Firefox pode ser superado pelo Chrome em dezembro

Até o final do ano, o Chrome deve se tornar o segundo navegador mais popular do mundo. Atualmente, o posto é ocupado pelo Firefox.

De acordo com informações do site Mashable, a diferença entre os dois navegadores é pequena. Dados atuais mostram que Chrome tem uma fatia de 23,6% do mercado de navegadores, enquanto que o Firefox possui 26,3%. O Internet Explorer continua na liderança, com 41,7% do mercado.

Só neste ano, o navegador do Google aumentou sua participação em oito pontos percentuais, por outro lado, o Firefox perdeu quatro pontos no mesmo período. Se continuar nesse ritmo de crescimento, o Chrome terminará 2011 com 26,6% de participação, contra 25,3 do Firefox.

Fonte: O Povo

Aprovação de Dilma sobe de 67% para 71%, aponta Ibope

A presidente Dilma Rousseff é aprovada por 71% dos eleitores, de acordo com pesquisa Ibope encomendada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) e divulgada nesta sexta-feira (30). A pesquisa tem margem de erro de 2 pontos percentuais para mais ou para menos, o que significa que a aprovação da presidente pode ser de 69% a 73%. Na comparação com levantamento realizado em julho e divulgado em agosto, a aprovação da presidente subiu quatro pontos percentuais - o índice era 67%. 
Dos entrevistados na pesquisa atual, 21% disseram desaprovar a presidente e 8% não souberam ou não responderam. O percentual de desaprovação em julho, que era de 25%, caiu quatro pontos percentuais conforme o Ibope.
Entre 16 e 20 de setembro, o Ibope ouviu 2.002 eleitores com 16 anos ou mais em 141 municípios de todas as regiões do país.
 
Governo
A aprovação do governo Dilma também subiu entre julho e setembro. O percentual de entrevistados que consideram o governo ótimo ou bom aumentou de 48% para 51%. Segundo o levantamento, 11% consideraram o governo Dilma ruim ou péssimo, contra 12% na pesquisa anterior. As expectativas com relação ao restante do governo Dilma continuam positivas, segundo a pesquisa, e praticamente no mesmo nível da pesquisa anterior. O percentual de entrevistados que acreditam que o restante do governo será ótimo ou bom passou de 55% para 56%.
 
A região Sul passou a ter o mais alto percentual de ótimo ou bom: 57%, a maior entre os entrevistados. Também houve crescimento da avaliação positiva na região Sudeste. Nas regiões Norte/Centro-Oeste e Nordeste houve queda na avaliação positiva da presidente.
A pesquisa aponta que a avaliação do governo é melhor entre os mais velhos, com 50 anos ou mais. Dentre os entrevistados nesta faixa etária, 55% consideram o governo ótimo ou bom. A avaliação também é melhor nas pequenas cidades e nos interior dos estados. O levantamento mostra ainda que quanto menor o nível de renda familiar do entrevistado, melhor a avaliação do governo Dilma.

Corrupção
O tema corrupção foi o assunto mais lembrado pelos eleitores quando perguntados sobre as notícias do governo Dilma publicadas nas últimas semanas. Denúncias de corrupção foram citadas por 19% dos entrevistados e 13% citaram a “faxina” contra a corrupção promovida pela presidente. Entre o fim de julho, quando a última pesquisa foi realizada, e o fim de setembro, data da pesquisa atual, dois ministros deixaram o governo por suspeitas de envolvimento em corrupção: Wagner Rossi, da Agricultura, e Pedro Novais, do Turismo.
 
Nelson Jobim saiu da Defesa após a crise política motivada por declarações – que ele nega ter dado – de que as colegas de ministério Ideli Salvatti (Relações Institucionais) e Gleisi Hoffmann (Casa Civil) eram “fraquinhas". A terceira notícia mais citada, com 10%, foi sobre os investimentos para obras da Copa do Mundo, tais como reforma e construção de estádios e privatização de aeroportos. Os atrasos no cronograma das obras foram citados por 6% dos eleitores.
 
Governos anteriores
A avaliação do governo Dilma no primeiro mês de setembro do mandato é superior a de seus antecessores – Luiz Inácio Lula da Silva e Fernando Henrique Cardoso – em igual período do mandato. O percentual de entrevistados que considera o governo Dilma ótimo ou bom é de 51%. Lula teve 43% no primeiro mandato e 48% no segundo mandato. FHC registrou 40% no primeiro mandato e 16% no segundo mandato.
A aprovação da presidente Dilma também é maior que a de Lula e FHC no mesmo período. Lula teve aprovação de 69% no primeiro mandato e de 63% no segundo. FHC foi aprovado por 57% dos eleitores no primeiro mandato e 26% no segundo. Dilma tem 71% de aprovação.

CE - Professores decidem por manutenção da greve e desocupam a Assembleia

Os professores da rede pública estadual de ensino continuam em greve. Em assembleia realizada na manhã desta sexta-feira (30), os grevistas resolveram dar continuidade ao movimento e marcaram um ato para a próxima segunda-feira (3) no Palácio da Abolição onde o governador Cid Gomes deverá assinar a proposta aprovada pelo deputados. O presidente do Sindicato dos Professores e Servidores no Estado do Ceará (Apeoc), Anízio Melo, destacou que a categoria está aberta para conversar com o governador e pedir para que ele não sancione a proposta. " A categoria está aberta para conversar. O governador tem que refletir sobre o infeliz episódio de ontem para a educação do Estado. Queremos paz e negociação", destacou Melo.

O sindicato reclamou da ação dos deputados em assinarem a proposta enviada pelo governo sem antes marcarem uma audiência pública com a categoria. "Os parlamentares apenas carimbaram o que o governador mandou", enfatizou o presidente da Apeoc.

Confira a entrevista com o presidente do sindicado e a votação pela manutenção da greve:
Saldo da confusão
Os professores feridos na manifestação acontecida nesta quinta-feira (29) na Assembleia Legislativa voltaram para testemunhar sobre os acontecimentos. Arivalton Freitas, professor ferido durante a confusão, manteve a versão de que foi agredido pelo Batalhão de choque da PM. "Fui atingido por um cacetete. Foi uma ação forte e desnecessária.", comenta. O professor disse que não entrará com uma ação contra o abuso policial, segundo ele, esse não o foco da greve.

Confira abaixo a entrevista com Ronaldo Rogério e Arivalton Freitas os dois professores agredidos na manifestação de ontem:
Professores em greve de fome
Três professores ainda fazem greve de fome. Porém, os docentes Cláudio Monteiro, Clésio Silva Mendes e Laura Lobato anunciaram o fim da greve para às 18 horas, onde vão ser acompanhadas por um médico que prestará os primeiros atendimentos.

Fonte: Diário do Nordeste

Stevie Wonder, Joss Stone e companhia fazem noite memorável

As reclamações surtiram efeito. Depois de uma primeira semana conturbada, o Rock in Rio voltou aos eixos nesta quinta-feira (29), seu dia extra, marcado por um par de shows excelentes, com pouquíssimo atraso, e infra-estrutura revitalizada. Stevie Wonder e Janelle Monáe, inclusive juntos, mostraram o que a black music tem de melhor. As filas, antes generalizadas, só continuaram nos brinquedos. Comer e beber no festival ficou muito, muito mais fácil.

Além do aumento do número de funcionários - algumas lojas de uma rede de fast-food na cidade foram fechadas e as equipes, deslocadas para a Cidade do Rock -, optou-se por privilegiar alimentos mais práticos e rápidos de preparar. A medida teve impacto direto na velocidade do atendimento, para alegria dos frequentadores. Ir ao banheiro também se tornou uma tarefa menos penosa. Se no domingo o público foi obrigado a pular e inevitavelmente pisar em poças de urina, devido a um colapso do sistema de esgotos, pelo menos hoje a situação ficou sob controle. Funcionários ficaram de vigia tanto para censurar os "mijões" que insistissem em se aliviar no lugar errado quanto para realizar uma rápida manutenção.

Por falar em vigilância, o número de seguranças na Cidade do Rock aumentou visivelmente, embora incidentes continuem a acontecer - furtos ainda surpreendem os desavisados, inclusive um fotógrafo, que resolveu se meter no meio do público e saiu do outro lado com equipamento faltando. O dia começou ao som de Marcelo Jeneci e Curumin, que se dividiram entre seus trabalhos solo. A música black, no entanto, apareceu com força mesmo foi com Afrika Bambaataa, que se apresentou ao lado de Paula Lima e do rapper português Boss AC. Joss Stone mostrou sua soul music retrô esbanjando charme para uma plateia de fãs cativos e o Baile do Simonal, bem mais tarde, tocou para pouca gente.

No palco Mundo, os remanescentes da Legião Urbana homenagearam Renato Russo com a Orquestra Sinfônica Brasileira e convidados no lugar do vocalista. Se Rogério Flausino, Pitty (desafinada), Dinho Ouro Preto, Herbert Vianna e Toni Platão não fizeram performances memoráveis, ao menos o público cantou junto os sucessos da banda. Pouco conhecida no Brasil, mas em evidência no exterior, Janelle Monáe mostrou a razão por trás do fuzuê. Dançando muito, fez jus às comparações com James Brown e botou a plateia para dançar, inclusive com covers de Prince e Jackson 5. Após a apresentação, experimentou a tirolesa e ficou de pernas para o ar sobre as cabeças do público que já assistia a outro show. Certamente vai embora com novos fãs na bagagem.

Perdido na programação, o dance pop safado de Ke$ha passou batido pelos espectadores, que só se interessaram pela última música, o hit "Tik Tok". Joss Stone poderia perfeitamente ter ocupado seu lugar no palco principal. O Jamiroquai fez um show correto, mas sem o punhado de hits que tem na manga. Não empolgou como deveria. 

Já Stevie Wonder... Esse fez de sobra. 
Entrou atrasado no palco e saiu de cena antes da hora. Mesmo assim, não há do que reclamar. Tocou até deitado e pela metade do espetáculo abriu mão do setlist para tocar "Garota de Ipanema", "Você Abusou" e os sucessos da carreira - a plateia foi embora cantando "Isn't She Lovely" e "You Are the Sunshine of My Life".

Para completar, Janelle entrou no palco e dividiu com Stevie três músicas, entre elas "Superstition". Um dos grandes momentos do Rock in Rio, se não o melhor.

Nesta sexta-feira (30), o dia será pop até a medula. Jota Quest, Marcelo D2, Ivete Sangalo, Lenny Kravitz e Shakira devem promover uma festa ininterrupta na Cidade do Rock - o clima de micareta será predominante.

Fonte: Último Segundo

Sob protesto, Assembleia do Ceará aprova piso dos professores


Em meio à tentativa dos professores estaduais de ocupar o plenário da Assembleia Legislativa do Ceará, deputados aprovaram no início da tarde desta quinta-feira (29) o reajuste salarial  da categoria. Professores dizem que vão continuar em greve.

A lei aprovada nesta quinta-feira em regime de urgência determina um salário de R$ 813,79 para professores com ensino médio. Os professores alegam que o Governo de Estado não cumpre a Lei do Piso Nacional, que exige um salário de no mínimo R$ 1.180 para os profissionais do ensino médio. De acordo com o líder do Governo na Câmara, deputado Antônio Carlos (PT), o número de professores com ensino médio é “somente um resquício”. “A matéria foi enviada à Assembleia pelo governador (do Ceará) Cid Gomes após discutir com a categoria. Nada foi aprovado sem debate”, diz Antônio Carlos.

Desde a manhã desta quinta, os professores protestam contra a votação. O Batalhão de Choque foi acionado para conter a manifestação. Foi usado spray de pimenta para evitar uma possível invasão ao plenário da Assembleia. O spray se espalhou pelos corredores do prédio e incomodou professores, parlamentares e os próprios policiais. Os professores afirmam que vão seguir em greve até que todos os professores da rede estadual recebam o salário equivalente ao piso nacional. Eles prometem também manter ocupando os corredores da Assembleia. Nesta noite, cerca de 60 professores dormiram no prédio em colchões espalhados no interior da Assembleia.

Quatro deputados votaram contra a aprovação da matéria: Eliane Novais (PSB), Heitor Férrer (PDT), Augustinho Moreira (PV) e Roberto Mesquita (PV). A deputada Eliane Novais diz que o Governo agiu de forma truculenta ao acionar o Batalhão de Choque. “É uma forma truculenta de lidar com os professores”, disse. Antônio Carlos afirma que os professores agiram com “excessos” e o trabalho do batalhão foi “essencial para garantir a integridade dos professores e parlamentares” que acompanharam a sessão.

Confronto
Na manhã desta quinta-feira, pelo menos dois manifestantes ficaram feridos após entrar em confronto com membros do Batalhão de Choque. Um deles sofreu uma golpe na cabeça, sangrou e foi encaminhado ao Hospital Doutor Instituto José Frota (IJF). O hospital informa que o homem passa por exame e a suspeita é de que ele tenha sofrido uma fratura no crânio.
A greve dos professores da rede estadual foi iniciada em 5 de agosto. A categoria exige o cumprimento da Lei do Piso e Plano de Cargos, Salários e Carreiras. A Justiça determinou a ilegalidade da greve em 26 de agosto, sob pena de multa diária de R$ 10.000 em caso de descuprimento.

Fonte: G1

Black music domina Rock in Rio nesta quinta-feira

Depois de um primeiro final de semana com pop, rock e metal, o Rock in Rio vai voltar nesta quinta (29) em ritmo de black music. A principal atração da noite é Stevie Wonder, um dos maiores nomes da história do soul e do funk. E ele não é o único: a lenda do rap Afrika Bambaataa e a revelação Janelle Monáe também estão escalados. Isso sem contar duas atrações brancas que fazem um som totalmente negro, Jamiroquai e Joss Stone. Wonder volta ao Brasil 16 anos depois de sua última passagem pelo país. Apesar de um tanto ausente dos estúdios nos últimos anos (seu último disco, "A Time To Love", é de 2005), o cantor mantém uma agenda intensa de apresentações. O repertório é uma celebração de seus 50 anos de carreira - ele lançou seu primeiro disco em 1961, quando tinha apenas 11 anos.

Se ele repetir o repertório de sua última performance antes de tocar no Brasil (no último dia 17, no festival Austin City Limits, nos EUA), o show será baseado em seus discos dos anos 1970, como "Innervisions" (1973) e "Songs in the Key of Life" (1976). Sucessos como "Superstition", "Sir Duke" e "Higher Ground" (já tocada no Rock in Rio pelo Red Hot Chili Peppers) são presença garantida. Para completar o setlist, há uma boa dose de baladas dos anos 1980 ("I Just Called to Say I Love" e "Ribbon in the Sky", por exemplo), alguns sucessos da década de 1960 ("For Once in my Life", "Signed, Sealed, Delivered, I'm Yours") e versões de músicas de dois outros gênios da música negra, Marvin Gaye e Michael Jackson. Seu material mais recente é praticamente ignorado.

Além de Stevie Wonder, o palco Mundo, onde ocorrem os principais shows do Rock in Rio, terá outros dois nomes importantes da black music: a cantora Janelle Monáe, que lançou o elogiado disco "The ArchAndroid" em 2010 e veio ao Brasil em janeiro para abrir os shows de Amy Winehouse, e o Jamiroquai, grupo inglês que faz um funk inspirado justamente nos discos dos anos 1970 de Wonder. No Sunset, palco menor em que os shows começam durante a tarde, a música negra será representada por Joss Stone e Afrika Bambaataa (com participação da brasileira Paula Lima e do cabo-verdiano Boss AC) e pelo Baile do Simonal, show que revive as músicas de Wilson Simonal na voz de seus dois filhos, Max de Castro e Simoninha (e, no Rock in Rio, reforçados pelas participações de Diogo Nogueira e Davi Moraes).

O principal estranho nesse ninho black music é o show de abertura do palco Mundo, um concerto em homenagem à Legião Urbana com participações de Dado Villa Lobos e Marcelo Bonfá. A cantora Ke$ha, que se apresenta no mesmo palco, pode ser incluída na classificação 'música negra' com alguma boa vontade. O mesmo acontece com o brasileiro Curumin, que abre a programação do Sunset ao lado de Marcelo Jeneci. Depois de retomar a programação nesta quinta, o Rock in Rio continua até domingo. A sexta-feira (30) terá atrações pop como Shakira, Lenny Kravitz e Ivete Sangalo. No sábado (01/10), é a vez do pop-rock de Coldplay e Maroon 5. O evento termina no domingo (2), com Guns N' Roses, System of a Down e Evanescence. Os ingressos para todos os dias estão esgotados.

Fonte: Último Segundo



Plantão Infotech: O futuro do iPad brasileiro está ameaçado


A produção do iPad brasileiro foi anunciada pela presidente Dilma Roussef no começo do ano, com previsão de início ainda em 2011. Contudo, as negociações não têm avançado e anúncios de adiamento são constantes.
Entretanto, segundo a Folha.com, a situação agora pode ficar ainda mais complicada. O BNDES teria recuado da ideia de injeção de dinheiro federal (US$ 12 bilhões) no estabelecimento da fábrica da Foxconn no Brasil. Tal fábrica seria a responsável pela produção dos iPads.

Segundo técnicos do BNDES, após análise, foi notado que a fábrica taiwanesa não faria nenhum investimento, portanto é importante que haja um sócio estratégico nacional no negócio. Porém, o próprio ministro da Ciência e Tecnologia, Aloízio Mercadante, afirmou anteriormente que as empresas brasileiras não possuem “musculatura financeira” para entrar na parceria. Sem tal parceria com o BNDES, a fábrica de 12 bilhões de dólares e 100 mil funcionários parece uma fantasia distante, uma promessa que dificilmente sairá do papel.

Fonte: Tecmundo

MEC exige que escolas coloquem camisinhas nos banheiros


Já que não tem como evitar, o jeito é remediar. O Ministério da Educação enviou uma recomendação para que todas as escolas coloquem preservativos nos banheiros. Acontece que o numero de relações sexuais – às escondidas – dentro deste tipo de recinto está cada vez mais comum, e provocando um aumento de gravidez indesejada entre as adolescentes. 
As escolas têm 10 dias para cumprir a recomendação do Ministério da Educação e colocar os preservativos no banheiro. Além disso, será obrigado também inserir um cartaz, alertando os estudantes que o banheiro não é um lugar apropriado para praticar relação, mas que, se o casal insiste em desobedecer a regra, que faça uso do preservativo. 

Em conversa com a nossa reportagem, a direção de uma escola pública disse que, os estudantes são conscientes e levam preservativo para o banheiro, entretanto, quem esquece, não terá desculpa para fazer sem, porque o banheiro terá a camisinha como um item obrigatório igual o papel higiênico. 

Sindicato APEOC repudia violência contra professores


A direção do Sindicato APEOC repudia violência, agressões físicas e prisões de professores da rede estadual de ensino, ocorridas na manhã de hoje, 29/09, na área de acesso às dependências da Assembleia Legislativa do Ceará (Casa do Povo), onde trabalhadores em Educação protestavam contra a aprovação, em Regime de Urgência, do Projeto de Lei do Governo do Estado, que trata, exclusivamente, da implantação do piso nacional de salário para os professores de nível médio – Grupo Ocupacional do Magistério da Educação.

O Batalhão de Choque da Polícia Militar avançou e usou dos seus meios de armamento contra os manifestantes e com selvagem poder de violência feriu e prendeu professores. As grotescas cenas fizeram retroceder imagens de um passado obscuro do regime de exceção (1964/1985), que se imaginava esquecido. Este retrocesso quebrou a esperança de uma estabilidade democrática que se pensava estar consolidada em nosso País.

A luta dos professores, em greve há quase dois meses, é mais do que justa, tendo em vista que reivindica apenas o cumprimento de uma Lei Federal que instituiu o piso nacional do Magistério da Educação Básica e até hoje não cumprida pelo governo do Ceará. A imediata intervenção da Assessoria Jurídica do Sindicato APEOC junto a delegacia do IV distrito policial onde estavam preso quatro professores, apos comprovada a ilegalidade das prisões conseguiu  liberação. Representante do Sindicato APEOC ainda prestaram assistência aos feridos no Instituto José Frota.

Em defesa de um Estado de Direito e Democrático, o Sindicato APEOC apela aos dirigentes do Poderes Constituídos o uso de bom senso e de sensibilidade para a implantação do Piso Nacional de salário dos professores com repercussão na carreira funcional, dos professores de nível médio a especialista, e, sem que seja necessário ferir direitos individuais, coletivos, e, especialmente a Democracia.

Sindicato APEOC

Professores e Polícia entram em confronto na Assembleia Legislativa


Os professores que faziam parte da greve de fome na Assembléia Legislativa, e foram detidos pelo Batalhão de Choque durante confronto na manhã desta quinta-feira, 29, já foram liberados. O clima ainda é de tensão na Casa Legislativa. Alguns professores estão se dispersando, mas o movimento ainda é grande próximo ao plenário, que continua com o acesso bloqueado. O presidente da Assembleia Legislativa, Roberto Cláudio, deverá receber, em seu gabinete, uma comitiva de professores grevistas, após a sessão.

Confronto
Segundo a professora Laura Lobato, uma das docentes que estava participando da greve de fome, os policiais do Batalhão de Choque chegaram por volta de 8 horas para expulsar os docentes da entrada do plenário. "A reação foi de enfrentamento, nós não recuamos. E aí, eles bateram. Essa foi a nossa reação", ressaltou a professora. A professora relata que desmaiou durante o confronto. Os outros professores foram detidos e encaminhados ao subsolo da Assembleia. Por voltas das 11h da manhã, os professores foram liberados.

Ela informou ainda que o clima ficou calmo apenas com a chegada da Comissão de Direitos Humanos à Assembleia. Ainda de acordo com a professora, a greve de fome vai continuar por tempo indeterminado, mesmo com o fim da manifestação de hoje. Durante o protesto, um professor foi agredido na cabeça e levado ao hospital. De acordo com informações dos manifestantes, ele sofreu traumatismo craniano. Os professores, em greve há 54 dias e com alguns fazendo greve de fome na Casa, dizem que a agressão partiu da Polícia, enquanto os policiais dizem que os ferimentos foram provocados por objetos arremessados.

O Batalhão de Choque afastou os docentes da porta de entrada do plenário da Assembleia. Uma comissão dos docentes tenta conversar com o presidente da Casa. A entrada no plenário continua barrada por policiais. Alunos de escolas públicas chegaram à Assembleia para se juntar à manifestação dos professores, com instrumentos musicais. Professores distribuíram sanduíches e refrigerantes para os manifestantes.

Fonte: O Povo

Professores fazem greve de fome na Assembleia

Após o governador enviar o projeto de lei que cria nova tabela de salário para a categoria, os professores tentaram pressionar os deputados. Três dos professores estaduais, em greve há 53 dias, decidiram radicalizar. Em protesto contra o envio, à Assembleia Legislativa, da mensagem que cria nova tabela de salários para o magistério, eles iniciaram greve de fome.

Clésio Mendes, professor do Liceu estadual de Maracanaú; Laura Lobato, professora do Caic Maria Alves Carioca; e Cláudio Monteiro, professor das escolas estaduais Plácido Aderaldo Castelo, Michelson Nobre da Silva e Patativa do Assaré, estão sem se alimentar desde ontem. Eles decidiram ainda permanecer na Assembleia até que “exista uma proposta concreta” por parte do Governo.

Os docentes realizaram ontem mais um protesto. No início da manhã, os grevistas foram ao Palácio da Abolição. Mas ao saberem que o governador Cid Gomes (PSB) já havia enviado à Assembleia a proposta de nova tabela, os manifestantes seguiram para a sede do Legislativo. O Governo do Estado já propôs a aplicação do piso nacional, mas a categoria cobra a repercussão para toda a carreira. Das galerias, os manifestantes gritaram palavras de ordem contra o governador. Após os deputados aprovarem o regime de urgência para votação da mensagem, alguns professores se revoltaram e a sessão foi suspensa.

Heitor Férrer (PDT), Augustinho Moreira (PV), Fernanda Pessoa (PR), Eliane Novais (PSB) e Roberto Mesquita (PV) votaram contra o pedido de urgência. Mesquita, no entanto, defendeu o retorno às aulas. “Vocês já ganharam, ao convencer a sociedade da insensibilidade do governo”, disse. Com poucas chances de ver a proposta do governador ser rejeitada pelos deputados, devido à ampla maioria da base governista, os professores pedem a retirada da proposta ou que pelo menos não seja votada até amanhã, quando será realizada nova assembleia geral.

ENTENDA A NOTÍCIA
Em greve há 53 dias, os professores da rede estadual de ensino foram à Assembleia Legislativa na tentativa de barrar o projeto de lei enviado pelo governador que estabelece uma nova tabela salarial para a categoria.

Fonte: O Povo

Aeroporto de Juazeiro iniciará obras de recepção

Juazeiro do Norte. Começam, no próximo dia 1º, as obras referentes aos Módulos Operacionais Provisórios (MOPs), no Aeroporto Orlando Bezerra de Menezes. Ainda não foi formalizada, por meio da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), a passagem da administração do Estado para a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero). O acordo para que isso ocorra foi fechado semana passada, em Brasília, em reunião com a autoridades locais e o presidente da Infraero, Gustavo do Vale. Ele assinou ordem de serviço no valor de R$ 4 milhões para início da obra.

O superintendente do aeroporto, Roberto Germano, afirma que serão seis meses para que os novos espaços destinados ao embarque e desembarque de passageiros estejam prontos. De início, foi construída uma casa de força na área próxima ao local onde serão construídos os MOPs, para dar suporte à rede elétrica do local. Essas serão as primeiras providências a serem tomadas após a assinatura do repasse definitivo da administração do Estado para a Infraero. Antes, a administração ocorria, desde 2001, em forma de convênio entre o Governo do Ceará e o órgão federal, o que vinha causando lentidão nas obras de ampliação e melhorias no espaço.

A meta este ano é que se ultrapasse o número de 300 mil embarques e desembarques, com o crescimento que o equipamento vem obtendo nos últimos anos. Com a construção dos MOPs, o aeroporto terá sua capacidade ampliada para 500 mil usuários dos serviços por ano. Atualmente essa capacidade é de 50 mil. Segundo o superintendente, com as pequenas reformas internas realizadas no intuito de melhorar o espaço para os passageiros, essa expectativa de público pode ser ampliada para até 600 mil passageiros por ano.

Somente este ano, houve a duplicação no número de voos de Juazeiro para as principais praças do País. São oito voos diários com 16 operações de embarque e desembarque. No mês de maio, eram apenas quatro. O último deles iniciou no dia 22, pela empresa Passaredo. Em julho passado, o aeroporto regional teve uma movimentação recorde de quase 35 mil passageiros.

Maior demanda 
A mobilização para que a Infraero assumisse definitivamente o aeroporto já vem ocorrendo há vários anos. O crescimento da região, com a vinda de novas indústrias e principalmente das universidades, aumentou consideravelmente a demanda do aeroporto. A intervenção do Ministério Público Federal (MPF) solicitando, por meio de ação, a urgência das melhorias e a determinação da Justiça Federal à Infraero, além da mobilização da sociedade, fizeram parte das mobilizações que culminaram com o fim da questão burocrática. O Estado havia doado a área territorial do aeroporto ao Governo Federal.

O aeroporto atende toda a região do Cariri e cidades de alguns Estados próximos, como Pernambuco e Paraíba. Por conta da lentidão na transferência do aeroporto, as obras de ampliação e restauração ficaram paradas durante os últimos anos. Além da construção dos boxes para embarque e desembarque, deverá ser feita reforma da pista.

Todos os voos estão com a capacidade ampliada de passageiros, já que houve a tão esperada homologação da pista de pouso, este ano, possibilitando o início de operações de aeronaves de maior porte. Esse reconhecimento diz respeito ao aumento da pista de pouso, por meio do convênio entre Estado e Infraero, que apenas administrava o equipamento. Agora, a expectativa é na compactação da pista, que poderá aumentar a capacidade para aviões com até 180 passageiros.

FIQUE POR DENTRO
Horário de voos

Empresa Passaredo: Juazeiro a Fortaleza - 23h20, com chegada na Capital às 00h06 todos os dias da semana. Para Salvador, os voos partem as 7hs e de lá seguem para Vitória da Conquista e Guarulhos (SP); Gol: 1h40, sai do Rio de Janeiro via Fortaleza e Juazeiro; embarque em Juazeiro às 3h55 para Fortaleza e Rio de janeiro; Azul: 2h05 de Campinas a Juazeiro; embarque em Juazeiro às 3h25 para Campinas; Avianca: 8 h, de Guarulhos a Juazeiro; embarque em Juazeiro às 9h15 para Guarulhos; 13h55, Juazeiro/ Fortaleza/ Brasília; embarque às 14h25 de Juazeiro, para Fortaleza e Brasília; 15h55, Brasília/ Fortaleza/Juazeiro; embarque às 16h20 em Juazeiro para Brasília e São Paulo. Gol: 15 h, de Brasília/ Recife/Juazeiro; embarque às 15h40 de Juazeiro, para Recife e Brasília.

MAIS INFORMAÇÕES
Aeroporto Orlando Bezerra de Menezes, Avenida Virgílio Távora, 4000, Juazeiro do Norte (CE)
Telefones: (88) 3572.0700 / 3572. 2118
PESQUISA NACIONAL
Aviação regional apresenta crescimento de 123,9%

Juazeiro do Norte. A aviação tem crescido no interior do País. A análise feita pelo Ministério do Turismo (Mtur) tem identificado os locais prioritários para investimentos em infraestrutura do setor. Em Juazeiro do Norte, não seria diferente, com as frequentes inserções de novas empresas aéreas e o aumento da demanda de passageiros. A aviação regional tem apresentado os mais altos índices de crescimento do setor aeroviário, com resultados significativos nas operações das companhias, que chegaram a 123,9% de crescimento no primeiro semestre de 2011, em relação ao mesmo período de 2010.

A pesquisa demonstra um registro recorde de embarques e desembarques domésticos em julho. O único aeroporto do Sul do Estado, este ano, teve recorde de passageiros no mês de julho. Já se somam, desde o último dia 22 deste mês, 16 embarques e desembarques diários. Até o mês de maio era a metade desse número. Mas as reclamações em relação a estrutura do equipamento ainda são frequentes.

O investimento inicial para construção dos Módulos Operacionais Provisórios (MOPs), não será suficiente para resolver todas as dificuldades. Uma delas está relacionada ao estacionamento, para 60 carros apenas. A cada voo que chega, as vagas se tornam insuficientes.

O objetivo dos novos investimentos nos aeroportos regionais é estimular o desenvolvimento das rotas de baixa e média densidade de tráfego e o aumento do número de cidades e Municípios atendidos pela aviação regional. Com isso, a cidade juazeirense poderá ganhar em termos de apoio, principalmente, voltado para o turismo religioso, centralizado em maior número na cidade de Juazeiro do Norte.

Mesmo com os R$ 160 milhões investidos desde o ano de 2003, para obras de infraestrutura nos aeroportos regionais brasileiros pelo Ministério do Turismo, poucos foram os investimentos revertidos em melhorias para o aeroporto local. Esses repasses tiveram como objetivo a revitalização de pistas, construção de terminais de embarque e desembarque, aquisição de equipamentos e outras realizações fundamentais para a recuperação e modernização aeroportuária, para elevar o potencial turístico em cidades de pequeno e médio porte.

Financiamentos 
Os novos investimentos por meio do Programa Nacional de Desenvolvimento do Turismo (Prodetur) já levaram à aprovação do Cofiex em US$ 1,9 bilhão de financiamentos junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento e à Corporação Andina de Fomento, para o atendimento a 24 áreas turísticas prioritárias. Elas vão do Seridó, no Rio Grande do Norte, à Serra da Bodoquena, no Mato Grosso do Sul, passando pelo agreste paraibano, pelo Jalapão tocantinense e pela serra fluminense.

As companhias aéreas regionais são aquelas que operam com aeronaves com até 120 assentos, em aeroportos secundários, que podem ser classificados a partir do movimento de passageiros e de aeronaves, ou ainda por características próprias do Município.

Hoje, o Cariri conseguiu chegar a essa média de operação com números de passageiros. Esse número poderá chegar a 180 com a compactação da pista. É previsto em médio prazo a inserção de voos internacionais para a região.

Elizângela Santos
Repórter

Fonte: Diário do Nordeste

CE - Quadrilha explode agência em Ocara

Apesar dos esforços da Polícia no combate ao crime no Interior do Ceará, mais uma ação contra agência bancária foi registrada na madrugada de ontem, no município de Ocara (95Km de Fortaleza), no Maciço de Baturité. Seis homens fortemente armados (com fuzis calibre 7.62, escopetas de calibre 12 e pistolas) e usando explosivos, arrombaram a agência do Banco do Brasil daquela cidade, destruindo o setor onde ficam os terminais de autoatendimento.

Como a explosão chamou a atenção de moradores, a Polícia Militar local foi acionada e rapidamente chegou ao local, impedindo que a quadrilha conseguisse arrombar os caixas eletrônicos. Segundo informações repassadas pelo Comando de Policiamento do Interior (CPI), houve uma intensa troca de tiros entre bandidos e os PMs e o grupo conseguiu escapar, sem levar nada do banco.

Dois vigias de rua foram levados como reféns, mas logo liberados na estrada, pouco tempo depois. Uma das viaturas que participaram do cerco aos assaltantes foi atingida por um tiro de fuzil, mas nenhum PM ficou ferido. A quadrilha fugiu num Santana branco, que continuava sendo procurado pela Polícia ontem pela manhã. Durante todo o dia, equipes da PM e da Polícia Civil de Ocara e municípios vizinhos foram mobilizadas na tentativa de capturar os bandidos. Com o ataque de ontem, subiu para 21 o número de assaltos contra bancos no Estado do Ceará neste ano.

Fonte: Diário do Nordeste

MP prevê novas prisões no Ceará

"A operação continua sendo realizada em outros Municípios do Estado do Ceará. Em cada município que as empresas sob investigação concorreram em licitações, haverá desmembramento da operação ´Província II´. Novas prisões podem ocorrer em breve".

A afirmação é do promotor de Justiça, Luiz Alcântara, da Procuradoria de Crimes Contra o Patrimônio Público (Procap), ontem pela manhã, em entrevista coletiva na sede da Delegacia Geral da Polícia Civil.

"Dentre as prisões preventivas decretadas pela Justiça neste último momento da operação, uma ainda não foi cumprida. Ana Cláudia Passos, da empresa ´Ely Construções e Serviços Ltda´, está na condição de foragida. Além dela, outras pessoas podem ser presas em novos desmembramentos da operação", ressaltou o representante do Ministério Público que vem acompanhando a operação.

Na entrevista, Alcântara destacou o trabalho de investigação realizado pela Polícia Civil - sob o comando do delegado Márcio Rodrigo Gutierrez, da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). "A apuração responsável e equilibrada da Polícia Judiciária acerca das denúncias resultou numa investigação que levou a cinco novas prisões (anteontem). Mais uma organização criminosa foi desestruturada", disse, referindo-se à segunda parte da operação ´Província II´, deflagrada na última terça-feira.

Na ocasião foram presos, Carlos Kennedy Fortuna de Araújo, 33 e seu irmão Rodrigo Fortuna de Araújo, 29, ambos sócios da empresa ´Viçosel Construções e Serviços Ltda.´; Brena Cristina Barbosa Lima, 31; e Linard Silva da Rocha, 28, ambos servidores municipais de Tianguá; além do comerciante José Sidney Dourado Gomes, 48, responsável pela empresa ´Umari Construções Ltda.´ "Destacamos que todas essas pessoas já estão formalmente denunciadas como participantes e integrantes de uma organização criminosa que fraudava processos licitatórios".

O crime
O grupo é acusado de crimes contra a administração pública, formação de quadrilha, fraudes de licitações e falsificação de documentos públicos e particulares. Alugavam CPFs de pessoas humildes de Fortaleza e do Interior para constituírem empresas ´fantasmas´.

NATHÁLIA LOBO
SUBEDITORA DE POLÍCIA


Fonte: Diário do Nordeste

Carta de despedida para Hugo Chávez - Por: Nancy Iriarte Díaz

Hugo, algumas considerações sobre a tua morte que se aproxima:

        Não quero que partas desta vida sem antes nos despedirmos, porque tens feito um mal imenso a muita gente, tens arruinado famílias inteiras, tens obrigado legiões de compatriotas a emigrar para outras terras, tens enlutado um número incontável de lares, aos que achavas que eram teus inimigos os perseguiste sem quartel, os aprisionaste em cubículos indignos até para animais, os insultaste, os humilhaste, os enganaste, não só porque te achavas poderoso, mas também imortal... Porque o fim dos tempos não te alcançaria.
         
         Mas a tua hora chegou, os prazos se esgotaram, o teu contrato chega ao seu fim, teu "ciclo vital" se apaga pouco a pouco e não da melhor maneira; provavelmente morrerás numa cama, rodeado de tua família, assustada, porque vais ter que prestar contas uma vez que dás teu último alento, partes desta vida cheio de angústia e de medo, lá vão estar os padres a quem perseguiste e insultaste, os representantes dessa Igreja que ultrajaste por prazer, claro que vão te dar a extrema unção e os santos óleos, não uma, mas muitas vezes, mas tu e eles sabeis que não servirão para nada, mas só para acalmar o pânico a que está presa a tua alma ante o momento que tudo define.
 
          Morres enfermo, padecendo do despejo, das complicações imunológicas, dos terríveis efeitos secundários das curas que prometeram alongar a tua vida, teus órgãos vão se deteriorando, um a um, tuas faculdades mentais vão perdendo o brilho que as caracterizava, teus líquidos e fluidos são coletados em bolsas plásticas com esse fedor de morte que tanto te repugna. Dize-me, neste momento, antes que te apliquem uma nova injeção para acalmar as dores insuportáveis de que padeces, vale a pena que me digas que não te possam tirar a dança – ah! – as viagens pelo mundo, os maravilhosos palácios que te receberam, as paradas militares em tua honra, as limusines, os títulos honoríficos, os pisos dos hotéis cinco estrelas, as faustosas cenas de estado... Dize-me agora que vomitas o mingau de abóbora que as enfermeiras te dão na boca, se era sobre isso que se tratava a vida, pois os brilhos e as lantejoulas já não aparecem nos monitores e máquinas de ressuscitação que te rodeiam, as marchas e os aplausos agora são meros bipes e alarmes dos sensores que regulam teus sinais vitais que se tornam mais débeis.
  
           Podes escutar o povo do teu país lá fora do teu quarto?... Deve ser tua imaginação ou os efeitos da morfina, não estás na tua pátria, estás em outro lado, muito distante, entre gente que não conheces... Sim, estás morrendo em teu próprio exílio, entre um bando de moleques a quem confiou entregar teu próprio país, teus últimos momentos serão passados entre cafetões e vigaristas, entre a tua coorte de aduladores que só te mostram afeto porque lhes davas dinheiro e poder; todos te olham preocupados e com raiva, nunca deixaste que nenhum deles pudesse ter a oportunidade de te suceder; agora os deixas ao desabrigo e teu país à beira de uma guerra civil... Era isso o que querias? Foi essa a tua missão nesta vida? Esquece-te da quantidade de pobres, agora há mais pobres do que quando chegaste ao poder; esquece-te da justiça e da igualdade quando praticamente lhe entregaste o país a uma força estrangeira que agora teremos de desalojar à força e ao custo de mais vidas.
 
            Tenho a leve impressão que agora sabes que te equivocaste; acreditaste num conto de passagem e te julgaste revolucionário, e por ser revolucionário... imortal; convocaste para o teu lado os mortos, teus heróis, esses fantasmas que também julgavas ter vida, Bolívar, Che Guevara, Fidel, e Marx que nunca conheceste e que recomendavas a sua leitura... Andar com mortos te levou à magia e aos babalaôs, te meteste a violar sepulturas, e a fazer oferendas a uma coorte de demônios e espíritos maus que agora te acompanham... Sentes a presença deles no quarto? Estão vindo te cobrar, recolher a única coisa que deverias valorizar em tua vida e que tão sinistramente atiraste na obscuridade e no mal, a tua alma.
 
           Bem, me despeço; só queria que soubesses que passarás para a história do teu país como um traidor e um covarde, por não teres retificado tua conduta quando pudeste e te deixaste levar por tua soberba, por teus ideais equivocados, por tua ideologia sinistra, renunciando aos valores mais apreciados, a tua liberdade e à liberdade dos outros, e a liberdade nos torna mais humanos.

QUE DEUS TENHA PIEDADE DE TI!
 
"O socialismo só funciona em dois lugares: no céu, onde não precisam dele, e no inferno onde é a regra dos que sofrem".

Nancy Iriarte Díaz

Justiça condena Claudia Leitte a devolver todos os presentes que receber no Dia do Cantor


A Justiça condenou a cantora Claudia Leitte a não receber parabéns pelo dia do cantor. Segundo decisão da 14ª Vara de Justiça da capital de São Paulo, Claudia terá que devolver todos os presentes que receber hoje, dia do Cantor. 

A Justiça usou o mesmo princípio do exercício ilegal de profissão. “Um advogado para ser considerado advogado tem que fazer a prova da OAB. Um cantor tem que cantar”, explicou o juiz Florentino Gomes, titular da Vara que aplicou a decisão.

Claudia também responderá por falsidade ideológica. Apesar de ter nascido em São Gonçalo, no Rio de Janeiro, ela se apresenta como baiana.

Otileno Junior

Facebook nega rastreamento de usuários


O Facebook refutou as acusações de um hacker australiano de que a rede social mantinha os cookies de navegação do usuário armazenados mesmo após efetuar o log-out. De acordo com o hacker Nik Cubrilovic, mesmo após sair da rede social, o Facebook estaria rastreando o comportamento do usuário na internet.

Isto ocorreria porque o Facebook, em vez de “solicitar” aos browsers que removam os cookies do usuário após o log-out, apenas altera seu status, incluindo os dados que armazenam as informações da sua conta. Como resultado, se o usuário acessar uma página que tenha o botão “Curtir” ou “Compartilhar”, seus dados serão enviados novamente para o Facebook. E mesmo se acessar a rede social a partir de um terminal público, esses cookies poderão ficar armazenados.

Porém, o engenheiro do Facebook, Gregg Stefancik, informou ao site ZDNet que os cookies da rede social não foram programados para serem utilizados como rastreadores, e que a maioria desses arquivos citados pelo hacker trazem informações irrelevantes sobre o usuário. “Em vias gerais, ao contrário da maioria das empresas de internet, nós não temos nenhum interesse em rastrear as pessoas”, concluiu Stefancik.

Fonte: Info

Crato-CE :: Ciro Gomes chama professores de 'moleques' e 'ignorantes'

Fifa ameaça tirar Mundial de 2014 do Brasil


Por discordar do projeto da Lei Geral da Copa de 2014, que será válida também para a Copa das Confederações de 2013, a Fifa ameaça tirar o Mundial do Brasil. A segunda alternativa para sediar a competição, daqui a três anos, seria os EUA, que têm concluída boa parte da estrutura necessária para o evento, já que foi sede em 1994.

O Projeto da Lei Geral da Copa foi enviado em 19 de setembro pelo governo ao Congresso Nacional. Dá poderes à Fifa e dispõe sobre as medidas relativas a eventos esportivos internacionais vinculados à Copa do Mundo de 2014, como as responsabilidades da entidade e da União nos atos referentes às competições e eventos paralelos, a proteção de símbolos oficiais protegidos e as punições para quem falsificar produtos licenciados.

Segundo o jornalista Lauro Jardim, a Fifa não aprovou o projeto de Lei que foi enviado ao Congresso. A entidade julga que o texto fere alguns pontos que foram acordados com o presidente Lula quando o Brasil ganhou o direito de sediar o Mundial, em 2007. As mudanças trariam prejuízos financeiros e comerciais para a Fifa, o que fez com que houvesse a ameaça de mudança de sede. Entre os motivos do atrito estão a meia-entrada para estudantes e para maiores de 65 anos. A inclusão da meia-entrada no texto foi vista como uma vitória do governo brasileiro sobre a Fifa. O benefício para maiores de 65 anos segue o que manda o Estatuto do Idoso. Como não há uma lei federal que conceda o desconto para os estudantes, a entidade máxima do futebol poderá negociar diretamente com os Estados o valor dos ingressos.

Ministro se mantém na defensiva
Depois de aparecer como principal figura no escândalo do convênio fantasma, quando repassou, sem licitação, R$ 6,2 milhões para uma empresa fazer o cadastro nacional dos torcedores para a Copa de 2014, o ministro do Esporte, Orlando Silva, opinou sobre um dos pontos mais polêmicos da Lei Geral da Copa: a possibilidade de as cidades-sede decretarem feriado em dias de jogo do Mundial. Silva se manteve na defensiva e atenuou as críticas à proposta. Afirmou que “os feriados serão circunstanciais e limitados”. O deputado federal Romário, porém, afirmou recentemente que os feriados vão “maquiar a falta de obras e alguns problemas” do país.

A falta de obras, aliás, parece ser um tormento na vida de Orlando Silva. Principal articulador e porta-voz do Mundial no Brasil, ele vê os problemas se acumularem em seu mandato. Além das críticas relativas ao convênio fantasma, Silva convive com atrasos nos principais estádios do país, seja pela demora para definição da arena, como aconteceu em São Paulo, ou por greves de operários, casos de Minas Gerais e Rio de Janeiro. Tanto é que a maioria de suas declarações é evasiva e não se baseia em fatos, mas em previsões que até agora não seguem o cronograma planejado. Maior exemplo disso foi o que o ministro disse sobre as obras de mobilidade urbana. Apesar de apenas cinco das 12 cidades-sede terem começado as reformas, ele falou que essas obras serão “o grande legado para a comunidade que o Mundial de futebol deixará”.

Poderes para a Fifa
A legislação inclui normas desde o valor dos ingressos até a proteção das marcas de patrocinadores ligados à federação de futebol. No projeto está incluída também uma exigência da Fifa de proibir qualquer tipo de comércio no arredor dos estádios. Outro item determina a facilitação na concessão de vistos e permissões de trabalho para estrangeiros da Fifa ou de empresas ligadas à entidade, além de um artigo que cria punições para práticas contra as marcas oficiais do evento. A Fifa também gostaria de ver liberada nos estádios a venda de bebidas alcoólicas, cuja cota de patrocínio é de uma cervejaria. Atualmente, o consumo nos estádios está proibido por uma decisão conjunta assinada pela CBF (Confederação Brasileira de Futebol) e o Conselho Nacional de Procuradores-Gerais de Justiça do Ministério Público dos Estados e da União. Como a Lei Geral não aborda o tema, a Fifa poderá negociar com os governos estaduais a liberação.

O projeto de Lei Geral da Copa só deve se tornar lei em 2012. De acordo com o líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), a proposta precisa ser bastante discutida e deverá ser mudada por deputados e senadores. Não está descartada a possibilidade de criação de uma comissão especial para discussão do projeto. Isso acontece quando a abrangência da proposta é ampla e envolve temas relacionados a diversas comissões temáticas. A presidente Dilma Rousseff assinou o texto do projeto em Minas Gerais na sexta-feira (16), no evento que marcou a contagem regressiva de 1.000 dias para a partida de abertura do Mundial, em 12 de junho de 2014. A Lei Geral deve ser votada até o final do ano.

Fonte: R7

Mesmo com banco e Correios parados, ainda há como pagar as contas em dia


Os bancários entraram em greve nesta terça-feira em todo o país, quase duas semanas depois de os trabalhadores dos Correios cruzarem os braços. Sem banco e com correspondências demorando mais tempo para chegar, o consumidor tem algumas saídas para não deixar as contas atrasar: internet, caixa eletrônico, telefone, lotérica e até lojas e supermercados podem ajudá-lo.
Não é possível estimar quantas agências pararam em todo o país, nem quantos funcionários deixaram de trabalhar a partir desta terça-feira (27) nas agências, mas os serviços essenciais como compensação bancária de cheques e outras transferências estão garantidos. O atendimento telefônico também continua disponível. No caso dos Correios, as mais de 35 milhões de correspondências que deveriam ser entregues diariamente deixam de chegar aos seus destinos – o que vai fazer muita conta chegar atrasada.

Para driblar as paralisações e conseguir pagar contas, o cliente tem como primeira opção o site da instituição. A Fundação ProTeste diz que os consumidores não podem se valer da greve para simplesmente deixar de cumprir com suas obrigações. Quem tem conta para pagar e não dispõe de cartão para uso do caixa eletrônico, pode recorrer às agências lotéricas e até lojas de departamentos e supermercados, os chamados correspondentes bancários, que aceitam a quitação de diversas contas. Quem movimenta a conta pela internet ou nos caixas eletrônicos, não deve ser afetado pela paralisação, já que esses serviços continuam a funcionar normalmente.

A Febraban (Federação Brasileira dos Bancos) diz que há 179 mil caixas eletrônicos espalhados pelo país e mais de 165 mil correspondentes. No caso das contas de tarifas públicas como água, telefone, e energia, a orientação é para que o cliente procure as empresas que fornecem esses serviços para negociar uma saída. Além dos correspondentes, há o débito direto autorizado (que depois é liberado na conta corrente pelo caixa eletrônico) e o débito automático que permitem o pagamento. Se as contas estiverem atrasadas, o cálculo de taxas de multas é feito pelas próprias empresas e o valor extra vem na fatura do mês seguinte. O cliente que precisar sacar dinheiro na boca do caixa deve entrar em contato por telefone com o banco e solicitar uma alternativa.

Serviços mantidos
A ProTeste diz que a greve é um direito social garantido aos trabalhadores pela Constituição, mas as empresas nunca devem deixar de garantir aos consumidores a prestação dos serviços essenciais, como a compensação bancária de cheques e outras transferências. Por esse motivo, uma parcela dos mais de 483 mil trabalhadores bancários do país deve manter suas operações mínimas. Os sindicatos ainda não têm o número de quantos aderiram. O pedido é de aumento de 5% nos salários acima da inflação (os bancos ofereceram só 0,5% de reajuste real).

No caso dos Correios, mutirões foram feitos nos últimos dois finais de semana para tirar o atraso de parte das correspondências não entregues. A greve continua e os trabalhadores pedem melhorias dos benefícios e aumento até do piso da categoria, de cerca de R$ 800 para mais de R$ 1.600. De acordo com o Procon-SP, os clientes que se sentirem lesados devem procurar os órgãos de defesa, mas não é recomendável ficar esperando as contas chegarem, porque elas podem nunca chegar, alerta a supervisora de serviços essenciais da entidade, Patricia Petrilli.

- O consumidor não pode ser onerado [pela greve dos bancos ou dos Correios] porque é uma situação que não depende dos consumidores. A gente orienta que se o consumidor já sabe qual é a data de vencimento, ele se antecipe e procure outra forma de efetuar o pagamento para não ter problema. Ele tem que tentar conversar, ir até a loja ou ao banco.

Fonte: R7

Addthis