Crato (CE): Homem pode ter sido morto a golpes de faca por uma mulher

Após um mês e seis dias sem o registro de homicídios em Crato, um homem foi morto por volta do meio dia deste sábado (07/03) na Rua Coronel Luis Teixeira no bairro Seminário se constituindo no quinto do ano naquele município. José Ailton do Nascimento, de 37 anos, residia na Rua Dr. Manoel Macedo, 261 naquele bairro e foi assassinado a golpes de faca, principalmente na região do peito.

O SAMU foi acionado e uma equipe ainda esteve no local, mas apenas atestou o óbito. Segundo a polícia, “Zezinho”, como era conhecido, respondia por um crime de porte de arma branca. Nas diligências, policiais detiveram três pessoas e levaram para a Delegacia de Crato como suspeitas do homicídio. No local, houve quem atribuísse o crime a uma mulher, mas a polícia segue investigando e não tem nada confirmado ou descartado. O corpo de Zezinho foi trazido para necropsia no IML de Juazeiro.

O último homicídio em Crato aconteceu na manhã do dia 1º de fevereiro quando o jovem Cícero Dias da Silva, de 23 anos, o “Cristiano”, foi morto com um tiro na boca, outro no tórax e mais um no antebraço quando trafegava pela Rua Francisco Osório Bezerra do Parque Grangeiro. Ele residia na Rua Santa Quitéria, 102 na Vila Novo Horizonte e, segundo sua irmã, quatro meses antes o mesmo tinha sido alvejado com um tiro por uma pessoa conhecida como “Rodovan”.

Demontier Tenório

Fonte: Miséria



Jovem militante conservadora chama atenção pela beleza


Fotos da estudante dinamarquesa Nikita Klæstrup, de 20 anos, que estão circulando em redes sociais têm feito sucesso pela beleza da jovem e pelo fato de ela ser uma jovem militante do Partido Conservador de seu país.

As imagens mostram a bela moça num vestido de festa decotado, o que por si só não seria nada muito excepcional, não fosse o fato de ela estar na festividade de 110 anos da Juventude Conservadora, braço que congrega os jovens do partido.

As imagens circularam na mídia dinamarquesa e também chamaram a atenção de internautas pelo mundo, em fóruns como o Reddit, onde um tópico sobre ela já tem mais e 5 mil comentários.


O jornal da Universidade de Copenhague, o "University Post", discute num artigo se o vestido "ousado" de Nikita é um sinal do crescente poder das mulheres ou se apenas demonstra que a jovem internalizou o machismo da sociedade.

Nikita, que participa ativamente de atividades políticas, sabe que sua aparência pode ajudá-la a ganhar popularidade e aparentemente não se incomoda com isso. "Não podemos ignorar o fato de que vende. Existe um foco natural na aparência das mulheres. É simplesmente assim", disse ela ao "University Post". Ela afirmou também que não pretende mudar de estilo em outras festas que estão por vir.

Em seu perfil no Instagram, Nikita, que já foi eleita "musa" das eleições locais dinamarquesas de 2013 por um jornal, posta com regularidade fotos em vestidos de festa ou que evidenciam de outras maneiras sua beleza -- esta semana, por exemplo, ela postou uma imagem em que aparece degustando um drinque em roupas de baixo.


Fonte: G1



Ceasa Cariri cresce após três anos de atividade

Após três anos de atividades na região, a Ceasa Cariri comemora o crescimento dos índices de comercialização de produtos hortifrutigranjeiros e o aumento no número de produtores e compradores que utilizam o equipamento para realização de negócios. Em 2014, a unidade ofertou 57,2 mil toneladas, superando em 78,1% os números de 2013, quando foram disponibilizadas 32 mil toneladas de produtos. O entreposto também apresentou crescimento na ordem de 109% em relação à circulação de veículos. Em 2013, a Ceasa Cariri registrou a entrada de 6.320 veículos, já em 2014 foram cerca de 13.229 caminhões e utilitários computados.

O entreposto, localizado entre os municípios de Barbalha e Juazeiro do Norte, funciona com 360 módulos, 50 boxes, 15 lojas, três lanchonetes e um estacionamento com vagas para mais de 200 veículos.

Atualmente, cerca de 170 permissionários atuam no local. Todos os módulos estão ocupados e apenas dois boxes estão fora de funcionamento. A Ceasa Cariri abastece 35 municípios do Ceará, bem como regiões dos Estados da Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte.

Segundo Ivens Mourão, consultor da Ceasa Ceará, a comercialização atingiu uma estimativa já esperada dentro do período de funcionamento do equipamento. Diante disto, a Ceasa Cariri se transformou em um mercado abastecedor da Região Metropolitana dos municípios de Crato, Juazeiro do Norte e Barbalha, além das cidades do entorno do chamado "triângulo Crajubar", e de Estados vizinhos.

Rotatividade
Odálio Girão, Analista de Mercado da Ceasa, avaliou que, embora o Estado esteja enfrentando um longo período de estiagem, não houve riscos de desabastecimento na Ceasa Cariri. Segundo ele, os produtores, muitos da própria região do Cariri, investiram na perfuração de poços profundos e sistemas de tecnologia de irrigação, enquanto que os permissionários conseguiram, por meio do planejamento de aquisição de mercadorias advindas de outras regiões do País, manter a rotatividade dos produtos comercializados no entreposto.

"Na ausência do alimento em áreas de produção do Ceará, o comerciante procura municípios que estejam produzindo em larga escala para que não aconteça o desabastecimento", ressaltou Girão.

Outro fator determinante para que a Ceasa Cariri ampliasse seus índices de comercialização surgiu a partir de uma decisão do Ministério Público do Ceará, que firmou, no início do ano passado, um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) determinando que os comerciantes que vendem hortifrutigranjeiros no atacado e abastecem os permissionários do Mercado do Pirajá, em Juazeiro do Norte, além de outros equipamentos públicos, só poderiam realizar a venda de seus produtos na Ceasa Cariri. Após o TAC, as vendas de hortifrutigranjeiros e a entrada de veículos no entreposto da região do Cariri aumentaram significativamente. Até dezembro do ano passado, diariamente, ingressavam cerca de 70 veículos carregados com produtos no entreposto. Atualmente, entram, em média, 190 veículos, com um crescimento de 170%.

"A realização do Termo de Ajustamento facilitou muito o uso de um equipamento criado pelo Estado em benefício de toda a região do Cariri. Não havia cabimento que um local do porte da Ceasa Cariri não estivesse sendo utilizado, de maneira mais ampla, por conta de desabastecimentos realizados em locais não autorizados", observou José Marajaíg Novais, gerente geral da Ceasa Cariri, informando, ainda, que semanalmente três feirões são realizados. Os feirões acontecem às segundas e sextas-feiras, das 5 horas da manhã até as 18 horas.

ROBERTO CRISPIM
COLABORADOR

Fonte: Diário do Nordeste



Vice-governador da Bahia diz que ‘caga e anda’ para envolvimento na Lava-Jato

A confirmação do nome do vice-governador da Bahia, João Felipe de Souza Leão, entre os que serão investigados pelo Supremo Tribunal Federal (STF), irritou o político do PP. O partido foi o recordista de nomes, com 31 parlamentares envolvidos.

Em nota, Leão se disse surpreso por seu nome constar na lista e afirmou que está “cagando e andando” para “esses cornos todos”. A abertura de inquérito no STF foi autorizada pelo ministro Teori Zavascki, relator da Lava-Jato na Corte.

“Acredito que pode ter sido por ter recebido recursos em 2010 das empresas que estão envolvidas na operação. Mas, botar meu nome numa zorra dessas? Não entendo. Estou cagando e andando, no bom português, na cabeça desses cornos todos. Sou um cara sério, bato no meu peito e não tenho culpa”, afirmou o vice-governador da Bahia.

Os 28 inquéritos aceitos por Teori e que investigarão 45 políticos com foro privilegiado foram abertos com base em apenas duas delações premiadas, feitas pelo ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa e pelo doleiro Alberto Youssef. Já foram fechados, no entanto, 15 acordos de colaboração — recorde absoluto em investigações de escândalos de corrupção no país.

Segundo a procuradoria-geral da República, os políticos recebiam uma espécie de mensalão da Petrobras, pagamentos mensais a partir de propinas cobradas de contratos com a estatal.

Fonte: O Globo



Ceará registra 64 casos de sarampo confirmados em 2015, diz Sesa

O Ceará já tem  64 casos de sarampo confirmados em 2015 e 53 em investigação, de acordo com o boletim epidemiológico da Secretaria de Saúde do Estado (Sesa) divulgado nesta sexta-feira (6). Os 53 casos em investigação foram notificados nos municípios de Fortaleza (32), São Luís do Curu (2), Maranguape (2), Itapajé (1), Horizonte (2), Caucaia (8),  Aquiraz (1), Paracuru (1), Pentecoste (1) e São Gonçalo do Amarante (3).

Desde o início do surto, em dezembro de 2013, foram notificados no Ceará 2.224 casos suspeitos de sarampos. Desse total, 1.409 foram descartados e 762 confirmados em 74 municípios. Oito municípios confirmaram casos de sarampo ocorridos em 2015 – Fortaleza, Pacajus, Itaitinga, Caucaia, Maracanaú, Aquiraz, Guaiúba e Beberibe.

De acordo com a Sesa, entre os casos confirmados, 27,2% (208/762) são menores de um ano de idade, dentre estes, 35,5%  são menores de seis meses de idade e 64,4% têm entre seis meses e um ano de idade. Massapê possui a maior incidência de casos de sarampo por 100 mil habitantes, seguido por Uruburetama (300,7), Forquilha (80,2), Martinópole (57,4), Senador Sá (56,8), Sobral (43,0) e Meruoca (42,7). A incidência no Estado do Ceará é de 8,7

O sarampo é uma doença infecciosa aguda, de natureza viral, grave, transmissível e extremamente contagiosa, muito comum na infância. É transmitido diretamente de pessoa a pessoa, através das secreções expelidas ao tossir, espirrar, falar ou respirar.

De acordo com especialistas, essa forma de transmissão é responsável pela elevada contagiosidade da doença. Entre os sintomas da doença estão febre, tosse, manchas brancas na parte interna das bochechas, coriza, conjuntivite, mal-estar e perda de apetite.

Em janeiro, representantes da Organização Mundial de Saúde (OMS) e do Ministério da Saúde se reuniram em Fortaleza para discutir a quantidade de casos de sarampo no Ceará. Segundo o Ministério da Saúde, o estado pode tirar das Américas o status de área livre do vírus do sarampo caso a doença não seja contida. “É um momento de concentrarmos esforços. Crianças de 6 meses até 5 anos devem estar devidamente vacinadas”, afirmou a coordenadora nacional de imunização do Ministério da Saúde, Carla Domingues.

Vacina
A vacina é eficaz em cerca de 97% dos casos. Deve ser aplicada em duas doses a partir do nono mês de vida da criança. Exceção feita às mulheres grávidas e aos indivíduos imunodeprimidos, adultos que não foram vacinados e não tiveram a doença na infância também devem tomar a vacina.

A principal forma de prevenção é a vacinação, por meio da tríplice viral disponível nos postos de saúde durante todo o ano. “Se a pessoa não sabe se tomou a vacina tríplice viral, se não sabe se teve sarampo na infância e não tem nenhum comprovante de vacina, deve procurar um posto de saúde para se vacinar”, alerta Renata Dias, assessora técnica de Imunização da Secretaria de Saúde do Município (SMS).

Fonte: G1 CE



Potengi (CE): Precipitações causam danos para moradores

As chuvas caídas durante toda a noite da última quinta-feira e madrugada de ontem neste município, com cerca de 84 milímetros, trouxeram danos e preocupações a moradores de diversos bairros. As precipitações, conforme populares, foram acompanhadas por forte ventania e grande quantidade de raios.

Casas ficaram completamente destelhadas e houve alagamento em alguns pontos da cidade. Na Escola Municipal José Edvaldo de Souza, a cobertura da quadra poliesportiva cedeu, ocasionando a interrupção das aulas durante todo o dia de ontem. Na Vila Padre Cícero, o Posto de Saúde construído para atendimento à população também sofreu avarias. O telhado da unidade de saúde ficou parcialmente destruído e paredes apresentaram rachaduras.

Na Rua Antônio Guedes da Silva, nas proximidades do Centro da cidade, as águas de um bueiro invadiram residências ocasionando, em alguns casos, perdas de móveis e peças de vestuário. Em todo o município os serviços de Internet deixaram de funcionar e ligações de telefones fixos também não puderam ser feitas durante grande parte do dia. A rede de telefonia celular só voltou a funcionar no município após as 10 horas da manhã de ontem.

Árvores
"O prejuízo foi muito grande. Muita gente teve o telhado da casa completamente desfeito por causa da ventania. Muitas árvores acabaram sendo derrubadas por conta da força dos ventos. Foi uma noite de muito medo pra grande parte da população da cidade", avaliou o radialista Edson Veriato. Segundo ele, locais mais afastados do Centro da cidade também registraram prejuízos. "Em quase todos os bairros houve danos ou moradores perderam alguma coisa. A situação ficou mesmo muito preocupante", afirmou.

A chefe de gabinete da Prefeitura de Potengi, Elisangela Cachiado Dantas, disse que estava aguardando a chegada do prefeito Samuel Carlos Tenório Alves de Alencar, para que providências fossem adotadas.

Conforme a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), houve registros de chuvas em 114 municípios das 7h de quinta-feira até as 7h de ontem. A maior precipitação aconteceu em Amontada (105 milímetros). As chuvas também caíram em maior abundância nos municípios de Aurora (98mm), Granjeiro (92,2 mm), Pindoretama (82 mm), Cariús (78 mm), Assaré (62 mm), Orós (61 mm), Solonópole (61 mm), São Gonçalo do Amarante (55,4 mm), Iguatu (50,2 mm) Alto Santo (50 mm) e em Várzea Alegre (48,2 mm).

ROBERTO CRISPIM
COLABORADOR

Foto meramente ilustrativa

Fonte: Diário do Nordeste



Famílias das vítimas do MH370 temem silêncio à medida em que o mundo deixa para trás

Em grande parte do tempo, Ghyslain Wattrelos acredita que sua mulher e dois de seus três filhos estão mortos.

Mas é apenas nisso que ele acredita dentre o que as autoridades de oito países disseram sobre o avião malasiano que transportava sua família e desapareceu há um ano, como se engolido inteiro pela terra.

Um engenheiro francês e executivo sênior, Wattrelos não tem prova física da morte deles, juntamente com 236 outras pessoas a bordo do voo MH370 da Malaysia Airlines, que seguia de Kuala Lumpur para Pequim, em março do ano passado.

Nenhum corpo, nem mesmo um vestígio de destroços do avião. Ele não sabe onde morreram e nem como: Laurence, sua mulher há 24 anos; seu filho Hadrien, que teria completado 18 no mês passado, e sua filha Ambre, mal chegada à adolescência, cuja última mensagem de texto para uma amiga antes de embarcar no avião foi "Logo verei meu pai de novo".

Por um longo período ele se agarrou a essas palavras, desejando que se tornassem realidade. Eles poderiam ter feito um pouso forçado, ele esperava, em uma das cerca de 16 mil ilhas desabitadas na Indonésia. Poderiam estar sendo mantidos como reféns em algum lugar. Nada parecia mais absurdo do que o simples desaparecimento de um Boeing 777 no século 21.

A história do voo MH370 é o maior mistério não resolvido na aviação desde que Amelia Earhart desapareceu com seu Lockheed Electra em 1937.

Os investigadores disseram ter chegado a uma trajetória de voo na qual o avião desviou repentinamente de seu percurso na direção norte, com destino à China, sobrevoando a Malásia antes de seguir para o sul. Essa trajetória presumida resultou em uma área de busca principal de 60 mil quilômetros quadrados a cerca de 1.600 quilômetros a oeste de Perth, Austrália. Mas mesmo que isso prove ser preciso, deixaria aberta a pergunta sobre o motivo para o avião ter realizado tamanho desvio.

Como as famílias de outras vítimas, a maioria chinesas ou malasianas, Wattrelos passou o último ano suspenso em um limbo de aceitação, pesar, raiva e esperança alimentada pela falta de respostas. Perturbado pela estridência da atenção inicial da mídia, quando câmeras cercavam sua casa e os rostos de sua mulher, filho e filha o assombravam nas telas de televisão e nas capas de revistas, ele agora fala de algo que para ele é muito pior: o silêncio.

"O mundo deixou para trás", disse Wattrelos em uma entrevista recente. "Mas eu não posso. Não até saber o que aconteceu."

Quando o status do voo MH370 mudou de "atrasado" para "desaparecido" nos sites de rastreamento de voo na tarde de 8 de março de 2014, Wattrelos estava a 28 mil pés de altitude. Ele estava no voo de Paris para Pequim para se encontrar com sua família para a segunda metade de suas férias. Eles estavam morando em Pequim há seis anos e estavam prestes a mudar de volta para a França.

O avião dele pousou nove horas depois da previsão de chegada do voo 370. Quando ele ligou seu celular, uma mensagem de texto de um colega apareceu na sua tela: "Lamento muito sobre sua família".

No portão, uma recepcionista aguardava por ele. Ela o conduziu a uma sala privada com o cônsul francês, um conhecido de anos de trabalho na China. O cônsul agarrou os ombros dele. "O avião está desaparecido", ele disse. "Sua família morreu", usado a palavra francesa "disparu".

Nunca lhe ocorreu que ironia era o fato de, em francês, a palavra para "desaparecido" e "morto" ser a mesma. Mas naquelas primeiras horas não havia ambiguidade. Ele teve que ligar para seu filho mais velho, que ficou para trás, estudando em Paris. "Foi a coisa mais difícil que já fiz", ele disse.

A esperança veio depois, quando não surgiu nenhuma evidência física de uma queda e as autoridades ficaram emaranhadas em declarações contraditórias.

Wattrelos se recorda de todas.

Em 11 de março, foi noticiado que o chefe da força aérea malasiana, Tan Sri Rodzali Daud, teria dito que o avião tinha sido detectado pela última vez muito fora de sua rota, no Estreito de Malacca. Posteriormente naquele dia, Daud negou ter dito aquilo. Por dias, a busca se concentrou no mar do sul da China, milhares de quilômetros ao norte da atual principal área de busca.

Em 15 de março, o primeiro-ministro da Malásia, Najib Razak, sugeriu que alguém a bordo desligou deliberadamente os sistemas de comunicação.

Nove dias depois, a Malaysia Airlines enviou uma mensagem de texto às famílias das vítimas, declarando que "além de qualquer dúvida razoável, o MH370 foi perdido e nenhuma pessoa a bordo sobreviveu".

As autoridades do Escritório Australiano de Segurança dos Transportes que conduzem a busca dizem estar confiantes de que os destroços serão encontrados até maio, quando será concluída a varredura da principal área de busca por drones submarinos.

Para Wattrelos, esses pronunciamentos, após um ano de incerteza, são sem sentido, até mesmo insultantes.

Em janeiro, o governo malasiano anunciou que o desaparecimento do avião foi considerado oficialmente um "acidente". Wattrelos recebeu um e-mail das autoridades lhe dizendo que agora poderia pedir os atestados de óbito e indenização.

"Como ousam dizer que foi um acidente, simplesmente assim?" ele disse.

"Eles não nos ofereceriam atestados de óbito se não soubessem que minha mulher e filhos estão mortos", ele disse. "Essa é a parte em que acredito. Mas se sabem isso, o que mais eles sabem? E por que não nos dizem?"

Juntamente com uma professora americana, Sarah Bajc, cujo namorado estava no avião, e um punhado de outros familiares das vítimas, Wattrelos quer motivar algum denunciante a se manifestar. No ano passado, ele fez um vídeo e levantou pouco mais de US$ 100 mil, que foram rapidamente gastos com investigadores privados. Eles querem tentar de novo.

"Se oferecermos um milhão, talvez alguém fale", ele disse.

Ele não tem nenhuma teoria sobre o que aconteceu. Teria sido uma tentativa de ataque terrorista? Um exercício militar que acidentalmente abateu o avião? Será que autoridades ocidentais assumiram externamente o controle do avião e o forçaram a pousar no mar, porque alguém ou algo perigoso poderia estar a bordo?

Seja lá o que aconteceu, disse Wattrelos, "alguém em algum lugar sabe de algo".

"É grande demais", ele disse. "Há países demais envolvidos e eu espero que alguém se apresente."

Fonte: UOL (Com NYT)



Crato (CE): V Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente realizada com grande participação

A V Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente foi realizada durante a última quinta-feira, 5, em Crato, com participação de diversos órgãos relacionados à criança e ao adolescente, integrantes da sociedade civil e delegados representando segmentos diferenciados. O objetivo do encontro foi debater a implantação da Política e do Plano dos Direitos Humanos da Criança e do Adolescente, a partir do fortalecimento do Conselho de Direitos da Criança e do Adolescente.

O evento foi aberto pela manhã, pela presidente do Conselho Municipal da Criança e do Adolescente, Sonia Maria Nunes, que destacou a importância da conferência, no intuito de possibilitar estratégias, para traçar diretrizes norteadoras, no aprimoramento de políticas específicas. Com isso, ampliando o resguardo nos princípios estabelecidos por meio do Estatuto da Criança e do Adolescente, de 1999.

A secretária do Trabalho e Desenvolvimento Social do Crato, Elisângela Rodrigues, destacou a importância do espaço de discussão representativo da conferência, que irá auxiliar no processo de percepção da realidade do Crato, no que diz respeito às crianças e adolescentes. Além disso, irá avançar e dizer de que forma será traçado esse caminho. “Importante que possamos unir forças, para fazer com que as garantias sejam efetivadas”, afirma. A secretária fez um agradecimento especial às crianças e adolescentes que auxiliam a construir esse novo momento.

O evento foi aberto com apresentações artísticas, incluindo a execução do hino do Brasil e do Crato, além de uma roda de Capoeira, com as crianças e adolescentes do Projeto Nova Vida.

Entre os órgãos representados, esteve a presidente do Conselho Tutelar da Infância e da Adolescência, Leninha Linard; a mobilizadora do Selo Unicef, Polyana Esmeraldo; a secretária Elisângela Rodrigues; a presidente do CMDCA, Sônia Maria, e o representante do NUCA, Fabrício Ferreira. Na ocasião a primeira-dama do Crato, Gil Mattos, foi representada pela sua assessora, Jô Garcia. O evento terminou no final da tarde, com a escolha de delegados que irão representar o município durante a conferência regional.

Assessoria de Imprensa/PMC



STF manda investigar políticos de ao menos 5 partidos na Lava Jato; veja lista

O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Teori Zavascki autorizou, nesta sexta-feira (6), a abertura de inquérito contra 47 políticos para apurar a participação deles no esquema investigado pela operação Lava Jato, que apura irregularidades na Petrobras. Ao todo, políticos de cinco partidos estão na mira da Supremo: PT, PMDB, PSDB, PP e PTB.

Entre os nomes que fazem parte da lista, estão o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e a ex-governadora do Maranhão Roseana Sarney (PMDB-MA). A presença desses nomes já era dada como certa desde o início da semana.

Os pedidos de abertura de inquérito foram feitos pela Procuradoria-Geral da República na última terça-feira (3), mas estavam sob sigilo, retirado hoje por Zavascki.

Na última terça-feira (3), a Procuradoria enviou 28 pedidos de abertura de inquérito contra pessoas supostamente envolvidas no esquema de corrupção na Petrobras que, segundo a Polícia Federal, movimentou R$ 10 bilhões em lavagem de dinheiro e pagamento de propina.

O dinheiro teria sido desviado de contratos superfaturados ntre empreiteiras e a estatal e parte desses recursos era repassado a partidos e políticos.

Veja a lista completa:

Vice-governador
João Leão (PP-BA) – vice-governador da Bahia

Senadores
Renan Calheiros (PMDB-AL) – presidente do Senado e do Congresso Nacional
Gleisi Hoffmann (PT-PR) – senadora pelo Paraná e ex-ministra da Casa Civil
Lindbergh Farias (PT-RJ) – senador pelo Rio de Janeiro e ex-candidato ao governo do Estado
Edison Lobão (PMDB-MA) – senador pelo Maranhão e ex-ministro de Minas e Energia
Fernando Collor (PTB-AL) – Senador por Alagoas e ex-presidente da República
Humberto Costa (PT-PE) – Senador por Pernambuco e ex-ministro da Saúde
Ciro Nogueira (PP-PI) – senador pelo Piauí e presidente nacional do PP
Benedito de Lira (PP-AL)
Gladison Cameli (PP-AC)
Romero Jucá (PMDB-RR) – senador por Roraima e ex-líder do governo no Senado
Antonio Anastasia (PSDB-MG)
Valdir Raupp (PMDB-RO)

Deputados
Eduardo Cunha (PMDB-RJ) – presidente da Câmara e ex-líder do PMDB na Câmara
João Pizzolati – (PP-SC) – deputado federal por Santa Catarina
Simão Sessim (PP-RJ) – deputado federal pelo Rio de Janeiro
Vander Loubet (PT-MS) – deputado federal por Mato Grosso do Sul
Aníbal Gomes (PMDB-CE)
Arthur Lira (PP-AL)
José Otávio Germano (PP-RS)
Luiz Fernando Ramos Faria (PP-MG)
Nelson Meurer (PP-PR) – deputado federal pelo Paraná
Aguinaldo Ribeiro (PP-PB)
Eduardo da Fonte (PP-PE)
Aline Oliveira (PP-SP) – deputada federal por São Paulo
Dilceu João Sperafico (PP-PR)
Jeronimo Goergen (PP-RS)
Sandes Junior (PP-GO)
Alfonso Hamm (PP-RS)
Missionário José Olimpio (PP-SP)
Lázaro Botelho (PP-TO)
Luiz Carlos Heinze (PP-RS)
Renato Delmar Molling (PP-RS)
Roberto Pereira de Britto (PP-BA)
Waldir Maranhão Cardoso (PP-MA)
Roberto Balestra (PP-GO)
José Mentor (PT-SP)

Políticos sem mandato
Mário Negromonte (PP-BA) – ex-ministro das Cidades, atual conselheiro do Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia
Roseanna Sarney (PMDB-MA) – ex-governadora do Maranhão e ex-senadora
Cândido Vaccareza (PT-SP)
Roberto Teixeira (PP-PE)
Luiz Argôlo (SD-BA)
José Linhares (PP-CE)
Pedro Corrêa (PP-PE)
Pedro Henry (PP-MT)
Vilson Luiz Covatti (PP-RS)
Carlos Magno (PP-RO)
João Vaccari Neto (PT-SP)

Outros
Fernado Antonio Falcão Soares - lobista

Fonte: UOL



Crato (CE): MPF denuncia empresários acusados de fraude na merenda escolar

Dois empresários do município do Crato, na Região do Cariri, foram denunciados pelo Ministério Público Federal (MPF) acusados de fraudar processo licitatório para aquisição de merenda escolar usando empresas de fachada. A ação aponta prejuízo, em 2012, de R$ 240 mil, e pede a condenação dos réus por fraude em licitação, que prevê pena de dois a quatro anos de detenção e multa.

A ação, assinada pelo procurador da República Rafael Rayol, aponta que, em janeiro de 2012, os denunciados Eduardo Viana e Cícera da Silva fraudaram o pregão presencial para aquisição de gêneros alimentícios destinados à merenda mediante combinação e ajustes nas propostas apresentadas como licitantes. Com a combinação, os dois afastaram a ampla concorrência e direcionaram o resultado do certame em favor próprio.

O MPF em Juazeiro do Norte identificou, com base em relatório da Controladoria Geral da União (CGU), que a empresa de Cícera era, na realidade, uma papelaria que possuía poucas mercadorias em estoque. Já a empresa de Eduardo consistia em um escritório, sem produtos em estoque e sem característica de empresa de produtos alimentícios em geral.

Superfaturamento na aquisição de gêneros alimentícios 
De acordo com o procurador da República, as irregularidades observados resultaram no superfaturamento na aquisição de gêneros alimentícios destinados à merenda escolar no exercício de 2012, com prejuízo de R$ 240 mil.

Na ação, o procurador cita, ainda, entrevista veiculada no programa de televisão Fantástico, da Rede Globo, em que os próprios acusados confirmam que são casados e participam em conjunto de licitações, cada qual com sua empresa.

A denúncia também mostra que, somente no ano de 2012, as empresas receberam, juntas, quantia superior a R$ 3 milhões, conforme foi verificado em consulta ao Tribunal de Contas dos Municípios (TCM).

A reportagem tentou entrar em contato com os empresários, mas até a publicação desta matéria não obteve êxito.

Fonte: Diário do Nordeste



Casos de dengue aumentam 139% no país

O ministro da Saúde, Arthur Chioro, informou hoje (6) que, nos dois primeiros meses do ano, houve aumento de 139% nos casos notificados de dengue, em relação ao mesmo período do ano passado. Em janeiro e fevereiro de 2015, foram 174,67 mil registros, contra 73,13 mil no primeiro bimestre de 2014.

Os números foram divulgados em um evento no qual estavam reunidos mais de 600 gerentes e diretores clínicos responsáveis pelas unidades Básicas de Saúde do município de São Paulo.

Segundo o ministério, os números preliminares de mortes, casos graves, além da nova denominação dengue com sinais de alarme caíram 28% e somaram 555 casos. No ano passado, foram 771.

De janeiro para fevereiro, a redução foi 17,2% nos casos graves, caindo de 93, em 2014, para 77, em 2015. A queda nas mortes foi 37% (62, em 2014, para 39, nos dois primeiros meses de 2015).

O Ministério da Saúde repassou R$ 150 milhões aos estados e municípios para melhorar o combate aos mosquitos transmissores da dengue e da febre chikungunya. Deste total, R$ 121,8 milhões foram destinados às secretarias municipais de saúde e R$ 28,2 milhões, para as secretarias estaduais.

Fonte: Agência Brasil



Seis causas comuns de labirintite

Sentir que o mundo está rodando é um sinal de tontura. Quando a pessoa percebe que esse sintoma vem acompanhado de náusea, zumbido no ouvido, suor frio e diarreia, ela pode estar com labirintite. O distúrbio ocorre quando há uma alteração no funcionamento do labirinto, uma estrutura dentro da orelha responsável pela audição e pelo equilíbrio do corpo.

A labirintite pode ser causada por mais de 300 fatores, de má alimentação a doenças metabólicas, como o diabetes. "Em todos os casos, o labirinto envia mensagens desalinhadas ao cérebro sobre a posição da cabeça no espaço, e a consequência é a perda do equilíbrio", explica o otorrinolaringologista Fernando Ganança, presidente da Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e de Cirurgia Cérvico-Facial.

As células do labirinto são grandes consumidoras de oxigênio e nutrientes. Qualquer déficit dessa suplementação faz com que o cérebro tenha dificuldades em registrar as informações enviadas pelo labirinto.

De acordo com Ganança, os principais agravantes da labirintite são maus hábitos alimentares. Ficar em jejum prolongado e consumir grandes quantidades de açúcar refinado, por exemplo, são fatores que alteram o funcionamento do labirinto. Além disso, alimentos estimulantes, como café e álcool, pioram o distúrbio: eles aumentam a densidade do líquido dentro do labirinto, responsável pela percepção da posição da cabeça.

Tratamento
A primeira medida a se tomar quando há sinais de labirintite é pesquisar seu gatilho. "Depois de identificar o motivo, tratamos a causa do distúrbio. Se o problema persistir, receitamos medicamentos que combatem a tontura e os sintomas acompanhantes", afirma Ganança. Em casos mais sérios, o médico pode recomendar exercícios específicos para o paciente se acostumar com a tontura.

Caso não seja tratada, a labirintite pode se tornar crônica. "Ela começa a limitar as atividades do dia a dia. O paciente deixa de ter atividade social e profissional. Fica deprimido por ter sensação de insegurança e de limitação", diz Ganança. Por isso, quando os sintomas aparecem, é preciso procurar um médico.

Causas comuns da labirintite

Hipertensão
A hipertensão aumenta a pressão no interior das artérias e dificulta a chegada de sangue no labirinto. Com menos sangue, faltam nutrientes e oxigênio para nutrir as células da região. Esse desequilíbrio faz com o cérebro tenha dificuldade em decodificar a posição da cabeça no espaço por não conseguir se comunicar adequadamente com o labirinto.

Diabetes, pré-diabetes e hipoglicemia
Qualquer desajuste na quantidade de açúcar no sangue altera a vascularização do labirinto. "Além disso, essa disfunção pode mudar a constituição do líquido que há dentro do labirinto, que ajuda na percepção do equilíbrio", diz o otorrinolaringologista Fernando Ganança, presidente da Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e de Cirurgia Cérvico-Facial.

Açúcar refinado
O consumo exagerado de açúcar refinado altera o funcionamento do labirinto e as mensagens que ele envia ao cérebro. Um dos sintomas da falha e comunicação entre o cérebro e o labirinto é a tontura. Por isso, a recomendação é ingerir doces e guloseimas com moderação.

Medicamentos
O uso recorrente de quimioterápicos, anti-inflamatórios, antibióticos e anti-hipertensivos modifica o funcionamento do labirinto e prejudica o envio de mensagens para o cérebro sobre a posição da cabeça.

Café em excesso
A cafeína, presente no café, em chás e refrigerantes, é uma substância estimulante e tóxica para o labirinto. "Ela aumenta a densidade do líquido do labirinto, e isso atrapalha a percepção do cérebro sobre a posição da cabeça", diz Ganança.

Bebida alcoólica
Bebidas alcoólicas são estimulantes, como o café. O álcool em excesso causa uma irritação aguda no labirinto e prejudica a percepção do cérebro sobre a posição da cabeça.

Fonte: Veja



A vaca vai pro brejo?*

É um privilégio neste momento crítico da política brasileira voltar a este espaço que ocupei em 2011 e 2012. Já colaborei na Folha, em cadernos e anos diversos, exercendo atividade diferente da que tenho hoje. Tenho consciência da importância que foi chegar a milhares de pessoas quebrando tabus, defendendo os direitos do povo, das mulheres e minorias, avançando em temas de difícil aceitação.

Senadora, e com uma visão muito crítica da situação política brasileira, sinto-me no dever de exercer neste espaço a audácia e transparência que caracterizaram minha vida.

Em política existem duas coisas que levam a vaca para o atoleiro: a negação da realidade e trabalhar com a estratégia errada.

O governo recém-empossado conseguiu unir as duas condições. A primeira, a negação das responsabilidades quando a realidade se evidencia. A segunda, consequência da mentira, desemboca na estratégia equivocada. Estas condições traduzem o que está acontecendo com o governo e o PT.

O começo foi bem antes da campanha eleitoral deslanchar. Percebiam-se os desacertos da política econômica. Lula bradava por correções. Do Palácio, ouvidos moucos. Era visto como um movimento de fortalecimento para a candidatura do ex-presidente já em 2014. E Lula se afasta. Ou é afastado. A história um dia explicará as razões. O ex-presidente só retorna quando a eleição passa a correr risco.

Afunda-se o país e a reeleição navega num mar de inverdades, propaganda enganosa cobrindo uma realidade econômica tenebrosa, desconhecida pela maioria da população.

Posse. Espera-se uma transparência que, enquanto constrangedora e vergonhosa, poderia pavimentar o caminho da necessária credibilidade.

Ao contrário, em vez de um discurso de autocrítica, a nação é brindada com mais um discurso de campanha. Parece brincadeira. Mas não é. E tem início a estratégia que corrobora a tese de que quando se pensa errado não importa o esforço, porque o resultado dá com os "burros n'água".

Os brasileiros passam a ter conhecimento dos desmandos na condução da Petrobras. O noticiário televisivo é seguido pelo povo como uma novela, sem ser possível a digestão de tanta roubalheira. Sistêmica! Por anos. A estratégia de culpar FHC (não tenho ideia se começou no seu governo) não faz sentido, pois o tamanho do rombo atual faz com que tudo pareça manobra diversionista. Recupera-se o discurso de que as elites se organizam propagando mentiras porque querem privatizar a Petrobras. Valha-me! O povo, e aí refiro-me a todas as classes sociais, está ficando muito irritado com o desrespeito à sua inteligência. Daqui a pouco o lamentável episódio ocorrido com Guido Mantega poderá se alastrar. Que triste.

*Marta Suplicy, senadora (PT-SP)

Fonte: Folha.com



Crato (CE): Camilo Santana recebe solicitações para projetos de abastecimento de água para comunidades

O Governador do Estado, Camilo Santana, o deputado federal José Guimarães, e o Secretário do Desenvolvimento Agrário do Estado, Dedé Teixeira, receberam ontem, 5, em Assaré, das mãos da Presidenta SAAEC, Janaína Fernandes, acompanhada da sua equipe técnica e do Secretário de Serviços Públicos do Crato, Antônio de Mano, solicitações para averiguar a liberação dos recursos para os projetos de abastecimento de água para as seguintes comunidades: o Distrito de Dom Quintino; Ponta da Serra; Guaribas; Campo Alegre; e Sítio Páscoa.

De acordo com Janaína, todos se comprometeram em acompanhar a liberação dos recursos, uma vez que todos aguardam somente a liberação dos recursos através do Estado. Ainda segundo a presidente da SAAEC, já foram aprovados a liberação de recursos dos projetos para as comunidades de Dom Quintino; Guaribas; Campo Alegre; e Sítio Páscoa. Para o distrito da Ponta da Serra, Janaína informou que o recurso ainda falta ser liberado.

A presidente da SAAEC agradeceu a atenção recebida por parte do governador Camilo e também das demais autoridades citadas, e frisou que estes são projetos que a população cratense anseia há muito tempo.

Assessoria de Imprensa/PMC



Só 30 municípios do CE pagam Piso Nacional a professores

Dois meses após o Governo Federal ter estabelecido o novo reajuste no salário dos professores públicos em 13,01% apenas 30 municípios do Ceará estão cumprindo a Lei do Piso Nacional do Magistério. Esse é o resultado do último levantamento feito pela Federação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal do Estado do Ceará (Fetamce) junto aos sindicatos de servidores filiados. Quixadá e Ibaretama, municípios do Sertão Central, se destacam por terem concedido percentuais acima do estabelecido, com 20% e 17% respectivamente.

Ainda de acordo com o levantamento da Fetamce, noutros dois municípios, Canindé e Ocara, foram beneficiados apenas os professores com formação de Nível Médio. Nas outras 28 cidades o índice de reposição salarial foi aplicado de forma linear, contemplando também os educadores graduados, mestres e doutores. Maracanaú teve crescimento dos salários de 10% para todos. Já em Quixeramobim, só se alcançou o reajuste de Nível Médio, que ficou em 8,02%.

Conforme a secretária de Educação de Quixeramobim, Sandra Castro, seu Município já está pagando o Piso Nacional, de R$ 1.917,78. Ela destacou também que todo o magistério está sendo beneficiado. No total, são 1.397 educadores.

O reajuste apontado pela entidade sindical, de 8,02%, é inferior ao estabelecido para este ano porque em 2014 toda a categoria de educadores recebeu dois reajustes de salário, um no mês de março e o outro em julho, superando o valor nacional. Atendendo o percentual estabelecido neste ano o piso poderá chegar a R$ 2.005.05.

O secretário de Educação de Ocara, Regivaldo da Silva, também contesta a informação da Fetamce. Segundo ele todos os professores estão recebendo o piso estabelecido pelo Ministério da Educação (MEC). Além do reajuste máximo para os educadores com Ensino Médio, as outras classes receberam 10% de reajuste, também ficando acima do estipulado por lei, apesar do repasse disponibilizado para a Educação ser apenas de 3,47%.

O Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) é a fonte de custeio da Educação Básica no Brasil. Segundo a Fetamce, haverá aumento médio de 6% na receita do Fundeb em 90% dos municípios do Estado.

De acordo com a presidente da Fetamce, Enedina Soares, diante do cenário de rápida concessão do benefício, estaria rechaçada a alegação dos prefeitos cearenses de que faltam recursos para pagamento dos profissionais do magistério. "Além disso, está previsto crescimento das receitas da educação e houve recebimento de complementos da união", ressaltou.

Avaliação da Aprece
Sobre os outros municípios onde o piso dos professores ainda não está sendo cumprido, o presidente da Associação dos Municípios do Estado do Ceará (Aprece) Expedito José do Nascimento, informou haver interesse de todas as prefeituras em pagarem o piso estabelecido pelo Governo. Entretanto, a maioria está enfrentado problemas financeiros e buscando readequar suas folhas de pagamento. Quando concluírem os estudos de impacto nas suas contas as prefeituras efetuarão o pagamento com data retroativa.

O presidente da Aprece ressaltou como principal dificuldade para os gestores públicos municipais o esforço na melhoria da qualidade de ensino. Expedito do Nascimento citou como exemplo a redução do número de alunos por sala de aula, antes na média de 40 e agora no máximo 25. Com essa mudança os municípios foram obrigados a admitir mais professores, todavia, o repasse feito pelo Ministério da Educação é feito pelo número de alunos e não acompanhou as reais necessidades financeiras de valorização dos educadores.

Na região Centro-Sul do Ceará, as Prefeituras estão cortando despesas e fazendo esforços para efetuar em dia o pagamento de salário mínimo aos servidores e implantar o novo valor do Piso Nacional dos Professores. "É Lei e estamos cumprindo", observou a secretária de Educação do Município de Iguatu, Diana Mendonça. A maioria das cidades está assegurando o reajuste salarial aos docentes.

A ex-secretária de Educação de Icó, Edileuza Souza, acredita a maioria das cidades vai ter dificuldades iniciais para o pagamento do novo piso do magistério. "Vai trazer impactos e o aumento de receitas não é proporcional ao reajuste do piso. A saída para os municípios é a União complementar os recursos com base no custo por aluno", disse.

A presidente do Sindicato dos Servidores do Município de Ipaumirim, Terezinha Gonçalves, disse que até o momento a Prefeitura ainda não anunciou o reajuste do salário dos servidores. "Há informações de que vai cumprir o piso salarial dos docentes e que o aumento seria de apenas R$ 26,00 para o professor de nível médio com 20 horas semanais", explicou. "Isso é um absurdo e vamos realizar, no próximo dia 11, uma manifestação, uma caminhada do centro até o Fórum de Justiça".

Os professores lutam para a implantação da jornada extraclasse, um terço para planejamento, mas as Prefeituras alegam dificuldades financeiras para conceder o benefício. "Os professores de 40 horas recebiam acima do piso, mas a maioria é de 20 horas, ganhando a metade", observou Terezinha.

"Se a jornada extraclasse for implantada, haverá necessidade de contratação de mais professores ampliando a folha de pagamento", observa a pedagoga Eleneuda Souza. "Vai trazer mais dificuldades para os gestores cumprirem a Lei de Responsabilidade Fiscal".

Greves no Cariri
Na região do Cariri cearense, a falta do pagamento do reajuste do Piso Nacional do Magistério, em 13,01%, resultou na paralisação de professores nos municípios de Barro e Juazeiro do Norte. Na terra de Padre Cícero, a paralisação, por tempo indeterminado, foi acatada pelos docentes durante assembleia realizada pela categoria no dia 19 de fevereiro. Na ocasião, cerca de 700 professores participaram da reunião que resultou na deflagração do estado paredista.

A greve dos professores em Juazeiro do Norte é uma resposta ao governo do Município, que conseguiu aprovar, na Câmara de Vereadores, projeto de Lei que reajustou os salários de todas as categorias dos servidores municipais em 6,5%. O professorado exige que sejam aplicados os percentuais de 13,01% anunciados em janeiro pelo Ministério da Educação, referentes ao Piso Nacional do Magistério, que ampliou de R$ 1.697,00 para R$ 1.917,78 a referência mínima para o vencimento das carreiras de professores com formação de nível médio.

Em Barro, os docentes decidiram paralisar as atividades no último dia 24. Os grevistas querem que seja feita a aplicação do reajuste concedido pelo governo federal, bem como a liberação dos pagamentos referentes ao adicional por tempo de serviço (anuênios), pagamento das referências constantes no Plano de Cargos, Carreira e Salários do Magistério (PCCS) e do adicional de hora/aula para o profissional polivalente, retirado desde o ano passado pelo município, dentre outras demandas.

Na última terça-feira (3), um acordo entre o Município e os grevistas solucionou, temporariamente, a situação. Durante audiência na Justiça, a Prefeitura solicitou prazo de 15 dias para que pudesse analisar as propostas da categoria e aplicá-las dentro das possibilidades financeiras existentes. Por sua vez, os professores decidiram retornar, ontem (quinta-feira), às salas de aula e por fim ao movimento paredista. No entanto, conforme a presidente do Sindicato dos Professores Municipais de Barro, Paula Bezerra, caso não haja o cumprimento do acordo proposto pela Prefeitura, os professores retomarão a greve.

"Os professores entenderam que era possível dar um voto de confiança à administração do Município. Porém, caso as reivindicações da categoria não sejam atendidas no prazo solicitado pela Prefeitura, os professores retomarão a greve por tempo indeterminado", disse.


Mais informações
Fetamce
Rua Padre Barbosa de Jesus, 820 - Fortaleza
Telefone: (85) 3226-1788

Aprece
Rua Maria Tomásia, 230 - Fortaleza
Telefone: (85) 4006-4000

ALEX PIMENTEL
COLABORADOR/SUCURSAIS

Fonte: Diário do Nordeste



Homem que já esteve morto duas vezes relata como é ir dessa para melhor

Você já deve ter ouvido muitas histórias de pessoas que foram consideradas mortas por alguns minutos, mas que acabaram voltando à vida depois de algum tempo. Na maioria dos casos, esses pacientes relatam que passaram por uma espécie de apagão. Recentemente, um relato mais intenso sobre esse tipo de experiência foi publicado no Reddit e acabou chamando a atenção de todo o mundo.

Ainda que morrer seja nossa única certeza imbatível, é bizarro imaginar que não fazemos ideia do que é a sensação de morte. Há, no final das contas, uma sensação? Será que é como se estivéssemos caindo em um poço sem fundo, no maior estilo Alice, ou será que morrer é como dormir?

O relato desse cara foi levado a sério justamente porque ele esteve “morto” duas vezes – por cerca de dois minutos cada vez. Na primeira vez que experimentou a morte, ele foi vítima de um acidente de moto; na segunda, teve uma overdose de analgésicos.

Sono profundo
Segundo ele, a sensação de morte é uma espécie de vazio, quando a mente não tem consciência nem é capaz de sentir coisa alguma. “Nas duas vezes eu apenas ‘não estava la’”, resumiu ele. A sensação, de acordo com o relato, poderia ser comparada com um cochilo, sem sonhos, mas em um sono profundo, do tipo que a pessoa acredita ter dormido por um longo período ao acordar, ainda que apenas alguns minutos tenham se passado.

As “mortes” citadas no relato, de acordo com o usuário, foram confirmadas pelos médicos que o atenderam. “Se os médicos não tivessem dito nada, eu pensaria que tinha tirado um cochilo sem sonhos”, comparou.

Sobre a sensação de estar prestes a morrer, o usuário disse que a primeira vez que sentiu foi no momento do acidente de moto: “a única coisa em minha mente era ‘oh, m$%&a!”. Já na segunda vez, quando “morreu” por uso excessivo de medicamentos, a descrição foi diferente: “Na segunda vez eu não fazia ideia. Eu estava com dor e, de repente, não tinha nada, simplesmente sem vida. Então eu acordei sentindo dor de novo”.

Sem medo
O depoimento contou também com a descrição da sensação de saber que se esteve morto por um tempinho: no início, o usuário disse ter achado a notícia empolgante, mas quando pensou sobre o ocorrido, a seriedade de seu caso o deixou espantado. O lado bom, segundo ele, é que seu medo da morte diminuiu, afinal ele sabe que morrer é como dormir. “Quando você morre, você apenas deixa de existir, não há nada com o que se preocupar!”.

No quesito religioso de sua experiência, ele revelou que sempre foi ateu e que continua tendo a certeza de que Deus e Paraíso não existem. Ainda assim, ele deixa claro a importância de respeitar a crença de cada pessoa. “As pessoas precisam parar de forçar suas crenças nos outros”, resume.

“Nenhuma conquista pessoal vai ter importância para mim quando eu estiver morto, a única coisa que vai viver depois da minha morte será o meu impacto nas pessoas que continuarem vivas. E eu espero que esse impacto seja positivo”, finalizou.

Fonte: Mega Curioso (Via The Independent/Christopher Hooton)



Crato (CE): Prefeitura faz nova limpeza do Canal do Rio Granjeiro

As secretarias municipais de Serviços Públicos e Obras Públicas do Crato iniciaram na manhã da última quinta-feira, 5 de março, os serviços de limpeza, coleta de lixo, pedras, areia, corte de todo matagal no interior do canal do rio Grangeiro. Os serviços visam deixar o canal totalmente limpo, visando um fluxo normal de água durante o inverno, e assim, evitar transbordamentos e inundações em vários pontos da cidade, que causavam prejuízos e moradores e comerciantes  às margens deste canal.

Os serviços serão executados pela RF Empreendimentos Comércio e edificações Ltda  referente tomada de preços 2014.10.30.1, conforme contrato nº 2015.01.30.2, no valor de R$ 62.701,52 (sessenta e dois mil, setecentos e um reais e cinquenta e dois centavos). O prazo para conclusão dos serviços é de 60 dias.

Assessoria de Imprensa/PMC



Três mostras de cinema movimentam Interior do CE

Cinéfilos e admiradores da "sétima arte" terão a oportunidade de conferir, durante todo o mês de março, a programação especial desenvolvida pelas unidades do Serviço Social do Comércio (Sesc) nos municípios de Juazeiro do Norte, Crato e Sobral. As películas fazem parte de projetos distintos, desenvolvidos por cada uma das unidades da entidade, e buscam despertar no espectador interesse por temas como ditadura militar e prestar homenagens em torno de datas especiais, como o Dia Internacional da Mulher, por exemplo.

Em Juazeiro do Norte a seleção reúne obras cinematográficas em exibições às quartas-feiras, sempre às 19h, com entrada gratuita. A abertura do projeto, intitulado Cinematógrapho, aconteceu no último dia 4, quando foi apresentado o filme "Cara ou Coroa". Na próxima semana, estará em cartaz o drama "Marighella", de Isa Grinspum Ferraz. O filme conta a história do líder comunista e parlamentar Carlos Marighella, que foi vitima de prisões e torturas.

Autor do Manual do Guerrilheiro Urbano, Mariguella chegou a ser considerado o inimigo número um do Regime Militar. O longa tem classificação indicativa a partir dos 14 anos.

Com direção de Chaim Litewshi, "O Cidadão Boilesen" tem exibição marcada para o dia 18 de março. Um documentário que tem como temática a revelação das ligações políticas e econômicas entre civis e militares no combate à luta armada. O filme traz, ainda, entrevistas e vasto material iconográfico e documentos até então secretos.

Já no dia 25, "A memória que me contam", de Lúcia Murat, mostrará o drama irônico envolvendo utopias derrotadas, terrorismo, comportamento sexual e a construção de um mito. Um grupo de amigos, que resistiu à ditadura militar, acompanhado de seus filhos, enfrenta o conflito entre o cotidiano de hoje e o do passado quando um deles está morrendo.

Em Crato, a mostra definida pelo projeto Cinemarama apresenta, na próxima terça-feira (9), o filme "César deve morrer", dirigido pelos irmãos Paolo e Vittorio Taviani. Classificado como um drama, é visto como um trabalho artístico, tendo sido filmado dentro do presídio de Rebibbia, em Roma, onde os internos preparavam a encenação da peça Julio César, escrita por William Shakespeare.

No dia 16, "Muito mais que um crime", do diretor Costa Gravas, traz a história da advogada criminalista Anne Talbot, que teve seu pai acusado de ter cometido centenas de crimes de guerra na Hungria, tendo sido ameaçado de deportação, ao qual saiu em sua defesa. O julgamento é levado para Budapeste e as evidências que surgem levantam sérias dúvidas sobre a inocência do pai da advogada.

Desafios
A mostra traz, ainda, no dia 23, a apresentação do longa "Depois da chuva". Baseado no último roteiro de Akira Kurosawa, o filme retrata a história de Ronin, um samurai sem mestre, que, ao lado da mulher Tayo, perambula de cidade em cidade em busca de emprego. Daí se desenrolam os desafios e dificuldades.

Já em Sobral, o Sesc apresenta uma seleção de filmes em homenagem ao Dia Internacional da Mulher. Dirigido por Patrice Leconte, o filme "O marido da cabeleireira" entra em cartaz na sexta-feira da próxima semana, 13. Sucesso do cinema francês nos anos 1990.

No dia 20, a sessão fica por conta do filme "Um anjo em minha mesa". Baseada no relato autobiográfico de Janet Frame, a obra dirigida por Jane Campiom conta a história de uma ruiva tímida que é diagnosticada como esquizofrênica. Finalizando as exibições, no dia 27, o longa "A dama do Cine Shangai", de Guilherme de Almeida Prado.

Mais informações
Sesc de Juazeiro do Norte
Rua da Matriz, 227, Centro
(88) 3512-2532

ROBERTO CRISPÍM
COLABORADOR

Fonte: Diário do Nordeste



Os 10 materiais mais caros do mundo

Existem substâncias na Terra, naturais ou não, que possuem preços absurdos. Seja por serem raras ou pela dificuldade em produzi-las, alguns gramas desses materiais podem esvaziar os bolsos de seus compradores. E não, o ouro não está presente na lista que você acompanha a seguir.

O valor de cada item apresentado pode mudar de acordo com a época ou a demanda, mas os preços estão os mais atualizados possíveis. Ainda, uma das únicas coisas que todos estes materiais têm em comum é a alta procura e o fornecimento — seja legalizado ou não. Então, feche bem a carteira e boa leitura.

10. Heroína: R$ 380 por grama
Quase todo o ópio do mundo que é usado para processar a heroína vem do Afeganistão — cerca de 80%. A droga age diretamente no cérebro, se transformando em morfina e causando euforia em seus consumidores. A heroína é uma das substâncias mais viciantes e destruidoras no planeta.

9. Cocaína pura: R$ 640 por grama
Derivada em sua maioria da folha da coca, uma planta sul americana, a cocaína é outra droga muito viciante. Utilizada por seus usuários também como estimulante, ela tem este preço pela alta demanda e por seus produtos derivados — o crack é feito com a sua pasta-base.

8. Ácido lisérgico dietilamida (LSD): R$ 8 mil por grama
O ácido lisérgico é conhecido popularmente como LSD e foi descoberto em 1938. Inicialmente, era estudado para agir como remédio psicológico. O LSD ficou famoso na década de 60, sendo muito utilizado para "expandir a consciência".

7. Plutônio: R$ 11 mil por grama
Derivado do urânio, o plutônio é utilizado para causar reações nucleares. Ele raramente é alcançado por meio de processos naturais.

6. Painita: R$ 26 mil por grama
Descoberta nos 50, a painita é um mineral que já foi conhecido como o mais raro do mundo. Sua cor avermelhada é atraente entre os mineradores. A última vez que a pedra apareceu na natureza foi em Myanmar.

5. Pedra Taaffeite: R$ 59 mil por grama
As cores da pedra Taaffeite vão do vermelho até o púrpura. O mineral é tão raro que a quantidade já encontrada até hoje não enche um copo de requeijão.

4. Trítio: R$ 89 mil por grama
O Trítio é uma formação natural vinda de um processo complicado: apenas quando nitrogênio ou deutério são bombardeados com radiação cósmica. Isso resulta em núcleos de hidrogênio com dois nêutrons adicionais. Como uma forma radioativa, o Trítio possui um brilho natural que é utilizado em placas de sinais, lasers de armas e outros produtos, como relógios.

3. Diamante: R$ 163 mil por grama
Este material é mais conhecido pelo público. Mas, só para você ter noção do quão caro pode ser um diamante, alguns deles possuem mais de três bilhões de anos.

2. Califórnio: R$ 80 milhões por grama
O Califórnio é um metal raro que não aparece naturalmente: é altamente radioativo e solta cerca de 170 milhões de partículas de nêutron por minuto — o que o torna extremamente tóxico para a maioria dos seres vivos. Este elemento é usado para a detecção do ouro, platina e poços de petróleo.

1. Antimatéria: R$ 18,6 trilhões por grama
Para criar a antimatéria é necessário nada menos que a tecnologia mais avançada disponível e o CERN, o maior laboratório de física de partículas do mundo. O CERN cria pequenas quantidades suficientes para que uma equipe de cientistas a estudem. A antimatéria também é utilizada ficcionalmente, mostrando sempre a sua capacidade destrutiva quando em contato com a matéria comum. É impossível comprar a antimatéria.

Fonte: Mega Curioso (Via The Richest)



Crato (CE): Ministro da Cultura Juca Ferreira visita o município na próxima segunda-feira (9)

O Ministro da Cultura do Brasil Juca Ferreira vai estar nesta segunda-feira, 9, visitando o Município do Crato e Nova Olinda.

Em Crato ele será recepcionado pelo prefeito Ronaldo Gomes de Mattos e pela secretária de Cultura Dane de Jade. A vinda do Ministro ao Cariri se dá por conta do convite feito pelo Governador Camilo Santana e pelo secretário de Cultura do estado, Guilherme Sampaio.

Após visita a Nova Olinda o ministro vem ao Crato onde almoça com prefeitos e secretários municipais de cultura, no Hotel Pasárgada. Em seguida, Juca Ferreira faz uma visita a Solibel, coordenado por Monsenhor Ágio.  Às 15h30min o  ministro, ao lado do secretário de Cultura do Estado, Guilherme Sampaio e da secretária de Cultura do Crato, Dane de Jade se desloca a escola Violeta Arraes, no Bairro São Miguel, onde participa de um bate papo com profissionais da cultura sobre as demandas da Região do Cariri.

Segundo o secretário de Cultura do Ceará, Guilherme Sampaio, a vinda do ministro é uma demonstração da pujança cultural do Cariri, bem como,  mostra o prestígio do Ceará que irá montar uma política cultural  direcionada a democratizar o acesso à cultura.

O Crato, como berço cultural do Cariri e do Ceará será o espaço privilegiado para debater as políticas culturais, as demandas e formar uma política na área da cultura para o Território do Cariri.

A secretária Dane de Jade considera fundamental a  visita do ministro Juca Ferreira  ao Crato. Segundo Dane será uma oportunidade de mostrar  ao ministro a nossa cultura,  bem como, debater importantes projetos culturais para o Crato e o Cariri.

Recentemente o prefeito Ronaldo Gomes de Mattos e a secretária Dane de Jade estiveram reunidos com o secretário de Cultura do Estado, Guilherme Sampaio. Na pauta, um diálogo sobre as políticas culturais para o Município do Crato.

Assessoria de Imprensa/PMC



Ceará ganhará 9º dígito de celular até o final de 2015

Visando aumentar a disponibilidade de números na telefonia celular e dar continuidade ao processo de padronização da marcação das chamadas, o nono dígito vai ser acrescentado aos números de celulares no Ceará a até o dia 31 de dezembro de 2015.

Na primeira fase de implantação, as chamadas para telefones celulares realizadas com apenas oito dígitos ainda serão completadas, e o usuário ouvirá uma mensagem orientando sobre o novo formato. Após o período de transição, as discagens com oito dígitos não serão mais completadas.

O usuário de telefone fixo também terá de discar o nono dígito para chamadas a telefones celulares que ganharem o nono dígito. Quem ligar de qualquer telefone, seja fixo ou móvel , terá de acrescentar o 9 antes do número antigo para que a ligação seja completada.

A mudança, que já foi feita nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Amapá, Amazonas, Maranhão, Pará e Roraima, atende a resolução nº 553 da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), de 14 de dezembro de 2010. O nono dígito na telefonia móvel será implementado em todo o Brasil até o fim de 2016.

Fonte: Tribuna do Ceará



Barbalha (CE): Iniciadas as inscrições para curso de Assistência Técnica

O Centro Vocacional Técnico (CVTEC) do Instituto Centec, em Barbalha, está com inscrições abertas para o curso de extensão em Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater). A capacitação tem o objetivo de possibilitar aos alunos uma melhor compreensão sobre como trazer maiores benefícios para a agricultura a partir da elaboração, implementação e avaliação das atividades de extensão rural.

Com 20 vagas, ela vai de 9 a 20 de março, sob a instrução da professora Leila Tavares, graduada em Tecnologia de Alimentos pela Faculdade de Tecnologia Centec (Fatec) e especialista em Biologia e Química pela Universidade Regional do Cariri (Urca). As aulas serão de segunda a sexta, das 13h30 às 17h30 (40 h). A taxa de inscrição é de 20 reais.

Voltado para técnicos agrícolas e agropecuários, alunos do CVTEC Barbalha, produtores rurais e sociedade em geral, o curso estará com matrículas abertas até o início das aulas ou até que sejam preenchidas todas as vagas. "O objetivo é estimular e animar as pessoas para um desenvolvimento sustentável da agricultura familiar na região, com as melhores formas de oferecer ajuda aos agricultores. Também serão repassados conhecimentos sobre os principais programas para fortalecimento da produção familiar na agricultura", afirmou Leila.

Mais informações
Período: De 9 a 20 de março, das 13h30 às 17h30
Local: CVTEC Barbalha
Endereço: Av. José Bernadino Cavalcante Leite, S/N, Km 4, Buriti
Telefones: (88) 3532.0801 / 3532.2311

Fonte: Diário do Nordeste



Crato (CE): Escolas do município reiniciam as atividade do Mais Cultura

Escolas da rede municipal do Crato retomam as atividades do Programa Mais Cultura do Governo Federal. O Programa visa possibilitar o acesso da comunidade a produção da diversidade artística e cultural. As escolas fizeram parcerias com agentes culturais para terem seus projetos aprovados.

O Programa vem sendo desenvolvido desde 2014 e possibilitando o pagamento de artistas do Crato em atividades nas escolas é fruto de uma parceria da prefeitura com o Governo Federal.

No Crato, 10 escolas da rede municipal desenvolvem o Mais Cultura, com atividades que envolvem teatro, dança, tecnologias e novas mídias, artes visuais, circo, tradição, musica e meio ambiente.

As escolas aguardam o pagamento da segunda parcela do Programa para cumprir o prazo previsto para realização do Programa em cada escola que são  de seis meses.
  • EEIEF Professor Jose Bizerra de Brito      
  • EEIEF Maria Yara de Brito Gonçalves – CAIC
  • EEIEF 18 de Maio      
  • EEIEF Dom Vicente de Paulo Araújo Matos
  • EEIEF Prof. José do Vale Arraes Feitosa  
  • EEIEF Joao Leandro Correia
  • EEIEF Cel Filemon Fernandes Teles
  • EEIEF São Francisco
  • EEIEF Rotary
  • Colégio Municipal Pedro Felício Cavalcanti
Assessoria de Imprensa/PMC



ShareThis