9 Hábitos comuns que é melhor largar o quanto antes

Você adora sentir o cheirinho de café pela manhã? Costuma comer pipoca no cinema? Então preste atenção: essas e outras ações podem se transformar em ’vícios’ rapidamente. Segundo estudos recentes, bastam apenas 21 dias para que uma ação se transforme em um hábito.

Não obstante, um estudo da pesquisadora Phillippa Lally, da University College de Londres, demonstrou que são necessários 66 dias para começar a realizar uma ação de maneira automática. O problema, nesses casos, é o tempo necessário para largar o hábito se ele for ruim.

Confira alguns maus hábitos e por que eles não deveriam fazer parte do nosso dia a dia.

1. Apoiar os pés no painel do carro
Muitas pessoas, quando estão de passageiras, gostam de deixar as pernas para cima e os pés apoiados no painel do carro. Em muitos filmes é assim que os protagonistas viajam. Essa posição é muito perigosa, e não apenas por um possível acidente, mas por uma freada muito brusca. Uma pessoa com as pernas na altura do rosto muito provavelmente irá bater a mandíbula nos joelhos. Isso pode causar uma fratura que levará muito tempo para curar.

Por isso, não ande de carro desta forma, por mais confortável e descolado que possa parecer. Procure ficar sentado normalmente e sempre use o cinto de segurança.

2. Pendurar a toalha em um gancho e dobrar a cortina como na imagem
Muitas vezes, fazemos um grande ’bolo’ com as toalhas molhadas ou as penduramos em um gancho. Isso não é higiênico porque as bactérias se multiplicam rapidamente nas dobras úmidas. Em relação à cortina, também é nas dobras onde o mofo se forma.

Por isso, as toalhas devem estar abertas na hora de secar e as cortinas devem permanecer esticadas após o banho para que sequem mais rapidamente.

3. Beber café com o estômago vazio
Muitos de nós começamos o dia bebendo uma xícara de café com o estômago vazio. Já falamos diversas vezes aqui das propriedades úteis do café. Mas, se ingerido em jejum, ele possui uma série de desvantagens. Uma delas é a acidez ou a indigestão. Além disso, basta pensar em comer para o estômago começar a produzir suco gástrico. Isso também acontece quando bebemos café e não ingerimos outro alimento (sólido). Uma quantidade excessiva de suco gástrico pode fazer mal às paredes do estômago.

Os especialistas recomendam beber café após comer algo no café da manhã, ou no meio da manhã.

4. Comer muita pipoca
Comer pipoca no cinema é quase uma tradição, mesmo que o barulho seja alvo de muitas críticas. Mas o barulho não é a razão que deveria te levar a parar de comer pipoca. Os dentistas afirmam que, em excesso, o produto pode fazer faz mal aos dentes. As partículas pequenas ficam presas e são difíceis de serem retiradas. Além disso, as pipocas vendidas no cinema além de caras são muito gordurosas e fazem mal à saúde. Se for comer, faça em casa, na panela. Como as pipocas que comia nas festas juninas de infância.

5. Deixar uma garrafa de água no carro
Muitas pessoas costumam deixar uma ou mais garrafinhas de água no carro. Principalmente no verão isso é muito perigoso. Sob os raios de sol a garrafa pode agir como uma lupa. Se ela estiver em uma superfície escura, atrai ainda mais luz. Numa situação extrema, isso pode causar um incêndio.

Claro que a probabilidade é baixa, mas ela é real. Por isso, é melhor não deixá-la dentro do carro. Ou se for fazer isso, deixe a garrafa fora do alcance dos raios solares.

6. Espremer espinhas
Todos já ouvimos muito sobre as espinhas, mas realmente espremê-las é perigoso. Uma espinha aparece quando os poros são obstruídos por gordura. É nesse momento que se inicia um processo inflamatório. Em um corpo saudável, o sistema imunológico ’destina’ leucócitos para combater as bactérias que causam espinhas, por isso a área da pele fica vermelha. Ao espremer uma espinha, as paredes dos poros são machucadas e a pele fica mais sensível às bactérias. Além disso, se as suas mãos estiverem sujas, existe risco de infecção.

Se você quer cuidar da pele, procure um dermatologista. Se alguma espinha aparecer, tenha paciência e espere ela ir embora sem tocá-la.

7. Tirar foto de tudo com o celular
Falar para alguém não tirar fotos em pleno século XXI parece um conselho um pouco estranho. Mas uma pesquisa da dra. Linda Henkel, do departamento de Psicologia da Universidade de Fairfield (EUA), afirma que, na tentativa de registrar tudo com o celular, perdemos muitos detalhes importantes da realidade.

No momento em que tiramos uma foto, a nossa atenção fica toda no alvo da fotografia. Como resultado, você terá uma foto e/ou um vídeo, mas a sua memória irá reter muito menos sobre os detalhes daquilo que aconteceu.

Em um experimento, um grupo de pessoas caminhou por um museu sem tirar foto e outro tirou muitas fotos. Ao final, todas as pessoas tiveram que responder a um questionário e as que tiraram fotos foram muito pior.

8. Tomar suplementos alimentares e vitaminas
Muitas pessoas tendem a pensar que a vitamina C ajuda a não ficar resfriado, e que os suplementos podem substituir a maiorias dos remédios. A coisa não é bem assim.

Se você mantiver uma dieta balanceada, tomar vitaminas não é muito útil porque o necessário já está sendo oferecido pelos alimentos. Os suplementos alimentares são usados como fonte adicional de substâncias em caso de falta de alguma delas. Mas é importante que as pessoas saibam que um suplemento não é um remédio. Por isso, seu médico ou nutricionista poderá avaliar seu caso e dizer se, de fato, você precisa deles ou se está apenas jogando dinheiro fora com suplementos dos quais não precisa.

9. Colocar o celular embaixo do travesseiro para carregar
Isso pode causar um incêndio. O problema é que o telefone esquenta enquanto carrega. Ainda que os novos modelos sejam melhores, muitas baterias ainda esquentam muito. Como resultado, o próprio celular ou mesmo o cabo podem pegar fogo. Se o aparelho estiver embaixo do travesseiro, a situação pode ser ainda pior. A informação é do Departamento de Bombeiros de New Hampshire (EUA), que revela, ainda, que 53% dos jovens dos EUA adotam essa prática perigosa.

Que outro tipo de hábito você incluiria nesta lista?

Fonte: Incrível

Curta nossa página no Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ShareThis