Crato (CE): Quatro mortos em acidente na Ladeira das Guaribas


Na tarde desta sexta-feira (11) ocorreu um grave acidente na CE 292, que resultou em, pelo menos, quatro vitimas fatais. As informações ainda preliminares, contam que as quatro vítimas fatais do acidente eram ocupantes de um Fiat Siena.

O fato ocorreu próximo ao Colégio Agrícola em Crato (Instituto Federal do Ceará-IFCE).

Um caminhão carregado de pedra teria se desgovernado após faltar freios durante a descida da Ladeira das Guaribas e colidiu em quatro carros e uma moto.

Soldados do Corpo de bombeiros, agentes do SAMU e do IML estão no local desenvolvendo o trabalho necessário.

Adriano Duarte 

Fonte: Miséria

Curta nossa página no Facebook



7 fatos que você ainda não sabia sobre o espermatozoide

1. Dieta
A quantidade e a qualidade do sêmen tem influência direta da alimentação que o homem possui. Para você ter uma ideia, comer peixes faz com que seus espermatozoides sejam muito mais saudáveis. A vitamina C, a vitamina E, o zinco e o ácido fólico também são responsáveis por produzir células mais ágeis e capazes de perfurar o óvulo com mais facilidade.

2. Aparência
Como você imagina que seja um espermatozoide? Se você tem aquela imagem tradicional de uma cabeça oval e uma cauda, tipo um girino, saiba que essas células bonitinhas correspondem a apenas um terça do total. A grande maioria dos espermatozoides é bem desengonçada, com duas cabeças ou caudas curtas por exemplo.

3. Outros animais
Já na natureza, os espermatozoides são ainda mais estranhos. Pra você ter uma ideia, no besouro eles sempre andam em pares ou em grupos. Existem grupos de até 100 espermatozoides! Ou seja, não tem essa de “cada um por si”, como nos humanos. Outro espermatozoide estranho é o da toupeira, já que menos de 1% do seu total é capaz de nadar em direção ao óvulo.

4. Descoberta
O espermatozoide foi descoberto em 1677 por um holandês chamado Antony van Leeuwenhoek. O cara vendia tecidos e era cientista nas horas vagas. Ele também construía microscópios e foi com ajuda de uma invenção própria que ele viu o que chamou de “animais minúsculos parecidos com enguias” em seu esperma.

5. Fecundação
A fecundação só foi compreendida em 1879. Antes disso, alguns cientistas achavam que os espermatozoides carregavam mini-humanos dentro da sua cabeça e a mulher servia apenas como uma espécie de forno para o filho nascer.

6. Ajudinha feminina
Que os espermatozoides são bons nadadores, todo mundo já sabe. Mas você faz ideia de como eles adivinham qual direção devem seguir? A progesterona, que é um hormônio feminino, se comunica com uma proteína chamada catsper, do espermatozoide como uma espécie de ímã. É como se o óvulo falasse: “Ei, estou ‘cá tis perando”. Pegaram, essa? Não? Mals aê.

7. Vozeirão
Os homens com vozes grossas são os que mais chamam a atenção, não é mesmo? Só que muita gente acha que isso pode ter alguma ligação com a virilidade do cara e não é bem assim que funciona. A voz mais grave é resultado de uma concentração maior de testosterona, só que isso pode prejudicar a produção de esperma.

Fonte: Mega Curioso

Curta nossa página no Facebook



5 coisas curiosas que a Ciência descobriu a respeito da morte

Se existe uma coisa da qual ninguém pode fugir para sempre é da morte, e ela representa um assunto que, ao mesmo tempo, causa verdadeiro fascínio e medo nas pessoas. Nós já abordamos esse tema em inúmeras matérias — revelando curiosidades gerais sobre ela, o que acontece conosco depois que morremos, quais são as causas de morte mais comuns no mundo, formas diferentes de lidar com ela, maneiras de experimentá-la etc.

Pois o pesquisador Jonathan Jong listou em um interessante artigo — publicado pelo portal The Conversation — uma seleção de descobertas surpreendentes que a Ciência já fez sobre a morte, e você pode conferir quais são elas a seguir:

1 – Ela pode ser — mais ou menos — prevista
Na verdade, não é que a morte possa ser — mais ou menos — prevista, mas sim a expectativa de vida de um indivíduo. De acordo com Jonathan, os cientistas descobriram na década de 60 que, ao contrário do que se pensava, as células do nosso corpo não são capazes de se replicar indefinidamente e, portanto, não são imortais. Elas param após se dividirem entre 50 e 70 vezes, e os pesquisadores observaram outra coisa interessante.

Os telômeros — que, basicamente, são sequências de DNA que ficam nas extremidades dos nossos cromossomos — vão diminuindo a cada divisão celular, e, quando eles se tornam curtos demais, as células param de se dividir e morrem. Sendo assim, desde que os pesquisadores descobriram isso, existem cada vez mais evidências de que a extensão dos telômeros pode servir para que possamos medir a expectativa de vida de humanos e outros seres vivos.

Por certo, conforme explicou Jonathan, nem todos os estudos conduzidos sobre o tema confirmaram que os telômeros podem ser utilizados como “termômetro” para prever por quanto tempo uma pessoa pode viver nem se o seu encurtamento é quem provoca o envelhecimento ou se esse processo é apenas um sintoma.

Por outro lado, se o comprimento dos telômeros estiver associado com o envelhecimento, se algum dia a Ciência descobrir como manipular sua extensão, então é possível que consigamos prolongar significativamente a duração da vida.

2 – Pensar nela nos torna mais preconceituosos
Uma série de estudos — mais de 200 e envolvendo milhares de pessoas de várias partes do mundo — conduzidos ao longo de 25 anos sugere que pensar a respeito da própria morte pode ter efeitos curiosos sobre o comportamento.

As pesquisas apontaram que considerar a própria mortalidade pode nos tornar mais condescendentes com respeito aos racistas, assim como menos tolerantes com a prostituição e menos solidários com relação aos direitos LGBTTT, por exemplo.

Além disso, segundo Jonathan, as pesquisas apontaram que pensar na morte também pode despertar em nós o desejo de ter mais filhos — e dar a eles os nossos nomes! — e inclusive tornar os ateus mais propensos a acreditar em Deus e na vida após a morte.

3 – Seu cheiro é adocicado
Todo mundo sabe que os corpos humanos em decomposição não são as coisas mais aromáticas do planeta — mesmo quem nunca teve o desprazer de sentir o desagradável cheiro de cadáveres apodrecendo. O característico odor é resultado de uma combinação de mais de 400 compostos químicos voláteis diferentes, sendo que muitos deles são comuns em outros animais além dos humanos.

Entretanto, de acordo com Jonathan, um estudo apontou que cinco elementos — mais precisamente, cinco ésteres, ou seja, compostos orgânicos que reagem com a água e produzem ácidos e álcoois — são exclusivamente encontrados em humanos.

O mais interessante é que, embora essas substâncias sejam comparáveis às produzidas por outros animais — como porcos, pássaros, e sapos —, elas também são liberadas pelas frutas quando elas apodrecem. Aliás, se algum dia você ouvir algum policial, médico ou perito forense reclamar que a morte tem cheiro adocicado e nauseante, você vai entender o que eles estão querendo dizer com isso.

4 – As unhas e os cabelos não continuam crescendo
Você já ouviu falar que as unhas e os cabelos continuam crescendo mesmo depois da morte? Na verdade, isso não passa de um mito, e o que realmente acontece é que os corpos vão desidratando conforme o processo de decomposição avança e isso os “encolhe”. Assim, com a retração da pele e de outros tecidos, temos a impressão de que as unhas e os cabelos ficam mais longos — mas tudo não passa de ilusão de ótica.

Segundo Jonathan, na realidade, as unhas e os cabelos já são tecidos “mortos”, produzidos pelos folículos pilosos e pela matriz ungueal, que ficam sob a pele. Essas estruturas dependem da ação de hormônios e do aporte de substâncias como óleos e proteínas para serem geradas, e esses ingredientes deixam de ser fornecidos depois que morremos.

5 – O medo de morrer tende a diminuir com a idade
Curiosamente, estudos realizados nos EUA apontaram que, em vez de os idosos sentirem mais medo da morte — afinal, teoricamente, ela está mais próxima dos mais velhos —, são os jovens que têm mais receio. Segundo Jonathan, uma das pesquisas revelou que indivíduos com idades entre 40 e 50 anos se preocupam mais com a morte do que sujeitos entre 70 e 80 anos.

Outra pesquisa apontou que pessoas na casa dos 60 sentem menos receio de morrer do que jovens ou indivíduos na meia idade. Outro estudo ainda demonstrou que, após os 20 anos de idade, o medo da morte tende a diminuir conforme envelhecemos, sendo que para os homens a preocupação cessa por volta dos 60 anos e, para as mulheres, entre os 40 e 50 anos.

Contudo, Jonathan explicou que, embora esses estudos tenham sido conduzidos com várias faixas etárias, eles não acompanharam os participantes ao longo de suas vidas para saber se suas posturas com respeito à morte mudavam com o tempo ou não. Portanto, é possível que a relação entre a idade e o medo de morrer revelada pelas pesquisas reflita a postura de gerações específicas.

Fonte: Mega Curioso

Curta nossa página no Facebook



Vacina brasileira contra dengue será testada em 17 mil voluntários

Já começou a fase 3 de testes clínicos da vacina contra dengue do Instituto Butantan com o início da divulgação do recrutamento de voluntários. A instituição espera selecionar 17 mil pessoas em 13 cidades de 12 estados brasileiros para participarem da pesquisa. Os testes serão feitos em 14 centros de estudo credenciados pelo Butantan.

Esta é a última fase de estudos antes que a vacina possa ser submetida à avaliação da Anvisa para registro. O anúncio dos detalhes sobre essa etapa foi feito na tarde desta sexta-feira (11) pelo governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, pelo secretário de Saúde, David Uip, e pelo diretor do Instituto Butantan, Jorge Kalil.

Dois terços dos voluntários receberão a vacina e um terço receberá placebo. O objetivo é verificar, depois de um período, se o grupo que foi vacinado teve uma redução considerável de casos de dengue em comparação ao grupo de controle.

Ainda não há uma previsão sobre quanto tempo deve levar até a conclusão desta fase, mas pode-se esperar que demore de um ano a um ano e meio, segundo Kalil. "O tempo vai depender do recrutamento e incidência da dengue. Se tiver muita dengue, a eficácia da vacina pode ser ser comprovada mais rapidamente. Depende também se teremos os 4 sorotipos em todas as regiões."

O desenvolvimento desta vacina é resultado de uma parceria entre o Instituto Butantan e os Institutos Nacionais de Saúde dos Estados Unidos (NIH). A vacina é feita com os próprios vírus da dengue, que foram modificados para que a pessoa desenvolva anticorpos contra os quatro sorotipos da dengue sem desenvolver os sintomas relacionados a eles.

Os testes têm mostrado que bastará uma dose para que a vacina seja eficaz. Trata-se da vacina brasileira contra dengue em fase mais avançada de desenvolvimento, mas há outras iniciativas em andamento no mundo.

"Com as mudanças climáticas, aquecimento global e aumento de temperatura, há uma expectativa de crescimento da dengue. O grande objetivo sempre foi buscar uma vacina para a doença", disse Alckmin nesta sexta-geira. "É um fato inédito na ciência brasileira termos dado um passo através do Instituto Butantan, que é o maior instituto soroterápico da América Latina, nesta direção."

Parceria com empresas
Segundo Uip, haverá uma reunião nesta segunda-feira entre o Instituto Butantan, o governo do estado e empresas nacionais e multinacionais para discutir uma parceria para produção da vacina no futuro, caso os resultados dos testes mostrem que o produto é eficaz.

"Eu entendo que nós estamos diante de uma vacina estratégica para o país e na sequência para o mundo. Se isso se comprovar, nossa escala de produção tem que ser em nivel e perfil mundial, por isso já estamos nos associando a empresas nacionais e multinacionais. Queremos que elas já partilhem conosco da fase 3, que é a fase de risco. Mas depois de a vacina pronta, temos que ter escala para atender a demanda mundial", disse Uip.

Vacina contra dengue aprovada no México
Nesta quarta-feira (9), ocorreu pela primeira vez no mundo o registro de uma vacina contra dengue. O México aprovou a vacina desenvolvida pela farmacêutica francesa Sanofi-Pasteur. A aplicação está autorizada apenas em pessoas de 9 a 45 anos em regiões onde a doença é endêmica.

Presidente emitiu nota
A presidente Dilma Rousseff divulgou uma nota sobre a autorização do início da fase 3 de testes da vacina contra a dengue do Instituto Butantan. Segundo ela, os testes fazem parte do Plano Nacional de Enfrentamento ao Aedes e à Microcefalia.

Fonte: Bem Estar/G1

Curta nossa página no Facebook



Detran instalará seis passarelas para pedestres em avenidas do Cariri

As duas principais Avenidas que cortam o eixo Crajubar, composto pelas três maiores cidades da região do Cariri, ganharão seis novas passarelas para pedestres, conforme garantiu o diretor de trânsito do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-CE), Júlio Cavalcante. A justificativa, ainda segundo o diretor, é devido ao “volume de tráfego que tem aumentado bastante na região”.

Além da implantação dos novos equipamentos nas Avenidas Padre Cícero e Leão Sampaio, ambos em território juazeirense, o órgão anunciou a reforma das passarelas já existentes. Júlio Cavalcante não precisou o local de instalação das passarelas, no entanto afirmou que serão “duas na CE-292 e outras quatro na CE-060“.

A implantação e reforma dos equipamentos já está em processo licitatório, porém, sem previsão para início das obras. “Como se trata de muitas passarelas, pode ser que demore um pouco, mas já foi autorizado pelo Governo do Estado”, concluiu o diretor.

ANDRÉ COSTA
COLABORADOR

Fonte: Diário do Nordeste

Curta nossa página no Facebook



Dilma pede para Supremo anular ato de Cunha que acolheu impeachment

A presidente Dilma Rousseff pediu nesta sexta-feira (11) ao Supremo Tribunal Federal (STF) que anule a decisão do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PDMB-RJ), de acolher um pedido de impeachment contra ela. Ao prestar informações para um julgamento sobre o rito do processo, marcado para a próxima quarta (16), a presidente argumenta que deveria ter sido ouvida antes da decisão.

"É de inegável prejuízo a autorização para prosseguimento do processo pelo Presidente da Câmara dos Deputados sem a indispensável oitiva prévia do denunciado, pois é neste momento que ele poderá influenciar o juízo sobre a existência ou não de justa causa ou de outras condições de procedibilidade", diz um dos trechos do documento, encaminhado por Dilma e redigido pelo consultor-geral da União substituto, Fabrício da Soller.

O acolhimento do pedido de impeachment pelo presidente da Câmara é o primeiro passo do impeachment e, no caso de Dilma, foi realizado no último dia 2 de dezembro. Nas informações enviadas ao STF, a Presidência diz que devem ser assegurados a Dilma a "defesa prévia", do mesmo modo que ocorre em crimes comuns.

As informações prestadas por Dilma foram pedidas pelo ministro Edson Fachin para embasar o julgamento pelo STF de uma ação do PC do B que faz diversos questionamentos ao rito do processo definido por uma lei de 1950 e pelos regimentos da Câmara e do Senado. O partido argumenta que essas normas devem se adequar à Constituição de 1988.

No documento enviado ao STF, a Presidência concorda com todos os pedidos do PC do B.

Além de anular o ato de Cunha, Dilma defende também que todas as votações relativas ao impeachment sejam abertas, ao contrário do que ocorreu na eleição, na última terça, de uma chapa alternativa para compor a comissão especial da Câmara que analisará as acusações.

Em outro trecho, concorda, por exemplo, com mudança relativa ao afastamento provisório do presidente do cargo até o julgamento final. Conforme a lei de 1950, que regulamenta o rito, o presidente fica suspenso do exercício das funções logo após a Câmara autorizar o processo, por votação de 2/3 de seus membros, isto é, 342 deputados.

Para a Presidência, contudo, somente o Senado pode autorizar o afastamento, porque cabe a ele "instaurar o processo". "É natural que esse juízo acerca da instauração ou não do processo seja de fato objeto de deliberação pelos senadores da República, já que dessa instauração é que decorrerá a gravíssima consequência da suspensão do Presidente da República de suas funções", diz o texto.

O documento também diz que, mesmo que a Câmara conclua por autorizar o processo de impeachment, o Senado pode recusar a instauração do processo. "Caberá ao Senado Federal fazer um juízo de valor sobre a instauração ou não do processo, no caso dos crimes de responsabilidade, assim como o STF o faz no caso dos crimes comuns. Quer-se dizer com isso que o Senado Federal não está obrigado a instaurar o processo, uma vez concedida a autorização".

AGU e Senado concordam
A interpretação sobre a necessidade de aval do Senado para instaurar o processo e afastar a presidente foi defendida pelo próprio Senado e também pela Advocacia Geral da União em pareceres enviados nesta sexta ao STF.

Nesta sexta, ao sair de uma reunião com o presidente do STF, Ricardo Lewandowski, o advogado-geral da União, Luís Inácio Adams, defendeu os pedidos feitos pelo PC do B.

“Você não pode dar uma consequência gravíssima, que é o afastamento, com a mera decisão da Câmara. Se, comparativamente, para algo bem menor, que é o veto, que é uma decisão presidencial, você exige a concordância das duas Casas, você não pode achar que a mera decisão da Câmara já repercuta no mandato presidencial. É necessário que as duas casas concordem e isso se dá evidentemente com a decisão de instauração ou não”, afirmou.

Fonte: G1 

Curta nossa página no Facebook



Crato (CE): Idosos dos CRAS vão brilhar no grande coral de natal

A Prefeitura Municipal do Crato, através da Secretaria Municipal do Trabalho e Desenvolvimento Social – SMTDS  apresenta ao público, no dia 15 de dezembro na Encosta do Seminário, o Grande Coral dos Idosos, intitulado “Um quadro de Natal”.

Os 250 idosos participantes são inseridos nos Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculo dos Centros de Referência da Assistência Social – CRAS do município localizados nos bairros Muriti, Seminários, Gisélia Pinheiro, Vila Alta, Alto da Penha e Polo Ponta da Serra.

Os ensaios já estão acontecendo há um mês e são comandados  pelo educador de arte e cultura, Luciom Caeira. A expectativa é de uma grande festa natalina, já que o evento é todo voltado às músicas do aniversário de Jesus Cristo.

O diretor da Proteção Social Básica da SMTDS, Eugenio Silva, disse que a ideia é abrilhantar os festejos de fim de ano,  além de trabalhar ainda mais o empoderamento do público da terceira idade.

“Eles já participaram de vários trabalhos executados no SCFV, como o documentário Lei pra que te quero Lei? sendo protagonistas. Isso tem uma importância enorme para o nosso trabalho, os idosos sempre se destacando e ficamos muito felizes. Parabenizo toda equipe que não mede esforços para executar o serviço”, disse Eugênio.

O evento será aberto ao público e promete encantar os que forem prestigiar o momento que começa a partir das 18h30min  do dia 15 de dezembro.

Foto meramente ilustrativa

Assessoria de Imprensa/PMC

Curta nossa página no Facebook



Alceu Valença se insurge contra o golpe: "o oportunismo não engolirá a República"


O cantor e compositor pernambucano Alceu Valença entrou no debate sobre o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff. O pedido foi autorizado pelo presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), no dia 2 de dezembro (quarta-feira).

Claramente decepcionado, ele comparou a política brasileira a uma partida de futebol. Antes vista como "arte do possível", agora se resume a gritos histéricos nos bares, nas salas e nas redes, discussões descabidas. "Juiz ladrão! Falta! Cartão vermelho! Impedimento!!! Enquanto isso vamos nos afogando num Vale de lama", aproxima, no pequeno texto repleto de frases fortes curtido por mais de 10 mil internautas e compartilhado mais de 3 mil vezes.

As doações privadas a campanhas eleitorais foram alvos de críticas. Para ele, os investimentos particulares nas candidaturas tiram a legitimidade do processo democrático. "Doações de milhões? Aliados que não têm nada em comum, a não ser o projeto de poder? Um Congresso que não congrega, que não agrega, me deixa preocupado", questiona.

"As guerras partidárias não podem inviabilizar uma nação", reclama. Ex-aluno da Faculdade de Direito do Recife, ele defende uma reforma política resultante de uma Assembleia Constituinte como única saída para o país. "Dura lex, sed lex" (A lei é dura, mas é a lei") reflete, ao fim.

Leia o texto na íntegra:

"Estamos vivendo tempos nebulosos, fantasmagóricos, onde a ética e o respeito às opiniões contrárias foram relegados a último plano. A política virou a arte da traição. As alianças são feitas a partir de interesses os mais mesquinhos e sem qualquer pudor. Há anos, venho afirmando que campanhas promovidas com dinheiro de empresas privadas iriam acabar por tirar a legitimidade do processo democrático. É preciso dar descarga nos dejetos da privada. Doações de milhões? Aliados que não têm nada em comum, a não ser o projeto de poder? Um Congresso que não congrega, que não agrega, me deixa preocupado. A política para mim era a arte do possível, do diálogo, da procura de soluções.

Hoje virou torcida de futebol. Juiz ladrão! Falta! Cartão vermelho! Impedimento!!! Enquanto isso vamos nos afogando num Vale de lama. Gritos histéricos nos bares, nas salas e nas redes, discussões descabidas. O Brasil não tem saída se não houver uma reforma política votada por uma Assembleia Constituinte exclusiva. As guerras partidárias não podem inviabilzar uma Nação. O país se encontra parado, no caos. A reestruturação da nossa economia não passa necessariamente por um processo de impugnação de mandato, cujos fundamentos são questionáveis e o procedimento penoso. Eu ainda acredito que há representantes públicos dignos de seus encargos e conscientes do espíríto democrático. O oportunismo não engolirá a República. Dura lex, sed lex, aprendi na Faculdade de Direito de Pernambuco."

Fonte: Diário de Pernambuco

Curta nossa página no Facebook



Pesquisadora prevê 2016 caótico por causa do surto da zika

O ano de 2016 pode ser caótico no Brasil por causa da proliferação do zika vírus. Essa é a previsão da médica paraibana Adriana Melo, especialista em medicina fetal e responsável pela iniciativa que acabou confirmando a associação entre o aumento no número de casos de microcefalia com a zika, inédita na medicina no Brasil. Segundo ela, não combater o mosquito vai acarretar problemas que vão além da malformação que vem afetando os fetos.

"De acordo com as pesquisas e os prognósticos feitos por nós, entre fevereiro e março do ano que vem todos os mosquitos Aedes aegypt poderão ter o vírus da zika. Atualmente, nem todo mosquito porta o vírus, mas com o passar do tempo vai ter a proliferação, caso não sejam tomada medidas drásticas. Parece que a população ainda não se deu conta da gravidade da situação", afirmou a especialista.

Nesta sexta-feira (11) completa um mês que o governo federal declarou estado de emergência por conta do crescimento no número de casos de microcefalia no país. Desde então, o número de notificações na Paraíba cresceu de nove casos no dia 12 de novembro para 316 notificações até segunda-feira (5), sendo que em 40 deles a microcefalia foi descartada. Em todo o país, já são 1.761 casos em 13 estados e no Distrito Federal. Também são investigadas 19 mortes de crianças em oito estados. No último dia 4, a Paraíba também decretou emergência por causa da quantidade de casos de malformação notificados.

Adriana Melo, que atua na maternidade do Instituto Elpídio de Almeida (Isea), em Campina Grande, foi quem tomou a iniciativa de coletar o líquido amniótico de duas gestantes e enviar para ser analisado no Rio de Janeiro, no Laboratório de Flavivírus do Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz). A médica diz que começou a suspeitar da relação entre o vírus e a microcefalia após conversas com profissionais de Pernambuco, estado com mais notificações da malformação no Brasil.

As duas grávidas, naturais de Juazeirinho, na região da Borborema da Paraíba, ainda foram levadas pela médica, com o apoio da Prefeitura de Campina Grande, para a Fundação Instituto de Pesquisa e Estudo de Diagnóstico por Imagem (IDI) em São Paulo, onde passaram por uma bateria de exames. A partir daí, houve a confirmação da relação nos dois casos, fato inédito na medicina.

Apesar disto, a pesquisadora afirma que o zika vírus está em mutação constante e que a confirmação não pode fazer com que as pesquisas parem. "Há vários padrões de microcefalia e isso dificulta as investigações. Mas continuo batendo na tecla que, antes de resolver as consequências, devemos combater o mosquito".

Fiocruz rebate previsão
Em relação à previsão da médica, no entanto, os especialistas em Aedes aegypti do Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz) indicam que não é possível prever que "todos os mosquitos" terão o vírus zika em curto prazo. “Primeiramente, porque somente as fêmeas dos mosquitos Aedes aegypti é que têm a possibilidade de transmitir o vírus zika, pois somente as fêmeas picam o ser humano. A fêmea do Aedes precisa de sangue para amadurecer e colocar os ovos”, explica o órgão em nota.

Segundo os especialistas, para que haja transmissão, a saliva do mosquito tem que estar com partículas de vírus e para que isso aconteça é necessário que ele tenha picado uma pessoa infectada e o vírus primeiro fica alojado em seu estômago. O caminho entre o estômago e a saliva do mosquito faz um ciclo que dura em torno de dez dias, ainda de acordo com a Fiocruz. “Em outras palavras, nem todo mosquito que vemos está infectado com vírus. Um número menor ainda está infectivo, ou seja, com o vírus na saliva e, portanto, capaz de infectar uma pessoa”, diz a nota.

Já a transmissão vertical, de uma fêmea para seus ovos, a Fiocruz explica que até agora só há relatos científicos de que ela aconteça com a dengue. “No entanto, a porcentagem de mosquitos que já nascem infectados é muito baixa. Quase a totalidade dos mosquitos nasce sem o vírus e só ficarão infectados se picarem alguém infectado”, diz o órgão.

Evolução do vírus
Ainda de acordo com Adriana Melo, o zika vírus sempre foi conhecido por ser algo mais brando e que muitas vezes não recebia a atenção necessária. "Normalmente era apenas uma coceira e manchas vermelhas. Em poucos dias era tratado e esquecido", lembra.

Ela ainda afirma que os pesquisadores já sabem de onde veio essa evolução. Segundo Adriana, durante a Copa do Mundo de 2014 o vírus chegou com mais força com os asiáticos que visitaram o país. "É por isso que o Nordeste está sendo mais afetado. Equipes asiáticas jogaram em Pernambuco e Rio Grande do Norte e isso atraiu turistas. Em todo o mundo tem asiáticos, mas a proliferação só se deu aqui porque no Brasil tem muito mosquito. Nossa região e as condições climáticas influem também", explica.

Microcefalia
A microcefalia é uma condição rara em que o bebê nasce com o crânio do tamanho menor do que o normal. Inicialmente, o Ministério da Saúde considerava que bebês com circunferência da cabeça igual ou menor que 33 cm tinham a malformação. Entretanto, no último dia 4, um novo parâmetro passou a apontar microcefalia em crianças com cabeça medindo 32 cm ou menos de circunferência.

Fonte: G1 PB

Curta nossa página no Facebook



Senado aprova licença-maternidade maior para mães de bebês prematuros

O plenário do Senado aprovou, por unanimidade, uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que aumenta o tempo de licença-maternidade para mães de bebês prematuros nascidos entre a 20ª e a 30ª semana de gestação. Agora, o texto segue para análise da Câmara dos Deputados.

O projeto, de autoria do senador Aécio Neves (PSDB), prevê que essas mães possam acrescentar na licença o período que o bebê ficou internado no hospital, com um limite total de um ano de benefício. Na prática, o projeto estabelece que a licença-maternidade convencional só comece a ser contada depois que o bebê sair da internação.

Atualmente, as mães de filhos prematuros têm o mesmo direito daquelas que têm o filho a termo, ou seja, 120 dias de licença. No entanto, na maioria dos casos, isso faz com que elas precisem retomar ao trabalho praticamente quando o bebê tem alta e vai para casa.

Para começar a valer, o projeto precisa ser aprovado na íntegra pela Câmara dos Deputados e, em seguida, promulgado pelo presidente do Congresso e do Senado, Renan Calheiros. Caso seja feita alguma alteração, os pontos alterados voltam para votação do Senado.

Fonte: Veja

Curta nossa página no Facebook



Crato (CE): Prefeitura entrega boletos do Garantia Safra

A Secretaria de Agricultura, Pecuária e Recursos Hídricos de Crato comunica aos produtores cadastrados no Programa Garantia Safra 2015-2016, que a entrega dos boletos, acontecerá na AABB – Crato, no período de 14 a 18 de dezembro, das 7h30 às 12h30.

Segundo o secretário de Agricultura do município, Enrile Pinheiro, o agricultor somente receberá o boleto com a apresentação do CPF e RG, seu ou do cônjuge.

Assessoria de Imprensa/PMC

Curta nossa página no Facebook



Finlândia estuda pagar renda mensal de 800 euros para todos os cidadãos

O governo finlandês está estudando implementar um programa de renda mínima de 800 euros (cerca de R$ 3.323) mensais, valor que seria pago a todos os cidadãos, independentemente de sua condição social e de terem trabalho ou estarem desempregados.

A renda mínima finlandesa já havia sido divulgada em outubro, mas sem um valor definido.

Em teoria, a renda mínima é uma quantia mensal paga a todos, que deve cobrir as necessidades básicas, de acordo com o jornal "Helsinki Times".

Assim, o governo de centro-direita, eleito em abril, espera que outras formas de benefícios sociais deixem de ser necessárias, como seguro-desemprego, bolsas estudantis, abonos, auxílio-moradia, pagamentos por invalidez ou aposentadorias.

Um dos berços do Estado de bem-estar social, a Finlândia tem um sistema de benefícios sociais complexo e caro.

A adoção da renda mínima aumentaria a eficiência do governo, até diminuindo gastos, porque atualmente milhares de servidores administram o sistema. Com a renda mínima, o número de funcionários cairia muito, de acordo com o "Helsinki Times", por exigir menos controles.

Utrecht vai testar renda mínima
A cidade de Utrecht, na Holanda, vai começar a testar a renda mínima em janeiro de 2016, de acordo com o jornal britânico "The Guardian".

Segundo o site "Dutch News", o experimento está focado em pessoas que já recebem algum tipo de benefício, divididas em três grupos. Um continua sob o sistema atual, com um adicional para moradia e seguro saúde. O segundo ganha benefícios em um sistema de incentivos e premiações. O terceiro recebe um valor fixo, sem extras.

Uma das perguntas que os experimentos esperam responder é: as pessoas deixariam de trabalhar, se recebessem a renda mínima?

No Brasil, a implantação da renda mínima é uma das bandeiras do ex-senador e secretário municipal de Direitos Humanos de São Paulo, Eduardo Suplicy (PT).

Fonte: UOL

Curta nossa página no Facebook



MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO CEARÁ :: NOTA DE ESCLARECIMENTO


O Ministério Público do Estado do Ceará, diante da matéria intitulada "Ex-presidente da Câmara de Juazeiro fecha acordo com MP e vai revelar tudo o que sabe", atribuída ao jornalista Donizete Arruda e divulgada durante essa semana em inúmeros veículos de comunicação, vem a público esclarecer o seguinte:

O vereador JOSÉ DUARTE PEREIRA JUNIOR, vulgo ZÉ DE AMÉLIA, juntamente com outras sete pessoas, é réu em um processo-crime que tramita na 2ª Vara Criminal de Juazeiro do Norte, onde está sendo a ele imputado vários crimes cometidos enquanto era Presidente da Câmara dos Vereadores de Juazeiro do Norte na gestão de 2010-2012.

O Ministério Público entende que as provas já produzidas no referido processo são aptas a comprovar a culpabilidade dos denunciados, sendo, portanto, absolutamente inverídica a informação de que "O MP de Juazeiro tem ciência que jogaram no colo de Zé de Amélia crimes que, eventualmente, não foram cometidos por ele" (sic).

Por outro lado, os Promotores de Justiça atuantes no caso, José Silderlândio do Nascimento, Juliana Silveira Mota e Breno Rangel Nunes da Costa, afirmam, de forma categórica, que não houve qualquer tipo de acordo entre o Ministério Público do Estado do Ceará e o acusado Zé de Amélia, fato este que pode ser, inclusive, confirmado por seus advogados. Ademais, qualquer eventual acordo não passa somente pelo crivo do Ministério Público, sendo necessária a sua homologação pelo Juízo processante, a fim de ser validado.

O Ministério Público, nesse ato presentado pelos Promotores de Justiça atuantes no feito, lamenta a forma como vêm sendo conduzidas as informações repassadas pelo jornalista Donizetti Arruda, o qual insiste em criar factoides, atrapalhando, inclusive, investigações em andamento - como, a título ilustrativo, no caso da informação de suposta criação da PROCAP regional em Juazeiro do Norte, o que não ocorreu, tendo em vista que, sequer, houve qualquer tratativa, no âmbito administrativo.

Por fim, ressalta que o referido jornalista nunca procurou os Promotores de Justiça que oficiam no caso ou mesmo a Assessoria de Imprensa do Ministério Público para confirmar quaisquer informações repassadas por ele.

Assessoria de Imprensa

PROCURADORIA GERAL DE JUSTIÇA / MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO CEARÁ

Após governo rever corte, TSE diz que eleição de 2016 será eletrônica

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informou nesta quinta-feira (10), por meio de nota, que o governo federal revisou parte do bloqueio de R$ 428 milhões que faria no orçamento da Justiça Eleitoral, prometendo liberar R$ 267 milhões que, inicialmente, seriam contingenciados. Com isso, a Corte eleitoral afirmou que será viabilizada a realização das eleições de 2016 com voto eletrônico.

O bloqueio atingiria os orçamentos do Supremo Tribunal Federal (STF), do Superior Tribunal de Justiça (STJ), da Justiça Federal, da Justiça Militar da União, da Justiça Eleitoral, da Justiça do Trabalho, da Justiça do Distrito Federal e Territórios e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

No fim de outubro, uma portaria assinada pelo presidente do TSE, ministro Dias Toffoli, advertiu que o contingenciamento determinado pelo Executivo nos tribunais superiores inviabilizaria o voto eletrônico.

Com o bloqueio previsto anteriormente pelo governo, a Justiça Eleitoral deixaria de receber mais de R$ 428 milhões, o que, segundo o TSE, impediria a compra e a manutenção de urnas eletrônicas necessárias para viabilizar o pleito municipal.

Na época, Toffoli ressaltou que era imprescindível contratar as urnas eletrônicas até o fim do mês de dezembro, com o comprometimento de uma despesa estimada em R$ 200 milhões.

O governo conseguiu rever o tamanho do bloqueio de recursos do Judiciário porque, em 2 de dezembro, o Congresso Nacional aprovou projeto que reduziu a meta fiscal deste ano.

Na ocasião, deputados e senadores autorizaram o governo federal a encerrar 2015 com um déficit recorde de R$ 119,9 bilhões. O Executivo dependia da revisão da meta para não descumprir a Lei de Responsabilidade Fiscal.

Fonte: G1

Curta nossa página no Facebook



Crato (CE): Mudança de fluxo de transito nas Ruas Cicero Araripe e Irineu Pinheiro

O Departamento Municipal de Trânsito – Demutran, visando melhorias no trânsito da cidade com mais segurança e fluidez, resolveu mudar o sentido da Rua Irineu Pinheiro, que era de sentido duplo, e passa a partir de hoje a ser de sentido ÚNICO.

Para quem transita no sentido Pimenta para o Lameiro/Ponte de Bia, e como alternativa para quem transita no sentido Lameiro/Ponte de Bia para o bairro Pimenta, terá a Rua Cícero Araripe, que passa a ser também uma rua de sentido único, para quem transita no sentido Lameiro para o bairro Pimenta.

O Demutran irá realizar no primeiro momento, aviso aos condutores como campanha educativa e pedimos a sociedade que  respeite a sinalização implantada para uma melhor organização com fluidez e segurança no trânsito. A partir da próxima terça-feira, 15, essa mudança no transito já estará vigorando.

Assessoria de Imprensa/PMC

Curta nossa página no Facebook



Morador de rua passa em 1º lugar em concurso público

Valter Fonseca, 41, é natural de Ilhéus (BA) e vive há 10 anos nas ruas de Patos de Minas (MG), a 456 quilômetros de Belo Horizonte. Nesta semana, viu a vida mudar de rumo. O nome dele aparece em primeiro lugar na lista de aprovados no concurso público para coveiro na cidade mineira. Dos 30 pontos, Valter fez 26.

Eram 21 candidatos disputando 3 vagas. O emprego tem salário de R$ 805,18, além de benefícios como vale-alimentação, vale transporte e plano de saúde.

"Quando terminei a prova, no dia 18 de outubro, não pensava que tinha feito tantos pontos. Dois dias depois saiu o gabarito e conferi minha prova. Fui até uma costureira que sempre costura minha roupa quando rasga e ela me disse: 'Você passou; fez 85% da prova'. Fiquei tão emocionado que não sabia o que fazer."

A vida nas ruas da cidade do interior de Minas começou em 2005, cinco anos depois de ter saído de Ilhéus. Naquela época, se separou da ex-mulher e perdeu o emprego.

"Entrei em depressão, comecei a usar álcool e só parei há cinco anos, quando vi a morte de perto. Hoje durmo na varanda de um bar e faço bico nas casas e restaurantes da cidade para sobreviver", conta.

A escolha pelo cargo de coveiro, segundo ele, foi por considerar ter habilidade com trabalhos braçais. Ele terminou o Ensino Médio no ano passado.

Para estudar, Valter contou com a ajuda da assistente social Maria Augusta de Lacerda Ferreira, diretora do Creas (Centro de Referência Especializado de Assistência Social) de Patos de Minas. Ela o encontrou nas ruas há três anos e começou a ajudá-lo a melhorar de vida.

Depois de indicar o morador de rua para cinco empregos diferentes e ter resposta negativa em todos eles, a assistente social viu no concurso a oportunidade para que ele mudasse de vida. Maria Augusta, então, imprimiu para ele provas, simulados, notícias e os cadernos de provas do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) dos últimos dois anos.

"Ele chegou a fazer até três provas em um dia só. A gente sabia que ele estudava nas praças e na rua com os livros que ele buscava aqui. Vi muita dedicação por parte dele e o resultado foi merecedor", conta ela. "Eu não fiz nada além da minha função, mas a sensação de felicidade que tive foi a mesma que se um filho tivesse passado. Isso prova que vale a pena ajudar."

Valter Fonseca ainda está vivendo na rua e aguarda o concurso ser homologado para ser chamado e começar a trabalhar.

"Eu quero sair das ruas. Meu maior sonho é começar a trabalhar para ter a renda própria e conseguir recomeçar minha vida em um lar."

Fonte: UOL

Curta nossa página no Facebook



Lula promete ir às ruas para defender Dilma de 'aventura golpista'

Em discurso na Alemanha nesta quarta-feira (9), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva chamou o pedido de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff de "aventura golpista" e prometeu ir às ruas para defender o mandato de sua sucessora.

O petista falou como convidado na conferência internacional do SPD (Partido Social-Democrata da Alemanha), em Berlim. A agremiação de centro-esquerda compõe a coligação com o CDU (centro-direita) da chanceler alemã Angela Merkel.

"Vou falar do Brasil, porque não posso vir aqui e fingir que nada está acontecendo no meu pais", afirmou Lula, acrescentando: "Nós vamos pra rua para defender o mandato legitimamente eleito da nossa presidente".

O ex-presidente afirmou ainda que, se a cada crise econômica houvesse motivo para impeachment, "não haveria nenhum [líder] governando nenhum país no mundo hoje".

"Achamos que é uma anomalia o que está acontecendo no Brasil, sem negar que existe uma crise econômica e política, sem negar que existe uma denúncia de corrupção no meu país", disse.

Em seguida, Lula afirmou que a atual crise só está acontece porque o governo criou instrumentos de transparência e autonomia para as investigações. "Só tem um jeito de você não ser investigado no Brasil: é não fazer nada errado".

O brasileiro foi apresentado pela secretária-geral do SPD, Yasmin Fahimi, que disse ao petista: "Você conseguiu dar ao Brasil uma relevância internacional, especialmente que você recriou um modelo moderno de social-democracia, que nos é muito familiar. Você também provou que é possível superar o neoliberalismo".

Discurso
Lula começou seu discurso com uma piada: "Eu não vou ler todo esse papel comigo. Eu faço isso para causar uma boa impressão".

Ele fez uma homenagem ao ex-chanceler alemão Helmut Schmidt, morto no mês passado, ratificando a "importância" do social-democrata em sua carreira quando, em visita oficial ao Brasil durante a ditadura militar em 1979, ele aceitou receber o então líder sindical brasileiro.

Em seu discurso de pouco mais de 30 minutos, o ex-presidente exaltou ainda sua atuação internacional como presidente e as ações de seu governo contra a crise econômica de 2008.

Fonte: Folha.com

Curta nossa página no Facebook



Cato (CE): Através de parceria com o Governo Federal, fontes poderão ser beneficiadas

Com a finalidade de promover o reaproveitamento da água das fontes e garantir sua conservação, a Sociedade Anônima de Água e Esgotos do Crato (SAAEC), juntamente com a parceria da Fundação Araripe estão buscando, por meio de atuação conjunta, desenvolver projeto voltado para as fontes d´água do Crato.

Durante esta semana, representantes da entidade, de onde serão destinados técnicos para desenvolverem os trabalhos, houve uma reunião com os agentes do Ministério da Integração Nacional (MIN), no sentido de começar a traçar as diretrizes, para encaminhamento das propostas do trabalho.

Assessoria de Imprensa/PMC

Curta nossa página no Facebook



Proposta solução conjunta para os lixões nos municípios do Triângulo Crajubar

O Superintendente da AMAJU (Autarquia do Meio Ambiente de Juazeiro do Norte), Eraldo Oliveira, voltou a provocar os prefeitos dos municípios que formam o Triângulo Crajubar, no sentido de buscarem solução conjunta relacionada com a criação de um aterro consorciado. Segundo ele, esse problema pode ser resolvido por aqui abolindo idéias que venham de cima para baixo. Como explicou, seria a constituição de uma proposta dentro do que os municípios podem e as contrapartidas dos governos estadual e federal.

Ainda de acordo com Eraldo, não se faz consórcios para dividir lucros e sim com a intenção de otimizar estruturas e solucionar os problemas sem onerar os cofres públicos quando os prefeitos das três cidades devem sentar com os seus técnicos em nome do consórcio Crajubar. A intenção, conforme o superintendente, é encontrar saídas com responsabilidade e sem comprometer os futuros governos nestes municípios.

Recentemente, ele participou de reunião com o Secretário Adjunto das Cidades, Quintino Vieira, e notou a disposição do estado em retomar a conversa sobre o consórcio já que, no governo passado, não evoluiu. Todavia, observou que a proposta apresentada de uma PPP (Parceria Público Privada) não atende as necessidades de Juazeiro da forma como se pretende, mas disse que será analisada. Segundo o Superintendente da AMAJU nada inviabiliza as conversações já iniciadas com uma empresa alemã neste sentido.

ELIZÂNGELA SANTOS
REPÓRTER

Fonte: Diário do Nordeste

Curta nossa página no Facebook



Artistas e intelectuais divulgam manifesto contra impeachment


Um grupo de artistas e intelectuais assinou manifesto contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff. O texto, divulgado nessa terça-feira (8) na página do escritor Fernando Morais no Facebook, tem o apoio de 84 personalidades. Entre eles, o cantor e compositor Chico Buarque, as atrizes Camila Pitanga, Bete Mendes, Betty Faria e Letícia Sabatella, e os atores Paulo Betti e José de Abreu. No manifesto, intitulado Carta ao Brasil, eles defendem que os preceitos democráticos sejam respeitados e alertam para o risco de retrocesso político em caso de destituição da presidente.

“Independente de opiniões políticas, filiação ou preferências, a democracia representativa não admite retrocessos. A institucionalidade e a observância do preceito de que o Presidente da República somente poderá ser destituído do seu cargo mediante o cometimento de crime de responsabilidade é condição para a manutenção desse processo democrático”, afirma o grupo. “Não admitiremos, nem aceitaremos passivamente qualquer prática que não respeite integralmente este preceito”, acrescenta o texto, que também tem o apoio de jornalistas, cineastas, escritores, advogados e professores universitários, entre outros.

Leia a íntegra do texto:

“Carta ao Brasil

Artistas, intelectuais, pessoas ligadas à cultura que vivemos direta e indiretamente sob um regime de ditadura militar; que sofremos censura, restrições e variadas formas de opressão; que dedicamos nossos esforços de forma obstinada, junto a outros setores da sociedade, para reestabelecer o Estado de Direito, não aceitaremos qualquer retrocesso nas conquistas históricas que obtivemos.

Independente de opiniões políticas, filiação ou preferências, a democracia representativa não admite retrocessos. A institucionalidade e a observância do preceito de que o Presidente da República somente poderá ser destituído do seu cargo mediante o cometimento de crime de responsabilidade é condição para a manutenção desse processo democrático.

Consideramos inadmissível que o país perca as conquistas resultantes da luta de muitos que aí estão, ou já se foram. E não admitiremos, nem aceitaremos passivamente qualquer prática que não respeite integralmente este preceito.

8 de dezembro de 2015

Afonso Borges, produtor cultural
Altamiro Borges, jornalista
André Klotzel, cineasta
André Iki Siqueira, escritor e documentarista
André Vainer, arquiteto
Anibal Massaini, produtor de cinema
Antônio Grassi, ator
Antônio Pitanga, ator
Antonio Prata, escritor
Arrigo Barnabé, compositor
Audálio Dantas, jornalista e escritor
Bete Mendes, atriz
Beto Rodrigues, cineasta
Betty Faria, atriz
Camila Pitanga, atriz
Carolina Benevides, produtora de cinema
César Callegari, sociólogo
Chico Buarque, compositor, cantor, escritor
Claudio Amaral Peixoto, diretor de arte e cenografia
Cláudio Kahns, cineasta
Clélia Bessa, produtora de cinema
Conceição Lemes, jornalista
Dacio Malta, jornalista
Daniela Thomas, cineasta
Dira Paes, atriz
Eduardo Lurnel, produtor cultural
Eliane Caffé, cineasta
Emir Sader, sociólogo
Eric Nepomuceno, escritor
Felipe Nepomuceno, documentarista
Fernando Morais, jornalista e escritor
Francisco (Ícaro Martins), cineasta
Gabriel Priolli,jornalista
Galeno Amorim, jornalista
Giba Assis Brasil, cineasta
Guiomar de Grammont, escritora e professora universitária
Hildegard Angel, jornalista
Ingra Liberato, atriz
Isa Grinspum Ferraz, cineasta
Ivo Herzog, diretor do Instituto Vladimir Herzog
Izaías Almada, escritor
João Paulo Soares, jornalista
José de Abreu, ator
Jose Joffily, cineasta
José Miguel Wisnik, músico
José Paulo Moutinho Filho, advogado
Jose Roberto Torero, escritor
Letícia Sabatella, atriz
Lincoln Secco, professor da USP
Lira Neto, escritor
Lírio Ferreira cineasta
Lucas Figueiredo, jornalista e escritor
Lucy Barreto, produtora de cinema
Luís Fernando Emediato, editor
Luiz Carlos Barreto, produtor de cinema
Marcelo Carvalho Ferraz, arquiteto
Marcelo Santiago, cineasta
Marcos Altberg, cineasta
Marema Valadão, poeta
Maria Rita Kehl, psicanalista
Marília Alvim, cineasta
Marina Maluf, historiadora
Marta Alencar Carvana, produtora
Martha Vianna, ceramista
Maurice Capovila, cineasta
Miguel Faria, cineasta
Murilo Salles, cineasta
Padre Ricardo Rezende, diretor da ONG Humanos Direitos
Paula Barreto, produtora de cinema
Paulo Betti, ator
Paulo Cesar Caju, jornalista
Paulo Sérgio Pinheiro, ex-ministro de direitos humanos
Paulo Thiago, cineasta
Pedro Farkas, cineasta
Renato Tapajós, cineasta
Roberto Farias, cineasta
Roberto Gervitz, cineasta
Roberto Lima, dramaturgo e gestor cultural
Roberto Muylaert, jornalista
Romulo Marinho, produtor de cinema
Rosemberg Cariri, cineasta
Sebastião Velasco e Cruz, Cientista Político
Sergio Muniz, cineasta
Solange Farkas, curadora
Tata Amaral, cineasta”

Fonte: Congresso em Foco

Curta nossa página no Facebook


Band tira 'CQC' do ar em 2016 e dispensa maior parte do elenco

Após oito anos na grade da Band, o humorístico "CQC" sairá do ar em 2016. O último programa inédito vai ao ar no próximo dia 21.

Segundo Diego Guebel, criador do formato e diretor-geral de conteúdo da emissora, a ideia é dar um "ano sabático" ao programa e retomá-lo em 2017.

Do elenco formado pelos apresentadores Dan Stulbach, Rafael Cortez e Marco Luque e o repórteres Mauricio Meirelles, Lucas Salles, Juliano Dip e Erick Krominski, porém, apenas Stulbach segue contratado no canal —os demais integrantes foram dispensados.

O ex-global migrará para outra atração: será apresentador de "História não Escrita", que narrará passagens históricas com recursos de computação gráfica e dramatizações. Ele divide o projeto com a historiadora Lilia Schwarcz.

A Band ainda não sabe qual atração substituirá imediatamente o "CQC" —a grade de 2016 ainda não foi definida, segundo a emissora.

A primeira temporada do programa, uma espécie de resumo semanal de notícias com humor ácido, estreou em 2008. Desde então, foram 339 episódios.

Nomes como Rafinha Bastos, Oscar Filho, Danilo Gentili, Felipe Andreoli e Monica Iozzi foram revelados no humorístico, que até o início deste ano tinha como apresentador principal Marcelo Tas.

No dia 28, o "CQC" sai definitivamente da grade em um especial com os melhores momentos do ano.

Fonte: Folha.com

Curta nossa página no Facebook



Crato (CE): Articulação do Selo Unicef promove II Semana do Bebê

Cerca de 80 gestantes cratenses, acompanhadas pela Estratégia de Saúde da Família (ESF), participaram na manhã de ontem, 08, da II Semana do Bebê, uma mobilização social, apoiada pela equipe inter setorial do Selo Unicef no município.

As atividades contaram com a parceria da Secretaria Municipal do Trabalho e Desenvolvimento Social (SMTDS), Secretaria de Saúde, de Esporte, Educação, empresas privadas e entidades como Sest/Senat, Bolsa Família e a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL).

O objetivo da ação, segundo a articuladora Sandra Maria Costa, é promover a sobrevivência e o desenvolvimento de crianças de 0 a 6 anos, garantindo seus direitos. “Na verdade é uma grande mobilização em favor da primeira infância”, disse.

A atenção à primeira infância, segundo o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), é muito importante, pois os seis primeiros anos de vida são fundamentais para o desenvolvimento integral das crianças, sendo nessa fase o desenvolvimento do potencial cognitivo que irá se estabelecer na fase adulta.

Durante a abertura da semana no Crato, as gestantes assistiram a uma palestra, ministrada pela enfermeira Simone Damasceno, que tratou sobre os primeiros cuidados com o recém-nascido.  A programação contará ainda com oficinas que serão realizadas nos Centros de Referência da Assistência Social (CRAS) Seminário e Gisélia Pinheiro (Batateira). A Semana do Bebê é mais uma meta cumprida pela equipe, que está engajada nas ações municipais em prol da conquista do Selo Unicef Município Aprovado, que é um reconhecimento internacional pelo resultado de seus esforços na melhoria da qualidade de vida das crianças e dos adolescentes.

Assessoria de Imprensa/PMC

Curta nossa página no Facebook



Aluno com síndrome de Down conclui faculdade com TCC nota 10

Gabriel Almeida Nogueira, de 27 anos, fez história ontem (9) ao se tornar o primeiro aluno com síndrome de Down a concluir um curso de graduação na UFPel (Universidade Federal de Pelotas), no Rio Grande do Sul. Ele se graduou no curso de Teatro.

O tema do TCC (Trabalho de Conclusão de Curso), que ganhou nota 10, foi "Oficina de Teatro Down: Todos Somos Capazes de Fazer Tudo". A apresentação começou com um vídeo do projeto "Novos Caminhos", da Faculdade de Educação, onde Gabriel estagiou e fez sua pesquisa. Em seguida, apresentou um trecho de "Hamlet", obra de William Shakespeare, para a banca examinadora.

O jovem faz parte, ainda, do projeto de extensão "Fronteiras da Diversidade", do (NALS) Núcleo de Artes, Linguagens e Subjetividade, do qual é bolsista.

Em entrevista para a assessoria da universidade, a professora Fabiane Tejada, que fez parte da banca, falou sobre a trajetória de Gabriel. "Ele tem características fundamentais ao professor de teatro: sensibilidade, respeito, disciplina e capacidade de conviver em grupo. Será um ótimo professor", avaliou.

Joseane Almeida, mãe de Gabriel, lembrou orgulhosa das escolhas e conquistas do filho. "Ele sempre nos surpreende. Superando suas próprias limitações, querendo seguir adiante e ter uma vida ativa. Isso é mérito dele e das pessoas que acreditaram nele. A Universidade deu essa grande oportunidade, não estabeleceu limites e 'deu corda' para que ele seguisse em frente", disse à assessoria da UFPel.

Para o professor Alexandre Marques, da Escola Superior de Educação Física, a maneira como a sociedade vê pessoas com síndrome de Down tem evoluído ao longo dos anos. "As pessoas têm que buscar sua identidade, independentemente do tipo de deficiência que possuem. Precisamos acreditar nelas e pessoas como o Gabriel têm mostrado isso", afirmou.

A banca elogiou o trabalho apresentado e destacou o engajamento e o comprometimento de Gabriel. Após a conquista da nota 10, o estudante agradeceu a todos que vieram e contribuíram para sua trajetória acadêmica, sendo aplaudido várias vezes. "Estou emocionado e feliz. Esse trabalho vai ajudar outras pessoas", contou.

Fonte: UOL

Curta nossa página no Facebook



Crato (CE): Projeto Ópera Kariri conta com apoio da iniciativa privada para o resgate da cultura

A Prefeitura Municipal do Crato através da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (SMTDS) informa que o Ópera Kariri – O Auto do Belo Amor, é um projeto desenvolvido pelo Núcleo de Produções Culturais (NUPROC), uma organização não-governamental que captou junto à Grendene recursos para desenvolver essa ação específica junto a Secretaria de Cultura do município.

Os recursos no valor de R$ 100 mil reais, foram depositados junto ao Fundo Municipal da Infância e da Adolescência - FIA, uma vez que foram captados para desenvolvimento de um projeto social realizado pelo NUPROC com apoio da empresa Grendene, envolvendo o protagonismo de crianças e adolescentes na cultura popular. Os recursos do FIA são gerenciados pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente do Crato e não pela prefeitura ou pela Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social.

Na realidade, todos os conselhos municipais são ligados a uma pasta da gestão municipal. O Conselho de Direitos da Criança e do Adolescente está na Assistência Social, portanto o Fundo tem como ordenador(a) de despesa o(a) secretário(a), porém todo e qualquer ato de pagamento ou repasse fica determinado pelo Conselho através de resolução deliberada pelo colegiado.

A prefeitura executa a deliberação por meio de convênio, e nenhum recurso público municipal foi gasto com o Ópera Kariri, é fato dizer que foi bancado exclusivamente com recursos privados.

O Ópera Kariri – O Auto do Belo Amor não se trata, entretanto de um evento mas de um projeto que está sendo desenvolvido durante o ano de 2015, sendo seu prazo final até 31 de dezembro, incluindo ações de conhecimentos de artes cênicas e musicais dos brincantes  dos grupos de tradição popular, sendo a maioria crianças e adolescentes das zonas urbana e rural do Município.

O projeto visa ainda criar uma narrativa teatral e junção com elementos musicais da tradição popular que cantará e contará acontecimentos de vivências das comunidades do Crato, suas festas, modos de vida, histórias e causos.

As ações e os recursos utilizados de origem da iniciativa privada serão fiscalizados pelo próprio conselho, instância que receberá do NUPROC a devida prestação de contas dos gastos e das atividades desenvolvidas.

O Governo Municipal do Crato, portanto, não teve nenhum tipo de despesa nesse projeto cabendo a Secretaria de Cultura buscar a efetivação do projeto, já que se trata de uma realização da iniciativa privada que está estimulando, em nossa opinião de forma positiva o protagonismo e a herança cultural de crianças e adolescentes.

A Prefeitura do Crato, na gestão do prefeito Ronaldo Gomes de Mattos busca esse tipo de parceria, já que achamos importante para uma cidade que a iniciativa privada participe ativamente da vida da cidade e apoie iniciativas como as desenvolvidas no Projeto Ópera Kariri.

Assessoria de Imprensa/PMC

Curta nossa página no Facebook


Profissionais do Mais Médicos começam a atuar em 122 municípios do CE

Centro e trinta e quatro médicos brasileiros já estão desenvolvendo atividades em 122 municípios do país por meio do Programa Mais Médicos. As vagas foram preenchidas na segunda chamada do atual edital de reposição. A atuação desses participantes levará assistência a mais de 450 mil pessoas de todas as regiões. A seleção faz parte do plano de reposições definido pelo Ministério da Saúde para o Mais Médicos, que realiza inscrições trimestrais para preenchimento de vagas ociosas.

“É importante destacar o maior interesse dos médicos brasileiros pelo Programa neste ano. É o segundo edital de reposição publicado em 2015 e mais uma vez 100% da demanda foi atendida apenas com profissionais do Brasil. Essa participação é resultado da consolidação do Mais Médicos, com impacto positivo diretamente para os municípios e para a população, pois conseguem rapidamente garantir a continuidade do desenvolvimento das atividades nas Unidades Básicas de Saúde”, ressalta o secretário de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde do Ministério da Saúde, Hêider Pinto.

Os gestores municipais deverão homologar os profissionais até sexta-feira (11/12), confirmando quais de fato compareceram ao município. Os médicos que não se apresentarem dentro do prazo previsto, ficarão impedidos de se inscrever no Mais Médicos por seis meses. Ao todo, 326 vagas foram solicitadas por 264 municípios nesta fase.

Na expansão realizada em janeiro de 2015, das 4.139 vagas ofertadas, 100% foram ocupadas por brasileiros ou por médicos brasileiros formados fora do Brasil. Já no edital de reposição lançado em julho, das 276 vagas ofertadas, 100% das vagas foram preenchidas por médicos com CRM Brasil. O próximo edital de seleção de médicos está previsto para janeiro de 2016.

Fonte: Diário do Nordeste

Curta nossa página no Facebook



Addthis