da Europa. O estudo também analisou como a interação dos fatores químicos e físicos influencia o desgaste erosivo dos dentes.

Para tanto, foi feita uma simulação do efeito de uma escovação (uma vez ao dia) e da exposição de uma solução ácida no esmalte do dente durante ciclos de cinco dias consecutivos. O estudo usou dentes pré-molares humanos doados para testes científicos, saliva artificial e a escovação com as pastas analisadas.

"Durante as escovações com as misturas das pastas com a saliva artificial notamos que as propriedades das pastas eram diferentes. Por isso, decidimos ampliar as análises, avaliando os fatores químicos e físicos das pastas e deixar o trabalho mais completo", disse João-Souza.

Sem vencedores
De forma geral, o resultado mostrou algo preocupante: nenhum dos produtos foi capaz de prevenir erosão dental ou hipersensibilidade dentinária. De acordo com o estudo, o uso de todas as pastas analisadas apresentou perda de superfície progressiva do dente após os cinco ciclos de escovação.

"Não há uma melhor e a indicação vai depender de cada caso. O teste mostrou que algumas tiveram menos perda de superfície do que outras, mas também não foi muito diferente da pasta controle. Estatisticamente, elas não diferiram, embora numericamente exista diferença”, disse Aranha.

Fonte: UOL

Curta nossa página no Facebook

Ceará tem 639 vagas em concursos e seleções, com salários de até R$ 8,4 mil

Com salários de até R$ 8.433, quatro concursos e seleções públicas permanecem com inscrições abertas no Ceará. Ao todo, são oferecidas 639 vagas. Há postos de trabalho a serem ocupados na Prefeitura de Fortaleza, na Prefeitura de Camocim, na Prefeitura de Canindé, na Prefeitura de Aracati e no Tribunal de Justiça do Ceará.

Confira as vagas e editais de cada uma das seleções:

Prefeitura de Fortaleza
A Prefeitura de Fortaleza divulgou edital de seleção pública com vagas para médico veterinário. A remuneração é de R$5.622 para jornada de 40 horas semanais. As inscrições devem ser feitas pela internet, de 9 de fevereiro a 4 de março, no Canal de Concursos e Seleções.

Serão contratados quatro médicos veterinários, sendo dois cirurgiões, um anestesista e um clínico geral. Eles vão atuar no VetMóvel, equipamento itinerante de serviços veterinários, ou nas unidades veterinárias de Fortaleza.



Prefeitura de Camocim
A Prefeitura de Camocim, na região norte do Ceará, divulgou edital com 220 vagas e remuneração que varia de um salário mínimo a R$ 7.795,29. A jornada de trabalho varia de 20 a 40 horas semanais.

As incrições permanecem abertas até 14 de fevereiro, no site da empresa responsável pelo certame. A inscrição custa R$ 85 para os candidatos a uma vaga de nível médio e R$ 120 para os de nível superior.


Prefeitura de Canindé
Em Canindé, a Prefeitura Municipal divulgou edital de concurso público com 126 vagas e remuneração que varia de um salário mínimo a R$ 8.433. São 108 vagas na administração direta e 18 direcionadas ao Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE).

As inscrições têm início em 8 de fevereiro e seguem até 9 de março, pela internet. O custo da inscrição é de R$ 65 para os candidatos a uma vaga de nível fundamental, R$ 85 para os de nível médio e R$ 125 para os de nível superior.


Prefeitura de Aracati
A Prefeitura de Aracati, no litoral do Ceará, divulgou três editais de concurso público que somam 66 vagas. As oportunidades são para auditor fiscal, fiscal de obras e serviços públicos (16 vagas) e para guarda municipal (50 vagas).

Os salário são de até R$ 2.676,32, para jornadas de trabalho de 40 horas semanais. A inscrição deve ser feita por meio do site da empresa responsável pelo concurso, até o dia 9 de março. O valor da inscrição é R$ 100.


Tribunal de Justiça do Ceará
Tribunal de Justiça do Ceará lançou concurso público para cartórios do estado com 223 vagas, sendo 149 por provimento e 74 por remoção. Do total de vagas, oito são garantidas para pessoas com deficiência.

As inscrições podem ser feitas pela internet a partir de 26 de fevereiro, até 6 de abril. A taxa é de R$ 200. Os selecionados no concurso ficam responsáveis pelo cartório, e a unidade é escolhida pelo candidato, conforme ranking de aprovação. A remuneração é de acordo com a arrecadação de cada unidade.


Fonte: G1 CE

Curta nossa página no Facebook

Tomar energético faz mal ao coração, segundo estudo

Tem quem tome energético para fazer o dia render mais. E há aqueles que usam a bebida para animar a balada – não raro ela é misturada ao álcool. Seja qual for a circunstância, o fato é que esse tipo de produto não goza de popularidade entre os profissionais de saúde. E a ciência sempre dá mais um motivo para essa antipatia crescer.

O mais recente vem da Universidade de Waterloo, no Canadá. Dos 2 055 jovens entrevistados pelos pesquisadores, 55,4% relataram ter experimentado alguma reação adversa após consumir um energético.

Entre os que manifestaram sintomas desagradáveis, 24,7% reportaram batimentos cardíacos acelerados e descompensados  – quadro conhecido como arritmia. E, principalmente em pessoas com histórico de doença cardíaca, essa mudança no ritmo pode ser bastante prejudicial.

Já 24,1% disseram ter dificuldade para dormir, enquanto 18,3% sofreram com dor de cabeça. Em comunicado ao site da universidade, David Hammond, um dos autores da pesquisa, afirma que a quantidade de efeitos adversos observados sugere uma necessidade de restringir o consumo desse produto entre crianças e adolescentes.

Vale lembrar que, em 2016, cientistas da Clínica Mayo, nos Estados Unidos, viram que apenas uma latinha de energético já foi capaz de alterar a pressão arterial de 25 jovens saudáveis, elevando, assim, seu risco cardíaco.

O “X” da questão
Muitos dos prejuízos associados aos energéticos têm a ver com sua alta quantidade de cafeína, uma substância estimulante. Só que existe limite para seu consumo – e a ingestão de uma latinha já pode ultrapassá-lo.

Não custa lembrar também que, muitas vezes, o produto é misturado a bebidas alcoólicas. A combinação contribui ainda mais para problemas cardíacos, especialmente entre indivíduos suscetíveis. E como nem todo mundo sabe se é ou não mais propenso a piripaques no coração, o perigo é grande. Melhor não arriscar.

Fonte: Exame.com

Curta nossa página no Facebook

Ceará tem chuvas de até 73 mm neste domingo de Carnaval

As chuvas continuaram em boa parte do Estado, atingindo 76 municípios entre as 7h do sábado (10) e as 7h deste domingo (11). A cidade de Russas teve o maior acumulado, de acordo com a Fundação Cearense de Meteorologia (Funceme), totalizando 73.8 milímetros. Os números ainda podem aumentar, pois o órgão divulga atualizações até o fim do dia.

Destaque também para Araripe, na região do Cariri. onde foram registrados 66 milímetros de chuva. Em Aracati, o acumulado de 22 milímetros não foi empecilho para quem se jogou no carnaval de rua, especialmente durante a madrugada. 

Para este domingo (11) e a segunda-feira (12), a Funceme prevê nebulosidade variável ao longo do dia com chuva em todas as regiões do Ceará.

Confira as maiores chuvas registradas neste domingo (11):
  • Russas (Posto: Peixe) : 73.8 mm
  • Araripe (Posto: Brejinho) : 66.0 mm
  • Altaneira (Posto: Altaneira) : 61.0 mm
  • Missão Velha (Posto: Missao Velha) : 60.8 mm
  • Juazeiro Do Norte (Posto: Vila Sao Goncalo) : 56.0 mm
  • Caririaçu (Posto: Vila Feitosa) : 54.0 mm
  • Crato (Posto: Crato) : 52.0 mm
  • Potengi (Posto: Potengi) : 51.0 mm

Fonte: Diário do Nordeste

Curta nossa página no Facebook

Arnaldo Jabor fez texto ironizando a música ‘Que Tiro Foi Esse’?

O jornalista, cineasta e escritor Arnaldo Jabor é um dos maiores autores de textos que ele não escreveu da internet brasileira. Desocupados que buscam causar polêmica instantaneamente nas redes sociais costumam assinar com o nome de Jabor críticas ferinas sobre diversos assuntos – e, na maioria das vezes, conseguem a repercussão desejada. Do mesmo modo, a escritora Clarice Lispector é outra campeã de reflexões divulgadas com seu nome, sem que ela as tenha escrito.

Nos últimos dias, tem circulado nas redes sociais e no WhatsApp um novo exemplar de texto falsamente atribuído a Arnaldo Jabor, com críticas à música Que Tiro Foi Esse?, da funkeira Jojô Toddynho, ao gosto musical do brasileiro e à “cegueira” do povo quanto às “mazelas do nosso país”. Leia abaixo:

"QUE TIRO FOI ESSE?* *Arnaldo Jabor*

Que tiro foi esse?

Que deram nos cérebros brasileiros roubando-lhes a capacidade de pensar sobre o que cantam e não proclamar o que encanta.

Que tiro foi esse?

Que acertou os tímpanos do nosso povo fazendo-os ouvir lixo achando que é música.

Que tiro foi esse?

Que acertou os olhos de uma nação fazendo-os cegos às mazelas do nosso país.

Que tiro foi esse?

Que paralisou o nosso povo impedindo-os de reagir aos constantes assaltos aos cofres públicos.

Que tiro foi esse?

Ah, Brasil! Que tiro foi esse que nos acertou em cheio, que roubou o nosso brilho e que nos fez retroceder?

É verdade que nós não sabemos de onde veio o tiro, mas é bem certo que esse tiro já derrubou muita gente.

Que Deus nos ajude !!"

O texto não foi escrito por Arnaldo Jabor. Não há registro dele no site oficial do jornalista, nem nos jornais nos quais ele foi colunista, como O Estado de S. Paulo e O Globo. Procurado pelo Me Engana que Eu Posto, Jabor respondeu por e-mail, breve e claramente: “eu não escrevi essa bobagem. Por favor, desminta”.

Embora seja apenas mais um dos falsos pensamentos atribuídos a Jabor, o texto “Que Tiro Foi Esse?” iludiu até mesmo figuras ilustres, como o cantor e compositor Jorge Vercillo. Conhecido por hits dos anos 1990 e 2000, como Monalisa, Que Nem Maré e Homem-Aranha, o descuidado Vercillo publicou o conteúdo em seu perfil no Facebook, de onde a mensagem falsa acabou compartilhada 4.256 vezes na rede social.

Diante da repercussão negativa de sua postagem, taxada como preconceituosa por alguns internautas, Jorge Vercillo, aparentando não ter percebido que se tratava de um texto falso, explicou, em outra publicação no Facebook, que o usou como uma forma de criticar o “nível baixíssimo de música” que cai no gosto do brasileiro.

Apenas 14 horas depois, em uma nova postagem na rede social, Vercillo fez menção ao “suposto texto de Jabor” compartilhado por ele. “Há 4 horas atrás, nem sequer sabia da existência de uma música chamada ‘Que tiro foi esse’, nem conhecia essa cantora Jojô Todynho, a quem em momento algum tive intenção de criticar. Critico sim, esse sistema que está emburrecendo grande parte da música brasileira e a todos nós!”, explicou.

Fonte: Veja.com

Curta nossa página no Facebook

7 perguntas e respostas sobre a pílula do dia seguinte

Ainda que todas as mulheres do planeta usassem corretamente qualquer um dos métodos anticoncepcionais existentes, cerca de 6 milhões de gestações inesperadas ocorreriam. Essa estimativa da Organização Mundial da Saúde (OMS) dá uma dimensão da possibilidade de falha nas estratégias disponíveis para evitar uma gravidez. Sem falar na quantidade de gente que não pensa em ter filhos e, mesmo assim, não se protege direito contra uma gravidez indesejada. Cenários como esses ajudam a explicar por que a chamada pílula do dia seguinte (também conhecida pela sigla PDS) passou a ser tão procurada nas farmácias – sua venda é feita sem prescrição.

Acontece que, recentemente, uma usuária da PDS escreveu um relato (que foi reproduzido em diversos meios de comunicação) no qual conta que teve uma gravidez fora do útero — chamada de gravidez ectópica — após tomar o comprimido. E é claro que muitas dúvidas surgiram sobre o método e sua segurança. Por isso, perguntamos a nossos leitores o que eles gostariam de saber a respeito do assunto e conversamos com especialistas para esclarecer as questões – até para entender quais são, de fato, os riscos da pílula do dia seguinte. Veja a seguir:

1- Muita gente se refere à pílula do dia seguinte como uma “bomba de hormônios”. Isso é verdade? Ela pode trazer efeitos colaterais?

“Uma dose da PDS contém o equivalente à metade de uma cartela de pílulas anticoncepcionais tradicionais, dessas que a mulher usa todos os dias”, esclarece a ginecologista Albertina Duarte Takiuti, coordenadora do Programa de Saúde do Adolescente da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo. E, segundo a ginecologista Luciana Potiguara, da Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia, essa enxurrada hormonal pode trazer efeitos colaterais, sim. “Além de desregular o ciclo menstrual, é possível que provoque vômitos. Aliás, se isso acontecer nas primeiras duas horas após a ingestão, a dose deve ser repetida. Outros sintomas como vertigem, cefaleia e dor nas mamas também podem aparecer”, alerta a médica.

2- Mas, afinal, é válido usar esse método de contracepção? Se sim, em quais circunstâncias?

“A pílula do dia seguinte é, na verdade, uma conquista das mulheres”, afirma Albertina. “Você ter acesso a um método de emergência é bacana. O perigo está em fazer dessa emergência um ritual cotidiano”, arremata. A expert ainda faz questão de lembrar que, mesmo tomando a pílula direitinho (no máximo 72 horas após a relação), ela ainda falha em 15% dos casos. “A cada 20 mulheres que tomam, três engravidam”, calcula. “A PDS deve ser usada somente em situações de relação sexual desprotegida próxima do período fértil, de ruptura do preservativo, de estupro ou de relação sexual sem uso de nenhum método contraceptivo”, completa Luciana.

3- De quanto em quanto tempo é possível tomá-la? 

A pílula é lembrada como aquela “do dia seguinte”, mas, entre os especialistas, ela é mais conhecida como “pílula de emergência” ou “contracepção de emergência”. Isso quer dizer que ela realmente só deve entrar em cena em um caso de extrema necessidade. “O ideal é utilizá-la uma vez por ano. Ela é menos segura que a pílula normal e ingeri-la direto aumenta o risco de gravidez e de confusão no ciclo menstrual. A mulher passa a não reconhecer o funcionamento do próprio corpo”, esclarece Albertina.

De acordo com uma pesquisa conduzida pela especialista, apesar desses poréns, tem muita gente abusando do método. “Algumas adolescentes chegam a tomar a PDS até três vezes no mesmo mês”, conta a médica. Essa prática traz diversas repercussões para a saúde. “Tem os efeitos psicológicos, como irritação, medo de engravidar, culpa etc. Além disso, pode bagunçar o ciclo, causar alterações de pele (espinhas), deixar o cabelo oleoso e contribuir para o acúmulo desnecessário de gordura. A mulher não precisa passar por isso”, conclui.

“A pílula do dia seguinte é uma medicação de emergência e não foi testada para uso frequente”, reforça Eduardo Zlotnik, ginecologista e obstetra do Hospital Albert Einstein, em São Paulo.

4- É possível que a pílula do dia seguinte cause (ou contribua para) a ocorrência da gravidez ectópica, ou seja, fora do útero?

Ao que tudo indica, sim. A explicação para isso é que a pílula do dia seguinte diminui o movimento natural das trompas. Só que é a atividade dessa estrutura que faz com que o óvulo fecundado seja enviado ao útero para se desenvolver. Então, se as trompas não se movimentam, o óvulo pode ficar parado ali. E é aí que está o perigo. Com o desenvolvimento do feto no lugar errado, as trompas podem se romper, causando uma hemorragia.

Note que estamos falando em óvulo fecundado. Ou seja, é crucial ter em mente que a pílula do dia seguinte pode falhar – e que isso não é tão incomum assim. “Depois de usá-la, é importante esperar pela menstruação, e também vale fazer o teste de gravidez. Todo cuidado é pouco”, diz Albertina. Se o teste de gravidez der positivo, só é possível detectar que o óvulo está fora do lugar por ultrassom.

Vale lembrar, no entanto, que a causa mais comum de gravidez ectópica é alteração da trompa por infecções e inflamações pélvicas.

5- Se a mulher engravidar mesmo depois de ter tomado a pílula o bebê pode nascer com alguma sequela?

Se o óvulo conseguir se deslocar para o útero e lá se desenvolver, a princípio não existe nenhum tipo de prejuízo para a criança. A ginecologista Luciana reforça: “Não há qualquer evidência científica de que a contracepção de emergência exerça efeito após a fecundação, resultando em aborto ou anomalias fetais”.

6- Tomar a pílula do dia seguinte enquanto está usando anticoncepcional comum (supondo que a mulher tome de maneira bem irregular) pode trazer problemas? 

Bom, já sabemos que a pílula do dia seguinte equivale à meia cartela daquela que se toma todo dia. Então, imagina só o caos que se instala no organismo de quem toma o anticoncepcional desregradamente e ainda, vez ou outra, utiliza uma “bomba de hormônios” junto. “Isso é uma confusão que precisa ser evitada. É uma questão de cautela com seu próprio corpo. A mulher não precisa dessa bagunça hormonal”, aponta Albertina. O ideal mesmo é encontrar estratégias para não precisar da pílula do dia seguinte.

7- Há contraindicações em relação ao uso desse contraceptivo de emergência?

Sim. “Em paciente com histórico ou risco conhecido de trombose”, responde Zlotnik, do Einstein. “Na verdade, todas as contraindicações para a pílula anticoncepcional servem também para a do dia seguinte”, afirma Albertina. E lembre-se: caso passe mal com o uso do comprimido, é necessário buscar ajuda médica. “Não se trata de terrorismo. Mas é fundamental ser cuidadosa quando se recorre a esse o método”, conclui a especialista.

Fonte: Saúde é Vital!

Curta nossa página no Facebook

Addthis