Eleições 2014: Em MG, Dilma diz que fazer aeroporto em fazenda de tio é imoral

A presidente e candidata à reeleição, Dilma Rousseff (PT), criticou neste sábado (11) durante visita a Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte (Minas Gerais), o vazamento de áudios do depoimento do ex-diretor de Abastecimento da Petrobras e réu em processo que investiga o desvio de recursos da empresa, Paulo Roberto Costa, e atacou o adversário Aécio Neves (PSDB) ao comentar as denúncias envolvendo o tucano.

"Eu não faço mau uso do dinheiro público. Eu jamais desapropriei um pedaço da fazenda de algum familiar meu. Jamais construí um aeroporto nessa fazenda e jamais peguei a chave desse aeroporto e entreguei pra ser gerido por um familiar meu", disse a candidata, sobre o aeroporto construído em uma fazenda que pertence a um tio de Aécio Neves, no município de Cláudio, no interior de Minas Gerais, quando o tucano era governador do Estado.

"Não é só uma questão de ser legal ou ilegal, mas não é moral", afirmou.

Ela também questionou a competência do tucano para assumir cargos públicos. "Eu nunca virei vice-presidente da Caixa Econômica aos 25 anos de idade. Todos os cargos que tive foram pelos meus méritos e não por indicação de ninguém", disse Dilma, referindo-se ao período em que Aécio ocupou a diretoria de loterias da Caixa Econômica Federal, nos anos 1980, por indicação de um tio.

Em nota divulgada após as declarações da presidente, a campanha de Aécio disse que ele "foi nomeado para a diretoria da Caixa Econômica em 1985, de maneira transparente para todo o pais. Desempenhou o cargo por cerca de um ano com a mesma competência e integridade que marcaram sua passagem por outros cargos públicos. Ao contrário dos indicados no governo Dilma".

"Demito quem tem culpa"
Dilma disse que a divulgação dos áudios com o depoimento de Costa mostra que o processo que investiga o suposto esquema não está sendo bem conduzido pelo Judiciário. Segundo ela, o que acontece é que as pessoas envolvidas na denúncia estão sendo expostas agora, na véspera da eleição, para logo depois do pleito elas não serem denunciadas.

"As denúncias não estão sendo encaminhadas direito nessa fase. Se é para se divulgar, divulgue-se tudo", disse. "Que se faça uma divulgação ampla, geral e irrestrita", disse ela.

O vazamento dos depoimentos do ex-diretor da Petrobras e do doleiro Alberto Youssef, divulgados na última quinta-feira (9), é ilegal, de acordo com três juristas ouvidos pelo UOL. A publicação dos áudios, captados na última quarta, foi autorizada pela Justiça Federal do Paraná.

A presidente disse que não irá demitir nenhum suspeito de envolvimento no esquema de desvio de recursos da Petrobras sem ter provas. "Eu não posso condenar ninguém sem prova e não farei, não tomarei esse tipo de medida demagógica e eleitoral. Eu demito quem tem culpa, eu não posso demitir quem não tem", disse.

Dilma afirmou que pediu acesso aos processos que investigam o caso, mas que teve seus pedidos rejeitados e que, diante disso, não pode tomar nenhuma medida contra os suspeitos.

"Os que foram nomeados (pela Petrobras) serão chamados a dar explicação. Agora, porque você acha que eu pedi para o Ministério Público, para a Polícia Federal e para o Supremo me dar os nomes? Porque um presidente tem de ter uma responsabilidade, além de investigar e punir, que é a de respeitar um dos direitos constitucionais fundamentais, que é o direito à presunção de inocência", disse.

Dilma disse que não acredita que os vazamentos dos áudios de depoimentos de Costa e do doleiro Alberto Yousseff, preso durante a Operação Lava-Jato tenha sido feito pela Polícia Federal. "Claro que não foi a Polícia Federal que está fazendo vazamento. Inclusive, queria até dizer o seguinte, porque, dependendo do vazamento, de como você o faça, você compromete a prova e portanto, compromete a punição", afirmou.

A petista também tentou desmontar a imagem de bom gestor de Aécio Neves ao citar uma ação do TCE-MG (Tribunal de Contas de Minas Gerais) que detectou que o Governo do Estado não investiu, durante a gestão tucana, R$ 7,8 bilhões em saúde, contrariando a Constituição Federal.

"Qual é a credibilidade do meu adversário ao dizer que vai, de fato, investir em saúde se quando pôde, não o fez? A pergunta é: por que faria?", indagou Dilma.

Ela também criticou a baixa adesão dos municípios de Minas Gerais ao Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), programa do Governo Federal. Segundo ela, apenas 28% dos municípios mineiros têm acesso ao programa, relançado há 12 anos, por culpa dos governos tucanos de Aécio Neves e Antônio Anastasia.

"Eu deixo aqui meu estarrecimento com o fato de que um programa que o Governo Federal financia, que é o Samu, que é parceria do Governo Federal com os Estados e os municípios, que o Estado de Minas Gerais tenha deixado os municípios sem parceria e sem Samu", disse.

Ao final de sua visita a Contagem, Dilma recebeu um manifesto de apoio de militantes do PSB, Rede, de dissidentes do PMDB, do PRTB e do PPL.

Fonte: UOL



Homem morre ao ser atacado por 800 mil abelhas

Dois paisagistas foram vítimas de um ataque monstruoso de abelhas em Douglas, no Arizona. Eles trabalhavam em uma casa quando centenas de milhares de abelhas conseguiram sair do sótão e atacaram os dois trabalhadores. Um deles morreu e o outro foi encaminhado ao hospital, em estado grave.

Especialistas analisaram o sótão e descobriram uma colmeia de seis metros de altura por dois de largura, que abrigava 800 mil abelhas. Foram necessárias três horas de operação para acabar com todos os insetos e limpar o local. Estima-se que a colmeia esteve no sótão por no mínimo dez anos.

Testemunhas afirmaram que os dois homens correram cerca de um quarteirão, aos gritos, tentando fugir dos milhares de abelhas que os perseguiam. Felizmente havia um especialista em exterminar abelhas na região, o que evitou que mais pessoas fossem atacadas.

Fonte: Mega Curioso (Via JRN)



Ceará registra quase 15 mil casos de dengue em 2014

Em 2014, foram registrados 14.908 casos de dengue em 144 dos 184  municípios do Ceará, com 42 mortes. Do total, 187 casos foram registrados com sinais de alarme e 51 como dengue grave. Dos casos confirmados de dengue, a faixa etária de 20 a 29 anos predomina em 21,83% do total. Os dados foram divulgados no Boletim Epidemiológico divulgado nesta sexta-feira (10), pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesa).

De acordo com a Secretaria, houve um aumento de 32% dos casos graves confirmados em comparação com o mesmo período de 2013 e uma redução de 36% no número de óbitos no igual período do ano anterior. Dos casos graves confirmados no interior, 51,9% foram por dengue com sinais de alarme, quando há complicações, e, 57%,  por dengue grave, correspondente à hemorrágica.

Do total de cidades com maior números de casos registrados, destacam-se os municípios de  Aracati, Araripe, Alto Santo, Arneiroz, Brejo Santo, Campos Sales,Canindé, Eusébio, General Sampaio, Hidrolândia, Icó , Jaguaribara, Jaguaribe, Jijoca de Jericoacoara, Limoeiro do Norte, Nova Olinda, Piquet Carneiro, Pentecoste, Pereiro, Parambu, Porteiras, Quixeré, Santana do Cariri, Tabuleiro do Norte, Tauá, Umari e Ocara que têm incidência acima de 300 da doença a cada 100 mil habitantes.

Sintomas
Entre os sintomas da dengue estão febre alta com início súbito, forte dor de cabeça, dor atrás dos olhos, perda do paladar e apetite, manchas e erupções na pele semelhantes ao sarampo, principalmente no tórax e membros superiores, náuseas e vômitos, tonturas, extremo cansaço, moleza e dor no corpo, muitas dores nos ossos e articulações. O aparecimento de manchas vermelhas na pele, sangramentos (nariz, gengivas), dor abdominal intensa e contínua e vômitos persistentes podem indicar a evolução para dengue hemorrágica. Esse é um quadro grave que necessita de imediata atenção médica, pois pode ser fatal.

Tratamento
Não existe tratamento específico para dengue, apenas tratamentos que aliviam os sintomas. O pacioente deve ingerir muito líquido como água, sucos, chás, soros caseiros, etc. Os sintomas podem ser tratados com dipirona ou paracetamol. Não devem ser usados medicamentos à base de ácido acetil salicílico e antiinflamatórios, como aspirina e AAS, pois podem aumentar o risco de hemorragias. Os especialistas recomendam que sejam evitadas bebidas alcoólicas, diuréticas ou gaseificadas, como refrigerantes.

Fonte: G1 CE



Eleições 2014: Dilma pede divulgação 'ampla, geral e irrestrita' do caso Petrobras

Após dizer que a oposição usa as investigações da Petrobras para dar um "golpe" no país, a presidente Dilma Rousseff afirmou neste sábado (11) defender a divulgação total de informações sobre a apuração do caso.

"Ou não se manipula esse processo e se abre todas as informações ou se usa com grande prejuízo da democracia brasileira esse processo", disse a presidente em entrevista em Contagem (Grande Belo Horizonte).

Petistas, inclusive o presidente da sigla, Rui Falcão, têm apontado manipulação com fins políticos na divulgação de depoimentos dos delatores do esquema de corrupção apontado na Petrobras, o ex-diretor de Abastecimento Paulo Roberto Costa e o doleiro Alberto Youssef.

Costa e Youssef fecharam acordos de delação premiada com o Ministério Público Federal em troca de benefícios na acusação. Em depoimentos, comprometem o PT, o PMDB, o PP, todos partidos aliados de Dilma, e indicam o uso do dinheiro desviado de contratos das estatais para a campanha eleitoral de 2010.

Para a presidente, há "vazamentos seletivos" com propósitos políticos no caso. "O que considero incorreto é que as provas e as denúncias não estão sendo encaminhados direito nessa fase. Para se divulgar, divulga-se tudo. Nós vamos ver todos os envolvidos, para que logo depois da eleição a gente não tenha surpresa de ver que denunciantes da véspera eleitoral são parte da denúncia", afirmou Dilma.

A Justiça Federal no Paraná negou "vazamento" de informações e afirmou que os depoimentos divulgados até agora se referem a apenas uma das ações penais do caso, que tramita sem sigilo.

O governo Dilma e a CPI da Petrobras, controlada pelo Planalto, pediram ao STF (Supremo Tribnal Federal) acesso aos depoimentos de Costa, mas o ministro Teori Zavascki negou as solicitações nesta semana.

Na entrevista, Dilma justificou o pedido. "Porque eu quero saber todos os envolvidos e não quero vazamentos seletivos. Vazamentos seletivos durante campanha eleitoral têm uma característica eleitoreira", afirmou ela, citando que é preciso que provas venham à tona, não apenas depoimentos.

"Se é verdade que o Ministério Público recorreu à delação premiada, se é verdade que a delação foi assinada, ela só vai ser assinada e reconhecida se as pessoas que denunciam mostrarem provas. Então, a delação premiada tem provas, o que é crucial para qualquer investigação", afirmou a presidente, apontando risco de "impunidade" no caso.

"Sou a favor de que as pessoas respondam pelo que fazem, doa a quem doer. Seja que que partido sejam, sejam ligado a quem, tem que explicar. Que se faça, então, uma divulgação ampla, geral e irrestrita. Ampla, geral, irrestrita. E que não se esconda", disse.

Aeroporto e Caixa
Dilma também reservou espaço para atacar o rival Aécio Neves (PSDB), citando a construção de um aeroporto em Cláudio (MG) pelo candidato quando este era governador (2003-2010), em terreno de parentes desapropriado pelo Estado.

A Folha revelou em julho que o Estado gastou R$ 13,9 milhões para fazer a obra em terreno desapropriado de um tio-avô de Aécio. As chaves ficavam guardadas com um parente do senador.

"Nunca construí aeroporto em fazenda de meu tio", disse Dilma, que também citou o fato de Aécio ter sido nomeado aos 25 anos para uma diretoria da Caixa Econômica Federal, no governo José Sarney (1985-1990).

"E também não fui nomeada aos 25 anos vice-presidente [Aécio foi nomeado diretor de Loterias] da Caixa Econômica Federal. Se tem aparelhamento [da máquina], esse é um", afirmou, para depois retomar o tema em discurso.

"Nunca me beneficiei do meu cargo para garantir privilégios para alguém da minha família. Jamais fiz isso. Nunca construí aeroporto [para beneficiar alguém]. Não fui nomeada aos 25 anos vice-presidente da Caixa e fiquei no aparelhamento", afirmou.

Dilma também criticou a gestão tucana em Minas por falta de investimentos em saúde.

"Não sou eu quem está falando, é o Tribunal de Contas de Minas Gerais. [...] Porque no período do ex-governador Aécio Neves e do último governador [Antonio Anastasia, PSDB], eles não cumpriram o mínimo constitucional [para gastos em saúde]. E segundo o próprio tribunal, há um deficit não investido em saúde, ou seja, há uma ausência de investimento em saúde de R$ 7,8 bilhões em saúde. É impressionante esse fato", afirmou, questionando a "credibilidade" de Aécio "para dizer que vai de fato investir em saúde se quando pôde não fez".

Campanha
A passagem pela Grande Belo Horizonte foi a primeira vista de Dilma ao Estado depois do primeiro turno. Mineira, mas com carreira política construída no Rio Grande do Sul, Dilma bateu Aécio em Minas no domingo (5), fato que o PT já aborda na propaganda eleitoral.

A vitória por 43% a 40% no Estado é citada nos programas de TV e rádio de Dilma desde sexta (10), na linha "quem conhece Aécio não vota nele".

"O Estado que disse 'não' primeiro foi Minas Gerais, porque aqui, presidenta, nós derrotamos os tucanos no primeiro turno [...] O povo de Minas conhece o modelo tucano de governar", disse o governador eleito de Minas, Fernando Pimentel (PT), no ato político com Dilma em Contagem.

Pimentel venceu a eleição com 53% dos votos, ante 42% do tucano Pimenta da Veiga, candidato de Aécio. O programa de rádio do PT neste sábado (11) também abordou a derrota tucana na eleição estadual.

A presença da candidata na região metropolitana de BH é também uma tentativa do PT de reverter o desempenho inferior ao de Aécio nas urnas nesse setor do eleitorado mineiro. O tucano teve 47% e a petista 31% nessa região, que reúne 25% do eleitorado do Estado. Em Belo Horizonte a diferença foi ainda maior: 54% a 25%.

Minas é o segundo colégio eleitoral do país (10,5% dos eleitores). Pelo peso eleitoral do Estado, o PT deverá investir mais no território mineiro, com ao menos mais três visitas de Dilma nos próximos 15 dias. É também uma tentativa de se contrapor à ampla vantagem que Aécio tem em São Paulo, o maior colégio eleitoral do país.

O principal evento de Dilma em Contagem, um dos maiores colégios eleitorais de Minas, foi uma reunião de mobilização com aliados políticos. Antes, a presidente percorreu ruas do centro da cidade sobre uma camionete.

Fonte: Folha.com



Crato (CE): Governo Municipal participa da reunião estadual do Programa de Proteção à Criança e Adolescentes Ameaçados de Morte

Na manhã da última sexta-feira, 10, a cidade do Crato, através da Secretaria Municipal do Trabalho, participou da reunião estadual do Programa de Proteção à Criança e Adolescentes Ameaçados de Morte (PPCAAM) realizada no auditório da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS), em Fortaleza.

A pauta do encontro foi sobre o fortalecimento do programa, que completa um ano de implantação no Estado do Ceará, e o reordenamento do serviço de acolhimento do público alvo.

Na ocasião, o município do Crato foi representado pela titular da SMTDS, Elisangela Rodrigues, pela presidente do Conselho Municipal de Assistência Social (CMAS), Cleide Barbosa e pela presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), Andressa Nunes.  

Assessoria de Imprensa/PMC



Primeiro teste em paciente com suspeita de ebola dá negativo

Deu negativo para ebola o primeiro teste laboratorial feito no paciente com suspeita da doença, Souleymane Bah, 47.

Um segundo teste, cuja amostra será colhida neste domingo (12), ainda será feito para confirmar o resultado.

"O estado de saúde dele é bom, não apresenta febre e está mantido em isolamento total no Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas, no Rio de Janeiro (RJ). Se o caso também for descartado como ebola no segundo exame, o paciente sairá do isolamento e o sistema de vigilância dos contactantes será desmontado", diz nota do ministério, divulgada neste sábado (11).

O ministro da Saúde, Arthur Chioro, e o secretário de Vigilância em Saúde, Jarbas Barbosa, darão entrevista coletiva, às 11h, em Brasília, para comentar o resultado do teste e divulgar novas informações sobre o caso.

O alerta sobre o caso suspeito foi dado após Bah dar entrada em uma unidade de saúde de Cascavel (PR) na tarde desta quinta-feira (9), dizendo ter tido febre, dor de garganta e tosse. Ele chegou ao Brasil, vindo da Guiné (um dos países mais afetados pelo vírus) no dia 19 de setembro, via Guarulhos, segundo o governo federal.

Apesar de não apresentar quadro febril quando chegou à UPA, foi classificado como o primeiro caso suspeito de ebola no país por seu histórico de viagem nos 21 dias anteriores e pelo relato de febre.

Bah, nacional da Guiné, foi isolado na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) e transferido em um avião da FAB (Força Aérea Brasileira) para o Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas, no Rio. No local, foi colhido o material para esse primeiro exame.

Nesta sexta, o ministro voltou a afirmar que o paciente não apresentava febre ou outros sintomas típicos da doença e tem quadro estável.

Se descartada a suspeita com os dois exames laboratoriais, o episódio servirá como um grande "test drive" para averiguar o alerta dos serviços de saúde e cada etapa do protocolo de identificação e tratamento de um potencial caso de ebola.

Contatos
Técnicos do ministério enviados ao Paraná identificaram, em conjunto com a secretaria local, 64 pessoas que estiveram em contato com Bah desde o início dos sintomas. Dessas, 60 estavam dentro da UPA e quatro compartilhavam a moradia com o paciente.

Três dos contatos da UPA são profissionais de saúde que tiveram acesso direto a Bah e terão suas temperaturas conferidas duas vezes ao dia; os demais terão a temperatura medida uma vez por dia. Até o momento, nenhum apresentou sintomas.

O ministério classifica como "baixo" o risco de todos os contatos.

O governo mantém as ações para a identificação do ebola no Brasil. Jarbas Barbosa, secretário de vigilância em saúde, argumenta que medidas como o controle de temperatura de viajantes, na chegada ao país, têm pouco efeito prático, já que eventuais passageiros infectados podem chegar assintomáticos. Para o secretário, é mais eficaz fortalecer alertas nos serviços de saúde.

Ajuda
Segundo o ministro Arthur Chioro (Saúde), o Brasil vai ampliar a ajuda humanitária a Guiné, Serra Leoa e Libéria, com a oferta de mais dez kits para o atendimento às vítimas –suficientes, cada um, para cuidar de 500 pacientes por três meses– e cerca de R$ 13,5 milhões em arroz beneficiado e feijão.

Uma nova ajuda em dinheiro deve ser anunciada na próxima semana, para se somar a US$ 500 mil já doados.

Fonte: Folha.com



Governo prepara pacote para indústria em meio a campanha eleitoral

O governo prepara uma última medida de estímulo à economia que pode ser anunciada ainda antes do 2.º turno. O pacote, que combina a unificação e simplificação de dois dos tributos mais complexos do Brasil, o PIS e a Cofins, está pronto para ser anunciado e depende de uma decisão da presidente Dilma Rousseff e do ministro da Fazenda, Guido Mantega, que apesar de já estar excluído de um eventual segundo mandato da petista mantém-se à frente das decisões econômicas do País.

O pacote de estímulo tributário, se implementado, somente começará em 2015 e será o 35.º na gestão Dilma. O governo deve abrir mão de R$ 100 bilhões neste ano.

Uma reunião prevista para ocorrer na terça-feira pode definir o anúncio da medida, defendida por todos os setores produtivos, em especial a indústria. A medida está na gaveta desde o fim de 2012, porque sua simplificação pode representar a perda de R$ 10 bilhões, na estimativa mais otimista, a R$ 30 bilhões, na mais pessimista.

A simplificação tributária é uma das principais medidas defendidas pela campanha do tucano Aécio Neves e tem sido citada recorrentemente por Arminio Fraga, ex-presidente do Banco Central (1999-2003) e indicado por candidato do PSDB como seu ministro da Fazenda, em caso de vitória tucana.

O esforço do governo para se aproximar do setor privado na reta final é grande. A presidente Dilma e o ministro Mantega definiram, pouco antes do 1º turno, que o Ministério da Fazenda deveria convidar empresários de diversos setores para fazer um balanço das medidas dos últimos quatro anos.

A ideia é “lembrar” esses segmentos de todos os esforços feitos pelo governo e também definir o que precisa e pode ser feito ainda neste ano, ou no início de 2015, para aumentar a competitividade. Os encontros começaram na semana passada e vão continuar nos próximos dias. Durante a campanha, entre agosto e setembro, o governo lançou nada menos do que quatro pacotes com estímulos à economia.

Pacotes
Ao todo, o governo federal anunciou 34 pacotes destinados a essa finalidade. Principalmente focados em reduções de impostos, esses pacotes são criticados pela oposição como uma sinal de intervencionismo do governo Dilma sem que isso se transforme em crescimento econômico. Por causa dos diversos pacotes, o governo deixará de receber cerca de R$ 100 bilhões em tributos neste ano. Só entre janeiro e agosto, esse valor foi de R$ 63,2 bilhões, segundo dados da própria Receita Federal.

Foi dentro dessa estratégia fechada entre Dilma e Mantega que o secretário de Política Econômica (SPE) do Ministério da Fazenda, Márcio Holland, recebeu na quarta-feira os fabricantes de ônibus e empresários da indústria química. Esses segmentos receberam do governo, no ano passado, reduções nas alíquotas de dois impostos, o PIS e a Cofins, que incidem sobre o faturamento.

No dia seguinte, foi a vez de o ministro Mantega receber do gabinete ministerial no Rio de Janeiro os empresários da indústria naval. Por conta da política de contratação de fornecedores da Petrobrás, cujo conselho de administração é presidido há quatro anos pelo próprio Mantega, a indústria naval nacional tem aumentado os investimentos. O setor, no entanto, tem sofrido nos últimos meses. Devido ao aperto de caixa da Petrobrás, pressionada a importar gasolina mais cara para abastecer o mercado interno, as compras têm diminuído.

Os encontros com os empresários devem se estender até o fim do ano, mas a agenda ficará cheia principalmente até o 2º turno.

As mensagens passadas por Mantega e Holland são de que o quadro macroeconômico esperado para o ano que vem é bom, e não dramático. As autoridades têm apontado aos empresários que seus setores teriam sofrido mais não fossem as medidas tomadas pelo governo nos últimos anos.

Para 2015, a melhora da situação externa, principalmente da economia norte-americana, vai ampliar a demanda por exportações brasileiras.

Fonte: Estadão



Crato (CE): Zona Azul volta a funcionar

O sistema  Zona Azul já esta em pleno funcionamento na cidade do Crato. Nesta semana teve início uma campanha educativa com a presença dos monitores fardados e treinados para atender a população.

De inicio o Zona Azul conta com 35 pessoas que já receberam o novo fardamento. Ate a próxima quinta feira dia 16 de outubro, os monitores estarão orientando a população, informando sobre a volta desse sistema, e até ajudando os motoristas a estacionarem seus veículos. A cobrança do bilhete do estacionamento será feita a partir da próxima sexta-feira, 17.

O Zona Azul já está devidamente sinalizado na cidade e o horário de funcionamento será das 7hàs 18hnos dias úteis, e aos sábados das 7h às 13h. O valor será de R$ 2,00 por hora. O bilhete poderá ser adquirido junto aos monitores quando começar a cobrança.

O Departamento Municipal de Trânsito do Crato – DEMUTRAN, lembra que nesses dias e horários só poderão estacionar os carros, e que os condutores devem respeitar o tempo de estacionamento.

O condutor que porventura estacionar de maneira irregular, estará sujeito a infração de trânsito, no artigo 181 do Código de trânsito Brasileiro, que diz que: “Estacionar o veículo em desacordo com a placa de regulamentação é uma infração leve, o condutor estará sujeito a 3 pontos na habilitação e multa no valor de R$ 53,20, além de ter o veículo removido”.

Nesse primeiro momento volta a funcionar o Zona Azul, e ate o fim de novembro, deverá estar em funcionamento, o Zona Marrom, para as áreas de carga e descarga.

Assessoria de Imprensa/PMC



Suspeito de ter Ebola não teve contato com doentes na Guiné, diz ministro

O ministro da Saúde, Arthur Chioro, afirmou no início da noite desta sexta-feira (10) que o africano transferido do Paraná para o Rio de Janeiro por suspeita de estar com ebola não teve contato com pacientes da doença em Guiné, país de origem dele. O paciente tem quadro estável e não apresenta febre, de acordo com o boletim médico divulgado pela Fiocruz.

"Ele confirma que na Guiné não teve contato com casos, nem com óbitos, e que quando ele desceu no aeroporto ele foi entrevistado pelas autoridades sanitárias, ele não tinha nenhuma queixa", explicou.

O secretário de Vigilância em Saúde, Jarbas Barbosa, disse que ninguém mais no Brasil precisou ficar em isolamento por causa da suspeita de ebola do paciente de Guiné. "Nem mesmo os três profissionais que tiveram contato com ele, porque não tiveram contato com secreções", disse.

O resultado do exame que vai indicar se ele deve sair na manhã deste sábado (11) e que o paciente vai realizar um novo teste, conforme orienta o protocolo internacional.

Nascido em Guiné, um dos países afetados pela epidemia da doença, Souleymane Bah, de 47 anos, chegou ao Brasil no dia 19 de setembro. Ele procurou uma UPA em Cascavel (PR) nesta quinta-feira (9), após apresentar sintomas de febre, que teriam iniciado na quarta-feira (8).

O guineano foi levado para o Rio de Janeiro em um avião da Força Aérea Brasileira (FAB) e encaminhado ao Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas, ligado à Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), referência em doenças infecciosas.

Segundo Chioro, dois infectologistas foram encaminhados para Cascavel no início da noite. A equipe foi reforçada nesta sexta com mais três profissionais. "Temos cinco epidemiologistas coordenando o trabalho de campo. É um número importante de pessoas que são contactantes", explicou.

Enquanto isso, as 64 pessoas que tiveram contato com o homem estarão sendo monitoradas pelo Ministério da Saúde.

Ajuda
Chioro anunciou que o governo brasileiro vai doar mais dez kits médicos para combate à doença para Guiné, Libéria e Serra Leoa, que sofrem com surto do ebola. De acordo com Chioro, cada kit tem potencial para atender 500 pessoas durante três meses e possui 48 itens, sendo 30 medicamentos.

Os três países vão receber também do governo brasileiro 6,4 mil toneladas de arroz beneficiado e 4,6 mil toneladas de feijão. O governo vai gastar R$ 13,4 milhões com as doações.

Bah chegou ao Brasil na condição de refugiado e, de acordo com o documento expedido pela Coordenação Geral de Polícia de Imigração, pode permanecer no país até 22 de setembro de 2015.

Pela manhã, o ministro disse que uma notificação sobre a suspeita de que o africano no Brasil esteja com ebola foi expedida à Organização Mundial da Saúde (OMS) na madrugada desta sexta.

Telefonemas
O ministro disse que a população tem buscado indformações sobre a doença. Ele afirmou que 64% das ligações recebidas pela pasta até as 15h desta sexta-feira tinham ebola como tema. Foram, ao todo, 899 chamadas. "Isso mostra a preocupação das pessoas", afirmou.

O assunto também ficou entre os mais citados nas redes sociais depois que o Brasil registrou seu primeiro caso suspeito da doença.

Fonte: G1



Eleições 2014: No país, 2 de cada 3 ricos rejeitam Dilma; 41% dos pobres não votam em Aécio, diz Datafolha

A rejeição ao voto na presidente Dilma Rousseff (PT) é maior entre os mais ricos. Segundo pesquisa Datafolha concluída na última quinta-feira (9), 43% dos entrevistados disseram que não votariam na presidente de jeito nenhum. Já os que responderam isso sobre Aécio Neves (PSDB) são 34%.

Entre os mais ricos, a rejeição à Dilma cresce: 65% disseram não votar na petista, enquanto apenas 25% dos classificados como classe alta não votariam no tucano. No grupo classe média-alta, os percentuais são, respectivamente, de 57% e 26%.

Na outra ponta, a rejeição a Aécio é maior entre os mais pobres. Dos excluídos (baixa escolaridade e renda), 41% disseram que não votam no tucano, ante 29% em Dilma.

A classificação de perfil de classe criada pelo Datafolha combina, por meio de análises estatísticas, o acesso a bens de conforto, escolaridade do entrevistado e renda familiar mensal.

O diretor do Datafolha, Mauro Paulino, avalia que se por um lado a rejeição a Aécio não é tão expressiva entre os excluídos, por outro as classes baixas são justamente onde a presidente obtém sua maior parcela de eleitores convictos.

Segundo ele, no segundo turno, além de tentar conquistar votos as campanhas procuram também aumentar a rejeição do adversário.

O Datafolha investigou ainda o grau de convicção do voto. O placar também é equilibrado: 43% dizem que votam em Aécio "com certeza", 42% respondem o mesmo para Dilma. Há 22% que "talvez" possam votar no tucano. O "talvez" de Dilma está em 14%.

Votos válidos
O segundo turno da eleição presidencial começa com uma disputa extremamente acirrada e aspectos inéditos. Pesquisa Datafolha mostra Aécio (PSDB) com 51% das intenções de voto válido ante 49% da presidente Dilma.

É uma situação de empate técnico, já que a margem de erro é de dois pontos. Assim, o tucano pode ter entre 49% e 53%, a petista pode ter entre 47% e 51%.

Considerando todas as pesquisas do instituto desde 1989, é a primeira vez que um candidato que ficou em segundo lugar na disputa inicial aparece numericamente à frente do vencedor numa simulação de turno final.

Em votos totais, Aécio tem 46% contra 44% para Dilma. Há 4% de eleitores dispostos a votar nulo ou em branco. Outros 6% estão indecisos.

Fonte: Folha.com



Crato (CE): IML confirma morte natural para jovem cujo corpo foi encontrado esta manhã

Um exame cadavérico feito esta tarde no Instituto Médico Legal (IML) de Juazeiro do Norte confirmou como natural a morte do jovem Francisco de Assis Soares Neto, de 21 anos, apelidado por “Netim”, que residia na Avenida Pinto Madeira em Crato. O corpo foi encontrado em estado de decomposição no final da manhã desta sexta-feira em um matagal perto do campo do Beira Rio no bairro Vila Lobo, onde estiveram os Soldados R. Costa, Flávio Maia e Hélder do Ronda do Quarteirão após serem avisados por populares.

Familiares compareceram ao local e identificaram o cadáver como sendo de “Netim” que estava desaparecido desde a última segunda-feira. Eles já tinham até divulgado cartazes à procura do mesmo e percorrido hospitais e unidades militares. O jovem não tinha passagens pela polícia e o perito Henrique Grangeiro disse que não deu para notar qualquer marca de violência no corpo do rapaz.

Demontier Tenório

Fonte: Miséria



Eleições 2014: Eleitores associam Dilma a pobres e Aécio a empresários

A maior parte dos entrevistados pelo Ibope que declararam voto em Aécio Neves (PSDB) o identifica como melhor representante dos ricos: 48%. Só 33% dos aecistas projetam Dilma Rousseff (PT) nesse papel. Entre quem vota na petista, as proporções pouco mudam: 51% dizem que Aécio representa melhor os ricos, e 33% dizem o mesmo sobre Dilma. Quando o cálculo é feito entre todos os eleitores, o tucano é o escolhido por 48% e a petista, por 31%.

Apesar de o marketing do PT explorar essa diferença - o que já começou a ser feito ontem, com o reinício da propaganda eleitoral na TV -, não necessariamente isso renderá votos para Dilma. Quando a pergunta muda de "ricos" para "empresários", a maior parte do eleitorado também identifica o tucano como o melhor representante do empresariado: 47% a 34%. Mas, surpreendentemente, a diferença é menor entre quem vota em Dilma (43% a 42%) do que entre quem vota em Aécio (55% a 29%). Ou seja, isso conta como um atributo positivo.

O mesmo acontece quando o Ibope pergunta quem representa melhor os trabalhadores. Aí, as diferenças entre quem vota no tucano ou na petista ficam mais explícitas: 64% dos eleitores de Aécio dizem que é ele, enquanto 88% dos eleitores de Dilma dizem que é ela. No total do eleitorado, a petista projeta mais a imagem de representantes dos trabalhadores: 50% a 31%. É vista por ainda mais eleitores como representante dos pobres: 56% a 25%.

Bancos
Outro aspecto a ser explorado na campanha é qual candidato é mais associado aos bancos. No 1.º turno, Dilma usou o tema para atacar a candidata do PSB, Marina Silva, que ficou em terceiro lugar na disputa. A questão é que há um empate técnico nesse quesito: 40% dos eleitores veem Aécio como melhor representante das instituições financeiras, e 37% consideram Dilma a candidata mais atrelada aos interesses dos bancos.

Quando o assunto é a defesa do meio ambiente, tema bastante associado a Marina, o eleitorado dá vantagem à petista. Para 38%, Dilma representa melhor a sustentabilidade que Aécio, escolhido por 31%.

Eleitoralmente, um problema para Aécio é que Dilma é mais identificada como representante dos aposentados (47%) do que ele (30%). Não por coincidência, Dilma lidera a corrida do 2.º turno entre os eleitores com 55 anos ou mais: 50% a 40%. É a única faixa etária em que a petista supera o tucano. Dilma também é vista por 44% como melhor representante dos jovens, ante 35% para Aécio. Mas entre os próprios jovens (de 16 a 24 anos), há um empate técnico: 38% para o tucano e 42% para a petista.

Fonte: Estadão



Juazeiro do Norte (CE): Cultura e diversão marcam comemorações no Dia das Crianças

Com ações culturais e uma programação recheada de atrações, o Cariri Garden Shopping, celebra neste final de semana nos dias 11 e 12 de outubro homenagens às crianças da região. Desde o início de outubro, o empreendimento em parceria com o Espaço Mix de recreação destaca uma programação especial alusiva a data.

As atrações deste sábado, dia 11, começam às 14h. O grupo Luz do Conto traz contos infantis para animar a tarde. Às 16h, haverá show de mágica com "Mr. Van, O Mágico". E a noite, a magia de Ed Magic toma conta do espaço interativo às 20h. Todas as atrações são gratuitas.

Para o domingo, dia 12, dia em que é dedicado nacionalmente às crianças e a padroeira do Brasil, o empreendimento contará com espetáculos teatrais, contação de histórias e números de mágicas ao longo de todo o dia. Neste dia, o espetáculo teatral em destaque é a peça Chapeuzinho Vermelho às 19h. Todas essas atrações poderão ser assistidas gratuitamente no Espaço Mix de recreação, localizado próximo a loja Marisa.

Os pais poderão levar os seus pequeninos para a diversão no espaço lúdico estruturado na Praça de Eventos.  Brinquedos temáticos como o jump, a piscina de bolhas e a pista de carrinhos de autorama tem se tornado a sensação entre as crianças. Além disso, a loja Mix Toys traz personagens do mundo mágico da Disney, que estarão no shopping para animar a garotada nos dias 11, 12, 15, 17, 20, 25 e 31 de outubro. Personagens famosos como a Minnie e Mickey Mouse e a Peppa Pig estão entre os mais aguardados.

Para quem acha que a programação termina por aqui, está enganado! Durante o fim de semana, ações como pintura de rosto, aparição de príncipes e princesas, distribuição de brindes e bombons de chocolate, serão realizadas pela loja Gente Miúda. A loja Puket fará distribuição de balões para crianças no dia 12. No dia 11, a loja Soda Pop fará distribuição de algodão doce e no dia 12, trará uma mesa de guloseimas.

Horário ampliado no feriado de Nossa Senhora Aparecida
Em virtude da programação especial para o Dia das Crianças, o empreendimento funcionará neste feriado (12) em horário ampliado. As lojas, quiosques e stands do shopping estarão funcionando das 10h às 22h e a Praça de Alimentação das 11h às 23h. Informações e dúvidas sobre toda a programação e os demais eventos do shopping, fale com o Serviço de Atendimento ao Cliente pelo telefone: (88) 2101-5444.

Assessoria de Imprensa/Cariri Garden Shopping



Crato (CE): Secretaria de Educação realiza oficina sobre “Ludicidade na Sala de Aula”

A Secretaria Municipal de Educação do Crato, através da Coordenadoria de Programas e Projetos realizou na manha de quinta-feira, dia 09, oficina sobre Ludicidade para os monitores do Programa Mais Educação do Governo Federal. A oficina  teve como objetivo  contribuir com  a formação teórica e prática  dos educadores, que atuam com atividades lúdicas em 21 escolas da sede do Município.

A oficina propiciou também a vivência com a diversidade de jogos pedagógicos disponibilizados pelo Programa Mais Educação que, dentre as suas atividades, desenvolve ações no campo do letramento e de brinquedotecas.

Para a professora Jussara Salviano os jogos visam contribuir para a superação das dificuldades  de aprendizagem através da vivência com o lúdico.  Ela destaca que a oficina possibilitou a descoberta de novas alternativas de aprendizagem através dos jogos.

Será realizada mais  uma oficina  sobre ludicidade, desta vez destinada aos monitores de 27 escolas da zona rural, no próximo dia 16, a partir das 8h00, na sede da Secretaria Municipal de Educação, localizada no bairro Mirandão.

Foto meramente ilustrativa

Assessoria de Imprensa/PMC



Eleições 2014: Músico que não cumprimentou Aécio recebe ameaças pela internet

Em campanha em BH, Aécio oferece cumprimento ao músico Fábio Martins, que recusa
O músico que negou um cumprimento a Aécio Neves (PSDB) durante visita do candidato a uma favela de Belo Horizonte disse enfrentar "ameaças, injúrias e racismo" desde o episódio.

"Ameaças, injúrias, racismo! Entre outras coisas é o que venho enfrentando desde sexta-feira [3], quando neguei cumprimentar um político", escreveu Martins, 39, em uma rede social.

O músico afirmou que as ameaças têm vindo pela internet, e que as tem registrado para se defender "de qualquer coisa que possa vir a acontecer" com ele.

Na sexta-feira (3), Aécio, apoiadores e militantes visitaram favelas da capital mineira em busca de votos.

No aglomerado da Serra, onde Martins mora, o músico deixou Aécio de mãos abanando ao retirar o seu braço, quando o tucano já se movia para cumprimentá-lo.

"Um candidato me estender a mão antes de uma eleição, cercado de jornalistas onde jamais havia pisado, nunca representaria uma cordialidade, e sim uma ação a qual, tivesse aceitado, estaria dizendo gestualmente a todos que concordo com ele."

À Folha, Martins declarou voto em Luciana Genro (PSOL) por "falta de opção" e descartou o voto em Aécio no segundo turno. "Hoje, mais que nunca, tenho repulsa ao PSDB."

Fonte: Folha.com



Brasil isola primeiro paciente com suspeita de Ebola no Rio de Janeiro

Já chegou ao Rio o avião da Força Aérea Brasileira (FAB), procedente de Cascavel (PR), com o paciente suspeito de infecção por Ebola.

O homem, de 47 anos, vindo da Guiné (com escala em Marrocos), chegou ao Brasil no dia 19 de setembro. O paciente foi de ambulância para o Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas, que funciona dentro do Instituto Oswaldo Cruz, em Manguinhos, referência nacional para casos de Ebola.

Em nota divulgada na quinta-feira (9), o Ministério da Saúde informou que o paciente relatou que teve febre nos dias 8 e 9.

Até o início da noite de quinta-feira, estava subfebril e não apresentava hemorragia, vômitos ou quaisquer outros sintomas.

Seu estado geral é bom e ele é mantido em isolamento total.

Por estar no vigésimo primeiro dia, limite máximo para o período de incubação da doença, foi considerado caso suspeito, seguindo os protocolos internacionais.

A Guiné é um dos três países que concentram o surto da doença na África. O Ebola só é transmitido por meio do contato com o sangue, tecidos ou fluidos corporais de indivíduos doentes, ou pelo contato com superfícies e objetos contaminados. O vírus é transmitido quando surgem os sintomas.

Fonte: Agência Brasil



Crato (CE): Equipe do Selo Unicef do Crato realiza a 1ª Semana do Bebê

Com o objetivo de incentivar os municípios e realizarem, durante uma semana, uma grande mobilização em favor da primeira infância, o Governo cratense, por meio da equipe do Selo Unicef, edição 2013/2016, realizará de 13 a 17 de outubro, a 1ª Semana do Bebê, uma estratégia de mobilização social apoiada pelo Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância).

Além de incentivar e mobilizar os demais municípios, o evento tem também como objetivo trabalhar os indicadores sociais da cidade; tornar o direito à sobrevivência e ao desenvolvimento de crianças de até seis anos prioridade na agenda dos municípios brasileiros.

Com o tema “O bebê e o mundo que o cerca” e o subtema “Meu bebê, a melhor semente do semiárido”, o evento será iniciado no dia 13, às 9h, no auditório da Escola Profissionalizante Violeta Arraes.

Assessoria de Imprensa/PMC



Malala, paquistanesa de 17 anos baleada pelo Taleban, ganha o Nobel da Paz

A ativista paquistanesa Malala Yousafzai, 17, é a vencedora do prêmio Nobel da Paz de 2014, anunciou nesta sexta-feira (10) a instituição, em Estocolmo, na Suécia. Ela é a mais jovem ganhadora do prêmio em 112 anos de história. O resultado foi anunciado às 10h (6h, no horário de Brasília). Ela dividirá o prêmio com o indiano Kailash Satyarthi.

Malala foi baleada na cabeça por membros do Taleban paquistanês no dia 9 de outubro de 2012 por defender a educação escolar das mulheres no país. Ela chegou a ficar em coma, mas se recuperou e passou a viver na Inglaterra, onde continua sua militância. Em 2013, quando era cogitada para receber a homenagem, ela chegou a comentar que ainda precisava "trabalhar muito" para merecer o prêmio.

Em setembro daquele ano Malala havia recebido o Prêmio Internacional pela Paz Infantil e passou a ser favorita para o Nobel da Paz.

Em nota, o Comitê do Nobel afirma atribuir o prêmio deste ano a Kailash Satyarthi e Malala Yousafzay pela luta de ambos por direitos fundamentais de jovens e crianças. "As crianças devem frequentar a escola e não ser exploradas financeiramente", afirmou o presidente do Comitê norueguês do Nobel, Thorbjoern Jagland.

O indiano Kailash Satyarthi tem liderado diferentes protestos e manifestações pacifistas na Índia, focando na exploração de crianças para ganho financeiro. Segundo o Nobel, Satyarthi também tem contribuído para o desenvolvimento de convenções internacionais sobre os direitos das crianças.

Trajetória no ativismo
Malala foi vítima de militantes do Taleban aos 15 anos, em 9 de outubro de 2012, na cidade de Mingora, no norte do Paquistão. Dois homens entraram na van que a levava para casa depois da aula, perguntando por ela. Depois de identificada, Malala foi atingida na cabeça. Segundo conta em sua autobiografia, amigas disseram que três tiros foram disparados, acertando ainda outras duas estudantes.

Seis homens foram presos, ainda em outubro daquele ano, por ligação com o atentado. O governo paquistanês condenou o ataque, dizendo que os radicais não venceriam a luta do Estado pelos direitos da população. O Taleban, no entanto, divulgou uma nota afirmando que caso ela sobrevivesse, eles iriam atacar novamente. Um novo ataque, no entanto, nunca ocorreu.

A jovem se tornou alvo após ganhar notoriedade na luta pela educação escolar das mulheres no país. A partir do começo de 2009, aos 11 anos, ela passou a publicar, sob um pseudônimo, através da BBC local, um diário onde denunciava as atrocidades cometidas pelo Taleban contra meninas que iam à escola em áreas sob controle da milícia.

Em janeiro de 2009, o Taleban havia decretado a proibição de meninas frequentarem escolas, fechando mais de 150 instituições femininas e explodindo outras cinco no vale de Swat. Apesar disso, ela continuou seus estudos, sob ameaças.

Após o ataque, um fundo foi criado em seu nome com o objetivo de defender o direito universal à educação. Em jullho de 2013, o líder do Taleban paquistanês, Adnan Rasheed, enviou uma carta à ativista, desculpando-se pelo atentado.

Fonte: UOL (Com agências internacionais)



Contaminação por vírus do Ebola não é descartada no Brasil e no Ceará

O Secretário de Vigilância Sanitária do Ministério da Saúde, Jarbas Barbosa, declarou, na manhã de ontem, em reunião com o Conselho Nacional de Saúde (CNS), que o País sofre ameaça de contaminação por Ebola. "O risco de o Brasil ter casos de Ebola é baixo, porém não é zero", afirmou. O infectologista Anastácio Queiroz certifica que essa possibilidade nunca foi descartada no Ceará e que já é hora de serem tomadas atitudes para prevenir casos. "A probabilidade é remota, porém, muitas pessoas viajam e têm contato com outras que podem estar infectadas. Isso pode acabar 'importando' o vírus para cá e, consequentemente, mais pessoas podem ser contaminadas", esclarece.

De acordo com a assessoria da Secretaria Estadual da Saúde (Sesa), a Organização Mundial de Saúde (OMS) elaborou e enviou nota técnica para todos os países. "Toda doença de grande contingência precisa do preparo dos profissionais. Para isso, já foram realizadas inúmeras capacitações com as equipes de saúde", declarou o órgão. A intenção é orientar os profissionais sobre os possíveis sintomas e, assim, enviar as recomendações para outros hospitais da capital cearense.

Viajantes
Os postos da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), presentes nos portos e aeroportos do Estado também já estão atuando de maneira preventiva. Segundo a assessoria de comunicação, a vigilância de passageiros e cargas nos portos e aeroportos já é rotineira. Porém, neste período, foram incorporados itens de verificação específicos para ebola, que incluem a checagem da origem e o quadro de saúde do viajante.

"Já há uma prática definida para os casos suspeitos que inclui a remoção pelo Samu por equipes com treinamento neste tipo específico de atendimento", garante a Pasta.

O órgão esclarece que, caso uma pessoa, durante um voo comercial ou outro meio de transporte, desenvolva sintomas típicos de infecção pelo ebola e haja suspeita de exposição ao vírus, a tripulação aciona as autoridades sanitárias em solo.

Na chegada ao destino, as autoridades sanitárias e a equipe de saúde do aeroporto ou porto avaliam o risco para definir a necessidade ou não de medidas de controle. Se descartado o risco, o passageiro é enviado ao hospital para uma nova avaliação e tratamento de seu problema de saúde.

Suspeitas
Entretanto, se os sinais e sintomas, bem como o histórico de exposição à doença nos países afetados, estiverem de acordo com a definição de caso suspeito, o viajante deve ser isolado em ambiente hospitalar específico para evitar a transmissão e qualquer contato com mais pessoas.

Em caso de confirmação que a pessoa infectada esteve dentro do ambiente de uma aeronave ou navio, os ambientes e equipamentos que estiveram em contato com o viajante passam por descontaminação, e os resíduos são descartados como infectantes. O rastreamento de contatos pelos serviços de saúde, em caso de passageiro suspeito é recomendado e faz parte dos planos de contingência existentes.

A Anvisa informa, ainda, que os trabalhadores de saúde envolvidos no atendimento de pacientes com ebola devem adotar as precauções adequadas para evitar a contaminação, como o uso de equipamento de proteção individual apropriado. Os postos de atendimento da Anvisa, no Ceará, ficam situados em Fortaleza. Existe um posto no Centro, e outro em Pecém, na Esplanada do Pecém. Também há postos no porto e no Aeroporto Internacional Pinto Martins.

Medidas
"Ainda será uma epidemia que durará por muito tempo. Por isso, é imprescindível a prática de medidas de proteção nesse momento, tomando um maior cuidado", explica o infectologista Anastácio Queiroz, reforçando o uso habitual de simples aparatos que podem evitar o contágio, como as luvas.

Outra forma importante de evitar o vírus é o paciente que tem suspeita de contágio informar ao médico e às outras pessoas que teve contato com indivíduos possivelmente infectados. "Dessa forma, é mais fácil prevenir que a doença se alastre", acredita Queiroz.

De acordo com a assessoria da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), ainda não há medidas especiais para viajantes que chegam de outros países, bem como o cancelamento de voos.

Em reunião, o secretário de vigilância sanitária do Ministério da Saúde, Jarbas Barbosa, disse que, mesmo com o avanço da doença, o Brasil não pretende mudar o protocolo para passar a avaliar a temperatura de viajantes que cheguem ao País. De acordo com ele, experiências sanitárias anteriores, como Sars e influenza aviária, mostraram que não é eficaz o esforço de medir temperaturas nos aeroportos, até porque o viajante pode chegar ao País sem sintomas.

A epidemia da febre hemorrágica ou Ebola tem se alastrado, principalmente, em países da África Ocidental, como Serra Leoa, Guiné, Libéria e, por último, Nigéria. Recentemente, foram notificados novos casos em Senegal, também no continente africano, bem como nos Estados Unidos, situado na América do Norte, na Espanha e na Macedônia, na Europa. No total, são 8.035 casos da doença, contabilizando 3.866 mortes.

Mais informações
Secretaria Estadual da Saúde (Sesa)
0800 275 1520/(85) 3101.5227

PATRÍCIA HOLANDA
REPÓRTER

Fonte: Diário do Nordeste



Eleições 2014: No Ibope e no Datafolha, Aécio tem 46% e Dilma, 44%


Pesquisas Ibope e Datafolha divulgadas nesta quinta-feira (9) mostram que o candidato do PSDB, Aécio Neves, tem 46% das intenções de voto e a candidata do PT, Dilma Rousseff, 44%, no segundo turno da disputa para a Presidência da República. A margem de erro das duas pesquisas é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. Por isso, os dois estão empatados tecnicamente.

Em votos válidos, Aécio tem 51% e Dilma, 49%, em ambas as pesquisas. Para calcular esses votos, são excluídos da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição.

Confira todos os números:

Ibope 
Aécio Neves (PSDB) - 46%
Dilma Rousseff (PT) - 44%
Branco/nulo - 6%
Não sabe/não respondeu - 4%

VOTOS VÁLIDOS
Aécio – 51%
Dilma – 49%

O Ibope ouviu 3.010 eleitores em 205 municípios nos dias 7 e 8 de outubro. O nível de confiança é de 95%, o que quer dizer que, se levarmos em conta a margem de erro de dois pontos, a probabilidade de o resultado retratar a realidade é de 95%. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo BR-01071/014.

Datafolha 
Aécio Neves (PSDB) - 46%
Dilma Rousseff (PT) - 44%
Em branco/nulo/nenhum - 4%
Não sabe - 6%

VOTOS VÁLIDOS
Aécio – 51%
Dilma – 49%

O Datafolha ouviu 2.879 eleitores em 178 municípios nos dias 8 e 9 de outubro. O nível de confiança é de 95%. Isso significa que, se forem realizados 100 levantamentos, em 95 deles os resultados estariam dentro da margem de erro de dois pontos prevista. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-01068/2014.

Fonte: G1



Crato (CE): Município comemora o Dia da Saúde Mental com blitz educativa e cultural

A Secretaria de Saúde do Município do Crato por meio da Coordenação de Saúde Mental comemora hoje o Dia da Saúde Mental. Nesse contexto será realizada uma blitz educativa e cultural na Praça Alexandre Arraes a partir das 08h30min, com a participação de colaboradores da Saúde Mental do município, usuários e familiares.

Na ocasião serão disponibilizadas informações sobre a conscientização das pessoas acerca da importância dos Centros de Atenção Psicossocial (CAPS), para a saúde mental.

Segundo a Coordenadora de Saúde Mental do Crato Margareth Novais a Saúde  do Crato propõe congregar e colher diversos segmentos da sociedade e entidades pois  “precisamos avançar nas discussões sobre Política Nacional de Saúde Mental e contribuir para fortalecimento das políticas sociais, como direitos humanos, assistência social, educação, cultura, habitação e trabalho. ​A nossa preocupação é por melhores propostas na Saúde Mental”, explica

A Secretária de Saúde Aline Franca alerta a comunidade para a importância dos CAPS que oferecem um atendimento que prevê atenção integral, através dos tratamentos psicológico e psiquiátrico, acompanhados de terapias de grupo e ocupacional, acompanhamento familiar, atividades físicas, dentre outros.

Celebrado em 10 de outubro, data estabelecida pela Organização Mundial de Saúde, o Dia Mundial da Saúde Mental visa chamar a atenção pública para a questão da saúde mental global, e identificá-la como uma causa comum a todos os povos, ultrapassando barreiras nacionais, culturais, políticos ou socioeconômicas.

No Brasil a data além de lembrar das questões relativas à Saúde Mental, também celebra os avanços nessa área resultado das mobilizações do Movimento de Luta Antimanicomial, iniciado na década de 60.

Assessoria de Imprensa/PMC



Red Bull pagará US$ 13 milhões a consumidores que não 'ganharam asas'

A Red Bull concordou em pagar quinta-feira (09) a pagar mais de US$ 13 milhões para por fim a uma ação coletiva dos Estados Unidos que alega propaganda enganosa de sua bebida energética. Milhares de pessoas entraram com ação após consumir o produto e constatar que o Red Bull não “dá asas”, como o slogan afirma.

Agora a empresa terá de reembolsar em US$ 10 ou dar duas bebidas para cada consumidor que adquiriu o produto nos últimos dez anos e entrou com ação contra a Red Bull.

O representante da ação coletiva, Bejamin Careathers, disse que a empresa engana seus consumidores sobre a superioridade de seus produtos com o slogan “Red Bull te dá asas”. “Esse tipo de conduta e práticas enganosas significa que a publicidade e o marketing [da Red Bull] não é apenas ‘exagero’, mas em vez disso é enganosa e fraudulenta e, portanto, acionável”, diz a ação.

Ao site BevNet, a empresa afirmou que decidiu fazer o reembolso para evitar custos de litígios. “No entanto, a RedBull reitera que a comercialização e rotulagem de seus produtos sempre foram verdadeiras e precisas e nega toda e qualquer irregularidade.”

Fonte: InfoMoney



Risco de casos de ebola no Brasil é baixo, mas não chega a zero, diz secretário

A melhor maneira de prevenir casos de ebola no Brasil é ajudar a controlar a epidemia da doença nos países da África Ocidental. A avaliação é do secretário de Vigilância em Saúde, do Ministério da Saúde, Jarbas Barbosa. Segundo ele, o governo brasileiro deve anunciar, nesta sexta-feira, 10, um novo pacote de ajuda humanitária para a região, sobretudo a Libéria, Guiné e Serra Leoa.

Na reunião do Conselho Nacional de Saúde, o secretário lembrou que a probabilidade de casos de ebola no Brasil permanece baixa, mas não chega a zero. Entre as estratégias adotadas no país estão a ativação de um centro de operações de emergência em saúde pública que se reúne duas vezes por semana; a criação de um grupo executivo interministerial que se reúne semanalmente; e videoconferências semanais com as secretarias estaduais de saúde.

Preparação
Já está estabelecido que, em cada estado, um hospital de referência receberá casos suspeitos de ebola. O Instituto Nacional de Infectologia, no Rio de Janeiro, foi eleito pelo governo brasileiro como hospital de referência nacional, para onde devem ser direcionados os pacientes em isolamento. Dois aviões da Polícia Rodoviária Federal e da Força Aérea Brasileira farão o transporte.

Jarbas Barbosa disse que o ministério treinou 60 profissionais para o correto fechamento e despacho de material biológico possivelmente contaminado para o Instituto Evandro Chagas, no Pará, onde os testes para confirmação da doença serão feitos. No próximo dia 16, o ministério fará uma simulação de caso suspeito de ebola em parceria com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária. O treinamento será no Porto de Santos (SP).

"Não é que a gente está prevendo que vão chegar casos. A probabilidade é muito baixa. Mas, se chegar, a gente está preparado", disse o secretário. "A melhor maneira de prevenir é a gente controlar o surto lá na África", reforçou. Outra preocupação, segundo ele, deve ser a melhoria da triagem de saída de passageiros em países atingidos pela epidemia. "Essa também é uma grande proteção para o resto do mundo".

Jarbas disse que o Brasil, até o momento, não registrou nenhum caso suspeito da doença. "Só é considerado suspeito quem vem desses três países onde há transmissão e apresenta sintomas. A África, de uma maneira geral, não tem transmissão de ebola. O que muitas vezes acontece são casos de pessoas de outros países africanos com doenças febris como [a] malária", destacou.

Fonte: Agência Brasil



Eleições 2014: MPF-CE investiga 8 denúncias de racismo contra nordestinos

Desde o último domingo (5), quando aconteceram as eleições, uma enxurrada de posts ofensivos foram feitos contra os nordestinos. A maioria argumentava que a região não saberia escolher o melhor concorrente, pois, na região, grande parte dos votos foram dados para a candidata a reeleição Dilma Rousseff (PT). O Ministério Público Federal (MPF) do Ceará  já contabilizou oito denuncias em relação a este episódio.

Até o momento, as acusações ainda estão em processo de análise, para averiguar se, de fato, se enquadram como o crime de racismo. Segundo o promotor da República e coordenador do núcleo criminal, Samuel Miranda Arruda, é necessário ter cautela. “Agora é preciso ter bom senso, o que caracteriza o racismo é uma ofensa a todo o grupo. Esta afirmação tem que atingir a comunidade como um todo e não, apenas, uma pessoa específica”, explica.

Aquelas pessoas que quiserem fazer alguma denuncia ao MPF, basta entrar no site da instituição e efetivar a queixa. A pena para o crime de racismo tem punição de reclusão entre dois e cinco anos. “Recebemos muitas denuncias pelo site. O que tem que fazer é denunciar, mas pedimos que as pessoas tenham cuidado para ver se, realmente, aquele comentário é ofensivo”, enfatiza o promotor.

 Veja alguns do tuites preconceituosos:


Fonte: Diário do Nordeste



Plantão Infotech: 5 fobias tecnológicas que você nem sabia que existiam

Medo de aranha (aracnofobia), medo de escuro (nictofobia) e medo de altura (acrofobia) são algumas fobias bem comuns entre as pessoas. Mas você sabia que há muita gente que possui medo de elementos tecnológicos? Pois isso é verdade, por mais que pareça algo muito distante para a maioria de nós — principalmente de quem trabalha ou é apaixonado pelo tema.

O site Mashable reuniu cinco das fobias tecnológicas mais comuns — e que você provavelmente nunca ouviu falar — e agora nós trazemos a lista para vocês. Vale dizer que todos eles possuem estudos acadêmicos e científicos por trás, por isso não estamos falando apenas de suposições. Será que você conhece alguém que possui um dos tipos de fobias que vamos descrever a seguir?

1. Tecnofobia
Este termo descreve o “medo anormal ou a ansiedade excessiva acerca dos efeitos da tecnologia na vida”. Apesar de parecer moderno, ele é visto desde a primeira revolução industrial — quando cidadãos passaram a temer os avanços que os mecanismos poderiam ter e como eles afetariam o cotidiano. Ele também pode ser visto em pessoas que possuem medo físico da tecnologia, desde portas de bancos até computadores pessoais.

2. Nomofobia
Você sai de casa todos os dias com o seu smartphone. Em determinada, ocasião você se esquece de levar o aparelho ou de carregar a bateria dele. O desconforto excessivo causado por esse esquecimento caracteriza a nomofobia. Em termos geral, ela representa a angústia causada pela incapacidade de comunicação móvel — seja com smartphones ou com outros portáteis.

3. Ciberfobia
Ansiedade ou paranoia referentes à utilização dos computadores pode ser interpretada como ciberfobia. Algumas pessoas que trabalham por longos períodos em frente aos equipamentos podem desenvolver esse tipo de fobia quando se veem forçados a utilizar os computadores. Ciberfobia — assim como a tecnofobia — pode se manifestar também com medos físicos dos aparelhos.

4. Telefonefobia
Ao contrário do que parece, a telefonefobia não caracteriza um medo de ser atingido por um telefone ou de ser atacado por um deles. O problema aqui está na ansiedade, angústia e medo de ter que atender ou realizadas chamadas telefônicas. Há pessoas que possuem essa fobia tão desenvolvida que sofrem com ataques de pânico e hiperventilação quando se veem obrigadas a usarem o telefone.

5. Selfiefobia
Esta fobia não está exatamente comprovada por nenhuma universidade renomada, mas já começa a ser discutida em vários lugares. Alguns descrevem a selfiefobia como o medo de tirar fotos desse tipo, enquanto outras afirmam ficarem angustiadas com fotos do tipo “selfie” devido ao grande volume delas que surge na internet diariamente.

Fonte: Tecmundo (Via Mashable)



Falta d'água faz previsão de safra recuar em 10% no Ceará

Das 50 culturas de grãos cearenses investigadas no Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA), 35 apontaram uma variação negativa para a colheita deste ano por sofrer influência direta da falta de água, totalizando uma estimativa de safra de 635.021 toneladas no Estado. Com isso, o montante representa um recuo de 10,07% quando comparado com a última pesquisa.

Elaborado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística com base em informações colhidas junto às regiões produtivas do Estado entre 16 de agosto e 15 de setembro deste ano, a nova projeção de safra faz-se ainda menor 40,6% ante a primeira estimativa do ano (1,06 milhões de toneladas).

No entanto, o relatório do LSPA aponta que as 635.021 toneladas esperadas para 2014 ainda apresentam-se maior em 16,82%, quando comparadas com a safra de 2013 - ano de seca severa no Interior.

Variação dos grãos e frutas
Fora os 35 grãos de variação negativa no período investigado, outros dez mantiveram-se inalterados e cinco (mandioca irrigada, goiaba irrigada, manga de sequeiro, manga irrigada e tangerina) tiveram a colheita estimada para mais.

O mesmo movimento de redução da safra também foi apontado na produção de frutas, na qual 12 das 19 culturas recuaram entre agosto e setembro últimos.

Assim, afirma o IBGE, a produção esperada é de 1.364.877 toneladas, decrescendo 2,56%, comparando-se ao mês anterior (1.400.703 t) e 0,92%, comparando-se ao primeiro prognóstico (1.377.531 t), mas ainda crescendo 24,59% em relação à safra obtida em 2013 (1.095.518 t).

Fonte: Diário do Nordeste



ShareThis