Secult abre inscrições para 'Tesouros Vivos'

A Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult) está com inscrições abertas, de 1º a 31 de julho, para novas propostas do Edital "Tesouros Vivos da Cultura".

A ação tem por objetivo a inscrição, seleção e titulação de até nove pessoas naturais e duas de grupos no Livro de Registro dos "Tesouros Vivos da Cultura" do Estado do Ceará, bem como reconhecer, proteger e valorizar os conhecimentos, fazeres e expressões das culturas populares e tradicionais do Ceará, por meio da titulação dos "Tesouros Vivos da Cultura", com vistas à preservação da memória cultural e transmissão de seus saberes e fazeres artísticos e culturais.

Condições
As inscrições são gratuitas e abertas a pessoas naturais e a grupos que atendam de forma cumulativa os seguintes requisitos: comprovar a existência e a relevância do saber e/ou do fazer; ter reconhecimento público de sua atividade específica; deter a memória indispensável à transmissão do saber e/ou do fazer; propiciar a efetiva transmissão dos conhecimentos.

É preciso, ainda, possuir residência, domicílio e atuação, conforme o caso, no Estado do Ceará, há pelo menos 20 anos completos ou a serem completados no ano da candidatura. A inscrição poderá ser proposta por qualquer pessoa jurídica de direito público ou privado ou qualquer pessoa natural que seja capaz, na forma do Artigo 9º, da Lei Nº 13.842/2006 e do disposto no 1.3 do Edital, desde que expressamente autorizados pelo candidato. As inscrições, na Secult, podem ser realizadas de 1º de julho a 31 de julho de 2015, das 8 horas às 16h30.

Serão considerados aptos a se inscreverem no Livro de Registro dos "Tesouros Vivos da Cultura" as pessoas naturais, os grupos dotados de conhecimentos e técnicas de atividades culturais, cuja produção, preservação e transmissão, assim considerados pelas pessoas e órgãos indicados no Artigo 9º, da Lei estadual Nº13.842/2006, representativas de elevado grau de maestria, constituindo importante referencial da Cultura Cearense.

Direitos e deveres
Após diplomados "Tesouros Vivos da Cultura", passarão a dispor de alguns direitos, como registrar seu nome no Livro dos "Tesouros Vivos da Cultura", ter seus projetos recepcionados preferencialmente quando submetidos a certames públicos promovidos pela Pasta da Cultura relativos à área de atuação do diplomado, dentre outras coisas.

Com a diplomação, os inscritos no Livro de Registro dos "Tesouros Vivos da Cultura" comprometer-se-ão a transferir suas técnicas e conhecimentos a alunos ou aprendizes, por meio de programas educativos, os quais, quando organizados diretamente pela Secretaria da Cultura do Estado, terão despesas custeadas pelo Tesouro Estadual.

A Secult dá continuidade ao seu projeto de investimentos também para aqueles que formam uma sólida manifestação da cultura popular por todo o Ceará. Interessados em participar do Edital devem entrar em contato com a Secult.

Mais informações
Coordenadoria de Patrimônio Histórico, Artístico e Cultural da Secult
Telefone: (85) 3101-6787

Fonte: Diário do Nordeste

Curta nossa página no Facebook



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Addthis