Consórcio municipal quer fortalecer setor do turismo de sete cidades

Está sendo criado no Cariri um consórcio regional para fortalecimento do turismo, direcionado a sete cidades da Região. As primeiras reuniões estão sendo realizadas nesse intuito e até junho deste ano, a pretensão é já estar com o consórcio formalizado. Segundo o secretário de Cultura e Turismo de Assaré, Eugênio Costa Oliveira, a orientação técnica para a institucionalização estará sendo realizada por meio do Serviço de Apoio às micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

Os municípios envolvidos no consórcio são Crato, Juazeiro do Norte, Barbalha, Nova Olinda, Santana do Cariri, Missão Velha, Assaré. Com a criação do consórcio, essas cidades passam ser regularizados no âmbito do turismo nacional, junto ao Ministério do Turismo. "Foi com essa perspectiva que decidimos então nos reunir para formalizar essa condição de uma região potencialmente turística em vários aspectos", diz o secretário.

Para ele, essa é uma oportunidade de trabalhar novos projetos direcionados ao fortalecimento da cadeia turística. Conforme Oliveira, o 'trade' regional é muito amplo, e inclui vários setores, dando uma oportunidade a região de desenvolver vários segmentos do turismo atualmente existentes. Conforme salientou, é uma oportunidade das cidades se organizarem nesse sentido.

Para isso, o trabalho vem sendo realizado numa parceria dos municípios, com instituições como a Universidade Regional do Cariri (Urca), por meio da Pró-reitora de Extensão, e o Sebrae.

O consórcio terá a gestão dos prefeitos a as secretarias ou coordenações de turismo de cada cidade funcionarão no acompanhamento técnico. De acordo com o secretário, esse é um momento de sensibilização dos gestores municipais, no intuito de fortalecer a ideia e dar encaminhamento ao procedimentos técnicos, com o acompanhamento das instituições.

Mobilização
Secretários municipais estão se mobilizando e deverão realizar no próprio Ginásio da universidade, um evento com cerca de 10 municípios do Cariri, que irão expor os seus potenciais turísticos. O secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo do Crato, Venâncio Saraiva ressaltou a importância da criação do consórcio. Para ele, esse é um trabalho que merece uma atenção, no intuito de promover a regionalização do turismo, junto ao seu fortalecimento.

Eugênio Oliveira afirma que um inventário do turismo dessas cidades terá de ser elaborado, com o devido suporte técnico. "Não devemos ficar atrás de outras regiões do Brasil, que avançam atuando em forma de consórcio e têm a oportunidade de se organizarem para isso", afirma. Ele destaca as potencialidades diferenciadas do ponto de vista da vocação para o turismo em cada cidade. Conforme o secretário, é uma forma de cooperação mútua, que deve ser trabalhada num momento em que a região passa a ter uma infraestrututa melhor para atuar.

Ele destaca segmentos como o ecoturismo, turismo cultural, religioso, científico, aventura. Ainda ressalta a necessidade de profissionalização dos partícipes. Atualmente, os municípios estão buscando a formatação de um estatuto para possibilitar as normas de funcionamento do consórcio. A partir da finalização desse processo inicial, outros municípios da região poderão fazer parte. O único destes sete primeiros que não está inserido na Região Metropolitana do Cariri é a cidade de Assaré, que atualmente conta com o memorial Papativa do Assaré, o poeta Antônio Gonçalves da Silva.

Entre as cidades integrantes do projeto para criação do consórcio está a cidade de Nova Olinda, que foi escolhida pelo Ministério do Turismo, como Município indutor do turismo. O município conta com equipamento s que favorecem o desenvolvimento do segmento, como a Fundação Casa Grande.

Segundo a secretária de Cultura e Turismo da cidade de Nova Olinda, Tereza Hercília Cordeiro, o projeto de criação do consórcio poderá ser uma alternativa para o fortalecimento do segmento, mas destaca que outras forma de atuação em conjunto podem ser estudadas, já que há experiências na área que não tiveram êxito.

"Estamos estudando alternativas, até porque a região precisa dessa integração para promover uma melhoria do segmento, em diversos aspectos", diz ela, ao acrescentar que o potencial e o turista já existem para que haja um incentivo maior no sentido de promover uma qualificação. Nova Olinda passou a ser município indutor do turismo, mas as cidades de Aracati, Jijoca e Jericoacoara, todas no Ceará. São cidades, conforme a secretária, com um rico potencial no Estado. Para o secretário, Eugênio Oliveira, é necessário haver um reconhecimento do turismo proporcionado fora do litoral do Estado. "Precisamos de um incentivo maior para o turismo regional, e o consórcio poderá ser a ferramento que precisamos para poder expandir o setor", afirma a secretária de Nova Olinda.

Mais informações
Secretaria de Cultura e Turismo de Assaré
Rua João Pinto, 06
Centro
Telefone: (88) 9770. 9553

Fonte: Diário do Nordeste



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Addthis