Mulher suspeita de envenenar dois cães é presa em flagrante em Acopiara

Uma ação rápida da Polícia Militar do Ceará (PMCE) resultou na prisão em flagrante de uma mulher suspeita de envenenar dois cães, na zona rural, no município de Acopiara. A ofensiva aconteceu nesse domingo (27).  

Os policiais militares foram acionados após receberem informações sobre a morte por envenenamento de dois cães na localidade de Araras. No local, foi apurado que os cães tiveram acesso a uma carne de ovelha com veneno que seria de uma moradora próxima a residência onde os cães viviam. 

Ao indagar a suspeita sobre o caso, a mulher informou que uma de suas ovelhas foi atacada por um animal. A mulher admitiu que no calor do momento, retirou a carne da ovelha morta e colocou veneno. 

A mulher identificada como Maria Criziomar Alves Lima Almeida (43) foi capturada e encaminhada para a Delegacia Regional de Iguatu, unidade da Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE). Na unidade policial, a mulher foi autuada em flagrante pelo crime de maus-tratos aos animais, com agravante por ter sido cometido contra animais domésticos (Lei 9.605). A PC-CE segue investigando o caso.

O que diz a lei
O artigo 32 da Lei de Crimes Ambientais (Lei 9.605/1998) considera crime “praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos”. Houve alteração recente na Lei 9.605/1998, entrando em vigor a partir de setembro de 2020, que aumentou a punição para quem maltrata cães e gatos. A pena para quem for condenado será de reclusão de dois a cinco anos, além de pagamento de multa e proibição da guarda.

Curta nossa página no Facebook e siga-nos no Twitter

Nenhum comentário:

Postar um comentário