Transporte coletivo está precário em Juazeiro do Norte, Crato e Barbalha

A precariedade no sistema de transporte urbano coletivo no Cariri tem sido motivo de reclamação dos usuários e até estudos para viabilidade de novas propostas de melhorias. Os ônibus circulam com concessão pública e possuem uma média de tempo de mais de 13 anos. Atualmente, há um ônibus para mais de 4 mil pessoas, somente em Juazeiro do Norte, cidade com população de quase 250 mil habitantes.

Essa realidade não se torna tão diferente em cidades como Crato e Barbalha, onde há dificuldades para os moradores de bairros mais distantes. Nas manifestações registradas no ano passado, em todo Brasil, Juazeiro do Norte não ficou de fora no quesito mobilidade urbana.

Na Câmara Municipal, foram exigidas condições de gratuidade para estudantes e também melhoria da frota e ampliação dos terminais. Até mesmo o Ministério Público interferiu no processo, e hoje a cidade, que possui apenas três empresas atuando, estão impossibilitadas de receber novas linhas, pois mal atendem as que existem.

E os usuários reclamam muito do tempo excessivo de espera nos terminais, que se tornou um item bastante questionado, principalmente pela falta de segurança na cidade, com a grande quantidade de assaltos. Até mesmo um projeto de lei foi recentemente apresentado no Legislativo, no intuito de possibilitar a parada livre nos últimos horários do dia de funcionamento das linhas regulares.

Fiscalização
Além da precariedade, os usuários reclamam da falta de fiscalização suficiente para conter os abusos, principalmente em transportes complementares, com profissionais pouco habilitados. Linhas como a do bairro João Cabral/Aeroporto, e também na área onde estão os novos conglomerados urbanos da cidade juazeirense, a exemplo do condomínio onde foi construído o "Minha Casa, Minha Vida", estão entre os mais reclamados.

São poucos ônibus para as linhas e os moradores se sentem sufocados e reivindicam que sejam colocados mais transporte nas linhas. É um impasse que poderá ser solucionado apenas de forma futura, porque as empresas terão mais 10 anos para atuar com a concessão dada pela Prefeitura de Juazeiro do Norte. Segundo o gerente de Transporte do Departamento Municipal de Trânsito (Demutran), Josivaldo Pereira, apenas a abertura de um processo de licitação futura deverá dar condições de outras empresas concorrerem por novo espaço nessas linhas e ele diz que, dificilmente, as que existem terão a possibilidade de continuar, com as novas proponentes, pela precariedade atual.

Enquanto isso, as linhas desassistidas por ônibus de linha estão com os transportes precários, a exemplo das Vans, que viraram outro quesito de reclamação constante. O horário funciona na prática, na maioria delas, por lotação. O tempo é de encher o ônibus e sair. No Crato, o problema se estende, principalmente para as linhas relacionadas aos sítios e distritos. Em sua grande maioria, o principal meio de transporte das comunidades depende das camionetas desconfortáveis, com bancos de madeira, superlotadas e no item segurança deixam a desejar, sendo motivo de reclamação constante da população.

Boa parte dos transportes que atua como alternativos possui uma associação, mas os motoristas reclamam da atuação dos clandestinos, que acabam prejudicando o serviço.

Essa é uma das justificativas para os usuários não terem praticamente hora certa para pegar o coletivo e estarem muitas vezes em risco iminente, já que muitos deles estão sujeitos a circular nas camionetes D-20 com a carroceria aberta, como apoio para aqueles que vão em pé, se agarrando no veículo.

A perspectiva é que, em setembro deste ano, os proprietários desses transportes estejam reunidos em Crato, no Demutran, para debater propostas de melhorias e adequação para poderem circular na cidade. A ideia é criar um projeto de lei que regulamente o transporte coletivo.

Para o assessor do Departamento, Edilson Gonçalves, problemas como o de não cumprimento dos horários, demora dos passageiros em pontos de ônibus, dentre outras reclamações são constantes. Quanto às lotações, principalmente nas estradas para sítios e distritos, não acontece de forma permanente pela própria falta de pessoal suficiente para cumprir essa ação de forma mais rigorosa.

A usuária Maria do Socorro Pessoa, da Associação da Palmeirinha, no Crato, disse que tem sido muito difícil depender dos transportes alternativos e os usuários reclamam muito. Segundo ela, os motoristas da Associação dos Permissionários de Transporte Alternativo dos Distrito de Santa Fé já foram chamados para um diálogo, mas não compareceram. E novamente a reunião deverá ser marcada, para pedir melhorias no atendimento e cumprimento dos horários da linha de forma regular.

As topiques também funcionam sem critérios de paradas e nem de lotação. Entre as cidades de Crato, Juazeiro do Norte e Barbalha circula número maior desses veículos, incluindo microônibus. O município de Barbalha sofre com a mesma precariedade das linhas para bairros da cidade, como Malvinas, Cirolândia, Alto da Alegria, Bela Vista e o Sítio Estrela.

Idosos também têm reclamado dos serviços e da quantidade de vagas disponíveis, como o aposentado Lucimar Rodrigues, o Mazim. Cedo saiu de casa, e ao tentar pegar o ônibus de volta do Centro para o bairro Seminário, em Crato, após mais de meia hora de espera, se deparou com o "não" do motorista. Mas há casos em que alguns reclamam que o ônibus sequer tem parado para os idosos.

Em Juazeiro, há a luta de segmentos da sociedade pela gratuidade no transporte. Um deles é dos portadores de HIV positivo. Recentemente foi apresentada proposta na Câmara de Vereadores com essa finalidade, mas o projeto foi rejeitado.

Algumas empresas reclamam que tem sido grande o número de pessoas com essa condição e não tem sido fácil poder dar manutenção à frota, com a margem de lucro atual.

O gerente do setor de Transportes de Juazeiro, Josivaldo Pereira, admite que a precariedade é evidente. Por isso está sendo realizado um levantamento pelas empresas Bom Jesus do Horto, São Francisco e Lobo, para verificar as condições de funcionamento de cada uma das três que atua em Juazeiro.

Segundo informou Josilvado, já foram constatados problemas que ele considera graves em relação à manutenção e até coletivos, que andam super lotados de passageiros, já foram vistos circulando sem extintor, um risco para a segurança dos usuários.

Mais informações
Demutran - Juazeiro do Norte
Telefone: (88) 3587-5822

Demutran - Crato
Telefone: (88) 3523.5232

ELIZÂNGELA SANTOS
REPÓRTER

Fonte: Diário do Nordeste



Sisu oferece 51 mil vagas; prazo de inscrição começa na 2ª

As inscrições para uma vaga na universidade pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), do Ministério da Educação (MEC), poderão ser feitas pela internet apenas entre os dias 2 e 4 de junho. Os interessados devem ficar atentos pois o prazo de inscrição da segunda edição deste ano será menor – dois dias a menos que em 2013. O cronograma foi anunciado nesta setxa-feira pelo ministro Henrique Paim.

Segundo Paim, a redução do prazo não deve significar queda ou sobrecarga no sistema. “Nós vimos que, embora as inscrições ficassem abertas cinco dias, tinha uma concentração no primeiro e no último dias, havendo redução significativa nos outros dias. Na nossa opinião, os três dias serão suficientes”, disse, acrescentando que já no segundo dia os alunos terão acesso às notas de corte para escolherem os cursos.

O número de vagas na segunda edição de 2014 do Sisu cresceu 29% em comparação ao mesmo período do ano anterior, chegando a 51.412 cadeiras em 67 instituições. O número de cursos também teve aumento, passando de 1.179 em junho de 2013 para 1.447 em 2014. O ministro destacou o acréscimo de 847 vagas em medicina e de 2.550 vagas nos cursos de engenharia. Pedagogia é o curso com maior oferta, com 1.386 vagas.

“Esse processo revela, na verdade, uma evolução de credibilidade em torno do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), e ao mesmo tempo uma ampliação de oportunidades por parte do governo federal, seja por meio de universidades federais, seja pelas universidades públicas estaduais. O que nós temos hoje é a consolidadação desse trabalho e uma confiança no processo de seleção unificada que permite que um estudante, da sua casa, possa concorrer em processos seletivos em 67 instituições de ensino superior”, avaliou o ministro.

Henrique Paim também vê como positivo o crescimento do percentual de vagas destinadas a cotas ou políticas de ações afirmativas. Neste semestre, 41% das vagas serão destinadas às cotas e 3% para outros tipos de ações afirmativas próprias das instituições. Na avaliação do ministro, isso demonstra que as universidades estão se antecipando à lei aprovada em 2012, que prevê que metade das vagas deverá ser ofertada nessa modalidade.

“Demonstra que há uma adesão muito forte das instituições a esse modelo, que é um modelo importante de inclusão para o país. De fato, o país já consolidou, seja do ponto de vista do Judiciário, seja do ponto de vista administrativo, o ganho que se tem com essa política afirmativa”, disse.

O resultado da primeira chamada do Sisu será divulgado no dia 6 de junho e as matrículas ocorrerão de 9 a 13 de junho. A segunda chamada está prevista para o dia 24 de junho, com matrículas entre 27 de junho e 2 de julho.

Como o período coincide com alguns jogos da Copa do Mundo e em algumas cidades pode haver ponto facultativo, o ministro admitiu que poderão ocorrer alterações no calendário nessas cidades. Se isso ocorrer, o ministério divulgará as novas datas.

Fonte: Terra



"Trilheiros" se mobilizam para retirada de lixo em áreas da Floresta Nacional do Araripe

É cada vez maior o número de trilheiros que optam caminhar pelas veredas da Chapada do Araripe, principalmente aquelas abertas e direcionadas ao público. A busca de conhecer a natureza da Floresta Nacional do Araripe (Flona), muitas vezes não tem sido uma tarefa muito agradável. É cada vez maior a quantidade de lixo depositada nessas áreas.

Para isso, um grupo vem intensificando um trabalho de sensibilização, aproveitando também para recolher o lixo deixado pelo caminho. No último dia 1º de maio, foi realizada a 1ª Caminhada Ecológica - Operação Flona Limpa. A segunda edição será no próximo dia 8.

Munidos de luvas e sacos plásticos, os homens, mulheres e até crianças poderão ser agentes de um novo processo de reeducação dos que pretendem caminhar na mata.

Na primeira ação, participaram 14 pessoas voluntárias. A ideia é que nesta segunda caminhada um grupo maior esteja presente para ampliar a atividade, que será iniciada às 8 horas e deverá seguir até o meio-dia.

"A nossa ideia é sensibilizar as pessoas que frequentam as trilhas", diz o guia de turismo, Nilton Alves, que há oito anos atua como especialista em trilhas ecológicas na região. Uma delas, que chama a atenção pela grande quantidade de lixo deixado pelo caminho é a do Santo Sepulcro, com cerca de 2 quilômetros, no Horto do Padre Cícero. As placas de madeira com escritos dos preceitos ecológicos do Padre Cícero passam desapercebidas diante do rastro de garrafas de plástico, sacos e outros materiais nada biodegradáveis lançados no caminho. O local é frequentado principalmente por romeiros, que vão ao rezar e pagar promessas, além dos turistas e admiradores de uma bela paisagem natural, com panorâmica da região, numa das áreas mais altas da serra.

Necessidade
Para o coordenador da operação, o advogado George Macário de Brito, a ideia inicial veio da necessidade de colaborar para que esse problema seja minimizado. "Infelizmente, tem sido crescente a quantidade de lixo deixada em todas as áreas transitáveis, lamenta. A Flona é um marco na criação de florestas no Brasil, por ter sido a primeira instituída por decreto lei, em 1946, conforme lembra. Ainda conforme o advogado, o grupo foi movido pela falta de ação dos órgãos competentes em conter as pessoas que jogam lixo na floresta e estão deixando um saldo danoso para a natureza.

Para George, há uma necessidade das pessoas sensíveis ao problema darem a sua contribuição, por conta do descaso da grande maioria das pessoas que agridem o meio ambiente. "Caso isso não ocorra, isso poderá se agravar a cada dia", afirma. Ele destaca a importância da Chapada do Araripe como o "pulmão do Cariri" e ressalta a importância de manter a preservação. A operação inicial foi realizada em uma das trilhas mais conhecidas da região e consequentemente das mais visitadas, a do Picoto. Parte dela contou com a ação dos voluntários, além do Mirante do Serrano. George é enfático ao afirmar que o principal objetivo é proporcionar um eco da ação, como forma de conscientizar. Para isso, vem usando as redes sociais como instrumentos de divulgação e atrair voluntários para o processo além de mostrar o trabalho que vem sendo executado. São vídeos e páginas específicas, no canal Caminhos da Chapada. "É imprescindível mostrarmos a grande necessidade de cuidados com a floresta, as matas, as belezas naturais da região do Cariri", salienta.

Ele aposta na incorporação de mais voluntários à ideia, incluindo as pessoas dos municípios contemplados com a Chapada do Araripe, sejam dos estados do Ceará, Pernambuco ou Piauí. Segundo Nilton Alves, toda a ação é feita mediante comunicado aos órgãos ambientais. Um ofício é encaminhado ao ICMbio. Para os voluntários, há uma necessidade de maior fiscalização nas áreas, por parte dos órgãos ambientais. Conforme George, as trilhas precisam de boa conservação, para favorecer a população local, já que o turismo ecológico, que precisa ser muito mais explorada na região do Cariri.

Renda
As trilhas da Chapada do Araripe são fontes de renda, segundo o advogado, para muitos profissionais que atuam na área do turismo. Mas destaca que o espaço funciona como verdadeira sala de aula ao ar livre, para atividades de campo das escolas e universidades. "Nos tornamos faxineiros dessa grande universidade", ressalta.

Para ampliação da causa voluntária, ele diz que nesse momento é importante a parceria de empresários da região, além da própria população. A meta é programar a ação mensalmente. A principal parceria é a Associação dos Guias de Turismo da Região do Cariri, além de contar como apoio do Geopark Araripe. Já o ICMbio está sendo responsável por levar o lixo coletado pelos voluntários na floresta para o destino certo, onde possa ser separado. A primeira coleta chama a atenção pela boa ação dos participantes, entre eles estudantes e profissionais liberais. Para George, essa é uma causa que não tem líder, mas se tornou do interesse de todos.

ELIZÂNGELA SANTOS
REPÓRTER

Fonte: Diário do Nordeste



Dia Mundial sem Tabaco: saiba como parar de fumar sem remédio

No Brasil, há cerca 25 milhões de fumantes acima dos 15 anos. Você é um deles ou conhece alguém que faz parte dessa estatística? Então, saiba que: em cada dois dependentes, um vai morrer por problemas relacionados ao tabaco. Segundo dados do Inca (Instituto Nacional de Câncer), o cigarro mata 200 mil brasileiros por ano. Apesar dos números alarmantes, no Dia Mundial sem Tabaco, comemorado neste sábado (31), especialistas ouvidos pelo R7 mostram como largar o vício agora e ter uma vida melhor. Como incentivo, saiba que nos últimos seis anos caiu em 20% o número de fumantes no País, de acordo com dados recentes do Lenad (Levantamento Nacional de Álcool e Drogas), realizado pela Unifesp (Universidade Federal de São Paulo).

Para o pneumologista José Roberto Jardim, da Unifesp, só há um modo de deixar o cigarro de lado: querer.

— Não adianta dar bronca, porque o fumante só vai largar se quiser. E, para isso, precisa ter uma razão, como medo de ficar doente, ter alguém da família ou amigo próximo que está doente por causa do cigarro ou mesmo achar que já fumou demais e que o cigarro não está trazendo mais nenhum benefício.

Em cada tragada, o fumante inala 7.000 substâncias diferentes, sendo 4.700 delas conhecidas. A nicotina está entre elas, mas, ao contrário do que muitos acreditam, é a que menos faz mal à saúde, alerta Jardim.

— Seu grande problema é a dependência. Desse total de substâncias conhecidas, de 40 a 50 são cancerígenas, ou seja, em cada tragada, a pessoa inala essa totalidade de “poluentes” para o pulmão.

Sou dependente mesmo?
O tempo de tabagismo não é o principal obstáculo do fumante. Segundo o especialista, o grau de dependência à nicotina é um dos fatores determinantes para ele ter mais ou menos dificuldade na hora de abandonar o vício. Para saber se o paciente é muito ou pouco viciado, basta fazer simples perguntinhas aos fumantes, explica a cardiologista Jaqueline Issa, diretora do Programa de Tratamento de Tabagismo do Incor (Instituto do Coração).

— Há um questionário para pessoas que fumam mais de 20 cigarros por dia. Verificamos, por exemplo, se essa pessoa fuma nos primeiros cinco minutos do dia. Se sim, o grau de dependência dela é elevado. Mas há também aquelas pessoas que consomem poucos cigarros, mas também são dependentes. Questiona-se se eles necessitam fumar para: melhorar atenção e concentração, quando está preocupado, tenso, estressado ou depressivo ou se fuma apenas em ambientes festivos e situações de prazer.

Tratamentos eficazes
Segundo Jaqueline, dependendo da quantidade de respostas, é possível determinar o grau de dependência e, assim, descobrir o melhor tratamento.

— No grau mais moderado da dependência, por exemplo, a simples mudança na rotina e atividade física já ajudam a largar o vício. Já para quem está dependente em grau de moderado a elevado, o tratamento com medicação alivia muito o desconforto e aumenta a chance de abandonar o cigarro.

Além da dependência física, o pneumologista Oliver Nascimento, presidente da SPPT (Sociedade Paulista de Pneumologia e Tisiologia), lembra que também há a "dependência psicológica e mecânica" que torna o processo ainda mais difícil.

— Muitas vezes, o fumante associa o cigarro ao cafezinho, outros têm o hábito de ficar mexendo no cigarro, por isso parar essas ações manuais depende muito da força de vontade. Se a pessoa não quiser, não há remédio milagroso que alcance esse resultado.

Jardim ainda ressalta que a ajuda profissional e o tratamento medicamentoso entram em cena quando o paciente já está dependente da nicotina.

— Se a pessoa não for dependente, pode largar de fumar sem muito sofrimento. Se ela fuma toda vez que toma café, precisa deixar de tomar café, por exemplo. Às vezes, há necessidade de associar à medicação.

Normalmente, o fumante precisa tomar remédio de três a seis meses, mas o tratamento dura cerca de um ano, explica a cardiologista. Ainda de acordo com Jaqueline, após o fim do uso do medicamento, o paciente precisa de apoio motivacional e incentivo do médico.

Adesivo, goma de mascar e cigarro eletrônico
Para aqueles com pouca dependência, uma alternativa pode ser o tratamento de reposição de nicotina, com o adesivo e a goma de mascar, explica a cardiologista do Incor. Mas a especialista ressalta que a “eficácia destes tratamentos é muito pequena”.

— A quantidade de nicotina que estes produtos liberam no corpo é muito pequena e demora muito a chegar ao cérebro, o que poderá não fazer diferença para a pessoa.

Já o polêmico cigarro eletrônico — proibido no Brasil, mas liberado nos Estados Unidos — não deve ser realmente utilizado como tratamento, segundo Jaqueline.

— Cigarro eletrônico é o novo caminho para a dependência à nicotina, pois os usuários ficam dependentes do aparelho. Você está trocando um vício pelo outro e a pessoa deve buscar tratar o vício. Além disso, ele também tem substâncias cancerígenas. Tenho vários pacientes que são viciados em cigarro eletrônico.

Além disso, o presidente da SPTT afirma que hoje não há uma padronização das substâncias que compõem o cigarro eletrônico, portanto, pode trazer substâncias prejudiciais à saúde.

Apesar de liberado nos EUA, o pneumologista da Unifesp José Roberto Jardim ressalta que o país está "estudando uma medida para regulamentação da venda", pois, segundo ele, há "um aumento na quantidade de adolescentes de 14 e 15 anos fumando cigarro eletrônico".

— Eles estão usando pela moda. O receio do governo [americano] é que, ao final, estes adolescentes terminem viciados em cigarro. Uma curiosidade é que lá os fumantes pagam taxas mais altas de saúde que os obesos. Os dependentes do tabaco têm mais risco de morte.

Não tenha medo de engordar
Um dos grandes medos do fumante é engordar ao largar o cigarro. Mas, fique calmo! Segundo os especialistas, isso realmente acontece, mas o ganho de peso é tão baixo, entre 1,5 kg e 2 kg, que chega a ser insignificante. O médico da Unifesp aponta algumas razões para este cenário.

— Quando a pessoa fuma, ela irrita os órgãos sensores do cheiro, o que acarreta em prejuízo do paladar. Quando ela vira ex-fumante e passa a sentir gosto, é natural que coma mais.

Entre outros motivos estão a vontade de comer mais carboidrato, a ansiedade que faz a pessoa substituir o cigarro pela comida e a melhor absolvição do organismo.

— A nicotina contrai os vasos do intestino e do estômago e, ao parar de fumar, os vasos dilatam e, consequentemente, absolvem mais comida.

Portanto, não hesite: deixar o cigarro melhora a “qualidade de vida, a redução do risco de desenvolver doenças associadas ao cigarro, a respiração, o fôlego, o cansaço e tudo mais”, garantem os médicos.

Fonte: R7



Barbalha (CE): Festa do Pau da Bandeira tem início amanhã

A Festa do Pau da Bandeira de Santo Antônio de Barbalha, cujo início acontece a partir do próximo domingo (1), vem sendo comemorada com antecipação por empresários e lojistas que atuam nos diversos setores da economia local.

Desde o início desta semana, lojas de vestuário, calçados, perfumaria e bijuterias, têm ampliado suas vendas e, conforme a presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) deste município, Maria Suzete de Luna Nascimento, até o final dos festejos, que duram treze dias, a expectativa é de que a margem de crescimento nas vendas chegue a cerca de 30%.

Além do comercio, o setor hoteleiro também comemora os benefícios gerados a partir das comemorações ao santo padroeiro do município. Hotéis e pousadas já estão com reservas encerradas, gerando, desta forma, boas perspectivas de consumo junto a bares, restaurantes e estabelecimentos do gênero.

Conforme o secretário de Cultura e Turismo do município, Antônio de Luna, cerca de 500 mil pessoas deverão visitar o município durante as celebrações a Santo Antônio.

Os visitantes acabam criando uma espécie de "população flutuante", contribuindo positivamente para a ampliação da margem de negócios na cidade. "Como o número de turistas cresce consideravelmente no período dos festejos, as vendas também acabam sendo melhores. Além de ser um evento que mantém viva a tradição cultura do povo do Cariri, a festa do Pau da Bandeira de Barbalha também gera boas oportunidades em relação à oferta de empregos e aquecimento da economia local", observa Antônio de Luna.

A presidente da CDL de Barbalha, Suzete Luna, diz que os benefícios ocasionados pelos festejos atingem a todos os segmentos econômicos. "O setor de eletrodomésticos e, até mesmo, o de móveis também acabam lucrando neste período. Como muitas pessoas acabam recebendo parentes que residem em outras regiões, muita gente aproveita a festa para adquirir novos produtos para casa", argumenta.

Incremento
No setor do comércio, lojas de vestuário e de calçados são as que mais obtêm bons percentuais de crescimento em relação às vendas. "Uma semana antes da abertura das comemorações, as lojas já começam a perceber o aumento no fluxo de consumidores. Algumas ações praticadas pelos próprios lojistas também fortalecem a perspectiva de crescimento de negócios, como oferecer descontos nas compras à vista ou um maio número de parcelas nas compras feitas com cartão de crédito", ressalta Suzete.

Ela também observa que a festa do Pau da Bandeira de Barbalha gera maior visibilidade ao município e que a partir do conhecimento que os turistas passam a deter sobre os atrativos locais, muitos retornam à cidade para realizar compras. "A verdade é que muita gente que reside em municípios do Cariri acaba por realizar suas compras em Juazeiro do Norte, por entender que a cidade vizinha dispõe de maior oferta de produtos. No entanto, quando estas mesmas pessoas visitam o nosso município, durante os festejos ao nosso padroeiro, elas acabam percebendo que também há grande variedade de produtos no comércio local e retornam à cidade para realizar suas compras conosco. A festa do Pau da Bandeira, portanto, também funciona como uma espécie de vitrine para o nosso comércio", ressalta.

Artesanato
O evento responde, ainda, pela geração de diversas atividades informais e pela ampliação na comercialização de produtos do artesanato local. "Pelo porte que a festa possui, todos os setores acabam, de uma forma ou outra, beneficiados. Além do comércio formal, dezenas de pessoas que irão trabalhar na venda de produtos que estarão sendo comercializados nas barracas instaladas nos arredores do local da festa também lucrarão. Também haverá boa margem de vendas no comércio artesanal do município. Isso significa que haverá maior circulação de dinheiro na cidade e, desta forma, aquecimento da nossa economia", concluiu a presidente da CDL do município de Barbalha.

A festa do Pau da Bandeira é um dos eventos religiosos mais importantes do interior do Nordeste. Todos os anos, milhares de fiéis visitam o município de Barbalha para louvar o santo padroeiro. Um dos momentos mais esperados da festa é a chegada do Pau da Bandeira, utilizado como mastro da bandeira do santo. Este ano, o mastro foi extraído de uma rama branca, medindo 24 metros e com peso estimado em 2 toneladas.

Fora da programação oficial, as festividades no município têm início hoje, com a Noite das Solteironas, festa popular que atrai homens e mulheres em procura de casamento. O evento é coordenado pela advogada e "solteirona" Socorro Luna.

Mais informações
Secretaria de Cultura e Turismo de Barbalha
Telefone: (88) 3532.1708

Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL)
Telefone: (88) 3532.2908

ROBERTO CRISPIM
COLABORADOR

Fonte: Diário do Nordeste



Crato (CE): Aposentado é preso com armas e 200 gramas de cocaína

Inspetores da Delegacia Regional de Policia Civil de Crato prenderam um homem sob a acusação do tráfico de drogas por volta das 11 horas desta sexta-feira em sua residência na Rua São Francisco, 138 no bairro São Miguel. O aposentado José Vicente da Silva, de 65 anos, o Zé do Araguaia, é reincidente e sua prisão se deu a partir da apreensão de um adolescente com drogas em uma bicicleta. Tudo indica que se tratava de um menor usado como “avião” da “boca de fumo” que este terminou delatando.

Na residência do acusado, os policiais encontraram 200 gramas de cocaína, cerca de 20 pedras de crack, uma espingarda calibre 12 municiada, um revólver com seis cartuchos intactos, uma faca e um facão. Além disso, muitos objetos supostamente originários de furtos e roubos e, provavelmente, trocados por drogas como Toca CDs, ferramentas automotivas e da construção civil, aparelhos de TV, celulares, monitores de LCDs, equipamentos sonoros e outros.

Zé do Araguaia foi autuado em flagrante pelo Delegado Regional Guliano Vieira Sena e vai responder por tráfico de drogas. No dia 10 de dezembro de 2011, ele já tinha sido preso no mesmo endereço e por idêntico crime. Na época, foi uma operação da Polícia Militar que resultou na apreensão de 40 papelotes de maconha e mais 12 pedras de crack. O acusado passou pouco tempo preso e terminou posto em liberdade. A polícia já sabia que Zé do Araguaia tinha voltado a traficar só não havia conseguido flagrá-lo antes.

Demontier Tenório

Foto: Cícero Valério / Ag. Miséria

Fonte: Miséria



Joaquim Barbosa receberá integral de R$ 29,4 mil de aposentadoria

Ao se aposentar em junho, o presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Joaquim Barbosa, vai receber o salário integral de R$ 29,4 mil, segundo assessores. Barbosa, 59, tem 41 anos de serviço público.

De acordo com dados do tribunal, o ministro recebeu neste mês R$ 32,7 mil. O valor é acima do teto do funcionalismo porque inclui um abono de permanência de R$ 3,2 mil.

O benefício é pago para aqueles ministros que possuem tempo para se aposentar, ou seja, aqueles que já poderiam ter se aposentado, mas continuam na ativa. Barbosa vai se dedicar à vida acadêmica e a palestras.

Fonte: Folha.com



5 pacotes internacionais para fugir da Copa por menos de R$ 2,5 mil

Se você, ao contrário da maioria dos brasileiros, não está muito animado com a Copa do Mundo e — lá no fundo — gostaria de fugir de toda a festa que ocorrerá aqui no Brasil, já pensou em aproveitar esse período para viajar?

Aliás, se a única coisa que impedia você de planejar uma escapada era o baixo orçamento, então dê uma olhadinha em cinco opções de pacotes preparados pelo pessoal do Hotel Urbano para você viajar ao exterior por menos de R$ 2,5 mil:

1 – Buenos Aires, Argentina
Custo: a partir de R$ 499 por pessoa

Para quem sempre teve vontade de conhecer a capital argentina — e de passo tirar um sarrinho dos hermanos no caso de alguma goleada, afinal, ninguém é de ferro, nem quem não curte muito o futebol —, existe um pacote para Buenos Aires com saídas de São Paulo ou Rio de Janeiro que inclui três diárias com café da manhã bem em conta!

2 – Punta del Este, Uruguai
Custo: a partir de R$1.788 por pessoa

Já pensou que maravilha fugir do festerê que vai se instalar por aqui durante a Copa do Mundo e poder se esconder em um resort 5 estrelas? Pois existe um pacote para Punta del Este, no Uruguai, para você descansar durante quatro dias e, de quebra, tentar ganhar uma graninha extra no cassino que existe nas dependências do hotel.

3 – Nova York, EUA
Custo: a partir de R$1.695 por pessoa

Se você já tem o visto de entrada para os EUA estampado no passaporte, mas ainda não teve a oportunidade de ir ao país, que tal aproveitar o período da Copa para passar  5 dias em Nova York por uma pechincha? O pacote inclui 5 diárias e até um passeio à Estátua da Liberdade,  e você ainda pode convidar três amigos para acompanha-lo, pois a hospedagem é em quarto para quatro pessoas.

4 – Bariloche, Argentina
Custo: a partir de R$2.490 por pessoa

Esta opção, na verdade, além de Bariloche, também inclui uma passadinha por Buenos Aires. O pacote de seis diárias é dividido em três dias na capital argentina e três na famosa cidade que fica aos pés dos Andes, com direito a passeio pela bela Bariloche e visita ao circuito Chico, em Buenos Aires.

5 – Montevidéu, Uruguai
Custo: a partir de R$699 por pessoa

Se você acha que ir para um resort em pleno mês de junho — veja a opção descrita no item 2 desta lista — talvez seja um pouco demais, você ainda pode ir para o Uruguai de qualquer maneira, mas trocar Punta del Este por uma visita de quatro dias a Montevidéu, capital do país. E, uma vez lá, se deliciar com a cultura e culinária local.

Fonte: Mega Curioso (via Hotel Urbano)



Crato (CE): Polícia recebe denúncias sobre drogas e apreende máquinas caça-níqueis

Policiais Militares de Crato saíram na tarde desta quinta-feira para averiguar uma denúncia de tráfico de drogas e terminaram fechando um estabelecimento que explorava jogos de azar. Por volta das 17h30min uma patrulha chegou a um estabelecimento que funciona no cruzamento das avenidas José Alves de Figueiredo e Tristão Gonçalves diante das informações anônimas que seria um ponto de venda de drogas.

Os militares do Serviço de Inteligência fizeram buscas, mas não encontraram substâncias entorpecentes. Todavia, descobriram uma porta secreta que dá para outro cômodo do imóvel. Neste se depararam com sete maquinas caça-níqueis trazendo-as para a Delegacia de Juazeiro juntamente com a comerciante Maria Aparecida Ferreira, de 47 anos, que mora na Rua André Cartaxo no centro de Crato. Ela não informou quem seria o dono das maquinas.

Drogas
Antes, por volta das 16 horas, militares do Ronda do Quarteirão fecharam uma “boca de fumo” na Rua José Marrocos, 61 (Bairro Pinto Madeira) em Crato. Populares denunciaram o movimento estranho neste imóvel, onde a polícia esteve e encontrou porções de maconha com a mototaxista Roseane Bringel Nobre, de 36, residente na Rua Teopisto Abath, 247 naquele bairro, e Maria Mendes da Sousa, de 41 anos, que mora na Rua 02, número 85 (Vila Lobo). Elas apontaram uma pessoa identificada apenas por “Waldir” como dono dos “negócios” e este não foi localizado.

Demontier Tenório

Fonte: Miséria



Juazeiro do Norte (CE): Deputado Guimarães desembarca no Cariri reafirmando pré-candidatura ao senado

O deputado federal José Guimarães (PT), desembarcou em Juazeiro do Norte, na noite dessa quarta-feira, 29 de maio, reafirmando sua pré-candidatura ao senado. Segundo o deputado, essa é a diretriz tirada no último Encontro Estadual da sigla e, até, que a maioria do partido decida pelo contrário, ele permanece na disputa.

O deputado falou ainda do patrocínio da Caixa Econômica Federal que será destinado ao time do Icasa. Guimarães observou que, agora, o acordo só depende da direção e dos documentos do Icasa para que o negócio seja fechado. Guimarães se reúne com a diretoria do Clube caririense nessa sexta-feira, 30 de maio.

Sobre a faculdade de medicina do Crato, o deputado ressaltou que continua acompanhando o processo, junto ao Ministério da Educação, e garantiu que em breve o povo do Crato poderá comemorar a instalação do empreendimento. Ele disse, ainda, que a Faculdade já está garantida e que, agora é apenas uma questão de tramite legal.

O deputado fica no Cariri até o domingo, 01 de junho, quando participa da Festa do Pau da Bandeira em Barbalha. Antes deve participar da “Caravana no PT” na cidade do Crato, evento que reúne lideranças do partido na região e no Estado. Participa do evento, ainda, o presidente estadual do PT, o militante Di Assis.

O encontro acontece nesse sábado, a partir das 9 horas no auditório da Rádio Educadora.

Madson Vagner

Fonte: Miséria



Jornalista dinamarquês que desistiu da Copa lança documentário sobre violência em Fortaleza

A polêmica envolvendo o jornalista dinamarquês, que desistiu de cobrir a Copa do Mundo no Brasil, resultou em filme. Mikkel Keldorf lançou o documentário nesta quinta-feira (29), com entrevistas e fatos que vivenciou em duas cidades brasileiras: Fortaleza e Rio de Janeiro.

Intitulado de “O Preço da Copa do Mundo” (tradução de “The Price of the World Cup”), o vídeo tem duração de quase 30 minutos e retrata diferentes realidades, com a participação de crianças carentes e projetos sociais na capital cearense. Foram, ao todo, oito meses de viagem ao Brasil, colhendo informações e gravando as cenas.

“O filme mostra como as populações nas camadas mais baixas da sociedade tem sido prejudicadas pela preparação do evento, através de remoções forçadas, da participação de grupos de extermínio na “limpeza” das capitais e de fracassadas políticas pacificadoras”, relata.

Denúncia
Um dos temas do documentário é a condição das crianças de rua no Brasil, com ênfase nas denúncias de que elas seriam alvo de grupos de extermínio, como parte da “limpeza” das capitais em preparação para a Copa do Mundo. Manoel Torquato, coordenador do projeto nacional “Crianças não é da rua”, é quem aborda as acusações envolvendo os grupos de extermínio.

Em entrevista ao Tribuna do Ceará, Mikkel ressaltou que veio a Fortaleza por causa das estatísticas de violência e desigualdade social, as quais teve acesso anteriormente. Os dados são expostos durante o documentário, ressaltando que a capital cearense é a sétima cidade mais violenta do mundo, segundo a ONG mexicana Conselho Cidadão para a Segurança Pública e Justiça Penal.

“Depois que eu vi esses dados, quis ir a Fortaleza. O Rio de Janeiro é o lugar onde os jornalistas vão e muitos têm a impressão de que o Brasil é todo como o Rio. E é óbvio que não é. Fortaleza, por exemplo, tem problemas diferentes. A pobreza está mais visível, é mais perigosa”, enfatiza.

A repercussão da visão do jornalista ganhou espaço na Dinamarca. “Acho que muitos dinamarqueses estão chocados, porque o Brasil se desenvolveu muito, mas em outras áreas, como direitos humanos, têm bastante problemas”.

Sobre os jogos, Mikkel vai assistir de longe, da TV mesmo. Além disso, vai comentar possíveis protestos durante o evento em seu próprio país. Quer voltar ao Brasil, mas não agora, principalmente após a polêmica envolvendo seu nome. Ele quer visitar aqueles que conheceu e constatar se algo realmente mudou após a realização do evento.

Entre vaias e aplausos
O Tribuna do Ceará postou, no dia 15 de abril, um depoimento enviado por Mikkel, em que constava sua decisão de deixar o Brasil às vésperas da Copa. Segundo ele, essa seria uma forma de protesto pelas vidas que foram perdidas durante a preparação para o mundial.

“Quase dois anos e meio atrás eu estava sonhando em cobrir a Copa do Mundo no Brasil. O melhor esporte do mundo em um país maravilhoso. Eu fiz um plano e fui estudar no Brasil, aprendi português e estava preparado para voltar”, iniciava.

Após muitos compartilhamentos nas redes sociais, inclusive do próprio perfil do dinamarquês, alguns internautas questionaram a veracidade dos fatos e a identidade do jornalista. “Na época que começaram as críticas, eu estava editando o documentário. Eu sabia do meu histórico e do que eu tinha gravado. Não quis gastar tempo com os críticos que acreditavam que eu era um fake”, finalizou.

Confira o documentário:


Fonte: Tribuna do Ceará


Mototaxista é assassinado após transportar traficante para boca de fumo

O mototaxista Manoel Pereira Silva, de 46 anos, foi assassinado com oito perfurações de faca, no Bairro Ipiranga em José de Freitas (PI).

As perfurações foram feitas nas duas faces, na nuca, debaixo do pescoço, na garganta e no tronco, às 4 horas da madrugada desta sexta-feira (30).

O repórter Jorge Luís, do site Realidade em Foco, afirmou que Manoel era evangélico da Igreja Adventista do sétimo dia, e que ao trabalhar levou, sem saber, um traficante para uma boca de fumo no Bairro Ipiranga, onde o crime aconteceu.

“ A polícia acredita que após levar o traficante para a boca de fumo, Manoel Pereira Silva, deve ter visto algo que não deveria, assim foi assassinado com oito facadas”, declarou Jorge Luís.

A motocicleta do mototaxista estava ao lado de seu corpo, ele também estava de posse de seus bens, por isso a possibilidade de latrocínio foi descartada. Ele não tinha envolvimento com drogas.

Efrém Ribeiro

Fonte: Meio Norte



Ameaças após mensalão levaram Barbosa a antecipar aposentadoria

A decisão do ministro Joaquim Barbosa de antecipar sua saída da presidência do Supremo Tribunal Federal (STF) e também da Corte, prevista para o fim do ano, foi precipitada pelas ameaças que ele vem sofrendo, especialmente por causa de sua atuação à frente do julgamento do mensalão do PT. Aos 59 anos, Barbosa deixará o STF no final do mês que vem. Pessoas próximas ao ministro contaram que as ameaças e as agressões sofridas por Barbosa, pela internet e até em locais públicos, o levaram a decidir sair antes do previsto.

— Não se surpreendam se eu largar o Supremo antes das eleições — avisou Barbosa numa dessas conversas, informando que voltaria a dar aulas e a fazer palestras.

Antes do julgamento do mensalão, o ministro frequentava restaurantes e bares em Brasília e no Rio. E continuou a fazê-lo por algum tempo. Tudo mudou nos últimos meses, especialmente após a prisão de mensaleiros. Com a profusão de ameaças nas redes sociais, e o episódio em que foi abordado por um grupo de militantes do PT, ao deixar um restaurante em Brasília, Barbosa se sentiu forçado a mudar seus hábitos.

— Ele passou a evitar locais públicos por medo em relação à sua segurança. Parou de sair — disse um amigo de Barbosa: — Agora, ele está se sentindo aliviado. Ele estava cansado, quer viver a vida. Estava muito patrulhado, se sentia agredido com palavras, com provocações. Me disse: “Tô precisando viver”.

Ameaças nas redes sociais
Segundo a revista “Veja”, um perfil apócrifo no Facebook dizia que o ministro “morreria de câncer ou com um tiro na cabeça” e que seus algozes seriam “seus senhores do novo engenho, seu capitão do mato”. Outro perfil dizia: “Contra Joaquim Barbosa toda violência é permitida, porque não se trata de um ser humano, mas de um monstro e de uma aberração moral das mais pavorosas. Joaquim Barbosa deve ser morto”. A Polícia Federal investiga a origem das ameaças.

— Esse fator (as ameaças) contribuiu para sua saída antecipada — disse outro interlocutor do ministro.

Barbosa acordou ontem decidido e, de manhã , foi dar a notícia à presidente Dilma Rousseff, que ficou surpresa. Depois, despediu-se oficialmente dos presidentes do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN). Como Ilimar Franco contou em seu blog, Barbosa disse a Henrique Alves que não pretende seguir carreira política.

— Política, de jeito nenhum! — afirmou o presidente do STF.

Descontraído, ainda falou sobre o seu futuro.

— Vou fazer como o Lula, vou dar palestras — disse Barbosa.

Após esses encontros, Barbosa anunciou sua aposentadoria precoce no início da sessão de ontem do Supremo.

— Tenho uma informação de ordem pessoal a trazer: decidi me afastar do STF no final de junho. Afasto-me não apenas da presidência, mas do cargo de ministro. Requererei o meu afastamento do serviço público após quase 41 anos. Tive a felicidade, a satisfação e a alegria de compor esta Corte no que é, talvez, o seu momento mais fecundo, de maior criatividade e de importância no cenário político institucional do nosso país. Sinto-me deveras honrado de ter feito parte deste colegiado e de ter convivido com diversas composições e, evidentemente, com a atual composição do STF. Agradeço a todos, meu muito obrigado — afirmou.

Barbosa ficou popular com o julgamento do mensalão, a ponto de ser bem avaliado nas pesquisas de intenção de voto para a Presidência da República. No entanto, os eleitores não poderão ver seu nome nas urnas em outubro. Além de sua disposição de não concorrer, o prazo de desincompatibilização de juízes com os cargos que ocupam venceu em 4 abril. Quem não fez isso a tempo não pode se candidatar.

— Ele teria que ter se desincompatibilizado até 4 de abril. Parece que o cavalo passou encilhado e ele não colocou o pé no estribo. Não dá mais. Agora, ele está inelegível — explicou o ministro Marco Aurélio Mello.

Amadurecida ao longo dos últimos anos, a ideia de deixar o Supremo começou a tomar forma concreta em janeiro, durante viagem à França e à Inglaterra, onde deu palestras e participou de eventos representando o STF.

— Essa decisão (tomei) naqueles 22 dias que tirei em janeiro, estive na Grã-Bretanha e na França. Aquilo foi decisivo para minha decisão — explicou.

Nos últimos dias, Barbosa procurou ao menos três ministros para contar a novidade — entre eles, Luiz Fux, o integrante do Supremo com quem tem maior proximidade. Os outros não sabiam de nada. Marco Aurélio está no grupo dos surpreendidos.

— Não sabíamos de nada. Pelo menos, eu não tinha conhecimento de que ele deixaria o tribunal. Pega de surpresa o Supremo, pelo menos um dos integrantes, que sou eu — afirmou.

Com a saída do relator do mensalão, o processo será conduzido por outro ministro, a ser sorteado para a função assim que Barbosa deixar a Corte oficialmente. Esse ministro ficará responsável pela execução das penas dos 24 condenados. E tomará decisões referentes ao direito ao trabalho externo de presos no regime semiaberto — benefício que Barbosa negou recentemente a oito condenados, incluindo o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu.

Fonte: O Globo



Crato (CE): Programa Minha Casa Minha Vida já cadastrou mais de 3 mil famílias

Iniciado no dia  5 de maio, o cadastramento do Programa Minha Casa Minha vida  já realizou o cadastro de três mil famílias em Crato.

O programa da cadastramento teve seu início no Bairro Muriti e vem atendendo o cronograma da visitas que atenderá todos os bairros e distritos do Crato, de acordo com orientação do prefeito Ronaldo Gomes de Mattos.

A  coordenadora do programa Minha Casa Minha Vida, Luciana Vieira afirma que os trabalho tem alcançado o objetivo traçado e que seguirá até o dia 4 de julho.

O cadastramento nesta sexta-feira continua sendo feito no Bairro Seminário.

Assessoria de Imprensa / PMC



Ronaldo reforça vergonha, critica governo e diz que Copa é vítima

O ex-atacante Ronaldo voltou a falar sobre o sentimento de vergonha em relação a Copa do Mundo. Em sabatina realizada pela Folha de S. Paulo, o Fenômeno, que é membro do Comitê Organizador Local (COL), disse que lamenta o fato do Brasil não ter um legado no Mundial.

"Eu sinalizei principalmente as obras de infraestrutura e não exatamente os estádios, quis dizer as obras que ficariam de legado para a população. Os estádios eram exigência principal da Fifa para fazer a Copa. Os estádios estão quase todos terminados, mal ou bem, vão estar prontos. Como eu disse para a Reuters, a minha vergonha é pela população que esperava realmente esses grandes investimentos, esse grande legado de Copa do Mundo para eles mesmos, para população, reformas de aeroportos, mobilidade urbana. Tudo que foi prometido e não foi entregue. Tem estatística, é noticiado, 30% só vai ser entregue para a Copa do Mundo, essa é minha preocupação, minha vergonha. Maior prejudicado é a população", falou.

De acordo com o ex-jogador, o Mundial no Brasil acabou sendo uma vítima de todos os problemas de infraestrutura que o país sempre teve.

"Não podemos esquecer do país que vivemos. O brasileiro também tem uma memória muito curta. Parece que antes da Copa do Mundo, a saúde, educação, segurança eram perfeitas. A Copa do Mundo é uma grande vítima disso tudo. A grande pena é que tudo que foi prometido antes da Copa do Mundo não será entregue", disse o ex-jogador.

Questionado sobre o que teria levado o Mundial a fracassar no legado, Ronaldo criticou o planejamento que foi feito pelo governo.

"Acho que o faltou foi planejamento para que tudo que foi prometido fosse entregue. O país foi eleito para receber a Copa em 2007. Tinha tempo para entregar tudo que foi prometido. Mas agora tem uma série de falta de informação para a população. A Copa do Mundo não veio para resolver nossos problemas. Quem tem que resolver os nossos problemas somos nós mesmos. A Copa do Mundo veio para ser uma grande festa para a população brasileira", completou.

O Fenômeno ainda aproveitou para afirmar que suas críticas a organização da Copa do Mundo não tem relação ao seu apoio a Aécio Neves, candidato à presidência do Brasil pelo PSDB.

"Eu sou amigo do Aécio. Falei na entrevista, desde 2000, quando apoiei ele na campanha ao governo do estado de Minas. De lá para cá, somos amigos. E o que falei é que meu voto é dele. Não sei nem porque declarei o meu voto. Não sou ligado a nenhum partido. Eu apoio meus amigos. O Andrés vai sair para deputado federal e vou apoiar ele. E ele vai sair pelo PT. Eu tive a sorte de conviver com ele, conhecer o caráter dele. E por isso meu voto é dele", finalizou.

Após falar sobre sua amizade com Aécio Neves, o ex-jogador comentou sua relação com a presidente Dilma Rousseff e com Lula, ex-presidente do Brasil.

"Eu era amigo do Lula. Não tenho partido, tenho amigos. Também era muito amigo do Fernando Henrique, mas gostava de passar tempo com o Lula, acho ele um cara incrível. Com a Dilma, não tenho relação. Vai ver que é porque a Dilma não bebe uma cachaça, como eu bebia com o Lula.  Eu perdi contato com ele. Nesta correria, ele está tomando conta da saúde. Hoje falo mais com o Fernando Henrique", falou.

Fonte: UOL



TRE suspende encontros regionais do PMDB e determina busca e apreensão na Câmara de Fortaleza e na sede do PMDB

Na manhã desta quinta-feira (29), o Grupo Auxiliar a Procuradoria Regional Eleitoral (GAPEL) e a Polícia Federal deram cumprimento a duas ordens de busca e apreensão determinadas pelo juiz eleitoral Ricardo Cunha Porto, no bojo de ação cautelar de conduta vedada ajuizada pelo Procurador Regional Eleitoral Rômulo Conrado junto ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE/CE).

O objetivo da diligência foi recolher, na sede do PMDB cearense, elementos de propaganda antecipada do Senador Eunício Oliveira, tais como blusas, faixas, apitos e jornais informativos, que vêm sendo reiteradamente distribuídos nos Encontros Regionais do PMDB, bem como uma possível lista de eleitores que foi constatada no encontro do PMDB em Russas, na qual os presentes ao evento precisam declinar o nome, município de origem e cargo público ocupado para receber o material de propaganda do Senador.

Já na Câmara de Fortaleza, realizou-se a busca de uma licitação que o Vereador Walter Cavalcante havia se recusado a enviar a Procuradoria Eleitoral, mesmo após ser formalmente requisitada por duas vezes e cuja finalidade é verificar se veículos locados pela Câmara foram utilizados nos mesmos encontros do PMDB.

Além disso, o juiz determinou a suspensão imediata dos Encontros Regionais do PMDB, sob pena de multa diária de R$ 100.000,00, haja vista que restou comprovado que houve o uso de bens e servidores públicos dos Municípios de Croatá e Russas nos eventos ocorridos naquelas cidades, que tem o nítido propósito de legitimar a pré-candidatura do senador Eunício Oliveira.

De acordo com o procurador Rômulo Conrado, “não havia outra medida a ser adotada pela Procuradoria Regional Eleitoral, ante a sucessiva constatação da prática de ilícitos eleitorais voltados a promover o projeto político do PMDB no pleito de 2014, sob pena de violação da igualdade de oportunidades”. Por fim, foi determinado aos prefeitos municipais de Croatá e Russas que se abstivessem de ceder ou utilizar bens e servidores públicos em prol da pré-candidatura do senador Eunício Oliveira, sob pena de multa diária de R$ 50.000,00.

De acordo com o coordenador do Grupo Auxiliar da Procuradoria Regional Eleitoral, promotor de Justiça Igor Pinheiro, “o próximo passo será finalizar as investigações no prazo máximo de 30 dias, através da oitiva de testemunhas e dos investigados, bem como apurar a ocorrência de infração político-administrativa por parte dos prefeitos de Croatá, sem prejuízo da remessa de cópia da documentação referente ao caso para os promotores de Justiça analisarem a ocorrência de improbidade administrativa.”

Indagado sobre as consequências da ação, o procurador Rômulo Conrado enfatizou que, “julgada procedente a futura ação de conduta vedada, os pré-candidatos que postulem o registro de candidatura poderão tê-lo cassado ou, se eleitos, o diploma obtido. Isso sem prejuízo da apuração de abuso de poder político, que também tornará inelegível os eventuais condenados”.

Fonte: MP/CE



Mesmo com aposentadoria, Barbosa não pode ser candidato em 2014; entenda

O anúncio da aposentadoria do presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), ministro Joaquim Barbosa, nesta quinta-feira (29), trouxe de volta uma especulação de que ele poderia ser candidato à Presidência ou mesmo a outro cargo nas eleições de outubro.

Porém, mesmo sendo magistrado e tendo prazo diferente de cidadãos comuns para candidaturas, não há mais tempo hábil para concorrer.

Hoje, Barbosa é considerado inelegível. Segundo a Lei Complementar 64/90, o prazo para desincompatibilização para magistrados é de seis meses antes da data da votação, no caso, 5 de abril.

"Membros da magistratura, do Ministério Público e conselheiros dos tribunais de contas têm esse prazo mais esticado, que em regra é de um ano antes da eleição. Como o Joaquim Barbosa está fazendo somente agora, não cabe mais. Ele também teria de ter se filiado a um partido até 5 de abril", disse o advogado e professor de direito eleitoral, Gustavo Ferreira.

Ainda segundo a lei, os magistrados --seja juiz, desembargador ou ministro-- não podem ser filiados a partidos políticos durante o exercício do cargo e só podem concorrer em eleições em caso de saídas em definitivo, ou seja, após exoneração ou aposentadoria. Por isso eles têm o prazo reduzido pela metade para se desincompatibilizar, que normalmente é de um ano.

Fonte: UOL



Crato (CE): Avaliação fiscal de 2013 e início de 2014 apresentada no legislativo cratense

O contador do município do Crato, Joaquim Landim, esteve presente na sessão ordinária da terça-feira, dia 27, da Câmara Municipal, onde apresentou a avaliação fiscal referente ao 3º quadrimestre de 2013 e o 1º quadrimestre de 2014.

Na ocasião, Joaquim explanou o que foi gasto pela cidade do Crato em 2013, no que se refere à receita de transferências correntes que os governos federal e estadual mandam para o município; a receita para investimentos permanentes para o município, bem como recursos para calçamento, a compra de ambulâncias e caminhões de lixo; a somatória das receitas patrimoniais, industriais, e dos serviços; a despesa com pessoal; os investimentos com educação e saúde.

De acordo com o contador do Crato, o município recebeu recursos vindos do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) no valor de R$ 37.563.434,92, e que de 2012 para 2013, houve um crescimento na ordem de 7,29%.

Já em relação ao 1º quadrimestre de 2014, que vai de janeiro a abril, Joaquim Landim apresentou o que está previsto para ser arrecadado este ano, e o que foi arrecadado até o mês de abril. Segundo ele, está previsto para ser arrecadado R$ 216.414.598,85, e já foi arrecadado até o mês passado, o valor de R$ 73.856.384,43. “Estamos no caminho para que essa arrecadação aconteça, para que alcancemos a meta”, disse Joaquim.

Assessoria de Imprensa / PMC



Joaquim Barbosa anuncia aposentadoria

O presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), ministro Joaquim Barbosa, 59, anunciou nesta quinta-feira (29) que vai se aposentar no próximo mês, segundo o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL).

Barbosa se reuniu com Renan no Senado para fazer o comunicado e se despedir.

"Motivo [da reunião foi] surpreendente e triste, o ministro veio se despedir. Ele estará deixando o Supremo Tribunal Federal. Falou que vai se aposentar agora, no próximo mês", disse Renan.

A assessoria de imprensa do STF afirmou não ter sido informada da decisão de Barbosa.

Com sua saída, quem assume é o ministro Ricardo Lewandowski, atual vice-presidente do STF.

À frente da presidência da Suprema Corte desde novembro de 2012, Barbosa, primeiro negro a ocupar o cargo de ministro do STF, chegou ao tribunal em 2003, nomeado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

A posse dele como presidente coincidiu com o momento em que o ministro está em evidência na mídia por conta do julgamento do mensalão, do qual é relator.

O julgamento, que resultou na condenação de figurões petistas, elevou Barbosa à categoria de celebridade nacional a ponto de haver uma campanha nas redes sociais para que saísse candidato à Presidência da República em 2014.

Adorado pela opinião pública como exemplo ético e de alguém que subiu na vida, Barbosa, mineiro de Paracatu, filho de um pedreiro e de uma dona de casa, foi o 55º presidente do Supremo.

Biografia
Barbosa estudou direito na UnB (Universidade de Brasília) e possui mestrado e doutorado pela Universidade de Paris. É professor licenciado da Uerj (Universidade do Estado do Rio de Janeiro). É fluente em francês, alemão, inglês e italiano.

Antes do STF, integrou o Ministério Público Federal por 19 anos (1984-2003). Ocupou ainda diversos cargos no serviço público: foi chefe da Consultoria Jurídica do Ministério da Saúde (1985-88), advogado do Serpro (Serviço Federal de Processamento de Dados) (1979-84), oficial de chancelaria do Ministério das Relações Exteriores (1976-1979), tendo servido na Embaixada do Brasil em Helsinque, Finlândia.

Fonte: UOL



Estudo aponta que ver pornografia pode deixar você mais preguiçoso

Assistir pornografia pode diminuir partes do cérebro que estão relacionadas à recompensa e à motivação, é o que concluiu um estudo alemão que descobriu que os homens que recorrem frequentemente a esse tipo de conteúdo tendem a ser mais preguiçosos. Estes resultados fornecem a primeira ligação direta entre a pornografia e a falta de motivação seguida de estímulos sexuais.

Para conduzir o estudo, os pesquisadores do Instituto Max Planck Para o Desenvolvimento Humano, em Berlim, na Alemanha, recrutaram 64 homens saudáveis de 21 a 45 anos e fizeram perguntas sobre seus hábitos com relação à pornografia. Também foram capturadas imagens dos cérebros dos homens para medir o volume e analisar como eles reagiam às imagens de conteúdo adulto.

“Descobrimos que o volume do striatum – uma região do cérebro que tem sido associada ao processamento de recompensas e à motivação era menor conforme mais pornografia os participantes afirmavam consumir. Além disso, descobrimos que outra região do cérebro, que também faz parte do striatum e é ativada quando as pessoas veem estímulos sexuais, mostrou menor ativação quanto mais pornografia os participantes consumiam”, explica a pesquisadora Dr. Simone Kühn.

Ainda, os pesquisadores descobriram que a conexão entre o striatum e o córtex pré-frontal – que é a camada mais externa do cérebro que está associada ao comportamento e à tomada de decisões – piorava com o aumento do tempo em contato com pornografia.

A falta de evidências
Embora os cientistas tenham divulgado essas descobertas, os resultados encontrados até o momento não permitem afirmam com certeza se o consumo de pornografia é a explicação para a diminuição do cérebro e, por consequência, se esse hábito é realmente prejudicial à saúde.

Ainda não está claro, por exemplo, se assistir conteúdo adulto leva às mudanças no cérebro ou se as pessoas que nascem com tais alterações cerebrais é que estão mais propensas a buscar esse tipo de material.

O Dr. Gregory Tau, da Universidade Columbia, em Nova York, não está envolvido na pesquisa, mas acredita que é importante desenvolver mais estudos nessa área. “Tudo vai fazer mal em excesso e provavelmente não é terrível em moderação. É possível que existam pessoas com um certo tipo de cérebro que sejam mais suscetíveis a esse comportamento. Ou é possível que seja o uso excessivo da pornografia que esteja se perpetuando e causando esses danos. Ou pode ser ambos”, concluiu o pesquisador.

Fonte: Mega Curioso (via The Daily Mail) 



Crato (CE): Secretaria de Saúde atua no combate a dengue

A Secretaria de Saúde do Crato por meio do setor de Controle das Endemias desenvolve um trabalho constante de combate e prevenção a dengue. Todos os pontos da cidade, inclusive a zona rural vem sendo atendidos com serviços que controlam e combatem a proliferação do Aedes Aegypti.

Os agentes – oito equipes - fazem limpeza de vias, capinação, telamento de caixas d’água e disponibilizam material educativo, bem como,  fazem o trabalho com o carro fumacê.

Conforme o coordenador das Endemias Antonio Esmeraldo o desenvolvimento desse trabalho de inspeção, controle e combate a dengue é feito dia após dia observando as áreas de risco e atendendo a todas as localidades.

“É de extrema relevância que a comunidade seja parceira com o trabalho da coordenação das Endemias, a ajuda da população é imprescindível para o sucesso do trabalho, todos podem colaborar não sujando as vias, tomando cuidado com os focos de acúmulo de água, locais propícios para a criação do mosquito transmissor da doença” orienta Antonio Esmeraldo.

Para isso, é importante não acumular água em latas, embalagens, copos plásticos, tampinhas de refrigerantes, pneus velhos, vasinhos de plantas, jarros de flores, garrafas, caixas d´água, tambores, latões, cisternas, sacos plásticos e lixeiras, entre outros, bem como, abrindo as portas na hora da passagem do carro fumacê.

Assessoria de Imprensa / PMC



Conar tira do ar comercial 'ofensivo' de Compadre Washington

O já famoso comercial em que Compadre Washington fala "Sabe de nada, inocente" será retirado do ar. O Conar (Conselho de Autorregulamentação Publicitária) recomendou nesta terça (27) que a expressão "Ordinária", dita pelo cantor, seja retirada do anúncio do site de classificados Bom Negócio.

A entidade considerou o anúncio "desrespeitoso" para as mulheres, após a reclamação de cerca de 50 pessoas que se sentiram ofendidas com o bordão. Segundo o Conar, a expressão extrapolou o limite do bordão.

Na propaganda, que já foi vista por mais de 8 milhões de pessoas na internet, um casal está na piscina de uma casa quando Compadre Washington aparece em um aparelho de som falando sem parar: "Êta, mainha! Danada! Que abundância, mermão! Assim você vai matar papai, viu? Esse aí que é seu marido? Sabe de nada, inocente! Vem, vem, ordiná...", e desaparece, sem terminar o bordão "ordinária".

A empresa tem dez dias para entrar com recurso contra a decisão. O site Bom Negócio informa que aguardará a notificação do órgão para tomar as devidas providências.

Fonte: Notícias da TV/UOL



Missão Velha (CE): Cansada das agressões, jovem denuncia companheiro após ser lesionada à faca

O jovem Eligiliard Lucena, de 28 anos, residente na Rua 11 de Julho no Centro de Missão Velha foi preso no final da tarde desta terça-feira sob a acusação de crime contra a Lei Maria da Penha. Ele teria ameaçado de morte a sua companheira Flávia Vanessa de Carvalho, de 34 anos, e ainda agrediu a mesma com uma lesão leve no pescoço causada por uma faca.

Uma filha menor de idade da vítima correu até a casa vizinha e pediu ajuda quando a polícia foi avisada sobre o caso de violência doméstica. Os PMs foram ao imóvel e prenderam Eligiliard. O casal terminou trazido à 20ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Juazeiro do Norte pelo Cabo Pedro e os Soldados Tomé e Siglésio do Destacamento Militar de Missão Velha.

Vanessa contou que vive com ele há um ano e se trata de um homem bastante ciumento além de usuário de drogas e álcool. Ela tem filhos com seu ex-marido e, para sustentá-los, faz salgados e vende, pois seu companheiro trabalha como crediarista praticamente para custear seus vícios. A jovem disse ainda que Eligiliard já tinha agredido-a outras vezes.

Ultimamente, os crimes contra a Lei Maria da Penha vinham se intensificando e ele já chegou até a ficar um mês preso. Na Delegacia de Juazeiro, o acusado admitiu ser ciumento, mas negou as agressões mesmo diante da lesão no pescoço da companheira. Vanessa revelou que, após as separações, ele sempre reaparece pedindo perdão e o reatamento do romance.

Demontier Tenório

Foto: Chinês / Ag. Miséria

Fonte: Miséria



Conheça melhor a sacarina: da sua descoberta às alegações de câncer

A sacarina foi o primeiro adoçante artificial descoberto pelo homem, inventada por Constantin Fahlberg em 1878. Hoje em dia podemos encontrar a substância em centenas de produtos do nosso dia a dia, de refrigerantes diets a bolos e sorvetes normais que buscam reduzir a quantidade de calorias empregadas em sua preparação. Ela foi o primeiro composto a oferecer uma alternativa barata ao açúcar e por isso é utilizada de maneira tão ampla.

A sacarina funciona tão bem como dietético porque o corpo humano não é capaz de absorvê-la, eliminando-a na urina sem nenhum tipo de consumo de calorias. Apesar de algumas pessoas acreditarem no potencial cancerígeno de produtos dietéticos, este composto químico vem sendo usado pelos seres humanos há mais de 100 anos sem nenhuma prova consistente de que ele faça mal ao nosso organismo.

Uma descoberta inusitada
A história da descoberta da sacarina é particularmente interessante porque ela ocorreu por acidente. Tudo começou em um pequeno laboratório na John Hopkins University, em Maryland, Estados Unidos. O local era propriedade do professor de química da universidade, Ira Remsen, mas estava sendo empregado pelo russo Fahlberg para testar a pureza de determinados carregamentos de açúcar.

Depois de terminadas as funções principais do seu trabalho, Constantin Fahlberg passou muitos meses utilizando o laboratório para outros propósitos, como o desenvolvimento de derivados de piche de carvão. Em uma noite, depois de voltar para a casa, ele percebeu que o pão que ele comia estava extremamente doce. Depois de descartar a hipótese de ter sido um erro da padaria, ele chegou à conclusão de que a doçura deveria ser resultado de um composto químico que estava em suas mãos.

Certamente o razoável a se fazer em uma situação dessas, a ingestão de um composto desconhecido, é colocar a sua mão na goela e tentar vomitar tudo que você ingeriu, e em seguida chamar uma ambulância, pois você pode ter sido intoxicado. Fahlberg não foi tão razoável, e decidiu voltar ao laboratório desconfiando que ele havia feito uma nova descoberta. Vale notar que a sacarina só foi inventada porque um químico descuidado se esqueceu de lavar as mãos antes de jantar.

No dia seguinte, o cientista descobriu a origem da misteriosa substância química da maneira mais errada possível. Sem pensar em nenhuma outra alternativa, ele decidiu provar todos os compostos com que havia trabalhado na tarde anterior, mostrando mais uma vez sua dedicação pela Ciência e a falta completa de um sentido de autopreservação.

Um começo turbulento para a sacarina
Eventualmente, Fahlberg descobriu qual era o composto doce entre aqueles que ele havia produzido. Ele estava em um béquer no qual havia uma mistura de ácido sulfubenzoico, cloridio de fósforo e amônia. Fervendo estes componentes durante uma tarde, o resultado foi uma Imida o-sulfobenzóica, um composto que ele estava bem familiarizado, mas que nunca havia provado o gosto.

Depois da estranha descoberta, Fahlberg, ao lado de Remsen, o dono do laboratório, tratou de escrever e publicar a respeito do novo achado. O texto de 1879 trazia os dois como criadores do composto químico. Entretanto, sempre um passo atrás de si mesmo, Fahlberg percebeu as implicações comerciais do que tinha desenvolvido e, quando foi patentear a sacarina, decidiu deixar o seu companheiro de fora do texto final.

Os dois antigos parceiros logo se tornaram grandes rivais na briga pela autoria. Muitos dizem que Remsen foi fundamental para encontrar a sacarina, não apenas por se tratar de seu laboratório como também por ter publicado dezenas de estudos a respeito de ácidos sulfobenzoicos. Quando perguntado sobre a questão, ele respondeu: “Fahlberg é um canalha. Me deixa nauseado ouvir o meu nome sendo pronunciado na mesma expiração que ele”.

Apesar de ter sido usada como adoçante desde o final do século XIX, a sacarina só conseguiu se popularizar mesmo durante a Primeira Guerra Mundial. No período ocorreu uma baixa na produção do açúcar, especialmente do tipo derivado de beterrabas, que eram majoritariamente produzidas na Alemanha e na Áustria. Com a escassez do produto, que na Inglaterra durou até 1920, muitos comestíveis tiveram adição de sacarina para alcançar os níveis desejados de doçura, o que transformou o produto em um grande sucesso que continua até os dias de hoje.

Afinal, a sacarina pode causar câncer?
O mito de que a sacarina era um composto cancerígeno só foi efetivamente desbancado recentemente, em uma disputa que começou na década de 70 e durou até 2010. No início desse período, um estudo publicado chegou à conclusão de que diversas populações de ratos expostas à sacarina tinham tendência a desenvolver câncer de bexiga.

Este estudo inicial foi muito criticado desde que foi publicado pela primeira vez. Em 1974, a Academia Nacional de Ciência fez uma análise do texto e concluiu que até aquele momento era impossível concluir que a sacarina fazia algum mal e que a alegação de câncer era oriunda de pesquisas com falhas metodológicas e ambíguas.

Em 1977, um grupo de pesquisadores quase convenceu o governo americano a proibir a substância, que foi defendida em um evento batizado de “Saccharin Study and Labeling Act of 1977”. O resultado foi que a sacarina poderia continuar a ser comercializada desde que houvesse um pequeno aviso em todos os produtos que a utilizassem sobre o seu potencial cancerígeno.

O problema com a pesquisa original é que, apesar dos tumores nas bexigas dos ratos, estes animais ainda são muito diferentes dos seres humanos, e na década de 70 a sacarina já estava sendo consumida por quase 100 anos sem nenhuma consequência aparente. O problema eram as condições específicas da urina dos ratos, pois, quando combinadas com a sacarina, elas acabavam por formar microcristais dentro das bexigas dos pequenos roedores. Estes cristais feriam o interior das bexigas, que deveriam ser constantemente reparadas pelo corpo, gerando desta maneira células cancerígenas.

O mesmo estudo extensivo foi depois realizado com primatas, e todas as análises com as populações expostas a doses diárias de sacarina apontaram resultados perfeitamente saudáveis nos macacos. Desta maneira, no ano 2000, a sacarina foi removida da lista oficial de substâncias cancerígenas pelo Programa Nacional de Toxicologia dos Estados Unidos. O golpe derradeiro sobre esta dúvida chegou em 2010, quando a Agência de Proteção Ambiental publicou uma resolução definitiva afirmando que “a sacarina não pode mais ser considerada um produto que cause prejuízos ao corpo humano”.

Como os últimos estudos se mostraram definitivos, a substância goza hoje em dia do direito de ser comercializada sem qualquer tipo de aviso especial na maioria dos países do mundo, incluindo no Brasil.

Fonte: Mega Curioso (via Gizmodo)



Addthis