Governo vai cobrar para uso de Facebook e WhatsApp

Com o objetivo de reduzir a disseminação das fofocas e notícias falsas (fake news) que se proliferam via, principalmente, redes sociais e comunicadores instantâneos, o governo de Uganda criou, na última quinta-feira, 31, segundo a BBC, cobrança pelo uso diário de aplicativos como WhatsApp, Facebook, Viber, Twitter e similares. 

Serão cobrados 200 shilling (quase 20 centavos) por dia. A lei entra em vigor em julho.

A dúvida que fica é: quem vai e como vai fiscalizar este uso para gerar a cobrança da taxa?

Em Uganda são mais de 23 milhões de celulares registrados, segundo o Olhar Digital. Dois terços deles têm acesso à internet. O governo vem tentando cadastrar os cartões SIM e não vem tendo lá grande sucesso. Sem este registro, a cobrança será dificultada.

Fonte: Diário do Nordeste

Curta nossa página no Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ShareThis