Banner P3 728x90

Banner P3 728x90

Estudantes brasileiros conquistam 12 prêmios em feira de ciência nos EUA


Projetos feitos por estudantes brasileiros estão entre os premiados na Intel ISEF (Internacional Science and Engineering Fair ou, em português, Feira Internacional de Ciência e Engenharia), evento ocorrido entre os dias 8 e 13 deste mês, em Phoenix, no Estado norte-americano do Arizona.

No total, 12 projetos realizados por brasileiros estão entre os laureados. Além disso, sete projetos foram reconhecidos pela Organização dos Estados Americanos (OEA) como os melhores das Américas.

O jovem Luiz Fernando Borges, 17 anos, do Instituto Federal do Mato Grosso do Sul, foi um dos destaques e alcançou o primeiro lugar na categoria engenharia biomédica. Ele ainda venceu outros dois prêmios.

O projeto de Luiz Fernando é ambicioso. Ele criou um software que transforma sinais elétricos musculares do corpo de uma pessoa amputada e os envia à prótese para que um braço robótico se movimente.

Na edição deste ano, a delegação brasileira apresentou 18 projetos realizados por um total de 30 estudantes. Todos os trabalhos já haviam participado de feiras brasileiras de ciência e tecnologia, sendo que nove projetos que disputaram a 14ª Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (Febrace) realizada em São Paulo, e outros nove foram selecionados na Mostratec, realizada em Novo Hamburgo (RS).

O evento
A Intel ISEF é uma importante feira internacional realizada desde 1950 com o objetivo de revelar talentos em ciência e engenharia, além de apresentar projetos inovadores. Neste ano, reuniu 1.700 estudantes de 77 países.

Para participar, o estudante precisa ser selecionado em uma competição regional. Além disso, o aluno ainda não pode estar no ensino superior. No total, os jovens cientistas concorrem a mais de US$ 4 milhões em prêmios.

Fonte: UOL

Curta nossa página no Facebook



Nenhum comentário:

Postar um comentário

ShareThis