Cariri será beneficiado com pontos de leitura

Com o intuito de incentivar a criação de novos pontos de leitura, o Coletivo Camaradas abriu no início de janeiro uma chamada para interessados em montarem novos pontos em suas comunidades. A ideia é contribuir para a formação de uma cultura leitora nas comunidades, possibilitando democratizar o acesso ao livro e tornar mais acessível a leitura e as literaturas. Cada ponto receberá cerca de 100 livros. 

Serão doados cerca de 800 livros para os 8 pontos de leitura que serão montados ou fortalecidos nas cidades do Crato, Juazeiro do Norte, Missão Velha e Assaré. Cada ponto tem formas próprias de trabalhar e envolve públicos das mais variadas idades em torno da leitura.

No Crato serão abertos pontos de leitura, no bairro Novo Granjeiro, tendo como responsável Ana Paula Sousa, no bairro São José sob responsabilidade de Vanderlan Julio da Silva, no Distrito de Santa Fé, organizado pela Associação do Sítio Palmeirinha e Adjacências, no bairro Batateira com a Poliana Feitosa como responsável e no Belmonte sob responsabilidade da Maria do Socorro dos Santos. Serão montados ainda dois pontos, um em Missão Velha, no bairro Boa Vista, tendo Ana Moésia Magalhães como responsável e outro que pretende ser um ponto itinerante pelos bairros de Juazeiro do Norte, organizado por Janaína Cruz e Fernanda Jayane. Em Assaré, terá um ponto na Escola de Saberes.   

A entrega dos 800 livros acontecerá durante o III Encontro de Poesia no Gesso que será realizado no período de 19 a 22 de março, no terreiro do Coletivo Camaradas, na Comunidade do Gesso, no Crato.

O Coletivo Camaradas pretende incentivar ao longo de 2020, novos pontos de leitura.

Curta nossa página no Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário