Família morta em tiroteio em Milagres seguia para Serra Talhada, onde passaria o Natal

Os cinco integrantes da mesma família mortos em Milagres no tiroteio entre a polícia e a quadrilha que tentou assaltar bancos na cidade voltavam do aeroporto de Juazeiro do Norte (CE) e seguiam para Serra Talhada (PE), de acordo com Tadeu Gama, parente das vítimas que conversou com o Sistema Verdes Mares de Comunicação. A família iria passar o Natal com parentes na cidade pernambucana.

O empresário João Batista de Sousa Magalhães, 46 anos, dono de uma loja de informática em Serra Talhada, foi buscar a cunhada, o marido dela e o sobrinho, filho do casal, no aeroporto. Batista saiu de casa com o filho Vinícius de Sousa Magalhães, 14 anos, e apanhou o casal identificado apenas como Cleoneide e Cícero Bertolino, que estava com o filho Gustavo. A família é bastante conhecida na região. Cleoneide, Cícero e filho Gustavo desembarcaram de um voo vindo de São Paulo.

No caminho para Serra Talhada, por volta de 2h da madrugada, a família teve que parar o carro na BR-116 diante de um bloqueio na estrada feito pelos assaltantes. Eles foram feitos reféns e obrigados a deixar o carro e entrar em outro veículo com os criminosos. Antes do assalto, a quadrilha entrou em confronto com a polícia e a família foi atingida. Os parentes aguardam os corpos que estão na Coordenadoria de Medicina Legal (Comel) de Juazeiro do Norte. "Uma tragédia. A cidade inteira está em choque",  disse Gama.

Tentativa de assalto e 12 mortos
A quadrilha armada e com reféns foi surpreendida pela polícia antes de atacar duas agências bancárias da cidade de Milagres, na Região do Cariri, na madrugada desta sexta-feira (7). Houve troca de tiros e 12 pessoas morreram no confronto, de acordo com a Comel. O órgão havia informado anteriormente 13 mortes, mas a SSPDS confirmou apenas 12.

Fonte: Diário do Nordeste

Curta nossa página no Facebook

Fim do abono salarial e revisão do reajuste do salário mínimo no governo Bolsonaro

O Ministério da Fazenda sugeriu ao novo governo uma segunda rodada de reformas depois de aprovadas as mudanças na Previdência, contemplando medidas como a revisão da política de reajuste do salário mínimo e o fim do abono salarial, para controle dos gastos públicos e direcionamento dos benefícios sociais aos mais pobres.

Em documento sobre os feitos da atual gestão e os desafios para o próximo governo, divulgado nesta quarta-feira (5), a Fazenda avaliou que a nova política de reajuste do mínimo deve ser condizente com os níveis salariais do setor privado e compatível com a atual situação de aperto fiscal.

Estimativas do time econômico apontam que cada R$ 1 de alta no valor do salário mínimo implica necessidade adicional de R$ 304 milhões em gastos da União. A regra atual de reajuste estipula que o salário mínimo deve ser corrigido pelo INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) dos 12 meses anteriores somado ao crescimento da economia de dois anos antes.

O governo de Jair Bolsonaro, inclusive, deverá decidir logo nos primeiros meses do ano como será a nova fórmula de cálculo do salário mínimo, que baliza o pagamento a servidores e aposentados, com forte relevância orçamentária. Isso deverá ser feito até 15 abril, quando deverá enviar ao Congresso o projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2020.

Sobre o abono salarial, a Fazenda avaliou que representa "um programa que beneficia população distante da pobreza extrema, por ser composta por indivíduos que estão empregados e no setor formal da economia".

O abono consiste no pagamento de um salário mínimo a cada ano ao trabalhador, para suplementação de renda segundo critérios legalmente estabelecidos. Na proposta orçamentária de 2019, estão previstos R$ 19,2 bilhões para o benefício.

Benefício a idosos e deficientes pode ser revisto
No grupo de reformas de políticas sociais, a Fazenda vê, ainda, a necessidade de mexer em mais cinco frentes. Entram nesse bojo a realização de uma reforma da Previdência dos militares, a formatação da aposentadoria rural como programa assistencial e a revisão do Benefício de Prestação Continuada (BPC), voltado para idosos e pessoas com deficiência.

Na visão da pasta, o BPC "representa custo mais elevado, alto nível de judicialização e menor focalização nos pobres, quando comparado com outros programas sociais, como o Bolsa Família". Para 2019, a proposta de Orçamento prevê R$ 59,2 bilhões para o BPC e para a Renda Mensal Vitalícia, beneficiando 4,9 milhões de pessoas.

Em comparação, o Orçamento do Bolsa Família no ano que vem é de R$ 29,5 bilhões, para atendimento de 13,6 milhões de famílias.

Fechando o grupo de sugestões da Fazenda estão ainda uma reforma do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) "para reduzir o prejuízo causado aos trabalhadores pela sub-remuneração das contas e, ao mesmo tempo, torná-lo um instrumento complementar de financiamento do seguro-desemprego".

Propõe também a extinção do FI-FGTS "por representar um instrumento de crédito direcionado a projetos escolhidos pelo governo, sendo mais produtivo que os recursos sejam livremente alocados ou permaneçam vinculados ao financiamento habitacional".

Desigualdades
No documento, a Fazenda defendeu que o reequilíbrio entre receitas e despesas passa necessariamente pela reforma da Previdência, que é imperativa também para diminuir desigualdades no país.

Segundo o ministério, 41% dos benefícios pagos pela Previdência Social vão para os 20% mais ricos, ao passo que somente 3% dos recursos vão para os mais pobres.

A Fazenda apontou que o novo governo também deve se debruçar sobre os gastos com pessoal, uma vez que 79% das despesas com folha de pagamento do governo federal vão para os 20% mais ricos.

"A maior contenção dessa remuneração e a diminuição dos postos de trabalho no setor público teriam efeito significativo no sentido de redistribuir renda", disse o texto.

O Bolsa Família, que é considerado pela Fazenda verdadeiramente distributivo e uma exceção dentre outras políticas públicas do governo, vai na direção inversa: 44% dos recursos são direcionados para os 20% mais pobres.

Fonte: UOL

Curta nossa página no Facebook

Cuidado! Energético em excesso faz mal para a saúde

Como o desejo de que o dia tenha bem mais de 24 horas não passará disso, ou seja, de um desejo, as pessoas vivem procurando maneiras de fazer o tempo disponível render. Uma delas é mandar energéticos goela abaixo para ficar a mil. O indício de que se trata de um comportamento cada vez mais corriqueiro vem do Serviço de Administração em Abuso de Substâncias e Saúde Mental, nos Estados Unidos.

Em um documento recente, o órgão revela que, entre 2007 e 2011, aumentou em 279% o número de indivíduos acima de 40 anos visitando o pronto-socorro após a ingestão da bebida. Prova de que não são apenas os jovens baladeiros que se entopem de latinhas.

Outro dado intrigante: em 2011, quase 60% desses atendimentos emergenciais estavam associados somente ao uso dos energéticos – isto é, não havia álcool ou drogas na jogada. A situação americana está longe de surpreender especialistas brasileiros. Afinal, essa parece ser uma realidade também por aqui. “Devido à rotina atribulada, muita gente já acorda cansada”, nota o cardiologista Daniel Pellegrino dos Santos, do Hospital do Coração, na capital paulista.

Daí, às vezes só com a ajuda da bendita cafeína, principal composto das bebidas estimulantes, para aguentar o tranco. Só que existe um limite para seu consumo. “Adultos, por exemplo, podem ingerir no máximo 2,5 miligramas de cafeína por quilo de peso”, informa Santos.

Isso significa que uma mulher de 60 quilos precisaria parar nos 150 miligramas. “Acontece que, nos energéticos, a quantidade de cafeína varia de 80 até 500 miligramas”, avisa a cardiologista Luciana Janot Matos, do Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo.

Coração em risco
E o excesso cobra seu preço. Quem paga mais caro, geralmente, é o coração. “A cafeína instiga o sistema nervoso simpático a liberar hormônios estimulantes, como adrenalina e noradrenalina”, explica a médica. Algo preocupante, pois essa dupla propicia o aumento da frequência cardíaca e o estreitamento dos vasos sanguíneos, fazendo a pressão decolar. Em sujeitos com problemas prévios nas artérias – muitas vezes silenciosos -, o efeito eventualmente serve como estopim para um infarto ou derrame.

Esses hormônios excitantes ainda são capazes de fazer o coração bater em ritmo pra lá de apressado, quadro conhecido como arritmia. “Quando há um histórico de doença cardíaca, a aceleração pode ser fatal”, avisa Daniel Daher, presidente do Grupo de Estudos em Cardiologia do Esporte da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC).

O fato de seu coração estar aparentemente livre de enroscos não serve de argumento para abusar das latinhas. Especialmente para quem já atingiu os 40 anos de idade. “Com o passar do tempo, sobe a probabilidade de a pessoa ter sido exposta a fatores de risco como pressão alta, obesidade, tabagismo, dieta inadequada, entre outros”, lembra Daher.

Os energéticos seriam, então, um ingrediente extra na equação bombástica. Fora que uma parcela daqueles que à primeira vista esbanjam saúde – são magros, comem direito e fazem exercícios – possuem um risco aumentado de males cardíacos por causa da herança genética. Mais um motivo para espiar o rótulo e evitar se entupir de cafeína.

Bebida ácida
A recomendação vale por outras razões, como barrar a gastrite. Isso porque tanto a cafeína como os hormônios excitantes despejados na corrente sanguínea contribuem para a maior produção de ácidos que irritam a mucosa do estômago, o que explica a sensação de queimação. O estado de agitação ainda favorece a ocorrência de tremores involuntários pelo corpo todo, inclusive nas pálpebras. Para piorar, no dia seguinte a tendência é sentir uma espécie de ressaca, com sonolência e tudo mais. “Aí, crescem as chances de lançar mão da bebida novamente”, raciocina o cardiologista Rui Póvoa, da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).

Se as consequências da falta de comedimento já são temerosas nos adultos, imagine em crianças e adolescentes. “Eles são mais suscetíveis aos efeitos da cafeína. Sem contar que seu sistema cardiovascular está em formação”, enfatiza a cardiologista Grace Bichara, do Hospital Infantil Sabará, em São Paulo.

As preocupações vão além: é comum que os energéticos sejam misturados a bebidas alcoólicas. Segundo levantamento do Centro Brasileiro de Informações sobre Drogas Psicotrópicas da Unifesp, dos mais de 50 mil jovens entrevistados em 2010, pelo menos 60,5% relataram já ter consumido alguma bebida alcoólica, sendo que 15,4% adicionaram o energético ao copo.

“O perigo é que a mistura potencializa o efeito estimulante do álcool, motivando sua procura em outras ocasiões”, alerta Sionaldo Ferreira, professor de educação física da instituição. Levantamentos também apontam que a coordenação motora e o tempo de reação são afetados, abrindo brecha para acidentes.

A cafeína não está sozinha
Embora a maioria das chateações decorrentes dos energéticos esteja relacionada à presença dessa substância, há prejuízos que se manifestam graças a outras características do líquido. Sua acidez é um exemplo, como registra um estudo da Universidade do Vale do Itajaí, em Santa Catarina. Nele, dentes bovinos, cuja composição é semelhante à dos nossos, foram imersos no líquido durante 15 minutos, quatro vezes ao dia, por cinco dias.

O resultado não foi nada positivo. “A bebida removeu o cálcio dos dentes e tornou a superfície do esmalte porosa”, atesta Lídia Morales Justino, professora de odontologia e orientadora da pesquisa. “Isso cria condições para a deposição de corantes ali, culminando em mudança de cor”, completa. Colocando tudo na balança – do coração ameaçado aos dentes manchados -, você há de convir que uma boa noite de sono ainda é a melhor pedida para repor as energias. Energético? Só de vez em quando e com moderação.

Gás natural
Falta disposição para trabalhar ou assistir às aulas da faculdade?  Antes de recorrer aos energéticos para encontrar o vigor perdido, que tal se questionar a quantas andam seu sono, sua dieta e a frequência na academia? É que os três fatores, quando levados a sério, fornecem a energia necessária para você aguentar o corre-corre. “Parece simples, mas a maioria das pessoas não dorme pelo menos oito horas diárias, tem uma alimentação desequilibrada ou não faz exercícios pelo menos quatro vezes por semana”, lamenta o cardiologista Daniel Daher, da SBC.

Os efeitos do excesso de energético pelo corpo

Contrações musculares
A descarga de adrenalina e noradrenalina no organismo pode desencadear contrações involuntárias nos músculos.

Fasciculação
Os níveis elevados de hormônios estimulantes correndo pela circulação fazem as pálpebras tremerem.

Infarto e AVC
As substâncias que conferem excitação também geram endurecimento das artérias. No cérebro, o aperto pode levar a um derrame. No coração, a um ataque cardíaco.

Erosão dentária
O pH baixo dos energéticos fomenta um desequilíbrio bucal. Assim, o cálcio sai dos dentes, alterando a superfície do esmalte.

Gastrite
Os hormônios liberados por causa da cafeína da bebida favorecem a produção de ácidos no estômago. Isso explica a possibilidade de queimação.

Fontes consultadas: Daniel Pellegrino dos Santos, cardiologista do Hospital do Coração; Luciana Janot Matos, cardiologista do Hospital Israelita Albert Einstein; Lídia Morales Justino, professora do curso de Odontologia da Universidade do Vale do Itajaí, em Santa Catarina

Fonte: Saúde!

Curta nossa página no Facebook

Confronto em Milagres deixou 5 reféns de uma mesma família mortos, incluindo dois menores

Os assaltantes,que entraram em confronto com a polícia na madrugada desta sexta-feira (7) em Milagres, no Sul do Ceará, estavam com seis reféns, sendo cinco de uma mesma família, que retornava do Aeroporto em Juazeiro. Todos os reféns morreram no confronto. 

O tiroteio deixou 12 pessoas mortas, segundo a Coordenadoria de Medicina Legal em Juazeiro do Norte. Das outras sete pessoas mortas no confronto, seis são assaltantes. A família ia para Serra Talhada, em Pernambuco, e foi abordada pelos criminosos na rodovia BR-116, depois de retornar do Aeroporto de Juazeiro, no Cariri.

O IML de Juazeiro do Norte havia informado, inicialmente, 13 mortes no tiroteio em Milagres. Em nota, a Secretaria de Segurança confirmou 12 óbitos. 

Ataque foi frustrado pelo trabalho de inteligência da polícia
Os assaltantes pretendiam atacar agências do Banco do Brasil e do Bradesco, em Milagres, mas foram abordados pela polícia perto dos estabelecimentos, que ficam na mesma rua. A ação policial que frustrou foi consequência do trabalho de inteligência da polícia, destacou o prefeito. "Nosso secretário de segurança [tenente George Freitas] estava num trabalho com policiais locais e vinham monitorando o planejamento", disse.

De acordo com Lielson Landim, uma força policial de Fortaleza também deu apoio à ação.

Prefeitura de Milagres publica nota: "permaneçam em suas casas"
Por medida de segurança, resolve suspender os serviços nas repartições públicas da municipalidade. "A recomendação é que todos permaneçam em suas casas até que a ordem seja restabelecida", disse ainda parte da nota.

Fonte: Diário do Nordeste

Curta nossa página no Facebook

"Caminhos do Crato" têm melhorado a vida dos moradores do bairro Muriti

O déficit de ruas pavimentadas, seja com pedra tosca ou asfalto, tem diminuído com o avanço das obras do programa "Caminhos do Crato". Os resultados já podem ser vistos em todos os recantos do município. Afinal, o programa, maior da história da cidade, tem beneficiado a sede e os distritos.

Uma promessa antiga e, hoje, cumprida foi a pavimentação da Rua Maria Carmen Gonçalves Esmeraldo, no bairro Muriti, que abriga diversos comércios, integrando o Distrito Industrial do Crato. Os comerciantes reclamavam muito do difícil acesso que os clientes tinham às suas empresas.

“Cada dia que se passava o fluxo de veículos vinha aumentando e ficando muito complicado o trânsito de veículos nessa rua, que alagava e, devido a falta de infraestrutura, causava prejuízos. Inclusive em nossa firma, que trabalha com a inspeção veicular e inspeção de Tacógrafos, recebemos veículos de grande porte, a exemplo dos rodotrens, sendo a única creditada pelo Inmetro na região a realizar certos tipos de inspeções, caminhões atolavam a poucos dias, e a sensibilidade de Nosso Prefeito Zé Ailton em intervir em nosso favor, demonstra a preocupação de um gestor atento às demandas de seu povo”, afirmou o empresário da GS Tacógrafos e Inspeção Veicular.

Conforme já afirmou o Secretário de Infraestrutura, Zé Muniz, até o fim de 2019, serão investidos cerca de R$ 49 milhões apenas em pavimentação. O programa tem feito e refeito ligações importantes entre sítios, distritos e a sede do município, melhorando a mobilidade em toda a cidade.

Assessoria de Comunicação/PMC

Curta nossa página no Facebook

Pânico em Milagres: Tentativa de ataque a banco termina com 12 mortos

Uma quadrilha armada e com reféns foi surpreendida pela polícia antes de atacar duas agências bancárias da cidade de Milagres, na Região do Cariri, na madrugada desta sexta-feira (7). Houve troca de tiros e 12 pessoas morreram no confronto, de acordo com o prefeito da cidade de Milagres, Lielson Landim. Cinco pessoas da mesma família que ia para Serra Talhada, em Pernambuco, morreram, incluindo dois menores com idades entre 10 e 14 anos.

O IML de Juazeiro do Norte havia informado, inicialmente, 13 mortes no tiroteio em Milagres. Em nota, a Secretaria de Segurança confirmou 12 óbitos. 

Parte da quadrilha conseguiu fugir sem levar nada.

Duas caminhonetes usadas na ação
A tentativa de roubo aconteceu por volta de 2h15 da madrugada. A Polícia Militar ainda informou que equipes realizam investigações na região com objetivo de identificar e prender o grupo. Duas caminhonetes usadas na ação foram localizadas durante a operação policial.

Explosivos foram localizados dentro dos veículos. Agentes da Coordenadoria de Medicina Legal (Comel) da Perícia Forense (antigo IML) informaram que dois veículos foram acionados para buscar corpos em Milagres. 

Pânico na cidade e tiros por 20 minutos
Segundo o comerciante e agricultor, Mendonça de Santa Helena, que mora próximo ao local, a troca de tiros durou cerca de 20 minutos.

“Nunca tinha visto algo parecido. Eu fiquei dentro de casa abaixado e com medo. Ouvi gritaria e pessoas chorando. Foi horrível”, relata o comerciante.

Ainda segundo Mendonça, depois que o grupo fugiu, "deu para perceber que, pelo menos, seis pessoas estavam no chão" com sangramentos. Duas caminhonetes foram abandonadas nas redondezas. 

Agências do BB e Bradesco são vizinhas
A ação ocorreu a um quarteirão da Prefeitura de Milagres, no Centro. As duas agências, uma do Banco do Brasil e outra do Bradesco, localizam-se em uma das ruas mais movimentadas do município. 

Caminhão estava parado na via
A Polícia Rodoviária Federal do Ceará (PRF-CE) solicita que os motoristas evitem a BR-116 que dá acesso à entrada ao município de Milagres. Um caminhão parado na via estava impedindo o tráfego. Uma das alternativas é a CE-384. Ainda não há confirmação de que esse bloqueio tenha ligação com a tentativa de assalto às agências bancárias da cidade.

Fonte: Diário do Nordeste

Curta nossa página no Facebook

Médica cearense que hostilizou cubanos é convidada para chefiar o Mais Médicos no governo Bolsonaro

A médica pediatra Mayra Pinheiro, que ganhou projeção por se opor à participação de médicos cubanos no programa Mais Médicos no Ceará, foi convidada pelo futuro ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta (DEM-MS), para assumir a Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde (STGES). 

A médica confirmou que aceitou o convite em post no Facebook nesta quarta-feira (5). "Trabalharei incansavelmente ao lado do ministro Luís Henrique Mandetta, para melhorar a saúde pública no meu país", disse Pinheiro na rede social.

A indicação da médica partiu da Frente Parlamentar da Medicina, da qual Mandetta é o líder. Pinheiro é professora universitária e presidiu o sindicato dos médicos do Ceará entre 2015 e 2018. Ela também participou como integrante da sociedade civil da Frente Parlamentar da Saúde no Congresso. "O convite foi técnico. É o reconhecimento por esse trabalho", disse a pediatra ao UOL. Ela chefiará a secretaria que, entre outras atribuições, cuida do programa Mais Médicos.

Em 2013, a classe médica cearense ganhou visibilidade nacional ao receber os profissionais cubanos do programa com vaias e aos gritos de "escravos". Mayra Pinheiro nega que tenha participado dessas manifestações. Depois dos episódios de protestos contra o programa implantado pela ex-presidente Dilma Rousseff (PT), Pinheiro se filiou ao PSDB do Ceará.

Na época, a pediatra afirmou que a categoria não se opunha ao programa, mas à forma como foi implantado, sem discussão com a classe e mediante contratação de estrangeiros sem revalidação do diploma.

"A minha posição sempre foi de ser contra não à vinda de cubanos, mas de intercambistas sem revalidação e pessoas que vieram do programa de cooperação internacional", disse Pinheiro ao UOL. A participação de cubanos no Mais Médicos ocorria por intermédio da Opas (Organização Pan-Americana de Saúde). 

Ela também critica a "abertura indiscriminada" de escolas médicas pela lei que criou o Mais Médicos e a alteração do currículo dos cursos de medicina, que teriam feito com que aulas passassem a ser ministradas em unidades de emergência sem estrutura satisfatória. 

Pinheiro, contudo, elogia o programa do governo federal e considera que ele é atrativo para os médicos. "Médicos veem no Mais Médicos uma renda segura, garantida pelo governo federal. E [o Mais Médicos] funciona como programa de financiamento [para o município], a cidade economiza [com a contratação de médicos]", afirma. 

Sobre o trabalho que assumirá no Ministério da Saúde a partir de janeiro, ela disse que já há encaminhamento na equipe de transição de uma "inversão de prioridade" na seleção de médicos em futuros editais do Mais Médicos para que sejam priorizados municípios classificados como de extrema pobreza. "[Haverá] obrigatoriedade das vagas nesses municípios serem preenchidas primeiro. Depois libera vagas para outras cidades", disse a pediatra. 

Ela também defende a criação de um programa chamado "Mais Saúde", que levaria outros profissionais de saúde, como fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais, para áreas pobres e distantes dos grandes centros. "Um programa que enxergue a saúde como um todo", explicou. Pinheiro também destacou a importância da secretaria que assumirá no desenvolvimento da residência médica, atenção básica e serviços de telessaúde com especialistas realizando diagnóstico à distância.

Candidatura ao Senado
Neste ano, ela concorreu a uma das duas vagas do Ceará no Senado, na chapa do general Guilherme Theophilo, candidato ao governo cearense derrotado pelo petista reeleito Camilo Santana. Pinheiro acabou na 4ª posição do pleito, com 882.019 votos. 

Após as eleições, Pinheiro foi desligada do Hospital Geral de Fortaleza, onde trabalhava. O afastamento teria ocorrido em razão das denúncias que a médica fazia nas redes sociais mostrando pacientes à espera de atendimento em corredores de hospitais do Ceará.

A pediatra, que presidiu até esse ano o Sindicato dos Médicos do Ceará, lançou pela entidade o programa "Médicos por Amor" logo após o anúncio de que os médicos cubanos deixariam o Mais Médicos. A iniciativa busca médicos voluntários para atuar em cidades cearenses que ficaram sem profissionais com a saída dos cubanos. Mayra Pinheiro afirmou ter recrutado, até o dia 25 de novembro, 211 brasileiros para atender nesses municípios

"Ela tem o perfil que o presidente Jair Bolsonaro procura", afirmou o deputado Raimundo Gomes de Matos (PSDB-CE), colega de partido e de estado de Pinheiro.

Fonte: UOL

Curta nossa página no Facebook

07 de dezembro

1866 – O rio Amazonas e seus afluentes e o rio São Francisco são abertos aos navios mercantes de todas as nações.
1941 – O Japão ataca Pearl Harbor, na ilha de O'ahu, Havaí, marcando a entrada dos Estados Unidos na Segunda Guerra Mundial.
1975 – A Indonésia invade e ocupa Timor-Leste.

Nasceram neste dia…
1598 – Gian Lorenzo Bernini, artista italiano (m. 1680).
1810 – Theodor Schwann, biólogo alemão (m. 1882).
1924 – Mário Soares (foto), 17º presidente de Portugal.

Morreram neste dia…
43 a.C. – Cícero, político e orador romano (n. 106 a.C.).
983 – Otão II, imperador do Sacro Império Romano-Germânico (n. 955).
1894 – Ferdinand de Lesseps, diplomata e empresário francês (n. 1805).

Fonte: Wikipédia

A convite de Camilo, Guimarães deixará Câmara Federal e comandará secretaria

O deputado federal José Nobre Guimarães (PT) aceitou o convite do Governador Camilo Santana (PT) e assumirá, a partir do dia primeiro de janeiro de 2019, a Secretaria do Desenvolvimento Agrário do Estado. Ao pedir licença, a vaga de Guimarães será ocupada pela hoje deputada federal Gorete Pereira (PR), que ficou como primeira suplente da aliança formada pelo PR, PC do B, PT, PV e PP.

Reeleito em 2018 com 173.039 votos, Guimarães exerce hoje o terceiro mandato consecutivo de deputado federal e sempre foi considerado um bom articulador político. Lideranças  do PT fizeram restrições a sua saída da Câmara, mas Guimarães enxerga um cenário político nacional adverso que o desestimula a permanecer em Brasília.

A Secretaria do Desenvolvimento Agrário é um terreno que José Guimarães conhece de perto. O atual titular da pasta – Francisco de Assis Diniz, é seu apadrinhado político, assim como o antecessor Dedé Teixeira. A  SDA deverá ganhar, no segundo Governo de Camilo Santana, ações ainda mais amplas porque, dentro da reforma administrativa que está sendo realizada, a pasta irá incorporar as atribuições da Secretaria de Agricultura, Pesca e Aquicultura.

Reforma administrativa
Camilo recebeu das mãos do Secretário de Planejamento, Maia Júnior, um esboço sobre a reforma administrativa, que terá extinção, fusão e incorporação de secretarias e órgãos da administração estadual. A estratégia é a criação de supersecretarias em áreas afins. Há, porém, reações internas. Camilo gostaria de unir as Secretarias da Fazenda, Administração e Planejamento.

O ex e futuro secretário Mauro Filho, que comandou a pasta da Fazenda durante 10 anos, fez ponderações e Camilo teria recuado para deixar Secretaria da Fazenda com a estrutura atual. Camilo começou a conversar com os deputados estaduais sobre o novo cenário político e econômico e a mostrar uma realidade adversa. Aos aliados, expôs dificuldades e vem pedindo apoio dos deputados estaduais que integram a base do Governo na Assembleia Legislativa para aprovação de projetos, como a reforma administrativa.

Fonte: Ceará Agora

Curta nossa página no Facebook

Remédio para hipertensão aumenta risco de câncer, alerta Anvisa

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) divulgou nesta terça-feira, 4, um alerta sobre o aumento do risco de câncer de pele não-melanoma decorrente do uso cumulativo do hidroclorotiazida, medicação diurética utilizada no tratamento da hipertensão arterial e para controle de edemas.

“A descoberta foi realizada por meio de estudos epidemiológicos que demonstraram uma associação dose-dependente cumulativa (que ocorre quando a quantidade utilizada de um determinado medicamento está diretamente relacionada com seus efeitos) entre o medicamento em questão e o câncer de pele não-melanoma”, informou a entidade.

Além disso, um dos estudos encontrou uma possível associação entre câncer de lábio e a exposição ao remédio. A explicação para este resultado estaria nas ações fotossensibilizadoras da hidroclorotiazida, que facilitam a absorção da substância pela pele, podendo atuar como um possível mecanismo para a doença.

Para classificar como plausível a associação entre o aumento do risco de câncer de pele não-melanoma e o uso em longo prazo de medicamentos contendo hidroclorotiazida, a Anvisa considerou as recomendações do Comitê de Avaliação de Riscos em Farmacovigilância da Agência Europeia de Medicamentos (EMA, na sigla em inglês).

Recomendações
Por meio de comunicado, a agência solicitou que os profissionais de saúde informem aos pacientes sobre os riscos, especialmente para aqueles que já fazem uso do hidroclorotiazida em longo prazo. Eles também devem ser orientados a verificar regularmente a pele quanto a novas lesões e a notificar imediatamente o médico sobre qualquer tipo de lesão cutânea suspeita. Outra recomendação é que o tratamento não seja interrompido antes que os pacientes consultem o médico.

“Lesões cutâneas suspeitas devem ser prontamente examinadas, incluindo exame histológico de biópsias. Medidas preventivas, tais como limitação da exposição à luz solar e aos raios ultravioleta, podem ser realizadas no intuito de minimizar o risco de câncer de pele. O uso de hidroclorotiazida pode ser revisto em pacientes com histórico de câncer de pele não-melanoma”, recomendou a Anvisa.

Outra medida para alertar os pacientes será solicitar a inclusão das novas informações de segurança nas bulas de todos os medicamentos que contêm o princípio ativo hidroclorotiazida.

Câncer de pele
O câncer de pele não-melanoma compreende os tumores mais comuns, que ocorrem principalmente em pessoas de pele clara, após exposição solar por longo tempo. Geralmente, apresentam apenas crescimento local, mas não cicatrizam ou se curam sem tratamento e tendem a aumentar com o tempo, podendo causar deformação, dor e sangramento.

Dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca) indicam que esse é o tipo de câncer mais frequente no Brasil e corresponde a 30% de todos os tumores malignos registrados no país. Se detectado precocemente, a doença apresenta altos percentuais de cura. Entre os tumores de pele, o tipo não-melanoma é o de maior incidência e de mortalidade mais baixa.

Monitoramento
A Anvisa informou que monitora continuamente os medicamentos comercializados no Brasil e reforçou que profissionais de saúde e pacientes devem notificar os eventos adversos ocorridos com o uso de qualquer substância. A notificação por pacientes pode ser feita por meio de formulário através da Central de Atendimento ao Público (0800 642 9782) ou pela Ouvidoria (através do e-mail: ouvidori@tende). Para os profissionais de saúde, a Anvisa disponibiliza o sistema Notivisa.

Fonte: Veja.com (Com Agência Brasil)

Curta nossa página no Facebook

Seduc divulga calendário de matrícula para alunos novatos da rede pública estadual

A Secretaria da Educação divulgou, nesta quarta-feira (5), o calendário de matrículas para alunos novatos nas escolas da rede pública estadual de ensino. Em Fortaleza, o processo inicia-se no próximo dia 13 de dezembro de 2018 e segue até 31 de janeiro de 2019. Para as escolas do interior, cada Coordenadoria Regionais de Desenvolvimento da Educação (Crede) dispõe de um cronograma específico.

O interessado deverá procurar a unidade de ensino mais próxima de sua residência para efetivar a matrícula. Caso o limite de vagas já tenha sido preenchido, o aluno será matriculado em outro estabelecimento de ensino da rede estadual na mesma região.

Os pais e responsáveis devem levar a cópia da certidão de nascimento e transferência ou declaração de escolaridade, além de uma pasta escolar e duas fotos 3×4. A ausência de qualquer um desses documentos, no entanto, não impedirá o atendimento. É recomendável que o aluno do ensino médio apresente também os documentos de Registro Geral (RG) e Cadastro de Pessoa Física (CPF).

O processo de matrícula é composto de três etapas. Começa com a confirmação dos alunos veteranos por parte de pais e responsáveis ou do próprio estudante sobre a sua permanência na escola. Na segunda, acontece o remanejamento de alunos entre as unidades da rede estadual. A terceira etapa é direcionada aos remanejamentos internos, quando os estudantes matriculados nas escolas da rede estadual que não oferecem continuidade nos estudos são remanejados para outra unidade escolar da mesma rede, e externo, quando as redes estadual e municipais se organizam para atender à demanda de matrícula da rede pública. A última fase é destinada aos alunos novatos, em geral, oriundos da rede particular ou de outro Estado.

A matrícula é uma atividade que acontece na escola, marcando o início da organização do processo de ensino e aprendizagem que vai ser desenvolvido durante o ano letivo na rede pública. Esta articulação, além de fortalecer a parceria entre os dois entes federados, visa agilizar o processo, facilitando o atendimento à população. A Seduc ressalta que o importante é assegurar o ingresso de todos na escola.

Assessoria de Comunicação/Seduc

Curta nossa página no Facebook

Como identificar os primeiros sintomas de derrame cerebral

A ajuda médica imediata é fundamental para limitar os danos ao cérebro, muitas vezes devastadores, de pacientes que sofrem um Acidente Vascular Cerebral (AVC) --conhecido também como derrame cerebral. Tal intervenção pode, de fato, marcar a diferença entre ter uma lesão cerebral leve ou uma grave incapacidade ou até morte.

No entanto, a maioria das pessoas que sofre deste mal não identifica o que está acontecendo no momento de um derrame e deixa de buscar ajuda mesmo várias horas depois dos primeiros sintomas.

Com frequência, os pacientes minimizam estes sintomas, acreditando que são temporários e vão desaparecer. Mas, após poucos minutos em que a circulação de sangue no cérebro é interrompida, as células começam a morrer.

Sintomas de alarme
O sintoma mais comum de um derrame é a fraqueza repentina no rosto, no braço ou na perna, quase sempre em um lado do corpo, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS).

De acordo com o serviço de saúde pública do Reino Unido (NHS, na sigla em inglês), é preciso chamar imediatamente os serviços de emergência caso seja notado algum dos seguintes sintomas:
  • Paralisação no rosto: Uma parte do rosto pode parecer "pendurada". O paciente pode não sorrir, ou a boca e o olho podem parecer flácidos.
  • Fraqueza nos braços: Uma pessoa que está sofrendo um AVC pode não ser capaz de levantar os dois braços e mantê-los suspensos. Ela pode, por exemplo, sentir-se fraca ao levantar um copo. Outro sinal de alerta é a dormência no braço.
  • Dificuldade na fala: O paciente pode perceber sua fala lenta, articular mal as palavras ou dizer coisas confusas e incoerentes. Algumas pessoas podem ficar totalmente incapazes de falar, apesar de estarem acordadas.

Outros sintomas que precisam de atenção são problemas súbitos com um ou ambos os olhos; dificuldade repentina em andar; tonturas; perda de equilíbrio ou falta de coordenação; dor de cabeça súbita e severa; confusão e problemas de percepção.

O que ocorre durante um derrame?
Como todos os órgãos, para funcionar corretamente, o cérebro precisa do oxigênio e dos nutrientes que o sangue carrega. O Acidente Vascular Cerebral (AVC) ocorre quando esse fluxo sanguíneo é interrompido.

Isso pode acontecer devido a um coágulo que bloqueia a passagem do sangue ou a ruptura de um vaso sanguíneo no cérebro.

O NHS estima que uma em cada quatro pessoas que sofrem um derrame cerebral morre - e aqueles que sobrevivem muitas vezes adquirem sérios problemas de longo prazo como resultado de danos cerebrais.

Pessoas mais velhas correm maior risco de ter um AVC, embora eles possam acontecer a qualquer idade, incluindo entre crianças.

Mas, de acordo com a médica e apresentadora da BBC Saleyha Ahsan, a probabilidade de sofrer um derrame cerebral dobra a cada década após os 55 anos.

Ainda assim, em 2015, um relatório da organização britânica Stroke Association alertou para um crescimento "preocupante" da incidência de AVCs entre homens e mulheres mais jovens, com idade entre 40 e 54 anos. No Reino Unido, foram registrados, em 2014, 6.221 homens vítimas de AVC nesta faixa etária - um aumento de 1.961 casos em comparação a 2000. Entre as mulheres, foram 1.075 casos a mais.

Segundo especialistas, o aumento se deve a hábitos de vida menos saudáveis - como o aumento da obesidade, sedentarismo e dietas pobres -, além do crescimento populacional e mudanças nos hospitais.

Recomendações chave
Ahsan também recomenda monitorar a taxa de batimentos cardíacos por minuto. A fibrilação atrial, um distúrbio do ritmo cardíaco que gera batimentos irregulares, pode multiplicar o risco de AVC em cinco vezes.

Além disso, é importante estar atento e pedir ajuda médica se houver um miniderrame, conhecido na medicina como acidente isquêmico transitório (AIT). Neste caso, os sintomas são os mesmos, mas temporários, e desaparecem antes das 24 horas. Às vezes, podem durar apenas alguns minutos.

Mas ignorá-los é perigoso: de acordo com Ahsan, uma em cada 12 pessoas que tem um miniderrame sofre um grande AVC em menos de uma semana. Muitos especialistas alertam que, além da hipertensão, colesterol, diabetes e fibrilação atrial existem outros fatores que aumentam o risco de sofrer um AVC, como tabagismo, obesidade, falta de atividade física e dieta pobre.

Fonte: BBC Brasil

Curta nossa página no Facebook

Prefeitura do Crato lança "Programa de Aração de Terras"

A Prefeitura do Crato, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Agrário e Recursos Hídricos (SMDARH), lança na próxima segunda, 10 de dezembro, às 8h, em frente a sede do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais do município do Crato, o Programa de Aração de Terras dos Agricultores Familiares que irá beneficiar diretamente 352 famílias e cerca de 2 mil pessoas.

De acordo com o gestor da SMDARH, Zilcélio Alves, foram licitados 450 horas trator, além de ser feito a gradagem de 206,32 hectares de terras no município e serão investidos R$ 42.532,52 reais.

O programa será distribuído nos seguintes distritos e comunidades: Brejo dos Muniz; Sítio São José; Sítio Santa Rosa; Santa Fé; Monte Alverne; Ponta da Serra; Dom Quintino; Campo Alegre; Belmonte; Bela Vista; Baixio das Palmeiras.

Assessoria de Comunicação/PMC

Curta nossa página no Facebook

Conselhos para você conseguir, de uma vez por todas, poupar dinheiro no próximo ano

Toda virada do ano a novela se repete. Muitas pessoas se sentem mais inspiradas em mudar algum hábito e começam enumerar resoluções para os próximos meses. No topo da lista, muitas vezes, está a vontade de conseguir poupar mais dinheiro ou, pelo menos, quitar as dívidas. Mas, assim como o Governo, manter as contas equilibradas em tempos de crise tem sido uma tarefa complicada para os brasileiros e o desejo de poupar não tem saído do papel. Com os preços nas alturas e renda em baixa, gastar mais do que se ganha tem virado cada vez mais uma rotina. Para fugir dessa armadilha, elencamos elencou alguns conselhos que vão ajudar a organizar sua vida financeira.

Segundo especialistas, o primeiro passo para fugir das dívidas é fazer um controle preciso de tudo o que você recebe e de tudo o que gasta por mês. Desta forma, é possível se planejar e descobrir quais despesas são realmente necessárias e quais podem ser diminuídas ou eliminadas de vez. Aquele cafezinho que você toma depois do almoço todos os dias pode parecer inofensivo, mas, quando colocar na ponta do lápis o quanto é gasto por mês com esse hábito, você poderá se surpreender. Além disso, você pode começar a negociar planos de celular, de internet e de televisão a cabo mais baratos, para cortar as despesas fixas do mês.

Outra dica importante é começar a pensar em tudo o que você abdica para comprar “aquele smartphone de última geração” que se parece demais com um outro que você já tem. Quanto vale o aparelho em passagens de ônibus, refeições, mensalidade escolar?

O empresário Fernando Baptista dos Santos conseguiu enxergar onde estavam seus "desperdícios" quando começou a usar um aplicativo de celular que organiza os gastos diários, o Guia Bolso. O app está conectado diretamente com suas contas bancárias e todas as saídas e entradas de dinheiro são anotadas automaticamente na planilha do celular. Os gastos também são divididos por categoria como saúde, transporte, mercado, bares, contas. E foi justamente um desses grupos que surpreendeu o empresário. “Eu não tinha ideia de como gastava com transferências bancárias. Fui até o meu banco e negociei essas taxas. Também percebi o quanto gastava com aquele cafezinho após o almoço, resolvi enxugar essa despesa, poupei mais de 300 reais”, conta Santos. 

Para o empresário, mapear seu orçamento foi o pontapé para a mudança na sua organização financeira. “Depois disso comecei a poupar e investir meu dinheiro muito mais, inclusive consegui quitar o financiamento do meu apartamento bem antes do esperado”, explica.

Rodrigo de Losso, professor de economia da Universidade de São Paulo (USP), alerta que o inimigo número um de quem está endividado é o cartão de crédito ou o cheque especial, tratados, geralmente, como complementos de salário. “O ideal é juntar o dinheiro que se pretende gastar, e não adquirir dívidas para comprar alguma coisa”, diz. Claro que nem sempre sobra dinheiro, ainda mais em tempos de recessão. E imprevistos acontecem. Mas é preferível se endividar com crédito pessoal, que tem juros menores, do que com cartão de crédito, que cobra as maiores taxas entre os serviços financeiros. Em média, a taxa de juros do cartão é de 450% ao ano, o que significa que a sua dívida mais do que quintuplica a cada ano sem pagá-la.

“Se você já está no vermelho, com dívidas de cartão e de cheque especial, opte por conseguir um crédito pessoal no banco para pagá-las. Assim você substitui juros altos por juros mais baixos e acaba quitando a dívida com menos sufoco”, aconselha Losso. O professor também afirma que é importante fazer um “pente fino” em seu extrato bancário para economizar mais. “Às vezes você contratou seguro sem querer, pois assinou um monte de papéis na agência sem ler”, complementa.

Segundo passo
Depois de sair do vermelho, você pode se planejar para poupar um pouco todos os meses. Losso estima que, pelo menos entre 5% e 10% do seu salário deve ser aplicado em algum investimento todos os meses, quantia que pode lhe garantir um 14º salário por ano.

“O valor a ser investido deve ser encarado como uma despesa no seu orçamento mensal. Comece poupando um pouquinho e, com o tempo, vá aumentando quando puder. Mas isso precisa se tornar um hábito. Não adianta poupar hoje e deixar de poupar amanhã”, afirma o professor.

A Faculdade de Economia (FEA) da USP lançou um programa gratuito de consultoria financeira, sob coordenação de Losso, em fevereiro do ano passado. O atendimento deve ser agendado por telefone e ocorre todos os dias úteis, em horário comercial. Cerca de 40% das pessoas que procuram o serviço ganham até quatro salários mínimos. Do total, 30% estão endividados, 30% desejam apenas aprender a planejar as finanças pessoais e 35% querem aprender a investir. Os outros 5% buscam conselhos para planejar a aposentadoria ou comprar imóveis. Em um ano e meio de funcionamento, o Serviço de Orientação Financeira (Sof) atendeu 220 pessoas, número que vem crescendo por conta da crise. O professor destaca que muitas pessoas têm chegado até o SOF para saber como aplicar melhor os recursos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), agora que estão desempregadas. 

“Somos conservadores, pois lidamos com um público que não entende de investimentos. Mas explicamos que há muitas opções de baixo risco que rendem mais que a poupança, um investimento que só teve perdas reais nos últimos anos”, afirma Losso.

“As pessoas precisam tomar muito cuidado com o banco, pois há um conflito de interesses na hora do gerente aconselhar os clientes a como investir. A primeira coisa que fazem é sugerir poupança. Só o banco sai ganhando com poupança. Outro absurdo que sugerem muito é um título de capitalização”, alerta. O rendimento de um título de capitalização é o menor do mercado e não consegue nem garantir a inflação. Só ganha com esse produto financeiro quem é sorteado, no fim das contas.

Fonte: El País

Curta nossa página no Facebook

Chuvas da pré-estação são registradas em mais de 60 municípios do Ceará

O Ceará registrou, no intervalo entre as 7h desta quarta-feira (5) e as 7h desta quinta-feira (6), chuvas em, pelo menos, 60 municípios. Os dados, ainda em atualização, são da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme).

As maiores precipitações aconteceram em Farias Brito (178.0 mm), Campos Sales (92.5 mm), Arneiroz (74.5 mm), Catarina (73.0 mm), Novo Oriente (70.0 mm). Tais registros acontecem por influência de áreas de instabilidade sobre o Piauí e associadas à presença de uma Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS), que é uma banda de nebulosidade e precipitação com orientação noroeste-sudeste, indo desde o sul e leste da Amazônia até o sudoeste do Oceano Atlântico Sul.

Além da continuidade da ZCAS, a Funceme identifica, por meio da análise de imagem de satélite e previsão de modelos numéricos, a presença de um Vórtice Ciclônico de Altos Níveis (VCAN) sobre o oceano Atlântico e próximo à costa leste do Nordeste. Assim com o Cavado de Altos Níveis (CAN) observado no último fim de semana, áreas de nebulosidade e, consequentemente, chuvas são proporcionadas na área da borda deste sistema. Ambos os sistemas são típicos da Pré-Estação, que vai até o fim de janeiro no Ceará.

“Esses sistemas trazem as chuvas neste período e são formados a partir de instabilidades atmosféricas devido a sistemas frontais que chegam no sul do Nordeste (principalmente na Bahia), influência da Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS) e da Zona de Convergência de Umidade (ZCOU), que ocorrem próximas ao sul do Nordeste. Importantes chuvas podem ser produzidas por VCANs e CANs. Ocasionalmente, também instabilidades associadas à uma declinação mais ao sul do equador da ZCIT podem ocasionar precipitações”, explica o meteorologista e supervisor da Unidade de Tempo e Clima da Funceme, Raul Fritz.

Previsão
A previsão do tempo é de eventos de chuvas em todas as regiões nas próximas 72 horas.

Aporte
Apesar da possibilidade de chuvas fortes, como os registros no intervalo das últimas 24 horas em Ubajara, Ibiapina e Tianguá, geralmente tais precipitações não costumam contribuir tanto para o aporte dos açudes, o que reforça a necessidade do uso consciente da água.

“Dezembro que tem uma média estadual baixa, sendo de 31,6 milímetros. Já em janeiro tivemos exemplo, histórico, de aporte muito significativo, em 2004, quando as chuvas sobre o Estado ultrapassaram em 311% a média estadual. Mas casos desse tipo não são frequentes. As médias de dezembro e de janeiro, quando alcançadas, representam aporte muito pequeno”, reforça Fritz.

Durante a Pré-Estação Chuvosa, os municípios do Cariri costumam ser os mais beneficiados com as chuvas. A média histórica da região começa a crescer a partir de novembro. Já neste mês de dezembro ,com 68 milímetros, ela já é a maior do estado por influência dos sistemas frontais que chegam no sul do Nordeste como a ZCAS e a ZC.

Assessoria de Comunicação/Governo do Estado do Ceará

Curta nossa página no Facebook

7 passos para arruinar uma entrevista de emprego

Nem um currículo impecável, nem recomendações de peso: nada pode compensar os efeitos de uma entrevista de emprego catastrófica.

Uma receita infalível para o fracasso é combinar ignorância com prepotência, na visão de Rafael Souto, CEO da consultoria Produtive.

“Não há nada pior para um recrutador do que um candidato que quer ‘dar pitaco’ sobre o que claramente não entende”, diz ele.

Na verdade, existem formas quase infinitas de garantir o "não" na fase presencial de um processo seletivo. Mas alguns erros são mais comuns do que outros.

Com a ajuda de especialistas, compilamos as 7 posturas mais frequentes de candidatos barrados em entrevistas. É o que você verá a seguir:

1. Chegue atrasado e não peça desculpas
Para começar com o pé esquerdo, nada melhor do que desrespeitar o horário marcado com o recrutador - e, de quebra, não demonstrar a menor preocupação com isso.

Segundo Ricardo Ribas, gerente-executivo da Page Personnel, pequenos atrasos são relativamente aceitáveis em cidades grandes, mas se tornam imperdoáveis se o candidato não pede desculpas e nem justifica a ocorrência.

2. Comece a conversa falando mal do emprego anterior
Nenhuma atitude é tão comprometedora quanto criticar e desqualificar chefes e colegas do passado, diz Rafael Souto, CEO da consultoria Produtive.

“A mensagem que fica para a empresa contratante é que o candidato pode fazer isso com qualquer empregador, inclusive com ela própria”, afirma.

3. Mostre desconhecimento sobre a sua própria trajetória
Segundo Ribas, ter um discurso impreciso e contradizer informações apresentadas no seu currículo são sinais claros de despreparo para qualquer recrutador.

Se o candidato é vago ou incoerente durante a entrevista, duas hipóteses são consideradas: ou ele não domina a sua própria história profissional, ou está mentindo.

4. Descreva-se como um super-herói
Souto diz que muitas pessoas tentam vender uma ideia de que todos os seus resultados foram maravilhosos - e tudo graças a elas.

Além de soar arrogante, essa atitude mostra que o candidato desconhece ou subestima a importância do trabalho em equipe. “É justamente o que as empresas não querem mais atualmente”, afirma ele.

5. Apresente uma pretensão salarial totalmente aleatória
Nem todos os recrutadores perguntam qual é a remuneração pretendida pelo candidato. Mas, se esse for o caso, lançar um valor qualquer à mesa é uma péssima ideia.

Isso porque candidato precisa mostrar o raciocínio que o levou a pedir um determinado salário, diz Souto. Se não é assim, soa como uma aposta.

6. Ao final, não pergunte nada (ou pergunte algo desnecessário)
Para Ribas, profissionais que não questionam nada na entrevista transmitem falta de curiosidade pela empresa e até desinteresse pela vaga.

Também é problemático encher o entrevistador de perguntas sobre assuntos irrelevantes. “Não é o momento para querer saber sobre a marca do carro a que a equipe comercial terá acesso, por exemplo”, diz ele.

7. Nos dias seguintes, pressione o recrutador por um retorno
A má impressão causada por um candidato pode continuar mesmo semanas depois da entrevista. Basta ligar e mandar e-mails insistentemente para o recrutador cobrando por uma resposta, diz Ribas.

Além de transmitir ansiedade e insegurança, a postura por si só é irritante. “É melhor perguntar ao recrutador qual é o prazo para a conclusão do processo seletivo e esperar pacientemente até a data”, aconselha o especialista.

Fonte: Exame.com

Curta nossa página no Facebook

Governo do Crato oferece melhorias para a população da Vila Alta através de reforma da Unidade Básica de Saúde

As obras de reforma e revitalização da Unidade Básica de Saúde Raimundo Bezerra de Farias, localizada no Conjunto Dr. Antenor, realizada pela Prefeitura do Crato, através da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), avança na melhoria dos serviços prestados no município. A intenção do prefeito Zé Ailton Brasil é melhorar a estrutura tanto para o atendimento à população quanto para dar condições ao trabalho dos profissionais.

Com recursos próprios do município, a administração revitalizou a unidade de saúde que é uma das mais movimentadas no atendimento à população com três equipes de PSF: Vila Alta I, II e III. A unidade oferece serviços de consultas médicas, consultas de enfermagem, atendimento odontológico, prevenção, puericultura, vacinação, teste do pezinho, visita domiciliar e educação em saúde.

De acordo com a Gerente da Unidade, Carlyenne Feitosa, foi feita uma reforma geral, onde foram atendidas todas as necessidades que a unidade precisava, como troca de portas, de piso, instalações de ar condicionados, troca de banheiro, acessibilidade, readequação do consultório odontológico, da farmácia, recuperação dos consultórios médicos e dos enfermeiros, rampa de acesso, janelas, reparo em móveis, pintura, criação da sala de acolhimento para os paciente, entre outros. “A reforma foi de grande importância, pois é visível a melhoria e a satisfação dos profissionais motivados com consultórios novos, equipados com centrais de ar condicionado, ofertando tanto para os nossos profissionais como para nossos pacientes um ambiente acolhedor”, disse a gerente.

Para o Secretário de Saúde, André Barreto, com a reforma, a unidade ficou melhor distribuída, atendendo as demandas das equipes de PSF, criando condições para um melhor atendimento para a população. “Com essa reforma, teremos mais agilidade e qualidade no atendimento à saúde da nossa população”, frisou.

Há cerca de 40 dias, já está sendo realizado o cadastramento no Programa Crato Cuidando de Você na referida unidade. O gestor da saúde informa que a partir do dia 17 de dezembro, será iniciado o tele agendamento para consultas.

O Programa “Crato Cuidando de Você”, idealizado pelo prefeito Zé Ailton Brasil e pelo Secretário Municipal de Saúde, André Barreto, vem trazendo benfeitorias para os cratenses a exemplo do Cartão Saúde, com foto; melhoria do acesso a saúde através da informatização dos processos; tele agendamento de consultas nas Unidades Básicas de Saúde, prontuário eletrônico do cidadão; ampliação das cirurgias eletivas; melhoramentos nas estruturas das unidades de saúde; reforma do Centro de Especialidades (Posto da Grota); e certificação de qualidade em unidades de saúde.

Assessoria de Comunicação/PMC

Curta nossa página no Facebook

Governador Camilo Santana e ministro da Integração Nacional marcam data de inauguração da transposição

O governador Camilo Santana se reuniu na manhã desta quarta-feira (5), em Brasília, com o ministro da Integração Nacional, Pádua Andrade. Na ocasião, o ministro garantiu a liberação de mais R$ 43 milhões para a continuidade das obras do Cinturão das Águas do Ceará (CAC) e marcou para o fim de dezembro (26, 27 ou 28) a inauguração do último trecho da Transposição do São Francisco, em Salgueiro (PE).

Com isso, as águas do São Francisco deverão chegar ao Ceará até o fim de fevereiro de 2019, integrando-se ao Cinturão das Águas do Ceará (CAC). Pádua Andrade informou que as obras estão quase 100% concluídas em Salgueiro, restando detalhes para a entrega. “Mas o caminho das águas está pronto”, enfatizou, garantindo a liberação do trecho para o fim do ano. Segundo ele, a empresa responsável conta com mais de 300 pessoas trabalhando na obra atualmente para finalizar o trecho dentro do prazo.

O governador Camilo Santana, que visitou as obras da transposição em 20 de novembro com o ministro e do presidente do Senado, Eunício Oliveira, destacou que a entrega vai permitir a segurança hídrica para o Ceará. “Esta é a maior obra do século e a maior obra hídrica do Brasil. Não tenho dúvida de que vai mudar o perfil econômico do nosso Estado e da região Nordeste”, afirmou Camilo Santana. Na reunião, o ministro também anunciou a liberação de R$ 4,8 milhões para o trecho 4 do Eixão das Águas, entre outros projetos.

Ministérios
Também na manhã desta quarta-feira, em Brasília, Camilo Santana se reuniu com o ministro das Cidades, Alexandre Baldy. “Tratamos sobre obras importantes para nosso estado, como unidades habitacionais do programa Minha Casa Minha Vida e detalhes sobre a Linha Leste do Metrô de Fortaleza”. Em seguida, o governador se reuniu com o ministro da Ciência e Tecnologia, Gilberto Kassab.

Na terça-feira, em Brasília, o governador se reuniu com os governadores do Nordeste e Norte e, em seguida, com os presidentes do Senado, Eunício Oliveira, e da Câmara, Rodrigo Maia. Na última audiência do dia, Camilo Santana esteve com o ministro da Saúde, Gilberto Occhi. “Tenho buscado incansavelmente mais recursos para que possamos fazer novos investimentos em nosso estado. Isso vai possibilitar ao Ceará se desenvolver e gerar mais empregos aos cearenses”, citou o governador.

Cinturão das Águas do Ceará
O Cinturão das Águas vai permitir a transferência de vazões excedentes da transposição do Rio São Francisco não apenas para o Açude Castanhão, mas também para o Açude Orós.

O Trecho I, com extensão de quase 150 quilômetros, vai beneficiar mais de um milhão de pessoas, atendendo diretamente às cidades de Jati, Brejo Santo, Porteiras, Abaiara, Missão Velha, Barbalha, Crato, Nova Olinda, Milagres, Farias Brito, Lavras da Mangabeira, Iguatu, Icó, Orós, Mauriti, Aurora, Cariús e Quixelô.

Assessoria de Comunicação/Governo do Estado do Ceará

Curta nossa página no Facebook

06 de dezembro

1491 - O rei Carlos VIII casa com Ana, Duquesa da Bretanha, e incorpora este ducado à coroa de França.
1768 - É publicada a primeira edição da Encyclopædia Britannica.
1921 - A República da Irlanda torna-se independente do Reino Unido.

Nasceram neste dia…
1421 - Rei Henrique VI de Inglaterra (m. 1471).
1778 - Gay-Lussac, físico e químico francês (m. 1850).
1949 - Chico e Paulo Caruso (foto), cartunistas brasileiros.

Morreram neste dia…
1185 - D. Afonso Henriques (n. 1109).
1882 - Louis Blanc, historiador e socialista utópico francês (n. 1811).
1976 - João Goulart, 27.º Presidente do Brasil (n. 1919).

Fonte: Wikipédia

Prefeito Zé Ailton assina ordem de serviço de pavimentação de ruas do distrito de Dom Quintino, em Crato

Nesta segunda-feira (3), no pátio da Escola Raimundo Nonato de Souza, na sede do distrito de Dom Quintino, o prefeito municipal Zé Ailton Brasil, a primeira-dama Aldalice Pinheiro, o vice-prefeito e Secretário de Saúde André Barreto, todo o secretariado, além de lideranças locais e do representante da construtora deram ordem de serviço para o início das obras de pavimentação das ruas do referido distrito. A segunda etapa começa ainda este mês.

A segunda fase compreende pavimentação em pedra tosca das ruas José Wilson de Souza, Maria Lia de Sousa, Odete de Souza, Pedro Alves Dutra, Pedro Luiz Sobrinho, além do Sítio Zabelê. A primeira etapa realizou o asfaltamento da Rua Carmélio de Sousa Costa.

Essa era uma reivindicação antiga do distrito, segundo afirmou o Secretário de Infraestrutura, José Muniz de Alencar. “Os distritos reclamavam muito que os recursos se concentravam na sede do município, mas agora chegou o momento. Em dez anos de serviço público, hoje, o Crato vive um momento importante, onde vários canteiros de obras estão em andamento. Enquanto vários municípios estão reclamando de desemprego, com esses investimentos, o Crato abre vagas de trabalho semanalmente”, comentou.

O momento foi de anúncio de mais investimentos para o distrito por parte do gestor municipal. “Quero pavimentar toda a sede do distrito de Dom Quintino, Zé Muniz”, complementando que fará o mesmo com a sede da Ponta da Serra.

Em sua fala, o prefeito Zé Ailton informou que, fruto da última reunião com o Governador Camilo Santana, o Crato será beneficiado com seis mini areninhas e uma será destinada para Dom Quintino. “O município vai construir três e o Estado três e o nosso objetivo é possibilitar que os distritos tenham acesso aos campos dos ricos também, com campo de grama sintética, alambrados e demais itens”, disse.

Assessoria de Comunicação/PMC

Curta nossa página no Facebook

Como funcionam os microchips implantados sob a pele que permitem pagar sem dinheiro ou cartão

A pequena protuberância no dorso da mão de Dave Williams tem o tamanho de um grão de arroz e fica entre o polegar e o indicador. É quase imperceptível, mas quando ele a usa para abrir a porta de sua casa, vira o centro das atenções.

Este engenheiro de software britânico, tem um microchip implantado na mão, um circuito eletrônico que funciona com tecnologia sem fio.

"Tenho péssima memória", diz ele à BBC. Por isso decidiu implantar esse pequeno dispositivo que permite que ele não entre em pânico se esquecer as chaves de casa.

É o mesmo tipo de chip que está virando tendência na Suécia e em outros países ocidentais como Alemanha, Austrália e Nova Zelândia, onde há várias iniciativas para promover essa tecnologia futurista.

Mas o caso da Suécia chama ainda mais atenção. Milhares de pessoas na nação nórdica, cerca de 3 mil, segundo um relatório da AFP de maio deste ano, já implantaram o chip. É possível que o número seja ainda maior.

"Cada vez mais pessoas na Suécia implantam o chip RFID na mão e o usam para abrir portas e até fazer pagamentos", diz à BBC Mundo Ben Libberton, doutor em microbiologia que trabalha no laboratório MAX IV de Lund, no sul da Suécia.

Um sistema "conveniente"
Um RFID, ao contrário de um código de barras, permite acesso remoto à informação que contém. Usa-se em dispositivos antirroubo, em estações de esqui e também nos chips de identificação para animais domésticos.

Também estão presentes na maioria dos smartphones e passaportes eletrônicos.

Mas nos últimos anos, seu uso em humanos ganhou ainda mais relevância. A Suécia lidera essa tendência.

O assunto começou a render manchetes em 2015, quando a Epicentes, uma empresa de tecnologia baseada em Estocolmo, causou certa polêmica ao anunciar que implantaria os chips nos seus funcionários.

Com um giro da mão, eles poderiam entrar no prédio, usar a máquina copiadora e pagar café.

"O maior benefício é a conveniência", diz o cofundador e diretor da companhia, Patrick Mesterton, em 2017. "Permite substituir muitas coisas, como o cartão de crédito ou as chaves".

Pagar com a mão
O chip permite realizar pagamentos contactless (sem contato), uma prática especialmente comum na Suécia, onde apenas 1% do valor de todas as transações foram feitas com dinheiro.

Algumas dessas transações são feitas em trens.

A companhia nacional de trens SJ, a maior do país, é a primeira do mundo a aceitar esse tipo de pagamento.

Quando passa o cobrador, alguns passageiros apenas colocam a mão perto do smartphone do funcionário, que está com o aplicativo aberto. A passagem impressa parece coisa do passado.

Cada pessoa que tem um microchip como esse na mão deve se inscrever no site da companhia para obter um número e poder pagar.

Stephen Ray, diretor de comunicação da SJ, conhece o sistema muito bem, e ele próprio tem um chip na mão.

A tela do celular do funcionário indica que o passageiro tem uma passagem comprada. Ali ele vê o número e o nome da pessoa.

"Opcional"
"A única informação que a SJ lê do microchip é o número de membro do programa de fidelização", diz Ray à BBC Mundo.

"Esse número não é confidencial e a privacidade dos clientes fica garantida, a nosso ver", acrescenta ele.

Por ora, essa tecnologia só é usada na empresa para viagens regionais. Mas o plano é ampliar o alcance.

Ainda assim, Ray acha que "nunca será obrigatório" para os clientes implantar o chip e que "é só um serviço opcional que ainda consideramos um teste".

Stephen diz que a ideia é que essa iniciativa se estenda para outras áreas e outros tipos de pagamento da vida cotidiana, como um cartão de crédito.

No entanto, nem todos são a favor do chip ou têm uma visão tão otimista sobre ele.

"Essa tecnologia reduz o número de cartões e dispositivos de que precisamos, os miniaturiza e faz com que nunca os percamos", disse Libberton à BBC News Mundo.

Mas o microbiólogo diz que fica preocupado com como os chips podem deixar vulnerável a privacidade e a segurança de seus usuários.

"À medida que esses chips são adotados em mais serviços digitais, revelarão mais dados. É um ponto frágil no que diz respeito à segurança", afirma.

"Imagina se você usa para destrancar sua casa ou acessar sua conta bancária. Temo que a conveniência permita acesso mais fácil a dados importantes."

E deixa uma pergunta no ar: "Os riscos serão ainda maiores quando começarem a incorporar dados biológicos nos chips. Se uma empresa sabe mais que você sobre sua própria saúde, quais serão as implicações éticas?"

Fonte: Terra (Via BBC)

Curta nossa página no Facebook

Um tipo de alimento (que talvez esteja na sua mesa todos os dias) aumenta risco de câncer de mama

A vida moderna, cada vez mais agitada, dificultou o excelente hábito de preparar os próprios alimentos e deu lugar aos alimentos prontos para consumo ou de fácil preparo. No entanto, grande parte desses alimentos estão associados ao aumento de risco para o câncer.

De acordo com um estudo realizado por pesquisadores da Universidade de Glasgow, na Escócia, mulheres que consomem três fatias de bacon ou duas salsichas podem ter um risco maior de desenvolver câncer de mama. A pesquisa foi publicada no "European Journal of Cancer".

Durante sete anos, a equipe de investigadores acompanhou mais de 260 mil mulheres britânicas, com idades entre 40 e 69 anos, sem registro prévio de câncer de mama.

A análise verificou se as participantes desenvolveram ou não câncer de mama durante o estudo, juntamente com informações sobre status sociodemográfico, fatores de estilo de vida e hábitos alimentares.

Os resultados mostraram que o consumo de apenas 9 gramas de embutidos ao dia (cerca de duas salsichas) aumentou em 21% a probabilidade de ter esse tumor em comparação com aquelas que não consumiram carne processada.

Então, os pesquisadores realizaram uma meta-análise que incorporou os resultados deste estudo com 10 outros estudos, combinando dados de 40.257 casos de câncer de mama em mais de 1,6 milhão de mulheres. Essa investigação mostrou que o consumo de carne processada aumenta significativamente o risco de câncer de mama em 6% das mulheres.

O risco para mulheres na pós-menopausa foi de 9%, levando os pesquisadores a acreditar que o risco pós-menopausa provavelmente é responsável pela porcentagem geral de risco.

"Além dos efeitos conhecidos anteriormente de carne processada em outros tipos de câncer, isso acrescenta mais evidências de que pode ter um efeito deletério sobre o câncer de mama, particularmente em pós- mulheres na menopausa?, disse o co-autor Naveed Sattar, professor da universidade.

Carne processada refere-se a carne vermelha que passou por um processo de salga e fermentação. A revisão não encontrou ligações entre o câncer de mama e carnes vermelhas não processadas, como carne bovina, carne de porco e cordeiro.

Fonte: Minha Vida

Curta nossa página no Facebook

ShareThis