Concurso em prefeitura no Ceará tem 55 vagas e salários de até R$ 9,6 mil

A Prefeitura de Milhã, no interior do Ceará, divulgou edital de concurso público com 55 vagas e salários de até R$ 9,6 mil. Além das 55 vagas de convocação imediata, o concurso formará cadastro de reservas. Há oportunidades para candidatos de nível fundamental, médio e superior.

As inscrições devem ser feitas on-line, no site da organizadora do concurso, até 19 de agosto. O curso da inscrição varia de R$ 60 a R$ 100, dependendo do cargo escolhido pelo candidato.

O candidato será avaliado por meio de prova objetiva, prevista para ocorrer em 23 de setembro. O local de prova de cada candidato será informado após o período de matrícula.

O concurso tem prazo de validade de dois anos e pode ser prorrogado por mais dois anos, a critério da administração municipal de Milhã.

As vagas são para os seguintes cargos: auxiliar de Serviços gerais, motorista categorias A, B e D, pedreiro, vigia e tratorista aos candidatos de nível básico.

Para concorrentes a uma vaga de nível há oportunidade para agente comunitário de saúde, agente de endemias, auxiliar de farmácia, auxiliar administrativo, secretário escolar, técnico agrícola, técnico de enfermagem, técnico em agroindústria e técnico de saúde bucal.

Já para os candidatos com nível superior há vagas para assistente social, auditor, cirurgião dentista, enfermeiro, farmacêutico, fisioterapeuta, fonoaudiólogo, médico clínico geral, nutricionista, psicólogo e veterinário.

Fonte: G1 CE

Curta nossa página no Facebook

Uso excessivo de tecnologia pode causar insônia, dores e prejudicar visão

É difícil imaginar a vida sem computadores e smartphones, não é? Ainda mais para nós, brasileiros, que somos um dos povos mais conectados do mundo. De acordo com o relatório “2018 Global Digital”, divulgado pela agência We Are Social, em parceria com a HootSuite, passamos em média 9 horas e 14 minutos na internet e 3 horas e 39 minutos nas redes sociais.

Não há dúvidas de que os aparelhos eletrônicos são úteis no trabalho, facilitam a comunicação e oferecem infinitas opções de lazer. Mas, se usados com exagero, eles podem ser prejudiciais à saúde. 

Veja a seguir alguns problemas desenvolvidos por quem abusa da tecnologia.

Dores nas mãos e no pescoço
Quem vive digitando pode ter dores nos punhos, nas mãos e nos dedos. Isso acontece porque fazer sempre os mesmos movimentos pode gerar uma inflamação nas articulações. "Lesões por esforço repetitivo são a principal causa de afastamento médico. E diversos desses problemas são ocasionadas pelo uso de dispositivos tecnológicos, como o celular”, afirma Marcus Gaz, clínico geral do Hospital Albert Einstein.

Outros incômodos relacionados ao uso de smartphones e afins são as dores no pescoço, nos ombros e nas costas. Ao manter a cabeça flexionada para baixo, na direção do queixo, você sobrecarrega a coluna cervical. Só para ter ideia, quando o pescoço fica inclinado para baixo, o peso da cabeça passa de cerca de 5 kg para 27 kg, de acordo com a revista científica Surgical Technology International.

Alterações na visão 
Não é raro os usuários sofrerem de "falsa miopia", um tipo de contração demasiada da musculatura dos olhos, que acontece quando a vista é forçada por muito tempo com imagens próximas e acaba ficando embaçada para longe. Outros incômodos comuns são ardência, irritação e vermelhidão, além da sensação de vista cansada, que ocorre pelo ressecamento dos olhos quando ficamos diante das telas sem piscar. 

Esse esforço que as telas pequenas exigem dos olhos leva à dificuldade de enxergar em lugares mais abertos, segundo Gaz. O risco é maior para crianças, adolescentes e adultos jovens, já que os músculos em volta dos olhos ainda estão em formação. “Quando eles se acostumam a olhar em curtas distâncias e ao movimento repetitivo de ler na tela, isso pode ocasionar uma alteração de movimento do olho e estar relacionado com a necessidade de correção de grau de miopia, de astigmatismo e hipermetropia”, explica. 

Problemas de audição
Ouvir a sua playlist no transporte, no treino ou no trabalho é muito prazeroso. Mas usar fones constantemente pode comprometer a saúde do seu ouvido. “Ficar muitas horas com algo obstruindo o seu canal auditivo e um som muito alto pode causar um dano permanente na audição”, diz o clínico geral. A Organização Mundial da Saúde (OMS) alerta que jovens entre 12 e 35 anos de idade correm o risco de terem perdas auditivas irreversíveis porque escutam música em volume muito alto em fones de ouvido.

Infecções 
Não é novidade que teclados de computador, celulares, tablets e fones de ouvido estão cheios de micróbios. Uma pesquisa da Devry Metrocamp identificou nesses equipamentos a presença de até 23 mil fungos e bactérias. Não é algo tão comum de acontecer, mas, principalmente se sua imunidade estiver baixa, esses micro-organismos podem causar infecções respiratórias, otite externa, conjuntivite, acne, irritações na pele e acne. 

Insônia
Um dos obstáculos para uma boa noite de sono é a luz azul emitida pelas telas de dispositivos eletrônicos. Isso porque ela estimula o cérebro, o deixando mais ativo no momento em que deveria estar relaxado. A luz também inibe a produção de melatonina, hormônio regulador do sono. A conclusão é de um estudo realizado pela Universidade de Haifa, em Israel, que acrescenta que a luz azul danifica os ciclos do sono.

Transtornos psicológicos 
Para algumas pessoas, os "likes" e a interação no mundo virtual disparar a sensação de prazer no cérebro. Isso pode causar uma dependência e fazer com que a vida social "real" fique em segundo plano. Esse isolamento pode ser o caminho para uma depressão, principalmente em pessoas que têm propensão à doença. Outro inimigo de quem prioriza as relações virtuais é a ansiedade, que é acentuada pelo costume de checar constantemente as notificações no celular. 

“O uso descontrolado da tecnologia causa prejuízos na vida das pessoas como um todo. Elas perdem o foco das coisas realmente importantes e têm uma qualidade das relações empobrecida. Isso é pouco percebido, principalmente por quem é viciado em jogos. A pessoa perde o foco, fica mais distraída, retém menos informações e tem uma diminuição da memória”, observa Dora observa Dora Góes, psicóloga do Programa de Dependências Tecnológicas do IPQ (Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas). 

O segredo é usar com moderação
Os especialistas recomendam medidas simples para evitar que a tecnologia faça mais mal do que bem.
  • Evite usar esses dispositivos para lazer por mais de quatro horas por dia;
  • Faça pausas a cada 40 minutos para alongar o corpo ou caminhar um pouco, para evitar lesões;
  • Higienize os aparelhos com álcool isopropílico, de preferência diariamente;
  • Use aplicativos que estimulam atividades físicas, assim você mantém bons hábitos sem ficar longe do celular;
  • Silencie o smartphone durante o trabalho ou os estudos; 
  • Evite usar aparelhos eletrônicos que emitem luz muito perto da hora de ir para a cama.
E como administrar o tempo que ficamos conectados? “A partir do momento que você percebe que está exagerando no uso da tecnologia, é interessante criar algumas “regras” para si mesmo. Defina horários e um tempo limite para estar conectado, por exemplo", sugere José Roberto Marques, presidente do Instituto Brasileiro de Coaching. 

Fonte: Viva Bem/UOL

Curta nossa página no Facebook

Estudo confirma: A cada salsicha consumida você perde 15 minutos de vida

Poucos discordarão desta frase: salsicha é uma delícia, mas não se trata propriamente de um alimento saudável… Pois bem, o cenário agora ficou pior. Os amantes de um bom cachorro-quente agora têm mais um motivo para se preocupar com a qualidade do prato. Estudo conduzido pelo prestigioso periódico British Medical Journal comprovou que a cada salsicha consumida, a vida pode ser reduzida em 15 minutos.  Sim, 15 minutos.

O problema, que se mantém independentemente se a salsicha for misturada a ingredientes saudáveis, como salada e macarrão, está, sobretudo, no fato de se tratar de um alimento embutido.

Em novembro do ano passado, a Organização Mundial da Saúde (OMS) decretou que o efeito ruim dos processados não é do alimento em si, mas essencialmente da maneira como são elaborados. Antes de ir para o prato, esse tipo de comida é submetido a técnicas artificiais. Os nitritos e os nitratos de sódio, por exemplo, compostos químicos que possuem a função de evitar a formação de bactérias (e, portanto, fazer com que os alimentos durem mais), têm potente ação carcinogênica.

Já o método de defumação, que dá sabor e também contribui para prolongar a data de validade do alimento processado, usa o alcatrão da fumaça do carvão. Ainda que os mecanismos biológicos não estejam completamente desvendados, acredita-se que esses compostos danifiquem a estrutura do DNA das células, dando origem a mutações que podem fazer com que elas cresçam incontrolavelmente.

O mesmo estudo que associou o consumo de salsicha à redução do tempo de vida mostra ainda que o café tem efeito absolutamente contrário: a ingestão de duas ou três xícaras diariamente pode aumentar a perspectiva de vida em um ano a mais.

Fonte: Veja.com

Curta nossa página no Facebook

Edital do concurso para professor do Estado do Ceará é lançado. Serão 2,5 mil vagas e salários de até R$ 3,5 mil

O Governo do Ceará divulgou nesta sexta-feira (20) o edital para concurso público com 2,5 mil vagas para professores da rede pública de ensino. O documento está disponível no Diário Oficial de 20 de julho, a partir da página 65.

Os interessados devem fazer a inscrição no site da Universidade Estadual do Ceará (Uece), a partir de 6 de agosto; o período de inscrição é de 30 dias e a taxa é de R$ 90.

A data dos exames de seleção ainda não foi definida.

A remuneração varia de R$1.794,12 a R$ 3.588,27, para jornada de trabalho de 20 e 40 horas semanais, respectivamente.

As vagas são para professores de 14 disciplinas, distribuídas da seguinte forma:
  • Arte-Educação (50)
  • Biologia (250)
  • Educação Física (100)
  • Filosofia (120)
  • Física (250)
  • Geografia (250)
  • História (250)
  • Libras (10)
  • Espanhol (95)
  • Inglês (100)
  • Português (305)
  • Matemática (400)
  • Química (200)
  • Sociologia (120)
Os aprovados serão funcionários nas seguintes cidades:

Acaraú, Baturité, Brejo Santo, Camocim, Canindé, Crateús, Crato, Horizonte, Icó, Iguatu, Itapipoca, Jaguaribe, Juazeiro do Norte, Maracanaú, Quixadá, Russas, Senador Pompeu, Sobral, Tauá e Tianguá.

Fonte: G1 CE

Curta nossa página no Facebook

21 de julho

356 a.C. - Heróstrato destrói o templo de Ártemis, uma das sete maravilhas do Mundo Antigo.
1798 - Napoleão Bonaparte conquista o Egito ao derrotar as forças locais mamelucas na Batalha das Pirâmides.
1983 - Na Antártica, registra-se a mais baixa temperatura da História: - 89,2 graus Celsius.

Nasceram neste dia…
1816 - Paul Julius Reuter, empresário alemão (m. 1899).
1899 - Ernest Hemingway (foto), escritor estado-unidense (m. 1961).
1941 - Diogo Freitas do Amaral, político português.

Morreram neste dia…
1425 - Manuel II Paleólogo, imperador bizantino (n. 1350).
1998 - Alan Shepard, astronauta estadunidense (n. 1923).
2006 - Roberto Cardoso de Oliveira, antropólogo brasileiro (n. 1928).

Fonte: Wikipédia

Polícia Federal prende membro do PCC e outros 5 suspeitos em motel no Crato

Foto meramente ilustrativa
Mais um membro da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC) foi preso no Ceará. Adriano Moreira da Silva, conhecido como 'Adriano de Mombaça', foi capturado no início da tarde desta sexta-feira (20), em um motel no Município do Crato, a cerca de 500 km de Fortaleza.

Moreira foi preso junto a outros cinco suspeitos, em uma ação da Polícia Federal, com apoio da Polícia Militar do Estado do Ceará. Policiais lotados na Delegacia de Polícia Federal em Juazeiro do Norte confirmaram a captura do grupo e afirmaram que a ocorrência está em andamento.

A assessoria de comunicação da delegacia informou que contra Adriano havia um mandado federal em aberto, expedido no Mato Grosso do Sul. Equipes da Força Tática e Batalhão de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio). (BPRaio) auxiliaram na captura do bando, que, além de Adriano, seria composto por outros dois homens e três mulheres.

Fonte: Diário do Nordeste

Curta nossa página no Facebook

10 mentiras sobre câncer que circulam na internet

O câncer é o segundo tema mais frequente entre notícias falsas (fake news) compartilhadas no Facebook. A conclusão é de um levantamento exclusivo publicado em VEJA.

Vilma de Brito Onias, de 60 anos, acabou vítima de uma delas. Na lista de elementos naturais usados por ela na tentativa de curar um câncer de mama estão o óleo de copaíba, a fruta noni e a famosa graviola. Não obteve resultado em nenhum dos casos – e acredita que a última ainda piorou a situação. Um amigo lhe recomendou que tomasse graviola nos intervalos do tratamento tradicional. Segundo ele, a “quimioterapia natural” a ajudaria na cura do câncer. Ela aceitou e tomava ora o chá, ora o suco da fruta.

“Uma ferida se abriu em cima de onde eu tinha tirado a mama. Não tinha pomada ou creme que cicatrizasse. Fiquei seis meses tentando acabar com ele e a única coisa que tinha tomado de diferente era a graviola. Nunca falei para o médico com medo de ser repreendida”, diz ela, que também tem planos de transformar sua experiência em livro.

Todas as notícias que alardeavam a cura por meio de alguma dieta alimentar foram prontamente rebatidas pelo Instituto Nacional de Câncer (Inca). “Não existe alimento nenhum que cure o câncer sozinho. O que recomendamos é manter uma alimentação saudável rica em vegetais, legumes, verduras, leguminosas e grãos para prevenir a doença e auxiliar no tratamento, nunca curar”, afirmou Luciana Maya, nutricionista da área técnica de Alimentação, Nutrição, Atividade Física e Câncer do instituto.

Confira uma lista das fake news mais compartilhadas sobre o câncer:

Levantamento inédito feito por VEJA mapeou 966 notícias compartilhadas em seis páginas do Facebook conhecidas por compartilhar inverdades – e revelou que um terço de todo o conteúdo divulgado entre fevereiro e junho eram completamente falaciosos. O câncer era assunto de 12% das mentiras.

10 fake news de câncer que circulam na internet

1- Tomar 2,5 litros de suco de cenoura por dia cura câncer em estágio avançado (206.713 compartilhamentos)

2- Beber suco de jaca cura câncer porque diminui os radicais livres no organismo (14.542 compartilhamentos)

3- Consumir diariamente 3 colheres do Gel de babosa batido com mel cura o câncer (4.242 compartilhamentos)

4- Urgente: médicos descobrem raiz que pode matar o câncer em menos de 48 horas (3.732 compartilhamentos)

5- Descoberta revolucionária: ouvir essa música elimina células cancerosas (2.583 compartilhamentos)

6- Chá de aipo (salsão) com melão e unha de gato cura mioma e cistos (2.272 compartilhamentos)

7- Bioquímica alemã descobre mistura simples que cura o câncer, mas “eles”não acreditaram (2.125 compartilhamentos)

8- Criança que come 12 salsichas ou mais tem mais riscos de leucemia (1.283 compartilhamentos)

9- Médica revela como curou o câncer de útero de mulheres com apenas 3 ervas (1.651 compartilhamentos)

10- Combinação de dois remédios elimina câncer de mama em 11 dias, sem quimioterapia (958 compartilhamentos)

Fonte: Veja.com

Curta nossa página no Facebook

Especialistas veem ‘alto risco’ na candidatura de Bolsonaro nas eleições 2018

A candidatura de Jair Bolsonaro (PSL) ao Palácio do Planalto nas eleições 2018 é vista pelo sistema partidário como sendo de “alto risco”, segundo cientistas políticos ouvidos pelo Estado.

Para o professor da USP Glauco Peres, o cálculo que os partidos têm feito é se vale a pena apoiá-lo, já que, por causa da reforma eleitoral, as candidaturas para o Legislativo passaram a ser prioridade. “Bolsonaro é um candidato de alto risco. Os partidos agora têm menos dinheiro e querem sobreviver à cláusula de barreira. Apesar de ele estar bem na pesquisa, a chance de chegar ao segundo turno e vencer tem muito risco associado”, afirmou Peres. 

O professor da UnB David Fleischer avaliou que o problema é que as siglas não têm um “candidato agregador”. Os presidenciáveis Ciro Gomes (PDT), Marina Silva (Rede) e Geraldo Alckmin (PSDB) não cumpririam esse papel, segundo ele. “Bolsonaro é tóxico e os partidos têm medo de isso prejudicar suas outras candidaturas”, disse Fleischer.

Na avaliação de Carlos Melo, do Insper, Bolsonaro está “confinado” num campo significativo, mas restrito da sociedade. Segundo ele, para grande parte dos partidos, pouco interessa apostar num eventual “campeão” de primeiro turno que fique no meio do caminho, no segundo turno. “Políticos fazem a conta e são avessos a riscos.”

Fonte: Estadão

Curta nossa página no Facebook

Programa de governo do PT revoluciona e prevê reforma do Judiciário e sistema bancário

O comando do PT aprovou nesta sexta-feira (20) os cinco pontos básicos do programa de governo do partido.

Apresentado pelo ex-prefeito Fernando Haddad, o documento propõe a reformar o sistema de Justiça “para a garantia de direitos”, além da democratização dos meios de comunicação em massa.

O programa prevê também uma “reforma bancária para aumentar o crédito barato às famílias e empresas”, bem como a “reafirmação do legado dos governos do PT e revogação das medidas do governo golpista (legislações e privatizações)”.

A federalização do combate ao tráfico de drogas também está entre as propostas, que foram submetidas ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Para a presidente nacional do PT, a senadora paranaense Gleisi Hoffmann, esse programa é um dos mais avançados desde 1989.

Embora o termo expresso no documento seja democratização da mídia, Gleisi afirma que a proposta é de regulação econômica.

“É uma proposta superliberal. Todos os países desenvolvidos regulam os seus meios de comunicação. Não é novidade nenhuma. É uma regulação econômica, mas uma proposta bem importante e necessária para o país”, afirmou.

Segundo a senadora, proposta de reforma no sistema bancário “tem muito a ver com barateamento de crédito, democratização e desconcentração”.

Gleisi negou que essa seja uma guinada à esquerda, mas a continuidade dos governos petistas.

Questionada sobre ausência de temas caros ao mercado nas diretrizes do programa de governo, Gleisi afirmou que o modelo de administração petista já foi testado. E agrega responsabilidade fiscal com social.

Distribuição de recursos
Também nesta sexta, o comando do PT definiu, após quatro meses de debate interno, critérios para distribuição dos recursos do fundo partidário para os candidatos.

Os candidatos que concorrem à reeleição serão privilegiados, seguidos por dirigentes partidários e ex-ocupantes de cargos no Executivo.

Para senador e governador, a distribuição de verbas para a campanha dependerá do número de eleitores em cada Estado.

Fonte: Folha.com

Curta nossa página no Facebook

PIS/Pasep: Ceará tem mais de 51 mil trabalhadores que podem sacar abono de 2016

Mais de 51,2 mil trabalhadores que não sacaram o abono salarial ano-base 2016 no Ceará terão até 30 de dezembro para retirar o dinheiro. A reabertura do prazo foi autorizada na quarta-feira (11), em resolução do Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat). O prazo, que terminou em 29 de junho, será reaberto em 26 de julho.

O valor que cada trabalhador tem para sacar depende de quanto tempo ele trabalhou formalmente em 2016. Quem trabalhou o ano todo recebe o valor cheio, que equivale a um salário-mínimo (R$ 954). Quem trabalhou por apenas 30 dias recebe o valor mínimo, que é R$ 80.

Na região Nordeste, o benefício poderá ser retirado por mais de 342,7 mil trabalhadores, totalizando R$ 262.678.164,76. Vale lembrar que o pagamento do benefício referente a 2017 também começará a ser pago no dia 26 de julho.

Direito
Tem direito ao abono salarial ano-base 2016:
  • quem estava inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos;
  • trabalhou formalmente por pelo menos 30 dias em 2016 com remuneração mensal média de até dois salários-mínimos
  • teve seus dados informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS).
Brasil
Em todo o Brasil, são quase dois milhões de trabalhadores que não sacaram o benefício, o que corresponde a 7,97% do total de pessoas com direito ao recurso. O valor ainda disponível chega a R$ 1,44 bilhão. Este é o terceiro ano consecutivo em que ocorre prorrogação.

Os trabalhadores da iniciativa privada devem procurar a Caixa. A consulta pode ser feita pessoalmente, pela internet ou no telefone 0800-726 02 07. Para os servidores públicos, a referência é o Banco do Brasil, que também fornece informações pessoalmente, pela internet e pelo telefone 0800-729 00 01.

Fonte: G1 CE

Curta nossa página no Facebook

20 de julho

1897 - É fundada a Academia Brasileira de Letras, pelo escritor Machado de Assis, no Rio de Janeiro.
1953 - O Conselho Económico e Social das Nações Unidas torna a UNICEF uma agência permanente.
1969 - Neil Armstrong, comandante da Apollo 11, torna-se o primeiro homem a pisar na Lua.

Nasceram neste dia…
1822 - Gregor Mendel, botânico austríaco, pai da genética (m. 1884).
1873 - Alberto Santos Dumont, inventor e aviador brasileiro (m. 1932).
1919 - Edmund Hillary, alpinista e explorador neozelandês (m. 2008).

Morreram neste dia…
1908 - Dimítrios Vikélas, escritor grego (n. 1835).
1955 - Calouste Gulbenkian, mecena e colecionador de arte armeno-britânico (n. 1869).
1973 - Bruce Lee (foto), ator sino-norte-americano (n. 1940).

Fonte: Wikipédia

Isolado, Bolsonaro pode acabar com apenas oito segundos na televisão

Depois de tentativas frustradas de fechar alianças com o PR e o PRP, o pré-candidato Jair Bolsonaro (PSL) pode ser obrigado a escolher um vice do próprio partido (provavelmente Janaína Paschoal, a autora do pedido de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff).

Com isso, ficará com apenas oito segundos de tempo nos programas eleitorais da televisão aberta, que começam em 31 de outubro.

Para aumentar o espaço na TV, tido como determinante para o sucesso na eleição, a campanha do militar planeja usar recursos de direito de resposta e, assim, avançar sobre o tempo de outros partidos e coligações. Também é planejado o uso de vídeos na internet.

Segundo especialistas ouvidos pelo Estado de S. Paulo, a aliança com Bolsonaro é tida como "de alto risco" pelos demais partidos, o que provoca o isolamento do pré-candidato.

O problema é a postura intempestiva e polêmica do militar, que pode contaminar as demais candidaturas. Além disso, o sistema partidário avalia que Bolsonaro tem poucas chances de ganhar o segundo turno das eleições.

Nos últimos dois dias, Bolsonaro foi negado pelo PR do ex-deputado Valdemar Costa Neto (SP) e do senador Magno Malta (ES), e pelo PRP do coronel da reserva Augusto Heleno Ribeiro. A intenção do PSL era que Malta ou Heleno Ribeiro fossem vice na chapa.

Fonte: Congresso em Foco

Curta nossa página no Facebook

Ministério da Saúde confirma 677 casos de sarampo no Brasil

Nesta quarta-feira (18), o Ministério da Saúde confirmou 677 casos de sarampo no Brasil. De acordo com a pasta, o país enfrenta dois surtos da doença, localizados em Roraima (444 casos) e no Amazonas (216 casos). Também foram confirmados casos em São Paulo (1), Rio Grande do Sul (8), Rondônia (1) e Rio de Janeiro (7), todos importados da Venezuela. Isso teria sido comprovado pela identificação do genótipo do vírus (D8), que é o mesmo que circula no país vizinho.

Até o dia 17 de julho, 2.724 casos ainda estavam em investigação, sendo 2.529 no Amazonas, 160 em Roraima, 33 no Rio de Janeiro e dois no Rio Grande do Sul. Todos importados, de acordo com o ministério., que permanece acompanhando a situação, além de realizar medidas de vacinação de bloqueio, mesmo em casos suspeitos.

Doença erradicada
Em 2016, o Brasil havia recebido da Organização Pan-Americana da Saúde (PNAS) o certificado de eliminação da circulação do vírus do sarampo. No entanto, no ano passado, casos de sarampo em venezuelanos — que chegam ao país por Roraima — foram confirmados, ocasionando um surto da doença no estado, com ampliação de casos para Manaus, no início deste ano.

Baixa vacinação
A baixa adesão à vacina teria contribuído para a disseminação da doença, já que a população dessas áreas estava suscetível ao vírus. A meta de vacinação contra o sarampo é de 95%. Entretanto, segundo dados preliminares, no ano passado, a cobertura no Brasil foi de 85,21% na primeira dose (tríplice viral) e de 69,95% na segunda dose (tetra viral).

O esquema de vacinação contra a doença, oferecido gratuitamente pelo Ministério da Saúde, inclui duas doses, sendo a primeira a tríplice viral, que também protege contra a rubéola e a caxumba; e a segunda, a tetra viral, que confere imunização contra o sarampo, rubéola, caxumba e varicela.

Esquema vacinal
Para a vacinação infantil, a primeira dose é aplicada aos 12 meses de idade e a próxima aos 15 meses (quando é utilizada a vacina combinada à vacina varicela). Também podem se vacinar gratuitamente indivíduos de até 29 anos (duas doses, com intervalo mínimo de trinta dias) e indivíduos entre 30 e 49 anos (uma dose).

Quem já completou o esquema acima, conforme preconizado para sua faixa etária, não precisa receber a vacina novamente. Pessoas que já tiveram sarampo, caxumba e rubéola — com diagnóstico confirmado — também estão imunizadas contra essas doenças. Mas, se houver dúvida quanto à infecção anterior, recomenda-se a vacinação.

Embora as vacinas façam parte do Calendário Nacional de Vacinação e estejam disponíveis durante o ano inteiro nos postos de saúde, no momento, o ministério intensificou a vacinação de crianças, público mais suscetível à doença. Adultos não vacinados também devem receber o imunizante, principalmente nos locais onde há surto confirmado. O Ministério da Saúde ressalta que não há necessidade de corrida aos postos de saúde. 

Sarampo
O sarampo é uma doença infectocontagiosa grave, altamente transmissível. O contágio acontece através de secreções respiratórias. O período de incubação do vírus varia de oito a doze dias e a transmissão inicia-se antes do aparecimento da doença, perdurando até o quarto dia após o aparecimento das erupções.

Os sintomas incluem indisposição inicial, com duração de três a cinco dias, febre alta, mal-estar, coriza, conjuntivite, tosse e falta de apetite. Nesse período, manchas brancas características da doença podem ser observadas na face interna das bochechas. As manchas vermelhas na pele iniciam-se atrás da orelha e se espalham para a face, pescoço, membros superiores, tronco e membros inferiores. A febre persiste com o aparecimento do exantema (manchas).

As complicações mais comuns são: otite média aguda, pneumonia bacteriana, laringite e laringotraqueite. Em casos mais raros há manifestações neurológicas, doenças cardíacas, miocardite, pericardite e panencefalite esclerosante subaguda (complicação rara que acomete o sistema nervoso central após sete anos da doença).

O tratamento é sintomático e podem ser utilizados antitérmicos, hidratação oral, terapia nutricional com incentivo ao aleitamento materno e higiene adequada dos olhos, pele e vias aéreas superiores. A vacina é a forma mais eficaz de prevenção.

Fonte: Veja.com

Curta nossa página no Facebook

‘Defensoria em Movimento’ chega ao Cariri na próxima segunda-feira (23)

Pela primeira vez no Cariri, a “Defensoria em Movimento” visitará estes dois municípios na próxima semana. A primeira parada será na cidade fundada pelo Padre Cícero, nos dias 23 e 24, a partir das 8h. No dia 27, é a vez do Cratinho de Açúcar receber o Projeto, no mesmo horário. O programa oferece os serviços da Defensoria Pública que atende demandas como pensão alimentícia, divórcio e usucapião.

Em Juazeiro do Norte, na próxima segunda-feira (23), serão realizados serviços gratuitos à população, em frente ao Polo de Convivência Social Dra. Rosiane Limaverde, no bairro Frei Damião. No dia seguinte, a programação continua através da audiência pública com os povos de terreiro, composto por membros e simpatizantes umbandistas e candomblecistas, além de pesquisadores sobre o tema. A articulação parte da Ouvidoria da Defensoria, com a mobilização de diversos movimentos sociais da região.

A defensora pública Nadinne Sales, que atua em Juazeiro do Norte, acredita que a ação permite uma aproximação de quem mais precisa. “Será de grande valia, afinal os moradores terão uma gama de serviços facilitados em um só ambiente. O bairro Frei Damião é carente de direitos e está distante de onde os órgãos oficiais estão. Com o caminhão, iremos ouví-los onde eles estão”,  argumenta Nadinne.

Na sexta-feira (27), será a vez dos cratenses receberem este programa. Os moradores podem se dirigir à Praça da Sé, no Centro, das 8h às 13h. Para o defensor público Heitor Estrela, o município do Crato aguarda a Defensoria em Movimento com otimismo. “A expectativa é a melhor possível. Já desenvolvemos por aqui serviços semelhantes, mas sem a mesma estrutura de que o caminhão dispõe. Será a concretização de um pedido da população local, que deve buscar o atendimento”, comemora.

Povos de Terreiro
O bairro Frei Damião foi o local indicado pelas lideranças de vários terreiros do Cariri para a realização do projeto. A região é originária de tradições de raízes afro, onde, infelizmente, foram registrados casos de intolerância. O objetivo da audiência é ouvir as demandas para entender as situações de violação do direito à liberdade religiosa no maior município do interior cearense. A partir das informações levantadas no local, a Defensoria traçará as medidas judiciais, bem como ações de educação em direitos para solução de conflitos.

A realização da audiência pública com representantes dos povos de terreiro do Ceará foi articulada pela Ouvidoria Geral da Defensoria. Em maio de 2018, a defensora pública geral, Mariana Lobo, recebeu os integrantes de diversos grupos e entidades que lutam pela igualdade racial e liberdade de crença. No mês seguinte, em junho, a Ouvidoria organizou nova reunião com movimentos sociais e de mulheres do Cariri para novo diálogo sobre o tema.

Para a ouvidora Merilane Coelho essa aproximação busca suprir a escassez de políticas públicas que protejam as religiões de matriz africana. “No Ceará, já são inúmeros casos de intolerância religiosa que agrava a dificuldade na manutenção da identidade cultural das crenças e religiões, levando a uma ruptura das relações sociais e a graves violações de seus direitos fundamentais”, pontua.

Assistência itinerante
Desde novembro de 2017, 16 localidades já foram atendidas pela Defensoria em Movimento. Segundo a defensora pública e assessora de relacionamento institucional, Amélia Soares da Rocha, mais de três mil pessoas foram beneficiadas com os serviços. “É uma alegria muito grande ver um projeto que nasceu de demandas populares transitar por todas as regiões do estado. São defensores públicos que aderem voluntariamente. Por isso, nossa estimativa é que mais de 10 mil já tenham sido impactadas indiretamente, na Capital e Interior”, explica a defensora.

Na Região Metropolitana de Fortaleza, a iniciativa já passou por localidades como Bom Jardim, Canindezinho, Capuan (Caucaia), Conjunto Palmeiras, Curió (Guajeru), Genibaú, Praça do Ferreira, Vila Velha I e II, além de espaços próximo ao Sistema Socioeducativo. No interior, as comarcas de Canindé, Limoeiro do Norte, Sobral e Ubajara já receberam as atividades levada pelo caminhão do projeto. Neste mês de julho, o município de Cascavel também recebeu as ações encabeçadas pelos defensores.

Baseado nas edições anteriores, as principais demandas da população apresentadas na ação são pensão alimentícia, divórcio, acesso à documentação básica (como 2ª de certidão de nascimento) e usucapião. “Depende do grau de vulnerabilidade das comunidades. Mostra que há muitas demandas coletivas também, sendo um retrato do momento da vida em que essas pessoas estão e o que buscam”, detalha Amélia Rocha.

Serviço:

Defensoria em Movimento em Juazeiro do Norte
Data: 23 e 24/07/2018
Horário: 8 às 13h
Local: Em frente ao Polo de Convivência Social Dra. Rosiane Limaverde
Endereço: Rua Renan Carvalho, s/n, Bairro Frei Damião, Juazeiro do Norte – CE

Audiência Pública da Defensoria com os Povos do Terreiro
Data: 24/07/2018
Horário: 14 horas
Local: Toldo do Defensoria em Movimento, em frente ao Polo de Convivência Social Dra. Rosiane Limaverde
Endereço: Rua Renan Carvalho, s/n, Bairro Frei Damião, Juazeiro do Norte – CE

Defensoria em Movimento no Crato
Data: 27/07/2018
Horário: 8 às 13h
Local: Praça da Sé
Endereço: Rua Dr. João Pessoa, Centro, Crato – CE

Mais informações ligue 129

Fonte: Diário do Nordeste

Curta nossa página no Facebook

Rejeição e estrutura fraca do partido afastam aliados de Bolsonaro

A relutância dos partidos em formalizarem alianças com o pré-candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, pode ser explicada, em parte, pela falta de estrutura do PSL e também na rejeição do candidato, que é elevada — 32%, de acordo com a pesquisa Datafolha mais recente. Na terça-feira, após o fracasso da negociação com o PR, a campanha do deputado sofreu novo revés, com a negativa do Partido Republicano Progressista (PRP) para a indicação do nome do general Augusto Heleno ao posto de candidato à vice.

— Acho que a candidatura do Bolsonaro é de alto risco para os partidos se engajarem. É uma candidatura sem estrutura, sem recursos, baseada na persona dele e nos mecanismos alternativos de conexão direta com os eleitores, via redes sociais. É um candidato com altíssima rejeição e o preferido para qualquer outro candidato ter como adversário no segundo turno. Os partidos que fazem esse cálculo não tem muito interesse em estarem próximos ao Bolsonaro, porque podem estar assinando a sentença de morte — avalia o cientista política Carlos Pereira, da FGV/Ebape.

Já o cientista político Ricardo Ismael, professor da Puc-Rio, destaca a “incerteza geral” no cenário eleitoral, o que faz com os partidos adiem as decisões, e aponta que a estratégia de Bolsonaro de privilegiar, neste momento, o contato direto com eleitores, em detrimento das conversas com as cúpulas partidárias pode ser “arriscada”:

— A população brasileira, embora esteja desencantada com partidos, com a política tradicional, também não está mobilizada nas ruas em torno de um candidato, pelo menos não até agora. Não há mobilização tão forte nas ruas e nas redes a ponto de dispensar deputados e senadores que vão fazer campanha e são profissionais na hora de pedir voto. A mobilização fora da estrutura partidária vai ter um peso, mas também não será uma revolução a ponto de imaginar que a sociedade vai ignorar a propaganda eleitoral.

Na última semana, Heleno passou a ser tratado como a principal aposta de Bolsonaro, após o naufrágio da articulação para que o senador Magno Malta (PR-ES) integrasse a chapa. Da mesma forma que os acordos estaduais impediram o avanço das negociações com o partido de Valdemar Costa Neto, as pretensões do nanico PRP nos estados também comprometeram as ambições do ex-capitão do Exército. Coligada ao governador petista da Bahia, Rui Costa, por exemplo, a sigla não quer pôr em risco alianças que já foram costuradas.

Com o naufrágio aparente de suas duas principais apostas, o pré-candidato corre em busca de uma alternativa. Uma delas é a advogada Janaína Paschoal, filiada ao mesmo PSL de Bolsonaro. O nome dela vinha sendo cotado para a disputado do governo de São Paulo, embora pessoas ligadas ao partido no estado acreditem que a advogada prefira concorrer à vaga de deputada.

Bolsonaro afirmou que existe “uma frestinha" para um acordo, que poderia envolver alianças para os cargos proporcionais (deputado federal e estadual) em alguns estados.

— Ainda ficou uma frestinha e talvez esse acordo feche amanhã (hoje)— disse Bolsonaro, que lidera todas as pesquisas sem a presença do ex-presidente Lula.

Para tentar reabrir as negociações, o pré-candidato flexibilizou os termos da aliança e, agora, diz aceitar um acordo para a disputa proporcional, mas isso ainda vai depender dos presidentes das legendas em cada estado.

— Vai depender das perspectivas estaduais. Aqui no Rio, por exemplo, é meu filho (deputado Flávio Bolsonaro), que é presidente do partido, que vai decidir. Acho que não terá acordo aqui. A ideia é que em alguns lugares tenha aliança — explicou o pré-candidato.

No Rio, a notícia de uma possível negociação com o PSL provocou surpresa no pré-candidato do PRP ao governo do estado, Anthony Garotinho.

— No meu caso, seria complicado. Não tenho nada pessoal contra o Bolsonaro, mas nossas ideias são muito diferentes.

Fonte: O Globo

Curta nossa página no Facebook

Ceará é o 2º estado com maior cobertura de vacinação contra gripe

O Ceará é o segundo brasileiro com maior cobertura de vacinação contra gripe entre a população prioritária no país, segundo divulgou, nesta quarta-feira (18), o Ministério da Saúde. Ao todo, foram aplicadas 2,4 milhões de doses desde o início da campanha.

O estado, que recebeu 2,5 milhões de doses, atingiu uma cobertura vacinal de 104,3%. O Ceará ficou atrás apenas de Goiás, que recebeu 1,8 milhão de doses e atingiu 106,7% da cobertura.

Os estados que já atingiram a meta de vacinação são:
  • Goiás: 106,7%
  • Ceará: 104,3%
  • Amapá: 100,3%
  • Distrito Federal: 98,2%
  • Espírito Santo: 97%
  • Pernambuco: 96,3%
  • Tocantins: 96,2%
  • Minas Gerais: 94,8%
  • Alagoas: 94,7%
  • Maranhão: 94,2%
  • Mato Grosso: 94%
  • Paraíba: 93,3%
  • Rio Grande do Norte: 92,9%
  • Sergipe: 92,9%
  • Paraná: 92,5%
  • Piauí: 91,6%
  • Mato Grosso do Sul: 90,9%
O Ministério da Saúde informou que conseguiu atingir a meta de vacinar 90% do público-alvo da campanha de vacinação contra a gripe em todo país. De acordo com o órgão, 90,19% da população prioritária está imunizada contra a doença, o que representa 51,4 milhões de pessoas.

As regiões Centro-Oeste e Nordeste foram as únicas que já ultrapassaram a meta de 90% da vacinação do público alvo, com 99,45% e 94,71%, respectivamente. Norte e Sudeste apresentaram a menor cobertura vacinal contra gripe, com 86,61% e 86,9, respectivamente. Na Região Sul, a cobertura, até o momento, é 88,6%.

Casos de gripe
Brasil registrou em 2018 aumento de 194,4% no número de mortes por gripe em relação ao mesmo período de 2017: foram 839 mortes por gripe esse ano, contra 285 mortes no ano anterior. Ambos os períodos consideram dados contabilizados pelo Ministério da Saúde até a segunda quinzena de julho.

O último boletim do Ministério da Saúde apontou que, até o dia 16 de julho, foram registrados 4.680 casos de influenza em todo o país. Do total, 2.813 casos e 567 óbitos foram por H1N1.

Em relação ao vírus H3N2, foram registrados 991 casos e 140 óbitos. Além disso, foram 335 registros de influenza B, com 46 óbitos e os outros 541 de influenza A não subtipado, com 86 óbitos.

De acordo com o Ministério da Saúde, o Ceará registrou 376 casos da doença. Entre os estados os com maiores índices, estão São Paulo (1.702), Ceará (376), Paraná (432) e Goiás (378).

Fonte: G1 CE

Curta nossa página no Facebook

Continua candidato: Rosa Weber rejeita pedido do MBL para declarar Lula inelegível antes de registro

A vice-presidente do Superior Tribunal Eleitoral (TSE), ministra Rosa Weber, rejeitou o pedido do Movimento Brasil Livre (MBL) para que a Corte declarasse a inelegibilidade do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), pré-candidato à Presidência da República, antes do registro de candidatura na Corte.

No jargão jurídico, Rosa “não conheceu da ação”, ou seja, não entrou no mérito do pedido do MBL.

Lula é condenado e preso na Operação Lava Jato.

Na decisão, a ministra afirma que o “Direito tem seu tempo, institutos, ritos e formas”.

O MBL pedia que o TSE impedisse “desde já” o registro de candidatura do petista. O tribunal estabelece que, após a convenção partidária, o partido tem até o dia 15 de agosto para requerer à Justiça Eleitoral os registros dos candidatos escolhidos.

Na petição, o movimento destacava que Lula foi condenado pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) a 12 anos e um mês de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro, e que desde a publicação do acórdão do TRF-4 “não há dúvidas” de que Lula “está inelegível”, com base na Lei da Ficha Limpa.

“É certo que a eventual possibilidade de candidatura do requerido gera severa insegurança jurídica à sociedade brasileira”, afirmavam os integrantes do MBL. O movimento ainda pedia que a Corte proibisse Lula de praticar atos de campanha, e de ser citado em pesquisas eleitorais.

Fonte: Estadão

Curta nossa página no Facebook

Expocrato supera expectativa nos primeiros dias

"Aqui funciona como uma cidade por nove dias", definiu Luiz Gonzaga de Melo, presidente do Grupo Gestor da 67ª da Exposição Centro Nordestina de Animais e Produtos Derivados, a popular Expocrato. São mais de 120 expositores e 10 mil animais, entre bovinos, equinos, caprinos, aves, peixes e roedores, nos nove dias de evento, no Parque Pedro Felício Cavalcanti. Junto ao Festival, estima-se que o evento deva gerar um faturamento de mais de R$ 60 milhões. Nestes cinco primeiros dias, a movimentação financeira tem surpreendido, positivamente, todos os setores. Até o dia 22, são esperados mais de 400 mil visitantes no equipamento.

A Expocrato recebe criadores de animais, agropecuaristas, fazendeiros, grandes e pequenos produtores de todo o Ceará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Alagoas, principalmente.

No entanto, também há gado mineiro e paulista. Hoje, se consolida como principal evento do tipo no Norte-Nordeste brasileiro e um dos maiores do Brasil. Só de bovinos, equinos e caprinos são, aproximadamente, 3 mil, enquanto também estão expostos outros 7 mil animais, entre aves, peixes e roedores.

As negociações são feitas diretamente, por pagamento em dinheiro, à vista, e também por financiamento bancário, muitas vezes, com projeto já pré-aprovado. As linhas de implementos, tratores e automóveis são negociações livres.

Segundo Luiz Gonzaga de Melo, que também é expositor, nos primeiros dias do evento, que normalmente não é muito movimentado, tem sido bem melhor que nos anos anteriores. "Nunca houve um ano que eu já tivesse realizado tantos negócios como este ano. Geralmente, aconteciam mais para quinta-feira, sexta. Este ano, já temos vendidos cota de consórcio, retro escavadeira, dois tratores e vários implementos".

Gonzaga acredita que isso aconteceu pela quadra chuvosa que, em 2018, foi melhor que em anos anteriores. "O setor do campo está procurando fazer aquele investimento que segurou nos anos de seca. O crédito bancário está ajudando". Na Expocrato, além de equipamentos, muitos criadores procuram melhorar a genética do seu rebanho adquirindo "animais de ponta", como define o expositor. "Aqui temos exposto o que há de melhor no Nordeste, seja ele bovino, equino, caprino ou ovino", garante.

O criador Fábio Calou, que trouxe de Aquiraz exemplares de cavalos da raça quarto de milha e jumentos da raça pêga, acredita que a Expocrato não proporciona apenas o negócio, mas também um intercâmbio entre outros criadores. "Após a exposição, já tem agendado visita de gente na minha fazenda. Não para aqui e amplia muito seu mercado", explica. Já o fazendeiro Manoel de Alencar Júnior costuma participar da exposição para vender e comprar há mais de 40 anos. Este ano, aproveitou para adquirir um potro para sua fazenda em Exu (PE).

"A Expocrato é uma referência nordestina e até brasileira no que toca ao melhoramento genético da região. Aqui, se encontram as melhores raças e as melhores oportunidades para melhorar o rebanho. Onde o fazendeiro pequeno, médio e grande tem acesso a melhor genética do País". Além da exposição de animais, há também as competições de raça que concorrem os melhores bovinos da região.

A disputa é dividida por categorias: pela idade e o sexo do animal. O vencedor recebe um troféu e acaba valorizando o bicho. "Tanto o animal se valoriza para a venda como a cria dele. Se vai parir um bezerro ou bezerra, como filha de campeã, tem seu valor majorado por conta disso", explica Torquato Neto, organizador dos torneios.

Alimentação
A fila gigante para tomar um caldo de cana do engenho é um sintoma. Além da feira de animais, há uma grande variedade de produtos alimentícios na Expocrato. De pequenas barracas a grandes restaurantes que, durante estes nove dias, abrem uma filial no Parque de Exposição Pedro Felício Cavalcanti. Um deles é o restaurante do empresário André Turato, que desde ano passado vende no evento.

"Quando começamos o planejamento, tínhamos a convicção que este seria o melhor ano de todos os tempos. Já estamos tendo um crescimento de pelo menos 45%. Supera até nossas expectativas", explica. No corredor da agricultura familiar, 140 produtores rurais da região do Cariri estão vendendo produtos orgânicos durante a Exposição.

ANTONIO RODRIGUES
COLABORADOR

Fonte: Diário do Nordeste

Curta nossa página no Facebook

19 de julho

 711 - Forças muçulmanas comandadas por Tariq ibn Ziad derrotam os visigodos liderados pelo rei Rodrigo.
1799 - As tropas de Napoleão encontram a Pedra de Roseta, que serviria de chave para a decifração dos hieróglifos egípcios.
1870 - Guerra franco-prussiana: a França declara guerra à Prússia.

Nasceram neste dia…
1834 - Edgar Degas, pintor francês (m. 1917).
1934 - Francisco Sá Carneiro, político português (m.1980).
1947 - Brian May, guitarrista britânico.

Morreram neste dia…
1838 - Pierre Louis Dulong, físico francês (n. 1785).
1965 - Syngman Rhee, político sul-coreano (n. 1875).
2008 - Dercy Gonçalves (foto), atriz e humorista brasileira (n. 1905).

Fonte: Wikipédia

Novo valor do salário mínimo para 2019 é aprovado

O valor está presente na proposta da LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias), aprovada pelo Congresso Nacional na noite desta quarta-feira (11). O texto agora segue para a sanção presidencial. O salário mínimo passará a ser de R$ 998 a partir do dia 1º de janeiro de 2019. 

A remuneração mínima de R$ 998 será 4,6% superior aos R$ 954 pagos aos trabalhadores neste ano. Como a previsão de economistas ouvidos pelo BC (Banco Central) para a inflação deste ano é de 4,17%, o novo salário mínimo representará um ganho real de 0,4% aos profissionais. 

O valor do salário mínimo aprovado pelo Congresso, no entanto, representa uma redução de 0,4% em relação aos R$ 1.002 presentes na previsão inicial do governo para o salário mínimo do ano que vem. 

Ao reduzir a projeção de reajuste, o governo estimou que a inflação para 2018 seria de 3,3%, valor 0,87 inferior às expectativas atuais do mercado financeiro. O governo avalia que a diminuição de R$ 4 resultará em um ganho de R$ 13,4 bilhões em 2019 aos cofres públicos.

Por lei, o salário mínimo brasileiro será definido, até 2019, com base no crescimento da economia de dois anos antes mais a inflação calculada pelo INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor), índice próximo ao IPCA, do ano anterior.

Vale lembrar que neste ano o salário mínimo estabelecido resultou em uma perda real na remuneração paga aos trabalhadores. Isso ocorreu com a aceleração da inflação ao final do ano passado fez com que o índice de preços fechasse 2018 em 2,07%, enquanto o reajuste mínimo já havia sido fixado em 1,81%.

Fonte: R7

Curta nossa página no Facebook

Se você tem menos de 50 anos, é melhor se vacinar contra o sarampo

O último surto de sarampo no Brasil foi registrado há mais de quatro anos. Em 2014, 211 pessoas foram infectadas no Ceará. Desde então, o país só ouviu falar da doença em 2016, quando a OMS (Organização Mundial da Saúde) certificou o Brasil por eliminar a circulação do vírus. Em 2018, no entanto, os surtos voltaram. O conselho de antigamente também: é melhor se vacinar.

A primeira suspeita de sarampo foi registrada em janeiro a partir de pacientes venezuelanos que chegaram ao Brasil fugindo da pobreza e da crise no país vizinho. Em pouco tempo, o Ministério da Saúde registrava surtos em Roraima e no Amazonas, onde a vacinação estava muito abaixo dos 95% recomendados. Nos dois estados, quem mais sofreu foram as crianças de seis meses a quatro anos, inclusive com casos fatais.

"Todos os casos recentes no Brasil ocorreram a partir do contato de uma pessoa não imunizada adequadamente com um indivíduo infectado em outro país", explicou ao UOL o médico Juarez Cunha, diretor da Sbim (Sociedade Brasileira de Imunizações). "Essa dinâmica é facilitada se as coberturas vacinais forem abaixo de 95%. Não registramos casos autóctones [internos do Brasil] desde 2000."

Acontece que os casos não pararam de crescer. Até o dia 27 de junho, 265 casos foram confirmados no Amazonas e 1.693 estavam sob investigação. Em Roraima, 200 confirmações e 179 ocorrências em investigação.

Até o momento, o Rio de Janeiro informou 18 suspeições e duas confirmações. Mas alguns casos foram identificados em outras localidades: São Paulo (1), Rio Grande do Sul (6) e Rondônia (1). A solução encontrada pelo governo foi convocar uma campanha de vacinação para agosto, e não será apenas para crianças: se você tiver menos de 50 anos e não tiver tido a doença, é melhor se vacinar.

A campanha vai de 6 a 31 de agosto. O dia 18 de agosto será o dia de mobilização nacional, apelidado de "Dia D". Nessa semana, as crianças devem ser levadas aos serviços de saúde mesmo que tenham sido vacinadas anteriormente. 

Segundo estudo publicado pela revista "Science" em 2015, além do risco de morte, o sarampo pode afetar o sistema imunológico por até três anos, expondo os sobreviventes a um risco maior de contrair outras doenças infecciosas e mesmo mortais. "A doença é capaz de causar complicações neurológicas, como meningite e encefalite, que podem levar a sequelas. Destacam-se a cegueira e quadros neurológicos crônicos, a exemplo da paralisia cerebral e convulsões", explica o diretor da Sbim.

Abaixo, confira algumas respostas para as principais dúvidas sobre o sarampo:

Transmissão
Ocorre diretamente de uma pessoa para outra, seja por secreções do nariz ou da boca expelidas ao tossir, respirar ou falar. Para interromper a transmissão do sarampo é preciso que 95% da população esteja vacinada. Portanto, todas as crianças, adolescentes e adultos precisam se certificar de que estão com a caderneta de vacinação em dia. "Como o contágio é semelhante ao da gripe, vale evitar o contato desnecessário com o doente, lavar as mãos com frequência e manter o ambiente arejado", orienta o médico.

Sintomas
Os primeiros sintomas são febre alta, tosse, coriza, conjuntivite, dificuldade de olhar para a luz e lacrimejamento. No quarto dia de sintomas surge o exantema, as feridas na pele de coloração avermelhada que, em três dias, atingem todo o corpo. A febre então fica alta e pode chegar a 38,5°C.

Essas feridas surgem cerca de 14 dias após a exposição ao vírus, e o contágio ocorre de quatro dias antes a quatro dias após o aparecimento das lesões na pele. A fase crítica acontece quando o paciente contrai alguma infecção viral ou bacteriana. O risco de morte é real em crianças até os 2 anos de idade. "Especialmente as desnutridas", explica o médico da Sbim. "Adultos e adolescentes também podem apresentar quadros graves."

Diagnóstico
O vírus do sarampo pode ser identificado na urina, nas secreções nasais, no sangue ou mesmo em tecidos da pele. As amostras devem ser coletadas até o quinto dia a partir do início das feridas, mas o ideal é que isso ocorra nos três primeiros dias.

Tratamento
Embora não exista tratamento específico, é importante procurar assistência médica para saber quais estratégias de suporte deverão ser adotadas. "Hidratação, suplementação de vitamina A e antitérmicos, por exemplo, além de tratar eventuais complicações", explica Cunha. "A doença é potencialmente grave e não deve ser ignorada."

Vacinação
Na rede pública, são utilizadas vacinas tríplices virais (sarampo, caxumba e rubéola). Para crianças com menos de 5 anos, também está disponível a vacina tetra viral (sarampo, caxumba, rubéola e varicela).

Quem deve tomar a vacina?
As crianças recebem duas doses aos 12 e 15 meses de idade. Quem não foi vacinado na infância deve ser vacinado a qualquer momento: duas doses com intervalo mínimo de 30 dias entre elas.

Como a maioria das pessoas com 50 anos ou mais provavelmente já teve sarampo, o Ministério da Saúde disponibiliza duas doses da vacina para todos até 29 anos de idade e dose única para aqueles entre 30 e 49 anos. Pessoas que já tiveram a doença não precisam se vacinar, mas, em caso de dúvida, a vacinação não é contraindicada.

Para quem a vacina é proibida?
A imunização não é recomendada para gestantes. "Há risco teórico de danos ao feto. Mas, apesar de a vacina não ser indicada, diversos estudos com mulheres que se vacinaram sem saber que estavam grávidas não constataram prejuízos aos bebês", diz o especialista.

Pessoas com baixa resistência em razão de alguma doença ou uso de medicação também não podem receber a dose. O mesmo vale para crianças expostas ou infectadas pelo HIV e paciente com alergia grave após aplicação de dose anterior da vacina. Adultos com HIV precisam procurar orientação médica, enquanto pessoas em quimioterapia antineoplásica só devem ser vacinadas três meses após o tratamento.

A OMS contabilizou 7 milhões de casos em 2016 com 90 mil mortes em todo o mundo. "O sarampo é mais comum e grave nos países em desenvolvimento, que não têm programas de imunização e vigilância epidemiológica bem estruturados, especialmente na África e Ásia", diz o médico.

Mas isso não significa que regiões mais ricas estejam livres da doença. A Europa, onde apenas quatro países atingiram 95% de cobertura para as duas doses da vacina, enfrenta uma grande epidemia, com mais de 20 mil casos notificados no último ano.

Fonte: UOL

Curta nossa página no Facebook

Café vicia ou não? O que diz a ciência

Entre as inúmeras histórias que existem sobre a possível origem do café, existe uma que diz que, certo dia, um pastor que viveu na Etiópia há cerca de mil anos notou que suas cabras pareciam ganhar uma energia extra sempre que mastigavam os frutos de cor avermelhada que brotavam nos arbustos existentes em alguns campos de pastagem.

Intrigado com a história, ele comentou o que observava com um monge da região. Então, o monge apanhou alguns desses frutos, começou a usá-los como infusão e percebeu que aquilo o ajudava a ficar acordado durante longas horas. A história se espalhou entre os monastérios e todo mundo quis experimentar.

Se a lenda é verdadeira ou não, ainda não sabemos. Mas o fato é que a bebida, que hoje conhecemos como café, caiu no gosto de pessoas do mundo todo. Quem não conhece alguém que só consegue "começar bem o dia" depois de uma boa xícara de café? Ou que diz que o almoço só fica completo com um cafezinho para finalizar?

Para se ter uma ideia, só em 2014, os brasileiros consumiram cerca de 81 litros de café por pessoa, segundo uma pesquisa coordenada pela Embrapa. Se considerarmos que uma xícara de café tem 50 ml, daria, aproximadamente, 4 xícaras por dia.

Somos viciados?
De tão popular, a bebida é sempre alvo de muitos estudos, que ora dizem que não tem nada melhor para certos problemas de saúde, ora dizem que não tem nada pior. Mas uma coisa é certa: café não vicia.

Nesse caso, o café poderia ser substituído por qualquer outro alimento e causaria o mesmo efeito.

Efeito cafeína
Então significa que tomar café não nos deixa tão "ligados" assim?

Essa sensação de ter uma dose extra de energia é real, resultado da ação da cafeína (um dos compostos do café), em nosso sistema nervoso central. Mesmo doses baixas a moderadas (50 a 300 mg) provocam efeitos no nosso comportamento.

"Sabe-se que o seu consumo frequente pode causar dependência psicológica moderada, aumentar a vivacidade, a performance motora e mental devido à sua rápida absorção pelo organismo", diz Rosana Perim Costa, gerente de nutrição do HCor (Hospital do Coração), em São Paulo.

Mas mesmo que os efeitos pareçam com os das drogas, estudos de mapeamento cerebral mostraram que a cafeína não está ligada ao circuito de dependência do cérebro, ou seja, não ela preenche os critérios para ser descrita como uma droga viciante.

Além disso, nem todo mundo sente os mesmos efeitos. "Enquanto há pessoas que não conseguem dormir após uma xícara de café, outras usam a bebida como um chazinho à noite e dormem tranquilamente", afirma Moretti.

Para causar dependência, seria preciso consumir a cafeína em altas doses, que vão muito além daquilo que normalmente somos capazes de tomar por dia.

Quanto pode tomar, então?
Segundo os especialistas, é recomendado o consumo de 400 ml a 500 ml por dia de café, ou seja, quatro xícaras de 150 ml, inclusive para diabéticos.

Estudos recentes sugerem que o consumo diário de até seis xícaras de café pode prevenir o surgimento de diabetes tipo 2, segundo Costa, "devido à ação dos ácidos clorogênicos e pela presença do magnésio e outros nutrientes que estão no café que reduzem a absorção de glicose".

A melhor maneira de consumir o café é coado. "Ao coar, mas sem fervê-lo com a água, é possível manter a maior parte dos nutrientes", ressalta Moretti,

Lembrando que a cafeína está presente em outras bebidas, como chá preto, refrigerantes e chocolates.

No café, ela representa apenas de 1% a 2,5% dos componentes -- 7 a 10% são ácidos clorogênicos, responsáveis por grande parte da atividade antioxidante da bebida, com potencial atividade antibacteriana, antiviral, e anti-hipertensiva. Há ainda a niacina, que é uma vitamina do complexo B formada pela degradação de um composto naturalmente presente no grão.

Fonte: UOL

Curta nossa página no Facebook

Exército abre seleção para níveis médio e superior para atuação no Ceará e Piauí

O Comando da 10ª Região Militar do Exército Brasileiro abriu seleção para a formação de cadastro de reserva em 19 áreas de conhecimento, distribuídas entre níveis médio e superior. As inscrições começam a partir do dia 23 de julho e vão até 10 de agosto deste ano e deverão ser feitas presencialmente em um dos Batalhões da 10ª Região Militar.

Os interessados podem realizar a inscrição no 23º Batalhão de Caçadores (Av. dos Expedicionários, 1589, Fátima - Fortaleza, CE), 2ª Batalhão de Engenharia de Construção (Av. Frei Serafim, 2833, Centro - Teresina, PI) e no 3ª Batalhão de Engenharia de Construção (Km 06 da BR 316, Unha de Gato - Picos, PI).  Os candidatos devem ter entre 18 anos e 38 anos.

O número de vagas será divulgado até 5 de outubro deste ano, podendo após esta data haver adição ou supressão de vagas de acordo com a necessidade do serviço. Os profissionais de nível médio serão incorporados como 3º Sargento Técnico Temporário (3º STT) e os de nível superior como Aspirante-a Oficial/Oficial Técnico. Mais informações no site do Exército.

As áreas contempladas pelo cadastro de reserva são:

Nível superior: Arquitetura, Engenharia Civil, Magistério Inglês, Magistério Matemática e Enfermagem.

Nível médio/técnico: Técnico em Carpintaria, Técnico em Laboratório de Ciências da Natureza, Técnico em Contabilidade, Técnico em Eletromecânica, Técnico em Eletrônica, Técnico em Enfermagem, Técnico em Magistério, Técnico em Manutenção Automotiva, Técnico em Metalurgia, Técnico em Radiologia , Técnico em Recursos Humanos, Técnico em Estradas, Técnico em Geodésia e Cartografia (Topografia) e Técnico em Operação de Equipamentos de Engenharia (pesado ou leve).

Fases da seleção
A seleção será composta por seis fases: avaliação curricular, de caráter classificatório e eliminatório; entrevista, também classificatória e eliminatória; inspeção de saúde, com caráter eliminatório; exame físico, também eliminatório; reunião de designação; revisão médica e atividades administrativas.

A convocação (incorporação) dos aprovados no cadastro de reserva será feita no dia 1º de março de 2019, tanto para os cargos de nível médio como superior.

Fonte: Diário do Nordeste

Curta nossa página no Facebook

ShareThis