Com chuvas no Cariri, Rio Salgado registra cheia em Aurora

Com as chuvas nos últimos dias, o Rio Salgado, em Aurora, já apresenta um bom volume. De ontem para hoje (22), o Município registrou 40,1 milímetros no posto pluviométrico do Sítio Tipi e 24 milímetros no posto de Santa Vitória, segundo a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme).

No entanto, as precipitações nos outros municípios como Barbalha (55,8 mm), Juazeiro do Norte (42 mm), Brejo Santo (19 mm), Milagres (15 mm), Crato (7,4 mm), Missão Velha (6,4 mm) e Jati (5,2 mm) também contribuíram para o aumento do recurso hídrico no Salgado.

Em Aurora, os pescadores já começam, ainda que timidamente, a lançar suas tarrafas no Rio Salgado. Um dos afluentes do Rio Jaguaribe, as águas que caem na Região do Cariri também contribuem para a recarga do Açude Castanhão, principal responsável por abastecer a Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), que apresenta 3,48% de sua capacidade.

O Rio Salgado tem um percurso de aproximadamente 308 km. Ele nasce na Chapada do Araripe, em Crato, com o nome de Rio da Batateira. Sua bacia hidrográfica está espalhada pelas cidades de Icó, Cedro, Umari, Baixio, Ipaumirim, Várzea Alegre, Lavras da Mangabeira, Granjeiro, Aurora, Caririaçu, Barro, Juazeiro do Norte, Crato, Missão Velha, Barbalha, Jardim, Penaforte, Milagres, Abaiara, Mauriti, Brejo Santo, Porteiras e Jati.

Em Aurora, o Rio Salgado tem um percurso de aproximadamente 42 km, sendo abastecido, na margem direita, pelos riachos dos Cavalos, das Antas, os rios Cuncás, Pendência, Areia e Titi. Na Serra da Várzea Grande, os riachos do Pau Brando e Bordão de Velho descem até ele. Já pela margem esquerda, recebe águas do Rio Carás, Rio Jenipapeiro I e dos riachos do Meio, do Juiz, São João, dos Mocós, da Caiçara e Jenipapeiro II.

ANTONIO RODRIGUES
COLABORADOR

Fonte: Diário do Nordeste

Curta nossa página no Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ShareThis