Covid-19: Crato tem primeiro óbito confirmado

Em live nas redes sociais na manhã desta segunda-feira (18), o prefeito do Crato, Zé Ailton Brasil, o vice-prefeito, André Barreto, a secretária de Saúde, Marina Feitosa e o procurador adjunto, Rennan Xenofonte, confirmaram oficialmente a primeira morte por Covid-19 no município. Idade e comorbidades da vítima não foram divulgadas.

Segundo o vice-prefeito, André Barreto, o Crato teve aumento de 50% nos casos confirmados na última semana. Atualmente, são 66 suspeitas e 27 confirmações, segundo dados divulgados pela secretária de saúde, Marina Feitosa.

Secretária de Saúde do Crato divulga nota de esclarecimento (leia a íntegra):

“A Secretaria Municipal de Saúde do Crato (SMS) vem a público informar acerca do primeiro óbito por Covid-19 (Novo Coronavírus) no município.

A paciente de 83 anos que faleceu no último dia 08 de maio, no Hospital São Francisco de Assis, possuía um histórico de comorbidades, como hipertensão arterial e doenças cardiovasculares. Residia há muitos anos em Maracanaú, na região metropolitana de Fortaleza, e veio até o Crato por precisar de cuidados dos seus filhos por conta de agravos na saúde.

A Secretária de Saúde do Crato, Marina Feitosa, esclarece que segundo as investigações sobre o caso, os indícios são de que a paciente já chegou na cidade acometida pelo novo coronavírus, onde, no último dia 04 de maio, manifestou os primeiros sintomas, dia 07 de maio deu entrada no Hospital São Francisco de Assis, ficando nos leitos clínicos específicos e no dia 08 de maio ela foi a óbito. O exame da referida paciente foi feito e enviado para o Lacen, tendo saído o resultado ontem, domingo (17) a noite, já posteriormente a divulgação diária do boletim epidemiológico do município.

“Mais uma vez, a gestão municipal pede encarecidamente a toda população que respeitem as medidas de enfrentamento a essa pandemia em nosso município, intensifiquem as medidas de higiene, utilizem a máscara como acessório obrigatório, se mantenham em suas casas, só saiam quando estritamente necessário, sempre respeitando as medidas de distanciamento social. Precisamos nos proteger”, reitera Marina.

Até o presente momento, o município do Crato tem 66 casos suspeitos de COVID-19 aguardando os resultados. É preciso consciência e muito cuidado na proteção de cada um e da comunidade como um todo.”

Por Samuel Pinheiro

Curta nossa página no Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário