Após dizer que tinha 'mais o que fazer', Lula liga para advogado do mensalão

No mesmo dia em que disse que não acompanharia o julgamento do mensalão no STF (Supremo Tribunal Federal), na última quinta-feira (2), o presidente Luiz Inácio Lula da Silva conversou com um dos advogados do caso.

Segundo a coluna de Mônica Bergamo, Lula telefonou várias vezes para Brasília no primeiro dia do julgamento para conversar com o advogado Márcio Thomaz Bastos.

Bastos defende o ex-diretor do Banco Rural José Roberto Salgado e foi ministro da Justiça de Lula. Ele é considerado um dos mentores da tese de que o esquema, considerado o maior escândalo político da gestão do ex-presidente, foi caixa dois de campanha.

Ao ser questionado no primeiro dia do julgamento se acompanharia o julgamento, Lula disse que teria mais o que fazer.

"Tenho mais coisas para fazer, quem tem de assistir são os advogados", afirmou Lula.

Fonte: Folha.com

Comentário político do Cariri - Por: Sandro Leonel*

MAIS UMA PERDA ANUNCIADA
É assim que a população da cidade do Crato vê a disputa pela sede regional do TRT. Dos quatro deputados federais mais votados no Crato  (José Arnon-PTB, Raimundão-PMDB, José Guimarães-PT e Balman-PSB) e os senadores Eunício Oliveira-PMDB, José Pimentel-PT e Inácio Arruda-PC do B, não se observa nenhuma manifestação em prol da construção da sede do TRT, ser na cidade de Bárbara de Alencar. Na verdade a visão destes parlamentares sempre é carregada de suspeição quando a questão eleitoral fala mais alto. Isto mostra que não representam o Crato quando seu interesse particular é contrariado.

VERGONHA
CANAL DO CRATO UM PROBLEMA URBANO: Nos últimos meses a população do Crato presenciou uma disputa política infundada sobre a incumbência da reforma do canal, se era de responsabilidade do executivo municipal ou estadual. Muitos se aforam a ser Deus, e delatam o município, outros o Estado, pobres coitados não sabem eles que o grande e maior responsável por esse problema são a falta de políticas públicas concretas e os agentes imobiliários que transformam as áreas de amortecimento da chapada em redutos da especulação imobiliária (Lameiro, Granjeiro, Coqueiro, Luanda, Parque Granjeiro, etc). Ora sabemos que tudo tem a conivência do poder público municipal, Estado e órgãos ambientais que permite esses projetos de loteamento danosos.  Não devemos esquecer que o projeto atual do Governo do Estado é no mínimo cheio de soberba, pois o mesmo só trata da recuperação da área destruída, em nenhum momento tenta discutir uma política pública para as áreas de amortecimento, isto prova que o canal poderá vir a ter novos aguaceiros em breve...

REFORÇO
A candidatura a prefeito do Crato de Sineval Roque (PSB) agora tem o apoio do competente e bem articulado professor Francisco Cunha-URCA. Cunha embarca na candidatura junto ao renomado marqueteiro Sergio Pires. Nas eleições de reitor da URCA Cunha foi derrotado pela atual reitora Otonite Cortez, mas essa adesão à campanha de Roque confirma o rompimento do PSB e do governador Cid Gomes a gestão controversa da reitora. Todos no Cariri sabem que ela e grande parte dos seus pró-reitores apoiam a candidatura de Marcos Cunha-PT. Este apoio repercute, pois há um questionamento na cidade de um suposto aparelhamento da URCA em prol do candidato do PT.

CALAMITOSO
A postura da coordenação da campanha de Raimundão-PMDB em Juazeiro é no mínimo questionável, pois até agora não substituíram o senhor Marcos Baptista do marketing da campanha. Esse pernambucano chegou aqui no Cariri fazendo piada de mau gosto com o Padre Cícero e o povo do Cariri. Será que esse grupo tem condições de dirigir o paço municipal da terra do Padim Ciço tendo na frente do seu marketing um rapaz que desdenha do povo e do Padre Cícero?

FORÇA
É assim vista a escolha de Kléber Filho-PDT como coordenador geral da campanha do PSB em Crato. O advogado renomado, e articulador político astuto, Kléber Filho ganhou a queda de braço interna do grupo de Roque, pois vários nomes tentavam ser contemplados com essa missão. Para alguns essa indicação leva a entender que o Governador Cid que afastar Roque de qualquer ligação com o trem da alegria da Câmara Municipal do Crato, pois Kléber ganhou notoriedade política por ser um combatente incansável a corrupção.

INVESTIGADOS PELO STF
Dos 92 congressistas que vão disputar as eleições de 07 de outubro, 36 (ou seja, 40% deles) são alvos de investigação na mais alta corte do país, onde tramitam as acusações criminais envolvendo congressistas e outras autoridades federais. O campeão é o pedetista Oziel Oliveira (BA), que disputa a prefeitura de Luís Eduardo Magalhães, município baiano com pouco mais de 60 mil habitantes, é o que acumula mais investigações em curso no STF – são quatro ações penais (crimes da Lei de Licitações, eleitorais e de responsabilidade) e seis inquéritos (crimes da Lei de Licitações e eleitorais). Um dos crimes aguarda reautuação como ação penal, uma vez que a denúncia do Ministério Público foi aceita pelos magistrados do STF. A acusação: favorecimento de empresas em processos de licitação.
O Cariri não fica fora dessa, pois o candidato a prefeito pelo PMDB em Juazeiro do Norte Raimundão, deputado licenciado da Câmara desde sete de fevereiro, é réu na Ação Penal 664 (crimes contra o sistema financeiro nacional).

ESTORVO
A candidata Nena (PR) em Jati encontra sérias dificuldades em seu grupo, boatos na cidade confirmam que vários membros do seu grupo já articulam sair da sua campanha e buscar conversas com o grupo do atual prefeito Arlindo (PP). É comprovada essa dificuldade devido ao encontro que  um dos seus articuladores teve semana passada em um restaurante de Juazeiro do Norte com dois apoiadores de Luciano (PRB).

INDAGAR NÃO CONTRARIA
Como pode ser explicada a candidatura do PT em Missão Velha? O Dr Tardine candidato pelo PT tem o apoio do DEM, PPS e PSDB. Estes partidos são os maiores opositores do PT. Ou nesse caso ninguém é PT?
Estão apenas usando a legenda do PT para chegar ao paço municipal?
No PT estadual isso tem causado muitas perguntas. Sabe-se por lá que esse feito é fruto da assessoria do deputado José Guimarães na região liderados pelo insidioso e competente assessor Valentim Normando.

FIRMEZA
O candidato à reeleição em Barbalha José Leite (PT) vem ganhado espaço e adesão em setores dominados pela oposição, isto demonstra que mesmo sendo uma eleição polarizada, o apoio e participação da sua vice Betilde (PMDB) é fundamental para sua vitória.

CONTRARIEDADE
O candidato a prefeito em Mauriti, Maninho (PRB) enfrenta problemas com o registro de seu vice o Dr. Marcio Martins, pois o mesmo tem ações de improbidade ainda não julgadas.  Nesse caso a coligação Juntos por um Mauriti Melhor enfrenta dificuldades na composição. Por outro lado o atual prefeito Isaac Junior (PT) entrou de cabeça na campanha do seu sucessor Evanildo (PT) demostrando o lado que vai está. Este posicionamento complica ainda mais a candidatura do PRB.

CÓLERA
A campanha em Caririaçu vem se tornando algo preocupante, pois os grupos da oposição acusam a gestão atual de promover na cidade a cultura do medo. Ameaçando opositores e tentando personificar a campanha esquecendo as propostas. O que se sabe é que o candidato João Marcos (PMDB) e seu vice o professor Bosco (PSD), vem se articulando com uma base extensa de apoio em nível de Estado, promovendo uma relativa preocupação no atual prefeito.
João Marcos tem o apoio de políticos do seu partido e tem a preferência de figuras expressivas do PT, PSD e até do PSB.

Comentário político publicado no Jornal Contra Ponto Cariri do dia 03/08/2012


* Artigo publicado mediante autorização expressa do autor. Todos os direitos reservados.

13 universidades federais encerram greve

A Federação de Sindicatos de Professores de Instituições Federais de Ensino Superior (Proifes) e o Governo Federal e assinaram na tarde desta sexta-feira (3) o acordo sobre a proposta feita em 24 de julho a respeito do reajuste salarial e da reestruturação da carreira docente das instituições federais. De acordo com a assessoria de imprensa do Ministério do Planejamento, a ação põe fim ao processo de negociação com a categoria, apesar de a maioria das assembleias de professores das universidades ter rejeitado a proposta. Ainda segundo o ministério, a postura do governo para os próximos dias será o de monitorar a reação da base docente, e a expectativa é que, aos poucos, os professores retomem as aulas.

A decisão foi anunciada pelo Proifes na noite da quarta-feira (1º), afirmando a aceitação do acordo após uma consulta com 5.222 professores que apontou que a maioria (74%) deles era favorável à proposta. De acordo com o presidente da entidade, Eduardo Rolim de Oliveira, o Proifes representa cerca de 20 mil professores do Brasil.

Já o Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (Andes) e ao Sindicato Nacional dos Servidores Federais da Educação Básica Profissional e Tecnológica (Sinasefe) dizem que representam 65 mil docentes em quase todas as 59 universidades, 40 institutos de educação tecnológica e o Colégio Pedro II, no Rio. Nestas universidades e institutos, assembleias continuam rejeitando a proposta do governo.

No Ceará a paralisação permanece
Os professores da Universidade Federal do Ceará (UFC) e Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab) são representados pelo Sindicato dos Docentes das Universidades Federais do Estado do Ceará. (Adufc), que é filiada ao Proifes. Ambas as instituições aderiram à paralisação nacional em 12 de junho.

A UFC tem 1.925 professores ativos, enquanto a Unilab tem 35 professores em atividade. No total, 2.513 professores são associados à Adufc, incluindo os aposentados da UFC.

As duas instituições se reuniram em assembleia pela última vez no dia 30 de julho. Na ocasião, a maioria dos docentes votou pela rejeição da proposta do governo federal. A próxima assembleia vai acontecer na quarta-feira (8).

Fonte: Ceará Agora

Poucos municípios cearenses têm Plano de Resíduos Sólidos

Levantamento realizado pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM) com 89 cidades do Ceará identificou que apenas 13 delas haviam concluído o Plano Municipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos (PMGIRS), estabelecido como obrigatório pela Lei 12.305, sancionada em 2010. A pesquisa aponta ainda que 23 prefeituras cearenses não iniciaram a elaboração de seus Planos. Já em outras 53 localidades, esses projetos estariam em andamento. Desde a última quinta-feira (2) estes Municípios estão impedidos de conseguir recurso da União para investir na área.

O presidente do Conselho de Políticas e Gestão do Meio Ambiente (Conpam), Paulo Henrique Lustosa, tem uma explicação para pequeno número de cidades que concluiu o PMGIRS. Desde o início deste ano, as cidades se agruparam em esquema de consórcio, dividindo o Estado em 14 macrorregiões. Esses consórcios ficam responsáveis por discutir Planos para suas regiões e, posteriormente, gerir os resíduos sólidos. A lei permite que os PMGIRS sejam elaborados dessa forma.

O Estado tem R$ 3 milhões, metade conseguida com a União antes do fim do prazo legal, esperando para serem destinados aos Municípios. A expectativa é que essas cidades tenham Planos Regionais integrados até o final do ano. A nova legislação quer o fim de todos os lixões do País até 2014.

Segundo Lustosa, as discussões tiveram participação de sindicato de recicladores, associações de catadores, além de produtores e distribuidores. Isso teria ajudado a atualizar as políticas públicas do Estado para o setor. Nesse momento, segundo ele, a minuta da nova Política Estadual de Resíduos Sólidos está sob análise do governador Cid Gomes (PSB) e deve ser levada à Assembleia Legislativa.

Capitais
O assessor ambiental da Associação dos Municípios do Estado do Ceará (Aprece), Pragmácio Telles, afirma que a proposta do consórcio é a melhor possível. Isso diminuiria o número de aterros sanitários, para onde serão mandados apenas os elementos não aproveitados nos processos de reciclagem.

“Quanto menos aterros gerarmos, menos poluição teremos em nosso solo. Vamos procurar uma solução para que até esse rejeito se transforme em energia”, analisa.

A ideia é que os municípios consorciados destinem um montante de dinheiro para a cidade onde eventualmente for criado o aterro sanitário da região.

Alan Santiago

Fonte: O Povo

Soldadinho-do-araripe: Preservação da espécie é reconhecida

O projeto desenvolvido em prol da preservação do pássaro soldadinho-do-araripe, que atinge parte da pequena porção da mata atlântica no sul do Ceará, teve reconhecimento do Programa Empreendedores da Conservação (E- Cons). O trabalho é desenvolvido pelo biólogo cearense Weber Andrade de Girão e Silva, que participou da descoberta da espécie, em 1996, e hoje atua pela preservação da ave.

O projeto é o único representante do bioma caatinga no E- Cons. O trabalho é uma iniciativa da ONG curitibana Sociedade de Pesquisa em Vida Selvagem e Educação Ambiental (SPVS), em parceria com o HSBC. A entidade incentiva projetos de conservação da biodiversidade em seis diferentes biomas do País.

Comprometimento
O lançamento nacional do Programa E-Cons tem o objetivo de reconhecer e estimular o trabalho de pessoas comprometidas com a conservação da biodiversidade no Brasil. E esse resultado será refletido na prática até 2014, período que garantirá um apoio significativo às ações que vêm sendo desenvolvidas em prol do soldadinho-do-araripe.

Para Weber Andrade, esse programa faz com os projetos tenha maior sustentabilidade. Segundo ele, a última contagem do soldadinho-do-araripe aconteceu em 2010, já que o trabalho envolve uma equipe de pesquisadores. A publicação do resultado da existência de 177 casais em reprodução e 800 espécies foi lançada em 2011, após o período de reprodução, que aconteceu entre um ano e outro.

Ele afirma que, ano passado, não houve condições, e agora está apenas aguardado a fase reprodutiva para iniciar nova contagem já por meio do Programa.

"Com esse apoio, temos condições de realizarmos as visitas, a contagem e atuar na conservação do meio ambiente", diz ele. A história do projeto foi um dos principais aspectos que levou ao programa. No ano passado, o soldadinho-do-araripe obteve mais uma vitória em prol da sua preservação, com o lançamento do Plano de Ação Nacional para a Conservação do pássaro endêmico da região do Cariri.

Plano de revisão
Com isso, a ave passou a ser a primeira no Brasil a ter um plano de revisão, em cinco anos, o que representou um grande avanço dentro do plano anterior, que já vinha sendo trabalhado. Motivo de grande comemoração para os ambientalistas, mesmo a ave ainda estando na categoria de criticamente em perigo de extinção. O objetivo de todo esse esforço é evitar a extinção do Antilophia bokermanni, nome científico do soldadinho-do-araripe.

Ave endêmica da área da Chapada do Araripe, principalmente, as mais densas e com maiores reservas de fontes de água, é uma das seis espécies do Brasil a contar com plano específico. No Nordeste, são apenas duas, o soldadinho-do-araripe e, na cidade de Canudos, na Bahia, a arara-azul-de-lear.

Nas próximas três estações reprodutivas, serão examinados o declínio e ascensão da ave. Para isso, será necessário um grande esforço da equipe, que terá de percorrer cerca de 130 fontes na área da Chapada do Araripe realizar a contagem. Por ser um ano de seca, o registro começará mais tarde, provavelmente em outubro. É a fase crítica, que vem sendo monitorada mensalmente pelos estudiosos, segundo Weber. Mas, resta a esperança dessa contagem ser iniciada ainda neste mês. A esperar pelo canto do resistente soldadinho-do-araripe como sinal.

Nesta primeira fase, o programa conta com seis empreendedores da conservação localizados na Caatinga, Mata Atlântica, Mata Atlântica Urbana, Cerrado, Amazônia e Pantanal.

O diretor executivo da SPVS, Clóvis Borges, explica que o objetivo do programa é dar reconhecimento e visibilidade a pessoas realmente comprometidas com o tema da preservação da biodiversidade e que tenham projetos e estratégias já desenvolvidas de conservação.

Mais informações
Instituto Cultural do Cariri (ICC)
Praça Filemon Teles, s/n
Centro de Crato
Crato/CE
Telefone: (88) 9999.8457

YAÇANÃ NEPONUCENA
REPÓRTER 

Fonte: Diário do Nordeste

John Farnham - You're The Voice


Mauriti (CE): Trecho da Transposição é investigado

O trecho do Projeto de Integração do Rio São Francisco que passa pelo município de Mauriti está sob investigação do Ministério da Integração em conjunto com a Controladoria-Geral da União (CGU). De acordo com auditoria do Tribunal de Contas da União (TCU), há indícios de irregularidades nas obras do Eixo Norte da transposição (canal de 402 km, que corta os Estados de Pernambuco, Ceará, Paraíba e Rio Grande do Norte), que foram executadas pelo 2º Batalhão de Engenharia do Exército.

Segundo a auditoria, houve superfaturamento da obra. Pagamentos de serviços de escavação e transporte de material em quantidade superior à prevista na última revisão do projeto executivo do empreendimento foram detectados. O superfaturamento é estimado pelo tribunal em mais de R$ 7 milhões. O valor total do repasse feito aos militares no Eixo Norte foi de R$ 143,2 milhões. “Essa irregularidade é decorrente da fiscalização inadequada por parte do Exército, bem como pelo acompanhamento deficiente do órgão repassador dos recursos, o Ministério da Integração Nacional”, aponta a auditoria.

As obras foram realizadas por cerca de 1,8 mil trabalhadores, entre militares e funcionários de empresas particulares contratadas para a execução de alguns serviços. A investigação também foi estendida a Salgueiro (PE), Floresta (PE) e Custódia (PE).

Em nota, a CGU disse que investigação está em andamento e as informações são de caráter sigiloso. Ao término do trabalho o relatório será encaminhado aos órgãos responsáveis (Ministério das Integração Nacional, Polícia Federal, Ministério Público Federal, TCU, entre outros).

Fonte: O Povo

APA da Chapada do Araripe prioriza plano de conservação

Com mais 1.063.000 mil hectares que compreendem 33 Municípios nos Estados do Ceará, Piauí e Pernambuco, a Área de Proteção Ambiental (Apa) Chapada do Araripe está completando 15 anos de existência. Neste período, a principal meta tem sido a criação de um Plano de Conservação, que permita o ordenamento e o uso do território, já que a Apa é de domínio privado.

Apesar de ainda está em fase de averiguação, estima-se que na Apa, apenas de aves, existem mais de 200 espécies. Além de uma quantidade incalculável de outros animais e mais de 300 tipos de plantas, entre árvores, arbustos e ervas, algumas ainda desconhecidas.

Atualmente, cerca de 50 pesquisas, envolvendo aproximadamente 300 pesquisadores de diversos Estados e países, estão explorando a área. O espaço ainda dispõe de informações que dão origem a análises sobre épocas passadas e sobre os seres que habitaram a região do Cariri há mais de 300 milhões de anos e que desapareceram.

Dificuldade
Hoje, o comprometimento da Apa está no modelo de desenvolvimento a ser implantado. A grande dificuldade enfrentada na conservação é a compatibilização de interesses entre os órgãos públicos e coletividade. De acordo com o chefe da Floresta Nacional do Araripe (Flona), Francisco Willian Brito Bezerra, é necessário haver entendimento entre os gestores. "Precisamos decidir, de maneira responsável, qual o futuro que queremos para essa região. Temos que estabelecer como iremos gerar emprego e renda sem comprometer o equilíbrio ecológico", revela.

De acordo com os estudos que fundamentaram a criação da Chapada do Araripe, foram encontrados 307 fontes, sendo oito no Piauí, 54 em Pernambuco, e as no Ceará. Segundo estudiosos, esses recursos hídricos acumulados criam um microclima diferenciado, servindo de base para a sobrevivência da fauna e flora. Historicamente, a região serviu de refúgio para os povos que sofreram com as grandes secas que assolavam o Nordeste.

Devido à geografia local, o espaço detém pluviosidade duas vezes maior que a depressão sertaneja. O solo poroso possibilita a retenção das águas, onde são formadas fontes minerais.

Um dos reflexos negativos do desenvolvimento regional atrelado à manutenção da biodiversidade ambiental é o uso indevido dos recursos naturais. Segundo dados da Companhia de Gestão de Recursos Hídricos do Estado do Ceará (Cogerh), na região do Cariri, por segundo, são explorados três mil litros de água. Entretanto, no mesmo período de tempo, a natureza só repõe dois mil.

Dependendo do Pacto de Uso e Ocupação da Apa, será possível captar uma quantidade maior de água. A permanência das áreas verdes permite uma retenção de líquido dez vezes maior. Porém, o Plano ainda está sendo elaborado, e não há previsão para a conclusão. Por enquanto, apenas as demandas emergenciais que podem comprometer a Apa, como licenciamentos de atividades econômicas e obras de interesse público, proteção das espécies ameaçadas estão sendo atendidas.

Para o chefe do Instituto Chico Mendes da Biodiversidade (ICM-Bio), Roberto Ricardo Vizentin, o benefício fundamental em uma região possuir uma APA é permitir que o desenvolvimento seja conciliado com a conservação dos recursos naturais. Conforme ele, legalmente, todas as Unidades de Conservação dispõem de dois grandes instrumentos de gestão.

O conselho consultivo que, para avaliar a instalação e adequação de novos empreendimentos, realiza com os setores envolvidos três reuniões ordinárias por ano; e o Plano de Manejo, que identifica geograficamente a APA e sua relação com as outras Unidade e com o planeta.

No caso da Chapada do Araripe, a analise é sobre sua contribuição para o bioma caatinga. É a partir do diagnóstico que são discutidos os zoneamentos e quais são as atividades que devem ser extintas ou proibidas.

Agora, na área, existe apenas um processo de avaliação dos impactos provocados pelos novos empreendimentos propostos, de forma a considerar como eles afetam os objetivos da criação Unidade de Conservação. As análises dos impactos são feitas caso a caso.

Regularização
Durante as comemorações dos 15 anos, foi lançada uma campanha de regularização ambiental dos propriedades e posses rurais. Juntamente com as outras Unidades, a Apa está construindo um mosaico das Unidades de Conservação do Araripe, onde os Municípios, Estados e União irão desenvolver atividades integradas de planejamento para o futuro. Até agora, já foram realizados planos de ação para a conservação do soldadinho-do-araripe, ave nativa e em processo de extinção, de proteção das cavernas, atividades relacionadas à educação ambiental, ações de proteção e fiscalização ambiental e estímulo à produção do conhecimento.

No ano passado, a área foi a 14ª dentre as 310 Unidades Federais de Proteção Ambiental em número de autorização de pesquisas. Contudo, nos últimos cinco anos, também ficou entre as segundas e terceiras unidades com maior número de focos de calor. De 2009 até 2011, a mineração liderou os pedidos de autorização. O desmatamento para a extração de lenha está entre os principais problemas atuais.

Mais informações
Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade
Complexo Administrativo Sudoeste
Sede em Brasília
Telefone: (61)3341.9011

Fonte: Diário do Nordeste

Popularidade de Dilma vai a 75,7%, diz CNT

Apesar de numa simulação eleitoral para 2014 a presidente Dilma Rousseff pontuar menos do que seu antecessor, Luiz Inácio Lula da Silva, quando se trata de popularidade pessoal ela tem um desempenho melhor.

A presidente Dilma Rousseff é aprovada por 75,7% da população, segundo pesquisa da Confederação Nacional do Transporte (CNT) realizada de 18 a 22.jul.2012 e divulgada hoje (3.ago.2012). No mesmo período de seu 1º mandato, o antecessor Lula tinha 54,1% de aprovação de acordo com a pesquisa da época que usou a mesma metodologia (realizada de 15 a 17.jun.2004). Os percentuais mostram a popularidade pessoal dos políticos no cargo de presidente da República.

Dilma também tem desaprovação menor que a de Lula na metade do 2º ano de governo. O estudo publicado hoje afirma que 17,3% da população desaprovam o desempenho pessoal da presidente à frente do governo e que 7,1% não responderam à questão. Em 2004, quando a pergunta era sobre o desempenho de Lula, 37,6% desaprovaram o ex-presidente e 8,3% não responderam.

Com relação à última pesquisa CNT que mediu a popularidade pessoal de Dilma –realizada de 7 a 12.ago.2011– a aprovação aumentou e a desaprovação caiu. Em 2011, 70,2% da população a aprovavam e 21,1% a desaprovavam. Agora, são 75,7% de aprovação e 17,3% de desaprovação. Até a última edição do estudo, o instituto Sensus era parceiro da CNT. Apesar da saída do instituto, a metodologia continua a mesma.

Comparação
A pesquisa também pediu que os entrevistados comparassem o governo atual com o anterior. Resultado: 15,9% afirmam que a presidente Dilma faz um governo melhor que o de Lula. No ano passado, 11,5% tinham essa opinião.

Outros 34,6% acham que o governo Dilma é pior que o de Lula (eram 45,4% em 2011). E 48,2% consideram as administrações iguais (eram 38,1%).

Avaliação do governo
Segundo a pesquisa, a maioria da população (56,6%) avalia positivamente o governo de Dilma Rousseff. Na pesquisa anterior, feita de 7 a 12.ago.2011, o governo era bem avaliado por 49,2%.

Em 2011, 10,1% da população consideravam o governo Dilma como “ótimo”. Agora são 13,4% com essa opinião. Já o índice de “bom” foi de 39,1% para 43,2%. O “regular” passou de 37,1% para 35,5%. “Ruim” foi de 4,3% para 3,4%. E “péssimo” saiu de 5% para 3,6%. E 1% não opinou –no ano passado foram 4,6%.

Este Blog é a página de política em atividade mais antiga da internet brasileira. Nesta página, o Blog apresenta resultados de pesquisas de popularidade dos presidentes desde o governo de José Sarney (1985-1990). Também estão disponíveis resultados de pesquisas eleitorais desde a eleição do ano 2000 até a de 2012.

Consumo e crise
Apesar das estimativas pessimistas da área econômica do governo para o crescimento do país, cerca de metade da população não enxerga crise econômica. Segundo a pesquisa da CNT, 48,8% das pessoas acreditam que a economia brasileira está crescendo. Para 43,2% a economia está estagnada. Só 4,6% disse que a economia diminui.

Outro dado do levantamento é que 52,8% das pessoas acreditam que seu poder de compra vai aumentar até o fim do ano. Só 7,6% acham o contrário. E 38% avaliam que continuarão na mesma situação.

Além disso, 49,1% consideram seu poder de compra ótimo ou bom. Outros 37% acham que é regular. E 13,6% o consideram ruim ou péssimo.

Eleição 2014
A pesquisa da CNT também simulou cenários da próxima eleição presidencial, de 2014. Se a disputa fosse hoje, segundo o levantamento, Dilma venceria o senador Aécio Neves (PSDB) já no 1º turno.

Fonte: Blog do Fernando Rodrigues / UOL

As piores heranças que seus pais podem deixar para você

Dívidas na praça. Uma vó doente pra cuidar. Uma casa caindo aos pedaços. Nenhum puto no banco.

Você acha que essas são as piores heranças que seus velhos podem deixar pra você?

Engana-se. As piores são as GENÉTICAS!

Algumas delas você vai receber, com certeza... Pode esperar. Confira:

8) Alcoolismo
Filhos de alcoólatras não necessariamente estão fadados a casar com a garrafa também. No entanto, pesquisas recentes mostram que cerca de 50% do risco de alcoolismo é determinado pelos genes -- o ambiente é responsável pela outra metade. A doença é considerada geneticamente complexa, o que significa que diversos genes participam e podem afetar os indivíduos de maneiras diferentes.

7) Câncer de mama
A causa do mal ainda é um mistério, porém estudos descobriram que mutações em genes específicos, como o BRCA1 e BRCA2, acarretam alguns tipos de câncer. As mulheres que herdam essas alterações tendem a sofrer com o câncer de mama já no início da vida. Os homens com BRCA1 têm mais chances de câncer de próstata, enquanto o BRCA2 colabora para a formação de nódulos nas mamas masculinas, além do pâncreas.

6) Daltonismo
Cerca de 4% da população mundial não consegue distinguir o vermelho do verde, e atinge 20 vezes mais homens que mulheres. E por que ele acontece? Os genes referentes aos receptores do vermelho e do verde ficam próximos do cromossomo X. Os homens possuem somente um da categoria, o qual herdam da mãe. Enquanto isso, as mulheres têm dois, que compensam um ao outro em caso de daltonismo.

5) Doença do Coração
Um histórico familiar de doença do coração, diabetes, derrame ou pressão alta não são bons para o seu coração. Filhos de pais com doenças cardiovasculares são mais suscetíveis a desenvolvê-las. Além disso, uma pessoa com defeito congênito no órgão provavelmente terá uma criança com o mesmo problema.

4) Geminidade
Apesar do nascimento de gêmeos idênticos ser um evento esporádico, gêmeos fraternais são mais comuns de nascer. Uma mãe que concebe gêmeos bivitelinos carrega um gene que a faz liberar múltiplos ovos durante a ovulação, o que é chamado de hiperovulação. Quando o homem também tem o gene, o mais provável não é que ele seja pai de gêmeos, mas que sua futura filha conceba gêmeos idênticos-- é por isso que a geminidade as vezes “pula” gerações.

3) Espinhas
Você pode mesmo culpar seus pais por seu problema com acne! Estudos mostram que diversos garotos forrados com espinhas no colégio têm histórico familiar de problemas de pele. Além disso, pais que sofreram casos graves também passam o mal adiante.

2) Intolerância à Lactose
Pensava-se que a aversão chinesa pelo leite era cultural, até que cientistas descobriram nos anos 60 a intolerância à lactose dos asiáticos, africanos e sul-europeus. Nos últimos 10 mil anos, uma mudança genética permitiu que a habilidade de digerir leite evoluísse, mas apenas onde a produção leiteira era a norma. Se você tem intolerância ao leite, seus ancestrais provavelmente não tinham vacas no pasto.

1) Calvície
Apesar da calvície ser comum em homens, os cientistas ainda não descobriram a verdadeira causa do problema. É claro que a genética conta muito, porém seu pai não é o único culpado na história. A careca é uma herança que envolve diversos genes de ambos os pais. Pessoas com um tipo raro e permanente de calvície chamado alopecia perdem todos os pêlos do corpo e passam o mal para seus filhos.

TRE-CE começa a julgar recursos dos candidatos

Mais de 600 candidatos, em todo o Estado do Ceará, tiveram o registro da candidatura negado pelo juiz eleitoral do Município. Os recursos dos indeferidos e outros do Ministério Público já estão chegando ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Quem apresentar recurso pode permanecer na disputa até o julgamento do processo em última instância.

No TRE, vários recursos de postulantes aos cargos de prefeito e vereadores já estão tramitando e a tendência, a partir de agora, é aumentar o volume, revela o procurador regional eleitoral, Márcio Torres (foto), ao avaliar que já recebeu quase 100 processos para oferecer parecer. O problema é que o prazo para a sua manifestação é de apenas 48 horas.

Os juízes eleitorais terão que julgar, até o próximo domingo, todos os pedidos originais de registro de candidatura, inclusive os impugnados. A determinação é do Calendário Eleitoral que também estabelece o dia 23 de agosto como data limite para os Tribunais Regionais Eleitorais julgarem todos os recursos de registro de candidatura. A partir de então os recursos dos TREs serão julgados pelo TSE.

O TRE cearense começou a julgar recursos, em registro de candidatura, no dia 25 de julho e esta semana foram julgados dois casos de candidatos a vereador atingidos pela Lei Ficha Limpa. Por unanimidade de votos, na sessão da última terça-feira, foi negado o registro da candidatura de Antônio Adalbercio Linhares a vereador de Sobral.

Ficha Limpa
O juiz eleitoral de Sobral deferiu o registro da candidatura, mas o promotor de Justiça recorreu porque, quando presidente da Câmara Municipal o candidato teve contas desaprovadas pelo Tribunal de Contas dos municípios (TCM). O relator do processo no TRE foi o juiz Luciano Lima Rodrigues.

O segundo caso veio do Município de Acopiara onde Carla Renata Gomes de Carvalho, também candidata à Câmara Municipal, teve o registro da candidatura indeferido porque, na condição de gestora, teve contas desaprovadas pelo TCM. A candidata recorreu e o TRE confirmou a decisão do juiz de Acopiara. Neste processo o relator foi o juiz Luciano Lima Rodrigues e a decisão do Tribunal também foi por unanimidade.

As estatísticas de candidaturas, divulgadas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), via Internet, indicam que Fortaleza é o Município com maior quantidade de pedidos de registro indeferidos. Os dados fornecidos pelo TSE estão sujeitos a mudanças porque ainda existem processos a serem julgados. Mas, até o fim do expediente da última quinta-feira 123 candidatos, em Fortaleza, estavam com o registro da candidatura indeferido, sendo que cinco já haviam apresentado recurso.

Entre os demais municípios cearenses Caucaia se apresenta com a maior quantidade de registros indeferidos, chegando a 42 de um total de 366 pedidos apresentados. Outros municípios que também apresentam grande quantidade de pedidos de registro de candidaturas negados pelo juiz eleitoral são: Trairi com 21 registros indeferidos; Itaitinga com 19; São Luís do Curu com 18, Santa Quitéria com 11 e; Acopiara com 10 registros de candidatos indeferidos.

Índice
Levando-se em consideração a quantidade de candidatos e o número de registros indeferidos o maior índice foi atingido em São Luís do Curu, com mais de 20%, porque de um total de 84 pedidos de registro 18 foram negados.

A consulta ao sistema de divulgação de candidaturas do TSE indicou também que em outros 67 municípios cearenses, até o fim do expediente da última quinta-feira, não havia nenhum registro de candidatura indeferido. Também foram identificadas situações em que todos os pedidos de registro de candidatura já haviam sido julgados, assim como cidades em que nenhum pedido de registro havia sido julgado.

Acopiara, Aiuaba e Alcânta-ras são exemplos de municípios em que todos os pedidos originais de recurso haviam sido julgados. Pires Ferreira e Tarrafas são municípios onde o TSE ainda não indicava registro de candidaturas. Até amanhã, o site deverá ter outros informes.

Fonte: Diário do Nordeste

Barbalha (CE): Cozinha comunitária beneficia barbalhenses com comida de qualidade

Inaugurada a pouco mais de um mês, a Cozinha Comunitária localizada no bairro Malvinas, tem proporcionado alimentos de qualidade a população daquele bairro e, localidades vizinhas, foram investidos na obra, recursos na ordem de R$ 500 mil reais entre estrutura física e equipamentos, em parceria com o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate a fome.

O empreendimento traz o nome da saudosa Minerva Dias De Sá Barreto, que muito fez por Barbalha na questão social, com o seu lado humanitário onde a mesma quando primeira dama do município trouxe diversos projetos para o município como SOAFA, SOBEF e SESFA.

Para a secretária de Trabalho e Desenvolvimento Social Maria Tereza Amora, a chegada da Cozinha Comunitária é um marco na história de Barbalha e, que o bairro Malvinas, foi escolhido de forma estratégica pelo fato de ser um dos mais populosos e, também, um dos mais carentes. Com a chegada da Cozinha Comunitária, a população terá alimentos de qualidade ao preço de R$ 1,00 para fortalecer as políticas públicas da área social.

Fonte: Assessoria de Imprensa / PMB

Juazeiro do Norte (CE): Espertalhões aplicam golpe usando o nome do Magazine Luiza

Um novo golpe começou a circular no início da semana no interior do Ceará e os espertalhões estão usando o nome do Magazine Luiza para enganar pessoas de boa fé. O golpe tem como vítimas os usuários da telefonia celular, que recebem mensagens em nome de empresa idôneas que anunciam suas promoções nas grandes emissoras de TV. O mais recente versa sobre a promoção “agarre o que puder”, patrocinado pelo Magazine Luiza, no programa do Faustão, apresentado aos domingos, na Rede Globo de Televisão. Uma mensagem é enviada dizendo que o dono do celular foi sorteado pelo programa e vai receber 25 mil reais e vai participar do programa com Faustão.

As mensagens chegam de telefones celulares com o DDD 88 e 85, ambos do Ceará e pedem que os assinantes entrem em contato urgente com eles, para receber o prêmio. No momento os telefones usando pelos espertalhões são: (88) 8872-3343 e (85) 9123-0874. Assim que a pessoa liga quem atende se identifica como Robson Monteiro de Sousa, gerente de atendimento do Magazine Luiza. Daí ele passa o numero de uma conta no Bradesco Agência 1351-1 em Itapipoca, Conta Corrente 675914-9, em nome de Antonio Teixeira do Nascimento, para que seja feito um deposito de R$ 250,00, (10%), referente ao “imposto de renda”.

Muita gente tem caído na conversa dos golpistas e depositam o valor solicitado, na esperança de receber o prêmio que nunca existiu. Diariamente as vitimas desse tipo de golpe comparecem as agencias bancárias, acreditando que ganharam mesmo um prêmio de um programa de televisão. Envergonhado depois que descobre ter sido vítima da usúria, ninguém quer prestar queixa na policia e procura a imprensa para denunciar. Foi assim com a dona de casa Maria dos Santos Ferreira, 28 anos, que acreditou ter sido mesmo sorteada para o programa do Faustão. Depositou desde segunda-feira, 250 reais na conta do Bradesco passada pelo golpista e todo dia telefona para saber sobre os 25 mil reais do prêmio prometido.

Esse tipo de golpe bastante manjado e muito divulgado quase todos os dias pelos meios de comunicação. Mesmo assim, ainda vem fazendo muitas vitimam em todo Ceará, principalmente em Juazeiro do Norte. Os responsáveis por esse tipo de golpe fazem as ligações de dentro dos presídios e usam contas bancárias de “laranjas” para que os depósitos sejam efetuados.

Roberto Bulhões

Fonte: Miséria

Black Box - I don't know anybody else


MPF pede arquivamento de inquérito contra paleontólogos

O Ministério Público Federal (MPF) solicitou arquivamento do inquérito policial, que trata da prisão em flagrante de dois pesquisadores na área da Paleontologia. O fato aconteceu no último mês de maio. A solicitação foi feita à 16ª Vara da Justiça Federal, com sede em Juazeiro do Norte. A polêmica em torno da questão foi causada principalmente por uma má interpretação da lei pela fiscalização, segundo o MPF.

A legislação assegura a presença dos pesquisadores, sejam eles nacionais ou estrangeiros, com bolsas de pesquisas patrocinadas por órgãos de fomento nacional, instituições de reconhecimento, e tenham feito o comunicado ao Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM).

Segundo o procurador federal, Rafael Ribeiro Rayol, todos esses procedimentos foram cumpridos pelos pesquisadores Alex Kellner e o francês Romain Amiot, que estavam atuando na região. "Na verdade, faltou a interpretação correta em razão até de desentendimentos e um melhor conhecimento da lei, que insere várias portarias ministeriais, com muitos detalhes", afirma o procurador. Ele ressalta que ficou claro, nos documentos apresentados pela coordenação do projeto, que o estrangeiro era bolsista do CNPq, nesse caso não necessitando de autorização do DNPM e nem do Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT) para atuar no local indicado pela coordenação da pesquisa.

Além do arquivamento, é solicitada a devolução das 236 amostras de fósseis e pó de rocha, material retido na Delegacia de Polícia Federal, em Juazeiro, e a devolução da fiança de 10 salários mínimos, cobrada a cada um dos pesquisadores. Eles foram detidos na tarde do dia 2 de maio, no Aeroporto Orlando Bezerra de Menezes, e liberados na noite do dia seguinte, mediante o pagamento da fiança. As amostras deverão ser entregues a Universidade Regional do Cariri (Urca), detentora do Museu de Paleontologia, em Santana do Cariri, e instituição na qual está inserida a pesquisa.

A prisão do paleontólogo austríaco naturalizado brasileiro, Alex Kellner, e de Romain Amiot - que veio especialmente colher as amostras de pó de rocha para levar ao Rio de Janeiro e, em seguida, conforme a coordenação da pesquisa "Estudos Sistemáticos e Paleoecológicos da Fauna de Vertebrados das Formações Crato e Romualdo (grupo Santana) da Bacia do Araripe", sob autorização do DNPM, para a França - já chegou a causar diversos prejuízos ao estudo paleontológico na região. O próprio DNPM local admite que muitos pesquisadores, após o episódio, ficaram receosos quanto à realização de projetos na região.

O professor doutor em Paleontologia, Álamo Feitosa, coordenador da pesquisa na qual os estudiosos estavam ligados, afirma que há a necessidade de devolução desse material com urgência, pois devem ser apresentados resultados até outubro ao CNPq. Foram quase três meses de paralisação da maior escavação paleontológica controlada no Nordeste, iniciada no ano passado, em Araripe. "Isso sem falar nos prejuízos causados ao próprios pesquisadores, que foram colocados no patamar de traficantes de fósseis", diz Álamo. Só para essa fase da pesquisa foram investidos R$ 22 mil.

O pesquisador francês, afirma o coordenador, sequer se encontrava com amostras de fósseis, e sim, sedimentos.

As situações, até então não esclarecidas, colocaram em evidência nomes de grandes instituições, como o Museu Nacional do Rio de Janeiro e Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), as quais o pesquisador Kellner está ligado, a Urca e o DNPM, além do órgão de pesquisa. Álamo Feitosa afirma que os prejuízos em relação ao tempo, dinheiro e principalmente do contato com o estudioso francês refletem de forma negativa para a paleontologia da região.

O geoquímico Romain Amiot é um dos raros pesquisadores na área de caracterização isotópica, com estudos de reações químicas, usando o oxigênio 18 e o carbono 13, para detectar a paleotemperatura e a paleosalinidade com o material colhido na região. Os sedimentos seriam examinados no seu laboratório, na França. Segundo Álamo, um dos mais modernos do mundo, que inclusive receberia estagiárias brasileiras envolvidas com a pesquisa.

"Por conta dessa situação, e da decepção de Amiot, que já esteve realizando pesquisas em várias partes do mundo, o prosseguimento desse trabalho poderá estar prejudicado", afirma.

O coordenador critica também o rigor extremo da fiscalização do DNPM na região, no que diz respeito aos pesquisadores nacionais, e até estrangeiros ligados às pesquisas realizadas no Brasil. Ao mesmo tempo, questiona a presença há alguns anos, de pesquisador estrangeiro, a exemplo de David Martius, que esteve na região com visto também de turistas, não era ligado a nenhuma instituição de pesquisa, e, no entanto, tem até trabalhos publicados sobre os fósseis do Araripe. Para Álamo, a decisão do MPF está de acordo com todas as questões que foram levantadas pela coordenação da pesquisa, quanto à legalidade do desenvolvimento dos trabalhos, inclusive da coleta do material.

"O ministério público não teve nenhum tipo de influência para chegar a essa decisão. Agiu de forma técnica e dentro da lei", avalia o professor.

Álamo ainda destaca a necessidade da fiscalização local conhecer a lei. "No mínimo, existe uma ignorância e um despreparo dos agentes de fiscalização", afirma, ao acrescentar que não houve boa vontade por parte do órgão fiscalizador para resolver o problema.

"Isso causou prejuízos à imagem de pessoas sérias, à pesquisa e às pessoas que queiram trabalhar com a Paleontologia na região", frisa. Para o chefe do escritório do DNPM, em Crato, Artur Andrade, a decisão do MPF deve ser cumprida, porém, é questionável perante a lei.

Mais informações
Ministério Público Federal (MPF)
Rua Jonas de Sousa, 60
Lagoa Seca
Juazeiro do Norte - Cariri
Telefone: (88) 3571.1833

ELIZÂNGELA SANTOS
REPÓRTER 

Fonte: Diário do Nordeste

Anatel libera vendas da TIM, Claro e Oi

A Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) decidiu liberar a venda das operadoras TIM, Claro e Oi. A medida começa a valer a partir desta sexta-feira.

A punição começou a vigorar há 11 dias e proibiu a comercialização de novos chips por uma das três maiores empresas do setor em cada Estado. A escolhida para sofrer a sanção foi a companhia com pior índice de qualidade da região.

Os critérios usados, segundo a Anatel, foram: os números de reclamações dos usuários, o percentual de chamadas em curso que foram interrompidas e de ligações que nem chegam a ser completadas.

"As empresas devem investir R$ 20 bilhões nos próximos dois anos, são investimento em qualidade", disse o presidente da Anatel, João Rezende.

Segundo Rezende, cerca de R$ 4 bilhões são decorrentes da cautelar emitida pela agência e que suspendeu as vendas. O valor teria vindo tanto de novos investimento das empresas, quanto antecipação ou remanejamento de verba.

"Vamos trabalhar diariamente para acompanhar as melhorias", disse o presidente da agência.

A aferição dos resultados, no entanto, será realizada de três em três meses, sendo que a primeira etapa está marcada para o dia 31 de outubro.

"Temos que ter consciência que o serviço não vai melhorar amanhã. Mas num curtíssimo prazo. No Call Center estimamos que 30 dias e, na parte de rede, de infraestrutura, serão necessários de quatro a seis meses", completou Rezende.

"A ação da agência foi preventiva, no sentido de, se não tivéssemos feito nada, o serviço continuaria como estava há duas semanas. Os indicadores mostravam que, a médio prazo, os usuários poderiam ter um prejuízo maior", disse Bruno Ramos, superintendente de serviços privados da Anatel.

"As empresas ainda têm capacidade de suportar novos usuários, mas queríamos com essa medida, inverter a tendência de subida no número de reclamações", completou.

A Vivo ainda não apresentou plano de melhorias da qualidade para Anatel. Apesar de não ter sido suspensa em nenhum Estado do país, a empresa também terá de mostrar à agência que pretende investir e melhorar o atendimento ao usuário. De acordo com a agência, a empresa ainda tem tempo hábil para entregar o documento.

Se alguma das empresas não cumprir as metas de qualidade que foram propostas à agência, a operadora poderá voltar a ter a venda suspensa. A Anatel, no entanto, ainda não definiu qual será o valor de multa a ser aplicada por causa do descumprimento.

Em cada Estado, as empresas deverão seguir uma série de metas de melhorias para atender. De acordo com Bruno Ramos, superintendente de serviços privados da Anatel, esses dados estarão disponíveis no site da agência.

Desafios
De acordo com o presidente do João Maria Medeiros, presidente do Sinagências (Sindicato dos Funcionários de Agências de Regulação), todos os servidores responsáveis pela fiscalização da Anatel estão participando da greve dos servidores das agências reguladoras, o que significa que não haverá pessoal para acompanhar a retomada das vendas e o cumprimento dos planos pelas operadoras.

"Nós até podemos negociar isso com o governo, mas eles precisam entrar em contato conosco e fazer o pedido. Até agora o que temos é que não haverá fiscalização", disse.

Durante todo o período em que as vendas estiveram suspensas, a Anatel recebeu denúncias, feitas inclusive pela imprensa, de que a venda de chips continuava ocorrendo em diversas partes do país.

O superintendente de serviços privados da Anatel, Bruno Ramos, responsável pela cautelar, chegou a defender, na ocasião, que os relatos eram pontuais e que, em todo caso, a habilitação da linha pela operadora estava suspensa.

Portanto, o simples fato do consumidor ter conseguido comprar o chip não significaria que a linha seria ativada. Em caso de descumprimento, a multa seria de R$ 200 mil por dia.

Pressão
Conforme a Folha antecipou, a agência pretendia comunicar a retomada das vendas até o fim desta semana.

A Anatel vinha sofrendo pressões por parte do governo, que havia estipulado prazo de 15 dias para resolver a questão, e por parte das teles, preocupadas com as vendas de aparelhos e chips para o Dia dos Pais.

A data é comemorada no próximo dia 12 e está entre as três mais importantes para o setor, ao lado do Natal e do Dia das Mães.

"É importante que a população possa ter acesso a todas as opções, para escolher melhor. Por isso, quanto mais cedo vier a liberação, melhor. Que seja, no mais tardar, nessa sexta-feira [amanhã]", disse Eduardo Levy, diretor-executivo do Sindtelebrasil, que reúne as empresas do setor.

Em comunicado enviado mais tarde, O Sindtelebrasil citou ainda os desafios que a implatação da rede 4G, no próximo ano, trará, e a necessidade de se melhorar o ambiente legislativo nas esferas federal, estadual e municipal.

"Existem hoje mais de 250 diferentes leis municipais que atrasam e dificultam a implantação de infraestrutura, especialmente das antenas de telefonia móvel, comprometendo a prestação dos serviços", destacou a instituição.

Gabinetes
Nesta semana, os representantes das companhias passaram por todos os gabinetes dos conselheiros e apresentaram planos de metas para melhoria da qualidade dos serviços.

Sem o acompanhamento da imprensa, que não foi informada dos horários das audiências, as empresas tiveram trânsito livre para adequar os documentos aos desejos da Anatel. A medida da reguladora exigia a aprovação prévia dos projetos antes que vendas fossem liberadas. As três teles punidas representam 70% do mercado e teriam até o dia 17 para entregar os planos.

Em comunicados ao mercado publicado no final desta tarde, Oi e Claro informaram já estarem prontas para que suas lojas voltem a funcionar normalmente a partir de amanhã nos Estados em que foram suspensas.

A Oi disse que "considera positivo o anúncio da Anatel" e ressaltou que apresentou um plano de R$ 24 bilhões em investimentos até 2015 para as melhorias em rede a atendimento.

Já a Claro informou que "antecipou o investimento de R$ 6,1 bilhões que serão aplicados até o final de 2013 no país", um aumento de 34%, e ressaltou que "o mercado brasileiro sempre foi prioridade para o grupo América Móvil".

Fonte: Folha.com

Crato (CE): Cidade padroniza comércio informal

Os 32 ambulantes que ocupavam irregularmente espaços nas praças centrais do Crato, foram beneficiados com a padronização e legalização das atividades. Por meio da Secretaria de Meio Ambiente e Controle Urbano do Município, eles assinaram um termo de Permissão de Uso Oneroso dos ambientes públicos e receberam equipamentos que irão auxiliar no melhoramento dos potenciais de vendas das mercadorias. Entre os comerciantes estão artesãos e vendedores de produtos alimentícios, que permaneciam nos locais há aproximadamente 40 anos. Desde o último dia 26, os permissionários que foram instalados nas Praças da Sé, Juarez Távora e Alexandre Arraes estão obedecendo a horários estabelecidos para o funcionamento das barracas e carrinhos. Além de serem responsáveis pela limpeza pública e higienização dos ambientes onde realizam suas vendas.

A adesão à padronização não teve custo para os permissionários. Eles foram selecionados de acordo com um cadastro dos ambulantes, realizando ainda no ano de 2005. O critério mais relevante para a escolha foi o tempo de permanência como vendedor. Por meio da realização de diversas reuniões entre a administração do Município e os ambulantes, as demandas da categoria foram expostas. Agora, os artesão dispõem de barracas com estruturas. Já os bombomzeiros receberam carrinhos em ferro e cobertura, no tamanho de um metro e 20 centímetros de comprimento. A regularização deverá auxiliar na manutenção das praças, que foram requalificadas recentemente. Com a ação, os permissionários passaram a ter mais segurança e infraestrutura para que possam desenvolver as atividades de forma adequada. Para a vendedora, Antônia Alves de Carvalho, que comercializa guloseimas na Praça Juarez Távora há mais de dez anos, a padronização foi positiva. "Agora teremos garantias de permanência nas praças. A gente acredita que os lucros irão aumentar porque estamos sendo mais vistos", conta. De acordo com ela, a única dificuldade está sendo a redução do tamanho dos carrinhos.

Antes da reforma e devido a ocupação irregular dos comerciantes as praças tinham aparência suja e eram alvo de críticas por abrigar um número excessivo de vendedores. Segundo a secretária de Meio Ambiente e Controle Urbano, Lívia França, é necessário organizar os espaços públicos. "Estamos seguindo a nossa Legislação, organizando o comércio dos ambulantes. Iniciamos pelas praças, mas ainda vamos agir em outras áreas centrais da cidade", afirma.

Para fortalecer o turismo local, a Secretaria de Meio Ambiente e Controle Urbano investiu na capacitação dos ambulantes quanto às medidas de conscientização ambiental. Todos os permissionários receberam orientações sobre como cumprir as exigências previstas no acordo. Por meio do Núcleo de Gestão Ambiental, o órgão irá averiguar a devida permanência das barracas e carrinhos e o cumprimento do termo, que não gera aos permissionários o direito subjetivo de continuidade. A ação de regularização foi desenvolvida de acordo com o Código de Obras e Postura do Município, que estabelece que nas calçadas não deverá existir qualquer elemento que dificulte a circulação de pedestres e dos portadores de deficiência física. Para os que descumprirem as normas, ao Município cabe a anulação da concessão de uso. Além da fiscalização junto as autoridades sanitárias sobre a produção, comércio e consumo dos gêneros alimentícios, que devem atender às disposições do Código do Consumidor. Os comerciantes que não possuem o Termo de Permissão de Uso e que, mesmo assim, ocupam espaços nas vias públicas poderão ter suas mercadorias apreendidas pela Guarda Municipal.

YAÇANÃ NEPONUCENA
REPÓRTER

Fonte: Diário do Nordeste

Família esconde, por mais de um ano, morte de avôs de campeã olímpica

Medalhista de ouro no trampolim de três metros, a chinesa Wu Minxia recebeu notícias muito ruins assim que foi comemorar a conquista. Ao conversar com os pais, ela descobriu que seus dois avôs estavam mortos. O detalhe: a família guardou o segredo por mais de um ano, para não atrapalhar a preparação da atleta.

O segredo, porém, não era o único que a família guardava. Há anos sua mãe luta contra câncer no seio e a campeã olímpica só foi informada, também, nesta semana, após o pódio. E só porque a doença já está em estado de remissão. “Foram mentiras leves que eram importantes para ela”, afirmou o pai da saltadora, Wu Yuming.

A história de Minxia gerou uma discussão na China sobre o custo do sucesso olímpico. Em texto do Shangai Morning Post, por exemplo, o pai da atleta admite que a filha “não pertence inteiramente” a sua família e que “felicidade familiar não é algo que me atrevo a buscar”. Minxia começou a treinar diariamente aos 6 anos e deixou a casa dos pais aos 17, para morar em uma instalação governamental.

Outra publicação, o China Business Daily, ressaltou o fato que a agência oficial de notícias só tem enviado agradecimentos aos medalhistas de ouro do país, ignorando quem levou prata ou bronze. “É uma visão muito estreita olhar para as Olimpíadas somente pelo prisma das medalhas. Também temos de considerar suor, lágrimas, esforço... paz, liberdade e justiça”, diz um editorial.

Fonte: UOL

Operação da polícia busca acusados de atentado contra promotor

Uma operação militar marca presença na cidade de Pedra Branca, a 261 km de Fortaleza, visando capturar criminosos acusados de alvejarem o carro e a residência de um promotor de justiça daquela localidade na última quinta-feira (26).

De acordo com o comandante do Comando de Policiamento do Interior (CPI), coronel Hervano Macedo, são 20 policiais militares, sete promotores de justiça e oito viaturas, com apoio da Polícia Civil, da Coordenadoria de Inteligência (Coin) e Comando Tático Rural (Cotar). Todos, em uma ação de presença na cidade, como forma de represália ao atentado sofrido pelo magistrado na madrugada da última quinta-feira (26). "Na semana passada, a residência oficial do Ministério Público e o carro do promotor foram alvejados. Estamos mostrando a união das instituições para evitar outros crimes e identificar os autores deste atentado contra o Ministério Público", afirmou.

De acordo com o coronel, as diligências estão cumprindo mandados de prisão na zona rural e na zona urbana, com o serviço de inteligência do Coin fazendo levantamento de informações. "Estamos fazendo trabalhos de polícia ostensiva. Já realizamos alguns TCO's, de pessoas conduzindo motos sem placa, sem habilitação. Estamos em pontos fixos e em barreiras, e fazendo blitz intinerantes em vários bairros da cidade", explicou o militar.

Desde as 6h da manhã desta quarta-feira (1º), já foram realizadas também visitas na cadeia pública da cidade, com a apreensão de 17 celulares nas mãos dos presos. O comboio militar permanecerá na cidade até segunda ordem do secretário de segurança, coronel Francisco Bezerra.

Foto meramente ilustrativa

Fonte: Diário do Nordeste

Plantão Infotech: Google Chrome 21 já está disponível. Baixe agora!

O Google Chrome é o browser da Google, criado para bater de frente com os populares Internet Explorer e Firefox, oferecendo alguns recursos únicos.

Além de rápido e estável, o Google Chrome conta com uma biblioteca extensa de aplicativos que permite ao usuário ter sempre em mãos aquilo de que precisa. Totalmente integrado aos serviços do Google, proporciona outras vantagens exclusivas para quem o escolheu como browser padrão.

É possível aumentar a integração e funcionalidade de serviços como o Google Agenda e Google Mail, permitindo que lembretes instantâneos apareçam na tela todas as vezes que o usuário está próximo de um compromisso marcado, ou cada vez que recebe um novo e-mail. E com a chegada do Google Drive, esta integração fica ainda maior, tornando o armazenamento de arquivos prático e simples de se fazer.

Baixe AQUI

Fonte: Techtudo

Carminha foi presa por crime eleitoral

A Polícia Federal localizou na manhã desta quarta-feira (31) um depósito de material de campanha da vereadora e candidata à reeleição Carmen Glória Guinâncio Guimarães Teixeira, a Carminha Jerominho (PT do B), em Campo Grande, na zona oeste do Rio. No local, os agentes apreenderam armamento pesado e farta munição, além de equipamentos de TV a cabo clandestina, conhecida como "gatonet".

Segundo o delegado Victor Poubel, foram apreendidos duas escopetas calibre 12, três metralhadoras, duas granadas, um colete à prova de balas, cartucheiras e balas de diversos calibres 12 e de pistola. Os agentes também recuperaram um Classic prata com registro de roubo. O veículo era usado como carro de som com adesivos de campanha da vereadora.

— Chegamos a esse local atrás de denúncia. Essa região é uma área de atuação de milícias e nossas investigações contra essa quadrilha irão continuar. Essas apreensões serão encaminhadas ao TRE (Tribunal Regional Eleitoral), que irá definir o que será feito, se será expedido mandado de prisão contra ela ou se a candidatura dela não será aprovada. Agora é com o TRE.

Os policiais federais chegaram em três viaturas ao depósito, na localidade Ana Gonzaga, por volta das 8h30. Com cartazes de campanha de Carminha Jerominho pendurados na fachada, a casa estava fechada e nenhum responsável foi encontrado.

O material apreendido foi encaminhado ao TRE, que, nas eleições deste ano, montou uma força-tarefa para combater crimes eleitorais em comunidades dominadas por milicianos e traficantes de drogas.

Procurado pelo R7, o presidente e advogado do PTdoB, Vinicius Cordeiro, disse que Carminha já o procurou e alegou ter sido "vítima de uma armação de grupos rivais que temem o crescimento de sua campanha na zona oeste". Cordeiro disse ainda que vai aguardar o fim das investigações da Polícia Federal para se pronunciar sobre o caso.

Vereadora já foi presa por crime eleitoral
Carminha é filha do ex-vereador Jerônimo Guimarães, o Jerominho, e sobrinha do ex-deputado Natalino Guimarães, que estão presos sob acusação de chefiarem milícias na zona oeste carioca. A parlamentar aguarda aprovação do registro de candidatura pelo TRE-RJ (Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro).

Ela foi eleita vereadora com 22 mil votos em 2008. Acusada de coagir eleitores, ela passou parte da campanha eleitoral presa na penitenciária federal de Catanduvas, no Paraná. A parlamentar foi empossada em janeiro de 2009, mas teve o mandado cassado seis meses depois sob a acusação de gastos ilícitos de recursos para fins eleitorais.

No entanto, em fevereiro deste ano, o TRE decidiu, por unanimidade, devolver o diploma à vereadora por falta de provas. Além do salário de cerca de R$ 15 mil, Carminha dispõe de uma verba de R$ 150 mil para contratar funcionários para o seu gabinete.

O pai e o tio de Carminha também já tiveram seus mandatos parlamentares cassados. Jerominho era vereador pelo PMDB, e Natalino ocupava uma cadeira na Alerj (Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro) pelo DEM. Os dois cumprem pena de dez anos no presídio de segurança máxima de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul.

Fonte: R7

As 5 maiores desculpas para não fazer sexo

Uma pesquisa muito interessante revelou as desculpas que as pessoas mais usam para não fazer sexo. Curioso(a) pra saber quais são? Continue lendo e descubra!

A pesquisa foi realizada nos EUA. Cerca de 52% das pessoas entrevistadas eram mulheres. E 57% eram pessoas casadas ou viviam com parceiros e 48% tinham crianças vivendo na residência. 81 % dos participantes afirmaram ter, pelo menos uma vez, evitado o parceiro(a) quando este queria fazer sexo. Abaixo você confere a lista das esculpas mais populares:

1• “Estou muito cansado(a)” ou “preciso dormir”
2• “Não me sinto bem” – usar problemas de saúde como desculpa
3• “Não estou no clima”
4• “Preciso tomar conta das crianças/dos animais/da casa”
5• “Tenho de me levantar cedo/Vou trabalhar amanhã”

Fonte: Mundo DSE

Estado terá R$ 111,8 mi para combater o crack

O Ceará é o 12º Estado do Brasil a aderir ao programa federal "Crack, é Possível Vencer", que tem o objetivo de aumentar a oferta de tratamento de saúde e atenção aos usuários, enfrentar o tráfico de drogas e as organizações criminosas e ampliar atividades de prevenção por meio da educação, informação e capacitação, com um investimento de R$ 111,8 milhões até 2014. Deste valor, R$ 79,6 milhões são do Ministério da Saúde, R$ 24,8 milhões, do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate a Fome, e R$ 7,3 milhões do Ministério da Justiça.

Por meio de ações lideradas pelo governo federal, Estado e municípios, o programa vai investir R$ 3,92 bilhões para combater a droga. Os eixos de atuação são cuidado (saúde), autoridade (segurança pública), além de prevenção.

A adesão do Ceará ao programa foi confirmada na tarde de ontem, por meio de uma videoconferência liderada pelo ministro da Saúde, Alexandre Padilha, com a presença da secretária Nacional de Segurança Pública do Ministério da Justiça, Regina Miki; da prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins; do vice-governador do Estado, Domingos Filho, e do secretário da Saúde do Estado, Arruda Bastos, entre outras autoridades. "Com essa iniciativa, queremos ter ambientes mais seguros e pessoas afastadas desse vício", comentou Padilha.

Investimento
Com a verba, o Ceará poderá criar mais de 200 leitos para atendimento aos usuários de drogas, especialmente o crack, e qualificar seis Centros de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (Caps), que passam a atender 24 horas, além de três novos Consultórios de Rua e duas novas Unidades de Acolhimento.

Para o combate, medidas conjuntas serão realizadas entre os guardas municipais e policiais militares, que vão intensificar a fiscalização nas áreas atingidas pela droga. Serão capacitados 160 profissionais de segurança pública para atuar em locais de uso de crack e outras substâncias. A expectativa é que a utilização de câmeras móveis e fixas contribua para minimizar crimes e o tráfico de drogas.

Além disso, uma das missões da segurança pública com o programa será elaborar ações de inteligência para saber por onde passa e anda o mercado de crack no estado. As ações beneficiarão também o Interior, à medida que forem se concretizadas na Capital. Para contribuir com a área social, o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome irá financiar mais três Centros de Referência Especializada em Assistência Social (Creas) e quatro Centros de Referência em Assistência Social (Cras) em Fortaleza.

O programa também conta com a atuação dos ministérios da Justiça, da Saúde e do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, além da Casa Civil e da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República. Além do Ceará, Piauí, Pernambuco, Alagoas, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Acre, Santa Catarina, Espírito Santo, Mato Grosso do Sul e Paraná já fazem parte da iniciativa.

Usuários
Dados da Pesquisa Anual sobre a Vivência de Crianças e Adolescentes em Situação de Moradia de Rua, realizada pela Equipe Interinstitucional de Rua de Fortaleza em 2010/ 2011, mostram que, dos 177 entrevistados nos bairros da Capital, 73 confirmaram ser usuários de crack. Ainda de acordo com a pesquisa, a droga é a mais consumida por esses jovens, totalizando 41% dos entrevistados.

Segundo Manoel Torquato, coordenador do órgão, a ação mais forte deve ser a de segurança pública, que deve inibir a chegada do crack nas ruas. "É impressionante a facilidade com a qual se encontra droga", comenta o coordenador.

De acordo com informações da Central Única das Favelas (Cufa), existem 100 mil usuários de crack no Ceará. Nos Caps AD de Fortaleza, segundo dados de pesquisa realizada em 2011, 43,3% dos pacientes chegam lá por serem usuários de crack.

De acordo com Soraia Cassiano Rodrigues, psicóloga da Rede de Atenção em Saúde Mental do Município, o principal problema do crack é o desejo de consumi-lo de forma desenfreada. Em Fortaleza, os bairros mais atingidos com a droga são Barra do Ceará, Jangurussu, Praia do Futuro e Serviluz.

Levantamento
100 mil pessoas são usuárias de crack no Ceará, segundo informações da Cufa. Nos Caps AD, 43,3% dos pacientes chegam lá por problemas com a droga

LÍVIA LOPES
REPÓRTER 

Fonte: Diário do Nordeste

ShareThis