Editora Abril anuncia o fim de dez revistas e praticamente fecha as portas

A Editora Abril anunciou nesta segunda-feira, 6, em comunicado, que vai manter 15 títulos em operação - com isso, boa parte do portfólio de revistas femininas e de arquitetura e decoração será fechada.

As medidas, que vão resultar na demissão de centenas de funcionários, segundo apurou o jornal "O Estado de S. Paulo", vêm cerca de duas semanas depois de a empresa de reestruturação Alvarez & Marsal ter assumido o comando da companhia de mídia. No comunicado em que anunciou a reestruturação, a Abril mencionou os cortes, mas não informou o total de demitidos.

Revistas canceladas
Os títulos encerrados dentro da reestruturação anunciada nesta segunda-feira são as revistas femininas, como Elle e Cosmopolitan, e dedicadas ao setor de decoração, como Casa Claudia, Arquitetura e Minha Casa. A Boa Forma também deixará de circular. Também foram descontinuadas a Mundo Estranho e Bebe.com. Os 15 títulos que continuam a existir, entre revistas impressas e sites, são: Veja, Veja São Paulo, Exame, Quatro Rodas, Cláudia, Saúde, Superinteressante, Viagem e Turismo, Você S/A, Você RH, Guia do Estudante, Capricho, M de Mulher, Vip e Placar.

Processo de reestruturação
Ainda há dúvidas sobre a manutenção de Superinteressante e Quatro Rodas. É o anúncio mais recente após o Grupo passar o comando da editora à Alvarez & Marsal. Segundo informações da Revista Fórum, 500 jornalistas foram demitidos. A Abril ainda não se pronunciou publicamente sobre a decisão

Fonte: JC On Line/UOL

Curta nossa página no Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ShareThis