Barbalha (CE): Dupla é presa com revólver após tentar assaltar posto de gasolina

Dois jovens foram presos após uma tentativa de assalto por volta das 20 horas desta sexta-feira no posto de combustíveis S.C.J na saída da Barbalha. John Wanderson Pereira dos Santos, de 23, reside na Rua Nossa Senhora do Carmo, 827 (Franciscanos) e Teogenys Adriano de Sousa Silva, de 20 anos, mora na Rua Santa Isabel, 2293 (Pirajá), igualmente em Juazeiro do Norte. A dupla estava armada com um revólver calibre 38 tendo seis cartuchos intactos.

Segundo o Capitão L. Rodrigues, que comandou a operação com o apoio dos Soldados Carlos, F. Santos e Alves do Ronda do Quarteirão, os dois tem preferência por assaltos a postos de combustíveis e mototaxistas como um deles confessou. A polícia já vinha monitorando os passos da dupla desde o recente retorno de Teogenys de São Paulo. O capitão está averiguando a hipótese de que este nome seja falso.

No dia 18 de maio de 2010 Wanderson foi preso após um assalto na Farmácia Feitosa, que funciona na Rua São Pedro no centro de Juazeiro acompanhado de um adolescente na época com apenas 17 anos. A dupla rendeu os funcionários levando-os para o fundo do estabelecimento e roubaram uma sacola grande contendo vários produtos vitamínicos e mais R$ 1.850,00 em dinheiro quando fugiram em uma moto, cuja placa tinha sido anotada por uma pessoa que percebeu o assalto.

Desta forma não foi difícil chegar até Wanderson o qual terminou reconhecido como um dos assaltantes e não acabou confessando. Com ele, os PMs recuperaram R$ 856,00 e não encontrou o menor em sua casa no bairro São Miguel. Apenas um revólver calibre 32 e os produtos farmacêuticos para adquirir massa muscular. Cerca de uma hora depois, o adolescente se apresentou na delegacia acompanhado de sua mãe quando foi ouvido e posto em liberdade.

Demontier Tenório

Foto: Cícero Valério / Ag. Miséria

Fonte: Miséria


Sua saúde: AVCs e infartos são mais comuns às 6h30; saiba o porquê

Uma pesquisa revelou que o horário mais comum para sofrer um ataque cardíaco ou acidente vascular cerebral (AVC) é 6h30 da manhã. Agora, de acordo com um novo estudo, estes eventos cardiovasculares são mais comuns neste horário porque é quando o nível da proteína responsável por retardar a degradação de coágulos de sangue, o ativador do plasminogênio inibidor-1 (PAI-1), chega ao pico. As informações são do Daily Mail.

Para saber por que este é o horário em que mais acontecem ataques cardíacos e AVCs, os pesquisadores, do Brigham and Women's Hospital e da Oregon Health and Science University, estudaram os níveis da proteína no corpo de 12 adultos saudáveis por duas semanas.

Os voluntários tiveram as rotinas diárias desincronizadas de seus relógios biológicos e foram avaliados nestas condições. O objetivo era estabelecer se o responsável pela oscilação do nível da proteína é o relógio biológico ou a rotina de cada pessoa.

"Nossas descobertas sugerem que o relógio biológico contribui para o aumento do risco de eventos cardiovasculares durante a manhã", disse Frank Scheer, autor do estudo. "O que descobrimos indica que o sistema circadiano humano causa o pico da proteína pela manhã, independentemente do comportamento ou das influências ambientais", completou Steven Shea, que também participou do estudo.

Os pesquisadores ainda explicaram que este estudo estabeleceu o controle circadiano da PAI-1 em indivíduos saudáveis e que futuras pesquisas são necessárias para se aplicar a indivíduos vulneráveis, como portadores de obesidade, diabetes ou doenças cardiovasculares.

Fonte: Terra



Chuvas abaixo da média e possível seca em 2015 preocupam Estado

Nesta semana houve uma redução de chuvas no sertão do Ceará, mas a previsão da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) é de retorno das precipitações neste fim de semana. Três situações preocupam autoridades e moradores: nova previsão da Funceme revela condições desfavoráveis da quadra invernosa de 2014; praticamente não houve recarga dos reservatórios de médio e grande porte no Estado; e para 2015, a permanência do sistema El Niño pode indicar um novo período de estiagem.

O assistente da Diretoria de Operações da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh), Gianni Lima, frisou que o Ceará enfrenta o segundo ano de secas muito intensas. "No Sertão de Crateús e na Bacia do Curu este é o quinto ano seguido de seca hidrológica", observou. "A perspectiva é de uma nova seca em grande parte do Ceará, em 2015, segundo modelo atual do El Niño", adiantou.

Decorridos os dois primeiros meses da quadra invernosa, o nível médio dos reservatórios permanecem praticamente o mesmo em relação ao início deste ano, em torno de 30%. Dos 144 açudes monitorados pela Cogerh, apenas dois têm volume acima de 90% (Curral Velho, em Morada Nova) e Gavião; outros 106 reservatórios estão com volume abaixo de 30%.

Gianni Lima disse que é importante analisar a garantia de abastecimento ao longo dos meses, e não apenas o percentual dos reservatórios. "Todas as cidades com problemas de abastecimento, nas sedes urbanas, estão com solução garantidas ou em andamento", frisou. "O esforço do governo é para evitar colapso".

Até o momento, 15 adutoras de engates rápidos já foram instaladas e mais nove serão implantadas. Quatro cidades enfrentam situação mais crítica: Irauçuba, Canindé, Salitre e Quiterianópolis. Todas com solução (adutora ou poços) realizada ou em andamento.

Na madrugada e manhã de hoje a Funceme registrou chuva em 56 municípios. As cinco maiores precipitações ocorreram em Aracati (55mm), Fortaleza (51mm), Missão Velha (40 mm), Barbalha (37mm) e Crato, no Lameiro (35mm). Choveu ainda em Barro (33mm) e Juazeiro do Norte (29mm). Parte da região Sul do Ceará foi a mais favorecida.

Bastou uma chuva de 55mm para alagar vários pontos da cidade de Aracati, na região do Vale do Jaguaribe. Na Rua do Centro Histórico, onde há diversos casarões tombados, uma lagoa se instalou em frente à Câmara Municipal. No entorno da Rodoviária, os motoristas tiveram que dirigir cautelosos, por conta da água que encobriu alguns buracos na via pública.

Na Rua Joaquim Ponciano, os moradores reclamaram de pontos de alagamentos. Segundo o radialista, Wagner Guiot, as obras de drenagem anunciada pela Prefeitura, no valor de R$ 300 mil, estão atrasadas. A insatisfação da população veio após uma chuva de 100mm que deixou a rua alagada. Sem data de previsão para iniciar os trabalhos, moradores arrancaram a placa que anunciava o serviço.

A meteorologista da Funceme, Dayse Moraes, disse que a tendência para este fim de semana é de retorno das chuvas, porquanto um ramo da Zona de Convergência Intertropical (principal sistema causador de chuva no Ceará) está se aproximando do Estado. "Nos últimos dias, um Cavado de Altos Níveis (CAN) atuou sobre o Ceará, impedindo a formação de nuvens de chuva, mas esse sistema está se afastando", explicou.

Na próxima segunda-feira, durante a reunião do Comitê Integrado da Seca, no Auditório do Comando Geral do Corpo de Bombeiros, em Fortaleza, a meteorologista da Funceme, Meiri Sakamoto, vai apresentar previsões climáticas até junho. Serão apresentados dados e tendência a partir das condições termodinâmicas dos oceanos Atlântico e Pacífico e da atmosfera. Também serão considerados os modelos atmosféricos da Funceme e de várias instituições nacionais e internacionais.

A nova previsão da Funceme vai mostrar que as condições atuais permanecem desfavoráveis às precipitações na maior parte do Ceará. O quadro da estiagem no Estado permanece. Neste ano, a Funceme já divulgou dois prognósticos oficiais de chuva e, na última semana deste mês, um terceiro documento confirma a tendência de irregularidade nas precipitações até o mês de junho.

De acordo com o terceiro prognóstico, a maior probabilidade é de que as chuvas fiquem abaixo da média histórica no trimestre abril - maio - junho na maior parte do Ceará, numa área que se estende da Região Central ao Sul do Estado. Apenas na parte Noroeste, entre o Litoral Norte a Região da Ibiapaba, os modelos sugerem maior probabilidade de chuvas em torno da média histórica.

Essa atualização do prognóstico inclui os dois últimos meses da quadra chuvosa e o primeiro mês da pós-estação (junho). Em janeiro, quando a média histórica é de 98,7 milímetros, choveu somente 46,7. A média em fevereiro é de 127,1mm e foram registrados 92,9mm. O mês de março ainda não terminou, mas a média mensal é de 206,2mm e houve precipitações de apenas 122,9mm em 27 dias. Até ontem, choveu apenas 40,4% da média para o período no Estado. As precipitações menores tornam-se mais grave no Estado, que já registra, nos últimos dois anos, uma das piores secas.

Mais informações
Fundação Cearense de Meteorologia (Funceme)
(85) 3101. 1107

Cogerh
(85) 3218. 7038

HONÓRIO BARBOSA
REPÓRTER

Fonte: Diário do Nordeste



F-1: Hamilton volta a largar na pole na Malásia; Massa é apenas o 13º

Lewis Hamilton e Sebastian Vettel sobraram no treino classificatório para o Grande Prêmio da Malásia, neste sábado, em Sepang. O britânico e o alemão conseguiram colocar mais de meio segundo de vantagem sobre todos os demais, inclusive seus próprios companheiros de equipe, para disputar a pole position na casa dos centésimos. Melhor para o piloto da Mercedes, que vai largar na frente pela segunda vez na temporada 2014 da Fórmula 1.

O treino foi atrasado em cerca de 50 minutos por conta das chuvas torrenciais que caíram sobre Sepang. Ainda no Q1 (primeira etapa do treino), a sessão foi paralisada depois que sueco Ericsson, da Caterham, bateu forte no muro. Durante o Q2, outro incidente, desta vez com a suspensão do carro de Fernando Alonso, voltou a interromper o treino, que acabou mais de 1h depois do previsto.

Melhor carro desse início de temporada, a Mercedes voltou a andar mais rápido que os demais. Assim como já havia sido na Austrália, Hamilton cravou a pole, com 1min59s431. Mostrando que não depende apenas de um bom carro, mas que é um excepcional piloto, Sebastian Vettel, com a Red Bull, andou muito perto, mas falhou na hora H.

Antes de iniciar a última volta, Vettel desacelerou para deixar Fernando Alonso abrir uma distância maior à sua frente, mas perdeu tempo demais e não conseguiu abrir a volta antes do cronômetro zerar. Assim, perdeu a chance de mais uma tentativa, completando o treino com a melhor volta em 1min59s486.

Os demais vieram longe. A segunda fila terá Nico Rosberg, vencedor na Austrália com a Mercedes, que cravou 2min00s050 na sua volta mais rápida, largando ao lado de Fernando Alonso, da Ferrari, com 2min00s175. Também longe deles, a mais de um segundo do pole, aparece o australiano Daniel Riccardo no outro carro da Red Bull.

Felipe Massa acabou prejudicado pelo erro de estratégia da Williams, que resolveu testar o pneu intermediário no Q2, sem sucesso, e deixou o brasileiro fora dos 10 primeiros, na 13.ª colocação. Seu companheiro de equipe, o finlandês Valtteri Bottas, também foi mal e sai no 15.º lugar do grid. A largada está prevista para as 5h deste domingo, pelo horário de Brasília.

Confira o grid de largada do GP da Malásia:

1º - Lewis Hamilton (ING/Mercedes), 1min59s431
2º - Sebastian Vettel (ALE/Red Bull), 1min59s486
3º - Nico Rosberg (ALE/Mercedes), 2min00s050
4º - Fernando Alonso (ESP/Ferrari), 2min00s175
5º - Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull), 2min00s541
6º - Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari), 2min01s218
7º - Nico Hülkenberg (ALE/Force India), 2min01s712
8º - Kevin Magnussen (DIN/McLaren), 2min02s213
9º - Jean-Eric Vergne (FRA/Toro Rosso), 2min03s078
10º - Jenson Button (ING/McLaren), 2min04s053
11º - Danill Kvyat (RUS/Toro Rosso), 2min02s351
12º - Esteban Gutierrez (MEX/Sauber), 2min02s369
13º - Felipe Massa (BRA/Williams), 2min02s460
14º - Sergio Perez (MEX/Force India), 2min02s511
15º - Valtteri Bottas (FIN/Williams), 2min02s756
16º - Romain Grosjean (FRA/Lotus), 2min02s885
17º - Pastor Maldonado (VEN/Lotus), 2min02s074
18º - Adrian Sutil (ALE/Sauber), 2min02s131
19º - Jules Bianchi (FRA/Marussia), 2min02s702
20º - Kamui Kobayashi (JAP/Caterham), 2min03s595
21º - Max Chilton (ING/Marussia), 2min04s388
22º - Marcus Ericsson (SUE/Caterham), 2min04s407

Fonte: Estadão



Juazeiro do Norte (CE): Polícia encontra drogas dentro de uma caixa de hidrômetro

O combate ao tráfico de drogas no bairro Frei Damião resultou na apreensão de 20 papelotes de cocaína e mais 20 charutos de maconha por volta das 15 horas desta sexta-feira em Juazeiro do Norte. Denúncias anônimas levaram militares do Serviço de Inteligência e Ronda do Quarteirão a fazerem um monitoramento no trecho, onde estariam sendo comercializadas substâncias entorpecentes.

A droga foi encontrada numa sacola dentro de uma caixa do hidrômetro na Rua Francisca Correia Brasil em frente ao número 17 naquele bairro. A polícia já suspeita quem seria o dono da cocaína e dos charutos da “erva”, mas optou por não declinar e seguir adiante nas investigações. Ultimamente, os traficantes tem procurado evitar drogas dentro de casa para evitar flagrantes.

Crato 
Uma hora e meia antes na Rua Jesus de Nazaré, 05 em Crato, a polícia prendeu três pessoas com 10 gramas de maconha e oito aves da fauna silvestre. Raimundo Nonato Ribeiro da Silva, de 32 anos, o “Menor”, ali residente, é suspeito de ter matado Rafael de Sousa Santos, de 19 anos, na noite desta quinta-feira (27) no bairro Pinto Madeira, mas nega. Estavam com o mesmo José Gomes dos Santos Junior, de 18, o Júnior Gordo, e Leonardo Matos de Lacerda, de 19 anos, o “Léo”. Segundo os Soldados Terceiro, Ricardo e Romerito, que levaram os três para a delegacia, “Menor” já responde por um crime de lesão corporal.

Demontier Tenório

Foto: Chinês / Ag. Miséria

Fonte: Miséria



Vídeo revela a absurda dificuldade para achar destroços do avião da Malásia

O avião que fazia o voo MH370 da Malasya Airlines desapareceu com 239 pessoas a bordo no dia 8 de março. Hoje (28), transcorridos 20 dias desde o sumiço, os destroços ainda não foram localizados, apesar de as buscas estarem envolvendo diversos países, equipes e satélites.

Uma das explicações para a demora em chegar até os destroços da aeronave pode estar na dificuldade de navegação pelo Oceano Índico, onde o avião teria caído. Um vídeo de quatro minutos e meio divulgado nesta semana mostra uma equipe de resgate em um barco em meio à agitação do oceano, enfrentando obstáculos como o vento e ondas gigantes.



Fonte: Mega Curioso


Eunício confirma para Cid que vai disputar o Governo do Estado

Se a expectativa maior era a de que o encontro entre o governador Cid Gomes (PROS) e o senador Eunício Oliveira (PMDB), ontem, no Palácio da Abolição, fosse esclarecer as dúvidas sobre como se dará o cenário eleitoral em torno da sucessão para o Governo do Estado, os dois, ao evitarem falar sobre o que conversaram, deixaram as mesmas interrogações de antes, com Eunício dizendo querer ser candidato e Cid afirmando que só tratará de nomes de candidatos ao Governo posteriormente.

A conversa dos dois já estava ensaiada. Pelo noticiário político anterior, com Eunício dizendo ser a vez dele de ser candidato ao Governo e de Cid Gomes afirmar que só trataria desse assunto mais para perto do mês de junho, nenhum fato novo deveria ser tratado entre os dois aliados desde o pleito estadual de 2006, quando Cid foi eleito para o seu primeiro mandato.

No Palácio da Abolição, nem Cid Gomes e nem Eunício Oliveira relataram o teor da conversa que tiveram, reservadamente. Duas horas depois da reunião, no entanto, a assessoria do senador informou ao Diário do Nordeste que o governador alegou, no encontro, que não poderá tomar nenhuma decisão antes de haver uma definição sobre a possibilidade de ele renunciar ao mandato, na próxima semana, para viabilizar uma possível candidatura de Ciro Gomes ao Senado, assunto destacado pelo Diário, no último domingo.

De acordo com a assessoria de Eunício Oliveira, após o senador explicar a vontade de o PMDB lançar o nome dele para disputar o Governo do Estado, o governador ressaltou que qualquer definição sobre esse processo só será alcançada após a próxima sexta-feira, prazo final para a desincompatibilização do cargo, e depois de conversas com os demais partidos da aliança.

Aliados
Logo após o encontro na sede do Governo, o senador participou de uma reunião interna com alguns correligionários do PMDB para expor o que foi discutido na conversa com o governador Cid Gomes, informou sua assessoria à imprensa. O governador Cid Gomes teria feito o mesmo a um grupo de liderados

Eunício Oliveira chegou ao Palácio da Abolição em torno das 13h e, após cerca de uma hora e meia de conversa com o governador a portas fechadas, somente Cid Gomes saiu pela entrada principal da sede do Governo, acompanhado apenas do seu chefe de Gabinete, Danilo Serpa. O senador peemedebista preferiu evitar o contato com a imprensa e deixou o Palácio por um saída alternativa.

"Ele saiu pela direita, que foi por onde ele entrou. Eu estou indo para casa, que é aqui do outro lado da rua", explicou Cid Gomes, que manteve o clima de mistério em torno da conversa com Eunício Oliveira ao repetir em três momentos seguidos que apenas Eunício Oliveira deveria explicar os principais assuntos discutidos no encontro da tarde de ontem.

"Não há nada de extraordinário em um senador da República se encontrar com um governador do seu Estado. Penso que, como foi uma audiência que ele pediu, quem deve falar sobre ela é ele. Depois, ele marca um encontro com vocês", frisou o governador ao justificar que não iria falar sobre a conversa que teve com Eunício Oliveira.

Professores
Logo que o senador chegou ao Palácio da Abolição, a assessoria de Eunício foi informada que o encontro com o governador não deveria demorar tanto tempo, já que, na agenda de Cid Gomes, ele deveria receber por volta das 15h os membros do Sindicato dos Professores e Servidores em Educação do Estado do Ceará. O deputado Artur Bruno confirmou a audiência ao colocar em sua página, na Internet, pouco antes das 16h, estar participando da audiência

Já sobre a possibilidade de renúncia para beneficiar o irmão, Ciro Gomes, com uma candidatura ao Senado, o governador assegurou não haver nenhuma novidade sobre a decisão dele em relação a isso. "Não há nenhuma mudança naquilo que eu já declarei. A minha disposição é de ficar no Governo, porque eu tenho um conjunto de ações que eu me realizaria muito em concluí-las, mas tem a possibilidade do Ciro se candidatar ao Senado", lembrou Cid Gomes.

Prazo
O governador revelou ter conversado com Ciro na última quinta-feira, mas alegou que nenhuma encontro até a próxima sexta-feira terá um caráter definitivo. "Nenhuma conversa será conclusiva. Nós estamos estudando, vendo as possibilidades, mas ainda temos tempo até a sexta-feira da semana que vem", apontou Cid Gomes.

Pelo Calendário Eleitoral, o prazo de desincompatibilização para quem queira ser candidato em outubro próximo ou tornar parente seu, até o terceiro grau, elegível, terá que deixar o cargo executivo que esteja ocupando até o dia 5 de abril, seis meses antes do dia da votação. Na verdade, no dia 5 de abril ele já deverá estar fora do cargo, o que o obriga a renunciar, no caso de detentor de cargo executivo, ou se afastar, no caso de ocupar função pública, até o fim do dia 4 de abril, sexta-feira próxima para evitar qualquer surpresa com as publicações oficiais que deverão comprovar, oficialmente, a desincompatibilização.

Fonte: Diário do Nordeste



Piloto da Avianca é demitido após xingar nordestinos no Facebook

Um copiloto da Avianca foi demitido nesta sexta-feira, 28, após ter feito comentários preconceituosos sobre nordestinos em sua página no Facebook na noite de quinta-feira.

Ele reclamou do atendimento em um restaurante em João Pessoa, na Paraíba, porque um prato demorou a chegar. "Para manter o padrão porco, nojento, relaxado, escroto de tudo no Nordeste como sempre". O caso foi divulgado pelo apresentador de um programa local Nilvan Ferreira.

A Avianca afirmou em nota que "repudia veementemente o comentário atribuído a um funcionário seu, veiculado nas redes sociais, de cunho preconceituoso" e que "qualquer ato contrário à ética é desprezado" pela companhia. A empresa reforçou ainda o "seu respeito e admiração por todos os povos, independentemente de sua origem."

Após a repercussão do comentário na rede social e na imprensa, o piloto deletou a postagem e escreveu um texto se desculpando. "Fiz um comentário infeliz, num momento de raiva e insatisfação de atendimento do restaurante em que estava. Quero esclarecer que não tenho nada contra as pessoas do nordeste, lugar que com frequência fui feliz em escolher para passar os momentos em que não estava trabalhando. Conheci lugares e pessoas incríveis, fiz amizades que perduram até hoje, sendo prova disso, minha namorada, que conheci em Recife."

Veja a íntegra a seguir:


Fonte: Estadão



Crato (CE): Dupla é presa após roubo de moto e um deles disse que mata quem reagir

Uma ação rápida da polícia terminou com a prisão de dois homens que tinham acabado de roubar uma motocicleta no final da tarde desta quinta-feira na Rua Chiquinha Macedo, imediações da ponte que dá acesso à Vila São Bento. Por ali, um jovem ia para casa pilotando sua Yamaha YBR de cor vermelha quando foi abordado por uma dupla armada com um revólver que tomou o veículo e dois capacetes gritando palavras de ordem.

A polícia foi avisada quando o Capitão Marcus Alencar, os Sargentos Rodrigues e Da Silva e os Soldados Braga, Barros, Fabiano, Terceiro e Salviano do Ronda do Quarteirão passaram a diligenciar pelas ruas do bairro Muriti com a ajuda de populares denunciando os autores. Os PMs não demoraram a localizar a dupla nas imediações da Crack Bom. O primeiro foi Francisco de Assis da Silva Júnior, de 18 anos, o Marcelo de Pelé, residente na Rua Carlos Drummond de Andrade, 51 (Muriti).

O acusado terminou reconhecido pela vítima e delatou seu comparsa igualmente preso, no caso José Adailton dos Santos, de 38 anos, o Rabo Fino, que mora na Avenida Chagas Bezerra, 404 (Bairro Mutirão). Há três dias Marcelo foi posto em liberdade após ser preso no dia 8 de março, nas imediações da Praça do Giradouro em Juazeiro, tentando vender por R$ 100,00 uma moto Honda POP de cor vermelha. Em entrevista na delegacia, o jovem disse que não exitaria em matar a vítima que não entregar a moto.

Demontier Tenório

Foto: Chinês / Ag. Miséria

Fonte: Miséria



Estado convocará 3 mil professores aprovados em concurso

O Ceará tem o maior percentual de professores temporários (59,9%) no Nordeste, sendo o quarto colocado no País. A informação consta em relatório de uma auditoria do Tribunal de Contas da União (TCU). Atualmente, são cerca de 13 mil professores efetivos na rede estadual de ensino, segundo a Secretaria da Educação (Seduc). Isso significa que há mais de 7,7 mil professores com contratos temporários no Estado. Para mudar este quadro, a Seduc afirmou que irá chamar, ainda neste semestre, os 3 mil aprovados no concurso público realizado ano passado.

Previsto inicialmente para ser divulgado no dia 6 de março e adiado para o último dia 12, o resultado da seleção deverá finalmente ser divulgado na próxima semana. "Nós estamos numa transição com relação à carência de professores porque estamos nestes dias, provavelmente no começo da próxima semana, publicando o resultado fim do nosso concurso para 3 mil vagas", afirmou a secretária estadual da educação, Izolda Cela. De acordo com ela, os novos professores suprirão vagas de efetivos atualmente ocupadas por temporários. Com relação ao atraso, a gestora afirmou que a aguarda um parecer da Procuradoria Geral do Estado (PGE).

"O concurso vai eliminar uma série de contratos temporários que existem hoje por conta de vagas definitivas, que existem por conta de alguém que se aposentou ou se afastou definitivamente", disse a secretária.

Entretanto, ela explicou que os professores temporários continuarão a suprir as vagas deixadas pelos efetivos que assumem outros cargos. "Há diretores e coordenadores com vagas que não podem ser substituídas em caráter definitivo. Então, vai ser sempre um professor temporário que vai substituir aquele professor que se afastou para exercer a direção da escola. Assim, nós temos aí um número grande de contratos temporários que sempre vão existir", completou.

A secretária esclareceu, em nota, que o concurso atenderá "às necessidades atuais existentes na rede estadual de ensino médio, decorrentes da reorganização curricular, aporte de agentes de suporte pedagógicos nas escolas, implantação da carga horária pedagógica para os professores em efetiva regência".

Convocação imediata
A Seduc garantiu ainda que "haverá convocação imediata dos aprovados" logo após a divulgação do resultado. As disciplinas de arte-educação, biologia, educação física, filosofia, física, geografia, história, língua espanhola, língua inglesa, língua portuguesa, matemática, química e libras serão as que receberão as 3 mil vagas do certame.

Foram 37 mil inscritos na seleção que começou em setembro do ano passado. Destes, 4.486 candidatos foram classificados para a fase seguinte, prática, realizada em novembro. Houve ainda uma terceira fase, constituída de análise de títulos. O salário para a carga horária de 40 horas semanais é de R$ 2.546,08, além do auxílio alimentação no valor mensal de R$ 220,00.

A auditoria do TCU avaliou a oferta e a qualidade do ensino médio no País e, baseado em dados do Tribunal de Contas do Estado do Ceará (TCE), apontou que há 3.802 professores fora da sala de aula, sendo que 3.651 atuam em atividades administrativas. Os dados são de 2012.

Projeto prepara alunos para Enem
A edição 2014 do Projeto Enem Chego Junto, Chego Bem foi lançada ontem pela Secretaria da Educação. Com o objetivo de estimular os estudantes do ensino médio da rede estadual a fazerem o exame, os participantes são acompanhados em seis etapas, deste a emissão dos documentos necessários para a inscrição até o dia do teste e o ingresso no ensino superior.

De acordo com a secretária da Educação, Izolda Cela, "o programa se desenvolve ao longo do ano em ações de natureza pedagógica, motivacional e logística, para ajudar os alunos a chegarem no dia da prova", disse. Ao analisar os resultados do ano passado, a secretária se mostrou otimista. "Os números são animadores", completou.

Em 2013, 10.687 jovens da rede estadual ingressaram no ensino superior, segundo a Seduc. Um dos destaques foi Weslley Vieira, aprovado em 1º lugar no curso de Medicina da UFC/Sobral. Para ele, o programa é importante "porque abre portas, mostra como funciona o Enem". Contudo, não há segredo para conseguir a aprovação. "É estudar, se preparar e usar as ferramentas que você dispõe", disse.

Fonte: Diário do Nordeste


STF decide que Azeredo será julgado por mensalão tucano na 1ª instância

Por maioria de votos (oito a um), o plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta quinta-feira (27) enviar para a primeira instância da Justiça de Minas Gerais a ação penal contra o ex-deputado federal Eduardo Azeredo (PSDB-MG) pelo caso conhecido como mensalão tucano. O único ministro a votar para que o Supremo julgasse o ex-parlamentar foi o presidente da Corte, Joaquim Barbosa.

Azeredo é acusado de peculato e lavagem de dinheiro por ter supostamente desviado recursos públicos, por meio de empresas de publicidade, para sua campanha à reeleição ao cargo de governador em 1998.

Outros acusados de envolvimento, como o empresário Marcos Valério - condenado como operador do mensalão do PT no Supremo - são processados por varas da Justiça Estadual e Federal em Minas. A ação contra Azeredo deverá ser julgada na 9ª Vara Criminal de Belo Horizonte.

Os ministros consideraram que, ao renunciar ao mandato, Eduardo Azeredo perdeu o foro privilegiado. Pela lei, o Supremo só pode julgar autoridade com foro, como parlamentar e ministro de Estado. A maioria dos magistrados também considerou que não houve intenção de atrasar o processo com a renúncia.

Com a decisão do STF, Azeredo terá mais chances de recursos. Caso condenado na primeira instância, poderá recorrer à segunda instância, depois ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) e somente então ao Supremo. Com isso, pode levar mais tempo para que o processo transite em julgado, ou seja, não caiba mais recurso.

A dúvida em relação a julgar ou não Azeredo ocorreu porque ele renunciou ao mandato parlamentar em fevereiro, em meio ao processo no Supremo. Em 2010, o Supremo decidiu julgar Natan Donadon, que renunciou quando o julgamento já estava marcado, por entender que houve manobra para evitar uma condenação.

Após a decisão, Azeredo diz esperar que o julgamento na primeira instância ocorra "sem suposições". "Espero ainda que o processo siga seu curso sem a contaminação política que tem feito de mim o bode expiatório de toda esta situação. Confio na decisão da Justiça."

Apesar da remessa do processo contra Azeredo para a Justiça de Minas, outra ação sobre o mensalão tucano permanecerá no Supremo, contra o senador Clésio Andrade (PMDB), que foi candidato a vice de Azeredo durante as eleições de 1998 em Minas.

Votos dos ministros
Magistrado com mais tempo de atuação no Supremo, Celso de Mello destacou que, no caso do tucano, não há risco de prescrição da pena, quando, em razão do tempo decorrido do suposto fato criminoso, não pode mais haver punição.

"Não havendo risco para o interesse público, entendo que a renúncia exercida de modo legítimo faz cessar a competência do Supremo Tribunal Federal", disse Celso de Mello.

Último a votar, o presidente do Supremo, Joaquim Barbosa, foi o único a defender que o processo continuasse na Corte. Barbosa foi relator do processo antes de assumir a presidência e, então, o caso migrou para a relatoria de Barroso. Para Joaquim Barbosa, a renúncia não pode servir como "ardil para se esquivar ou retardar a decisão".

"A finalidade do réu é evitar o julgamento não somente por esta Corte, mas pelo juiz de primeiro grau. Ao que tudo indica, a prescrição deverá se concretizar. Deixar ao arbítrio da parte o poder de escolha do seu julgador representa uma verdadeira afronta à efetividade da prestação jurisdicional e, de certa forma, deboche ao poder Judiciário, o que retira ao meu ver qualquer legitimidade e eficácia que a renúncia possa ter em detrimento do prosseguimento da ação penal na condição em que se encontra."

Argumentos dos ministros
O relator da ação, ministro Luís Roberto Barroso, afirmou que, por entendimentos anteriores do Supremo, o ex-deputado perdeu o foro privilegiado ao renunciar ao mandato.

O ministro propôs, porém, que a Suprema Corte estipulasse uma regra para os próximos casos nos quais parlamentares processados renunciem ao mandato. Para ele, quem renunciasse após o recebimento da denúncia pelo plenário deveria ser julgado pelo Supremo. Não houve consenso, e a decisão sobre um critério foi adiada.

"Ele [Azeredo] renunciou para não se submeter ao Supremo, não tenho dúvida. Tenho dificuldade de considerar abusivo porque o Supremo nunca considerou que renúncia é abuso de direito. Se não tivermos critério objetivo, não podemos dizer se houve ou não abuso", afirmou Barroso.

O ministro Luiz Fux destacou que todo cidadão sem foro privilegiado tem direito ao chamado "juiz natural", ou seja, ser julgado pela primeira instância. "No caso concreto, o processo está pronto para ser julgado. Se baixar, está pronto para emitir a sentença. Quem garante que aqui não vá demorar mais?"

A ministra Rosa Weber frisou, em seu voto, que não se pode "sempre presumir o intuito malicioso" na renúncia. "Não podemos, no meu ponto de vista, sempre presumir o intuito malicioso. Pode haver hipótese de doença grave, pode ter um motivo legítimo. [...] A prerrogativa de função [foro privilegiado] pressupõe o exercício do mandato. Eu, no caso concreto, voto no sentido da imediata remessa dos autos ao juiz competente."

Dias Toffoli propôs que os parlamentares que renunciarem continuem a ser julgados no Supremo caso o relator da ação já tenha preparado o voto para que "o tempo de um juiz da Suprema Corte" e o trabalho não vá "para a lata do lixo".

Foro privilegiado
Durante o  julgamento, Barroso disse que o ideal seria que uma vara do Distrito Federal, com magistrados indicados pelo Supremo, ficasse responsável pelos processos contra parlamentares para desafogar o Supremo.

Outros ministros disseram que isso só seria possível com uma emenda à Constituição, que estabelece o foro privilegiado no Supremo.

Fonte: G1



Juazeiro do Norte (CE): Menor é assassinado com um tiro de escopeta na cabeça

O adolescente Cléber Anderson Dutra de Souza, de 17 anos, que residia na Rua Poeta José Bernardo, 804 (Triângulo) em Juazeiro do Norte, foi morto com um tiro de escopeta efetuado a uma curta distância na cabeça. O homicídio aconteceu por volta das 16 horas na Rua Dr. Francisco Monteiro perto do cruzamento com a Rua Socorro Norões Mota daquele bairro se constituindo no 11º do mês de março e 38º do ano em Juazeiro.

O garoto foi surpreendido à traição e sem chances de defesa. O chumbo da escopeta transfixou a cabeça de Cléber e ficou impregnado na parede junto com bastante sangue. A vítima tombou já sem vida em uma poça de lama a céu aberto e, de acordo com testemunhas, o autor do disparo teria sido uma pessoa identificada apenas pelo nome de “Daniel” que fugiu a pé. Os Soldados Douglas, Melo e Gama do Ronda do Quarteirão diligenciaram sem o êxito de localizar o acusado.

Segundo a polícia, o adolescente era suspeito de participação no furto de uma moto no dia 3 de dezembro de 2012 da Rua Maria Otilia Barbosa, em frente à fábrica de calçados Use Bem (Bairro São José). Já no dia 14 de abril do ano passado, Cléber foi vítima de um atentado à faca, cujo golpe nas costas teria sido aplicado por sua própria prima Maria de Lourdes Dutra Gomes, de 28 anos, que residia com o mesmo. O atentado se deu por conta desavenças familiares.

Menores mortos
Este foi o quinto adolescente assassinado em 2014 no Juazeiro ou exatamente a metade na comparação com todo o decorrer do ano passado. Os outros foram Francisco Ramom Batista Freire, de 16 anos, o Ramonzinho, que residia na Vila Nonato na Rua João Marcelino (Pio XII), morto no dia 16 de janeiro; Denílson Bernardo da Silva, de 14 anos, que residia na Rua das Flores (João Cabral), no dia 30 de janeiro; José Marcelo Rodrigues dos Santos, de 17 anos, que residia na Avenida José Bezerra, 428 (Bairro Pio XII), no dia 26 de fevereiro; e Damião Danilo de Lima Santos, de 16 anos, o “Pela Porco”, que residia na Rua Antonio Adil da Nóbrega, 160 (Triângulo), no dia 20 de março.

Demontier Tenório

Foto: Cícero Valério / Ag. Miséria

Fonte: Miséria


Onda separatista: você sabia que o mundo pode ganhar 4 novos países em 2014?

O mundo nem sempre foi da maneira que conhecemos hoje. Por esse motivo, é natural que ocorram mudanças e alterações no cenário atual. As motivações podem ser as mais distintas, mas o que a população de lugares como Veneza, Quebéc, Catalunha e Escócia tem em comum é o desejo de ser reconhecida de maneira independente e seguir suas próprias regras.

Os impasses culturais, econômicos e políticos já acontecem há anos em cada uma das regiões citadas, mas podemos dizer que o recente referendo da Crimeia contribuiu em grande parte para que a população de outros lugares tomasse a iniciativa de realizar suas próprias eleições.

“Embora a história nunca se repita, estamos passando por um forte retorno das pequenas nações, países menores e prósperos, que podem interagir uns com os outros em um panorama global”, explicou Paolo Bernardini, professor de História Europeia, à CNBC.

Além da Crimeia (na Ucrânia), que já demonstrou seu interesse de ser reintegrada à Federação Russa no referendo do dia 16 de março, a cidade de Veneza (na Itália) também realizou uma votação online na semana passada. Os resultados mostraram que 89% dos italianos da região desejam se tornar independentes de Roma.

No próximo dia 7 de abril, é a população de Quebéc (no Canadá) que realizará eleições. Se a maioria estiver de acordo com a proposta o partido separatista deve lutar para aprovar um referendo que garante a independência da província do restante do país.

Na sequência, a Escócia – que já é um país, mas está em busca de sua independência do Reino Unido – deve votar sua independência no dia 18 de setembro. Se o país conseguir aprovar o referendo e consolidar sua separação, tudo indica que a bandeira do Reino Unido (conhecida também como Union Flag) sofrerá alterações.

Por fim, no dia 9 de novembro, os catalães vão votar para que a Catalunha se torne um Estado Independente da Espanha. Pesquisas prévias mostram que 44% é a favor da independência, mas ainda há 17% de indecisos.

“A Catalunha, a Escócia, o País Basco, o País de Gales e Flandres são nações distintas com uma longa história por trás e um forte desejo de governar a eles mesmos”, comentou Xavier Solano, ex-representante do Governo Catalão no Reino Unido, à BBC.

Fonte: Mega Curioso



Presidente da Assembleia diz a aliados que Cid não renuncia

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado José Albuquerque (PROS), disse, ontem, a um grupo de deputados que Cid Gomes permanecerá no Governo do Estado até o último dia do mandato, já que o irmão do governador, Ciro Gomes, não pretende disputar uma vaga no Senado Federal. A declaração foi feita durante um almoço, com pouco mais de dez deputados, realizado em um restaurante da Avenida Beira-Mar, após a sessão ordinária da quinta-feira.

A reunião, a segunda realizada nesta semana (a primeira foi na última segunda-feira), que tinha o objetivo de discutir as principais demandas internas da Assembleia Legislativa durante o ano, se transformou num debate sobre o cenário eleitoral que envolve a sucessão do Governo do Estado. A imprensa não foi autorizada a acompanhar o encontro, mas segundo o vice-presidente do Legislativo estadual, deputado Tin Gomes (PHS), ele faz parte de uma série que a Mesa Diretora tem organizado para reunir todos os deputados para conversar, principalmente, sobre os assuntos da Casa.

"Como nós estamos nesse período pré-eleitoral, as dúvidas sobre como se dará esse processo dominou a discussão. Mas esse é um almoço de rotina que a Assembleia sempre faz. Geralmente, o encontro era realizado com todos os 46 parlamentares, mas a gente preferiu dividir em grupos de 10", declarou, acrescentando que, na próxima semana, acontecerão mais dois almoços.

O presidente da Assembleia, deputado José Albuquerque, alegou que, em todo encontro político, é natural que os parlamentares queiram tirar todas as dúvidas sobre o processo eleitoral e, por isso, fez questão de explicar a posição do governador aos demais deputados aliados.

Pergunta
"Esse tipo de pergunta surge toda hora. Basta o jornal colocar uma manchete para levantar os questionamentos dos parlamentares, mas relatei a eles o que eu tenho de conhecimento. O governador não vai renunciar, se o Ciro não tiver o desejo de se candidatar ao Senado. Como o Ciro já declarou que não quer, o governador vai ficar", disse.

A declaração de Zezinho Albuquerque não animou, no entanto, o deputado Dedé Teixeira (PT), que também participou do almoço. O petista ressaltou que a afirmação do presidente da Assembleia foi só uma percepção dele sobre o processo e alertou para a dinâmica política.

"O Zezinho fez questão de esclarecer essas dúvidas dos deputados, até porque eles mesmos são perguntados. Em qualquer roda política, surge essa pergunta, mas essa é somente a percepção dele. A gente sabe que, na política, não pode dizer nada com toda certeza", frisou, mostrando-se preocupado que a renúncia de Cid prejudique o projeto petista para o pleito deste ano.

Já o deputado Paulo Facó (PTdoB) revelou que, no almoço, muitos deputados perguntaram ao presidente da Assembleia quem será o candidato indicado pelo governador, mas destacou que ele fugiu da pergunta, embora tenha dado a entender que será um nome do PROS.

"Zezinho não quis responder. Ele só disse que tem muitos candidatos bons, como o Mauro Filho, Izolda Cela, mas o que a conversa deixou a entender é que o candidato vai ser do PROS. Nesse encontro, percebi que nós temos as mesmas dúvidas da população", compara.

José Albuquerque disse ter assegurado aos deputados que nenhum nome foi definido. "Os deputados não perguntam se eu sou ou não o candidato. O que eles querem saber é quem é o candidato. Querem saber se o governador vai sair, se o Ciro vai ser candidato a senador. Os deputados querem essa informação. Sobre os nomes, nós ainda temos que discutir com os demais partidos aliados, porque essa coligação é muito ampla", pontuou.

Recesso
O almoço também coletou a opinião dos deputados sobre o recesso motivado pelo período eleitoral. Para Tin Gomes, os parlamentares têm divergido sobre o assunto. "Alguns deputados defendem o recesso branco, porque muitos precisarão viajar muito para o Interior. Já os que usam muito a tribuna querem que a Assembleia não pare. O consenso é que vamos ter uma reunião com o colégio de líderes para tomarmos uma decisão no futuro", antecipou.

Tin Gomes informou que a Mesa Diretora esclareceu que os parlamentares precisarão, no período eleitoral, evitar que as movimentações do pleito interfiram no uso da tribuna. "Por exemplo, eu e o deputado Carlomano Marques disputamos o colégio eleitoral de Santa Quitéria. Nenhum de nós pode trazer nossa disputa nesse município para o debate no plenário", alerta.

Fonte: Diário do Nordeste


Crato (CE): Jovem é morto com três tiros enquanto pilotava sua moto

O jovem Rafael de Sousa Santos, de 19 anos, que residia na Avenida Pinto Madeira, 369 (Bairro Vila Lobo) em Crato, foi assassinado a tiros por volta das 22h30min desta quinta-feira naquele município. Ele pilotava uma moto Honda Fan de cor cinza e placa HYH-9309, inscrição do Ceará, e morreu com um capacete na cabeça ao lado do veículo quando passava na Rua José Marrocos, à altura do número 382 do bairro Pinto Madeira.

Segundo testemunhas, dois homens se aproximaram do mesmo noutra motocicleta e um deles sacou a arma quando passou a efetuar os disparos atingindo-o na nuca, na mandíbula e nas costas. Uma equipe do Corpo de Bombeiros foi ao local, mas já constatou o óbito acionando o rabecão para trazer o corpo a fim de ser necropsiado no IML (Instituto Médico Legal) de Juazeiro. Os Soldados Cruz, Ismael e Michel do Ronda do Quarteirão diligenciaram sem o êxito de localizar os autores do crime

De acordo com a polícia, a vítima respondia três procedimentos na justiça, sendo dois por desacato e um por ameaça e dentre os documentos encontrados com Rafael existia um alvará de soltura. O Demutran recolheu a moto da vítima por conta de irregularidades. Foi o sexto homicídio de março e o décimo do ano em Crato. O último deles tinha ocorrido no dia 17 quando tombou morto o ex-presidiário Francisco Reginaldo de Souza Almeida, de 33, o Negão do Horizonte, no bairro Vila Lobo.

Demontier Tenório

Fonte: Miséria


Buraqueira causa problemas em Aurora e Juazeiro do Norte

Buracos nas vias públicas vêm afligindo a população deste município. Isso vem acontecendo mesmo, após cerca de dois meses da gestão municipal ter ameaçado propor uma ação indenizatória contra a Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece), devido a existência de inúmeros buracos que teriam sido abertos pelo órgão durante ações de reparo em suas redes de distribuição ou, ainda, conserto de vazamentos.

Na maioria das ruas próximas ao centro da cidade, bem como nas vias de acesso à bairros mais afastados, a quantidade de buracos chama a atenção de quem precisa se deslocar pelas vias danificadas. Em algumas áreas, inclusive, o fluxo normal de veículos está prejudicado devido o tamanho dos buracos.

No cruzamento entre as Ruas Coronel Xavier e Vicente Pinto, por exemplo, motoristas de veículos de passeio temem percorrer o local com receio de prejuízos devido à possibilidade de avarias nos automóveis. Já na Avenida José Joaquim dos Santos, que liga ruas do Centro ao bairro São Benedito, o desnivelamento da artéria chega a cerca de 10 metros.

A via vem registrando afundamento do solo devido obras realizadas pela Cagece que, segundo o chefe de gabinete da prefeitura, Sebastião Rangel, não se preocupou em realizar o reparo da via e devolvê-la ao uso da população da mesma forma como a encontrou.

"A prefeitura deste município tem-se preocupado com a população, principalmente aquela que reside na sede urbana, com obras de pavimentação asfáltica na maioria das vias públicas da cidade. No entanto, a cada nova rua pavimentada, um novo buraco é aberto pela Cagece. O prejuízo é enorme. Em vez de realizar os serviços que lhe são pertinentes e devolver ao município as vias de rolamento da mesma maneira que encontraram, completamente novas e recuperadas, a Cagece devolve pisos esburacados ou então, solos com diferença de nível, ocasionando, em muitos casos, acidentes de carros e motos",afirma o secretário.

Sebastião Rangel garantiu que houve tentativas de acordo com a Companhia para que os recursos gastos com a recuperação das vias pela prefeitura pudessem ser ressarcidos aos cofres do município. No entanto, afirma o secretário, nenhuma das tentativas de negociação foram respondidas pela Cagece. "Agora só nos resta darmos prosseguimento a ideia inicial, que era ajuizar contra a Cagece e, através de uma ação de reparação de danos, buscar na Justiça o ressarcimento dos prejuízos já calculados", observou.

O prefeito de Juazeiro do Norte, Raimundo Macedo também discorda do atendimento realizado pela Cagece aos municípios interioranos. Embora o governo local tenha renovado, recentemente, convênio com a Companhia que garante o ressarcimento de custos ao município por recuperação de vias danificadas pela Companhia, o gestor afirma que com o volume de recursos gastos no ano passado muitas ações deixaram de ser realizadas em atendimento à população.

Gastos
"De janeiro do ano passado até agora, nós já gastamos cerca de R$ 4 milhões em operações tapa-buracos e serviços de recuperação de vias. Desse total, cerca de 1/3 das obrigações pertenciam à Cagece. Os custos destas obrigações são de cerca de R$ 1,5 milhão e, até agora, o único recurso que foi repassado ao município foi de R$ 170 mil. O dinheiro gasto com estes reparos poderiam ter sido utilizados para outras ações de beneficiamento à população", asseverou Raimundo Macedo.

O gestor afirma que após ter realizado vistoria em alguns bairros, constatou a existência de problemas que já perduram a mais de um ano. "Nós encontramos buracos com até dois anos de existência. Isso é uma vergonha para um município do porte de Juazeiro do Norte", avaliou o prefeito .

Ele informou, ainda, que já determinou que a assessoria jurídica do município proponha, através da Justiça, um acordo para que os buracos abertos pela Cagece sejam fechados em um prazo máximo de até uma semana. "Vai ser a única solução pra resolvermos em definitivo esse problema. Nem mesmo o convênio já celebrado resolve. Imagine como seria a prestação de contas da recuperação de uma via onde um buraco é aberto a cada dez, quinze dias. A solução, pelo que parece, terá mesmo que ser buscada judicialmente", finalizou.

Em nota, a Cagece informou que executa a recuperação das vias públicas, em Aurora, como nos outros municípios atendidos pela Empresa, de forma adequada, sendo realizado o reaterro das valas, seguido do pavimento e do asfaltamento.

Em relação aos trechos que ainda estão danificados a Companhia informa que contratou uma empresa para realizar a recuperação dos mesmos iniciando ainda no mês de abril. A Companhia também ressaltou que realiza a recuperação das malhas viárias através de contratos próprios ou através de convênios firmados com os municípios. Quando o pavimento não é asfáltico a recuperação é imediata. Em relação a Juazeiro do Norte, a Cagece informou possuir 369 km de rede de distribuição de água e 79.148 ligações de água no município.

Com relação ao sistema de esgotamento sanitário, são 20.176 ligações já existentes. Esclareceu que as interferências na malha viária são necessárias, quando há pedidos de novas ligações e quando da manutenção, como no conserto de vazamentos.

Mais informações
Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece)
Avenida Dr. Lauro Vieira Chaves, 1030- Vila União
Fortaleza
Telefone: 0800 275 0195

ROBERTO CRISPIM
COLABORADOR

Fonte: Diário do Nordeste


'Não há mais o que fazer', diz Renan sobre criação da CPI da Petrobras

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), criticou nesta quinta-feira (27) a instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a Petrobras, cujo requerimento de criação foi protocolado pela oposição nesta manhã. O parlamentar, contudo, disse que “agora não há mais o que fazer” e disse que vai marcar a data para leitura do pedido.

A oposição no Senado conseguiu 28 assinaturas - uma a mais que o mínimo necessário - para a  criação da CPI, que vai apurar denúncias de irregularidades na Petrobras. Entre os temas a serem investigados está a compra, pela estatal, da refinaria Pasadena, no Texas (EUA). A transação é alvo de apurações no Ministério Público, no Tribunal de Contas da União e na Polícia Federal por suspeita de superfaturamento.

Renan Calheiros, que já vinha criticando a iniciativa da oposição, disse nesta quarta que uma CPI em ano eleitoral “mais atrapalha do que facilita”. “Mas agora não há mais o que fazer”, declarou.

A criação da CPI depende agora da leitura do requerimento em plenário, o que ainda não tem data para ocorrer, segundo informou Renan Calheiros. Ele pretende agendar a leitura com os líderes partidários.

“Vamos marcar a data, fazer a conferência dos nomes e instalar a comissão. O comum é combinar com os líderes qual o melhor calendário. Pretendo fazer isso agora”, disse.

A data da leitura do requerimento é importante porque representa a criação formal da CPI. Antes, porém, a Secretaria da Mesa precisa conferir as assinaturas e liberar o documento. Os senadores têm até as 23h59 do dia da leitura para desistirem de apoiar a comissão.

Para Calheiros, a comissão representa “palanque” eleitoral. “A nossa preocupação com a CPI é porque ela vai montar palanque muito próximo com a eleição”, afirmou.

Requerimentos
Além do pedido protocolado no Senado para a criação de uma CPI na Casa, outras duas coletas de assinaturas estão sendo feitas separadamente para a criação de uma CPI mista (formada por deputados e senadores).

No Senado, a coleta de adesões para a CPI mista foi feita junto com a da CPI que teve pedido protocolado nesta quinta. Restam as assinaturas de ao menos 171 deputados. Na Câmara, requerimento do PPS para criar CPI mista já tem o número mínimo de assinaturas, mas a oposição quer chegar à marca de pelo menos 200 assinaturas de deputados antes de começar a coletar assinaturas de senadores.

Na próxima terça-feira (1º), líderes do PPS e do PSDB na Câmara e no Senado se reúnem para decidir que medidas tomarão para criar a CPI mista.

Ainda que os dois requerimentos, juntos, somem 171 assinaturas de deputados e 27 de senadores, para que a CPI mista seja protocolada, é necessário que essas quantidades mínimas de apoiadores estejam concentradas no mesmo documento.

Fonte: G1



Crato (CE): Polícia prende trio com revólver, pistola, muitas mercadorias e dinheiro

Uma operação comandada pelo Capitão Luciano Rodrigues resultou na prisão de três homens com armas, munições, bastante mercadorias e material suspeito. Foi o resultado de um amplo trabalho de investigação por militares do Serviço de Inteligência, cujas autuações em flagrante só foram concluídas por volta das 4 horas da madrugada desta quinta-feira. O trio é acusado de participação em um assalto na rodovia estadual que liga os municípios de Farias Brito e Várzea Alegre.

O autônomo Francisco de Sousa Silva, de 34, reside na Rua Bruna de Meneses, 295 (Alto da Penha), o jovem Clevenilsom Pereira Silva, de 27, mora na Rua São Francisco, 404 (Pinto Madeira) e Marcelo Soares Sousa, de 33 anos, reside na Rua Diógenes Frazão, 285 (Seminário), todos em Crato. O trio trafegava em um Fiat Pick Up Strada de cor branca e um Classic de cor escura o qual chegou a ser abordado, cujo proprietário foi contatado e disse que o havia emprestado.

Depois, os PMs encontraram o Fiat abandonado no Distrito de Ponta da Serra com alguns objetos no interior e que pertenciam às vítimas de assaltos. Daí em diante, a polícia foi fazendo levantamentos e chegando a cada um dos envolvidos num trabalho bastante paciente até prendê-los. Na casa de Marcelo, os militares apreenderam as armas usadas nos assaltos um revolver calibre 38 e mais seis cartuchos intactos e uma pistola de ar similar a uma PT 100 calibre .40.

No imóvel foram encontrados ainda três celulares, um relógio, 12 folhas de cheques preenchidos por vários emitentes, cinco notas promissórias preenchidas, 31 shorts femininos, quatro pacotes com 12 unidades cada de calcinhas tipo modal, um pacote com dez unidades cada de calcinha tipo fio dental, três pacotes com dez unidades cada de calcinha tipo fio dental de renda, dois pacotes com 16 unidades cada de cuecas infantis e um conjunto de roupa feminina e um par de botas.

Além disso, cinco sacos com 50 unidades cada de câmaras de ar de pneus de motocicletas, 12 caixas de reparos para pneus sem câmara, 20 pacotes com dez unidades cada de lâmpadas, uma caixa com 49 pitos para pneus sem câmara, três capacetes, duas carteiras com documentos nos nomes de Claudiano Gomes Rodrigues e Francisco de Sousa Silva e mais R$ 2.034,00 em dinheiro. Os PMs apreenderam ainda os dois carros usados pelos acusados, que foram reconhecidos pelas vítimas na delegacia.

Segundo a polícia, no último dia 23 de janeiro Clevenilsom foi vítima de um atentado à bala juntamente o mototaxista Alex Ribeiro dos Santos, de 28 anos os quais se encontravam na Rua São Francisco (Pinto Madeira) em Crato. Os dois terminaram surpreendidos por um grupo que estava em um Fiat Pálio de cor vermelha e passou atirando na direção da calçada. Alex foi alvejado nas pernas e no tórax, enquanto Clevensilsom fugiu da linha de tiros.

Demontier Tenório

Foto meramente ilustrativa

Fonte: Miséria


Viva o Teatro! Viva o Circo!


Todos e todas contra a estagnação e pela democracia na gestão cultural!

Neste Dia Mundial do Teatro e do Circo devemos refletir sobre a necessidade de implementação do Sistema Municipal de Cultura, de modo que seja reorganizado o Conselho Municipal, elaborado o Plano e regulamentado o Fundo, sem descuidar da realização dos Fóruns de Linguagens.

A campanha dos 2% e da Política de Editais devem ser retomadas com vigor e a convocação de uma Conferência Municipal Extraordinária de Cultura é inadiável, sob pena de continuarmos sendo penalizados pela estagnação e falta de democracia. Artistas, grupos e movimentos artísticos e culturais deveriam se preocupar com essa situação e reivindicar da Secretaria de Cultura e da Prefeitura Municipal do Crato as providências cabíveis.

Proponho que façamos uma campanha na imprensa e nas redes sociais exigindo a democratização da gestão e retomada do desenvolvimento cultural do município.

Crato | Cariri | Ceará
27 de março do ano 2014 

Cacá Araújo
Dramaturgo, Ator, e Diretor de Teatro
Vice-Presidente do SATED/CE - Sindicato dos Artistas e Técnicos em Estabelecimentos de Diversões do Estado do Ceará




Se estivesse vivo, Renato Russo completaria 54 anos nesta quinta-feira


Símbolo de rebeldia da “geração coca-cola” e um dos vértices da emergente cena da cultura jovem no país dos anos 1980, Renato Russo, líder da Legião Urbana, completaria 54 anos nesta quinta-feira (27), mas estaria distante do rock, na opinião de familiares e amigos do cantor. Hoje, ele estaria escrevendo livros, peças de teatro, dirigindo e fazendo roteiros para filmes, compondo óperas e desenvolvendo trabalhos sociais com crianças, dizem.

A mãe de Renato, Carminha Manfredini, disse ao G1 que o filho tinha um plano. Depois de cinco décadas de vida, ele iria se afastar do barulhento mundo do rock para se aventurar por outras linguagens. Renato Russo morreu em 1996, aos 36 anos, em decorrência de complicações causadas pela Aids.

“Ele disse para mim: ‘Mãe, a partir de 50 anos eu vou parar com rock, com isso tudo, e vou escrever’. Ele tinha ideia de fazer peças teatrais. Junto com amigos, estava pensando em fazer uma ópera. Hoje, nessa época, eu tenho certeza que ele estaria no cantinho dele escrevendo, compondo, criando essas coisas todas”, afirma.

A irmã do artista, Carmem Teresa Manfredini, também diz acreditar que o irmão estivesse escrevendo roteiros para cinema, peças de teatro e óperas. “Ele pensava em filmes. Provavelmente não estaria mais na Legião. Eu acho que ele também faria uma creche para crianças carentes. Ele era professor, tinha essa preocupação com a educação, com a área social”, diz.

'Turma da Colina'
Citado por amigos e familiares como uma das figuras mais presentes na vida de Renato Russo na era pré-estrelato, o diretor de TV José Renato Martins afirma que o artista pensava em fazer cinema desde cedo e que tinha planos para as primeiras produções.

“Acredito acima de tudo que ele estaria dirigindo filmes. Eu nunca me esqueço. Há uma música do Beto Guedes, que se chama ‘Nascente’. Essa música, ele me disse que usaria num filme que ele faria, em que o cara se suicidaria no fim e tocaria essa música.”

Membro da “Turma da Colina”, que se reunia no conjunto habitacional dentro da Universidade de Brasília (UnB) no fim dos anos 1970 – e que representou a gênese de bandas como Aborto Elétrico, Blitz 64, Capital Inicial e indiretamente da própria Legião Urbana –, Martins diz que o Renato Russo de 54 anos também seria uma versão moderna de um “pai de família”.

“O Renato hoje, além de provavelmente estar casado com um cara com a metade da idade dele, ou menos, eu acredito que ele estaria com vários filhos adotados, que ele celebraria esse casamento gay [em vigor desde 2011].”

Na Colina, Martins e Renato conviveram com Fê Lemos, hoje baterista do Capital Inicial. Ele e o irmão Flávio, baixista da banda, moravam na casa onde aconteciam os ensaios do Aborto Elétrico. O quarto onde o grupo ensaiava hoje funciona como um depósito com móveis, bicicleta, ferramentas e equipamentos de som antigos.

Fê Lemos é apontado como o responsável pelo começo do fim do Aborto Elétrico, por ter atirado uma baqueta na direção de Renato durante um show. Para ele, o “trovador solitário” hoje estaria explorando sonoridades da cultura celta, fazendo um tipo de música menos eletrificada.

“Pelo que você vê da evolução da obra da Legião Urbana, talvez ele estivesse bem folk. Não sei se ele estaria fazendo um som pesado. O Renato gostava muito de folk music. Então pode ser que ele estivesse por um caminho tipo Fleet Foxes [banda norte-americana de ‘indie folk’]”, diz.

“Ele era um sujeito que deixava muito o Dado e o Bonfá trazerem as suas composições para dentro da banda. Então ia depender muito do que o Dado e o Bonfá estivessem fazendo. Mas eu acredito que o Renato estaria envolvido com uma sonoridade, um ‘neo-acústico’ ou um ‘neo-folk’, como eles falam”, afirma Lemos.

Sobre o lado escritor, o baterista diz ser difícil definir o que poderia acontecer, mas acredita que o compositor iria “mais fundo, explorando as contradições da alma humana”. Ele continuaria a fazer críticas políticas, mas não como temática central nas obras. “Eu acho que um artista não gosta de uma camisa de força. Ele é levado para onde os ventos da inspiração sopram.”

O vocalista do Capital Inicial, Dinho Ouro Preto, diz que o rock brasileiro nunca teria a dimensão que tomou se não fosse Renato Russo. Prova disso é a execução maciça de músicas como “Que país é este” nas manifestações de junho do ano passado. “Eu acho que ele teria achado o máximo. Estarem cantando músicas dele, mas principalmente por ver uma multidão como aquela na rua”, afirma.

Para o cantor, o ex-líder da Legião poderia seguir por um caminho menos erudito. “No final da vida ele andava bastante envolvido com projetos de apelo popular, como o disco da Laura Pausini. Eu arrisco dizer que ele teria ido por aí, se tornando mais ‘povão’ e menos intelectualizado, se tornando mais amado ainda”, diz. Dinho ressalta, porém, que não dava para saber os passos do artista. “Parte de sua genialidade vinha justamente da imprevisibilidade.”

A Mônica do Eduardo
Renato Russo costumava usar histórias de sua turma como inspiração para canções. Uma das mais conhecidas é sobre um casal que se encontra no Parque da Cidade, “ela de moto e ele de camelo” – gíria para bicicleta em Brasília. “Eduardo e Mônica” fez sucesso depois de ter sido gravada no disco “Dois”, em 1986.

A Mônica da música na verdade se chama Leonice de Araujo Coimbra, ou simplesmente Leo Coimbra. A artista plástica também diz achar que o compositor estaria escrevendo teatro e óperas. “E provavelmente envolvido em causas sociais, com crianças. Eu acho que ele estaria mais careca, com uma barriguinha proeminente, óculos com aros grossos.”

A artista plástica diz que o lado contestador de Renato estaria presente em suas obras. “Ele tornaria públicas coisas sobre a sua insatisfação, o olhar crítico. Eu acho que ele estaria botando a boca no trombone”, diz.

O artista
Renato Manfredini Júnior nasceu no Rio de Janeiro, morou nos Estados Unidos e veio para a capital federal em 1973. Anos mais tarde, fez parte da “Turma da Colina”, devorou livros e discos e forjou a personalidade do “trovador solitário”, controverso e senhor de cada ato que moldou a cena musical do Distrito Federal e de parte importante do rock nacional.

Na Colina, tomou para si o “faça você mesmo” do punk, se juntou a uns colegas e montou o Aborto Elétrico. No repertório da banda estavam composições como “Que país é este” e “Conexão amazônica”, que depois seriam gravadas pela Legião, e “Veraneio vascaína”, registrada em disco posteriormente pelo Capital.

Ao longo de 11 anos desde a gravação do primeiro disco, em 1985, ele e a Legião Urbana gravaram sete álbuns de estúdio. Em 1997, foi lançado o disco “Uma outra estação”, com sobras de estúdio de “A Tempestade ou o livro dos dias”, último trabalho gravado pelo artista.

Renato também gravou os álbuns solo “The stonewall celebration concert”, em 1994, “Equilíbrio Distante”, em 1995, e “O Último Solo”, lançado em 1997. Em 2008, a partir de uma fita entregue por José Renato Martins à irmã do compositor, foi lançado o trabalho “Trovador solitário”, com as primeiras gravações de “Eduardo e Mônica”, “Que país é este” e “Faroeste caboclo”.

Fonte: G1


14ª Festa Popular da Malhação do Judas 2014


PROCESSO DE ESCOLHA DOS CANDIDATOS
DE 24 A 29 DE MARÇO DE 2014

I - LEGISLAÇÃO ELEITORAL DA MALHAÇÃO DO JUDAS

Faça até 3 (três) indicações, observando a presente regulamentação. É importante que cada sugestão seja acompanhada de uma brevíssima justificativa.

Art. 1º - A 14ª Festa Popular da Malhação do Judas será realizada no dia 19 de abril de 2014, das 14 às 22 horas, no Centro Cultural do Araripe (antigo Largo da RFFSA), em Crato-Cariri-Ceará;

Art. 2º - O Judas será escolhido mediante eleição popular, através do voto em um dos candidatos constantes das cédulas eleitorais distribuídas em vários pontos da região e na página oficial do evento no Facebook;

Art. 3º - A eleição se realizará em apenas um turno e será eleito aquele que obtiver maioria simples do total de votos válidos;

Art. 4º - A cédula eleitoral será composta de 05 (cinco) nomes de pessoas e/ou temas-problemas sociais e comunitários, escolhidos entre os mais indicados pelo Colégio Eleitoral do Judas 2014, instituído pela Sociedade Cariri das Artes e Cia. Brasileira de Teatro Brincante, através da distribuição de Formulários-Cédulas;

Art. 5º - Os 05 (cinco) mais indicados, apurados na Convenção Municipal do Judas, serão dispostos na cédula em ordem decrescente de número de indicações;

Art. 6º - O Colégio Eleitoral do Judas 2014 será composto de “Parlamentares Homens e Mulheres do Povo”, dentre líderes comunitários, estudantes, jornalistas, professores, advogados, comerciários, comerciantes, empresários, artistas, políticos, bombonzeiros, picolezeiros, servidores públicos, médicos, repórteres, jornaleiros, jornalistas, intelectuais, desempregados, aposentados, pensionistas, e outras categorias de exploradores, explorados, ricos, pobres e lascados;

Art. 7º - Cada “Parlamentar do Povo” poderá fazer até 03 (três) indicações;

Art. 8º - Indicações poderão ser feitas via internet: cariridasartes@yahoo.com.br ou cacaraujo66@yahoo.com.br ;

Art. 9º - A apuração das indicações será realizada no dia 30 de março de 2014 (domingo), pela Comissão Eleitoral do Judas designada pela Sociedade Cariri das Artes e Cia. Brasileira de Teatro Brincante, oportunidade em que serão divulgados à imprensa nacional e internacional os 05 (cinco) candidatos a Judas 2014;

Art. 10 - Para evitar transtornos políticos, não poderão ser indicados a Presidente da República e os ex-presidentes, o Governador do Estado do Ceará e os ex-governadores, e os prefeitos e ex-prefeitos da Região Metropolitana do Cariri;

Art. 11 - Os casos omissos neste regulamento serão resolvidos pela Comissão Eleitoral e Coordenação do Evento.

Cacá Araújo
Coordenador Geral



ShareThis