Em Crato, Polícia Civil apreende carteiras de estudantes supostamente falsificadas

Após o recebimento de denúncias recebidas pelo WhatsApp, policiais civis da Delegacia Regional de Crato, apreenderam no final da tarde desta quinta-feira (6), 36 carteiras de estudante, provavelmente confeccionadas de forma ilegal ou com falsas informações. O material apreendido foi apresentado ao delegado plantonista na 19ª DRPC que adotou os devidos procedimentos.

Segundo denúncia anônima, Thulio Rodolfo Feitosa de Oliveira, responsável pela FEC – Frente Estudantil do Ceará estaria fornecendo, pelo valor de R$ 25,00 (vinte e cinco reais), a unidade da carteira de estudante sem exigir das pessoas interessadas em adquirir o documento, comprovação de tal situação, o que foi confirmado pela polícia.

O investigado ainda confessou que para algumas pessoas, pedia apenas dados através do WhatsApp e entregava a carteira “dando seu jeito”. Também foram apreendidos livros de caixa, ata de constituição e formulários para solicitação das carteiras.

Durante o tempo de funcionamento (1 ano e 3 meses) da FEC – Frente Estudantil do Ceará, o homem juntamente com outras pessoas, distribuíram mais de 3.000 carteiras, isto segundo Thulio Rodolfo informou em seu depoimento a polícia.

Curta nossa página no Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ShareThis