Chuva de 84 mm no Crato tem casas alagadas e destruição

Municípios do Cariri, no sul do Ceará, registraram as maiores chuvas entre as 7h de quarta-feira (10) e as 7h desta quinta-feira (11), conforme balanço da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), de 8h30. Crato, cidade com maior precipitação, com 84 mm, teve casas alagadas e danificadas pela chuva. 

Em seguida, estão as cidades caririenses de Caririaçu (52) e Altaneira (50 mm). O posto Lameiro, também no Crato, teve chuva de 48 mm.

Houve chuva em pelo menos 48 municípios. Assaré, no Sertão Central e Inhamuns, teve 46 mm de precipitação. 

A previsão da Funceme indica que o Estado tem cenário favorável para precipitações pelo menos até esta quinta-feira (11). Deve haver chuva isolada e nebulosidade variável em todo o território.

As condições propícias para chuva são influência da aproximação de áreas de instabilidade provenientes do oceano Atlântico devido à presença de um Vórtice Ciclônico de Altos Níveis (VCAN) e de uma Zona de Convergência Intertropical (ZCAS). 

Em Fortaleza, houve chuva de pelo menos 1,8 mm no posto Messejana. Deve haver nebulosidade variável em toda quinta-feira (11) e possibilidade de chuva à tarde e à noite. A temperatura deve variar entre 24°C e 34°C na capital.

Confira as 10 maiores chuvas por municípios entre 7h de quarta-feira (10) e  7h desta quinta-feira (11): 

• Crato (Crato) - 84 mm
• Caririaçu (Vila Feitosa) - 52 mm
• Altaneira (Altaneira) - 50 mm
• Crato (Lameiro) - 48 mm
• Assaré (Aratama) - 46 mm
• Tianguá (Tianguá) - 41 mm
• Farias Brito (Farias Brito) - 40 mm
• Missão Velha (Missão Velha) - 39.5 mm
• Granja (Granja) - 38 mm
• Iguatu (Baú) - 26 mm
 
Fonte: Diário do Nordeste

Curta nossa página no Facebook e siga-nos no Twitter

Nenhum comentário:

Postar um comentário