Taxa de contágio da Covid-19 no Ceará segue em queda e atinge menor índice da pandemia

O número de reprodução efetiva de casos (RT), que mede a taxa de contágio do coronavírus entre a população, está em queda no Ceará. Desde o dia 23 de junho o índice está abaixo de 1 e, no mês de julho, há registro de redução em quase todos os dias. De acordo com o portal IntegraSUS, isso quer dizer que o Estado tem médio nível de transmissão, quando o RT fica entre 0,5 e 1. Nesta sexta (17), o índice atingiu o menor valor desde o início da pandemia, registrando 0,66, e segue sustentado neste sábado (18). 

Todas as regiões de saúde registram taxa de contágio menor que 1 no Ceará. A região de Fortaleza é a que tem menor índice, com 0,8 de RT. Já o Litoral Leste e Jaguaribe apresentam a maior taxa de contágio do Estado, registrando nível de transmissão de 0,98. 

Apesar das regiões terem nível médio de transmissão, a maioria das cidades cearenses ainda tem alta taxa de contágio, chegando em índices maiores que 2. Apenas quatro cidades têm reprodução efetiva em nível médio. São elas Fortaleza (0,88), Maracanaú (0,99), Sobral (0,96) e Juazeiro do Norte (0,99).

Como analisar 
A reprodução efetiva pode ser utilizada para analisar o incremento de novos casos. Também é possível saber para quantas pessoas um paciente infectado é capaz de repassar o vírus. Quando a taxa está abaixo de 1, significa que as cadeias de transmissão podem estar sendo interrompidas, já que uma pessoa com o vírus consegue passá-lo adiante para menos de uma pessoa.

Fonte: Diário do Nordeste

Curta nossa página no Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário