Maria Julia Coutinho faz um discurso histórico contra o racismo

Vítima de ofensas racistas, a jornalista Maria Julia Coutinho ganhou o direito de falar, ao vivo, no “Jornal Nacional”, sobre a agressão que sofreu. Por 70 segundos, nesta sexta-feira (03), a “moça do tempo” do principal telejornal do país fez um discurso, a meu ver, histórico.

Firme, mas sem levantar a voz, indignada, mas altamente didática, ela representou milhões de pessoas que enfrentam dramas semelhantes no cotidiano, mas não dispõem de um palco com este alcance. Assista o vídeo.



Fonte: Blog do Mauricio Stycer/UOL

Curta nossa página no Facebook



Dengue: Sesa registra mais 7 óbitos no CE

O Estado do Ceará confirmou mais sete mortes causadas por dengue. De acordo com os dados do boletim epidemiológico, divulgado nessa sexta-feira (3) pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesa), 28 pessoas já foram a óbito em 2015. São mais 2.499 casos, em relação ao último levantamento.

Conforme a Sesa, até a semana do dia 4 de julho foram notificados 70.290 casos suspeitos, destes, 27.990 foram confirmados em 151municípios do Estado. O boletim da Secretaria ainda aponta aumento de 171% dos casos notificados na comparação deste ano com igual período de 2014.

Somente na Capital, o boletim contabiliza 14 mortes causadas pela dengue. No entanto, também há registros em Maracanaú (2) e Beberibe (2), Aquiraz (1), Barbalha (1), Caucaia (1), Crato (1), Itapiúna (1), Juazeiro do Norte (1), Limoeiro do Norte (1), Missão Velha (1), São Luis do Curu (1) e Varjota (1).

Fortaleza foi o município cearense que concentrou o maior percentual de Dengue com Sinais de Alarme (DCSA), com 71,1%, e Dengue Grave (DG), com 55%. Já a faixa com mais casos da doença confirmada, com 22,7%, foi a 20 a 29 anos.

Sarampo
Nessa sexta-feira (3), a Sesa também divulgou boletim do sarampo, com dois casos a mais da doença em relação ao último boletim, do dia 26 de junho. Até agora, chegam a 163 as confirmações. Fortaleza e Caucaia possuem os maiores índices, com 70 e 69 respectivamente. O Ceará firmou acordo com a União para acabar com o registro, mas, embora a incidência esteja caindo, o Estado não tem conseguido manter o pacto.

Fonte: Diário do Nordeste

Curta nossa página no Facebook



Conheça 8 formas para deixar seu Android mais seguro

No momento em que os smartphones são alvos cada vez mais frequentes de hackers, o sistema operacional do Google é citado por especialistas em segurança digital como o mais exposto às ameaças. Grande parte do problema se atribui à popularidade do Android ---presente em 91,6% dos smartphones vendidos no Brasil no primeiro semestre de 2014, segundo pesquisa da Nielsen Ibope. Sem contar nas vulnerabilidades do próprio sistema.

Segundo Fabio Assolini, analista sênior de segurança da empresa de antivírus Kaspersky, todos os sistemas são vulneráveis e possuem falhas de segurança. Mas, segundo ele, quando se fala em número de ataques, o Android lidera o ranking por diversos motivos. "Um deles é o fato de ser aberto, facilitando o desenvolvimento de aplicações maliciosas", afirmou.

Ele também cita o domínio do mercado como um grande atrativo para os cibercriminosos, a falta de atualizações do sistema operacional em versões antigas e a ausência de triagem dos aplicativos enviados à loja oficial -- a empresa só anunciou o início desse tipo de análise em março deste ano, enquanto alguns concorrentes fazem isso desde a abertura da loja oficial.

O Google, no entanto, conta com diversas ferramentas para proteger os usuários do sistema Android que, segundo a empresa, dispensam inclusive a necessidade da instalação de antivírus ou qualquer outro software de segurança. Em um guia, desenvolvido pelo engenheiro-chefe de segurança do Android, Adrian Ludwig, são descritas oito formas de "blindar" os smartphones com o sistema operacional do robô contra os tipos mais comuns de ameaças e invasões.

1. Adicione um bloqueio de tela
Deixar seu smartphone sem nenhum tipo de bloqueio é um "convite" para bisbilhoteiros, que vão esperar um momento de distração para acessar o conteúdo do dispositivo.

Para ativar este recurso, basta ir em Configurações > Segurança > Bloqueio de Tela. É possível optar pelas senhas clássicas, por desenho de desbloqueio padrão ou até mesmo pelo reconhecimento facial.

2. Controle seu dispositivo de qualquer lugar
O Android disponibiliza a função "Gerenciador de Dispositivos" que, além de fornecer a localização de seu smartphone, permite ativar remotamente o aparelho. É possível fazer tocá-lo (recurso útil quando o usuário não lembra aonde colocou o celular), bloqueá-lo ou, em casos de roubo ou furto, apagar todas as informações contidas no dispositivo.

Para ativar o recurso, vá em "Config. Google", "Segurança" e ative as opções "Localizar remotamente o dispositivo" e "Permitir bloqueio e limpeza remotos".

3. Adicione seus dados à tela de bloqueio
O sistema operacional da Google possibilita a inclusão de dados de contato (como endereço de e-mail ou um número de telefone que você não se importe em divulgar) na tela de bloqueio. A função pode ser bastante útil caso perca o aparelho para que quem encontrá-lo entre em contato com você para devolvê-lo.

A opção poder ser ativada em Configurações > Segurança > Dados do proprietário. Aparecerá uma tela na qual você poderá inserir a forma de contato que julgar mais conveniente.

4. Faça backups periódicos dos arquivos armazenados em seu smartphone
Apesar de ser visto como "perda de tempo", os backups facilitam --e muito-- diante da necessidade da recuperação do conteúdo de um smartphone. Útil principalmente em casos de roubo, perda ou mesmo quebra.

Usuários Android podem ativar a ferramenta "Backup automático", que salva automaticamente as fotos e vídeos do dispositivo para a conta Google cadastrada no aparelho. Basta ir em Configurações Google > Backup do Google Fotos e ativar a opção.

Para salvar documentos, basta fazer o upload dos arquivos no Google Drive. Os arquivos são armazenados em sua conta e só pessoas indicadas por você terão acesso.

5. Ative o recurso de criptografia
Ao ativar a criptografia em seu aparelho, você adiciona uma camada de proteção de dados que dificulta o acesso às informações armazenadas em seu smartphone, o que pode ser bem útil em caso de roubo.

Aparelhos com a versão Android superior a 4.1 podem ativar este recurso indo em Configurações > Segurança > Codificar telefone. O processo leva em torno de uma hora e o aparelho precisa estar com a bateria carregada e conectada a uma fonte de energia.

Importante: após a critpografia, você precisará digitar uma senha, além do bloqueio de tela, para acessar as informações contidas no dispositivo.

6. Monitore os aplicativos instalados
É sempre recomendável dar preferência ao download de aplicativos que estejam no Google Play. Segundo a gigante das buscas, esses apps são submetidos a procedimentos de segurança que garantem que "não irão fazer mal algum ao seu aparelho ou capturar dados confidenciais". Mas caso você deseje instalar um app de uma fonte externa na qual confie, a dica é não esquecer de ativar os recursos de verificação de aplicativos disponíveis no Android.

Além de realizar uma varredura no aplicativo durante a instalação, a ferramenta faz um monitoramento contínuo nos conteúdos instalados no dispositivo, avisando caso detecte alguma ameaça. Basta ir em Config. Google > Segurança e ativar a opção "Verificar ameaças à segurança do dispositivo".

7. Desinstale um aplicativo suspeito
Caso desconfie que um aplicativo esteja coletando informações pessoais ou danificando seu aparelho, é recomendável desinstalá-lo de seu dispositivo Android. Basta ir em Configurações > Aplicativos, selecionar o app desejado e pressionar o botão "Desinstalar" para removê-lo.

8. Aprenda a acessar o Modo de Segurança
Caso o seu aparelho não esteja funcionando corretamente, você pode utilizar o modo de segurança para detectar se o problema é causado por um aplicativo ou pelo aparelho. Para acessar o Modo de Segurança, pressione o botão Liga/Desliga > Toque e segure "Desligar" > Toque em OK na caixa de diálogo "Reiniciar no modo de segurança".

Se os problemas pararam de ocorrer, reinicie seu dispositivo para sair do modo de segurança e, em seguida, desinstale cada aplicativo baixado recentemente para encontrar qual deles está diminuindo a eficiência do dispositivo.

O modo de segurança funciona na maioria dos dispositivos Android, incluindo Huawei, LG, HTC, Sony, Motorola e Nexus. Para obter ajuda com outros dispositivos, veja a página de suporte do fabricante.

Fonte: UOL

Curta nossa página no Facebook



Como a publicidade infantil faz mal à alimentação do seu filho

Pense nessa cena que provavelmente faz parte do seu cotidiano. Você entra com seus filhos na padaria para comprar somente pão e leite. Até aí, tudo bem. Ao passar no caixa, no entanto, se depara com praticamente uma “loja de brinquedos inteira” bem ao alcance dos pequenos. Alguns produtos, como balas e outras guloseimas nada saudáveis são mega atrativas para a garotada por um único motivo: têm na embalagem com o personagem que é o queridinho da vez dos pequenos.

É chocolate do Bob Esponja, é bala do Mickey, é bolacha do Homem-Aranha, enfim, não faltam produtos com personagens para encher os olhos da criançada que insiste em levar o produto para casa muitas vezes sem nem saber o que tem dentro. Fora alguns produtos que fazem comercial para a criança colecionar todos os brinquedinhos como acontece, por exemplo, em grandes redes de fast-food onde o lanche infantil vem sempre com um bonequinho ou similar.

O resultado disso tudo: a criança cada vez mais consumindo desde cedo alimentos com excesso de sódio, gordura saturada, açúcar, entre outros produtos nada nutritivos. Vale lembrar que as crianças são  responsáveis pelo processo decisório de 80% das compras da família, segundo pesquisa InterScience de 2003. E a imagem dos desenhos prediletos não fica restrita aos alimentos, mas está presente também em produtos de  higiene e até  de limpeza justamente para a criança “ajudar'' os pais a escolher o que levar para casa.

Obesidade e doenças
A advogada Isabella Henriques, diretora do Instituto Alana, explica que esses alimentos e bebidas com baixo valor nutricional se tornaram parte do cardápio diário das nossas crianças, inclusive, em muitas escolas. “É por isso que os dados do IBGE mostram que temos 15% das nossas crianças são obesas e 30% delas está com sobrepeso. Esse número só irá crescer se nada for feito”, explica Isabella, que coordenadora dois projetos no Alana, o Criança e Consumo e o Prioridade Absoluta.

Sobrepeso e obesidade não são apenas questões estéticas, mas a criança poderá ter doenças prematuras como diabetes, doenças no coração, hipertensão, entre outros.

O caso é tão sério que a OMS (Organização Mundial da Saúde) defende o fim da publicidade de alimentos não saudáveis para as crianças e está elaborando um documento para orientar os governos a desenvolverem políticas públicas para reduzir o impacto do marketing de alimentos e bebidas com baixo teor nutricional sobre as crianças.

Isabella diz que muitas vezes as pessoas falam que os pais são os culpados por comprar os produtos ao fazer “todas as vontades dos filhos”. “É muito fácil colocar toda a culpa nas costas dos pais. A sociedade, o Estado também têm sua responsabilidade pois deve fazer a regulação da mídia”, comenta. O pai fala não uma, duas, três vezes, mas na quarta, naquele dia que está mais cansado, que o filho faz birra, que está  cheio de pepinos para resolver, acaba comprando.

A advogada diz ainda que os pais trabalham o dia todo e ainda sofrem com os assédios da publicidade que vem de todos os lugares, como pela TV, na revista, nas prateleiras do mercado. Mais de 85% das crianças brasileiras assistem a TV diariamente em um tempo médio de mais de cinco horas, segundo pesquisa do Ibope de 2011. Ou seja, os pais trabalham fora o dia todo e esse acaba sendo o cenário ideal para a publicidade infantil ocupar seu espaço.

Como mudar isso?
A CCJC (Comissão de Constituição, Justiça e de Cidadania) da Câmara dos Deputados Federais, deve colocar em votação em breve o projeto de lei 5.921/2001, de autoria do deputado Luiz Carlos Hauly (PSDB/PR),que busca a restrição do direcionamento de publicidade a crianças com até 12 anos de idade.

O projeto está em tramitação na Câmara há 14 anos e aguarda o parecer do deputado relator Arthur Maia (SD/BA) sobre sua constitucionalidade para ser votado pelos membros da CCJC. Por ter tramitação conclusiva, se aprovado o projeto irá direto para o Senado. “O projeto de lei original não especifica a questão dos alimentos, mas o relator pode mudar isso ao apresentar um novo texto”, diz.

A advogada explica que o Alana criou um site para que as pessoas divulguem o projeto de lei e, inclusive, entrem na aba do site Mobilize-se para mandar um e-mail padrão que é enviado automaticamente para os deputados.

O texto pede a aprovação do projeto de lei nos termos do texto aprovado em 2008, na Comissão de Defesa do Consumidor, de autoria da então deputada Maria do Carmo Lara. Para o Instituto Alana, o texto é o que melhor protege a criança, pois prevê a proibição de qualquer comunicação mercadológica dirigida ao público de até 12 anos de idade.

Parece exagero restringir a publicidade infantil, mas não é. Os pais, os educadores, enfim, a sociedade sabe, ou pelo menos deveriam saber, que os hábitos alimentares são formados ainda na infância, ou seja, se seu filho só come salgadinho de pacote e refrigerante não espere dele um adulto que vá consumir frutas e hortaliças.

No documentário Muito Além do Peso, por exemplo, é possível ver crianças que não reconhecem uma beterraba ou um simples mamão. O filme choca ao mostrar como a publicidade impacta na má alimentação das nossas crianças. Assista o documentário aqui.

Fonte: Mães de Peito/UOL

Curta nossa página no Facebook



Santana do Cariri (CE): Festival de Música vai até o próximo dia 10

O município de Santana do Cariri se prepara para realizar o 1º Festival de Música Santa Cecília, que acontecerá de hoje até o próximo dia 10. O Festival tem o objetivo de resgatar a música instrumental e vocal brasileira, divulgando os compositores da região do Cariri e suas obras, valorizando a formação dos músicos e seus renomados professores.

O Festival de Música Santa Cecília é uma realização da Associação do Instituto Santa Cecília, Secretaria de Cultura do Município e patrocinadores. Mantém duas estruturas: pedagógica e artística, que entrelaçam gerando novos valores e visões para a criação, vivência, performance e a Educação Musical. Essas estruturas procuram privilegiar todas as músicas, principalmente a música brasileira, mantendo sempre o alto nível de performance dos músicos convidados.

A estrutura pedagógica ofertará cerca de dez cursos. A programação artística contará com sete eventos realizados nos mais diversos espaços da cidade, atingindo um público de várias faixas etárias e camadas sociais.

Durante todo o mês de junho, estiveram abertas as inscrições pela internet, na página do Festival, mas quem perdeu a oportunidade ainda poderá efetuar sua inscrição hoje, no momento do credenciamento. Estima-se a participação de cerca de 150 alunos, que serão divididos em dez turmas.

AMAURY ALENCAR
COLABORADOR

Fonte: Diário do Nordeste

Curta nossa página no Facebook



Ministério Público vai investigar ofensas racistas a Maju do "JN"

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) vai investigar os comentários racistas direcionados à jornalista Maria Júlia Coutinho na página do "Jornal Nacional" no Facebook, informou o órgão nesta sexta-feira (3).

Em entrevista ao UOL, o promotor Marcio Mothé, do MPRJ, disse estar surpreso com a quantidade de ataques racistas que a jornalista sofreu e pediu que as pessoas denunciem casos como esses pela ouvidoria ou pelo telefone 127.

"Cada vez entendo menos do ser humano, é uma aberração. O Ministério Público vai agir com todo rigor possível para que essas pessoas sejam punidas de forma exemplar. Existe uma Delegacia de Repressão a Crimes de Informática e estamos encaminhando um pedido para apurar o caso com todo rigor. Essas pessoas têm que ser punidas. É um absurdo que esse tipo de atrocidade aconteça em pleno século XXI", disse Mothé.

O Ministério Público do Estado de São Paulo também instaurou Procedimento Investigatório Criminal para apurar prática de racismo e injúria qualificada contra a apresentadora da TV Globo.

"Já tivemos alguns casos semelhantes e fomos bem-sucedidos. É uma investigação. Vai depender muito do acesso que tivermos às informações e colaboração de pessoas que possam contribuir conhecendo quem praticou os crimes", afirmou o Promotor de Justiça Criminal Christiano Jorge Santos ao UOL. Ele é especialista no tema e já presidiu inúmeras investigações que levaram à condenação criminal de internautas racistas e neonazistas.

Racismo é crime
A pessoa acusada por injúria racial pode ser autuada pelo Art. 140 do Código Penal, com pena de reclusão de um a três anos e multa. "Se a injúria consiste na utilização de elementos referentes a raça, cor, etnia, religião, origem ou a condição de pessoa idosa ou portadora de deficiência. Pena - reclusão de um a três anos e multa", diz um trecho do Código Penal.

#SomosTodosMaju
Uma foto de Maria Júlia com um link sobre a previsão do tempo, postada no Facebook oficial do "Jornal Nacional" na última quinta recebeu dezenas de mensagens de conteúdo racista.

Nesta sexta, William Bonner, âncora do telejornal, escreveu e compartilhou mensagens carinhosas sobre a apresentadora. Em seguida, o "JN" divulgou em sua página no Facebook um vídeo em que toda a equipe do jornalístico manda uma mensagem de apoio para Maria Júlia. "Somos todos Maju", disseram os colegas.

A hashtag #somostodosmajucoutinho chegou aos Trending Topics, os assuntos mais comentados do Twitter, durante a tarde desta sexta, com várias mensagens de apoio dos internautas.

Por meio de sua assessoria de imprensa, a Globo classificou os ataques como "lamentável episódio" e informou que excluiu as mensagens racistas do Facebook do "Jornal Nacional". A emissora também afirmou que "estuda as medidas judiciais cabíveis" para o caso.

O "JN" desta sexta-feira noticiou o episódio e deu espaço para Maria Júlia responder às declarações. "Estava todo mundo preocupado. Muita gente imaginou que eu estaria chorando pelos corredores. Mas a verdade é o seguinte, gente. Eu já lido com a questão do preconceito desde que eu me entendo por gente. Claro que eu fico muito indignada, triste com isso, mas eu não esmoreço, não perco o ânimo", disse a jornalista.

Fonte: UOL

Curta nossa página no Facebook



Ex-colegas de escola: o improvável reencontro entre juíza e acusado no tribunal

Dois ex-colegas de escola, uma juíza e um suspeito de furto a residência, tiveram um reencontro emocionante em um tribunal de Miami, na Flórida.

A juíza Mindy Glazer estava à frente de uma audiência com o suspeito, Arthur Booth, de 49 anos, acusado de furto e de resistir à prisão.

No fim da audiência, a juíza pergunta se o suspeito frequentou, no ensino fundamental, a escola Nautilus Middle School. Arthur Booth demonstra grande surpresa ao reconhecer a juíza, começa a chorar e cobre o rosto repetindo "Meu Deus, meu Deus".


"Sinto muito em encontrá-lo aqui. Sempre me perguntei o que havia acontecido com você, senhor", disse a juíza em meio ao choro contínuo do ex-colega.

"Esse era o menino mais legal na escola, ele era a melhor criança da escola. Eu jogava futebol com ele (.) e vejam o que aconteceu", disse a juíza. "Espero que você seja capaz de mudar. Boa sorte para você. Espero que você consiga sair dessa bem e levar uma vida dentro da lei", acrescentou.

A juíza determinou que o suspeito permaneça preso sob fiança de U$ 43 mil (R$ 134 mil).

Fonte: UOL (Com BBC Brasil)

Curta nossa página no Facebook



Crato (CE): Morador de rua é assassinado ao lado da Prefeitura

Os suspeitos pelo crime foram presos momentos depois do assassinato, próximo ao
local do crime, no Centro do Crato
Um morador de rua da cidade do Crato foi assassinado por volta das 3 horas de madrugada de hoje, a golpes de faca. O corpo foi encontrado momentos após o assassinato e dois homens considerados suspeitos do crime foram detidos e levados para serem ouvidos na Delegacia Regional do Juazeiro do Norte. O corpo da vítima foi removido para o Instituto Médico Legal (IML), de Juazeiro do Norte e ainda não foi identificado.

Os dois acusados pelo crime negaram o envolvimento, mas segundo o delegado da regional de Crato, Giuliano Vieira Sena, os indícios relacionados à dupla são muito evidentes e tudo leva a crer que eles mataram o homem que estava ao lado da prefeitura. Um dos acusados estava com o short sujo de sangue e vários objetivos roubados de um quiosque no local onde ocorreu o crime.

A polícia acredita que o assassinato foi motivado justamente por a vítima ter visto o momento em que o quiosque fora arrombado. Ele dormia num espaço próximo ao local, segundo populares que trabalham na área. Os dois suspeitos são usuários de drogas. Conforme o delegado, após eles serem ouvidos foram transferidos para a cadeia pública, em Crato.

Fonte: Diário do Nordeste

Curta nossa página no Facebook



Casados há 75 anos, casal morre nos braços um do outro

Jeanette e Alexander Toczko tinham oito anos quando se apaixonaram. Eles casaram em 1940 e em raros momentos se separaram nas décadas seguintes.

Eles contaram aos filhos que desejavam morrer nos braços um do outro. E no último mês, em sua casa em San Diego (Califórnia, EUA), alguns dias antes do aniversário de 75 anos de casamento, esse desejo foi cumprido.

Segundo reportagem da KGTV, a saúde de Alexander, que tinha 95 anos, estava se deteriorando rapidamente após ele quebrar o quadril. Seus filhos colocaram a mãe na cama do lado da dele.

De acordo com a filha do casal, Aimee Toczko-Cushman, depois de Alexander morrer, Jeanette disse: "Espere por mim, estarei lá em breve".

A família então deixou-a sozinha e, poucas horas depois, Jeanette também morreu. O casal foi enterrado na última segunda-feira (29) no Cemitério Nacional Miramar.

Fonte: UOL

Curta nossa página no Facebook



Crato (CE): Mostra reúne filmes sobre o período Militar no Brasil

Nos meses de julho e agosto, o Sesc realiza a mostra “De 1964 a 1985: A Ditadura Militar Brasileira vista pelo cinema”. Em cartaz na Unidade Crato do Sesc, através do projeto Cinemarana, a mostra acontece com exibições às segundas-feiras, sempre às 19h. A entrada é gratuita e a classificação indicativa é de 14 anos.

Dando início à programação, na segunda-feira (6), o público confere “O dia que durou 21 anos”, de Camilo Tavares. Utilizando documentos secretos da CIA e áudios originais da Casa Branca, o documentário mostra como presidentes norte-americanos articularam o plano civil e militar para derrubar o presidente brasileiro João Goulart.

Produzido por Tata Amaral, o longa-metragem “Hoje” fica em cartaz no dia 13. O filme conta a história de Vera, uma ex-militante política que recebe uma indenização do governo do Brasil pelo desaparecimento do marido. O companheiro de Vera desapareceu durante a ditadura militar. Com o dinheiro a personagem pode comprar um apartamento que sempre sonhou, porém, enquanto organizava a mobília da casa é surpreendida por um reencontro.

Na sequência, no dia 20, é exibido “Diário de uma busca”, da diretora Flávia castro. No filme, Celso Castro, jornalista com uma longa história de militância de esquerda, é encontrado morto no apartamento de um ex-oficial nazista, onde entrou a força. A polícia sustenta que se trata de um suicídio. O episódio, digno de um filme de suspense, é o ponto de partida de Flavia, filha de Celso e diretora do filme que decide reconstruir a história da vida e da morte do pai.

“O Cidadão Boilesen”, de Chaim Litewski, fica em cartaz na segunda-feira (27). Através da surpreendente vida do ex-presidente da Ultragaz, Henning Boilesen, assassinado pela guerrilha em 1971, o documentário revela a ligação política e econômica entre civis e militares no combate à luta armada. Com dezenas de entrevistados, vasto material iconográfico e documentos até então secretos.

Ainda como parte da programação, no mês de agosto, serão exibidos os filmes “Dom Helder Câmara – O Santo Rebelde”; “Marighela”; “Que bom te ver viva”; “Cabra marcado para morrer” e a “A memória que me contam”.

ELIZÂNGELA SANTOS
REPÓRTER

Fonte: Diário do Nordeste

Curta nossa página no Facebook



A crise no País não é responsabilidade da Dilma, diz Lula

Diferente da postura crítica que vinha adotando em relação à administração da sucessora e afilhada política, Dilma Rousseff (PT), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) saiu nesta sexta-feira, 03, em defesa da presidente da República em discurso realizado na 5ª Plenária Nacional da Federação Única dos Petroleiros (FUP). "A crise no País não é responsabilidade da Dilma", disse Lula, responsabilizando o cenário externo pelas dificuldades que o Brasil enfrenta na área econômica.

Ao falar sobre a economia brasileira, o ex-presidente disse que acompanha "certo pânico das pessoas com a perspectiva da inflação chegar à casa dos 9%" - a inflação corrente de doze meses, até o mês de maio, está em 8,47%, e a expectativa, segundo a última pesquisa Focus, é que o índice feche 2015 em 9%. Para Lula, apesar de muita gente ganhar com a elevação deste índice, a alta da inflação acaba prejudicando quem vive de salário. "Tem gente que ganha muito, mas o trabalhador, não." E, dirigindo-se à plateia formada por petroleiros, voltou a defender a afilhada política: "Tenho certeza que Dilma tem obsessão em trazer a inflação para o centro da meta, e ela está tomando as atitudes certas para isso." E lembrou que, quando assumiu o seu primeiro mandato, depois do governo do ex-presidente tucano Fernando Henrique Cardoso, herdou uma inflação de 12%.

Lula disse que o mau humor que tomou conta do País não é gratuito. "Tem gente que dá a notícia mais negativa possível para tentar desestabilizar o governo e criminalizar o PT e as esquerdas", afirmou, questionando se no Brasil é mesmo tudo muito ruim. E culpou a oposição por não querer aceitar o resultado das urnas, nas eleições presidenciais de outubro do ano passado.

"Ganhamos as eleições numa disputa aguerrida e agressiva, a sociedade brasileira deu a vitória à presidenta Dilma e nossos adversários parecem que não querem aceitar o resultado até hoje. Ninguém perdeu mais eleição do que eu e todas as vezes acatei o resultado, eles resolveram não acatar. Nunca vi tanta agressividade à instituição Presidência da República como estou vendo agora", disse.

Ainda na defesa de Dilma, Lula frisou que jamais viu tanta agressividade dirigida a ela. "Achei sempre que o problema era comigo, por ser nordestino e sem diploma universitário. Nunca vi tanta agressão como a que a companheira Dilma tem sofrido. Peço a Deus para Dilma não perder a tranquilidade."

Lula reconheceu, em outra parte do discurso, que o País vive tempos difíceis, mas garantiu que Dilma irá arrumar o Brasil, citando a agenda positiva que a presidente da República vem adotando desde o mês passado, como o acordo com a China, a viagem aos Estados Unidos, os investimentos em infraestrutura. "Além de outras medidas que ela vai anunciar em breve, como mais três milhões de casas do Minha Casa, Minha Vida (MCMV), e o Pátria Educadora, um programa revolucionário para este País."

O ex-presidente insistiu que a presidente adote a estratégia de ir às ruas e disse que ele mesmo também prepara uma agenda, com ajuda da equipe de seu instituto, para viajar pelo País. Ele disse que ficar em gabinete em Brasília "esperando" serve apenas para ouvir reclamações e pedidos de políticos. "A Dilma, diante de todas as coisas que ela tem que fazer, tem que priorizar andar por esse País, tem que botar o pé na estrada, em vez de ficar na televisão e na internet ouvindo pessoas falando mal dela", afirmou.

Petrobras
Além de defender Dilma e conclamar os petroleiros a fazerem o mesmo, Lula disse também que é fundamental defender a própria estatal. "A Petrobras não é só corrupção, é uma empresa respeitada mundialmente e muito importante." Ele comparou a situação da Petrobras com times de futebol brasileiros. "Uma empresa desse tamanho é que nem o Flamengo, está ruim agora, mas tem recuperação. Ou que nem meu Vasco, que está ruim, mas pode melhorar", afirmou.

Lula disse ainda que uma empresa "do tamanho da Petrobras" não pode ser associada à palavra crise. "Uma empresa que tem o potencial que tem a Petrobras devia ter uma placa de 'proibido usar a palavra crise'. Essa empresa tem o futuro garantido."

Ele voltou a argumentar que o lucro da Petrobras cresceu muito durante a gestão petista, dele e de Dilma, no governo federal e exaltou o pré-sal. Lula ressaltou também a estratégia de construção de refinarias - uma das áreas mais investigadas por suspeita de corrupção na Operação Lava-Jato - como um caminho para o País se desenvolver na cadeia do petróleo.

Maioridade penal
E, falando da polêmica em torno da PEC que reduz a maioridade penal no País, Lula se posicionou contrário à medida, assim como o governo. "É uma irresponsabilidade querer jogar nas costas de meninos de 16 anos a responsabilidade de coisas que os governos estão deixando de fazer. Não se acaba com a violência colocando moleques na cadeia."

Fonte: Estadão Conteúdo

Curta nossa página no Facebook



'Maju', do JN, é vítima de racismo no Facebook

A jornalista Maria Julia Coutinho, a "Maju" - como é conhecida -, foi vítima de racismo na noite desta quinta-feira, 2, na página oficial do "Jornal Nacional" no Facebook.

Os comentários pejorativos foram feitos em uma postagem falando sobre a previsão do tempo, onde a foto da jornalista foi utilizada.

"Só conseguiu emprego no 'Jornal Nacional' por causa das cotas. Preta imunda", escreveu uma internauta.

Muitos comentários associaram Maju a um animal. "Alguém poderia jogar um biscoito para ela, logo?", dizia um dos comentários.

Após as agressões, muitos internautas partiram em defesa da moça e contra o ato de racismo praticado.

"Acabo de fazer um print de todos os comentários dessa postagem e irei levá-lo às autoridades cabíveis. Racismo é crime", escreveu um dos internautas.

"Que vergonha esses comentários racistas, espero que todos os envolvidos sejam punidos, a Internet não é uma terra sem lei", afirma outro comentário.

Fonte: A Tarde/UOL

Curta nossa página no Facebook



Crato (CE): ExpoSaúde acontece de 7 a 10 de julho

A Secretaria de Saúde do Crato por meio da Coordenação de Atenção Básica realizará de 7 a 10 de julho no Centro de Especialidades (Posto da Grota) a ExpoSaúde. Com o slogan “Cuidar da sua saúde é nossa prioridade” a coordenação de Atenção Básica juntamente com os demais setores que fazem a saúde municipal  estarão durante quatro dias intensificando atendimentos  básicos que são realizados diariamente.

De acordo coma Coordenadora da Atenção Básica da Secretaria de Saúde do Crato Orlenne Moura todos os serviços que serão oferecidos já são feitos de forma cotidiana, porém será dado ênfase por conta do período “Estamos em um período onde a nossa cidade fica bem mais movimentada, maior fluxo de pessoas de férias, turismo ativado pela ExpoCrato, entre outros. Para uma maior atenção ao munícipe, bem como ao visitante estaremos oferecendo serviços básicos de saúde no Posto da Grota que é central, facilitando assim os atendimentos de uma forma geral” explica.

Da terça-feira, dia 7 até a sexta-feira dia 10 o Posto da Grota nos períodos manhã e tarde oferecerão os serviços de  atendimentos médicos básicos, prevenção ao câncer de mama e câncer de colo do útero, dentistas, vacinações, onde os atendidos também podem atualizar o cartão da vacina, educação em saúde feito por profissionais da Mobilização Social e Núcleo de Apoio a Saúde da Família NASF, orientações sobre dengue, febre chikungunya e Zika Vírus, atendimento do Centro de Zoonoses e também serão feitos testes rápidos de HIV e Sifilis.

“A ExpoSaúde é feita especialmente para o cratense, mas acolhe também a quem procura atendimentos básicos de saúde” alerta o  secretário de Saúde do Crato Lucimiltom Macêdo, que ainda ressalta que durante a semana da ExpoCrato a Secretaria Municipal de Saúde estará disponibilizando seus serviços  também no interior do parque.

Assessoria de Imprensa/PMC

Curta nossa página no Facebook



Capistrano (CE): Cinco suspeitos de praticar estupro coletivo são detidos

A Polícia Militar do Ceará prendeu os cinco suspeitos de envolvimento no estupro de duas jovens no município de Capistrano, cidade localizada a 100 quilômetros de Fortaleza. Entre eles estão Sebastião Pinto de Almeida, de 27 anos, e John Lenon dos Santos, de 20 anos. Os outros três são menores de idade, com 14, 15 e 16 anos. Todos são moradores de Capistrano e foram presos dentro da cidade. Os suspeitos foram conduzidos para a Delegacia Regional de Baturité, onde ficarão a disposição da justiça. Uma das vítimas, Luciana Nogueira Brito, de 17 anos, morreu, e a outra, de 16 anos, ficou ferida.

As duas jovens são de Baturité e saíram com um grupo de quatro homens na noite de quarta-feira (1). Elas foram agredidas e violentadas sexualmente em um terreno na localidade de Pedreira, próximo ao centro do município. De acordo com a polícia, a jovem que conseguiu fugir do local chegou ao hospital da cidade ainda com as mãos amarradas e outras marcas de agressão. Os acusados foram reconhecidos pela sobrevivente. Em depoimento, ela disse que a amiga não havia conseguido fugir.

O corpo de Luciana Nogueira Brito foi encontrado pela população logo após o crime, dentro de uma cisterna. A jovem foi sepultada na manhã desta sexta-feira (3) no Cemitério de Baturité. Segundo a mãe da vítima, a filha avisou que iria sair com a amiga e pela manhã recebeu a notícia do crime. Abalada, ela pede por justiça e que os suspeitos paguem pelo que fizeram.

A sobrevivente contou à polícia que estava com a amiga na entrada da cidade quando os suspeitos chegaram para conversar. Todos estavam a pé e logo depois as levaram para um matagal, onde houve espancamento e a morte da jovem Luciana. De acordo com o depoimento, os suspeitos mandaram a vítima entrar na cisterna ainda viva. O delegado Ricardo Gonçalves Pinheiro, responsável pelo caso, prossegue com as investigações.

Fonte: Tribuna do Ceará

Curta nossa página no Facebook



CE precisa incluir 114,9 mil na escola

Relatório da Organização Não Governamental (ONG) Todos Pela Educação (TPE) - movimento alinhado com o Plano Nacional de Educação e divulgado nessa quinta-feira (2) - aponta que o Ceará ainda precisa incluir cerca de 114,9 mil crianças e adolescentes, entre 4 e 17 anos de idade na educação básica.

Segundo o documento, de uma população, nessa faixa etária, de 2,156 milhões, 2 milhões estão na escola. O relatório diz que desse total, 38,8 mil concluíram o ensino médio, em 2013. Até 2016, a meta é universalizar o acesso à educação.

No recorte, os jovens de 15 a 17 anos são os mais afetados. Do total sem acesso escolar, 84,8 mil ou 83% estão nessa faixa. A questão faz parte da Meta 1 do Todos Pela Educação e fez com que o Ceará não alcançasse o objetivo de 96,1% de suas crianças e jovens na escola.

No Nordeste, o Estado está em terceiro lugar em números gerais. A Bahia, com 243,5 mil, e Pernambuco, com 148,8 mil de alunos fora da sala de aula, estão respectivamente em primeiro e segundo lugares. Segundo especialistas que fizeram parte do estudo, com a obrigatoriedade do ensino fundamental de nove anos, a taxa líquida de matrícula dos 6 aos 14 anos é o indicador a ser levado em conta para avaliar os esforços do País rumo à universalização dessa etapa de ensino. Nesse item, o Ceará também está aquém, com 94,2% de matrículas confirmadas.

Além disso, precisa garantir que os já matriculados concluam dentro da faixa etária recomendada e com melhores índices de aproveitamento.

Decisão
O coordenador da Comissão Estadual de Elaboração do Plano Estadual de Educação, Lucas Fernandes, se diz otimista e afirma que o Ceará avançou muito nos últimos dez anos. "Pontos como a vulnerabilidade social sempre foram entraves e isso vem sendo enfrentado com muita decisão pelos cearenses e digo de forma extraordinária", avalia.

Fernandes reflete que os dados divulgados pelo movimento Todos pela Educação são de 2013 e que em 2014, o Estado já conseguiu atingir a meta 1, de universalizar o acesso à escola. "No ano passado já atingimos 98,4% da população entre 4 e 17 anos, e isso, estaticamente falando, já pode ser considerado como objetivo cumprido", afirma.

Fonte: Diário do Nordeste

Curta nossa página no Facebook



Crato (CE): Projeto ‘painel aberto’ faz chamamento a artistas visuais para reunião na segunda-feira (6)

A Secretaria das Cidades do Estado do Ceará e a Secretaria de Cultura do Crato estarão realizando um encontro com artistas das artes visuais do Município cratense, na próxima segunda-feira, dia 6 de julho, às 10 horas, com a finalidade de tratar sobre o projeto de intervenção coletiva em ‘painel aberto’ na Encosta do Seminário, uma das mais importantes obras de infraestrutura e saneamento, além da urbanização do bairro Seminário, que vem sendo realizada em Crato.

Com essa finalidade, as secretarias realizam um chamamento aos artistas para estarem presentes, no sentido de discutir de que forma e quais os critérios poderão ser apreciados para elaboração deste importante trabalho de impacto artístico na área que está sendo finalizada, de importante visibilidade no Município.

Assessoria de Imprensa/PMC

Curta nossa página no Facebook



Fies terá reajuste com juros de 6,5% e mais 61,5 mil vagas no 2º semestre

O Fies (Fundo de Financiamento Estudantil) terá reajuste nos juros para 6,5% ao ano e abrirá 61,5 mil novos contratos no segundo semestre de 2015, segundo anúncio do ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro.

Na manhã desta sexta-feira (26), ele disse que as vagas da segunda edição do ano se somam às 252,5 mil vagas já abertas no primeiro semestre, chegando ao total de 314 mil estudantes financiados em 2015 .

O Fies financia cursos de ensino superior de estudantes brasileiros em instituições privadas. Os juros cobrados atualmente são de 3,4%, e os estudantes só precisam começar a pagar o valor financiado dois anos após concluírem o curso.

Segundo o ministro, as mudanças só valerão para os próximos contratos. "Os juros e todas novas regras se aplicam somente aos contratos novos. Você não pode mudar um contrato por vontade unilateral. O governo firmou um contrato com milhões de estudantes com determinadas regras e essas regras serão mantidas e respeitadas", disse o ministro.

O edital com as novas regras deve ser publicado na edição de 3 de julho do "Diário Oficial da União".

Renato Janine Ribeiro esteve em São Paulo nesta manhã para reunião no Instituto Lula sobre o Plano Nacional de Educação.

Critérios para acesso ao Fies
Antes do encontro, em seu perfil no Facebook, o ministro disse que, no segundo semestre, as vagas do Fies serão priorizadas por ter três critérios: cursos com notas 5 e 4; áreas de interesse social e econômico, como engenharia, formação de professores e saúde e regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste (excluindo Distrito Federal).

Segundo o ministro, a preferência por contratos que envolvam estes critérios não quer dizer que cursos de outras regiões, de outras áreas de formação e de nota 3 não serão apoiados.

"Serão, sim. Nós também teremos vagas para os estados das regiões Sul e Sudeste, de outras áreas de formação e para cursos que não chegam ao patamar 4 e 5", disse Janine Ribeiro.

A segunda edição do programa já havia sido anunciada em 8 de junho pelo ministro, agora, com ênfase em algumas carreiras, como engenharia, áreas da saúde e formação de professores, e novo teto de renda familar para participar do programa. Mas o governo não havia informado os detalhes sobre quantas vagas seriam abertas.

Novo teto da rensa familiar
Sem dar novos números, o ministro reafirmou que o limite da renda familiar para os interessados em financiamentos será alterado.

"O Fies é para os estudantes que são mais pobres e precisam de financiamento. Então, em primeiro lugar nós adotamos um patamar diferente, não é mais até 20 salários mínimos, não é mais até R$ 14 mil,  R$ 15 mil de renda familiar que tem direito ao Fies, são valores mais baixos, mas que ainda atingem muitas pessoas", afirmou Janine Ribeiro.

Fies terá desconto em mensalidade
Outra novidade anunciada por Janine Ribeiro é o fato de que as mensalidades financiadas pelo Fies serão mais baixas.

De acordo com ele, as instituições participantes vão oferecer um desconto de 5% sobre a mensalidade para os estudantes com contrato do Fies. Antes, esse estudante pagava a mensalidade mais barata cobrada na instituição pelo curso.

Conforme o ministro, a abertura de 314 mil vagas de financiamento no ano de 2015 deve-se a um esforço do Ministério da Educação junto à Fazenda e ao Planejamento, devido às contenções orçamentárias.  A expectativa é que, nos próximos anos, o número total de vagas seja mantido neste nível, disse Ribeiro.

Entenda como funciona o Fies
O Fies, programa do MEC que financia cursos de ensino superior para estudantes brasileiros, foi reformulado em 2015 depois de crescer de forma exponencial nos últimos anos.

Segundo o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), o Fies gastou R$ 13,7 bilhões em 2014. Entre fevereiro e agosto do ano passado, o governo federal publicou três medidas provisórias para abrir crédito extraordinário para o Fies, que passou a atender também a alunos de mestrado, doutorado e cursos técnicos.

Para conter gastos, o MEC decidiu limitar o prazo para pedido de novos contratos (antes, era possível entrar com a solicitação em qualquer momento do semestre letivo), vincular a aceitação do pedido de financiamento a cursos com notas mais altas nos indicadores de qualidade, privilegiar instituições de ensino fora dos grandes centros e exigir que os estudantes interessados em contratos de financiamento do governo tivessem média de pelo menos 450 pontos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

As novas restrições no programa, porém, se depararam com a crescente demanda dos estudantes e o resultado foi um período de instabilidade nos sistema, devido à grande procura por novos contratos, e o esgotamento da verba do Fies de todo o ano de 2015 para novos contratos.

O orçamento do Fies para novos contratos durante todo o ano de 2015 era de R$ 2,5 bilhões e, segundo o ministro, essa verba foi gasta inteiramente para atender aos 252.442 novos contratos fechados no prazo do primeiro semestre. Segundo o MEC, 178 mil pessoas tentaram celebrar novos contratos e não conseguiram.

Por isso, a segunda edição do programa para novos contratos ficou indefinida até que o governo federal finalizasse o reajuste orçamentário. Os únicos financiamentos garantidos pelo MEC desde o início do ano eram os já vigentes, que foram assinados até o fim de 2014.

Fonte: G1

Curta nossa página no Facebook



Inscrições para o Sisutec do segundo semestre terminam hoje

As inscrições para o Sisutec (Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica) para o segundo semestre terminam nesta sexta-feira (03). O cadastro deve ser feito pela internet, no site sisutec.mec.gov.br . O candidato poderá registrar até duas opções de cursos técnicos.

As aulas terão início em agosto e as vagas são gratuitas. Há reserva de 85% das vagas para candidatos que tenham feito o ensino médio em escola pública ou na rede particular com bolsa integral.

A primeira chamada será publicada no dia 7 de julho e a segunda, no dia 14 do mesmo mês. Quem não for aprovado nas chamadas anteriores poderá se inscrever para vagas remanescentes entre 20 de julho e 2 de agosto.

A matrícula dos aprovados na primeira chamada está prevista para ocorrer entre 8 e 10 de julho na instituição em que o aluno fará o curso. Já os candidatos selecionados na segunda chamada deverão realizar a matrícula de 15 a 17 de julho.

Para concorrer, o candidato precisa ter concluído o ensino médio e feito o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) do ano passado, e não pode ter zerado a redação.

Fonte: UOL

Curta nossa página no Facebook



Crato (CE): Polícia prende “Cupim” e “Preguim” e fecha “escritório do tráfico de drogas”

“Cupim” e “Preguim” foram presos no bairro Zacarias Gonçalves
A polícia de Crato prendeu nesta quinta-feira o mototaxista Fabiano Batista de Sousa, de 38, apelidado por "Cupim" e Leonardo Martins Costa, de 25 anos, conhecido como "Preguim". Eles já vinham sendo monitoradores por investigadores da Delegacia Regional de Polícia Civil e estavam na Rua Pedro Jaguaribe, 100 (Bairro Zacarias Gonçalves), onde reside o menor de iniciais S. F. L., de 17 anos. Para a polícia, o imóvel seria uma espécie de “escritório do tráfico” e o adolescente responsável pela distribuição da droga.

Na chegada dos investigadores, o menor conseguiu fugir pela floresta por trás de sua casa deixando para trás uma espingarda calibre 12 com três cartuchos intactos. Ainda de acordo com a polícia, “Cupim” se valia da atividade de mototaxista com seu veículo Honda CG 125 Fan de cor amarela e placa HXN-4098, inscrição de Crato, para transportar substâncias entorpecentes sem causar suspeitas. Coincidentemente, quase sempre o passageiro era  "Preguim".

Ao serem presos ontem, os policiais encontraram com a dupla uma pedra grande de crack que daria para ser transformada em cerca de 250 pedras menores a serem vendidas em papelotes diretamente aos usuários. Além disso, duas trouxas de maconha, R$ 1 mil em dinheiro, uma balança de precisão e sacos usados para embalagem da droga. Os investigadores suspeitam que a quantidade de drogas era ainda maior e pode ter sido levada pelo adolescente ao escapar por dentro do mato.

Demontier Tenório

Fonte: Miséria

Curta nossa página no Facebook



Crato (CE): Conferência histórica elabora propostas para pessoas com deficiência

O município do Crato fez história no último dia 30 ao realizar a Primeira Conferência dos Direitos da Pessoa com Deficiência. O evento, promovido pelo Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência, em parceria com a Secretaria Municipal do Trabalho e Desenvolvimento Social – SMTDS, aconteceu no auditório da Escola Estadual Profissionalizante Violeta Arraes Gervaiseau e reuniu representantes de diversas instituições, ONG’s, além da sociedade civil.

A Conferência foi aberta oficialmente pela presidente do COMPED, Sonia Sales Nepomuceno, que ressaltou a importância do evento na luta pela efetivação dos direitos da pessoa com deficiência.

O momento foi marcado por palestras, debates, elaborações de propostas e eleição de delegados. A palestra magna, ministrada pelo advogado e presidente da Comissão de Acessibilidade e Direitos da Pessoa com Deficiência da OAB- Crato, Jefferson Santana, debateu os desafios na implementação das políticas da pessoa com deficiência: a transversalidade como radicalidade dos direitos humanos. Em seguida, a assistente social, especialista em serviço social e humanização e membro do grupo de pesquisa de gênero e diversidade sexual da Faculdade Vale do Salgado, Ana Teresa Duarte, proferiu a palestra “Identidade de gênero e raça, diversidade sexual e geracional”.  Eugênio Silva, assistente social, especialista em direito da família e diretor da Proteção Social Básica da SMTDS, falou sobre órgãos gestores e instâncias de participação social. Por fim, o advogado e secretário executivo do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Jucycler Ferreira, debateu a interação entre os poderes federados.

Após as discussões, os participantes puderam apresentar opiniões com o objetivo de formular as melhores propostas voltadas a pessoa com deficiência. Na diretriz “transversalização das políticas para pessoas com deficiência, percebendo a diversidade sexual e geracional como fatores preponderantes para o entendimento do sujeito”, que integra o primeiro eixo, foram colocadas as seguintes propostas: ampliar o debate sobre diversidade sexual e geracional dentro dos conselhos de direitos com os profissionais da rede que integra o sistema de garantia de direitos; e promover de forma articulada com os conselhos de direitos e profissionais do sistema de garantia de direitos, formação com base nas legislações vigentes sobre a temática. A segunda diretriz “tranversalização das políticas para pessoas com deficiência na perspectiva de gênero, raça e etnia” trouxe como propostas, a promoção de formações continuada sobre a temática para os membros dos conselhos setoriais e a inclusão da temática nas campanhas sócio educativas da rede de atendimento sócio assistencial, bem como, promover um processo de educação continuada abrangendo servidores dos três poderes e da sociedade civil.

No Eixo 2, para diretriz “Promoção do Protagonismo das Pessoas com Deficiência junto ao controle social” o público sugeriu como propostas, uma maior representatividade das pessoas com deficiência junto aos conselhos como um todo; e uma reforma em todos os mecanismos e legislações para uma melhor participação social, na formulação de políticas públicas para as pessoas com deficiência.

O eixo três, através da diretriz “A promoção da acessibilidade no âmbito dos poderes federados”, firmou três propostas. São elas: Implementar, de forma obrigatória, no poder legislativo comissões de acessibilidade e direitos da pessoa com deficiência; Condicionar a emissão do ART do CREA/CAU à aprovação prévia de um projeto de acessibilidade, tornando os espaços públicos acessíveis e adequados às normas da ABNT.

A expectativa agora é na efetivação dos debates, e que, dentro dessa perspectiva, tenhamos um futuro com menos desigualdade e mais acessibilidade e inclusão social para a pessoa com deficiência.

Assessoria de Imprensa/PMC

Curta nossa página no Facebook



Juazeiro do Norte (CE): Criança morre ao ser atropelada pelo Metrô do Cariri

Uma criança foi colhida nesta quinta-feira (2) por volta das 16 horas pelo Metrô do Cariri na passagem de pedestres situada no cruzamento da Rua São Miguel com a Avenida Carlos Cruz. Identificado como Kauan Ferreira de Oliveira, de 9 anos, que residia no bairro Pio XII, o garoto estava soltando pipa quando a sandália teria enganchado nos trilhos e este escorregou não havendo tempo suficiente para deixar o local.

O menino terminou arrastado pela máquina e faleceu pouco tempo depois em virtude de forte pancada na cabeça e algumas lesões pelo corpo. Uma ambulância do SAMU esteve no local, mas os profissionais de saúde apenas atestaram o óbito. No trecho que liga os bairros São Miguel e Pio XII estiveram ainda uma patrulha da PM e militares do Corpo de Bombeiros. Posteriormente, o rabecão a fim de conduzir o corpo de Kauan para ser necropsiado no IML (Instituto Médico Legal) de Juazeiro.

Demontier Tenório

Fonte: Miséria

Curta nossa página no Facebook




Medicamento para diabéticos ajuda obesos a perder peso

A liraglutida, um medicamento injetável para diabéticos aprovado no ano passado nos Estados Unidos para a redução de peso, ajudou os obesos a perder uma média de oito quilos em pouco mais de um ano - de acordo com um estudo publicado na revista científica The New England Journal of Medicine.

A maioria dos pacientes conseguiu evitar o ganho de peso durante as 56 semanas de duração do estudo do fármaco denominado Saxenda, do laboratório Novo Nordisk. Os testes com a substância foram realizados em 191 cidades de 27 países na Europa, Américas do Sul e do Norte, Ásia, África e Austrália.

Todos os indivíduos estudados eram maiores de 18 anos e tinham um Índice de Massa Corporal (IMC) igual ou acima de 30. O IMC é calculado pelo peso em quilo dividido pelo quadrado da altura em metros. Um índice considerado saudável na maioria dos casos está entre 19 e 25.

Das 3 731 pessoas incluídas no estudo, quase dois terços receberam o medicamento junto com um treinamento para melhorar os hábitos de vida. O restante também melhorou os hábitos, mas recebeu um placebo. Nem os pacientes nem os médicos tinham conhecimento de quem estava tomando o medicamento.

Entre os que receberam a liraglutida, foi ministrada uma dose maior do que a prescrita para os pacientes diabéticos (1,8 mg). A medicação foi injetada diariamente. O grupo que consumiu o placebo perdeu uma média de 2,72 kg, enquanto aqueles que ingeriram o medicamento perderam, em média, três vezes mais.

Pelo menos 63% dos pacientes que consumiram a droga perderam, no mínimo, 5% de seu peso corporal, contra apenas 27% do grupo com placebo. Entre os efeitos colaterais, estão dores gastrointestinais, cálculos biliares e um leve aumento no risco de câncer de mama. Os pesquisadores alertam que mais estudos são necessários no caso deste último.

A liraglutida foi usada em doses menores para tratar o diabetes nos últimos anos, e alguns pacientes perceberam que o remédio ajuda na perda de peso. Cerca de 35% dos adultos americanos - pelo menos 100 milhões de pessoas - têm algum tipo de obesidade.

Fonte: Veja (Com agência France-Presse)

Curta nossa página no Facebook



Crato (CE): Projeto de horta escolar desenvolve em alunos práticas nutritivas e consciência ambiental

Plantar, cuidar, colher e comer: é a filosofia do projeto Horta Escolar e Farmácia Viva: Francisco Gabriel de Sousa, que visa proporcionar as crianças da Escola Aderson da Franca Alencar, em Crato, um aprendizado que eles guardarão para a vida toda.

Com a missão de resgatar a importância que o Ginásio do Lameiro (como é chamada a escola pela comunidade), tem para seus alunos, familiares e população do bairro, a escola Aderson da Franca Alencar vem desenvolvendo o exitoso projeto de educação ambiental: “Minha escola, meu lugar”, que visa a revitalização do ambiente escolar e seu entorno. Fruto desse aprendizado surgiu o projeto da Horta Escolar e da Farmácia Viva Francisco Gabriel de Sousa, que pretende integrar ainda mais a relação escola e comunidade.

O projeto de horta na escola está levando valores de consciência ambiental aos alunos além de promover o contato com a terra, as plantas e a natureza desenvolvendo valores ambientais nos alunos, com o objetivo de promover a educação utilizando a horta escolar como ferramenta e eixo gerador da prática pedagógica.

De acordo com a diretora, Silvia Brito, é levado em consideração também a importância da alimentação nutritiva, saudável e ambientalmente sustentável. Para Silvia, o projeto da horta escolar é um excelente instrumento pedagógico nas escolas. Estimula práticas educativas mais dinâmicas, integradoras, capazes de promover aprendizagens mais concretas e relacionadas à realidade da comunidade escolar. “O projeto esta sendo uma mudança de postura, uma forma de repensar a questão ambiental na escola, na comunidade, na vida do aluno através de ações reflexivas, práticas e teóricas, incorporando dessa maneira a responsabilidade e respeito pela natureza e pelo local que vivem”, justifica a diretora.

A prática educacional aplicada na Escola Aderson da Franca, vem sendo apoiada e elogiada pela gestão municipal que acredita nesse processo educacional.  Segundo o secretario de educação do município, Ronaldo Bacurau, “a escola esta de parabéns, pois mediante uma aprendizagem ativa e integrada a um plano de estudos de conhecimentos teóricos e práticos sobre diversos conteúdos, possibilita um trabalho interdisciplinar que auxilia os educadores na tarefa de formar uma consciência crítica ambiental e alimentar”, explicou.

A escola já funcionava como centro de referência em educação no bairro, graças ao empenho dos Professores Wagner Cruz e Pedro Ivan Alencar, que já desenvolviam projetos exitosos de educação ambiental, como Escola Sustentável e Escola do Campo. Desde o inicio do ano, com o apoio da equipe da professora Silvia Brito, a escola ganhou esse novo projeto, da Horta Escolar e da Farmácia Viva que contou na inauguração, no ultimo dia 26 de junho, com a presença de alunos, professores, coordenadores, pais e representantes do IBAMA.

Assessoria de Imprensa/PMC

Curta nossa página no Facebook



Siga essas dicas para economizar água durante o banho

O Brasil é um grande desperdiçador de água. De acordo com a pesquisa do "Programa Água para a Vida", feita em parceria entre o WWF-Brasil e o Grupo HSBC, o brasileiro afirma conhecer formas de economizar o recurso, mas não as coloca em prática. Quase metade dos entrevistados (48%) admite gastar água em suas casas com pouco controle. Segundo a pesquisa, os brasileiros acreditam que diminuir o tempo de banho é a melhor forma de reduzir o consumo - mas 30% informou demorar mais de 10 minutos na atividade.

Estima-se que para banhos de 5 a 15 minutos são gastos em média de 45 a 135 litros respectivamente - uma grande diferença no consumo. Além de reduzir o tempo no banho, existem outros métodos de economizar água, principalmente com a crise hídrica acontecendo em cidades como São Paulo e Rio de Janeiro, onde alguns bairros estão sofrendo com a falta do recurso. Confira as dicas para economizar água durante o banho e como reaproveitar:

É necessário tomar banho todos os dias?
Algumas pessoas já podem ter se feito essa pergunta, devido a quantidade de água desperdiçada no banho. A dermatologista Leandra Metsavaht, da Sociedade Brasileira de Dermatologia, explica que tomar banho diariamente é mais higiênico, principalmente no Brasil que é um país tropical. "O calor aumenta a transpiração e estimula a proliferação de bactérias", afirma. Indivíduos que moram em países frios costumam tomar banho com menos frequência, porque a sudorese é menor. "Entretanto, não há necessidade de tomar banhos longos, sendo recomendável de 5 a 6 minutos."

Dessa forma, é recomendado o banho diário para todos, principalmente durante as estações mais quentes e para pessoas que sofrem com a sudorese. Mas é preciso bom senso, uma vez que o excesso de banhos também causa prejuízos. "Banho demais provoca o ressecamento da pele e pode causar também dermatites e eczemas", ressalta a dermatologista. Ela afirma que o ideal é um banho rápido, frio, com pouco sabão e uso de bucha, escovão e outros acessórios apenas uma vez por semana. "Manter a pele hidratada também é muito importante e logo após o banho é o melhor momento para isso."

Já os cabelos devem ser lavados conforme a necessidade. "Pessoas com fios muito oleosos ou que praticam atividades esportivas diariamente devem lavá-los mais frequentemente do que aquelas com cabelos muito secos, por exemplo", afirma Leandra. Deixar de lavar o cabelo não oferece riscos para a saúde, desde que bem cuidado e escovado. Em uma emergência é possível usar o xampu a seco, um produto em aerossol que retira a oleosidade dos fios, deixando com um aspecto mais natural.

Verifique seu chuveiro
O chuveiro elétrico não é o grande vilão quando se trata do consumo de água. De acordo com Paulo Costa, diretor da H2C, empresa que desenvolve programas de racionalização de consumo de água, um chuveiro elétrico gasta oito litros por minuto em média, enquanto os chuveiros com aquecimento a gás ou boiler gastam de 22 a 26 litros de água por minuto.

"Hoje o mercado apresenta diversos modelos de chuveiros que possuem dispositivos economizadores de água - para saber se está comprando o produto correto, basta verificar na embalagem nomes e selos de economia", explica o arquiteto Rodrigo Pires, suporte técnico da Escola Concretta, rede de franquias de escolas na área da Construção Civil. A substituição de chuveiros por duchas também contribui para a economia: enquanto um chuveiro convencional gasta aproximadamente 233 mil litros de água por ano, uma ducha gastará cerca de 140 mil litros - gerando a economia de 93 mil litros por ano em média.

Desligue o chuveiro para se ensaboar
Ligar o chuveiro, molhar o corpo, desligar o chuveiro, ensaboar-se e só então ligar o chuveiro novamente. Esse processo pode parecer estranho ou trabalhoso para algumas pessoas, mas ajuda e muito na economia. "Considerando que leva 1 minuto para se ensaboar e os gastos por tempo, pode-se economizar em média de 8 a 10 litros por minuto", explica o arquiteto Rodrigo. Desligar o chuveiro para aplicar xampu e condicionador também é válido e uma prática que deve ser adotada para ajudar na economia. O mesmo vale para quem tem o hábito de desembaraçar os cabelos ainda durante o banho. É importante fechar a torneira.

Faça a coleta do excesso de água
É comum deixarmos a água correndo "sozinha" nos primeiros momentos do banho, para ajustar a temperatura. Para não desperdiçar, é possível colocar um balde embaixo do chuveiro e captar essa água que iria para o ralo. "A água coletada depois pode ser utilizada na descarga, por exemplo", explica o arquiteto Rodrigo. Deixar o balde por perto durante o banho também ajuda na captação.

Os chuveiros a gás tendem a demorar mais tempo para ajustar a temperatura, o que pode ser um problema para quem está desligando o chuveiro para se ensaboar. Nesses casos, uma solução é deixar o chuveirinho ligado a fim de reduzir o fluxo de água sem perder a temperatura. "No entanto, o ideal é deixar a água correndo no balde, para evitar o desperdício."

A água coletada em um balde serve para dar três descargas em média - e a descarga tradicional gasta de 10 a 14 litros em média.

Banho solitário
Pela lógica, um banho coletivo ou em dupla gastaria menos água, certo? Segundo os especialistas, essa máxima não é verdadeira. Ao pensar que enquanto uma pessoa se lava a outra se ensaboa concluímos que é uma alternativa - no entanto, as trocas entre um indivíduo e outro geralmente acontecem com o chuveiro aberto, o que gera gasto. O ideal é que cada um tome seu banho de forma consciente.

Caneca e balde
Aqueles que não têm água no chuveiro todos os dias podem optar por vasilhas e canecas para se lavar. Esponjas grandes e macias como aquelas usadas para lavar carro podem ser uma alternativa em vez das canecas. "Alguns estudos afirmam que um balde médio com água é suficiente para que um adulto tome banho", afirma Rodrigo Pires. A água limpa coletada durante o ajuste de temperatura do chuveiro pode ser usada para o banho nos dias em que a água falta, por exemplo.

Em caso de emergência
Momentos de economia extrema podem pedir medidas mais drásticas. Lavar apenas as axilas e área íntima pode ser uma opção quando a água está escassa. De acordo com a dermatologista Leandra Metsavaht, é possível fazer a higiene do corpo usando lenços umedecidos - mas obviamente o banho com água é a melhor opção. Além disso, os lenços umedecidos não garantem a higiene diária, e por isso não devem ser usados como substitutos do banho tradicional.

Fonte: Minha Vida

Curta nossa página no Facebook



ShareThis