PF prende mulher que portava R$ 1 mil em cédulas falsas em Juazeiro do Norte

A Polícia Federal prendeu uma mulher em flagrante, na tarde desta quinta-feira (14), em Juazeiro do Norte, que portava 80 cédulas falsas de real e uma cédula falsa de 100 dólares. A investigação aponta que ela comprou o dinheiro falso, totalizando R$ 1 mil, que foi enviado de São Paulo. A quantia foi entregue pelos Correios.

De acordo com a delegada da Polícia Federal de Juazeiro do Norte, Josefa Lourenço, há muitas denúncias sobre a venda de cédulas nas redes sociais, sobretudo no WhatsApp e no Facebook, e que todas as unidades estão desenvolvendo investigações. No caso de ontem, foi a própria Central de Distribuição dos Correios que alertou os agentes sobre a possibilidade de encontrar o dinheiro falso. “Aí começamos a monitorar”, conta.

Os policiais conseguiram identificar o local e horário de entrega da encomenda, que foi enviada de São Paulo. “É possível que o remetente tenha usado endereço e identificação falsa”, acredita a delegada. A mulher vai responder por crime de aquisição e guarda de cédula falsa. “Tanto comete quem porta, quem exporta, quem produz e quem vende”, pondera Josefa. A pena vai de 3 a 12 anos de prisão.

A Polícia Federal tem monitorado as mensagens de compra e venda cédulas falsas nas redes sociais. Nelas, há propagandas que atestam sobre a qualidade do material ressaltando características como a aprovação no teste da luz negra, serem ásperas, possuir alto relevo, marca d’água e selo holográfico. “São cédulas com qualidade excepcional. Qualquer pessoa poderia ser enganada”, admite a delegada.

Vídeos também são gravados para mostrar a qualidade das notas. “Estas mensagens ajudam para identificar de onde originaram, o endereço do IP (Internet Protocol)”, adverte Josefa.

ANTONIO RODRIGUES
COLABORADOR

Fonte: Diário do Nordeste

Curta nossa página no Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ShareThis