Temer não descarta novo aumento de impostos

Após elevar alíquotas de PIS/Cofins sobre combustíveis para cobrir o rombo no Orçamento, o governo avalia que uma nova alta de tributos está afastada "neste momento", mas o próprio presidente Michel Temer diz que a equipe econômica ficará atenta a eventual necessidade. 

Os ministros da Fazenda, Henrique Meirelles, e do Planejamento, Dyogo Oliveira, não descartaram novas altas de tributos daqui para a frente para que o governo cumpra a meta fiscal de déficit de R$ 139 bilhões, mas afirmaram que "neste momento" o aumento do PIS/Cofins sobre gasolina, diesel e etanol é suficiente. 

Outras opções: IOF e Cide
Antes de bater o martelo sobre o aumento feito por decreto outras opções que estavam em discussão pelo governo envolviam IOF sobre câmbio ou operação de crédito e a Cide sobre combustíveis. 

Na Argentina, o presidente Michel Temer buscou tranquilizar em relação à adoção de mais medidas impopulares. Ele afirmou não haver previsão agora de mais aumento de tributos, mas ressaltou que a situação segue sendo monitorada. "Estamos atentos, a equipe econômica está atenta a isso apenas para esse aumento. Não sei se haverá necessidade ou não, mas naturalmente haverá diálogo e observações sobre isso".

A consultoria Parallaxis estima que o Planalto vai ter que arrumar mais R$ 10 bilhões este ano para fechar as contas. Para isso, o governo pode ter que fazer uma terceira rodada de contingenciamento, além de elevar mais impostos. Entre as opções cogitadas pelos economistas está a Cide e o IOF. 

"Não me cabe conjecturar hipóteses para o futuro"
Em meio ao desafio para fechar as contas e sob o risco de novas frustrações de receitas, o ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, esquivou-se das perguntas sobre uma possível mudança da meta de não ultrapassar os R$ 139 bilhões de déficit neste ano. "Não me cabe conjecturar hipóteses para o futuro", disse Oliveira.

O Palácio do Planalto sabe que uma mudança na meta a essa altura provocaria forte reação do mercado financeiro e suscitaria questionamentos sobre a condução da política econômica. Mas economistas continuam prevendo déficits entre R$ 145 bilhões e R$ 155 bilhões para este ano, mesmo com as novas medidas e o corte adicional de R$ 5,9 bilhões anunciado anteontem.

Todo esse esforço do governo brasileiro mostra determinação em cumprir a meta fiscal este ano, mas o mercado gostaria de ver maior esforço para cortar gastos, avalia o economista-chefe do Goldman Sachs para a América Latina, Alberto Ramos. "O Brasil gasta uma enormidade e gasta muito mal", disse ele. "A eficiência do gasto é muito baixa e o custo para a sociedade de financiar essa despesa é muito alto." 

Fonte: Estadão

Curta nossa página no Facebook

Surpreenda-se! Nosso corpo é mais poderoso que qualquer computador

Podem dizer o que quiserem sobre inteligência artificial e tecnologias modernas, mas o fato é que o organismo humano é o sistema mais perfeito do Planeta.

Decidimos publicar este post para mostrar todo o potencial do corpo humano em comparação com os aparelhos eletrônicos da atualidade.

Quantidade de megapixels
Claro que, do ponto de vista científico, não é muito correto comparar o olho humano com uma câmera digital. Mas para efeitos comparativos, nossos olhos têm aproximadamente 126 megapixels.

Tamanho de vídeo "gravado" em 1 segundo
Se fosse possível gravar um vídeo de um segundo usando nossa visão, o arquivo ficaria com 21,45 GB de tamanho. Com um iPhone 7, o mesmo vídeo teria só 375 MB.

Super cérebro
O cérebro possui cerca de 100 mil neurônios, sendo que cada um deles é capaz de criar mais de 1 mil sinapses que, por sua vez, guardam as informações. Na ponta do lápis, isso quer dizer que o cérebro humano possui a capacidade de armazenar 100 Terabytes de informação. A título de comparação, um dos computadores mais poderosos do mundo, o "Titan", tem capacidade de armazenar 710 TB.

Informação gigante
Segundo o canal de vídeos científicos Veritasium , em 2020 o volume de toda informação armazenada no mundo atingirá a marca de 40 Zettabytes. Agora compare: o corpo humano já possui 60 Zettabytes de informação.

Informação genética
Já a informação genética do ser humano ocupa apenas 1,5 GB de memória. É quase o mesmo que o sistema operacional iOS 10.

Velocidade
No cérebro humano, cerca de 100 mil reações químicas acontecem por segundo, o que significa que sua velocidade de tráfego de dados é similar à de um trem Maglev, de Xangai, um dos trens mais rápidos do mundo, que alcança uma velocidade de até 430 km/h.

Como o cérebro funciona
Todos nós já ouvimos o mito segundo o qual o cérebro usa apenas 10% de sua capacidade. Na verdade, nosso cérebro utiliza tantos recursos quanto forem necessários para aquele determinado momento. Seu funcionamento pode ser comparado com as capacidades do rádio: sempre ouvimos a mesma onda, ainda que tenhamos outras 100 ao nosso alcance.

Potência
Para ter a mesma eficiência que o cérebro (com capacidade padrão de 20 W), é preciso um super computador com consuma 1 MW (Fonte).

Eficiência em caso de danos
E, sobretudo, o cérebro e o organismo humanos têm um grande capacidade de seguir em funcionamento mesmo após sofrerem graves danos. E nem o computador mais potente do mundo possui esta mesma característica.

Fonte: Incrível

Curta nossa página no Facebook

MPCE propõe Ação Civil Pública contra ex-prefeito de Milagres por improbidade administrativa

O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) propõe Ação Civil Pública (ACP) por ato de improbidade administrativa em desfavor do ex-prefeito do município de Milagres, Hellosman Sampaio de Lacerda. Segundo apuração do MPCE, constatou-se que o ex-prefeito não empregou o mínimo exigido constitucionalmente na Educação e na Saúde, além de não ter sido eficiente na cobrança de recebimento de créditos em favor do fisco municipal.

“Foi aplicado apenas 16,21% do montante da receita de impostos e transferências na manutenção e desenvolvimento do ensino, quando a Constituição exige aplicação mínima de 25%. No que diz respeito à aplicação de verbas na saúde, a legislação prevê o mínimo de 15% das receitas municipais, mas o ex-prefeito aplicou apenas 14,05%”, destaca o promotor de Justiça Saul Cardoso Onofre de Alencar, titular da Comarca de Milagres.

Além do baixo investimento nas pastas de Saúde e Educação, a ACP destaca que o ex-prefeito deixou de cobrar em favor do fisco municipal o valor de R$ 12.237,15, referente a multas impostas pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM). “Dinheiro este que poderia ter sido revertido em favor da sociedade, com a oferta de serviços de melhor qualidade”, reforça o promotor de Justiça Saul Alencar.

Assessoria de Comunicação/MPCE

Curta nossa página no Facebook

Com o aumento de tributos autorizado por Temer, preço da gasolina tem maior alta em 13 anos

O repasse integral do aumento de impostos anunciado na quinta (20) pode levar a gasolina à maior alta nas bombas desde o início da série semanal de preços dos combustíveis da ANP (Agência Nacional do Petróleo), em 2004.

Nesta sexta (21), os postos começaram a receber combustíveis com novos preços. Levantamento feito pelo Sincopetro (Sindicato do Comércio Varejista de Combustíveis e Lubrificantes de São Paulo) aponta que a gasolina veio R$ 0,4075 mais cara, praticamente o mesmo valor anunciado pelo governo (R$ 0,41).

Considerando o preço médio nacional verificado pela ANP na semana passada, com o repasse integral, a gasolina subirá de R$ 3,485 para R$ 3,895 por litro, alta de 11,7%.

"Não me lembro de outra ocasião em que subiu tanto. Com certeza, vai ter reflexos nas vendas, porque o consumidor não tem mais de onde tirar dinheiro", comentou o presidente do Sincopetro, José Alberto Paiva Gouveia.

A única vez em que a agência detectou alta maior nas bombas foi em novembro de 2002, quando a gasolina subiu 12,3%, ou R$ 0,55 por litro em valores atualizados. Essa estatística, porém, considera a variação mensal dos preços.

O levantamento feito pelo Sincopetro detectou aumento de R$ 0,2297 no diesel e de R$ 0,2082 no etanol. A conta é resultado de comparação entre faturas emitidas nesta sexta com os preços de antes da mudança nos impostos.

Na quinta, o governo anunciou elevação das alíquotas de PIS/Cofins sobre os três combustíveis com o objetivo de arrecadar R$ 10,4 bilhões e evitar aumento do deficit fiscal.

A elevação dos impostos interrompe uma trajetória de queda dos preços nos postos que dura desde o início do ano, resultado de reduções promovidas pela Petrobras para tentar conter importações por empresas privadas.

Se o custo adicional chegar integralmente às bombas, a gasolina terá o preço mais alto desde março de 2016, quando custava R$ 3,909, em valores atualizados, segundo cálculo feito pelo CBIE (Centro Brasileiro de Infraestrutura).

Para especialistas, os preços da refinaria devem ser mantidos em baixa, pois não há perspectivas de alta do petróleo e a Petrobras continua sofrendo concorrência.

Preço na bomba
Levantamento feito pelo "Agora" em dez postos da capital paulista nesta sexta apontou que a mediana dos reajustes da gasolina foi de R$ 0,30, abaixo, portanto, do aumento de R$ 0,41 dos tributos. O preço máximo encontrado foi R$ 4,19. A mediana da alta do diesel e do álcool foi de R$ 0,20.

Fonte: Folha

Curta nossa página no Facebook

Felix Jaehn - Ain’t Nobody (Loves Me Better) ft. Jasmine Thompson




Barbalha (CE): Defensoria garante intérprete em sala de aula da rede municipal para aluna com deficiência auditiva

Foto meramente ilustrativa
“O que mais me motiva a lutar pelos direitos da minha filha é a possibilidade dela interpretar o mundo da sua forma”. O depoimento é da cabeleireira Aline Teles, 27 anos, que conseguiu por meio da atuação da Defensoria Pública do Estado, em Barbalha, a possibilidade da sua filha Ana Luiza, 9 anos, ter um intérprete de libras dentro de sala de aula da escola municipal.

Aninha, como é chamada carinhosamente pela mãe, nasceu com deficiência auditiva bilateral que a impossibilita de ouvir qualquer som, condição que fez dificultar o seu aprendizado durante as aulas na Escola Maria Alacoque Bezerra de Figueiredo. “Ela está na quarta série e não sabe ler ou escrever, sabe apenas se comunicar pela linguagem de sinais, mas as professoras não são capacitadas para este tipo de comunicação”, relata a mãe.

Dentro deste contexto, Aline Teles procurou o Núcleo da Defensoria Pública em Barbalha, no dia 08 de maio de 2017. Há mais de dois anos, a mãe solicitava à escola a contratação de um intérprete para a criança com o intuito de possibilitar a compreensão do conteúdo apresentado em sala de aula. Ana Luíza aprendeu libras com alguns colegas da igreja e com sua mãe. “Eu procurei fazer um curso de libras pra poder ajudar minha filha, mas acredito que um intérprete no colégio é de extrema importância. Um profissional formado pode ajudá-la a entender muito mais o conteúdo e, assim, proporcionar uma maior autonomia para ela”.

Após a ida de Aline Teles à Defensoria, a Secretaria de Educação do Município foi oficiada. Em cinco dias, a defensora pública de Barbalha, Aline Marinho, recebeu um retorno. “De início, a Secretaria respondeu que não teria como contratar um intérprete e que as professoras eram orientadas a falar devagar para que Ana Luíza pudesse compreender as lições”, explica. No entanto, esta resposta não é satisfatória para atender o direito da criança e a defensora solicitou uma audiência com o secretário de Educação do município, Boaz David de Lima Gino. “O secretário demonstrou ser compreensivo e se comprometeu em agilizar um processo seletivo para a contratação, mas alegou que o Ministério Público poderia impedir, pois não teria autorização para contratar sem concurso. Oficiamos o Ministério Público e este não somente concordou, como demonstrou parceria na causa”, relata Aline.

O município abriu um edital para seleção de cinco profissionais que trabalhem com linguagem de sinais. “O momento com a Defensoria Pública foi positivo e imprescindível para identificarmos casos como esse que, às vezes, podem passar desapercebidos devido ao montante de demandas que recebemos. Esta solução será importante para a Ana Luiza e tantas outras crianças que podem ter a mesma deficiência”, destacou o secretário de Educação de Barbalha, Boaz David de Lima Gino. A seleção segue até o fim de agosto e o início das atividades dos intérpretes selecionados está previsto para setembro de 2017.

Para a mãe de Aninha, o sentimento é de esperança. “Eu criei minha filha para desbravar o mundo e com esse direito que temos, de ter um intérprete na sala de aula, estarei ajudando ela a tornar isso possível. Sabendo ler e escrever, ela vai criar independência e trilhar os próprios caminhos”, finaliza.

Defensoria Pública em Barbalha
Rua Francisco Ferreira de Araújo, 163 AB
Vila Santo Antônio, Barbalha-CE
Fone: (88) 3532-1786/(88) 3532-0116

Curta nossa página no Facebook

Temer e ministros disseram ao menos 4 vezes que não aumentariam impostos

Na quinta-feira (20), o governo assinou decreto que aumenta os tributos sobre combustíveis – no caso da gasolina, as alíquotas de PIS/Cofins dobraram. A medida, aliada ao contingenciamento de R$ 5,9 bilhões em despesas, busca gerar uma receita adicional de R$ 10,4 bilhões e segurar o rombo fiscal do governo. Para justificar a decisão, o presidente Michel Temer disse que a medida garantia a responsabilidade fiscal. Para ele, a população vai “compreender”.

Só que ao longo do ano passado, tanto o presidente como seus ministros afirmaram diversas vezes que não aumentariam impostos. A Lupa identificou quatro desses momentos, dois ocorreram próximos à aprovação do impeachment de Dilma Rousseff.  Além disso, esse foi um dos principais argumentos do governo, à época,  para aprovar a PEC do Teto de Gastos, que limita as despesas públicas. Confira:

“Se nós aprovarmos a (PEC) 241, nós não precisamos pensar em tributo, porque, convenhamos, a carga tributária chegou ao seu limite”

Michel Temer, evento em SP, no dia 30/09/2016

Contraditório
Em setembro de 2016, durante um discurso em São Paulo, Temer disse que a aprovação da PEC (do teto dos gastos públicos) evitaria o aumento de impostos. A medida, que gerou polêmica entre especialistas de Saúde e Educação, foi aprovada no Congresso Nacional e transformada em emenda constitucional em dezembro de 2016.

“Nós estamos cortando na carne. Quando falamos em teto das despesas públicas, estamos descartando neste momento qualquer hipótese de tributo”

Michel Temer, no Jornal da Band, no dia 06/10/2016

Contraditório
Naquela ocasião, o presidente voltou a afirmar que não seria necessário aumentar impostos, porque o governo estava “cortando na carne”. Outra vez, Temer mencionou a PEC do teto de gastos públicos como a alternativa para melhorar as finanças do governo.

“Já há decisão sim, a área fazendária já decidiu, (…) seguindo orientação do presidente Michel Temer, não haverá aumento de imposto para o exercício de 2017”

Ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, em entrevista coletiva no dia 23/08/2016

Contraditório
Além do presidente, o ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, também garantiu em entrevista coletiva, em agosto de 2016, que o governo não subiria tributos em 2017. A promessa foi feita quando Temer ainda era interino e aguardava a aprovação do impeachment de Dilma Rousseff. 

“No orçamento de 2017, segundo o projeto de lei apresentado, não está previsto o aumento de imposto”

Ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, em entrevista coletiva no dia 31/08/2016

Contraditório
Ao apresentar a proposta de orçamento do governo para 2017, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, também repetiu a mesma negativa. Na ocasião, ele disse que a medida não seria necessária. Em abril de 2017, na divulgação do Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2018, o governo rejeitou a possibilidade de recorrer a um aumento de tributos no ano seguinte.

Outro lado
Procurado, o governo informou por meio da assessoria do Ministério da Fazenda que “não houve mudança de posição. Sempre dissemos que seria feito o necessário para assegurar o equilíbrio fiscal, o crescimento da economia e do emprego. Com a aprovação da Reforma da Previdência e a retomada do crescimento sustentado, o Brasil poderá diminuir a carga tributária”. Confira a nota.

Fonte: Folha

Curta nossa página no Facebook

Museus Orgânicos devem integrar cotidiano da história

Conhecida por sua importante atuação filantrópica, social e cultural na região do Cariri, a Fundação Casa Grande - Memorial do Homem Kariri, sediada neste Município, está implantando, juntamente com o Serviço Social do Comércio do Ceará (Sesc-CE), 16 Museus Orgânicos, cujo objetivo é integrar o cotidiano da história local à cultura popular. Segundo Fabiana Barbosa, do conselho cultural da ONG, o Museu tem em sua filosofia, "ser construído nos princípios de base comunitária, musealizando conteúdos locais, agregando valor cultural à comunidade, montado com preço justo, em que se discute os assuntos do território e possibilita a difusão da história, patrimônio e memória de um povo".

A proposta de criação dos chamados "Museus Orgânicos" se deu a partir da implantação do Museu do Ciclo do Couro - Memorial Espedito Seleiro, em Nova Olinda, em 2014. Com apoio do Sesc-CE, o projeto será ampliado para as cidades atendidas pelo no Sul do Estado, totalizando 16 museus. A proposta da Fundação, conforme explica Alemberg Quindins, diretor-presidente da instituição, "é fortalecer a ideia de um assunto em cada canto".

O objetivo do projeto é preservar celeiro de memórias, patrimônios e riquezas culturais, presentes no Cariri. "A região possui um universo amplo de conteúdos que podem ser abordados dentro das cidades e seus pequenos bairros, salas de aula livres, onde cultura, conteúdo e memória habitam as casas dos mestres da cultura, artesãos, brincantes de folguedos populares, benzedeiras", explica Fabiana.

O Sesc acrescenta que os Museus têm como filosofia de trabalho o princípio da autossustentabilidade dos componentes daquela residência ou dos próprios mestres, por meio do que produzem, sejam comidas típicas, lembrancinhas com características singulares ou artesanato.

Ambiente familiar
A gestão do Museu Orgânico é leve e integrada à família. A sala das casas dos próprios mestres se transforma em museu, os objetos comuns ao dia a dia são elevados a peças com valor simbólico, histórico e cultural. A escolha do que será exposto, detalha Fabiana, é feita em conjunto com o mestre, brincantes e comunidade. "No Museu Orgânico, ao tempo em que o mestre conta suas histórias, as paredes ilustram o cenário simbólico e afetivo na Casa do Mestre", pontua. Para a Fundação, o projeto Museu Orgânico além de difundir a cultura local, garante mais pontos de visitação para circuito do Turismo Comunitário no Cariri.

Para o Sesc, entender a cultura tradicional como parte integrante da construção de seres humanos mais responsáveis com o seu papel social "é valorizar as nossas raízes e agir de forma a salvaguardar a memória dos mais velhos, é manter viva e pulsante agora no presente, para que as gerações futuras possam ter acesso ao acervo vivo".

Implantação
Já foram instalados dois Museus em Nova Olinda. O primeiro foi o Museu do Ciclo do Couro - Memorial Espedito Seleiro, em 2014, que conta com o acervo pessoal do mestre, suas ferramentas e história. O local já contabiliza quase 10 mil visitantes. O segundo Museu foi o da Casa de Antônio Jeremias Pereira, sobre o surgimento do Município e sua história política. O espaço foi criado após a Fundação ter sido premiada com Edital Pontos de Memória do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) e Ministério da Cultura, cujo prêmio foi revertido para criação do Museu e manutenção da ONG.

Além destes, Sesc e Casa Grande estão em fase de curadoria para implantação de outros 16 espaços, nas cidades de Potengi, Nova Olinda, Crato, Juazeiro, Milagres e Barbalha. A ideia adapta as salas e espaços de ensaios dos grupos de tradição popular em museus orgânicos, que permanecem vivos no dia a dia dos mestres e mestras e suas famílias, em seu território.

O critério de escolha do Mestre a ser contemplado com o Museu leva em consideração, dentre outras vertentes, "o reconhecimento da sociedade acerca da prática cultural na cidade pelo mestre selecionado, sua notória atuação e as vivências praticadas pelo seu grupo na área de cultura popular", diz Fabiana.

ANDRÉ COSTA
COLABORADOR

Fonte: Diário do Nordeste

Curta nossa página no Facebook

22 de julho

1942 - Holocausto: tem início a deportação sistemática dos judeus do Gueto de Varsóvia.
1944 - Ocorre a Conferência Internacional Monetária de Bretton Woods, que estabelece a criação do Fundo Monetário Internacional e do Banco Mundial.
2005 - O emigrante brasileiro Jean Charles de Menezes é morto pela polícia metropolitana londrina, dentro do metrô de Londres, depois de ser confundido com um homem-bomba.

Nasceram neste dia…
1478 - Filipe I de Castela (m. 1506).
1898 - Alexander Calder, artista plástico estadunidense (m. 1976).
1920 - Florestan Fernandes (foto), sociólogo brasileiro (m. 1995).

Morreram neste dia…
1461 - Carlos VII de França (n. 1403).
1990 - Manuel Puig, escritor argentino (n. 1932).
2006 - Gianfrancesco Guarnieri, ator, dramaturgo e poeta brasileiro (n. 1934).

Fonte: Wikipédia

Camilo é um dos 3 governadores do PT com "cacife" para ser presidenciável, diz Lula

Uma semana depois de ser condenado pelo juiz Sergio Moro, o ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva deu, nesta quinta-feira (20), sua mais longa entrevista  à Folha de S. Paulo. Na conversa, o petista citou Camilo Santana como um dos governadores da sigla que tem "cacife" para ser presidenciável. 

Lula falou sobre o cenário das eleições de 2018 caso sua candidatura - lançada pelo PT no dia seguinte à condenação - seja barrada em segunda instância, pelo Tribunal Regional Federal.

Camilo integra lista viável de três de governadores do PT 
Questionado sobre quais nomes no partido enxerga como viáveis para a disputa, Lula respondeu que a sigla tem "governadores em três Estados importantes, que têm cacife para ser candidatos". São eles:
  •  Camilo Santana, no Ceará;
  •  Fernando Pimentel, em Minas Gerais;
  •  Rui Costa, na Bahia.

Apesar do PT ter cinco governadores hoje, Lula não citou os gestores do Acre (Tião Viana) e do Piauí (Wellington Dias).

Haddad é maior aposta
O ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad pareceu ser a maior aposta de Lula, segundo a Folha, que em dois momentos citou como opção. "O Haddad pode ser uma personalidade importante se se dispuser a percorrer o País. Já me reuni com ele e falei: 'Você tem que botar o pé na estrada e falar o que você fez pela Educação", afirmou o líder petista.

Antes, durante essa mesma entrevista, disse: "Se Haddad tivesse sido reeleito prefeito de São Paulo, seria um grande candidato".

Fonte: Diário do Nordeste

Curta nossa página no Facebook



10 erros que as pessoas cometem em nome da saúde

Comer três vezes por dia, não abusar da gordura e fazer exercícios. Isso parece ser o suficiente para uma vida saudável. Mas preocupar-se com a saúde pode ser uma tarefa bem mais difícil do que se imagina. Por isso, se você deu uma escapadinha da vida saudável, não se preocupe: você não está sozinho. Para ajudar, a SUPER reuniu 10 erros bem comuns cometidos por quem quer cuidar da saúde e acaba fazendo o contrário.

1. Deixar o sono em segundo plano
A ideia: Quem pratica exercícios regularmente e se alimenta bem pode se dar ao luxo de dormir algumas horinhas a menos.

Na prática: A maioria das pessoas precisa de pelo menos sete horas de sono para manter o corpo em funcionamento – e isso não é um exagero. A ciência já provou que dormir pouco pode desencadear uma série de problemas de saúde, como pressão alta, depressão, diabetes e diminuição da resposta do sistema imunológico a vacinas, além de afetar a memória, desacelerar o metabolismo, diminuir a criatividade e prejudicar o aprendizado. Uma vida saudável começa na cama, com uma boa noite de sono.

2. Apostar todas as fichas na academia
A ideia: Para manter uma boa saúde e um corpo saudável, basta pegar pesado nos exercícios. Certo?

Na prática: Errado. Estudos mostram que fazer exercícios regularmente ajuda o sistema imunológico, melhora o humor e dá mais energia. Mas não adianta exagerar nos pesos. Se o consumo de calorias ingeridas diariamente não diminuir, correr uma maratona na esteira não vai levar você a lugar algum. E outra. Malhar geralmente abre o apetite – e aquele pedaço de pizza vai ficar ainda mais apetitoso. Portanto, aliar exercícios ao planejamento nutricional é importante para garantir um bom resultado – seja ele perder peso, ou ganhar músculos.

Além disso, é importante ter limites: pegar pesado demais na malhação pode provocar fadiga, dificuldades para dormir, dores musculares e diminuição da imunidade. O ideal é procurar um profissional que ajude a avaliar o melhor programa de exercícios e de alimentação, mantendo um equilíbrio entre o que é consumido e o que é gasto nas atividades diárias.

3. Ignorar as informações nutricionais
A ideia: Parece tudo muito simples – alimentos naturais são melhores que os não-naturais; tudo que tem menos calorias é mais saudável; orgânico é sempre melhor que industrializado.

Na prática: Você viu essas afirmações em algum lugar, mas certamente não foi na tabela de informações nutricionais. Se você checar os outros dados que vêm nas embalagens, vai perceber que eles revelam bem mais do que o número de calorias por porção.

Um dos mais ignorados (e mais alarmantes) é o sódio, ligado ao aparecimento de doenças como hipertensão, problemas do coração e doenças renais que estão entre os principais problemas de saúde pública do Brasil segundo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). O Ministério da Saúde e a Organização Mundial de Saúde recomendam que o consumo diário de sódio não ultrapasse 2.000 miligramas. Achou muito? Um pãozinho francês tem, em média, 320 mg de sódio. Não por acaso, a Anvisa publicou um Guia de Boas Práticas, que orienta a diminuição gradativa da substância nesse e em outros 15 alimentos.

4. Pensar que alimentos orgânicos são sempre mais saudáveis
A ideia: Você vê a plaquinha com a palavra “orgânico” e já consegue visualizar aquele tomate em uma fazenda distante, sendo plantado e cultivado com imenso cuidado para preservar todos os nutrientes.

Na prática: Pesquisadores da Universidade de Stanford mostraram que não há muita diferença entre os alimentos orgânicos e os convencionais. Ou seja, nada de tomates saltitantes. Produtos orgânicos são, por definição, cultivados sem o uso de produtos químicos, como fertilizantes e pesticidas – os infames agrotóxicos, que podem fazer mal.

“Mas os alimentos orgânicos serão saudáveis se consumidos dentro de uma dieta balanceada, como acontece com os demais alimentos”, afirma Luana Caroline dos Santos, professora do curso de Nutrição da UFMG. Ela explica que valem as mesmas regras: se tubérculos e cereais convencionais devem ser consumidos com moderação, o mesmo se aplica às suas versões sem pesticidas. Ou seja, não adianta nada se entupir de batata-frita ~orgânica~.

5. Adiar os exames de rotina
A ideia: Quem se alimenta bem, faz exercícios e não fuma não precisa ir ao médico com frequência – afinal, já está fazendo tudo que deveria ser feito.

Na prática: Deixar para ir ao médico somente quando se está doente ou sentindo dores é uma péssima decisão, mesmo para quem mantém hábitos saudáveis. Fazer checkups anuais e buscar conselhos médicos para manter a saúde do corpo é a melhor opção e ajuda a prevenir e diagnosticar o desenvolvimento de doenças em sua fase inicial.

6. Montar sua própria dieta
A ideia: Emagrecer é fácil – é só cortar carboidratos, doces e carnes para ver a mágica acontecer.

Na prática: Não existem fórmulas pré-estabelecidas para o emagrecimento – e, caso existissem, com certeza não incluiriam a exclusão de grupos alimentares inteiros do cardápio. “O grupo de cereais, que inclui pães e arroz, é geralmente o primeiro a ser cortado em dietas – e isso é um erro. Estes alimentos são importantes fontes de energia e não devem deixar de ser consumidos”, explica a nutricionista Aline Cristine Souza Lopes.

A ideia é manter uma alimentação variada, “colorida” e bem balanceada que inclua leite e seus derivados – importantíssimas fontes de cálcio -, os nutrientes, as vitaminas e minerais – ricos em fibras e importantes para regular a digestão e fortalecer o sistema imunológico -, proteínas e, com moderação, as gorduras e açúcares.

7. Acreditar que salada é sempre a melhor opção
A ideia: Almoçar um prato de salada é sempre melhor do que optar por um hambúrguer.

Na prática: Nem sempre. Em restaurantes, a lógica é às vezes é colocada à prova – quem opta pelo lado verde do menu pode não estar fazendo a escolha mais saudável. Não se deixe enganar pela montanha de alface: uma salada acompanhada por frango frito, croûtons (aqueles pedacinhos de pão, fritos ou assados e não muito saudáveis), maionese ou outros temperos, pode ser muito mais prejudicial à saúde do que um sanduíche leve.

8. Substituir a água por outras bebidas
A ideia: Para manter o corpo hidratado, consumir refrigerantes, sucos e outras bebidas é tão eficiente quanto ingerir água.

Na prática: A água não possui conservante, corante, aromatizante e outros vários componentes que podem ser nocivos à saúde, principalmente se consumidos em excesso. Além de causar sensação de saciedade, ela dá ao corpo energia, protege o sistema imunológico e ajuda a previnir dores de cabeça e musculares. Está com sede? Beba água.

9. Consumir doses grandes de vitaminas e suplementos
A ideia: O corpo precisa de vitaminas – e elas são vendidas em potinhos. Uma receita fácil para se tornar saudável, não é?

Na prática: Mesmo se tratando de substâncias necessárias para o bom funcionamento de nosso organismo, o consumo de vitaminas e suplementos alimentares sem orientação médica está longe de ser a opção recomendada. Na verdade, é uma escolha desnecessária na maioria dos casos.

Vitaminas e minerais podem ser obtidos diariamente através do consumo de alimentos. Segundo a nutricionista Aline Cristine Souza Lopes, “a primeira alternativa deve ser sempre a alimentação balanceada – ela é á capaz de suprir plenamente as necessidades do organismo”. O uso de suplementos só é recomendado em casos extremos de deficiências nutricionais e um médico deve ser consultado para avaliação das necessidades específicas do paciente.

10. Esquecer que saúde é um processo
A ideia: Ser saudável significa perder peso – e este é um objetivo conquistado com muito suor e pouco churrasco.

Na prática: Saúde não é medida nos ponteiros da balança. “Muitas vezes as pessoas adotam dietas da moda para se adequarem, de forma imediata, a um padrão. Mas uma vida saudável não é ditada por uma fórmula. É um estilo de vida”, defende a nutricionista Luana dos Santos. Isso significa que não são os números – de calorias cortadas, de quilos a serem perdidos, ou de quilômetros corridos – que vão determinar a qualidade de vida.

O termo que se costuma usar para denominar a lista de alimentos e hábitos que melhor atendem às necessidades do organismo é “plano alimentar”. O nome já entrega: a ideia é que manter-se saudável depende de um planejamento duradouro e pensado em longo prazo. E, para que ele dure, é preciso que esteja alinhado a atitudes que possam se tornar hábitos – nada de receitas milagrosas.

Fonte: Superinteressante (Via Huffington Post)

Curta nossa página no Facebook

11 mitos nos quais precisamos parar de acreditar

Desde a infância, lemos e ouvimos muitas "informações" sem sequer questioná-las. Porém, muitas delas não passam de mitos bem elaborados e repetidos à exaustão. Hoje em dia, com a proliferação das chamadas ’fake news’ (notícias falsas) que circulam nas redes sociais, no WhatsApp, etc., o risco de ser enganado é ainda maior.

Quer parar de ser enganado? Então confira esta lista de 11 mitos compilados:

11. Lavar as mãos com sabão mata as bactérias
Na realidade: o sabão apenas lava as bactérias, sem eliminá-las. Mas lavar as mãos com sabão elimina a oleosidade das mãos, responsável por criar um ambiente perfeito para a reprodução de bactérias.

10. Se você engolir uma goma de mascar, ela ficará presa em seu estômago durante 7 anos
Na realidade: ainda que a base grudenta das gomas de mascar não seja dissolvida pelo suco gástrico, ela é eliminada do organismo pelas vias naturais, graças aos movimentos musculares do estômago e intestino.

9. Pelos do corpo ficam mais grossos após serem raspados
Na realidade: após cortar a parte externo do pelo, uma parte com a ponta plana, não em forma de cone, fica para fora. E isso cria a sensação de que o pelo ficou mais grosso.

8. Se você tocar num sapo, surgem verrugas no local
Na realidade: as verrugas são formações benignas causadas pelo vírus papiloma humano, que pode ser transmitido em locais públicos ou entrar em contato com uma pessoa portadora. Pobre sapo.

7. Cabelos e unhas continuam crescendo depois da morte
Na realidade: após a morte, a pele passa por um processo de desidratação e encolhe, criando a sensação de crescimento das unhas e dos cabelos.

6. A Grande Muralha da China pode ser vista do espaço
Na realidade: embora a Muralha da China tenha 7 mil quilômetros de extensão, é difícil de ser vista do espaço, pois a cor das paredes se confunde com a natureza, diferentemente das estradas, que podem ser enxergadas com mais facilidade. Só é possível ver a Grande Muralha com iluminação e condições climáticas específicas, e a partir de uma órbita baixa.

5. Morcegos são cegos
Na realidade: embora os morcegos usem a ecolocalização para se orientar no espaço, eles usam a visão quanto estão sob certo nível de iluminação.

4. A água conduz corrente elétrica
Na realidade: não é a água, e sim os minerais dissolvidos, carregados de partículas positivas e negativas, que conduzem a eletricidade. Portanto, a água destilada, por não conter minerais, não conduz eletricidade.

3. Antibióticos matam os vírus
Na realidade: antibióticos afetam somente as bactérias, matando-as ou, em certos casos, impedindo sua reprodução.

2. Assistir TV a uma distância curta piora a visão
Na realidade: Não há evidências que comprovem esta afirmação. O que acontece é que ficar muito tempo vendo TV de perto cansa a vista.

1. Coca-Cola dissolve os dentes
Na realidade: O mito segundo o qual um dente deixado dentro de um copo de Coca-Cola é dissolvido dentro de apenas uma noite é repetido há anos. Supõe-se que isso aconteceria devido aos três ácidos presentes na bebida: fosfórico, cítrico e carbônico. Só que esses mesmos ácidos são encontrados também em outras bebidas. Fato é que a bebida faz mal.

Fonte: Incrível

Curta nossa página no Facebook

Saboeiro (CE): Justiça afasta prefeito, secretários e bloqueia bens

O juiz substituto da Comarca de Saboeiro, na região dos Inhamuns, Ramon Aranha da Cruz, determinou o afastamento do prefeito de Saboeiro, José Gotardo, e de oito agentes públicos, incluindo a primeira-dama, Tânia de Alencar Rocha Martins, titular da Secretaria de Assistência Social.

O magistrado determinou também o bloqueio de bens dos investigados no valor total de R$ 3,4 milhões.

A decisão do juiz atende pedido do Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), que ingressou com Ação Civil Pública, em investigação na segunda fase da operação Avalanche.

Foram ainda afastadas de suas funções públicas, quatro secretários e mais três agentes:
  • de Saúde, Ivolita Casemiro Fernandes Vieira;
  • de Educação, Rita de Cássia Pereira;
  • de Assistência Social, Tânia de Alencar Rocha Martins;
  • de Finanças, Suzete Nocrato dos Santos Moura,
  • além do responsável pelo ordenamento de despesas do Fundo Geral, Raimunda Ciliane Pereira de Sousa;
  • o pregoeiro oficial José Alves de Alencar;
  • o assessor especial do Gabinete do prefeito Luiz Flamarion Palácio de Morais Santos Filho;
  • o coordenador de habitação Heridenisson Lopes de Olinda.

Automóveis e imóveis também bloqueados
A Justiça também determinou o bloqueio de automóveis, imóveis e quantias em dinheiro de todos os demandados, inclusive do chefe do executivo municipal.

O magistrado justificou a decisão por ocorrer indícios de fraudes em licitação. O Ministério Público ingressou com Ação Civil Pública na esfera civil, após conclusão de investigações na primeira fase da Operação Avalanche, no último dia 5.

Se condenados, eles sofrerão perda do cargo público, suspensão dos direitos políticos, pagamento de multa civil e proibição de contratar com o Poder Público ou de receber benefícios. Além disso, as empresas Conceito Assessoria, RH Contabilidade, L&E Martins e M. Ferreira da Silva, tiveram suas atividades suspensas, conforme Lei Anticorrupção.

Na ação, o MPCE sustenta que o prefeito Gotardo realizou, somente em 2017, contratações em valores exorbitantes, superando R$ 5 milhões, porém os serviços não foram prestados ao município. Tais fatos, de acordo com o MP, eram do conhecimento do gestor municipal. “Constata-se que estas contratações consubstanciam claro favorecimento sem qualquer retribuição aos cidadãos deste Município que, com seus impostos, realizam o pagamento de seus salários”, destacou o magistrado na decisão.

Ainda foragido
O filho do prefeito Uriel de Alencar Rocha Martins continua foragido da Justiça. Consta no banco nacional um mandado de prisão em aberto em desfavor dele. A justiça já negou dois pedidos de liberdade provisória do investigado. As acusações são de prática de crimes de usurpação de função e peculatos, consistentes em emissão de vales de combustíveis para abastecimentos de veículos particulares.

Detalhes das investigações

Servidores fantasmas
A investigação preliminar do MPCE apurou que Luiz Flamarion Palácio de Morais Santos Filho (assessor de Gabinete) e Heridenisson Lopes de Olinda (coordenador de habitação) recebem salários do Município de Saboeiro, mas não exercem nenhum tipo de trabalho em prol da sociedade local, pois que moram em Fortaleza e Juazeiro do Norte, respectivamente. Tais servidores, segundo provas colhidas, não frequentam a cidade de Saboeiro.

Locação de veículos
De acordo com o MPCE, o Município de Saboeiro contratou empresa de locação de veículos no valor de R$ 1.049.400. Entretanto, foi apurado que a empresa Mendes Júnior não possuía a frota de veículos, tendo que realizar a subcontratação de quase 80% dos carros. Segundo o promotor Herbet Gonçalves, vários veículos supostamente locados não foram entregues ao Município, porém os valores são repassados para a empresa.

Assessoria de Contabilidade e Tributação
Segundo a Promotoria de Justiça de Saboeiro, a Prefeitura realizou contratações de quatro empresas de contabilidade com “valores exorbitantes”, chegando ao patamar de R$ 1.124.582 para a execução de um único serviço, gerando a ocorrência de vários pagamentos por trabalhos não realizados.

Serviços de internet
O município contratou, ainda, serviços de internet com sobrepreço de 150% do valor. O contrato foi firmado no valor de R$ 95.920, porém, ocorre que o valor gasto foi de R$ 35.200 com a subcontratação para outra empresa SOLNET, da cidade de Cedro.

Em depoimento prestado no inquérito civil, a dona da empresa M. Ferreira da Silva-ME, ganhadora da licitação, afirmou que não possui conhecimento de informática e de internet, não possuindo sequer provedor de internet. Segundo provas colhidas, a Prefeitura já teria pago valores antes mesmo do resultado da licitação o que caracteriza fraude.

A reportagem tentou entrar em contato com a Prefeitura de Saboeiro. Entretanto, o site da administração não disponibiliza telefone. Foi enviado pedido de entrevista ao prefeito Gotardo Martins por rede social, que não foi respondido até o momento.

HONÓRIO BARBOSA
COLABORADOR

Curta nossa página no Facebook

Por trás do diabetes pode estar a hepatite C

Embora pouca gente saiba, pessoas com hepatite C têm uma probabilidade quatro vezes maior de desenvolver diabetes tipo 2, de acordo com a Sociedade Brasileira de Hepatologia. Por outro lado, a resistência à insulina, sintoma característico do diabetes, também agrava o desenvolvimento da hepatite.

O mais crítico dessa relação é que a hepatite C é uma doença sistêmica e silenciosa: 70% das pessoas infectadas não sabem que têm a doença, já que, em 90% dos casos, não há sintoma inicial de infecção, segundo dados do Ministério da Saúde. Isso significa que a doença pode evoluir de forma crônica ao longo de 25 a 30 anos no fígado, sem que o portador perceba sua presença. Nessa fase avançada, as consequências mais conhecidas da infecção são cirrose e câncer de fígado. No entanto, esses não são os únicos males que ela pode causar.

Relação dupla
O vírus é capaz de interferir na efetivação dos níveis de insulina, substância que controla o açúcar no sangue, dificultando o metabolismo da glicose. Essa alteração faz com que o corpo entenda que precisa produzir mais insulina para manter o nível normal de açúcar. Isso significa que, aos poucos, os portadores vão desenvolvendo resistência à insulina e, depois, intolerância à glicose, fase em que a pessoa se torna propensa ao diabetes.

Segundo Edison Parise, professor de gastroenterologia na Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), vários estudos populacionais nos Estados Unidos mostraram maior resistência à insulina em portadores de hepatite. A resistência à insulina também aumenta o o acúmulo de gordura no fígado (esteatose), o que acaba piorando a progressão da hepatite C, em uma reação em cadeia entre as duas doenças.

O grande problema é que, como a maior parte das pessoas não sabe que tem o vírus, muitos dos que recebem diagnósticos da alteração metabólica não sabem que ela pode ter sido desencadeada pela hepatite C, dificultando o tratamento. A população mais vulnerável, segundo Fabio Marinho, diretor da Sociedade Brasileira de Hepatologia, está na faixa etária entre  40 e 60 anos, já que, até 1989, quando o vírus foi descoberto, sua transmissão por transfusão sanguínea era comum.

Importância do diagnóstico
“Tratar a hepatite C reduz as chances de diabetes tipo 2 e, caso a pessoa já tenha desenvolvido a doença, diminui as complicações, acelera o tratamento e economiza recursos, ao reduzir a necessidade de transplante”, afirma Parise.

“Fazendo um diagnóstico mais precoce, a gente consegue instituir um tratamento mais precoce. O próprio governo dispõe de um arsenal [de medicamentos] importante para a cura”, reitera Sérgio Cimerman, presidente da Sociedade Brasileira de Infectologia.

Tratamento
É importante que o diabético saiba se tem o vírus C para poder prevenir possíveis complicações renais e cardiovasculares. No ranking de países com mais portadores de diabetes, o Brasil está em quarto lugar. E o número de portadores pode aumentar dentro dos próximos 25 anos.

Hepatite C
Estima-se que o Brasil tenha dois milhões de pessoas com a doença. Entre elas, menos de 15% são diagnosticadas e menos de 10% foram tratadas. Entre os países que representam 80% dos casos de hepatite C no mundo, o Brasil está em oitavo lugar – atrás dos Estados Unidos, com a China liderando o ranking.

Apesar da doença ter 95% de chance de cura com um tratamento que dura entre três e seis meses, a taxa de mortalidade se aproxima da tuberculose e já ultrapassou a do HIV, segundo a OMS. Considerando as possíveis complicações da doença, esses dados podem piorar. De acordo com Luiz Turatti, presidente da Sociedade Brasileira de Diabetes, o desconhecimento é a principal causa de morte.

Atualmente, o grande desafio contra a doença é encontrar seus portadores. Pensando nisso, a OMS criou o plano de erradicação da hepatite C – NOhep – que visa informar a população, aumentar as taxas de tratamento e eliminar a doença até 2030.

Exame anti-HCV
No Brasil, a campanha ‘Na Ponta do Dedo’, promovida pela empresa biofarmacêutica Gilead, busca conscientizar os brasileiros sobre a importância do exame anti-HCV, que detecta o vírus. “O teste anti-HCV é rápido, pode ser feito com apenas uma gota de sangue, e está disponível no Sistema Único de Saúde (SUS)“, disse Turatti. “Todo indivíduo acima de 40 anos deve pedir o teste.” Para ser feito, o exame precisa ser solicitado por um médico. No entanto, também pode ser feito de forma espontânea em Centros de Testagem e Aconselhamento (CTA) do SUS.

Fonte: Veja.com

Curta nossa página no Facebook

Juiz cassa diplomas de prefeita e vice-prefeito de Santana do Cariri mais uma vez

A prefeita deste Município, Danieli de Abreu Machado (PSL) e seu vice, Jucacildo Fernandes da Silva (PCdoB) tiveram seus mandados cassados nesta quarta-feira pelo juiz eleitoral da 53ª Zona Eleitoral, Herick Bezerra Tavares. Eles são acusados de fazerem nomeações irregulares durante a campanha eleitoral do ano passado. Conforme exposto na decisão do juiz, os crimes são de “gravidade suficiente para ensejar a cassação do registro/mandato”. Ele considera, ainda, que a aplicação de multa não é suficiente para punir os envolvidos .

Cassações
A ação acontece cerca de um mês após, o mesmo magistrado, decidir pela impugnação ao Mandato Eletivo (AIME) de ambos, promovido pelo Ministério Público Eleitoral (MPE). Segundo a ação, os dois estiveram envolvidos nas eleições de 2016, direta ou indiretamente, na compra de votos e constrangimento de eleitores, “notadamente pessoas pobres, agricultores e suas famílias, moradores da zona rural do município”.

Na época, o MPE afirmou que “os atos de corrupção consistiram no pagamento em espécie de dinheiro para a compra de votos de agricultores e famílias inteiras, até ameaças diretas de ‘tomar’ casas cedidas, ou ocupadas, a pessoas pobres daquela cidade”. A decisão previa a cassação dos diplomas e inelegibilidade por oito anos.

Já em 04 de maio deste ano, o Ministério Público Federal (MPF) denunciou a prefeita de Santana do Cariri por fazer supostamente pagamentos ao pai dela, que é médico, por serviços não prestados. De acordo com a denúncia do procurador regional, Roberto Moreira de Almeida, a verba federal destinada à saúde foi aplicada indevidamente. Ainda conforme o MPF, foi identificada a prestação fictícia de serviços, com falsos registros de comparecimento a unidades do Programa Saúde da Família (PSF).

Para o Ministério Público Federal, “não há dúvidas de que os denunciados são responsáveis pelos desvios, uma vez que Danieli Machado, na condição de chefe do executivo municipal, autorizou os pagamentos irregulares a seu pai, que recebeu os recursos ciente de que não havia prestado os respectivos serviços médicos”. O MPF pediu a condenação dos denunciados, cujo delito prevê pena de reclusão, de dois a doze anos, além da perda de cargo e a inabilitação, pelo prazo de cinco anos, para o exercício de cargo ou função pública, eletivo ou de nomeação.

Em todos os casos, prefeita e vice-prefeito negaram os crimes e recorreram da decisão judicial, a exemplo do que ocorrerá com a decisão do juiz Herick Bezerra Tavares.

ANDRÉ COSTA
COLABORADOR

Fonte: Diário do Nordeste

Curta nossa página no Facebook

Temer assina decreto que aumenta tributos sobre combustíveis

O presidente Michel Temer e os ministros da área econômica do governo já assinaram o decreto de autoriza o aumento de impostos sobre combustíveis. O anúncio oficial deverá ocorrer nesta sexta (21).

O governo pretende arrecadar cerca de R$ 11 bilhões neste ano com o aumento do PIS/Cofins dos combustíveis, que recairá sobre a gasolina, diesel e etanol.

A previsão inicial era que o governo anunciasse a elevação do PIS/Cofins nesta quinta (20), antes da viagem do presidente Michel Temer e do ministro Henrique Meirelles (Fazenda) à Argentina.

Mas o cronograma acabou sendo atrasado porque a equipe técnica teve que refazer cálculos, para incorporar alíquota superior ao que previam inicialmente.

Os ministros Meirelles e Dyogo Oliveira (Planejamento) selaram o aumento em almoço com Temer nesta quinta no Palácio do Planalto.

Nas contas que ainda estavam sendo feitas nesta quinta (20), o governo via a necessidade de aumentar a gasolina em R$ 0,10 a R$ 0,12 por litro.

Além do aumento do imposto, será necessário bloquear mais R$ 5 bilhões do Orçamento.

As medidas são necessárias, segundo fontes governamentais, para tapar o rombo nas contas do governo, cujas receitas estão abaixo do esperado devido à lenta recuperação da economia e às frustrações de votações importantes no Congresso Nacional, como a do Refis e a da reoneração da folha de pagamentos.

Além disso, também estão atrasadas privatizações de algumas estatais, como o IRB e a Lotex, e o TCU (Tribunal de Contas da União) já recomendou retirar da conta do Orçamento a previsão de entrada de recursos com as vendas dessas empresas.

A meta oficial é chegar ao fim do ano com deficit de R$ 139 bilhões. 

Fonte: Folha

Curta nossa página no Facebook

Chester Bennington, vocalista do Linkin Park, morre aos 41 anos

Chester Bennington, vocalista da banda Linkin Park, foi encontrado morto nesta quinta-feira (20) em sua casa perto de Los Angeles, na Califórnia (EUA), informou a agência Associated Press. Segundo um porta-voz da polícia local, a morte é investigada como suicídio.

O site TMZ afirma que o cantor se enforcou em sua residência. O corpo foi encontrado pouco antes das 9h locais, de acordo com a publicação. Chester era casado e tinha seis filhos.

Ele lutou por anos contra drogas e álcool, e disse em uma entrevista no ano passado que já havia pensado em suicídio porque foi abusado quando criança, por um homem mais velho.

O músico era próximo de Chris Cornell, vocalista do Soundgarden e do Audioslave, que morreu em maio - também em um suicídio por enforcamento. O vocalista cantou a música "Hallelujah" no funeral do amigo, que completaria nesta quinta 53 anos.

Chester já contou em entrevistas que sofria com problemas estomacais. Durante shows e eventos de divulgação do disco "Meteora", sofreu com dores abdominais e passou por uma cirurgia para curar uma hérnia de hiato. Em entrevistas, ele contou que, por causa doença, chegava a sentir vontade de vomitar quando cantava.

Sucesso nos anos 2000
O Linkin Park teve seu auge no início dos anos 2000, com os álbuns "Hybrid theory" e "Meteora". Na época, o grupo emplacou seu rock alternativo, com influência de rap e metal, em paradas de sucessos, com músicas como "Faint", "In the end", "Crawling" e "Numb".

A banda ganhou dois prêmios Grammy, pela performance de "Crawling" e pelo single "Numb/Encore", do disco "Collision Course", gravado em colaboração com o rapper Jay-Z em 2004.

O último disco lançado pelo Linkin Park, "One More Light", saiu em maio deste ano e o grupo estava em turnê pelos Estados Unidos, com shows marcados até outubro.

Nascido em Phoenix, no Arizona (EUA), Chester começou a carreira na banda grunge Grey Daze. Depois, se juntou ao Linkin Park - que, na época, ainda se chamava Xero. Ele também trabalhou no projeto paralelo Dead by Sunrise e foi vocalista do Stone Temple Pilots. e fez participações em filmes, como "Adrenalina" (2006) e "Jogos mortais - O final" (2013).

Turnês no Brasil
Em duas entrevistas dadas ao G1, Chester falou de futebol ("Fiquei muito interessado porque é totalmente baseado na defesa") e se mostrou animado com as turnês que fez no Brasil. Ele também citou mudanças no repertório do Linkin Park.

"Sou bem menos agressivo do que era. Há uns tempos, eu disse para os caras da banda: 'Ei, gosto dos gritos e tal, mas isso não é tudo o que sou", explicou, antes do festival SWU, em 2010.

Quando voltou com sua banda para shows em uma turnê própria, ele falou com carinho do início da carreira. "Eu me lembro de cair na estrada e tocar de graça. Não esperávamos alcançar o sucesso que alcançamos", disse.

"Foi como um foguete. Tem sido muito empolgante, o fato de que continuamos desafiando a nós mesmos a cada disco, mantendo as coisas 'frescas', fazendo novos fãs – e perdendo fãs. É fantástico fazer parte de algo como o Linkin Park. É uma coisa rara".

Fonte: G1

Curta nossa página no Facebook

Lula diz que Doria ‘não é nada’ e que Bolsonaro ‘não tem chance’

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) disse nesta quinta-feira que o prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), ‘não é nada’ e que precisa começar a trabalhar pela cidade, avaliou que o deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) ‘não tem chance’ para a Presidência da República e indicou que, caso seja impedido de disputar a eleição, o ex-prefeito Fernando Haddad (PT) pode ser um bom nome.

As declarações foram dadas em entrevista transmitida ao programa “Na Sala do Zé”, do canal Ultrajano, do jornalista José Trajano, no Youtube. Também participaram como entrevistadores outros dois jornalistas esportivos, Juca Kfouri e Antero Greco.

“O Doria, por enquanto, não é nada. É só o João Trabalhador [apelido que o tucano usa em suas ações de marketing] que não trabalha”, disse, para acrescentar que ele precisa começar a administrar a cidade de São Paulo.  “Faça o que você dizia que ia fazer, não ficar fazendo discurso.”.

Doria, que disputa com o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, e o senador José Serra a indicação do PSDB para disputar a Presidência da República, tem atacado Lula com frequência em suas entrevistas, discursos e posts que faz nas redes sociais.

Sobre Bolsonaro, outro pré-candidato à Presidência, Lula disse duvidar de sua viabilidade eleitoral. “Eu acho que o Bolsonaro não disputa. E se disputar, não tem chance”, disse. Para ele, “as pessoas têm vergonha de votar numa pessoa tão reacionária”. Segundo a última pesquisa Datafolha, de junho, Bolsonaro é o segundo colocado nas intenções de voto, com 16% – o petista tem 30%.

Frescura
Ainda sobre eleições e uma eventual união dos partidos de esquerda na disputa, Lula criticou o PSOL, legenda que tem muitos ex-petistas em suas fileiras, ao ser questionado por Trajano sobre por que o PT não gosta da legenda.

“É o PSOL que não gosta do PT. A única coisa que eu desejo é que eles ganhem alguma coisa. Quando eles governarem, por exemplo, o estado do Rio de Janeiro, metade da frescura vai acabar”, afirmou Lula. “Não dá para você ficar na areia ensinando como nadar.” E completou: “O problema é que eles se acham mais honesto, mais sabido e mais bonito.”

Questionado sobre quem poderia ser o candidato do PT caso ele seja impedido pela Justiça tentar voltar ao Planalto – foi condenado em primeira instância à prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no processo do tríplex do Guarujá -, ele apontou duas saídas.

Uma envolvendo os governadores petistas – o partido tem quatro: Fernando Pimentel (MG), Tião Viana (AC), Rui Costa (BA)  e Camilo Santana (CE). A outra, sobre a qual discorreu mais, envolve Haddad.

Fonte: Veja

Curta nossa página no Facebook

Crato (CE): Bonequeiras terão peças expostas em Portugal

Das sombras das mangueiras para a Europa. A trajetória do grupo de mulheres artesãs deste Município, no Cariri cearense, evidencia o sucesso de suas criações. Formado há 17 anos, o grupo popularmente conhecido como "Bonequeiras do Pé de Manga", fabrica bonecas de pano, de variados modelos e tamanhos. Essas peças serão expostas, no próximo sábado, dia 22 de julho, na Feira Nacional de Artesanato de Vila do Conde (FNA 2017), que acontece na Região Metropolitana do Porto, em Portugal.

A ideia de confeccionar as bonecas surgiu quando a psicodramatista Elisete Leite Garcia, residente no Estado de São Paulo, pediu que sua prima, Gertrudes Leite de Oliveira, encomendasse dez bonecas para serem destinadas ao Sudeste. Segundo Elisete, por meio das bonecas poderia se reconstruir o mundo adulto da autoestima, valorização da sexualidade, papéis sociais, sonhos, conflitos, bloqueios e saúde, dentre outros.

"Procuramos nas feiras do Crato e foi difícil encontrar alguém que fabricasse, até que localizamos uma única senhora. Só que depois as encomendas da minha prima Elisete cresceram e a demanda já não estava sendo atendida", recorda Gertrudes, que mais tarde fundaria o grupo. "Fui até a comunidade e perguntei quem sabia costurar e quem estaria disposta a confeccionar as bonecas".

Origem
O nome do grupo é didático. As dez artesãs, com idade entre 25 e 70 anos, trabalhavam todos os dias, por cerca de 3 a 4 horas, embaixo de uma grande mangueira, localizada no Bairro São Miguel, na zona urbana do Crato. Daí surgiu o nome "Bonequeiras do Pé de Manga". Hoje, porém, o trabalho é feito individualmente, conta Gertrudes. "Não existe mais o pé de manga", brinca. "Fazemos os trabalhos em casa mesmo e depois juntamos tudo. Quando recebemos alguma grande encomenda, nos reunimos na casa de alguém", diz.

As bonecas de pano são feitas de uma forma simples, em que partes do corpo são confeccionadas em tecido, podendo o enchimento ser feito com diversos materiais, como palha, chumaços de algodão e panos. "A simplicidade tem que estar presente. Há muito tempo, as crianças só tinham esse divertimento e elas eram feitas bem simples, portanto, a gente optou por manter da mesma forma", explica Gertrudes. Cada boneca leva de 1h a 2h para ficar pronta e, por mês, as artesãs confeccionam cerca de 400 unidades. "Quando temos alguma feira ou um grande pedido, esse número pode duplicar", explica a artesã.

Em 17 anos, as artesãs já acumulam 90 personagens que remetem à cultura local. "As mais procuradas são o Bando do Lampião, a Nordestina, a Família, e o Padre Cícero", pontua Gertrudes. O preço varia entre R$ 6 e R$ 13. Tudo que é produzido é comercializado nas feiras livres e eventos culturais na região e exportada para grandes centros, como São Paulo e Belo Horizonte, além de países como Espanha, México, Alemanha, Equador e Venezuela.

A renda líquida com a venda é dividida entre as integrantes do grupo. Apesar do sucesso, Gertrudes conta que ainda não é possível viver exclusivamente do artesanato. "Nos últimos dois anos, a produção cresceu bastante e, consequentemente, a renda também. Se continuar assim, nos próximos anos, algumas artesãs já poderão se dedicar exclusivamente à confecção de bonecas de pano", projeta a cratense. Segundo as "Bonequeiras do Pé de Manga", em quase duas décadas de trabalho, já foram produzidas mais de 18 mil unidades.

"Quando recebemos a notícia de que as bonecas seriam expostas em Portugal, foi uma honra muito grande para todos nós. É muito importante e gratificante para nós levar o artesanato do Cariri para a Europa. Estamos ansiosas, mas bastante felizes", comemora Gertrudes.

Segundo ela, a linha de produção que, apesar de simples, já atende a um "bom padrão de acabamento", vem tendo um cuidado ainda maior. "Todas as bonecas são feitas com muito carinho. Mas essas possuem um peso maior, por isso, as artesãs se dedicam ainda mais", acrescenta. As bonecas a serem expostas na Feira remetem à cultura local. "Terá Lampião, o Sertanejo, Padre Cícero, a Família Nordestina, enfim, aqueles personagens que representam a nossa cultura", finaliza.

Feira de Artesanato
Com o intuito de levar toda a beleza do trabalho feito a mão além-mar, o Ceará participa da FNA 2017, na Região Metropolitana do Porto (Portugal). O Estado representará o Brasil como País convidado da 40ª edição do evento, realizada no período de 22 de julho a 6 de agosto.

O estande "Artesanato do Ceará - Mãos que fazem história" exibirá, em terras lusitanas, o que há de melhor e mais original na produção artesanal cearense. A promoção é do jornal Diário do Nordeste, com realização do Governo do Ceará. A Prefeitura Municipal de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal de Turismo de Fortaleza (Setfor), está apoiando o estande. A primeira-dama do Estado, Onélia Leite de Santana, confirmou presença na solenidade de abertura.

Quem assina a curadoria da exposição é a Central de Artesanato do Ceará (Ceart). Foram selecionados, pela estilista Angélica Freitas, produtos que têm prioritariamente identidade cultural, expressando valores estéticos tradicionais, com qualidade e alto padrão de técnica. Além da mostra, a Ceart levará à Vila do Conde duas artesãs cearenses, Ana Maria Silva (renda de bilros) e Maviniê Mota (areia colorida), que demonstrarão, ao vivo, seus talentos.

O convite da Câmara Municipal de Vila do Conde e da Associação para Defesa do Artesanato e Património de Vila do Conde, promotores da FNA, surgiu após conhecerem o livro "Mãos que fazem história - a obra e a arte de artesãs cearenses" (Editora Verdes Mares, 2012), de Cristina Pioner e Germana Cabral. As jornalistas, ao lado da fotógrafa Marília Camelo, integram a equipe organizadora do estande e lançarão a obra durante o evento.

Mais informações
Feira Nacional de Artesanato de Vila do Conde - Portugal
Data: 22 de julho a 6 de agosto

ANDRÉ COSTA
COLABORADOR

Fonte: Diário do Nordeste

Curta nossa página no Facebook

Addthis