Decreto será renovado e isolamento social continua; começa fase de liberação de atividades econômicas

O decreto de isolamento social no Ceará será novamente prorrogado. Desta vez com novidades. Cidades do Interior com índices de Covid-19 crescentes terão isolamento rígido, ao passo que as atividades econômicas entram em fase de transição para uma abertura responsável. As informações foram repassadas na noite deste sábado (30) pelo governador Camilo Santana e o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, em pronunciamento nas redes sociais.

O governador antecipou que ainda neste sábado serão publicados novos decretos pelo Governo do Ceará e Prefeitura de Fortaleza estabelecendo a renovação do isolamento social. “Tem sido o principal mecanismo que tem garantido a diminuição da transmissão do vírus e permitido que o Estado e municípios possam ampliar as suas redes de atendimento”, apontou Camilo Santana. “Tem sido fundamental principalmente o último isolamento social rígido em Fortaleza, que permitiu melhorar as condições na Capital. Estamos numa tendência para diminuição, principalmente, da pressão do sistema público de saúde, das UPAs, dos postos de saúde, dos próprios hospitais. Então o isolamento social tem sido fundamental para salvar vidas e garantir o atendimento à população”, emendou.

Camilo destacou a preocupação com a expansão do coronavírus para o Interior do Ceará e que, por essa razão, o novo decreto institui isolamento rígido em alguns municípios do Interior do Ceará e Região Metropolitana. “Conversei com todos os prefeitos e, a partir de segunda-feira, terá isolamento social rígido nas cidades de Caucaia, Maracanaú, Itapipoca, Itarema, Acaraú e Sobral. Esses passarão do dia 1º ao dia 7 a implantação do isolamento como foi feito em Fortaleza e o Estado dará todo o apoio na operacionalização e fiscalização dessas medidas nesses municípios”. Além disso, ainda de acordo com o governador, estão sendo recomendadas outras medidas para outras regiões do Estado. “Mas sempre na lógica da importância de ficar em casa e só sair para atividades autorizadas. É fundamental essa compreensão da população”.

Reabertura responsável
Ainda durante a apresentação o governador disse que o decreto autoriza o início de determinadas atividades econômicas, principalmente voltadas para a indústria, cadeia da construção civil e da saúde a partir da segunda-feira. “Estamos chamando de fase de transição. É uma fase de teste para avaliarmos como será o comportamento nesse período do início das atividades. Já anunciei a construção de um plano da retomada da economia, construído pela equipe da saúde e das atividades econômicas do Ceará, mas deixando claro que para iniciar essas fases da retomada vai depender dos critérios de avaliação das equipes das secretarias de Saúde do Estado e dos municípios”, falou Camilo, completando que todas as decisões estão sendo pautadas em orientação dos cientistas e especialistas em saúde. “Em primeiro lugar estão as vidas das pessoas. É importante a economia, a preocupação com a retomada dos empregos, mas tudo isso nós vamos fazer de forma gradativa, com muita responsabilidade, com protocolos estabelecidos”.

Por fim, Camilo Santana agradeceu a compreensão da população nesse momento de enfrentamento mundial de uma pandemia e, especialmente, aos profissionais da saúde, que tem diariamente se dedicado ao atendimento à população.

Curta nossa página no Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário