Covid-19: Aumento de casos faz governador Camilo Santana decretar lockdown em Juazeiro do Norte

O governador do Ceará Camilo Santana anunciou em live neste sábado (20) que Fortaleza vai para fase 2 do plano de retomada da economia, sendo que municípios da região metropolitana seguem para a primeira fase. Todo o restante do estado está na etapa de transição, exceto Juazeiro do Norte e Sobral, que ficam em isolamento social rígido por mais sete dias. 

As medidas estão no novo decreto de isolamento social do Ceará que deve ser publicado neste sábado e passam a valer na segunda-feira (22). O decreto acentua o caráter regionalizado do plano de reabertura, deixando o estado em quatro diferentes estágios.

Veja como fica o plano por região/cidade:

• Fortaleza entra na fase 2 do plano, com abertura de restaurantes e igrejas, por exemplo;
• Região metropolitana vai para a primeira fase;
• Todo o restante do Ceará continua na fase de transição, exceto Sobral e Juazeiro do Norte, que estão em isolamento rígido.

Isolamento rígido em Sobral e Juazeiro do Norte
Camilo mostrou ainda preocupação com o avanço de casos confirmados na Região do Cariri. Por isso, segundo o gestor, a cidade de Juazeiro do Norte passará por isolamento mais rígido, a partir de segunda-feira. Será utilizado barreiras sanitárias para diminuir o fluxo de pessoas entre Juazeiro do Norte e municípios vizinhos. Em Sobral as ações também continuam apesar dos números de casos terem diminuído.

"Sobral que é a maior cidade da Região Norte vai continuar em ações mais restritivas, no isolamento social rígido. Portanto, Sobral continua por mais uma semana. Lá melhorou a situação, mas é importante, por questão de segurança, manter por mais uma semana. E entrará também no isolamento mais rígido, a partir de segunda-feira, a cidade de Juazeiro do Norte, na Região do Cariri", disse. "Há um crescimento dos casos lá na região principalmente em Juazeiro. Portanto, também vamos fazer ações mais restritivas, com apoio do Estado, com barreiras sanitárias em Juazeiro em relação a outros municípios, um maior controle para que possa diminuir a velocidade da evolução da pandemia na região”, afirmou o governador.

A Região do Cariri apresentou o maior crescimento de casos e óbitos por Covid-19, com 56, 8% e 48,8% de incremento, respectivamente, na última semana. As informações são do boletim epidemiológico da Secretaria Estadual da Saúde (Sesa), divulgado na noite desta quarta-feira (17).

Conforme o boletim, apesar de o aumento nos dois indicadores, os números foram menores em comparação com a semana passada, quando a região registrou 61,4% de casos confirmados pelo novo coronavírus e 50% de mortes pela doença. Duas áreas do Cariri se destacaram na incidência de casos confirmados. São elas: Juazeiro do Norte (61,8%) e Crato (43,6%), a última pela segunda semana consecutiva.

Fonte: G1 CE

Curta nossa página no Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário