Baiano é preso no Crato suspeito de estupro de vulnerável

A Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE), por meio do Núcleo de Combate ao Crime Organizado (NUCCOR) da Delegacia Regional do Crato, cumpriu, na noite dessa sexta-feira (11), um mandado de prisão preventiva, em desfavor de um homem, de 32 anos, suspeito de estupro de vulnerável. O crime foi registrado na Bahia. O alvo, Demivaldo Peruso dos Santos Neto foi capturado no Crato. Na ocasião, ele estava usando os documentos do próprio irmão.

As investigações iniciaram quando as equipes da PC-CE receberam uma denúncia anônima, sobre o suspeito, que possuía um mandado de prisão preventiva, oriunda da comarca de Anagé (BA), em aberto. Com o aprofundamento das investigações, equipes do Núcleo Avançado de Inteligência (NAI) da Delegacia Regional de Crato, confirmaram a veracidade da denúncia.

O suspeito é investigado por estupro de vulnerável, contra uma menina, que na época tinha 12 anos de idade. O crime foi registrado na cidade de Anagé, naquele estado, em maio de 2020. Desde então, o homem era considerado foragido da Justiça da Bahia.

O suspeito foi localizado e preso em Crato, onde estava homiziado e utilizava documento de identificação do irmão, com o intuito de fugir das ofensivas policiais. Após a captura, o alvo foi conduzido para a Delegacia Regional de Crato, onde a ordem judicial foi cumprida. Além disso, em desfavor dele foi lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) pelo crime de falsa identidade. Agora, Demivaldo está à disposição da Justiça.

*Com informações da Agência Cariri Ceará

Curta nossa página no Facebook e siga-nos no Twitter

Nenhum comentário:

Postar um comentário