Por que você saliva demais enquanto dorme e como evitar isso?

A produção de saliva está relacionada diretamente à digestão dos alimentos, mas se ocorrer em excesso pode significar distúrbios hormonais, respiratórios, problemas no sistema nervoso, resultando em dificuldade para engolir a saliva e efeito colateral de medicamentos, entre outras causas.

Todos podemos passar por isso, em algum momento, mas quando o problema ocorre de forma regular e excessiva, pode ser sinal de doença em desenvolvimento ou do mau funcionamento do organismo.

Decidimos descobrir quais são as razões que estão por trás da salivação em excesso e como podemos reduzi-la ou impedir que isso aconteça.

Lembre-se de sempre procurar um médico se sentir que algo está errado no seu organismo.

Por que salivamos demais?
Quando dormimos, nossos músculos faciais, assim como nossos reflexos para engolir, ficam totalmente relaxados. À medida que a saliva se acumula na boca enquanto você dorme, ela pode começar a pingar lentamente, porque os músculos faciais relaxados podem deixar a boca ligeiramente aberta. Portanto, acabamos ganhando um travesseiro molhado, o que não é muito agradável.

O excesso de saliva pode ser também sinal de doença neurológica ou do resultado de uma congestão nasal. Além disso, as pessoas que já tiveram problemas de saúde, como derrame, tendem a salivar e babar com mais frequência e mais excessivamente.

Como reduzir isso?

1. Limpe os seios nasais
Uma das principais razões de excesso de saliva é o bloqueio nasal, que faz com que uma pessoa respire pela boca. Limpar e desentupir os seios nasais pode ser um jeito de evitar um travesseiro molhado todas as noites. Aqui estão algumas formas para ajudá-lo a desobstruir seus seios nasais:
  • Um banho quente ajuda a limpar o nariz e permite uma respiração normal à noite.
  • Os óleos essenciais, especialmente os que contêm eucalipto, ajudarão você a respirar mais livremente e também fará com que durma melhor.
  • O uso de produtos que ajudam a limpar o nariz também permite um melhor fluxo de ar.
Além disso, lembre-se de tratar qualquer infecção nasal assim que aparecer. Caso contrário, você pode acabar tendo várias complicações, como nariz entupido, por exemplo.

2. Mude sua postura para dormir
Isso pode parecer bastante óbvio, mas dormir de costas é uma postura em que toda a saliva produzida pelo corpo permanece na boca e não goteja. Ao contrário, se você dorme de lado ou de bruços, é provável que a saliva acumulada saia de sua boca e caia no travesseiro.

Se você sente que é muito difícil ficar em uma determinada posição durante a noite, tente se ajustar para estabilizar seu corpo.

3. Verifique se você sofre de apneia do sono
A apneia do sono é um distúrbio importante em que a respiração de uma pessoa não funciona como deveria. Por sua vez, leva a um sono constantemente interrompido, faz despertar durante a noite, provoca uma sensação de cansaço pela manhã e sonolência durante o dia.

Babar e roncar são os principais indicadores da apneia do sono. Se você tiver alguma suspeita de que possa estar com esse distúrbio, entre em contato com seu médico para discutir esse problema em profundidade. Lembre-se de que fatores como tabagismo aumentam o risco de sofrer do transtorno e de ter problemas na respiração em geral.

4. Perca o peso extra
O sobrepeso desempenha um papel crucial no seu processo de sono. Mais da metade da população dos Estados Unidos que sofre de apneia do sono está acima do peso.

5. Use dispositivos especiais
Um bom profissional pode indicar o uso de um dispositivo adequado para a boca que ajudará a reduzir a salivação excessiva e, como resultado, a dormir melhor.

6. Certifique-se de tomar o remédio correto
Se você estiver tomando algum tipo de medicamento, certifique-se de que ele não é o responsável pela produção de saliva em excesso. Por exemplo, alguns antibióticos podem causar esse problema e ser o motivo da salivação excessiva.

7. Mantenha sua cabeça erguida
Manter a cabeça em um travesseiro mais alto pode reduzir a salivação. Então, lembre-se de afofar o travesseiro antes de ir para a cama e se certifique de que está se sentindo confortável nele.

8. Considere a possibilidade de uma cirurgia
Às vezes os médicos podem recomendar uma cirurgia para remover as glândulas responsáveis pelo problema. Geralmente esse procedimento é recomendado quando há sérios problemas neurológicos ocultos responsáveis pelo excesso de produção de saliva. Naturalmente, antes dessa medida, qualquer médico vai querer experimentar métodos não-cirúrgicos e somente vai sugerir uma cirurgia se os métodos anteriores não funcionarem.

Fonte: Incrível

Curta nossa página no Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ShareThis