Itapipoca (CE): Hospital do Câncer abre 181 vagas em concurso

Estão abertas as inscrições do concurso público para provimento de 181 vagas imediatas e formação de cadastro reserva destinadas ao Hospital Regional do Câncer. Do total, seis são reservadas a pessoas com deficiência.

Para quem concluiu o ensino fundamental, as chances são para as funções de auxiliar de serviços gerais (20 vagas) e auxiliar de lavanderia (4), cuja remuneração é de R$ 937.

Aqueles que têm o ensino médio estão aptos às carreiras de auxiliar administrativo (4), auxiliar de manutenção (2), auxiliar de costureira (1), auxiliar de cozinha (6), copeiro (2), maqueiro (5) e recepcionista (9). Os salários variam de R$ 937 a R$ 950.

Curso técnico é requisito para os cargos de técnico em enfermagem (78) e técnico em farmácia (4), ambos com ganhos de R$ 1.023, além de técnico em segurança do trabalho (1), com inicial de R$ 1.348.

Profissionais que têm o nível superior podem se inscrever para os postos de tecnólogo em radiologia (2), enfermeiro (12), enfermeiro bloco cirúrgico (4), enfermeiro oncologia (1), enfermeiro pronto atendimento (5), enfermeiro terapia intensiva (6), farmacêutico (2), farmacêutico oncologia (1), fisioterapeuta (3), fisioterapeuta terapia intensiva (4), médico diarista (2), médico terapia intensiva adulto (1) e nutricionista (2). Os vencimentos partem de R$ 1.569 e chegam a R$ 6.746,40.

As inscrições devem ser realizadas pelo site do Pró-Município (www.promunicipio.com) até o prazo limite de 5 de maio.

As taxas custam R$ 40 para ensino fundamental, R$ 60 para nível médio/técnico e R$ 120 para formação superior.

A prova objetiva será aplicada nas cidades de Fortaleza e Itapipoca no dia 21 de maio.

Fonte: Diário do Nordeste

Curta nossa página no Facebook



Crato será contemplado com Areninha

Foto meramente ilustrativa
A cidade do Crato será contemplada com um dos Centros do Esportes para Futebol, as conhecidas Areninhas. A seleção das cidades levou em conta critérios como maior número de jovens em zona urbana de 15 a 29 anos, cidades de médio e grande porte.

O Projeto é do Governo do Estado e será realizado com a contrapartida do Crato. (doação do terreno e 20 % da obra que está orçada em 1,7 milhão).

Na concepção do Prefeito Zé Ailton, o local mais adequado para a construção da Areninha seria o bairro Seminário. Nesse contexto o chefe do executivo cratense desapropriou o imóvel do Sport Clube do Crato, localizado na Rua Mário Teixeira Mendes com Rua Manoel Almino de Lima, no referido bairro.

A localização, conta com área total de 7.980,00m² (sete mil, novecentos e oitenta metros quadrados). Essa ação foi feita por meio do Decreto de número Nº 1104002/2017, publicado na última quarta-feira (12), no diário oficial do município.

Areninhas são equipamentos municipais para o uso de toda a população, campos de futebol, estilo society com gramado sintético, bancos de reserva, arquibancadas, redes de proteção, alambrados, vestiários, iluminação, paisagismo, pavimentação, sala de administração e depósito para materiais esportivos.

Com informações da PMC

Curta nossa página no Facebook



IBGE amplia número de vagas; Ceará conta agora com 54 ofertas

Uma retificação do concurso do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) fez algumas alterações no edital e uma delas se refere ao número de vagas. O órgão resolveu incluir uma oportunidade para a carreira de agente censitário regional na cidade de Araçuí (MG) e agora a seleção contempla 1.039 ofertas.

Este primeiro edital oficializou a abertura de 1.039 vagas, mas vale lembrar que as outras quase 25 mil oportunidades sairão em um segundo edital, programado para o dia 24 de abril.

Dos 1.039 postos deste primeiro edital, 868 são destinadas às funções de ensino médio e 171 para nível superior. A contratação será temporária, para atuação no Censo Agro 2017.

Distribuição
A lotação ocorrerá nos Estados do Acre (15 vagas), Alagoas (23), Amazonas (29), Amapá (6), Bahia (105), Ceará (54), Distrito Federal (8), Espírito Santo (22), Goiás (38), Maranhão (46), Minas Gerais (65), Mato Grosso do Sul (25), Mato Grosso (34), Pará (39), Paraíba, (32), Pernambuco (46), Piauí (41), Paraná (61), Rio de Janeiro (103), Rio Grande do Norte (24), Roraima (19), Rondônia (11), Rio Grande do Sul (60), Santa Catarina (37), Sergipe (16), São Paulo (54) e Tocantins (25).

Oportunidades
Para ensino médio, as chances são para os cargos de agente censitário administrativo (344 vagas), agente censitário regional (350) e agente censitário de informática (174), cujos salários iniciais são de R$ 1.500, R$ 2.500 e R$ 1.700, respectivamente.

Aqueles que têm formação superior estão aptos à carreira de analista censitário nas especialidades de agronomia (27), análise de sistemas/desenvolvimento de aplicações (8), análise de sistemas/desenvolvimento de aplicações web mobile (4), análise de sistemas/suporte à comunicação e rede (2), análise de sistemas/suporte à produção (4), análise de sistemas/suporte operacional e de tecnologia (2), análise socioeconômica (8), biblioteconomia e documentação (2), ciências contábeis (5), geoprocessamento (7), gestão e infraestrutura (63), jornalismo (12), logística (2), métodos quantitativos (6), produção gráfica/editorial (2), programação visual/web design (12) e recursos humanos (5). A remuneração para analista é de R$ 4.000.

Além dos vencimentos, como benefícios, o IBGE ainda oferece auxílio-alimentação e auxílio-transporte.

Segundo o edital do concurso, a previsão de duração do contrato é de até 13 meses para a função de analista censitário; 10 meses para agente censitário administrativo; nove meses para agente censitário regional e sete meses para agente censitário de informática.

No Ceará
No Estado, há ofertas para os cargos de agente censitário administrativo (22 vagas), agente censitário regional (19), agente censitário de informática (8) e analista censitário nas especialidades de agronomia (1), gestão e infraestrutura (1) e jornalismo (1). A maioria das oportunidades são para Fortaleza, mas há também chances nas cidades de agente censitário nos municípios de Acaraú, Aquiraz, Aracati, Camocim, Caucaia, Maranguape, São Gonçalo do Amarante, entre outros.

Inscrições e seleção
A participação deverá ser garantida até o dia 9 de maio. A ficha de cadastro está disponível no site da Fundação Getúlio Vargas (www.fgv.br/fgvprojetos/concursos/ibge-pss).

Os valores da taxa de inscrição oscilam entre R$ 27 e R$ 78 e poderão ser efetuados até o dia 26 de maio.

A avaliação objetiva com 50 questões será aplicada no dia 2 de julho, das 13h às 17h. Com a publicação do segundo edital do IBGE, prevista para 24 de abril, o concurso somará, ao todo, 26.010 oportunidades.

Fonte: Diário do Nordeste

Curta nossa página no Facebook



Senado aprova PLS sobre limite de internet; você poderá pagar mais na conta

"Apesar da boa intenção da proposta, que ressalta o acesso à internet como meio de exercício da cidadania, caso seja mantido sem alterações, o texto aprovado do projeto não traz outras limitações às operadoras, que poderão subir os preços praticados aos consumidores nos serviços de banda larga fixa", disse o advogado Viktor Ruppini, sócio do escritório Roberto Caldas, Mauro Menezes & Advogados. "Atualmente, o formato da proposta estabelece apenas a proibição às operadoras em estabelecer limites para o uso da banda larga fixa. De acordo com o texto, as empresas poderiam continuar a estabelecer limites de franquia nos casos de banda larga móvel (como as tecnologias 3G e 4G) sem qualquer alteração".

A proposta, que foi apresentada pelo senador Ricardo Ferraço (PSDB-ES), não trata sobre a banda larga móvel, não comenta sobre restrições e não determina políticas referentes ao controle de preços — e também não fala nada sobre a qualidade dos serviços prestados hoje e futuramente.

"Assim, caso a proposta atual seja aprovada sem modificações, é possível que as empresas prestadoras de banda larga fixa subam os preços sob a justificativa de que estariam em desvantagem competitiva em relação às prestadoras de serviço móvel, resultando em mais prejuízos ao consumidor brasileiro, que deverá pagar ainda mais por um serviço aquém da qualidade esperada", finaliza Ruppini. Ameaça: Anonymous promete guerra se limite de internet for aprovado por operadoras

Essa proposta, que já foi aprovada pelo Senado, agora vai para a Câmara dos Deputados, que poderá propor alterações complementares.

Fonte: Tecmundo

Curta nossa página no Facebook



Ansiedade: conheça os principais sintomas da doença

Ficar apreensivo em situações que causam grande expectativa, como entrevistas de emprego, viagens e cirurgias, por exemplo, é normal. Mas isso não deve ser confundido com o transtorno de ansiedade generalizada (TAG), um distúrbio mental que se manifesta de forma excessiva, persistente e de difícil controle. Ele pode afetar pessoas de todas as idades, mas, em geral, as mulheres são mais vulneráveis. Se você sofre de dores de cabeça e musculares, pressão alta, perturbação do sono, irritabilidade e agitação constante, sem nenhum sinal de doença física, é melhor ficar atento.

O distúrbio é caracterizado pela preocupação excessiva sobre coisas que normalmente não impactam as pessoas. O sentimento de agitação e preocupação sem motivo aparente pode surgir ao fazer compras, comer em um restaurante ou em simples afazeres domésticos. A situação pode piorar com a dificuldade de concentração e ataques de pânico.

Sintomas e tratamento
Os problemas podem parecer pequenos para outras pessoas, mas não para quem sofre do transtorno. O distúrbio, por impactar a esfera emocional, pode ser muito difícil de ser controlado sem ajuda de um profissional. Pessoas que sofrem de ansiedade costumam se sentir nervosas, tensas e preocupadas com coisas que, antes, não pareciam tão graves ou com motivos considerados banais pelas outras. A pessoa pode ter eventuais ataques de pânico e estar sempre à espera de acontecimentos ruins, sem razão óbvia, ou considerar apenas os aspectos negativos de cada circunstância.

Em alguns casos, o pensamento pode pairar sobre algum assunto em particular, sem a pessoa conseguir tirá-lo da mente. Para um ansioso, o mundo pode parecer não acompanhar seu ritmo. Na vida social, pode parecer que todos estão olhando e julgando, mas conversar sobre o problema pode ser extremamente difícil.

Já no corpo, é comum sentir coceiras e picadas na pele, principalmente nos membros e na cabeça, suor e ondas de calor, assim como tontura, alterações no batimento cardíaco, aumento da pressão arterial, tensão nos músculos e aumento da necessidade de ir ao banheiro. Sentir-se doente sem perceber sintomas, incapaz de relaxar ou dormir com tranquilidade e de se concentrar também são alguns dos sinais da ansiedade generalizada.

Dependendo do caso, o tratamento do distúrbio consiste na combinação de medicamentos ansiolíticos ou antidepressivos, indicados por um profissional, e de psicoterapia.

Fonte: Veja.com

Curta nossa página no Facebook



Imposto de Renda 2017: Tire dúvidas e evite erros na reta final da declaração

Faltando menos de duas semanas para o fim do prazo de envio da Declaração de Imposto de Renda Pessoa Física 2017, pouco mais de 248 mil declarações foram entregues no Ceará, o que corresponde a 39% do total esperado pela Receita Federal no Estado até o dia 28 de abril (625 mil). Assim, 61% ainda não prestaram contas com o Leão. Os números são semelhantes aos de 2016, quando cerca 60% dos contribuintes deixaram para fazer a entrega de última hora.

Até às 15 horas da quinta-feira (13), a Receita havia recebido 248.827 declarações no Estado, aproximadamente 2% a mais do número recebido na mesma data do ano passado. Em todo o País, foram realizados 11,077 milhões de envios.

Apesar do pouco tempo, o superintendente da Receita Federal na 3ª Região Fiscal, que inclui Ceará, Piauí e Maranhão, João Batista Barros, diz que como o programa gerador da declaração (PGD IRPF/2017) está mais amigável neste ano, ainda é possível realizar o envio dentro do prazo com certa tranquilidade.

"Diferente dos anos anteriores, hoje um só programa permite fazer a confecção e a transmissão da declaração, o que facilita muito para o contribuinte", ele diz. "Ainda assim, a gente recomenda que se faça a declaração o mais rápido possível, para dar tempo de revisar, evitar multa e, além disso, quanto mais cedo entregar, mais rápido ele recebe a restituição", acrescenta.

A multa mínima para o contribuinte que não entregar a declaração até o dia 28 é de R$ 165,74 e a máxima é de 20% do imposto devido. Barros diz que, pelo histórico dos anos anteriores, a expectativa é de que cerca de 20 mil declarações sejam entregues com atraso no Ceará. "Nós gostaríamos que todos fizessem a entrega em dia, mas o que a gente vem percebendo é que o número de entregas é crescente", disse. Em 2016, foram 625.110 declarações entregues no prazo.

Malha fina
Entre os principais erros que mais levam os contribuintes a cair na malha fina, Barros destaca dois: ausência de fonte pagadora e deduções incorretas.

"É muito comum as pessoas deixarem de colocar alguma fonte, principalmente os profissionais liberais", ele diz. "Quanto às deduções, o principal problema ocorre com as despesas médicas. Muitas pessoas incluem despesas que não se enquadram nas despesas médicas ou informam um valor superior ao que conseguem comprovar. Em geral, esses são os casos que mais levam as pessoas a cair na malha fina".

Dependentes
Com menor frequência, há casos de erro relacionados ao número de dependentes. "Às vezes as pessoas colocam como dependente, um neto sem ter a guarda judicial ou mesmo o pagamento de uma pensão sem que haja acordo em cartório", diz o superintendente da Receita Federal.

Já entre as mudanças na declaração deste ano está a exigência de que os contribuintes incluam o Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) dos dependentes a partir de 12 anos. Até o ano passado, a obrigatoriedade de CPF era para dependentes a partir de 14 anos de idade.

2016
No ano passado, 17.434 declarações caíram na malha fina no Ceará. Esse número é equivalente a 2,78% do total. De acordo com a Receita, as retenções foram causadas por inconsistências das informações dadas pelos contribuintes. Deste total, 12.390 (71%) tiveram como resultado "imposto a restituir", tendo sido bloqueada a restituição por pendências no processamento. Em todo o Brasil, foram 771.801 declarações retidas em 2016, ou 2,61% dos 29,542 milhões declarantes brasileiros.


BRUNO CABRAL
REPÓRTER

Fonte: Diário do Nordeste

Curta nossa página no Facebook



9 histórias que mostram como é fácil fazer o bem

Acreditamos que as boas ações não requerem grandes gastos nem esforços sacrificantes. Fazer o bem é muito mais fácil do que pode parecer. As histórias que você verá a seguir são ótimas provas disso. Mas cuidado! Depois de ler este post, é possível que surja em você um filantropo com a necessidade de fazer o bem sem olhar a quem.
  • Minha amiga foi com o filho ao cinema. No caminho, o pequeno pegou todos os panfletos publicitários entregues por umas jovens na região. Ele fez questão de pegar panfletos de cada uma delas, como se fosse algo muito importante. Minha amiga perguntou: “Filho, para que você precisa destes panfletos? O que vai fazer com elas?“. E o menino respondeu? ”Não vou fazer nada, mão. Mas essas garotas estão sempre com uma cara tão triste... ninguém aceita os folhetos que elas entregam. Assim, eu as deixo UM POUCO MAIS FELIZES".
  • Eu tinha 18 anos. Era inverno. À noite. A rua estava escura. Tinha pressa para voltar para casa, então me aproximei de um táxi que estava estacionado. Quando sentei no banco do carona, dois jovens rapazes entraram na parte de trás do carro. Eles perguntaram aonde eu ia, e eu respondi. Disseram que iam para o mesmo destino. Eu estava com pouco dinheiro, e fiquei feliz por poder dividir os custos da corrida. Quando chegamos, eu quis descer, e os garotos também. De repente, o motorista do táxi segurou minha mão. Os meninos desceram do carro e o veículo começou a se movimentar. Me assustei. Mas demos uma volta e paramos no mesmo lugar. O motorista percebeu que um deles havia esquecido a carteira e decidira encontra-los. Como eles já haviam sumido, deu a mim a carteira. Pelos documentos, consegui localizar o dono da carteira. Ele me agradeceu, lembrando que, nela, havia alguns de seus bens mais preciosos: uma foto da esposa e da filha, que moravam em outro país.
  • Todos os dias, pela manhã, vou ao trabalho e vou até uma lanchonete próxima para comprar um café. Recentemente, passei a fazer um novo caminho e comecei a me encontrar com um idoso cheio de medalhas e condecorações de guerra, tocando sanfona e cantando músicas de batalhas. Agora eu não tomo mais café pela manhã. Em vez disso, dou o dinheiro àquele senhor, que, em troca, me dá uma balinha de sua sacola de guloseimas. Há poucos dias, quando me aproximei, ele parou de tocar, colocou uma balinha em minha mão e disse: “Esta bala é mágica. Pense bem no desejo que irá fazer“. Fiz o pedido. Agora estou esperando. Sei que vai virar realidade.
  • Eu estava num táxi já tarde da noite. De repente, em plena rodovia, o motorista parou e desceu do carro. Me assustei um pouco, mas vi dois ouriços parados diante do carro. O taxista saiu do carro para tirá-los da estrada! Aquilo derreteu meu coração.
  • Adoro quando as pessoas trabalham com prazer, independentemente da atividade realizada. Às vezes, quando faz frio e é ruim estar ao ar livre, se aproxime de algum lugar que venda café. Ali, a funcionária sorri sinceramente, polvilhando seu café com um monte de chocolate ralado, e diz: ”Tenha cuidado, está quente! Tenha um bom dia“. Ou quando você compra água numa loja de conveniência de um posto de gasolina e o homem do caixa grita a um frentista: “Vem aqui! Ajude esta moça a levar essas garrafas pesadas até o carro”. E o frentista chega com um sorriso, ajudando com as compras e fazendo votos de que você chegue bem ao seu destino. São coisas que cativam o coração.
  • Eu entrei numa loja para comprar alguns pães. Enquanto esperava na fila, entrou um jovem com o nariz machucado e sangrando, pedindo ajuda. Ele tinha sido atacado por várias pessoas, que levaram seu telefone celular e o agrediram fisicamente. Então, o rapaz se escondeu na loja. Eu fiquei surpreso com a reação dos funcionários: imediatamente, todos os homens saíram da parte reservada ao estoque e abandonaram seus postos de trabalho, reunindo-se na entrada. Os seguranças também ficaram à porta. As mulheres chamaram a polícia e ajudaram o jovem a limpar o rosto. Deram água e um celular para que ligasse para os pais. Vários clientes se ofereceram como testemunha.
  • Há alguns dias, eu estava num ônibus. Entrou um rapaz de uns 20, 25 anos. Ele sentou e começou a desenrolar o fio dos fones de ouvido, usando o braço que estava engessado. Ele tentou realizar a tarefa no tempo transcorrido entre um ponto e outro, sem sucesso. Quando faltavam 2 minutos para chegar ao meu destino, o ônibus parou num semáforo vermelho. Eu me aproximei do jovem e desenrolei o fio. Enquanto desenrolava, o rapaz sorria para mim. Quando desci do ônibus, minhas pernas estavam trêmulas. Era a primeira vez na vida em que eu me atrevia a ajudar um desconhecido.
  • Outro dia, eu estava num ônibus e percebi que uma senhora idosa não se sentia bem, estava escorregando e quase caindo do assento. Os passageiros começaram a perguntar o que estava acontecendo, mas a senhora não conseguia pronunciar uma palavra sequer. Todo mundo desceu do ônibus, e eu e o motorista decidimos levar a idosa até o hospital. Comecei a verificar os números de telefone de seus parentes, e ela disse que morava apenas com o marido, e que ele tinha sofrido um acidente vascular cerebral recentemente. Enquanto estávamos a caminho, eu a segurava, para que ela não caísse, e a pobre mulher segurava a bolsa com todas as suas forças. Chegando ao hospital, os médicos disseram que ela também sofrera um acidente vascular cerebral, justamente quando estava no ônibus. Segundo eles, eu e o motorista salvamos aquela vida.
  • Em uma ocasião, eu salvei duas vidas. Estava indo à aula bem cedinho, olhando pela janela do ônibus, num país da Europa. Na rua, fazia 1ºC. À noite, as temperaturas chegavam a −9ºC. No meio de um lago congelado, dois homens se preparavam para pescar. Eu, sabendo das variações de temperatura, imaginei que o lago poderia descongelar no decorrer do dia. Liguei para um amigo que trabalhava no serviço de resgate e pedi que ele enviasse uma unidade até aquele local. Na manhã seguinte, uma garota de 14 anos e sua mãe estavam em minha porta, agradecendo por eu ter salvo as vidas do pai e do irmão. A equipe de resgate chegou no exato momento em que os dois começavam a afundar no gelo.

Fonte: Incrível

Curta nossa página no Facebook



Ceará ainda tem 42 açudes no volume morto e 18 secos

O Vieirão, em Boa Viagem, é um dos açudes que
permanecem secos (Foto: Honório Barbosa) 
No Ceará, 42 açudes permanecem em volume morto, na atual quadra chuvosa. É o nível mais profundo de suas reservas, antes de secarem. Esses reservatórios continuam sendo usados para o abastecimento de centros urbanos, com reforço de água oriunda de poços profundos, poços amazonas (cacimbões), adutoras e de carros-pipa. Outros 18 estão secos. Os dados são do Portal Hidrológico da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh).

De acordo com a Cogerh, a categoria volume morto leva em consideração que os açudes acumulam um pouco de água e que essa reserva varia segundo a dimensão da barragem, cuja cota está inferior à tomada de água. O Jaburu II, em Independência, tem apenas 0,3% e o Jenipapeiro II, em Baixio, 0,11%. Ambos estão configurados com volume morto, ao lado do Santa Maria do Aracatiaçu, em Sobral, que tem 14,70%.

Distribuição
O fornecimento da água bruta é feito pela Cogerh, mas a água tratada que chega às torneiras das casas é de responsabilidade da Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) e do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE). Essas duas empresas enfrentam dificuldades para manter o abastecimento de dezenas de cidades de forma regular e com um mínimo de qualidade desde o início do atual ciclo de perda de volume nos açudes a partir de 2012.

Já são seis anos seguidos de perda de reservas de água nos reservatórios. "A situação não está fácil", disse o chefe do escritório da Cagece, em Ipaumirim, Natan Dantas.

O Açude Jenipapeiro II foi construído para abastecer três cidades: Baixio, Ipaumirim e Umari. "No reservatório, não houve recarga, mas o nível dos poços melhorou com as chuvas", observou Dantas. "Com dificuldades a gente fornece água, mas com a ajuda dos poços".

O Açude Patu, em Senador Pompeu, acumula apenas 2,2%. Apesar do reduzido volume, há previsão de que o abastecimento poderá ser feito até setembro próximo. "O inverno ainda não terminou e a gente espera que ocorra um aporte", disse o chefe do escritório da Cagece, Douglas Nobre. "Um poço foi perfurado e a gente injeta água no sistema de tratamento e distribuição".

A cidade de Piquet Carneiro enfrenta cada vez mais dificuldades para o abastecimento da população local. O Açude São José II acumula apenas 0,03%. "A água não serve mais para beber", observa a chefe do escritório local da Cagece, Neila Almeida. "Temos três poços profundos e dois cacimbões e água do açude é um reforço no período da noite", explicou. "Temos mais dois poços para ser instalados pela Coelce".

De acordo com Neila Almeida, os poços não atendem à demanda com regularidade. "Alguns são ruins de água e isso nos dá dor de cabeça", frisou. "O açude não pegou água e estamos com racionamento". Mediante o quadro de crise, ela espera que a população colabore, reduzindo o consumo. O fornecimento de água ocorre somente por algumas horas e o quadro tende a piorar no segundo semestre.


Preocupante
Em Novo Oriente, na região dos Sertões de Crateús, o Açude Flor do Campo armazena apenas 1,8% de sua capacidade. Apesar do reduzido volume, estimativa da Cogerh aponta que é um volume suficiente para atender a demanda até a próxima quadra chuvosa, em 2018.

"A gente depende do Rio Poti e do Açude Colina para que a água chegue ao Flor do Campo", explicou o radialista Assis Araújo. "Aqui a situação é de apreensão com o fim do inverno e a falta de recarga".

Localizado em Quiterianópolis, o Açude Flor do Campo está com 57% de sua capacidade, mas não há expectativa de sangria. O reservatório assegura o abastecimento da cidade. No passado, parte de sua reserva já foi usada para atender a demanda da cidade de Tauá, a maior da região dos Inhamuns.

Boas chuvas ocorridas na região deram um alívio à crise de abastecimento da cidade de Independência, nos Sertões de Crateús. O Açude Jaburu II continua seco, mas o Açude Cupim recebeu uma recarga e está com 23% de sua capacidade. "O Jaburu não abastece mais e estamos captando água do Cupim, mais antigo e próximo à cidade", explicou a chefe do escritório da Cagece, Vilene Araújo. "Se não fosse essa recarga a gente já estaria em colapso". Outro reservatório, o Barra Velha, também permanece seco e os poços profundos perfurados somente atendem 30% da demanda local. Outras cidades, como Tauá, Quixeramobim, Acopiara, Arneiroz, Crateús e Nova Russas dependem de abastecimento por meio de adutoras.

Contingência
A Cagece informou, por meio de nota, que, atualmente, 18 cidades encontram-se em situação de contingência. Nesses locais, a Companhia realiza ações com objetivo de preservar ao máximo os mananciais, dentre elas: o rodízio de abastecimento, a disponibilização de carros-pipas e a busca por novas fontes de captação (como perfuração de poços tubulares e construção de Adutoras de Montagem Rápida (AMRs).

Os municípios em contingência são: Apuiarés, Araripe, Baixio, Boa Viagem, Campos Sales, Catarina, Deputado Irapuan Pinheiro, Granjeiro, Ipaumirim, Iracema, Mombaça, Mulungu, Pedra Branca, Pereiro, Piquet Carneiro, Potiretama, Salitre e Umari.

Na cidade de Umari, a dona de casa Marlene Figueiredo disse que acorda cedo todos os dias para encher baldes porque a água que chega às torneiras tem pouca força. "A gente tem que se levantar pela madrugada", contou. "É o jeito para conseguir água para a necessidade diária". O mesmo ocorre na cidade de Deputado Irapuan Pinheiro. O Açude Jenipapeiro está no volume morto e a cidade vive medida de contingenciamento. O comerciário Luís Gomes disse que há água somente em algumas horas, em dias alternados. "Aqui, a dificuldade está cada vez maior".

Em Piquet Carneiro, os moradores também enfrentam dificuldades no abastecimento. A água que chega às torneiras é imprestável para beber e para cozinhar. "O jeito é comprar", diz a dona de casa, Zilda Costa. Duas fontes locais engarrafam água de maneira informal e vendem para os moradores. "Até agora, não há queixa dos moradores", frisou Neila Almeida, do escritório local da Cagece.

Na cidade de Catarina, a escassez de água traz transtornos para os moradores, que precisam comprar de carros-pipa, de melhor qualidade. O Açude Rivaldo de Carvalho está praticamente seco. As famílias passaram a armazenar água em tambores, tonéis e cisternas. Resultado: sem controle, aumentaram os criadouros do mosquito Aedes aegypti, e o Município enfrenta agora uma epidemia de dengue e chikungunya.

HONÓRIO BARBOSA
COLABORADOR

Fonte: Diário do Nordeste

Curta nossa página no Facebook



Você adora salsichas? Depois de ver isto você nunca mais vai querer comê-las

Normalmente, na produção da carne, ainda sobra uma boa quantidade de cartilagem, gordura e miudezas depois de remover bifes, costeletas, peitos, costelas, coxas, pernas e lombos.

Há muito tempo, percebeu-se que isso poderia ser bem utilizado em outros produtos, e um deles é a salsicha – um clássico entre as carnes pré-cozidas e processadas. Eis como ela é feita.

Aparas
O NHDSC, conselho nacional de salsichas e linguiças dos EUA, diz que as salsichas – quer sejam de carne suína, bovina ou de peru – começam com “aparas”. A palavra é propositadamente vaga, porque essas aparas podem ser de tudo.

De acordo com a FAO (Organização para a Alimentação e Agricultura), das Nações Unidas: “os materiais de carne crua usados para produtos pré-cozidos são aparas musculares de baixa qualidade, tecidos gordurosos, carne da cabeça, patas de animais, pele animal, sangue, fígado e outros subprodutos comestíveis do abate”.

Hum, que delícia!

Pré-cozimento
Por causa do processo de abate, as sobras usadas em salsichas muitas vezes têm uma boa quantidade de bactérias. O pré-cozimento ajuda a eliminá-las, e tem a vantagem de ajudar a separar os músculos, gordura e tecidos conjuntivos dos ossos da cabeça e das patas. Isso também facilita o manuseio desses subprodutos.

Devido aos diferentes tamanhos e tipos de carcaças, existem diferentes tempos de pré-cozimento para diferentes animais e partes. Tipicamente, isso é feito em temperaturas entre 65ºC e 90ºC.


Produção
Assim como outros produtos – mortadela, salsicha de fígado – a salsicha de cachorro-quente é criada através da “emulsão de carne”. (A FAO diz que “massa de carne” é um termo mais apropriado.)

Salsichas de mais qualidade são feitas de carne de primeira, sem produtos químicos. Isso inclui, por exemplo, salsichas kosher e todas as salsichas de carne vermelha feitas sem enchimentos e sem cores ou sabores artificiais. Enquanto isso, salsichas mais baratas recebem produtos químicos, gorduras e espessantes.

Para a maioria das salsichas, o processo de produção é simples. Primeiro, aparas de carne bovina ou suína são moídas em uma máquina e extraídas por um equipamento que parece uma peneira de metal, até parecer hambúrguer de carne moída. Nesse momento, são acrescentadas as aparas moídas de galinha (se houver), e a mistura é combinada (ou emulsificada) até virar uma massa de carne.

Agora adiciona-se sal, especiarias e amido, junto a um pouco de água e xarope de milho ou outro adoçante. No final do processo, coloca-se mais água para levar a massa à consistência adequada – ninguém quer uma salsicha seca.

A massa “vira purê novamente [e] o excesso de ar é sugado para fora“. A seguir, a carne emulsificada é bombeada para os invólucros da salsicha, normalmente feitos de celulose. As cadeias de salsichas são penduradas em prateleiras e totalmente cozidas em um defumador. Às vezes, acrescenta-se fumaça de madeira de lei, para dar um sabor defumado de churrasco ou bacon. Depois, as salsichas são lavadas em água fria e salgada. Então, se forem usados invólucros de celulose, elas passam por um descascador para removê-los.

Algumas salsichas usam tripas naturais como invólucros – são o intestino limpo e processado de um animal. Nesse caso, o invólucro não é retirado.

Por fim, as salsichas são inspecionadas manualmente, e apenas as carnes entubadas que não tiverem defeitos são encaminhadas para mais uma máquina, onde são agrupadas para o empacotamento.

Fatos bônus
  • O recorde do consumo de cachorro-quente pertence a Joey Chestnut, que enfiou 69 salsichas no bucho em dez minutos, em 4 de julho de 2013. Para treinar para o evento, Joey jejuou por três dias e deu grandes goles de água para treinar os músculos do esôfago;
  • Uma salsicha tem, em média, 567 mg de sódio – a dose diária recomendada é entre 1.500 e 2.300 mg. Por outro lado, a salsicha típica tem cálcio (51 mg), potássio (79 mg), magnésio (8 mg) e ácido fólico (3 ug), bem como traços de ferro, zinco e das vitaminas B1, B2, B3, B6, B12 e E;
  • A Sociedade Americana do Câncer nota que “o alto consumo de carnes processadas, como salsichas, [está] associado ao aumento do risco de câncer no cólon”, e menciona um estudo preocupante da Associação Americana de Medicina: pessoas que comeram carne processada regularmente por dez anos tiveram um aumento de 50% nas ocorrências de câncer no baixo cólon e no reto;
  • A cada ano, cerca de US$ 1,7 bilhão é gasto em salsichas só nos EUA.

Fonte: Gizmodo

Curta nossa página no Facebook



Barbalha recebe o espetáculo "Paixão de Cristo"

O espetáculo ocorre a céu aberto e de forma totalmente
gratuita (Foto: Phelipe Lima)
A comunidade do sítio Brejinho, em Barbalha, recebe nesta semana uma programação especial voltada para o período da semana santa. Realizado pelo grupo de teatro Louco em Cena e o grupo Instrumento do Senhor, a comunidade é contemplada com oficinas de teatro e apresentações voltadas para a temática da vida, morte e paixão de Jesus Cristo.

A equipe de atores e produção do espetáculo conta com a participação de moradores locais das mais diversas faixas etárias e profissões, desde agricultores e pedreiros até estudantes. O espetáculo ocorre a céu aberto e de forma totalmente gratuita.

Há seis anos o Instituto Corrupio movimenta a comunidade no período de Páscoa, com o intuito de promover a cultura e fomentar o lazer na zona rural, muitas vezes esquecida pelas políticas públicas e pelas agendas de entretenimento local.

O projeto “Paixão de Cristo 2017” foi contemplado no XIII Edital Ceará da Paixão, onde as apresentações tem apoio total da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará.

Serviço:
Promoção:​ Instituto Corrupio
Data: ​14 e 15 de Abril às 20h
Local:​ Sítio Brejinho (Rodovia que liga Barbalha - Missão Velha)

Curta nossa página no Facebook



Enel dará desconto de até R$ 150 na conta de energia

A Enel Distribuição Ceará lançou ontem um Clube de Vantagens, por meio do qual o cliente poderá conseguir desconto de até R$ 150 na conta de energia elétrica. Podem participar da iniciativa todos os consumidores de baixa tensão (residenciais ou com pequenos negócios) que não estão inadimplentes com a Enel, o que representa a maioria dos 3,8 milhões de clientes da concessionária no Estado.

"Nosso objetivo é, primeiramente, conhecer melhor o nosso cliente, ter mais uma proximidade com ele, e, além disso, oferecer uma comodidade, mais uma opção para de abatimento para os valores da sua conta de energia", destacou o responsável de serviços ao cliente da Enel Distribuição Ceará, Ranier Lima.

Como participar
Para ter chances de conseguir os créditos de energia, é preciso se cadastrar no Clube de Vantagens com o CPF e o número do cliente. Após essa etapa, o consumidor poderá acumular pontos de acordo com as compras que realizar nos sites de lojas parceiras da iniciativa. Cada um dos parceiros tem um critério próprio de conversão do dinheiro gasto nas compras em pontos. "Tem parceiro que dá três pontos a cada real e tem o inverso também", explica Lima. Com o Clube de Vantagens, os clientes poderão ter R$10, R$50, R$100 ou R$ 150 de desconto na conta de luz. Para conseguir os descontos, são necessário acumular 1.333, 6.700, 13.400 e 20.000 pontos, respectivamente.

Quando o consumidor atingir a pontuação para o abatimento desejado, ele poderá fazer a troca do valor pelo crédito na conta de energia no próprio site do Clube. O abatimento escolhido virá descontado no valor da fatura do mês seguinte.

Validade
A validade dos pontos é de doze meses, a contar da data da aquisição. Os clientes também poderão trocá-los por produtos e serviços dos estabelecimentos credenciados no Clube de Vantagens, incluindo ingressos de cinema, créditos em combustível Shell ou pontos Multiplus e Smiles.

Clube de vantagens
Para conferir mais detalhes sobre a iniciativa e se cadastrar, acesse o site: http://bit.Ly/clubedevantagensenel

Fonte: Diário do Nordeste

Curta nossa página no Facebook



Itália aprova criação de 'Bolsa Família' de até 480 euros mensais

O Senado da Itália aprovou um projeto de lei que prevê a concessão de um benefício assistencial que varia entre € 400 e 480 (entre R$ 1.340 e R$ 1.600) mensais a famílias de baixa renda, em um modelo parecido com o do programa Bolsa Família no Brasil. Cerca de 400 mil famílias poderão ser beneficiadas.

Para receber o benefício, os italianos terão que cumprir uma série de requisitos, como comprovação de baixa renda e ser uma família com ao menos um filho menor de idade.

O texto foi aprovado com 138 votos a favor, 71 contrários e 21 abstenções e já tinha recebido o aval da Câmara dos Deputados em julho do ano passado.

"Foi aprovada a lei da #pobreza. É mais um passo para ajudar as famílias em dificuldades. O compromisso social é uma prioridade para o governo", disse, pelo Twitter, o primeiro-ministro da Itália, Paolo Gentilioni.

De acordo com o ministro do Trabalho da Itália, Giuliano Poletti, foram destinados € 2 bilhões (sendo € 1,6 bilhão dos cofres italianos, e o restante de recursos europeus) para o projeto em 2017, e a mesma quantia para 2018.

Fonte: Opera Mundi (Com Ansa)

Curta nossa página no Facebook



Chove com boa intensidade no Cariri pelo segundo dia consecutivo

Choveu em mais de 15 municípios do Cariri nesta quinta-feira (13) e pelo segundo dia consecutivo, de acordo com dados da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme). A maioria dos índices ultrapassou a marca dos 20 milímetros, volume considerado satisfatório pelo órgão.

A cidade de Aurora, com 46 mm, obteve o maior volume na região nas últimas 24 horas. Em seguida, aparecem Crato (39.2 mm), Juazeiro do Norte (30 mm), Missão Velha (25 mm) e Barro (24 mm). Em Barbalha choveu 21.5 milímetros. O menor volume foi apontado em Jati, com apenas 1.4 mm.


A média observada entre as 7 horas de ontem e 7 horas desta quarta-feira para o Cariri foi de 11 milímetros, ficando a frente apenas das médias do Maciço do Baturité (9.9 mm), Litoral Norte (8.1 mm) e Sertão Central (5.7 mm). Em contrapartida, a maior média do Estado para as últimas horas foi no Litoral de Fortaleza (29 mm).

Em todo o Estado, a Funceme registrou chuva em mais de 100 cidades. Os maiores volumes pluviométricos ocorreram em Itapipoca (75.2 mm), São Gonçalo do Amarante (72.4 mm), Tabuleiro do Norte (69 mm), Boa Viagem (65 mm) e Ubajara (62 mm).

A previsão para hoje é de nebulosidade variável com chuva no noroeste, centro-sul e leste do estado. Nas demais áreas, há possibilidade de chuva, principalmente no período da noite. Para amanhã, o órgão prevê chuva em todas as regiões.

ANDRÉ COSTA
COLABORADOR

Fonte: Diário do Nordeste

Curta nossa página no Facebook



Governo cria plano de ação contra epidemia de sífilis no país

Teste rápido de HIV e sífilis
O governo brasileiro lançou uma ação de combate à sífilis congênita, passada de mãe para filho durante a gravidez ou parto, com o objetivo de aumentar a identificação da doença ainda no início do pré-natal e encaminhar a paciente para o tratamento com penicilina.

O Ministério da Saúde e outras 19 associações e conselhos de saúde, entre elas a Organização Pan-Americana da Saúde e Organização Mundial da Saúde, assinaram uma carta em apoio no combate à sífilis.

A diretora do Departamento de HIV, aids e hepatites virais do Ministério da Saúde, Adele Benzaken comenta: "Um grande desafio é o início precoce, já que culturalmente as mulheres tendem a procurar o médico apenas quando a barriga aparece, o que diminui as chances de cura da sífilis para a mãe e facilita a transmissão da doença para o bebê."

O Sistema Único de Saúde (SUS) já disponibiliza testes rápidos para diagnosticar a sífilis, o procedimento é pedido para gestantes já na primeira consulta de pré-natal. O processo deve durar por pelo menos um ano.

Além disso, a campanha prevê uma ampliação do diagnóstico da doença e do tratamento para a gestante e o parceiro. O Ministério da Saúde irá organizar ações para qualificação de gestores e profissionais da saúde.

As infecções provocadas pela sífilis cresceram no Brasil em um ritmo descontrolado. Entre 2014 e 2015, os registros aumentaram 32,7% em adultos, 20,9% em gestantes e 19% sífilis congênita em bebês.

No ano passado, o número total de casos notificados de sífilis adquirida no Brasil foi de 65.878. Já a taxa de 42,7 casos por 100 mil habitantes, sua maioria em homens. A taxa entre gestantes aumentou de 3,7 para 11,2 a cada 1 mil nascidos vivos, entre 2010 e 2015. Pelos cálculos atribuídos ao Ministério da Saúde, o aumento está em torno de 202%.

Com relação à sífilis congênita em bebês, no mesmo ano, foram notificados 19.228 casos da doença, uma taxa de incidência de 6,5 por 1.000 nascidos vivos. Além disso, a taxa de mortalidade também aumentou, sendo de 7,4 casos para cada 100 mil nascidos vivos.

Fone: Minha Vida

Curta nossa página no Facebook



Após lista, aliado defende que Temer retire reforma da Previdência de pauta

Integrante do partido de Michel Temer, o vice-presidente da Câmara, Fábio Ramalho (PMDB-MG), defendeu nesta quarta-feira (12) que o presidente da República retire do Congresso Nacional a reforma da Previdência, a prioridade número um do governo em 2017.

Um dia depois da divulgação dos novos alvos da Lava Jato, Ramalho disse que o momento é de muita tensão e que não é hora de passar nenhuma reforma no Congresso.

"Neste momento é muito ruim passar qualquer tipo de reforma aqui no Parlamento. Eu se fosse o governo recolhia ela [a da Previdência]. É melhor recolher ela do que perder. E mandaria uma nova reforma discutida com a sociedade. É a melhor maneira de ganhar essa batalha", afirmou Ramalho.

Segundo ele, "a sociedade brasileira é toda contra a reforma da Previdência".

O governo apoia neste momento três grandes reformas em tramitação na Câmara, a da Previdência, a trabalhista e a política. Todas elas estão na reta final de análise nas respectivas comissões especiais e, em breve, estarão prontas para votação em plenário.

Alguns parlamentares que estão na linha de frente dessas reformas são citados na delação da Odebrecht, como o relator da Previdência, Arthur Oliveira Maia (PPS-BA), e da política, Vicente Cândido (PT-SP).

A divulgação da lista do ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato, esvaziou os trabalhos da Câmara e do Senado nestas terça e quarta.

Fonte: Folha.com

Curta nossa página no Facebook



Má conservação da BR-116 entre Brejo Santo e Milagres põe condutores em risco

Foto meramente ilustrativa
O trecho da Rodovia que liga as cidades de Brejo Santo a Milagres, na BR – 116, nas proximidades do Sítio Barreiro, apresenta, novamente, diversos buracos na via. Condutores que trafegam com frequência pela BR reclamam da má conversação da rodovia que, segundo eles, é um problema recorrente.

“O perigo de viajar pelo trecho é constante, principalmente à noite, pois, devido à dificuldade de visibilidade, os motoristas correm risco de quebrar os veículos ao cair nos buracos e inda ficam a mercê de assaltantes pelo fato de terem que diminuir a velocidade”, observa Eusébio Belem.

O condutor lembra que, naquele trecho, o fluxo de veículos é grande, “principalmente de caminhões que segue na Paraíba para a região do Cariri, por isso é fundamental a boa conservação da estrada, pois ela é a principal porta de entrada e saída para vários municípios da região”.

No último sábado, dia 15, o estoquista Manoel Balbino Dias, teve o pneu do seu carro furado ao cair um buraco. Conforme lembra, “por pouco, não aconteceu uma tragédia”. “O pneu estourou e perdi um pouco o controle do carro no exato momento que estava passando, no sentido contrário, um caminhão. É muito perigoso”, conclui.

ANDRÉ COSTA
COLABORADOR

Fonte: Diário do Nordeste

Curta nossa página no Facebook



13 de abril

1598 - O rei Henrique IV da França decreta o Édito de Nantes, conferindo liberdade religiosa aos huguenotes de confissão calvinista.
1831 - D. Pedro I do Brasil assina a sua abdicação e parte para Portugal.
1987 - Portugal e China assinam a Declaração Conjunta Sino-Portuguesa sobre a Questão de Macau.

Nasceram neste dia…
1519 - Catarina de Médici, rainha consorte da França (m. 1589).
1743 - Thomas Jefferson (foto), político norte-americano (m. 1826).
1906 - Samuel Beckett, dramaturgo e escritor irlandês (m. 1989).

Morreram neste dia…
1695 - Jean de La Fontaine, poeta e fabulista francês (n. 1621).
1966 - Carlo Carrà, pintor italiano (n. 1881).
2002 - Oswaldo Sargentelli, empresário brasileiro (n. 1924).

Fonte: Wikipédia



Banco Mundial defende a ampliação do Bolsa Família

O governo precisa ampliar o Bolsa Família para evitar o aumento da pobreza na recessão, defendeu o Banco Mundial em estudo publicado em fevereiro.

Ao propor o incremento no programa social, a instituição "fez seu papel de advogar pelos pobres", disse seu economista Emmanuel Skoufias.

"Se isso é possível, o Brasil que tem que decidir", afirmou à Folha, ao ser questionado sobre a viabilidade da proposta em um momento em que cortar gastos é o mote do governo.

Segundo o Banco Mundial, deter o avanço da pobreza durante a crise depende de aumento do investimento no programa social de R$ 28 bilhões em 2016 para R$ 30,4 bilhões neste ano. A previsão do governo é gastar R$ 29,3 bilhões em 2017.

Esse seria o modo mais efetivo de impedir que o país some 2,5 milhões de novos pobres entre 2015 e 2017 –um retrocesso no combate à desigualdade da última década.

Entre 2004 e 2014, mais de 28 milhões de brasileiros saíram da linha abaixo da pobreza, de acordo com o relatório da instituição.

Sem esse investimento, o banco calcula que a proporção de pessoas em situação de extrema pobreza (com renda per capita inferior a R$ 70) subiria de 3,4% em 2015 para 4,2% em 2017. Com a ampliação do programa, o número em 2017 cairia para 3,5%.

Considerando a faixa de pobreza (renda per capita de até R$ 170), a proporção subiria de 8,7% para 9,8% em um cenário sem elevação do orçamento do programa, ante 9,5% caso o investimento seja feito.

Rede de segurança
"Até agora o Bolsa Família foi considerado um programa de redistribuição, mas ele também pode ser uma rede de segurança no sentido de dar dinheiro para pessoas que precisam. E, quando a economia melhorar, essas pessoas não precisarão continuar sendo beneficiárias", disse Skoufias em palestra no Insper na sexta-feira (10).

Esses novos beneficiários sairiam rápido do programa porque o perfil do "novo pobre" brasileiro é de pessoas mais jovens e qualificadas, que têm mais facilidade em serem contratadas quando a economia voltar a gerar empregos do que o que o economista chama de "pobres estruturais", que já sofriam com rendas baixas mesmo antes da recessão.

Mas, numa situação de crise fiscal, em que o governo busca fazer cortes em todas as frentes para obedecer ao teto de gastos aprovado em 2016, de onde viriam os recursos para esse investimento?

"Do dinheiro do governo direcionado aos ricos. Dos gastos tributários, a chamada 'bolsa empresário', por exemplo", disse o economista do Banco Mundial.

Cenário pior
De acordo com Ricardo Paes de Barros, professor do Insper e economista-chefe do Instituto Ayrton Senna, o impacto da recessão sobre a pobreza no Brasil pode ser pior do que o estimado pelo Banco Mundial.

O estudo usa como base dados de desemprego para fazer suas projeções. Mas a renda de quem continuou ocupado também caiu durante a crise, o que pode aumentar a proporção de pobres.

A soma de todos os salários pagos no Brasil já caiu quase R$ 10 bilhões desde dezembro de 2014, quando o indicador atingiu o pico de R$ 185,2 bilhões.

A cifra refere-se a trabalhadores formais. Se considerado o setor informal, o tombo pode ter sido maior.

Fonte: Folha.com

Curta nossa página no Facebook



O que acontece com nosso corpo se comermos 2 bananas por dia?

Comida saudável nem sempre (ou quase nunca) é sinônimo de comida saudável. Mas vamos combinar: esse não é o caso da banana, uma fruta que quase todo mundo adora.

Reunimos algumas pesquisas que mostram que as bananas estão entre as frutas mais saudáveis que existem.

1. Normalizam a pressão sanguínea
As bananas reduzem a pressão arterial por possuírem cerca de 420 mg de potássio.

2. Diminuem o sobrepeso
Bananas são ricas em fibra: graças a isso, elas nos mantêm satisfeitos por mais tempo.

Elas possuem um amido resistente, que reduz o apetite e impede o ganho de peso. Este amido saudável reduz o nível de açúcar no sangue, aumentando a sensibilidade do organismo à insulina. Quando as células não são sensíveis à insulina, tem dificuldade de absorver a glicose e você acaba sentindo fome. Ou seja, a acumulação de gordura tem a ver com a insulina.

3. Reduzem o risco de sofrer de anemia

A anemia provoca palidez, cansaço e falta de ânimo. Isso acontece devido à diminuição dos glóbulos vermelhos e ao baixo nível de hemoglobina no sangue.

As bananas possuem muito ferro, o que estimula a produção de glóbulos vermelhos. As frutas são ricas também em vitamina B6, o que ajusta o nível de glicose no sangue, o que também pode ajudar pessoas que sofrem de anemia.

4. Melhoram a digestão
Bananas são digeridas facilmente, sem irritar a flora intestinal. O amido resistente presente nelas não é digerido, chegando ao intestino grosso, onde ajuda no crescimento de bactérias saudáveis.

É bom comer bananas em casos de gastrite, queimação ou como primeiro alimento após a diarreia, já que a fruta recupera os minerais perdidos.

5. Diminuem os níveis de estresse
Sim, bananas levantam o ânimo. Elas são ricas em triptofano, substância que da qual nosso organismo necessita para produzir serotonina ("o hormônio da felicidade").

Em média, uma banana contém também cerca de 27 mg de magnésio. Este mineral atua na qualidade do sono e no estado emocional.

6. Compensam a falta de vitaminas
Bananas são ricas em vitamina B6. Em média, uma banana contém 20% da dose diária recomendada desta vitamina. Ela ajuda o organismo a produzir insulina, hemoglobina e os aminoácidos necessários para a criação de células saudáveis.

Embora quando ouvimos falar em vitamina C, pensemos primeiro em laranjas e acerolas, uma porção de bananas também contém 15% da nossa dose diária desta vitamina.

A vitamina C é um antioxidante que neutraliza os radicais livres nocivos (moléculas ativas que precisam de um elétron e que destroem o organismo), ajuda a preservar os vasos sanguíneos saudáveis e participa da produção de colágeno.

7. Sobem os níveis de energia
O potássio presente nas bananas protege os músculos contra cãibras, enquanto os carboidratos dão bastante energia para aguentar exercícios intensos.

Se você é praticamente de ciclismo ou corrida de rua, já deve saber disso.

Fonte: Incrível

Curta nossa página no Facebook



'Não tenho vontade de ser candidato se o Lula for', diz Ciro Gomes

Ex-ministro de Lula, Ciro Gomes (PDT-CE) torce para que o petista não concorra à Presidência. Pelo país ("seria um desserviço") e por ele, que se vende como o nome progressista para 2018. "Não tenho a menor vontade de ser candidato se o Lula for", diz.

Ele já tentou chegar ao Planalto em 1998 (11% dos votos) e 2002 (12%). Diz o anedotário político que, na última tentativa, morreu pela boca, ao chamar um eleitor de "burro" e dizer que Patricia Pillar, então sua esposa, tinha o crucial papel de "dormir comigo".

A língua continua afiada. Em uma hora de conversa, critica o "farsante" João Doria, o "exibicionista" Sergio Moro e o "golpista" Michel Temer.

*

Folha - Em outubro, o sr. disse que Lula brincou de Deus e se queimou. Ele seria seu maior rival?
Ciro Gomes - Temos longa história de parcerias e diferenças. Votei nele em 1989 [no segundo turno], 2002 e 2006. Na Dilma em 2010 e 2014. Entretanto, acho que nesse momento a candidatura do Lula desserve a ele e ao país. Na melhor das hipóteses, ganha e projeta essa confrontação odienta que está rachando o país. Mas a probabilidade de polarizar e perder é muito alta.

É hora do PT apoiá-lo?
A natureza do PT, e é legítimo isso, é ter candidato próprio. Talvez o ideal fosse apresentar uma nova liderança.

Em 2008, a Folha o questionou se aceitaria ser vice de Lula. O sr. respondeu: "Admito ser qualquer coisa. Não fui ministro com a maior honra?"
Serei bastante categórico: não serei vice de ninguém.

Em vídeo, o sr. aparece dizendo que ele é "um merda" que não é "inocente de nada".
As pessoas editam. Falaram: "Você é um aliado do Lula, o Lula é um merda". Eu disse: "O Lula é um merda, mas tem direito a presunção de inocência". É totalmente o oposto do que pareceu [no vídeo, um manifestante questiona: "Onde é que na história está escrito que o Lula é inocente, doutor?" Ciro: "Inocente nada, o Lula é um merda"].

Marina Silva é a única, em Datafolha de dezembro, que venceria Lula no segundo turno.
Veja, Marina é uma boa pessoa. Mas não tem visão administrativa. Hostiliza, no simbólico, o agronegócio, a mineração. Evidentemente nada autoriza nenhum deles a nenhum tipo de abuso. Mas o descuido da Marina com a vida real faz com que ela apresente, como sua única proposta que conheço concreta, uma aberração, que é a independência do Banco Central.

Bolsonaro tem 9% das intenções de voto, quase o dobro do que o sr. registra [5%].
Há um pensamento que se representa no que Bolsonaro diz, e que tem direito de se expressar. E taticamente ele presta ao país um serviço, pois esse eleitorado do antipetismo se concentrava todo no PSDB.

O que representa o avanço de um candidato tão extremista?
Esse pensamento sempre existiu. O que fez foi sair do armário, pela debacle do PT. Nós do mundo progressista deixamos parte da população imaginar que nosso apreço aos direitos humanos parece contemporizar com a impunidade. Há pessoas que imaginam soluções toscas, que veem muita verdade em "bandido bom é bandido morto".

Temer, a quem você chama de golpista salafrário, disse que será o presidente mais nordestino que o país já teve.
Bote aí que dei uma risada. Ele, para além de ser essa coisa constrangedora de chefe de quadrilha, sendo um velho e notório malversador de dinheiros públicos, virou chefe de um governo de patetas.

O sr. disse que o "dr. da Lava Jato [Sergio Moro] errou".
O exibicionismo midiático, ir ao Facebook agradecer o apoio de todos, as gravatinhas borboletas em todo tipo de solenidade, a confraternização descuidada com possíveis réus, a fraude com a gravação da presidente [divulgação do grampo de ligação entre Dilma e Lula] –o que nos EUA é considerado traição e gera até pena de morte, só para ter a relativização dessa leviandade. Isso tudo semeia a semente de matar essa coisa importante que seria a Lava Jato, que ainda pode ser o momento de virada na impunidade. Mandar prender um blogueiro, tem uma coisa patológica nisso. Não falo com prazer, falo com dor. Operação Satiagraha? Anulada inteira. Daniel Dantas, culpado de tudo? Tá com atestado de inocente.

Em entrevista, o sr. criticou a condução coercitiva do blogueiro Eduardo Guimarães, desafiou Moro a prendê-lo e disse que receberia "a turma dele na bala". O que quis dizer?
Desta vez foi um blogueiro, mas amanhã pode ser um repórter da Folha. Não está certo. No momento que o país passa por um golpe de Estado, não podemos nos acovardar diante do autoritarismo.

O sr. disse que prefere mil vezes Bolsonaro ao prefeito de SP, João Doria. Por quê?
Antes eu perguntei se, entre os dois, vale morrer. Dito isso, prefiro um cara tosco e franco a um farsante. Conheço [Doria] de longuíssima data. O antipolítico, o empresário... Tem dois probleminhas básicos [nessa imagem]. Doria foi chefe da Embratur no governo Sarney. Saiu debaixo de muitas irregularidades no Tribunal de Contas da União e foi violentamente criticado por uma propaganda do turismo brasileiro com bundas de mulher na praia, estimulando claramente o turismo sexual. A segunda coisa: Doria reforçou muito a grande fortuna dele, do liberal, com dinheiro público dos governos do PSDB de Minas e SP, por exemplo.

Doria afirmou que o sr. é emocionalmente instável. Não é o primeiro. Você tem um problema de temperamento?
Não me parece. Quem deve dizer isso é o meu psiquiatra.

O sr. tem um psiquiatra?
Não [risos]. Mas repare uma coisa: tenho 37 anos de vida pública. Não tenho rádio, TV, empresa, nunca aceitei receber as pensões imorais que a Legislação me deu direito. Isso tudo me faz um cara meio estranho mesmo. E o que dizem de mim é que eu sou o cara que fala muito, que fala as coisas por destempero. Não é. Arroubos, se algum ser humano não tiver, me ensine.

Muitos políticos fazem "media training" para contê-los.
Já fiz com os melhores do mundo.

Carrega alguma lição?
[Uma especialista] sempre me estimulou a manter minha linguagem, meu sotaque, meu jeito de ser. Só tenho como ferramenta minha língua. Fui governador, prefeito, comandei a economia como ministro da Fazenda, fui ministro da Integração Nacional. Eu que fiz este projeto do rio São Francisco que tá cheio de pai, e vai ver se não entreguei serenamente essas tarefas?

Donald Trump, outro acusado de destempero, virou presidente dos EUA. O estilo "direto ao ponto" virou um ativo?
Em tempos bicudos, as pessoas procuram franqueza. Estão percebendo que um dos elementos fracos da política é o moralismo de goela pra depois roubar. Nunca tive tanta audiência nessa vida.

Já ser de esquerda hoje parece um passivo no mundo todo.
Não vejo esse pensamento de direita florescer, não. Por que o Trump é de direita? Populista, sim, ok. Mas a vitória dele foi importante. Ele representa a negação da perversão neoliberal. E, no Brasil, o problema não é de direita e esquerda. A política econômica do Lula é igual à do FHC.

O sr. já passou por sete partidos. Começou no PDS, sucessor do militar Arena. Por que tanto troca-troca?
Meu problema é que eu tento ser correto. Ajudo a fundar o PSDB, por exemplo. Elegemos o FHC, que escolhe o PFL [atual DEM] para vice, diz para o povo esquecer o que ele escreveu, faz o PMDB entrar no governo com Eliseu Padilha, Romero Jucá, essa mesma turma. Para ser coerente, fico ali calado ou criando caso?

Acha que eleição deve ter financiamento público?
Em 1995, escrevi um livro com Mangabeira Unger ["Uma Alternativa Prática ao Neoliberalismo"]. Está lá que devíamos ter voto distrital misto, lista fechada e financiamento público de campanhas. Evidentemente que hoje não posso aceitar que essas ideias sejam feitas pelo expediente golpista dos canalhocratas querendo escapar da severidade do voto popular.

Aceitaria para sua campanha dinheiro de empreiteiras envolvidas na Lava Jato?
Se a lei permitir, sem dúvida. O que é corrupto é ter toma lá dá cá, superfaturar obras, exigir propina. No Brasil estamos confundindo corrupto com empresa. Isso é sandice.

O sr. é próximo de algum político envolvido na Lava Jato?
Sempre fui muito amigo do Aécio [Neves]. É constrangedor. Do Ciro Nogueira [presidente do PP]. Quem mais? O Léo Pinheiro [ex-presidente da OAS]. O que pega é catapora.

O sr. é acusado de truculência no trato com manifestantes, como rasgar cartazes.
Vou ali conversar sem segurança, a pessoa esfrega papel no seu rosto, o que você faz? Me liga a cunhada à 1h30 dizendo que ameaçam de morte meu irmão. Vou deixar bater nele? Sou pessoa física, não tenho cargo de majestade.

Qual sua estratégia para 2018?
Tenho que manter minha intransigência sem parecer um cara incapaz de dialogar e tenho que olhar para o futuro, se Lula é candidato ou não.

Recuaria com Lula no páreo?
Não tenho a menor vontade de ser candidato se o Lula for. Menos em homenagem a ele e mais porque a tendência é ele polarizar o processo. E eu ficar falando de modelo econômico... Vou ter um papel nobre, vou lá para meus 12%, 15% no mínimo, mas daí dizer para o povo que acredito que vou ser presidente... Não consigo mentir desse jeito. 

Fonte: Folha.com

Curta nossa página no Facebook



Addthis